NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012
BENAVENTE - Deliberações e outros assuntos que passaram pela última reunião pública da Câmara Municipal do dia 02/01/2012

 

 

PEDIDO DE APOIO DA AHBVB / AVARIA NO SISTEMA DE AGUA QUENTE:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, atribuir um subsídio extraordinário à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Benavente. Em causa está um pedido de ajuda feito pela Associação devido a uma avaria no sistema de água quente, com ruptura nas canalizações e infiltrações nas paredes, originando a degradação do edifício e impedindo que os bombeiros tomem os seus duches após os turnos. A Associação contactou empresas para repararem o equipamento e foi-lhe informado que as canalizações têm que ser substituídas. O orçamento mais baixo apresentado para a realização destes trabalhos foi de 2400 euros. A Câmara Municipal irá subsidiar com 50% deste valor.

 

Concurso Público – Prestação de serviços de manutenção e conservação de 103 jardins e zonas verdes pelo período de 12 meses / Relatório Final:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aprovar o relatório final do Concurso Público de Prestação de Serviços de Manutenção e Conservação de 103 jardins e zonas verdes pelo período de 12 meses e adjudicar os trabalhos à concorrente que apresentou a proposta mais vantajosa, ou seja, RECOLTE – Recolha, Tramento e Eliminação de Resíduos SA.

 

ZONA RIBEIRINHA EM MAU ESTADO / RECUPERAÇÃO PARA BREVE:

 

A vereadoraAna Casquinhamostrou preocupação pelo mau estado de alguns jardins e sobretudo da zona ribeirinha de Samora Correia, questionando o executivo se não terá este facto directamente relacionado com o atraso no concurso público.

Em resposta à Vereadora, o Presidente da Câmara Municipal disse que “o Concurso Internacional para a manutenção e conservação de 103 jardins foi lançado atempadamente para que, quando terminasse o concurso que tínhamos vigente para este ano, pudesse haver uma sequencia imediata nesses trabalhos necessários à conservação dos espaços verdes. Tal não aconteceu, infelizmente já que o concurso internacional demorou mais algum tempo do que o previsto. Decorrem cerca de dois meses e meio desde que deixámos de ter a manutenção, porém, apesar de tudo, estamos numa época em que não houve grandes impactos no crescimento das herbácias e ervas daninhas, mas há de facto uma imagem que não é desejável e que tem que ser recuperada. Temos que acompanhar de perto a empresa no seu trabalho de recuperação destes jardins”, disse o Presidente, acrescentando: “A maioria destes espaços têm muitos infestantes que têm que ser curados e isso já faz parte da própria adjudicação”.

Nos casos das zonas ribeirinhas o que lá sempre existiu não é relva mas sim o chamado prado, constituído por uma espécie que é resistente mas que por vezes tem que ser recuperada como é o caso de Benavente quando há cheia, a zona ribeirinha fica submersa. “Vamos estar atentos para que a situação não se repita, mas nada podíamos fazer do que esperar uma vez que não temos pessoal para afectar aos jardins, não podíamos fazer ajustes directos e estivemos sempre na esperança que fosse mais rápido este processo. Vamos recuperar os nossos jardins e em breve a imagem será outra. É o que todos desejamos.

 

DERRAME DE LAMAS NA NAC.118 EM SAMORA CORREIA:

 

O vereador José da Avó lembrou que no dia 28 de Dezembro um veiculo que passava na Estrada Nac. 118 foi derramando uma matéria perigosa desde o Porto Alto até ao final de Samora Correia. “ Uma espécie de lamas de ETARES com um odor extremamente desagradável e alguma parte ainda por lá está porque não se conseguiu eliminar, só com as chuvas”. Ainda segundo o vereador: “ esta situação faz-nos lembrar a necessidade de retirarmos o trânsito pesado dos centros urbanos em Samora Correia eem Benavente. A Câmara Municipalinvestiu verbas na circular externa a Samora Correia e podemos agora insistir com mais veemência junto das Estradas de Portugal para que encarem isto como uma solução viável”.

Sobre esta matéria, o Presidente disse existir uma curiosidade: “O carro vem a despejar lamas desde a rotunda da “Torre”, atravessa Samora Correia até ao Belo Jardim, depois vai á rotunda da nova circular e não houve ninguém que se lembrasse de tirar a matrícula ao veículo. Viram, sentiram imediatamente o odor, mas não tiraram a matrícula”, lamentou.

A jurisdição da Nac.118 pertence à Direcção de Estradas de Santarém e não competia à Câmara Municipal intervir, “mas não intervir significava que a Cidade iria ficar com um cheiro nauseabundo durante o tempo que eles levassem a activar os seus meios”. A Câmara tomou medidas de imediato com a colaboração a GNR e dos Bombeiros “e à Direcção de Estradas comunicámos que iríamos acionar os nossos meios para podermos libertar a estrada naquele troço, enviando depois a conta às Estradas de Portugal` por ser sua obrigação resolver este problema. Com muito trabalho, com a excelente colaboração dos Bombeiros e com o nosso carro de lavagem com água perfumada conseguimos ter a estrada lavada no final do dia e sem grandes cheiros oriundos dos sumidouros”. Relativamente às lamas que estão ainda entranhadas, o Presidente lembrou que os carros continuaram a circular na altura, sendo que, “com as simples mangueiras não foi possível retirar tudo”.

O Presidente considera igualmente que este pode ser mais um elemento, aliado a outros, para lembrar os perigos inerentes ao atravessamento de uma cidade por veículos pesados. “Não falo só dos produtos poluentes mas de matérias-primas, combustíveis, matérias perigosas que atravessam a cidade e que podem provocar uma situação de extrema gravidade”.

Informou que está terminada a variante a Samora Correia. “Não havia um compromisso formal por parte da Direcção de Estradas de Santarém, mas terá que haver a compreensão para este problema até porque estão criadas as condições para que se peça a reunião com as Estradas de Portugal e possamos ver, possivelmente através de processo de desclassificação/classificação e se poder resolver este problema do trânsito pesado que atravessa Samora.

 

ALTERAÇÃO DOS LOCAIS DOS CONTENTORES / REESTRUTURAÇÃO DO PROCESSO DE RECOLHA DO LIXO:

 

O vereador José da Avó informou que na Rua do Bocage, em Samora Correia, houve alteração do posicionamento do local de contentores para uns metros mais adiante, e que há residentes que continuam a depositar o lixo no sítio onde estavam os contentores. “Claro que ninguém o vai buscar”.

Sobre esta matéria o vereadorManuel dos Santosinformou que esta situação está a acontecer noutros locais onde a instalação dos contentores foi alterada. “O serviço de ambiente vai ter um trabalho acrescido que será ir aos locais onde essas situações estão a acontecer e sensibilizar as populações para as regras de higiene e de saúde pública, mas também para as necessidades da optimização dos circuitos da recolha do lixo. Alterámos algumas rotas e deslocalizámos alguns contentores que há vários anos estavam colocados em determinados sítios que não eram os adequados. Temos tido alguma resistência em determinados locais, mas o esforço terá que ser de todos porque os tempos são difíceis e as necessidades de contenção de custos já estão a ser cumpridas. O serviço do ambiente está atento”, assegurou.

O Presidente disse a propósito que foi feito um estudo que visava a optimização dos circuitos de recolha de lixo “aproveitando naturalmente o conhecimento dos nosso técnicos que percorreram os circuitos e detectaram algumas duplicações no trânsito dos carros do lixo, bem como a existência de contentores onde não se justificava. O que está a ser feito tem como objectivo facilitar, não apenas o período de recolha mas diminuir um circuito de recolha que estava a ser feito desnecessariamente.”.

Esse projecto foi apresentado às Juntas de Freguesias e foi solicitada a sua colaboração na relação de proximidade que têm com os cidadãos. Houve um esclarecimento nas rádios locais e no site da Câmara Municipal, mas é necessária uma informação pessoal, porta a porta, prestando os esclarecimentos necessários. Mas estas situações estão a ser geridas com sentido de responsabilidade pelo sector do ambiente e esperamos que os problemas estejam resolvidos em breve, com a compreensão dos Munícipes. Esta mudança que teve que ser feita não visa prejudicar mas sim optimizar os serviços diminuindo os respectivos custos para a população e para o erário público”.

 

REUNIÃO DA ECOLEZÍRIA/ RESIURB:

 

O Presidente informou o restante executivo que esteve presente na reunião da ECOLEZÍRIA / RESIURB onde foram analisados, para além dos documentos que têm a ver o plano de actividades e o orçamento que foram aprovados, foi feita a análise de alguns problemas com os quais a RESIURB se depara há já algum tempo, enquanto associação de Municípios que tem a maioria no sistema do aterro sanitário. A situação de dívida de Municípios para com o aterro é grave, mas sobretudo existe uma situação que está incontrolável: o Município do Cartaxo tem uma divida grande, já foi objecto de várias notificações, de várias tentativas para se encontrar soluções para o problema, mas sem resultados, o que levou a RESIURB a tomar uma posição sobre esta matéria. Na pessoa do seu representante foi dado conhecimento que iria ser notificada a Câmara do Cartaxo para resolver a situação no prazo de 30 dias, findo o qual deixará de poder depositar os resíduos sólidos urbanos no “aterro da Raposa”. Depois disso, a Eco Lezíria terá ainda que procurar receber o dinheiro que lhe pertence. “Isto arrasta-se há anos, sem pagamento de uma única factura”.

Na reunião ficou acordado com os Municípios de que este ano teria de haver um pagamento de doze meses, sendo que quem tivesse facturas em atraso, para além de 90 dias, deveria propor um modelo de pagamento da parte que está em atraso. “Esperemos que isto venha a ser cumprido para que o sistema resista e cumpra com o seu objectivo, sob pena das Câmaras terem que voltar às antigas lixeiras o que seria de todo incompreensível e inaceitável”. O Presidente lembrou que há uma taxa que é cobrada aos Munícipes que não pode ser entregue directamente ao sistema, mas que pode dar entrada na Câmara e ser de imediato encaminhado e não ser usado para cobrir outras dívidas. “Queremos manter o sistema ECOLEZÍRIA / RESIURB a funcionar com garantias de sustentabilidade”.

 

Pedido de cedência de espaço e serviços para a X Gala dos Pequenos Grandes Artistas:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, ceder o Cine-teatro de Benavente para a realização da X Gala dos pequenos grandes artistas a ter lugar no dia 16 de Junho.

Os organizadores da iniciativa (Carlos José Borrego Marques e Sylvie Martins de Jesus) informaram entretanto que o lucro de 681,00 € obtido com a realização da Festa de Natal dos Pequenos Grandes Artistas, realizada no Cine-teatro de Benavente no passado dia 10 de Dezembro, reverteu a favor do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Benavente.

Solicitam novamente a cedência do Cine-teatro para a realização de dois espetáculos a realizar no dia 16 de Junho. Em cada um deles será cobrado um euro por cada entrada, sendo que a receita obtida será doada ao Agrupamento de Escolas Duarte Lopes.

Além da sala de espetáculos, solicitam ainda a montagem de um palco no dia anterior, bem como o serviço do técnico de som e luzes e as funcionárias para o controlo das entradas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:46
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE: O médico ...

A tempo de não cair no c...

Opcional

Quando a doença vence...

Ato de Instalação da Asse...

NERSANT apoia empreendedo...

ATENEU ARTÍSTICO CARTAXEN...

XXII FESTIVAL DE FOLCLORE...

15.º FESTIVAL DE FOLCLORE...

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVA...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds