NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017
Município congratula-se com anúncio da Jerónimo Martins sobre instalação de centro logístico no Concelho

 

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira expressa a sua satisfação pelo anúncio da Jerónimo Martins, desta quinta-feira, 29 de setembro, relativo à instalação do seu próximo centro logístico em Castanheira do Ribatejo (Plataforma Logística Lisboa-Norte).

 

O anúncio corresponde à decisão já conhecida pelo Município, que participou e acompanhou ativamente no desenvolvimento do projeto e da sua instalação no Concelho.

 

O centro logístico a instalar em Castanheira do Ribatejo prevê um investimento de cerca de 80 milhões de euros, numa área de aproximadamente 100.000 m2, estando previstos 400 postos de trabalho diretos.

 

Este é mais um exemplo da atuação da Câmara Municipal com vista à captação de novos investimentos para o desenvolvimento social e económico do Concelho de Vila Franca de Xira.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

 

 sexta-feira:

 

 

Esta sexta-feira, dia 29 de setembro, às 17h00, é inaugurada a Exposição “Lendas de Portugal”, no Convento de S. Francisco.

No dia 4 de outubro (quarta-feira) realiza-se uma atividade alusiva ao dia de São Francisco.

A Exposição pode ser visitada até dia 20 de outubro, de terça-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. O Convento de S. Francisco encerra às segundas-feiras e feriados.

 

A Equipa de Rendimento Social de Inserção (RSI) da Santa Casa da Misericórdia de Santarém (SCMS) está a organizar uma exposição inclusiva, em colaboração com a Câmara Municipal de Santarém, com a Associação Portuguesa de Surdos e a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, dedicada ao tema das Lendas de Portugal.

Foram selecionadas 10 lendas que vão estar representadas por bonecos produzidos no espaço do atelier, aproveitando as aptidões dos beneficiários para criar diferentes formas de representação: desenho, pintura e escrita.

O espaço conta também com mostra de alguns dos diferentes trabalhos realizados. Todos os trabalhos estão disponíveis para venda e/ou encomenda.

 

Às 18h00, a Sala de Leitura Bernardo Santareno, acolhe a Palestra Alternativa - "Vamos falar da dor ciática", por Vitor Sepodes, licenciado em Medicina Tradicional Chinesa.

 

A Ciática não é uma doença, mas sim a inflamação do nervo ciático.

- Sintomas

- Causas

- Como aliviar e tratar a dor ciática. Um tema de interesse geral, uma vez que a maioria de população tem problemas de coluna e já passou por esta dor incapacitante.

A organização está a cargo da Clínica Acupuntura Dr. Faustino Santos, e conta com o apoio da Câmara Municipal Santarém.

 

sábado:

 

 

No sábado, dia 30 de setembro, às 11h30 e às 16h00, há Hora do Conto – Aqui há Fantoches, na Livraria Aqui Há Gato. Entrada livre.

Uma história que vai encantar crianças e adultos! Formas animadas que nos trazem a beleza da conjugação das artes plásticas com o teatro e a literatura para a infância.

Vamos ouvir histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto...

 

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

 

Às 12h00 e às 16h30, há Oficinas de Expressão Plástica - Oficinas de Arte – Verão Divertido – Vamos fazer uma baze para tacho, na Livraria Aqui Há Gato.

O Verão é muito inspirador e tu vais divertir-te muito a descobrir todos os materiais e todas as formas que podem nascer das tuas mãos e da tua imaginação neste verão cheio de cor, luz e divertimento!!

Este pode ser um presente para por na mesa do almoço ou do jantar! Uma base para por o tacho em cima sem queimar a toalha!! Feito com rolhas de cortiça, uma base original!!

 

(Duração) 60’ (Classificação) a partir dos 4 anos inclusive (Preço) 7€

 

Às 16h00, tem início a 1ª Edição do Santarém Jazz Fest, Festival Internacional de Jazz de Santarém, com uma Audição de Jazz Comentada com José Duarte, autor do programa 5 minutos de Jazz, no Fórum Actor Mário Viegas com entrada livre, organizada pelo CCRS - Centro Cultural Regional de Santarém.

 

 

Às 17h00, o Convento de Santa Clara recebe o Concerto Comemorativo do Dia Mundial da Música, promovido pelo Conservatório de Música de Santarém. Entrada Livre.

 

A partir das 18h00, há Arraial Popular do CCS – Círculo Cultural Scalabitano, no Pátio do Teatro Taborda.

“Após um dia tristonho

De mágoas e agonias

Vem outro alegre e risonho:

São assim todos os dias”.[Aleixo]

 

Para celebrar a réentrée no novo ano letivo, o CCS - Círculo Cultural Scalabitano pretende reunir academias, secções, departamentos e ideais sócios, amigos e munícipes, num Arraial Popular onde a gastronomia ainda convida para a mesa a sardinha assada e a febra no pão, o caldo verde, e o arroz doce, regados a vinho tinto e… animados com fogueira, música e bailarico. Deixem-se levar pela folia neste dia, rumem ao pátio do Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano e entreguem-se à festa.

(Multidisciplinar) (Duração) tarde e noite (Classificação) M/8

Org. Departamento de Atividades de Ar Livre e Lazer do Círculo Cultural Scalabitano

Informações: Círculo Cultural Scalabitano | Tlf. 243 321 150 (14h00-20h00) | circuloscalabitano@gmail.com

 

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira, acolhe a peça de Teatro “Mastodonte”, de Óscar Silva e Ricardo B. Marques.

 

Este é um ensaio sobre a angústia de um homem que tem de escolher entre a libertação olímpica ou encontrar o seu destino na terra como comediante condenado ao desaparecimento. Em cena há um ator, um homem que tem tudo o que pode desejar, mas que, no entanto, quer mais. Tem o desejo constante de se transfigurar e saltar de personagem em personagem. Para ele, a salvação só pode chegar do infinito. Está sempre entre a agressão e a piedade, e a consciência da técnica não o deixa descansar. Mastodonte manifesta-se assim no corpo e na voz deste homem que não escapa à brutalização do amor, nem do massacre.

Mastodonte.  Um espetáculo em 3 atos de Óscar Silva, e Ricardo B. Marques que escreve livremente a partir da ópera Tannhäuser de Wagner, bem como da peça Minetti de Thomas Bernhard. Nestas referências encontramos como personagens principais um ator envelhecido no fim da sua vida, em Minetti, e em Tannhäuser um cantor que hesita entre o divino e o mortal. Em Mastodonte, a coincidência destes personagens acontece no intérprete Óscar Silva que, retomando Minetti, refaz o seu percurso como se este pudesse ter novamente um corpo jovem e lhe fosse permitido voltar a jogar com toda a experiência que o tempo lhe possibilitou. Da ópera importa a utopia e o sonho, a projeção poética que Tannhäuser coloca no seu conflito entre céu e terra. O personagem central de Mastodonte é um ator que olha para o seu trabalho enquanto fala com a sua musa, interpretada por Ágata Pinho, uma hipótese de mulher ideal que o escuta e interpela.

Nos projetos em que Óscar Silva e Ricardo B. Marques trabalham juntos existe sempre um elemento comum a todos eles, a demarcação do tempo concreto e presente do teatro. Em Mastodonte esta construção é feita através da sistematização da linguagem. Todo esse universo é trazido ao presente através da palavra do intérprete, numa relação com a composição sonora, manipulada em tempo real por Cristian Vogel.

Ficha Técnica: Criação: Óscar Silva e Ricardo B. Marques | Interpretação: Óscar Silva e Ágata Pinho | Composição sonora: Cristian Vogel | Cenografia: espinalMedula | Desenho de Luz: Tiago Correia

(Performance) (Duração) 60’ (Classificação) M/18 (Preço) 5€ (lotação limitada)

 

 

Às 22h00, o Convento de S. Francisco acolhe o Grande Concerto com o Quarteto Vasco Agostinho(Vasco Agostinho, Rui Teixeira, José Carlos Barbosa e Marcos Cavaleiro) e Alexandre Bento Trio(Alexandre Bento, Yuri Daniel, Sebastian Scheriff), integrado na 1ª Edição do Santarém Jazz Fest, Festival Internacional de Jazz de Santarém, organizado pelo Centro Cultural Regional de Santarém. Este Concerto conta com a participação do Coro de Jovens do Conservatório de Música de Santarém e do Corpo de Bailado da AITDANCE - Santarém.

 

domingo:

 

No domingo, dia 1 de outubro, a partir das 14h00 às 19h00, há Oficina de Jazz, com Vasco Agostinho, integrado na 1ª Edição do Santarém Jazz Fest, Festival Internacional de Jazz de Santarém, organizado pelo Centro Cultural Regional de SantarémMais informações, através do e-mail:santaremjazzfest@gmail.com ou pelo telefone: 967 157 890.

 

Às 16h00, a Sé de Santarém, recebe o Concerto do Coro do Círculo Cultural Scalabitano, que celebra o Dia Mundial da Música, com obras de César FRANCK, Jacob de HAAN, Jim PAPOULIS, Julío DOMINGUEZ, Leonard COHEN, Lorenz MAIERHOFER, Ramiro REAL, Sam SMITH e António MATIAS, numa organização do Coro do Círculo Cultural Scalabitano, que conta com o apoio da Câmara de Santarém e da Real Irmandade do Santíssimo Milagre de Santarém.

 

Às 17h30, tem início o FITIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, com uma Exposição teatral dos Grupos de Santarém, na Rua 1º de Dezembro, N.º 111. O FITIJ decorre até dia 8 de outubro. Para mais informações, consulte:

https://www.facebook.com/fitijsantarem/photos/pcb.1456238827829345/1456460284473866/?type=3&theater

 

Em permanência:

 

Até dia 29 de setembro, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, com destaque para a obra da autoria de Emilio Sirkui: Caricatura de Manuela de Azevedo, desenho a tinta da china s/papel, datada de 02/ 09/ 1938, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

 

Até dia 30 de setembro, visite o Arquivo Histórico Municipal-Mostra Documental -“Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

Escritura defiança ao Recebi/mento do Almoxarifado do Re/guengo de Alviela que da/do aquem Luis da Cunha da/Ribeira desta Vila ao ano prezente 1779.

 

A Vila de Santarém devido à sua importância estratégica, económica, política, de considerável extensão administrativa e, possuidora de sede de Comarca, tinha como responsabilidade fazer recolher os impostos municipais e reais, à semelhança das grandes capitais do reino. A Câmara gozava de funcionários régios, como o almoxarife, para proceder aos emprazamentos, cobrança dos bens reais e, como administrador de algumas casas reais. Este, detentor igualmente da obrigação de pagar moradias e mais mercês realengas. Os rendeiros efetuavam os contratos na presença do Vedor da Fazenda Real e por sua vez pagavam as rendas aos almoxarifes do Almoxarifado da sede a que correspondiam. Neste caso, ao da Vila de Santarém. Cada Contadoria do Erário Régio administravam as contas dos diversos Almoxarifados, aos quais passavam carta de quitação.

 

Até dia 30 de setembro, visite a Exposição bibliográfica - Vamos ler… Enid Blyton – 75º aniversário da 1ª edição da coleção “OS CINCO”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de

segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 9h30 às 12h30.

 

Enid Blyton, escritora inglesa, professora e poetisa nasceu a 11 de agosto de 1897. Perfaz este ano 120 anos do seu nascimento e 75 anos da 1ª edição da coleção “OS CINCO”.

Enid Blyton dedicou-se a escrever para crianças e adolescentes tendo publicado mais de 600 livros infantis e juvenis. Os seus livros abrangem, na maioria, vários temas desde histórias de mistério, aventuras, fantasias e história natural.

De entre as inúmeras obras publicadas destacamos a coleção “OS CINCO” 1ª edição datada de 1942, uma coleção que ainda hoje continua a ser procurada pela classe infantil, com a particularidade de que após os anos de 1990 “OS CINCO” continuaram a ser reeditados, fruto do grande sucesso que a coleção tem mantido no mercado editorial.

 

Até dia 30 de setembro, visite Mostra Bibliográfica - Dia Mundial do Turismo (27 de setembro), na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira das 09h30 às 18h00.

 

Comemoramos a efeméride do Dia Mundial do Turismo com uma Mostra bibliográfica patente ao público na Biblioteca Municipal.

O Turismo, considerado como um dos maiores sectores económicos de grande importância para a economia dos países, apresenta-se e assume-se nos dias de hoje como um pilar fulcral com elevados índices de crescimento. Através da promoção dos costumes, da cultura de um país, povo ou população, o turismo é um dos sectores que, resultante de um recente boom a nível geral, tem gerado maior número de postos de trabalho.

A efeméride foi criada na década de 70 pela assembleia geral da Organização Mundial do Turismo e em Portugal só começou a ser celebrada na década de 80.

 

De 2 a 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “Vamos ler… Mário Braga - 1ºAniversario da Morte, na Sala de Leitura Bernardo Santareno. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

 

Mário Braga foi um escritor, tradutor e jornalista português que veio a falecer, com 95 anos, no dia 1 de outubro de 2016.

Natural de Coimbra e licenciado em Ciências Histórico-Filosóficas pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, exerceu durante alguns anos a atividade como docente, foi diretor geral da Secretaria de Estado da Comunicação Social e membro do Conselho Consultivo das Bibliotecas Itinerantes da Fundação Calouste Gulbenkian. O livro de contos intitulado “Nevoeiro” foi a sua primeira estreia literária em 1944. Recordamos e homenageamos o autor com uma Mostra Bibliográfica durante o mês de outubro.

 

De 2 a 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “17 de outubro: Dia Internacional Para a Erradicação da Pobreza”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

Erradicar a pobreza a nível internacional tem sido uma luta constante e difícil por parte de todos os países, no sentido de se garantir que todos os homens e mulheres, com enfoque para os mais pobres e vulneráveis, possam ter direitos iguais no acesso a recursos económicos e serviços básicos. A condição na qual falta o acesso a serviços de saúde, educação, segurança por parte de indivíduos de determinados grupos sociais que prejudica ou impossibilita a subsistência dos mesmos, cria desde logo uma desigualdade maior e um risco de pobreza elevado.

 

 

De 2 a 31 de outubro, veja a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras” - Escritura defiança ao Recebi/mento do Almoxarifado do Re/guengo de Alviela que da/do aquem Luis da Cunha da/Ribeira desta Vila ao ano prezente 1779, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

A Vila de Santarém devido à sua importância estratégica, económica, política, de considerável extensão administrativa e possuidora de sede de Comarca, tinha como responsabilidade fazer recolher os impostos municipais e reais, à semelhança das grandes capitais do reino. A Câmara gozava de funcionários régios, como o almoxarife, para proceder aos emprazamentos, cobrança dos bens reais e como administrador de algumas casas reais. Este detentor igualmente da obrigação de pagar moradias e mais mercês realengas. Os rendeiros efetuavam os contratos na presença do Vedor da Fazenda Real e por sua vez pagavam as rendas aos almoxarifes do Almoxarifado da sede a que correspondiam. Neste caso, ao da Vila de Santarém. Cada Contadoria do Erário Régio administravam as contas dos diversos Almoxarifados, aos quais passavam carta de quitação.  

 

 

De 2 a 31 de outubro, visite a Exposição “141 anos do Museu Municipal de Santarém”, na Loja do Cidadão. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00.

 

Criado por alvará de 16 de fevereiro de 1876, o Museu Municipal de Santarém, que tinha por finalidade ser simultaneamente um museu arqueológico e um núcleo de exposições permanentes dos produtos das indústrias do Distrito, escolheu como sede do Museu a Igreja de S. João do Alporão.

Na atual conjuntura da estrutura orgânica do Município, a realidade museológica repousa numa estrutura polinucleada integrando os núcleos já existentes: Núcleo Museológico de Arte e Arqueologia (Igreja de S. João do Alporão), Núcleo Museológico do Tempo (Torre das Cabaças), Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire e Centro de Interpretação Urbi Scallabis. 

A exposição “141 anos de Museu Municipal de Santarém” pretende relançar esta instituição centenária e mostrar algum do avultado espólio da Reserva Museológica Municipal, numa perspetiva de maior proximidade e transversalidade com a comunidade.

 

Até dia 14 de outubro, visite a Exposição de Pintura e Instalações “As Candeias”, de Fernanda Narciso, no Palácio Landal. Exposição formada por 24 telas e 7 instalações, que nos mostra algumas formas de arte, como a dança, o teatro, o cinema a poesia e a ópera, que nos iluminam e inspiram.

 

“...Avó acreditas em Deus?

Claro que sim e no canto das sereias, na dança dos anjos, nas palavras dos poetas, na maternidade das árvores. São obras com muita luz, com luz própria...

“As Candeias” trata-se de uma exposição formada por 24 telas e 7 instalações de Fernanda Narciso, mostrando-nos algumas formas de arte, como a dança, o teatro, o cinema a poesia e a ópera, que nos iluminam e inspiram.

Fernanda Narciso nasceu em Santarém. Estudou Artes no IADE, ARCO e Escola António Arroio e tem o seu atelier em Perofilho, Santarém. Ao longo do percurso artístico tem mostrado o seu trabalho tanto em Portugal como no estrangeiro.”

 

De 2 a 29 de dezembro, visite a Exposição “Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire - Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 2 de outubro até ao final de dezembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Ventura Moutinho: Natureza Morta, Óleo s/ platex, datada da 1ª metade do séc. XX.

 

Até dia 7 de fevereiro de 2018, visite a Exposição “Santarém Cidade em Crescente”, na Casa do Brasil, em Santarém. Esta Mostra, que vai estar patente durante 9 meses, distribui-se por 10 espaços de Exposição, e apresenta 70 Peças, pertencentes ao espólio do Museu Municipal de Santarém, do Museu Etnográfico da Ribeira de Santarém, do Museu Municipal Carlos Reis de Torres Novas, do Museu Nacional de Arte Antiga e do Museu Geológico de Lisboa. Patente de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

A Exposição apresenta-se como uma proposta de leitura do espírito do lugar (Genius loci), de modo a consubstanciar-se numa logomarca agregadora das estratégias culturais, sociais e económicas, do município.

Esta leitura parte de uma matriz identitária de base geográfica - mediterrâneo oriental – ‘crescente fértil, sublinhando a dimensão da memória da sua paisagem cultural (fertilidade - ‘paisagem da abundância’).

A exposição aborda temáticas diversificadas, muito ligadas com o fundo cultural da região, com destaque para a importância da agricultura: vinho, azeite e cereais, do touro e do cavalo, do rio e da lezíria. Explora, paralelamente, as vertentes simbólico-religiosas, particularmente as ligadas à fertilidade - ‘paisagem da abundância’, e interpreta a importância local, o simbolismo e a religiosidade das águas, presentes no mito de Santa Iria."

“Santarém Cidade em Crescente” combina objetos museológicos: Harpócrates, capitel árabe, pithoi fenícios, lucernas islâmicas, ânforas, talhas, arreios e selas, estelas medievais, etc, com imagens iconográficas e fotográficas e conta com três instalações de arte contemporânea de Carlos Amado, sobre O Sagrado e o Azeite, Fernanda Narciso, sobre o Rio e de João Maria, sobre Mãe Terra. Origem da Terra – Cromlek.

Esta iniciativa aposta fortemente na componente sensorial, experiencial e multimédia, em que se destacam três Projetos Multimédia: dois do Realizador Jorge Sá: “Tons da Terra” – Génese e simbolismos ancestrais da Humanidade e “Não se Es gota”- sobre a Água e o terceiro, “Aqui se ara”, de Diana Amado, que vão estar patentes e podem ser vistos, durante os 9 meses da exposição.

Carlos Amado e Luís Mata, técnicos da Câmara de Santarém, foram os autores deste projeto, a partir da investigação sobre a história de Santarém, realizada por Luís Mata. A coordenação desta exposição está a cargo de Carlos Amado.

À semelhança da exposição anterior – “Modos, Medos e Mitos”, esta exposição tem como objetivos gerais: assinalar o papel histórico das civilizações do mediterrâneo oriental (fenícios, sírios, árabes, judeus) na paisagem e na estrutura urbanística da Cidade; realçar a característica urbana da topografia de Santarém: Cidade de planalto (Móron = monte); sublinhar a importância da agricultura na economia regional, nomeadamente do vinho, do azeite, dos cereais e dos legumes, muitos deles introduzidos pelos povos do levante; acentuar o papel dos conhecimentos tecnológicos e da ação humana dos muçulmanos na criação de uma paisagem aluvionar (a lezíria de Santarém como o resultado de uma transferência tecnológica de uma agricultura característica das civilizações do crescente fértil e sua adaptação às características naturais locais: campos de lezíria antigos e modernos; consolidação dos mouchões, colmatagem contínua das terras sujeitas ao regime de cheias, fixação nos terraços fluviais embutidos desde o Paleolítico Inferior); reproduzir a dimensão cultural e mental do Tejo, com paralelos no mar Mediterrâneo, no Médio Oriente e no Norte de África; assinalar o convívio entre o Homem e o elemento água, num equilíbrio representativo de uma paisagem cultural (tal como Veneza ou o Nilo); a religiosidade e o simbolismo das águas: Santa Iria, fertilidade, etc (tal como o Nilo, o Tejo tem um regime hídrico de cheias regulares – ‘crescidas’ – que vão garantindo a reposição da fertilidade do solo e o consequente sucesso da instalação das populações, bem como destacar a importância cultural e simbólica do cavalo e do touro (cornos=crescente).

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Segmento de fuste de coluna com altos-relevos nas duas faces opostas. Numa encontra-se o brasão oitocentista das armas da Vila de Santarém e na outra em quadrante solar, vertical e retangular sem estilete, com orientação a meridional (quadrante meridiano). O relógio de sol encontra-se datado e a numeração das partes do dia (horas) foram insculpidas em capitais romanos, pelo processo de sulco, na sequência das linhas divisórias.

O brasão de Santarém, documentado na sigilografia desde 1246, encontra-se presente em vários testemunhos da arquitetura civil, como a ponte de Alcorce, o Chafariz de Palhais ou das Figueiras, o padrão de Santa Iria ou a Fonte da Junqueira. Testemunhando o domínio da propriedade municipal, a partilha de despesas entre o município e a coroa, a ostentação ou a comemoração dos seus emblemas (o castelo e o rio e escudetes régios), ele constitui uma fonte essencial para a história concelhia e para a identidade das suas populações no tempo e no espaço”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo das 09h15 às 12h30 e das 14h00 às 17h15.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:41
link do post | comentar | favorito
|

Doçaria de vários pontos do país chega a Abrantes em Outubro

 

Entre 27 e 29 de Outubro, todos os caminhos vão confluir à cidade de Abrantes, com a realização da 16ª Feira Nacional de Doçaria Tradicional, com os doces ícones de Norte a Sul do País e ilhas. O local de acolhimento do certame, este ano, será o Jardim da República.

Para esta edição, estão já confirmados doces pecados como: as cristas de galo e os pitos de Santa Luzia de Vila Real; os coscoréis da Sertã; as brisas do Tâmega e queijadinhas S. Gonçalo de Amarante; os rebuçados de ovo de Portalegre; o bolo fidalgo, a encharcada e o bolo rançoso do Alentejo; o pão-de-ló de Margaride de Felgueiras; o pão-de-ló de Ovar; as cornucópias de Alcobaça; os ovos moles de Aveiro; os pastéis de Tentúgal; as malassadas e bolos levedos dos Açores a par das afamadas Tigelas e Palha de Abrantes, entre muitas outras iguarias a que se juntam licores, mel e compotas.

À ementa estarão associadas várias actividades e espectáculos, como as demonstrações culinárias, oficinas de doçaria, animação infantil, passeio de BTT, caminhada pelo Centro Histórico de Abrantes e música tradicional portuguesa, com a realização do IV Encontro de Música Tradicional Portuguesa, em parceria com o Orfeão de Abrantes.

A Feira Nacional de Doçaria Tradicional, organizada pela Câmara Municipal, em colaboração com a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, realiza-se em Abrantes desde 2002, com o objectivo de promover e valorizar a rica doçaria tradicional e conventual de todo o país, colocando os doces tradicionais locais, factor crucial da economia local, junto de outros ícones portugueses. É uma oportunidade para se fazer negócio, mas também para atrair visitantes de todo o país ao Centro Histórico de Abrantes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:35
link do post | comentar | favorito
|

CINEMA NO CENTRO CULTURAL DO CARTAXO

Em outubro destaque para o regresso da sessão especial – 1 Filme 1 Euro – que ocupa a sala de cinema na última sexta-feira de cada mês.

 

Em outubro, três curtas metragens portuguesas – Cidade Pequena, que venceu o Urso de Ouro no Festival de Berlim, Farpões Baldios, Grande Prémio da Competição Internacional do Festival Curtas Vila do Conde e Coelho Mau presente na Semana da Crítica do Festival de Cannes –, e três longas metragens são a proposta da Câmara Municipal do Cartaxo para a sala de cinema do Centro Cultural do Cartaxo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:55
link do post | comentar | favorito
|

Outubro na Rede de Bibliotecas Municipais de Azambuja

Outubro na Rede de Bibliotecas Municipais de Azambuja

Atividades do mês em Azambuja | Aveiras de Cima | Alcoentre

 

Na programação da Rede Municipal de Bibliotecas de Azambuja para o mês de outubro destaque para algumas sessões temáticas que voltam a dinamizar as manhãs de sábado em Azambuja e em Aveiras de Cima. Jogar com a matemática, viajar através de histórias e brincar aos contos assustadores, são as propostas destinadas à faixa entre os 4 e os 10 anos. A inscrição é gratuita mas necessária. Na biblioteca de Alcoentre, além de estar aberta ao público, continua a aposta na interação com os idosos do centro social e com as crianças do pré-escolar e do 1ºciclo do centro escolar da vila.

 

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AZAMBUJA

 

Leia Connosco…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema na sala dos adultos. Este mês destacamos o autor João Tordo.

 

Visitas Guiadas

Sextas / 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

 

Jogamos à matemática - Sessão dinamizada por Gilda Costa

(4 - 10 anos)

Sábado dia 07 / 10H30

Este projeto surge de uma proposta de voluntariado no sentido de promover a literacia matemática. A voluntária propõe dinamizar jogos relacionados com a matemática, jogos esses concebidos e utilizados por ela no âmbito profissional. O desenvolvimento do raciocínio matemático complementa a aquisição de conhecimentos base nestas faixas etárias, que desenvolvidos de forma lúdica num espaço de aprendizagem informal como é a biblioteca, poderá trazer benefícios para as crianças e proporcionar a aquisição das competências necessárias para triunfar ao longo da vida.

Inscrições gratuitas no balcão da biblioteca, por correio eletrónico (bibioazb@cm-azambuja.pt) ou através do Facebook.

 

Nas viagens que nos encontramos – Sessão de histórias dinamizada por Elsa Serra

(4– 12 anos)

Sábado dia 14 / 10H30

Vamos onde encontramos florestas misteriosas e cavernas cheias de surpresa, podemos sentir o calor de África e o frio do Polo Norte. Vamos viajar… sem sair do mesmo lugar.

Inscrições gratuitas no balcão da biblioteca, por correio eletrónico (bibioazb@cm-azambuja.pt)  ou através do Facebook.

 

ALBA – A Ler Brincamos e Aprendemos. “Se eu fosse um animal” / de Sara Rebello da Silva

(2 – 4 anos)

Sábado dia 21 / 10H30

Tendo como objetivo principal despertar o interesse pelo livro e pelas histórias esta iniciativa consiste numa dinamização de leitura seguida de um pequeno atelier que visa desenvolver a motricidade fina que se desenvolve nesta faixa etária. As temáticas das histórias promovem o desenvolvimento dos conhecimentos ensinados nestas idades tal como as formas, as cores, os números, os animais e bons hábitos de higiene entre outros. Espera-se auxiliar na aprendizagem da linguagem e no gosto de estar no espaço da biblioteca.

Inscrições gratuitas no balcão da biblioteca, por correio eletrónico (bibioazb@cm-azambuja.pt) ou através do Facebook.

 

 

CENTRO CULTURAL GRANDELLA – AVEIRAS DE CIMA

 

Este mês lemos…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema. A autora escolhida este mês é Jojo Moyes.

 

A magia das palavras

Mesa temática dedicada ao público infanto-juvenil. Este mês destacamos a coleção “Bruxa Mimi”.

 

Leituras Séniores

Quinta, dia 19 / 10h30

Projeto de dinamização da leitura, dirigido aos idosos. Com a participação do Lar Nª Sª da Purificação, do Centro Social e Paroquial de Aveiras de Cima.

 

Contos assustadores…

Sábado, dia 28 / 10H30

Atividade de dinamização da leitura com o conto “O computador da Mimi” – Coleção Bruxa Mimi.  A Mimi está encantada com o seu computador! O gato Rogério é que não acha piada nenhuma à história e fica cheio de ciúmes. Mas o computador da Mimi é verdadeiramente mágico: apenas com um toque no rato, faz tudo o que ela deseja… até feitiços! A Mimi nunca mais vai ter de gritar ABRACADABRA! Ou será que vai?

Para crianças dos 4 aos 10 anos. Atividade sujeita a inscrição no balcão da biblioteca ou pelo mail (bibioaveiras@cm-azambuja.pt) ou pelo nº 263 474 114.

 

Visitas Guiadas

Sextas / 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

 

 

BIBLIOTECA – PALÁCIO CONSELHEIRO FREDERICO AROUCA - ALCOENTRE

 

À volta dos livros

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema. O autor escolhido este mês é Paulo Coelho.

 

Ler no lar para atividades inventar

Quartas / 10H30

Após o período das férias retomamos as visitas o Centro de Dia de Alcoentre para realizar leituras seguidas de atividades dirigidas aos seniores.

 

Visitas Guiadas

Sextas / 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

 

Crescer a Ler. “Dia bom ou dia mau?” / de Isabel Zambujal

(Pré-escolar, 3 – 5 anos)

Quartas / 10H30

Projeto de promoção da leitura dirigido a todo o ensino pré-escolar do Concelho para que as educadoras possam frequentar, com as suas turmas, o espaço da biblioteca e desenvolver atividades em torno do livro. Temos como objetivo motivar todo o Concelho a trabalhar o mesmo livro “Dia bom ou dia mau?” de autoria de Isabel Zambujal.

Inscrições através das direções de agrupamento das escolas do concelho de Azambuja.

 

Hora do Conto. “Memórias de um lobo mau” / de José Fanha e Mafalda Milhões

(1º ciclo)

Quintas / 10H30

Esta atividade desenvolve-se há 13 anos na biblioteca de Azambuja e tem como objetivo proporcionar um momento lúdico-pedagógico aos alunos do primeiro ciclo e de habituação à utilização do espaço da biblioteca. Com o objetivo principal de dar a conhecer a biblioteca a professores e alunos e de promover a leitura, a Hora do Conto consiste numa mediação de uma história seguida de um desafio lançado aos alunos.

Inscrições através das direções de agrupamento das escolas do concelho de Azambuja.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:54
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Setembro de 2017
NERSANT quer qualificar turismo do Ribatejo
O setor do turismo é uma atividade económica estratégica para o desenvolvimento económico e social do país, designadamente para o emprego e para o crescimento das exportações. Neste sentido, a NERSANT tem em marcha na região do Ribatejo, um programa de formação-ação, o Melhor Turismo 2020, que permite às empresas do setor aceder a formação e consultoria com financiamento de 90%.
 

O projeto, que tem já cerca de 40 empresas a participar, está ainda aberto e a aceitar a inscrição das empresas do setor da hotelaria e turismo interessadas em qualificar os seus recursos humanos.

O programa tem como objetivos aumentar a capacidade de gestão das empresas participantes, promover a reorganização, a inovação e a mudança e a qualificação dos seus recursos humanos em domínios relevantes.

Espera-se que as empresas participantes, através da metodologia inovadora utilizada pelo programa, consigam modernizar os seus modelos de negócio e melhorar a organização e as suas práticas de gestão. Tudo com o objetivo de diversificar a oferta e contribuir para a afirmação de Portugal como destino turístico de referência e ainda de referenciar o país como destino reconhecido pela qualidade e excelência dos seus serviços turísticos.

Quanto à metodologia de intervenção junto das empresas, a mesma baseia-se em ações de formação em sala, presenciais, mas também e sobretudo, em consultoria. Um consultor sénior especializado acompanhará as empresas participantes no Melhor Turismo 2020, efetuando, em primeira instância, um diagnóstico à empresa, e trabalhando num plano de ação onde estão identificados os problemas a resolver e os objetivos a atingir em termos de desenvolvimento de competências e de evolução organizativa e de performance da empresa.

Com a dinamização deste programa de formação-ação, a NERSANT está em consonância com o Governo, que acabou de lançar a Estratégia para o Turismo 2027, que investe num planeamento participado da atividade turística e define diversas ações estratégias, como a formação, por exemplo, para elevar o turismo nacional.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:42
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 27 de Setembro de 2017
MASTODONTE no Teatro Sá da Bandeira

TSB Cartaz Mastodonte

 

O espectáculo MASTODONTE, que estreou no Teatro Nacional D. Maria II em outubro de 2016, chega dia 30 de setembro, pelas 21h30, ao palco do Teatro Sá da Bandeira para uma apresentação única em Santarém.

 

Um espectáculo em 3 atos de Óscar Silva e Ricardo B. Marques que escreve livremente a partir da ópera Tannhäuser de Wagner, bem como da peça Minetti de Thomas Bernhard. Nestas referências encontramos como personagens principais um ator envelhecido no fim da sua vida, em Minetti, e em Tannhäuser um cantor que hesita entre o divino e o mortal. Em MASTODONTE, a coincidência destes personagens acontece no intérprete Óscar Silva que, retomando Minetti, refaz o seu percurso como se este pudesse ter novamente um corpo jovem e lhe fosse permitido voltar a jogar com toda a experiência que o tempo lhe possibilitou. Da ópera importa a utopia e o sonho, a projeção poética que Tannhäuser coloca no seu conflito entre céu e terra.

 

Esta peça interpretada por Óscar Silva e Ágata Pinho é sobre a insatisfação de um homem-ator que quer sempre mais um personagem. A figura central de MASTODONTE é um ator que olha para o seu trabalho enquanto fala com a sua musa, interpretada por Ágata Pinho, uma hipótese de mulher ideal que o escuta e interpela.

 

Nos projetos em que Óscar Silva e Ricardo B. Marques trabalham juntos existe sempre um elemento comum a todos eles, a demarcação do tempo concreto e presente do teatro. Em MASTODONTE esta construção é feita através da sistematização da linguagem. Todo esse universo é trazido ao presente através da palavra do intérprete, numa relação com a composição sonora, manipulada em tempo real por Cristian Vogel.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:57
link do post | comentar | favorito
|

Memorial à antiga “Mague” está concretizado

unnamed

 

O memorial à antiga empresa “MAGUE”, de Alverca do Ribatejo, está concluído. Este foi um compromisso da Câmara Municipal para o presente mandato autárquico, que se encontra cumprido.

Com este memorial, que alude à original identificação colocada na portaria da empresa, pretende-se recordar a importância que a mesma representou, em termos sociais e económicos, no Concelho e, em particular, em Alverca do Ribatejo.

 

A MAGUE foi fundada em 1952. Enquadrada no arranque industrial de Alverca do Ribatejo, a empresa teve um papel preponderante para o crescimento populacional verificado na zona. Logo nos seus primeiros anos se destacou na indústria metalomecânica nacional, através das grandes obras em que participou. Na década de 60 internacionaliza a sua produção. Os anos 70 e 80 são de expansão. Depois de 42 anos de laboração, a fábrica viria a cessar a sua atividade em 1994.

Por ter marcado de forma indelével a história recente de Alverca do Ribatejo, a Câmara Municipal assumiu o compromisso de implantar no local onde laborou (atual urbanização MalvaRosa) um memorial que recordasse a importância da empresa.

 

O memorial está concretizado e a sua inauguração decorrerá num momento próximo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:55
link do post | comentar | favorito
|

PS Cartaxo repudia a difamação nas redes sociais e apresenta queixa-crime

 Recentemente o PS Cartaxo fez um apelo público para que a presente campanha eleitoral se centrasse nas ideias e nas propostas que cada força política tem para o concelho e para que todos os candidatos repudiassem a ofensa pessoal, as mentiras e a difamação.

Apesar deste apelo, alguns indivíduos têm-se servido da rede social Facebook para difamar os candidatos socialistas a vários órgãos autárquicos.

No passado dia 25 de setembro, um indivíduo devidamente identificado como um apoiante da coligação PSD/Nós cidadãos – Juntos pela Mudança e recorrente neste tipo de ofensa, fez uma publicação na sua página de Facebook acusando o PS Cartaxo, na pessoa da sua presidente, Elvira Tristão, e do candidato à Câmara Municipal, Pedro Ribeiro, de terem usado meios da Junta de Freguesia da União de Freguesias Cartaxo-Vale da Pinta, colocando também em questão a idoneidade daquele órgão autárquico.

O PS Cartaxo repudia a referida publicação por esta se tratar de uma mentira demagógica e eleitoralista que põe em causa a idoneidade de uma autarquia e o bom nome de dois candidatos socialistas às eleições autárquicas do dia 1 de outubro.

Mais: considera tão grave o gesto do autor da publicação como a sua partilha por outros indivíduos igualmente identificados.

Por entender que a difamação é crime, que em política não vale tudo e que a liberdade de expressão não justifica a ofensa pessoal, o PS Cartaxo de imediato apresentou no Ministério Público uma queixa-crime.

O PS Cartaxo lamenta também que o crime de difamação publicado na referida página de Facebook tenha merecido a simpatia de candidatos e apoiantes da candidatura da coligação PSD/Nós cidadãos - “Juntos pela Mudança” através da partilha, comentários de apoio e do “gosto” na publicação.

O PS Cartaxo continuará focado na apresentação das suas propostas, das suas ideias e das suas equipas, mas não pode pactuar com a difamação e a ofensa pessoal.

O PS Cartaxo exige dos seus concorrentes uma postura democraticamente responsável não manifestando o seu apoio a atos cívica e politicamente condenáveis como os que denunciou às autoridades judiciais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:05
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
Posto da GNR de Azambuja reforçado com 6 novos guardas já no início de outubro

Posto da GNR de Azambuja reforçado com 6 novos guardas já no início de outubro

Resultado da reunião entre o Presidente da Câmara e a Ministra da Administração Interna, esta manhã

 

O Presidente da Câmara Municipal de Azambuja esteve reunido com a Ministra da Administração Interna, nesta manhã de 3ªfeira, 26 de setembro. O tema do encontro entre o Presidente– Luís de Sousa, e a governante – Constança Urbano de Sousa, foi a falta de segurança e a continuação da escassez de policiamento sentida em todo o concelho, situação mais evidenciada com os vários assaltos a edifícios e viaturas verificados nos últimos meses. Esta reunião foi pedida na sequência de uma outra audiência realizada no dia 7 de agosto passado, em que estiveram presentes o Vice-Presidente da Câmara – Silvino Lúcio e a Presidente da Junta de Freguesia de Azambuja – Inês Louro, e da qual os resultados práticos foram poucos ou nenhuns.

 

A senhora Ministra voltou a mostrar estar informada sobre a criminalidade e os atos de vandalismo que têm ocorrido em Azambuja e noutras localidades, e manifestou-se sensível à falta de meios humanos nos postos locais da GNR bem como ao sentimento de insegurança por parte da população. A promessa do aumento do número de efetivos, já apresentada na reunião de agosto, foi desta vez mais concreta e serão 6 (seis) os novos militares colocados no Posto Territorial de Azambuja da Guarda Nacional Republicana, apresentando-se ao serviço já na próxima segunda-feira dia 02 de outubro. Refira-se que os novos guardas vêm reforçar o contingente atual de apenas 14 homens, manifestamente insuficiente para a vasta área que lhes está incumbida.

 

O Município de Azambuja congratula-se, uma vez mais com a disponibilidade da Senhora Ministra em receber os autarcas do nosso concelho e o interesse demonstrado em tentar resolver o problema, mas irá manter uma atitude firme na reivindicação de que a Administração Central cumpra o seu papel e as suas competências nestas matérias tão complexas e sensíveis como são as forças policiais/militares e a segurança pública.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:41
link do post | comentar | favorito
|

CARTAXO RECEBEU O FANTÁSTICO MUNDO LEGO

CARTAXO RECEBEU O FANTÁSTICO MUNDO LEGO

  • Das peças coloridas para a infância, às elaboradas construções monocromáticas, passando pela robótica e por dezenas de super-heróis saídos dos filmes ou da banda-desenhada, foram centenas as construções que estiveram no Cartaxo, para diversão e espanto de visitantes de todas as idades.
  • Vários convidados especiais mostraram as suas construções, entre estes, destaque para Luís Mata que trouxe um farol único no mundo e um Great Ball Contraption (GBC) que fez as delícias de jovens e adultos, e para Catarina Marques João, de Vale da Pedra, vencedora para Portugal do Lego Friends Designer, que trouxe a suas peças favoritas.
  • A Grau de Prova e a Portugal Didático receberam mais de três centenas de crianças e jovens nos workshops que decorreram ao longo da semana e criaram a exposição que mostrou cidades inteiras, comboios imparáveis, estações intergalácticas, aeroportos ou cavaleiros do espaço a cerca de 500 visitantes.
  • PSP do Cartaxo esteve presente na exposição, numa ação de sensibilização para a segurança rodoviária que foi um sucesso entre os mais novos.

 

 

O Município do Cartaxo, o Centro de Estudos e Escola de Línguas Grau-de-Prova e a Portugal Didático, organizaram uma Semana de Aventura dedicada a pessoas de todas as idades que reunissem algumas características especiais – gostarem de andar horas a fio às voltas com as peças coloridas e os novos desafios de robótica da Lego, terem uma enorme vontade de brincar e muita disposição para se divertir até cair de cansaço e isto tudo enquanto desenvolvem “capacidades  como a concentração ou a organização espacial”, conforme afirmou Ana Gaudêncio da Grau de Prova.

 

A Semana de Aventura decorreu de 19 a 24 de setembro, sendo que os primeiros dias foram inteiramente dedicados a alunos do pré-escolar ao ensino secundário. Em parceria com a área de Educação e Juventude do Município do Cartaxo, a Grau de Prova e a Portugal Didático, receberam gratuitamente mais de três centenas de participantes nos workshops e sessões lúdico-pedagógicas que orientaram. Para os mais novos, foram as peças coloridas as escolhidas, enquanto os jovens a partir do 2.º ciclo, ficaram a conhecer as potencialidades da sérieLego Education.

 

Mundo Lego continua a entusiasmar todas as gerações de construtores

No fim de semana, foi a vez de os mais pequenos levarem a família e os amigos a experimentar o fantástico mundo Lego. Quem chegasse ao Pavilhão Municipal de Exposições, não encontraria diferença entre o entusiasmo de crianças e adultos – a concentração posta nas construções que todos puderam fazer livremente ou o espanto com as peças em exposição, era notória em todos os visitantes, fosse qual fosse a sua idade.

 

Em exposição estiveram construções de inúmeras coleções da marca – super heróis da Marvel ou DC Comics, ao lado de Angry Birds e Elves – as fadas boas acompanhadas pela novidade da Lego que são as fadas más –, os quatro elementos de Ninjago, terra, ar, fogo e água, ou os Nexo Knights. A Millennium Falcon, nave espacial que habita a imaginação de todos os fãs de Star Wars, esteve em destaque na exposição – com todos os personagens icónicos, como Dath Vader ou o guerreiro e co-piloto da Falcon, Chewbacca, a fazerem as honras da coleção.

 

Resultado do trabalho de professores e alunos dos workshops que a academia Grau de Prova promove habitualmente aos sábados de manhã ou durante as férias escolares, as construções fizeram as delícias de crianças e jovens. Ana Gaudêncio, da Grau de Prova, referiu que este ano a academia vai alargar “os workshops Lego aos dias de semana, para que mais participantes possam experimentar não só a construção com os seus personagens e coleções favoritos, mas também conhecer as possibilidades da Lego Education na construção e programação de robôs”.

 

Em exposição estiveram ainda cidades inteirinhas atravessadas por comboios velozes, estações espaciais dignas de qualquer série de ficção científica, ou aeroportos com todos os pormenores que se consiga imaginar e que chegaram ao Cartaxo pela mão de João Figueiredo.

 

Alguns convidados trouxeram construções especiais – Luís Mata mostrou um farol único no mundo e um Great Ball Contraption (GBC) que fez as delícias dos mais jovens – inúmeras bolinhas seguem percursos complexos numa construção nascida da imaginação de Luís Mata e que está em perpétuo movimento.

 

Catarina Marques João, de Vale da Pedra, vencedora para Portugal do Lego Friends Designer, trouxe a suas peças favoritas para mostrar aos visitantes. A aluna da Grau de Prova participou no desafio que a Lego lançou a nível mundial aos seus fãs – construir algo com peças já existentes, ou usar a aplicação no site da marca – Lego Digital Designer – para propor algo completamente novo, foi esta a opção da Catarina.

 

A jovem de 11 anos construiu uma escola de mergulho que é também um centro para salvar e acolher animais marinhos em dificuldades, cumprindo todas as exigências do concurso – como desenhar algo livre de violência e promotor de novas amizades. Da decoração da fachada, a pormenores como os puxadores das portas que são pequenas conchas do mar, passando pelo cuidado com o barco que desenhou para recolher os animais, até à preocupação com o espaço destinado aos mergulhadores, às boias e aos equipamentos, tudo no desenho que a Catarina apresentou a concurso denota o que diz de olhos a brilhar “este é o meu trabalho de sonho”. Para continuar a praticar e a trabalhar para realizar o seu sonho, a Lego ofereceu a Catarina João, para além do título de vencedora nacional, todos os sets da Lego Friends que a marca lançou em 2017.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:40
link do post | comentar | favorito
|

CORTEJO ENCERRA AS VINDIMAS EM VILA CHÃ DE OURIQUE

unnamed

 

Cortejo e almoço marcam festa tradicional.

 

No sábado, dia 7 de outubro, a festa em Vila Chã de Ourique começa às 13h00. Se tem saudades do torricado, da sardinha assada, do bacalhau na brasa e do toucinho a derreter no pão, convide amigos e familiares para umAlmoço na Vinha muito especial – o Recinto da Festa é o ponto de encontro para um repasto que vai dar primazia aos sabores tradicionais. Neste dia pode ainda participar na Caminhada das Vindimas, que tem início às 18h00 e juntar o exercício físico ao convívio.

 

O Cortejo tradicional vai percorrer as ruas da vila no domingo, dia 8 de outubro, a partir das 14h00. Dezenas de pessoas e de viaturas decoradas participam anualmente no Cortejo das Vindimas, que evoca a importância das tradições vitivinícolas e do mundo rural na vida cultural, social e económica de Vila Chã de Ourique.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:41
link do post | comentar | favorito
|

Terceira edição do “Verão In.Str… é um Espanto!” contou com mais de 70 mil visitantes

 

armários EDP

 

 

O Centro Histórico de Santarém recebeu a terceira edição do projeto “Verão In. Str… é um Espanto!”, com uma programação que se estendeu entre os dias 21 de junho e 23 de setembro. O programa de verão, que contou com múltiplas atividades culturais encerrou com balanço bastante positivo.

Quanto às várias vertentes integradas no projeto, no que respeita ao In. Agenda, registou-se um público superior a 70 mil pessoas. Tal fato, deveu-se à aposta principalmente em grandes concertos como o de Cristina Branco, Custódio Castelo, Tributo aos Doors (Banda Get Back) e os Charruas. Concertos, que tiveram uma enorme afluência de público.

Contribuíram para esse sucesso as “Quintas do 7”, animação de rua interligada com o comércio local, nas quintas-feiras à noite durante o mês de julho. 

Este ano, não só o centro histórico da cidade recebeu a iniciativa Verão In.Str, mas também e pela primeira vez, a Ribeira de Santarém, com cinema, espetáculos de teatro, música e poesia.

Ainda na Ribeira de Santarém, se na componente de espetáculos se registou uma boa adesão de público, já no caso do cinema há que repensar a programação.

 

In. Artes apresentou-se com a grande novidade da Arte Urbana

Já o In. Artes, este ano, trouxe novidades, tais como a Arte Urbana, com pintura de murais por artistas em vários espaços do centro histórico de Santarém.

As intervenções de arte urbana decorreram na Praça Marquês Sá da Bandeira (Largo do Seminário), Largo Padre Francisco Nunes da Silva (Padre Chiquito), Jardim da Liberdade, Rua 1º Dezembro, Praça Visconde Serra do Pilar (Praça Velha) e Jardim Portas do Sol.

O Encontro de Urban Sketchers – “Vamos Desenhar Santarém” foi igualmente um êxito. Vários participantes desenharam, registaram e rabiscaram o centro histórico de Santarém, numa organização e apoio dos Ribatejo Sketchers, USKP e Oeste Sketchers.

Vários armários de eletricidade em Santarém foram também embelezados com pinturas da autoria de jovens artistas, em resultado da parceria entre a EDP Distribuição e o “Verão In. Str… é um Espanto!”, criando assim uma galeria de arte urbana a céu aberto.

 

 

Os primeiros foram pintados pelos alunos do curso de Artes da ESES – Escola superior de Educação de Santarém, sob orientação da professora Ana da Silva.

Depois, mais seis armários da EDP, nas Ruas Guilherme de Azevedo e Capelo e Ivens (esquina com a Guilherme Azevedo), na Rua Teixeira Guedes e Dr. Mendes Pedroso foram transformados em verdadeiras obras de arte. A tarefa coube aos artistas, utentes do serviço de psiquiatria do hospital de Santarém sob a direção do pintor João Maria Ferreira e às crianças envolvidas em projetos da Associação Aqui Há Gato.

Este é um projeto para continuar e aproveitamos para lançar o desafio aos artistas que queiram pintar estes armários a apresentarem os seus projetos no Serviço Municipal de Cultura e Turismo (SMCT) da Câmara Municipal de Santarém – Casa de Portugal e Camões (antigo Presídio Militar).

Relativamente às lojas devolutas que foram transformadas em galerias de arte constou-se alguma dificuldade em conseguir um maior número de espaços, pois algumas das lojas já estavam arrendadas. O projeto concretizou-se com quatro galerias: “Até ao Equinócio” – Rua Pedro Canavarro, Nº 58; “Entra Aqui” - Rua Serpa Pinto, Nº 62; “IN” – Rua Serpa Pinto, Nº 58 e “Reincontros” - Fotografia – Rua 1º de Dezembro, nº 111 que envolveram 12 artistas plásticos e 11 fotógrafos oriundos de da região.

A exposição “Caminho das Artes”, incluída no In. Artes e outra das vertentes do “Verão In. Str… é um Espanto!” foi bastante acarinhada pelos comerciantes e moradores do centro histórico de Santarém. Consistiu na colocação de fotografias nas varandas de algumas das principais ruas do centro, tendo sido este ano escolhidas a Rua Serpa Pinto, a Rua Guilherme de Azevedo e a Rua Capelo Ivens.

Tendo como tema “O Ribatejo”, esta mostra de fotografia pretendeu dar cor e alegria às ruas do centro histórico e, da mesma forma, funcionar como chamada de atenção para a beleza dos edifícios da zona. Ofereceu-se assim um olhar sobre região, onde o Tejo, a Lezíria e o Bairro, os Costumes e Tradições estiveram presentes.

Dos 30 fotógrafos participantes alguns saíram do coletivo escalabitano de fotografia amadora, mas foram também convidados os Fotógrafos do Ribatejo, num total de 60 fotografias em exposição.

 

Pombinhas de Santarém voltam a “fazer história”

Respetivamente à componente In.Sabores, a 2ª edição dos “Menus com História- Pombinhas de Santarém” , que teve como parceiros a Compal e a Nobre, foi uma vez mais um êxito, refletindo-se positivamente quer nos 13 estabelecimentos aderentes (Pastelarias Canto da Cruz; Bar Ribatejo; Restaurante Feitó Bife; Café Mapa Galego – W Shopping; Pastelaria Santa Clara I,  II, III e IV;  Monte Carlo; Café Doce Momento; Pastelaria Delícia; Ribatejana e Pastelaria Flamingo), quer na procura das famosas Pombinhas de Santarém - mistura de massa para pão e bolo adocicado em forma de pomba – que integram a história gastronómica da cidade de Santarém, apontadas como símbolo do culto do Espírito Santo, em tempos recuados muito festejado na zona de Santarém e na região circundante.

Segundo a tradição, as Pombinhas de Santarém celebram a amizade e a reconciliação e terão feito parte do bodo que era distribuído aos pobres no Dia de Pentecostes, data que é assinalada 50 dias depois da celebração da Páscoa.

 

Tomate, Azeite & Alho

Põe turistas a saborear os paladares do Ribatejo

A iniciativa do Festival Tomate, Azeite e Alho, que este ano decorreu entre 11 a 20 de agosto, envolveu dezasseis restaurantes e foi coroada de sucesso, cumprindo o desiderato que juntou a equipa responsável do In.Str e os restaurantes aderentes (Taberna Chico Sapateiro; Adiafa; Hamburgueria da Baixa; Dom Papinhas; O Chefe; Marisqueira Jomar; Taberna Ó Balcão; Dois Petiscos; Taberna Sebastião; O Bom Garfo; Feitó Bife; Tejá; Tascá; A Grelha; Digusto, e Taberna do Quinzena do Santarém Hotel),  na promoção do setor e da cidade.

A avaliação positiva dos proprietários dos estabelecimentos alcançou os 75%, sendo que 62,5% a avaliou entre o Bom e Muito Bom. A grande novidade é que 37,5% dos restaurantes constataram que a sua clientela foi maioritariamente estrangeira.

31,3% dos restaurantes aderentes viu mesmo a sua clientela aumentar substancialmente, face ao que é considerado o seu fluxo normal nesta época do ano.

Para finalizar, os empresários do sector registaram a importância de maior aposta na promoção e animação do evento, por forma a captar para a cidade mais turistas, retendo-os mais tempo na cidade.

 

Street Food e Sound Set Fest  

Superaram expectativas

A segunda edição do festival “Street Food In.Str” que teve lugar no Jardim Portas do Sol, de 28 a 30 de julho, dedicado aos “Sabores do Mundo” e aos vários paladares gastronómicos espalhados pelo globo registou um forte salto qualitativo  nomeadamente com a procura de muitos turistas estrangeiros, particularmente no período da manhã. Contribui também para o triunfo o festival de música “SoundSet Fest”, nos dias 28 e 29 de julho, numa organização da Associação “Em Nome da Rosa”.

Esta parceria com a Associação “Em Nome da Rosa” resultou num evento de grande atratividade, sendo um projeto a explorar no futuro.

Já o In. Movimento, que este ano, teve como pano de fundo o Jardim da República cumpriu a sua função: oferecer aulas de desporto e hábitos saudáveis ao público aderente. 2017 contou com a participação dos ginásios (Visual Fitnes; XL’S; Academia 100% e Twins Fitness Station).  

Também as aulas de Yoga pela AMA/Federação Portuguesa de Yoga e animação desportiva promovida pela DECLATHON (Jardim Portas do Sol) obtiveram uma avaliação deveras positiva.

Em relação à vertente In. After Hours voltaram a aderir vários bares e discotecas da cidade que ofereceram uma programação específica para os apreciadores da noite. Associaram-se à iniciativa: Barvila; Café Bar Casual; Discoteca FRACLUB; G Lounge Coffe & Bar; Iland Bar; N 1 Hostel; Ponto G; Tascá Santarém; Tejá Carniceria e Xantarim Pub Bar.

 

Visitas Guiadas Temáticas

Dão a conhecer “outras” Santarém

Outro dos pratos fortes, mas desta vez, no âmbito do In. Cidade, foram as visitas guiadas semanais e mensais, estas de caráter temático, assim com as visitas organizadas pelo Museu Diocesano de Santarém.

A adesão das viagens de minibus, entre 5 de julho e 3 de setembro, de quarta-feira a domingo, aumentou substancialmente em relação ao ano passado, com uma procura bastante significativa de turistas de nacionalidades distintas.

Estas viagens, gratuitas, que percorreram um circuito turístico que passou pelos mais reconhecidos locais a visitar no planalto escalabitano, resultaram de uma parceria com a Rodoviária do Tejo.

De referir ainda, que na última semana, devido à interdição de trânsito na Rua 1º de Dezembro, foi decidido deslocar o MiniBus até à Rotunda Madre Andaluz, em frente ao Instituto Politécnico de Santarém (IPS), uma opção que se revelou muito interessante. Decididamente, outra possibilidade de visita a implementar num futuro próximo.

Outras das grandes apostas foi o In. Tradição em parceria com o Inatel. Este ano contou com um rol de recriações de diferentes agrupamentos folclóricos, tendo havido uma grande interatividade entre o público, comércio e visitantes.

 

No que diz respeito à divulgação do projeto “Verão In. Str… é um Espanto!” consideramos ter valido a pena a aposta promoção nos meios de comunicação (locais, televisivos –spot publicitário -  e cinemas Castello Lopes).

A divulgação nos Monopostes na A1 foi também importante, bem como os folhetos em várias línguas distribuídos em todos os Postos de Turismo de Lisboa.

A aposta numa divulgação mais segmentada de alguns projetos que integraram a iniciativa obteve também resultados de sucesso e registou-se uma elevadíssima qualificação com todo o trabalho desenvolvido nas redes sociais e uma grande rentabilização do Instagram, muito graças à colaboração de alunas da Escola Profissional do Vale do Tejo e de outros e outras jovens integradas em programas do Instituto da Juventude e da Escola Superior de Educação de Santarém.

Fica o reconhecimento aos agentes culturais que integram a parceria que tornou possível a concretização da Iniciativa Verão In. Str, bem como o agradecimento a todos os apoiantes, nomeadamente: Turismo do Alentejo e Ribatejo, União de Freguesias da Cidade de Santarém, INATEL, Rodoviária do Tejo, EDP, EPVT – Escola Profissional do Vale do Tejo, Instituto Português do Desporto e da Juventude, CP – Comboios de Portugal, Bonduelle, Nobre, COMPAL, Cinemas Castello Lopes, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação, Repsol, DECATHLON, Adega Cooperativa de Alcanhões, PSP, Pauletrónica, Pintoinveste, Ekoo, Cantinhos da Casa e os ginásios; XL’s, Academia 100%, Fitness Station, Visual Fitness, além da Associação de Comerciantes e das empresas municipais Viver Santarém e Águas de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:38
link do post | comentar | favorito
|

XV Cerimónia de Entronização da Confraria da Cerveja que terá lugar no dia 4 de outubro, no Convento de São Francisco, em Santarém

XV Cerimónia de Entronização da Confraria da Cerveja que terá lugar no dia 4 de outubro, no Convento de São Francisco, em Santarém, seguida de um jantar no mesmo espaço.

 

Esta cerimónia contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Ribeiro Gonçalves, que gentilmente aceitou o nosso convite e será igualmente entronizado como membro da Confraria da Cerveja.

 

Confraria da Cerveja, criada em abril de 2003, entidade sem fins lucrativos e que conta já com mais de 500 Confrades, promove a paixão pela Cerveja em Portugal, entronizando anualmente Colaboradores das Cervejeiras (Confrades Mestres), Personalidades/Líderes de Opinião (Confrades de Honra) e Parceiros do Negócio Cervejeiro Português (Confrades Protetores). O intuito da entronização é tornar os novos Confrades em Embaixadores da Cerveja em Portugal, contribuindo para a sua divulgação, prestígio e dignificação.

 

Entre os principais nomes a serem entronizados nesta cerimónia, destacamos Luís Marques Mendes, Leonel Vieira (Realizador), Guilherme Geirinhas (Comediante), Nuno Gomes (Ex-futebolista), Comandante Jaime Marta Soares (Presidente da Liga Portuguesa de Bombeiros), Miguel Araújo (Músico), José Manuel Constantino (Presidente do Comité Olímpico), entre outros.

O programa da XV Cerimónia de Entronização da Confraria da Cerveja:

 

15h45 - Acreditação e Levantamento do Traje + Welcome drink

17h00 - Início da XV Cerimónia de Entronização dos Novos Confrades

- Palavras de Boas-vindas dirigidas pelo Grão-Mestre

- Entrega dos Símbolos, confirmação da aceitação e assinatura do Livro de Honra

- Bênção

- Proclamação do Compromisso e Brinde à Cerveja

18h30 - Cortejo dos Confrades

- Fotografia de grupo

19h30 - Jantar

22h45 - Encerramento



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:19
link do post | comentar | favorito
|

Apresentações, Sessões de Autógrafos, Competições e Demonstrações no Festival Bike

 

 

O Centro Nacional de Exposições, em Santarém, volta a receber mais uma edição do Festival Bike Portugal – Festival Internacional da Bicicleta, Equipamentos e Acessórios e Salão de Ciclismo Profissional, que decorre de 06 a 08 de Outubro, evento que pretende estimular a participação do público nos vários eventos que aqui decorrem como apresentações, sessões de autógrafos, competições e demonstrações, entre outros.

 

O certame é o espaço privilegiado para conhecer as novidades do mercado e um ponto de encontro para todos aqueles que de forma profissional, desportiva ou de lazer se encontram ligados a este ramo.

 

Sessões de Autógrafos e Apresentações

 

O Festival Bike Portugal será palco de Sessões de Autógrafos com algumas das grandes figuras do desporto nacional.

Pelo Centro Nacional de Exposições vão passar atletas de renome, como é o caso de Vitor Gamito, João Moreira e José Silva que estarão presentes no stand “GoldNutrition” no sábado, 7 de outubro, pelas 16.00 horas. Celina Carpinteiro e Emanuel Pombo estarão no mesmo espçao às 18.00 horas.

No domingo, 8 de outubro, também no stand “GoldNutrition”, às 16.00 horas, é a vez de David Rosa, Vasco Bica e Rafael Gomes.

A Federação Portuguesa de Ciclismo também vai promover Sessões de Autógrafos no sábado e no domingo, além de publicitar várias iniciativas que decorrem ao longo do ano.

No sábado, 7 de outubro, às 11.30h, o Festival Bike vai também ser palco da apresentação pública do projecto “Bike Roads Mondim de Basto”.

 

Provas e demonstrações animam Festival Bike

 

O Festival Bike volta a contar com diversas atividades, proporcionando aos visitantes uma escolha ampla e variada de carácter lúdico e competitivo, tais como a “13ª Maratona BTT”, o “Campeonato Nacional de Dirt Jumping”, as “Gincanas – Desporto Escolar”, as demonstrações de “Bike Trial”, o “10º Mega Passeio de Cicloturismo”, o “2º Granfondo Festival Bike - Tejo e Serras”, o “2º Passeio de Bicicletas Antigas”, o “6º Passeio de Cicloturismo “Duas Pontes” (Festival Bike – Festival Bike), o “10º Duatlo Festival Bike Portugal Run & Bike”, o “6º Troféu da Juventude”, as provas de BMX, entre outras.

 

Clubes de Ciclismo e Federações no Festival Bike

 

Como habitualmente, são diversos os clubes de ciclismo de estrada ou de outras modalidades que utilizam a bicicleta, que irão estar presentes no Festival Bike, enquanto expositores.

 

O Alcobaça Clube de Ciclismo, o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau, a Efapel – Clube Desportivo Fullracing, o Núcleo do Sporting Clube de Portugal da Golegã, e a W52/F.C. Porto são presenças confirmadas no evento a par de diversas associações como a Associação Desportiva da Aldeia da Ribeira ou a Associação Humanitária Recreativa e Cultural Beselguense.

 

A Federação Portuguesa de Ciclismo, a Federação de Triatlo de Portugal e a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta marcam também presença no Festival Bike com a organização de diversas competições, além de promoverem as iniciativas que decorrem ao longo do ano.

 

Exposição de Equipamentos e Acessórios

 

O certame é a referência do mercado nacional e tem como objectivo realçar as marcas e as empresas nacionais e internacionais que operam nesta área. Importadores, lojistas, distribuidores, organizadores de eventos, comunicação social, atletas profissionais e amadores, e muito público interessado, transformam o Festival Bike num evento único e incontornável.

 

O evento conta com vários sectores em exposição como Associações, Centros de Estágio, Clubes, Comunicação Social, Federações e Outras Entidades Oficiais, Ginásios, Hotelaria e Ecoturismo, Importadores e Fabricantes, Lojas de Bicicletas e Equipamentos, Organizadores de Eventos Desportivos, Parques Desportivos e Centros de Férias, Suplementos Alimentares, Taças e Troféus e Vestuário, entre outros.

 

Acreditação Profissional

 

O evento volta a ter este ano um serviço de acreditação profissional. Os profissionais do sector da Bicicleta, podem ter acesso gratuito à feira em qualquer um dos dias, bastando para tal remeter um e-mail a solicitar a respectiva acreditação para comercial@cnema.pt até 4 de outubro. Quando visitarem a feira, devem dirigir-se à recepção, situada na entrada principal do CNEMA, e comprovar a sua ligação profissional ao sector.

 

Horários

 

Sexta-feira, 6 de Outubro: 10h00 às 17h0 (Profissionais)

Sexta-feira, 6 de Outubro: 17h00 às 20h00 (Público)

Sábado, 7 de Outubro: 10h00 às 20h00 (Público)

Domingo, 8 de Outubro: 10h00 às 20h00 (Público)

 

Entradas

 

1 Bilhete: 6,00 € (Válido para apenas 1 Entrada)

Entrada Gratuita para crianças até aos 11 anos (inclusive)

Parque de Estacionamento: Gratuito



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:18
link do post | comentar | favorito
|

Outubro é mês do feijão nas mesas de Tomar

 

Restaurantes celebram versatilidade deste ingrediente

 

O Município de Tomar, em colaboração com os restaurantes do concelho, preparou mais uma edição da mostra gastronómica Todos com o Feijão, o Feijão com Todos, a decorrer durante o mês de Outubro.

Com o regresso do feriado do 5 de Outubro, aumenta o leque de oferta uma vez que a mostra decorre nos restaurantes aderentes aos fins-de-semana, feriado e também no dia 20, em que a cidade celebra a sua padroeira, Santa Iria.

Assim, 20 restaurantes apresentam um menu especial em que a mais famosa das leguminosas dá a conhecer toda a sua versatilidade, de tal ordem que permite fazer uma refeição com entradas, sopa, prato principal e sobremesa, sempre com base no feijão. São eles: Almourol, Alpendre, Central Tapas Café, Chico Elias, Convento do Leitão, Hotel Estalagem de Santa Iria, Ginginha, Infante, Lúria, Marisqueira de Tomar, Mister Grill, Moinhos, Nabão, Ninho do Falcão, Picadeiro, Pica-Pau Amarelo, Restaurante 1º de Maio, S. Lourenço, Tabernáculo e Tabuleiro.

 

             Vejamos alguns exemplos:

Começando pelas entradas, em que aos típicos peixinhos da horta se juntam mexilhoada de feijão, orelha de frades, paté de feijão, a feijoada de caracóis ou o feijão com barriga de porco.

Nas sopas, um dos momentos da refeição em que este ingrediente mais brilha, há-as de feijão com couve, com enchidos, de feijão seco, com feijão branco, da taberna, à assador, da avó, da pedra, ou simplesmente de feijão verde.

Chegando ao prato principal, vale a pena fazer também algumas destrinças. Porque há as feijoadas: à moda da casa, à transmontana, à portuguesa; de leitão, de polvo ou de chocos, com ou sem camarão. E há também feijoada à Nabão. Ou dobrada com feijão branco. Para além de uma cornucópia de sabores: enguias fritas com arroz de feijão, pataniscas de bacalhau com arroz de feijão, entrecosto com migas e feijão, bacalhau grelhado na brasa com feijão e abóbora, açorda de feijoca com magusto de carnes grelhadas, migas com morcela de arroz ou tripas grelhadas com migas de feijão. E muito, muito mais.

Mas não se preocupem os gulosos, pois as sobremesas ainda nos reservam delícias como bolo de feijão com fruta, delícia de feijão com abóbora, pudim de feijão, semifrio de feijão, tarte de feijão com nozes, pastéis de feijão, laranjada de feijão ou doce de Santa Iria.

E a acompanhar não se esqueçam de pedir um vinho dos produtores tomarenses, cuja qualidade e versatilidade têm vindo a crescer de colheita para colheita.

Se ficaram entusiasmados com este menu virtual, imagine como ficará inebriado com todas estas cores, aromas e sabores diante de si.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:17
link do post | comentar | favorito
|

Vila Franca de Xira vibra com centenária Feira Anual

unnamed (1)

 


10 dias de tradição e animação

Vila Franca de Xira vibra com centenária Feira Anual

De 29 de setembro a 8 de outubro, a cidade de Vila Franca de Xira vibra em mais uma edição da centenária Feira Anual de outubro. São 10 dias em que um dos mais tradicionais e antigos certames do País faz jus à sua história, com muita animação e afición por toda a cidade.

abertura oficial do certame está agendada para 29 de setembro, às 18h00, no Pavilhão Multiusos.

 

Uma das suas principais vertentes assenta na sua fortemente enraizada cultura da Festa Brava, que se vive nas ruas da cidade e na Praça de Toiros “Palha Blanco”.

Nas ruas, durante seis dias (30 de setembro e 1 a 5 de outubro) decorrem as populares esperas e largadas de toiros (ver horários em documento anexo) e, na Praça de Toiros, duas corridas de toiros e a final do Circuito Nacional de Recortadores.

 

No Parque Urbano do Cevadeiro, mais de 100 feirantes vendem os mais variados e típicos artigos e utensílios, sendo que 20 dos participantes estarão em Vila Franca de Xira pela primeira vez. No espaço encontram-se também muitas  diversões para miúdos e graúdos e as tasquinhas com todo o tipo de petiscos, doces e salgados.

 

O Pavilhão Multiusos que se encontra no mesmo Parque acolhe a 37.ª edição do Salão de Artesanato. A iniciativa é considerada uma das melhores do País no seu género, reunindo perto de 100 artesãos de todo o País com trabalhos de áreas como têxteis, cerâmica, metal, madeira, cortiça entre outros (ver lista em anexo).

Pela segunda vez, a Feira Anual conta também com um programa complementar de animação, com música e dança (ver anexo) e, ainda, com Showcooking “Sabor do Campo à Mesa” pelos Chefs José Lino e Luís Machado, nos dias 7 e 8 de outubro.

 

Vila Franca de Xira está de portas abertas para mais uma edição da sua Feira Anual, que vale a pena visitar, num Concelho que mantém vivas as suas tradições e cultura.



publicado por Noticias do Ribatejo às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
UTILIZAÇÃO DOS MEIOS DA JUNTA DE FREGUESIA

 No seguimento de algumas publicações em redes sociais sobre a utilização indevida por uma força partidária dos meios da junta de freguesia, nomeadamente uma carrinha de transporte para a organização do almoço de campanha do Partido Socialista do Cartaxo, cabe-nos a enviar o seguinte esclarecimento com vista a não restarem dúvidas sobre a atuação isenta desta autarquia.

No passado dia 24 de setembro o Partido Socialista organizou um almoço de campanha no restaurante “O Saraiva”.

No presente dia, 25 de setembro, foi lançada na rede social Facebook um texto falso e calunioso que coloca em causa o bom nome desta autarquia e que repudiamos veementemente, indicando que o PS Cartaxo utilizou a carrinha da Junta de Freguesia do Cartaxo e Vale da Pinta num almoço de campanha fazendo uso indevido dos impostos dos contribuintes.

Ao contrário do noticiado, não foi cedido nenhum equipamento ou pessoal afeto à Junta de Freguesia do Cartaxo e Vale da Pinta na organização do referido almoço de campanha.

Ainda importa referir, que ao longo do presente mandato, os meios da Junta de Freguesia foram cedidos sempre que formalmente pedidos, e cuja utilização fosse justificável dentro das competências desta autarquia, a associações da nossa freguesia, mas também a todos os partidos políticos que pretenderam utilizar as nossas instalações para as suas ações políticas, tal como consta dos direitos fundamentais da nossa democracia, nomeadamente ao PS Cartaxo, PSD Cartaxo, CDU Cartaxo e Bloco de Esquerda do Cartaxo.

Ao contrário do noticiado, esta autarquia sempre se pautou pela exímia consideração por todas as forças partidárias e no estrito respeito pela utilização de dinheiros públicos e dos cidadãos que elegeram os seus representantes.

Informamos também que realizámos a respetiva queixa-crime no Ministério Público contra as respetivas fontes identificadas da presente mentira, cujos fins eleitoralistas em que não nos revemos, superam em muito a consideração pelos cidadãos, pela verdade e pelas instituições democráticas que representamos.

Acreditamos que a cidadania é exercida com responsabilidade e verdade, e que é nosso dever esclarecer os cidadãos evitando a mentira fácil demagógica que alguns julgam ser uma arma de arremesso em tempo de eleições.

Não governamos esta autarquia apenas durante o período eleitoral, temos 4 anos de mandato pautados por uma governação responsável e transparente, e como tal condenamos firmemente este tipo de alegações injustificadas.

Acreditamos que tanto os cidadãos como as diferentes forças partidárias saberão demarcar-se e condenar este tipo de afirmações que em nada dignificam a nossa terra e a democracia.

 

O Executivo da Junta de Freguesia do Cartaxo e Vale da Pinta



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:59
link do post | comentar | favorito
|

Bênção dos capacetes em Fátima

20954029_1989791424368012_2123082260301338810_n

Por: Florbela Gil

 

Ontem, domingo, muitos motards rumaram, a Fátima, desde o norte ao sul,do país, aí vieram eles com muita fé, e coragem para fazer uma viagem de tantos kms.

Eu fui uma deles, mas, de mais perto, Alpiarça/Fátima, assim com mais 10 motos, e um colega, que levou o carro, porque queria que a esposa, e o filho pequenito, vissem, assim como ele viu, pela primeira vez, esta cerimónia.
Lá fomos nós movidos, de entusiasmo, fé, e convicção. Eu daqui para lá, fui sempre em último, na minha moto, vestida com um colete florescente, era o ponto e referência para os colegas, enquanto me vissem ia tudo bem, 
Num passeio há umas semanas atrás, um colega, ao ver-me de colete, colocou-me uma alcunha,     " A sra Comissaria, das flores". E parece que a moda pegou. 
 
Mais de 80 000 mil, segundo eu li.
Foram disponibilizados os parques dos autocarros, para se poder estacionar as motos, noutro os carros.  A policia, ajudou bastante.
Deixo um obrigado pelo trabalho excelente, que tiveram, a ajudar, a que tudo corresse bem, na organização, quer para entrar quer para sair.
 
Assim como às restantes pessoas que fizeram com que tudo isto aconteça todos os anos.
Depois de estacionarmos, olhamos em redor, e havia motos por todo o lado, tudo muito arrumadinho, todas as marcas e feitios, novas, velhas, grandes, pequenas, todas com a sua história com seu dono.
 
Estacionamento feito, rumamos a pé até santuário, onde já decorria a missa, para os peregrinos que já lá estavam, e permaneceram, para ver a nossa cerimonia.
 
A dada altura o padre pediu, aos motards para se aproximarem mais com os capacetes erguidos,  para que pudessem ser benzidos. O ator Rui de Carvalho, um senhor bem conhecido de televisão, proferiu umas palavras lindas, de conforto, que nos tocaram aos corações. Nós, que estávamos longe, ao ouvir aquela voz rouca, mas doce, sem o conseguirmos, ver, conseguíamos, visualizar na nossa mente a sua cara de avô lindo.
 
Também, não menos importante, o sr padre leu para nós uma carta que o sr bispo de Leiria nos escreveu para ser lida a todos nós. Palavras cuidadas e sábias, com muito sentimento, que me deixaram com lágrimas nos olhos.
A mim e a muitos devotos de nossa senhora de Fátima...
 
Lindo, palavras lindas e de muitas pessoas que já fazem esta viagem há muito anos, e não falham, e de outras, que viram pela primeira vez este evento. Todas elas se emocionaram.
 O filho do colega que foi de carro, ficou bem perto, onde o sr padre passou, que olhando para o pequenito, com seu capacete estendido, disse," eu ati, que és tão pequenino, vou-te benzer duas vezes". Agora imaginem a cara dos pais
 
Aconselho, a todas as pessoas, um dia a assistir, mesmo sem terem motos, porque é lindo.
É de arrepiar, quando todos erguem o capacete bem alto...
 
De regresso, ao parque das motos, aguardamos, que saíssem algumas pessoas, para nós sairmos mais descansados. O almoço era a nossa próxima caminhada, para conviver com todos, a barriga cheia dá mais alegria, e boa disposição.
 
Almoço, já comido, hora de regressar a casa, todos juntos, felizmente, chegamos bem e com  sentimento de dever cumprido. 
 

21765279_1870292732997491_4517394290270771026_n

22007523_1871401846219913_5595100275366766892_n

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:51
link do post | comentar | favorito
|

Mariana Mortágua em Santarém: voto no Bloco é o voto útil!

concerto (2)

 

Para a jovem deputada bloquista “foi o voto no BE que contou para tirar a direita do poder, foram os 10% que o BE teve nas últimas eleições que obrigaram o PS a recuar no congelamento de pensões e no facilitamento dos despedimentos” (…) “agora, pela primeira vez em Portugal, o salário mínimo aumenta todos os anos e passou a existir uma política de melhoria da vida das pessoas”.

Para Mariana, o voto no BE “demonstrou não ser um voto inútil, mas o voto que contou para uma mudança contou para fazer a diferença” (…) “levaremos a força que ganhámos nas legislativas às autarquias locais, e para isso, apelamos ao voto nesta candidatura”. De facto os 3102 votos que o BE teve nas legislativas garantem a eleição de um vereador e um forte aumento de deputados municipais e de freguesias.

A intervenção de Mariana Mortágua foi feita no concerto para a juventude que se realizou no passado sábado e que trouxe muitos jovens ao Largo Padre Chiquito.

Já Filipa Filipe, candidata à Câmara de Santarém, reforçou a “necessidade de romper com políticas pobres e pouco inclusivas para a cultura”. Afirmou pretender “um programa diversificado de políticas culturais, construído em conjunto com o maior número possível de agentes culturais e artistas locais, um programa que também valorize a participação da juventude e que tenha num Conselho Consultivo um pilar dessa construção de cidadania na cultura”.

Francisco Cordeiro o jovem candidato à Assembleia Municipal reforçou a ideia de voto útil, “nós somos a força com maior número de propostas apresentadas e aprovadas na Assembleia Municipal, sendo exemplo, a criação da Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica”. Francisco reforçou ainda a mensagem de valorização do trabalho dos jovens artistas no "mercado" de trabalho e a importância da cultura no Despertar da Cidadania.

No sábado de manhã a candidatura de cidadania, apoiada pelo BE, já tinha realizado uma arruada no centro da cidade. A candidatura tem concentrado as suas energias de fim de campanha nas freguesias e no contato direto com os cidadãos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:18
link do post | comentar | favorito
|

NERSANT convida empresas para debater setor turístico do Ribatejo
Com o objetivo de debater as problemáticas em torno do setor do turismo do Ribatejo, a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, vai realizar no dia 15 de novembro em Torres Novas, um encontro para o qual está a convidar todas as empresas desta área.

Sendo o turismo um dos setores de atividade que mais tem crescido a nível nacional, a NERSANT decidiu realizar em Torres Novas, um encontro para o qual está a convidar todas as empresas desta área do Ribatejo, no sentido de debater as problemáticas associadas ao setor na região.

No encontro, que vai decorrer a partir das 10h00 do dia 15 de novembro, será analisado o mercado do turismo no Ribatejo, bem como as perspetivas de intervenção das associações empresariais e setor público na dinamização e potenciação desta atividade.

Para além de uma sessão, onde serão debatidas estas temáticas com as empresas do setor, realizam-se ainda mesas temáticas, que têm como objetivo debater e analisar temas mais específicos, nomeadamente "Restauração e Gastronomia como fator de atração turística", "Hotelaria, Turismo de habitação e turismo rural - Novas tendências e desafios" e "Animação turística - como valorizar/potenciar".

No final do Encontro Viver o Tejo, a NERSANT irá elaborar um documento com as expetativas do setor para o seu desenvolvimento, bem como a intervenção futura para potenciar o turismo na região do Ribatejo.

Os interessados em participar no evento devem efetuar inscrição no portal da NERSANT, em www.nersant.pt. A inscrição de empresas associadas da NERSANT e de empresas participantes no Melhor Turismo 2020, é gratuita. As restantes empresas que pretendam inscrever-se têm um custo de participação de 25 euros



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:28
link do post | comentar | favorito
|

FILARMÓNICA DE PONTÉVEL SAI À RUA

unnamed

 

Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense celebra aniversário com desfile e almoço dançante.

 

Fundada com estatuto de coletividade em 4 de outubro de 1904, a Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense (SFIP) assinala 113 anos de dedicação à promoção e ao ensino da música. Para celebrar a data, os músicos vão percorrer a vila de Pontével na manhã de dia 5 de outubro, feriado nacional.

 

A festa de aniversário vai continuar no dia 15 de outubro, domingo, com um almoço dançante, na sede antiga da SFIP. O almoço começa a ser servido às 13h00 e o Duo Novo Ritmo é o convidado para animar a tarde – convide o seu par para a pista de dança e mostre que estão prontos para ganhar o prémio reservado ao melhor par dançante.

 

 

Programa

Percurso no dia 5 de outubro

Rua Afonso Henriques – Praça Serpa Pinto – Largo do Mosteiro – Rua Luís Duarte – Coreto – Grupo Desportivo de Pontével – Coreto – Rua da Liberdade – Travessa da Liberdade – Largo do Ferro – Rua dos Combatentes – Rua Magalhães Lima – Coreto

 

Almoço dançante no dia 15 de outubro

13h00– Início do Almoço

14h30 – Baile



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:27
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 24 de Setembro de 2017
RECORDAÇÕES

FLORBELA

Por: Florbela Gil

 

Fazer vida, ter uma família, em Portugal, nem sempre foi fácil para alguns, o sonho de ter algo melhor, de poder dar á família o que não tiveram, ainda nos dias de hoje existe.

 
Por isso muita gente decidiu, emigrar para fora. 
Foi o que os meus pais fizeram. Tinham comprado um terreno, pequeno, para construir a casita, pediram dinheiro emprestado, naquela altura, á segurança social, para iniciar as obras. É claro que não chegou, deu para levantar as paredes, e pôr o telhado, e pouco mais. O ordenado do meu pai, era pouco, o da mãe também, e com duas filhas, pequenas, estava muito difícil. 
 
Um tio, já estava na Guiné Bissau, a viver, junto com a irmã da minha mãe, tinham a vida lá instalada, eram donos do café império, situado em frente ao palácio, onde também funcionava como residencial, pastelaria, e padaria.
Esse tio, desafiou o meu pai para ir viver e trabalhar para ele.
 
Assim foi, na esperança de ter melhor vida, e tentar acabar a casita cá em Portugal.
Foi para lá, e ficou como vendedor do pão. Distribuia o pão,  assim como um colega branco, em carrinhas. Esse colega, fazia uma volta, o meu pai, a outra. 
 
Como tudo na vida, há pessoas boas, com coração, e outras más.
 
Quando o meu pai distribuia o pão, pelas chamadas "tabancas" que podíamos dizer, que eram as casas com teto de palha, dos guineenses, era um homem respeitado, e querido, os pretinhos vinhas a correr atrás da carrinha, pediam um pãozinho, o meu pai dava sempre ás crianças de cor um papoceco. Já o colega, enxotava as crianças como se fossem cães. Por isso mais tarde deu-se o que não devia ter acontecido...o colega apareceu morto dentro da carrinha com uma catanada na cabeça.
 
Isso assustou muito meu pai.
Mas como sempre, nunca lhe fizeram mal toda gente o tratava bem.
 
Um ano mais tarde, tinha eu já quatro anos, a minha mãe,  levou-nos para lá. Íamos ter com o pai. 
Embarcamos no avião, e lá fomos nós. 
 
Chegamos, ao destino, a casa dos meus tios. Casa enorme, com uma varanda, que rodeava toda a casa. 
 
A minha mãe, foi trabalhar para a pastelaria, para o balcão, vendia pão e bolos, os nossos famosos pastéis de nata. 
Eu adorava, assim como ainda hoje, sou uma grande apreciadora de pastéis de nata. 
Quando os pasteleiros, tiravam do forno os tabuleiros cheios e os metiam na sala de arrefecimento, eu aparecia devagarinho, e escondia-me debaixo deles, esticava a mão e toca de tirar um pastel ainda bem quente, cheio de canela. Como eu gostava. 
Assim se ia passando o tempo, lembro-me também de estar na varanda a ver passar os tropas, com uma farda cinzenta, e um chapéu, que mais parecia um balde da praia, com um berloque, vermelho caído para o lado. Lá marchavam, ao som das trompetes e a arma ao ombro. A guerra já existia, porque ao longe ouvia-se o estoirar das bombas, o que me fazia lembrar as trovoadas. Muita vez com medo me metia debaixo da cama com medo. 
Medo também tinha os meus pais, que nos roubassem, duas meninas brancas, eram uma tentação. 
Na casa, havia uma empregada negra que arrumava os quartos da residencial, e que ia limpar o nosso quarto, e cada vez que de lá saía, todos nós sabíamos, de que quarto ela vinha. 
Toda ela, cara, braços, pernas, estavam cheios de pó de talco, o pózinho que a minha mãe punha na gente. Dizia ela que adorava ser branca. E pensava, como a minha mãe punha na gente, ela se pusesse também ficava branca.
 
Os meses passavam, e eu adoeci, não comia, emagrecia a olhos vistos, o clima era o pior, muito quente e húmido, muito difícil de respirar. 
Meus pais decidiram mandar-me embora.
Embarquei com uma hospedeira, a chorar porque não queria deixar a mana e os pais. O cansaço tomou conta de mim, adormeci, acordei quando me chamaram, no aeroporto me esperava a avó que eu adorava. 
 
Meses mais tarde, minha irmã também veio, mas muito doente com uma doença que se chama raquitismo. "Tropeçava numa formiga e caía."
 
Assim se passou dois anos, com a minha avó a tomar conta de nós.
 
Em Portugal estava a começar a revolução do 25 abril, foi gota água, para, os meus pais se virem embora. Com medo, regressaram, fui esperá-los aeroporto, dizia a avó e a tia, olhem vem lá o pai e a mãe, eu olhava para tantos pais e mães que lá vinham, que já não os conhecia. Quando vi uns braços abertos a correr p mim e para a mana, é que cai na realidade.
 
Hoje, passados tantos anos, recordo o pouco que me lembro com nostalgia, gostava de voltar a África, esse continente que ainda hoje fascina quem por lá passou.
Uma grande homenagem ao povo africano que ainda hoje sofre com as guerras. 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito
|

"À espera"

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

- Está melhorzinha?
Encolheu os ombros, com dificuldade e respondeu-me, numa voz quebrada e sem vida:
- Estou à espera…
- Está à espera da enfermeira? Quer que a chame?
- Não. Estou à espera da morte. Importa-se de esperar comigo?
Fiquei sem palavras, sem forças, sem saída…
Não respondi com palavras, apenas acenei com a cabeça em sinal afirmativo.
Puxei um banquinho que estava perto e sentei-me ao lado da cama.
A sua solidão, naquele momento, era a sua única companhia e ninguém deveria, nunca, morrer sozinho.
Apertei-lhe a mão com um pouquinho mais de força, para que soubesse que eu estava presente e ela, indelevelmente, apertou a minha.
Impressionante como a sua cara mudou. Pareceu-me mais serena ou apenas menos sozinha.
Não sei quanto tempo passou. Ali fiquei, até que adormecesse… ou partisse…
Quando finalmente saí do hospital, levava a alma apertadinha de tanta tristeza, de tanto medo…
Tinha tantas lágrimas dentro de mim que, durante algum tempo, não consegui conduzir. Fiquei dentro do carro, aguardando que as forças me voltassem e que as lágrimas me secassem nos olhos.
No outro dia, à mesma hora, voltei ao hospital para visitar o meu doente.
Um nó invisível apertava-me o estômago e aquele corredor da morte pareceu-me interminável.
Na cama onde no dia anterior uma mulher teimava em viver, cheia de vontade de morrer, estava agora um homem recostado em almofadas, sorridente, à espera que o viessem buscar, porque tinha tido alta.
Passamos a nossa vida à espera. Sempre à espera de qualquer coisa.
Ora à espera de morrer, ora à espera de viver…

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito
|

TEMAS DE SAÚDE: Sustentabilidade do SNS realidade ou ficção ?

ANTONIETA

Por: Antonieta Dias (*)

 

A exigência na melhoria do acesso à inovação, aos produtos e tecnologias mais adequados para combater a doença passa pelo uso das tecnologias aplicadas de forma racional, segura e eficaz.

Sem dúvida que a sustentabilidade de um sistema credível para cuidar melhor o doente, obriga a investir em tecnologia, em incentivar os profissionais, em dar liberdade de escolha nas opções terapêuticas e a ter uma política do medicamento baseada na evidencia científica.

Obviamente que nenhuma adesão à terapêutica, funciona se não existir credibilidade médica, empatia profissional, ambiente institucional que assegure as condições de promoção e investimento neste modelo de prestação de serviço à comunidade.

Certo é que a saúde é o segundo maior gasto público da comunidade, logo depois das despesas com a proteção social (19,2%).

Em 2015, os dados do Eurostat, revelam que Portugal gastou 6,2% do PIB em despesas da saúde, um valor bastante abaixo da média europeia.

A União Europeia despendeu 7,2% do PIB na saúde [cerca de 1,5 bilhão de euros], o que faz com que o nosso país tenha gasto 1% a menos do que o total do bloco.

Os países que lideram a tabela são a Dinamarca (8,6%), a França (8,2%) e a Áustria e a Holanda (ambos com 8,0%), sendo que abaixo se situa o Chipre (2,6%), a Letónia (3,8%), a Roménia (4,2%) e a Grécia (4,5%). “O ranking é bastante diferente quando os montantes gastos são comparados com a população de cada estado-membro. Em média, em 2015, as despesas com saúde ascenderam a 2.076 euros por habitante na União Europeia”, refere também o relatório.

Segundo o Eurostat, os países europeus que gastaram mais de 3.000 por habitante foram o

Luxemburgo (4112 euros), a Dinamarca (4094 euros), a Holanda (3194 euros), a Suécia (3170

euros), a Áustria (3149 euros), a Irlanda (3138 euros) e o Reino Unido (3020 euros).

Em relação aos que desembolsaram menos, destacam-se alguns países de Leste da Europa

Central, como por exemplo a Roménia (340 euros), a Bulgária (343 euros), a Letónia (468

euros), a Polónia (520 euros), o Chipre (532 euros) e a Hungria (592 euros), cujos gastos

foram abaixo de 600 euros.

Se em 2015 o financiamento do SNS se tinha ficado nos 8,65 mil milhões de euros (mais

0,4%), no ano anterior este valor subiu 3,1% para os 8,93 mil milhões de euros.

Segundo o estudo, desenvolvido pela Nova Information Management School (Nova IMS), da Universidade Nova de Lisboa, o financiamento do SNS subiu 3,1% e a despesa cresceu 1,2%, menos do que tinha acontecido em 2015.

“Com base na definição do mesmo estudo para calcular o índice de sustentabilidade é necessário avaliar não só a qualidade dos cuidados de saúde na perspetiva dos cidadãos, mas também os indicadores disponíveis sobre a qualidade técnica do SNS, a atividade registada e a despesa.

Sob o ponto de vista da atividade, o estudo indica que aumentou o número de doentes

atendidos tanto nos hospitais como nos serviços de saúde primários, mas esta subida

terá sido mais significativa nos cuidados primários (2,1%).”

A Sustentabilidade do SNS está baseadas em três responsabilidades:

1-Responsabilidade Social

2-Responsabilidade Ambiental

3- Responsabilidade Económica

Na conjugação destes três pilares, se a base for de vidro pode falar -se da transparência político social, de partilha de responsabilidades, de seriedade e cumprimento do dever de cidadania.

Sem dúvida que existem algumas mudanças sociais que poderão representar a chave de sustentabilidade, com a parceria da prestação de cuidados informais.

Todos sabemos que o Estado não tem qualquer possibilidade de manter a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde sem o apoio das Famílias e dos cuidadores.

O risco da Insustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde(SNS) é enorme. Para o minimizar há que quebrar o desiquilíbrio entre crescimento forte da despesa pública e crescimento débil da economia.

A distração ou improdência política tem ignorado os sinais preocupantes da situação financeira do SNS, que mantém um crescimento excessivo da fatura dos medicamentos, os défices crescentes dos hospitais, o aumento incomportável da despesa de pessoal, etc..

A sustentabilidade técnica científica passa pela capacidade de prestar os cuidados de saúde necessários à população, pela capacidade financeira, pela capacidade de pagar os cuidados que queremos dar a população e pelo que estamos dispostos a sacrificar para garantir os consumos necessários a um investimento na qualidade dos cuidados de saúde que a população merece.

A sustentabilidade passa ainda pela reflexão e investimento de quanto estamos dispostos a sacrificar de outros consumos para ter mais cuidados de saúde?

Estruturalmente temos que pensar que os Cuidados de Saúde, num modelo de exigência de qualidade implica um aumento do financiamento para que a sustentabilidade seja garantida e naturalmente uma revisão do PIB, sem os quais não teremos capacidade de pagar os cuidados de saúde aos cidadãos.

Importa, ainda referir que será preciso abdicar de “algo” selecionando o que é dispensável em benefício de um investimento real e efetivo que se coadune com o crescimento previsível das despesas em saúde e do Rácio.

Apesar da despesa pública da saúde representar um enorme peso para a economia, os portugueses precisam de ter a certeza que existe sensibilidade e vontade real de manter e garantir a sustentabilidade deste sistema.

Assim, só com uma distribuição mais adequada do PIB é que é possível garantir o Financiamento do Serviço Nacional de Saúde desde que o crescimento das transferências do Orçamento do Estado para o SNS não agrave o saldo das Administrações Publicas.

Elementos cruciais como a taxa de crescimento do PIB , os problemas da sustentabilidade das contas publicas, as dificuldades orçamentais exercem forte pressão sobre a despesa em cuidados de saúde feita pelo Estado.

Se mantivermos as medidas administrativas como estão, permaneceremos em perigo eminente de rotura.

Em suma, a descredibilização dos mecanismos de controlo, o acumular das dividas do Estado, a reentrada nos ciclos de orçamento rectificativos são o fluir da areia movediça, que conduzirá ao aumento da fragilidade do sistema politico-financeiro português.

Todavia existem outros caminhos, que podem ser implementados a médio prazo para aumentar a economia e criar os mecanismos de crescimento da procura, o ajuste da oferta existente, os quais passarão por uma racionalização e reestruturação dos subsistemas de saúde, pela promoção de hábitos saudáveis, melhorando a qualidade de vida dos cidadãos, por uma melhor gestão da saúde, com medidas assertivas da política do medicamento, rigor na avaliação económica dos gastos, cuja meta será a procura da eficiência e da melhoria da taxa de crescimento, necessárias para assegurar a manutenção e a sustentabilidade do SNS.

Sem promoção da prevenção da doença e investimento na educação para a saúde, não conseguimos economizar na saúde.

(*) Prof.Doutora na Faculdade de Medicina do Porto



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:45
link do post | comentar | favorito
|

Sou alguém que não encontras por aí...

ANAGRACIOSA

Por: Ana Graciosa

 

Quem...

 

Sou alguém que não encontras por aí... Sim, pode dizer-se que sou diferente,
Sou alguém que não se entrega facilmente... Mas se me entregar, certamente será para sempre...
"Todos" julgam que me conhecem... mas, no fundo, não me "mostro" a ninguém...
Vivemos num Mundo de máscaras... Sim, também tenho a minha... 
Não mudo a mando de ninguém... Só mudarei por alguém que mereça a pena e que eu queira,
Sou uma empática por natureza... E moldo-me a feitios,
No fundo, tudo o que quero é viver sem barreiras, paz, sossego, tranquilidade e tudo a que tenho direito, o que tantas vezes, é tão fácil e tão difícil... Quero ser eu própria...
Sorrir sem medos, poder dizer que sou Feliz... 

Vivo a lutar para esse dia chegar e nunca mais acabar...
E, aos poucos assim o faço... Não... Não sou eu a mudar...
Transformo-me perante a vida e os momentos.
Às vezes posso ser incógnita e fria como um iceberg... Outros...
Muitos só vêem a parte que está à "tona de água",
Nunca abri o coração, jamais demonstrei a minha verdadeira alma... O meu verdadeiro ser...
São raros os que realmente me conhecem... E mesmo assim, não completamente... 

Os que conhecem o que sou,  assim o quiseram e fizeram para que isso fosse possível ...

Não sou de agradar... Sou o que sou e não vou mudar, por nada e jamais por ninguém.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:30
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 23 de Setembro de 2017
...

Jantar Santarém - 23 Setembro

 

Amanhã, dia 23 de Setembro, pelas 20H00, Pedro Santana Lopes estará presente no Jantar de Candidatura de Ricardo Gonçalves, no CNEMA, em Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 00:28
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
NERSANT em Marrocos a promover o Ribatejo e as suas empresas
A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, ciente das oportunidades de negócio para as empresas portuguesas, volta apostar no mercado marroquino. Vai realizar uma ação promocional do Ribatejo e da sua oferta empresarial entre os dias 13 e 16 de novembro.

Há vários anos focada no apoio à internacionalização das empresas do Ribatejo para o mercado marroquino, a NERSANT volta a organizar em novembro uma mostra promocional em Casablanca.

Esta ação promocional realiza-se entre os dias 13 e 16 de novembro e irá contar com o apoio, entre outras entidades, da Câmara do Comércio, Indústria e Serviços de Portugal em Marrocos. A mostra terá um carácter multissetorial, e nela serão apresentadas, junto de contatos institucionais e empresas locais, as potencialidades da região do Ribatejo bem como as suas empresas.

O evento realiza-se no âmbito do Export Intelligence, projeto de apoio à internacionalização de empresas que a associação está a dinamizar. Este projeto, apoiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do SIAC, tenciona alavancar o aumento das exportações da região para o mercado de Marrocos, atrair investimento para o Ribatejo e apresentar o potencial da região e do seu tecido empresarial.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:20
link do post | comentar | favorito
|

MASTODONTE no Teatro Sá da Bandeira

 

 

O espectáculo MASTODONTE, que estreou no Teatro Nacional D. Maria II em outubro de 2016, chega dia 30 de setembro, pelas 21h30, ao palco do Teatro Sá da Bandeira para uma apresentação única em Santarém.

 

Um espectáculo em 3 atos de Óscar Silva e Ricardo B. Marques que escreve livremente a partir da ópera Tannhäuser de Wagner, bem como da peça Minetti de Thomas Bernhard. Nestas referências encontramos como personagens principais um ator envelhecido no fim da sua vida, em Minetti, e em Tannhäuser um cantor que hesita entre o divino e o mortal. Em MASTODONTE, a coincidência destes personagens acontece no intérprete Óscar Silva que, retomando Minetti, refaz o seu percurso como se este pudesse ter novamente um corpo jovem e lhe fosse permitido voltar a jogar com toda a experiência que o tempo lhe possibilitou. Da ópera importa a utopia e o sonho, a projeção poética que Tannhäuser coloca no seu conflito entre céu e terra.

 

Esta peça interpretada por Óscar Silva e Ágata Pinho é sobre a insatisfação de um homem-ator que quer sempre mais um personagem. A figura central de MASTODONTE é um ator que olha para o seu trabalho enquanto fala com a sua musa, interpretada por Ágata Pinho, uma hipótese de mulher ideal que o escuta e interpela.

 

Nos projetos em que Óscar Silva e Ricardo B. Marques trabalham juntos existe sempre um elemento comum a todos eles, a demarcação do tempo concreto e presente do teatro. Em MASTODONTE esta construção é feita através da sistematização da linguagem. Todo esse universo é trazido ao presente através da palavra do intérprete, numa relação com a composição sonora, manipulada em tempo real por Cristian Vogel.

 

A lotação é limitada, as reservas são feitas através do email tsbgeral@gmail.com ou do número 243 309 460. Os bilhetes estarão à venda na bilheteira do Teatro Sá da Bandeira uma hora antes do espetáculo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:57
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017
ATLETISMO DE PONTÉVEL RECEBE INSCRIÇÕES

 

Competitividade e rigor marcam o trabalho da secção de Atletismo da Casa do Povo de Pontével.

 

A época 2017/2018 está mesmo a começar e para quem quer obter resultados de excelência ou para aqueles que simplesmente querem praticar desporto numa associação que junta vitórias a desportivismo, a secção de Atletismo da Casa do Povo de Pontével, pode ser o melhor lugar para se estrear na modalidade ou retomar os treinos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:17
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18

23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Dávida de Sangue e/ou Tip...

NOITE DE FADOS EM VALE DA...

Polo Aquático da Viver Sa...

Quinta da Cardiga na Gole...

Magia do Natal traz Conce...

QUINTA DO BILL: Festa dos...

Câmara de Santarém realiz...

PROGRAMA DE APOIO À FAMÍL...

AVISAN recebe mostras de ...

Caminho de Santiago passa...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds