NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 5 de Julho de 2010
CHIP, Não-obrigado.

 O chip tal como era proposta do governo, morreu. Começou por ser, nos primórdios, destinado a controlar de forma quase total, a vida de qualquer automobilista. Foi nessa altura apelidado pelo PSD de “Big Brother” rodoviário. Desde essa altura tem conhecido uma série de facetas: a mais recente e que esteve em discussão na AR na semana que passou, era que tinha que ser obrigatório para quem tivesse ou comprasse um veículo. O partido socialista exigia depois que fosse obrigatório para quem utilizasse as vias SCUT que se pretendem portajar.

Decorridas as negociações, ficou assente que o CHIP deixa de ser obrigatório para quem compre ou possua veículo, mesmo para quem circule nas vias SCUT. Algumas considerações a este respeito:

Nada nos move contra a tecnologia ou o seu uso, mas há que salvaguardar valores fundamentais como o sejam a privacidade e confidencialidade. A questão do chip de matricula intensificou-se nesta fase porque se lembrou o governo que teria que portajar agora as vias SCUT, num processo atabalhoado e que tinha neste processo do chip a resposta à pergunta “como” se deverão cobrar as portagens.

Graças ao PSD, os portugueses têm agora 4 formas de fazer esse pagamento. Repare-se que terão mais alternativas de pagamento que nas tradicionais auto-estradas. Desde logo a habitual tecnologia Via-Verde, o dito chip (não-obrigatório) ou seja por opção do condutor, o pré-pago (género telemóvel pré-pago) e o pós-pago (o automobilista tem a possibilidade de efectuar o pagamento 5 dias após a passagem em qualquer mutibanco, sem quaisquer custos adicionais).

Serão estas as alternativas de pagamento nas vias SCUT. E porquê esta diferença relativamente às auto-estradas tradicionais? Porque as vias não foram concebidas de inicio para ser portajadas como tradicionais auto-estradas, estando condicionadas no seu traçado à aplicação de cabines de portagem.  É inviável a montagem deste tipo de equipamentos em troços onde há nós e ramais de entrada e de saída sucessivos, sem espaço ou condições actualmente para que isso aconteça. Daí que a solução encontrada seja a instalação de pórticos que suportem tecnologia electrónica que permita a identificação do veículo à sua passagem e a cobrança desse valor.

A mãe das SCUT foi o PS (Eng.ºGuterres) mas as filhas do monstro (700 Milhões de euros) estão aí para os portugueses pagarem. Esta ideia socialista de que tudo pode ser grátis conduziu vários sectores do Estado a este descalabro. Não há auto-estradas grátis, como não há tantas outras coisas ditas “grátis” com que nos pretendem iludir. É simples, pagamos todos.

Sobre as SCUT, o PSD alertou desde o inicio para este modelo desprendido de realidade que seriam estas vias “grátis”. Agora a trapalhada está aí, e esta próxima semana será dedicada a desenrolar esse novelo. O panorama rodoviário português tem muito mais que se lhe diga para além das SCUT. Voltaremos a este tema mais tarde, certa de que a discussão que for tida das SCUT em muito irá repercutir na forma como no futuro se irão encarar o desenvolvimento destes projectos de investimento.

Esta semana ficámos pelos chips, que de obrigatórios passaram a ser por pedido! As decisões fazem-se de compromissos e entendimentos, pelo menos nesse aspecto, a existência de uma maioria parlamentar diversa do governo, tem feito perceber ao partido socialista que o diálogo e o compromisso devem ter um lugar na democracia portuguesa.

Por: Carina Oliveira, Deputada do PSD



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:26
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Atendimento Jurista da DE...

Agrupamento de Escuteiros...

Maioria PS na Câmara Muni...

Tribunal de Contas aprova...

Órgãos Municipais do Conc...

Todos nós temos uma histó...

QUERER VIVER!

Recordações

Osteoporose

Tecfresh’17 – Feira Tecno...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds