NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Terça-feira, 3 de Julho de 2012
TOMAR/OURÉM:ATENÇÃO AOS UTILIZADORES DO AGROAL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A falta de segurança e de policiamento no espaço de lazer do AGROAL, situado entre Tomar e Ourém tem levado a que ultimamente tenha havido vários assaltos às viaturas dos utilizadores deste espaço.

 

Os utentes vão frequentar o espaço de lazer e deixam as viaturas estacionadas nos poucos parques de estacionamento que ali existem mas que tem pouca vigilância dando assim azo a que os assaltantes (segundo averiguações e informações obtidas) de etnia cigana se sintam à vontade para fazer o “trabalhinho”  sem qualquer incómodo.

 

Os proprietários das viaturas depois de um dia passado na zona balnear quando chegam junto das viaturas é que se apercebem que as suas viaturas foram assaltadas.

 

Em contacto com alguns comerciantes ali instalados como a gerência do único restaurante ali existente ficamos a saber que é “usual este tipo de assaltos” porquanto na verdade “existe falta de policiamento e uma permanente vigilância efectiva” situação reconhecida pelas autoridades locais que reconhecem ser o “Agroal, um problema” com tendência a aumentar por causa da “falta de efectivos”.

 

Os meliantes usam o conhecido método de “furar” o canhão da porta com um berbequim (ver foto e enviada por um leitor) que permite destrancar a porta do veiculo para levarem a efeitos os seus fins.

 

O suficiente para muitos veraneantes estarem a deixar de usar a zona termal do AGROAL porque ninguém lhes garante a segurança dos seus bens.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:25
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012
OURÉM - Isaura Morais na liderança do PSD/Santarém

O PSD/Santarém vai levar a efeito a apresentação das equipas de trabalho e linhas programáticas da candidatura de Isaura Morais à liderança dos órgãos da Distrital do PSD de Santarém.

O evento terá lugar no Salão Nobre do Centro de Congressos de Ourém, no dia 27 de Fevereiro (esta segunda-feira), às 18.30 horas.

Isaura Morais  é a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:31
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012
OURÉM - “TRÊS IDENTIFICADOS POR FURTO”


Na sequencia de diligencias de investigação relacionadas com vários crimes de furto no interior de residência, ocorridos no concelho de Ourém, em cumprimento de mandados de busca domiciliária, emitidos pelo Exmo. Juiz de Instrução Criminal do Tribunal Judicial de Ourém, o Núcleo de Investigação Criminal de Tomar, realizou hoje, pelas 07h00 horas, duas buscas domiciliárias a residências naquele concelho.
Desta ação resultou a apreensão de diversos artigos relacionados com tais furtos, nomeadamente material informático, audiovisual e diversos artigos em ouro e prata.
Com base no modus operandi utilizado pelos suspeitos, o qual incidia no furto em interior de residências e de onde furtavam essencialmente artigos em ouro, que posteriormente transacionavam em lojas de compra e venda de ouro naquele concelho, os três suspeitos foram identificados com sendo de nacionalidade portuguesa, com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos de idade e residentes em Ourém.
Com esta ação, na qual participaram também, militares do Posto Territorial de Ourém, desmantelou-se uma possível rede que se dedicava ao furto, exercendo a sua atividade nesta área geográfica.
Os suspeitos foram Constituidos Arguidos e sujeitos a Termo de Identidade e Residência, continuando a decorrer diligências com vista ao apuramento integral dos factos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:23
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011
SANTAREM - Ao longo dos últimos anos os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Santarém têm participado e representado a Assembleia da República em várias sessões do «Parlamento dos Jovens».
Ao longo dos últimos anos os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Santarém têm participado e representado a Assembleia da República em várias sessões do «Parlamento dos Jovens».
O programa previsto para o início de 2011 é o seguinte:
10h30m – Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico Maria Lamas, Torres Novas, dia 13/12/2010 – Deputada Carina João; (REALIZADO)
10h15m – Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de Ourém, no dia 10/01/2011 – Deputada Carina João;
11h30m – Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de Alcanena, no dia 17/01/2011 – Deputado Vasco Cunha;
14h30m – Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de Alcanena, no dia 17/01/2011 – Deputado Vasco Cunha;
09h45m – Básica dos 2.º e 3.º Ciclos com Ensino Secundário de São Pedro Ferreiro, Ferreira do Zêzere, dia 2011-01-17 – Deputada Carina João
O «Parlamento dos Jovens» é uma iniciativa institucional da Assembleia da República, desenvolvida ao longo do ano lectivo com as escolas de todo o País, na qual participam voluntariamente todos os estabelecimentos de ensino do universo do ensino público, privado e cooperativo. O programa culmina com a realização anual de duas sessões nacionais na Assembleia da República.
O programa visa educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política; dar a conhecer a Assembleia da República e as regras do debate parlamentar; promover o debate democrático, o respeito pela diversidade de opiniões e pelas regras de formação das decisões; incentivar a reflexão e debate sobre um tema, definido anualmente; proporcionar a experiência de participação em processos eleitorais; e estimular a capacidade de expressão e argumentação.
Para este ano, os temas a desenvolver pelas escolas são:
· “A violência em meio escolar” – para os alunos do 2º e 3º ciclo; e
· “Que Futuro para a Educação?” – para alunos do ensino secundário.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:43
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010
Actualidades vistas pela Deputada do PSD, Carina João

Por: Carina João *

 

Há 15 dias a ministra da educação brindou-nos com um vídeo ao melhor estilo Noddy, para crianças, explicando porque razão é bom estudar.

Encontro-me neste momento em Taiwan, a ilha a que os portugueses um dia chamaram de Formosa. Uma ilha em semelhante dimensão à Holanda, mas que constitui a 18ªeconomia do mundo, um dos tigres asiáticos, com um crescimento esperado para 2010 de 7,7%, entre outros rácios interessantes. Quando perguntei ao ministro dos negócios estrangeiros, qual a fórmula do sucesso, como poderia um território tão pequeno e em tão pouco tempo, estar a par de economias como a China, e o Japão, e uma das respostas foi: apostamos muito na educação para ter os melhores a competir com os melhores. Têm taxas de literacia na ordem dos 97% e cerca de 25% do seu orçamento é gasto com a educação. E acima de tudo sabem fazer. Senti naquele momento vergonha de ter uma ministra a “leccionar” qualquer coisa tão ridícula como aquele vídeo de “eduquês”. Em Portugal, as baixas qualificações constituem um entrave ao processo de convergência real, e nunca foi entendida como um sistema que deve envolver um conjunto de políticas integradas, como o sejam a educação em consonância com o mercado de trabalho, a imigração e o nosso sistema fiscal. Isto não sou eu que o digo, está num estudo bastante completo e isento apresentado na Comissão de Orçamento e Finanças sobre a heterogeneidade e o retorno da educação em Portugal.

Mas continuamos a discutir fecho de escolas em zonas rurais, instabilidades do corpo docente, dos agrupamentos, se chumbam ou passam alunos, mais complexo escolar menos complexo escolar…continuamos desfocados daquilo que deveriam ser as nossas prioridades, que são as reais qualificações dos alunos, aquilo que efectivamente serão capazes de fazer. Que foi feito de nós, descobridores de meio mundo, que agora parecemos não sair do mesmo sítio?

Estamos no inicio de mais um ano lectivo, onde quase todos os professores que conheço dizem mal da vida que levam, os estudantes dizem mal da vida que levam, os pais e investidores dessa educação fazem contas à vida e perguntam-se se valerá a pena e, regra geral, ninguém leva a educação muito a sério, em especial o próprio governo socialista.

Esta semana está em discussão outro tema, e não criticando o seu conteúdo, apenas digo que em nada dignifica neste momento as nossas prioridades, que é a possibilidade de mudança de sexo…já tínhamos o vídeo ridículo, agora o tema do sexo…com tantas mentiras propagadas diariamente, fazemos jus a qualquer mau filme de Hollywood (sexo, mentiras e vídeo)…é triste.

* Deputada do PSD na Assembleia da República e colaboradora deste jornal



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:55
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
SANTAREM - Governadora de Santarém é Madrinha da equipa feminina do Ouriense


 
Ouriense 2 Á dos francos 2
 
A Governadora Civil de Santarém, é a Madrinha da equipa de futebol feminino do Clube Atlético Ouriense, que empatou no Domingo dia 26 de Setembro de 2010, com a congénere de Á Dos Francos, a 2 bolas.
Sónia Sanfona assistiu ao jogo na bancada e incentivou a equipa, treinada por Gonçalo Franco.
Bom presságio, uma vez que as jogadoras, nunca tinham ganhado jogos.
A Governadora tinha-se juntado ao plantel, constituído por 21 atletas, para integrar o treino de sexta-feira, dia 24, de preparação da jornada. 
A sua presença teve o objectivo de dar visibilidade ao futebol disputado por mulheres, ao desporto em geral, enquanto actividade física saudável e/ou competitiva, e aos dirigentes disponíveis e empenhados, que dirigem as colectividade e clubes do distrito.
Espera-se agora, e deseja-se, que a equipa possa também alterar o histórico de maus resultados.
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:07
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010
"Actualidades", pela Deputada do PSD,Carina João

Aos convites amáveis responde-se de forma amável.. por isso fica o agradecimento pela oportunidade de ocasionalmente poder vir aqui tratar de actualidades, muitas delas factualidades. não obviamente ser ter o olhar vinculado a uma pessoa, com uma visão talhada politicamente num determinado quadrante e com as consequências que isso poderá ter para a objectividade e subjectividade do assunto. a escrita será assim um percurso, uma forma de vir relatando e comentando aquilo que são actualidades e novidades, tendencialmente dando conta do trabalho que vai sendo desenvolvido na Assembleia da Republica, que como chamada a “casa da democracia”, a todos deve interessar.

Assim, a minha primeira contribuição versa sobre um dos temas quentes do momento: a proposta de revisão Constitucional apresentada pelo PSD. Aos dias em que escrevo este texto, foi apresentada a versão final dessa proposta. Foi um percurso onde muita coisa aconteceu, muita gente foi ouvida, foi o culminar de discussões internas e externas e com respeito aos órgãos próprios do partido. Chega a vez de ser levada à AR.

Muito ruído foi produzido sobre o assunto, muita desinformação e contra-informação, e também a discussão inclusivamente de muitas coisas que nem sequer constam da própria proposta. Pintada de má, esta proposta apareceu condicionada aos olhos da opinião publica como o PSD querendo despedir toda a gente e querendo acabar com o estado social, concretamente com a saúde e educação publicas..puro abuso de interpretação. Não sou jurista, como não o é a esmagadora maioria da população, por isso nem me vou aqui experimentar num exercício “constitucionalista”, vou simplesmente descrever as coisas como acho que devem ser discutidas: com clareza.

A constituição actual é em muitos aspectos uma utopia: constantes promessas de tudo para todos…

Esse estado de coisas leva-nos a alguns indicadores interessantes: para 9 milhões de eleitores, temos associado cerca de 8 mil milhões de euros para a saúde..8,44 mil milhões de euros para a educação..589 mil desempregados. Nos últimos anos foram encerradas 701 escolas, e por exemplo nos últimos 6 anos encerraram 42 SAP´s. (também podia falar de extensões de saúde e balcões da segurança social…)

Quem não sentiu já na pele um sistema nacional de saúde que é tendencialmente injusto. Gratuito? O maior gasto de toda a UE com saúde…e leva-nos parte substancial do IRS.

Fazer justiça social é bem diferente de ter um Estado social, que a todos promete tudo e que não serve quase ninguém. Fazer justiça é tratar por igual o que é igual e diferente o que é diferente.

Não houve a tentação nesta proposta de mexer por mexer, ou de ser conservador de museu que é não-mexer não-mexer. É uma proposta audaz, sem ser radical e não é um programa de governo como muitos quiseram fazer parecer.

Depois de tudo o que a oposição, neste caso o PSD, fez para ajudar o país a ultrapassar esta fase dificílima, tal como permitir a aplicação de medidas duríssimas para a esmagadora maioria dos portugueses com o PEC, aquilo a que se tem assistido é ao aumento da despesa por parte do Estado..que estado de coisas é este? Em mais nenhum país da Europa isto aconteceu. A Grécia aqui tão perto e parecemos atordoados em ilusões mediáticas.

Há 2 alternativas a isto: achar que o Estado deve repensar a sua forma e reformar a sua actuação, quem e o quê devem depender deste, ou achar que os últimos 30 anos conduziram isto a bom porto e que nos devemos eternizar assim.

Nada melhor que ler aquilo que está em discussão. Conceitos como por exemplo nova cidadania, protecção à reputação e imagem de pessoas colectivas, solidariedade inter-geracional, responsabilidade social das empresas e obrigatoriedade de planos pluri-anuais, são boas vertentes desta propostas apresentada.

Agora a proposta fará o seu caminho.

Por: Carina João (Deputada do PSD pelo Círculo de Santarém e colaboradora deste jornal)


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:23
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Maio de 2010
PAPA em Fátima
A Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona, acompanhou hoje na Câmara Municipal de Ourém a assinatura do Contrato Programa para a beneficiação das infra-estruturas urbanas em Fátima com os Secretários de Estado da Administração Local e do Turismo. Marcelo Mendes GI/GCS


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:16
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Março de 2010
Actividade operacional desenvolvida pelo Comando Territorial da GNR de Santarém, no período de 01 a 07 de Março de 2010

 GUARDA NACIONAL REPUBLICANA

ComandoTerritorial deSantarém

Um detido em cumprimento de mandado Judicial;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel.

 Salvaterra de Magos:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por crime de posse e tráfico estupefacientes.

 Santarém:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Rio Maior:

Sete detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel;

Um detido por crime de desobediência qualificada;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Almeirim:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

 Alpiarça:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Ourém:

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

 Ferreira do Zêzere:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Torres Novas:

Um por crime de condução de veículo furtado e posse de arma ilegal;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Alcanena:

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Chamusca:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Golegã:

Um detido por condução ilegal de veículo

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010
AGRUPAMENTO DE CENTROS DE SAUDE


Médio Tejo I - Serra DAire


Conselho da Comunidade


No dia 26 de Janeiro de 2010, reuniu pela 1ª vez o Conselho da Comunidade do ACE Serra D Aire, na sua sede em Riachos, que é composto por um representante indicado pelas Câmaras da sua área, que preside, e por mais 13 representantes das Autarquias e de outras organizações da Comunidade e que abrange os Centros de Saúde de Alcanena, Fátima, Entroncamento, Ourém e Torres Novas.
A reunião começou pela constituição formal do Conselho, com tomada de posse dos seus membros, na presença do Director Executivo e do Presidente do Conselho Clínico.
De seguida o Director Executivo do Agrupamento prestou algumas informações sobre a sua estrutura, e as dificuldades que tem encontrado para a sua instalação. Fez a caracterização do ACE que tem uma população inscrita de 128.600 utentes, dos quais 26.389 sem médico de família e indicou o número de trabalhadores por grupos profissionais e por Centro de Saúde. Especificando por Centro de saúde considerou que nos casos de Fátima, Entroncamento e Ourém, com as medidas que estão a ser tomadas de contratação de novos médicos e de criação de Unidades de Saúde Familiar, a população ficará abrangida a 100%. Para colmatar as dificuldades com a ampliação do Centro de Saúde do Entroncamento vão ser instalados contentores higienizados, com cerca de 520 m2, que apenas aguardam o visto do Tribunal de Contas. Alcanena não parece ter condições para criar uma USF, mas funciona como se o fosse, o que também vai dando resposta. A situação de Torres Novas é a mais complicada, sem grandes soluções à vista, para dar cobertura, com médico de família, aos 8273 utentes que o não têm, incluindo os da Meia Via e da Ribeira. No entanto, com os médicos de empresa, contratados para Atendimento Complementar, todos os utentes já estão a ser atendidos sem grandes esperas, ficando, também a ideia de se criarem USFs em Torres Novas o que viria facilitar as coisas. Também o Centro de Saúde de Torres Novas vai ser remodelado para o tornar mais funcional e acolhedor.
Foi, ainda apresentada a proposta de Plano de Investimentos, no valor global de 1.570.338 Euros, que recebeu o parecer favorável do Conselho.
Finalmente foi apresentada e analisada a proposta de Regulamento Interno do ACE, a que também foi dado parecer favorável.


O representante da CUSMT
José Augusto Paixão



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:33
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010
ACES “SERRA D'AIRE”

Conselho de Comunidade vai reunir  pela primeira vez

 

Está convocada para o dia 21 de Janeiro de 2010, pelas 10 horas, na sala de reuniões da Unidade de Saúde de Riachos, a primeira reunião do Conselho de Comunidade do ACES “Serra d'Aire”, que tem sede em Torres Novas e abrange os Centros de Saúde de Ourém, Fátima, Alcanena, Torres Novas e Entroncamento.

Para essa reunião é proposta a seguinte Ordem deTrabalhos:

Constituição Formal do Conselho de Comunidade e do Conselho Executivo; Prestação de Informações relativas à percentagem de utentes sem médico de família por centro de saúde; apresentação de contas de 2009; outros assuntos de interesse.

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo está convocada e far- se-á representar por José Augusto Paixão.

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo

Médio Tejo,

5.1.2010

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:26
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
BENAVENTE-RASTREIO DO CANCRO DA MAMA EM BENAVENTE (ENTRE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 E 06 DE JANEIRO DE 2010):

 

O Núcleo Regional do Sul Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) está a desenvolver nos concelhos da sua área de influência (concelhos dos distritos de Beja, Évora, Portalegre, Santarém, Leiria e Setúbal), uma intensa campanha de rastreio de cancro da mama, sendo que as mulheres entre os 45 e os 69, o público –alvo deste Programa Nacional.

Na sua missão de sensibilização para a efectivação deste rastreio, como interveniente com responsabilidades informativas e como agente na área da saúde pública, a Câmara Municipal de Benavente alia-se à LPCC e prestam a seguinte informação: 
 

MEIOS PARA O RASTREIO DO CANCRO /OBJECTIVOS

A prevenção das doenças do foro oncológico é uma das principais actividades do Núcleo Regional do Sul (NRS) da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Nesta imensa área de intervenção sobressai o Rastreio do Cancro da Mama, que integrado no Plano Oncológico Nacional e Programa Europeu Contra o Cancro, tem, como objectivos primordiais, a redução da letalidade da doença pois, através do diagnóstico atempado, é possível encontrar formas adequadas de tratamento, bem como melhorar a qualidade de vida dos pacientes, pois, a detecção precoce da doença permite encontrar meios menos agressivos para a debelar.

Para a consecução deste programa são utilizadas unidades móveis e fixa, guarnecidas por técnicas credenciadas em radiologia, que executam os respectivos exames às mulheres (convidadas, através de carta personalizada, a participar) com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos, grupo etário a que se destina o rastreio.

O NRS dispõe dos seguintes meios para, na sua área de influência, exercerem de forma consistente o referido rastreio: 
 

  • 7 Unidades móveis, apetrechadas com equipamentos de mamografia, digitalizador de imagens mamográficas, técnicas de radiologia e pessoal administrativo, que se deslocam nos concelhos dos distritos de Beja, Évora, Leiria, Portalegre, Santarém e Setúbal. Em breve, outros distritos serão, igualmente cobertos;
  • 1 Unidade fixa – Santarém, apetrechada de forma igual às unidades móveis;
  • 1 Centro de Leituras e Aferições (CLA), sito em Lisboa, “coração” do rastreio, equipado com aparelhos de leitura de radiografias (mamografias), ecógrafo, mamógrafo e outros equipamentos médicos que permitem acurar o diagnóstico.

Existe ainda uma equipa de 5 médicos radiologistas que asseguram a leituras dos exames (segundo o método da dupla leitura cega) e efectuam outros exames complementares de diagnóstico, nos casos em que o exame radiológico não é conclusivo. 
 

O rastreio no Concelho de Benavente decorrerá, salvo alguma contrariedade: 
 

  • Junto ao Centro de Saúde de Benavente entre 10 de Dezembro de 2009 e 06 de Janeiro de 2010;
  • Junto ao Centro de Saúde de Samora Correia a partir de 18 de Janeiro de 2010 até data a definir.

 
 

Os exames de rastreio e as consultas de aferição em Lisboa são, totalmente grátis para as mulheres que participam neste rastreio do cancro da mama.  
 
 

Sem outro assunto de momento

Com os melhores cumprimentos 
 

                                        O Presidente da Câmara Municipal 
 
 

                                           (António José Ganhão) 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:47
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Parque Natural vai ter novo ordenamento

Serras de Aire e Candeeiros: Parque Natural vai ter novo plano de ordenamento
(© Jornal O Templário, em 29-09-2009 15:53, por Jornal O Templário)

O Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros vai estar em discussão pública de 9 de Outubro a 20 de Novembro.

 

Foi hoje publicado no Diário da República o aviso do Ministério do Ambiente que anuncia uma nova discussão pública do Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
A partir do dia 9 de Outubro e até 20 de Novembro o plano pode ser consultado para discussão pública nas Câmaras Municipais de Alcanena, Alcobaça, Ourém, Porto de Mós, Rio Maior, Santarém e Torres Novas, concelhos cuja área é parcialmente abrangida pelo Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
Durante aquele período o documento também vai estar disponível no site www.icnb.pt.
Os interessados podem apresentar por escrito as observações e sugestões que julgarem pertinentes acerca da proposta de Plano.

Para mais detalhes, consultar:

http://www.otemplario.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

ALMEIRIM-GNR faz 38 detenções numa semana

 

GNR - Operação Stop 13

O comando territorial da GNR de Santarém efectuou um total de 38 detenções entre os dias 18 e 24 de Setembro.

Destas, 13 foram efectuadas a indivíduos sobre quem pendiam mandatos judiciais, 10 a automobilistas que conduziam com excesso de álcool, e nove a condutores apanhados ao volante sem carta de condução.

Quatro homens foram detidos por caça ilegal em área reservada, no concelho de Almeirim, um indivíduo foi detido por furto de automóvel em Salvaterra de Magos, outro por injúrias e ofensas a um agente da autoridade também em Salvaterra de Magos, e o último por posse de arma proibida, em Ourém.

No que se refere a acidentes rodoviários, a GNR registou um total de 135 acidentes de viação, dos quais resultaram dois mortos, ambos na área do destacamento de Santarém, cinco feridos graves e 44 feridos ligeiros.

Há ainda a registar uma morte num acidente de trabalho, em Coruche.

Durante o mesmo período de tempo, a guarda fiscalizou 2126 veículos e condutores, tendo detectado um total.

Mais detalhes consultar:

http://www.oribatejo.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:20
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009
Sónia Sanfona:O PS não deve fazer coligações pós-eleitorais

 

 
Sónia Sanfona ficou conhecida do País depois de ter assinado o famigerado relatório final da Comissão de Inquérito ao BPN. Assume-se uma alpiarcense convicta e, depois de quatro anos e meio no Parlamento, aceita o desafio de candidatar-se à presidência da sua vila natal: "O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral".

Sónia Sanfona, Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS e Candidata à Câmara de Alpiarça. Sónia Sanfona ficou conhecida do País depois de ter assinado o famigerado relatório final da Comissão de Inquérito ao BPN. Assume-se uma alpiarcense convicta e, depois de quatro anos e meio no Parlamento, aceita o desafio de candidatar-se à presidência da sua vila natal: "O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral". Sobre as legislativas e a governabilidade, avança que o PS deve Governar sozinho e procurar acordos pontuais com as várias forças políticas.
 
O que é que a motiva no desafio autárquico?
 
Comecei a minha intervenção na política como membro de uma Assembleia Municipal, uma experiência muito interessante e que, pessoalmente, acho que contribuiu para eu desenvolver o sentimento de servir os nossos concidadãos. A mim compensa-me pensar que posso fazer alguma coisa pelos outros - o que, francamente, não sei se é um sentimento egoísta. O desafio autárquico é, fundamentalmente, um apelo das nossas raízes. Ao longo deste tempo não deixei de viver na terra onde nasci, tenho dois filhos que vão lá à escola, a minha família é toda de lá... Partilho muito dos problemas e das vantagens de se viver num concelho como o meu e ser-se alpiarcense.
 
A Câmara Municipal tem sido gerida nos últimos anos pelo PS. O que é que faltou concretizar?
 
Quem conhecia e conhece Alpiarça há doze anos a esta parte - o período de tempo em que o PS está à frente dos destinos do concelho - pode muito facilmente apreciar as diferenças, quer na gestão quer no rosto, da vila. Alpiarça tem hoje um conjunto de equipamentos sociais, culturais, cívicos que não tinha. Melhorou a rede viária, as infra-estruturas básicas, criou uma zona industrial. Desenvolveu-se, progrediu e modernizou. Mas é claro que há sempre qualquer coisa para fazer.
 
Pode dar alguns exemplos?
 
Algumas coisas não foram feitas por manifesta impossibilidade de as conseguir, porque Alpiarça é um concelho pequeno e tem limitações do ponto de vista da capacidade de investimento e de concretização. É preciso melhorar substancialmente a forma como se administra e gere - e profissionalizar essa gestão - a casa museu José Relvas, colocando-a no centro daquilo que quero que seja um programa de desenvolvimento turístico sustentado. Alpiarça tem condições únicas: uma barragem com um valor natural muito específico e de grande qualidade, um pólo desportivo interessante, uma zona ribeirinha que não está aproveitada, uma vala real que precisa de ser despoluída...
 
O turismo é a sua grande aposta para o município?
 
O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral. Há um conjunto de outras medidas, ideias e projectos que, também sendo novos, não têm esta dimensão. Há medidas de apoio aos empresários, especificamente aos agricultores, apoio ao pequeno comércio... Um conjunto de iniciativas e de ajudas que a autarquia pode desenvolver para a fixação das empresas e do comércio ou na colaboração com os agricultores.
 
Acredita que a notoriedade que conseguiu alcançar como deputada, designadamente devido à comissão parlamentar sobre o caso BPN, a poderá beneficiar eleitoralmente?
 
Muito francamente acho que não. Para mim foi fundamental o percurso todo que fiz até chegar à comissão de inquérito do BPN, o culminar de quatro anos e meio de trabalho que desenvolvi no Parlamento. De facto, publicamente, o relatório que fiz tornou-me conhecida, de uma forma mais genérica, no País. Mas isso não resulta em meu benefício ou prejuízo. No meu concelho as pessoas conhecem-me desde que eu nasci, conhecem a minha família, fizeram parte do meu percurso escolar, conhecem-me profissionalmente porque exerci advocacia durante nove anos em Alpiarça...
 
Tem algum mal os assessores de Belém participarem na elaboração de um programa político de um partido?
 
A Presidência da República deve ser um órgão equidistante, imparcial e independente. A partir do momento em que é eleito, o Presidente da República deve ser o Presidente de todos os portugueses. Tenho alguma dificuldade em perceber por que razão os seus assessores, pessoas da sua confiança e que trabalham consigo e o aconselham, não se protegem deste tipo de intervenção. Muito sinceramente, não estou preocupada com a contribuição que os assessores do Presidente deram para o programa do PSD. Mas do ponto de vista da imagem externa transparece uma ideia que não é positiva, no sentido em que a independência e a equidistância deve ser assegurada.
 
Essa ideia poderá ser propositada. Isto é, a Presidência querer fragilizar Sócrates para beneficiar Ferreira Leite?
 
Pode. Mas também pode ser uma espécie de aproveitamento por parte do PSD para publicitar a participação de assessores do Presidente na elaboração do programa do PSD e demonstrar aos portugueses que o Presidente estará em consonância com aquilo que o partido irá apresentar. Quem mais fragilizado sai deste processo é o Presidente, que deveria manter a sua preocupação de equidistância.
 
Cavaco Silva já devia ter vindo a público afastar-se destas acusações, até sobre espionagem em Belém?
 
O público em geral está a dar uma importância a este assunto que ele não tem. Provavelmente o Presidente pensará a mesma coisa. Se o Presidente tivesse tido algum indício ou sensação de que podia estar em causa a sua privacidade ou a do seu gabinete, teria agido em conformidade. A Procuradoria-geral da República existe exactamente para isto.
 
Que avaliação política faz das relações entre Belém e S. Bento?
 
Não acho que as relações entre a Presidência e o Governo sejam más, de todo. Mas eu sou um agente externo, estou a falar da forma como que vejo. Os vetos presidenciais estão previstos na Constituição e representam o exercício de um poder legítimo do Presidente. A análise que faço é que nalguns casos os vetos fundaram-se em razões objectivas, sobretudo dúvidas de constitucionalidade; e noutros por opções pessoais de formação do Presidente, que é uma pessoa mais conservadora. Nesse sentido, compreendo melhor alguns vetos do que outros.
 
Gostaria de ver Manuel Alegre como Presidente da República?
 
O Partido Socialista deve ter um candidato presidencial. O partido tem no seu seio e na comunidade que não sendo militante se encontra no seu espectro político um conjunto de personalidades e figuras que podem perfeitamente desempenhar o cargo de Presidente da República com elevação. Entre essas figuras vejo Manuel Alegre.
 
Como o mais destacado?
 
Na minha análise, o Governo do PS, nos últimos quatro anos e meio, teria tido alguma dificuldade no relacionamento com a Presidência da República se Manuel Alegre fosse Presidente.
 
Mais do que teve com Cavaco Silva?
 
Não sei... Teria tido alguma dificuldade porque isso foi visível ao longo do mandato. Houve um conjunto de propostas legislativas que claramente não teriam tido acolhimento na Presidência da República e tiveram. Provavelmente haveria outras que teriam acolhimento e com o actual Presidente não tiveram. Vejo alguma distância, não do ponto de vista ideológico porque o PS é só um, há um posicionamento muito diferente entre aquilo que tem sido a linha do Governo e a posição de Manuel Alegre. Não lhe estou a dizer que é completamente incompatível que o Manuel Alegre seja Presidente com um Governo do eng. Sócrates, é possível.
 
Pessoalmente preferiria alguém com um perfil mais semelhante ao de José Sócrates?
 
Eventualmente haverá alguns outros putativos candidatos a PR que possam ser, do ponto de vista do pensamento político, mais próximos do eng. José Sócrates. Estamos num exercício especulativo. O que acho é que o PS deve ter um candidato presidencial...
 
Não se perspectiva que nenhum partido tenha uma maioria absoluta; o bloco central é afastado pelo PS e pelo PSD, os partidos mais pequenos recusam-se a coligar e apoiar os partidos maiores, talvez com excepção ao CDS.
 
Como é que a governabilidade é assegurada neste cenário?
 
Não acho que o Partido Socialista deva fazer coligações pós-eleitorais. Não o fez nesta fase pré-eleitoral e julgo que não o fará depois das eleições. Estou convencida que o PS vai ganhar as eleições legislativas. É provável que não saia destas eleições com maioria absoluta, mas acho que essa também é uma escolha que os portugueses têm que fazer, porque se há quem anuncie com grande veemência que as maiorias absolutas fazem diminuir a participação democrática - ideia com a qual eu não concordo -, a verdade é que as maiorias absolutas permitem uma estabilidade governativa que a maioria relativa não garante. O PS deve procurar entendimentos, em cada área, com a força política que mais se aproxime daquilo que é o seu programa, daquilo que são as suas opções políticas.
 
Não seria melhor um Governo estável apoiado por uma maioria estável?
 
Seria melhor um governo estável com uma maioria absoluta do PS. Sempre que o PCP e o Bloco se identifiquem com as propostas do Partido Socialista e as queiram viabilizar, são perfeitamente bem-vindos. Não concordo, por exemplo, com a proposta feita pelo Engenheiro Ferro Rodrigues relativamente às coligações, convidar o PCP ou o Bloco para o Governo...
 
Ferro Rodrigues também fala no PSD, no Bloco Central.
 
A questão do PSD parece-me que está posta de parte à partida, porque quer a dra. Manuela Ferreira Leite quer o próprio eng. Sócrates puseram de parte essa possibilidade.
 
Mas quem perder vai-se embora... Isto é, se o PS perder, talvez o Ferro Rodrigues seja um possível líder.Não me parece. O caminho do País é no sentido do futuro, da inovação e o caminho do Partido Socialista é rigorosamente o mesmo. Não me parece nada que tenhamos de voltar atrás, sem com isto querer dizer o que quer que seja relativamente ao eng. Ferro Rodrigues, que é uma pessoa que estimo e que aprecio bastante. Mas, na minha opinião, o futuro do PS não passa por aí. O Partido Socialista é um partido moderno, de uma esquerda democrática avançada.
 
Voltando ao Bloco Central...
 
Eventualmente o País necessitava desse entendimento, o que eu acho é que será muito difícil com uma líder do PSD como Manuela Ferreira Leite. Acho que a dra. Manuela Ferreira Leite começou muito mal a pré-campanha legislativa, com uma proposta de destruição total de tudo o que o Partido Socialista fez. A dra. Manuela Ferreira Leite propõe que aquilo que se fez que se apague, que se destrua, que se rasgue e que, portanto, se comece do zero. O PSD voltou a trazer um discurso de profundo desânimo a Portugal. Nós temos tido um Partido Socialista e um Governo que procura puxar o país para cima, diz às pessoas que não podemos desanimar, que não é altura de baixar os braços, que é preciso lutar pelas coisas, que é preciso estarmos convencidos de que somos capazes de fazer, somos capazes de mudar, vamos ultrapassar a crise. Depois, tempos um PSD a puxar-nos sistematicamente para baixo.
 
O papel da oposição não é fazer oposição às medidas do Governo?
 
O papel da oposição deve ser construtivo. O papel da oposição é dizer "nós não concordamos com isto e, em alternativa, a solução é esta". Este é o papel de uma oposição responsável. Não é o papel de crítica destrutiva, sistemática, inconsistente, sem qualquer tipo de proposta alternativa. Porque é assim que tem funcionado o PSD ao longo deste tempo. É o vazio das ideias, é o vazio das propostas. As pessoas vêem e sentem isto, até porque a dra. Manuela Ferreira Leite não aparece agora aos portugueses, já cá anda há algum tempo, tem um passado, tem uma história. Por isso, neste quadro, é difícil encontrar aqui o equilíbrio necessário para que os dois maiores partidos se entendam e possam governar em conjunto.
 
Uma das acusações que Manuela Ferreira Leite faz é de claustrofobia democrática. Que comentários faz?
 
Acho espantoso como é que a dra. Manuela Ferreira Leite, depois do processo de constituição das listas para estas eleições legislativas, tenha a coragem de dizer aos portugueses que o País vive um clima de claustrofobia democrática. Nunca tinha visto uma manobra tão desleal como aquela que foi feita pela direcção do PSD relativamente aos seus principais adversários internos, que com ela disputaram a liderança do partido.
Ferreira Leite fundamenta que precisa de ter um grupo parlamentar leal, que acredite plenamente no seu projecto político.É preciso ter um grupo leal e é preciso ter diversidade, porque a diversidade também é qualidade. Relembro que o eng. José Sócrates também teve um opositor na luta interna pela liderança do partido e que esse opositor foi membro do Grupo Parlamentar durante estes quatro anos e meio. Ninguém tem dúvidas que Manuel Alegre exerceu o seu mandato rigorosamente como quis exercê-lo. E a sua voz dissonante não foi sempre negativa, ao contrário daquilo que as pessoas às vezes querem fazer passar. O debate interno e a dissonância que às vezes existe entre opções é saudável do ponto de vista democrático. A dra. Manuela Ferreira Leite não percebeu uma coisa fundamental: o dr. Passos Coelho não foi eleito líder do PSD, mas teve uma rotação expressiva no seu partido e representa, de facto, uma parte significativa do que é o PSD. Isto revela o receio do afrontamento ou da possível sombra que, eventualmente, o dr. Passos Coelho podia fazer à dra. Manuela Ferreira Leite. O País caminha para o futuro e os partidos políticos também caminham e hoje a dra. Manuela Ferreira Leite já é passado e o dr. Passos Coelho pode ser futuro.
 
« Semanário»


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009
Ourém: Autarquia investe em novo terminal rodoviário orçado em 2,5 milhões de euros

 

 
A Câmara Municipal de Ourém vai construir um novo terminal rodoviário na sede do concelho, um investimento de 2,5 milhões de euros, anunciou hoje a autarquia.

O presidente em exercício do município, Vítor Frazão, afirmou à Agência Lusa que esta “é uma das maiores necessidades para a cidade de Ourém, uma vez que permitirá reabilitar quer todo o quarteirão onde se situa o actual terminal rodoviário, quer completar o quarteirão onde ficarão as novas instalações”.

Vítor Frazão sublinhou também que o investimento vai permitir ainda “dar melhores condições aos passageiros e funcionários”.

O início da obra está dependente de concurso público, a lançar brevemente, acreditando o autarca que “no início do próximo ano” a construção poderá ser encetada.

O novo terminal tem um prazo de construção de 24 meses, situação que se deve, principalmente, ao tipo de fundações que terão de ser feitas, explicou o presidente do município.

O investimento tem assegurado um financiamento do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT) de 40 por cento, refere uma nota de imprensa do município.

Com três pisos, o edifício, a localizar junto ao Centro de Negócios e próximo do mercado municipal, vai dispor ainda de espaços destinados ao sector empresarial e salas de formação.

De acordo com Vítor Frazão, a localização, “felicitada” pelo IMTT e pela entidade operadora, Rodoviário do Tejo, “permite aos seus utilizadores acederem ao centro da cidade com facilidade”.

Segundo a autarquia, no rés-do-chão vão ficar onze áreas de estacionamento de autocarros e embarque de passageiros, além de uma sala de espera, sanitários e uma cafetaria.

As salas de formação estão no primeiro andar, enquanto no segundo situam-se diversos gabinetes.

Quanto ao actual terminal, o responsável adiantou que o projecto previsto “será uma mais-valia para a cidade, uma vez que terá incluído um espaço para a Loja do Cidadão, podendo assim ser a âncora de todo o edifício, e a possibilidade de criar uma nova centralidade na cidade”.

“Para além disso, estão previstas duas salas de cinema com capacidade para 110 pessoas, cada, respondendo às actuais tendências deste tipo de espaços”, declarou Vítor Frazão.

Neste projecto, está também englobado “um espaço para uma média superfície comercial, para além de várias lojas, escritórios, habitação nos pisos superiores e estacionamento nos pisos inferiores”.

 

«Rádio Cardal»


tags:

publicado por Noticias do Ribatejo às 18:29
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009
Junta fecha para férias mas Presidente garante que eleições não são prejudicadas

A única funcionária e o Presidente da Junta de Freguesia de Vila Moreira, Alcanena, entraram de férias na altura em que decorrem prazos para entrega de candidaturas.

 

O Presidente da Junta de Freguesia de Vila Moreira, concelho de Alcanena, Onildo Pinheiro Rosa, garante que o facto da única funcionária da autarquia e ele próprio estarem de férias não irá causar qualquer prejuízo aos processos relativos às eleições autárquicas e legislativas.

O Coordenador autárquico do Bloco de Esquerda para o Distrito de Santarém, Carlos Matias, tinha contactado hoje a Comissão Nacional de Eleições dizendo que devido a tal facto não estavam a ser emitidas as certidões de eleitor necessárias à elaboração das listas autárquicas, nem poderiam ser supridas dentro dos prazos legais eventuais irregularidades que viessem a ser detectadas pelo tribunal da comarca, nos processos de candidatura.

Onildo Pinheiro Rosa acha “lamentável” tal denúncia e acusa o coordenador de má-fé. “A Junta de Freguesia só tem uma funcionária a quem foram concedidas férias nesta altura para poder gozá-las em conjunto com o marido. Na Quinta e na Sexta-feira estive na Junta. Depois entrei de férias mas deixei um aviso dizendo que estava contactável e disponível para resolver qualquer assunto”, disse a O MIRANTE.

O autarca acrescenta que o aviso era do conhecimento do BE e que o responsável daquele partido em Vila Moreira, o contactou esta manhã às 10h00, tendo-se ele disponibilizado para lhe fornecer a documentação necessária uma hora e quarenta e cinco minutos mais tarde, o que aconteceu.

“Vou continuar disponível para tratar de qualquer assunto. Não sou nenhum irresponsável. Se tivesse duas funcionárias isto não acontecia mas só tenho uma e acho que ela tem direito a gozar férias. Estou a uma hora e quarenta e cinco minutos da sede da freguesia. Não será por causa da Junta que o processo eleitoral vai sofrer prejuízos”, afirmou quando interrogado por O MIRANTE sobre o facto de estar a decorrer, até dia 24, o prazo para a verificação dos cadernos eleitorais relativos às eleições legislativas e o prazo para verificação de candidaturas às autárquicas e resolução de irregularidades.

Hoje é o último dia para apresentação nos Tribunais, das listas de candidatos às eleições autárquicas de 11 de Outubro.

 

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 8 de Agosto de 2009
Governo Civil articula com entidades prevenção à gripe A

Governo Civil articula com entidades prevenção à gripe A
 

O Governo Civil reuniu esta sexta-feira com um conjunto de entidades para discussão e preparação de medidas de combate à gripe A.
Joaquim Botas Castanho considera que o distrito está atento à situação, mas é necessário articular acções de resposta.
A evolução da situação da gripe A é imprevisível, por isso, de acordo com o Governador Civil, é importante haver coordenação entre as diversas instituições com responsabilidades na matéria. «Se se levantar o problema da necessidade de articular a resposta, queremos que tudo esteja devidamente planeado, que cada um saiba as medidas que deve tomar», afirmou. Este foi o principal objectivo da reunião, onde cada entidade falou das acções já levadas a cabo.
Joaquim Botas Castanho considera que a estratégia do Ministério da Saúde «tem sido coroada de sucesso» e que as pessoas estão, hoje, sensibilizadas quanto às medidas de prevenção. As instituições têm-se manifestado atentas à situação e, prova disso, é a elaboração dos seus próprios planos de contingência, incluindo o Governo Civil. «É sinal que as pessoas estão a preparar a resposta à pandemia quando aparecer», acrescentou o Governador Civil.
As entidades públicas têm conseguido igualmente responder às necessidades e continuarão a aplicar os esforços necessários para garantir um combate eficaz à doença. «Os serviços de saúde estão a fazer o seu trabalho e a protecção civil estará realmente pronta para ajudar e desenvolver as tarefas qe lhe venham a ser imputadas e precisas», assegurou Joaquim Botas Castanho.
Na reunião, estiveram presentes um representante da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, os Directores-Executivos dos Agrupamentos de Centros de Saúde, o Presidente do Centro Hospitalar do Médio Tejo, o Comandante Operacional Distrital da Autoridade Nacional de Protecção, o Comandante Distrital da PSP, representantes da GNR e o Presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Santarém. O próximo encontro está marcado para o dia 28 de Agosto.

 

«O Ribatejo»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:47
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 26 de Julho de 2009
À COMUNICAÇÃO SOCIAL


 
 
A CDU – Coligação Democrática Unitária apresentou ontem, dia 25 de Julho, no Parque 25 de Abril, a Lista candidata à Assembleia de Freguesia de Riachos, Torres Novas, nas Eleições Autárquicas de 11 de Outubro.

Por impossibilidade do Mandatário, Carlos Trincão Marques, de estar presente como estava previsto, a Lista foi apresentada na presença de algumas dezenas de apoiantes por José António Tomé.

Após a apresentação individual de cada membro da Lista, António Canais, membro do PCP de Torres Novas, foi chamado a ler uma mensagem enviada por Manuel Ligeiro, Cabeça de Lista à Assembleia Municipal de Torres Novas e candidato pelo circulo de Santarém à Assembleia da República.

Entre os temas e assuntos focados, o problema ambiental que envolve toda a população de Riachos, foi a marca dominante das intervenções protagonizadas por Bernardino Carrilho, Cabeça de Lista à Assembleia de Freguesia de Riachos e Carlos Tomé, Cabeça de Lista à Câmara Municipal de Torres Novas.

Como vem sendo hábito nas iniciativas da CDU, a Apresentação Pública da Lista terminou com mais um pequeno convívio de confraternização.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:36
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009
Comissão Utentes Saúde do Médio Tejo envia abaixo-assinado a ministra

 

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) enviou esta semana à ministra da Saúde 4.296 assinaturas reclamando medidas que ponham cobro à falta de médicos de família, situação que "tende a agravar-se" na região.

Sublinhando que este não é um problema exclusivo das populações das freguesias onde correu o abaixo-assinado, a CUMT adverte para as aposentações de médicos que vão ocorrer nos próximos tempos e para o período de férias.Alerta ainda para a falta de outros profissionais de saúde, nomeadamente enfermeiros.

O abaixo-assinado vai ser enviado igualmente aos grupos parlamentares, Governo Civil e câmaras municipais do Médio Tejo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:00
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 16 de Julho de 2009
PSD: Relvas lidera lista de candidatos a deputados

 

Miguel Relvas é o primeiro nome da lista votada ontem em Santarém pela distrital do PSD. Mas a direcção nacional do partido ainda tem de se pronunciar.

 

A Comissão Política Distrital do PSD votou ontem nominalmente a lista dos candidatos a deputados pelo distrito de Santarém para as próximas eleições legislativas. Miguel Relvas, deputado há 23 anos, foi votado para cabeça de lista. Uma votação que vai contra a estratégia de renovação das listas defendida pela líder nacional do partido, Manuela Ferreira Leite.
Em 2.º lugar na lista está Vasco Cunha, actual líder distrital, em 3.º, Carina Oliveira, de Ourém, em 4.º António Campos e em 5.º o representante da JSD, Duarte Marques, de Mação.
A lista tem ainda de ser ratificada pela Comissão Nacional e depois proposta ao Conselho Nacional do partido.
A lista completa ficou assim definida: 1.º - Miguel Relvas, 2.º - Vasco Cunha, 3.º - Carina Oliveira (Ourém), 4.º António Campos, 5.º Duarte Marques (JSD – Mação), 6.º Ana Marta (Torres Novas), 7.º Valada Rodrigues (Rio Maior), 8.º João Lopes (Almeirim), 9.º Vânia Neto (JSD – Santarém), 10.º Luís Vicente (Tomar), 11.º Nuno Figueiredo (JSD – Ferreira do Zêzere), 12.º - Sílvia Ferreira (Benavente), 13.º Gonçalves Oliveira (Abrantes), 14.º Paula Carloto (Entroncamento).
 

«O Templário»



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:57
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 1 de Julho de 2009
Militar da GNR condenado por corrupção

O Tribunal Judicial de Ourém condenou esta quarta-feira um militar da GNR, de 51 anos, a dois anos de prisão com pena suspensa, pela prática de corrupção passiva para acto ilícito.

 

O arguido, Joaquim da Fonseca Coelho, recebeu cem euros de uma condutora a fim de não proceder à elaboração de um auto de contra-ordenação resultante de uma infracção rodoviária na cidade de Ourém.

A presidente do colectivo de juízes, Cristina Sousa, disse ao arguido, na leitura do acórdão, que “era seu dever elaborar o auto de contra-ordenação” e acrescentou que o Tribunal considera que “a condutora passou mesmo a luz vermelha do semáforo”.

 

A favor do arguido, que exerce a profissão há 34 anos, o Tribunal valorizou o facto de ter confessado a maior parte dos factos, o “arrependimento” e a “vergonha”.

 

Joaquim da Fonseca Coelho foi ainda condenado, como pena acessória, à proibição do exercício das suas funções por dois anos.

«CM»

 

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:02
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Junho de 2009
Mação lança programa de apoio à recuperação de habitações degradadas
A Câmara de Mação vai apoiar parte das obras realizadas em casas degradadas no concelho, no âmbito da entrada em vigor do regulamento municipal para a conservação, reparação ou beneficiação de habitações que necessitam de intervenção.

Com este regime, válido para os próximos dois anos, a autarquia pretende incentivar e auxiliar os munícipes a repararem e conservarem as habitações degradadas, estando prevista uma comparticipação financeira, por agregado familiar, de "até 50 por cento" do custo total da obra.

Vasco Estrela, vice-presidente da autarquia, disse à Lusa que o programa de apoio "é válido para o centro histórico de Mação mas estende-se também a todas as freguesias do concelho", cujo parque habitacional esteja carenciado de beneficiações.

O autarca estimou em "cerca de 200 habitações" as que reúnem o perfil para uma candidatura ao programa de apoio, adiantando que, "se fossem recuperadas entre 100 a 120 casas em dois anos, seria muito bom".

O município aprovou ainda a distribuição de até 30 quilos de cal por agregado familiar para a pintura de fachadas, reduzir as taxas e licenças municipais em 95 por cento e ceder gratuitamente a maquinaria e equipamento da autarquia para a retirada de entulhos e demolições tidas como necessárias.

O autarca acrescentou que o objectivo da Câmara de Mação é "não só apoiar a recuperação do parque habitacional concelhio degradado, mas também incentivar a economia local, nomeadamente os pequenos empreiteiros, carpinteiros, pedreiros e comércio de materiais de construção, que se envolverão neste processo".
«Lusa»


publicado por Noticias do Ribatejo às 14:57
link do post | comentar | favorito
|

Concurso de Bandas

Concurso de Bandas da região de Santarém com vista ao apuramento para
o Concurso Nacional para Palco Novos Valores da Festa do Avante! 2009

3 de Julho, Sexta, 22h, em Alpiarça


À semelhança dos anos passados, a Juventude Comunista Portuguesa está
a realizar o seu Concurso Nacional de Bandas para o Palco Novos
Valores da Festa do Avante!

Esta iniciativa, que permite às bandas vencedoras actuar na Festa do
Avante! 2009, é mais do que um mero conjunto de concertos pelo país.
Na realidade, este concurso é a expressão do projecto
político-cultural da JCP e do PCP (de que a prática das autarquias CDU
é exemplo assinalável), um projecto de democratização do acesso e
fruição culturais – só possível a quem, como a JCP, leva as suas
reivindicações às massas juvenis e, com elas, constrói as condições
para a luta pela efectivação dos seus direitos, dos direitos de todos.
A cultura é instrumento emancipador dos povos e da juventude, em
particular. São inúmeros os espaços que os jovens portugueses formam
com vista à criação cultural, com particular destaque para as jovens
“bandas de garagem”. Estes grupos são espaços de criatividade,
intervenção, fraternidade, é expressão de liberdade.
Perante a vontade de criação de uma banda, as dificuldades que os
jovens encontram são inúmeras: desde o preço dos instrumentos, à falta
de formação nesta área em escolas públicas, à falta de espaços de
ensaio e experimentação, à falta de possibilidades de gravação, ou
mesmo as dificuldades de mostrar o seu trabalho, em espectáculos, fora
de um circuito comercial, vedado à maioria destes projectos,
dificultando a profissionalização nesta área.
O Palco Novos Valores é, portanto, uma oportunidade única que, para
além de  envolver milhares de jovens em todo o país, abre as portas a
diversas bandas para o mundo da música.

O concurso da região de Santarém, o Ribavante, realizar-se-á dia 3
de Julho, Sexta, em Alpiarça, no “Pavilhão do Partido”, com início
pelas 22h e nele actuarão 5 bandas do nosso distrito: Kwantta
(Abrantes), Os Outros (Torres Novas), Strap 58 (Cartaxo), TNB (Torres
Novas), Xtigma (Entroncamento)

A banda vencedora do Ribavante actuará na Finalíssima Sul
(eliminatória para as bandas vencedoras dos concursos dos distritos do
Sul do país) que, no dia 11 de Julho, no distrito de Évora


 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:42
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009
“É preciso tomar a sério as crianças”

 
 

O congresso “Francisco Marto: crescer para o dom” que decorreu no final da semana passada no Centro Pastoral Paulo VI terminou com uma conferência proferida por D. José Policarpo sobre os desafios que a criança coloca à Igreja e à sociedade.

No decorrer da conferência, D. José Policarpo lembrou que “na comunidade que a faz viver, a criança não é apenas beneficiária. Ela é um elemento decisivo da solidez e da autenticidade dessa comunidade. Isto é particularmente verdade na comunidade familiar, em que as crianças podem ser decisivas na construção dessa comunidade, a começar na comunhão esponsal dos esposos que são pais, que descobrem nos filhos o elemento de coesão do seu próprio amor, que nunca mais poderá ser julgado só a partir de dois, mas a partir da comunidade que formam com os filhos”.

Para o Cardeal Patriarca de Lisboa, este é o aspecto mais dramático das famílias desfeitas. “Quando um casal se separa, tomam essa decisão só a partir de si mesmos, sem terem em conta os filhos, membros de pleno direito da comunidade familiar, para os quais se procuram soluções, que nunca substituem a perda da comunidade da vida”, afirmou.

Ao falar dos desafios colocados pelas crianças à Igreja e à sociedade, D. José Policarpo lançou também um desafio aos participantes do congresso, apelando “a todos os membros da comunidade, em qualquer idade e em todas as idades, que não apaguem no seu coração a criança que já foram e que permanece como modelo inspirador do que desejariam ser, no melhor dos seus ideais”. E confessou que também ele “não gostaria de acabar ‘infantil’; mas desejaria muito morrer com um coração de criança”.

“As crianças são uma interpelação para os adultos: é preciso escutá-las, tomá-las a sério”, realçou, para lembrar: “Quantas vezes elas são na vida de pessoas, devoradas pelas urgências do mundo, a única mensagem de beleza e simplicidade que nos podem abrir para o Reino de Deus. É preciso tomar a sério as crianças e a mensagem de vida que nos comunicam”.

D. José Policarpo defendeu ainda que “é preciso defender as crianças do espírito do mundo”, ao lembrar que “a sociedade contemporânea é capaz, não apenas de desconhecer, mas de corromper e violentar as crianças”. “A criança leva os pais a reencontrarem a criança que está neles, na prioridade dada à ternura que transforma todo o amor, a confiarem um no outro e em Deus, saindo da sua auto-suficiência, a captarem na vida a sua carga simbólica, carregada de mensagem, a confiarem mais do que quererem resolver tudo sozinhos. O Reino de Deus é para viver já neste mundo e semeia em nós o desejo de eternidade. É por isso que é bom desejar morrer com um coração de criança, abraçar a ‘irmã morte’ com a simplicidade com que se abraçou a vida”.

O congresso dedicado ao pastorinho vidente terminou com palavras de satisfação e elogios à organização pela forma como decorreu o congresso, que juntou algumas centenas de participantes e especialistas das mais diversas áreas, mas também com alguns apelos no sentido de escutar as crianças que têm muito a ensinar. Os participantes foram também unânimes em considerar que a figura de Francisco é portadora de imensas possibilidades e motivos de inspiração para os nossos dias.

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:12
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15


25
26
27
28
29

30


posts recentes

TOMAR/OURÉM:ATENÇÃO AOS U...

OURÉM - Isaura Morais na ...

OURÉM - “TRÊS IDENTIFICAD...

SANTAREM - Ao longo dos ú...

Actualidades vistas pela ...

SANTAREM - Governadora de...

"Actualidades", pela Depu...

PAPA em Fátima

Actividade operacional d...

AGRUPAMENTO DE CENTROS DE...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds