NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 4 de Março de 2010
BENAVENTE-PLENÁRIO DE AUTARCAS

 (SAUDE NO MUNICÍPIO – SITUAÇÃO GRAVE) – DIA 11 DE MARÇO – 20.30 HORAS – CINE-TEATRO DE BENAVENTE:
Logo após a última reunião de Câmara, o Presidente e o restante executivo conciliaram agendas e agendaram o Plenário de Autarcas para o Dia 11 de Março, às 20.30 horas, no Cine-Teatro de Benavente.
O Presidente tinha proposto este Plenário dado o agravamento das condições na prestação dos cuidados de saúde neste Município. E a proposta foi de imediato aprovada por unanimidade.
“È efectivamente necessário existir uma Comissão Permanente e Transversal aos órgãos autárquicos que permita enquadrar e fazer uma avaliação permanente da situação, bem como ouvir eventuais propostas de medidas que possam aliviar o sofrimento dos muitos utentes sem médico de família”, disse.
 
Recordamos o assunto:
 
Serviço de Atendimento Permanente de Benavente (SAP) diz que não tem médico nenhum e manda os doentes para a porta dos bombeiros. “É inacreditável”.
 
Na última reunião de Câmara, o executivo camarário aprovou, por unanimidade, a proposta do Presidente de marcação de um Plenário com todos os eleitos, para discutir e encontrar formas de resolução dos problemas de saúde que atingem neste momento o Município de forma tão grave.
 
A situação tomou outras proporções quando, na passada sexta-feira, o Presidente da Câmara Municipal recebeu um fax da Associação Humanitária dos Bombeiros de Benavente informando que: “desde as 8 horas da manhã de hoje, não há médico nas urgências, situação que se tem vindo a repartir sistematicamente.
 
Esta situação está a ser resolvida pelos funcionários do SAP, remetendo os utentes para a porta do nosso Quartel, indicando que esta Instituição lhes resolverá o problema.
 
Esta situação não está correcta por parte do SAP, que empurra assim a responsabilidade para cima dos Bombeiros de Benavente para efectuar o transporte para o Hospital de V.F.X, serviço esse que os Bombeiros não conseguem posteriormente cobrar ao Serviço Nacional de Saúde”.
 
O Presidente tomou conhecimento que isto já tinha ocorrido mais vezes com a leitura deste fax que lhe chegou na sexta-feira.
Nesta reunião leu o fax e colocou em cima da mesa a proposta, aprovada por unanimidade: “Vamos reforçar junto dos Presidentes das Juntas de Freguesias para que nos enviem um diagnóstico da situação vivida em cada uma das Freguesias, reflectindo assim o sentimento das populações. Entretanto já chegaram os contributos de Samora Correia e Santo Estêvão, sendo que em Santo Estêvão há agora falta de uma médica por estar doente, e que não teve substituto. O Centro de Saúde não tinha médicos para fazer deslocar e efectuarem as respectivas consultas. Não sabemos quanto tempo Santo Estêvão e Foros de Almada vão ficar sem médico. É certo que a isto acresce a dificuldade nos transportes públicos, e só há transportes públicos porque há transportes escolares, porque quando há férias escolares, as pessoas ou vêm de carro ou de táxi”.
O Presidente propôs ainda aprofundar melhor esta questão mencionada no fax com a Associação Humanitária de Bombeiros de Benavente e enviar a informação à Ministra da Saúde, como aditamento ao pedido de reunião. “É importante que a Ministra entenda as razões porque estamos a insistir sobre esta matéria. “Este ofício é exemplar do estado das coisas neste Concelho no que se refere à saúde. Se não fosse a existência de uma Unidade de Saúde Familiar em Samora Correia, nós estaríamos numa desgraça completa. É esta unidade de Samora Correia que ainda vai resolvendo uma parte dos problemas de saúde no nosso Município, o resto é muito grave”.
 
.
Após estarem compilados todos dados das freguesias, a intenção é então marcar um Plenário com todos os eleitos, ou seja, chamar todos para encontrar caminhos que ajudem à resolução dos problemas gravíssimos que a nossa população está a sofrer. Este é um problema sentido por toda a população e por isso gostaria que todos pudessem participar”, pediu.
O Presidente lembrou que os movimentos populares espontâneos podem vir a surgir mas, “com todo o respeito e compreensão que estes merecem, deve ainda ser o diálogo com os seus representantes, a vontade de estarem a par das situações e representarem-nas condignamente junto de quem pode e deve tomar decisões, que deve prevalecer. Mas o tempo está a esgotar-se e é necessário encontrar as melhores vias para a solução deste problema, daí a marcação deste Plenário.
 
A juntar a este cenário encontra-se ainda o facto da extensão do Centro de Saúde no Porto Alto ter encerrado e na Barrosa só serem prestados cuidados de enfermagem.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Recordamos:
Após o pedido de marcação de reunião com o Presidente da ARS, ao qual nunca respondeu, a Câmara Municipal pediu uma audiência à Ministra da Saúde e continua à espera da resposta.
 
A Câmara Municipal de Benavente tem mostrado, nas reuniões de Câmara e junto da Comunicação Social, a sua grande preocupação pelo mau funcionamento do SAP (Serviço de Atendimento Permanente) de Benavente, porquanto “os médicos contratados pela Santa Casa da Misericórdia vêem-se confrontados, desde o início do mês de Outubro, com uma extensa lista de espera e alguns ameaçam abandonar o serviço.
 
Foi inicialmente pedida uma reunião ao Presidente da ARS de Santarém, com carácter urgente, mas que nunca foi marcada por este responsável. Não restou outra solução à Câmara que contactar com o Gabinete da Ministra da Saúde para lhe pedir uma audiência e lhe transmitir a urgência de se encontrar uma solução para esta e outras questões, caso contrário teremos que usar outros direitos que temos para reivindicarmos os cuidados mínimos a que temos direito. 
A ARS tem que apurar o que se passa neste “Serviço de Atendimento”, no turno do dia, porque os doentes acabam por recorrer sempre aos médicos da noite, contratados pela Santa Casa da Misericórdia desde há 10 anos (ao abrigo do protocolo com a ARS). Um médico chega para o turno da noite e tem já 20 doentes inscritos, é gente que não tem médico de família, gente que tem filhos que aparecem com sintomas gripais e estamos numa época complicada. Os médicos denunciam os seus contratos porque não conseguem trabalhar com esta carga de trabalho”, disse o Presidente, acrescentando ainda que a recentemente criada “Unidade Básica de Emergência Médica”, em Coruche, vem tornar mais claro o grave problema que temos pela frente. “Num eixo onde vivem 50 mil pessoas (Marinhais, Salvaterra, Benavente, Samora Correia…) onde já existem médicos de família, apesar de haver muitas faltas, e que se tenha criado, irracionalmente, uma Unidade onde foram afectos médicos e meios de diagnóstico, mas que servem apenas 19 mil habitantes. Isto não fez sentido, e não nos conseguem convencer que alguém de Benavente, ou de Samora, ou do Porto Alto se desloque para esta Unidade. Irão sim entupir as urgências já sobrecarregadas dos Hospitais: de Santarém ou de Vila Franca de Xira. Isto é irracional e não pode ser visto como uma tentativa de fazer as pessoas deslocarem-se para Coruche porque não têm médico aqui. Não posso acreditar que seja assim”, concluiu.

                                                                                O Presidente da Câmara Municipal
 
 
                                                                                          (António José Ganhão) 
 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:19
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

O tempo carrega em si a s...

TAGUS promove acções de v...

Câmara de Azambuja aprovo...

Ministro da Educação inau...

Concerto Solidário de ...

Estudo europeu alerta: Po...

Campanha “Calendário Soli...

Apresentação do Livro "O ...

Cinco Dias Seis Artistas/...

NERSANT explica o que mud...

arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds