NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009
Listas da CDU para Torres Novas

CDU –  COLIGAÇÃO DEMOCRÁTICA UNITÁRIA

PCP – PEV

LISTA DE CANDIDATOS À ELEIÇÃO PARA 

Assembleia de Freguesia de Brogueira 

 

Candidatos: 

António José Gomes Vieira Jorge, Empregado Fabril, 48 anos

Maria Helena Paiva Francisco Saramago, Assistente Administrativa (aposentada) 49 anos

José  Manuel Inverno Almeida, Serralheiro Mecânico, 49 anos

João Carlos Fernandes Pessoa Gonçalves, Professor, 34 anos

Alexandra Rosa Damião Nereu Teófilo, Professora, 33

José  Eduardo da Silva Lopes, Metalúrgico, 54 anos

Carlos José Fernandes Delgado, Mecânico, 38 anos

Albertina Conceição Paiva Francisco, Funcionária Pública, 47 anos

Luís Reinaldo Lopes Feijão, Serralheiro Mecânico, 43 anos

Susana Cristina Lopes da Silva Dinis, Operadora de Supermercado, 28 anos

Manuel Armando de Carvalho Duarte Bruno, Mecânico Auto, 51 anos

Margarida Paiva Carvalho, Estudante, 20 anos

José  Gorjão Duarte, Reformado, 78 anos

Manuel do Rosário Carvalho, Operário Fabril (reformado) 69 anos, 
 
 
 
 
 
CDU – COLIGAÇÃO DEMOCRÁTICA UNITÁRIA

PCP – PEV

 

LISTA DE CANDIDATOS À ELEIÇÃO PARA 

Assembleia de Freguesia de Assentis

Candidatos  

Brian Viera Ricardo, Professor, 28 anos

Luís Gonzaga dos Santos Bento, Aposentado, 54 anos

Catarina Lopes Vieira, Engenheira do Ambiente, 30 anos

José  Fernando Sousa Lopes, Fiscal de Linhas e Cabos, 52 anos

Fernando Ricardo Gonçalves, Vidreiro, 44 anos

Susana Cristina de Jesus Lopes,  Operadora de Call Center, 27 anos

Filipe dos Santos Dias, Técnico Montador de Peças, 60 anos

João Ferreira Lopes, Ferroviário, 57 anos

Maria Piombina de Sousa Reis Gonçalves, Aposentada, 79 anos

Mário Santos Dias, Vidreiro, 67 anos

Pedro Miguel Escudeiro de Oliveira 31 anos, Desempregado,

Belmira da Conceição Sousa Amaro, 68 anos, Enfermeira

Pedro Miguel Pereira Dias, 36 anos, Técnico de Marceneiro

Eduardo Manuel Silva Santos, 31 anos,  
 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:10
link do post | comentar | favorito

Mulher e enteado suspeitos de homicídio

A vítima, 57 anos, foi encontrada amarrada e com sinais  de violentas agressões. A mulher, agora suspeita, ainda apresentou queixa à PSP pelo desaparecimento do marido. Já ele estava morto numa mata

A Polícia Judiciária estava ontem à tarde a ouvir a mulher e o enteado de um homem de 57 anos encontrado morto numa mata junto à estrada entre Tremês e Alcanede, no concelho de Santarém. António Grazina, reformado da Câmara Municipal do Entroncamento, terá sido assassinado à pancada.

O cadáver foi descoberto junto a um caminho de terra, por um dos proprietários dos eucaliptais desta área do concelho de Santarém, residente na freguesia vizinha de Amiais de Baixo, que alertou os bombeiros e a Guarda Nacional Republicana (GBR) de Rio Maior.

Segundo testemunhos no local, o homem não tinha qualquer identificação. Aparentava ter entre 40 e 50 anos, estava deitado de barriga para baixo, com mãos e pés atados atrás das costas e uma saca a tapar parte do corpo. Usava camisa branca e calças pretas.

A GNR de Rio Maior chamou a Polícia Judiciária quando suspeitou tratar-se de um homicídio. Uma brigada da PJ e elementos do Laboratório de Polícia Científica da PJ estiveram no local, cerca das 20.00, para fazer a recolha de elementos para averiguação das circunstâncias do crime.

O caminho florestal está localizado próximo da aldeia do Prado, entre as freguesias de Tremês e de Alcanede, no concelho de Santarém.

O morto apresentava marcas de ter sido brutalmente espancado, com vários hematomas na cara, sinais de perfuração no corpo e sangue no chão.

A PJ chegou à identificação do homem em poucas horas. António Grazina, que antes de se reformar era o condutor do carro da recolha de lixo na Câmara do Entroncamento, tinha sido dado como desaparecido na tarde de sexta-feira.

Fonte da PJ disse ao DN que terá sido a própria mulher, agora suspeita do crime, a formalizar a queixa. Um dia depois, o corpo de António era encontrado.

Alice e António eram casados, mas, de acordo com a mesma fonte, não viviam juntos. Uma fonte policial revelou ao DN que os dois estavam a enfrentar problemas. Ele teria outra mulher. Por isso ela estava a viver na freguesia de Vale de Figueira, em Santarém, e ele no Entroncamento.

António Grazina, de 57 anos, tinha três filhas de um anterior casamento. Também Alice já tinha sido casada.

Ao início da noite, os suspeitos continuavam a ser interrogados e só depois, de acordo com o seu testemunho, seriam ou não constituídos arguidos. Desconheciam-se as suas motivações.

António tinha problemas de alcoolismo mas, no seu registo criminal, não há qualquer caso que o envolva.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:32
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009
Vamos ver se alguém está a prometer o que não deve ou se andamos a ser enganados

 Assunto: Acordo anunciado entre o Governo e a candidata do PS à Câmara Municipal de Alpiarça

Destinatário: Ministério da Saúde 
Ex.mo Sr. Presidente da Assembleia da República

 
O jornal “O Mirante” do passado dia 1 de Agosto noticiou que a candidata do PS à Câmara Municipal de Alpiarça anunciou a contratação de médicos para reforçar o centro de saúde local, resultado de contactos estabelecidos entre a própria e o Governo.

Segundo esse jornal a deputada terá referido que o reforço de profissionais, por ora em número incerto, resulta de contactos estabelecidos com o Governo, responsável pela efectiva contratação dos médicos.

E cita palavras da própria: "Foi um acordo estabelecido com o poder central, o Governo, para colmatar falhas na região a nível da carência de profissionais do sector da saúde".

Mais se refere que a candidatura da deputada à autarquia local enviou à comunicação social um comunicado onde é dito que o anunciado reforço de médicos em Alpiarça é um dos compromissos que a candidata assumirá com a população de Alpiarça.

Esta notícia é tanto mais estranha, porquanto, perante a Pergunta ao Governo n.º 934/X(4.ª) apresentada pelo Deputado Bernardino Soares em 14 de Janeiro de 2009, precisamente sobre a falta de médicos no Centro de Saúde de Alpiarça, o Governo respondeu em 18 de Março, não dando qualquer garantia de resolução do problema a curto prazo.

Se o Governo encontrou forma de colmatar o problema de uma forma estável e duradoura, tal como a população tem vindo insistentemente a exigir, com o apoio do PCP, isso é seguramente motivo de congratulação.

Porém, a ser verdade que o Governo estabeleceu um acordo com a candidata do PS à Câmara Municipal de Alpiarça, tal configura uma violação grosseira dos deveres de neutralidade e imparcialidade das entidades públicas estabelecido no artigo 41.º da Lei Eleitoral para os Órgãos das Autarquias Locais, segundo o qual, “os órgãos do Estado não podem intervir directa ou indirectamente na campanha eleitoral, nem praticar actos que de algum modo favoreçam ou prejudiquem uma candidatura em detrimento ou vantagem de outra”.

Tal procedimento constitui inclusivamente um ilícito criminal, punível, nos termos do artigo 172.º da citada lei, com pena de prisão até 2 anos ou pena de multa até 240 dias.

Nestes termos, ao abrigo da alínea d) do artigo 156º da Constituição e da alínea d) do n.º 1 do artigo 4º do Regimento da Assembleia da República pergunto ao Ministério da Saúde, se foi estabelecido algum acordo entre o Governo e a candidata do PS à Câmara Municipal de Alpiarça destinado a colmatar a carência de profissionais de saúde naquele município.

       

Palácio de São Bento, 3 de Agosto de 2009 
 

                  Deputado 
                   

                  António Filipe



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:15
link do post | comentar | favorito

Projecto quer requalificar aldeia avieira do Cartaxo

O Projecto Palhota Viva – uma associação de defesa do ambiente criada em 1987 – pretende requalificar e promover a aldeia avieira da Palhota, uma povoação quase deserta no concelho do Cartaxo, mas lamenta a falta de apoios.
A Palhota chegou a ter cerca de 50 pessoas – pescadores de Vieira de Leiria e de Aveiro –, mas agora tem "cinco pessoas e 127 cães", ironiza Humberto Vasconcelos, do Projecto Palhota Viva. "A Câmara não tem a noção que tem aqui um pólo de desenvolvimento de que podia tirar muito partido. A maior parte das pessoas do Cartaxo não conhece a Palhota", lamenta.

Pedro Santos, outro membro do projecto, explica que a associação organiza passeios de barco, a pé e de bicicleta para grupos, sobretudo escolares, exposições fotográficas da cultura avieira e sessões de cinema.

«CM»



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:29
link do post | comentar | favorito

Investigador de Tomar é “mestre” da matemática



foto
   

Licenciatura em Matemática Aplicada e Computação. Mestrado em Matemática e Aplicações. Doutoramento em Matemática, ambos concluídos no Instituto Superior Técnico, em Lisboa. Bolseiro de pós-doutoramento no Centro de Física Matemática da Universidade de Lisboa, em colaboração com o Instituto de Matemáticas Élie Cartan – Nancy e Centro de Matemática da Universidade de Sabóia (França).

O currículo impressionante é de Pedro Antunes, 30 anos, um jovem natural de Tomar que diz não imaginar a sua vida sem um pouco de matemática. “Ela dá-me uma outra dimensão. Creio que à maioria dos jovens poderia acontecer o mesmo”, convida.

O tomarense recebeu a 23 de Junho o prémio “Jovem Investigador UTL/CGD”, na área de “Matemática Pura e Aplicada e Probabilidades e Estatística pela demonstração de uma equação diferencial parcial. A entrega da distinção foi feita nas instalações da Faculdade de Medicina Veterinária, durante uma sessão oficial dirigida pelo Reitor da Universidade Técnica, pelo Director da Caixa Geral de Depósitos e por um representante da Deloitte Portugal.

O prémio resultou de uma candidatura incentivada pelo seu orientador, o professor Carlos Alves, que considera como o seu melhor “conselheiro científico”. Pedro confessa que tem o prémio guardado junto aos outros documentos vulgares uma vez que “não é agarrado a papéis”. Diz que a motivação para fazer investigação não pode viver apenas da expectativa de prémios ou reconhecimento público. “O prazer que se tem quando se percebe algo de novo tem que ser mais do que suficiente para atacar o próximo problema. No entanto este prémio, pela sua importância, constitui um estímulo”.

O jovem investigador confessa que desde sempre gostou de tentar resolver problemas ou ‘quebra-cabeças’ que envolvessem algum raciocínio ou estratégia de resolução. Recorda até aquela vez em que resolveu um problema novo na Sociedade Gualdim Pais, onde estudava música, com o seu amigo Gonçalo. “Após algum tempo de reflexão e algumas tentativas frustradas consegui construir uma resolução que passava por uma abordagem geométrica do problema. Um episódio insignificante, mas a mim marcou-me”, descreve.

No entanto, a escolha pela matemática não foi uma decisão precoce. “Gostava bastante de áreas como a música, a química, a biologia, a história. Aliás, a minha indecisão manteve-se até à véspera da candidatura ao ensino superior”, recorda, apontando que a matemática nunca constituiu a sua principal opção, uma vez que esta era música. E diz mesmo que os resultados escolares, no ensino básico e secundário, não eram brilhantes. “Tenho consciência que poderia ter aprendido mais matemática no secundário, até porque tive bons professores. No entanto estava mais virado para a música”, confessa.

“Gostar de matemática

implica ser curioso”

O que mais o fascina na matemática? É que esta seja, para si, a linguagem da ciência, de carácter transversal. “Todos os saberes, creio eu, se socorrem dela para formalizar o conhecimento. A matemática é intrínseca à natureza, à economia e até às artes. E nesse sentido saber mais de matemática é perceber melhor o mundo em que vivemos”, explica.

Para Pedro Antunes gostar de matemática implica ser curioso e procurar respostas até mais não, sendo possível mostrar a uma pessoa que torça o nariz a esta disciplina toda a beleza que está presente numa determinada demonstração matemática. “E isto é quase como um ciclo vicioso, quanto mais te predispões maior é o prazer da descoberta”, considera.

O jovem tomarense tem um “mundo de projectos”, a curto e longo prazo. Com o doutoramento concluído há pouco tempo, considera que ainda está a consolidar a sua autonomia na condução de trabalho de investigação. Pretende também diversificar o seu conhecimento e aprender mais de outras áreas vizinhas. Num futuro mais longínquo, mas não muito, pretende conduzir a sua própria investigação e continuar a colaborar com investigadores conceituados. Há ainda outro desejo que guarda no íntimo. “Tenho esperança de poder leccionar e orientar a investigação dos meus alunos”, revela.

Pedro confessa que tem o prémio guardado junto aos outros documentos vulgares uma vez que “não é agarrado a papéis”. Diz que a motivação para fazer investigação não pode viver apenas da expectativa de prémios ou reconhecimento público.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Agosto de 2009
Fogo destrói totalmente Tipografia Nabão em Tomar



 

Um fogo de grande dimensão destruiu na totalidade o pavilhão industrial da Tipografia Nabão em Tomar onde se concentrava toda a produção e armazenagem da empresa. Pelo menos, quinze trabalhadores ficam sem emprego e pode ser o fim da conceituada tipografia que há muito vivia com graves “problemas financeiros”. Segundo Casimiro Serra da Protecção Civil de Tomar o fogo deflagrou cerca das 05h50 e rapidamente tomou o edifício junto da rodoviária Nacional e próximo da linha de caminho de ferro.

"Toda a maquinaria e produto armazenado está destruído e até o telhado desabou", referiu fonte no local.No local estiveram a combater o incêndio 52 bombeiros, de oito corporações, apoiados por 15 viaturas dos bombeiros região. Cinco horas depois ainda faziam o rescaldo do incêndio e a vigilância vai manter-se nas próximas horas. A fábrica guardava papel e outros produtos “muito inflamáveis” que criaram uma elevada carga térmica e dificultaram a acção dos bombeiros. As autoridades estão a investigar a origem do fogo e para já não adiantam com nenhuma causa provável.

A Tipografia Nabão, fundada em 1947 na cidade, é uma referência na região. Chegou a empregar dezenas de trabalhadores, mas há vários anos que entrou em dificuldades.

«O Mirante»



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:44
link do post | comentar | favorito

Candidatos CDU às freguesias apresentam-se

Candidatos CDU às freguesias apresentam-se

Até ao próximo dia 15 de Agosto, a CDU Almeirim apresenta todos os candidatos às quatro Assembleias de Fre-guesia do concelho. A ronda das apresentações públicas começa com Benfica do Ribatejo, dia 31 de Julho, 21h30 no Espaço 2000; segue-se no sábado, dia 1, às 18h30, a apresentação em Fazendas de Almeirim, no Lar-go da Capela e dia 8, em Almei-rim, junto ao depósito da água. Está ainda por agendar a apresentação na Raposa.

«O Almeirinense»



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:29
link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Agosto de 2009
Sumol+Compal vai abrir fábrica em Angola



 

A Sumol+Compal, empresa com unidade industrial em Almeirim, vai abrir em Angola uma nova fábrica destinada à produção e enchimento das bebidas da marca e de marcas próprias da Sumol+Compal Angola, uma sociedade de direito angolano que será constituída.

 

A Sumol+Compal Angola, anunciou a empresa portuguesa à CMVM, "irá dedicar-se à gestão de marcas de bebidas não alcoólicas, no mercado angolano, incluindo a sua produção, engarrafamento e comercialização".

 

A produção e enchimento de bebidas da marca Sumol+Compal será feita "sob licença", especificou a empresa.

 

O capital social da Sumol+Compal Angola será detido a 50,1 por cento pela Sumol+Compal e a 49,9 por cento pela Genius - Gestão de Participações, tal como consta de um memorando de entendimento assinado hoje pelas duas entidades.

 

Os contratos de execução do memorando de entendimento (contrato de sociedade da Sumol+Compal Angola, acordo parassocial relativo à mesma sociedade e contrato de licença de uso de marcas) deverão ser formalizados no segundo semestre deste ano, acrescenta a nota enviada à CMVM.

 

A Sumol+Compal ressalva no entanto que "a prossecução de projectos concretos fica dependente da realização de estudos técnicos e económicos que demonstrem a sua viabilidade" e que venham a ser seleccionados pelas duas entidades.

 

Em Março, o presidente da comissão executiva do grupo Sumol+Compal afirmou que Angola seria um dos mercados prioritários para este ano no âmbito da estratégia de internacionalização. A Sumol+Compal já faz distribuição em Angola.

«O Mirante»

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:46
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Agosto 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

...

Torneio de Sueca do Conce...

Comemorações do Dia Inter...

Município da Chamusca atr...

Município de Azambuja dá ...

AS PISCINAS MUNICIPAIS DO...

Chamusca recebe “Rua das ...

MERCADONA ABRE HOJE LOJA ...

Requalificação de Arruame...

Galeria Municipal do Entr...

Recolhas gratuitas de lix...

Município de Santarém mar...

Entroncamento vai ter cur...

Cineteatro da Chamusca re...

Município de Santarém apo...

REI E RAINHA DAS VINDIMAS...

Entroncamento realiza Tor...

Município de Azambuja vol...

“Artéria” – Programa de A...

Candidaturas abertas para...

VI Festa do Emigrante

Município de Azambuja com...

Já avançou a empreitada d...

Programa de Voluntariado ...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Associação Cultural e Rec...

AZAMBUJA: Empreitada de R...

Recolha de Sangue e Dador...

Assembleia Municipal apro...

CÂMARAS MUNICIPAIS DO CAR...

tags

todas as tags

arquivos

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds