NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 23 de Junho de 2009
Câmara de Abrantes pede demissão do Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere

 

A Câmara de Abrantes exigiu hoje a demissão do director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Zêzere (ACES), face às situações de carência decorrentes da falta de médicos de família no concelho.

 

Em declarações à agência Lusa, o presidente da autarquia, Nelson de Carvalho,considerou que o médico Fernando Siborro “não tem tomado quaisquer medidas tendentes a desenvolver novas soluções para a situação e não demonstra a necessária atitude de empenho, interesse e pro-actividade necessária para fazer face ao problema”.

 

Composto por 19 freguesias e 42 mil habitantes dispersos por mais de 700 quilómetros quadrados, o município de Abrantes tem sentido o problema da falta de médicos de família nas unidades de saúde das freguesias de São Facundo, Tramagal, Carvalhal, Alvega, Aldeia do Mato, Concavada, Pego e, mais recentemente, Vale das Mós, onde Fernando Siborro assegurava o serviço de consultas.

 

Segundo Nelson de Carvalho, “não se pode, pura e simplesmente, encerrar extensões de saúde à medida que os médicos se reformam ou são transferidos para outra local”.

 

“No dia 20 de Maio, reunimos com o director do ACES e analisámos as situações decorrentes da falta de médicos de família e foram pedidas medidas para minimizar essa carência. Hoje, já percebemos que nada está ser feito”, afirmou.

 

Face à situação, “a Câmara requer, em unanimidade, que Fernando Siborro peça a sua demissão, retomando o seu posto de trabalho junto da comunidade e utentes de Vale das Mós e permitindo a nomeação de um novo director com as características, as condições, a motivação e o empenho que a comunidade, os cidadãos e os utentes exigem e merecem”.

 

Contactado pela agência Lusa, Fernando Siborro disse estar “empenhadíssimo” na resolução dos problemas, acrescentado “não ver motivos nem razão alguma para pedir a resignação”.

 

"O problema é complexo e temos trabalhado para encontrar soluções que hão-de aparecer a seu tempo. Não aparecem médicos de um dia para o outro, mas posso adiantar que temos quatro médicos em condições de reforçar este ACES”, disse.

 

“Dois deles, internos, poderão começar a laborar brevemente e os outros estão apenas dependentes da resolução de questões burocráticas, que demoram o seu tempo”, acrescentou.

 

Segundo o director do ACES do Zêzere, “outras soluções poderão passar pelo estabelecimento de acordos com empresas privadas de contratação de médicos e com um processo de reestruturação geográfica dos centros de saúde que está em preparação e que espera participação activa do poder local”.

 

“Mas também aqui”, afirmou, “é preciso paciência e preserverança na obtenção de soluções, que não se coadunam com questiúnculas, mas sim por um trabalho conjunto onde todos remem para o mesmo lado”.

 

“As autarquias têm um papel importante a desempenhar via Conselho da Comunidade do ACES e podem constituir-se como parte da solução, disponibilizando transportes para os utentes, dentro do plano de reorganização geográfica que estamos a ultimar”, concluiu o responsável.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:09
link do post | comentar | favorito

CDU continua a apresentar os seus candidatos

A CDU - COLIGAÇÃO DEMOCRÁTICA UNITÁRIA vai apresentar os  seus candidatos aos Orgãos Municipais do Concelho de Torres Novas, que irá decorrer no JARDIM MUNICIPAL ( junto à Esplanada Jardim), SEXTA-FEIRA, 26 de Junho, pelas 19h00.
 
Na ocasião será também apresentado o Mandatário das Candidaturas da CDU no concelho de Torres Novas.
 
Estava prevista a presença de ANTÓNIO FILIPE , deputado do PCP, mas por motivos de última hora relacionados com a sua actividade parlamentar, será substituído por  VASCO CARDOSO, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP.
 
 
Para manter a tradição, encerramos com um pequeno convívio!
 
A Coordenadora da CDU - Torres Novas

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:08
link do post | comentar | favorito

CDU do Cartaxo quer melhor ambiente e mais saneamento básico


foto
   

Melhor ambiente e mais saneamento básico no concelho do Cartaxo. Estas são duas prioridades para o município traçadas pelo cabeça de lista da CDU (Coligação Unitária Democrática) à Câmara Municipal do Cartaxo nas próximas eleições autárquicas, Mário Júlio Reis.

“Muitas linhas de água estão a ser contaminadas. Há ainda muito a fazer nesta área”, disse o candidato O MIRANTE na tarde de domingo, 21 de Junho, dia em que foram apresentadas as listas no concelho.

O professor, 51 anos, acredita que é possível a venda da água a preços justos mantendo o serviço por conta da câmara municipal. O candidato, que é actualmente vereador da CDU na câmara, assume que não concorda com as recandidaturas, mas compromete-se a desenvolver uma política de continuidade para prosseguir um trabalho que ficou a meio.

“Nenhum de vós veio aqui na esperança de arranjar um emprego na câmara, não está cá ninguém porque espera mais facilidades num concurso de uma empreitada qualquer e não acredito que cá alguém tenha vindo à espera de um lugar de assessor de qualquer coisa”, disse antes de dirigir uma palavra aos candidatos: “O que mais desejo, além

naturalmente da sua eleição, é que não se deixem levar pelas modas, pelas opiniões fáceis, pela intriga política que se desenvolve nos corredores, nos cafés e nas esquinas, desejo que não imitem os outros”, disse Mário Júlio Reis que desejou ainda que os eleitos da coligação não se calem perante os atropelos constantes à lei, à justiça e ao bom senso. “Desejo que sejam sempre os mesmos homens e mulheres dedicados à vossa profissão, às vossas localidades e à vossa família, que a vaidade nunca tome conta de

vós e que nunca tenham vergonha de ser iguais a vós próprios”.

Na lista à câmara perfilam-se também Fernando Pina e Alda Semedo. Rogério Coito é o mandatário da CDU que apresenta Carlos Mota como candidato à assembleia municipal. Na mesma lista está Maria Emília Soares, Rodrigo Rodrigues e Délio Pereira (candidato à câmara nas autárquicas de 2001).

Como candidato à assembleia de freguesia de Vila Chã de Ourique a CDU indigitou Luís Manuel Seabra. Alexandre Beijinho é o rosto apresentado para Vale da Pinta e para Vale da Pedra perfila-se José Barreto.

José Baptista apresenta-se como candidato em Pontével e Rodrigo Rodrigues na Ereira. Para a Assembleia de Freguesia do Cartaxo a CDU aposta em Joaquim Venâncio. Na Lapa avança Rafael Pereira e em Valada Rogério Mendonça.

A cerimónia de apresentação dos candidatos contou com a presença de Octávio Augusto do Comité Central do PCP e o do deputado António Filipe, vice-presidente da Assembleia da República, que alertou para a necessidade e urgência de que se exerça o direito de voto nas próximas eleições autárquicas como forma de ajudar a decidir.

«O Mirante»

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:24
link do post | comentar | favorito

Começa hoje julgamento homicídio do líder d`Os Mosqueteiros
O julgamento do alegado homicida do antigo presidente em Portugal do grupo "Os Mosqueteiros", António Figueira, assassinado a 31 de Agosto do ano passado, começa hoje, às 09h20, no Tribunal Judicial de Leiria.

O presumível autor do crime, o cidadão francês Marc Lastavel, está acusado pelo Ministério Público (MP) do crime de homicídio qualificado e incorre numa pena de prisão de 12 a 25 anos.

Segundo o despacho de acusação, o arguido, de 52 anos, combinou no dia 30 de Agosto encontrar-se com o empresário António Figueira no apartamento que o dirigente de "Os Mosqueteiros" possuía na cidade de Leiria e que o suspeito ocupara até dois dias antes.

O MP sustenta que para o encontro o empresário, que era também proprietário dos supermercados Intermarché em Ourém, Leiria (Pousos e Marrazes) e Marinha Grande, fez-se acompanhar de outra pessoa. No entanto, Marc Lastavel, que foi administrador da loja Baobab, no Intermarché de Pousos até Abril de 2008, manifestou-se "incomodado" com aquela presença, logrando "ficar a sós com aquele [empresário], como pretendia, para mais facilmente concretizar o seu desígnio de lhe pôr termo à vida", lê-se no despacho de acusação.

Na sequência de uma discussão sobre a fechadura do apartamento, o arguido "envolveu-se em luta" com a vítima, de 41 anos, acabando por lhe amarrar os pulsos, tendo depois ido buscar uma arma, com a qual disparou nas costas do empresário, acrescenta a acusação.

De acordo com o MP, o acusado deslocou-se ainda nessa noite a Ourém, a casa do empresário, casado e com duas filhas menores, saindo posteriormente do país. Foi detido a 4 de Setembro, em França, e, dois meses mais tarde, extraditado para Portugal, tendo o juiz de instrução criminal do Tribunal Judicial de Leiria determinado a sua prisão preventiva a 7 de Novembro.

Lusa

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:54
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 22 de Junho de 2009
Abrantes: PCP questiona tutela sobre falta de médicos
A falta de médicos de família na freguesia de Vale das Mós, concelho de Abrantes, levou o PCP a questionar sobre «que medidas vai o Ministério da Saúde tomar para resolver o problema».

A questão dirigida ao gabinete da ministra Ana Jorge foi apresentada na Assembleia da República pelo deputado comunista António Filipe, face à «preocupação com uma freguesia de 750 habitantes e que está privada de médico de família há mais de quatro meses, altura em que a população, em vez de médico, encontrou um aviso a dizer que não haveria mais consultas na extensão de saúde, por motivos de serviço e por tempo indeterminado».

«Ao longo destes quatro meses a solução tem passado por se deslocarem 20 quilómetros até à consulta de recurso em Abrantes, acontecendo algumas vezes não conseguirem vaga porque a situação no concelho tem vindo a agravar-se com falta de médicos, provocando o entupimento das consultas de recurso», refere o requerimento apresentado no Parlamento.

Octávio Augusto, da Direcção da Organização Regional de Santarém do PCP, disse à Agência Lusa que a situação «está a agravar-se em todo o lado, inicialmente na parte sul do distrito e agora na zona norte, também já com alguma gravidade, pelo que importa saber que medidas vão ser tomadas pelo Ministério da Saúde para garantir o acesso das populações aos cuidados de saúde a que têm direito».

Segundo disse, «a situação no concelho de Abrantes começa a ser preocupante, pelo número de freguesias afectadas e exige a tomada de medidas urgentes».

«É preciso olhar de frente para o problema e para a gravidade com que ele se apresenta, e procurar as medidas de fundo que permitam resolver a prazo a questão da falta de médicos de família em Abrantes e no distrito de Santarém», acrescentou.

«DD»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:33
link do post | comentar | favorito

Os bombeiros de Tomar tiveram de se desdobrar para conseguir controlar vários incêndios quase em simultâneo


 

Foi um fim-de-semana complicado para os bombeiros de Tomar. No sábado foram chamados a ajudar a combater as chamas em Fungalvaz já do lado de Torres Novas.
No domingo foram chamados para um incêndio em Fonte Nova, Fátima. De madrugada registou-se um despiste com capotamento em Curvaceira Pequena. Não houve feridos a registar mas o condutor da viatura pôs-se em fuga.
Da parte da tarde, com as temperaturas a rondar os 40 graus, sucederam-se os incêndios. Em Chão de Maçãs as chamas chegaram a lavrar com grande intensidade em mato e carrasqueiros. Seguiu-se outro no Carril junto à barragem.
As situações mais graves registaram-se na freguesia de Casais. Em Calvinos o incêndio chegou a ter três frentes activas, com pouca distância entre elas, e a lavrar com grande intensidade.
Na Venda Nova o susto foi maior porque o fogo lavrou com grande intensidade junto a habitações. Houve ainda mais dois incêndios em Fervença e Soianda, também na freguesia de Casais.
Já esta segunda-feira, registaram-se pequenos focos de incêndio na Roda Pequena, junto aos pavilhões e antiga escola, atrás do Convento de Cristo e na paragem de transportes urbanos em frente ao Lidl.

«O Templário»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:54
link do post | comentar | favorito

Salvaterra de Magos: João Brugal é o candidato do PSD
O independente Jorge Brugal, de 45 anos, empresário e consultor de empresas, é o candidato do PSD à Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, anunciou o partido em comunicado.

Para o PSD, esta candidatura visa «devolver ao concelho de Salvaterra de Magos a esperança num futuro melhor para todos os seus habitantes».

O PSD conta com um eleito no actual executivo municipal, que é liderado por Ana Cristina Ribeiro, independente eleita pelo Bloco de Esquerda.

Ana Ribeiro lidera o executivo municipal de Salvaterra de Magos desde 1997, ano em que derrotou a gestão até aí socialista, concorrendo pela CDU.

A autarca entrou em ruptura com o PCP, acabando por se candidatar em 2001 como independente pelo BE, conquistando a única autarquia do país para este partido, pelo qual volta a concorrer nas autárquicas deste ano.

O actual executivo autárquico integra quatro eleitos do BE, um do PS, um do PSD e outro da CDU.

(DD)

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:53
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Junho de 2009
Portugueses e espanhóis manifestam-se em defesa do rio
Portugueses e espanhóis manifestam-se em defesa do rio ibérico por António Sampaio, enviado da Agência LusaOntem Dezenas de tractores e inúmeros caiaques deram cor aos mais de 30 mil manifestantes que hoje se concentraram na localidade de Talavera de La Reina (Espanha), em defesa do rio Tejo e de uma nova cultura da água. Meia centena de organizações, de Portugal e de Espanha, participaram no protesto que contesta o actual transvase do Tejo para o Segura e rejeita mais desvios de água do rio que afirmam estar a "morrer" e a "secar". "Temos aqui uma garrafa da água que vai para o Segura, recolhida da barragem de Entrepeñas. Esta é a água limpa que se desvia e que deveria passar por aqui", disse aos manifestante Miguel Mendez, um dos promotores do protesto. Convocada pela "Plataforma em Defesa do Tejo e do Alberche", a manifestação representou uma ampla unidade de praticamente todas as forças sociais, culturais e políticas da região. De forma algo insólita, o protesto caracterizou-se pela presença de bandeiras dos principais partidos espanhóis - PSOE, PP e IU - bem como de organizações empresariais e sindicais, e de representantes de organizações agrícolas e ambientais. "Este é o princípio da mudança, um antes e um depois na defesa do Tejo, que está a secar e a morrer", disse à Lusa, José Francisco Ribas, presidente da autarquia local. "A sensibilidade plural da sociedade de Castela la Mancha e destas terras uniu-se para, com uma só voz, explicar que isto não pode continuar", disse. Um dos momentos mais aplaudidos do protesto ocorreu quando duas dezenas de tractores agrícolas, em representação da Comunidade de Regantes, se uniram à manifestação. "O nosso rio, e as nossas águas, não são de ninguém. Mas nós, povos ribeirinhos, somos do Tejo. Somos o seu espelho, e lutamos pela sua dignidade e sobrevivência. Sem ele perdemos a nossa identidade", sublinhou. Presente no protesto esteve o município de Vila Nova da Barquinha, que como explicou à Lusa o presidente da autarquia, Miguel Pombeiro, "tinha que se associar" a este protesto. "Estamos a falar de um rio internacional, um património comum. O Tejo é tão importante para Espanha como para Portugal", disse. Considerando "prioridade das prioridades" evitar que se aprovem mais transvazes do Tejo, o autarca aponta crescentes problemas no rio. "As pessoas que vivem o Tejo todos os dias notam que os caudais estão a diminuir. Temos estruturas fluviais construídas há poucos anos que em alguns períodos ficam secas. Temos que lutar por um Tejo vivo e com os seus caudais naturais", frisou. Sob o lema "Pelos nossos rios, pelo nosso futuro", o manifesto aposta na unidade em defesa do Tejo, para defesa dos recursos naturais ribeirinhos. DN Saiba tudo Basta visitar o que acontece no Ribatejo. http://jornalribatejano.blogspot.com


publicado por Noticias do Ribatejo às 17:57
link do post | comentar | favorito

Atacada com doze navalhadas

Uma funcionária pública, de 43 anos, divorciada, foi atacada à navalhada por um homem de 23 anos que terá conhecido pela internet, junto à estação ferroviária de Riachos, Torres Novas. O ataque ocorreu na madrugada de sexta-feira e foi presenciado por um grupo de camionistas e pelos proprietários do café mais próximo, que agarraram o agressor até à chegada da GNR.

"Estava a deitar-me quando ouvi os gritos", contou ontem ao CM Beatriz Lopes, do café O Tarro, adiantando que a mulher conseguiu sair do carro mas o agressor foi atrás dela com uma navalha na mão.

"Ela pedia-lhe para não lhe fazer mal, mas ele respondia que ela lhe deu cabo da vida e que já não gozava mais com ele", segundo Beatriz Lopes.

O agressor, residente em Beja, foi detido pela GNR de Torres Novas e, depois de presente ao juiz, recolheu em prisão preventiva. A vítima está a recuperar no hospital.

»CM»

 

 

 

Saiba tudo o que acontece no Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:52
link do post | comentar | favorito

Ludgero Mendes é o número dois da candidatura do PS à Câmara de Santarém


 

A candidatura do PS à Câmara de Santarém apresentou esta sexta-feira Ludgero Mendes como número dois da lista liderada por António Carmo. Trata-se de uma figura bem conhecida no concelho e na região, com trabalho reconhecido no meio associativo e um trunfo de peso dos socialistas para tentar captar votos junto do eleitorado do centro e direita.

 

Ludgero Mendes, gerente bancário e sem filiação partidária (desfiliou-se do PSD há cerca de 15 anos, após vinte anos de militância), é o rosto do Grupo Académico de Danças Ribatejanas e passou pelos corpos gerentes de inúmeras instituições, como a Misericórdia e Bombeiros Voluntários de Santarém, organização da Feira do Ribatejo, associação das Fontainhas e Grainho, Associação de Defesa do Património e Sociedade Recreativa Operária, bem como da Federação do Folclore Português e Federação das Colectividades do Distrito de Santarém.

 

Personalidade ligada à etnografia e à tauromaquia, Ludgero Mendes teve também passagem por diversos órgãos autárquicos quer pelo PSD quer pelo CDS, aqui já na qualidade de independente como eleito da assembleia municipal. Está também ligado ao movimento cívico Santarém 21.

 

Assegurando que não pretende fazer carreira política, explicou a aceitação do convite formulado por António Carmo com o conhecimento que tem do candidato a presidente praticamente desde a infância e pela identificação que sente com o projecto autárquico que está ser desenhado pelo PS.

 

Na sessão de apresentação, realizada na sede do PS perante cerca de trinta militantes que o aplaudiram efusivamente, Ludgero Mendes assumiu sem pruridos que ao longo dos anos travou algumas lutas com o PS, “mas sempre defendendo perspectivas pessoais ou de grupos e não com o intuito de provocar clivagens”.

 

Quanto à sua integração na lista socialista, que apanhou o meio político de surpresa, Ludgero Mendes referiu: “Não é uma forma de afrontar alguém ou o que quer que seja, mas sim para servir e beneficiar Santarém, até porque não sei estar de outra forma”.

 

António Carmo irradiava satisfação pela aceitação do convite do “futuro vice-presidente da Câmara de Santarém”. E não poupou nos elogios a Ludgero Mendes. “É um homem de grande competência que ninguém pode colocar em causa. Um gestor com provas dadas e uma personalidade que Santarém muito preza e admira que temos a honra de ter na nossa lista”.

 

Para António Carmo, esta é a prova da determinação que imprimiu à sua candidatura, adiantando que a sua lista, cuja composição está a ser elaborada, irá integrar militantes e independentes mas essencialmente homens e mulheres de grande competência.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:18
link do post | comentar | favorito

Colónia de férias para ocupar tempos livres das crianças na Golegã

 

 


 
   

A Colónia de Férias organizada pela Câmara Municipal da Golegã arranca na próxima terça-feira, 23 de Junho e termina a 29 de Agosto no Centro de Estágio da vila. Inicialmente, a autarquia abriu inscrições para três dezenas de crianças mas dada a elevada adesão a câmara inscreveu mais seis meninos e meninas dos seis aos 12 anos, estando as inscrições já terminadas.

O objectivo da Colónia de Férias da Golegã é ocupar os tempos livres das crianças entre as 9h00 e as 17h30 durante os meses de férias escolares no período em que os pais trabalham. As segundas-feiras serão dedicadas ao Dia da Cultura e Património Local e às terças-feiras será o Dia Fantástico reservado para passeios ao ar livre. Às quartas-feiras as crianças podem dedicar-se à prática desportiva.

O Dia da Água e Ecologia e os Dias das Descobertas realiza-se todas as quintas e sextas-feiras, respectivamente. Semanalmente também será promovida “A Noite Mágica” onde as crianças vão poder passar a noite no Centro de Estágio. Estão programadas visitas ao Badoca Parque, Jardim Zoológico, praias fluviais, praia da Nazaré e praia de São Martinho do Porto.

Na sexta-feira, 26 de Junho, as crianças inscritas na Colónia de Férias, vão participar na actividade “Ser presidente de Câmara por um dia” onde cada menino e menina vão preparar os discursos para eleger o presidente mais capaz. A iniciativa vai contar com a presença do presidente da câmara, Veiga Maltez.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:23
link do post | comentar | favorito

Sábado, 20 de Junho de 2009
Silvino Sequeira volta a ser candidato à câmara em Rio Maior
Silvino Sequeira volta a ser candidato à câmara em Rio

 

Queria recordar ao Dr. Silvino Sequeira uma afirmação por ele proferida em Sessão da Assembleia Municipal de Rio Maior de 27/09/07 e que consta da acta dessa assembleia. Passo a citar: "Recentemente fiz uma campanha eleitoral, assente no Aeroporto Internacional de Lisboa em Ota; recandidatei-me, por Ota; convenci investidores a apostarem em Rio Maior, por Ota. Lamentavelmente Ota, não é uma certeza, é uma incerteza. E se Ota não avançar comigo como Presidente de Câmara, em nome dos princípios, em nome dessa ética, e acima de interesses partidários, eu teria de duas atitudes, uma de tomar: ou me demitia de Presidente de Câmara ou demitia-me do PS, que é quem governa o País. "

 

Como não tomou nem uma nem outra presumo que a ética tenha desaparecido numa qualquer curva do caminho, subjugada aos interesses partidários. E quanto a compensações, Dr. Silvino Sequeira, trocar a Ota por 1 estação de um TGV agora adiado, 1 Loja do Cidadão, 1 Linha-férrea que ainda não sabemos se algum dia será construída, 1 centro de alto rendimento pago a meias com o governo e de que ninguém conhece modelo de gestão e repartição dos custos de funcionamento e outras obras de pequena dimensão, não me pareceu nunca um bom negócio.

 

Vasco Tavares



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:59
link do post | comentar | favorito

Câmara do Cartaxo põe Campo da Feira à venda por seis milhões


 

A Câmara Municipal do Cartaxo autorizou um negócio tripartido que vai permitir vender os terrenos do Campo da Feira, deslocalizar a Feira dos Santos para cerca de um quilómetro de distância e o parque de máquinas da autarquia para um terreno em frente à Adega Cooperativa do Cartaxo, na saída da cidade para Pontével.

 

No caso do chamado Campo da Feira, onde anualmente se realiza a Feira dos Santos, a autarquia estabeleceu um preço base de alienação do terreno de seis milhões de euros, correspondentes a uma área de oito hectares. O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), pretende que ali seja erguido um parque urbano com cerca de 400 fogos, com zonas de lazer e até um health center ou bolsa de escritórios.

 

“Uma construção de baixa cércea, com edifícios que obedeçam a critérios de urbanismo de qualidade, enquadrados num campus cívico que respeite a memória do lugar, assim como a existência de espaços verdes e de lazer, são condições essenciais e das quais não abdicaremos”, garante Paulo Caldas.

 

Em contrapartida a Feira dos Santos será deslocalizada para cerca de um quilómetro de distância, para o sítio do Pedregal, perto da segunda rotunda da Alameda Norte para quem sai do estádio municipal. O executivo municipal aprovou a compra de um terreno de seis hectares por 150 mil euros.

 

No que foi considerado um excelente negócio pelo presidente da câmara, o novo espaço irá acolher os mercados mensais, a Feira dos Santos e outros eventos, em condições de higiene que dignifiquem o trabalho dos vendedores e permitam aos visitantes frequentá-lo em segurança e com fácil acessibilidade.

 

O espaço fica junto à variante à EN3 e liga com o nó directo de acesso à A1. Ficará ainda a cerca de 800 metros do complexo da Quinta das Pratas e do futuro pavilhão multiusos. A câmara, garante o autarca, vai também criar condições de estacionamento que sirvam, de forma prática e acessível, o novo espaço de feiras.

 

O vereador da CDU, Mário Júlio Reis, manifestou-se contra a deslocalização da Feira dos Santos para um espaço exterior à cidade, considerando que muitas pessoas poderão deixar de fazer o trajecto que, até à data, é feito para o centro da cidade. “Defendo que seja feita uma consulta pública nesta matéria” sugeriu o autarca, lembrando o caso de Santarém com o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA).

 

Manuel Jarego (PSD) concorda com a requalificação do espaço do Campo da Feira, com a retirada do parque de máquinas e com a venda do terreno, mas justificou a sua abstenção por não possuir dados sobre como se chegou ao preço base da alienação. A proposta foi assim aprovada por maioria com os votos favoráveis dos eleitos do PS.

 

Paulo Caldas disse ainda que a verba que resultar da venda do Campo de Feira irá ser aplicada em pagamento de investimentos da câmara e de outros investimentos apoiados por fundos comunitários.

 

A área ocupada por uma unidade de fabrico de pão ali existente irá ser integrada no projecto do parque urbano. A seu tempo, diz Caldas, o assunto irá ser tratado com o proprietário. Quanto ao pavilhão de exposições, vai manter-se como está até o pavilhão multiusos estar construído.

 

 

 

Parque de máquinas deslocalizado para arredores do Cartaxo

 

Localizado no topo do Campo da Feira, o parque de máquinas da câmara também vai mudar de lugar. O espaço irá ser ocupado por parte do parque urbano que ali vier a crescer e o parque de máquinas será transferido para um terreno junto à variante à Estrada Nacional 365-2, para Pontével, em frente às instalações da Adega Cooperativa do Cartaxo.

 

A autarquia vai pagar 700 mil euros por um terreno no sítio do Sisudo com cerca de um hectare que já está equipado e infra-estruturado devido à presença anterior de uma unidade industrial. Garante o autarca que não será necessário fazer qualquer investimento e justifica a aposta com a mudança de instalações que estão degradadas e no meio da cidade. Paulo Caldas diz que vai pagar o terreno com o acordo de pagamento com o Santander-Totta, entidade que liquidará a verba de imediato ao proprietário e que ficará a receber uma mensalidade da autarquia durante três a quatro anos.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:44
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 19 de Junho de 2009
Construtor da Quinta dos Anjos sem capacidade para acabar urbanização


 

Chegou ao fim o processo que se arrastava há mais de dois anos para a construção dos lotes e acesso em falta na Quinta dos Anjos, freguesia de Castanheira do Ribatejo. A empresa construtora, Marligi, anunciou no início do mês que não irá conseguir realizar mais obras no local, deixando a urbanização por terminar.

A informação foi veiculada pela presidente Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, que citou uma carta enviada pela empresa à autarca. De acordo com o documento, que recupera as conclusões de uma reunião tida a 8 de Junho entre a empresa e o vice-presidente da câmara, Alberto Mesquita, o construtor declarou a “impossibilidade de continuidade das obras, incluindo o arruamento ou quaisquer trabalhos na referida urbanização”.

A decisão da empresa construtora surge na sequência de uma resposta negativa das entidades bancárias ao financiamento da conclusão da obra, num momento em que a empresa construtora se encontra sem capital. A sociedade foi recentemente alvo de abandono pelo sócio maioritário, que saiu do país. O lote 29, edifício que se encontrava em mais avançado estado de evolução, foi mantido sob embargo apesar de as negociações entre câmara e construtor preverem o seu desbloqueamento condicionado à construção no acesso à urbanização.

O arruamento prometido não irá, no entanto, avançar. A EPAL chumbou o projecto de acesso, no parecer que lhe era solicitado, e que era necessário à sua construção, uma vez que o acesso passava por terrenos que são propriedade daquela empresa. A decisão, comunicada no dia de 9 de Junho à autarquia, deixa a Quinta dos Anjos na mesma, mas desta vez sem solução à vista.

As novidades sobre o processo foram anunciadas no dia em que os moradores da urbanização enviaram uma delegação de nove residentes à assembleia municipal, realizada na Póvoa de Santa Iria. Confrontados com a situação inscreveram-se no período reservado ao público e fizeram intervenções sobre cada um dos pontos em falta na urbanização – acessos, espaços verdes, bacia de retenção por construir, alegada ausência de ramais de electricidade e água aquando da concessão de várias licenças de habitação, obras abandonadas com perigo para as crianças e eventual finalização da construção por outras empresas - com uma calma pouco habitual em situações do género. “Estas situações teriam sido evitadas se o contrato entre a câmara e a Beiranegócios, empresa promotora, tivesse sido cumprido, e que só permitia a construção de habitações quando todas as infraestruturas estivessem concluídas”, sublinhou o morador João Valério. Para o caso de algo falhar, existia uma garantia bancária, que deveria ser renovada a pedido da câmara. Nenhuma das situações se verificou.

Maria da Luz Rosinha respondeu com um pedido de desculpas e a promessa de uma intervenção da autarquia no processo. Segundo a autarca, a câmara municipal “tem consciência de que deve assumir uma posição de substituição em intervenções a realizar”.

Manuel Mendonça, que fez a ponte entre o promotor Beiranegócios as empresas construtoras e a autarquia, confirma a O MIRANTE que “não será possível continuar as obras na urbanização. O pedido de insolvência das empresas pelo promotor poderá invalidar todos os actos realizados até agora”. Ao que apurou o nosso jornal, a sentença do Tribunal de Comércio de Lisboa sobre o processo de insolvência, marcada para 30 de Junho, deverá ser adiada por indisponibilidade do advogado do promotor. As empresas construtoras ficaram sem o seu representante legal por falta de pagamento. Ao ritmo a que evoluem as falências no nosso país, prevê-se que venha a demorar qualquer trabalho a realizar nos prédios por outra entidade. .

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:16
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Junho de 2009
Santarém vai ter transportes eléctricos

Santarém vai ter transportes eléctricos
 
A cidade de Santarém vai ser contemplada com transportes eléctricos. O protocolo entre a autarquia scalabitana e o Ministério do Ambiente vai ser assinado no dia 29 de Junho, no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, em Lisboa. O anúncio foi feito, no dia 15 de Junho, na reunião de Câmara pelo presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores. Segundo o autarca, “Santarém é uma das 40 cidades que vai receber transportes eléctricos”, acrescentando que “os veículos eléctricos trazem vantagens acrescidas, ao nível da qualidade de vida nas cidades, melhorando substancialmente o ambiente urbano, dado que não causam poluição atmosférica e não provocam ruído”.

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:03
link do post | comentar | favorito

Tomar contrai empréstimo para construção de escolas

O executivo municipal aprovou a contratação de um empréstimo de 1 milhão e 838 mil euros para financiar a construção da Escola do 1.º Ciclo D. Nuno Álvares Pereira e do Centro Escolar de Casais. A construção destas duas novas escolas resulta das candidaturas aprovadas pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), cabendo à autarquia a percentagem de financiamento das empreitadas não coberta pelos fundos comunitários.

A obra da Escola D. Nuno Álvares Pereira já teve início e espera-se que em breve avance também o Centro Escolar de Casais. Na mesma reunião aprovou-se o destaque do terreno no Fojo, em Venda Nova, na freguesia de Casais, onde será instalado o centro escolar, que permitirá a compra do mesmo pela autarquia, podendo posteriormente avançar a obra.

«O Mirante»

 

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:20
link do post | comentar | favorito

CDS já tem cabeças-de-lista para as legislativas
 
O ex-líder, Ribeiro e Castro, encabeça a lista do Porto e Teresa Caeiro vai ser a número um em Lisboa. Paulo Portas volta a liderar a lista de Aveiro e Telmo Correia é o cabeça-de-lista em Braga. Os rostos da renovação são Assunção Cristas, em Leiria, e Filipe lobo D´ Ávila, em Santarém


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:11
link do post | comentar | favorito

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo faz avaliação positiva

O trabalho desenvolvido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) em 2008 atingiu o “nível bom” e o “grau máximo de avaliação”, revelou o presidente daquele organismo.

 

Fonseca Ferreira, que falou à agência Lusa após a reunião semestral de chefias da CCDR-LVT, realizada em Constância, afirmou que “todos os objectivos para o ano 2008 foram cumpridos e ultrapassados”, numa avaliação assegurada regularmente por um organismo externo.

 

Segundo o responsável, na sessão de trabalho foi feito um balanço da actividade da Comissão, incluindo a implementação da sua Agenda Estratégica e a modernização dos serviços, tendo ainda sido abordada a participação de Lisboa e Vale do Tejo no “maior evento europeu de regiões”, os ‘Open Days’, que decorrerão em Bruxelas entre os dias 5 e 8 de Outubro.

 

“Fizemos uma avaliação dos projectos, dos seus objectivos e também dos problemas detectados e das soluções a adoptar e debatemos a adopção de novos métodos de gestão tendo em conta a implementação e a avaliação dos projectos e objectivos da CCDR-LVT”, disse o responsável.

 

Actualmente, “a CCDR tem 266 colaboradores, contra 508 no ano 2004, o que significa uma maior racionalização mas também um resultado do trabalho realizado na aposta da qualificação dos recursos humanos”.

 

“Em curso está um processo de descentralização dos serviços iniciado em 2004, com instalações em Setúbal, Santarém, Torres Novas e Caldas da Rainha, que evita que se ande a caminhar sempre para Lisboa, e onde a prestação global dos serviços adoptados já atingiu os 40 por cento”, acrescentou.

 

Fonseca Ferreira afirmou que “são quatro os vectores que norteiam o trabalho da CCDR tendo em vista a sua contínua modernização”.

 

“A desconcentração de serviços, o processo de informatização, telecomunicações e de circulação de informação, os manuais de procedimentos e normas de circuitos claras e objectivas e a sustentação com recursos humanos qualificados”.

 

O gestor acrescentou que a CCDR-LVT vai estar em Bruxelas no ‘Open Days 2009’, entre os dias 5 e 8 de Outubro, “liderando” pelo terceiro ano consecutivo uma rede de regiões que envolve diversos países europeus, como Espanha, Holanda, França, Itália ou Irlanda.

 

“Depois dos temas da Água e da Competitividade Marítima, esta edição será dedicada à Inovação e Criatividade Social, um tema da maior relevância, assim entendido por nós e pelos vários parceiros, uma vez que é um evento que serve de montra para projectos de intervenção social e que se constitui como uma oportunidade de partilha de ideias e de experiências”, acrescentou.

«O Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:18
link do post | comentar | favorito

Cidades-Santuário no turismo religiosos

Cerca de quatrocentos congressistas de 25 diferentes países participam, em Fátima, até sábado, no II Congresso Ibero-Americano de Destinos Religiosos/ V Congresso Internacional de Cidades-Santuário, uma dupla iniciativa Câmara Municipal de Ourém, a que se associam o Santuário de Fátima, a Entidade Regional de Turismo - Pólo de Desenvolvimento Turístico Leiria/Fátima, a ACISO - Associação Empresarial Ourém-Fátima e o Centro de Investigação Identidades e Diversidades do Instituto Politécnico de Leiria.

Ao início da manhã de hoje, na sessão de abertura, foi lida a mensagem do presidente e do secretário do Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes. Na mensagem, os arcebispos António Maria Vegliò e Agostino Marcchetto frisaram que "não podemos realizar uma interpretação errónea, pretendendo reduzir a peregrinação ou o santuário a um simples feito cultural, social, folclórico ou económico".

Embora estas diversas vertentes, reconhecem, estejam presentes, "devemos considerar que a peregrinação e o santuário, são, antes de tudo e sobretudo para nós, uma expressão religiosa, uma manifestação de fé".

Na peregrinação e no santuário, reiteram, o "elemento religioso aparece como originante, primordial e integrador" e os demais elementos "devem estar em função deste".

Torna-se necessário, consideram, "tutelar a identidade e particularidade do santuário, reconhecendo o motivo peculiar de piedade que atrai os peregrinos, estabelecendo os modos de favorecer essa devoção e, através dela, potenciar o culto e o crescimento espiritual dos fiéis".

Na sua saudação de acolhimento aos congressistas, o reitor do Santuário de Fátima, Padre Virgílio Antunes, também sublinhou que "este respeito pela peregrinação exige que se renuncie à tentação de subjugar tudo ao factor económico, o que constituiria um desvirtuar de algo que é muito mais do que as suas implicações económicas".

O Reitor destacou que "o fenómeno da mobilidade humana por motivos religiosos, da peregrinação, e, no mundo contemporâneo, do turismo religioso, atravessa todos os períodos da história conhecida. Está presente, e cada vez mais presente, no nosso mundo, apesar do crescimento do laicismo e mesmo apesar do enfraquecimento de algumas estruturas e instituições religiosas tradicionais".

Vitor Frazão, presidente da Câmara Municipal de Ourém, apelou à colaboração entre as estruturas civis e as eclesiais nesta matéria. "Hodiernamente é inestimável a existência do turismo religioso e de peregrinação e cada vez mais se sente a necessidade de nos prepararmos...a Igreja e o Estado... para uma nova mundividência religiosa tendo em vista as modernas exigências e as novas resposta que a mesma carece."

Assim, disse o autarca, "urge que o estado e igreja acompanhem o ritmo acelerado a que as sociedade mundiais estão submetidas sob pena de nos vermos envoltos numa teia de atropelos que conduzirá à disfuncionalidade religiosa e social e consequentemente à anarquia humana".

Vitor Frazão, ainda no mesmo sentido, apelou ao estabelecimento de parcerias. "Devemos aproveitar a s sinergias provenientes do turismo de peregrinação e por isso sou um defensor das parcerias entre todos os organismos, não excluindo, logicamente as que se possam concretizar entre a Igreja e o Estado, já que ambos - o poder religioso e o civil - visam, como fim último, a satisfação do cidadão."



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:01
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Junho de 2009
Mulher atropelada por comboio no Entroncamento

 
 

Uma mulher morreu hoje atropelada por um comboio alfapendular na linha no Norte junto à estação do Entroncamento.
Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), o acidente ocorreu por volta das 13:05, no sentido Sul-Norte. Fonte da PSP do Entroncamento revelou que o corpo já foi removido, tendo sido reestabelecida a circulação na linha.
Não há ainda dados para saber se se tratou de um acidente ou de outra situação.

«O Ribatejo»



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:25
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Traga as suas plantas par...

Município do Entroncament...

ExpoAlcanede dá a conhece...

Casa cheia em Benavente p...

Município da Chamusca ala...

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds