NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009
Câmara do Cartaxo aprova novo Campo da Feira

 
A Câmara Municipal do Cartaxo aprovou, na reunião de dia 16 de Junho, a compra de um terreno com 6 hectares, no sítio do Pedregal (a 800 metros do estádio municipal), por 150 mil euros. Este novo espaço vai ser intervencionado de modo a poder acolher os mercados mensais, a Feira de Todos os Santos e outros eventos, em condições de higiene que dignifiquem o trabalho dos vendedores e permitam aos munícipes e visitantes frequentá-lo em segurança e com fácil acessibilidade. O espaço fica junto a variante à N3 e liga com o nó directo de acesso à A1

Saiba tudo o que acontece no Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:39
link do post | comentar | favorito

Uma rua da Chamusca com o nome José Cid



foto

:José Cid grato com Prémio Consagração da Sociedade Portuguesa de Autores

 

 

A Câmara Municipal da Chamusca homenageou recentemente, e bem, três distintos chamusquenses com o descerramento de placas toponímicas em ruas da vila.

Tendo presente esta efeméride, afigura-se-me oportuno e justo referir aqui o nome de José Cid, que ama a sua terra e lhe tem dado uma visibilidade ímpar. Recordo que este ilustre chamusquense recebeu em Maio o Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores. Segundo a SPA, o prémio atribuido a José Cid «distingue mais de quatro décadas de intensa e ininterrupta actividade criadora, como compositor-autor, de um dos mais populares nomes de sempre da música portuguesa, triunfador de vários festivais em Portugal e no estrangeiro e autor de alguns dos maiores êxitos musicais das últimas décadas».

 

«O Mirante»

Saiba tudo o que acontece no Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:18
link do post | comentar | favorito

Vice-presidente da Câmara do Cartaxo renunciou ao mandato


foto

O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), confirmou esta manhã que o seu vice-presidente deixa de integrar o executivo municipal a partir de 1 de Julho. Francisco Casimiro (PS) renunciou ao mandato para voltar à condição de professor, situação que o edil do Cartaxo já tinha revelado que iria acontecer no período de admissão de docentes para as escolas para o novo ano lectivo ou no final do mandato.

 

Paulo Caldas elogiou as qualidades do que considerou ter sido o seu braço direito ao longo de quase oito anos, os primeiros quatro como seu chefe de gabinete, e no actual mandato, primeiro como vereador, depois como vice-presidente após a ruptura de Caldas com Pedro Ribeiro. “Como chefe de gabinete e como autarca foi uma pessoa excepcional”, acrescentou.

 

Quanto ao facto de Francisco Casimiro sair por vontade própria do executivo a poucos meses do final e de não ter comparecido à apresentação da recandidatura de Paulo Caldas na noite de segunda-feira, o líder camarário não atribuiu importância à situação e disse mesmo que Casimiro lhe tinha enviado um abraço antes do jantar por estar em gozo de férias.

 

Ainda não se sabe quem será o substituto de Francisco Casimiro no executivo. Por ordem na lista socialista surgem os nomes de João Soares, Fernando Amorim e Pedro Nobre. Marco Caetano é outro dos

“candidatos” ao lugar. Certo é que Caldas já garantiu que quem quer que assuma o lugar não irá ter pelouros e que as tarefas de Francisco Casimiro ficam a seu cargo.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:34
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Junho de 2009
Incidente causa corte de energia eléctrica durante seis horas e meia em Almeirim

 

  16 Jun 2009, 19:03h


Um incidente com uma máquina que trabalhava na obra de construção da estação elevatória de Almeirim causou um corte no abastecimento de energia eléctrica durante mais de seis horas e meia esta terça-feira, na rua Marechal Gomes da Costa, na zona da Pontinha em Almeirim. Segundo O MIRANTE apurou, uma máquina que trabalhava no solo no Largo General Guerra danificou uma caixa de distribuição da rede de baixa tensão às 11h30. A empresa ao serviço da EDP só conseguiu repor a normalidade cerca das 18h00. O proprietário do Café Império queixa-se de danos na televisão e vários equipamentos e alguns vizinhos também viram os seus electrodomésticos avariarem, alegadamente devido à quebra abrupta da energia. A obra da responsabilidade das Águas do Ribatejo está a ser realizada por um construtor que deverá assumir os danos causados.

 

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:25
link do post | comentar | favorito

Câmara de Ourém vai pagar 40 mil euros por mês pelos novos paços do concelho

A Câmara de Ourém vai ceder o edifício dos Paços do Concelho, hoje inaugurado, à empresa municipal AmbiOurém, por um período de 40 anos, deliberação que aguarda visto do Tribunal de Contas para ser concretizada.

 

João Moura, vereador da maioria social-democrata da autarquia, disse que a operação vai permitir à autarquia fazer um encaixe próximo do valor do custo da obra (7,2 milhões de euros), ficando a pagar uma mensalidade da ordem dos 40.000 euros.

 

Segundo disse, o Tribunal de Contas pediu alguns esclarecimentos, acreditando o executivo camarário que este organismo dará em breve visto favorável à operação.

 

A deliberação da maioria social-democrata passou com o voto contra da oposição socialista, que questiona a opção da cedência de direitos à empresa municipal, ficando o município obrigado a pagar uma renda mensal.

 

O vereador socialista José Alho disse que, perante a afirmação feita hoje pelo presidente da autarquia, Vítor Frazão, de que o edifício está praticamente pago (5,8 dos 7,2 milhões), a operação “não faz sentido”.

 

João Moura alega, contudo, que a canalização de verbas para o edifício onde ficam concentrados praticamente todos os serviços camarários “obrigou à tomada de opções”, pelo que o encaixe financeiro permitirá a realização de outras obras necessárias.

 

Além da renda que irá receber da autarquia, a AmbiOurém fica com a concessão para exploração do estacionamento à superfície existente na cidade e dos 320 lugares tarifados no parque subterrâneo dos Paços do Concelho, disse.

 

José Alho disse ainda não compreender uma derrapagem superior a 50 por cento no custo da obra, criticando a “forma deficiente como o processo foi instruído desde o início”, nomeadamente ao não prever a componente geotécnica “quando a construção do parque subterrâneo iria forçosamente obrigar a medidas adicionais de contenção dos terrenos por se tratar de um local com uma série de edifícios, alguns deles antigos”.

 

O edifício foi adjudicado no primeiro semestre de 2006 pelo valor de 4,6 milhões de euros, tendo o custo final sido de 7,2 milhões de euros, segundo dados fornecidos pela autarquia, que atribui a diferença a “erros e omissões, nomeadamente trabalhos de contenção periférica”.

 

“Não representa nenhuma derrapagem. Representa trabalhos efectuados que não estavam previstos no projecto”, adianta uma informação da Câmara Municipal.

 

A oposição socialista contesta ainda a localização escolhida para o novo edifício dos Paços do Concelho (ao lado do antigo), por considerar que se trata de uma zona com problemas de mobilidade.

 

“Houve aqui oportunidade para criar uma nova centralidade em Ourém, na zona que ligaria este núcleo ao núcleo urbano do Castelo, criando um núcleo administrativo da cidade em terrenos do município, com possibilidade de crescimento, e sem os custos onerosos do estacionamento subterrâneo”, disse José Alho.

 

O novo edifício dos Paços do Concelho de Ourém foi hoje inaugurado pelo presidente da República, Cavaco Silva, que foi agraciado com a chave de ouro da cidade.

«O Mirante»

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:27
link do post | comentar | favorito

“Ler os nossos” com Aida Baptista

A iniciativa “Ler os nossos” da Biblioteca Municipal de Abrantes, recebe esta terça-feira, dia 16 de Junho, às 21h30 a escritora Aida Baptista a propósito da obra “O Chão da Renúncia”, das edições Minerva Coimbra.

 

Este livro resultou de uma reunião de crónicas escritas em Benguela, cidade angolana a que a escritora regressou, anos depois de lá ter vivido. Os textos revelam assim vivências e estados de alma passados no mesmo local mas num contexto histórico completamente diferente.

 

Maria Aida Costa Baptista nasceu no concelho de Tabuaço, distrito de Viseu e com um ano de idade foi para Benguela (Angola) onde casou, teve dois filhos e iniciou a sua actividade como docente. Em 1975 regressou a Portugal, tirou a Licenciatura em História, uma Pós-graduação em Estudos Europeus na Universidade de Coimbra e um Mestrado em Literatura e Cultura Portuguesas, na Universidade Nova de Lisboa. Após se ter candidatado a “Leitora de Português no Estrangeiro”, realizou duas missões fora do país e dessas experiências publicou o seu primeiro livro “Passaporte Inconformado”.

«O Mirante»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:15
link do post | comentar | favorito

Centro Escolar de Vila Nova da Barquinha vai custar quatro milhões de euros


 

No antigo campo de futebol de Vila Nova da Barquinha, na rua D. Maria II (junto à antiga Estrada Nacional 3), vai nascer um centro escolar. As obras começaram em Maio e decorrem de um projecto do arquitecto Aires Mateus. O investimento ronda os quatro milhões de euros sendo financiado por fundos comunitários através do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). O projecto apresentado ontem, que inclui um Centro Ciência Viva, “irá significar uma melhoria qualitativa, quer em termos de instalações, quer em termos de práticas pedagógicas, para os alunos do primeiro ciclo”, considera o município, entidade promotora da obra.

 

O novo edifício deve entrar em funcionamento no ano lectivo 2010/2011. O Centro Ciência Viva funcionará na envolvente da escola, podendo ser utilizado pela comunidade nos períodos não lectivos. O Centro Escolar de Vila Nova da Barquinha contou com o apoio da Universidade de

Aveiro, “designadamente consultadoria pedagógica para a concepção e planeamento de uma escola, supervisão na construção do Projecto Educativo Concelhio e actividades de formação de professores”.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:42
link do post | comentar | favorito

Centro Escolar de Vila Nova da Barquinha vai custar quatro milhões de euros


No antigo campo de futebol de Vila Nova da Barquinha, na rua D. Maria II (junto à antiga Estrada Nacional 3), vai nascer um centro escolar. As obras começaram em Maio e decorrem de um projecto do arquitecto Aires Mateus. O investimento ronda os quatro milhões de euros sendo financiado por fundos comunitários através do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). O projecto apresentado ontem, que inclui um Centro Ciência Viva, “irá significar uma melhoria qualitativa, quer em termos de instalações, quer em termos de práticas pedagógicas, para os alunos do primeiro ciclo”, considera o município, entidade promotora da obra.

 

O novo edifício deve entrar em funcionamento no ano lectivo 2010/2011. O Centro Ciência Viva funcionará na envolvente da escola, podendo ser utilizado pela comunidade nos períodos não lectivos. O Centro Escolar de Vila Nova da Barquinha contou com o apoio da Universidade de

Aveiro, “designadamente consultadoria pedagógica para a concepção e planeamento de uma escola, supervisão na construção do Projecto Educativo Concelhio e actividades de formação de professores”.

«O Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:24
link do post | comentar | favorito

Câmara de Tomar facilita construção fora dos espaços urbanos


O Executivo de Tomar revogou, por unanimidade, uma proposta de António Paiva aprovada em 2002.

 

Os sete elementos do Executivo Camarário de Tomar aprovaram uma proposta do Independentes que vem facilitar as construções fora dos aglomerados urbanos.
A proposta, considerada pelos seus autores como “estruturante”, vai permitir desbloquear inúmeros processos que até agora eram indeferidos pela Câmara com base numa deliberação do tempo de António Paiva.
Pelo seu interesse transcrevemos na íntegra a proposta aprovada:
“Apesar de compreendermos as razões de princípio que estiveram na origem da deliberação tomada na reunião do Executivo Camarário realizada em 22 de Julho de 2002, no sentido de não serem autorizadas novas construções fora dos espaços urbanos do Concelho, que obriguem à ampliação das redes de infra-estruturas de água e electricidade, entendemos, tal como se comprova em muitas situações concretas de que temos tido conhecimento, que cada caso é um caso e foi um erro ter generalizado esta situação.
Numa altura de crise a que a construção civil não foge à regra é de todo o interesse para a economia do Concelho, possibilitar a existência de novas construções onde tal seja possível e sem prejuízo para o Município, permitindo também a fixação da população no nosso Concelho.
É também do nosso conhecimento que a revisão do PDM em curso, aliada às condições impostas pelo Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT-OVT) vai, a curto e médio prazo, inviabilizar a construção fora do aglomerado urbano.
Face ao exposto os Vereadores Independentes por Tomar propõem o seguinte:
1.- Revogar a deliberação do Executivo Camarário tomada na reunião realizada em 22 de Julho de 2002.
2. Deliberando ainda:
a) que as pretensões de novas construções fora do espaço urbano sejam analisadas caso a caso;
b) que as ampliações das redes de infra-estruturas de água sejam objecto de parecer técnico dos SMAS, definindo quais as condições técnicas em que é possível tal ampliação e respectivo orçamento;
c) que as ampliações das redes de infra-estruturas eléctricas sejam precedidas de parecer técnico e orçamento da EDP;
d) que os custos resultantes das ampliações destas redes de infra-estruturas sejam da responsabilidade dos interessados.
e) que sejam autorizadas novas construções fora de espaços urbanos quando tecnicamente as ampliações destras redes de infra-estruturas sejam possíveis”.

«O Templário»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:02
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 15 de Junho de 2009
Restauro da Capela de S. João Baptista foi concluído apesar da câmara ter mandado parar as obras

Em Dezembro do ano passado o presidente da câmara do Entroncamento, Jaime Ramos (PSD) mandou suspender os trabalhos de restauro da Capela de S. João Baptista no largo das Vaginhas. O motivo foi estarem a ser efectuadas alterações não previstas na licença emitida. O retomar da obra ficou dependente da entrega de um projecto de alterações pela Fábrica da Igreja Paroquial da Sagrada Família que os serviços técnicos analisariam. Seis meses depois a capela vai reabrir já restaurada mas o projecto solicitado nunca chegou à câmara.

Na reunião do executivo municipal desta segunda-feira, o presidente, respondendo a um pedido feito há algum tempo pelo vereador Carlos Matias (BE), informou que ainda não foi recebido qualquer projecto mas que lhe foi dito por um representante da Fábrica da Igreja que tal aconteceria “em breve”.

A decisão de mandar suspender as obras foi tomada a 13 de Dezembro de 2008, na sequência de uma denúncia pública do historiador local, Luís Batista, autor do livro “Os Casais das Vaginhas”, editado em 1995 pela Câmara Municipal que considerava estar a ser cometido um “atentado ao património”. Com os trabalhos na fase final constata-se que não foi feita qualquer correcção relativamente ao que era apontado como anómalo, nomeadamente o facto de ter sido aumentada a altura da fachada e colocado um beirado estilo “casa à portuguesa” do século XX num edifício que, segundo o denunciante, é do século XVIII.

A Capela faz parte de uma lista de edifícios indicados no Plano Director Municipal do Entroncamento (PDM), que data de 1995, como de interesse concelhio, cuja inscrição, como tal, no registo predial dos edifícios considerados como de interesse concelhio, nunca foi feita. Esse registo é determinante para a imposição das medidas previstas na lei que se destinam a facilitar a sua protecção e preservação.

«O Mirante»

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:19
link do post | comentar | favorito

CDU Almeirim apresenta candidatos

 

É já no próximo dia 22 de Junho, segunda-feira que o eleitorado do concelho de Almeirim vai ficar a conhecer mais um candidato à Câmara Municipal de Almeirim. Desta feita, cabe à CDU Almeirim fazer a apresentação pública do seu cabeça de lista para o Executivo Camarário. Dia 22, pelas 21h00 na Biblioteca Municipal Marquesa do Cadaval. Vai estar presente Manuela Pinto Angelo, membro do Secretariado do Comité Central do PCP. A CDU Almeirim apresenta, em simultâneo, o número 1 à Assembleia Municipal de Almeirim.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:58
link do post | comentar | favorito

16= mil visitantes na Feira da Agricultura

A Feira Nacional da Agricultura, que terminou ontem em Santarém, recebeu 160 mil visitantes em nove dias, um número que contrariou a tendência decrescente das últimas edições. 
"Foi a melhor dos últimos anos", disse ontem Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), organizadora daquele que ainda é o maior certame nacional dedicado ao sector agrícola.

Para este "sucesso", segundo Luís Mira, contribuíram o programa de animação e espectáculos, as muitas tasquinhas de gastronomia regional e a aposta nos salões nacionais da alimentação e do azeite, bem como no festival nacional do vinho.

Sem nenhum membro do Governo presente, esta edição ficou também marcada pela grande contestação a José Sócrates e ao ministro da Agricultura, Jaime Silva.

«CM»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:18
link do post | comentar | favorito

Lugares de Culto

foto

O Núcleo do Médio Tejo da Ordem dos Arquitectos, numa parceria com a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, repõe até 28 de Junho, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, a exposição “Lugares de Culto".

 

Podem ser vistas 16 ampliações em grande formato de fotografias de obras dos arquitectos Álvaro Siza, Carrilho da Graça, Manuel Tainha, Fernando Távora, Gonçalo Byrne, Raul Lino e Eduardo Souto Moura, assinadas pelo fotógrafo Rui Morais de Sousa.

 

Integrada nas festas do concelho de Vila Nova da Barquinha - BARQUINHA NON STOP 2009 - a exposição, a que Rui Morais de Sousa prefere chamar “O Culto dos Lugares”, mostra, entre outras, “o encanto da obra de arte” que é a Casa de Chá da Boa Nova, de Álvaro Siza, a Pousada da Flor da Rosa de Carrilho da Graça, “obra de interesse fora do vulgar”, a Faculdade de Psicologia do arquitecto Manuel Tainha, a Casa de Férias em Ofir de Fernando Távora, “uma obra que ainda hoje tem espírito jovem”, “a lindíssima” Casa do Cipreste em Sintra, do arquitecto Raul Lino, e “a obra de excelência” que é a Pousada de Santa Maria do Bouro, de Souto Moura.

«O Mirante»

Saiba tudo sobre o Ribatejo.

Basta visitar:

http://jornalribatejano.blogspot.com

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:41
link do post | comentar | favorito

Comunidades intermunicipais unidas no Médio Tejo 21 para poupar energia


Já está criada a Agência Regional de Energia e Ambiente do Médio Tejo e Pinhal Interior Sul denominada como “Médio Tejo 21”. A nova associação, sem fins lucrativos, é uma iniciativa conjunta das Comunidades Intermunicipais do Médio Tejo e Pinhal Interior Sul. Tem como objectivo estudar, promover e divulgar as medidas necessárias à implementação das políticas energéticas e de ambiente, tendo em vista a utilização racional da energia e a intensificação sistemática da sua poupança. As preocupações ambientais também estão presentes nos estatutos que regem a nova associação.

 

Na prática, passa por, através de estudos técnicos realizados, permitir aos municípios saberem utilizar a energia “de uma forma mais eficiente” para reduzir custos aos consumidores empresariais, públicos, sociais ou domésticos. “Pretendemos com esta agência promover uma maior dinamização dos mercados locais, tentar fixar competências e desenvolver soluções tecnologicamente mais avançadas”, disse José Paulo Farinha, presidente da Câmara de Municipal da Sertã e da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Sul. “Estou convencido que esta agência de energia dará os seus frutos e desejamos que seja orientadora para outras comunidades”, atestou o responsável.

 

No seu conjunto, a constituição da “Médio Tejo 21” apoia uma região de 13 municípios que integram as Comunidades Intermunicipais do Médio Tejo e do Pinhal Interior Sul num total de 271 mil habitantes. A saber: Abrantes, Alcanena, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Sardoal, Tomar, Torres Novas, Vila Nova da Barquinha, Mação, Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã e Vila do Rei.

 

Fazem ainda parte desta agência as empresas AJI- Indústria de Madeiras, Lda., o Aviário de Santa Cita e a TEJO Energia – Produção e Distribuição de Energia. Os promotores esperam a entrada de outras empresas da região neste projecto estando já em processo de adesão o Instituto Politécnico de Tomar, a empresa Greensolutions – Consultadoria e Serviços Energéticos e a TELCABO – Telecomunicações e Electricidade, Lda.

 

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Corvêlo de Sousa (PSD), edil da Câmara de Tomar, sublinhou de forma particular, as presenças do presidente do Instituto Politécnico de Tomar, Pires da Silva, e ainda do presidente da Câmara de Mação, José Saldanha Rocha (PSD), município que integra a sub-região do Pinhal Interior Sul mas que não desiste de regressar ao Médio Tejo, como este último confirmou a O MIRANTE na ocasião. A sede da “Médio Tejo 21” fica em Abrantes por escolha consensual entre os municípios envolvidos.

 

 

Ourém e Constância de fora

 

Os municípios de Ourém e Constância, que integram a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, não assinaram o protocolo da escritura pública a 29 de Maio, uma vez que, segundo O MIRANTE apurou, estes municípios já pertencem a outras agências de energia com objectivos similares. Ourém faz parte da Enerdura – Agência Regional de Energia da Alta Estremadura e Constância integra a AREANATejo – Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo. Ainda de acordo com informações recolhidas junto da Médio 21, a associação pretende vir a convidar estes dois municípios após uma maior “estabilização” da sua actividade.

«O Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:46
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Junho de 2009
Platex tem a produção parada

 

A Platex, em Tomar, tem a produção parada uma vez que só há electricidade disponível para a iluminação. A energia foi cortada na manhã da última segunda-feira mas reposta no dia seguinte. No entanto, não há electricidade suficiente para a maquinaria.

 

 

Aquilino Coelho, coordenador do Sindicato das Madeiras e Alumínios da Delegação de Santarém, confirmou à Hertz este cenário e manifestou a sua preocupação com as consequências que podem resultar daqui para os trabalhadores. Ainda assim, apesar das sucessivas dificuldades, o coordenador está esperançado que melhores dias vão marcar o futuro da Platex.

«Rádio Hertz»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:51
link do post | comentar | favorito

Misericórdia de Tomar aderiu às Novas Oportunidades


Mais uma instituição celebrou protocolo com a Associação Empresarial Nersant, a Santa Casa da Misericórdia de Tomar, aderindo assim às Novas Oportunidades. Ao todo, são já cerca de 20 instituições que formalizaram esta parceria com a Nersant, possibilitando aos seus colaboradores, de modo mais flexível e célere, certificar as competências que adquiriram ao longo da vida, ao nível básico ou secundário.

No âmbito da sua actividade, o Centro de Novas Oportunidades da Nersant continua a certificar os adultos. Na sequência do protocolo celebrado e do trabalho desenvolvido, na semana passada foram certificadas 16 pessoas ao nível do básico, da empresa Movelpartes, de Alcanede.

As empresas aderentes ao CNO da Nersant têm uma vantagem acrescida ao participar neste tipo de processo: as horas utilizadas pelos seus trabalhadores para frequentar o processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC), passam a contar agora para as 35 horas de formação profissional anual estipulada na lei, diz o Novo Código do Trabalho. No caso de empresas, a Nersant poderá realizar o processo nas instalações das próprias, em horário adaptável ao perfil e às necessidades dos seus trabalhadores.

O CNO encontra-se a dinamizar o RVCC – Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências - , processo através do qual adultos com poucas qualificações escolares podem completar o 4.º, 6.º, 9.º ou 12.º ano de escolaridade. O processo RVCC permite aos adultos reconhecer e validar as competências que adquiriram ao longo da vida, certificando-as ao nível básico ou secundário.

«O Mirante»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 13 de Junho de 2009
DREL-LVT e Câmara de Coruche acordam transferência de competências



 

A Câmara de Coruche assinou com a Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DREL-LVT) o protocolo de transferência de competências para a autarquia referente à gestão de pessoal não docente das escolas básicas e de segundo e terceiro ciclos do concelho, mas também das actividades de enriquecimento curricular, da gestão do parque escolar. O documento entra em vigor a partir de 1 de Setembro.

 

Para as actividades de enriquecimento curricular que envolvem 860 alunos a autarquia conta com 225.780 euros e 6.514 euros para a gestão do parque escolar nas escolas EB 2/3 Dr. Armando Lizardo e Escola Básica Integrada do Couço.

 

No que respeita ao pessoal não docente, a câmara fica com a alçada de 64 auxiliares e 13 administrativas do agrupamento Educor e de 14 auxiliares e 12 administrativas da EBI do Couço. A Câmara de Coruche receberá ainda da DREL-LVT 400 mil euros para intervenções no parque escolar.

«O Mirante»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:24
link do post | comentar | favorito

Dia da Cidade de Abrantes divulga antevisão do futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte

As inaugurações da “Cidade Imaginária”, do escultor Charters de Almeida, e da exposição “Antevisão do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte”(MIAAA), assinalam domingo, em Abrantes, o Dia da Cidade.

Elevada a cidade a 14 de Junho de 1906, as comemorações deste ano são “marcadas pela temática da cultura, com dois momentos que visam posicionar Abrantes na rota dos grandes destinos culturais, científicos e pedagógicos”, afirmou Nelson de Carvalho, o presidente da autarquia.

Segundo o autarca, o escultor Charters de Almeida inaugura domingo a "Cidade Imaginária", uma escultura de grandes dimensões, com 27 metros de altura e orçada em 250 mil euros, erguida na zona do Aquapolis – Parque Urbano Ribeirinho, “junto a um dos locais onde a cidade de Abrantes tem o seu imaginário ligado: o rio Tejo”.

“Abrantes entra na rota das cidades imaginárias de Charters de Almeida, esculturas de grandes dimensões que tem espalhadas um pouco por todo o mundo, e que, neste caso, significa a conquista do rio pela cidade, com a criação de um espaço ribeirinho há muito imaginado”, referiu o autarca.

Para Nelson de Carvalho, “outro momento alto” será a inauguração da Exposição de Antevisão do MIAAA, uma exposição itinerante que representa o seu “primeiro grande acto promocional”.

Com um investimento estimado de 12,5 milhões de euros, o MIAAA vai acolher o espólio arqueológico da Fundação Ernesto Estrada, “uma colecção de objectos arqueológicos recolhidos em vários pontos da Península Ibérica ao longo de meio século” por João Estrada, com um centro de investigação, auditório e exposições temporárias e permanentes, “para além de albergar a colecção de arte contemporânea de Lucília Moita e a colecção legada pelo escultor Charters de Almeida”.

“Trata-se de uma exposição que mostra uma pequena parte das peças que vão constituir as colecções do futuro Museu, nomeadamente as que incluem peças muito importantes no contexto histórico e patrimonial do antigo espaço que hoje conhecemos como Península Ibérica, mas também peças da história grega, romana, fenícia e egípcia”, sublinhou.

“Nesta colecção encontramos muitas peças com a escrita tartéssica e que vamos querer decifrar no nosso centro de investigação, que será coordenado por Luís Oosterbeek”, director científico do Museu de Arte Pré-Histórica de Mação, referiu.

Com projecto do arquitecto Carrilho da Graça, já aprovado pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, o futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes ocupará o Convento de S. Domingos, no centro histórico da cidade, o que, segundo o autarca, “permitirá uma afirmação cultural muito forte no contexto regional, nacional e internacional, além da criação de um grande centro cultural que complementará as várias funções do centro histórico, como as residenciais, administrativas e comerciais”.

Com inauguração prevista “até 2013”, Nelson de Carvalho afirma que o MIAAA será um Museu ”central” na região e que se “juntará a um conjunto de património edificado na orla da Grande Lisboa”.

“O Museu Ibérico de Abrantes permitirá reforçar este ‘arco patrimonial’, que inclui Sintra, Alcobaça, Batalha, Mafra, Óbidos, Tomar e Almourol, para além de uma integração que pretendemos efectuar ao nível da Rede Europeia de Museus”, concluiu.

«Mirante»

 

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:41
link do post | comentar | favorito

Agricultores manifestaram-se em Santarém contra política do Governo

 

 

Mais de 2.000 agricultores manifestaram-se esta sexta-feira ruidosamente em Santarém contra a política do Governo para o sector, numa contestação que prometem prosseguir até às eleições legislativas.

Envergando t-shirts com uma caricatura do ministro da Agricultura, Jaime Silva, exibindo um nariz de Pinóquio e a frase "quatro anos contra os agricultores", os manifestantes encheram o grande auditório do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, onde decorre até domingo a Feira Nacional da Agricultura.

 Exibindo bandeirinhas da Confederação dos Agricultores Portugueses (CAP), que organizou o protesto, o segundo de uma série deles programados até às eleições legislativas, os agricultores reagiram com apupos sempre que surgiram referências a Jaime Silva e com aplausos aos apelos de "mandar o ministro para a rua em Outubro".

 O dirigente da Associação de Agricultores de Trás-os-Montes, Fernando Martins, lançou uma nova palavra de ordem na manifestação de hoje - "Jaime Silva é uma praga, promete e não paga" -, enquanto o líder da congénere do Mondego, Carlos Laranjeira, sublinhou que os espanhóis "conhecem" o ministro português como o "equívoco", porque "é um engano permanente".

 Num comício em que falaram representantes de associações de agricultores de vários pontos do país, Carlos Laranjeira acusou o Governo de estar a destruir a produção nacional.

 "Temos um inimigo que se chama 'Equívoco', um inimigo que é presidente da 'comissão liquidatária', temos um inimigo que se chama José Sócrates, que é primeiro-ministro e, com a cobertura destes dois, temos, a compor o ramalhete, o grande capital, as grandes superfícies a destruírem o tecido produtivo nacional, preferindo o produto estrangeiro e fazendo dumping, o que é punível por lei", disse.

 Já José Oliveira, presidente da Associação de Agricultores de Entre Douro e Minho, deixou um apelo a José Sócrates para que "mostre que é sensível às dificuldades dos agricultores", em particular às dos produtores de leite, e que ajude a encontrar "rapidamente" uma solução para a situação que estes vivem.

 Um das medidas que considerou essenciais para ajudar pessoas que estão a ver os seus bens penhorados é a criação de uma linha de crédito com juro bonificado a 12 anos com dois de carência para que os produtores de leite "possam ir junto da banca negociar as suas dívidas e verem as penhoras sobre os seus bens levantadas".

"À entrada do auditório foi colocada uma faixa gigante com a frase "O Mundo Rural também é Portugal", enquanto os dirigentes da CAP que subiram ao palco do CNEMA exibiam panos com a inscrição "quatro anos a governar e só nos conseguiram enterrar" e "quatro anos a governar contra os agricultores".

Com a próxima manifestação marcada para 2 de Julho, em Mirandela, os agricultores prometeram em Santarém que "Julho vai ser um mês muito quente".

«JN»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:26
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Junho de 2009
CAP quer «correr» com ministro até às próximas eleições

A Confederação dos Agricultores de Portugal colocar o ministro da Agricultura na rua nas próximas eleições e prometeu uma mobilização geral até às legislativas «para correr com» Jaime Silva.

No dia em que os agricultores se reúnem em Santarém, João Machado explicou que o titular da pasta da Agricultura «deve ter a consciência pesada e sabe que vai corrido do ministério pelos agricultores», tendo o primeiro passo sido dado já nas eleições europeias, onde o PS saiu derrotado.

«Agora será uma caminhada até à derrota final em Outubro», acrescentou à TSF este dirigente da CAP, que considerou legítimo que os agricultores se tenham envolvido na campanha eleitoral, algo que foi criticado por Jaime Silva.

«É inacreditável como é que o ministro da Agricultura acha que tem mais direitos constitucionais em Portugal que os agricultores portugueses. Era o que faltava que os agricultores e as suas associações não tivessem direito de entrar na campanha eleitoral e sobretudo não escolher os seus dirigentes», adiantou.

João Machado atacou ainda Jaime Silva ao caracterizá-lo como «a maior mancha negra da agricultura nacional desde que aderimos à União Europeia» e lembrou que os agricultores têm o direito de dizer que não o querem mais.

Por seu lado, o ministro da Agricultura assegurou que sempre ouviu os agricultores que haja cem pessoas numa manifestação quer se reúnam em auditórios como aconteceu esta sexta-feira em Santarém.

Ouvido pela TSF, Jaime Silva lamentou que a CAP esteja ao serviços de interesses partidários e que «tenha entrado no apelo ao voto partidário», algo que este ministro entendem não ser bom para os agricultores.

«Uma coisa é o direito das confederações, que devem exercer o seu papel de lobby, de pressão, de fazerem propostas e negociarem com os governos, outra coisa é participarem na campanha partidária», assinalou.

Muitos dos dois mil agricultores surgiram, em Santarém, vestidos com camisolas brancas exibindo a caricatura de Jaime Silva com um nariz de pinóquio, tendo ainda sido gritado durante este encontro «Jaime Silva é uma praga, promete e não paga».

«TSF»

Leia outras noticias do Ribatejo em

http://jornalribatejano.blogspot.com/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:24
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

Mudança

Quarta edição do CTX META...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds