NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009
Santarém: À espera na urgência do hospital sem comer nem beber

Esteve dez horas sem ambulância

Uma mulher de 65 anos, com uma deficiência muscular profunda, esperou quase dez horas por uma ambulância que a transportasse a casa, em Santana do Mato, Coruche. Durante esse tempo, Miquelina Bernardino esteve esquecida numa maca no corredor das Urgências do Hospital de Santarém sem fazer as necessidades fisiológicas, sem alimentação, água ou atenção.

 

"Ninguém merece aquilo que ela passou", disse ao CM Maria Custódia, amiga que a acompanhou na madrugada em que se sentiu mal com uma dor no peito, terça--feira, dia 13.

Miquelina começou por ir ao Centro de Saúde de Coruche, de onde foi enviada para Santarém. Após ser assistida, Miquelina recebeu alta, por volta das cinco da madrugada, altura em que Maria Custódia se dirigiu ao guichê para pedir nova ambulância, uma vez que a deficiência da amiga a impede de ser transportada de carro. A funcionária deu-lhe o contacto dos Bombeiros de Coruche, a corporação da área de residência e que a tinha levado ao hospital.

Quando telefonou, disseram--lhe que só começavam a fazer esse serviço a partir das 08h30, e que "tínhamos que esperar porque só vinham a Santarém quando tivessem um serviço na zona, para aproveitar a viagem", acrescenta Maria Custódia, indignada.

Sem poder estar perto de Miquelina, por se encontrar no corredor das Urgências, a mulher telefonou várias vezes durante a manhã para os Bombeiros de Coruche, de onde lhe foram respondendo que a ambulância "estava a chegar". E chegou, mas só às 14h45.

O comandante dos Bombeiros de Coruche, Rafael Rodrigues, lamenta o sucedido, mas esclarece que o facto de o centro de saúde de Coruche estar em obras e não aceitar urgências obriga a corporação a fazer mais serviços de grande distância para Santarém. "Temos de dar prioridade às situações de socorro urgente, o que implica que os casos de simples transporte tenham muitas vezes que esperar."

fonte: http://www.correiomanha.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:03
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Santarém assinala Dia Int...

Projeto Escola com Livros

Prémio de Música “Carlos ...

Sorteio de 41 hortas urba...

Valter Hugo Mãe terça-fei...

NERSANT apresenta Vale In...

Escola Superior de Despor...

AGENDA DE DEZEMBRO RECHEA...

PS/Entroncamento: Orçamen...

800 trabalhadores da regi...

arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

VISITANTES ONLINE (Colocado em 10-11-2015

contador de visitas para blog
subscrever feeds