NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 13 de Agosto de 2017
TEMAS DE SAÚDE: Recomendações para os atletas

ANTONIETA

Por: Antonieta Dias (*) 

 

Algumas recomendações para os atletas

A dieta do atleta deve ser equilibrada, permite otimizar o desempenho.

Algumas recomendações são necessárias para evitar erros alimentares.

As refeições devem ser realizadas cerca de 3 a 4 horas antes da prática desportiva para permitirem a digestão dos alimentos sem que os atletas fiquem com a sensação de distensão gástrica e para impedirem o desconforto de um rendimento desadequado provocado pelas perturbações alimentares.

 

As refeições devem ser facilmente digeríveis, ricas em carbohidratos e com pouca quantidade de proteínas e gorduras.

Todo o atleta deve ingerir no mínimo 2 litros de líquidos.

Recomenda-se a ingestão de 500 ml de líquidos duas horas antes dos exercícios, trinta minutos antes ingerir entre 250 a 500 ml e 250 ml durante a atividade desportiva.

Se estiver num ambiente de calor e se o seu desempenho exigir muito esforço, obrigará a fazer suplementos complementares para minimizar as perdas de água resultantes da libertação de água pelo suor.

Sempre que um atleta pratica modalidades que exijam fazer exercícios de alta intensidade devem enriquecer a dieta com carbo-hidratos na proporção de 5 a 10%.

Excluem-se as bebidas com frutose por serem indigestas

Chá, bebidas gaseificadas, café ou sumos de frutas estão contraindicados durante a atividade física.

Uma alimentação rica em carne, peixe, ovos, contem ácido aspártico, que ajuda a adquirir massa muscular.

Os usos de suplementos alimentares só são necessários se a alimentação não for rica e variada.

Se as refeições dos atletas tiverem todos os ingredientes de uma alimentação diversificada os suplementos são dispensáveis.

Importa, contudo referir que se o gasto energético for intenso recomendam-se alguns suplementos que não devem ser confundidos com substâncias anabolizantes e devem ser sempre selecionados por um especialista em nutrição ou por um médico especialista em medicina desportiva.

As doses recomendadas implicam o conhecimento científico dos gastos energéticos adaptados à individualidade (sexo, faixa etária, carga de treino, numero de horas de atividade desenvolvida) de cada atleta e modalidade praticada.

Estes critérios têm que ser respeitados para se adequarem de forma equilibrada

Se os suplementos forem ingeridos em excesso podem provocar malefícios na saúde do atleta.

O rigor da sua utilização implica conhecimento.

Em caso algum os suplementos substituem as refeições adequadas e devem sempre acompanhar as refeições principais.

Quais as roupas mais convenientes param os atletas?

Não existem modelos exclusivos, é necessário adotar o vestuário ao ambiente, respeitando a temperatura do recinto onde se encontra, usando acessórios quando se justificarem.

Naturalmente que os tecidos para o fabrico do vestuário terão de ser bem seleccionados usando tecidos que permitam o conforto e garantam proteção.

Ao falamos de desporto implica falar de alongamentos, por vezes esquecidos, mas são fundamentais para manter a flexibilidade do corpo, os quais devem ser executados antes e depois das atividades desportivas desenvolvidas, tendo em conta que aumentam a maleabilidade, beneficiam a coordenação motora, permitem o relaxamento, ativam a circulação, diminuem as tensões musculares, proporcionam o aquecimentos corporal, aumentam a capacidades nas atividades mais desgastantes.

Os alongamentos também exigem técnica na sua execução devem ser regulares, realizados lentamente e sem tensão muscular.

Os alongamentos pós – exercício devem ser mais prolongados no tempo do que os que se fazem antes de iniciar a atividade desportiva.

Quantas horas de repouso por dia são necessárias para o atleta descansar, para manter a forma física, para melhorar a performance e para obter um maio rendimento desportivo.

Cada atleta deverá dormir entre 9 a doze horas por noite, para poder repor a energia gasta.

Os atletas que não cumprem estas recomendações tem mais lesões, que vão desde as fraturas de stress às fascites sobretudo a plantar que é a que provoca mais dores no calcanhar.

O descanso adequado permite fazer a recuperação mental, neurológica e fisiológica aumentando a capacidade de desempenho, o vigor e a energia necessárias para a obtenção e recuperação da força e da massa muscular, sem os quais não se obtém o sucesso desportivo.

Em suma, praticar desporto é uma arte que só terá sucesso se for acompanhada pela técnica, tatica e ciência.

O fenómeno desportivo envolve atletas, treinadores, agentes desportivos, família, adeptos e profissionais especializados no acompanhamento e na orientação desportiva.

 (*) Prof. Doutora /Faculdade de Medicina do Porto

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:56
link do post | comentar | favorito
|

TU!

ANAGRACIOSA

 Por: ANA GRACIOSA

 

Tu!

 

Sentada num banco de madeira estragado pelo tempo,

Tendo o mar como amigo e confidente,

Recuo no tempo e recordo-te com imensa saudade,

Há pessoas de uma imensidão estrondosa,

O próprio mar sentir-se-ia pequenino na sua presença!

No amor, existe cumplicidade, reciprocidade,  partilha…

Existem beijos, abraços, “amassos”, sorrisos , lágrimas, olhares…

Connosco existe muito mais…

Quando me olhaste pela primeira vez,

Vi a minha alma através do brilho dos teus olhos,

Despiste-a como despes o meu corpo,

E perdi a virgindade só com o teu olhar.

Descobri em pouco tempo, o suficiente para ter a certeza,

Que és a minha metade, a minha alma gémea.

Também eu… não preciso ver-te para te ler,

Para saber que o teu nada, completa o meu todo.

Entrega-te e entra sem medo no meu mar,

Como eu entrei no paraíso dos teus olhos,

Sinto como eles me abraçam, desejam  e enlouquecem,

Desperta o psicossoma escondido em ti…

Oh peixinho minion do meu mar!

Jamais me peças para te esquecer, quando foste tu que me ensinou a amar

Espero pacientemente o dia,  que meus olhos encontrarão novamente os teus,

E fazer contigo, tudo o que nos falta fazer…

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito
|

MODERAÇÃO

MARINAMALTEZ

 Por: Marina Maltez

 

MODERAÇÃO

 

Convém ser moderado em tudo. Até na moderação”.

Oscar Wilde



Felizmente o mundo prima por ter diferente tipos de pessoas. É esta diversidade que faz de nós uma espécie única. Não ameaçada pelas demais. No entanto, existem excepções. E como se costuma dizer a excepção confirma a regra.

Como sou assumidamente patriota a primeira excepção é Marcelo Rebelo de Sousa. O Homem (o H maiúsculo é mesmo pela enorme admiração) que dorme pouquíssimas horas por noite e consegue num dia percorrer quase o país inteiro, ouvindo as pessoas, as gentes, preocupando-se de forma genuína numa atitude inovadora de presidente que não se fecha em gabinete a assinar papéis. Creio que para o nosso Presidente da República a palavra “moderação” só se aplica às palavras, porque as suas atitudes, os seus comportamentos são quase camonianos ao superar “o que promete a força humana”. E não. Não estou a ser irónica. Tiro efectivamente o chapéu a um presidente que interage com a população, que se preocupa, que é dinâmico, que ousa quebrar o protocolo porque o serviço público é o que realmente lhe interessa.

A segunda excepção será porventura Donald Trump. Acredito que no caso de Mr. Trump ele simplesmente desconheça esta palavra (lembremos que no baile de tomada de posse escolheu My way e não creio que tenha sido homenagem a Sinatra mas sim prenúncio do que já estava na sua cabeça) e caso alguém lhe diga que ela exista será prontamente demitido, deportado ou confinado num muro de isolamento. Trump confunde a Síria com o Iraque e está-se a borrifar. Na verdade, é ele e o resto do mundo. Porque as capas de jornais apregoam a indignação de muitos mas atitudes que mudem a realidade não as há. Pelo menos Trump assume sem pudor as suas opiniões polémicas e exuberantes. E a linha que separa a coragem da loucura é ténue. Who cares? United States first! Dizem eles.

A terceira excepção é o jovem líder da Coreia do Norte (não vou nomear por receio que decida testar o seu fogo de artifício em terras lusas e era injusto até porque Alberto João Jardim foi o nosso pioneiro no espectáculo pirotécnico que emudecia qualquer turista). Esse então não faz a menor ideia do que seja moderação ou qualquer sinonimo deste vocábulo. Limita-se a eliminar quem lhe faz frente (entenda-se por eliminar, matar. Estamos no ribatejo e o boi pega-se pelos cornos) e a testar bombas e seus derivados como se estivesse em época de santos populares e o fumo da sardinha assada se misturasse com o barulho dos foguetes que anunciam a festa popular.

A quarta excepção… bem, não. Agora não tenho um nome ou protagonista mundial. Tenho aquela figura típica do português. É que em cada português há um treinador de futebol e um político. Sentado no sofá alinhava a equipa de forma diferente e ganhava o jogo de certeza e se fosse presidente é que era, mudava tudo, acabava-se a pobreza e toda a gente era feliz.

Infelizmente a moda criada por Paulo Portas (e sublinho que não há aqui uma crítica política ao senhor em questão) enraizou-se e depois temos figuras que ocupam cargos (presidentes de câmara, junta, vereadores e afins) que durante quatro anos se recolhem como irmã Lúcia à clausura e depois surgem como cogumelos em floresta a percorrer as ruas, distribuir beijos e abraços. Noutros tempos havia canetas e aventais, agora com a crise metem só os panfletos nas caixas de correio enquanto lá desfilam no meio de bandeiras e carros com slogans e cartazes que buzinam, por norma, ao som de uma qualquer voz que anuncia os projectos.

É aqui que entra Wilde, salvo seja, que o senhor merece o descanso. Haja moderação. Não pode ser um vale tudo, um olho por olho, dente por dente.

Talvez a mentalidade esteja a mudar e em cada português, para além do treinador e do político comece a surgir de forma activa o cidadão que quer participar activamente no destino da sua própria vida e da comunidade em que se insere.

Talvez não queiramos canetas (até porque devemos ajudar o comércio local, nomeadamente as papelarias) nem aventais (que têm caído em desuso tais são as tarefas que fazemos ao mesmo tempo). Talvez queiramos apenas que nos ouçam, vejam, sintam. E não apenas uma vez de quatro em quatro anos, mas sim diariamente, com regularidade. Não podemos ser só eleitores. Somos pessoas. SERES. Com voz e essa voz deve erguer-se e ser ouvida e respeitada.


P.S.: É mais do que justo fazer alusão aos nossos irmãos brasileiros. Esses sim, sinceros nas campanhas políticas. Baste evocar esse nome incontornável que deixou o slogan político topo de toda a história: “Vota Tiri-rica, pior que está não fica”!



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:54
link do post | comentar | favorito
|

Quero deixar-te este recado

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

Ontem, enquanto atravessava o Alentejo, e desviando um pouco os olhos da  estrada, porque ia a guiar, pensei que, no dia em que Deus quiser tirar umas  férias, vai, tenho a certeza, escolher a planície alentejana para descansar. Vai escolher um daqueles sobreiros solitários, encostar-se nele e fechar os olhos, nem que seja por breves minutos e, logo de seguida, sentir-se recomposto. Que  Ele me perdoe se blasfemo…
Para me acompanhar na viagem, para baixo escolhi os Trovante e para cima  Queen, porque…”The Show must go on”…
E foi ao ouvir o “125 Azul” que me lembrei de uma amiga querida, que perdeu o  amor da sua vida, há já alguns  anos. 

Foi aí que vi que não tenho sido a amiga que  ela merece e precisa. Tranquiliza-me o facto de saber que ela pode sempre contar  com a Pi, a Rosélia,a Rosália e a Laurinda.
Por isso, querida, quero deixar-te este recado. Não estou presente como  gostaria, porque passo a vida a correr e os momentos que tenho, e como sou  egoísta, guardo-os para mim. Mas, quero que saibas que são poucos os dias em que não penso em ti, porque te considero irmã da minha alma.
Neste recado, que só tu vais perceber, deixo um beijo até ao céu, para quem  tu sabes



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:30
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Nouvelle Vague em Torres ...

I TORNEIO DE PATINAGEM DE...

Orçamento Participativo 2...

Atendimento Jurista da DE...

Agrupamento de Escuteiros...

Maioria PS na Câmara Muni...

Tribunal de Contas aprova...

Órgãos Municipais do Conc...

Todos nós temos uma histó...

QUERER VIVER!

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds