NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 2 de Março de 2010
SANTAREM-Comemorações do Dia Mundial da Poesia e do Teatro em Santarém

Comemorações do Dia Mundial da Poesia e do Teatro em Santarém
Horas de Poesia


A mãe de todas as artes merece desde 1999 um dia só seu e de ano para ano assiste-se a um despertar crescente de oportunidades para abrir ouvidos e coração à magia das palavras. Uma vez no ano, a poesia salta dos livros para a praça pública para se acercar do cidadão comum.
Santarém vai comemorar o Dia Mundial da Poesia (21 de Março), no dia 20 de  Março, com uma série de actividades abertas ao público.
Entre as 12 e as 17 horas, o W Shopping recebe áudio menus de Patrícia Portela, ou seja, peças radiofónicas para acompanhar as refeições.
O espectador comensal leva para a mesa uma história (15 minutos aproximadamente), escolhida a partir de um menu que enche o prato auditivo e pensatório. Os temas vão desde a ciência ao conhecimento geral, passando pela civilização e como sobreviver em diversas situações do quotidiano até diários, literatura de autores queridos, ou simples dicas de como sobreviver, para grandes fugas, para a auto-ajuda, auto-estima ou como impressionar o patrão…
Os áudio menus  também vão estar no Teatro Sá da Bandeira, às 21 horas.
Ainda neste dia, a  poesia vai ter o Sá da Bandeira como “casa” para a iniciativa “A Poesia das Palavras”, promovida pelos grupos de teatro e pelos poetas do concelho de Santarém.
A partir das 21h30, amantes da poesia vão juntar-se à volta de uma chávena de café, entretecendo palavras rimadas ou sem rima, embaladas pelas vozes dos Scalabitanos.
Depois será a vez de “Portugal de Poetas” pelo Centro Dramático Bernardo Santareno que apresenta excertos de um espectáculo poético que reúne poesia e música com um repertório composto por textos líricos, alguns musicados, de autores portugueses.
Dia Mundial do Teatro
A 27 de Março celebra-se o Dia Mundial do Teatro. Por todo o país são várias as actividades e espectáculos que assinalam especialmente a data. E Santarém, não é excepção.  De 20 a 28 de Março, a cidade apresenta um cardápio extenso de actividades para assinalar a data.
As comemorações têm início com uma a inauguração de uma exposição de fotografias sobre o espectáculo  “Segue-me”, encenada pelo Teatrinho de Santarém, às 11h30, no  W Shopping.  A exposição fotográfica é da autoria de Luca Businari e vai estar patente ao público até ao dia 1 de Abril.
Também no dia 20, realiza-se no Teatro Sá da Bandeira, entre as 15 e as 17 horas, um atelier de expressão dramática pelo Teatrinho de Santarém.
Este atelier lúdico pedagógico destina-se a todas as crianças interessadas e utentes da Fundação Luísa Andaluz, Lar de Sto. António e Lar dos Rapazes, com idades compreendias entre os 8 e os 12. Inscrições gratuitas, prévias, até ao dia 17 de Março, no Teatro Sá da Bandeira, pelo telefone 243 309 460 (máximo de 15 participantes).
“Vê Bem por onde andas”, é o nome do espectáculo que a Cena Aberta – Companhia Teatral de Santarém em colaboração com Terras do Tejo – Grupo Juvenil de Acção Cultural vai levar às 15 horas, aos jardins de infância de Abitureiras ( dia 22 de Março), de Azóia de Baixo (23 de Março) e da Várzea (24 de Março).
Neste animação, as crianças vão aprender algumas regras, nomeadamente como atravessar a estrada,  assim como conhecer os sinais de trânsito e como viajar em segurança.
As comemorações prosseguem no dia 23, às 10h30, com a peça “Totó e Babá no Mundo das Cores” pelo Teatro Fantasia da APPACDM, para o Jardim de Infância e Escola EB1 do Vale de Santarém e Sociedade Recreativa Operária do Vale de Santarém.
O texto é de Fernanda Narciso e a adaptação e encenação de Pedro Marcos. A  interpretação vai estar a cargo de Ana Silva, Bruno Leitão, Gonçalo Heitor, Isabel Oliveira, Luís Marques, Rogério Lopes, Vera Godinho e Paulo Cotrim.
 
Natureza, Galileu, música e poesia
no Teatro Sá da Bandeira
Ainda no dia 23, os alunos da disciplina de Educação Ambiental da Universidade da Terceira Idade de Santarém – UTIS, sobem ao palco do Teatro Sá da Bandeira, às 15 horas, com a peça “Tribunal da Natureza”. Nesta peça da autoria de Emília Daniel e com encenação colectiva, animais e plantas vão reunir-se no “Tribunal da Natureza”  acusando o Homem de maltratar o ambiente, ao violar os Direitos da Terra. O Juiz dirá de sua justiça qual a condenação, para que se possa viver num mundo melhor. Entrada livre com prioridade aos alunos da UTIS.
E, no dia 24, para as escolas que participam no projecto “A Escola vai ao Teatro” lançado pela autarquia local há  Galileu, às 14 horas, n Teatro Sá da Bandeira, pelo Centro Dramático Bernardo Santareno.
Galileu, já no fim da sua vida, idoso, doente, conta a um amigo alguns dos episódios mais marcantes da sua vida. No decorrer de um fim de tarde, o diálogo surge como uma aventura científica, cujas experiências culminarão com as observações dos confins do Universo, através do telescópio, talvez a maior das inovações de Galileu. Mas nem tudo na sua vida foram rosas…
Através de imagens reais do sistema solar projectadas durante o espectáculo, o público será convidado a uma viagem ao passado que se projecta no imaginário fantástico do futuro, a exploração do espaço. Os bilhetes custam 5 euros.
Não falte também à iniciativa, “Uma 4ª de café”,  no dia 24. Às 21h30, no Bar Galeria do Teatro Sá da Bandeira terá lugar um café-concerto (música, teatro e poesia) pelos Grupos de Teatro do Concelho.
Para sensibilizar os mais novos para a importância da água para a vida, VETO Teatro Oficina, apresenta mais uma vez a peça “A Água também se Lava”, no dia 25 de Março, às 10 horas, no palco do Círculo Cultural Scalabitano.  Da
Autoria de Filomena Pereira, encenação de Nuno Domingos e produção Círculo Cultural Scalabitano, este espectáculo é apoiado pelas Águas de Santarém. Interpretação: Ana Gargaté, António Júlio e Bruno Alves. Prioridade para as escolas inscritas.
Os palcos do Teatro
No dia 26 de Março, às 21h30, o Bar Galeria do Teatro Sá da Bandeira recebe “É a Cultura, pá!”. Um painel  subordinada ao tema “Os palcos do Teatro, em Santarém” com  a presença de Rui Lopes, Sara Gabriel, Rui Sérgio, Célia Barroca, Nuno Domingos e Berta Pereira. O painel vai ser moderado por Nelson Ferrão.
Também no Teatro Sá da Bandeira, no dia sábado, dia 27 de Março ( Dia Mundial do Teatro), o Grupo  An!mal traz a cena “O gajo”, às 16 horas, da autoria de Miguel Ramos Leal. Encenação: An!mal |Elenco: Filipa G., Inês G., Raquel G., Mariana G., Beatriz G., Andreia G., Solange G., Luís G. e Joana G. (Classificação) M14 (Preço) Entrada livre condicionada à lotação da sala.
Sinopse:
Quem será o gajo? Alguém sabe? Alguém viu o gajo?
Dizem que ele anda por aí... Também há quem diga que as coisas não estão fáceis para o gajo... Até se diz que o gajo é procurado pela polícia... Será mesmo?
Enfim, há muita gente a dizer muitas coisas...
Mas isso até é normal...ou nem por isso?
E à semelhança de todos os anos, às 21h30, os grupos de teatro do Concelho vão ler a mensagem do Dia Mundial do Teatro, às 21h30, à qual se segue a peça “Die Mimusen – Alemanha”, às 21h45, no Teatro Sá da Bandeira.
Algures entre Buster Keaton e Mr. Bean, entre a mímica e o humor físico, os “Mimusen” perseguem-se mutuamente a uma velocidade vertiginosa pelo palco. Este duo de actores da Alemanha apresenta em palco um espectáculo de uma mestria e beleza inquestionáveis. Excêntricos e afáveis, com inteligência e humor poético e um timing perfeito, Klaus Franz e Marc Bockemühl apresentam uma nova forma de comédia visual em palco. O seu trabalho relembra o tempo dos filmes mudos dos ruidosos anos 20. (Classificação) M6 (Preço) 5 euros.
As comemorações do Dia Mundial do Teatro culminam no dia 28 de Março, com a peça “Segue-me”  pelo Teatrinho de Santarém, às 16 horas, também no Sá da Bandeira.
Um  espectáculo pluridisciplinar que apresenta teatro físico, de marionetas e luz negra. (Classificação) M4 (Preço) 1 euro.
CURIOSIDADE:
Sabia que o Teatro foi uma manifestação cultural criada pela Civilização da Antiga Grécia?
O Teatro nasceu em Atenas, associado ao culto de Dionísio, deus do vinho e das festividades.
As representações teatrais tinham lugar em recintos ao ar livre, construídos para o efeito. Os teatros gregos tinham tão boas condições que os espectadores podiam ouvir e ver, à distância, tudo o que se passava na cena, mesmo tratando-se de uma assistência muito numerosa. Isso devia-se, por um lado, ao facto de as bancadas se abrirem em leque sobre a encosta de uma colina e, por outro lado, a diversos artifícios utilizados em cena.
Os actores usavam trajes de cores vivas e sapatos muito altos para ficarem com uma estatura imponente. Cobriam o rosto com máscaras que serviam quer para ampliar o som da voz, quer para tornar mais visível à distância, a expressão do personagem.
Um aspecto curioso é que, em cada peça, só existiam três actores, todos do sexo masculino. Cada um deles tinha que desempenhar vários papéis, incluindo os das personagens femininas. A representação dos actores, que actuavam na cena, era acompanhada pelos comentários do coro, que se movimentava na orquestra, juntamente com os músicos.
Havia dois géneros de representações: a tragédia e comédia.
As tragédias eram peças ou representações que pretendiam levar os espectadores a reflectirem nos valores e no sentido da existência humana.
As comédias eram, por sua vez, peças de crítica social que retratavam figuras e acontecimentos da sociedade da época, ridicularizando defeitos e limitações da actuação dos homens, provocando o riso na assistência.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:35
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Câmara de Santarém aceita...

Aproveite o que Santarém ...

NERSANT de novo em Moçamb...

SUINICULTORES EM CONGRES...

Biblioteca de Azambuja ex...

Maestro Victor Mendes hom...

PEDRO MESQUITA LOPES É O ...

Loja do Cidadão de Santar...

Grande Prémio José Maduro...

Jovens millennials prefer...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds