NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 24 de Maio de 2009
Abrantes investe 150 mil euros na valorização do património natural


 

Com o objectivo de valorizar o património natural e paisagístico da região, a autarquia de Abrantes apresentou ontem o Plano de Valorização da Biodiversidade, denominado de ‘Projecto BioDiverCidade’.

 

Em 26 locais diferentes da cidade e do concelho, a autarquia anunciou a criação de vários pontos de observação (biospots) de plantas silvestres, aromáticas e outras, a criação de um viveiro da biodiversidade, a construir na Quinta Arca D´Água, hortas biológicas, postos de observação da avifauna equipados com telescópios e percursos de monitorização da biodiversidade, com duas estações a criar na ribeira de Arcês, em Mouriscas, e na Herdade de Cadouços, em Bemposta.

 

Segundo o presidente da Câmara de Abrantes, no castelo da cidade será criado o Jardim de Borboletas, “um jardim especial para atrair naturalmente a diversidade de borboletas diurnas através de plantas hospedeiras e nectaríferas, com informação científica das borboletas a observar”.

 

“Este é um projecto inovador na área da valorização e protecção das espécies e dos habitats característicos da região", tendo a "dupla vantagem de desenvolver consciência e respeito ambiental e cultural, para além de promover o ecoturismo no município”, sublinhou Nelson de Carvalho.

 

O autarca adiantou que, no âmbito do "Viveiro da Biodiversidade", será edificado na Quinta da Arca um "Parque de observação de insectos", uma infra-estrutura destinada a criar um “circuito de pequenas estações para ensinar as técnicas de amostragem de insectos, sendo especialmente adequado a acções de educação ambiental para as escolas”.

 

A Quinta Arca D´Água, com cerca de 10 hectares, será dotada de uma zona de hortas biológicas, estufas para apoio à produção de plantas, um espaço de lazer e merendas, gabinetes de investigação, um pequeno auditório, loja, restaurante com esplanada, parque de campismo com bungalows, uma zona para campos de férias e uma zona de viveiro de plantas silvestres com pontos de observação de insectos.

O Viveiro da Biodiversidade a edificar na Quinta Arca D’Água situa-se em zona de expansão natural da cidade, que “crescerá em torno deste parque ambiental”, implicando um investimento na ordem dos 150 mil euros.

«O Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em: http://noticiasribatejo.blogspot.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:01
link do post | comentar | favorito

Pacheco Pereira mandatário autárquico

 
 
   José Pacheco Pereira, comentador político, académico e historiador, estará em Rio Maior na segunda-feira, dia 25 de Maio, pelas 21 horas, na Biblioteca Municipal, onde será apresentado como mandatário autárquico da Coligação PSD/CDS-PP "Juntos pelo Futuro". A apresentação ocorrerá no âmbito da conferência “Formas de Participação Democrática”, cujas intervenções iniciais estarão a cargo de Isaura Morais, presidente do PSD/Rio Maior e de Nuno Malta, presidente do CDS-PP/Rio Maior.
 

«JF»

Leia outras noticias em. www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:40
link do post | comentar | favorito

Sónia Sanfona sempre vai ouvir as declarações de Oliveira e Costa

Oliveira costa promete falar na comissão do BPN

Depois de conhecer os depoimentos das cerca de três dezenas de personalidades ouvidas na comissão de inquérito ao caso BPN o banqueiro, agora em prisão preventiva, escreveu a dizer querer "exercer o seu direito ao contraditório". Garantiu ir colaborar com os deputados "em tudo o que não colidir com o seu estatuto de arguido"  na reunião de 26 de Maio.

José Oliveira Costa informou a Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BPN de que está "disposto a exercer o contraditório numa sessão à porta aberta" que vai decorrer na próxima terça-feira à tarde.

O antigo homem forte do BPN - actualmente em prisão preventiva - respondeu favoravelmente a um convite feito por Maria de Belém Roseira, a socialista que preside à comissão de inquérito, que ontem deu conhecimento da decisão de Oliveira Costa numa reunião de coordenadores de todas as bancadas parlamentares realizada após a sessão plenária.

O banqueiro escreveu à comissão de inquérito a mostrar a sua disponibilidade, referindo estar disposto a colaborar com os deputados "em tudo o que não colida com a sua condição de arguido".

Leonel Gaspar, advogado de Oliveira Costa referiu ontem ao DN não querer prestar informações complementares sobre esta matéria.

Refira-se que já esta semana o juiz Carlos Alexandre decidiu renovar por mais três meses a prisão preventiva do ex-presidente do BPN dado o caso ter sido declarado de especial complexidade.

Dessa forma, o procurador Rosário Teixeira tem até Novembro deste ano para deduzir acusação contra o fundador do BPN que actualmente está indiciado pelos crimes de burla, gestão danosa e falsificação de documentos.

Recentemente, o CM adiantava declarações feitas por Oliveira Costa na prisão onde se encontra detido segundo as quais este tem estado a assistir às audições parlamentares deste caso com toda a atenção tendo verificado que "tinha escolhido os seus colaboradores por serem leais e competentes, mas que agora descobriu que também eram cegos, surdos e mudos".

A disponibilidade de Oliveira Costa para falar no Parlamento foi entretanto saudada por deputados de todas as bancadas.

Honório Novo, do PCP, referiu ao DN esperar " que esta audição sirva para se esclarecer a verdade", lembrando que as recentes declarações atribuídas a Oliveira Costa no CM comentando a posição dos seus colaboradores faz pressupor que o ex-banqueiro vá fazer declarações relevantes para os trabalhos da comissão de inquérito.

Também Nuno Melo da bancada do CDS/PP, referiu esperar que na recta final desta comissão "as audições a Oliveira Costa, ao Governador do Banco de Portuga, Vítor Constâncio e ao Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, permitam que o Parlamento consiga avaliar efectivamente a decisão política que levou à nacionalização do BPN e se a supervisão bancária funcionou adequadamente.

João Semedo, do Bloco de Esquerda, considerou por seu turno ser natural " que Oliveira Costa tenha optado por ver primeiro as audições feitas na comissão de inquérito antes de exercer o seu direito ao contraditório".

Nesse sentido referiu que se veio a provar que a opção de se ter começado os trabalhos da comissão parlamentar de inquérito com José Oliveira Costa, a 13 de Janeiro (ver caixa) acabou "por mostrar ser uma estratégia errada".

Globalmente os deputados consideram que a actual comissão de inquérito acabou por prestigiar o funcionamento do Parlamento e conseguiu coligir muito material que será posteriormente enviado para o Ministério Público.

Refira-se, ainda, que o Banco de Portugal voltou a transmitir à comissão de inquérito a sua posição de não fornecer documentação alegando sigilo profissional bancário, apesar do Parlamento ter encomendado ao jurisconsulto Nuno Piçarra, que conclui que a Assembleia da República tem competência por si só para decretar a quebra do sigilo bancário e profissional.

Ou seja, seguindo o parecer de Nuno Piçarra, os deputados não precisam de pedir o levantamento do sigilo ao Tribunal da Relação, hipótese que tinha sido anteriormente considerada pelos deputados da comissão, que consideram a recusa das várias entidades como um bloqueio ao funcionamento dos trabalhos.

Para além do Banco de Portugal, outras entidades invocaram o sigilo para não prestar informações ao Parlamento, designadamente o BPN - entretanto nacionalizado e sob administração provisória assegurada pela CGD - bem como e algumas auditoras externas do banco, concretamente a Delloite, Ernst&Young, BDO Binder e priceWaterHouseCoopers.

A comissão de inquérito parlamentar terá de estar concluída até dia 15 de Junho, estando o relatório final a ser elaborado por Sónia Sanfona do PS.

«DN»

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:27
link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Maio de 2009
Feira da Azambuja

Dia 28 começa a Feira da Azambuja

A Feira da Azambuja deste ano inclui cinco dias de festa brava, na qual não vão faltar actividades equestres, taurinas, animação popular e, música. Ana Moura abre a festa e Quim Barreiros, sempre em festa, encerra-a.
A Feira segue o modelo tradicional: ser uma montra do concelho onde se mostram as potencialidades económicas, designadamente o gado taurino, mas também as agro-pecuárias e o artesanato, e ao mesmo tempo o que caracteriza e diferencia a região da Chamusca composta por nove freguesias.
A “Praça das Freguesias” apresenta a gastronomia regional e a animação artística mais típica das freguesias do concelho.
Nas ruas da vila da Lezíria, a grande atracção da festa serão as largadas de toiros, pelas ruas ornamentadas de forma muito garrida com as fachas e janelas decoradas a preceito.
Um dos pontos altos da Feira é já dia 29 de Maio: desfile dos campinos com o gado à luz de archotes e, após a largada de toiros, a partir da meia-noite, a distribuição gratuita de sardinhas, pão e vinho em diversos locais da vila.
Quim Barreiros actua esta noite em que os arraiais populares prometem ir até às tantas.
Dia 31 é outro momento alto, quando o campino que há mais anos colabora na Feira é o símbolo de todos os campinos ribatejanos, e lhe é prestada uma homenagem.
Havendo ainda Corrida de Toiros à portuguesa, na Praça de Toiros.
A encerrar as festividades, dia 01 de Junho, alunos do 1º Ciclo do EB desfilam pelas ruas e à noite acontece um espectacular fogo-de-artifício.

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com


 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:02
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 22 de Maio de 2009
Dez câmaras do distrito serão inspeccionadas

 

Do Plano de inspecções da Inspecção-Geral da Administração Local para 2009 constam 11 câmaras da nossa região, sendo 10 do distrito de Santarém

Alcanena, Almeirim, Alvaiázere, Chamusca, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã, Mação, Santarém e Vila Nova da Barquinha são os municípios que vão ser inspeccionados pela IGAL durante 2009.

 

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:10
link do post | comentar | favorito

Portugal tem “dívida por saldar” com Maria de Lourdes Pintasilgo

 O sociólogo José Manuel Pureza considera que o país “tem uma dívida por saldar” com a antiga primeira-ministra Maria de Lourdes Pintasilgo, que chefiou o V Governo Constitucional, entre Julho de 1979 e Janeiro de 1980. Intervindo na apresentação do livro “Maria de Lourdes Pintasilgo – Os anos da Juventude Universitária Católica Feminina (1952-1956)”, lançado na passada semana pela professora Ana Filomena Amaral, o investigador e professor da Universidade de Coimbra (UC) considerou que “aquela mulher foi uma intérprete maior da persistência e do querer, na combinação entre ideais e rigor”.

“Foi um vulto maior da geração de católicos que teve a coragem de ir rompendo um dos pilares mais fundos do regime de Salazar, a Igreja, cuja missão estava ligada à defesa do regime, e abrindo janelas de diálogo ferreamente fechadas”, salientou. Considerando que Maria de Lourdes Pintasilgo “antecipou transformações no lado da Igreja e da Universidade”, José Manuel Pureza disse que o “Portugal rasteirinho nunca lhe perdoou a teimosia de ser heterodoxa e coerente e a atirou para o desterro interior de que nunca saiu”.

“Portugal não soube ou não quis, através das suas elites culturais, políticas e universitárias, valorizar o brilho de Maria de Lourdes Pintasilgo, uma das figuras mais refrescantes do país do último meio século”, frisou. “Portugal tem uma dívida por saldar com esta mulher”, sublinhou o sociólogo.

O livro, da autoria da professora Ana Filomena Amaral, da Lousã, aborda os anos de 1952 a 1956, período em que Maria de Lourdes Pintasilgo presidiu à Juventude Universitária Católica Feminina e organizou o primeiro congresso daquela instituição, que reuniu duas mil pessoas e contou com o apoio do Vaticano e da hierarquia eclesiástica portuguesa.

A sua publicação resulta de uma tese elaborada no âmbito do Mestrado em História Económica e Social Contemporânea na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, que obteve em Junho de 2008 a classificação de "muito bom por unanimidade", elaborada a partir do arquivo pessoal de Maria de Lourdes Pintasilgo, com recurso a documentação privada e manuscrita disponibilizada pela Fundação Cuidar o Futuro.

Editado pela livraria Almedina, o livro incide particularmente na organização e concretização do I Congresso Nacional da Juventude Universitária Católica, em Abril de 1953, quando a antiga primeira-ministra, então com 23 anos, assumiu a sua presidência, em conjunto com Adérito Sedas Nunes.

A sua leitura permite “perceber a importância do congresso para a discussão da situação no ensino superior em Portugal e ainda as suas consequências na vida de Maria de Lourdes Pintasilgo, que, logo no ano de 1956, assume a presidência do movimento Pax Romana (Movimento Internacional dos Estudantes Católicos), lançando assim a sua carreira internacional".

Maria de Lourdes Pintasilgo foi a única mulher que desempenhou o cargo de primeiro-ministro em Portugal, entre Julho 1979 e Janeiro 1980, tendo chefiado o V Governo Constitucional por convite do então Presidente da República, general Ramalho Eanes. Foi ainda embaixadora na UNESCO e deputada do Partido Socialista ao Parlamento Europeu, em 1987, tendo falecido a 10 de Julho de 2004, com 74 anos.

 

Casa-memória em Abrantes com processo parado

A Câmara de Abrantes manifestou há cerca de dois anos a intenção de adquirir a casa onde Lourdes Pintasilgo nasceu, na rua hoje rebaptizada com o seu nome. A intenção era reabilitá-la e transformá-la em museu evocativo dessa personalidade, tal como O MIRANTE noticiou na edição de 25 de Janeiro de 2008. Mas desde então o processo não conheceu grandes avanços.

A vereadora da Cultura, Isilda Jana (PS), diz que “as negociações estão paradas”, já que o proprietário do imóvel pediu um preço considerado “muito alto” pela autarquia. Além disso, a câmara terá ainda de resolver o realojamento de uma pessoa que ali vive em regime de arrendamento.

Foi a 18 de Janeiro de 1930 que nasceu em Abrantes, na antiga rua do Brasil e dos Oleiros, Maria de Lourdes Pintasilgo, mulher que viria a ser a primeira secretária de Estado, a primeira a assumir uma pasta ministerial, única primeira-ministra, primeira embaixadora e primeira mulher a candidatar-se à Presidência da República em Portugal.

Lourdes Pintasilgo viveu em Abrantes até aos 12 anos e o seu percurso começou a diferenciar-se quando se formou em Engenharia, durante os anos 50 do século XX. Ligada aos movimentos internacionais de estudantis católicos, entrou na vida política antes da revolução de 1974.

«O Mirante»

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:28
link do post | comentar | favorito

Sua Alteza Real

A presença de Dom Duarte de Bragança passou despercebida aos “súbditos” de Vila Nova da Barquinha. Quando no passado domingo chegou à vila para participar numa conferência ambientalista apenas tinha à sua espera três elementos do executivo autárquico. Apesar da fraca adesão popular, sua majestade frisou que Vila Nova da Barquinha era uma das mais bonitas terras de Portugal que conhecia. O que demonstra um real fair play…

«O Mirante»

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:13
link do post | comentar | favorito

Campanha «Torne-se Visível» ajudou a evitar acidentes nos caminhos para Fátima

 A campanha de sensibilização dirigida aos peregrinos que todos os anos percorrem as estradas em direcção a Fátima alcançou o seu principal objectivo, uma vez que não houve registo de qualquer incidente ou acidente.

Em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, António Martins, Director do Gabinete de Segurança Rodoviária da Estradas de Portugal, "a campanha «Torne-se Visível» foi um passo importante para que este ano tudo tenha corrido bem".

"É, para nós, um motivo de orgulho podermos verificar que peregrinos e automobilistas adoptaram uma conduta adequada, demonstrando um elevado sentido de responsabilidade", acrescentou.

A campanha decorreu entre os dias 6 e 13 de Maio ao longo das principais estradas nacionais dos Distritos de Santarém, Coimbra e Leiria.

Durante estes dias, a Estradas de Portugal teve 4 equipas móveis no terreno que distribuíram aos peregrinos material reflector (10.000 coletes, pulseiras e chapéus), um folheto com regras básicas de segurança e uma garrafa de água.

Além disto, a Estradas de Portugal criou vários pontos fixos de apoio aos peregrinos para que estes pudessem repousar em segurança, fora da estrada.

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:47
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Maio de 2009
Cursos de História de Arte, da Música e Poesia na Casa dos Patudos em Alpiarça
 

 

 

A Casa dos Patudos em Alpiarça vai ser palco de um conjunto de três cursos de verão nas áreas da poesia, da história de arte e da história da música. Os cursos de história de arte de poesia decorrem nos meses de Junho e Julho, enquanto que o curso de história da música está marcado para Setembro. Estes cursos estão marcados para horário pós-laboral, a partir das 19h, no pólo eno-turístico da Casa dos Patudos, incluindo naturalmente uma interacção e uma visita ao museu. As inscrições são gratuitas e acessíveis a todos.

O objectivo, explica a presidente da Câmara, Vanda Nunes, é "democratizar o acesso à cultura, aproveitando o património cultural como o da Casa dos Patudos".

Estes cursos vão ser orientados por pessoas com vastos conhecimentos nestas três áreas e consistem em "conversas informais" em torno de diversos temas ligados à poesia, à arte e à música. José Carlos Pereira, docente da Faculdade de Belas-Artes de Lisboa é o responsável pelo curso de história de arte, que vai abordar temas como as correntes artísticas, as formas de ver a arte e os seus contextos sociais. A exploração do tema da poesia fica a cargo do bem conhecido José Fanha, escritor, professor, autor de músicas e co-autor de diversas antologias poéticas. O curso de história da música é coordenado por Teresa Castanheira, professora do Conservatório Nacional e autora de programas musicais.

Inscrições gratuitas no posto de turismo ou na Casa dos Patudos (243 558 321)



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:55
link do post | comentar | favorito

Município de Coruche apoia a edição de Fotobiografia de António Ribeiro Telles
  21 Mai 2009, 09:19h
 

 
  Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

A Câmara de Coruche vai ser co-editora da obra de fotobiografia do cavaleiro tauromáquico António Ribeiro Telles. A oportunidade decorre de uma proposta efectuada pelo cavaleiro após a realização da exposição que celebrou os 25 anos de alternativa (carreira) para que a autarquia continue activa nessa iniciativa.

 

A apresentação oficial da obra decorre dia 22 de Maio, às 19h00, no Cinema S. Jorge, em Lisboa. A autarquia e o cavaleiro consideraram pertinente que a seja continuado o projecto de celebração dos seus 25 anos de carreira, já que se antevê que essa edição se irá constituir como uma obra da referência a nível nacional. O livro irá incidir sobre a figura do cavaleiro, mas também sobre o concelho de Coruche enquanto terra de toureiros e aficionados.

 

Recorde-se que o Museu Municipal de Coruche teve patente ao público a exposição António Ribeiro Telles. 25 Anos de Alternativa, entre Agosto e Dezembro de 2008, que contou com cerca de dois mil visitantes. Em Novembro foi ainda organizado um colóquio sob o mesmo título.

«O Mirante»

 

leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:45
link do post | comentar | favorito

Três atropelamentos mortais em três horas recuperam preocupação do Governo Civil

 Foi uma manhã trágica a de terça-feira, 19 de Maio. Em três atropelamentos ocorridos na região, entre as 07h30 e as 10h13, morreram três pessoas e uma quarta sofreu ferimentos ligeiros. Os acidentes ocorreram em Benavente, Santarém e Almeirim e os que aconteceram nestas duas últimas localidades tiveram lugar quase à mesma hora. Com estes casos eleva-se para 24 o número de mortos em acidentes no distrito de Santarém desde o início do ano até. O mesmo que foi registado em 2008 em igual período.

 

O primeiro acidente ocorreu cerca das 07h30 na Estrada Nacional 118, junto à Várzea de Benavente. Filipe Teles, de 82 anos, agricultor reformado, residente no Monte Cunha, próximo do local, sofreu lesões graves na cabeça, com perda de massa encefálica, e faleceu no local. A vítima atravessava aquela estrada todos os dias há dezenas de anos. Fazia-o com cautelas, segundo os vizinhos. O local do acidente, logo após as bombas de gasolina, já foi palco de vários acidentes com vítimas mortais. Uma curva com fraca visibilidade e a velocidade excessiva são causas apontadas por quem passa no local para os vários acidentes mortais naquele ponto negro.

 

Por volta das 10h00 uma mulher que atravessava a estrada entre S. Domingos e Fontainhas, por baixo do viaduto da circular urbana conhecida por Rua O, em Santarém, foi colhida por um automóvel e teve morte imediata. A vítima, de 73 anos, residente em Alcanede, concelho de Santarém, tinha ido às compras no hipermercado perto do local e regressava ao hospital onde a esperavam familiares que tinham ido a uma consulta. O corpo foi transportado para a morgue do Hospital de Santarém. No local onde se deu o acidente não existe passadeira para peões.

 

Quase à mesma hora, às 10h13, um ciclista que circulava na Ponte D. Luís, entre Santarém e Almeirim, foi atropelado por um carro na parte do tabuleiro pertencente ao concelho de Almeirim. O homem de 62 anos, residente na Ribeira de Santarém, foi reanimado no local e estabilizado pelos bombeiros e pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital de Santarém e depois transportado para esta unidade hospitalar. Mas não resistiu aos ferimentos graves e acabou por morrer cerca de uma hora depois. A condutora do automóvel ficou com ferimentos ligeiros e em estado de choque e foi também conduzida para o hospital.

 

O chefe de gabinete do governador civil de Santarém considera grave o que se passou na manhã de terça-feira, apelando a condutores e peões para que tenham cautelas e respeitem as regras de trânsito. Carlos Catalão recorda que o governo civil tem vindo a sensibilizar para a mudança de comportamentos. Perante estes três casos, realça que “apesar dos esforços, as pessoas continuam a ter atitudes de risco que são lamentáveis”.

 

Referindo-se ao acidente na ponte D. Luís, que é atravessada diariamente por muitos ciclistas, Carlos Catalão diz que atendendo às características da via não é possível criar mais condições de circulação para velocípedes. Por isso alerta para a necessidade de haver bom senso, cautela e respeito pelas regras de trânsito. Realça que é imprescindível que os peões atravessem nas passadeiras e que os condutores não circulem a velocidades elevadas. “Se as pessoas não mudarem de atitude não tiverem um comportamento responsável não há prevenção nem campanhas de sensibilização que valham”, concluiu

«O Mirante»

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito

Condutores do concelho de Vila Franca de Xira vigiados por PSP à paisana

 


 

A esquadra de trânsito da PSP de Alverca, da divisão de Vila Franca de Xira, está a patrulhar as estradas do concelho com uma viatura à civil capaz de atingir elevadas velocidades e que possui um sistema de captura de imagens. O objectivo dos agentes à paisana é circular na via e detectar infracções ao código da estrada. Quando isso acontece o condutor é mandado parar. As infracções mais registadas são a falta de cinto de segurança e o uso do telemóvel durante a condução, mas a violação de sinais vermelhos, traços contínuos e limites de velocidade também acontece.

Durante uma manhã O MIRANTE acompanhou uma dessas acções de fiscalização à paisana, que muitos acusam de ser “caça à multa”. Um dos primeiros condutores assinalados pelos agentes é Lino Oliveira. Conduzia na rua Serpa Pinto, em Vila Franca de Xira, a falar ao telemóvel e é convidado a encostar. “Vinha distraído e o agente estava parado mesmo em frente a uma camioneta de passageiros, não o vi, foi logo…”, lamenta a O MIRANTE, enquanto passa um cheque de 120 euros para pagar a multa. Conduzir e falar ao telefone é uma contra-ordenação muito grave. “Em quase todas as operações que fazemos apanhamos sempre alguém em infracção. Estamos a olhar para os meses das matrículas porque há muita gente que não tem as inspecções em dia”, esclarece um dos agentes. Nélia Pacheco não tinha os documentos do automóvel. Foi multada em 30 euros. “Ainda assim acho bem este tipo de fiscalização. Sou uma condutora prudente mas hoje tive azar. Nunca tive qualquer problema”, lamenta.

Em poucos minutos o nosso jornal encontrou de tudo: de selos do seguro colocados ao contrário até à falta de coletes sinalizadores. “Estas operações são essencialmente viradas para as vertentes da condução perigosa, que inclui as manobras perigosas, os telemóveis, violação dos sinais luminosos, traços contínuos e velocidade. Nos carros identificados não temos a possibilidade de as detectar. Existe um sentimento de impunidade que tem de acabar. Agora o condutor nunca sabe onde e quando os agentes estão a controlar e a verificar as manobras e a conduta dos condutores”, informa o subcomissário Carlos Fernandes.

A manhã dos agentes acabou com uma situação mais séria. Depois de algumas acusações verbais o passageiro de um carro que estava a ser fiscalizado insurgiu-se contra os agentes e acabou por ver o seu bilhete de identidade analisado via rádio. Minutos depois, o resultado: tinha um mandado pendente e foi detido de imediato. Foi transportado para a esquadra. O balanço feito pelas autoridades tem sido muito positivo, apesar das críticas dos condutores.

“A isto não se chama caça à multa, chama-se prevenção. Essencialmente é uma operação de segurança para os condutores que não prevaricam, para os que cumprem integralmente o código da estrada. Isto porque, muitas vezes, são envolvidos em acidentes de viação e sofrem graves consequências pela incúria destes condutores”, afiança Carlos Fernandes, acrescentando que a PSP quer “proteger quem cumpre e fiscalizar quem infringe”.

 

Um concelho complicado em termos de trânsito

 

O concelho de Vila Franca de Xira não é considerado pela força policial como um concelho de prevaricadores, embora seja complicado em termos de trânsito. “Temos muitas artérias perigosas, de Vila Franca de Xira a Alverca. A recta do cabo é uma delas, sobretudo pela sinistralidade que ali tem acontecido”, refere o subcomissário Carlos Fernandes da esquadra de trânsito de Alverca. No dia 10 de Maio de uma colisão brutal naquela artéria resultou num morto. “Fez inversão de marcha num local onde não devia”, lamenta o subcomissário. A força policial assegura que independentemente das críticas o programa de fiscalização é para continuar e que o objectivo futuro passa até pelo reforço dessa fiscalização. “Queremos mostrar aos condutores que sempre que efectuarem uma manobra perigosa nós poderemos estar por perto a observar”, concluiu.

«O Mirante»

 

Leia outras  noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:39
link do post | comentar | favorito

Cidade de Santarém está transformada num estaleiro com várias frentes de obra

Quando o Presidente da República assentar arraiais em Santarém nos dias 9 e 10 de Junho vai deparar-se com uma cidade em obras. Mas Aníbal Cavaco Silva dificilmente terá a noção do estaleiro que era a cidade três semanas antes, com frentes de trabalho um pouco por todo o lado: do Jardim da República ao das Portas do Sol, de São Domingos ao Mergulhão, do Campo Sá da Bandeira ao Campo Infante da Câmara.

 

Sim, é verdade, neste afã obreiro patrocinado pela Câmara de Santarém, até o desprezado antigo campo da feira (como é também conhecido o antigo campo da feira) foi contemplado. Um espaço para o qual tem faltado em obras o que tem sobrado em discursos, ideias e projectos. A intervenção não estava no programa do executivo para tão cedo, mas a realização das comemorações nacionais do 10 de Junho obrigou o município a abrir os cordões à bolsa. A terra batida foi asfaltada para receber condignamente a parada militar. Velhos pavilhões da feira foram demolidos e até a Monumental Celestino Graça está a ser alvo de uma operação de embelezamento para dar novo brilho ao recinto.

 

No dia 10 de Junho tudo tem que estar pronto no Campo Infante da Câmara. Nessa data também deve estar concluída a intervenção no Jardim da República e zona envolvente ao Convento de São Francisco, que vão receber actividades ligadas às comemorações do Dia de Portugal.

 

Em fase de acabamento está também a requalificação da zona situada entre a Cooperativa Lar Scalabitano e a Avenida Dr. Veríssimo Serrão. Uma obra pouco propalada mas a que mais fez até agora pela melhoria qualitativa do espaço urbano. Numa zona de silvas e entulho nasceu um parque de lazer com vários atractivos, de cafetaria a parque infantil, passando por uma ciclovia.

 

Mais atrasada está a intervenção no Campo Sá da Bandeira, onde vai nascer o Jardim da Liberdade e um parque de estacionamento subterrâneo. Uma enorme cratera está já aberta e os trabalhos parecem prosseguir a bom ritmo. Mas já não será obra para concluir neste mandato.

 

A zona envolvente à Praça do Município também estar a ser alvo de cuidados especiais. Alguns prédios particulares estão a ser pintados. A Igreja da Piedade, que já tem a cúpula finalmente arranjada, está também a ser pintada. A fachada do edifício da empresa municipal Águas de Santarém, na Praça Visconde Serra do Pilar, também está a ser embelezada.

«O Mirante»

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:33
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Maio de 2009
Idosa agredida e roubada quando rezava na igreja de Benavente

Uma doente cardíaca, operada ao coração recentemente, foi agredida e roubada quando rezava ontem à tarde na Igreja Matriz de Benavente. Noémia Anacleto, 67 anos, foi agredida por um homem que lhe roubou 40 euros, documentos e o telemóvel. Segundo o filho da vítima, João Anacleto, a carteira ficou no chão e a vítima ficou em agonia com um hematoma no peito e uma luxação na clavícula. A vítima foi socorrida pelos bombeiros de Benavente e transportada ao Hospital de Vila Franca de Xira onde foi assistida. “Ficou em choque”, conta o filho da vítima, que é bombeiro. Noémia teve alta cerca das 20h00, mas continua a queixar-se de fortes dores e recupera do choque. O homem abandonou o local sem que o marido da vítima e outras pessoas que estavam à porta da Igreja se apercebessem. Foi uma senhora que deparou com o corpo caído no interior do templo. “Isto é uma vergonha, nem a rezar se está bem”, comenta Lurdes Bento, frequentadora da igreja. Segundo apurámos a igreja tinha pouca luz e a idosa só se apercebeu da presença do agressor quando sentiu uma pancada no ombro e um puxão. A família apresentou queixa na GNR e as autoridades admitem que tenha havido um segundo homem envolvido no roubo.

«O Mirante»

Leia outras noticias em www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:54
link do post | comentar | favorito

Helder Esménio quer menos desemprego e mais investimento

 

O combate ao desemprego e a captação de investimento para o concelho de Salvaterra de Magos são as duas grandes bandeiras eleitorais de Hélder Esménio, o cabeça de lista do PS nas autárquicas de Outubro.

“A nossa taxa de desemprego é quase o dobro da média nacional e cerca de 60% superior à que se verifica no concelho vizinho de Benavente”, afirmou o candidato independente durante a apresentação oficial da sua candidatura, no sábado, 16 de Março, em frente aos Paços do Concelho.

“A próxima gestão autárquica tem que dedicar uma especial atenção a este flagelo”, alertou, explicando que a promoção do emprego passa necessariamente pela captação de investimentos e pela instalação de novas empresas em Salvaterra de Magos.

“Ao contrário de outros concelhos vizinhos, parece que tem havido uma perseguição aos investidores, tal é o dinheiro que a Câmara pede a quem quer instalar uma empresa”, afirmou o candidato, defendendo a abolição de várias taxas cobradas pela autarquia na emissão das licenças.

“Vivemos um momento de emergência e precisamos de medidas de emergência”, sublinhou Hélder Esménio, que se socorreu da “frieza” de indicadores e números estatísticos para demonstrar a realidade negra que se propõe a tentar alterar.

O concelho, com cerca de 20 mil habitantes espalhados por seis freguesias, tem um poder de compra 20% inferior à média de Portugal, e mais de 30% menor que o de Benavente.

Em Salvaterra de Magos, a taxa de analfabetismo é duas vezes superior à média nacional, o número de licenciados anda pela metade, e o abandono escolar é 20% superior ao de Benavente.

“São números devastadores, e demonstram a ineficácia de uma gestão que governa há 12 anos e não foi capaz de mais”, frisou o candidato, para quem “as pessoas procuram outro rumo”.

Hélder Esménio é engenheiro, trabalha na Câmara Municipal há 26 anos, e distinguiu-se a nível local no associativismo, tendo passado com sucesso pelo Clube Desportivo Salvaterrense, que praticamente salvou da falência, e pela Associação Desportiva de Salvaterra de Magos.

“O currículo pessoal, profissional e associativo dá-nos todas as garantias que escolhemos o homem certo para unir as pessoas e liderar um verdadeiro projecto de desenvolvimento”, afirmou Francisco Madelino, o presidente da comissão de honra da candidatura.

“Este concelho vive a uma velocidade lenta, e as pessoas já não acreditam que os actuais responsáveis dos cargos públicos sejam capazes de provocar uma mudança, ao contrário do Helder Esménio”, frisou.

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:48
link do post | comentar | favorito

...

Os caçadores do concelho da Azambuja estão preocupados com um vírus que está a dizimar a população de coelhos da região. O vírus (cujo nome de código é DHC), é fatal para 90% dos animais infectados. Aloja-se no fígado e, sem que os animais mostrem sinais exteriores da doença, provoca a morte das células infectadas e do próprio animal. Com medo de que os coelhos não resistam a esta nova vaga viral, um grande número de caçadores começou a adquirir e a espalhar ração com antibiótico pelos campos da Azambuja, na tentativa de salvar a espécie do que tem sofrido um “extermínio” natural. Mas não se pense que as intenções dos profissionais do tiro são angelicais. A verdade é que tamanha preocupação tem apenas um intuito: assegurar que existem coelhos em quantidade para a abertura da época de caça ao coelho, em Outubro. É caso para dizer que os animais não morrem da doença, mas que muito provavelmente irão morrer às mãos de quem lhes está a dar a cura.

«O Mirante»

 

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:41
link do post | comentar | favorito

Visita da candidata da CDU ao Parlamento Europeu, CarinaCastro

Visita da candidata da CDU ao Parlamento Europeu visita o distrito de Santarém para diversas acções de contacto com os jovens do distrito.


No âmbito das eleições para o Parlamento Europeu de dia 7 de Junho, a candidata da CDU, Carina Castro, estará presente no distrito de Santarém, no próximo dia 21 de Maio.

A candidata, pela manhã, estará numa acção de contacto com os estudantes do Instituto Politécnico de Santarém, no complexo Andaluz.
 
 
Participará no almoço-convívio da CDU com a candidata Ilda Figueiredo,em Alpiarça, no “Pavilhão do Partido”.
 
 
Por volta das 16h, estará numa acção de contacto com os trabalhadores da Sonae Carnes, na zona industrial de Santarém.
 
 
Por volta das 17h30, a acção de contacto será no centro de Santarém,nas imediações do W Shopping.
 
Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com


publicado por Noticias do Ribatejo às 17:34
link do post | comentar | favorito

O CDS quer melhores condições

O CDS-PP propõe que sejam as Instituições Particulares de Solidariedade Social de cada um dos 100 bairros problemáticos do país a gerirem uma parte dos programas sociais «mediante critérios objectivos», como a redução da toxicodependência e do abandono escolar, o aumento da estima pelas habitações e pelos bens públicos e da empregabilidade dos jovens.

 

A proposta foi feita por Paulo Portas, esta terça-feira, durante uma visita à Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, antecipando a audição do ministro da Administração Interna, hoje, no Parlamento.

«Queremos ouvir o ministro sobre uma proposta inovadora, que é um passo à frente em matéria de políticas sociais», afirmou.

«Uma coisa que o país percebe é que estão a falhar as políticas sociais nos bairros problemáticos», acrescentou, acusando o Estado de «achar que resolve tudo com o rendimento mínimo, com rendas gratuitas e depois as pessoas não procuram respeitar os bens públicos, há vandalismo» e os que trabalham «sentem a insegurança, os seus carros danificados».

Rui Pereira será também questionado pelo CDS-PP sobre a legislação penal «que, muitas vezes, na prática, acaba por destruir o trabalho da polícia». «Não é admissível que a polícia arrisque a vida para deter um meliante e depois, quando ele é presente a Tribunal nada lhe aconteça, sai em liberdade, tenha que se apresentar semanalmente a uma força de segurança e depois não se apresenta, volta a cometer um crime, muitas vezes mais grave que o primeiro», criticou.

Leia outras noticias em: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:47
link do post | comentar | favorito

Só há duas equipas de intervenção permanente em todo o distrito de Santarém

 
Longe vai o tempo em que ao toque da sirene apareciam mais de uma dúzia de bombeiros em poucos minutos. São raros os que deixam o trabalho para acudir a uma emergência. E não é por falta de vontade. “É o receio de perderem o emprego que sustenta as suas famílias”, explica José Guilherme, comandante dos Bombeiros Voluntários de Benavente, a segunda corporação no distrito de Santarém a avançar com uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP). A primeira equipa entrou em funções em Constância no dia 2 de Abril. No distrito de Santarém apenas Entroncamento e Golegã não apresentaram candidaturas, mas a maioria ainda aguarda aprovação por parte da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) que assegura metade dos custos com salários dos bombeiros a outra metade é por conta dos municípios.

António Júlio, chefe da EIP de Benavente, garante que foi a concretização de um sonho para cinco bombeiros porque todos eram voluntários e desejavam dedicar-se ainda mais à causa. “É a possibilidade de podermos fazer o que gostamos, sendo remunerados e com outras condições”, refere. Mas não se pense que é o salário que motiva os bombeiros. Cada elemento da equipa recebe 617 euros mais subsídio de alimentação. O líder recebe mais 25 por cento. “Não estamos pelo dinheiro. Para os bombeiros, o dinheiro é sempre secundário. Só precisamos dele para viver”, refere Jorge Carvalho, que tem carta de pesados como quatro dos cinco elementos e poderia ter um salário mais volumoso como motorista.

Em Constância, a EIP é liderada por Andreia Coelho, uma voluntária que está a concluir um curso ligado à protecção civil. Os cinco elementos a apresentar foram escolhidos por consenso entre o grupo de 12 candidatos e foram todos aprovados à primeira como em Benavente. “Todos os 12 interessados aceitaram a decisão. Não houve ressentimentos dos que ficaram de fora”, garante o comandante Adelino Gomes que é também presidente da Federação dos Bombeiros dos Distrito de Santarém.

Segundo o responsável, está para breve a criação de mais EIP no distrito. A maioria viu reprovadas as suas candidaturas porque não cumpriam os regulamentos. Todos os candidatos têm de ter menos de 40 anos e não podem ter vínculos contratuais com associações ou empresas. Os bombeiros foram sujeitos a avaliação curricular e a testes físicos e “alguns chumbaram nas provas físicas”, confirma o presidente da federação. Nos casos em que os bombeiros já eram funcionários das associações, tiveram de cessar ou suspender o vínculo contratual para fazer um contrato de um ano renovável até três anos. Uma medida que oferece alguma segurança aos bombeiros, embora a avaliação seja contínua e qualquer falha grave possa dar origem a uma rescisão.

Os comandantes de Benavente e Constância consideram que as novas equipas são um reforço significativo e solucionam o problema da indisponibilidade no horário laboral. “Temos uma média diária de 16 ocorrências em situações de emergência e tínhamos grande dificuldade em ter pessoal”, explica José Guilherme em Benavente. Adelino Gomes, comandante de Constância defende que a importância do serviço justifica o esforço das autarquias e realça o facto destes bombeiros terem uma formação adequada para situações de emergência pré-hospitalar mas também em fogos e podem ajudar as Equipas de Combate a Incêndios (ECIN) que começaram a trabalhar esta segunda-feira.

«O Mirante»

LEIA OUTRAS NOTICIAS EM: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:44
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Maio de 2009
Morreu ciclista atropelado na ponte D. Luís

 

 

O ciclista que na manhã desta terça-feira foi atropelado na Ponte D. Luís, entre Santarém e Almeirim, não resistiu aos ferimentos graves e morreu no Hospital de Santarém. Segundo o director clínico da unidade hospitalar, José Marouço, a vítima chegou às urgências estabilizado e com batimentos cardíacos mas já em situação de morte cerebral.

 

Recorde-se que a vítima, de 62 anos, residente em Ribeira de Santarém, concelho de Santarém, foi atropelado por uma viatura conduzida por uma mulher, que sofreu ferimentos ligeiros e entrou em estado de choque, pelo que teve que ser assistida no hospital. O acidente ocorreu às 10h13.

 

Eleva-se assim para três, os mortos em atropelamentos ocorridos na manhã deste dia 19 de Maio. Com estes casos sobe para 24 o número de mortos em acidentes no distrito de Santarém desde o início do ano e até ao momento. O mesmo que foi registado em 2008 em igual período.

 

O primeiro acidente ocorreu cerca das 07h30 na Estrada Nacional 118, junto à Várzea de Benavente. Filipe Teles, de 82 anos de idade, agricultor reformado, residente no monte Cunha, próximo do local, sofreu lesões graves na cabeça, com perda de massa encefálica, e faleceu no local.

 

Por volta das 10h00 uma mulher que atravessava a estrada entre S. Domingos e Fontainhas, por baixo do viaduto da circular urbana conhecida por Rua O, em Santarém, foi colhida por um automóvel e teve morte imediata. A vítima, de 73 anos, residente em Alcanede, concelho de Santarém, tinha ido às compras no hipermercado perto do local e regressava ao hospital onde a esperava familiares que tinham ido a uma consulta

 

O chefe de gabinete do governador civil de Santarém considera grave o que se passou na manhã de terça-feira, apelando a condutores e peões para que tenham cautelas e respeitem as regras de trânsito. Carlos Catalão recorda que o governo civil tem vindo a sensibilizar para a necessidade de se diminuírem os mortos na estrada e alentando para a mudança de comportamentos. Perante estes três casos, realça que “apesar dos esforços, as pessoas continuam a ter atitudes de risco que são lamentáveis”.

 

Referindo-se ao acidente na ponte D. Luís, que é atravessada diariamente por muitos ciclistas, Carlos Catalão diz que atendendo às condições da via não é possível criar mais condições de circulação para velocípedes. Por isso alerta para a necessidade de haver bom senso, cautela e respeito pelas regras de trânsito. Realçando que é imprescindível que os peões atravessem nas passadeiras e que os condutores não circulem a velocidades elevadas. “Se as pessoas não mudarem de atitude não tiverem um comportamento responsável não há prevenção nem campanhas de sensibilização que valham”, concluiu.

«O Mirante»

LEIA OUTRAS NOTICIAS EM: www.jornalalpiarcense.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:20
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

Mudança

Quarta edição do CTX META...

Núcleo Interpretativo da ...

Ourém recebeu workshop so...

Município do Cartaxo prom...

Comemorações do Dia Mundi...

NERSANT promove sessão de...

Gonçalo Salgueiro dá espe...

CARTAXO: Sociedade Filarm...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds