NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 4 de Abril de 2017
Requerimento enviado à Câmara de Santarém

unnamed (1).png

 

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Municipal de Santarém

Ao abrigo do Regimento da AMSTR venho solicitar os seguintes esclarecimentos ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Santarém quanto ao estacionamento atrás do Tribunal apenas a Magistrados.

Recuando um pouco no tempo:

Até dia 27/03/2016, Domingo de Páscoa, existia o sinal de Parque com uma pequena placa por baixo que dizia TÁXIS, porque servia de parque de espera dos Taxistas de Santarém – imagens 1 e 2.

Existiu ainda uma praça de táxis na Avenida do Brasil junto ao estabelecimento “Yigafour” – imagem 3.

Dia 28/03/2016 os Táxis mudaram de local da Praça para a que existe hoje em dia. No mesmo dia a placa branca que dizia Táxis foi mudada para outra que dizia TRIBUNAL – abrangendo justamente todos os funcionários deste.

A existência desta reserva de estacionamento tem plena justificação devido ao serviço inerente à responsabilidade de TODOS os intervenientes, desde Magistrados, tanto Judiciais como do Ministério Público, Funcionários Judiciais…

Da informação que conseguimos apurar não se conhece “ordem” interna que restringisse os estacionamentos naquele Parque, pelo que todos os intervenientes judiciais [incluindo, é claro, os Funcionários Judiciais] continuaram a estacionar as viaturas naquele Parque.

De forma não esperada, em 05 ou 06/01/2017, a placa que dizia TRIBUNAL foi retirada e colocada outra que diz Magistrados Tribunal Judicial de Santarém - imagem 4.

Tal facto introduziu uma discriminação negativa sobre os Funcionários Judiciais e outros intervenientes sobre a qual não nos foi possível apurar origem.

Em pesquisa efetuada na net foi possível apurar situações diferenciadas; algumas estabelecendo critérios mais inclusivos como i) o parque do Tribunal ficar afecto aos veículos dos Magistrados Judiciais e do Ministério Público em exercício de funções no Tribunal Judicial, ii) lugares de estacionamento reservado para situações especiais e iii) lugares afectos aos oficiais de justiça, iv) lugares para pessoas portadoras de deficiência…

Há inclusivamente notícia de uma decisão da Assembleia Municipal de Ferreira do Zêzere: “reunida na noite de sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017, chumbou a criação de dois novos lugares de estacionamento para magistrados junto ao edifício do Tribunal, valência que foi reativada em janeiro deste ano. A proposta estava em cima da mesa na sequência de um pedido dos Serviços do Ministério Público que, deste modo, viu a sua pretensão rejeitada” [i].

Tratando-se de um espaço público, afetado a um serviço público essencial, gostaríamos de saber se:

- Existe ou não alguma deliberação da CMS ou procedimento que nos possa ser esclarecido sobre a matéria em causa? Solicitamos a referida documentação.

- Pondera a Câmara adotar ou estudar alterações a esta situação? Quais?

- Como se nos afigura necessário, pondera a Câmara reforçar os lugares de estacionamento reservados?

Assim, enquanto deputado municipal eleito pelo Bloco de Esquerda requeiro ao Sr. Presidente da Câmara a respetiva informação.

Santarém, 4 de abril de 2017

Vítor Franco



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:14
link do post | comentar | favorito
|

Crianças de 4 escolas do Concelho participaram no Tributo a Salgueiro Maia

 

 

 

Crianças de 4 escolas do Concelho participaram esta segunda-feira, dia 3 de abril, no Tributo a Salgueiro Maia – 25 anos de Saudade, na data do seu falecimento, junto à sua estátua, no Jardim dos Cravos.

As crianças da EB1 dos Leões, EB1 Mergulhão, Centro Escolar Sacapeito e EB1 dos Combatentes prestaram a sua homenagem ao Capitão de Abril, com poemas alusivos a Salgueiro Maia e interpretaram canções como a "Grândola, Vila Morena" e "Somos livres” (uma Gaivota voava voava)", juntamente com o Executivo Municipal. Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara de Santarém e os vereadores Susana Pita Soares, Inês Barroso, Sérgio Cardoso e Francisco Madeira Lopes, Carlos Marçal, Presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém, vários elementos da Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril, Natércia Maia, viúva de Salgueiro Maia e a sua neta, Daniela Salgueiro Maia, numa cerimónia que contou com a participação do Clarim da Repartição de Bandas e Fanfarras do Exército, acompanhado pela Secção de Homens da Escola de Sargentos do Exército das Caldas da Rainha, por Lino Lourenço Gonçalves, Coronel de Infantaria e Comandante da Escola de Sargentos do Exército das Caldas da Rainha, entre outras figuras civis e militares.

 

Na passagem do dia que assinala 25 anos do seu desaparecimento, o Capitão Salgueiro Maia, que chefiou a coluna militar que a 25 de Abril de 1974 saiu de Santarém, rumo a Lisboa, para derrubar a ditadura do Estado Novo, Ricardo Gonçalves demonstrou grande satisfação pela participação das crianças de escolas do Concelho nesta cerimónia, em que recordamos o Homem que “jamais vacilou na hora em que liderou a Coluna Militar e garantiu o triunfo da Revolução”.

Para o Presidente da Câmara de Santarém, “a pureza e a força da sua idade foram determinantes na sua vontade de sonhar”, afirmou Ricardo Gonçalves, que acrescentou que espera que “Salgueiro Maia seja inspirador para as gerações vindouras, para que não esqueçam os valores de Abril”.

 

Ana Martinho do Rosário, em representação da Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril lembrou que “é preciso preservar a sua memória" e "os valores que representa", uma vez que o “País vivia sem liberdade e sem esperança, com censura, sem eleições livres, tortura e sem respeito pelos direitos fundamentais do ser humano”, lembrando que importa “garantir e cumprir que as Portas que Abril abriu nunca mais ninguém as cerre”.

 

Para a representante da Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril “a Revolução do 25 de Abril ficará para sempre como uma página exaltante da nossa História”, e acrescentou que é preciso não esquecer “os valores pelos quais lutou e conquistou, como por exemplo, o direito à Saúde e Educação, que consagram os direitos fundamentais do ser humano”.

 

As comemorações do 25 de Abril prosseguem no dia 7 de abril, às 21h00, com Concerto de Sérgio Godinho com Nuno Rafael & João Cardoso, no Convento de S. Francisco, num espetáculo que celebra os 30 anos de constituição da AJA – Associação José Afonso - “Zeca Afonso: 30 Anos da AJA”.

 

Na 1ª parte, há Tributo a José Afonso com Catarina Anacleto (Violoncelo) e Márcio Pinto (Marimbas). O exotismo do toque doce da marimba e o virtuosismo do violoncelo encontram-se para prestar tributo ao repertório de José Afonso. As músicas eternas que reconhecemos na voz deste grande músico português deixam-se apropriar pela fusão inesperada destes dois instrumentos de mundos aparentemente distantes.

Márcio Pinto, na marimba, e Catarina Anacleto, no violoncelo, são os músicos que nos vão conduzir neste encontro sedutor com a música de Zeca Afonso.

Bilhetes à venda no Convento de S. Francisco (Telefone: 243 304 436). As reservas podem ser efetuadas através do e-mail: com25abrilsantarem@gmail.com .

 

Dia 14 de abril, às 21h30, há Concerto “Novo Abril” , no Fórum Actor Mário Viegas – Centro Cultural Regional de Santarém, com bandas de jovens músicos: Sr. Doutor, Nooj, Surreal Prisma, Cicuta.

 

Dia 21 de abril, às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira acolhe a Peça de Teatro “O Punho”, última peça do dramaturgo Scalabitano, Bernardo Santareno, pelo Centro Dramático Bernardo Santareno.

O Punho, a última peça teatral de Bernardo Santareno, datada de 1980, ano do seu falecimento, é uma obra cuja representação é praticamente inédita nos palcos nacionais. Drama marcadamente politizado, balizado num tempo muito particular, o da Reforma Agrária nos campos do Alentejo, temática polémica, que não oferece consensos, aliás, características a que sempre nos habituou Santareno na sua obra dramatúrgica. As liberdades de Abril permitiam então o acirrar das lutas sociais e políticas entre os latifundiários e as gentes sem terra.

 

unnamed (1).jpg

 

O conflito teatral agudiza-se focado em duas figuras centrais, a senhora rica dona de quase tudo e a criada pobre, resignada ao que a vida lhe deu, nada. A lealdade mútua que as personifica custa a romper, mas os tempos novos extremam as posições que se radicalizam, até à violência.

 

São factos reais de uma história recente que inspiram a criatividade do autor, observador que assume na sua escrita a consciência e a voz do povo (o coro), pois o seu teatro, foi sempre um teatro do povo. Mais do que os propósitos políticos ou panfletários, o nosso objetivo é trazer Santareno e a sua escrita ao palco e ao público.

 

Ficha técnica: Adaptação do texto/Encenação – José Manuel Rodrigues | Produção – Centro Dramático Bernardo Santareno | Produção apoiada pelo Programa de Apoio ao Associativismo e Agentes Culturais do Concelho de Santarém

Duração: 90’ | Classificação M/12 | Preço: 5€

Bilheteira (Teatro Sá da Bandeira): 243 309 460 / tsbgeral@gmail.com

 

No dia 22 de abril, às 16h30, há Teatro para crianças – “Histórias de Sonho!”, pela Associação Aqui Há Gato, no Fórum Actor Mário Viegas - Centro Cultural Regional de Santarém.

“1 história? 2 histórias? 3 histórias? Queremos mais! Pois muito bem... Muitas histórias iremos contar e os teus sonhos embalar... curiosos.. humm.. Aqui há Gato! Ouvir histórias é permitir o sonho, é ter imaginação disponível para receber um mundo mágico e deixar-se estimular pelas personagens que habitam nos livros infantis (sessão onde serão apresentadas várias histórias, umas contadas com o apoio de técnicas de leitura encenada, outras com o apoio de marionetas). Duração: 45M

 

Dia 24 de abril, às 21h00, a organização oferece o Espetáculo Evocativo da Madrugada do 25 de Abril - “Esta é a Madrugada que eu esperava”, na Escola Prática de Cavalaria de Santarém, com texto do Coronel Correia Bernardo.

Pede-se ao público para se concentrar no Largo Infante Santo, em frente à antiga Escola Prática de Cavalaria. O espetáculo prossegue depois na Parada Chaimite.

 

“Esta é a madrugada que eu esperava” é feito a partir de um texto escrito pelo coronel Correia Bernardo, na altura capitão, também ele envolvido em toda a movimentação que aconteceu na EPC, antes da saída do Salgueiro Maia.

Correia Bernardo, que há dois anos lançou o livro “Santarém uma Cidade que faz História – 25 de Abril de 1974”, escreveu, para esta evocação, um texto “contando as suas memórias do que se passou naquela noite e que são reveladoras da rebelião, do nervosismo de quem ia participar naquele movimento”.

Para este espetáculo, a organização apela à participação de voluntários a figurantes e desafia os jovens a aparecerem às terças ou às quintas-feiras, na Parada da ex Escola Prática de Cavalaria, às 20h00, onde passam a decorrer os ensaios.

O Coronel Correia Bernardo, autor do texto do espetáculo evocativo da Madrugada do 25 de Abril “Esta é a Madrugada que eu esperava”, explicou na conferência de imprensa de apresentação do programa do 25 de Abril, que lhe foi proposto pela Comissão 25 de Abril, escrever algo sobre a madrugada de 24 de Abril, “em que Santarém teve um papel importante, não só porque iniciou o processo do Movimento dos Capitães em 1973, como também era a unidade escolhida para marcar o pénalti, e teve que haver uma convicção de que o pénalti seria marcado na noite de 24 de Abril, uma vez que íamos fazer uma coisa que nunca tínhamos feito”. O Capitão de Abril explicou que “a unidade escolhida é a unidade que despoleta o movimento e atrai as outras unidades. Mas a unidade de Santarém era a que estava mais preparada e a própria Cidade estava preparada para que, se alguma coisa não corresse bem, se utilizasse defesa forte e consistente”, acrescentando que “a Cidade de Santarém tinha essa força”.

 

Correia Bernardo afirmou ainda que a Comissão do 25 de Abril propôs-lhe “marcar os primeiros momentos decisivos do 25 de Abril – a prisão do Comandante e a saída da Coluna Militar de Salgueiro Maia, que tinha 30 anos e que, apesar de ser um jovem, consegue falar e concretizar” a Revolução dos Cravos.

 

“Saber transformar as palavras em gestos é o que está a ser feito”, de modo a apresentar o espetáculo na noite de 24 de abril, refere Correia Bernardo que acrescentou que “é possível porque tem 2 pomperes: Berta Pereira e Carlos Oliveira, mais conhecido por Chona, coadjuvados por Tiago Fernandes, que vão dando força ao que está escrito, para empolgar as pessoas”.

 

No dia 25 de Abril – Dia da Liberdade, das 10h00 às 12h30, há Pintura para crianças, no Jardim da Liberdade.

Às 11h00, há Cravos para Salgueiro Maia, no Jardim dos Cravos. Esta cerimónia evocativa do 25 de Abril,conta com a presença de familiares, amigos, entidades públicas e oficiais, e com a participação da Banda da Sociedade Filarmónica Instrução e Cultura Musical da Gançaria.

 

Às 12h30, o antigo Refeitório da Escola Prática de Cavalaria é palco do Almoço/convívio do 25 de Abril.Reservas no Posto de Turismo de Santarém, Emoção D’Imagens e Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril.

 

Às 17h30, a Igreja de Nossa Senhora da Graça acolhe o Tradicional Encontro de Coros, que conta com a participação do Coral de Gulpilhares, Coro Legatto de Mira, Orfeão de Arouca e Coro do Círculo Cultural Scalabitano.

 

No dia 27 abril, às 21h30, é apresentado o Livro “No Limite da Dor” e tertúlia sobre Abril, com testemunhos, ao vivo, por ex-presos políticos, com a presença de Irene Pimentel e dos autores do livro, Ana Aranha, Carlos Ademar, no Fórum Actor Mário Viegas – Centro Cultural Regional de Santarém.

 

Dia 29 de abril, às 18h00, há Colóquio Abril – Presente e Futuro”, com o Professor António Sampaio da Nóvoa, no Fórum Actor Mário Viegas – Centro Cultural Regional de Santarém.

 

O programa das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril é organizado pela Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém, com o apoio da Câmara Municipal de Santarém, e conta com a parceria da Associação Aqui Há Gato, AJA - Associação José Afonso, Centro Cultural Regional de Santarém, Círculo Cultural Scalabitano, FITIJ – Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, para além da colaboração da NERSANT e do CIES - Centro Inovação Empresarial de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:11
link do post | comentar | favorito
|

Metodologia de Treino em Futsal - Formar Ganhando

unnamed.png

 

 

A Escola Superior de Desporto de Rio Maior do IPSantarém promove a ação de formação Metodologia de Treino em Futsal - Formar Ganhando, no dia 5 de abril de 2017 com Nuno Dias - Treinador Principal do Sporting CP e Bruno Travassos - Treinador Principal da AD Fundão.

 

A Escola Superior de Desporto de Rio Maior – IPSantarém promove a ação de formação Metodologia de Treino em Futsal - Formar Ganhando. Esta formação tem como objetivos gerais proporcionar aos alunos, licenciados em Treino Desportivo, professores de Educação Física e treinadores, conhecimento sobre metodologias inovadoras ao nível do treino de futsal, utilizadas em equipas de alto rendimento.

 

No dia 5 de abril, pelas 14h, na Escola Superior de Desporto de Rio Maior-IPSantarém, decorrem as conferências com momentos para o debate. Às 14h30m inicia-se a primeira conferência “Análise de sistemas dinâmicos no futsal” - Bruno Travassos, Treinador Principal da AD Fundão. Às 16h15m, Nuno Dias - Treinador Principal do Sporting CP apresenta aconferência “Metodologias de Treino no Sporting”.

 

A ação está acreditada pelo IPDJ,I.P com 0,8 UC para renovação do TPTD - Título Profissional de Treinador(a) de Desporto (componente específica).



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:09
link do post | comentar | favorito
|

Equipas técnicas EDP Distribuição já têm visual uniformizado

unnamed.jpg

 

A partir do início de abril de 2017, os técnicos de empresas ao serviço da EDP Distribuição que executem trabalhos no âmbito das Ordens de Serviço Comerciais e Avarias, vão estar equipados com um colete em que será bem visível a marca da empresa.

Mais do que uma peça de vestuário das equipas, este colete é uma “ferramenta” importante e, facilitando a interação com o cliente e criando um ambiente de mútua confiança, contribui para que o técnico possa executar a sua atividade com sucesso. Acresce que, porque a Prevenção e Segurança na EDP Distribuição está sempre em primeiro lugar, esta peça foi produzida em tecido ignífugo, material resistente ao calor e que dificulta a combustão.

Conscientes que os prestadores de serviço são por vezes o rosto da EDP Distribuição junto do Cliente, nesse momento-chave tudo importa: a competência técnica, a atitude, o comportamento e a forma como se apresentam e identificam.

A Operadora da Rede de Distribuição considera que este foi mais um passo para melhorar de forma consistente a experiência de contacto com os seus clientes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:04
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15


25
26
27
28
29

30


posts recentes

Lista de cidadania candid...

25 de abril – Programa do...

SALVATERRA DE MAGOS HOMEN...

APRESENTADA A 2ª EDIÇÃO D...

Santarém evoca noite em q...

Apresentação da Fotobiogr...

Mel e Azeite a Concurso e...

A Confraria Ibérica do Te...

TEMAS DE SAÚDE: Vacinas ...

Surda-Muda

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds