NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
...

Moita Flores: “não fui eu que chamei a Polícia Judiciária”

O presidente da Câmara Municipal de Santarém Francisco Moita Flores disse que não esteve na origem da investigação judicial que está em curso sobre a transferência de verbas para o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), no âmbito das negociações entre a Câmara de Santarém, a Estradas de Portugal e o CNEMA.
“Não apresentei qualquer participação contra ninguém, fui confrontado com uma busca da Polícia Judiciária três semanas depois de ter chegado à Câmara em 2001 e nem sequer conhecia os elementos da brigada,” disse Moita Flores na sessão de Câmara na segunda-feira passada. “Há ali um negócio mal contado de terrenos, hipotecas e terrenos, entre a Câmara Municipal de Santarém e o Cnema, e quando me apercebi da situação disse que não iremos pagar nada ao Cnema enquanto não houver uma decisão judicial”, adiantou o presidente Moita Flores.
O caso foi trazido à discussão pelo vereador João Leite que considera a existência do processo judicial a prova de que “houve gestão danosa e incompetente e despesas duvidosas, sim, mas do PS quando esteve à frente da Câmara”. João Leite acusou assim as críticas do novo presidente da Comissão Política do PS de Santarém na entrevista ao jornal O Ribatejo da semana passada.
O vereador do PS António Carmo advertiu o dirigente da Juventude Social-democrata da gravidade das acusações que proferiu, atendendo que “o processo judicial está em segredo de justiça e, por isso, é muito grave dizer que houve gestão danosa”. O vereador socialista sublinhou a importância da obra da Rua O, que ainda hoje permanece como única circular urbana na cidade e acesso à Ponte Salgueiro Maia, via importantíssima para Santarém e o País, sendo urgente construir uma nova circular urbana”.
Moita Flores respondeu que se sentiu insultado por alguns elementos do PSA de Santarém na Assembleia Municipal em 2001, por causa deste processo do Cnema/Rua O. O presidente da Câmara recordou ter respondido que não iria transferir qualquer verba para o Cnema enquanto não houver uma decisão judicial. “Só falei agora porque há uma mistificação, alguém no interior do processo quer atribuir culpas ao Governo de então que não tem nada a ver com as contas da Câmara e do Cnema”, disse Moita Flores. O presidente adiantou que “não estão em causa as virtudes do Cnema e da Rua O, mas uma manobra de fundo para tentar envolver pessoas que não meteram prego nem estopa neste processo”. Para Moita Flores, “esta moscambilha ainda pode fazer com que se tenha de devolver o dinheiro ao Estado”, razão porque “a Câmara se constituiu como assistente no processo judicial”.
Recorde-se que o ex-ministro do Equipamento Social Jorge Coelho e o ex-secretário de Estado das Obras Públicas Luís Parreirão foram ouvidos na semana passada pelas autoridades na investigação judicial à transferência de verbas para o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém.
Segundo a Lusa, os dois ex-governantes foram ouvidos pelas autoridades num caso que remonta a 2001, no âmbito das negociações entre a Câmara de Santarém, a Estradas de Portugal e o CNEMA. Em comunicado enviado à agência Lusa, o ex-governante Jorge Coelho rejeitou “qualquer ligação a esta questão”, minimizando o seu papel nas negociações que decorreram.
A investigação, que já motivou buscas da Polícia Judiciária na CAP e na Câmara de Santarém, está relacionada com alegadas verbas que a autarquia, na ocasião liderada pelo socialista José Miguel Noras, deveria ter transferido para o CNEMA para ajudar a consolidar o passivo da sociedade, que tinha várias dívidas devido à construção do equipamento. De acordo com a CAP, a autarquia vendeu em 2001 por cerca de 4,5 milhões de euros um terreno ao Estado para a construção da actual via circular de Santarém, com o compromisso de que essa verba iria ser canalizada para regularizar as contas do CNEMA.
No entanto, o ex-presidente da Câmara de Santarém, José Miguel Noras – que também já foi ouvido pelas autoridades -, negou então a existência desse compromisso, considerando que as verbas da Estradas de Portugal se destinavam à autarquia.

http://www.oribatejo.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:55
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

TAGUS promove acções de v...

Câmara de Azambuja aprovo...

Ministro da Educação inau...

Concerto Solidário de ...

Estudo europeu alerta: Po...

Campanha “Calendário Soli...

Apresentação do Livro "O ...

Cinco Dias Seis Artistas/...

NERSANT explica o que mud...

Águas do Ribatejo inaugur...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds