NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Domingo, 10 de Agosto de 2014
CULTURA AVIEIRA: O Projeto dos Avieiros

 Por: Lurdes Véstia (*)

 

Dentro do campo de ação do PROVERE/QREN (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos) foi apresentado, em janeiro de 2009, um projeto de investimento à CCDR do Alentejo, por um consórcio constituído por 39 entidades, que tem por base a cultura Avieira do Tejo. Esta apresentação foi antecedida de um período de maturação que se iniciou em 2006 e teve início numa ideia de desenvolvimento e de cooperação que agregou duas instituições: a AIDIA- Associação Independente para o Desenvolvimento Integrado de Alpiarça e o Instituto Politécnico de Santarém (IPS). Mais tarde ligaram-se ao projeto várias entidades individuais e Instituições de todo o país.

A proposta de investimento prevê: criar a primeira Rota Turística do Tejo, com base na cultura dos Avieiros; recuperar aldeias Avieiras; construir aldeamentos turísticos; promover a investigação sobre a viabilidade dos recursos do rio; e dinamizar um eixo fundamental para o desenvolvimento económico regional, com base no rio Tejo.

O objetivo principal é o de integrar várias atividades económicas tendo por base a cultura Avieira tagana. Com esta intenção de investimento prevê-se que o Tejo e toda a zona ribeirinha, desde o grande estuário até à Golegã, mudem o atual aspeto. O consórcio, liderado pelo IPS, integra empresas e investidores individuais, Câmaras Municipais, Universidades, Institutos Politécnicos, Paróquias, Associações para o Desenvolvimento e uma Associação empresarial.

 

“Quem se muda, Deus o ajuda” Ditado popular

 

Quem são os Avieiros

 

A escassez de trabalho e a falta de recursos económicos, em determinadas regiões do país propiciou, ao longo da história, registar em Portugal diversos movimentos migratórios internos que levaram as populações a deslocarem-se temporária ou definitivamente para outra região em busca de melhores condições de vida. Durante anos alguns grupos socioprofissionais viram-se obrigados muitas vezes à mendicidade. É o caso dos pescadores da região norte que, em grande parte, ganhavam a sobrevivência diariamente e viam-se obrigados a esmolar quando o temporal os impedia de pescar por algum tempo.

Esta situação de miséria cíclica aliada à escassez do pescado pelas múltiplas conjunturas da época parece ter sido um dos muitos fatores para uma emigração sucessiva da população marítima.

Numa fase embrionária as migrações de pescadores oriundos do litoral norte tiveram lugar apenas durante o Inverno, época em que fugiam da inclemência do mar e da concorrência dos arrastões espanhóis, em direção aos Vales do Tejo e Sado, procurando a subsistência nos locais que sempre atraíram populações em busca de melhores condições de vida.

Um dos movimentos migratórios mais importantes no país foi o dos pescadores oriundos das praias que se estendem de Espinho a Vieira de Leiria. Estes grupos de pescadores, que ficaram conhecidos por Murtoseiros (Murtosa), Ovarinos (Ovar), Vareiros ou Varinos (Aveiro, Ílhavo) e Avieiros (Vieira de Leiria), vinham desde a região da pesca por xávega até às margens tranquilas e férteis dos rios Tejo e Sado, deslocando-se de barco, diligências, comboio, carroças e muitos a pé.

A migração pendular dos Avieiros para as regiões da Borda d´Água ficou a dever-se principalmente à necessidade de abonarem melhores condições de vida para si e para os seus.

Pelas investigações já produzidas conclui-se que a grande massa migratória de pescadores para o Tejo corresponde á década de 1860/1869, em particular com maior incidência no ano de 1860.

Com o fim das campanhas do sável, lampreia, robalo e enguia, os Avieiros regressavam à Praia da Vieira, mas a fraca subsistência garantida pelo mar durante o Estio, fazia-os tornar cada vez com mais frequência ao rio Tejo e talvez por isso, no seu livro Avieiros, Alves Redol os alcunhe de “ciganos do rio” quem sabe por esta situação de nomadismo e precariedade a que eles estiveram sujeitos durante anos.

As dificuldades encontradas, quer pelas tarefas no rio quer pela vida cheia de complicações, exigiram sempre dos pescadores Avieiros e dos seus familiares uma dedicação total ao rio e à faina. Esta existência difícil substanciou-se na formação de comunidades muito fechadas, com costumes e formas de vida próprios, diferentes e estranhos para as comunidades já estabelecidas na Borda d´Água. Estas comunidades estavam, claramente, apartadas como consequência de vários aspetos essenciais como a religiosidade, o folclore, as crenças, entre outras.

 

(*) Mestre em Educação Social

 

Todos os domingos uma crónica assinada por Lurdes Véstia sobre a temática da “Cultura Avieira



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2012
ALMEIRIM: “Águas do Ribatejo” nem sempre presta os melhores serviços

 A empresa inter-municipal ‘Águas do Ribatejo’ nem sempre presta os melhores serviços, quer aos seus clientes quer aos utentes.

Faz cortes nas estradas para arranjar as condutas retirando o alcatrão para depois de arranjado o respectivo serviço não repor o que foi retirado ficando assim no local profundos buracos que com a chuva tornam-se perigosos para os automobilistas para além de não estarem devidamente sinalizados;

omite quase durante cinco anos dos consumidores que a água que fornece e vende contêm arsénio acima do permitido como foi o caso despoletado recentemente em Alpiarça.

Isto é não servir em condições os seus clientes e muitos menos ter qualquer consideração pelos munícipes para além de colocar a saúde dos mesmos em perigo.

Um mau serviço que a Águas do Ribatejo’ está a prestar e que contraria a publicidade que tem vindo a fazer ultimamente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 31 de Maio de 2011
ALMEIRIM - Algumas pequenas, mas abismais, diferenças entre “almeirantes” e “alpiarcenses”

 

Muitos alpiarcenses ainda se devem lembrar de há muitos anos atrás os proprietários dos restaurantes de Almeirim deslocarem-se a Alpiarça para comprar o “enchido alpiarcense” para ser utilizado na famosa “Sopa de Pedra” de Almeirim.

 

Aos sábados podíamos ver os “almeirantes” nos talhos do Mercado Municipal (quando o mercado estava sempre cheio) a levarem “sacadas de enchido” para depois irmos à vizinha Vila (hoje cidade) de Almeirim comer uma “Sopa de Pedra” cujos visitantes, vindos em excursões desconheciam que o enchido que comiam era de Alpiarça.

 

Hoje Almeirim já não precisa do “enchido de Alpiarça” (que já não existe) porque tem o seu próprio enchido: por acaso até já se encontra certificado;

 

Hoje Almeirim tem Adegas Cooperativas todas bem implantadas no mercado onde o seu vinho até pode ser encontrado nos “quatro cantos do mundo” e até consegue ter uma adega localizada no Concelho de Alpiarça (Gouxa) mas apoiada pela Câmara de Almeirim;

 

Hoje Almeirim tem um impressionante “Nó Rodoviário” e Alpiarça continua com as estradas cheias de buracos ou tapados com “pingos de Alcatrão”;

 

Hoje Almeirim tem a sua “Sopa de Pedra” e o seu “Enchido de Almeirim”, para continuar com um sólido desenvolvimento quer sócio-culturais quer em termos de desenvolvimento industrial e comercial;

 

 

 

Hoje Almeirim, também é conhecida pela terra do “Melão de Almeirim”, mesmo não o produzindo e a “terra talhada para o melão” nem certificado tem o “Melão de Alpiarça”;

 

Hoje Almeirim continua a receber diariamente centenas de alpiarcenses onde gastam o seu dinheiro no comércio local e onde dezenas de alpiarcenses têm o seu emprego garantido;

 

Hoje Almeirim está em vias de ser uma das “Sete Maravilhas da Gastronomia de Portugal” por causa da sua “Sopa de Pedra”;

 

Hoje Almeirim tem muitas coisas boas e algumas más porque ninguém consegue construir uma sociedade justa;

 

E hoje a “Cidade de Almeirim” continua a ser a “Cidade de Almeirim” para a vizinha Alpiarça continuar a ser o “Bastião do Comunismo”.

 

A dúvida que continua a existir é: saber se vale a pena hipotecar o futuro de Alpiarça e da sua juventude por causa do marasmo em que se encontra ou por ser o “bastião do comunismo”.

 

Talvez o problema esteja nos alpiarcenses que continuam por não conseguir encontrar a pessoa certa para o lugar certo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:34
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Maio de 2011
ALMEIRIM - UMA CENTENA DE CRIANÇAS DO MUNICÍPIO DE ALMEIRIM APRENDEM PROCESSO DE TRATAMENTO DE “ESGOTOS”

Alunos do Pré-Escolar de Paços dos Negros, Raposa, Fazendas de Almeirim e Marianos, visitam ETAR ALMEIRIM/ALPIARÇA 

 

 

A ETAR DE ALMEIRIM/ALPIARÇA recebeu esta manhã uma centena de crianças das escolas do Pré-Escolar de Paços dos Negros, Raposa, Fazendas de Almeirim e Marianos. Os alunos, com idades entre os 3 e os 6 anos, tiveram oportunidade de conhecer a estação que foi reabilitada recentemente e onde estão a  ser tratadas as águas residuais dos locais onde vivem e de outros dos concelhos de Almeirim e Alpiarça. A curiosidade foi mais do que muita perante as explicações da técnica da ÁGUAS DO RIBATEJO que acompanhou a visita.

Na ETAR, que funciona com uma sistema de lagoas descobertas, existem várias espécies de aves que se têm reproduzido nos últimos meses conferindo uma maior biodiversidade ao espaço de 18 hectares inserido próximo do Paul da Goucha, uma das jóias paisagísticas da região.

Estas visitas inserem-se no plano de sensibilização ambiental que a ÁGUAS DO RIBATEJO desenvolve em parceria com os municípios, agrupamentos de escolas e Associação Ambientalista Quercus.

As crianças demonstram interesse em conhecer  percurso dos “esgotos” desde que saem das suas casas ou escolas até serem canalizados para o rio.

“Não sabia que quando faço aquilo na sanita, bem parar aqui”, referiu André, um dos participantes na visita. “Podemos tomar banho naquela praia?”, questionou Joana, apontando para uma das “enormes” lagoas da ETAR.

As obras do sistema intermunicipal ALMEIRIM/ALPIARÇA custaram mais de 4,2 milhões de euros (68 % financiado pela União Europeia) e foram realizadas durante um ano. O Sistema Intermunicipal entrou em funcionamento de forma progressiva ao longo do primeiro trimestre de 2011. Com a entrada em funcionamento deste sistema, as águas residuais são tratadas, sendo encaminhadas posteriormente para o rio, livres de fontes poluentes. 

O passo seguinte é a sensibilização de todas as indústrias, explorações agrícolas e outras actividades que não têm tratamento de águas residuais para procederem às ligações à rede de saneamento. A Administração Hidrográfica do Tejo (ARH-TEJO) será rigorosa na fiscalização de eventuais incumprimentos. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:46
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011
ALPIARÇA -"Carta Aberta" à Sra. Governadora Civil de Santarém e ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alpiarça
 
Sra. Governadora Civil de Santarém e Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alpiarça, sei que devem estar ainda abalados pela noite eleitoral, mas venho lhes enviar esta carta na qualidade de munícipe do Casalinho e por estar muito descontente pela actuação da GNR aqui pelo concelho.
Gostaria que a Sra. Governadora, da próxima vez que andar a visitar os quartéis da GNR e falasse com os comandantes, que lhes apelasse ao bom senso e que mais importante do que andarem a passar multas por transgressões sem qualquer gravidade como aconteceu recentemente comigo ou andarem a confiscar pinhas aos desgraçados que não têm o que comer, que se preocupassem mais com a segurança e que andassem atentos aos roubos de material agrícola e urbano que não para de acontecer.
Em relação ao Sr. Presidente da Câmara que visse que a segurança também é em relação aos particulares e muito tempo antes de andarem a roubar tampas de esgoto, já andavam a roubar coisas do campo e das residências particulares
É que ser governadora civil, não é só passear e andar nos croquetes. Também convém defender o interesse e segurança da população do distrito. Eu sei bem que não foi o povo que a elegeu para o cargo, mas faça lá esse favor, está bem?
Já no caso do Sr. Presidente, o povo elegeu-o e convém andar mais atento e nem sempre assumir que o que lhe dizem ao ouvido corresponde à verdade. Veja bem a equipa que o rodeia e conclua se está bem servido porque senão nas próximas eleições pode ter algum dissabor.
P.C.


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:22
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
ALPIARÇA - INVESTIMENTO DE 1,7 MILHÕES DE EUROS CRIA RESERVAS DE ABASTECIMENTO EM ALMEIRIM E ALPIARÇA

 

Na área do abastecimento de água, estão em fase de conclusão as obras nos sistemas de abastecimento de Alpiarça e Fazendas de Almeirim/Frade de Cima. A intervenção custou 1,7 milhões de euros e incluiu os novos reservatórios de Alpiarça, Casalinho, Fazendas de Almeirim e Paço dos Negros; os sistemas elevatórios e cerca de 20 km de conduta adutora.

A ÁGUAS DO RIBATEJO prevê que esta obra fique pronta até ao final de Dezembro, com excepção do reservatório de Paço dos Negros cuja conclusão está dependente do desvio de uma linha de energia eléctrica por parte da EDP, prevendo-se a conclusão da obra dois meses após a concretização do desvio.

Com estas intervenções será  possível garantir uma melhoria significativa na qualidade dos sistemas de abastecimento de água de Almeirim e Alpiarça.  O número de roturas será reduzido e a capacidade de reserva dos depósitos aumenta de forma significativa garantindo o abastecimento quando existem avarias ou anomalias no sistema.

As obras em fase de finalização nos municípios de Almeirim e Alpiarça inserem-se num plano de investimento de 131 milhões de euros que a ÁGUAS DO RIBATEJO prevê realizar nos sete municípios accionistas da empresa após a entrada de Torres Novas onde irão ser investidos 30 milhões de Euros. 

As intervenções em curso empregam mais de duas centenas de trabalhadores e estão a dar um contributo importante para o desenvolvimento económico das localidades onde decorrem os trabalhos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:50
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
ALPIARÇA - ÁGUAS DO RIBATEJO,DECO E QUERCUS PROMOVEM SEMINÁRIO SOBRE USO RACIONAL DA ÁGUA

No âmbito do plano de educação/sensibilização ambiental que a ÁGUAS DO RIBATEJO está a desenvolver nos seis municípios onde intervém, estamos a organizar um Seminário sobre Consumo Racional de Água dirigido aos alunos e professores das Universidades Seniores de Almeirim e Alpiarça no dia 26 de Novembro (sexta-feira) às 15h00, no Cine-Teatro de Almeirim.

 

Os oradores convidados são:

 

Engª Ana Rita Antunes, coordenadora do projecto nacional ECOCASA e dirigente da Associação Ambientalista QUERCUS que abordará as “Estratégias para racionalização dos consumos”

 

Dra. Sofia Antunes, jurista da DECO que irá abordar questões de ordem jurídica na prestação de serviços de abastecimento de água e tratamento de águas residuais e a importância da poupança da água por razões económicas .

 

Engª José António Moura de Campos, Director-geral da ÁGUAS DO RIBATEJO que fará uma apresentação da empresa e dos investimentos a realizar na região numa abordagem sobre as vantagens de um sistema intermunicipal.

 

Presidentes das Câmaras Municipais de Almeirim e Alpiarça, Dr. José Sousa Gomes e Dr. Mário Pereira com testemunhos enquanto autarcas que representam dois municípios “accionistas” da ÁGUAS DO RIBATEJO.

 

O guião do seminário é o seguinte:

 

15h00 Actuação do Coro da Universidade Sénior de Almeirim 

 

15h15 Abertura do seminário pelos representantes da Universidade Sénior de Almeirim (USAL) e da ASAL

 

15h30 Intervenção dos representantes das Câmaras Municipais de Almeirim e Alpiarça

 

15h55 Intervenção do representante da ÁGUAS DO RIBATEJO

 

16h10 Intervenção do representante da Associação Ambientalista QUERCUS

 

16h25 Intervenção do representante da Associação de Defesa do Consumidor DECO

 

16h40 Debate com colocação de questões por parte dos alunos e professores aos oradores na mesa



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:42
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 26 de Outubro de 2010
RIO MAIOR - Fundo de Emergência

No âmbito da decisão do Conselho de Ministros, e da selecção de municípios do distrito de Santarém, afectados pelas intempéries de 23 de Dezembro de 2009, com a intervenção do Governo Civil de Santarém, no sentido da obtenção de uma maior abrangência territorial das medidas de apoio através do Fundo de Emergência, foram assinados, para já, "Contratos-programa", com os concelhos de Rio Maior e Alpiarça.
No dia 21 de Outubro de 2010, foi assinado o "Contrato-programa" de Rio Maior, para a reparação de pontões e caminhos municipais, no montante total de 674 mil euros, comparticipado em 60%, no valor de 404 mil euros.
No dia 25 de Outubro de 2010, foi assinado o "Contrato-programa" de Alpiarça, para a reparação de caminhos municipais, no montante total de 737 mil euros, comparticipado em 60%, no valor 442 mil euros.
O Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, esteve presente nestas duas cerimónias.
Na primeira sessão esteve presente o Adjunto da Governadora Civil, Rui Carreteiro, e no dia 25, a Governadora Civil, Sónia Sanfona.

«GI/GCS)



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:22
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010
SANTAREM - Assunção Cristas questiona o ministro das Finanças

Por: Tiago Leite *

A deputada do CDS-PP Assunção Cristas exigiu esta quinta-feira explicações ao ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, sobre o aumento de capital do BPN noticiado na imprensa, questionando quanto é que irá pesar no bolso dos contribuintes.
"Segundo a comunicação social, 4600 milhões de euros estão já comprometidos no BPN, correspondente a quase metade do défice do próximo ano, uma grandeza muito relevante e que pode ser muito pesada no bolso dos contribuintes", frisou.
Assunção Cristas disse que irá questionar Teixeira dos Santos sobre esta matéria quando o ministro apresentar o Orçamento do Estado para 2011 na Comissão de Orçamento e Finanças.
"Fazer um aumento de capital de 400 milhões de euros, para depois vender por 180 ME, que é o que está em cima da mesa na proposta do Governo, do ponto de vista da racionalidade económica não fará muito sentido", argumentou.
Assunção Cristas disse que é preciso saber "quem é que vai arcar com o passivo do BPN", considerando que "é cada vez menos credível que o Estado e os contribuintes não tenham nada a pagar".
"É preciso saber quando e como os buracos do BPN vão aparecer nas contas públicas, ao nível da dívida ou ao nível do défice", defendeu.
A deputada disse ainda que vai requerer a audição do presidente da Caixa Geral de Depósitos, Faria de Oliveira, no Parlamento para "questionar o papel da Caixa" neste processo.
"O que vemos são empresas por todo o lado com imensa dificuldade em aceder ao financiamento, a precisar de crédito para laborar e a CGD a não conseguir cobrir essas situações mas a conseguir 400 milhões de euros para fazer um aumento de capital no BPN", criticou.

* Presidente da Concelhia de Alpiarça do CDS



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:13
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010
ALMEIRIM - “JSD Almeirim nas Escolas” arrancou este semana na EB23 Febo Moniz

Na Sequência da volta nacional às Escolas organizada pela JSD Nacional, que esteve na Escola Secundária Marquesa da Alorna, a JSD Almeirim iniciou também a usa Volta ás Escolas do concelho de Almeirim.

Na passada Sexta-Feira, dia 15 de Outubro, a JSD Almeirim estive à porta da Escola Básica de Febo Moniz, onde distribuiu panfletos e material escolar aos jovens estudantes.

A JSD Almeirim acredita que os é preciso mudar a forma como a politica é feita e a sua imagem na sociedade e considera que os estudantes têm de ser elucidados sobre o que é a politica, tentando assim desenvolver junto da juventude do concelho acções de formação politica e cívica .

A adesão por parte dos jovens estudantes foi bastante positiva, o que deixa este grupo bastante motivado para discutir e chegar cada vez mais perto dos jovens do concelho de Almeirim.

As próximas paragens da JSD Almeirim será na Escola Secundária Marquesa da Alorna e na Escola Básica 2,3 de Fazendas de Almeirim assim como também iram realizar uma visita ao Agrupamento de escolas José Relvas em Alpiarça, como iniciativa de arranque a JSD Alpiarça.

O calendário da Volta às Escolas da JSD Almeirim é o seguinte:

19/11/2010 – Escola Secundária Marquesa de Alorna
10/12/2010 – Escola Básica EB 2,3 de Fazendas de Almeirim
4/2/2011 – Agrupamento de Escolas José Relvas – Alpiarça



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:15
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010
A Associação de Regantes de Almeirim e Alpiarça em bom ritmo

A Associação de Regantes de Almeirim e Alpiarça, que visa aproveitar as águas do Tejo e da Vala para regas está a andar em bom ritmo. Está previsto para breve a divulgação das fichas de adesão para esta iniciativa.

 Iniciativa esta que ultrapassou todas as expectativas pela enorme adesão que está a ter por parte dos interessados

Por: Pedro Miguel Ribeiro

 (Colaborador do NR)



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:46
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010
Águas do Ribatejo quer uma total transparência nos resultados das análises da água que consumimos

 

 Mesmo que os resultados das análises levados a efeito pela Águas do Ribatejo não sejam divulgados nas facturas, por uma questão de espaço, as análises obedecem a dezenas de parâmetros.

Segundo nos informou Águas do Ribatejo é «politica da empresa informar nas facturas se houver não conformidades com valores alterados que possam colocar em causa a segurança de água». Contudo, «todas as análises são divulgadas junto da Entidade Reguladora (ERSAR)» e publicitados no sítio da empresa no item (http://www.aguasdoribatejo.com) “Qualidade”.

Para que os consumidores possam consumir água com confiança, adiantou-nos ainda a empresa que os resultados são «divulgados nos sítios dos municípios e afixados em lugares públicos em cada um dos concelhos»

Sempre que solicitado disponibiliza ainda a Águas do Ribatejo todos os «resultados numa politica de total transparência». Em breve serão disponibilizados os resultados do terceiro trimestre.

Recorde-se que fazem parte da Águas do Ribatejo, os municípios de: Alpiarça, Almeirim, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos

Por: António Centeio (Editor)



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:37
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010
ÁGUAS DO RIBATEJO REALIZA OPERAÇÕES DE LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO DE 60 RESERVATÓRIOS DE ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO

A Águas do Ribatejo informa que procedeu à operação anual de limpeza e higienização dos reservatórios de abastecimento de água nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos. A operação foi efectuada por uma empresa certificada para o efeito com legitimidade para emitir certificados de limpeza.

No total dos 60 reservatórios submetidos a intervenção de limpeza e higienização 18 foram limpos em período nocturno, nas grandes concentrações urbanas, por forma a minimizar impactos na população abastecidas por esses reservatórios. Por concelho, foram limpos e higienizados os seguintes reservatórios:

- Alpiarça: 5;

- Almeirim: 8;

- Coruche: 15;

- Benavente: 9;

- Chamusca: 13

- Salvaterra de Magos: 10

O volume total dos reservatórios submetidos à intervenção de limpeza e higienização correspondente a cerca de 20 milhões de litros de água (19.440.000 litros), com a seguinte distribuição por município:

- Alpiarça: 1.545.000 litros;

- Almeirim: 2.230.000 litros;

- Coruche: 5.665.000 litros;

- Benavente: 2.975.000 litros;

- Chamusca: 3.875.000 litros;

- Salvaterra de Magos: 3.150.000 litros;

Refira-se que no Município de Benavente não foram incluídos 6 reservatórios dos sistemas de Benavente e Samora Correia, cuja limpeza está incluída na empreitada de reabilitação a decorrer actualmente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:14
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010
ALPIARÇA - REGIÃO DE TURISMO DO RIBATEJO

 

Rosa do Céu, então presidente da Câmara Municipal de Alpiarça e Veiga Maltez, presidente da autarquia da Golegã eram acérrimos críticos quanto à inoperância da Região de Turismo do Ribatejo (RTR) coordenada por Carlos Abreu e Armindo Pinhão cujos responsáveis pouco ou nada faziam pela divulgação do Ribatejo, excepto o Festival de Gastronomia e algumas deslocações ao estrangeiro representando oficialmente o órgão de que faziam parte e pouco mais.

Na altura havia a possibilidade de Rosa do Céu vir assumir a responsabilidade da RTR pelo interesse que demonstrava em divulgar o Ribatejo  contando para o efeito com o apoio, ou a aprovação, de Veiga Maltez e outros autarcas socialistas.

 Por ironia do destino a RTR acabou e em seu lugar surgiu a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo (ETLVT) cujo presidente é Rosa do Céu e entidade substituiu para todos os efeitos a RTR.

No espaço intermédio apareceu a conhecida Rota do Vinho e do Touro, cujas placas publicitárias se encontram a cada “esquina” de entroncamentos, cruzamentos e entradas das localidades.

O interesse de divulgar esta “Rota” para se sobrepor à RTR era tão grande que o

então Governador Civil de Santarém. Paulo Fonseca afirmava no jornal regional (jornal ABARCA-2006): «A Rota do Vinho foi criada há alguns anos e pretende fazer a interligação entre as empresas, os produtores de vinho, os restaurantes, que foi criada no distrito de Santarém à semelhança de outras regiões. O Ribatejo, tal como o Douro, o Alentejo ou qualquer outra região do país, tem vinhos de marcas boas e menos boas e têm que ter um lugar no mercado. Um lugar no consciente ou subconsciente do consumidor que quando se senta à mesa de um restaurante, em geral, nunca pede um vinho do Ribatejo. Mas temos que defender o nosso lugar em termos de promoção, divulgação e consumo de alguns dos nossos vinhos. O grupo de trabalho, criado a partir do Governo Civil, tem o objectivo de reflectir sobre a dificuldade de penetrar no mercado e, sobretudo, no subconsciente do consumidor, para garantir um reforço na quota de mercado que actualmente existe»

A ideia não era das piores. Mas uma coisa é certa: A RTR acabou para ser substituída pela ETLVT e a “Rota do Vinho e do Touro” continua a ser desconhecida do «subconsciente do consumidor» para existir apenas as placas que se podem ver nas estradas anunciando algo para continuarmos por saber: o que é, o que faz e onde está e qual a divulgação que têm feito, quer em termos internos como internacionalmente.

Talvez se tenha “esfumado” mesmo que Veiga Maltez tenha criado uma pequena rota, que intitulou de «”rota do cavalo, do touro e do vinho” que se deveria estender-se aos concelhos limítrofes.» A iniciativa não parece ter tido grande adesão.

Se a RTR pouco ou nada divulgava os produtos da região a Rota do Vinho pouco mais faz como a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo que apenas tem vindo a apoiar eventos para poucos eventos levar a efeito, porquanto até é difícil encontrar uma pequenas brochura publicitária sobre a ementa regional como dos locais a visitar

Afinal a inoperância que existia na RTR continua na “Rota do Vinho e do Touro” porque pouca ou nenhuma divulgação tem.

A.C.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:18
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010
ALMEIRIM - ARMAZÉM CENTRAL DA ÁGUAS DO RIBATEJO ESTÁ A SER INSTALADO NA ZONA INDUSTRIAL DE ALMEIRIM
A empresa intermunicipal ÁGUAS DO RIBATEJO está a instalar o seu Armazém Central num pavilhão localizado na Zona Industrial de Almeirim, Lote 52 (em frente ao centro de inspecção automóvel). O espaço com 800 m2, está dotado de vários equipamentos e infraestruturas que permitem a carga e descarga de peças, estruturas e equipamentos. O investimento que a empresa está a fazer visa criar condições que permitam ter em stock um conjunto de equipamentos, peças e produtos imprescindíveis para o bom funcionamento dos sistemas de abastecimento de água e tratamento de águas residuais. O pavilhão garante o armazenamento em condições de segurança e seguindo as normas legais em vigor. A escolha da cidade de Almeirim prende-se com a localização estratégica, uma vez que a ÁGUAS DO RIBATEJO opera em seis municípios dispersos (Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos) e com uma área territorial de mais de 3000 km2. Almeirim está num ponto central e é servida por uma rede viária que permite um acesso fácil e rápido ao novo Armazém Central.


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:35
link do post | comentar | favorito
|

O Escolhido

Um jovem com destino traçado… Duas mortes numa fria noite em Lisboa provoca a luta contra as forças do Mal… Romance original que mescla fantasia, factos da História de Portugal com lendas e mitos do Norte da Europa, mitos antigos e segredos da ciência oculta, sob a pena de um jovem da cidade guardiã do Tejo, Santarém. Criadas pela lendária Deusa, Seis Chaves de Cristal com um poder avassalador e segredos ocultos só serão descobertos pel’O Escolhido que se faz acompanhar, nesta sua demanda, por Gama, descendente de herói nacional. Num mundo de mistérios e perigos iniciamos uma aventura por Lisboa, Paris e o Mar do Norte, numa junção entre o Mundo dos Humanus e o Mundo Incantatus, onde se reúnem fantasia e horror, Bem e Mal, magia e feitiçaria… embrenhando-nos numa trama verdadeiramente fantástica. Uma luta sem tréguas contra as forças do Mal... Samuel Pimenta, com 10 anos começou a escrever em prosa, com 13 em poesia e com 14 aventurou-se no texto dramático. Tem como referências poetas e escritores como Fernando Pessoa e heterónimos, Luís de Camões, Almeida Garrett, Florbela Espanca, Miguel Torga, Paulo Coelho, Eça de Queirós, J. K. Rowling, Sophia de Mello Breyner Andresen, Hermann Hesse, Erasmo de Roterdão, José Saramago, Eugénia Frazão… entre muitos outros. Para além das colaborações que fez em jornais escolares, também viu alguns poemas e textos seus publicados em jornais regionais. É beneficiário da Sociedade Portuguesa de Autores desde Fevereiro de 2006. Em Junho de 2007, viu-se classificado em 2.º lugar num concurso de escrita realizado no âmbito da inauguração da Biblioteca Municipal Dr. Hermínio Duarte Paciência, em Alpiarça. Actualmente, estuda na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, integrando o curso de Ciências da Comunicação. Para além da escrita dedica-se, também, ao Reiki. Encontra-se, presentemente, a trabalhar no segundo volume da Trilogia Heros, O Escolhido. «http://jn.sapo.pt/blogs/babel/archive/2010/09/19/o-escolhido.aspx»



publicado por Noticias do Ribatejo às 04:30
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
CARTAXO -Vale D’algares na trienal do vale do tejo
Vale D’ Algares, em Vila Chã de Ourique (Cartaxo), vai participar na Trienal do Vale do Tejo 2010, promovida pela nada na manga – associação, de 18 de Setembro a 10 de Outubro deste ano, em diversas casas agrícolas situadas ao longo do rio Tejo, na lezíria ribatejana. Artistas expõem obras contemporâneas em seis quintas e adegas da região do Tejo O evento consiste da criação de um circuito cultural através da instalação de 18 obras de arte de 19 autores contemporâneos em vinhas e adegas da região do Tejo, realização de núcleos de exposição temporários, workshops e seminários, em simultâneo com a organização de banquetes vínicos, provas e performances gastronómicas. A selecção dos artistas reúne nomes de prestígio internacional a par de jovens emergentes no universo das artes plásticas nacional e estrangeiro: Adolfo Schlosser, Arnaud Zeln El Dein, Carlos Noronha Feio, Joana Vasconcelos, Kader Atia, Lizi Sanchez, Marcelo Cidade, Mariana Silva, Miguel Palma, Nicolas Boulard, Rodrigo Oliveira, Per Barthley, Dougo Fitch, Mimi Oka, Yael Bartana, Maarten Baas, Samuel Rama, Adel Addessemed e Sofia Leitão. Além de Vale D’Algares - onde as obras de Joana Vasconcelos e Nicolas Boulard estarão expostas de segunda a sexta-feira, das 10 às 13 horas e das 14 às 17 horas, e Sábados e Domingos, das 15h às 18 horas - mais cinco casas agrícolas vão integrar este acontecimento, repartido por cinco concelhos do distrito de Santarém: Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo e Salvaterra de Magos. Com esta trienal, os organizadores aproveitam o período em que as vinhas estão repletas de uvas prontas a serem transformadas em vinho para promover, através da arte, a herança cultural de uma região famosa pela sua gastronomia e vitivinicultura. A iniciativa servirá também para captar um segmento turístico apreciador de experiências artísticas multissensoriais, ou simplesmente de arte e boa mesa, promover comercialmente os vinhos regionais e gerar novas oportunidades de negócio numa zona actualmente afectada por dificuldades económicas. Ao encontro não faltarão chefs convidados para valorizar a sua componente culinária, nem os produtores, que se juntarão a enólogos e jornalistas do meio vitivinícola nacional e internacional, convidados para conhecerem este divulgarem o evento. «Rádio Cidade de Tomar»


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:58
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 1 de Junho de 2010
SANTAREM-Jerónimo de Sousa, Secretário – Geral do PCP, no distrito de Santarém

Sábado, 5 de Junho -

 

 Mação Almoço-Convívio No Pavilhão de Festas de Penhascoso

 

A partir das 12,30h -

 

Alpiarça Festa Popular a partir das 12,30h, no Parque do Carril Animação com o Grupo de tocadores de concertina do Couço Espectáculo com Samuel Comício com Jerónimo de Sousa, às 17 horas

Terça, 8 de Junho

 

- Entroncamento Visita à EMEF, a partir das 14,30h Encontro com a população, a partir das 17,30h, Junto à Estação

 

Quinta, 10 de Junho -

 

Santarém Visita à Feira Nacional da Agricultura, a partir das 16h.

 

 Integram a delegação do PCP que visita a Feira, a convite da organização: António Filipe e Agostinho Lopes, Deputados do PCP na Assembleia da República; João Ferreira, Deputado do PCP no Parlamento Europeu; Octávio Augusto e João Frazão, da Comissão Política do Comité Central

 

A DORSA do PCP



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:08
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Maio de 2010
ALMEIRIM- Candidatura de Fernando Nobre
No próximo dia 20 de Maio terá lugar na Biblioteca Municipal de Almeirim, a partir das 21.00h, a reunião promovida pela Comissão Distrital de apoio à candidatura de Fernando Nobre aberta a todos os que queiram estar presentes e esclarecer dúvidas acerca desta candidatura. Estarão presentes alguns elementos da Comissão Distrital e voluntários do concelho de Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Coruche, Benavente e Salvaterra de Magos com o objectivo de estruturar a presença desta candidatura nestes concelhos. Para qualquer esclarecimento adicional. Tlm – 910 730 894, (Carlos Seixas Pires), ou Email : comunicacao@fernandonobre-santarem.org, ou www.fernandonobre-santarem.org


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:53
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 4 de Maio de 2010
SANTAREM-II Encontro Vespáguias de Alpiarça
O “VESPÁGUIAS DE ALPIARÇA”, secção do Clube Desportivo “Os Águias”, com o apoio da Câmara de Santarém realiza nos dias 15 e 16 de Maio, na Quinta de S. José, em Alpiarça, dois passeios, um pelo concelho de Alpiarça e outro pelo de Santarém, com paragem em alguns pontos de interesse turístico, e, também uma visita a uma adega, para promover o vinho da nossa região. O programa deste segundo encontro, contempla no dia 16 (de manhã) um desfile em Santarém com visita ao Jardim Portas do Sol. Na sede do Clube Desportivo Os Águias de Alpiarça vai estar também patente de 8 a 16 Maio, uma exposição alusiva ao tema.


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:38
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010
ALMEIRIM-Secretário de Estado visita hoje Almeirim e Alpiarça
O Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Rui Barreiros desloca-se a Almeirim, hoje sexta-feira, às 9 horas para presidir à Sessão de Abertura das Jornadas Temáticas da Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas (FNOP), no Salão Nobre da Câmara. Logo após, às 9.30,desloca-se à Quinta da Lagoalva de Cima. A Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona acompanha esta deslocação. Marcelo Mendes GI/GCS


publicado por Noticias do Ribatejo às 07:58
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Abril de 2010
...
TRIATLO: José Ribeiro apura-se para o mundial no Hawaii José Mário Ribeiro, único representante do Águias de Alpiarça na terceira etapa do circuito mundial X-Terra, Triatlo em BTT, que decorreu na Figueira da Foz no passado sábado, dia 3, venceu no seu escalão e garantiu lugar para o Mundial X-Terra que se realiza em Novembro no Hawaii, Ilha Maui. Numa prova marcada pela presença maioritária de atletas estrangeiros, muitos dos quais profissionais na modalidade, a prova de foi efectuada em percurso muito sinuoso e técnico, terminando com a corrida no areal da Praia da Figueira. Apesar de não ter ainda recuperado totalmente de um problema contraído num joelho, o atleta do Águias de Alpiarça conseguiu fazer uma excelente prova, com uma recuperação fabulosa, registando o 22.º melhor tempo no BTT e o 19.º na corrida, depois ter saído da natação em 89.º lugar. Graças a esta recuperação, o atleta do Águias, que foi o 5.º português, acabaria no 26.º lugar da geral entre os 148 participantes http://www.jornaltorrejano.pt


publicado por Noticias do Ribatejo às 07:38
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 8 de Abril de 2010
ALPIARÇA-Demonstração de Pesca na Barragem dos Patudos de Alpiarça
A Iª Associação Regional de Pesca Desportiva de Rio, organiza no dia 1 de Maio entre as 15 e as 18 horas na Barragem dos Patudos em Alpiarça uma demonstração de pesca desportiva, para a qual convida os jovens entre os 8 e os 14 anos a participar. O objectivo é dar a conhecer a fauna dos nossos rios, as regras que se devem observar na pesca desportiva, nomeadamente a devolução do peixe à água, as técnicas utilizadas na pesca, para além de proporcionar uma tarde de convívio em contacto com a natureza. As inscrições são gratuitas e não é preciso levar material de pesca. Só é necessário a comparencia no local para poder pescar com alguns dos pescadores mais abilitados do País. Contactos: Rua José Raimundo Ribeiro (Traseiras)– Apartado 158 2304-909 TOMAR • Tel.e Fax 249313923 e-mail: geral@arpd.pt


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:19
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 1 de Abril de 2010
Chamusca-Vale de Cavalos: terra da minha gente!
"Vale de Cavalos, Uma Terra Disputada", de José João Marques Pais. A ler por quem tem paixão por terras ribatejanas. O autor fala do arquivo de algumas cartas do espólio de José Relvas, com “a questão de Vale de Cavalos” abordado em cartas que o proprietário do Solar dos Patudos dirigia à esposa. Quando após José Relvas ocupou o cargo de Chefe do Governo, foi possível anexar a freguesia de Vale de Cavalos ao concelho de Alpiarça, retirando-a do domínio da Chamusca (1919). "A notícia caiu como um trovão entre a população chamusquenha. A partir daí desencadearam todos os mecanismos possíveis para anular esta resolução. No imediato isso não aconteceu e tiveram que esperar até 2 de Setembro de 1926, para, com uma situação política mais favorável, reaverem a freguesia de Vale de Cavalos, o que ocorreu no meio de grandes manifestações de sinal contrário. Em Alpiarça, as águas agitaram-se sob a batuta de José Relvas, tendo ocorrido recontros sangrentos que envolveram trabalhadores de Vale de Cavalos. Por outro lado, no concelho da Chamusca, o tempo era de festa sob a direcção do Dr. Rafael Duque!" - digo eu, para quem o meu avô trabalhou, como capataz - "um dos grandes responsáveis pelo volte-face nas decisões governamentais." Alguns dados menos conhecidos sobre Vale de Cavalos. Terra que foi de D. Sancho I. Era Vila de Rei. Com ela alargou-se o paul e o vale. Em 1379, já se falava de val de cavalos. Consta das partilhas das duas filhas de Pero Esteves do Cazal. A Constança coube Vila de Rei com o val de cavalos, que entra no convento de St.ª Clara, ficando os casais na tutela deste. O casal de val de cavalos tem menção no códice de 1382, com Vila de Rei ainda em sobreposição. Vila de Rei com val de cavalos são emprazados a Fernão Gonçalves Çafom, e dele para os filhos e neto, Álvaro Fernandes de Carvalho, ficando na família até 1462. Confirma-se a mercê de coutada na quintã e paul de Vila de Rei com o infante D. Henrique. Após esse ano, ficam nas mãos do chanceler-mor, conde palatino, presidente da Casa da Suplicação e do conselho do rei, o Doutor Rui Gomes de Alvarenga. Vila de Rei e Val de Cavalos são comprados aos direitos à viúva e mãe dos Carvalho e coube a Fernão de Melo. O morgado não fica nas mãos do seu filho bastardo, mas nas de uma sobrinha do pai, filha de Gomes Soares, o primogénito do Dr. Rui Gomes de Alvarenga, D. Margarida Soares, que casa com o fidalgo castelhano, D. João Alarcón, vindo para Portugal na comitiva de D. Maria de Castela por altura do casamento com D. Manuel I, como filho da aia da rainha. Vila de Rei foi título dos varões primogénitos do casal que assinavam “senhores de Vila de Rei”. Terras que ficam de fora das terras do morgado de Vila de Rei, e ficam emprazadas a rendeiros. Sobrevivendo às vicissitudes políticas - à perda da independência em 1580 e à restauração em 1640 - os senhores de Vila de Rei mantém-nas até que o 8.º dos senhores se passa de livre vontade para Espanha, depois de ser nomeado por D. João IV governador de Ceuta. Circunstância danosa para o nome da família, com o decretamento do arresto dos bens de Vila de Rei e Val de Cavalos. O património foi reivindicado pelo 1.º conde de Avintes, D. Luís de Almeida, em 1658, e foi-lhe reconhecido o direito em 1677, no tempo de D. António, vindo da relação familiar entre aquele e os Soares Alarcão, por linha feminina. O conde de Avintes dá de subrogação parte dos bens do morgado, onde entravam Vila de Rei, o seu paul e Val de Cavalos, pela quantia de 24$000 cruzados. Foi um seu filho e sucessor, André Lopes de Lavre, que celebrou a escritura do contrato de subrogação em 1719, integrando Vila de Rei e Val de Cavalos… Ah! Como o meu avô, Zé Melão, ficaria contente por recordarem a sua terra e dela dizerem tão bem. E com tanta paixão! É ou não uma terra de encantos?! E é a da minha gente! Publicado por Ventur'ana aperscrutadora.blogspot.com


publicado por Noticias do Ribatejo às 06:55
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Março de 2010
ÁGUAS DO RIBATEJO PATROCINA VAMOS LIMPAR PORTUGAL

 

 
No âmbito do seu projecto de sensibilização ambiental a ÁGUAS DO RIBATEJO está a apoiar a iniciativa VAMOS LIMPAR PORTUGAL que no sábado, dia 20 de Março, vai mobilizar centenas de voluntários nos seis municípios que integram a empresa intermunicipal.
Iremos disponibilizar centenas de t-shirt’s e bonés com mensagens que perpetuam o evento aos voluntários que participem nas acções nos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos.
Saudamos os promotores da iniciativa que tem o alto patrocínio do Presidente da República, Governo Civil de Santarém e municípios da região e apelamos à participação dos nossos colaboradores e de todos os munícipes com disponibilidade para construir um futuro melhor. Tem toda a informação sobre o evento disponibilizada no sítio www.limparportugal.org. e nos sítios dos municípios da região.
ÁGUAS DO RIBATEJO. TRATAMOS BEM O AMBIENTE


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:30
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Março de 2010
TOMAR - Convento de Cristo acolheu Parlamento dos Jovens

 

O Convento de Cristo recebeu a Sessão Distrital de Santarém do Parlamento dos Jovens - Secundário, cujo tema foi a "República". Foi aprovado o Projecto de Recomendação a submeter à Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, que irá decorrer nos dias 26 e 27 de Abril na Assembleia da República, e eleitos os deputados que representarão o Círculo Eleitoral do Distrito de Santarém.

 

 

Participaram 52 alunos provenientes de 13 escolas do ensino secundário, tendo sido eleitas três, nomeadamente a Secundária com 3º Ciclo de Alcanena, a Básica 2,3 Ciclos com Ensino Secundário de José Relvas (Alpiarça) e o Colégio São Miguel de Fátima, que irão representar o Círculo Eleitoral de Santarém, cada uma com dois deputados: Duarte Nuno Henriques, Sofia José Pereira, Joana Lucas Calado (eleita Porta-Voz do Círculo Eleitoral), Ricardo André Camacho, Sílvio Mendes Vieira e Joana Rodrigues Guerreiro. Esta sessão contou com a presença da Deputada da Assembleia da República, Anabela Freitas, do Adjunto da Governadora Civil do Distrito de Santarém, Rui Carreteiro, do Presidente da Câmara Municipal de Tomar, Corvelo de Sousa, da Directora do Convento de Cristo, Iria Caetano, do representante da Direcção Regional de Educação de LVT, Rui Lourenço e da Directora Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPJ, Heliana Vilela. No âmbito do Concurso Euroscola, organizado pelo Parlamento Europeu em parceria com o Instituto Português da Juventude, cujo tema desta edição foi "A Luta contra a Pobreza e Exclusão Social", a Escola a representar o distrito de Santarém na Sessão Nacional será o Colégio São Miguel de Fátima. O júri deste concurso foi constituído por Diva Cobra (representante da Câmara Municipal de Tomar), Paulo Granja Breia (representante da Associação canto Firme) e Bruno Neto (representante da OIKOS).

http://www.radiohertz.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 22:06
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 14 de Março de 2010
A CONCELHIA DO PARTIDO SOCIALISTA ESTÁ DIVIDIDA E A FICAR ISOLADA NO DISTRITO

 

 
A Concelhia do Partido Socialista de Alpiarça está a ficar dividida por falta de entendimento como incapaz de confrontar a oposição. A falta de uma liderança e o abandono por parte de quem dava as coordenadas politicas tem vindo a contribuir para que esta concelhia comece a sentir o abandono de alguns militantes e haja um permanente desacordo na discussão de assuntos de interesse para com os socialistas.
Até a retirada brusca de Rosa do Céu por não estar de acordo com as politicas levadas a efeito criou divisões para com os responsáveis da «estratégia local».
Sónia Sanfona pela inépcia de quem esteve a seu lado nas últimas eleições tem-se vindo a distanciar da concelhia. Serve-lhe como argumento o cargo que ocupa e a falta de disponibilidade que tem para poder colaborar com a Concelhia que via neste ex-candidata o sustento.
Não bastasse, até a “distrital” tem vindo a arredar-se desta concelhia, por não conseguir desenvolver-se como oposição e dos desentendimentos internos que chegam aos seu conhecimento de outros militantes que vêem na causa da divisão a teimosia na continuação do movimento cívico “Alpiarça é a Razão” que prejudicou os resultados eleitorais acabando por causar a derrota da candidata que o Partido Socialista sempre acreditou ser possível auferir em Alpiarça.
A acrescentar, a Concelhia do Partido Socialista de Alpiarça começa a ficar isolada das restantes a nível de região. Há quem na estrutura distrital defenda a tese que o “Alpiarça á a Razão” deve ser «pura e simplesmente aniquilado» para ser substituído por “Concelhia do PS” de Alpiarça de forma que deixe de haver confusões.
Este isolamento não deixa de contar com o apoio de socialistas com peso nas decisões na distrital como foi o caso de Sousa Gomes que ignorou a existência da concelhia alpiarcense quando da última iniciativa da “Juventude Socialista” de Almeirim não usando a sua influência para que os socialistas alpiarcenses participassem, sendo Alpiarça um concelho “vizinho”.
A acrescentar a este distanciamento, o coordenador da JS nem sequer focou o interesse dos alpiarcenses para que participassem no encontro levado a efeito. Juntaram-se a este distanciamento Nelson Baltazar e Ascenço Simões com a complacência de Sousa Gomes, na qualidade de Presidente da Concelhia do PS de Almeirim.
Para evitar desentendimento nas hostes socialistas alpiarcenses, de forma a não poder ser acusada de destabilizadora, Sónia Sanfona também não participou no encontro da vizinha cidade, mesmo tendo sido convidada na qualidade de Governadora Civil e responsável pela Protecção Civil.
A fazê-lo, mas não tendo a seu lado quem a apoiou nas últimas eleições autárquicas não fazia sentido estar presente num encontro de socialistas que isolaram e ignoraram a Concelhia do PS de Alpiarça.
Resta aos socialistas nesta “travessia do deserto” e isolamento entenderem-se para que não surjam as possíveis «demissões em vista» dos poucos militantes que são a razão da existência da concelhia.
Militantes estes que até já não conseguem manter qualquer contacto com Rosa do Céu -que se recusa a atendê-los e muito menos a falar com eles. O agora Presidente da Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo foi o “homem forte” que os ajudou imenso na estratégia eleitoral.
Político com responsabilidade na “Concelhia” que nunca conseguiram decidir o quer que fosse sem o “aval de Rosa do Céu. O ex-presidente era o homem que tinha a «palavra final». Viveram sempre à sombra de quem deliberava. A saída de Rosa do Céu e o distanciamento dos “camaradas” locais deixou-os num “mar de lamentações” incapazes de assumir decisões.
De tão perdidos andarem nestas “nortadas” viam a salvação em Rosa do Céu. Alguns ex-vereadores do mandato de Rosa do Céu começaram a incomodar o «homem do turismo» ao ponto deste ter que deixar atender chamadas de quem clamava por ele.
Actualmente Rosa do Céu, pelo que tem vindo a surgir na “local” pouco ou nada se importa com os «maus ventos» que por aqui vão assolando as hostes locais, porque a sua preocupação está voltada para a “Distrital” onde são tomadas decisões de interesse para região mesmo que seja ignorado “concelhias” como a de Alpiarça.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:30
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Março de 2010
Actividade operacional desenvolvida pelo Comando Territorial da GNR de Santarém, no período de 01 a 07 de Março de 2010

 GUARDA NACIONAL REPUBLICANA

ComandoTerritorial deSantarém

Um detido em cumprimento de mandado Judicial;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel.

 Salvaterra de Magos:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por crime de posse e tráfico estupefacientes.

 Santarém:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Rio Maior:

Sete detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel;

Um detido por crime de desobediência qualificada;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Almeirim:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

 Alpiarça:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Ourém:

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

 Ferreira do Zêzere:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Torres Novas:

Um por crime de condução de veículo furtado e posse de arma ilegal;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Alcanena:

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Chamusca:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Golegã:

Um detido por condução ilegal de veículo

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

ALPIARÇA-Selecção Distrital Triunfa e Ricardo Carrilho com bronze no peso na Nave Desportiva

 

 
Ontem realizou-se na Nave Desportiva de Alpiarça o Torneio Inter Associações de Pista Coberta onde a Associação de Santarém foi a brilhante vencedora. Nesta competição foram batidos dois recordes regionais através das atletas Ana Oliveira no salto em comprimento e nos 60 m barr Inic. Fem através de Larissa Vieira. O destaque foi a presença do nosso atleta Ricardo Carrilho em representação da selecção distrital na prova de lançamento do peso e logo com a conquista de um novo recorde pessoal (13,31 m) o que lhe valeu a medalha de bronze.
Foram os seguintes os resultados dos atletas de Santarém:
60 M Inic. Masc.3º Cristian Rosa 7.58
60 M Inic. Fem.2ª Larissa Vieira 8.24
60 M Juv. Masc.1º António Vieira 7.15
60 M Juv. Fem.2ª Inês Bento 8.21
Peso Juv. Fem.1ª Mariana Estevão 11.61
Comprimento Inic. Fem.Ana Oliveira 5.50 (recorde regional)
60 M Barr. Inic. Masc.1º Joel Pereira 8.49
60 M Barr. Inic. Fem.2ª Larissa Vieira 9.20 (recorde regional)
60 M Barr. Juv. Masc.3º Guilherme Pires 8.98
Altura Inic. Masc.2º Joel Pereira 1.73
60 M Barr. Inic. Fem.5ª Mariana Estevão 9.92
Peso Juv. Masc.3º Ricardo Carrilho 13.31
Triplo Juv. Masc.3º Renato Feliciano 13.08
Altura Juv. Fem.1ª Patricia Carreira 1.52

Por: Daniel Leandro


publicado por Noticias do Ribatejo às 10:21
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 6 de Março de 2010
"A dor da gentre não sai no jornal"

Chico Buarque tem uma letra que diz: “a dor da gente não sai no jornal”. Lembrei-me disto após a trágica morte do Leandro que pôs termo à vida após muito tempo de violência na escola (o famoso bullying).

A sua dor deve agora ser a nossa dor, que infelizmente vem nos jornais tarde de mais. A Maddie (que não nos é nada) desapareceu. Parou o país, correu o mundo. O Leandro morreu, deverá fazer parar as nossas consciências e activar as nossas atitudes. A passividade perante a violência tornou-se tão habitual que já faz parte do nosso dia-a-dia como “normal”. Isto nunca poderá ser normal.

A violência nas escolas é uma realidade, não vale a pena negá-lo. Desvalorização da função educativa, poucas perspectivas de emprego, famílias com pouca cultura escolar, professores desmotivados, professores crispados com as políticas educativas, you name it. Não falta quase nada nas nossas escolas para que sejam autênticos cocktails de instabilidade onde aqui e ali tudo vai acontecendo. Infelizmente com poucas soluções à vista.

Falo ainda de outra violência. A violência doméstica. Continuam a morrer mulheres porque amam demais. Continuamos ainda com números que nos envergonham, se bem que qualquer número diferente de zero será sempre dizer demais.

Morreram o ano passado 26 mulheres nesta condição. Na aproximação de mais um dia internacional da mulher gostaria de lembrar estas. Porque igualdade também começa no respeito.

Há uns anos escrevi um texto por esta altura que começava assim:”Ser mulher, estar na política”. Tinha pouco mais de 20 anos, não conhecia nem marido nem filhos. Estava na política de fresco, começava a conhecer os seus caminhos, num percurso com poucas outras mulheres, que basicamente são as mesmas hoje. Descrevia as etapas e barreiras que as mulheres tinham vindo a ultrapassar ao longo dos anos. Com datas, números e estatísticas. Dizia na altura que não conseguia compreender porque não há mais mulheres na política.

Hoje pensei actualizar este texto e concluir que estamos mais ou menos na mesma, mais umas décimas de estatística, mais umas coisas conseguidas aqui e ali. E descubro que há um plano nacional e coiso e tal, com muitas folhas e assim.

O texto podia ser escrito hoje que ninguém dava pela diferença.

Para mim hoje, ser mulher é estar na política, mas é escrever este texto com o sentimento de impotência de quem vê o filho de outra desaparecer só porque é mais franzino que os outros. E ter a dor de tentar perceber que país é este…

É assim o nosso mundo? Umas vezes gira ao contrário. Outras mesmo de pernas para o ar. Pode ser melhor? Terá mesmo que ser. A política é um meio para que isso aconteça. As eleições instrumentos. Mas o fim último terá sempre que ser construir este cantinho melhor para quem fica.

 

Por: Carina João. Deputada do PSD na Assembleria da República e em exclusivo para "Noticias do Ribatejo"



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:44
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



26
27
28
29
30


posts recentes

CULTURA AVIEIRA: O Projet...

ALMEIRIM: “Águas do Ribat...

ALMEIRIM - Algumas pequen...

ALMEIRIM - UMA CENTENA DE...

ALPIARÇA -"Carta Aberta" ...

ALPIARÇA - INVESTIMENTO D...

ALPIARÇA - ÁGUAS DO RIBAT...

RIO MAIOR - Fundo de Emer...

SANTAREM - Assunção Crist...

ALMEIRIM - “JSD Almeirim ...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds