NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 20 de Abril de 2010
ARTIGO DE OPINIÃO-Um Presidente da República ao vivo e a cores

Gosto dos que não agradam a gregos e a troianos. Dos que são irreverentes, insubmissos, ingovernáveis, indomesticáveis, irredutíveis, inconformistas, incorruptíveis. Dos que fazem o seu próprio destino. Dos que fazem opções de risco pela convicção de que estão certas. Dos que interpretam a força do tempo e sabem quando resistir e quando agir. Gosto dos que se agigantam frente à pequenez do cinzentismo instituído. Quero um Presidente que conheça a minha história, a dos meus avós, a dos meus pais, a dos meus filhos e a dos meus netos, porque carrega no peito a alma da História do meu País. Quero um Presidente que me faça lembrar a diáspora. Quero um Presidente que se orgulhe da minha Pátria e que seja a Pátria de todos. Um que me leve até à coragem dos nossos heróis, à musicalidade dos nossos poetas, à aventura das caravelas com que demos mundos ao mundo. Quero um Presidente que presenteie esta gente do meu País com uma magistratura de influência em prol das minorias, dos desafortunados, dos obrigados ao silêncio, prostrados à desesperança. Quero um Presidente em que a palavra rime com alma e rasgos de peito e coração. Quero um Presidente que transporte as cores do arco-íris e me faça esquecer o cinzentismo da tecnocracia militante. O meu País precisa de Luz. O meu País vive a preto e branco com demasiado cinzento. O meu País só vê a sombra, a penumbra, a escuridão. O meu País suplica tons de luminosidade e sons de musicalidade. O meu País exige um homem que capte a razão e lhe dê a mais-valia da emoção. O meu País quer um homem sem disciplina partidária. O meu País quer um homem que conheça apenas o apelo da sua própria consciência. O meu País pede um cidadão com predisposição para golpes de asa. O meu País demanda um cidadão que não escolheu atalhos para se impor na política e que foi pela estoicidade do seu caminho minado e armadilhado, por entre vielas e ruas estreitas reivindicando a imputabilidade dos seus próprios ideais. O meu País quer um cidadão que enfrentou o ostracismo dos seus pares em nome do imperativo Liberdade. E que recolha acólitos de todas as cores. O meu País quer um cidadão investido com a armadura feita da malha dos princípios e dos valores por que se luta na vida. O meu País quer um cidadão que lhe devolva a esperança. Que se tenha feito a ele mesmo um projecto de esperança. E é porque gosto de homens assim. E porque quero um Presidente assim. E porque devo ao meu País um cidadão assim. Que voto Manuel Alegre. Quero acordar de manhã e ter a certeza de que “Mesmo na noite mais triste em tempo de servidão há sempre alguém que resiste há sempre alguém que diz não.” Por Anabela Melão



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:57
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Doçaria portuguesa reunid...

TEMAS DE SAÚDE: O médico ...

A tempo de não cair no c...

Opcional

Quando a doença vence...

Ato de Instalação da Asse...

NERSANT apoia empreendedo...

ATENEU ARTÍSTICO CARTAXEN...

XXII FESTIVAL DE FOLCLORE...

15.º FESTIVAL DE FOLCLORE...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds