NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 27 de Abril de 2012
BENAVENTE: Deliberações e outros assuntos que passaram pela reunião privada da Câmara Municipal do dia 26/04/2012

Deliberações e outros assuntos que passaram pela reunião  privada  da Câmara Municipal  do dia 26/04/2012

 

PROJETO DE PORTARIA DE REESTRUTURAÇÃO DOS AGRUPAMENTOS DE CENTROS DE SAÚDE DA REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, pronunciar-se favoravelmente sobre o projeto de Portaria de reestruturação dos Agrupamentos de Centros de Saúde da região de Lisboa e Vale do Tejo apresentado pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

 

O Presidente explicou que “o Município de Benavente estava integrado no ACES da Lezíria e agora, de acordo com a nova proposta, em que se pretende redimensionar os Centros de Saúde, propunham que passássemos a fazer parte do ACES que integra os Municípios em que já são prestados cuidados diferenciados de saúde no Hospital Distrital de Vila Franca de Xira. Esta mudança levou a que tivéssemos que ir buscar junto da Administração Regional de Saúde algumas respostas para preocupações que dai resultaram, nomeadamente se esta mudança implicava ou não o fecho do SAP de Benavente que presta serviço aos Municípios Salvaterra e Benavente. Foi-nos dito que o SAP continuará a existir e a prestar serviço aos dois Municípios.

O Presidente fez algumas considerações sobre o facto de Benavente estar localizado numa zona de extrema, com Lisboa, Setúbal e Santarém, uma situação que tem tido consequências em termos dos cuidados primários de Saúde. “Quando éramos sub-região de Saúde de Santarém a abertura de concursos médicos era para a sub-região e eramos penalizados porque parecia que estávamos longe do local onde se abria o concurso”. A propósito, o Presidente da ARSLVT disse que poderemos vir a ganhar agora, porque os quadros que constam em anexo da proposta ao serviço dos ACES não são quadros que estejam preenchidos. Foi igualmente explicado que corresponde a mapas de pessoal que serão mais alargados quanto maior for a área geográfica e a dispersão. “Como tal, a expectativa é a de poderão existir novos médicos que acabem a sua formação que possam concorrer para o ACES para onde vamos do que para o ACES da Lezíria e por isso poderemos vir a ver preenchidas algumas das nossas vagas e necessidades.

Vamos tomar uma posição com cautelas, um parecer que considere a nossa integração no novo ACES mas na condição de se manter activo o SAP e na justa expectativa de que possamos a vir a ter preenchidas as vagas dos médicos que temos em falta, porque temos mais de 7600 cidadãos sem médico de família neste Município”, disse.

 

INAUGURAÇÃO DE DUAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS: BARROSA E SANTO ESTEVÃO – DIA 20 DE ABRIL:

 

O Presidente informou o restante executivo que o Conselho de Administração da ÁGUAS DO RIBATEJO convidou o restante executivo para acompanhar a visita do Secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território ao Município de Benavente no dia 20 de Abril. Em causa estão as inaugurações de quatro estações de tratamento de águas residuais da AR (duas no Município de Benavente) com o programa que se transcreve:

 10h00 Receção ao Secretário de Estado do Ambiente, e convidados na Estação de Tratamento de Águas Residuais de Santo Estêvão, Rua Manuel Martins Alves, em Santo Estêvão

 10h15 Inauguração da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Santo Estêvão (ampliada)

 11h30 Inauguração da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Barrosa (ampliada)

 12h30 Apresentação do Plano de Investimentos da AR na sede da ÁGUAS DO RIBATEJO em Salvaterra de Magos

 13h30 Almoço com o Senhor Secretário de Estado do Ambiente, Senhores Presidentes, Diretor-Geral e entidades convidadas.

 15h30 Inauguração da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Paço dos Negros

 17h30 Inauguração da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Santana do Mato

 18h15 Encerramento da jornada

 

Realização da 4.ª Gala Desportiva da Barrosa – apoio:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, apoiar a Associação Livre dos Trabalhadores da Barrosa na realização, no próximo dia 2 de Junho, a 4.ª Gala Desportiva da Barrosa.

 

Proposta de programação DO 25 DE ABRIL PARA TODAS AS FREGUESIAS:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aprovar a proposta de programação do 25 de Abril que engloba todas as Freguesias.

O programa de comemorações privilegia a participação dos grupos e coletividades existentes no concelho, levando-os a produzir espectáculos específicos para o evento. Pretendeu-se, igualmente, que aos jovens dos nossos estabelecimentos escolares, fosse dada uma visão factual dos acontecimentos geradores da Revolução dos Cravos, através da participação dos seus diretos protagonistas: os Capitães de Abril.

Os livros e os debates em torno da atual situação política/económica estão, igualmente, contemplados nesta proposta.

A vertente popular, mais abrangente, terá o seu momento alto com 2 espetáculos de folclore (1 a realizar em Porto Alto, outro em Benavente) que contarão com a presença de Grupos Internacionais, no âmbito de uma parceria estabelecida entre a CMB e o Festival Internacional de Folclore de Almeirim.

 

PROGRAMA:

 

BENAVENTE FREGUESIA

 

14 de abril

16.00 horas

Apresentação do livro “Cartografia dos Ossos”, de Domingos Lobo

Cineteatro de Benavente

 

19 de abril

Entre as 10.00 e as 12,30 horas

Colóquio com Capitão de Abril – Coronel Carlos Frias Barata

Auditório da Escola Secundária de Benavente

 

22 de abril

16.00 horas

Folclore em abril

Participação do Rancho Típico Saia Rodada e Grupos Folclóricos Internacionais

Parque 25 de Abril

 

24 de abril

21.00 horas

“Dias de Abril”, pelo Grupo de Teatro Sobre Tábuas

Cineteatro de Benavente

 

25 de abril

10.00 horas

Manhã infantil

Parque 25 de Abril

 

14,30 horas

Sessão Solene comemorativa do 38.º aniversário do 25 de Abril

Participação do Coro do Município

Paços do Concelho

 

15.00 horas

Desfile comemorativo do 25 de Abril com a participação das Coletividades da Freguesia

Deposição de flores junto à estátua dos Trabalhadores Rurais

16,00 horas

Espetáculo no Parque 25 de Abril

Participação das coletividades e associações

 

COUTADA VELHA

 

21 de abril

16.00 horas

Coro do Município

Igreja da Coutada velha

 

24 de abril

21.30 horas

Centro Social

Karaoke c/ Grupo de Baile

 

Foros da Charneca

 

Dia 21 de abril

21:00 horas

Edades – Escola de Dança Desportiva dos B.V.B.

Baile com Musik’Art

Centro Social

 

Dia 23 e 24 de abril

Torneio de Futsal

Ringue Desportivo

 

Dia 25 de abril

10:00 Horas

Final Torneio Futsal

Ringue Desportivo

15:00 horas

Torneio de Chinquilho

Torneio de Sueca

Largo das Festas

 

BARROSA FREGUESIA

 

21 de abril

16.00 horas

Hora do Conto, “Histórias de Abril”, de Eugénia Edviges

Salão da Junta de Freguesia da Barrosa

 

25 de abril

9.00 horas

Cicloturismo e caminhada

14.00 horas

Baile

15.00 horas

Campeonato de chinquilho

16.00 horas

Rancho Típico Saia Rodada

Centro Social da Barrosa

 

SANTO ESTÊVÃO FREGUESIA

 

21 de abril

16.00 horas

Apresentação do livro “Cartografia dos Ossos”, de Domingos Lobo

Biblioteca escolar/comunitária de Santo Estêvão

 

21 de abril

21.30 horas

Teatro pelo Grupo de Teatro da Sociedade Filarmónica de Santo Estêvão

Auditório da Sociedade Filarmónica de Santo Estêvão

 

22 de abril

10.00 horas

Torneio de Tiro aos Pratos

Campo de Tiro de Santo Estêvão

15.00 horas

Torneio de Tiro ao Alvo (masculino/feminino)

Campo de Tiro de Santo Estêvão

 

25 de abril

9.00 horas

XVII Passeio de Cicloturismo da freguesia de Santo Estêvão

15.30 horas

Desfile comemorativo do 25 de abril com a participação das Coletividades da Freguesia

Concentração junto à Sede da Filarmónica

16.00 horas

Espetáculo com as várias Coletividades da Freguesia

Pavilhão Gimnodesportivo

 

FOROS DE ALMADA

 

24 de abril

21.30 horas

Grupo de Sevilhanas

Baile

Centro Social de Foros de Almada

 

Dia 25 de abril

14.00 horas

Torneio de Chinquilho (masculino/feminino)

Centro Social de Foros de Almada

15.00 horas

Tiro ao Alvo (masculino/feminino)

Centro Social de Foros de Almada

16.30 horas

Jogo de Futebol (masculino/feminino)

Ringue Desportivo de Foros de Almada

 

SAMORA CORREIA FREGUESIA

 

11 de abril

21.00 horas

Sessão/debate sobre o livro “Não há alternativa”,

Com a presença de João Carlos Alvim

Biblioteca Odete e Carlos Gaspar

 

19 de abril

14.15 horas

Colóquio com o Capitão de Abril – Coronel Carlos Frias Barata

Para os alunos da EB 2, 3 Fernandes Pratas

Auditório do Palácio do Infantado

 

21 de abril

16.00 horas

Workshop de Folclore

Sociedade Filarmónica União Samorense

 

24 de abril

21.45 horas

“As Grades do Tempo”, pela Associação Teatral Revisteiros

Centro Cultural de Samora Correia

 

25 de abril

17.00 horas

Desfile comemorativo do 25 de Abril com a participação das Coletividades da Freguesia

Ruas da cidade, concentração na Praça da República

 

PORTO ALTO

 

21 de abril

21.30 horas

Folclore em abril

Participação dos ranchos da freguesia e Grupos Folclóricos Internacionais

AREPA

22 de abril

9.00 horas

Torneio de Futebol para veteranos “Taça da Amizade 2012”

Equipas participantes: - Grupo dos 20 aos 50 da AREPA

                                         - Núcleo Sportinguista de Samora Correia

                                         - Junta de Freguesia de Samora Correia

Parque de Jogos Acílio Rocha

 

 

REDE ESCOLAR 2012/2013 – INTEGRAÇÃO DE AGRUPAMENTOS ESCOLARES.

 

O executivo camarário deliberou, por maioria, com a abstenção da vereadora Ana Casquinha, transmitir opinião favorável à integração de dois Agrupamentos Escolares no Município (Samora / Porto Alto e Duarte Lopes / Escola Secundária de Benavente).

O Presidente informou o restante executivo que reuniu com o subdirector da Direcção Regional de Educação de Lisboa e foi abordado relativamente à intenção de poderem vir a ser integrados os Agrupamentos de Escolas de Samora Correia e os Agrupamentos de Escolas de Benavente. Na altura, transmitiu ao Director que lhe parecia haver ali uma situação que não considerava normal, isto é, tinha sido solicitado à Associação Nacional de Municípios que se pronunciasse relativamente a um projecto de despacho que visava este objectivo, porém a ANMP ainda não se pronunciou mas está desde já a ser feito um trabalho de integração de Agrupamentos Escolares. Foi dito que convinha ouvir os Municípios mas que não havia decisão formal sobre esta matéria ainda.

Na altura, o Presidente deixou a sua opinião de poder vir a aceitar essa integração desde que seja da vontade dos Agrupamentos Escolares. Entretanto questionou o Director se, no caso de integração, poder haver obrigatoriamente uma Comissão Administrativa provisória que integre elementos dos dois Agrupamentos. A resposta foi afirmativa.

 

O vereador Carlos Coutinho disse a propósito que criar um mega Agrupamento seria um erro tremendo, como já existem noutros Municípios com mais de 5 mil alunos. “ No nosso caso serão 4500 alunos e, nessa perspectiva, a proposta de integração de dois Agrupamentos é aceitável. Espero que seja um processo com envolvimento das partes, construído com todos para que a Escola fique a ganhar e que não seja um processo que possa violentar as pessoas”.

 

O vereador José da Avó considerou que a criação dos dois Agrupamentos será a mais consensual e adequada para todos os intervenientes, porque continuarão a ser tidas em conta as realidades de cada uma das zonas. “As partes deverão encontrar a melhor forma para suavemente fazer essa integração, e já agora que todas as experiências sejam tidas em conta para a estabilização dos Agrupamentos”.

 

A vereadora Ana Casquinha disse esperar que essa integração seja feita com toda a gente, lamentando que o processo seja apenas político e não de esclarecimento das partes. “Cumprimos do ponto de vista de alunos, não é desejável um super Agrupamento”. A vereadora lamenta que ninguém saiba se este processo tem a ver com questões meramente economicistas ou se tem a ver com outros objectivos que neste momento não se conseguem avaliar.

Considerou que deveria haver mais esclarecimento. “Sabe-se que não é fácil gerir um conjunto alargado de escolas, porque cada pessoa tem a sua forma de trabalhar, são realidades diferentes e vários graus de ensino. Nos dias de hoje, quando há Escolas que vivem momentos económicos complicados onde nem há autorização para os professores tirarem fotocópias, não entendo se está em causa a melhoria do sistema de ensino ou vantagens economicistas onde se espera aumentar o número de alunos por turma, ou despedir professores. A vereadora optou pela abstenção.

 

O Presidente disse a propósito que, de facto, no despacho conjunto fala na justificação para tudo menos na medida que, sabemos, será determinante para a integração de Agrupamentos e que é a questão economicista. “Essa palavra não consta do documento”, frisou.

Há alguns anos dizia-se que o ideal seriam 2000 alunos para a constituição de um Agrupamento, neste momento há Agrupamentos que estão a ser constituídos com mais de 3000 alunos, como o caso de Almeirim, aqui próximo de nós, e que aponta para a integração de todos os Agrupamentos.

Segundo o Presidente “a nossa expectativa é a de que a Comissão Administrativa passe a ter 4 elementos, para que o processo de integração embora seja economicista não seja tão economicista quanto pode parecer. Considero bem mais grave que tenhamos conquistado a diminuição de alunos por turma, e estarmos agora a perder essa conquista importante. É uma medida muito má para o processo de aprendizagem e para o ensino de qualidade. Não é uma questão menor ter 23 alunos e passar a ter 30”, concluiu.

 

Biblioteca Municipal de Benavente – Doação Bibliográfica de Felicidade Buus

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aceitar a doação de parte da Biblioteca de Axel Buus, embaixador da Dinamarca em Portugal desde 1985. Após a sua morte, a Biblioteca Municipal foi contactada pela sua viúva com o objetivo de doar a esta instituição parte da Biblioteca de seu marido.

Axel foi aposentado do serviço diplomático em 1991, após 35 anos na diplomacia dinamarquesa. Após a sua aposentação, optou por ficar em Portugal. No seu percurso de vida, que também passou por terras de Benavente, Axel Buus foi construindo uma considerável Biblioteca que integra títulos de diversas áreas do conhecimento.

Assim, depois de contactar com a referida coleção bibliográfica, e de se considerar de interesse para o crescimento do nosso catálogo concelhio propõe-se que esta doação, que ronda os trezentos exemplares, seja integrada na Biblioteca Municipal de Benavente, e que fique disponível, nesta Biblioteca, para empréstimo domiciliário.

 

PROPOSTA DE DECLARAÇÃO DA TAUROMAQUIA COMO PATRIMÓNIO IMATERIAL:

 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aprovar a proposta de Declaração da Tauromaquia como Património Imaterial do Município. O texto que será entregue à UNESCO foi fundamentado de forma muito precisa, fruto de um trabalho de pesquisa exaustivo, fazendo uso de várias actas de reuniões de Câmara do séc. XVI. Um texto que passamos a transcrever:

 

“Numa região geograficamente marcada por lezírias e charnecas, a relação do homem com o animal, nomeadamente, bovino e cavalar foi ao longo dos séculos muito próxima e de natureza quase simbiótica, fazendo reunir aspetos tão complementares como o trabalho e o divertimento.

 

O Município de Benavente, assumindo tradicionalmente uma vertente rural evidenciou em termos de economia agrária uma predominância clara na produção de gado, onde o toiro desempenhou um papel fundamental na execução dos trabalhos agrícolas, apresentando-se ao mesmo tempo como o elemento de referência obrigatória em qualquer festa tradicional. Desta intensa relação surge a expressão do toiro na lide e do boi da terra, uma vez que se o trabalho agrícola dependia da força destes animais, decorrida a tourada iniciava-se um complexo processo de amansia que culminava com o jogo da charrua. 

 

São inúmeras as referências presentes na documentação do Arquivo Histórico do Município de Benavente, que nos evidenciam estes factos, como exemplo, no livro “Subsídios para a História Benaventina do Século XVI” – (Sumários de um Livro de Atas da Câmara de 1559 a 1564), quando a Câmara propõe a aquisição de um “chão na Amoreira defronte donde fazem os celeiros, para neles se fazer a praça e o curro” (26 abril de 1560). Também no decorrer de todas as festas tradicionais assinaladas no Município encontramos, desde sempre, registos de manifestações taurinas com ampla participação popular. São abundantes as referências de serem corridos toiros nos dias das Festas do Espírito Santo que se realizavam desde o século XIV e que culminavam, no último dia da festa, com um bodo em que se distribuía pela população a carne do animal (Livro dos Acórdãos da Confraria do Espírito Santo, 1563).

 

No entanto, a estas manifestações lúdicas, não podemos desassociar o extenuante trabalho exigido no processo da criação do toiro bravo protagonizado pelo campino, figura central na identidade cultural deste território.

Os elementos “touro bravo” e “cavalo” sempre se destacaram na tradição campestre ou rural destas populações, estando profundamente enraizados nos usos, costumes, expressões linguísticas, nas festas locais e no quotidiano social, e ainda hoje continuam a afirmar-se como um património da maior relevância para este concelho.

 

Considerando que:

1. A Unesco – Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura aprovou, em 2003, a Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que foi ratificada pela República Portuguesa em 26 de março de 2008 e cujo objetivo é salvaguardar o património cultural imaterial e fomentar o respeito pelo património cultural das comunidades, dos grupos e dos indivíduos.

2. A Convenção reconhece que as comunidades, os grupos e os indivíduos desempenharam um papel importante na produção, salvaguarda, manutenção e recriação do património cultural imaterial, contribuindo, desse modo, para o enriquecimento da diversidade cultural e da criatividade humana.

3. Por outro lado, a Constituição da República Portuguesa dispõe, no seu artigo 78.º, que incumbe ao Estado promover a salvaguarda e a valorização do património cultural, tornando-o elemento vivificador da identidade cultural comum.

4. Com efeito, é tarefa mas também dever do poder central e local reconhecer, salvaguardar e valorizar as diferentes expressões culturais existentes por todo o País, não se confundindo tal tarefa ou dever com a criação, por parte do Estado de novas ou diferentes manifestações culturais, nem com imposições de umas em detrimento de outras.

5. A Tauromaquia é, indiscutivelmente e nas suas diversas manifestações, parte integrante do património da cultura portuguesa, remontando as suas origens bem para lá das origens da portugalidade.

6. A Tauromaquia e, em particular, as manifestações populares como as entradas, picarias e largadas de toiros bem como a criação do toiro de lide e do cavalo de toureio assumem, no município de Benavente, uma relevante importância cultural, social e económica.

7. É inegável que, neste concelho, as tauromaquias populares e de praça fazem parte dos costumes das gentes, sendo que as Festas no Município, das quais é indissociável o Toiro de Lide e tudo o que o rodeia, constituem a maior manifestação de comunidade e dos laços interpessoais e geracionais que a constituem, contribuindo assim para a criação e para a manutenção de um elemento vivificador comum.

8. Por outro lado, a Tauromaquia fomenta, de sobremaneira, o desenvolvimento turístico do Município de Benavente, permitindo difundir a cultura, promover valores, costumes e tradições, adquirindo assim um inestimável valor para os Munícipes. Na verdade, graças à Tauromaquia, concentram-se nas manifestações desta natureza milhares de pessoas, com o consequente efeito de disseminação das nossas mais-valias enquanto concelho que, uma vez conhecidas sofrem um efeito multiplicador apreciável.

9. Ademais, a Tauromaquia gera, para o Município e para os Munícipes do concelho, importantes benefícios económicos, traduzidos num forte e intenso intercâmbio comercial que dinamiza toda a região.

10. O Município de Benavente devido às suas características naturais muito favoráveis permite que neste território ocorra a maior concentração de ganadarias e coudelarias do país. De referir que esta é reconhecidamente uma tradição secular na área deste município evidenciado até pelo existência já no século XVI de uma ganadaria da Santa Casa da Misericórdia de Benavente.

11. Finalmente, e não menos importante, a Tauromaquia, em particular a criação do Toiro de Lide e do Cavalo Lusitano, contribuem para um desenvolvimento ambiental sustentável, resguardando relevantes áreas naturais da expansão urbana e da agricultura intensiva, permitindo assim que nesses espaços se desenvolvam também, e de forma protegida, inúmeras espécies de fauna e flora.

Deste modo, o ecossistema do Toiro e do Cavalo constitui assim um exemplo a seguir e um dos últimos redutos onde o interesse do Homem é consonante com o interesse ambiental.

(…)

A Tauromaquia, nas suas mais diversas manifestações, engloba um conjunto de tradições e expressões orais, de artes do espetáculo, de práticas sociais, rituais e eventos festivos, de conhecimentos e práticas relacionadas com a natureza e de aptidões ligadas ao artesanato tradicional que se encontram, desde há séculos, presentes e vivos no Município de Benavente. Como tal, e em conformidade com a Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, ratificada por Portugal em 26 de março de 2008 e com o disposto no artigo 78.º da Constituição da República Portuguesa, decide a Câmara Municipal de Benavente reconhecer e declarar a Tauromaquia património cultural imaterial deste município”.

 

FELICITAÇÕES AO ATLETA DIOGO GANCHINHO – TRAMPOLINS:

 

O executivo camarário felicitou o atleta Diogo Ganchinho, o seu treinador e o Clube de Futebol Estevense, pela brilhante conquista do Diogo que conseguiu a qualificação para os jogos Olímpicos 2012, a decorrer em Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto.

 

FELICITAÇÕES À JUNTA DE FREGUESIA DE SAMORA CORREIA PELAS COMEMORAÇÕES DO FORAL:

 

O executivo camarário felicitou a Junta de Freguesia de Samora Correia pelas comemorações dos 502 anos da atribuição do Foral de Samora Correia, que decorreram sempre com muita participação. Foi mencionado de forma particular a Gala do Foral, feita com a prata da casa, com muito valor e dedicação.

 

REFORMA AUTÁRQUICA – CONSIDERAÇÕES:

 

Em resposta ao vereador José da Avó que mencionou a Reforma Autárquica e a nova Lei que deixa de fora a possibilidade de extinção de uma freguesia (Barrosa e Santo Estevão) neste Município, o Presidente lembrou que se se tivesse mantido a anterior Lei a Câmara teria de tomar uma posição num prazo de 60 dias após a respectiva aprovação, para que a Assembleia se pudesse pronunciar em tempo útil.

“A situação que resultou da grande manifestação das Freguesias realizada em Lisboa, levou o Governo a reflectir sobre a matéria tendo resolvido uma parte do problema. Há muitas freguesias no País que, conforme o previsto, irão ser extintas e em que os órgãos Autárquicos terão que se pronunciar”, disse, acrescentando: “Esta reforma Autárquica não tem a ver só com a extinção das freguesias, tem a ver com outros aspectos, como a questão do pessoal dirigente; com o sector empresarial local, e outras vertentes que podem e devem ser levadas à Câmara para que as analisemos e ponderemos as consequências para as populações e para podermos tomar posição relativamente a algumas das questões em causa”.

Será agendada para uma próxima reunião de Câmara o tema da Reforma Autárquica, a sua globalidade, ultrapassado que está este problema mais premente que era a extinção de uma das freguesias do nosso Município, ou Barrosa ou Santo Estevão”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:05
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
17

20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Vem aí a 15ª edição dos “...

In. Santarém 2019 | PROGR...

CA Soluções de Crédito Fa...

Fabíola Cardoso propõe cr...

O tempo

1.ºTorneio Solidário Stre...

O Concelho de Azambuja ac...

NERSANT quer simplificar ...

VALADA ACOLHEU DIA INTERN...

13.ª Edição da Feirinha d...

“Galerias com Arte” receb...

MEIO MILHÃO DE EUROS PARA...

Festival de folclore ‘Rio...

CRÉDITO AGRÍCOLA COM RESU...

Município de Azambuja tem...

“Da Terra à Mesa” é o tem...

ESCAVAÇÕES ARQUEOLÓGICAS ...

Obras de requalificação d...

In Santarém 2019 | PROGRA...

Festa Anual em Honra de S...

Santarém recebe 2ª edição...

“Traços dos Tempos” expos...

Boas Práticas de Controlo...

“Rainha Santa Isabel” e “...

TEMAS DE SAÚDE: Vidas em ...

"Diário de um dia de verã...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

Projeto de Regulamento do...

4.º Street Food Entroncam...

CARTAXO APROVA PLANO DE T...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds