NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sábado, 30 de Abril de 2011
OUREM - Câmara organiza Seminário sobre os 25 anos de integração Europeia
Dia 6 de Maio, às 14h00, tem início no auditório do edifício dos Paços do Concelho, um seminário subordinado ao tema "Portugal - 25 anos de adesão à União Europeia".

 

Uma organização conjunta do Município de Ourém e do Centro Europe Direct de Santarém.

 

 

Os interessados em participar deverão efectuar a sua inscrição através do número de telemóvel: 911 750 298.

 

 

Programa

 

 14h00 – 14h15: Recepção e credenciação dos participantes

14h15 – 14h30: Abertura

Paulo Fonseca - Presidente da Câmara Municipal de Ourém

Jorge Faria - Director da Escola Superior de Gestão de Santarém

14h30 – 15h45: Painel I

Um balanço de 25 anos de adesão de Portugal à União Europeia

Moderador: Luís Rainha – Docente na Escola Superior de Gestão de Santarém

Intervenientes:

Maria da Luz Rosinha - Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

Alfredo Marques – Presidente da CCDR Centro

Sérgio Ribeiro – Ex-Eurodeputado

Há 25 anos Portugal decidiu associar-se ao processo de construção Europeia, consolidando a sua democracia e instaurando uma nova economia de mercado. Essa opção permitiu traçar um caminho sem precedentes, de crescimento, estabilidade e prosperidade. Por outro lado, a nossa adesão permitiu à União Europeia, estender as suas relações ao Brasil, África e à comunidade lusófona.

Neste painel serão discutidas questões como:

- Que alterações ocorreram em Portugal após 25 anos de presença na UE?

- Foi o País capaz de responder aos desafios que se lhe foram colocando?

- Quais foram as principais vantagens da adesão à UE?

- Quais os principais contributos de Portugal para a construção Europeia?

Debate

15h45 – 16h00: Pausa para café

16h00 – 17h00: Painel II

Portugal na UE - Uma perspectiva sobre os próximos 25 anos

Moderador: Francisco Vieira - Director da Insignare

Intervenientes:

Margarida Marques – Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal

Carlos Coelho – Eurodeputado

Portugal, à semelhança dos outros países da União Europeia, vê-se hoje confrontado com um desafio que marcará indubitavelmente os próximos 25 anos da sua história: a crise económica. A actual situação, representa um desafio, mas também constitui uma oportunidade para mudar e consolidar as reformas indispensáveis na adequação da União Europeia ao século XXI.

Neste painel haverá a oportunidade para debater temas como:

- Conseguirá Portugal nos próximos anos convergir com os restantes Estados-membros?

- Caminharemos para uma Europa mais económica ou uma Europa mais social e cultural?

- Até onde se alargará a União Europeia?

- Como se posicionará a União Europeia na cena mundial?

Debate

17h00 – 17h30: Sessão de Encerramento

Paulo Fonseca – Presidente da Câmara Municipal de Ourém

Jorge Faria – Director da Escola Superior de Gestão de Santarém



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:35
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO PREMIOU OS MELHORES VINHOS DO CONCELHO E DA REGIÃO

Prémios do Concurso “Melhor Vinho na Produção” entregues no dia 29 de Abril, no decorrer da Festa do Vinho do concelho do Cartaxo
 

 

Os vinhos vencedores do XXVII Concurso de Vinhos do Concelho do Cartaxo e XII Concurso de Vinhos do Tejo “O Melhor Vinho na Produção”, organizados pelo Município do Cartaxo, em parceria com a Associação de Município Portugueses do Vinho, foram conhecidos e premiados no dia 29 de Abril, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas.
 
A Adega Cooperativa do Cartaxo esteve em grande no concurso, ganhando três primeiros prémios – o melhor vinho tinto e vinho branco do concelho do Cartaxo e o melhor vinho branco da região do Tejo. O melhor vinho tinto da região do Tejo foi produzido pela Adega Cooperativa da Gouxa.
 
A Sociedade Agrícola Casal do Conde, de Vila Chã de Ourique, também recebeu prémios em todas as categorias – 2.º melhor vinho branco do concelho, 3.º melhor vinho branco da região Tejo e duas menções honrosas nos tintos.
 
Nesta cerimónia de entrega de prémios, José Rodrigues, presidente do júri do concurso, afirmou que “os produtores estão de parabéns, porque este ano verificou-se uma melhoria substancial dos vinhos, em especial dos brancos. Foi como se houvesse duas ligas de vinhos brancos, uma primeira com vinhos de qualidade muito superior, e uma outra com qualidade muito boa, mas diferente da primeira. As apresentações visuais também foram bastante superiores nos tintos e nos brancos”, classificou.
 
José Rodrigues entende que a melhoria da qualidade está relacionada com “uma maior preocupação dos produtores nos aspectos da produção do vinho. Há um maior controlo, mais cuidados nas colheitas e mais higiene dentro das adegas. São factores positivos que dão melhorias substanciais ao produto final”, afirmou. 
 
 
XXVII Concurso de Vinhos do Concelho do Cartaxo


VINHO TINTO

 

CLASSIFICAÇÃO - NOME


1º Prémio Adega Cooperativa do Cartaxo
2º Prémio Manuel da Silva Miranda
3º Prémio António das Neves Nunes
Menção Honrosa Sociedade Agrícola Casal do Conde, S.A.
Menção Honrosa Jorge Manuel Pisca Lúcio
Menção Honrosa Fernando José Amorim Lúcio
Menção Honrosa Sociedade Agrícola Casal do Velho, Lda

 
VINHO BRANCO
CLASSIFICAÇÃO- NOME


1º Prémio Adega Cooperativa do Cartaxo
2º Prémio Sociedade Agrícola Casal do Conde, S.A.
3º Prémio Pitada Verde – Produção Agrícola, Lda.
Menção Honrosa Casa Agrícola Quinta do Falcão
Menção Honrosa Nuno Álvares Vieira Gabirro
Menção Honrosa Vinhos Vale da Marquesa de Jorge Ricardo
Menção Honrosa Abílio de Oliveira Rodrigues

 
XII Concurso de Vinhos do Tejo
VINHO TINTO


CLASSIFICAÇÃO-NOME


1º Prémio Adega Cooperativa da Gouxa, CRL
2º Prémio António Carvalho Machado
3º Prémio Enovalor – Agroturismo, S.A.
Menção Honrosa Casa Agrícola Paciência
Menção Honrosa Sociedade Ideal de Vinhos de Aveiras de Cima – SIVAC
Menção Honrosa David Henriques Vieira
Menção Honrosa Quinta Monteiro de Matos
Menção Honrosa Agro Batoréu, Lda
Menção Honrosa Adega Cooperativa do Cartaxo
Menção Honrosa Adega Cooperativa de Alcanhões
Menção Honrosa Manuel da Silva Miranda
Menção Honrosa José Silvério
Menção Honrosa Sociedade Agrícola Casal do Conde, S.A.
Menção Honrosa António das Neves Nunes

 
VINHO BRANCO
CLASSIFICAÇÃO-NOME


1º Prémio Adega Cooperativa do Cartaxo
2º Prémio Adega Cooperativa de Almeirim
3º Prémio Sociedade Agrícola Casal do Conde, S.A.
Menção Honrosa Agro Batoréu, Lda
Menção Honrosa Sociedade Ideal de Vinhos de Aveiras de Cima – SIVAC
Menção Honrosa Agrovia, S.A.
Menção Honrosa Quinta da Ribeirinha
Menção Honrosa Pitada Verde – Produção Agrícola, S.A.
Menção Honrosa Talhão Sociedade de Vinhos, S.A.

 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:56
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO - LICENCIAMENTO INDUSTRIAL DAS ADEGAS DEBATIDO NO CARTAXO

 

 O seminário esteve integrado na Festa do Vinho e permitiu esclarecer os procedimentos e a importância do licenciamento industrial para o sector de produção de vinho
 
No Cartaxo, no dia 29 de Abril, debateu-se o “Licenciamento Industrial das Adegas”, num seminário integrado na XXIII Festa do Vinho e organizado pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), em colaboração com a Câmara Municipal do Cartaxo.
 
Técnicos e especialistas deram a conhecer os procedimentos necessários para o licenciamento industrial para o sector de produção de vinho e respectivo enquadramento jurídico, seguindo-se um debate, moderado por Pedro Gil, vereador da Câmara do Cartaxo e responsável pelo projecto Cartaxo – Capital do Vinho.
 
Mafalda Gomes, José Vara e Teresa Pereira, consultores da Globiconfer, intervieram no primeiro painel, abordando os procedimentos para o licenciamento industrial e o sistema HACCP no sector de produção de vinho.
 
Mafalda Gomes afirmou que “uma grande parte das adegas ainda não tem os procedimentos de licenciamento regularizados ou não os tem actualizados”. Entre as principais razões que tornam este licenciamento importante, Mafalda Gomes destacou o facto de “ficar-se com a casa arrumada, poder-se efectuar projectos de investimento comunitário e estar-se em conformidade, porque as inspecções são cada vez mais incisivas”.
 
No âmbito da segurança alimentar, o sistema HACCP pretende, acima de tudo, controlar e garantir a segurança do produto, reduzir desperdícios, organizar o local de trabalho e garantir a confiança do consumidor no produto. “O HACCP é uma forma preventiva que temos ao nosso alcance para antecipar problemas que poderão vir a acontecer. Através de medidas pré-definidas, conseguimos agir preventivamente e evitar problemas futuros”, reforçou Teresa Pereira.
 
Fátima Barros trouxe ao Cartaxo um estudo de caso, apresentando o trabalho que tem vindo a ser feito no Município de Alijó no âmbito do licenciamento industrial das adegas. “O primeiro desafio que nos surgiu foi sensibilizar os produtores de vinho para a necessidade de fazer este licenciamento”, sublinhou a técnica superior desta autarquia.
 
Na Câmara de Alijó já deram entrada nove registos e duas regularizações. Fátima Barros apelou aos produtores para não terem receio de iniciar estes procedimentos. “É fácil licenciar as vossas adegas. Estamos a falar de uma obrigatoriedade, mas esta é também a melhor forma de estarem preparados para a realidade actual”, acrescentou.
 
O seminário contou também com a intervenção de Carlos Pereira, do Gabinete de Planeamento e Políticas do Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e das Pescas, que apresentou o Novo Regime de Licenciamento dos Estabelecimentos Industriais de Produção de Vinho, bem como os respectivos estrangulamentos detectados nos processos de regularização.
 
José Gaspar, presidente da Comissão Vitivinícola da Região do Tejo, esteve também presente neste seminário. Na sessão de abertura defendeu que “o licenciamento industrial das adegas é cada vez mais necessário, sobretudo se as adegas quiserem modernizar-se e conquistarem fundos comunitários”.
 
Paulo Caldas reforça que o vinho é um sector estratégico – que tem taxas de crescimento de 20 a 30% ao ano – e que deve ser mais apoiado
 
Paulo Caldas, presidente do Município do Cartaxo, da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e da Rede Europeia das Cidades do Vinho (RECEVIN), marcou presença na sessão de encerramento deste encontro, que teve também como intervenientes Costa Oliveira, secretário-geral da Fenadegas – Federação Nacional das Adegas Cooperativas, e Anabela Alves, do IVV – Instituto da Vinha e do Vinho.
 
Paulo Caldas enalteceu a importância deste seminário enquanto “espaço de debate que, além de técnico, deu a conhecer muitos outros aspectos importantes para o sector, que está cada vez mais a trilhar um caminho de qualificação”.
 
Sublinhou ainda o facto do vinho constituir “um factor estratégico para a região e o país”, sendo que “quando a economia está estagnada, sentimos que o sector do vinho está a produzir cada vez mais quantidade e a conquistar novos mercados dentro e fora do país. É um sector importantíssimo, que está a crescer 20 a 30% ao ano”.
 
Paulo Caldas voltou a defender políticas promotoras do sector e o reforço das ajudas aos produtores de vinho. “Tem de haver uma aposta clara no sector do vinho, por via dos incentivos fiscais, das ajudas comunitárias ou até da formação. Se o apoio for fortalecido, acredito que conseguiremos fazer muito melhor”, acrescentou.
 
Costa Oliveira olha para a AMPV como “uma entidade crucial” para a afirmação dos vinhos nacionais. “As adegas de norte a sul do país precisam de uma articulação com os seus municípios. A AMPV veio estabelecer um casamento que tem sido de sucesso, entre os municípios e o sector”, afirmou.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO -XI GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO RUI SILVA

Rui Silva e Clarisse Cruz vencem no Cartaxo

 


 
O Cartaxo recebeu esta tarde o XI Grande Prémio de Atletismo Rui Silva, que juntou mais de 600 atletas a correr nas ruas da cidade.
 
O vencedor da prova foi o atleta da terra Rui Silva, do Sporting Clube de Portugal. Nos femininos, a vencedora foi a também sportinguista Clarisse Cruz.
 
Manuel Damião (GDR Conforlimpa) foi 2.º e José Rocha (Maratona CP) cortou a meta em terceiro lugar.
 
Na mesma categoria de seniores, em femininos, Cláudia Pereira (Sporting Clube de Braga) e Ana Ferreira (GD Estreito) foram 2.º e 3.º lugares, respectivamente.
 
Satisfeito pela quinta vitória no Grande Prémio do Cartaxo, Rui Silva deu os parabéns à organização por esta 11.ª edição, sublinhando que “o novo traçado da prova foi uma óptima aposta”. Deixou ainda uma palavra de agradecimento “aos espectadores que acarinharam os atletas quer ao longo do percurso, quer no Estádio Municipal”.
 
Clarisse Cruz classificou o percurso da prova de “excelente” e, mais uma vez, “foi uma honra correr numa prova que homenageia o grande atleta de referência que é Rui Silva”, acrescentou.
 
A Câmara Municipal do Cartaxo distingue o aumento do número de atletas em 2011, numa edição que este ano decorreu dentro de novos moldes – apostou-se numa nova data, num novo horário e num percurso diferente, que valorizou, não só o desempenho dos atletas que aspiraram um lugar no pódio, como igualmente a assistência e a espectacularidade do evento, que teve a meta localizada no interior do Estádio Municipal.
 
A integração da prova no programa da Festa do Vinho contribuiu também para a projecção desta grande festa desportiva.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:52
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM - Fechado o “ 1.º acto da campanha” onde Sónia Sanfona não se justificou
«Terminou o primeiro acto das eleições legislativas no distrito com a entrega de todas as listas. Mas o pano não fechou sem alguma polémica interna ma escolha dos candidatos a deputados.
Foi o caso do PS, em que Paulo Fonseca, o autarca de Ourém e presidente da distrital socialista, não ficou satisfeito com a imposição de José Sócrates para que João Galamba entrasse em terceiro lugar nas listas do distrito. Paulo Fonseca escreveu mesmo uma carta aos militantes a dizer que vai colocar o lugar à disposição depois das eleições legislativas de 5 de Junho “Obviamente que me apetece virar as costas à situação porque não posso concordar com esta imposição”.
Outra situação polémica foi a saída das listas da governadora civil e ex-deputada Sónia Sanfona, inicialmente prevista na proposta da distrital mas que acabou por se retirar sem apresentar justificação pública”.
 
Fonte: “O Ribatejo”

Noticias relacionadas:


Sónia Sanfona, um “grande quadro no Distrito de Santarém”

JS Ribatejo presente na lista de deputados pelo Círculo de Santarém

PS: Rui Barreiro critica forma como foram escolhidos os candidatos por Santarém

Sónia Sanfona decidiu sair da lista de deputados do PS



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito
|

ALMEIRIM - Final distrital do INATEL em futebol


publicado por Noticias do Ribatejo às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Abril de 2011
AZAMBUJA - “Mês da Cultura Tauromáquica 2011” com

Artes plásticas, dança, debates, cinema, desporto e… “festa brava”!
 


O XIII Mês da Cultura Tauromáquica, em Azambuja, vai animar Maio de 2011, a partir do dia 07, culminando – como é tradição – com mais uma edição da Centenária Feira de Maio.
As honras de abertura vão para a dança e as artes plásticas, com duas mostras para apreciar. O Jardim Urbano da vila estará mais animado do que é habitual, até 30 de Maio, com trabalhos de arte pública intitulados “Eh Toiro Lindo!”. Já as paredes da Galeria da Biblioteca Municipal vão exibir, até 11 de Junho, a exposição colectiva de pintura “Cumplicidades”. O dia inaugural fecha com um espectáculo de dança espanhola pela Escola de Dança do Concelho de Azambuja, às 22h00 na Poisada do Campino.
 
No Museu Municipal Sebastião Mateus Arenque, voltam a viver-se duas noites “Musealogando…” que prometem boa conversa e convívio. No dia 12 debate-se “Onde pára o fado vadio?” e no dia 19 o tema será “Azambuja engalanada”. Pelo meio, no sábado dia 14, é a vez do desporto. Após várias semanas de jogos, tem lugar a final do III Torneio de Futsal Inter-Tertúlias, no Pavilhão Municipal às 17h30. A entrega de prémios fica para as nove da noite, na Poisada do Campino.
 
O dia 21 de Maio será o grande dia de actividades taurinas que se segue, aliás, a uma noite (6ªfeira, 20) animada com a largada de dois toiros na Várzea do Valverde. Logo pelas 09h30 haverá o tradicional cortejo de campinos com cabrestos, e também muitos cavaleiros e amazonas, pelas ruas da Vila de Azambuja. Já na Várzea do Valverde, durante a manhã terão lugar provas de campinos (condução de cabrestos e do boi da guia, e uma picaria para campinos e amadores), à tarde oportunidade para assistir a um aula prática da Escola de Toureio de Azambuja e a um treino do Grupo de Forcados Amadores de Azambuja. Por fim, pelas 18h30, mais uma emocionante largada com dois toiros, que serão recolhidos a cavalo.
 
No dia 25, 4ªfeira, abrem-se as portas do Auditório Municipal – Páteo Valverde para a exibição do filme “As nossas raízes”, às 21h30.
 
Por fim, à semelhança das anteriores edições (12), o Mês da Cultura Tauromáquica culmina em grande com a “Centenária Feira de Maio de Azambuja – a feira mais castiça do Ribatejo”. De 26 a 30 de Maio, vivem-se cinco dias recheados de animação, convívio e “festa brava”!
 
Jorge Blanco



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

CARTAXO - DESFILE “DA VINHA AO VINHO” NO CARTAXO

Cerca de 300 crianças do concelho desfilaram pelas ruas da cidade, no segundo dia da Festa do Vinho
 
Na manhã do dia 29 de Abril, a cidade do Cartaxo recebeu uma iniciativa especial, em que foram os mais pequenos a criar um retrato dos hábitos ancestrais do concelho.
 
Envergando trajes quer domingueiros, quer de trabalho no campo, cerca de 300 crianças participaram no desfile “Da Vinha ao Vinho”, que ligou os Paços do Concelho ao Pavilhão Municipal de Exposições, onde está a decorrer a XXIII Festa do Vinho.
 
Elas de lenço atado na cabeça, saia rodada, avental e cestas no braço; eles de boina ou barrete, colete apertado, calças de flanela e enxadas ou foices na mão, este grupo de crianças protagonizou “um lindo momento de enaltecimento da nossa cultura rural”, como classificou Paulo Varanda, vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo.
 
Referindo-se à importância do envolvimento das crianças em actividades onde seja reforçada a identidade do concelho – como é o caso da Festa do Vinho –, Paulo Varanda defendeu que “transmitir aos mais novos as nossas tradições é apostar na preservação da nossa história e da nossa cultura”.
 
A iniciativa foi organizada pelo Agrupamento Escolar Marcelino Mesquita, com o apoio da Câmara Municipal, e envolveu ainda, após o desfile, a realização de um conjunto de actividades de animação infantil no Pavilhão Municipal de Exposições. 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:49
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM - Grande Festa do Bacalhau em Santarém - Herman José apadrinha evento

Grande Festa do Bacalhau
20 a 29 de Maio
Casa do Campino – Santarém
 

 
Com natas, acompanhado por grão, à brás, à lagareiro, à zé do pipo ou cozido com couves no Natal...
Estas são apenas algumas das muitas formas de confeccionar o tão apreciado bacalhau, descoberto pelos portugueses no século XV e que depressa se tornou uma iguaria nacional e internacional.
Devido à sua transversalidade, Santarém - que pretende afirmar-se como Capital Nacional da Gastronomia -, e cidade eleita para a sede das “7 Maravilhas”, que este ano tem como tema a gastronomia portuguesa, entendeu organizar e trazer até à Scallabis um evento alusivo a este peixe do mar “tão querido” na mesa dos portugueses.
A Grande Festa do Bacalhau, uma iniciativa da empresa municipal Cul.Tur e da Pascoal, foi hoje, dia 29, apresentada em conferência de imprensa, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Santarém. O evento com  entradas gratuitas vai decorrer de 20 a 29 de Maio, na Casa do Campino, onde acontece habitualmente o Festival Nacional de Gastronomia e onde vão estar instalados 8 restaurantes de diversos pontos de país a confeccionar vários pratos de bacalhau. Serão mil sabores… mil receitas de bacalhau. Todas elas diferentes de restaurante para restaurante. Ou seja, haverá uma clara aposta na diversidade de paladares da gastronomia nacional. Haverá também ementas alternativas para os que não gostam de bacalhau.
E, tal, como noutros eventos, não serão esquecidas as mostras ligados vinho e ao azeite, por serem produtos premiados internacionalmente (no caso dos azeites).
Para além de Vitor Gaspar, vereador da Cultura  da autarquia local e de José Valentim, administrador executivo da Cul.Tur estiveram também presentes João Vieira, administrador da empresa Pascoal & Filhos , Sofia Franco, directora de marketing da Pascoal & Filhos, Sónia Pais , directora da Escola de Hotelaria e Turismo de Santarém e claro, o padrinho do evento, o actor, apresentador e humorista Herman José.
A conferência foi marcada pelo humor a que Herman José já nos habitou. Herman José, o rosto desta iniciativa prometeu confeccionar na sua demonstração gastronómica, marcada para o dia 28, às 18 horas, uma das suas especialidades culinárias: uma lasanha de bacalhau.
O humorista disse também que “o bacalhau é um dos ingredientes mais polivalentes pois não está subjugado a apenas algumas formas de confecção como outros peixes”.
Demonstrações Gastronómicas no Átrio da Casa do Campino
Além da demonstração com o padrinho da Grande Festa do Bacalhau, o programa contempla outras demonstrações gastronómicas, com outros grandes chefs, no Átrio da Casa do Campino.
A primeira é da Pascoal e terá lugar no dia 21, às 16 horas, com o Chef Miguel Castro Silva,
Também as Escolas de Hotelaria e Turismo de Santarém e do Estoril associam-se a este evento através de demonstrações de cozinha ao vivo, onde predominará, como ingrediente principal, o bacalhau.
Estas demonstrações gastronómicas marcadas para os dias 22, 25 e 26, às 16 horas, vão estar a cargo dos formadores e alunos das duas escolas onde prevalecerá a inovação e a criatividade aliados ao mais tradicional dos produtos servidos à mesa dos portugueses.
As demonstrações têm um carácter educativo e são dirigidas a todos aqueles que queiram aprender e desenvolver novas técnicas na cozinha.
Durante a conferência, o vereador Vítor Gaspar sublinhou que, “a Grande Festa do Bacalhau não vai ser só um festival gastronómico mas também tem o intuito pedagógico de dar a conhecer este produto, sobretudo aos mais jovens”.
A empresa Pascoal, indústria transformadora de bacalhau, é também parceira deste evento e vai estar presente, segundo João Vieira, administrador da empresa com um stand pedagógico, no Pavilhão do Futuro, onde dará a conhecer a história da pesca, da transformação e do consumo de bacalhau em Portugal.
Haverá também um concurso. Quem escrever uma frase bem original ganhará um cabaz oferecido pela Pascoal. O sorteio será efectuado no dia 29 de Maio.
 
Animação
 
E festa não é festa sem animação.
Todos os dias há animação para todos os gostos e idades, no palco do recinto.
No dia 20 Maio, a inauguração oficial da Grande Festa do Bacalhau é às 19 horas.
E às 21h30, terá lugar a recepção da “Chama da Solidariedade”, nas Arcadas da Casa do Campino, numa organização da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade – CNIS.
O tema da solidariedade continua pela noite dentro com uma festa, às 22h15, no palco do recinto.
Também o dia 21 de Maio é dedicado à solidariedade, numa iniciativa da CNIS.
Às 10 horas e às 15h30, há animação com a participação das Organizações da CNIS.
Do programa consta também o encerramento do Congresso da CNIS, às 14h30.
À noite, destaque para o espectáculo Etnográfico “Do Olival à Adiafa”, do Rancho Folclórico do Bairro de Santarém, às 21h30
No domingo (dia 22), há folclore às 18 horas e noite de fados, às 21h30.
A animação continua na segunda-feira, dia 23 e no dia 24, quem quiser dar um pézinho de dança poderá fazê-lo ao som do acordeão de Pedro Melão. A matiné de acordeão é às 18 horas.
Depois actua a Tuna da Universidade da Terceira Idade de Santarém, às 21h30.
Os fados voltam no dia 25, às 21h30 e no dia 26, sobe ao palco o Coro do Jardim-Escola de Deus, ao qual se seguirá um espectáculo de tunas académicas: Scalabituna e TAESAS (Escola Superior Agrária de Santarém).
A Grande Festa do Bacalhau prossegue na sexta-feira, dia 27, com mais uma matiné de acordeão (Pedro Melão), às 18 horas e às 21h30 há fado e tango.
O ponto alto do evento terá lugar no dia 28, com um grande concerto, às 22 horas, com Ana Moura, grande voz do fado e vencedora do Globo de Ouro de Melhor Intérprete Individual.
Natural de Coruche e reconhecida internacionalmente, Ana Moura tem vários discos editados, entre os quais: Guarda-me a Vida na Mão, Aconteceu, Leva-me aos fados e Para Além da Saudade.
O programa de animação da Grande Festa do Bacalhau no dia 29, é preenchido com  “Coração Cultural” (9 horas), uma marcha com um percurso de interesse paisagístico e cultural, organizada pela Scalabisport. A saída da marcha é do Instituto Politécnico de Santarém.
Ao final da tarde (18 horas) há folclore e à noite (21h30) danças com a Escola “Dance Stoffel Santarém”.
No recinto da festa, os visitantes têm também ao ser dispôr bares, doçaria e esplanada onde podem assistir confortavelmente aos espectáculos ou simplesmente apreciar o ambiente.
 
Horário: Grande Festa do Bacalhau
De Domingo a Quinta-feira, das 12h00 às 24h00
Restauração: Encerra às 24h00
 
Sexta-feira e Sábado, das 12h00 às 02h00



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:11
link do post | comentar | favorito
|

BENAVENTE - LARGADAS DE TOIROS EM SAMORA CORREIA

LARGADAS DE TOIROS ANIMAM FIM DE SEMANA EM SAMORA CORREIA

As tradicionais largadas de toiros animam a cidade de Samora Correia este fim de semana.

 


 
Esta tarde há largada de toiros às 19h00. Sábado será às 17h30 e no domingo às 10h30. Na segunda-feira a largada será às 19h00.
 
Até 8 de Maio, haverá largadas de toiros todos os dias, excepto no dia 3 de Maio, porque depois da Feira Anual começa a Semana Taurina com o programa que se anexa e para o qual apelamos à vossa atenção.

 

 

FEIRA ANUAL DE SAMORA CORREIA
(ATÉ 2 DE MAIO DE 2011)
LARGADAS DE TOIROS
SEXTA-FEIRA, 29.04.2011 - 19:00 HORAS
SÁBADO, 30.04.2011 - 17:30 HORAS
DOMINGO, 01.05.2011 - 10:30 HORAS
SEGUNDA-FEIRA, 02.05.2011 - 19:00 HORAS
FESTIVAL DE FOLCLORE
SÁBADO, 30.04.2011 - 21:30 HORAS
CENTRO CULTURAL DE SAMORA CORREIA
Grupo Etnográfico “Samora e o Passado”
Rancho Folclórico e Etnográfico “Os Azeitoneiros” de Alvorninha
Grupo Folclórico de Matela
Rancho Folclórico da Madalena
Grupo Etnográfico de São Martinho de Árvore (Coimbra)
ORG. GRUPO ETNOGRÁFICO SAMORA E O PASSADO
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES
QUINTA-FEIRA, 28.04.2011 - 18:00 / 24:00 HORAS
SEXTA-FEIRA, 29.04.2011 - 18:00 / 24:00 HORAS
SÁBADO, 30.04.2011 - 14:00 / 24:00 HORAS
DOMINGO, 01.05.2011 - 14:00 / 24:00 HORAS
SEGUNDA-FEIRA, 02.05.2011 - 18:00 / 23:00 HORAS
VI SEMANA TAURINA DE SAMORA CORREIA
(4 A 8 DE MAIO DE 2011)
PROGRAMA
QUARTA-FEIRA, 04.05.2011
LARGO DO CALVÁRIO
19:00 Largada de Toiros
CENTRO CULTURAL DE SAMORA CORREIA
21:15 Inauguração da Exposição de Fotografia “Olhar não convencional”, de António Gaspar.
21:30 Actuação dos Grupos de Sevilhanas da AGISC e Canela e Manzanilla da Casa do Povo.
22:00 Conversas Taurinas “ A Juventude e a Tauromaquia”
Oradores:
- Rui Bento Vasques
- Pedro Salvador
- Manuel Dias Gomes
- João Salgueiro da Costa
- António Ribeiro Telles Bastos
- Catarina Ribeiro Telles
- Maurício do Vale
Moderador: Sérgio Perilhão
QUINTA-FEIRA, 05.05.2011
LARGO DO CALVÁRIO
19:00 Largada de Toiros
20:00 Abertura do ESPAÇO PURO RIBATEJO (Celeiro da Companhia das Lezírias)
21:30 Fados e Guitarradas, com a participação de Mário Coelho, Gena, Carlos Oliveira, Susana Boavida, João Moreira, Maria Veneno, Manuel Arrebita, João Lourenço, Sara Lourenço, Jorge Neto, Vítor Conde e OS MARIALVAS (Rodrigo Pereira, Manuel da Câmara e Francisco Martins), acompanhados por José Manuel Bacalhau (Guitarra) e Carlos Velez (Viola).
SEXTA-FEIRA, 06.05.2011
LARGO DO CALVÁRIO
19:00 Largada de Toiros
20:00 Abertura do ESPAÇO PURO RIBATEJO (Celeiro da Companhia das Lezírias)
21:45 Rumbas e Sevilhanas, com o Grupo SONIDO ANDALUZ
01:00 Largada de Toiros
SÁBADO, 07.05.2011
LARGO DO CALVÁRIO
18:00 Largada de Toiros
20:00 Abertura do ESPAÇO PURO RIBATEJO (Celeiro da Companhia das Lezírias)
23:00 Rumbas e Sevilhanas, com o Grupo TRES SANGRES
01:00 Largada de Toiros
CENTRO CULTURAL DE SAMORA CORREIA
21:30 IV Encontro Taurino de Bandas de Música
- BANDA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA UNIÃO SAMORENSE
- BANDA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA PROGRESSO E LABOR SAMOUQUENSE
DOMINGO, 08.05.2011
LARGO DO CALVÁRIO
15:00 Abertura do ESPAÇO PURO RIBATEJO (Celeiro da Companhia das Lezírias)
16:30 Vacada Popular
(Com a participação dos Forcados da Terra)
CENTRO CULTURAL DE SAMORA CORREIA
21:30 Espectáculo de Flamenco
BALLET FLAMENCO JESÚS ORTEGA (SEVILHA-ESPANHA)
Guitarrista: Ramón Amador
Cante: Fabiola Pérez y Vicente Gelo
Percusión: Roberto Jaén
Bailaor Solista: Jesús Ortega
Cuerpo de Baile:Cristina Gallego y Eva Soto
Dirección: Jesús Ortega
Coreografía: Jesús Ortega
Música: Ramón Amador
WORKSHOP FLAMENCO
CENTRO CULTURAL DE SAMORA CORREIA
SÁBADO E DOMINGO, 07 E 08 MAIO 2011
· Com CRISTINA GALLEGO E JESÚS ORTEGA (BALLET FLAMENCO ANDALUZ)
Nível Iniciado: Tangos
Nível Intermédio: Alegrias
Nível Avançado: Bulerias
Informações e Inscrições (até 05.05.2010): Junta Freguesia Samora Correia
Tel: 263 650 670 / Fax: 263 650 671 secretaria.jfsc@mail.telepac.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:09
link do post | comentar | favorito
|

ALMEIRIM - DESPORTO

HÓQUEI EM PATINS
  DIA 30 | SÁB – 15h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
  HÓQUEI CLUBE “OS TIGRES” vs HÓQUEI CLUBE SANTARÉM
  Infantis Masculinos
 
   DIA 30 | SÁB – 21h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
   HÓQUEI CLUBE “OS TIGRES” vs CLUBE DESPORTIVO SANTA CLARA
   Seniores Masculinos
  
   DIA 01 | DOM – 12h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
   HÓQUEI CLUBE “OS TIGRES” vs ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA COIMBRA
   Juniores Masculinos
  
 ANDEBOL
  DIA 30 | SÁB – 18h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
  ASSOCIAÇÃO 20 KMS DE ALMEIRIM vs ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA COIMBRA
  Seniores Masculinos
 
   DIA 01 | DOM – 10h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
   ASSOCIAÇÃO 20 KMS DE ALMEIRIM vs CLUBE ANDEBOL SALVATERRA MAGOS
   Minis Misto
  
   DIA 01 | DOM – 16h00 – Pavilhão Desportivo Municipal A. B. Calado - Almeirim
   ASSOCIAÇÃO 20 KMS DE ALMEIRIM vs GRUPO FUNCIONÁRIOS EMPREGADOS COMÉRCIO
   Juvenis Masculinos
  
 FUTEBOL
  DIA 30 | SÁB – 09h00/ 18h00 – Campo Sintético Futebol 7 – Parque Desportivo Municipal Almeirim
  5º TORNEIO PROF. JOSÉ PESEIRO
  Clubes participantes: FOOTKART - ORIENTAL – U. TOMAR – PORTO – BENFICA – CADE – AC. SANTARÉM – N. MADEIRA – BELENENSES - SPORTING
  Futebol 5 – Escalões Sub- 8
  
   DIA 01 | DOM – 09h00/ 18h00 – Campo Sintético Futebol 7 – Parque Desportivo Municipal Almeirim
   5º TORNEIO PROF. JOSÉ PESEIRO
   Clubes participantes: FOOTKART – BELENENSES – SPORTING – FOOT 21 – AC. SANTARÉM – SPORTING - ODIAXERE
   Futebol 7 – Escalões Escolas Sub- 11 e Infantis
  
   DIA 03 | TER – 19h30 – Campo Sintético Futebol 7 – Parque Desportivo Municipal Almeirim
   UNIÃO FUTEBOL CLUBE DE ALMEIRIM vs FOOTKART ESCOLA FUTEBOL E K. ASSOCIAÇÃO
   Escolas Sub- 11
  
   DIA 30 | SÁB – 11h00 – Complexo Desportivo Prof. Sousa Gomes – Fazendas de Almeirim
   ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE “A” vs CENTRO DESPORTIVO FÁTIMA
   Escolas Sub- 10
  
   DIA 30 | SÁB – 11h00 – Complexo Desportivo Prof. Sousa Gomes – Fazendas de Almeirim
   ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE “B” vs UNIÃO FUTEBOL CLUBE DE ALMEIRIM
   Escolas Sub- 10
  
   DIA 01 | DOM – 10h30 – Complexo Desportivo Prof. Sousa Gomes – Fazendas de Almeirim
   ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE vs GRUPO DESPORTIVO BENAVENTE
   Juvenis Masculinos
  
   DIA 01 | DOM – 16h00 – Complexo Desportivo Prof. Sousa Gomes – Fazendas de Almeirim
   ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FAZENDENSE vs SPORT LISBOA E CARTAXO
   Seniores Masculinos
  
   DIA 01 | DOM – 16h00 – Campo de Futebol do Estádio Municipal –  Almeirim
   UNIÃO FUTEBOL CLUBE DE ALMEIRIM vs NÚCLEO SPG. RIO MAIOR “B”
   Juvenis Masculinos



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:54
link do post | comentar | favorito
|

CORUCHE - CRIANÇAS APRENDEM PROCESSO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS

CRIANÇAS DA ESCOLA DE VALE MANSOS APRENDEM PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS 

Os alunos da Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Mansos visitaram na manhã de sexta-feira, 29 de Abril, a Estação de Tratamento de Águas Residuais da ÁGUAS DO RIBATEJO de Coruche (ETAR). A visita, integrada no plano curricular dos alunos, foi uma oportunidade para as crianças conhecerem o processo de tratamento dos “esgotos” e o percurso que fazem desde a sua residência ou escola até à Estação de Tratamento.

Durante a visita, os jovens estudantes colocaram várias questões e mostraram estar bem informados sobre as vantagens do tratamento para o meio ambiente. As lamas retiradas dos “esgotos” são aproveitadas para valorização ambiental e utilizadas como fertilizantes para a agricultura e a água é utilizada para limpeza das instalações e regas.

A ETAR ÁGUAS DO RIBATEJO de Coruche, inaugurada em Setembro de 2008, foi a primeira a entrar em funcionamento no Município de Coruche e a obra, que incluiu a Estação Elevatória, Emissário e condutas, custou 6,5 milhões de euros, sendo financiada em 68 por cento pela União Europeia. Neste momento o concelho está equipado com ETAR’s em todas as freguesias, excepto Biscainho, onde está a avançar uma estação que vai tratar também os esgotos de Foros da Charneca, localidade do Município de Benavente.

Os benefícios do tratamento das águas residuais são visíveis no rio Sorraia e seus efluentes onde é possível apreciar o regresso de várias espécies de peixes, havendo várias pistas e locais aprazíveis para pesca desportiva no Município de Coruche.

As visitas aos equipamentos da ÁGUAS DO RIBATEJO estão incluídas no programa de sensibilização ambiental promovido pela empresa municipal e são abertas a todas as entidades que manifestem interesse através dos nossos contactos:

ÁGUAS DO RIBATEJO, Rua Gaspar Costa Ramalho, 38, 2120-098 Salvaterra de Magos; e-mail:geral@aguasdoribatejo.com ou telefone 263 509 400.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:53
link do post | comentar | favorito
|

RIO MAIOR - VIII Jornadas da Juventude de Rio Maior já mexem

 
No dia 27 de Abril teve lugar, na sala de reuniões dos Paços do Concelho, a primeira reunião de preparação das VIII Jornadas da Juventude de Rio Maior.
 
Para este primeiro encontro foram convidadas todas as Associações Juvenis e de Estudantes do Concelho, numa reunião dirigida pelo Vereador da Juventude, Nuno Malta, apoiado pelos Técnicos Cristina Vicente e Fernando da Costa e por Paulo Colaço, do Gabinete de Apoio à Presidência.
 
Responderam positivamente ao convite lançado pelo Serviço de Juventude da Câmara Municipal a Aldeias do Sal, a AJA – Associação Jovem de Alcobertas, o Agrupamento 1213 de Escuteiros de São João da Ribeira e a Associação de Estudantes da Escola Superior de Desporto de Rio Maior.
 
Nesta reunião foram abordados diversos temas, com especial incidência para os eventos a programar, o modelo a adoptar e a data de realização da edição de 2011 das Jornadas da Juventude, que irão decorrer de 18 e 22 de Outubro.
 
Ficou também definido que, à semelhança do que aconteceu no ano anterior, o logótipo oficial das VIII Jornadas da Juventude será resultado de concurso interno com os alunos da Escola Profissional de Rio Maior.
 
No dia seguinte, realizou-se outra reunião da organização das Jornadas da Juventude, desta feita com os responsáveis dos bares riomaiorenses, para começar a definir o programa nocturno deste evento. Estiveram presentes representantes do Spot 14, Vintage Caffe, Pool&Beer e Nova Fonte Velha.
 
A empresa municipal Desmor E. E. M. também fará parte da organização das Jornadas, através da colaboração nas actividades desportivas e da participação do Técnico Hugo Dinis que marcou presença nestas duas reuniões. 
 
Para além das actividades desportivas e da vertente musical (com concertos e dj’s), este evento contará, como sempre, com conferências/workshops sobre os mais diversos assuntos, incentivando a participação cívica e democrática dos jovens riomaiorenses, aspecto considerado essencial, desde a primeira edição, pela organização das Jornadas da Juventude.
 
Destaque, ainda, para a noite dedicada à final do Concurso de Bandas RM Rock, com as eliminatórias a decorrerem durante o mês de Setembro nos bares da cidade.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:40
link do post | comentar | favorito
|

RIO MAIOR - “Imprensa Escrita em Rio Maior” irá passar pela Biblioteca Municipal


 
 
No próximo dia 6 de Maio, pelas 16h00, decorre na Biblioteca Municipal Dr. Laureano Santos de Rio Maior a sessão da apresentação do trabalho realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto do 12º E da Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, dedicado à “Imprensa Escrita em Rio Maior”.
 
A exposição estará patente na Biblioteca Municipal até ao dia 10 de Junho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO - XXIII FESTA DO VINHO DO CONCELHO DO CARTAXO INAUGURADA NO DIA 28 DE ABRIL

Presidente do Município do Cartaxo defende políticas promotoras do desenvolvimento e da afirmação da agricultura como sector estratégico nacional
 
 
Foi inaugurada ontem, dia 28 de Abril, a XXIII Festa do Vinho do Concelho do Cartaxo, a decorrer no Pavilhão Municipal de Exposições até dia 1 de Maio.
 
A abertura do certame contou com a presença da Governadora Civil do Distrito de Santarém, Sónia Sanfona, do presidente do Município do Cartaxo, Paulo Caldas, dos autarcas locais e de representantes de várias entidades locais e regionais, entre as quais o Director Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo.
 
Paulo Caldas começou por saudar os expositores presentes na feira, afirmando que “são um sinal de força e de coragem e que mostram que, em tempos de dificuldades económico-financeiras, estão preparados para enfrentar a crise e para continuarem a promover o sector do vinho, tão importante e estratégico para o concelho, a região e o país”.
 
Dada essa importância estratégica e competitiva do sector, tanto nos mercados nacionais, como nos mercados internacionais, o presidente do Município defendeu políticas promotoras do desenvolvimento e afirmação da agricultura, em especial do sector do vinho.
 
“Nos tempos difíceis que vivemos, impõe-se rigor e austeridade, mas precisamos de políticas que ajudem a produção e o crescimento, que ajudem os agricultores e os produtores de vinho. E isso pode ser feito apostando em diferentes tipos de medidas, como baixar impostos ou as taxas sociais. É necessário produzir e criar”, afirmou.
 
O autarca distinguiu ainda as potencialidades e a riqueza do concelho, assentes no “binómio rural-urbano, onde as acessibilidades, o desenvolvimento económico e os diversos equipamentos que servem a população das oito freguesias abraçam uma identidade rural, em que a vinha se assume como uma importante riqueza patrimonial e económica”.
 
Sónia Sanfona reforçou a importância da Festa do Vinho do Cartaxo, afirmando que o certame “é mais do que uma festa de vinho, é uma tradição que espelha a história e os valores, não só do concelho, mas de todo o Ribatejo”. Acrescentou também que “a aliança entre a modernidade e a ruralidade é a melhor forma de estabelecer um desenvolvimento sustentado”.
 
A Governadora Civil do Distrito de Santarém afirmou ainda que o Ribatejo tem potencialidades “que podem fazer com que esta região ultrapasse a crise mais cedo que outras regiões do país” porque “somos uma plataforma das mais importantes – estamos no centro do país, temos boas acessibilidades, capital humano empreendedor, boas terras e boas empresas”.
 
Para Sónia Sanfona, “rigor e austeridade não podem ser incompatíveis com a afirmação da economia” e, acrescentou, “é no mundo rural que vamos conseguir criar condições para desenvolver a economia, o turismo e as empresas”.
 
Até dia 1 de Maio, a Festa do Vinho propõe um vasto conjunto de actividades, que valorizam a cultura do concelho e a qualidade dos vinhos da região. Mostra de vinhos, provas, artesanato, gastronomia, música popular, folclore, corrida de touros e muitas outras dinâmicas vão criar um grande espírito de convívio, de afirmação das raízes culturais e de promoção dos néctares do concelho e da região.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:37
link do post | comentar | favorito
|

cartaxo - Rafael Periquito na 33.ª Conversa na Taberna

Rafael Periquito na 33.ª Conversa na Taberna
A VIDA É FEITA DE ENCONTROS E DE DESPEDIDAS


 
Nascer e morrer são “dois lados da mesma viagem”. Rafael Periquito, de 66 anos, tem uma vida cheia, não só de alegrias, mas também de algumas tristezas. Às suas amarguras junta ainda as dos outros. São ossos do ofício… Foi o trabalho de agente funerário e de marceneiro que trouxe à 33.ª Conversa na Taberna, realizada no dia 27 de Abril.
 
Quando se dá a hora da partida, cada um segue o seu caminho. Rafael Periquito tem o seu trilho já bem traçado. Sabe de cor o que fazer, sem que os sentimentos o assolem. Os anos dedicados a levar os que partem até à sua última morada fazem deste momento – para tantos difícil de enfrentar – uma prática comum, uma rotina de trabalho.
 
“O negócio houve sempre em casa desde que eu nasci. Tínhamos uma carreta, que ardeu no primeiro fogo da serração. Quando a marcenaria começou a cair, começou a funerária a subir”.
 
Era a mãe de Rafael Periquito que forrava cuidadosamente os caixões, inicialmente feitos na serração da família. Desde pequeno que em casa se lidava com a arte de trabalhar as madeiras e com a morte dos outros.
 
Mas houve desgraças que também lhes bateram à porta. “Na noite seguinte após completar os meus 20 anos, ardeu a serração. Começou aí um ciclo difícil, que piorou quatro anos mais tarde, com o segundo incêndio”.
 
O pai tinha uma serração e uma oficina com operários de marcenaria e carpinteiros. “Logo rapazito, comecei a aprender a estufar. Eu queria era trabalhar, mas o meu pai não queria que eu trabalhasse sem antes estudar. Era teimoso, queria que eu fosse alguma coisa na vida”. Acabou por lhe fazer a vontade e concluir o Colégio à noite.
 
Deu depois continuidade aos negócios do pai, adivinhando as dificuldades. “Depois dos incêndios, foi sempre a trabalhar de noite e de dia, com milhões de dificuldades. Às vezes sem ter dinheiro para comprar um parafuso. Cheguei a não confiar em nada, mas depois veio o 25 de Abril e para mim foi como passar do copo de vinho para a garrafa de litro e meio”.
 
E nesse dia de conquista da liberdade, Rafael recorda-se da ida a Benfica para a entrega de um grande móvel de madeira, feito por medida. “Só demos pelo 25 de Abril porque o cliente nos disse”. A sua firma acabou por fazer os móveis dos 28 andares desse prédio de Benfica.
 
Naquela altura, “ainda era preciso saber ser marceneiro. Agora basta ter habilidade para comprar a caixa, interpretar os bonecos e montar o móvel em casa”. E a oficina da família sempre prezou por ter bons profissionais. “Há uma coisa que deve ser única na minha empresa – os cinco operários que tínhamos, quando eu nasci já lá estavam e quando se reformaram é que se foram embora. Estiveram lá mais de 50 anos”.
 
“Ganhei muito dinheiro, mas também trabalhei muito”. O melhor professor que teve foi o seu pai, que foi “um gestor de categoria”.
 
Rafael Periquito deixou de fabricar móveis há dez anos. A oficina não está fechada, mas poucos trabalhos de madeira faz. Em parte, mantém as suas portas abertas por consideração àquele espaço, que tantas alegrias – e tantas tristezas – lhe proporcionou. “Ainda há dias gastei dois mil euros para pôr uma máquina que tem mais de 50 anos a trabalhar, com pena de ficar parada e se estragar”.
 
O negócio dos serviços funerários correu melhor. E ainda que para muitos seja difícil lidar com os mortos, eles passaram a significar para Rafael Periquito uma forma de sustentar a vida. Durante os últimos 30 anos, Rafael tem feito uma média de 170 funerais por ano. Fazendo as contas, foram mais de cinco mil enterros.
 
Quantas histórias não haveriam por contar… “Uma vez, estávamos a vestir um morto e reparámos que ele tinha a carteira no bolso do casaco. Fomos a abri-la e dou de caras com o meu retrato! Estávamos a vestir o meu casaco ao morto por engano. E uma outra vez trouxe o morto errado da morgue do hospital de Vila Franca para Vila Nova de São Pedro!”.
 
Rafael Periquito lembra ainda o funeral do Miranda, que tinha uma taberna e foi quem lhe ensinou “a beber copos de vinho”. Fez-lhe o funeral com a bandeira do Benfica em cima do caixão.
 
“Ele dizia-me que era eu que lhe iria fazer o funeral e que me deixava o dinheiro para pagar o serviço na mezinha de cabeceira. E deixou. Tinha lá dinheiro para pagar 10 ou 20 funerais”.
 
Quando chegar a sua vez de partir, Rafael Periquito não sabe quem o vai levar, mas sabe precisamente para onde vai. “Para o n.º 400, do Cemitério do Cartaxo. O terreno já está comprado”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:08
link do post | comentar | favorito
|

OURÉM - Apenas “Duas Estrelas” para Paulo Fonseca, presidente da distrital do PS

 

«O Presidente da distrital do PS ameaça demitir-se do cargo por discordar da inclusão, novamente, de João Galamba na lista de candidatos a deputados. Paulo Fonseca queixou-se de Sócrates em carta aos militantes, mas este anúncio de demissão a dois meses de distância soa assim a uma espécie de “segurem-me se não eu demito-me» o suficiente para lhe ser atribuído apenas duas estrelas pelo semanário “O Ribatejo”



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:08
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM - Rosa do Céu, uma “inércia” no Turismo?

Rosa do Céu que tanto criticou a “inércia” de Carlos Abreu e Armindo Pinhão, quando responsáveis de Região de Turismo do Ribatejo para agora ser acusado pelo presidente da Câmara Municipal de Benavente, António José Ganhão, de “inércia” e de não promover nada na região porque  as expectativas  apresentadas pela entidade “nunca se concretizaram”(A Entidade Regional de Turismo liderada por Joaquim Rosa do Céu está mergulhada na “inércia”).

Em Abril do ano passado Onze municípios da Lezíria assinaram protocolo para o desenvolvimento do turismo  com a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, presidida por Rosa do Céu, destinado a fomentar o turismo na região.

O acordo engloba a «nova metodologia para desenvolver o turismo na região da lezíria ribatejana, sendo de destacar no novo plano estratégico os seguintes aspectos: Participação na elaboração do Plano; Sinalização turística; Base de dados da oferta e dos recursos e produtos turísticos regionais; Instrumentos de gestão territoriais; Acções promocionais internas e externas; Edições turísticas regionais; Parcerias com terceiros; Rede de apoio ao empresário e investidor turístico e Formação profissional».

Se tomarmos em atenção que os onze municípios (Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém) pouco ou nada fizeram para o desenvolvimento do turismo nos respectivos concelhos como ainda para a execução do “protocolo” é para perguntar se: será a entidade de turismo presidida por Rosa do Céu uma “inércia” ou se a “inércia” não estará nos próprios presidentes dos municípios envolvidos no protocolo (talvez por questões politicas) onde alguns concelhos continuam a ser uma “inércia” em termos de turismo?



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:00
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: Sessão Pública do 1º Congresso Distrital PSD de Santarém

Realiza-se no próximo sábado, dia 30 de Abril, pelas 15h30m, no Auditório/Salão Nobre da Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais, na cidade de Tomar, mais uma Sessão Pública do 1º Congresso Distrital do PSD de Santarém que desta vez é dedicada ao tema “Factores de competitividade para o Desenvolvimento: Empreendedorismo, Inovação e Qualificação”.
 
Nesta sessão participam como convidados:
 
·     Joaquim António Emídio (Fundador e Director Geral do Jornal Semanário Regional “O Mirante”);
·     Carlos Sousa (Fundador e Administrador da empresa STI-Sistemas e Técnicas Industriais Lda. – STI-Tecnologia, STI-Ambiente e STI-Agro Alimentar);
Os gestores de grupo de trabalho José da Avó (“Factores de Desenvolvimento”) e Fernanda Aparício (“Trabalho, Formação e Emprego”) farão intervenção com o ponto-de-situação das suas áreas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:59
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Abril de 2011
Vila Franca de Xira - Biblioteca Municipal de Alverca apresenta “O menino cansado da guerra”

 
Dia 30 de Abril, pelas 15h30, a Biblioteca Municipal de Alverca apresenta o espectáculo “O menino cansado da guerra”, pelo grupo “Papa-léguas”. É dirigido a crianças entre os 4 e os 12 anos (que poderão estar acompanhadas pelos pais) e pretende sensibilizar para os malefícios dos conflitos entre os seres humanos.
O espectáculo está integrado no programa “Era uma vez… histórias e fantasias”, da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, cujo objectivo passa por proporcionar momentos agradáveis de lazer e aprendizagem, com os mais pequenos, nas bibliotecas municipais.
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:15
link do post | comentar | favorito
|

ALMEIRIM - Folhambiente 1/2011

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:12
link do post | comentar | favorito
|

Vila Franca de Xira - Dia Mundial da Dança” assinalado com performances diversas


Dia 29 de Abril é o “Dia Mundial da Dança”. A efeméride será assinalada no concelho com um programa que apresenta performances de vários géneros, procurando ir ao encontro das diferentes sensibilidades nesta área.
 
Programa:
29 Abril
21h00 – “Alma com Dança”: Ballet e Dança Contemporânea por alunos da APAC e Brasil Gym
Sociedade Filarmónica Recreio Alverquense (Alverca)
 
7 Maio
21h30 – “Ventos da Arábia”, com a Escola de Dança Oriental do Ateneu Artístico Vilafranquense
Ateneu Artístico Vilafranquense (Vila F. Xira)
 
14 Maio
16h00 – “Personagens da Água”, com o grupo “Jangada de Pedra”, dirigido a crianças entre os 6 e os 12 anos.
Palácio Quinta da Piedade (Póvoa de St.ª Iria). Limite de participantes: 25 crianças e um acompanhante por criança (integrado no programa “O Palácio para os Pequeninos”).
 
O programa resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, a professora de Dança Telma Vaz, a Sociedade Filarmónica Recreio Alverquense e o Ateneu Artístico Vilafranquense.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:04
link do post | comentar | favorito
|

Vila Franca de Xira - Casa da Juventude de Alverca apresenta café-concerto

Dia 29 de Abril, sexta-feira, pelas 21h30, na Casa de Juventude de Alverca, tem lugar um café-concerto com os “SLAP 94”.
A entrada é gratuita e pretende dinamizar este espaço especialmente destinado à faixa mais jovem da população.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:02
link do post | comentar | favorito
|

Vila Franca de Xira - “Bichos, Bichinhos e Bicharocos” no Museu do Neo-Realismo

 
Dia 30 de Abril, sábado, às 16h00, o Museu Municipal apresenta “Bichos, Bichinhos e Bicharocos”. Trata-se de um livro, da autoria de Sidónio Muralha, Júlio Pomar e Francine Benoit que apresenta um conjunto de poemas narrativos protagonizados por vários géneros de bichos.
 
Um bichinho de conta que conta histórias, um papagaio que faz um grande banzé com os seus discursos, um pato marreco que dizia papá e mamã, um cão diferente de todos porque era um brinquedo de corda, uma joaninha com um vestido de chita. Fala ainda dos problemas que um espelho causa no seio de uma família de macacos, da partida que uma formiga prega a um sapo vaidoso e de um grilo arrogante, com a mania da nobreza, que detestava os seus irmãos que viviam no campo e que vai parar a uma gaiola, comprado por uma ninharia.
 
A apresentação contará com as presenças de João Lobo Antunes, Júlio Pomar, Luís Gomes (editora althum.com), Paulo Teixeira Pinto (Centauro Editora) e Alexandre Pomar (Fundação Júlio Pomar).



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:02
link do post | comentar | favorito
|

VILA FRANCA DE XIRA -“Música na Quinta” apresenta concerto de cravo

 
No próximo sábado, dia 30 de Abril, pelas 17h00, tem lugar mais um concerto integrado no programa municipal “Música na Quinta”, desta feita de cravo. Executado por Ana Sofia Cascalho e com o comentário de Mário Cascalho, do Conservatório Regional Silva Marques (Sociedade Euterpe Alhandrense), será mais um momento de qualidade garantida a que se pode assistir de forma livre, no Palácio Quinta da Piedade (Póvoa de St.ª Iria).
O programa é uma parceria entre a Sociedade Euterpe Alhandrense e a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, editado pela segunda vez este ano, com o objectivo de dinamizar a actividade das Quintas Municipais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

GOLEGÃ - Torneio Futsal 24H JSD Golegã

 

 

 

 

 

 

O evento contou com a participação de 12 equipas, mais de 130 atletas e respectivos técnicos.

 

Esta actividade teve uma boa adesão por parte da população do concelho da Golegã, em especial da sua camada mais jovem, despertando o interesse de todos aqueles que apoiando uma equipa ou simplesmente querendo assistir a esta iniciativa passaram ao longo de 24 horas pelo Pavilhão Municipal de Golegã.

 

Com a realização do Torneio, onde reinaram o fair-play, a cordialidade e boa disposição, a JSD Golegã visou promover a prática desportiva e os hábitos de vida saudáveis.

 

No final desta verdadeira maratona sagrou-se campeã a equipa “Os Martelos”, em 2º lugar ficou a equipa “Os Jardeis”, e no último lugar do pódio ficou a equipa “C.C. Camilo”. A Taça Fair-Play foi entregue à equipa “Rosa Limpa”.

 

Os prémios individuais foram entregues a Diogo Nunes (“Daiga”) como Melhor Guarda-Redes, David Vicente como Melhor Jogador, o Prémio de Melhor Marcador foi dividido entre André Madeira e Carlos Alves (“Carlitos”).

 

Após os festejos dos vencedores reinava o espírito desportivo e muitos já pediam uma segunda edição.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:27
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM - Empresa facilita consumidores que manifestem vontade de regularizar as situações de incumprimento

 

A  ÁGUAS DO RIBATEJO já efectuou mais de 4000 cortes no abastecimento de água a clientes domésticos e industriais desde a sua entrada em funcionamento em Maio de 2009. Neste período instalámos mais de 7500 novos contadores nos seis municípios que servimos. 

A maioria dos cortes foram devidos a atraso no pagamento das facturas e

verificou-se em situações em que os clientes não manifestaram vontade de regularizar a situação após notificação com carta registada. 

Há também centenas de situações de uso fraudulento com ligações directas e sem existência de contadores, casos de contadores destruídos ou danificados para não contarem e outras situações irregulares detectadas pelos colaboradores da empresa municipal. 

Este ano, a ÁGUAS DO RIBATEJO já efectuou cerca de 1200 cortes de água, com maior incidência na zona de Benavente e Samora Correia com pouco mais de 650, seguido pelos municípios de Almeirim, com 380 e de Salvaterra de Magos, onde ainda estamos a efectuar acções, e já registámos 120 cortes. Nos restantes concelhos houve cortes no final de 2010 e voltarão a existir brevemente. A empresa vai intensificar as acções de fiscalização nos seis municípios onde presta serviços.

 

A política da ÁGUAS DO RIBATEJO passa por uma sensibilização dos clientes/utentes para a necessidade de todos pagarem a água que gastam e desta forma todos pagarem menos no futuro. Por outro lado, a empresa alerta para a injustiça que representa alguém consumir sem limites porque não tem custos e o vizinho do lado pagar o valor justo pelo serviço prestado. 

Há também uma preocupação ambiental porque a água é um bem finito. Quando instalamos os contadores, constatamos que são os utentes que não pagavam, os que consomem volumes de água de grande dimensão, num claro desperdício.   

Para se realizar um corte por não pagamento, a ÁGUAS DO RIBATEJO, avisa o cliente com carta registada, após a data limite para pagamento ter expirado. Na missiva são concedidos 10 dias úteis para regularização da dívida. Esgotado o prazo, é emitido o serviço de corte de água para o local.   

Quando o cliente mostra vontade de regularizar mas não dispõe da quantia necessária, é permitido o pagamento em prestações mensais e sem juros, desde que seja justificada a carência económica do mesmo com declaração de rendimentos ou documento da segurança social se for beneficiário de prestações sociais. 

Nos casos dos agregados familiares com rendimentos inferiores ao salário mínimo nacional per capita existe um tarifário social com isenção das taxas e uma redução de 50 por cento nos consumos até 15 m3. A ÁGUAS DO RIBATEJO dispõe também de um  tarifário social para famílias numerosas (com mais de quatro pessoas).  

Informamos ainda que o restabelecimento do serviço é efectuado no próprio dia do pagamento da dívida. O serviço de reabertura tem um custo de (40€+IVA).

Se o cliente pagar o valor em dívida no momento imediato à deslocação dos técnicos ao local e até às 12h30, a suspensão do serviço não chega a ser feita e apenas paga o custo da deslocação dos técnicos (12€+IVA). 

Neste momento a ÁGUAS DO RIBATEJO tem 56 mil clientes e cerca de 120 mil utentes. 

 

  

  

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:57
link do post | comentar | favorito
|

AZAMBUJA - Famílias à conversa... "Bullying"_29.Abril_Biblioteca Aveiras de Cima

Famílias à conversa com…” regressa dia 29 de Abril para debater o “bullying” (violência na escola)
 
A iniciativa “Famílias à Conversa com…” está de regresso. A próxima sessão terá lugar no dia 29 de Abril, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal – Centro Cultural Grandella, em Aveiras de Cima.
O tema deste encontro será “Bullying: violência na escola”
A entrada é livre e, para debater o grave problema da violência em ambiente escolar, bem como o papel da família nesse processo, está convidada Maria Celeste Rocha Simões, professora auxiliar da Faculdade de Motricidade Humana (da Universidade Técnica de Lisboa) e Co-coordenadora Geral e Investigadora do Projecto “Aventura Social”.
 
O Município de Azambuja promove estas conversas, “para” e “entre” famílias, com o objectivo de juntar o conhecimento técnico dos especialistas nos temas ao valor da experiência de vida do público participante. Pretende-se ouvir, discutir, partilhar, até duvidar,… porque investir no desenvolvimento equilibrado das crianças e dos jovens deverá ser uma aposta estratégica da nossa sociedade. Recorde-se que nos últimos meses tiveram lugar várias sessões – descentralizadas por diferentes freguesias – subordinadas aos temas “Sabe por onde navegam os seus filhos, na Net?”, “Sexualidade”, “Gestão do Tempo/Qualidade Afectiva”.
 
 
Jorge Blanco



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:54
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM - Actividade Operacional da GNR

 

No Distrito de Santarém, zona de acção do Comando Territorial de Santarém, este Comando registou, entre outros, os seguintes dados na actividade operacional, desenvolvida durante o período de 18 a 24 de Abril de 2011.

 

Detenções:

29 Indivíduos detidos pelos seguintes motivos:

Oito detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Dois detidos por condução ilegal de veículo automóvel;

Quatro detidos por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Sete detidos em cumprimento de mandados judiciais;

Um detidos por injúrias/ameaças a agente de autoridade;

Um detido por resistência e coação a agente de autoridade;

Um detido por furto em estabelecimento comercial;

Um detido em flagrante delito por furto em estabelecimento comercial;

Três detidos por desobediência;

Um detido por posse de arma ilegal.

 

Abrantes:

Dois detidos em cumprimento de mandados judiciais;

 Constância:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Coruche:

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel;

Um detido em cumprimento de mandado judicial;

Um detido em flagrante delito por furto interior de estabelecimento comercial;

 Benavente:

Um detido por Resistência/coacção a agente de autoridade

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel;

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por Desobediência

 Salvaterra de Magos:

Um detido por Desobediência

 Santarém:

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por injúrias/agressão a agente de autoridade.

 Almeirim:

Um detido por furto interior de estabelecimento comercial;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

 Rio Maior:

Dois detidos por condução de veículo sem habilitação legal.

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool

Um detido por posse de arma ilegal;

 Tomar:

Dois detidos em cumprimento de mandado judicial;

 Ourém:

Três detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por Desobediência

 Chamusca:

Dois detidos em cumprimento de mandado judicial.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:51
link do post | comentar | favorito
|

TORRES NOVAS: Jornal Almonda censura artigo de um colaborador

 A LIBERDADE DE EXPRESSÃO EM TODO O SEU ESPLENDOR

 

              ARTIGO CENSURADO pelo actual director do Jornal " O Almonda "

 

 

por José Da Costa Velho a quinta-feira, 28 de Abril de 2011 às 0:16

Património, História e Sociedade

Por

António Mário Lopes dos Santos

 

Já é tempo de não se brincar com o dinheiro dos munícipes

 

 

 

Começo por ouvir uma história, sobre a chegada do rei Menor e a Feira Medieval, entre 5 e 8 de Maio, em Torres Novas, integrada no projecto Memórias da História. A importância para o turismo, o desenvolvimento, etc., o que já acontecia com a anterior, realizada no ano passado, do tempo de D. Manuel.

 

Fizera uma única pergunta ao defensor dos eventos – que estudos foram concretizados sobre D. Manuel ,em Torres Novas? Para além do festival circense, em que a Câmara de Torres Novas foi e continua a ser, no despesismo, pródiga, que investimento perdura dessa manipulação publicitária? Qual o resultado do investimento para o concelho? O que é isso de Memórias da História, quando, de D.Manuel, não há, nem resultou, um única investigação histórica apoiada pelo município, sobre uma reinado que viu perseguir e destruir uma das comunidades judaicas, como a torrejana, mais importantes do Ribatejo? E do infante, que se promove nas memórias deste ano, o futuro rei D. Afonso V,  um dos causadores duma das maiores crises políticas conhecidas, entre o Portugal parasitário da alta nobreza e do alto clero, representados pelo bastardo D. Afonso, Conde de Barcelos, mais tarde duque de Bragança,  e seu filhos, o conde de Arraiolos, o conde de Ourém,  o seu cunhado arcebispo de Lisboa, defensores duma sociedade do privilégio do nascimento (?) e do título, com a apoio da rainha viúva, a aragonesa D. Leonor, a que se opõe a visão moderna e desenvolvimentista do Portugal urbano e comercial, de fundo europeu, do infante D. Pedro, dos mesteres da cidade de Lisboa, dos concelhos do país, duma nobreza com ramificações no ducado de Coimbra, que se irá opor, durante séculos, à futura casa de Bragança?

 

As cortes de Torres Novas, em 1438, não foram um momento festivaleiro. Após as exéquias de D.Duarte, na Batalha, nos finais de Outubro de 1438, Torres Novas, que fazia parte da Casa da Rainha, foi a escolhida para se fazerem as Cortes, que se realizam a 10 de Novembro, e, durante mais de um mês, apenas resolveram, de forma provisória, um triunvirato de regência que nem um ano durou, já que nas cortes de Lisboa de 1439 se elegeu, por pressão da Câmara de Lisboa e dos fiéis de D. Pedro, este como regente único do reino.

 

Começouem Torres Novaso que se veio a concluir, tragicamente, em Alfarrobeira, a história vergonhosa da traição duma elite senhorial, donde se não pode escamotear a figura cinzenta e sem personalidade do infante D. Henrique, em nome dos privilégios feudais, e a derrota da época moderna da centralização régia, com a morte de D. Pedro, a 20 de Maio de 1449.

 

O infante, que se transformara no impulsivo e fraco rei D. Afonso V, sucumbiu ao ódio ciumento da Casa de Bragança e persegue o infante e os seus companheiros, destruindo-lhes a vida e os haveres, condenando-os ao exílio, distribuindo à tripa forra o país aos que o levaram a tal perseguição. Seu neto, D. João II viria a repor alguma justiça, no desatino guerreiro de seu pai, continuando as medidas de D. Pedro, não se coibindo de acusar e condenar à morte o então duque de Bragança, D. Fernando, por acusação de conspirar contra a sua vida.

 

Há documentação sobre estas cortes, parte até já publicada. Mas não há estudos locais e seria bom que se efectuassem.

 

Não sei, por essa inexistência, se, quando Torres Novas festeja D. Afonso V, festeja o desperdício e a doação arbitrária dum país ao poder senhorial, que pôs na boca d’el-rei D. João II, o célebre lamento de que seu pai só lhe deixara as estradas do reino para governar, se o  Portugal moderno, que se vislumbraraem D. Pedro, e começa a ganhar formaem D. João II, mas que se vai perder, uma vez mais, com D. João III, D. Sebastião e um fraco cardeal D. Henrique.

 

Se é a memória da história que, de facto, se festeja, ou a promoção política dos autarcas de hoje.

 

As Memórias da História, vistas pelo lado do circo, a que a Alemanha, o FMI, o Banco Central Europeu, a direita nazi finlandesa, e não só, já vão cortando o pão, bem poderiam ser as responsáveis pelo estudo, levantamento, da documentação histórica sobre essas e outras cortes realizadasem Torres Novasou nas que o concelho esteve presente e apresentou procurações e requerimentos, e, com menos gastos, palhaçada e mais juízo crítico, fomentar o estudo e a investigação do Património Concelhio. Mas quando se aposta no foguetório duma recriação para turista ver (qual?), sem nenhum objectivo crítico, nem razões de investigação, nem de incentivo patrimonial, da mesma maneira que se criou e se começa a extinguir a feira nacional dos frutos secos, o prémio nacional de poesia Maria Lamas, e não há verbas para a Casa Humberto Delgado, se mantêm e agravam as dívidas às colectividades e às freguesias, dá-se razão a quem, na Europa, acha que, nós portugueses, só servimos para gastar o que não temos, e é fácil gastá-lo em viagens, festas, compadrios, obras perdulárias, porque não nos custa a ganhar, nem nos obriga a responder pelos seus gastos.

 

Quando se verifica o pouco interesse que o executivo camarário mostra em relação à investigação e recolha de património concelhio, não só em instalações e mobiliário específico, como na existência dum grupo de técnicos especializados na vida do documento, na sua inventariação e divulgação, a ponto de espólios existirem há dezenas de anos sem, sequer, inventário, no Arquivo Municipal, outros a não serem recolhidos, apesar  da responsabilidade assumida. Chegar-se ao ponto, caricato, de ser suspensa a aquisição solicitada à Biblioteca Nacional da digitalização da imprensa torrejana nela existente, e por esta enviada, e nem sequer levantada nos Correios, e cujo preço de milhares de páginas não chegava a 800 euros, é pouco estimulante pensar quanto vai custar esta recriação pseudo-histórica das cortes de 1438.

 

Aliás, quando se preparava uma sala para a leitura digitalizada, no arquivo, e se transforma em mais um gabinete administrativo, percebe-se a incapacidade da vereação autárquica para dar resposta a algo que lhe deveria merecer o máximo cuidado e respeito: o património concelhio.

Talvez por isso se opte pela festa aldrabada do que pela realidade documental, se gaste no embuste o que se recusa em investimento necessário. Não há dúvida que cultura e história na Europa têm outro sentido, que não o da aparência e o da trombeta da publicidade da figura régia.

 

A grave crise em que os partidos políticos, que nos governam, nacional e autarquicamente, há décadas, nos foram mergulhando, com a cornucópia das verbas comunitárias gastas à barba longa, sem que se pensasse que o que era emprestado não o era gratuitamente, parece não incomodar o executivo torrejano que, vai aumentando a dívida autárquica, à banca e a fornecedores, à boa maneira socrática, centrado no pensamento de quem vier depois que feche a porta.

 

Pessoalmente, como cidadão e munícipe, com os meus impostos em dia, e a vê-los agravados pelo descontrolo dos gastos do PS de Sócrates, nacional e autarquicamente, estou farto. E começa a ser altura de se falar claro. E de se exigir responsabilidades.

 

antoniomario45@gmail.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:28
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13


23

28
29
30
31


posts recentes

Manuela Marques é a Vice...

TAGUS tem 1,5 milhões par...

Festival MUUU de regresso...

Autarquia dá nova sede ao...

Santarém acolhe durante 2...

Aproveite o que Santarém ...

Rali Vila Medieval de Our...

II Colóquio da Ribeira de...

CARTAXO ENTREGOU HOJE A R...

ESCOLA SECUNDÁRIA DO ENTR...

arquivos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds