NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -

Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012
SANTARÉM - Isaura Morais a presidente da distrital do PSD

 

 

Isaura Morais é a primeira candidata a apresentar-se à presidência da distrital do PSD já que Vasco Cunha vai abandonar por limite de mandatos os destinos do PSD da região. Noticia ainda o ‘O Ribatejo’ que as eleições já estão marcadas para o dia 3 de Março.

Isaura Morais é actualmente a presidente da Câmara Municipal de Ri Maior



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:47
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2012
CORUCHE - Curso de Formação de Nadadores Salvadores

 

Curso de Formação de Nadadores Salvadores
Rio Maior 2012
Duração: De 6 de Fevereiro a 13 de Março de 2012, durante 29 dias (135h de Segunda a Sábado), em horário pós laboral (Após as 19h de segunda a sexta e durante a manhã ou tarde ao Sábado), com uma carga horária de 5 horas diárias.
Exame de Admissão: 12 e 13 de Março de 2012 em horário e local a confirmar
Data Limite de Inscrição: 1 de Fevereiro de 2012
Inscrições até à Data Limite de Inscrição via Email (PREFERENCIAL) ou Correio para:
buzios_ansc@hotmail.com
ou
BÚZIOS – Associação de Nadadores Salvadores de Coruche
Santo Antonino
2100-042 CORUCHE
Dúvidas: Colocar via email (buzios_ansc@hotmail.com). Esclarecidas em 24h.
Ficha de Inscrição e Informações: disponível em www.buzios.org.pt
Condições de Admissão:
 Ter idade mínima de 18 anos à data de início do curso;
 Habilitação literária mínima correspondente à Escolaridade Mínima Obrigatória;
 Possuir Robustez Física e Mental para a actividade de nadador salvador, comprovada por Atestado Médico ou Termo de Responsabilidade.
Inscrição (Entregar via correio ou email até à Data Limite de Inscrição):
 Ficha de Inscrição Preenchida
 Fotocópia do Bilhete de Identidade / Cartão de Cidadão
 1 Fotografia Actualizada tipo passe a cores
 Currículo Escolar e Profissional
 Comprovativo de Escolaridade
 Atestado Médico / Termo de responsabilidade a Comprovar Robustez Física e Mental para o Curso
 Fotocópia do último cartão de Nadador Salvador (Caso se aplique)
 Pagamento em cheque, vale postal (endereçado à BÚZIOS) ou comprovativo de transferência bancária (NIB 0045 5170 40188132418 43 – Indicar na descrição: “1º e último Nome + CFNS Rio Maior 2011”), de: Valor Taxa de Matrícula (1)
127,00 €
(1) – A taxa de matrícula inclui Manual e Diploma
Curso de Formação de Nadadores Salvadores
Rio Maior 2012
Página 2 de 2
Provas de Admissão:
 Provas de Admissão:
1. Nadar 100 metros livres, no tempo máximo de 1:50 minutos
2. Natação subaquática (apneia) no tempo mínimo de 20 segundos
3. Nadar 25 metros em decúbito dorsal (costas), só com batimento de pernas
4. Apanhar dois pesos a uma profundidade mínima de 2 metros
Devoluções:
 Em caso de desistência durante a formação, não comparência aos exames, reprovação nos exames de admissão, reprovação nos exames finais ou exclusão durante a formação, o valor da inscrição NÃO será devolvido, nem parte dele;
Caso estas situações se devam a questões de saúde comprovadas por documento médico, o formando pode mediante requerimento ao ISN e comprovativo, solicitar inscrição num próximo curso apenas pagando uma taxa de matrícula de 7,00€.
Seguro:
O Seguro tem início nas provas de admissão e dura até ao final do curso. Não estão cobertos os acidentes pessoais ocorridos fora dos períodos e locais em que o curso é ministrado nem os resultantes do uso de brincos e piercings.
Exclusões durante o Curso:
 Faltar a mais de 10% do total de horas do curso (13,5h)
 Praticar actos com dolo ou mera culpa que, pela sua gravidade, inviabilizem a sua continuidade no curso;
 Mostrar falta de aproveitamento e aptidão.
Número Limite de Inscrições: 30
Certificação da Formação: Instituto de Socorros a Náufragos
Legislação Aplicável: Lei 44/2004 de 19 de Agosto, Decreto Lei 118/2008 de 10 de Julho, Portaria 1531/2008 de 29 de Dezembro, Decreto Lei 242/2009 de 16 de Setembro, Circular 2011 da DGAM, Despacho nº 18468/2010 de 14 de Dezembro.
Após a recepção da inscrição, a BÚZIOS contactará o inscrito, de forma a confirmar o local e hora do exame de admissão.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:01
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010
ALPIARÇA - Carlos Coutinho com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 na mira
A DESMOR E.E.M., entidade gestora do Complexo Desportivo de Rio Maior, representada pela presidente do seu Conselho de Administração, a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais e a Confederação Brasileira de Triathlon, representada pelo respectivo presidente, Carlos Alberto Machado Frópes, firmaram na passada sexta-feira, um protocolo tendo em vista a preparação, no Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior, de triatletas brasileiros, com o necessário enquadramento técnico, para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. É o chamado Projecto Rio Maior 2016.
Ao abrigo deste protocolo, ao longo de 6 anos, 6 épocas desportivas, Rio Maior será a base de toda a preparação olímpica de uma selecção de triatletas brasileiros, que tentarão, no futuro, assegurar a sua presença nos Jogos Olímpicos em 2016.
Aqui se irão preparar para a competição internacional e para a obtenção dos mínimos olímpicos que lhes permitam a qualificação para a competição que o Brasil vai organizar daqui a seis anos.
Para Carlos Coutinho, administrador da Desmor, a assinatura deste protocolo representa «a grande mudança de paradigma do próprio Centro de Estágios de Rio Maior, para enfrentar um futuro muito competitivo ao nível da oferta hoteleira com finalidade desportiva». Este passo é consequência de um «grande esforço da modernização da oferta e de aposta num modelo diferente de relação com o desporto e o Alto Rendimento», que levou a Desmor a juntar «a sua reconhecida capacidade para hospedar atletas e equipas de alta competição, uma decisiva valência de enquadramento técnico, tendo contratado, para o efeito, um dos maiores especialistas de todo o Mundo em Alto Rendimento, o professor Sérgio Santos», explicou convicto de que a contratação deste especialista resulta de uma «visão de futuro e de progresso» da Desmor.
É assim que os atletas brasileiros seleccionados para este projecto irão passar, em média, entre 200 a 250 dias por ano em Rio Maior ou em competição na Europa, sob a supervisão técnica daquele que é «um dos maiores especialistas mundiais em Alta Competição», argumentou, considerando que o protocolo «é muito mais do que isso, é um primeiro passo no sentido da Consultoria Desportiva que a Desmor está. Agora, capacitada para desenvolver».
Carlos Coutinho adiantou que durante o período de vigência do documento, a Desmor vai colaborar com a Confederação Brasileira de Triatlo «no desenho dos futuros Centros de Alto Rendimento que a Confederação pretende construir no Brasil, de acordo com o que está implantado em Rio Maior», o que é «uma oportunidade de relevante importância na exportação de conhecimento e de capacidade para montar um modelo de Centro de Alta Rendimento eficaz, funcional e distinto».
«Região de Rio Maior»


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:55
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010
I Congresso Distrital do PSD - Sessão Concelhia de Alpiarça

 

 

 

 

Carregue em cima para ampliar.

 Foto de Cima: João Brito (Direita); Mário Noronha (Esquerda); de costas, Isaura Morais, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior Foto de Baixo: De frente: Isaura Morais, João Brito e Mário Noronha



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:14
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 23 de Outubro de 2010
ALPIARÇA - Vanda Nunes, vice-presidente CCDR-LVT acompanhou Secretário de Estado para entregar o apoio de Fundo de Emergência Municipal às autarquias

Várias câmaras da região Oeste e de Alpiarça começaram a receber, o apoio financeiro proveniente do Fundo de Emergência Municipal para repararem os dados causados pelo mau tempo de 23 de Dezembro do ano passado.

O montante actualmente disponibilizado pelo Fundo de Emergência Municipal é de 5.457.233,66 euros.
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) foi um parceiro incontornável neste processo, desenvolvendo um trabalho muito próximo com os municípios, de acompanhamento e análise das suas candidaturas e, simultaneamente, de articulação com a Secretaria de Estado da Administração Local, para agilização de procedimentos.
Entre os dias 20 e 22 de Outubro, o Secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, acompanhado pela vice-presidente da CCDR-LVT Vanda Nunes, deslocou-se aos municípios de Arruda dos Vinhos, Rio Maior, Lourinhã e Alenquer.
O investimento elegível para as várias reparações, sobretudo viárias, apresentadas pela Câmara Municipal de Alpiarça é de 737.471,99 euros, sendo comparticipados 442.482,60 euros.
Recorde-se que Vanda Nunes, ex-presidente da Câmara Municipal de Alpiarça exerce actualmente o cargo de vice-presidente da CCDR-LTV


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:40
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010
SANTAREM - Vereador João Teixeira Leite debateu o tema “Os Jovens e a Política” nas Jornadas da Juventude organizadas pela Câmara Municipal de Rio de Maior


O Vereador João Teixeira Leite aceitou o desafio de debater com mais três jovens durante as Jornadas da Juventude organizadas pela Câmara Municipal de Rio Maior, tendo como tema “Os Jovens e a Política”. Várias dezenas de Jovens participaram neste debate, tornando-o bastante participado.
 
Todos os jovens que integraram o painel tinham orientações e filiações partidárias diferentes, mas as opiniões foram generalizadas sobre o actual estado de afastamento dos jovens da política.
 
João Leite na sua intervenção inicial referiu que “na minha opinião não são os jovens que estão afastados da política, mas sim muitos dos políticos de hoje é que estão afastados dos jovens”.
 
João Leite ao longo da sua intervenção fez referência a um estudo da Universidade Católica, que concluía que a Juventude ainda estava bastante afastada da política, o jovem Vereador referiu que para além dos partidos que fecham muitas vezes as suas portas à juventude, estes ainda não conseguem fazer passar as suas mensagens “é importante os partidos políticos fazerem passar as suas ideias utilizando as novas tecnologias”.  João Leite referiu ainda que “o grande problema da nossa democracia é a falta de um projecto mobilizador, que mobilize a nossa juventude, continuamos com uma educação débil, uma justiça enfraquecida, Portugal tem de dar esperança à nossa juventude, é urgente uma reforma profunda do nosso sistema político”.
 
O Autarca de Santarém finalizou a sua intervenção apelando à participação de todos os jovens que estavam na plateia, “nós jovens somos os mais castigados por esta crise! E vamos ficar sentados à espera que ela passe? Apelo há vosso irreverência, há vossa vontade de vencer os desafios, temos de fazer parte da mudança, participem todos na construção de um Portugal melhor, através da vossa Freguesia, de uma Assembleia Municipal, através de uma Associação, é indiferente, não fiquem é em casa, lutem pela vossa cidade e pelo vosso País.”



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:47
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010
COMUNICADO do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Santarém da GNR

“IDENTIFICAÇÃO/CONSTITUIÇÃO DE ARGUIDOS”

Em 12 de Outubro de 2010, os militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Santarém na sequência de diligências de Investigação localizaram, nos arredores da localidade de Pernes, seis (06) indivíduos, dois (02) do sexo feminino e quatro (04) do sexo masculino, com idades compreendidas entre 17 e 23 anos de idade, residentes nos concelhos de Santarém e Rio Maior, tendo procedido à sua detenção pela prática de vários ilícitos, nomeadamente roubos por esticão, com incidência a idosos, sequestro, furtos em residências, furtos de viaturas, incêndios em veículos furtados e veículos estacionados na via pública, nas áreas dos concelhos de Santarém, Torres Novas, Rio Maior e Caldas da Rainha. Aquando da detenção foram apreendidos aos arguidos dois veículos automóveis e um telemóvel proveniente de um roubo por esticão no concelho de Santarém. Os suspeitos foram libertados mediante constituição de arguido, prestação de Termo de Identidade e Residência, tendo o processo passado a inquérito.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:04
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 23 de Março de 2010
Atletismo
Decorreu no fim de semana de 20 e 21 de Março na cidade de Rio Maior a edição de 2010 do Atleta Completo Regional - Santarém. Com indicação da metereologia que iria chover durante o dia de sábado previam-se condições complicadas para a realização deste evento desportivo tão importante no panorama desportivo regional. Felizmente o início da primavera trouxe bom tempo... e com isso vieram também os bons resultados. Afinal chuva... só se foi a de novos recordes pessoais!!! Os atletas de Almeirim estiveram ao seu melhor nível dando mostras de que estão a evoluir e já se começam a notar os resultados que provêem do treino. A superação individual foi nota dominante nestes campeonatos, estando todos os elementos de equipa muito bem, merecendo os mais rasgados elogios dos seus técnicos já no final desta dura e exigente competição. Pena foi não ter sido possível festejar em Rio Maior o 3º lugar colectivo, pois devido a problemas de informática os resultados apontavam a equipa como 4ª classificada. Após correcção do erro os atletas e técnicos celebraram efusivamente este brilhante resultado que vinca bem o bom trabalho que tem vindo a ser feito com os jovens, demonstrando que a formação tem sindo bastante eclética e geral, capacitando por isso os "mirtilos" em todas as vertentes do atletismo... Saltos... Lançamentos... e Corridas! Aqui fica também uma palavra de parabéns às equipas vencedoras, que de resto têm sido presença assidua no pódio quer colectiva quer individualmente, são elas as equipas do GA Fátima (1º lugar -18591 ) e o CN Rio Maior (2º lugar -16807). A Associação 20 km de Almeirim conseguiu o seu recorde pontual de sempre com uns fabulosos 15239 pontos, o que deixa adivinhar uma boa classificação geral quando for feita a classificação a nivel nacional. Individualmente aqui ficam os desempenhos dos atletas de Almeirim: Infantis Femininos Joana Alves (benjamim) - 21ª 687 pontos - 3ª benjamim Inês Fidalgo (benjamim) - 18ª 834 pontos - 1ª benjamim Joana Cruz - 22ª 644 pontos Leonor Tavares - 4ª 1817 pontos Infantis Masculinos Francisco Gaio (benjamim) - 11º 980 pontos - 1ºbenjamim Pedro Fernandes (benjamim) -19º 473 pontos - 5º benjamim Hugo Pereira (benjamim) - 17º 608 pontos - 3º benjamim Nuno Jardim - 6º 1324 pontos Iniciados Femininos Alexandra Pereira - 18ª 1185 pontos Catarina Monteiro - 7ª 2694 pontos Inês Pereira - 11ª 2317 pontos Marta Cruz - 8ª 2560 pontos Ana Paisana - 17ª 1666 pontos Mónica Catarro - 14ª 1827 pontos Iniciados Masculinos Ricardo Mateus - 16º 1784 pontos Rodrigo Silva - 20º 1642 pontos Tiago Caniço - 21º 1618 pontos José Santos - 8º 2682 pontos Juvenis Femininos Ana Casimiro - 7ª 2534 pontos Georgiana Grosos - 8ª 2446 pontos Juvenis Masculinos Pedro Sá - 21º 1700 pontos Ricardo Carrilho - 5º 4188 pontos Por: Daniel Leandro


publicado por Noticias do Ribatejo às 09:15
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Março de 2010
SANTAREM-GUARDA NACIONAL REPUBLICANA
coruche,ComandoTerritorial deSantarém Actividade Operacional No Distrito de Santarém, zona de acção do Comando Territorial de Santarém, este Comando registou, entre outros, os seguintes dados na actividade operacional, desenvolvida durante o período de 15 a 21 de Março de 2010. Detenções: 31 Indivíduos detidos pelos seguintes motivos: Dez detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Sete detidos em cumprimento de mandados judiciais; Sete detidos por condução ilegal de veículo automóvel; Três detidos por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por crime de desobediência; Um detido por ofensas à integridade física de agente da autoridade; Um detido por crime de contrafacção; Um detido por crime de posse de arma proibida. Tendo sido solicitado a este Comando por vários órgãos de comunicação social regionais, passa a ser difundido por concelho a informação julgada útil. Abrantes: Um detido em cumprimento de mandado Judicial. Mação: Um detido por crime de ofensas à integridade física a agente da autoridade. Constância: Um detido por condução ilegal de veículo automóvel. Coruche: Cinco detidos por condução ilegal de veículo automóvel; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Um detido por crime de contrafacção; Um detido por crime de posse de arma proibida. Benavente: Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais; Um detido por condução ilegal de veículo automóvel; Três detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Santarém: Dois detidos por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Rio Maior: Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Almeirim: Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool; Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais. Ourém: Dois detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Torres Novas: Um detido em cumprimento de mandado Judicial; Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool. Chamusca: Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal; Um detido por crime de desobediência. Vila Nova de Barquinha: Um detido em em cumprimento de mandado Judicial.


publicado por Noticias do Ribatejo às 15:11
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Março de 2010
Actividade operacional desenvolvida pelo Comando Territorial da GNR de Santarém, no período de 01 a 07 de Março de 2010

 GUARDA NACIONAL REPUBLICANA

ComandoTerritorial deSantarém

Um detido em cumprimento de mandado Judicial;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel.

 Salvaterra de Magos:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por crime de posse e tráfico estupefacientes.

 Santarém:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Rio Maior:

Sete detidos por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

Um detido por condução ilegal de veículo automóvel;

Um detido por crime de desobediência qualificada;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Almeirim:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

 Alpiarça:

Dois detidos em cumprimento de mandados Judiciais;

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Ourém:

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool;

 Ferreira do Zêzere:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal;

Um detido por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool.

 Torres Novas:

Um por crime de condução de veículo furtado e posse de arma ilegal;

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Alcanena:

Um detido em cumprimento de mandado Judicial.

 Chamusca:

Um detido por condução de veículo automóvel sem habilitação legal.

 Golegã:

Um detido por condução ilegal de veículo

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 7 de Março de 2010
Caudais no Tejo estabilizaram

O nível de cheia na bacia do Tejo estabilizou hoje, domingo, uma vez que o débito das barragens que regularizam o rio se tem mantido constante nas últimas horas, registando-se uma descida da água nos afluentes do rio.

De acordo com o comunicado do Governo Civil emitido ao princípio da tarde, a diminuição da precipitação na região leva a prever uma diminuição dos níveis das águas nos rios Nabão, Alviela, Almonda e Sorraia, que subiram devido às fortes chuvadas registadas sexta-feira e sábado.

Accionado o alerta amarelo do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo no passado dia 22 de Fevereiro, têm estado inundadas desde então, com variações dos níveis da água, a parte baixa da vila de Constância, o cais de Tancos e a avenida dos Plátanos, em Vila Nova da Barquinha (esta parcialmente).  

No concelho de Santarém, a povoação de Reguengo do Alviela está isolada desde a madrugada de 23 de Fevereiro, devido à submersão da estrada nacional 365 entre Vale de Figueira e Pombalinho, registando-se ainda lençóis de água na estrada municipal que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira.  

A EN 365 ficou ainda submersa nas últimas horas nas Assacaias e em Palhais, na Ribeira de Santarém.  

Por influência do rio Maior está submersa a EM 580-1, entre Vila Nova do Coito e Almoster, e a EN 365 na Ponte do Celeiro, e por influência do rio Alviela a estrada municipal que liga Almajões a Sobral, podendo durante o final da tarde ficar ainda submersa a estrada municipal que liga Santarém à aldeia ribeirinha de Caneiras, todas no concelho de Santarém.  

No concelho da Golegã está submersa a EN 365, na ligação à Azinhaga, em Alpiarça a EM 1369, na ligação a Torrinha e Porto da Courela, e no município da Chamusca as estradas municipais que ligam Vale de Cavalos a Santa Clara e à Chamusca.  

No concelho do Cartaxo, estão submersas a EN 3-2, entre a ponte do Reguengo e Valada, a EN 114-2, entre o Setil e Reguengo, a municipal que liga Porto de Muge ao Vale de Santarém e, parcialmente, a EN 3-3, entre Santana e Cartaxo.  

Por influência da subida do rio Maior estão ainda submersas as estradas municipais 514, entre Valbom e Assentiz, a que liga S. João da Ribeira a Vale das Mós e a que liga S. João da Ribeira a Carvalhais (esta com registo do colapso de uma pequena ponte), todas no concelho de Rio Maior.  

Devido à subida das águas do rio Sorraia, estão submersos, no concelho de Coruche, os caminhos municipais que ligam à EN 251, em Santa Justa, a EN 114-3 à EM 515 e a EN 114-3 à EN 119, bem como a EM 1456, entre Benavente e a Reta do Cabo. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:03
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 6 de Março de 2010
"A dor da gentre não sai no jornal"

Chico Buarque tem uma letra que diz: “a dor da gente não sai no jornal”. Lembrei-me disto após a trágica morte do Leandro que pôs termo à vida após muito tempo de violência na escola (o famoso bullying).

A sua dor deve agora ser a nossa dor, que infelizmente vem nos jornais tarde de mais. A Maddie (que não nos é nada) desapareceu. Parou o país, correu o mundo. O Leandro morreu, deverá fazer parar as nossas consciências e activar as nossas atitudes. A passividade perante a violência tornou-se tão habitual que já faz parte do nosso dia-a-dia como “normal”. Isto nunca poderá ser normal.

A violência nas escolas é uma realidade, não vale a pena negá-lo. Desvalorização da função educativa, poucas perspectivas de emprego, famílias com pouca cultura escolar, professores desmotivados, professores crispados com as políticas educativas, you name it. Não falta quase nada nas nossas escolas para que sejam autênticos cocktails de instabilidade onde aqui e ali tudo vai acontecendo. Infelizmente com poucas soluções à vista.

Falo ainda de outra violência. A violência doméstica. Continuam a morrer mulheres porque amam demais. Continuamos ainda com números que nos envergonham, se bem que qualquer número diferente de zero será sempre dizer demais.

Morreram o ano passado 26 mulheres nesta condição. Na aproximação de mais um dia internacional da mulher gostaria de lembrar estas. Porque igualdade também começa no respeito.

Há uns anos escrevi um texto por esta altura que começava assim:”Ser mulher, estar na política”. Tinha pouco mais de 20 anos, não conhecia nem marido nem filhos. Estava na política de fresco, começava a conhecer os seus caminhos, num percurso com poucas outras mulheres, que basicamente são as mesmas hoje. Descrevia as etapas e barreiras que as mulheres tinham vindo a ultrapassar ao longo dos anos. Com datas, números e estatísticas. Dizia na altura que não conseguia compreender porque não há mais mulheres na política.

Hoje pensei actualizar este texto e concluir que estamos mais ou menos na mesma, mais umas décimas de estatística, mais umas coisas conseguidas aqui e ali. E descubro que há um plano nacional e coiso e tal, com muitas folhas e assim.

O texto podia ser escrito hoje que ninguém dava pela diferença.

Para mim hoje, ser mulher é estar na política, mas é escrever este texto com o sentimento de impotência de quem vê o filho de outra desaparecer só porque é mais franzino que os outros. E ter a dor de tentar perceber que país é este…

É assim o nosso mundo? Umas vezes gira ao contrário. Outras mesmo de pernas para o ar. Pode ser melhor? Terá mesmo que ser. A política é um meio para que isso aconteça. As eleições instrumentos. Mas o fim último terá sempre que ser construir este cantinho melhor para quem fica.

 

Por: Carina João. Deputada do PSD na Assembleria da República e em exclusivo para "Noticias do Ribatejo"



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:44
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
GOLEGÃ-Veiga Maltez toma posse como presidente do conselho da comunidade do ACES Ribatejo

 

O presidente da Câmara Municipal da Golegã, Veiga Maltez, que é também médico de formação, é o novo presidente do conselho da comunidade do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Ribatejo, composto pelas unidades de Santarém, Rio Maior, Golegã, Cartaxo e Azambuja.

“Esta é uma aventura para a promoção da saúde e para o combate à doença. É a aposta naquilo que as nossas comunidades merecem em termos de saúde familiar”, afirmou o autarca durante o acto de tomada de posse, que decorreu na segunda-feira, 25 de Janeiro, no salão nobre da Câmara da Golegã.

Além do novo presidente do conselho da comunidade, estiveram presentes os médicos Carlos Ferreira e António Lourenço, respectivamente director executivo e presidente do conselho clínico do ACES Ribatejo.

http://www.oribatejo.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:36
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009
Cartaxo vai ter Unidade de Cuidados na Comunidade
 

Os centros de saúde do Cartaxo, Santarém e Rio Maior vão ser os primeiros da região a terem em funcionamento Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC), cuja principal missão é contribuir para a promoção da saúde e para a prevenção da doença.

Estas unidades prestam cuidados de saúde e apoio psicológico e social domiciliário e comunitário a pessoas, famílias e grupos mais vulneráveis.

Ou seja, pretende-se que equipas compostas por médicos, enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas, higienistas orais, psicólogos, entre outros, acompanhem utentes em situação de maior risco ou dependência física e funcional ou doença

http://radiocartaxo.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:37
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009
CLUBE DE NATAÇÃO DE RIO MAIOR e CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS NOS CAMPEONATOS NACIONAIS DE CLUBES DA 1ª E 2ª DIVISÕES


 

O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.

 Nos dias 19 e 20 de Dezembro decorreram os Campeonatos Nacionais de Clubes da 1ª e 2ª Divisões, em Santo António dos Cavaleiros, com a organização da Federação Portuguesa de Natação e Associação de Natação Lisboa, onde participaram clubes filiados na Associação de Natação do Distrito de Santarém (ANDS).

O Clube de Natação de Rio Maior (CNRM) e o Clube de Natação de Torres Novas (CNTN) participam com as suas equipas masculinas no campeonato da 2ª Divisão, onde estão inscritas 16 equipas.

Os clubes concorrentes a cada um dos campeonatos serão ordenados pelo somatório dos

pontos obtidos por cada nadador em cada prova.

Ascendem à  1ª Divisão os dois primeiros classificados e descerão à 3ª Divisão os 13º, 14º, 15º e 16º classificados por troca dos 4 primeiros que se classificaram no campeonato da 3ª Divisão em 12 e 13 de Dezembro.

Tendo em conta que o grande desafio destas equipas é a sua manutenção na 2ª Divisão, a ANDS deseja-lhes a melhor sorte e os maiores êxitos para que consigam atingir os seus objectivos.

A direcção da ANDS



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:48
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009
Na Rota dos Sabores

A AMPV em parceria com a CVR Tejo, do dia 4 a 8 de Dezembro, realiza um evento dedicado aos vinhos da Região Tejo. A intenção é aproveitar a época para sensibilizar os visitantes a adquirir e oferecer vinhos.


A Casa do Campino, situada no Campo Infante da Câmara em Santarém, será o local de realização deste evento, onde os produtores vinícolas da Região Tejo irão apresentar os seus vinhos.
Diariamente das 14 às 22 horas, os visitantes têm a oportunidade de provar e comprar diversos produtos regionais, para além de assistir a diversificados momentos musicais, da responsabilidade dos Municípios AMPV da Região Tejo: Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Cartaxo, Coruche, Rio Maior, Tomar e Santarém.
Em cada um dos dias do Evento, um enólogo da região conduzirá uma prova de vinhos apresentando os vinhos e as castas da região, no dia 5 de Dezembro poderá participar num Curso Gratuito de Iniciação à Prova de Vinhos, no mesmo dia a discoteca Horta da Fonte no Cartaxo recebe os vinhos do Tejo.
Nos dias 5 e 8 de Dezembro, às 14 horas, poderá assistir a uma demonstração de Pintura com Vinho em aguarela, pelo pintor Massimo Esposito.
Integrado neste evento no dia 7 de Dezembro, a partir das 15 horas, será realizado o WorkShop subordinado ao tema “Na Rota dos Vinhos do Ribatejo”, em discussão nesta reunião de trabalho estará a reestruturação da Rota do Vinho do Ribatejo, do programa fazem parte a partilha de experiências e projectos de Enoturismo da região.
Pela manhã, do dia 7, realiza-se um passeio na região, com inicio na Casa Cadaval com uma Demonstração Equestre, seguida por uma visita à Adega de Casal Branco e finaliza com uma Prova de Vinhos na Quinta da Alorna. A visita é gratuita e é limitada ao número de inscrições existente.
O dia finalizará com o Jantar de Natal AMPV, abrilhantado por um grupo de fadistas, onde se realizará um leilão de vinho cuja receita reverterá para a delegação de Santarém da APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, havendo ainda a homenagem a Vítor Martelo, Ex-Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, onde exerceu este cargo durante 32 anos, com 9 mandatos consecutivos e Ex Vice Presidente da Mesa da Assembleia Intermunicipal da AMPV.
Estão preparadas as condições para ser um evento de excelência, onde terá a oportunidade de fortalecer os seus conhecimentos acerca da região e do mundo da vinha e do vinho em geral. Não perca esta oportunidade. Poderá consultar mais informações no site
www.ampv.pt e www.cvrtejo.pt ou contactar-nos directamente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009
SANTARÉM - W Shopping lança concurso de Natal

 

O W Shopping, centro comercial gerido pela Multi Mall Management, lançou o concurso de Natal: «Mistério no W Shopping». O concurso, no qual os visitantes do W Shopping se podem habilitar a ganhar um prémio no valor de cinco mil euros em compras, já começou no dia 14 de Novembro. Para vencer o prémio, terão de conseguir decifrar até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2010, o «Mistério do W Shopping».

 

 

As compras no valor de 15 euros e múltiplos transformam-se em participações. A cada participação é fornecida uma pista. Quantas mais vezes participarem, mais possibilidades os participantes terão de ser o grande vencedor do concurso «Mistério do W Shopping». No decorrer do concurso serão dadas algumas pistas aos participantes que poderão ajudá-los a desvendar o misterioso enigma. As pistas vão estar espalhadas pelo W Shopping, vão estar disponíveis em jornais locais e no Facebook em «W Mistério de Natal». Sozinho ou com a ajuda da família, siga as pistas e divirta-se a desvendar o grande Mistério do W Shopping. O importante é dedicar atenção TOTAL aos mínimos detalhes de cada pista. Quer uma pista? O W vai ser o Centro de toda a acção. Para obter mais informações acerca deste concurso de Natal «Mistério no W Shopping», dirija-se ao Balcão de Informações do W Shopping.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:00
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 14 de Novembro de 2009
Almeirim recebe prova de corta-mato de abertura

 

Almeirim - Ass 20 kms HPIM1304

A primeira prova de corta-mato da época 2009/2010 do calendário competitivo da Associação de Atletismo de Santarém (AAA) vai realizar-se no parque da Zona Norte de Almeirim, no próximo dia 6 de Dezembro, organizada pela Associação 20kms de Almeirim.

O corta-mato inicia-se às 9h30, e esperam-se cerca de 250 atletas federados dos diversos clubes do distrito de Santarém, numa prova aberta a escalões desde os benjamins aos veteranos, de ambos os géneros.

http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:31
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009
Desfile de Caloiros em Santarém

Os caloiros da Escola Superior de Saúde foram os grandes vencedores do desfile realizado esta quarta-feira, dia 11, nas ruas da cidade de Santarém.

Vestidos de pílula, preservativos, de vírus da SIDA e de boletim, os caloiros abordaram nos seus cânticos o tema do “planeamento familiar”.

Os caloiros de Rio Maior, que ficaram em segundo lugar no desfile, vieram a Santarém mostrar o tema do “golfe” com os alunos vestidos de originais golfistas, um desporto que aliás está a ganhar tradição no concelho com o campo Golden Eagle na Quinta do Brinçal.

Os caloiros da Educação, que ficaram no terceiro lugar, abordaram o tema da reciclagem, na continuidade do tema que escolheram para as suas “eco-praxes” e vieram ao desfile vestidos de papelões, vidrões, pilhões, caixotes do lixo, embalões e munidos de vassouras, apelando aos milhares de espectadores que os viam para limparem a cidade.
A Escola de Gestão escolheu o tema da “crise” e criou uma encenação em que os caloiros, vestidos de super-gestores (à maneira do Super-Homem), combateram outros caloiros vestidos de “problemas”  como o desemprego, a inflação, o endividamento, a pobreza,entre outros.
Da Agrária chegaram caloiros vestidos de cogumelos, numa alusão ao tema escolhido “os alimentos tóxicos”.

 

http://www.oribatejo.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:54
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009
SANTARÉM - Bombeiros decidem manter preços de serviços prestados à comunidade

 

24 das 28 Corporações de bombeiros da Federação de Bombeiros do Distrito de Santarém estiveram reunidas em assembleia-geral e decidiram manter, em 2010, as tabelas de  preços de serviços prestados à comunidade. O presidente da federação, Adelino Gomes, refere que esta decisão, tomada por unanimidade, visa situações pontuais e serve apenas de referência para esses casos:

 

 

«Esta tabela não trás grandes vantagens ou receitas aos bombeiros. Trata-se de uma tabela para alguns serviços ocasionais. De entre os serviços tabelados, na assistência a actividades de desporto e lazer, a taxa de saída de cada viatura ligeira, até 10 quilómetros de distância, é de 30 euros, e por cada viatura pesada, 120 euros. Para deslocações além de 10 quilómetros paga-se mais 1,80 euros a cada quilómetro em viatura ligeira e 5 euros em viatura pesada. A abertura de portas é outro dos serviços muito requisitados. Neste caso, em 2010, vai continuar a pagar-se a taxa de saída (até 10 Km) de 25 euros. O preço de quilómetro percorrido é de 2,50 euros e o preço de cada bombeiro por hora de actividade é de 12,50 euros. Refira-se que estes são valores de referência cabendo a cada município decidir os valores finais.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:51
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009
Taça Ribatejo ao rubro

 

 

42-16935174

A uma jornada do fim da fase de grupos houve poucas surpresas e várias equipas perderam a esperança de passar para a 1ª eliminatória. Não há, por enquanto, líderes indefectíveis.

Uma dos resultados inesperados aconteceu no grupo 1, em Alcanena, onde a equipa de José Torcato perder a oportunidade de resolver o apuramento. O inesperado empate com o Ouriense adiou a decisão, para qualquer das equipas. A última jornada do Alcanenense em Caxarias promete ser uma final, pois a equipa da casa também almeja passar.

No grupo 2, o Riachense protagonizou uma das goleadas da jornada frente ao Assentis. Torres Novas também venceu, sendo que as duas equipas do mesmo concelho assegurarão provavelmente os dois primeiros lugares. O jogo adiado entre as mesmas (dia 1 Dezembro) será o grande dérbi para atribuir o primeiro lugar.

O Alferrarede foi mais uma equipa do escalão superior que não conseguiu ultrapassar o adversário da Secundária. Como no campeonato, os dragões ainda não conseguiram atiçar a chama e já estão arredados do apuramento. O Tramagal foi quem arrancou um ponto ao Alferrarede e adiou o apuramento para a última jornada com o Pego, que venceu sem dificuldades o Mouriscas.

No grupo 4, só o Pernes ficou já arredado da possibilidade de passar a fase de grupos, após a derrota em casa com o Moçarriense. Ainda assim é o Amiense e o Mindense que estão em melhor vantagem para ficar em primeiro, uma vez que têm um jogo a menos.

O Ouriquense redimiu-se da última derrota em casa contra uma equipa do campeonato abaixo do seu, o Emp. Comércio. Desta vez o Estrela venceu o Rio Maior e recolocou-se na corrida pelo segundo lugar. Os Caixeiros é que estão na mó de cima, venceram o Pontével e basta o empate na última jornada para garantir o apuramento. O Pontével está arrumado.

Noutro grupo (6), o Fazendense vai aproveitando para fazer o que não consegue no campeonato; já leva duas vitórias. Pela segunda vez conseguiu uma vantagem folgada, se bem que contra equipas da divisão inferior à sua. Coruchense e Barrosense já estão eliminados, uma vez que também o Benavente bateu a equipa de Coruche. Resta saber quem será o líder deste grupo.

Mais uma equipa da Secundária a fazer melhor figura do que alguns adversários da Principal: os Ferroviários assumiram-se como os líderes do grupo 7 ao arrancar um empate em Tomar. Os nabantinos ainda têm a vantagem de um jogo a menos, com o Ferreira do Zêzere. Estes já estão eliminados, uma vez que perderam com a Linhaceira, que se colocou no segundo lugar e vai jogar com o Tomar na próxima jornada.

Tal como o Fazendense, o Mação vai tomando o gosto de ganhar na Taça, tentando passar o ritmo das vitórias para o campeonato. No grupo 8, a turma de Zé Carlos deu uma mão cheia de golos ao Meiaviense, reivindicando o estatuto de primodivisionário. Destaque também para o Atalaiense que venceu pela primeira vez este ano em competições oficiais, afastando definitivamente o Sardoal da Taça.

O Glória segue na liderança do grupo 9, consequência da vitória fácil sobre o U. Chamusca, que já não tem hipótese. Já o invicto Almeirim ganhou, não sem luta, os primeiros três pontos ao Marinhais, mas ainda tem um jogo a menos. Serão os almeirinenses que provavelmente acabarão como líderes do seu grupo, ficando a corrida interessante pelo segundo lugar entre Glória e Marinhais.

Por fim no grupo 10, o Cartaxo ficou com a vida facilitada depois de marcar meia dúzia ao Salvaterrense, eliminando-o. O Samora Correia, que já tinha causado contratempos ao Cartaxo no último jogo, venceu o Porto Alto e é o favorito ao segundo lugar.

A última e decisiva jornada (excepto nos casos em que houve jogos adiados) vai ser no dia 1 de Novembro, após a qual veremos quais os seis melhores segundos lugares.

 TAÇA RIBATEJO – 2º JORNADA:; Grupo 1  Alcanenense-Ouriense, 1-1, Caxarias-Cercal, 3-0

Classificação 1º – Alcanenense 4 pontos, 2º Ouriense, 4 pontos, 3º Caxarias, 3 pontos, 4º Cercal 0 pontos

Grupo 2  Riachense-Assentis 5-0, Goleganense-T. Novas, 1-3

Classificação: 1º Riachense, 3 pontos *, 2º Torres Novas, 3 pontos *, 3º Goleganense, 3 pontos, 4º Assentis, 0 pontos

Grupo 3  Alferrarede – Tramagal 1-1, Mouriscas – Pego 0-3

Classificação 1º Pego, 6 pontos , 2º Tramagal, 4 pontos, 3º Alferrrarede, 1 ponto, 4º Mouriscas, 0 pontos

Grupo 4  Amiense-Mindense, 3-0, Pernes-Moçarriense, 0-5

Classificação, 1º Amiense, 3 pontos *, 2º Moçarriense, 3 pontos *, 3º Mindense, 3 pontos, 4º Pernes, 0 pontos

Grupo 5  Ouriquense-U.D. Rio Maior, 2-1, Pontével-Emp. Comércio, 1-2

Classificação 1º Emp. Comércio, 6 pontos, 2º Rio Maior, 3 pontos, 3º Ouriquense, 3 pontos, 4º Pontével, 0 pontos

Grupo 6 Fazendense – Barrosense 4-1, Benavente – Coruchense 2-0

Classificação, 1º Fazendense, 6 pontos, 2º Benavente, 6 pontos, 3º Coruchense, 0 pontos, 4º Barrosense, 0 pontos

Grupo 7 , U. Tomar-Ferroviários, 1-1, Linhaceira-F.Zêzere, 2-1

Classificação, 1º Ferroviários, 4 pontos, 2º Linhaceira, 3 pontos, 3º U. Tomar, 1 ponto *, 4º F. Zêzere, 0 pontos *

Grupo 8  Mação-Meiaviense, 5-0, Atalaiense-Sardoal, 3-1

Classificação 1º Mação, 6 pontos, 2 º Meiaviense, 3 pontos, 3º Atalaiense, 3 pontos, 4º Sardoal, 0 pontos

Grupo 9  U. Almeirim-Marinhais, 1-0, Glória-U.Chamusca, 4-1

Classificação, 1º Glória, 4 ponto, 2º U. Almeirim, 3 pontos *, 3º Marinhais, 1 ponto, 4º U. Chamusca, 0 pontos *

Grupo 10  Porto Alto-Samora Correia, 1-2, Cartaxo-Salvaterrense, 6-0

Classificação, 1º Cartaxo, 6 pontos, 2º Porto Alto, 3 pontos , 3º Samora Correia, 3 pontos, 4º Salvaterrense, 0 pontos

*Tem menos um jogo

fonte:http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito
|

Tasca Rasca» e «A Charrete» representam Algarve no Festival Nacional de Gastronomia de Santarém

 

 
Foto
d.r. Ver Fotos »
Gastronomia do Algarve
 

O restaurante «Tasca Rasca», de Faro, é o único restaurante algarvio presente em Santarém, ao longo de todos os dias do Festival Nacional de Gastronomia, que começa hoje e se prolonga até 8 de Novembro na capital ribatejana.

A «Tasca Rasca» está presente na feira das tasquinhas, na zona das Cavalariças 1 e 4, anexas à Casa do Campino. Feira das tasquinhas é o nome com o qual são conhecidos os restaurantes que representam as respectivas regiões portuguesas presentes no Festival Nacional de Gastronomia de Santarém.

As tasquinhas servem refeições nos horários de funcionamento do Festival e, este ano, participam no I Concurso Nacional do Petisco, que consegue reunir à volta de cinquenta opções para paladares exigentes

A «Tasca Rasca» apresenta, neste concurso, os seguintes petiscos: carapaus alimados, biqueirão de vinagrete, robalinhos de escabeche e mexilhão com molho cru.

Mas o Algarve vai ainda estar representado no Festival Nacional de Gastronomia através do restaurante «A Charrete», de Monchique. A presença está marcada para dia 30 de Outubro, em representação do Turismo do Algarve.

Neste caso, o palco da boa gastronomia do Sul será o Salão Nobre da Casa do Campino, às 13h00.

Sábia e profissionalmente executadas por uma selecção de restaurantes, as comidas a apresentar neste local representam a sua região gastronómica e a Entidade Regional de Turismo correspondente.

Para além das presenças regionais, são de assinalar, no programa de almoços, o menu elaborado pela Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, que no dia 23 de Outubro inaugura o Festival - ocasião para entrar em contacto com o ancestral receituário luso - e a refeição confeccionada pelas Equipas Olímpicas de Cozinha, que no dia 8 de Novembro encerram o certame – uma oportunidade única de conhecer e entrar em contacto directo com a nova cozinha portuguesa.

É ainda de sublinhar a presença, no Salão Nobre, das Escolas de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, Lamego e Algarve, no dia 28 de Outubro, em representação do Turismo de Portugal.

No âmbito das regiões gastronómicas portuguesas está previsto que, durante o mês de Outubro, passem, pelo salão da Casa do Campino, no dia 24, o restaurante “Palhinhas” de Rio Maior, da região gastronómica do Ribatejo e como representante do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, e o restaurante “Casa da Morna”, um sabor africano com acento português em representação de Cabo Verde, país convidado da 29ª edição do Festival, no dia 25.

No dia 29, o chefe Albano Loureço, do restaurante “Arcadas”, do Hotel Quinta das Lágrimas bate-se pela região gastronómica da Beira Litoral, em representação do Turismo do Centro e, no dia 30, o sul faz a sua aparição, com o restaurante “A Charrette” de Monchique, da região gastronómica do Algarve, em representação do Turismo do Algarve.

Por fim, no dia 31, o restaurante Académico de Bragança fecha os almoços do mês de Outubro - é a região gastronómica de Trás-os-Montes e Alto Douro a representar o Turismo do Porto e do Norte de Portugal.

Em Novembro, no dia 1, o restaurante “Kottada” do Carregado, Alenquer, traz os sabores da região gastronómica da Estremadura, em representação do Turismo do Oeste.

No dia 4, a “Tasca do Celso”, de Vila Nova de Milfontes, confecciona a refeição da região gastronómica do Alentejo em representação do Turismo do Alentejo.

No dia 05, o restaurante “Soadro do Zêzere” elabora a cozinha da região da Beira Interior, em representação Turismo da Serra da Estrela.

Já na recta final do Festival, no dia 6, o restaurante “ Torres”, de Vila Verde, abre as portas do Minho, na representação do Turismo do Porto e Norte de Portugal, enquanto o restaurante “José do Rego”, aproxima o arquipélago dos Açores ao Continente, em representação da Região Autónoma dos Açores, no dia 7.

O preço dos almoços regionais é de 27,50 euros, excepto no dia 8 de Novembro que será de 38,50 euros. O Salão Nobre tem capacidade para duzentos comensais.
 

Fonte: http://barlavento.online.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:50
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009
RIO MAIOR-Casal da Eira Branca - turismo rural nos Infantes

 

Cecília Lopes e Jacinto Gameiro, os proprietáriosFoi inaugurado o “Casal da Eira Branca”, um novo alojamento rural localizado na aldeia de Infantes, próximo das Caldas da Rainha.
Este espaço de turismo rural pretende inovar com a implementação de parcerias de vários ramos ligados ao turismo e hotelaria, dando pacotes e uma diversidade de ofertas diferentes do comum alojamento.
De Jacinto Gameiro e Cecília Lopes, o “Casal da Eira Branca” é um sonho tornado realidade ao fim de 15 anos, altura em que o casal adquiriu a propriedade com cerca de 1,5 hectare.
Em particular para Jacinto Gameiro, este projecto, que foi inaugurado um dia após a entrada na reforma do antigo advogado, é algo que promete revolucionar o conceito de oferta turística na região.
“Não queremos que as pessoas venham só ao campo. É mais do que isso. Queremos divulgar a cultura das Caldas. Queremos que as pessoas visitem o CCC, se desloquem à Escola de Equitação “O Pintas”, visitem a Escola de Vela da Lagoa, joguem golfe em Rio Maior, tenham aulas de no English Centre, almocem ou jantem na Casa Antero ou no Pachá, por exemplo. É um conceito aberto”, apontou o proprietário.
O “Casal da Eira Branca” está enquadrado num pequeno monte e tem em seu redor locais de grande interesse histórico, arquitectónico, cultural e turístico.
O espaço é composto pela casa principal, onde permanecem os proprietários, e onde são tratados alguns dos serviços de apoio ao espaço, que conta com dois apartamentos T1, quarto com cama de casal, sala com sofá cama, kitchnette, WC, ar condicionado, frigorífico, TV com satélite, salamandra e berço, e um quarto duplo com duas camas individuais, WC, ar condicionado, TV com satélite, frigorífico e salamandra.
O casal pensa ainda vir a recuperar mais dois espaços para ficarem com o máximo de cinco quartos.
Todos os espaços têm um toque pessoal, além de terem no seu enquadramento casa de banho privativa, televisão por satélite, Internet e ar condicionado, sendo que dois deles têm também cozinha. Existe uma sala própria com computador ligado à Internet, uma sala de lazer de utilização comum, sala de pequeno-almoço, um salão de estar, onde decorrerão exposições temporárias de pintura, desenho e fotografia, jardins e relvados, bicicletas, baliza de futebol, tabela de basquetebol, rede de voleibol, bicicletas, baloiço, “casa de brinquedos”, barbecue e forno de lenha.
No alojamento há ainda a possibilidade, através de parcerias, de um conjunto de actividades lúdicas, como os jogos de golfe em Rio Maior, passeios ou aulas a cavalo no Centro Hípico “O Pintas”, ténis no Clube das Caldas, mergulho, canoagem e vela na Escola de Vela da Lagoa, ateliês de pintura e escultura, entre outras actividades.
Jacinto Gameiro e Cecília Lopes para este arranque propõem uma campanha intitulada “Outono Sem Stress”, onde as pessoas interessadas podem dizer o que gostam de fazer e que os empresários prometem proporcionar.
Para já está patente uma exposição de pintura de Ana Saborida inserida no espaço rural, que terá ainda a tendência para organizar e receber colóquios, exposições, eventos particulares ou para empresas, conferências e outros.
Vão ser criados três postos de trabalho, mas irão laborar indirectamente quase uma dezena de pessoas.

Carlos 

 

fonte: http://www.jornaldascaldas.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:15
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Parque Natural vai ter novo ordenamento

Serras de Aire e Candeeiros: Parque Natural vai ter novo plano de ordenamento
(© Jornal O Templário, em 29-09-2009 15:53, por Jornal O Templário)

O Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros vai estar em discussão pública de 9 de Outubro a 20 de Novembro.

 

Foi hoje publicado no Diário da República o aviso do Ministério do Ambiente que anuncia uma nova discussão pública do Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
A partir do dia 9 de Outubro e até 20 de Novembro o plano pode ser consultado para discussão pública nas Câmaras Municipais de Alcanena, Alcobaça, Ourém, Porto de Mós, Rio Maior, Santarém e Torres Novas, concelhos cuja área é parcialmente abrangida pelo Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.
Durante aquele período o documento também vai estar disponível no site www.icnb.pt.
Os interessados podem apresentar por escrito as observações e sugestões que julgarem pertinentes acerca da proposta de Plano.

Para mais detalhes, consultar:

http://www.otemplario.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

Câmara Alpiarça poderá ter deixado prescrever coimas por inércia

A CÂMARA PODERÁ TER DEIXADO PRESCREVER COIMAS POR INÉRCIA OU OUTRAS CAUSAS NÃO APURADAS

A Câmara Municipal de Alpiarça poderá ter deixado prescrever um número bastante significativo de coimas que remontam a 2005/2007, por inércia ou outras causas ainda não apuradas.


“I.O prazo de prescrição do procedimento contra-ordenacional há-de ser contado de acordo com as regras contidas nos artºs 27º-A e 28º, nºs 1 e 2 do Regime Geral das Contra Ordenações e Coimas (RGCOC). II.Só haverá recurso ao normativo do nº3 do artº 28º se, por força de algum facto interruptivo, desde o dies a quo (e ressalvado o tempo de suspensão) tiver já decorrido o prazo de prescrição acrescido de metade e este ainda não se tenha, efectivamente, completado. III.Nesse caso, mesmo que o prazo de prescrição não esteja efectivamente completado, ex vi do aludido nº3 do artº 28º, verifica-se a prescrição do procedimento contra-ordenacional. IV.Deste modo, a norma contida no nº3 do artº 28º do RGCOC não consagra um novo prazo de prescrição mas, somente um limite máximo do prazo de prescrição que, assim, nunca o poderá exceder.”

Quais os prazos de prescrição do procedimento contra-ordenacional?


O procedimento extingue-se por efeito da prescrição logo que sobre a prática da contra-ordenação hajam decorrido os seguintes prazos:


• 5 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante máximo igual ou superior a €49.879,79;• 3 anos, quando se trate de uma contra-ordenação a que seja aplicável uma coima de montante igual ou superior a €2.493,99 e a inferior a €49.879,79;• 1 ano nos restantes casos.


No entanto, há actos processuais previstos na lei que justificam a suspensão ou interrupção da prescrição, não podendo, neste último caso, ultrapassar os prazos mencionados acrescidos de metade.


Nota: - De acordo com os vários documentos consultados, há indícios de omissão do dever legal de procedimento sancionatório que compete à Câmara Municipal de Alpiarça, como autoridade administrativa.


- Verificam-se ainda situações em que, havendo referência à prática de ilegalidades não se encontra no processo de obra o respectivo auto de notícia nem foi instaurado processo.


- Em casos de construções ilegais, observados pela fiscalização municipal e devidamente participados, não foram desencadeados os mecanismos processuais de penalização das infracções detectadas.


- Por estranho que pareça, também não foi encontrada informação da decisão de arquivamento de quaisquer processos por prescrição, pelo executivo municipal.


quid juris

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:22
link do post | comentar | favorito
|

SANTAREM-Autárquicas: Campanha eleitoral regressa aos 308 municípios

 

A campanha para as eleições autárquicas de 11 de Outubro arranca hoje nos 308 municípios portugueses, quatro anos depois de o PSD ter ganho a última corrida eleitoral para as câmaras, elegendo 158 presidentes de executivos municipais.

Em Outubro de 2005, os sociais-democratas, então liderados por Marques Mendes, conquistaram quase metade das presidências, vinte das quais em coligação com o CDS-PP, o PPM e o MPT, e mantiveram a liderança da Associação Nacional de Municípios Portugueses, lugar destinado à força política com mais câmaras no país.

Num ano em que se registou uma abstenção de 39,08 por cento, o PS de José Sócrates obteve a governação de 109 municípios, a coligação PCP/PEV de 32 e o CDS-PP e o BE, cada um, de um único executivo (Ponte de Lima e Salvaterra de Magos, respectivamente).

Diário Digital / Lusa



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:49
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 26 de Setembro de 2009
SANTAREM-As grandes festas da democracia

 

Eurico Consciencia

Por: Eurico H. Consciência

“Os portugueses, se tivessem sorte, sorte e senso, deveriam estar a atravessar um período de grandes festejos.

Mas não estão.

Claro que as grandes festas da democracia são as eleições – que são o único instrumento democrático que o povo tem para dizer do acerto ou desacerto (ou desconcerto e desconserto) da actuação dos governantes e dos autarcas e dos deputados que, com o seu voto, designara anos antes.

E o ano de 2009 foi e está prenhe de eleições: já houve para os deputados que se repimpam em Bruxelas, com passeios programados a Estrasburgo (onde se come bem), serão agora as eleições dos deputados para consumo caseiro, e no próximo mês lá teremos cerca de 50.000 portugueses a lutarem denodadamente por lugares nas Câmaras e nas Juntas de Freguesia e nas Assembleias Municipais e de Freguesia. O que farão abnegadamente, despojados de vis interesses pecuniários, com sentido patriótico e comunitário, num autêntico apostolado, porque alguém terá que sacrificar-se pela grey.

Certo que alguns terão gordos “ordenados”, o dobro ou o triplo do que o que a maior parte deles tinha nos seus empregos, mas só não se recusam a recebê-los para não porem em cheque dois ou três dos seus correlegionários a quem dão muito jeito aqueles “ordenados”.

Mas o povo não se mostra entusiasmado com a aproximação dos ditos fastos, que tem sobejas razões par temer que possam ser outra vez ne/fastos.

Os partidos transformaram-se em centros (eficazes) de empregos e já não há quem acredite nas declarações dos políticos – por mais sérias que sejam (e, às vezes, até são).

E restauraram a monarquia: os filhos dos políticos vão substituindo os pais: Candal sucede a Candal, Madeira pai promove Madeira filha, Menezes pai empurra Menezes filho e Sequeira pai “emprega” Sequeira filho.

E as razões de sangue já se vão manifestando no poder local: candidata-se este ano a Presidente da Câmara de Constância um jovem de 19 anos, que ninguém conhecerá em Constância, dado que é rapaz novo e reside noutro município: em Alcanena. Mas é filho do presidente da Comissão Distrital do partido que o candidatou, sendo que de pequenino é que se torce o pepino, pelo que, como sucede nas outras profissões, convirá começar cedo a carreira política.

Curiosamente (ou não), a lista desse partido para a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos é composta por elementos desse partido residentes em Famalicão e Ponte de Lima, donde são naturais – e que, à distância de centenas de quilómetros da Câmara a que concorrem, nunca terão ido a Salvaterra de Magos, não sendo de excluir que alguns deles até ignorem onde fica Salvaterra.

Mas vão ter os votos de alguns salvaterreanos (ou salvaterrenses) – que nunca os viram nem sabem quem são!

Já não se porá no mesmo plano o caso do partido que concorre à Câmara de Abrantes com dois tomarenses na lista, porque esses tomarenses, embora sejam de Tomar e lá residam, já trabalham há anos num organismo de Abrantes.

Convenhamos, contudo, que poucos abrantinos teriam tido a coragem de pôr tomarenses a concorrerem à Câmara de Abrantes. E não acredito que algum tomarense ousasse propor que concorressem à Câmara de Tomar dois abrantinos, residentes em Abrantes.

Que mais não fosse, para que não se duvidasse de que os tomarenses são gente capaz de gerir os interesses de Tomar.

Depois temos aquele Preto da lista de Lisboa de um dos principais partidos, na lista metido apesar de estar acusado de crimes graves …

E o inesperado (ou talvez não) regresso do brilhante Dr. Santana Lopes…

As festas da democracia já não são o que eram. Estão cada vez mais secas e estéreis. Porque já não são festas do povo. São meros jogos deles – dos partidos…”

fonte: Jornal O Ribatejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:42
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 20 de Setembro de 2009
Taça do Ribatejo

       

Já se realizou o sorteio para a edição 2009/2010 da Taça do Ribatejo.

Na primeira jornada, no dia 4 de Outubro, o Cartaxo vai a casa do Samora Correia e o Salvaterrense recebe o Porto Alto.

No dia 18 de Outubro joga-se a segunda jornada, com o Cartaxo – Salvaterrense e o Porto Alto – Samora Correia.

Na terceira e última jornada, a 1 de Novembro, Porto Alto – Cartaxo e Salvaterrense – Samora Correia.

Na outra série, o Pontével vai a casa do Empregados do Comércio de Santarém, na primeira jornada, e o Rio Maior recebe o Estrela Ouriquense.

Na segunda jornada, o Pontével recebe o Rio Maior e o Estrela recebe os Empregados do Comércio.

Na última jornada, jogam-se Pontével – Estrela, e Rio Maior – Empregados do Comércio.

Recorde-se que o primeiro classificado de cada uma das séries que fazem parte desta fase de grupos passa à fase de eliminatórias.

 
Pontével começa campeonato em casa      

Teve lugar esta quinta-feira o sorteio da Divisão Secundária da Associação de Futebol de Santarém, dividido em 3 séries.

O Pontével está na série A, e na primeira jornada, a 26 de Setembro, recebe o Barrosense.

Os outros jogos são:
Salvaterrense – Porto Alto
Benavente – Coruchense
Samora Correia – Glória

Folga o Marinhais.

Na série B jogam-se:

Entroncamento – Atalaiense
Rio Maior – Moçarriense
Goleganense – Empregados do Comércio
Pernes – Chamusca

Folga o Meiaviense.

Na série C:

Lagartos do Sardoal – Caxarias
Mindense – Linhaceira
Ouriense – Cercal
Assentiz – Tramagal
Mouriscas – Ferreira do Zêzere

Fonte: rádio cartaxo



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:36
link do post | comentar | favorito
|

Desemprego no Distrito de Santarém melhor que no país!

 

madelino
 
 
Por Francisco Madelino *
 

 

De que forma tem evoluído o Mercado de Trabalho no Distrito de Santarém relativamente à evolução recente observada no País? Melhor? Pior? Porquê? De igual forma pelos diversos Concelhos ribatejanos? Analisando.

Entre 2002 e 2005, a economia portuguesa verificou um impacte extremamente forte das novas realidades internacionais. Nessa altura, não por um ambiente de crise internacional, mas perante a alteração do contexto internacional onde funcionava. A globalização, por via da entrada de novos países-continente no comércio mundial, como os casos da China e Índia, apanhou em cheio os nossos sectores exportadores tradicionais, como os têxteis e o calçado. Face a este impacte, o desemprego subiu, neste período, aferido pelo desemprego registado do IEFP, de 326 mil desempregados, quando começou 2002, para terminar em 479 mil em Dezembro de 2005, ou seja, mais 47% de desempregados (concretamente mais 153 mil pessoas à procura de emprego, um valor inferior à subida actual).

A partir do ano de 2005, a economia portuguesa iniciou um processo profundo de reestruturação. Até à crise de 2008, inclusive até segundo trimestre deste ano, os sinais foram evidentes. As exportações tornavam-se a principal componente dinamizadora do aumento do produto nacional. Só em 2007, o PIB cresceu mais que entre 2002 e 2005, isto é, num ano ano mais do que nos três anos anteriores somados. O desemprego registado desceu cerca de 90 mil desempregados desde o primeiro trimestre de 2005 face ao segundo trimestre de 2008. O emprego acresceu-se liquidamente 133 mil empregos, mais de 213 mil postos de trabalho, se se tiver em conta apenas os trabalhadores assalariados por conta de outrem, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística.

E como reagiu o Distrito de Santarém nestes tempos?

Entre 2005 e 2008 a economia regional foi das mais dinâmicas do País. Entrou em mercados internacionais onde não entrava (Angola e países de Leste por exemplo). Alargou-se a novos sectores como a logística e o sector automóvel. O desemprego no Distrito estava em Julho de 2005 em 16.585 desempregados, três anos depois em 13.637 pessoas, menos quase 3 mil desempregados (uma redução de 18%).

As sub-regiões de Ourém e Fátima, a par da de Torres Novas-Abrantes e de Benavente lideravam o crescimento no Distrito, com a instalação de novas empresas e novos sectores. Rio Maior e o Cartaxo, por sua vez, juntavam-se a este dinamismo, embora com dinâmicas menos acentuadas.

Com a crise de 2008, o Distrito ribatejano não deixou de ser afectado pelos acontecimentos internacionais, cuja marca mais simbólica foi a falência da Lehman Brothers, nos EUA. Aquilo que há um ano era um cenário positivo, redução do desemprego, passado apenas um ano inverteu-se, como em todo o Mundo. Mas como se portou o Distrito? Melhor ou pior que o País?

Com dados de Julho deste ano, existiam no Distrito de Santarém 17.369 mil desempregados inscritos nos Centros de Emprego. Uma subida de 27,4%, contra uma variação nacional de 30,1%, esta superior portanto. Se a esta análise juntarmos a taxa de desemprego, ela situar-se-á no Distrito num valor próximo de 7%, contra uma média nacional de 9,1%. O Distrito, assim, está melhor.

Há no entanto diferenças regionais na evolução do desemprego:

No triângulo Tomar, Abrantes, Torres Novas, a Nordeste, Torres Novas (+19,6%) e Abrantes (+23,8%) têm tido subidas do desemprego inferiores a Tomar (+33,8% neste), muito por consequência da captação de empresas com maior valor acrescentados nos dois primeiros distritos;

A Noroeste, em Ourém e Fátima, o impacte da crise tem sido acentuado, com o desemprego a subir quase o dobro da média do distrito (+61,9%), pelo tipo de indústrias que aí se localizavam, nomeadamente madeiras e construção civil;

Na zona Sul, Benavente, também tem sofrido um grande impacte, com o desemprego a aumentar na vizinhança de 37% no último ano, com o abandono de indústrias metalúrgicas e ligadas ao sector automóvel trabalho intensivo;

A sub-região do Cartaxo e Rio Maior a apresentarem bons indicadores, e Rio Maior (-15,8%) a ser o único Concelho ribatejano em que o desemprego desceu;

A taxa de desemprego é exageradamente elevada do Concelho de Salvaterra de Magos, a mais elevada da Região, rondando os 12%, uma taxa que quase duplica a média do Distrito, que supera em três pontos a média nacional, e que não encontra na vizinhança de dois pontos percentuais nenhuma taxa de desemprego próxima tão alta, sendo, portanto, uma zona economicamente deprimida. Em Almeirim a taxa é de 7,95%.

Feita a descrição possível, e sabendo que o nosso mercado de trabalho é menos sofrido que o todo nacional, importa, neste Distrito, continuar a articulação entre os seus agentes económicos e sociais, racionalizar o ordenamento do território, estimular a qualidade do capital humano e criar infra-estruturas atractivas para que continue a verificar melhor perfomances e a disseminar melhor os efeitos positivos do crescimento em toda a região.

(*)  Economista e Presidente do IEFP

Fonte: O Ribatejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:48
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009
Sónia Sanfona:O PS não deve fazer coligações pós-eleitorais

 

 
Sónia Sanfona ficou conhecida do País depois de ter assinado o famigerado relatório final da Comissão de Inquérito ao BPN. Assume-se uma alpiarcense convicta e, depois de quatro anos e meio no Parlamento, aceita o desafio de candidatar-se à presidência da sua vila natal: "O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral".

Sónia Sanfona, Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS e Candidata à Câmara de Alpiarça. Sónia Sanfona ficou conhecida do País depois de ter assinado o famigerado relatório final da Comissão de Inquérito ao BPN. Assume-se uma alpiarcense convicta e, depois de quatro anos e meio no Parlamento, aceita o desafio de candidatar-se à presidência da sua vila natal: "O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral". Sobre as legislativas e a governabilidade, avança que o PS deve Governar sozinho e procurar acordos pontuais com as várias forças políticas.
 
O que é que a motiva no desafio autárquico?
 
Comecei a minha intervenção na política como membro de uma Assembleia Municipal, uma experiência muito interessante e que, pessoalmente, acho que contribuiu para eu desenvolver o sentimento de servir os nossos concidadãos. A mim compensa-me pensar que posso fazer alguma coisa pelos outros - o que, francamente, não sei se é um sentimento egoísta. O desafio autárquico é, fundamentalmente, um apelo das nossas raízes. Ao longo deste tempo não deixei de viver na terra onde nasci, tenho dois filhos que vão lá à escola, a minha família é toda de lá... Partilho muito dos problemas e das vantagens de se viver num concelho como o meu e ser-se alpiarcense.
 
A Câmara Municipal tem sido gerida nos últimos anos pelo PS. O que é que faltou concretizar?
 
Quem conhecia e conhece Alpiarça há doze anos a esta parte - o período de tempo em que o PS está à frente dos destinos do concelho - pode muito facilmente apreciar as diferenças, quer na gestão quer no rosto, da vila. Alpiarça tem hoje um conjunto de equipamentos sociais, culturais, cívicos que não tinha. Melhorou a rede viária, as infra-estruturas básicas, criou uma zona industrial. Desenvolveu-se, progrediu e modernizou. Mas é claro que há sempre qualquer coisa para fazer.
 
Pode dar alguns exemplos?
 
Algumas coisas não foram feitas por manifesta impossibilidade de as conseguir, porque Alpiarça é um concelho pequeno e tem limitações do ponto de vista da capacidade de investimento e de concretização. É preciso melhorar substancialmente a forma como se administra e gere - e profissionalizar essa gestão - a casa museu José Relvas, colocando-a no centro daquilo que quero que seja um programa de desenvolvimento turístico sustentado. Alpiarça tem condições únicas: uma barragem com um valor natural muito específico e de grande qualidade, um pólo desportivo interessante, uma zona ribeirinha que não está aproveitada, uma vala real que precisa de ser despoluída...
 
O turismo é a sua grande aposta para o município?
 
O turismo é o aspecto mais diferente e inovador no meu programa eleitoral. Há um conjunto de outras medidas, ideias e projectos que, também sendo novos, não têm esta dimensão. Há medidas de apoio aos empresários, especificamente aos agricultores, apoio ao pequeno comércio... Um conjunto de iniciativas e de ajudas que a autarquia pode desenvolver para a fixação das empresas e do comércio ou na colaboração com os agricultores.
 
Acredita que a notoriedade que conseguiu alcançar como deputada, designadamente devido à comissão parlamentar sobre o caso BPN, a poderá beneficiar eleitoralmente?
 
Muito francamente acho que não. Para mim foi fundamental o percurso todo que fiz até chegar à comissão de inquérito do BPN, o culminar de quatro anos e meio de trabalho que desenvolvi no Parlamento. De facto, publicamente, o relatório que fiz tornou-me conhecida, de uma forma mais genérica, no País. Mas isso não resulta em meu benefício ou prejuízo. No meu concelho as pessoas conhecem-me desde que eu nasci, conhecem a minha família, fizeram parte do meu percurso escolar, conhecem-me profissionalmente porque exerci advocacia durante nove anos em Alpiarça...
 
Tem algum mal os assessores de Belém participarem na elaboração de um programa político de um partido?
 
A Presidência da República deve ser um órgão equidistante, imparcial e independente. A partir do momento em que é eleito, o Presidente da República deve ser o Presidente de todos os portugueses. Tenho alguma dificuldade em perceber por que razão os seus assessores, pessoas da sua confiança e que trabalham consigo e o aconselham, não se protegem deste tipo de intervenção. Muito sinceramente, não estou preocupada com a contribuição que os assessores do Presidente deram para o programa do PSD. Mas do ponto de vista da imagem externa transparece uma ideia que não é positiva, no sentido em que a independência e a equidistância deve ser assegurada.
 
Essa ideia poderá ser propositada. Isto é, a Presidência querer fragilizar Sócrates para beneficiar Ferreira Leite?
 
Pode. Mas também pode ser uma espécie de aproveitamento por parte do PSD para publicitar a participação de assessores do Presidente na elaboração do programa do PSD e demonstrar aos portugueses que o Presidente estará em consonância com aquilo que o partido irá apresentar. Quem mais fragilizado sai deste processo é o Presidente, que deveria manter a sua preocupação de equidistância.
 
Cavaco Silva já devia ter vindo a público afastar-se destas acusações, até sobre espionagem em Belém?
 
O público em geral está a dar uma importância a este assunto que ele não tem. Provavelmente o Presidente pensará a mesma coisa. Se o Presidente tivesse tido algum indício ou sensação de que podia estar em causa a sua privacidade ou a do seu gabinete, teria agido em conformidade. A Procuradoria-geral da República existe exactamente para isto.
 
Que avaliação política faz das relações entre Belém e S. Bento?
 
Não acho que as relações entre a Presidência e o Governo sejam más, de todo. Mas eu sou um agente externo, estou a falar da forma como que vejo. Os vetos presidenciais estão previstos na Constituição e representam o exercício de um poder legítimo do Presidente. A análise que faço é que nalguns casos os vetos fundaram-se em razões objectivas, sobretudo dúvidas de constitucionalidade; e noutros por opções pessoais de formação do Presidente, que é uma pessoa mais conservadora. Nesse sentido, compreendo melhor alguns vetos do que outros.
 
Gostaria de ver Manuel Alegre como Presidente da República?
 
O Partido Socialista deve ter um candidato presidencial. O partido tem no seu seio e na comunidade que não sendo militante se encontra no seu espectro político um conjunto de personalidades e figuras que podem perfeitamente desempenhar o cargo de Presidente da República com elevação. Entre essas figuras vejo Manuel Alegre.
 
Como o mais destacado?
 
Na minha análise, o Governo do PS, nos últimos quatro anos e meio, teria tido alguma dificuldade no relacionamento com a Presidência da República se Manuel Alegre fosse Presidente.
 
Mais do que teve com Cavaco Silva?
 
Não sei... Teria tido alguma dificuldade porque isso foi visível ao longo do mandato. Houve um conjunto de propostas legislativas que claramente não teriam tido acolhimento na Presidência da República e tiveram. Provavelmente haveria outras que teriam acolhimento e com o actual Presidente não tiveram. Vejo alguma distância, não do ponto de vista ideológico porque o PS é só um, há um posicionamento muito diferente entre aquilo que tem sido a linha do Governo e a posição de Manuel Alegre. Não lhe estou a dizer que é completamente incompatível que o Manuel Alegre seja Presidente com um Governo do eng. Sócrates, é possível.
 
Pessoalmente preferiria alguém com um perfil mais semelhante ao de José Sócrates?
 
Eventualmente haverá alguns outros putativos candidatos a PR que possam ser, do ponto de vista do pensamento político, mais próximos do eng. José Sócrates. Estamos num exercício especulativo. O que acho é que o PS deve ter um candidato presidencial...
 
Não se perspectiva que nenhum partido tenha uma maioria absoluta; o bloco central é afastado pelo PS e pelo PSD, os partidos mais pequenos recusam-se a coligar e apoiar os partidos maiores, talvez com excepção ao CDS.
 
Como é que a governabilidade é assegurada neste cenário?
 
Não acho que o Partido Socialista deva fazer coligações pós-eleitorais. Não o fez nesta fase pré-eleitoral e julgo que não o fará depois das eleições. Estou convencida que o PS vai ganhar as eleições legislativas. É provável que não saia destas eleições com maioria absoluta, mas acho que essa também é uma escolha que os portugueses têm que fazer, porque se há quem anuncie com grande veemência que as maiorias absolutas fazem diminuir a participação democrática - ideia com a qual eu não concordo -, a verdade é que as maiorias absolutas permitem uma estabilidade governativa que a maioria relativa não garante. O PS deve procurar entendimentos, em cada área, com a força política que mais se aproxime daquilo que é o seu programa, daquilo que são as suas opções políticas.
 
Não seria melhor um Governo estável apoiado por uma maioria estável?
 
Seria melhor um governo estável com uma maioria absoluta do PS. Sempre que o PCP e o Bloco se identifiquem com as propostas do Partido Socialista e as queiram viabilizar, são perfeitamente bem-vindos. Não concordo, por exemplo, com a proposta feita pelo Engenheiro Ferro Rodrigues relativamente às coligações, convidar o PCP ou o Bloco para o Governo...
 
Ferro Rodrigues também fala no PSD, no Bloco Central.
 
A questão do PSD parece-me que está posta de parte à partida, porque quer a dra. Manuela Ferreira Leite quer o próprio eng. Sócrates puseram de parte essa possibilidade.
 
Mas quem perder vai-se embora... Isto é, se o PS perder, talvez o Ferro Rodrigues seja um possível líder.Não me parece. O caminho do País é no sentido do futuro, da inovação e o caminho do Partido Socialista é rigorosamente o mesmo. Não me parece nada que tenhamos de voltar atrás, sem com isto querer dizer o que quer que seja relativamente ao eng. Ferro Rodrigues, que é uma pessoa que estimo e que aprecio bastante. Mas, na minha opinião, o futuro do PS não passa por aí. O Partido Socialista é um partido moderno, de uma esquerda democrática avançada.
 
Voltando ao Bloco Central...
 
Eventualmente o País necessitava desse entendimento, o que eu acho é que será muito difícil com uma líder do PSD como Manuela Ferreira Leite. Acho que a dra. Manuela Ferreira Leite começou muito mal a pré-campanha legislativa, com uma proposta de destruição total de tudo o que o Partido Socialista fez. A dra. Manuela Ferreira Leite propõe que aquilo que se fez que se apague, que se destrua, que se rasgue e que, portanto, se comece do zero. O PSD voltou a trazer um discurso de profundo desânimo a Portugal. Nós temos tido um Partido Socialista e um Governo que procura puxar o país para cima, diz às pessoas que não podemos desanimar, que não é altura de baixar os braços, que é preciso lutar pelas coisas, que é preciso estarmos convencidos de que somos capazes de fazer, somos capazes de mudar, vamos ultrapassar a crise. Depois, tempos um PSD a puxar-nos sistematicamente para baixo.
 
O papel da oposição não é fazer oposição às medidas do Governo?
 
O papel da oposição deve ser construtivo. O papel da oposição é dizer "nós não concordamos com isto e, em alternativa, a solução é esta". Este é o papel de uma oposição responsável. Não é o papel de crítica destrutiva, sistemática, inconsistente, sem qualquer tipo de proposta alternativa. Porque é assim que tem funcionado o PSD ao longo deste tempo. É o vazio das ideias, é o vazio das propostas. As pessoas vêem e sentem isto, até porque a dra. Manuela Ferreira Leite não aparece agora aos portugueses, já cá anda há algum tempo, tem um passado, tem uma história. Por isso, neste quadro, é difícil encontrar aqui o equilíbrio necessário para que os dois maiores partidos se entendam e possam governar em conjunto.
 
Uma das acusações que Manuela Ferreira Leite faz é de claustrofobia democrática. Que comentários faz?
 
Acho espantoso como é que a dra. Manuela Ferreira Leite, depois do processo de constituição das listas para estas eleições legislativas, tenha a coragem de dizer aos portugueses que o País vive um clima de claustrofobia democrática. Nunca tinha visto uma manobra tão desleal como aquela que foi feita pela direcção do PSD relativamente aos seus principais adversários internos, que com ela disputaram a liderança do partido.
Ferreira Leite fundamenta que precisa de ter um grupo parlamentar leal, que acredite plenamente no seu projecto político.É preciso ter um grupo leal e é preciso ter diversidade, porque a diversidade também é qualidade. Relembro que o eng. José Sócrates também teve um opositor na luta interna pela liderança do partido e que esse opositor foi membro do Grupo Parlamentar durante estes quatro anos e meio. Ninguém tem dúvidas que Manuel Alegre exerceu o seu mandato rigorosamente como quis exercê-lo. E a sua voz dissonante não foi sempre negativa, ao contrário daquilo que as pessoas às vezes querem fazer passar. O debate interno e a dissonância que às vezes existe entre opções é saudável do ponto de vista democrático. A dra. Manuela Ferreira Leite não percebeu uma coisa fundamental: o dr. Passos Coelho não foi eleito líder do PSD, mas teve uma rotação expressiva no seu partido e representa, de facto, uma parte significativa do que é o PSD. Isto revela o receio do afrontamento ou da possível sombra que, eventualmente, o dr. Passos Coelho podia fazer à dra. Manuela Ferreira Leite. O País caminha para o futuro e os partidos políticos também caminham e hoje a dra. Manuela Ferreira Leite já é passado e o dr. Passos Coelho pode ser futuro.
 
« Semanário»


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

SANTARÉM - Isaura Morais ...

CORUCHE - Curso de Formaç...

ALPIARÇA - Carlos Coutinh...

I Congresso Distrital do ...

ALPIARÇA - Vanda Nunes, v...

SANTAREM - Vereador João ...

COMUNICADO do Núcleo de I...

Atletismo

SANTAREM-GUARDA NACIONAL ...

Actividade operacional d...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds