NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 31 de Março de 2014
CARTAXO: RUI SILVA ESTEVE À CONVERSA NO CARTAXO

O atleta foi o convidado da tertúlia José Raposo Convida, que se realizou no passado dia 30 de março

 

 

Rui Silva esteve no passado dia 30 de março no Centro Cultural do Cartaxo (CCC), a convite de José Raposo, para a habitual tertúlia que acontece no último domingo de cada mês.

 

O atleta do Sporting, que iniciou a sua carreira desportiva no Estrela Futebol Clube Ouriquense, de Vila Chã de Ourique, começou desde cedo a ocupar o pódio – logo aos 16 anos foi campeão nacional de juvenis, em corta-mato.

 

A partir daí, somou muitas outras vitórias em competições nacionais e internacionais. Especializou-se nos 800 e 1500 metros, tendo-se sagrado por cinco vezes campeão nacional nestas distâncias, batendo sucessivos recordes nacionais.

 

A nível internacional, ganhou cinco Medalhas de Ouro a correr os 1500 metros – foi campeão da Europa de Pista Coberta três vezes (1998, 2002 e 2009), campeão do mundo em 2001 e ainda campeão da Europa de Sub-23 (1999).

 

Rui Silva destacou as suas melhores marcas e episódios que marcaram algumas das provas em que participou, falou do seu histórico de lesões, do “controlo mais restrito” do dopping que é feito atualmente, das “capacidades naturais” dos atletas da Etiópia e Quénia, que estão adaptados à altitude, do panorama do atletismo nacional e da visibilidade que os órgãos de comunicação social dão à modalidade.

 

Rui Silva revelou que “tenho a consciência que estive muitos anos na mesma distância dos 1500 metros, devia ter subido, porque o percurso normal é evoluir. O meu grande calvário é a maratona. Fiz uma no ano passado e voltei a lesionar-me, porque em termos cardiovasculares está tudo bem, mas a minha estrutura física cede sempre que há um aumento de quilómetros”, frisou, acrescentando que “o meu currículo é também muito vasto ao nível das lesões”.

 

Rui Silva gosta mais de correr na estrada, “porque há um contacto mais próximo com o público” e deu o exemplo de Espanha, onde, dada a ausência de público nas pistas, a maioria das provas são promovidas na estrada.

 

“Entre a pista coberta e a de ar livre, prefiro correr em pista coberta, porque adaptei-me bem e os meus melhores resultados são aí. Mas é muito triste correr em pista ao ar livre, porque em Portugal não há diferença entre fazer aí um treino e uma competição. Não há público no atletismo de pista em Portugal”, lamentou, reforçando que “dá-me muito prazer que as pessoas estejam do outro lado, mas o que acontece é que são os familiares, dirigentes e outros atletas que fazem a moldura do público para os atletas em competição. Em muitos países da Europa, e nos nórdicos sobretudo, as provas têm uma assistência enorme, com preços de bilhetes altíssimos”.

 

Rui Silva considera que o afastamento do público das provas tem-se agravado ao longo dos anos, e deu o exemplo do primeiro corta-mato que fez, em 1993 – “numa altura em que o atletismo passava em direto na RTP” – que tinha “um mar de gente a assistir. A partir daí, começou o declínio”.

 

O atleta lamentou também o facto dos órgãos de comunicação social não darem atualmente “a visibilidade merecida” ao atletismo. “Não tenho nada contra o futebol, mas há um excesso de notícias e programas só à volta do futebol. Depois, de um momento para o outro, quando há os Jogos Olímpicos, só interessam as medalhas, ninguém quer saber se o atleta bateu o record pessoal, que trajeto fez na preparação, se teve as condições necessárias para treinar”, referiu, afirmando que “os Jogos Olímpicos de hoje fogem ao espírito olímpico pela questão comercial. Se não fosse comercial, passavam completamente despercebidos”.

 

Rui Silva acrescentou ainda que “as pessoas, e os jovens sobretudo, não têm conhecimento da modalidade e dos atletas. Eu sinto isso diariamente. Ainda há pouco tempo estive no desporto escolar, entrei na escola e os miúdos não me conheceram. Isto acontece porque não há promoção da modalidade”, reforçou Rui Silva

 

 

 

CARTAXO COMEMOROU DIA MUNDIAL DO TEATRO

Centro Cultural recebeu um conjunto de propostas que envolveu as escolas e a comunidade

 

 

O Cartaxo comemorou o Dia Mundial do Teatro com um conjunto de propostas apresentadas no Centro Cultural (CCC), nos dias 27 e 29 de março, dirigido à comunidade escolar e ao público em geral.

 

O programa apresentado no dia 27 – Dia Mundial do Teatro – foi promovido pela Área de Serviço e Centro Cultural, e envolveu a apresentação da peça “Trisavó de Pistola à Cinta”, produzida no âmbito do projeto de teatro comunitário do concelho do Cartaxo, dirigida a alunos das escolas do concelho.

 

Ao longo da tarde foram também exibidos documentários e espetáculos gravados, numa extensão do FICAP – Festival Internacional de Cinema de Artes Performativas. À noite, o CCC recebeu “Memórias de Palco”, com as várias vozes do elenco da Área de Serviço a recordarem as memórias de alguns dos maiores atores portugueses, como Beatriz Costa, António Silva, Augusto Rosa, Palmira Bastos, Carlos Santos, Varela Silva ou Raul Solnado.

 

As comemorações do Dia Mundial do Teatro estenderam-se até sábado, dia 29, com o CCC a receber a peça “Barafunda”, de João de Brito.

 

Estreada no final do ano passado, a peça tem por base o texto “O Doido e a Morte”, de Raul Brandão, adaptado pelo encenador João de Brito, que justifica a escolha pelo facto de “algumas palavras são quase centenárias, mas as ‘linhas de força’ do texto são de uma atualidade desconcertante”. 

 

Além de questionar a importância da existência humana e retratar “uma ideologia anarca e utópica em busca de um objetivo”, o conteúdo da peça aborda ainda os temas da emancipação da mulher, crítica à influência do capitalismo no quotidiano, bem como a importância da arte.

 

Filipe Silva encontrou no programa apresentado pelo CCC para estas comemorações “uma excelente oportunidade de ver o trabalho de quem se dedica de corpo e alma a esta arte”. No seu entender, “o Dia Mundial do Teatro é muito importante porque, mais do que reconhecer o trabalho desenvolvido pelos atores, é essencialmente uma homenagem que se faz à mensagem que está inerente ao espetáculo teatral, à sua importância enquanto veículo de comunicação, de entretenimento e de expressão”.

 

Célia Marques, que também participou na programação das comemorações do Dia Mundial do Teatro no CCC, considerou que o “teatro é uma das manifestações culturais mais importantes da nossa sociedade” e destacou sobretudo a atividade desenvolvida pelos grupos amadores, acrescentando que “nunca esqueci uma frase que um dia um ator amador pronunciou, que dizia que os atores amadores são amadores justamente porque amam o teatro. Eu fico muito contente por ver que no Cartaxo existe agora um projeto de teatro comunitário que envolve pessoas que gostam muito do teatro, têm um grande prazer de estar em cima do palco e sua grande recompensa são os aplausos e o carinho do público. Eu tenho tido oportunidade de assistir a quase todas as suas produções e, perante o sucesso que têm tido, atrever-me-ia a dizer que cada espetáculo deste grupo é uma homenagem que fazem a esta arte”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:00
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: Faça chuva ou faça sol, Abril sempre doce em Tomar

Como vem sendo hábito desde há seis anos, o mês de Abril, em Tomar, é dedicado à doçaria com a mostra “De Tomar e dos Conventos”. Doze pastelarias apresentam durante este mês o melhor da confeitaria local. E no dia 25 de Abril, os doces saem à rua.

 

Conhecida nacional e mesmo internacionalmente pelas fatias de Tomar, a cidade templária não deixa os seus créditos por mãos alheias no que aos doces diz respeito e tem vindo a fazer questão de mostrar isso mesmo na mostra “De Tomar e dos Conventos”, organizada pelo Município em parceria com as pastelarias tomarenses.

Este ano, além do espaço que é dedicado à iniciativa pelos estabelecimentos, a mostra volta à rua, e a data não podia ser melhor escolhida. Na tarde de 25 de Abril, em que Tomar vai contar com uma vasta programação comemorativa dos 40 anos da Revolução dos Cravos, decorrerá, na Praça da República, na Rua Silva Magalhães e na Rua Serpa Pinto (Corredoura), entre as 15 e as 18 horas, o Doce Passeio Doce, para tornar a festa ainda mais saborosa.

Para além desse dia especial, a mostra “De Tomar e dos Conventos” decorre de 1 a 30 de Abril em doze estabelecimentos, a saber: Café Pepe, Doçaria Estrelas de Tomar, Padarias Rosa (1 e 2), Pastelaria Avózinha, Pastelaria Baiska, Pastelaria Pimpinela do Nabão, Pastelaria Requinte, Pastelaria Templária e Pastelaria Tropical (1, 2 e 3).

Em foco vão estar cerca de três dezenas de doces, com um natural destaque para as fatias de Tomar, bem como para os também inevitáveis beija-me depressa, mas que se estende por uma panóplia de formas e sabores, desde as castanhas de ovos aos queijinhos doces, passando pelas cornucópias, coscorões, tigeladas, bolos de cama, queijadas de leite, espadas de D. Gualdim ou natas de café, entre muitos, muitos outros.

Está assim de regresso a mais adocicada das iniciativas que Tomar acolhe ao longo do ano, na qual as pastelarias se esmeram ainda mais na sua oferta habitualmente já bem tentadora para os olhos e para a boca, mostrando o melhor das suas especialidades. Integrada no Ciclo Gastronómico Concelhio, que prossegue a 3 de Maio com o Congresso da Sopa, esta mostra é a iniciativa mais recente do respectivo calendário, tendo surgido como um primeiro passo que pretendeu dar visibilidade às pastelarias e aguçar a curiosidade pelas suas delícias.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:59
link do post | comentar | favorito
|

TORRES NOVAS: Fiscalização a estabelecimentos - “ Direitos de Autor”

A Guarda Nacional Republicana de Torres Novas realizou, durante a tarde e  noite de dia 27 de março de 2014, ações de fiscalização no âmbito da legislação de  direitos de autor a estabelecimentos de restauração.

As ações desenvolvidas por militares do efetivo do Destacamento Territorial de  Torres Novas, visaram a fiscalização de estabelecimentos de restauração naquele  concelho, no âmbito da legislação regente do funcionamento desses estabelecimentos,  tendo sido detetadas 1 infração por falta de licença da SPA (Sociedade Portuguesa de  Autores) e 1 infração por falta de licença da Pass Musica (Entidades de Gestão
Coletiva de Direitos) e ainda 2 crimes de usurpação de direitos de autor e direitos  conexos que foram comunicados ao Ministério Público no Tribunal Judicial de Torres  Novas.

A usurpação de direitos de autor é uma atividade ilícita que lesa gravemente os  autores de obras musicais e artísticas, a economia e o estado português, pelo que, a  GNR tem vindo a intensificar ações de fiscalização no sentido de contrariar a tendência  de procura do mercado paralelo de material de “contrafação” ou, vulgarmente  conhecido como material “pirata”, no sentido de garantir a reserva de direitos de autor
e permitir o fluxo regular deste tipo de mercado que sustenta grande parte da  atividade cultural do nosso país



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:46
link do post | comentar | favorito
|

CHAMUSCA: EM ABRIL MIMOS MIL

CPCJ - Abril mês da prevenção de maus-tratos na infância

 

 

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:28
link do post | comentar | favorito
|

NERSANT: Norma ISO mais flexível e menos burocrática a partir de setembro de 2015

 

A Norma ISO 9001:2008, responsável pela certificação dos sistemas de gestão da qualidade nas organizações, encontra-se neste momento em processo de revisão. Tendo em conta as diversas alterações que resultarão desta revisão, a NERSANT organizou em Torres Novas, uma sessão de esclarecimentos onde estiveram presentes cerca de 90 empresas da região do Ribatejo.

O auditório da NERSANT, em Torres Novas, recebeu no dia 28 de março, uma sessão de esclarecimentos sobre as alterações que a norma ISO vai sofrer a partir de setembro de 2015.

Sandra Feliciano, representante portuguesa nomeada pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ), Organismo Nacional de Normalização (ONN) junto da ISO, teve como missão apresentar aos presentes a revisão 2015 da norma ISO 9001.

“A norma é revista para se manter de acordo com as necessidades do mercado”, começou por dizer a representante de Portugal nas reuniões de revisão da norma ISO, onde se encontram cerca de 70 pessoas de diferentes países para trabalhar na revisão desta norma.

Embora a norma ainda esteja em revisão, Sandra Feliciano afirmou que as alterações à norma ISO vão permitir organizações menos burocráticas, com uma forte aposta na capacitação e responsabilização dos recursos humanos e com mais responsabilização da gestão de topo e da gestão intermédia.

“A qualidade passa a ser responsabilidade de todos e não só do diretor da qualidade”, divulgou Sandra Feliciano, que acrescentou ainda que para que tal se efetive, deixa de ser obrigatório, após publicação da revisão 2015 da norma, o cargo de Diretor / Responsável da Qualidade, bem como a redação do manual da qualidade. “A norma traz flexibilidade com bom senso, para que cada empresa se possa adaptar à sua realidade, ao seu contexto”, referiu a profissional.

Foram ainda analisadas na sessão, as alterações ao anexo SL da norma, onde foram já revistas as seções da norma, que de 8 passam a 10 na nova versão da ISO. A nova estrutura macro em acordo com o Anexo SL aumenta o número de requisitos e revê alguns conceitos.

Uma maior importância do contexto da organização, a introdução do conceito de risco, a adequação da linguagem para tornar a norma mais genérica e mais fácil de ser aplicada por organizações de serviços (conceito “produtos” é substituído por “bens e serviços” e “compras” por “provisão de serviços externos”), melhoria no alinhamento com outras normas de gestão, como ISO 14001 e OHSAS 18001 e facilidade de integração de sistemas, e generalização do conceito de “documentos” pela introdução do termo “informação documentada”, são algumas das alterações previstas e que terão grande impacte nas empresas.

Sandra Feliciano deu ainda a conhecer algumas das problemáticas atuais das reuniões de revisão da ISO, dando, assim, mote para a realização do debate e sessão de esclarecimentos. Na sessão, esteve também presente Ricardo Ferro, Director do Bureau Veritas Certification, que apresentou a norma ISO e vantagens de certificação das empresas a todos os presentes.

 

NERSANT com apoio a fundo perdido para a certificação de empresas

Pedro Félix, Vice-Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, esteve nesta sessão, tendo aproveitado o momento para divulgar às empresas presentes o projeto de apoio à certificação que a NERSANT tem ao dispor dos interessados. Trata-se do RibaCertifica, projeto que permite apoiar 40 PME’s da Região de Santarém, através da concessão de apoio a fundo perdido, em cerca de 50%, para obtenção da certificação do Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9001:2008); Sistema de Gestão Ambiental (ISO 14001:2004); Sistema de Gestão de Segurança Alimentar (ISO 22000:2005); e Sistema de Gestão de Energia (ISO 50001:2012). Para além do financiamento a fundo perdido, que atinge 50%, a NERSANT faculta ainda apoio adicional às empresas associadas que queiram aderir a este projeto.

Ainda no âmbito do RibaCertifica, e na área da eficiência energética, além da implementação e certificação do SGE, o projeto prevê também a realização de auditorias energéticas e a elaboração e implementação do PREn (Plano de Racionalização do Consumo de Energia). O PREn é elaborado com base nos relatórios energéticos, estabelece as metas relativas à intensidade energética e carbónica. Para as empresas que adiram à eficiência energética, está previsto um apoio financeiro a fundo perdido, para a compra de equipamento que permita a redução do consumo de energia.  

Os interessados em aderir devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT através do número 249 839 500 ou do e-mail datic@nersant.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:26
link do post | comentar | favorito
|

RIO MAIOR: Municípios do Vinho e Confrarias assinam protocolo nas Tasquinhas

 

As Tasquinhas de Rio Maior foram o palco escolhido, no passado dia 28, para a assinatura de um protocolo entre a Associação de Municípios Portugueses do Vinho, a Federação das Confrarias Báquicas de Portugal e a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas. Com este protocolo pretende-se dar mais um passo no sentido de uma cada vez maior divulgação da gastronomia e vinhos de Portugal. Presente na cerimónia e assinatura estiveram membros das respectivas associações assim como a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais.

 

(Fotos: CMRM)


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:11
link do post | comentar | favorito
|

TORRES NOVAS: DÁDIVA DE SANGUE E MEDULA EM PEDRÓGÃO, TORRES NOVAS

 

Contra a indiferença e no caminho da solidariedade, a Associação dos Dadores de Sangue de Torres Novas, desafia os candidatos a dadores a juntarem-se aos voluntários já inscritos e a participarem na próxima recolha de sangue no próximo domingo, 5 de Abril, entre as 9,00 e as 13,00 horas, na Sede da Junta de Freguesia do Pedrogão, Concelho de Torres Novas.

Podem participar todos os cidadãos com mais de 18 anos e menos de 65 anos, desde que sejam saudáveis. Antes da dádiva todos os inscritos são sujeitos a um rastreio feito por médico da Brigada do Centro do Sangue e da Transplantação de Lisboa do Instituto do Português do Sangue e da Transplantação IP.

Os dadores de sangue podem inscrever-se num banco internacional de dadores de medula óssea e disponibilizar a sua dádiva em caso de ser necessária para transplante.

A recolha é organizada com a colaboração do Núcleo de Dadores de Pedrogão.

A Associação dos Dadores de Sangue de Torres Novas, agradece desde já a colaboração de todas as pessoas que participem nestas recolhas.

“Dá Sangue Porque Há Sempre uma Vida à Tua Espera – Dar Sangue é Ajudar, é dar Esperança, é Salvar a Vida de Alguém – Haverá Gesto Mais Nobre do Que Salvar Uma Vida!” 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:49
link do post | comentar | favorito
|

GLORIA DO RIBATEJO: Constrangimentos no abastecimento de água em Glória do Ribatejo

 

 

Comunica-se à população de Glória do Ribatejo que devido a intervenções de ligação de nós na nova conduta, no âmbito dos trabalhos em curso, prevemos constrangimentos e, eventuais, cortes no abastecimento de água na quinta-feira, 3 de abril de 2014, nos seguintes horários e locais:

 

  • 5ª Feira (3 de Abril) – 9h00 às 13h00 

 

Rua da Quebrada d’Água

 

A normalidade no abastecimento deverá ser reposta cerca das 13h30.

Tudo faremos para antecipar esta previsão.

 

A ÁGUAS DO RIBATEJO alerta que só deve consumir depois de retomada a normalidade no abastecimento, quando a água apresentar uma cor transparente.


Em caso de necessitar de esclarecimentos, deve contatar os nossos serviços:

pelo tel: 263 509 400

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO: EXPOSIÇÃO “JANELAS DE PAPEL” NO CCC

Ilustrações de Cristina Costa expostas no Centro Cultural de 5 de abril a 1 de junho

 

“Janelas de Papel” é o título da exposição que vai estar patente no Centro Cultural do Cartaxo (CCC) de 5 de abril a 1 de junho.

 

Durante este período será possível apreciar o trabalho de ilustração de Cristina Costa, natural de Bragança e atualmente a residir no Porto.

 

Linhas, traços de caneta, tinta sobre papel, colagem de ilustrações sobre fotografia e tratamento digital compõem as paisagens desta exposição, que será inaugurada no dia 5 de abril, pelas 21h30.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:08
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO: CONCERTO COM SENHOR VULCÃO NO CCC

Bruno Pereira apresenta no Cartaxo, no dia 5 de abril, o seu primeiro álbum enquanto Senhor Vulcão

 

 

Bruno Pereira, fundador e baterista dos extintos Atomic Bees, vai estar no Centro Cultural do Cartaxo (CCC) no dia 5 de abril, às 22h30, para apresentar o seu álbum de estreia enquanto Senhor Vulcão.

 

“Música de um homem só e canções feitas à mão”. Assim define este primeiro álbum, intitulado “Montanha”, num reencontro com as canções longos anos depois.

 

Durante cinco anos escreveu e compôs sem intenção, até que numa manhã de janeiro, decidiu gravar uma canção ao ritmo de uma stompbox feita de uma caixa de charutos por um amigo seu. Fez sentido, aquelas palavras precisavam de ar. Seguiram-se mais onze e assim nasceu o “Montanha”.

 

O álbum está disponível numa edição limitada de autor, lacrada à mão pelo artista. O disco foi gravado e produzido por Senhor Vulcão e misturado por Nelson Carvalho, nos Estúdios Valentim de Carvalho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:55
link do post | comentar | favorito
|

SANTARÉM: Comemorações do 25 de Abril prosseguem com filme Lápis Azul, Cravos para Salgueiro Maia e Espetáculo 25 Vozes e Música

 

 

No âmbito dos 40 anos das Comemorações do 25 de Abril, organizadas pela Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém, pela Câmara Municipal de Santarém e pela empresa Viver Santarém, as iniciativas prosseguem no próximo dia 2 de abril (quarta-feira), às 21h30, com o filme Lápis Azul (Filme Ficção e Documentário), realizado por Daniel Antunes, que nos conta a história de um viúvo, cuja mulher lia livros de poesia proibidos. Através da poesia, descobre a esposa que nunca conheceu na vida, numa organização do Cineclube de Santarém e da empresa Viver Santarém.

 

No dia 3 de abril (quinta-feira), às 11h00, há Cravos para Salgueiro Maia na data do seu falecimento, no Jardim dos Cravos.

 

Neste tributo a Salgueiro Maia, junto à estátua do Capitão de Abril, que conta com intervenções de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara de Santarém e do Coronel Correia Bernardo, em representação da Associação 25 de Abril e da Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém, participa Natércia Maia, viúva de Salgueiro Maia, o Núcleo Preparatório do Regimento de Apoio Militar de Emergência de Abrantes, amigos e público em geral.

 

No dia 5 de abril (sábado), às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira acolhe o espetáculo 25 VOZES E MÚSICAS, que conta no elenco com a Tuna da UTIS – Universidade da Terceira Idade de Santarém, Poema com Milly BarreirosGuitarra e Canto com Octávio Freitas, com o Coro Infantil do Círculo Cultural ScalabitanoAqui há Gato com HistóriaPoema com Milly Barreiros, Teatro com Teatrinho de SantarémGuitarra e Canto com João Nogueira e Coro Juvenil do Círculo Cultural Scalabitano.

 

Durante o mês de abril, (data de início a determinar oportunamente), os alunos do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico,dos agrupamentos escolares do concelho de Santarém, vão expor as suas Criações artísticas e literárias, alusivas ao 25 de Abril, nas montras dos estabelecimentos comerciais do Centro Histórico que aderirem à iniciativa, numa iniciativa organizada pela Divisão de Educação e Juventude da Câmara de Santarém.

 

Outra iniciativa que vai decorrer durante o mês de abril, são conversas sobre o Dia 25 de Abril, feitas por Militares de Abril e outras personalidades, nas Escolas do 3º Ciclo do Ensino Básico do Concelho (datas marcadas com cada escola), numa iniciativa, igualmente organizada pela Divisão de Educação e Juventude da Câmara de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:52
link do post | comentar | favorito
|

SANTARÉM: Clube Ténis de Santarém organiza Torneio O Ribatejo

 

 O Clube Ténis de Santarém organiza o Torneio O Ribatejo, nos dias 5 e 6 de abril, nas categorias de Sub12 e Sub16, singulares e pares.

 

O Torneio decorre no Clube de Ténis de Santarém e as inscrições estão abertas até dia 2 de abril, às 20h00, através do telefone – 243 306 289 ou do e-mail – ctsantarem@gmail.com

 

O sorteio realiza-se no dia 3 de abril, às 22h00.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:21
link do post | comentar | favorito
|

OPINIÃO: Afinal, depois de tantos actores principais já conhecidos, ainda ... havia outro

Por: Anabela Melão

 

Disse Barroso na entrevista ao Expresso: «(…) eu quando era primeiro-ministro chamei três vezes o Vítor Constâncio a São Bento para saber se aquilo que se dizia do BPN era verdade.» - «o que se dizia» sobre o BPN no tempo em que ele era primeiro-ministro? Barroso esteve em São Bento entre Março de 2002 e Junho de 2004. Ao tempo, ninguém suspeitava da existência da Banco Insular ou do Banco Virtual, ou de todos os aspectos que, em 2008, se tornaram públicos como a maior fraude político-financeira em Portugal. O que se dizia, ao tempo, à boca cheia era que o BPN servia para financiar o PSD. João Semedo, nos finais de 2012, afirmou na Assembleia da República: «Tenho fortes razões para admitir que alguns daqueles muitos e muitos milhões que circularam entre o BPN e a sua clientela favorita, alguns desses milhões alimentaram candidatos e alimentaram partidos» e «O partido que estava mais próximo dessa realidade, por via dos seus antigos ministros, era o PSD, era a isso que eu me estava a referir». Vai daí Barroso, supostamente arvorado em inquisidor-mor, diz ter chamado o governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, a São Bento para lhe perguntar se aquilo que se dizia [que o seu partido estava a ser financiado ilegalmente pelo BPN] era mesmo verdade verdadinha ou apenas a resposta ao mais secreto dos seus sonhos. E alguns parvos convencem-se que Constâncio terá respondido que não, que o BPN era uma virgem apanhada a visitar o bordel sem qualquer nota de culpa! Outros, ainda mais parvos, acreditam que o BPN era o guardião da gruta de Ali Bábá e que os ladrões eram a nata laranja. Ora, o "guardião" da gruta tem nome e os menos que 40 estão perfeitamente identificados, pelo que não há aqui qualquer adivinha, a não ser a da razão por que o processo ficou em águas de bacalhau na autêntica caldeirada que é a panela [e respectiva paneleiragem - é assim que se chama a quem faz panelas, certo?!] da impostora justiça portuguesa. Barroso, falando agora, só revela não ter estado à margem de toda esta salgalhada. Afinal, depois de tantos actores principais já conhecidos, ainda ... havia outro. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:15
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: Sessão de Informação sobre as Eleições Europeias, 1 de Abril, no Politécnico de Tomar

 

Realiza-se, no próximo dia 1 de Abril, no Auditório Pacheco Amorim do Instituto Politécnico de Tomar, uma sessão de informação sobre as Eleições para o Parlamento Europeu 2014.

O objectivo da sessão é esclarecer os cidadãos sobre o funcionamento do Parlamento Europeu e o respectivo processo eleitoral e conta com a presença da Dra Isabel Baltazar, especialista em assuntos europeus. A entrada é livre.

Mais informações:

http://europedirect.esgs.pt/Grupos/Noticias/TeamEleicoes.html



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:22
link do post | comentar | favorito
|

AZAMBUJA: Seminário “Desporto Mexe com Todos”

 

 O Município de Azambuja, vai realizar no próximo dia 16 de Abril, no auditório Municipal de Azambuja, com início pelas 10h00, um seminário na área do desporto subordinado ao tema “Desporto Mexe com Todos”.

 

Haverá, de manhã, um painel com dois momentos – “Desporto para todos”; e, depois de almoço, dois painéis – “Desporto, Património e Mobilidade” e “Boas práticas”. Pretende-se com este seminário levar o tema a discussão entre todos os agentes envolvidos, administração pública, institutos, responsáveis políticos e coletividades, tendo como ponto de partida questões como cidades, vilas e aldeias inclusivas, e o desporto como forma de vida saudável e acessível a todos os cidadãos.

 

A intervenção da Autarquia na área desportiva, com particular enfase no segmento do “Desporto para Todos”, tem sido muito reconhecida graças à implementação de projetos como o PAFT – Programa Atividade Física para Todos, a cumprir neste ano 2013/2014 a sua 11ª época. Um programa municipal que, em momentos e iniciativas diferenciadas e adequadas aos diferentes públicos, tem levado a prática desportiva aos maiores de 55 anos, às crianças do ensino pré-escolar, aos cidadãos portadores de deficiência, aos funcionários municipais e, claro, à população em geral, envolvendo largas centenas de participantes.

 

A cerimónia de abertura contará com a presença de representantes do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR ,IP) do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ ,IP) e do vice- presidente da Câmara de Azambuja,  Silvino Lúcio. Para encerrar, o vereador do Pelouro do Desporto, António Amaral, e  – ainda a confirmar – aguarda-se a presença do secretário de estado do Desporto – Dr. Emídio Guerreiro.

 

A participação no seminário é gratuita, mas a inscrição é obrigatória. Os interessados deverão imprimir o formulário em anexo e enviá-lo corretamente preenchido para o e-mail desporto@cm-azambuja.pt Para mais informações, contactar o tel. 263 400 475.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:19
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: "JS TOMAR SAÚDA O EXECUTIVO CAMARÁRIO PELA IMPLEMENTAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO E APOIO AO ASSOCIATIVISMO

 

 

A Juventude Socialista saúda a postura deste executivo, pela solidariedade e apoio que tem tido para com os jovens tomarenses. É com enorme agrado que a JS Tomar vê as suas propostas e visões para o concelho de Tomar, tomarem “força e vigor”, algo que teimava em não acontecer no passado com o anterior executivo camarário!

A implementação do Orçamento Participativo (OP) tem um especial "sabor" pois, para além da promoção e estimulo ao ativismo social, cidadania e de ser um excelente mecanismo para o fomento da democracia local. Trata-se verdadeiramente de uma bandeira nossa, da JS Tomar. Esta é uma das várias propostas da campanha da Juventude, que foram introduzidas no programa autárquico e que nos permitiram ganhar a Câmara Municipal de Tomar num projeto liderado por Anabela Freitas.

Para compreender o presente e o futuro é importante não nos esquecermos do passado. Por isso relembramos assim com fotografia o debate promovido em Maio de 2012, sobre este tema, no mandato de 2011-2013, liderado pelo atual coordenador da JS Tomar Nuno Ferreira. Nele traçamos os principais entendimentos para a construção do modelo aplicado à realidade de Tomar, através do debate de ideias com o Rui Barreiro, ex-presidente da Câmara de Santarém e ex-Secretário de Estado, Hugo Costa que no momento era líder da JS Ribatejo e Anabela Freitas, atual presidente de câmara. Notamos que o (OP), foi aprovado em Assembleia Municipal por posposta conjunta da JS-PS/BE, mas que o anterior executivo desconsiderou.

Por fim, salientamos também a importância da atividade associativa do concelho, como uma expressão máxima da solidariedade, interajuda e dinâmica de qualquer autarquia, assim felicitando novamente o atual executivo pelo apoio dado ao tecido associativo (que triplicou 329% face ao ano anterior), assim como, o “Cartão Jovem Municipal” que agora assume um verdadeiro “dinamismo funcional”, diversificado e adaptado aos seus futuros utilizadores. As propostas das outras forças partidárias foram tidas em conta, como o alargamento do horário da biblioteca, uma bandeira da Juventude Popular de Tomar que também não foi esquecida e que muito contribuirá para a utilização dos nossos estudantes e utilizadores.

Hoje com Anabela Freitas, os Tomarenses tem um Horizonte, um Futuro um Rumo!

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:18
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: Medicina Sexual em debate nas Jornadas de Urologia

 

 

O Fórum Medicina Sexual encerrará os trabalhos do primeiro dia das Jornadas do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), que irão decorrer nos dias 4 e 5 de Abril, em Tomar, subordinadas ao tema “Urologia Actual: debate hoje, melhor prática amanhã”.

O Fórum Medicina Sexual reunirá a visão e a experiência da Urologia e da Ginecologia e que abordará, entre outros, o tema da Anti concepção feminina e masculina, nomeadamente a vasectomia bilateral, contando com a presença dos especialistas Nuno Monteiro Pereira (Urologista), Pepe Cardoso(Urologista), Ivone Caçador (Ginecologista)  e Pedro Melo (Urologista).

“O fórum de medicina sexual impõe-se realmente, porque nesta área é importante uma abordagem multidisciplinar com várias especialidades médicas, como a endocrinologia, cardiologia, psiquiatria, psicologia e ginecologia. A procura da resolução destes problemas tem aumentado, o que constitui também motivo para que se tivesse incluído este tema nas Jornadas” – afirma João Dias, Director do Serviço de Urologia do CHMT e responsável pelas Jornadas.

O carcinoma da próstata  e o seu tratamento é outro dos temas em destaque na tarde de sexta-feira, contando com a participação de Urologistas de diferentes unidades hospitalares, nomeadamente Mendes Silva, Quinídio Correia, Fortunato Barros, Juan Carlos Monteverde e Pedro Soares.

A Litíase Urinária e Cólica Renal: desmistificando as atitudes, que reunirá na mesma mesa especialistas de Urologia comoGarção Nunes, Ferdinando Pereira, Hugo Coelho e Tiago Neves e de Nefrologia. Sequeira Andrade e Hernâni Gonçalves.

A Litíase urinária e cólica renal são situações frequentes na consulta de urologia do CHMT. “É um problema muito prevalente no nosso meio, causando grande incómodo, e por vezes, graves prejuízos à saúde”, afirma o Director do Serviço, acrescentando ainda que são mais afectadas as pessoas com mais de três décadas de vida, sendo raras as cólicas renais em idade pediátrica.

Infeções urinárias: verdadeiro problema de Saúde Pública é o tema que contará com intervenções de diferentes especialidades, nomeadamente Urologia com Fernando Girão e Paulo Jorge Dinis, Medicina Geral e Familiar com António Branco e Ricardo Vicente; Medicina Interna por Cristina Gonçalves e Marta Sousa.

João Dias sublinha a importância do tema, uma vez que as infecções urinárias são “um grande problema de saúde pública, devido às consequências para a saúde, mas também por ser causa de grande absentismo laboral e ter custos elevadíssimos no diagnóstico e tratamento”.

.As Jornadas do Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo constituem um acontecimento muito significativo no plano da formação global dos profissionais de saúde, contribuindo para a melhoria da prática futura, em que a principal aposta assenta na diversidade e abrangência dos conferencistas convidados, de várias formações e especialidades.

A confirmar a reconhecida qualidade e importância deste evento que reunirá cerca de quatro centenas de participantes, conta com o patrocínio científico da Ordem dos Médicos, Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, Sociedade Portuguesa de Andrologia e Associação Portuguesa de Urologia.





publicado por Noticias do Ribatejo às 10:15
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 30 de Março de 2014
TEMAS DE SAÚDE: Síndrome pubálgico no atleta de alta competição

Por:Antonieta Dias (*)

 

Vulgarmente designada como pubalgia, osteíte pubiana ou doença pubiana, traduz clinicamente um síndrome que provoca dores na sínfise púbica nos movimentos adutores caracterizando-se por se agravar com o esforço físico e regride com o repouso e com o tratamento conservador de fisioterapia na recuperação funcional.

Sendo uma das lesões mais comuns na prática desportiva, sobretudo nos desportos que implicam movimentos repetitivos e mudanças bruscas de direção nomeadamente no rúgbi, ténis, futebol e hóquei.

É muitas vezes conhecida como a doença do stresse físico dos atletas associada aos movimentos corporais compensatórios efetuados durante a prática desportiva, em que a fraqueza lombar, dos abdutores, abdominais, alterações posturais dos músculos, disfunção lombo-pélvica, excesso de peso ou até erro de treino, podem desencadeá-la.

Trata-se de um síndrome cujo diagnóstico por vezes não é feito atempadamente e os atletas sofrem pois esta patologia torna-se crónica.

Dividimos a pubalgia em aguda (pubalgia traumática), ou crónica quando persiste no tempo, quer seja por dificuldade em fazer o diagnóstico ou por persistência dos sintomas, apesar do tratamento instituído, a sua falência faz com que se repita no tempo.

Neste ultimo caso (pubalgia crónica) a lesão resulta da repetição dos movimentos de hiperextensão do tronco associados a hiperabdução da coxa, com tração do perisósteo na inserção do músculo reto abdominal ou do músculo adutor da pelve.

A pubalgia é uma queixa muito comum nos atletas, que provoca desconforto na região  abdominal inferior, na região dos adutores, na região perineal e na face interna das coxas.

Esta relacionada com a dor dos músculos adutores, ilio-psoas, parede abdominal e com os ossos da sínfise púbica.

Está muitas vezes associado com lesão do canal inguinal(lesão secundária com dupla associação de dor e atrofia muscular da parede abdominal).

A sintomatologia caracteriza-se por dores na região do púbis, que surge durante a utilização dos músculos abdominais, despoletando a dor ao levantar, ao tossir, ao espirrar e exacerbando-se durante o apoio unipodal. Estas alterações levam à instabilidade na sínfise púbica e na cintura lombo-pélvica, com alterações na junção dos dois ossos púbicos(inflamação na inserção dos adutores-osteíte púbica).

Mais complicada se torna, quando os atletas só procuram ajuda após a lesão das quatro estruturas, devido à complexidade do tratamento nestes casos.

Pode surgir ainda com exercícios de alta intensidade, nomeadamente com os desportos que exigem mudanças rápidas de direção, rotações do tronco e desportos de remate (futebol, andebol) e com a corrida, provocando dores na região lombar.

As lesões são agravadas, quando existem alterações dos tempos de ativação muscular sobretudo dos músculos posturais; disfunções lombo-pélvicas-hiper ou hipo-mobilidade; especialmente ao nível da articulação sacroilíaca; nos défices ou limitação na rotação interna e na abdução da coxo-femoral, nos erros de treino e no excesso de peso.

Importa assim, fazer um diagnóstico precoce e instituir um tratamento conservador de fisioterapia o mais célere possível para minimizar as queixas dolorosas dos atletas.

Sendo que a historia clinica em 95% dos casos esta descrita com a seguinte cronologia:

Início insidioso, a dor surge com pequena intensidade, vai-se agravando aos poucos, localiza-se na região púbica- proximal dos adutores, região inguinal e abdominal baixa distribuindo - se  na fase precoce de forma unilateral e depois passa a bilateral.

Agrava-se com o exercício e alivia com o repouso.

A palpação é dolorosa, com dor na contração resistida e no alongamento passivo, quando estão comprometidos os músculos adutores ou o ilío-psoas.

A ecografia é o método de eleição para o diagnóstico, sendo a sua indicação baseada nas seguintes particularidades:

É um exame complementar de diagnóstico  sem irradiação, é de fácil realização, é inóquo, é dinâmico, permite a comparação bilateral, é usado no folow-up, não exclui a sua realização na presença de dispositivos metálicos, tem uma excelente relação custo-benefício e permite power dopler para vascularização.

A reabilitação e recuperação funcional destes atletas exige que seja feito um plano adequado e dirigido não só para a tipologia da lesão mas também para as características individuais do atleta.

O pensar que o tratamento é igual para todos é uma das principais causas de insucesso do tratamento destas lesões.

Em suma, a pubalgia é uma patologia frequente nos atletas, sendo por vezes de difícil diagnóstico e de difícil tratamento, ocasionado repercussões  importantes na carreira desportiva do atleta, não só pelos períodos de inatividade que origina, devido ao fato de ter um processo de reabilitação demorado, podendo em casos mais extremos impedir  por completo a continuidade da prática desportiva.”

(*) Doutorada em medicina



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:37
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 29 de Março de 2014
VILA NOVA DA BARQUINHA: CONVERSAS ARTE E IMAGEM.

Hoje (29 março) no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:49
link do post | comentar | favorito
|

ALMEIRIM:

 

Hoje, dia 29 de março, sábado, será lançada a 1 pedra da Base Permanente para o Grupo de Santarém da Força Especial de Bombeiros "Canarinhos”, a construir na Zona de Atividades Económicas de Almeirim, por Sua Excelência o Sr. Ministro da Administração Interna Dr. Miguel Macedo, de acordo com o seguinte programa:


15h – Receção ao Sr. Ministro da Administração Interna Dr. Miguel Macedo no Salão Nobre dos Paços do Concelho. 
15.30h - Lançamento da 1 pedra da Base Permanente para o Grupo de Santarém da Força Especial de Bombeiros "Canarinhos”, sita na Rua C, na Zona de Atividades Económicas. 

Esta Base da FEB, é a primeira infraestrutura do seu género a ser construída de raiz, permite acomodar em permanência 60 homens e mulheres, e está dotada de todas as condições materiais necessárias ao desempenho da exigente função de proteção e socorro em todo o distrito de Santarém.

Nos 600 m2 a edificar, incluem-se áreas de trabalho, de lazer, de refeições, de uma sala de formação, bem como acomodação para a totalidade do Grupo, aliando funcionalidade com estreitos requisitos estéticos.

A construir pela Câmara Municipal de Almeirim nos próximos 10 meses, em colaboração direta com a ANPC, entidade sem a qual nada disto seria possível, esta Base representa um investimento a rondar os 450.000 EUR, comparticipada na totalidade por fundos comunitários. Depois de construída, será a Base cedida à Autoridade Nacional de Proteção Civil.

 «CMA»



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:45
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Março de 2014
SALVATERRA DE MAGOS: NERSANT apresentou apoios para a criação de empresas em Salvaterra de Magos

 

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, esteve no Centro Cultural Cais da Vala, em Salvaterra de Magos, para apresentar os seus projetos de apoio à criação de empresas, nomeadamente o Sítio do Empreendedor e o PAECPE. A sessão, onde estiveram 53 participantes, realizou-se em parceria com o Serviço de Emprego local do IEFP.

Em parceria com os serviços de emprego e municípios locais, a NERSANT tem vindo a percorrer a região do Ribatejo para dar a conhecer os seus projetos de apoio ao empreendedorismo, bem como os mecanismos de apoio à criação de empresas existentes atualmente.

Na passada semana, foi a vez de Salvaterra de Magos ficar a conhecer os apoios da NERSANT, através da realização de uma sessão em parceria com o Serviço de Emprego local, e que decorreu com uma farta assistência, composta por 53 participantes, no Centro Cultural Cais da Vala.

Na sessão, a NERSANT deu a conhecer o seu programa base de apoio ao empreendedorismo, o Sítio do Empreendedor, direcionado a todos aqueles que queiram constituir a sua empresa. O Sítio do Empreendedor é um programa de apoio à criação de empresas, onde todos os interessados podem ser ajudados a desenvolver a sua ideia de negócio de forma a torná-la num projeto empresarial. Neste programa, os empreendedores usufruem de apoio técnico constante e concreto desde a maturação da ideia até à fase pós-inicio de atividade passando pela elaboração do seu plano de negócios e identificação e preparação de apresentação a potenciais financiadores.

Sendo a plateia composta por desempregados, a NERSANT apresentou ainda o PAECPE – Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego, medida direcionada exclusivamente para este público, e que consiste no adiantamento das prestações de desemprego a receber, e/ou acesso a determinadas linhas de crédito (Microinvest e Invest+), para iniciar uma atividade como empresário em nome individual ou constituindo uma empresa. Obviamente que o Centro de Emprego ou as Instituições Financeiras envolvidas apenas validam o projeto e facultam este apoio, com a entrega de um plano de negócios bem fundamentado e onde está comprovado o interesse e viabilidade do negócio em questão. É aqui que entra em ação a NERSANT, que é entidade acreditada pelo IEFP para a prestação de apoio técnico gratuito para a elaboração do plano de negócios, bem como para acompanhar a empresa nos primeiros 24 meses de atividade.

A consultoria prestada pela NERSANT no âmbito de qualquer projeto na área do empreendedorismo ligado ao desenvolvimento de ideias de negócio, à criação de empresas e ao apoio ao seu desenvolvimento, é totalmente gratuito e está aberta à participação de qualquer interessado. Os empreendedores que desejem obter mais esclarecimentos sobre os mesmos devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT, através dos contactos datic@nersant.pt ou 249 839 500.

O Sítio do Empreendedor pode ser conhecido em: http://sitiodoempreendedor.nersant.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:43
link do post | comentar | favorito
|

SANTARÉM: “Néctar da Madeira” ganha Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses

 

O Licor de Rum e Café “William Hinton & Sons”, inserido na categoria de Licores à Base de Aguardente de Cana de Açúcar, produzido pela empresa ENM - Engenho Novo da Madeira, Lda. (geral@enmadeira.com) ganhou o prémio “Melhor dos Melhores” do Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses, que se realizou no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, na passado dia 18 de Março, e que contou com 22 produtos em prova, oriundos de norte a sul do país, incluindo Açores e Madeira.

 

A Medalha de Prata desta categoria foi atribuída ao “Licor de Rum e Laranja”, produzido e comercializado pela mesma empresa.

 

Na categoria de Licores de Ginja, a Medalha de Ouro foi conquistada pelo “Licor de Ginja MSR de Alcobaça”, da empresa David Pinto & Companhia, Lda. (vendas@omassa.com). A Medalha de Prata recaiu sobre o produto apresentado pela Licóbidos, Lda., “Licor de Ginja da Mariquinhas”. (geral@licobidos.com).

 

O Licor de Amora Silvestre “Top Fruits Atlântico”, da Engenho Novo da Madeira foi o vencedor da categoria Licores de Frutos. Nesta categoria foram atribuídas duas Medalhas de Prata: “Licor de Limão”, da Casa de Encosturas (geral@casadeencosturas.com) e “Licor de Mirtílo”, trazido a Concurso por Alberto Marques Fernandes (doce.licor.mirtilo@gmail.com).

 

A categoria Licores de Ervas Aromáticas foi ganha pela Casa de Encosturas, com o “Licor de Funcho”. Esta empresa venceu também a categoria de Licores de Flores, com o “Licor Jardins Secretos”. A medalha de Prata em Ervas Aromáticas foi dividida pelo Licor Granito Montemorense, da Destilaria Montemorense, Lda. (alexandramorais@destilariamontemorense.com) e pelo licor “Carinus Est – Original”, da empresa Douro´s Flavours (dourosflavours@hotmail.com).

 

 

A Licmoda, Lda. (danysi@hotmail.com) foi a vencedora da Medalha de Prata na categoria Licor de Mel.

 

Apresentado a Concurso pela Ana Maria Brito – Produção e Doces e Licores, Lda. (geral@donanna.pt), o “Licor de Frutos Silvestres” obteve Medalha de Ouro na categoria Licores à Base de Aguardente de Bagaço, secundado pelo “Licor de Chícharo”, de Lucília Rosa Gonçalves (licordechicharodalvaiazere@gmail.com).

 

O produto vencedor da categoria Licores à Base de Aguardente de Figo foi o “Licor de Alfarroba”, da Fazenda do Cré – Sociedade Agro-industrial, Lda. (info@fazendadocre.com).

 

Os resultados do Concurso Nacional de Licores Conventuais e Tradicionais Portugueses, organizado pelo CNEMA e pela Qualifica, voltam a comprovar a qualidade, a excelência e a variedade dos produtos portugueses.

 

 

“Briosa do Mondego” apresenta melhor Doce Conventual

 

A “Arrufada de Coimbra”, inserida na categoria Pão-de-Ló, Arrufadas e Similares, produzida pela empresa Briosa do Mondego (briosamondegolda@sapo.pt), atingiu a classificação mais elevada na 3ª edição do Concurso Nacional de Doçaria Conventual Portuguesa, organizado pelo CNEMA e pela Qualifica, que decorreu no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, no passado dia 18 de Março e que contou com 27 amostras oriundas das mais diversas zonas do país, avaliadas em prova cega.

 

A Medalha de Prata desta categoria foi atribuída à Padaria e Pastelaria Afonso III, Lda. (geral@acasinhadopao.pt), pelo “Pão de Ló Húmido”.

 

Rosa Líria Silva Soares (ovosmoles.rosaliria@hotmail.com) e a Pastelaria Latina (geral@pastelarialatina.com), respectivamente, foram as vencedoras das medalhas de Ouro e Prata na Categoria de Ovos Moles de Aveiro. Nesta categoria a Padaria e Pastelaria Flor de Aveiro (floraveiro@sapo.pt) obteve também a classificação de Prata.

 

A Padaria e Pastelaria Flor de Aveiro e Fabridoce – Doces Regionais (geral@fabridoce.pt) viram o seu produto “Castanhas de Ovo” ser premiado na categoria Doces à Base de Gemas de Ovos, com o Ouro e Prata.

 

Na categoria Doces à Base de Gemas de Ovos e Amêndoa, a Medalha de Ouro premiou os “Papos de Anjo”, da Padaria e Pastelaria Flor de Aveiro e as “Brisas do Liz”, produzidas pela Doçaria Ponto de Rebuçado (docaria.rebucado@gmail.com). O “Pastel Meia Lua”, de A Pousadinha (pousadinha@sapo.pt) mereceu pontuação para Medalha de Prata.

 

Em Doces à Base Amêndoa o primeiro lugar foi ocupado pelo “Toucinho Rançoso”, da Flor de Aveiro e a “Lampreia de Portalegre”, apresentada por Cesaltina Maria Bandeiras (pedro_bandeiras1@hotmail.com) ocupa a segunda posição.

 

O “Pastel de Vouzela”, produzido e comercializado por Joaquim de Jesus Rodrigues (appvouzela@gmail.com) foi o vencedor da categoria Massas Folhadas ou Fritas.

 

A Briosa do Mondego trouxe a Concurso os melhores suspiros (Doces à Base de Clara de Ovo).

 

O Júri analisou ainda as categorias Doces de Fruta, atribuindo e Medalha de Prata ao “Doce Frei João”, da DeMaria Doçaria (demaria.docaria@gmail.com) e Rebuçados, onde os mais apreciados foram os “Rebuçados Doces de Portalegre”, produzidos por Natália da Conceição Sardinha (luissardinha1@sapo.pt).

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:40
link do post | comentar | favorito
|

SANTARÉM: Adira à Hora do Planeta

 

Dia 29 de março às 20h30, na Sala de Leitura Bernardo Santareno tem lugar uma sessão de esclarecimento sobre a Hora do Planeta a que se segue, entre as 20h30 e as 21h30, uma aula de Yoga no Jardim da Liberdade, em Santarém. Em caso de condições meteorológicas adversas, a aula terá lugar na Sala de Leitura Bernardo Santareno.

 

Nesta altura, a iluminação pública no Jardim da Liberdade apaga-se, simbolizando a adesão do Município de Santarém à iniciativa Hora do Planeta 2014, promovida pela WWF.

 

Este ano, a WWF juntou-se à Federação Portuguesa de Yoga para comemorar a Hora mais importante para o Planeta, assinalada com a Maior Aula de Yoga que Portugal já viu, em celebração do compromisso de proteger o Planeta.

Com o apoio da MAG -Brand & Entertainment, organizam uma Mega Aula de Yoga pelo Planeta em 9 cidades portuguesas, com o apoio das respetivas Câmaras Municipais (Lisboa, Cascais, Oeiras, Santarém, Coimbra, Évora, Tomar, Portalegre e Aveiro).

 

Às 20h30 minutos (hora local) de sábado, a Hora do Planeta 2014 junta centenas de milhões de pessoas em todo o mundo numa ação simbólica em defesa do ambiente, um momento único de contemplação do planeta em que, pelo oitavo ano consecutivo, o mundo fica às escuras.

 

Esta aula é aberta a todos os cidadãos que pretendam mostrar o seu compromisso com o Planeta, e vai ser iluminada pelas velas mais sustentáveis do Planeta - A Melhor Vela da Oil2Wax http://www.thegreatestcandle.com ) que são distribuídas nos kits que os participantes, que se inscrevam no Portal wwf.pt, e que recebem no local.

Ainda sob a celebração da Hora do Planeta 2014 a Oil2wax tem à venda, até ao dia 29 de março de 2014 um Pack Especial – a Melhor Vela na Hora do Planeta com um preço de 10€, revertendo 1€ de cada pack vendido, a favor da WWF Portugal.

A aula de Yoga pelo Planeta destina-se a todos os que apoiam o ambiente e querem celebrar a natureza, e com alguns dos embaixadores aderentes a esta causa, numa ação simbólica pelo planeta.

A WWF desafia todos a escolherem a aula de yoga mais próxima para no dia 29 de Março, se reunirem num objetivo comum: “usarem o seu poder para mudar o mundo em que vivemos”.

Para participar basta ir ao site da WWF- www.wwf.pt e efectuar a inscrição preenchendo o formulário. O custo de participação na "Aula de Yoga pelo Planeta" pode custar 4€ ou 7€, dependendo do kit que se escolha; uma parte do valor angariado nas inscrições reverterá a favor da WWF e da iniciativa Hora do Planeta.

Esta actividade é aberta a TODOS e não exclusivamente a praticantes de Yoga. O objetivo é reunir o maior número de participantes e inundar as ruas / praças de cada uma das nove cidades aderentes.  

Para participar, basta proceder à inscrição numa das seguintes páginas: 

http://www.wwf.pt

http://www.wwf.pt/o_que_fazemos/hora_do_planeta/hora_do_planeta_20142/

http://yogapeloplaneta.magbe.com.pt (link direto à plataforma inscrições)

 

 

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

 

 

Esta sexta-feira, dia 28 de março, às 18h30, tem lugar, na Galeria 55, a abertura da exposição de pintura de Mário Rodrigues e de Fernando Veríssimo. A organização convida à prova de um Vinho do Tejo.

 

A Exposição fica patente até dia 17 de abril, às quintas e sextas-feiras, das 16h00 às 19h00 e aos sábados das 10h30 às 13h30 ou mediante pedido prévio, através do telemóvel: 917 60 30 90.

 

 

Também esta sexta-feira, às 21h30, o Salão Nobre dos Paços do Concelho acolhe a Conferência “Honrando os Mestres, cumprem-se as Cidades – Páginas de Santarém e da Numária Medieval na Obra do Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão, proferida por José Miguel Correia Noras, com apresentação de Manuel Eça de Queiroz, no âmbito das Comemorações do Dia Nacional dos Centros Históricos, que se comemora hoje, dia 28 de março, data do nascimento de Alexandre Herculano, seu patrono.

 

 

As Cortes regressam hoje a Santarém e as iniciativas decorrem até domingo.

 

Hoje, às 20h00 tem lugar um Desfile Histórico, com concentração nas Portas do Sol, que conta com 31 personagens e 30 figurantes, com paragens nas praças Visconde Serra do Pilar e Marquês Sá da Bandeira, para apontamentos teatrais.

 

O desfile termina no Convento de S. Francisco, às 22h00, com a representação teatral das Cortes. Às 23h00, há degustação de um pampilho gigante.

 

A partir das 21h00 e até às 24h00, há Feira de Artesanato e Mercado de Sabores, no Convento de S. Francisco, com entradas gratuitas.

 

 

Também esta sexta-feira, às 21h30, o Fórum Actor Mário Viegas acolhe as Memórias da Cidade, alusivas à temática: Santarém – Ontem e Hoje sob a observação de Ludgero Mendes e Projeção comentada de fotografias por José Freitas em conversa informal para “troca de lembranças”, inserida na Comemoração do Dia Nacional dos Centros Históricos.

 

Este Serão Cultural é organizado pelo CCRS – Centro Cultural Regional de Santarém e tem o custo de 2 euros.

 

No sábado, dia 29, prosseguem as Cortes, a partir das 10h00 e até às 24h00, com feira de artesanato e mercado de sabores, no Convento S. Francisco, com entrada gratuita.

 

A partir das 15h00, há visita guiada. Para mais informações, contatar o Posto de Turismo.

 

Às 15h30 tem lugar um render da Guarda, junto ao Túmulo de Pedro Álvares Cabral, na Igreja da Graça.

 

A partir das 16h30, o Palácio Landal acolhe uma Palestra/Sessão de esclarecimento – O Poder das Cortes, com a historiadora Maria Amélia de Campos que vai abordar a temática das cortes medievais. Quem tinha voz nas cortes? E porquê? Como, de facto, funcionaram tais cortes na Idade Média? Qual o verdadeiro poder desses “parlamentos medievais”? Porque se submetia o Rei à convocação de cortes?

 

Depois de uma abordagem teatral às Cortes de Santarém de 1482, propõe-se uma enriquecedora viagem pela história, numa tarde cultural.

 

Maria Amélia Álvaro de Campos é investigadora do Centro de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra, licenciou-se em História e doutorou-se em História da Idade Média, com a dissertação Santa Justa de Coimbra na Idade Média: o espaço urbano, religioso e socioeconómico, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A sessão conta também com a moderação de José Raimundo Noras, historiador natural de Santarém.

 

A partir das 20h00 há Ceia Medieval e animação, no Convento de S. Francisco.

 

 

Às 11h30 há  Teatro de Fantoches na Livraria Aqui Há Gato.

Uma história que vai encantar crianças e adultos! Formas animadas que nos trazem a beleza da conjugação das artes plásticas com o teatro e a literatura para a infância. 

Duração: 30’ Classificação: M/4 Entrada livre

Local: Livraria Aqui há Gato

 

A partir das 11h30 e 16h00, há Hora do Conto, na Livraria Aqui Há Gato.

 

Vamos ouvir histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto...

Duração: 30’ Classificação: dos 0 aos 80! Entrada livre

 

Às 12h00 e às 16h30, há Oficinas de Arte, na Livraria Aqui Há Gato.

 

Com muita arte e imaginação vamos por as mãos à arte, e sentir que todos nós somos artistas! (Oficinas de Expressão Plástica, ver programa especifico em www.aquihagato.org)

Duração: 60’ Classificação: M/4 Preço: 6€

 

 

Das 15h00 às 18h00 há C de...Curso - Workshop de Tricot com Dora Barros, para todos, na Sala Polivalente do Círculo Cultural Scalabitano.

 

Para quem quer iniciar-se na arte do Tricot ou para quem quer aperfeiçoar a técnica pode fazê-lo neste workshop sob a orientação de Dora Barros, autora do blog Princesa Juju e membro do grupo Tricotadeiras de Santarém. Está também presente um representante da marca de fios Ice Yarns que vai oferecer um novelo a cada participante.

 

Para mais informações: Círculo Cultural Scalabitano | telf. 916 319 990 / 918 926 506  | espaco.c13@gmail.com | Facebook/Espaço C

 

 

Também no sábado, às 21h30, tem lugar o 1º Concerto do Ciclo de Bandas Filarmónicas de Santarém, no Teatro Sá da Bandeira, com a apresentação da Banda Filarmónica da Sociedade Filarmónica de Instrução e Cultura Musical da Gançaria.

 

Esta iniciativa é organizada pelo Município de Santarém, em colaboração com as Bandas Filarmónicas do Concelho.

 

Fundada a 1 de Dezembro de 1980 e após 33 anos de existência, comemorados em Dezembro de 2013, a S.F.I.C.M.G. para além da Banda Filarmónica, dirigida pelo Maestro e Compositor Samuel Pascoal, integra ainda uma Banda Juvenil e uma Escola de Música com formação musical nas áreas de; coro, instrumentos de sopro, piano e percussão.

 

Contatos para reserva e venda de bilhetes: 938 055 322 / 963 349 379 / filarmonica.gansaria@gmail.com

Duração: 75’ Classificação: M/03 Preço: 5€

 

 

No domingo, há Recolha de Sangue, organizado pelo Grupo de Dadores de Sangue de Pernes, das 9h00 às 13h00, na Tojosa - S. Vicente do Paúl.

 

 

As Cortes prosseguem, das 10h00 às 19h00, com feira de artesanato e mercado de sabores, no Convento S. Francisco, com entrada gratuita.

 

A partir 15h00 há visita guiada. Para mais informações, contatar o Posto de Turismo.

 

Às 15h30 tem lugar um render da Guarda, junto ao Túmulo de Pedro Álvares Cabral, na Igreja da Graça.

 

Às 16h30, o Convento S. Francisco acolhe a degustação - o Poder dos Doces e do Vinho, para os participantes na visita guiada. Para mais informações, consulte www.viversantarem.pt .

 

 

A partir das 16h00, há Teatro de Bolso, na Livraria Aqui Há Gato.

 

A partir de março, no último domingo de cada mês, o Aqui Há Gato abre as suas portas para o Teatro de Luz Negra! Faremos da nossa casa uma verdadeira SALA DE TEATRO! Um Teatro de Bolso onde tudo poderá acontecer!

Duração: 30’ Classificação: M/3 Preço: 2€

 

 

Também às 16h00, há Teatro para crianças “Branquinho, Pantufa e Cabeça de Nabo”, pelo Veto Teatro-Oficina, no Teatro Taborda, no Círculo Cultural Scalabitano.

 

Os quatro amigos marcaram encontro no Círculo, para mais uma tarde de grandes aventuras. O Branquinho, como sempre todo mandão, vai tentar pôr tudo nos eixos, mas ninguém acredita que os três amigos, comandados pela irreverência do Pantufa se deixem comandar e, como sempre, vai tudo terminar numa grande confusão. Mas se querem saber o que vai acontecer, o melhor é ir até ao Círculo ver este espetáculo do Veto.

Duração: 60’ Classificação: para Todos

Informações: Círculo Cultural Scalabitano | Tlf. 243 321 150 (14h00-20h00) | circuloscalabitano@gmail.com

 

 

Às 16h00, o Fórum Actor Mário Viegas acolhe um Concerto com o Grupo AJA-Festa, comemorativo do 2º Aniversário do Núcleo de Santarém da Associação José Afonso, inserido nas comemorações do 40º aniversário do 25 de abril.

Organização: AJA - Santarém / Câmara Municipal de Santarém

 

 

De 1 a 31 março, visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio da Torre.

 

A estrutura do relógio de torre de Santarém associou duas lógicas técnicas para cumprir as funções horárias. Primeiro, a ‘máquina do tempo’, de pesos, de oscilador e escape – uma forma mecânica de medição das horas. Associado ao engenho, o sino de tanger transmitia periodicamente à comunidade os resultados do primeiro. O atual relógio foi fabricado na região de Morez, em França. O engenho tem três tambores (para movimento, toque das horas e repetição) servidos por um escape de cavilhas que mantém as oscilações do pêndulo. Este oscilador, com relevo de Febo (deus da Luz da mitologia greco-latina), é de madeira e de ferro fundido. Uma ventoinha de duas pás reduz a velocidade do toque das horas através de travagem aerodinâmica. O sistema motor de força constante possui uma manivela para enrolamento manual da corda (cabo de aço), o que obrigava à existência de um encarregado municipal especializado com a função de “dar corda”, corrigir as variações de marcha, olear e conservar o relógio. Em 1876 a máquina foi modernizada por Augusto César dos Santos, relojoeiro lisboeta, passando a receber um mostrador com corda para 8 dias no movimento de pêndulo e 36 horas no movimento das horas. A obra implicou a montagem de um novo martelo, cordas de tecido de arame e miniatura apropriada. A estrutura seria protegida por vitrina de madeira envidraçada, ao centro da casa da máquina. Dele saíam os cabos que acionavam o martelo do sino e os pesos que pendiam para o piso inferior. O custo total rondou os 6.050 escudos, pagos em prestações pelo município.

Horário: quarta-feira a domingo das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30

Tel. 243377290 / 912578970

 

De 1 a 31 março, visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis (USCI) - Uma experiência a não perder, no Jardim Portas do Sol.

 

Instalado no Jardim das Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permitirá, à distância de um toque digital, Identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.

Horário: quarta-feira a domingo das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Tel: 243 357 288

 

Também de 1 a 31 março, visite a Mostra “Metal que (nos) toca”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno.

 

Até 31 de março visite a Mostra “Metal que (nos) toca” dedicada aos instrumentos musicais da extinta Banda dos Bombeiros de Santarém. A Banda que foi, durante longas décadas, uma verdadeira escola de música, agraciou e enalteceu a cidade de santarém até à data de cessação da sua atividade. Através da preservação e divulgação do seu espólio, pretendemos perpetuar a memória de todos os elementos que, durante inúmeras décadas, a constituíram.

Horário: segunda a sexta-feira das 9h30 às 18h00 e aos sábados das 9h30 às 12h30

 

De 26 a 31 março, a Biblioteca Municipal de Santarém acolhe a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’.

 

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico de Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais. Este ano, irão ser expostas novas obras a partir do dia 26 de Março.

Até ao final de Junho, poderá disfrutar do seu  XVI Destaque Trimestral: Serigrafia policromada s/ papel, séc. XX, Projeto para uma cidade, da autoria de Nadir Afonso

Horário: segunda a sexta-feira das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:37
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO: FEIRA DE TODOS OS SANTOS EM DEBATE PÚBLICO


  • ·        Presidente da Câmara abre reflexão sobre o futuro da Feira a toda a comunidade em sessão pública com mais de uma centena de pessoas.

 

  • ·        Pedro Magalhães Ribeiro lançou o debate a partir de três questões centrais – o que é a Feira hoje, como se pode tornar mais atrativa para visitantes e feirantes e em que local da cidade deverá decorrer.

 

  • ·        Diagnóstico foi unânime quanto à degradação e perda de importância na região de uma Feira que já trouxe ao Cartaxo visitantes de todo o país.

 

  • ·        Manter a ligação à Expocartaxo, encontrar tema aglutinador, reforçar a tradição, introduzir fatores de modernidade, criar estratégia de comunicação a nível nacional e voltar ao centro da cidade, foram ideias comuns em muitas intervenções.

 

No dia 27 de março, a partir das 21h30, o Auditório Municipal da Quinta das Pratas no Cartaxo, começou a receber as mais de cem pessoas que quiseram participar na discussão pública que Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, tinha prometido iniciar em março de 2014, sobre o futuro da Feira de Todos os Santos.

 

O autarca fez-se acompanhar pelo presidente da União de Freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta, Délio Pereira, pelo Presidente do Núcleo do Cartaxo da Nersant, Jorge Pisca e por Maria Manuel Simão, professora aposentada e investigadora da história do Cartaxo e das suas tradições e que, em conjunto com Helena Félix e Zelinda Pego estão a trabalhar na recuperação de documentos históricos do concelho, para a constituição do Arquivo Histórico Municipal.

 

Na sessão estiveram também presentes Gentil Duarte, presidente da Assembleia Municipal, Fernando Amorim, vice-presidente da Câmara Municipal, Sónia Serra, vereadora, entre muitos representantes de associações e coletividades, assim como comerciantes, empresários e população.

 

Presidente da Câmara reconheceu que “a Feira de Todos os Santos perdeu alguma importância para outras feiras da região”, afirmando que “nos últimos 15 anos os hábitos de consumo das famílias sofreram grandes alterações com a abertura de grandes superfícies quer no concelho, quer nos concelhos limítrofes e a Feira de que todos nos lembramos, já quase só existe na nossa memória” sendo que outros factos recentes se vieram juntar a esta realidade “ quer o facto de termos perdido o 1 de novembro como feriado nacional, quer as novas construções naquele área que retiraram espaço e organização à Feira. Temos de decidir o que deverá ser a Feira de Todos os Santos não só para o futuro, mas para que possa ter, de facto, futuro”. O autarca reafirmou a sua convicção de que “esta decisão não compete apenas aos decisores políticos, é responsabilidade de toda a comunidade, é na partilha de ideias e na reflexão conjunta que poderemos encontrar o modelo que devolverá à Feira a sua identidade e o seu protagonismo regional e nacional”.

 

Maria Manuel Simão abriu o debate, fazendo o enquadramento histórico da Feira, deu conhecimento dos factos que, nas sua investigação, já tinha conseguido apurar sobre a história da Feira de Todos os Santos e de como ela, ao longo dos séculos, foi lugar de desenvolvimento cultural e reflexo das alterações sociais e económicas da região.

 

Délio Pereira afirmou que “o modo como esta Feira tem sido tratada, tem de ser alterado, o Cartaxo tem desprezado as suas tradições e a sua história, com enorme prejuízo para a economia do concelho”, considerando que “o terreno afeto à Feira não teve qualquer melhoria nem investimento e permitiu-se que a Feira da Golegã se sobrepusesse à Feira do Cartaxo, quando os feirantes são os mesmos”.

 

Jorge Pisca relembrou que em 2013 o Núcleo da Nersant teve muita dificuldade em organizar a ExpoCartaxo, porque “esta não vive sem a feira franca e este ano, se não fosse o esforço do presidente da Câmara, quando tomou posse, muito provavelmente nem teria havido Feira e a Nersant não conseguiria que as empresas estivessem na ExpoCartaxo”, acrescentando que “quer a mostra empresarial, quer a feira franca precisam ser valorizadas, esta tem sido uma parceria com a Câmara que tem sido muito importante, apesar das dificuldades que as empresas do concelho enfrentam, temos tido todos os anos mais expositores, de cerca de 40 em 2012, passámos para 63 em 2013, o que gostaríamos e está sempre nos nossos objetivos, é que mais empresas do concelho estejam entre estes expositores”. O presidente do Núcleo da Nersant congratulou-se “por ver aqui tantos empresários e comerciantes do Cartaxo”.

 

Sala cheia para debate público sobre feira franca e mostra empresarial

Das 28 intervenções do público, que ao longo de 3 horas encheu o auditório, ficou a convicção quase unânime de que a Feira de Todos os Santos perdeu importância não só na região, mas no próprio concelho, que foi ultrapassada por eventos de outros concelhos limítrofes que souberam afirmar-se, enquanto a Feira dos Santos viu o seu espaço físico degradar-se, os visitantes e os feirantes afastarem-se dela e a própria comunidade deixar de a ver como momento de encontro identitário, de convívio e encontro ou pólo de desenvolvimento económico local, apenas mantendo a memória de há mais de vinte anos - quando a maioria dos presentes na sessão eram crianças ou jovens adultos -, não se identificando com a centenária feira franca de hoje.

 

Fernando Felício, Ana Batalha e outros presentes, relembraram o enorme movimento em toda a cidade, as pessoas que vinham de comboio de Lisboa, de autocarro, até de carroça e enchiam as ruas, em grande confusão, mas também animando a cidade com a sua presença, como recordou Jorge Jacinto “a Feira marcava, havia pessoas que se deslocavam ao Cartaxo de todo o país, vinham comprar as castanhas e provar o vinho novo”, mostrando como a Feira de Todos os Santos faz parte do imaginário e da identidade do Cartaxo.

 

Elvira Tristão descreveu os últimos anos como de “morte lenta”, com o que muitos dos presentes concordaram e afirmaram estar a passar-se não só com a Feira dos Santos, mas como com o comércio local que enfrenta enormes dificuldades.

 

Entre as intervenções, ficou clara a opinião generalizada que a Feira faz parte da história do Cartaxo, pode contribuir par a revitalização económica do concelho  e deve ser encontrado um novo modelo que lhe devolva a importância de outros tempos. Para tal, será necessário garantir que se mantêm as suas caraterísticas tradicionais, de identidade com a região, mas com a introdução de elementos de modernidade, ter criatividade para encontrar um eixo temático que seja aglutinador e permita a promoção do evento de modo coerente e relevante.

 

A localização foi dos temas mais abordados pelos intervenientes, com quase todos os presentes a considerarem que a Feira deveria regressar às suas origens – o centro da cidade -, desenvolvendo-se à volta da praça de touros e ocupando o espaço da Praça 15 de Dezembro. Algumas pessoas expressaram dúvidas sobre como integrar quer a ExpoCartaxo, quer os habituais equipamentos de diversão, neste espaço.

 

Álvaro Pires deixou a sua concordância com a vinda “da Feira para o centro da cidade“, por poder contribuir para um maior envolvimento da comunidade mas “com um modelo diferente, mais moderno, para que as pessoas a sintam como sentiam antes”, acrescentando “que se estabeleça um elo de ligação entre os dois espaços e que este elo de ligação seja a Rua Batalhoz”. Outros presentes, como Raquel Monteiro, deixaram algumas dúvidas quanto à Feira se vir a desenvolver em dois espaços diferentes “vamos separar as gerações, a Rua Batalhoz é muito grande”, afirmou Raquel Monteiro, deixando a convicção de que a Feira tem de ser “tratada como uma marca”.

 

Pedro Magalhães Ribeiro terminou a sessão de debate afirmando que “esta é uma discussão que fica em aberto, não viemos aqui com ideias feitas e não saímos com ideias fechadas, foi muito importante por ter aberto novas perspetivas de reflexão e por mostrar que a Feira de Todos os Santos merece que não se tomem decisões sem refletir e sem ouvir as pessoas”.

 

O autarca subscreveu as propostas de “conciliar a feira tradicional com a mostra empresarial, de manter a vertente de diversão e convívio, aliada ao comércio e à promoção dos produtos locais e regionais”, ao que acrescentou a necessidade de “criarmos uma Feira que concilie e tenha em conta todas as gerações, para que os mais jovens possam construir as suas próprias memórias. Todos os que aqui partilharam as suas memórias, desde o cheiro da fruta, até à animação da cidade, lembraram os tempos da sua própria juventude, só conseguindo envolver os mais jovens, a Feira de Todos os Santos poderá ser sustentável no futuro”.

 

O presidente da Câmara explicou que a possibilidade de a Feira regressar ao centro da cidade, já foi abordada por ele próprio e pela sua equipa, é uma possibilidade que têm vindo a considerar, tendo os serviços municipais feito uma planta de projeção, para avaliar como os várias espaços da Feira de Todos os Santos poderiam vir a instalar-se neste espaço. Esta planta foi também mostrada aos presentes, como contributo para a reflexão conjunta sobre as decisões que “terão de ser tomadas, não sei se já este ano, se apenas para o próximo ano, tendo em conta as dificuldades que o município enfrenta e a necessidade de ter muito cuidado, para não prejudicarmos ainda mais esta feira, com decisões precipitadas e pouco fundamentadas”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:33
link do post | comentar | favorito
|

CHAMUSCA: Junta de Freguesia lança programa de Incentivo à Natalidade
A Junta de Freguesia da Carregueira entregou o primeiro pack do programa de incentivo à natalidade no dia 28 de Março

O pack de Natalidade + é composto por um kit com produtos de puericultura e pelo cartão natalidade + que possibilita descontos nos estabelecimentos parceiros.

Daniela Sofia Vicente Rodrigues recenseada na freguesia com o número 3102, mãe da bebé  Leonor Rodrigues Rosa nascida a 22 de janeiro de 2014 foi a primeira a receber o apoio.

Segundo o Presidente da Junta de Freguesia de Carregueira, Joel Marques, a diminuição da natalidade é um problema premente e preocupante na freguesia.”

Considerando que, o envelhecimento das populações e o decréscimo populacional, têm originado consequências negativas a nível social e económico, o executivo deliberou lançar o projeto NATALIDADE + para incentivar e apoiar a natalidade na freguesia. O programa conta com vários parceiros do comércio local, nomeadamente: Loja da Ana, Farmácia Stª Catarina, Loja do Pedro, Moda Jovem e Loja da Tuxa.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:20
link do post | comentar | favorito
|

NERSANT: Marca Viver o Tejo chega à região da Lezíria

Inicialmente criada para promover o potencial turístico da região do Médio Tejo, a marca Viver o Tejo – Turismo, Cultura e Animação, criada pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, vai passar a abranger a região da Lezíria do Tejo, alargando assim a sua estratégia territorial a todo o Ribatejo.

A criação da marca teve como objectivos atrair mais visitantes às margens ribeirinhas do Tejo, promover e desenvolver o turismo e o potencial da Região do Ribatejo, aumentar a competitividade dos territórios, valorizar as suas tradições e especificidades e dinamizar a economia regional e local.

 A marca Viver o Tejo tem conseguido uma grande adesão junto dos operadores turísticos da região do Médio Tejo, perímetro geográfico ao qual estava inicialmente concentrado o projecto, e de onde são oriundos os parceiros aderentes, que já são hoje mais de 100, distribuídos pelas seguintes categorias: Alojamento, Restauração, Enoturismo, Artesanato/Produtos Gourmet. O consórcio inicial reuniu 49 entidades públicas e privadas, entre as quais os municípios de Vila Nova da Barquinha, Constância, Abrantes e Mação.

 Sendo o rio Tejo um elemento âncora neste projecto, e estando o mesmo muitas vezes condicionado por abrangência de áreas administrativas e de difícil delimitação territorial, a NERSANT entendeu abrir a possibilidade de adesão de novos parceiros pertencentes à região da Lezíria do Tejo. Neste sentido, instituições ou empresas associadas ao turismo de toda a região do Ribatejo poderão contactar a NERSANT caso pretendam aderir à marca (adesão gratuita) e ao projecto, ou para obter mais informações.

 Neste momento, a NERSANT está já no terreno a divulgar o projecto junto das empresas, entidades ou municípios interessados em aderir ao mesmo, sendo importante referir que quanto mais aderentes tiver a marca Viver o Tejo, melhor esta servirá os seus objectivos.

 A NERSANT já criou o portal do projecto e dinamizou diversas actividades outdoor que pretendem dar visibilidade à região, nomeadamente passeios pedestres, descidas de canoa e challenger’s. Em Novembro passado realizou ainda o evento Viver o Tejo International Meeting, que reuniu em Novembro de 2013 no Ribatejo 6 países, 23 operadores turísticos e 93 agentes de turismo no total. No âmbito do projecto também foram eleitas as “Estrelas do Médio Tejo”.

 Os interessados em aderir devem contactar a NERSANT através dos contactos 249 839 500 ou geral@viverotejo.pt.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:42
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO: OBRAS NO MOINHO SALOIO E PRIOSTE JÁ RECOMEÇARAM

       Câmara negoceia pagamentos em falta desde 2012 e empreiteiro retoma as obras nesta zona do Cartaxo

  Câmara continua em negociações e empenhada para retomar as obras de beneficiação da Estrada do Setil

 

 

 

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, reuniu no passado dia 20 de março, com os moradores da Ladeira do Moinho Saloio e da Rua do Prioste e com José Pires, engenheiro da empresa Construções Pragosa, SA, tendo dado conta do início das obras e esclarecendo algumas dúvidas dos moradores, quanto aos trabalhos que serão agora concretizados.

 

Na reunião, que decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal, participaram também o presidente da União de Freguesias de Cartaxo e Vale da Pinta, Délio Pereira, e o Chefe de Gabinete e o Adjunto do Presidente, Vasco Casimiro e Carlos Cláudio, respetivamente.

 

Pedro Magalhães Ribeiro informou que a Câmara Municipal chegou a um acordo com a empresa, o que permitiu o reinício dos trabalhos, que têm uma duração prevista de seis semanas.

 

 

Obra estava parada por falta de pagamento

A dívida da Câmara Municipal à empresa Construções Pragosa, S.A. era de 310.484,59 euros, respeitante à adjudicação que fora aprovada em reunião de Câmara a 24 de junho de 2009, pelo valor de 738.830,84 euros.

 

Nesta empreitada estavam consideradas obras de beneficiação nas seguintes ruas e estradas: Rua do Prioste, entre a EN3, frente ao Modelo e Rua do Moinho do Saloio; Rua do Moinho do Saloio, entre a Rua do Progresso e a Alameda Norte; Rua da Ribeirinha, entre a Ribeira do Cartaxo e Vila Chã de Ourique; Rua do Falcão, em Vila Chã de Ourique, entre o fim da Rua D. Afonso Henriques e a entrada da Quinta do Falcão de Cima; Rua das Quintas de Cima, em Vila Chã de Ourique, entre a EN3  e a EN114.2, zona do Falcão; e Troço da EN3.3, entre a saída da Ribeira do Cartaxo e o acesso ao parque de estacionamento de Santana.

 

Neste momento, encontram-se apenas concluídas as obras na Rua das Quintas de Cima, Rua do Falcão e Rua da Ribeirinha.

 

O primeiro auto de suspensão dos trabalhos ocorreu a 26 de outubro de 2009, por motivo de ainda não haver visto do Tribunal de Contas.

 

O visto do Tribunal de Contas foi emitido a 19 de maio de 2011 – o contrato não foi enviado ao Tribunal de Contas, no prazo de 20 dias, por entendimento superior.

 

O auto de recomeço dos trabalhos foi efetuado a 23 de agosto de 2012, mas a 18 de dezembro desse mesmo ano o empreiteiro voltou a comunicar uma nova suspensão dos trabalhos, por falta de pagamento de faturas vencidas. Os trabalhos continuam suspensos desde essa altura.

 

Câmara continua empenhada e em negociações pra retomar as obras de beneficiação da Estrada do Setil

As obras da empreitada de beneficiação da Estrada Nacional 114-2 entre o Cartaxo e o Setil ainda não recomeçaram, apesar do esforço da Câmara para estabelecer um acordo com o empreiteiro – Civilvias -Construção e Vias, Lda., a quem a obra terá sido entregue, num contrato de 794.031,02 euros mais IVA, outorgado a 9 de setembro de 2009, nos anos seguintes este contrato terá sido suspenso por diversas ocasiões, quer por iniciativa da Câmara Municipal, quer por exigência do empreiteiro, tendo este, em setembro de 2013, recusado reiniciar os trabalhos, por falta de pagamento das faturas vencidas.

 

Desde o início do mandato, o atual executivo municipal tem-se empenhado para resolver todos problemas com a obra, de modo a que o empreiteiro retome os trabalhos, no âmbito desta negociação, fez já um pagamento de 54.102,50 euros.

 

O presidente da Câmara, Pedro Magalhães Ribeiro, reuniu já com os moradores, explicando a situação em que o processo estava quando tomou posse e as iniciativas e esforços que fez para que esta obra fosse retomada “nestes cinco meses, desde que tomámos posse, conseguimos pagar mais de 50 mil euros ao empreiteiro, demos conta da situação e das dificuldades aos moradores. Continuamos a tentar, em conjunto com o empreiteiro, reunir as condições que permitam a conclusão da obra”



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:01
link do post | comentar | favorito
|

TOMAR: Biblioteca Municipal de Tomar aberta ao sábado de manhã

A partir de Abril, a Biblioteca Municipal de Tomar – António Cartaxo da Fonseca vai passar a estar aberta também ao sábado de manhã, possibilitando assim o acesso a muitos utentes que não tinham outra oportunidade para o fazer durante a semana. A abertura será entre as 10 e as 13 horas e não irá afectar o horário dos dias úteis, em que a Biblioteca continuará a estar aberta ininterruptamente entre as 10 e as 18h30.

Esta é mais uma medida tomada pelo Município no sentido de valorizar aquele espaço e ir ao encontro das necessidades dos utilizadores. Recorde-se que desde o início de Março a Biblioteca de Tomar voltou a ter disponíveis para leitura o Diário de Notícias e a revista Visão.

Relembramos ainda que durante o próximo mês a Biblioteca vai ter mais motivos de visita, com a realização de um conjunto de actividades sob a designação genérica de “Abril, Histórias Mil”, e que inclui a Feira do Livro Usado. Quem queira participar nesta última, tem apenas o dia de hoje para entregar ali os seus livros usados, recebendo um “cupão de troca” por cada um deles e que será usado durante a feira para fazer a permuta por outro livro.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:59
link do post | comentar | favorito
|

SANTARÉM: AÇÃO DE FORMAÇÃO AMBIENTAL

 

No dia 28 de março de 2014, o Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana em Santarém, após ter sido solicitado por um grupo de trabalho do Instituto Politécnico de Santarém, no âmbito da área curricular de Educação Ambiental, proporcionou uma acção de formação na área ambiental.

Como acção principal, foi dado a conhecer todo o serviço realizado pelo SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente) e suas competências operacionais, assim como um estudo sobre descargas poluentes em rios e seus afluentes.

Estiveram presentes nesta ação as alunas: Dora Isabel Filipe da Silva, Bruna Alexandra dos Santos Martins, Catarina Pedrosa Oliveira e Helena Maria Ferreira Rosa, do Instituto Politécnico de Santarém – Educação Ambiental.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:53
link do post | comentar | favorito
|

VINHOS:Primeiro prazo de inscrição no Concurso Vinhos de Portugal a terminar

Desconto nas inscrições do Concurso Vinhos de Portugal até 31 de Março

 

 Termina no próximo dia 31 de Março o primeiro prazo de inscrição no Concurso Vinhos de Portugal no qual os produtores poderão beneficiar do desconto de 5 euros por vinho. Após esta data continuarão a poder submeter candidaturas na página www.concursovinhosdeportugal.pt apesar de ser cobrada uma penalização de mais 15 euros a todas as inscrições após 24 de Abril. 

 

A edição de 2014 do Concurso Vinhos de Portugal será realizada de 13 a 16 de Maio, no CNEMA, em Santarém e a Direcção da ViniPortugal continuará a investir numa maior valorização dos jurados internacionais

 

A ViniPortugal ressalva que a inscrição dos vinhos só será considerada mediante o processo completo.

 

1º passo.        Inscrição completa online em www.concursovinhosdeportugal.pt

2º passo.        Pagamento por transferência bancárias para o NIB 0019 0183 00200000083 67 ou cheque endossado à ViniPortugal

3º passo.        Envio de comprovativo de pagamento para carlar.concurso@viniportugal.pt

4º passo.        Envio de Boletim de análise para carlar.concurso@viniportugal.pt

5º passo.        Entrega de amostras (pelo menos 4 garrafas 0,75l/vinho) no CNEMA (Quinta das Cegonhas, 2000-471 Santarém) ou na CVR / IVDP

 

 

Sobre a ViniPortugal

 

A ViniPortugal é a associação interprofissional do setor vitivinícola que tem como missão promover a imagem de Portugal, enquanto produtor de vinhos por excelência, valorizando a marca “Vinhos de Portugal” e contribuindo para um crescimento sustentado do volume e do valor dos vinhos portugueses, assim como da sua diversidade. Promove os vinhos tranquilos portugueses em 11 mercados internacionais.

 

A ViniPortugal agrupa estruturas associativas e organizações de profissionais ligadas ao comércio (ANCEVE e ACIBEV), à produção (FENAVI e FEVIPOR), às cooperativas (FENADEGAS), aos destiladores (AND), aos agricultores (CAP) e às regiões demarcadas (ANDOVI).

 

O seu Plano de Marketing para 2014, no montante de 7,5 Milhões de euros, atingirá 11 mercados internacionais estratégicos, onde serão implementadas mais de 100 acções de diferentes perfis.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:23
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15


25
26
27
28
29

30


posts recentes

Lista de cidadania candid...

25 de abril – Programa do...

SALVATERRA DE MAGOS HOMEN...

APRESENTADA A 2ª EDIÇÃO D...

Santarém evoca noite em q...

Apresentação da Fotobiogr...

Mel e Azeite a Concurso e...

A Confraria Ibérica do Te...

TEMAS DE SAÚDE: Vacinas ...

Surda-Muda

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds