NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 31 de Julho de 2009
Câmara de Almeirim paga 2500 euros mensais para instalar Centro Distrital de Operações de Socorro


 

A Câmara de Almeirim decidiu arredar uma parte das instalações do Lezíria Retail Park na zona industrial da cidade para instalar provisoriamente o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS). A autarquia vai pagar uma renda de 2.500 euros mensais pelo espaço com 450 metros quadrados, prevendo-se que o contrato de arrendamento se prolongue pelo menos pelo período de um ano e meio. Tempo que vai levar até que fique construído o edifício para albergar os serviços em dois lotes da câmara cedidos para o efeito.

 

Esta foi a solução encontrada para concentrar rapidamente na cidade o CDOS, que actualmente funciona repartido por instalações em Santarém (serviços administrativos e técnicos) e Tomar (central de operações). O Lezíria Retail Park é propriedade da Tiner S.A., do empresário da Chamusca António Marques Varela, e foi construído há sete anos para albergar empresas da área do comércio a retalho. Mas até agora as instalações têm estado fechadas sem qualquer tipo de utilização. Na edição de 18 de Abril de 2007 de O MIRANTE a administração da empresa reconhecia a dificuldade em captar inquilinos, mas assegurava que estava a fazer uma nova promoção do retail park e que tinha intenção de abrir o Lezíria até final desse ano. O que não aconteceu.

 

Segundo o vereador da Protecção Civil da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro (PS), está previsto o CDOS começar a funcionar nestas instalações até final de Setembro. Garantindo que a construção do novo edifício vai demorar cerca de um ano e meio, acrescentando que a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) já começou a fazer os levantamentos topográficos no terreno. Esclarece ainda que há um projecto tipo para a construção destas instalações que vai ser adaptado às características dos lotes cedidos em direito de superfície por um período de 50 anos pela autarquia à ANPC.

 

A decisão de arrendar as instalações foi aprovada pelo executivo camarário na quarta-feira, com o voto contra do vereador Francisco Maurício, eleito pelo PS mas incompatibilizado com o presidente da câmara, Sousa Gomes. O vereador questionou porque é que o serviço não era instalado nas antigas instalações dos bombeiros da cidade onde funcionou o antigo Centro Coordenador Operacional Santarém Ribeirinho. Mas o vereador esqueceu-se que quando este centro e o de Santarém Norte foram desmantelados para dar lugar ao CDOS as instalações já eram exíguas para as exigências operacionais.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:48
link do post | comentar | favorito
|

Coruche: Ponte Teófilo da Trindade reabre ao trânsito

 


A ponte Teófilo da Trindade, sobre o rio Sorraia em Coruche, e que esteve em obras durante o mês de Julho, reabre hoje ao trânsito, repondo um dos principais eixos de circulação do concelho.

«Tínhamos esperança que a reabertura acontecesse antes da data prevista e isso aconteceu», disse o presidente da Câmara de Coruche, Dionísio Mendes.

A circulação rodoviária entre Coruche e a rotunda do Monte da Barca (Estrada Nacional 114) volta assim à normalidade. «Agora as pontes que existem sobre o vale do Sorraia estão capacitadas e prontas para receber todo o tipo de veículos», afirmou o autarca coruchense à agência Lusa.

Dionísio Mendes elogia o empenho e profissionalismo dos técnicos das Estradas de Portugal e de todas as empresas envolvidas nas obras de requalificação das pontes. «Em conjunto procuramos sempre as melhores soluções para evitar o transtorno das populações», esclarece.

Mas o Exército Português também mereceu um elogio, minimizando os danos da obra para a população: «a engenharia militar conseguiu montar em tempo recorde a maior ponte que alguma vez se instalou em Portugal. Sem essa alternativa teria sido o caos».
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:23
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 30 de Julho de 2009
Dar voz ao projecto da CDU

Dar voz ao projecto da CDU

Em ambiente de festa e de grande confiança, foram apresentados, dia 24 de Julho, os primeiros candidatos da CDU à Câmara (Ortelinda Graça Nunes) e à Assembleia Municipal de Coruche (José Casanova).

Ortelinda Nunes, professora e membro da Comissão de Freguesia do Couço do PCP, começou por traçar o «quadro negativo» que o executivo PS, ao fim de oito anos, deixou o concelho de Coruche, que «está mais desigual» e onde «os problemas estruturais» e as «assimetrias» se acentuam.
«Encontro-me aqui fazendo parte de um enorme colectivo de homens, mulheres e jovens, que se candidatam à Câmara e à Assembleia Municipal, assim como em todas as freguesias do concelho», afirmou, dando conta que a «equipa» da CDU é conhecedora «dos problemas com que as populações se deparam» e «possuidor de um extenso capital autárquico, assim como de vasta experiência no movimento associativo».
A candidata à Câmara Municipal valorizou ainda o projecto da CDU que «contempla o entendimento do concelho como um todo, onde todas as freguesias serão olhadas e tratadas sem qualquer tipo de discriminação». «Quero olhar olhos nos olhos para cada munícipe, falar de igual para igual, ao mesmo nível, acabando com a altivez e a sobranceria de tratamento», disse, prometendo que, com a CDU, serão retomadas «as reuniões com todos os presidentes de junta em simultâneo, contribuindo em uníssono para a resolução dos inúmeros problemas que as mesmas terão de solucionar, independentemente da força política que as governe».

«Obras de fachada»

Referindo-se ao executivo PS, Ortelinda Nunes criticou as «obras de fachada que surgem em anos eleitorais, feitas atabalhoadamente, que vão enganando os incautos e ingénuos que ainda acreditam que é dessa forma que se obtêm e se colmatam as necessidades das populações». «O nosso projecto não se subordina a calendários eleitorais, à semelhança do que se verifica na Freguesia da Branca em que nada se fez em quatro anos e agora é uma corrida desenfreada à “pseudo” obra», acusou, criticando, de igual forma, os «métodos e práticas de gestão longínquas dos munícipes e dos trabalhadores das autarquias».
Nesse sentido, acrescentou, «é urgente a prática de uma política de proximidade de modo a envolver cada vez mais os coruchenses no nosso futuro colectivo».

Condenar a política de direita

José Casanova, cabeça de lista à Assembleia Municipal, referiu que as listas da CDU são compostas por «gente com provas dadas em matéria de trabalho, de humildade e de respeito pelos compromissos assumidos». «São listas para vencer e para, no que respeita à Câmara Municipal, devolver à população o trabalho, a honestidade e a competência da CDU», afirmou o também membro Comité Central do PCP e director do jornal Avante!. «A vitória nas autárquicas começa a conquistar-se com a intervenção intensa de todos os candidatos e de todos os activistas da CDU no trabalho das legislativas», acrescentou.
A sessão pública, que se realizou nas Piscinas Municipais de Coruche, uma obra da CDU, terminou com a intervenção de António Filipe, deputado do PCP na Assembleia da República e candidato às Eleições Legislativas pelo distrito de Santarém. Condenando a política de direita e a acção do Governo, reafirmou a necessidade do reforço da CDU para se romper com a alternância entre o PS e o PSD.

Ortelinda Nunes
Novo ciclo em Coruche

Na sessão pública, que contou com a presença de mais de uma centena de pessoas, Ortelinda Nunes, cabeça de lista da CDU à Câmara de Coruche, falou das «graves lacunas» na rede viária e alertou para o facto de o concelho estar «mais pobre». «A população está mais desfavorecida e requer uma atenção especial. É aos mais desfavorecidos, aos idosos, aos que menos têm, que terão de ser alvo de políticas sociais que os ajudem a minorar as agruras do seu quotidiano», afirmou.
A candidata criticou ainda o definhamento do movimento associativo e sublinhou que é «urgente» e «imperioso» mudar «as políticas do concelho». «Estamos aqui, de rosto bem erguido, alicerçados num passado que nos honra, dizendo que assumimos um projecto diferente, conscientes das dificuldades do contexto actual em que nos encontramos, mas acreditando que o futuro será bem melhor, com a CDU», destacou, terminando: «No dia 11 de Outubro, vamos, através do nosso voto, entrar num novo ciclo de gestão camarária».



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:05
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Julho de 2009
Vítimas de mini tornado esperam pelo prometido apoio há mais de um ano


 

As vítimas do mini-tornado que, em Abril de 2008, afectou parte dos concelhos de Santarém, Alcanena e Torres Novas ainda não receberam qualquer apoio financeiro por parte do Governo, da verba de 300 mil euros prometida para fazer face aos danos ocorridos em edifícios e empresas.

O chefe de gabinete do governador civil de Santarém, Carlos Catalão, reconhece que o prazo para concessão dos apoios “ultrapassou tudo o que era expectável”, referindo que o processo de desbloqueamento do dinheiro depende de um despacho conjunto dos ministérios da Administração Interna e das Finanças. O ministro da Administração Interna já cumpriu essa formalidade, faltando a assinatura do ministro das Finanças. Carlos Catalão disse ao nosso jornal que esse passo devia ser dado até final da semana passada.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:10
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 28 de Julho de 2009
Rui Barreiro pagou mais de dois mil euros de custas com processo contra jornalistas de O MIRANTE



 

O ex-presidente da Câmara de Santarém, Rui Barreiro (PS), teve que pagar 2.387 euros de custas do processo judicial contra três jornalistas de O MIRANTE, que foram absolvidos no caso julgado no Tribunal de Santarém. Barreiro, actual vereador socialista na oposição na câmara queixava-se de ter sido difamado artigos do jornal na altura em que exercia o cargo de presidente. Mas o colectivo de juízes considerou que o bom nome do político não foi afectado e foi-lhe aplicado o pagamento das custas judiciais que já foram liquidadas através de multibanco.

 

Recorde-se que neste processo tinham sido constituídos arguidos os jornalistas Alberto Bastos (director editorial), João Calhaz (chefe de redacção) e Joaquim Emídio (director-geral). Concluiu-se na fase de acórdão que os dois primeiros arguidos, apesar de terem sido sujeitos a julgamento, não deviam ter sido acusados pelo Ministério Público. O colectivo de juízes, presidido por Eduardo Azevedo, entendeu que Alberto Bastos (que à data factos era chefe de redacção) e João Calhaz (então apenas jornalista) não deviam ter sido sujeitos a julgamento porque o crime em causa é de natureza semi-pública e depende de queixa que não foi formalizada por Rui Barreiro, que apenas se queixava contra Joaquim Emídio.

 

O director-geral do e O MIRANTE, Joaquim Emídio, estava acusado de seis crimes de difamação, mas só foi atendido um deles porque não se provou que este fosse o autor das outras cinco notícias em causa. E em relação a esse texto em forma de comentário, o colectivo concluiu que não houve uma violação do direito ao crédito ou ao bom nome do autarca. Nesse artigo dizia-se que “o poder socialista em Santarém, liderado pelo impagável Rui Barreiro, já está tranquilamente instalado, depois da tempestade, com os seus mordomos a facturarem o voto e a obediência ao líder”. Escrito que foi entendido pelo tribunal como um comentário crítico ao poder político, não se observando uma situação ofensiva.

 

Além do processo-crime em que Joaquim Emídio era acusado da prática de seis crimes de difamação, João Calhaz, de oito crimes e Alberto Bastos, de quatro, Rui Barreiro pedia também uma indemnização de 200 mil euros, que não foi atendida pelo tribunal. Além deste processo, Rui Barreiro interpôs posteriormente um outro processo cível contra o jornal no qual alega que perdeu as eleições autárquicas de 2005 para o actual presidente Moita Flores (PSD) por causa das notícias publicadas por O MIRANTE. Quanto a este aguarda-se ainda a decisão.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:39
link do post | comentar | favorito
|

Ortelinda Nunes e José Casanova são cabeças de lista da CDU em Coruche

Ortelinda Nunes, professora aposentada de 52 anos, é a candidata da CDU à Câmara de Coruche. É com uma mulher que a coligação pretende retomar o poder naquele concelho tendo a sua apresentação decorrido sexta-feira na esplanada das piscinas municipais. Outra novidade é o regresso de José Casanova, dirigente do PCP e director do jornal Avante, como cabeça de lista à assembleia municipal. Candidato que já presidiu à assembleia municipal no mandato 1997-2001.

Membro da assembleia de freguesia do Couço desde 1989, com excepção do último mandato, Ortelinda Nunes garante ter aceite o desafio há pouco tempo. Aceitou-o de forma de poder vir a recuperar um concelho liderado pelo PS que diz ter perdido população e sentido o avolumar das assimetrias entre freguesias.

Realçando as qualidades e experiência autárquica dos candidatos aos diferentes órgãos, Ortelinda Nunes lembrou que a CDU e os seus autarcas são conhecidos por aplicarem políticas de seriedade e de não tirarem benefícios pessoais dos cargos para que são eleitos. Falou ainda em discriminação entre freguesias e em pseudo obras de final de mandato para enganar os ingénuos, dando como exemplos intervenções que decorrem na Branca e em Coruche. “Vamos acabar com as reuniões individuais com freguesias e fazer reuniões com presidentes de junta em simultâneo para ouvir as suas estratégias e não para cumprir calendário e dizer que se realizaram”, garantiu a candidata.

Ortelinda Nunes acusou ainda a maioria socialista de incapacidade de reivindicação junto da administração central para projectos como o IC 10 e IC 13, a travessia do vale do Sorraia, ou por ser incapaz de apoiar um movimento associativo a definhar, apelando ao voto, em particular o das mulheres. A O MIRANTE a candidata reconheceu que a sua candidatura pode ser interpretada com uma surpresa para os eleitores, “mas uma surpresa agradável e pela positiva”.

Em sessão com a presença do cabeça de lista da CDU às eleições legislativas pelo círculo de Santarém, António Filipe, o candidato à assembleia municipal, José Casanova disse estar motivado e satisfeito pelo convite da CDU e afirmou de forma categórica que o objectivo é vencer as eleições a toda a linha. “Queremos ouvir as populações e saber o que é melhor para si. A honestidade e competência são armas da CDU conhecidas de todos. O desafio é difícil mas acreditamos na vitória”, disse o candidato natural do Couço, que apelida PS e PSD nacionais mas também os socialistas locais de “caçadores de votos e devedores de promessas”.

Paulo Henrique é uma das caras novas. O carteiro, de 34 anos, membro da Assembleia de Freguesia de Coruche, candidata-se à junta de freguesia da sede de concelho. “Sei que vai ser um desafio muito difícil porque actual candidato é uma pessoa conhecida, que também já passou pela CDU. Vou tentar fazer o melhor possível e, pelo menos, serei sempre o mais novo candidato à junta”, referiu.

Manuel Coelho, eleito da assembleia municipal, candidata-se no Biscainho, e renovam candidaturas os presidentes em exercício das juntas do Couço, Luís Alberto Ferreira, e da Fajarda, Ilídio Serrador, que esteve ausente por motivos de saúde. Manuel Cardoso é cabeça de lista à Junta da Branca, Francisco Domingos candidata-se na Erra, António Gonçalves concorre na Lamarosa e Manuel Gomes em Santana do Mato. A actual presidente da assembleia municipal, Fernanda Pinto, surge como mandatária política da campanha. O programa eleitoral da CDU será apresentado após reuniões dos candidatos da coligação nas freguesias e com as populações.

«O Mirante»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:44
link do post | comentar | favorito
|

Festival do Alviela foi por água abaixo


foto
   

O Festival de Música do Alviela não se vai realizar este ano, tal como já havia sucedido em 2008. As edições que decorreram nos verões de 2006 e 2007 junto ao rio em Vaqueiros poderão ficar na história como as únicas dessa iniciativa lançada pela Câmara de Santarém neste mandato liderado por Francisco Moita Flores (PSD). O autarca diz que o festival deixou de fazer sentido a partir do momento em que o Governo mostrou abertura para lançar obras tendentes a resolver os crónicos problemas de poluição que afectam o rio, designadamente na ETAR e sistema de saneamento de Alcanena.

 

“O festival tinha um carácter de militância e de combate grande. Enquanto houver abertura do Governo para a realização das obras estaremos em paz. Há um tempo para o combate e um tempo para apaziguar as coisas”, disse ao nosso jornal Moita Flores, acrescentando que “o festival cumpriu a sua missão” de denúncia de um problema com décadas que urgia em ser resolvido. No entanto a autarquia vai continuar a promover eventos pontuais com o rio como tema central, assegurou.

 

O presidente da Junta de freguesia de Vaqueiros, Firmino Oliveira, foi um dos entusiastas e alma do festival e lamenta que o mesmo tenha acabado ao fim de duas edições que trouxeram uma visibilidade à zona pela positiva. O autarca considera que o festival continua a fazer sentido. Até pelo investimento que foi feito nas margens do rio e pelo contributo que deu para o desenvolvimento na zona de Vaqueiros.

 

“Temos condições naturais para fazer eventos com esse ou com outro nome e gastou-se aqui muito dinheiro”, afirma Firmino Oliveira, garantindo que vai continuar a tentar influenciar Moita Flores para que o espaço volte a acolher iniciativas, “mesmo que seja noutros moldes”. “O ideal seria criar ali uma zona de lazer”, defende.

 

Em 2008 a razão apontada para não se realizar o festival prendeu-se com razões financeiras. Na altura, Moita Flores disse que pretendia conferir ao evento um carácter bienal e dar-lhe mais profissionalismo. Além disso, dizia o presidente da câmara, a sua realização coincide com o período estival, onde grande parte da mão-de-obra do município está afectada às intervenções de manutenção e conservação de escolas.

 

Finalmente obras para despoluir o Alviela

 

Recorde-se que no dia 5 de Junho último foi assinado em Alcanena um protocolo envolvendo quatro entidades e que prevê a realização de várias intervenções complementares para mudar a face ao rio que atravessa os concelhos de Alcanena e Santarém. O investimento estimado é de 21,2 milhões de euros e engloba: a construção de uma unidade de tratamento de resíduos industriais (raspas verdes); a melhoria do sistema de tratamento da ETAR de Alcanena; remodelação da rede de colectores de águas residuais; reabilitação da zona de lamas não estabilizadas; e defesa contra cheias da ETAR de Alcanena. O acordo foi assinado pela Câmara de Alcanena, Instituto da Águas (INAG), Administração da Região Hidrográfica do Tejo (ARHT) e AUSTRA, e engloba ainda a reconstrução da cascata do mouchão de Pernes, no concelho de Santarém.

 

A Câmara de Santarém também já adjudicou as obras de construção da ETAR de Alcanede e de remodelação das ETAR de Pernes e de Amiais de Baixo, cujas obras já se iniciaram ou devem ter início em breve segundo informou Moita Flores.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:06
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
Convento de São Francisco abre ao público para ser “um espaço da alta cultura europeia”

 
 
O Convento de São Francisco, abriu as portas ao público no dia 24 de Julho, cerca das 21h30, na presença do secretário-geral da Presidência da República, Arnaldo Pereira Coutinho, do Bispo da Diocese de Santarém, D. Manuel Pelino Domingues e de Moita Flores, presidente da Câmara de Santarém, além de largas centenas de populares, que não quiseram deixar passar o momento histórico da reabertura da sala de visitas da cidade, encerrada há mais de 100 anos. Classificado como Monumento Nacional desde 1917, o Convento de São Francisco data do século XIII, sendo a mais importante obra gótica da cidade.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:40
link do post | comentar | favorito
|

Dor e revolta no funeral de empresário

 

É com um misto de dor e revolta que familiares e amigos irão prestar hoje, a partir das 10h30, a última homenagem ao empresário agrícola Ilídio Francisco, de 43 anos, na Igreja de Alferrarede, Abrantes.

 

O sócio-gerente da Sociedade Agrícola Ouro Vegetal (SAOV) morreu no sábado à tarde ao tentar salvar três amigos, que passavam por dificuldades dentro de um poço. Os três homens foram salvos e ontem apenas um continuava hospitalizado. Ilídio Francisco acabou por morrer afogado. "É de lamentar a má intervenção dos bombeiros. Foram rápidos a chegar mas lentos a intervir", queixa-se Alberto Gomes, sócio da vítima, e um dos que desceu ao poço para salvar dois funcionários. "O problema é que recebemos uma chamada para salvar uma pessoa e quando chegámos estavam três no poço", justifica António Jesus, comandante dos Bombeiros Municipais de Abrantes.

Ilídio Francisco e Alberto Gomes criaram a SAOV em 2004 para extrair e comercializar azeite. Com a marca Cabeço das Nogueiras chegaram a ganhar vários prémios.



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:58
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 26 de Julho de 2009
À COMUNICAÇÃO SOCIAL


 
 
A CDU – Coligação Democrática Unitária apresentou ontem, dia 25 de Julho, no Parque 25 de Abril, a Lista candidata à Assembleia de Freguesia de Riachos, Torres Novas, nas Eleições Autárquicas de 11 de Outubro.

Por impossibilidade do Mandatário, Carlos Trincão Marques, de estar presente como estava previsto, a Lista foi apresentada na presença de algumas dezenas de apoiantes por José António Tomé.

Após a apresentação individual de cada membro da Lista, António Canais, membro do PCP de Torres Novas, foi chamado a ler uma mensagem enviada por Manuel Ligeiro, Cabeça de Lista à Assembleia Municipal de Torres Novas e candidato pelo circulo de Santarém à Assembleia da República.

Entre os temas e assuntos focados, o problema ambiental que envolve toda a população de Riachos, foi a marca dominante das intervenções protagonizadas por Bernardino Carrilho, Cabeça de Lista à Assembleia de Freguesia de Riachos e Carlos Tomé, Cabeça de Lista à Câmara Municipal de Torres Novas.

Como vem sendo hábito nas iniciativas da CDU, a Apresentação Pública da Lista terminou com mais um pequeno convívio de confraternização.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:36
link do post | comentar | favorito
|

CDU de Torres Novas apresentou candidatos às freguesias

A CDU de Torres Novas já anunciou os cabeças de lista às freguesias do concelho onde vai concorrer nas eleições autárquicas de 11 de Outubro. Os escolhidos foram: Alcorochel – Esmeralda Moita; Assentiz – Brian Ricardo; Brogueira – Vieira Jorge; Lapas – Manuel Ramos; Meia Via – Mário da Bernarda; Olaia – Paulo Rosa; Paço – Francisco Lopes; Parceiros de Igreja – António Abreu; Pedrógão – Virgílio Dias; Riachos – Bernardino Carrilho; Ribeira Branca – Sérgio Formiga; Salvador – Armanda Teixeira; Santa Maria – Marta Silva; São Pedro – João Pereira; Santiago – Fernanda Relvão; Zibreira – Rui Caetano.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:13
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 24 de Julho de 2009
CDU DENUNCIA: CERCA DE 10000 UTENTES SEM MÉDICO DE FAMILIA

 

      NO CONCELHO DE ALMEIRIM – num quadro de 16 médicos

      apenas 9 estão a exercer funções - 
 
 
 
 

  1. Por solicitação da candidatura da CDU às próximas eleições autárquicas no Concelho de Almeirim uma delegação composta por 4 candidatos reuniu na passada 5ª feira 23 de Julho, com a Direcção do Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria que tem a responsabilidade da gestão do Centro de Saúde de Almeirim e que inclui as extensões de Raposa, Paço dos Negros, Fazendas de Almeirim e Benfica do Ribatejo.

 
 

  1. Nesta reunião tivemos oportunidade de transmitir as nossas preocupações relativas à falta de médicos (num quadro de 16 estão ao serviço apenas 9), havendo neste momento cerca de 10.000 utentes sem médico de família e a nossa determinação em defender um sistema de saúde que dê sentido aos princípios de equidade e solidariedade garantidos na Constituição da República Portuguesa, no espírito da criação do Serviço Nacional de Saúde e assumidos na Carta de Missão que criou os Agrupamentos dos Centros de Saúde.

 
 

  1. Manifestámos também a nossa indignação pela forma como os utentes estão obrigados a permanecer nos respectivos locais durante horas, sujeitos à chuva e ao frio em função da época, referindo em concreto uma situação por nós vivida na Raposa em que 6 pessoas permaneceram mais de 24 horas à frente da extensão de saúde desta (desde a madrugada de domingo até 2º feira de manhã) para garantir uma consulta, situação esta, que embora de forma diferenciada, é comum à generalidade das Extensões e Centro de Saúde do Concelho.

 
 

  1. Pese o empenhamento da Direcção do Agrupamento e a forma institucional e cordial como nos receberam, o que registamos e agradecemos, afirmamos que os problemas de falta de médicos no concelho de Almeirim são comuns à generalidade do sistema de saúde deste país e decorrem das políticas de desinvestimento levadas a cabo pelos sucessivos Governos que urge corrigir no plano nacional, e exige uma postura determinada de reivindicação e exigência por parte da Câmara Municipal de Almeirim, que em nosso entender não tem existido.

 
 

  1. O exemplo da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo que dinamizou a criação de uma Comissão de Utentes que lutou pela colocação de um médico para a freguesia e venceu essa luta, bem como as posições de defesa do Serviço Nacional de Saúde defendidas pelos eleitos da CDU na Assembleia Municipal e Câmara Municipal de Almeirim são exemplo do que deve ser a postura de uma autarquia relativamente ao Ministério da Saúde e Governo, quando a saúde dos cidadãos deste concelho está em causa.

 
 

  1. Só dando mais força às posições da CDU e com mais eleitos será possível transformar para melhor a qualidade de vida no Concelho de Almeirim.


publicado por Noticias do Ribatejo às 20:53
link do post | comentar | favorito
|

Acção promocional de vinhos do Ribatejo Interior vendeu mais de cinco mil garrafas

 

 

A acção promocional de vinhos do Ribatejo Interior chegou ao final dos três meses de promoção com cerca de 5.500 garrafas de vinhos consumidas nos 14 restaurantes aderentes à iniciativa. O projecto “Qualidade a Preço Único” estabelecia o preço único de cinco euros por garrafa para qualquer um dos seis vinhos, seleccionados pelos produtores Casal da Coelheira, Herdade de Cadouços, Quinta do Côro e Quinta Vale do Armo, a serem consumidos em restaurantes do Ribatejo Interior.

Dinamizada pela TAGUS, Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, a acção teve um balanço considerado bastante positivo por todos os intervenientes, permitindo que os consumidores ficassem a conhecer os vinhos dos produtores locais de uma forma mais acessível.

A TAGUS pretende estender este tipo de acção a outros produtos, como ao azeite,

«O Mirante»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:55
link do post | comentar | favorito
|

Bordallo Pinheiro: Museu do Douro inaugura dia 31, na Régua, exposição sobre cerâmica e caricatura do artista

 

Porto, 23 Jul (Lusa) - O Museu do Douro inaugura dia 31 de Julho, na Régua, a exposição "O Universo de Rafael Bordallo Pinheiro - Caricatura e Cerâmica", disse hoje à Lusa fonte da instituição.

A mostra está organizada em torno de um vasto núcleo de peças de cerâmica das Caldas da Rainha, pertencentes à Colecção Berardo, com enfoque para o grupo de peças de Rafael Bordallo Pinheiro (1846-1905), em paralelo com desenhos de caricatura humorística do autor.

A fonte frisou que "nesta colecção, mostram-se peças de importância rara, de rigorosa expressão naturalista e figurativa, em excelente estado de conservação".

Artista empreendedor e multifacetado, Rafael Bordallo Pinheiro trilhou um percurso muito próprio, dedicando-se às artes gráficas, às artes plásticas, ao desenho de objectos, à decoração e à cerâmica.

Integrando o círculo de intelectuais e artistas que definiram a Geração de 70 e privando com personalidades dos diversos sectores de influência da sociedade oitocentista, incluindo a própria Corte, Bordallo Pinheiro mostrou, através da sua obra, um retrato fidedigno, por vezes cruel, da sociedade de então.

Produziu uma vasta obra que reflecte quase sempre de forma crítica o quotidiano cultural, político e social da época em que viveu.

No que diz respeito à obra gráfica, foi inovador, desenvolvendo o desenho humorístico e o cartoon como expressão artística.

Consciente do poder e da força da imprensa, fundou diversos periódicos, utilizando a caricatura como veículo para a defesa dos seus ideais.

Quando Rafael Bordallo Pinheiro se fixou, em 1884, nas Caldas da Rainha, onde fundou com o seu irmão a "Fábrica de Faiança das Caldas da Rainha", cuja direcção artística assumiu, deu um impulso decisivo para tornar aquela cidade num centro da cerâmica reconhecido internacionalmente.

O Museu do Douro apresenta a exposição em parceria com a Colecção Berardo, o Museu Bordallo Pinheiro (Lisboa), a Fábrica de Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro (Caldas da Rainha) e o Museu Casa dos Patudos (Alpiarça).

A exposição, que está patente até 31 de Janeiro de 2010, tem o apoio mecenático do Turismo Porto e Norte Portugal e da empresa Douro Azul.

PF.

Lusa/Fim



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:25
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Julho de 2009
Quinze milhões para mudar a face da envolvente ao Convento de Cristo



foto

O projecto de requalificação urbana engloba ainda obras na central de camionagem de Tomar, no centro histórico e no Flecheiro.

   

A cidade de Tomar vai assistir nos próximos anos a algumas obras de vulto que vão modificar por completo o panorama visual da zona envolvente ao castelo templário e Convento de Cristo. O “Programa Integrado de Valorização Urbana de Tomar” e o “Programa Estratégico Rede Mosteiros Património da Humanidade” foram apresentados sexta-feira, 17, perante uma sala repleta de convidados nos paços do concelho.

Os projectos de regeneração urbana, avaliados em 15 milhões de euros e comparticipados em 45 por cento com fundos europeus no âmbito do Quadro Referência Estratégica Nacional (QREN) definem o que vão ser as obras de vulto em Tomar nos próximos anos e que, de acordo com o presidente da câmara, Corvêlo de Sousa (PSD), pretendem ser prossecutoras do Programa Polis.

“As candidaturas aprovadas reflectem a nossa estratégia de desenvolvimento para o concelho, cuja principal linha de orientação é conseguir o retorno da excepcionalidade que, a nível local, nacional e internacional, se reconhece a Tomar”, afirma o autarca. Ao todo são 13 as intervenções previstas para os próximos três anos incidindo em três áreas específicas: a zona envolvente ao Convento de Cristo, o centro histórico e o Flecheiro.

O “Programa Integrado de Valorização Urbana de Tomar” pretende revitalizar as zonas que englobam os principais valores patrimoniais da cidade, castelo e Convento de Cristo, através do melhoramento das acessibilidades aos monumentos. Este programa conta com parceiros como o Instituto Politécnico de Tomar, a ACITOFEBA, Associação Canto Firme, Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, Sociedade Recreativa e Cultural da Pedreira, Banda Republicana Marcial Nabantina, Sociedade Filarmónica Payalvense ou a Santa Casa da Misericórdia.

No terreiro D. Gualdim Pais, em frente ao castelo, serão construídos uma cafetaria, onde funcionará também um espaço de recepção ao visitante para distribuição de panfletos e ainda sanitários públicos. O estacionamento ficará interdito neste local, com excepção das pessoas com mobilidade condicionada. Em contrapartida, na ala norte do Convento vão ser criadas bolsas de estacionamento para autocarros. A calçada de Santiago e a calçada de Santo André serão requalificadas e apresentarão pisos idênticos investindo a autarquia no acesso pedonal aos monumentos.

Também a central de camionagem, propriedade do município e actualmente num estado bastante degradado, será requalificada globalmente. O projecto vai alterar por completo a imagem do actual edifício, passando pela revisão ao nível da compartimentação, pela substituição de sanitários, paredes e tectos, do pavimento e dos acabamentos exteriores.

O estudo indica ainda a necessidade de se requalificar a rotunda Alves Redol (fonte cibernética) e de promover programas de animação cultural no centro histórico da cidade. Realça igualmente a importância da construção do museu da Levada e a sua dinamização científica e pedagógica.

O Programa Estratégico “Rede de Mosteiros Património da Humanidade” resulta de uma colaboração entre os concelhos de Tomar, Alcobaça, Batalha e Lisboa (em parceria com o IGESPAR) para desenvolvimento de acções de restauro e valorização patrimonial no Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém, em Lisboa, Mosteiro de Santa Maria, em Alcobaça, Mosteiro de Santa Maria da Vitória, na Batalha e Convento de Cristo, em Tomar. As obras no interior dos monumentos são da responsabilidade do IGESPAR e na envolvente exterior de cada uma das autarquias.

 

No terreiro D. Gualdim Pais, em frente ao castelo, serão construídos uma cafetaria, onde funcionará também um espaço de recepção ao visitante para distribuição de panfletos e ainda sanitários públicos.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:15
link do post | comentar | favorito
|

Victor Mendes vem abrilhantar festa brava

25 anos de alternativa de Rui Salvador
 
O reconhecido toureiro e matador de touros, Victor Mendes, vem pela primeira vez actuar na Praça de Touros José Salvador, em Tomar. Integrado nas comemorações dos 25 anos de alternativa de Rui Salvador, o prestigiado toureiro aceitou o convite para o próximo dia 7 de Agosto. Victor Mendes atingiu a sua notoriedade em Espanha, onde esteve radicado mais de 25 anos como profissional desta actividade. Hoje, com 51 anos, retirado do activo desde 1998, relembra os momentos de criança em que brincava aos touros, nas ruas de Vila Franca de Xira. Nascido em Marinhais, muda-se com quatro anos para Vila Franca, onde ainda hoje reside. Seu pai, funcionário do tribunal, era um grande aficionado, inspirando o jovem. Em 1972 tem os primeiros contactos na arte do toureio com o “Velho Cadorio”, sapateiro local que, conhecedor do meio, juntava alguns miúdos aos sábados e domingos na praça Palha Blanco, estimulando-os. Um ano depois foi apresentado ao mestre José Júlio, actual professor da Escola de Toureio José Falcão, em Vila Franca. Manteve os estudos, chegando a frequentar Direito, em Lisboa. Após o 25 de Abril, antes de entrar para a faculdade, presta serviço cívico escolar, em Coruche e Vila Franca de Xira, conhecendo nessa altura os irmãos Badajoz, criando uma forte amizade com António Badajoz.

Mantendo sempre os treinos como bandarilheiro, abandona em 1976 os estudos. Estreia-se em Alcácer do Sal na prova de praticante, com 20 anos e, ainda no mesmo ano, em Agosto, na praça de Coruche, realiza a prova de bandarilheiro profissional. Pelas suas características e performance era contratado a participar em quadrilhas pelo país.

«O Templário"



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:49
link do post | comentar | favorito
|

Barcos de recreio vão passear no rio Nabão em Tomar

O executivo municipal de Tomar aprovou na reunião de terça-feira, o conjunto de normas com vista a possibilitar a colocação de embarcações de recreio no rio Nabão. O processo avança depois de a autarquia ter obtido, a 2 de Julho passado, a licença de utilização dos recursos hídricos para navegação marítimo-turística. Os barcos de recreio vão circular entre a zona do Açude dos Frades e o Açude do Flecheiro. A proposta visa a exploração de três barcos tipo gaivotas a pedal e três barcos a remos, podendo no entanto o explorador usar as embarcações que são propriedade da autarquia.

A exploração, dinamizada entre 1 de Maio e 30 de Setembro, será feita pelo período de dois anos, podendo ser prorrogada por requerimento do adjudicatário e com o acordo da Câmara Municipal, por períodos de um ano, até ao limite de sete anos.

«o Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:01
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 22 de Julho de 2009
Câmara tem de pagar mais 78.631,61 euros de últimas dívidas

 

Seis anos depois e com mais de 200 mil euros de prejuízo termina o folhetim da Festa dos Tabuleiros de 2003

 

A Câmara de Tomar aprovou esta semana pagar as dívidas que restam da Festa dos Tabuleiros de 2003 no valor de 78.631,61 euros. Uma decisão que é tomada após uma segunda auditoria às contas.

«O Templário»



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:29
link do post | comentar | favorito
|

Câmara impõe copos de plástico nas esplanadas de Torres Novas

O executivo da Câmara Municipal de Torres Novas decidiu proibir a venda de bebidas em garrafas ou copos de vidro ou plástico quebrável nas esplanadas da Praça 5 de Outubro. A proposta da maioria socialista contou apenas com um voto contra, do vereador da CDU Carlos Tomé, que alegou: “A câmara não deve nem pode proibir ou limitar a venda de bebidas nas esplanadas da Praça 5 de Outubro. A câmara poderá tomar uma decisão deste tipo nas Festas da Cidade ou em exposições ou feiras, em acontecimentos específicos de duração limitada e por si organizados”.

Carlos Tomé entende que a imposição feita aos donos das esplanadas extravasa as suas competências e invade o domínio dos gostos individuais dos clientes que, na sua óptica, têm direito a beber um refrigerante ou uma cerveja pela garrafa ou num copo de vidro, ou um copo de vinho num recipiente de vidro, “como deve ser”. E o vereador vai mais longe: “A câmara está a cercear a liberdade individual. Está a comportar-se como a ASAE ao tentar condicionar comportamentos individuais. E isso não é admissível”.

O autarca comunista considera desadequada essa medida como forma de prevenir eventuais actos de vandalismo na zona e acrescenta que se houver comportamentos ou actos ilícitos como destruição de património ou desacatos à ordem pública devem merecer um tratamento diferente.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:38
link do post | comentar | favorito
|

Volta a Portugal em Bicicleta na categoria de masters começou em Alpiarça


Serão vários os desafios que o pelotão, que rolará na edição inaugural da Volta a Portugal em Bicicleta na categoria de Masters, terá de superar. A prova iniciou-se ontem em Alpiarça, com a festa da apresentação das equipas. Os ciclistas veteranos partirão hoje para a primeira etapa que liga a vila ribatejana a Caldas da Rainha.

 

Ao longo das cinco tiradas que compõem o trajecto, os atletas encontrarão os vários ingredientes que fazem parte da sempre acérrima competição velocipédica: etapas talhadas para o sprint, um contra-relógio, tiradas de cariz montanhoso e ainda um circuito final.

 

Carlos Pereira, organizador da prova, levanta o “véu” sobre alguns dos momentos mais relevantes da corrida que se realizará na região centro e norte do país, entre os dias 22 e 26 de Julho.

 

”Esta é uma prova acessível a todos os atletas de Masters que se encontrem com um bom ritmo competitivo. Relativamente a dificuldades, gostaria de referir que estas se encontram em particular em três das cinco etapas, nomeadamente na 2ª, 4ª e 5ª”, mencionou.

 

Sobre estas, o director da Fullsport adianta: “A 2ª etapa é composta por um contra-relógio que, apesar de curto, fará sempre diferenças entre os vários candidatos à vitória final. Já depois de superarem a etapa mais longa, de 139,5 km, os atletas encontrarão a 4ª etapa, que culminará em Sever do Vouga, com uma contagem de montanha de 2ª categoria. Finalmente a derradeira etapa não é de forma alguma de consagração, já que o pelotão irá encontrar um circuito de três voltas no qual tudo pode acontecer”, afiançou.

 

Relativamente a perspectivas sobre esta organização, estas estão em alta: “Neste momento sinto uma enorme expectativa. Espero que os participantes gostem da prova, assim como desejo que os patrocinadores tenham o devido retorno, para que esta competição se torne uma referência de futuro. Sei que os ciclistas estão bastante expectantes pela chegada da prova e por isso desejamos não defraudar as expectativas”, salienta Carlos Pereira.

 

Crente no sucesso desta prova está a empresa Siper, que se associou agora à organização da Volta a Portugal de Masters. Instalada em Portugal desde 1982, esta empresa, com sede em Mem Martins, na região de Sintra, é líder de mercado da área dos isolamentos, apresentando soluções a nível térmico, acústico e de impermeabilização.

 

Organizada pela Fullsport, a 1ª Volta a Portugal em Bicicleta na categoria de Masters/Siper Isolamentos contará com os apoios das Câmaras Municipais de Alpiarça, Aveiro, Póvoa de Varzim, Sever do Vouga, Vila do Conde e também da União Velocipédica Portuguesa-Federação Portuguesa de Ciclismo (UVP-FPC), bem como com os patrocínios da Siper, Fonte da Fraga, Liberty Seguros, Shimano, GoldNutrition, Polar e Aluvia rent-a-car.

 

As etapas: 22-07-09 1ªetapa: Alpiarça-Caldas da Rainha 85,4 km; 23-07-09 2ª etapa: Soure-Soure (c/r) 8 km; 24-07-09 3ª etapa : Anadia-Vila do Conde 142 km; 25-07-09 4ª etapa: Aveiro-Sever do Vouga 89 km; 26-07-09 5ª etapa: Póvoa de Varzim-Póvoa de Varzim 93,2 km.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:10
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 21 de Julho de 2009
Tribunal de Contas detecta pagamento ilegal de refeições a autarcas do Cartaxo

 O presidente da Câmara do Cartaxo Paulo Caldas (PS) e os ex-vereadores Pedro Ribeiro e Elvira Tristão sujeitam-se a ter de devolver à tesouraria municipal verbas relativas a pagamentos de almoços e jantares que autorizaram em nome do município ou de que foram reembolsados indevidamente pela autarquia em 2003 e 2004. Os visados arriscam-se ainda a ser multados pelo Tribunal de Contas.

A situação foi detectada numa auditoria financeira realizada pelo Tribunal de Contas (TC) ao município do Cartaxo respeitante aos anos de 2003 e 2004 e cujo relatório foi tornado público no início deste mês. O TC concluiu que “ocorreram pagamentos de almoços e jantares sem base legal a responsáveis da autarquia, em simultâneo com o pagamento do respectivo subsídio de refeição” a esses mesmos autarcas. Em causa está um valor de cerca de 16.700 euros.

“Nos anos em análise (2003 e 2004) os responsáveis da autarquia Paulo Caldas, Pedro Ribeiro e Elvira Tristão foram reembolsados de despesas efectuadas com refeições nos montantes globais de 7.445,38 euros em 2003 e de 9.244,97 euros em 2004”, alega o Tribunal de Contas, acrescentando: “No caso de Paulo Caldas, o número de dias em que foi reembolsado com despesas de refeições corresponde, em cada ano, a 50 por cento dos dias úteis”.

O TC alega que os documentos de despesa que os responsáveis apresentaram para justificar os pagamentos foram recibos de restaurantes sem deles constarem o fim visado e o interesse público subjacente à sua realização. Alguns recibos não têm indicação de data ou esta está ilegível diz ainda o TC, acrescentando que “não está demonstrado que as despesas tenham sido efectuadas em representação do município”.

Nas recomendações constantes do relatório de auditoria, o Tribunal de Contas é bem claro quando diz que a autarquia deve “fundamentar e comprovar o interesse público subjacente à realização de refeições dos responsáveis autárquicos, no exercício de funções de representação inerentes ao cargo”.

O Tribunal de Contas censura tanto quem realizou a despesa como quem a autorizou. Paulo Caldas autorizou despesas no global na ordem dos 13.900 euros. Pedro Ribeiro autorizou despesas no valor de 2.667 euros e Elvira Tristão no montante de 103 euros.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:23
link do post | comentar | favorito
|

Maioria PSD assume sozinha estratégia de desenvolvimento do Entroncamento

O relatório final da Estratégia de Desenvolvimento 2020 e Plano de Acção 2013 para o Entroncamento foi aprovado, esta manhã, pelo executivo do Entroncamento, com apenas os votos dos quatro eleitos do PSD. A apresentação pública do mesmo está marcada para amanhã às 16h30. Os vereadores do PS (2) e BE (1), recusaram participar na votação e abandonaram os seus lugares na mesa na altura em que o documento foi posto à votação.

Foi a segunda vez que os eleitos do PS e BE se recusaram a votar o documento. A primeira aconteceu há uma semana, 13 de Julho, no decorrer de uma reunião extraordinária convocada para o efeito. Na altura a votação não ocorreu porque a reunião foi interrompida por falta de quórum – o executivo é composto por 7 elementos e naquele dia a vereadora do PSD Maria João Grácio não estava presente, o que não aconteceu hoje.

Alexandre Zagalo e Luís Antunes do PS e Carlos Matias do BE explicaram que não participaram na votação por considerarem que, estando a decorrer um período pré-eleitoral, não deveria ser aprovada uma estratégia de desenvolvimento para os próximos anos. “Estamos na véspera das eleições autárquicas. Não é este o tempo para aprovar este documento” argumentou Alexandre Zagalo. Carlos Matias do BE, juntou mais um argumento. “Todo o concelho deveria ter participado na elaboração deste trabalho. Esta altura é boa para abrir o debate pela estratégia aqui definida. Não é altura de fechar o debate aprovando o documento”

O Presidente da Câmara lembrou que na altura da apresentação do primeiro relatório, pela empresa que elaborou o documento, foi solicitado a todos os vereadores que apresentassem as suas propostas de alteração mas nenhum o fez.

A Estratégia de Desenvolvimento 2020 e Plano de Acção 2013 foi elaborado pela empresa “Augusto Mateus & Associados” e vai ser apresentada publicamente amanhã, a partir das 16h30, na residencial Gameiro, no Entroncamento.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:02
link do post | comentar | favorito
|

ARS diz que falta de médicos na região vai continuar até 2013

As situações mais graves de falta de médicos de família no Médio Tejo vivem-se nos concelhos de Abrantes, Constância, Entroncamento, Torres Novas e Ourém, este último considerado como o caso mais preocupante como resultado da aposentação de muitos médicos que nunca foram substituídos. Na Lezíria do Tejo a situação não é diferente, com os casos mais problemáticos a registarem-se nos concelhos de Alpiarça, Chamusca e Rio Maior.

Contactada por o MIRANTE, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) refere que a carência de médicos é sentida a nível nacional. “Não se trata de uma questão de organização, gestão, decisão, ou qualquer outra, mas sim uma questão de inexistência de médicos suficientes para preencher os quadros de pessoal dos Centros de Saúde” que se vai manter até 2013, diz Pedro Coelho dos Santos, da assessoria de comunicação da ARSLVT.

No Pego, Abrantes, a localidade está sem médico de família desde há um mês. A situação deve-se ao facto de duas médicas que ali prestam serviço se encontrarem ausentes ao mesmo tempo. Segundo o nosso jornal apurou, uma das clínicas esteve de férias durante quase todo o mês de Junho e, uma semana depois de ter regressado ao trabalho, meteu baixa, por motivos de saúde. Apenas trabalhou na última semana de Junho.

A outra médica que ali tinha ficheiro de utentes abandonou funções no início de Junho porque, alegadamente, se terá envolvido num conflito com um utente por se ter negado a passar uma receita médica. “Houve uma tentativa de agressão e a doutora achou que não havia condições para regressar e trabalhar aqui”, disse fonte da unidade a O MIRANTE.

De acordo com Leonel Neves, habitante local, a população do Pego tem agora que se deslocar ao Centro de Saúde de Abrantes e esperar horas para obter uma simples receita”. Em Montalvo, Constância, o médico foi acometido de uma doença grave mas mesmo assim tenta dar assistência aos utentes uma vez por semana. Já em Tomar, a carência de falta de médicos de família não está ser sentida pela população uma vez que a cidade conta com duas Unidades de Saúde Familiar, fruto do encerramento de algumas extensões médicas nas freguesias.

Segundo Manuel José Soares, a Comissão de Utentes de Saúde do Médio Tejo ( CUSMT) enviou uma proposta à ministra da Saúde onde apresenta uma solução para minimizar o problema, que receiam que se venha a agudizar ainda mais durante as férias dos clínicos. “Defendemos que seja criado um quadro legal, durante seis meses, no sentido de que os médicos que estejam aposentados possam vir a dar consultas, acumulando essa situação com a de reforma”, explica.

Esperar que medidas

tomadas façam efeito

De acordo com a ARSLVT a estratégia para combater este problema passa por aguardar que as medidas tomadas nos últimos anos surtam efeito e que “o número de médicos com a especialidade de medicina geral e familiar passe em cada ano a ser superior ao número de médicos que se reformam, permitindo assim ultrapassar o deficit que se tem verificado nos últimos anos e que vai manter-se até 2013”.

Segundo a ARSLVT, até lá devem ser tomadas “medidas de urgência”, que passam por se estudar formas que permitam que os médicos que se reformam possam, se o quiserem, continuar a prestar serviço nos Centros de Saúde (medida que está já em estudo pelo Ministério da Saúde) ou pelo recurso a empresas que prestam serviço de assistência médica.

A adopção destas medidas de urgência e a criação de Unidades de Saúde Familiar tem, segundo a ARSLVT, permitido que a nível da região de Lisboa e Vale do Tejo, se verifique um aumento do número de utentes com médico de família. O responsável acrescenta que desde que existam médicos dispostos a trabalhar em qualquer Centro de Saúde ou Extensão de Saúde, “a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo tratará de estudar e assegurar a sua contratação”.

Desde que existam médicos dispostos a trabalhar em qualquer Centro de Saúde ou Extensão de Saúde, “a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo tratará de estudar e assegurar a sua contratação”

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:04
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009
Ourém: Visitas promocionais ao Museu Municipal

Começou sexta-feira o programa de visitas promocionais gratuitas ao Museu Municipal de Ourém, iniciativa da Câmara Municipal.

A iniciativa, em autocarro cedido pela autarquia, tem início no posto de turismo de Fátima e contempla, ainda, a visita ao memorial da vidente Jacinta Marto, no cemitério de Ourém, ao Castelo e ao espaço de mostra de mobiliário de vilar dos Prazeres, em Fátima.

O percurso realiza-se de terça-feira a domingo.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:23
link do post | comentar | favorito
|

Comissão Utentes Saúde do Médio Tejo envia abaixo-assinado a ministra

 

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) enviou esta semana à ministra da Saúde 4.296 assinaturas reclamando medidas que ponham cobro à falta de médicos de família, situação que "tende a agravar-se" na região.

Sublinhando que este não é um problema exclusivo das populações das freguesias onde correu o abaixo-assinado, a CUMT adverte para as aposentações de médicos que vão ocorrer nos próximos tempos e para o período de férias.Alerta ainda para a falta de outros profissionais de saúde, nomeadamente enfermeiros.

O abaixo-assinado vai ser enviado igualmente aos grupos parlamentares, Governo Civil e câmaras municipais do Médio Tejo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:00
link do post | comentar | favorito
|

Incendiário detido mais de cinco vezes fica em prisão preventiva

 

  O funcionário público de 52 anos, apresentado ao tribunal no mês passado, voltou a ser detido pela Polícia Judiciária e encontra-se agora em prisão preventiva.
A detenção ocorreu através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, que deteve o homem pela suspeita da prática de, "pelo menos, oito crimes de incêndio", que lavraram em "extensas áreas de floresta na região de Ourém, durante o mês de Julho", pode ler-se no comunicado da Polícia Judiciária.
Fonte da Judiciária explicou ao Diário de Leiria que o homem já tinha sido detido no dia 24 de Junho, também por suspeita de ser o autor de três crimes de incêndio florestal ocorridos em Maio passado.
A referência do homem como incendiário data de vários anos, tendo sido detido "cinco ou seis vezes" pelas autoridades, adiantou a referida fonte, citando uma das detenções das autoridades, ocorrida há cerca de quatro ou cinco anos, altura em que esteve preso preventivamente "pelo mesmo tipo de acções criminosas".
Presente ao Tribunal de Ourém na sexta-feira, o homem voltou a receber a medida de coacção de prisão preventiva.  

«DL»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:28
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 19 de Julho de 2009
Uma centena de pessoas juntou-se na Barquinha em defesa do rio Tejo

 



 

A defesa e os problemas do rio Tejo levaram este sábado, 18 de Julho, cerca de uma centena de pessoas e 20 associações de Portugal e Espanha a constituir “as bases” do movimento Pró-Tejo. Associações ecologistas e naturalistas dos dois países juntaram-se hoje em Vila Nova da Barquinha a cidadãos e associações desportivas, sociais e culturais na defesa do maior rio da Península Ibérica.

“Foi hoje dado um passo decisivo no sentido de envolver todas as pessoas e entidades interessadas na defesa do Tejo a subscrever o acto de adesão que servirá de base à elaboração de um documento final, a ser apresentado oportunamente”, disse à Lusa, Paulo Constantino, um dos promotores da iniciativa.

Entre as associações presentes estavam a Fundação para a Nova Cultura da Água, Quercus, Liga para a Protecção da Natureza, Coagret - Coordenadora dos Afectados pelas Grandes Barragens e Transvazes, Plataforma em Defesa dos Rios Tejo e Alberche de Talavera de la Reina e ADENEX - Associação para a Defesa da Natureza e dos Recursos da Extremadura.

“O objectivo de definir os pontos reivindicativos e mobilizar a população, associações e responsáveis políticos, englobando todo o espectro social das comunidades ribeirinhas do rio Tejo em Portugal e Espanha, foi plenamente alcançado”, frisou Paulo Constantino.

O próximo passo é "a calendarização de actividades que visam evidenciar os estrangulamentos e a falta de água no leito do rio e promover a realização de jornadas técnico-científicas para identificar as causas dos problemas do Tejo”, acrescentou.

"É preciso implementar políticas de caudais ecológicos verdadeiros e efectivos, sustentadas em estudos relevantes que sejam capazes de manter e restaurar a vida no rio e seus afluentes, bem como prevenir, restaurar e valorizar o património cultural e ambiental ligado aos rios da bacia, para além de realizar acções para garantir a qualidade e quantidade da água”, defendeu.

“Queremos também focar a vertente cultural do rio Tejo através da escultura, da poesia, da fotografia, do teatro e da pintura, culminando na realização de um concerto ibérico Rock in Tejo”, afirmou.

Até final do ano decorrerão as primeiras iniciativas, como uma descida do Tejo e a primeira mobilização de cidadãos de âmbito ibérico com a denominada Estafeta da Água, levando a água do Tejo da nascente até à foz com percursos a pé, de cavalo, de autocarro e de comboio, entre outros.

Para Paulo Constantino este “é um movimento imparável porque nasce da vontade, da preocupação e da mobilização das pessoas e das associações”.

“Queremos que este movimento seja como que uma ‘enchurrada’ que permita resolver os muitos problemas que o Tejo enfrenta hoje em dia”, concluiu

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:19
link do post | comentar | favorito
|

Mais uma iniciativa da CDU que foi um sucesso
A iniciativa da CDU deste sábado, 19 de Julho, superou todas as expectativas com uma afluência de uma centena de pessoas à Colectividade do Frade de Baixo, um registo inédito em iniciativas promovidas por qualquer força política de Alpiarça no Frade de Baixo.

Entre os muitos residentes do Frade de Baixo que participaram neste convívio que culminou com uma excelente Sopa da Pedra, estiveram ainda presentes vários candidatos da CDU, nomeadamente os actuais Vereadores Mário Fernando e Mário Peixinho, além de Joana Serrano e Mário Santiago, cabeças de lista à Assembleia de Freguesia e Assembleia Municipal, respectivamente.

No âmbito deste convívio, várias ideias e propostas foram recolhidas, com vista à elaboração do Programa Eleitoral da CDU, no sentido de melhorar as condições de vida e assegurar um desenvolvimento sustentável do Frade de Baixo, cuja importância no concelho não pode ser mais ignorada, tal como tem vindo a acontecer pelo Executivo do PS.

Com um sucesso desta ordem de grandeza, a CDU reforça a sua confiança, sendo que é visível cada vez mais junto da população que a CDU é de forma inequívoca a única solução para recuperar do marasmo em que o nosso concelho se encontra.


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:30
link do post | comentar | favorito
|

Tomar apresenta obras de milhões



 

Na presença dos presidentes das câmaras de Tomar, Batalha e Alcobaça e de um representante da Câmara de Lisboa, foram apresentados na tarde de sexta-feira, 17, nos Paços do Concelho em Tomar, dois programas que anunciam as obras de vulto dos próximos anos e que, de acordo com o presidente da autarquia tomarense, Corvelo de Sousa (PSD), pretendem ser prossecutores do Pólis. O “Programa Integrado de Valorização Urbana de Tomar” e o “Programa Estratégico Rede Mosteiros Património da Humanidade”. O primeiro refere-se a um investimento superior a 12 milhões de euros e pretende revitalizar as zonas que englobam os principais valores patrimoniais da cidade, através do melhoramento das acessibilidades da envolvente do Convento de Cristo e revitalização do centro histórico. Também a Central de Camionagem de Tomar será requalificada globalmente. Este projecto deverá ficar concluído três anos depois da sua aprovação. Já o Programa Estratégico “Rede de Mosteiros Património da Humanidade” resulta de uma colaboração entre os concelhos de Alcobaça, Batalha, Lisboa e Tomar, com o objectivo de promover, de forma integrada, o elevado capital

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:07
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 18 de Julho de 2009
Câmara do Cartaxo lança concurso para construção da nova esquadra da PSP

A Câmara do Cartaxo aprovou na última reunião do executivo a abertura do concurso público para a construção da nova esquadra da PSP da cidade. Representando um investimento de 1,5 milhões de euros, o custo da nova esquadra será suportado em 90 por cento pelo Ministério da Administração Interna (MAI) e em 10 por cento pela autarquia. Prevê-se que o início da construção tenha lugar dentro de dois meses.

A Câmara do Cartaxo assume-se como dona da obra e irá responsabilizar-se pela execução e fiscalização dos trabalhos, cedendo também o terreno para a sua construção, situado junto à rotunda do parque de pesados, nas imediações do campo da feira.

Recorde-se que o processo da esquadra do Cartaxo motivou críticas por parte do PSD que, na última assembleia municipal, apresentou uma moção a exigir que o MAI e a câmara explicassem o motivo do atraso no arranque das obras. Documento que foi aprovado por unanimidade por aquele órgão.

Para o presidente da Câmara do Cartaxo a nova esquadra irá permitir melhores condições de trabalho aos agentes da PSP e responder a novas preocupações e necessidades, decorrentes do crescimento e do progresso do concelho. Paulo Caldas (PS) lembra ainda que o concelho já tinha conseguido uma dupla conquista, a manutenção das duas forças de segurança – GNR nas freguesias e PSP na cidade.

“Por vezes, vale a pena esperar mais algum tempo pela concretização de determinados projectos. A esquadra já deveria ter sido construída há mais tempo, mas esta demora acabou por enriquecer o projecto. Ele foi valorizado em termos de estacionamento, espaço envolvente e mesmo ao nível das próprias estruturas de apoio aos polícias, no seu trabalho e vivência diária. Tivemos benefícios acrescidos”, assegura Paulo Caldas

«O Mirante»

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:44
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

...

FESTAS DO PORTO ALTO HOME...

Dar Sangue é Salvar Vidas...

Autárquicas 2017: PS Coru...

Convento do Carmo inaugur...

Caminho das Artes transfo...

Comemorações do 28º anive...

300 empreendedores apoiad...

CÂMARA DO CARTAXO REFORÇA...

Atendimento Jurista da DE...

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds