NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012
SANTARÉM - NÃO SE GANHA, NÃO SE PAGA

VETO TEATRO OFICINA

CÍRCULO CULTURAL SCALABITANO

 

Estreia dias 9 e 10 de Março

Sempre às 21.30h

No Círculo Cultural Scalabitano

Reservas 243 321 150

 

O espectáculo continuará em cena sempre às 6.as feiras às 21.30h

No Círculo Cultural Scalabitano

 

 

Sinopse

Em NÃO SE GANHA, NÃO SE PAGA, a sátira nasce da tragédia: no centro da história está a desgraça, familiar e social, do desemprego, e a reacção violenta aos duros factos da humilde vida quotidiana de seres correctos e respeitadores das normas. Ela, Antónia está desempregada há alguns meses; ele, João, é operário numa fábrica ameaçada pela iminência da deslocalização. A situação está a tornar-se insuportável quando Antónia assiste e acaba por participar no roubo, levado a cabo por donas de casa como ela, de um supermercado. O produto do roubo tem de ser escondido do marido que - prefere morrer de fome a fazer alguma coisa contra a lei - e claro, da polícia, dando origem a um jogo de enganos de grande comicidade.

A crise é o pano de fundo. O desemprego uma ameaça que paira sobre todos os personagens, simples operários, completamente dependentes das vontades e dos interesses das grandes multinacionais que facilmente deslocalizam empresas sempre em busca do lucro mais fácil, completamente insensíveis aos milhares de dramas humanos e sociais que pelo caminho vão semeando.

A comédia faz pensar. Faz rir e rindo, rimos de nós próprios, dos nossos problemas e das nossas fraquezas, como forma de nos reposicionarmos no mundo, num tempo de desagregação social e de desespero. É um brincar, como forma de sublimar as frustrações de um dia a dia cada vez mais negro e difícil.

 

A peça

Um olhar mordaz e irónico sobre os problemas de uma sociedade na qual os menos favorecidos são os mais penalizados.

A crueza da realidade é demonstrada pelo jogo do absurdo e da comicidade. Uma peça que nos ajuda a reflectir sobre a actualidade que vivemos.

Dá que pensar que uma comédia “de intervenção” escrita há trinta e oito anos, permaneça actual e pertinente.

 

O autor

Dario Fo, nascido em Sangiano - Itália (24.03.1926) é dramaturgo, actor, encenador, com vastíssima obra publicada e representada em todo o mundo. Embora formado em arquitectura desde jovem ligou-se ao teatro, nunca mais o deixando. Prémio Nobel da Literatura em 1997.

O texto que se apresenta resulta de uma adaptação de José Ramos, umm dos elementos do grupo que também assina a encenação.

 

Sempre actual

Eça de Queirós escreveu em 1872

“Nós estamos num estado comparável apenas à Grécia: a mesma pobreza, a mesma indignidade política, a mesma trapalhada económica, a mesma baixeza de carácter, a mesma decadência de espírito. Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se em paralelo, a Grécia e Portugal.”

(in As Farpas)

 

Interpretação

 

Antónia (desempregada) - ANA GARGATÉ

Margarida (operária precária) - ANGELINA MADEIRA

João (operário, sindicalista e marido de Antónia) - PEDRO MOTA MARCOS

Luís (operário, “extremista” e marido de Margarida) - ELISEU RAIMUNDO

Chefe de Polícia - FRANCISCO SELQUEIRA

Sargento da Guarda - NUNO DOMINGOS

Cangalheiro, Pai de João - ANTÓNIO JÚLIO SANTOS

Polícia e Operário - MÁRIO MARCOS

 

 

Ficha técnica

 

Encenação JOSÉ RAMOS

Design gráfico e multimédia PEDRO MOTA MARCOS

Desenho de luz FRANCISCO CERCAS

Desenho de som NUNO SALVADOR

Fotografia SÃO MARECOS

Contra regra LUÍS COELHO

 

Produção VETO TEATRO OFICINA - Círculo Cultural Scalabitano, 2012

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:12
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
19

22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Presidente da Câmara abre...

JOVENS OCUPAM FÉRIAS DE V...

Sorrir com o olhar

Medicinas Alternativas: e...

Cansada de tudo

Sem amarras

PROGRAMAÇÃO “Verão In.Str...

EXTENSÃO DE SAÚDE DE VALA...

Novos e requalificados es...

Novo quartel dos Bombeiro...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds