NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009
VILA FRANCA DE XIRA E A SUA BELEZA

Hoje tive que ir a Vila Franca de Xira, acompanhar um familiar ao hospital. Felizmente não era nada de grave, mas entre triagem, fazer exames, análises, e sobretudo esperar pelos resultados das análises...... passaram-se quase 5 horas!! Palavras para quê, toda a gente sabe como estão os nossos hospitais...

Aproveitei para dar um bom avanço de umas 40 páginas no livro "A Herança do Vazio", da escritora indiana Kiran Desai, que tenho andado a ler em ritmo lento... felizmente que o levei comigo, senão acho que tinha morrido de impaciência e de tédio!

Entretanto, aproveitei também uns daqueles momentos "mortos" em que não estava a fazer nada no hospital (não podia entrar...), para dar umas voltas por Vila Franca e claro, aproveitei para tirar algumas fotos.

Vila Franca de Xira é uma cidade muito bonita, com um trânsito perfeitamente caótico! Aproveitei para calcorrear aquelas ruazinhas mais sossegadas, onde se encontram prédios muito bonitos. Uns renovados, outros a precisar de umas obrazitas.

Encontram-se também placas toponímicas muito bonitas, como esta, de azulejos e com o brasão da cidade. É pena haver tantos fios de electricidade, telefones, etc., a estragar a paisagem...
 

Este é o mercado de VFX, lindíssimo, com painéis de azulejos em toda a fachada.
Também achei este prédio muito bonito, é uma pena o andar de cima estar ao abandono. A loja também é muito engraçada, mas eu gostava mesmo era de ser dona do prédio, e ter dinheiro para arranjar aquelas janelas tão bonitas... que pecado!

Uma homenagem às varinas:
Mais uma vez os fiozinhos... não haverá uma solução um pouco menos inestética?
Mas falando de estética, esta foi o máximo:


 

Sempre ouvi dizer que não se deve começar a casa pelo telhado...

mas como este está impecável, espero que o resto da casa tenha a mesma sorte.

E pronto, foi isto que deu uma "seca" no Hospital Reynaldo dos Santos. Não se pode dizer que não aproveitei bem o tempo... :)

fonte: http://criominhavida.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:55
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS-Associação de Defesa do Património da Região de Riachos

 

 
No 20º. Aniversário do Museu Agrícola de Riachos
Fusão de Associações
No dia 24 de Outubro, foram dezenas de convidados, representantes de associações e colectividades, de forças políticas, de autarquias e muitos amigos e colaboradores que participaram no 20ª. Aniversário do Museu Agrícola de Riachos.
Para além do balanço da intensa e reconhecida actividade do Museu junto da comunidade, foi assinada a escritura de fusão entre a Associação de Defesa do Património de Riachos (que gere o Museu) e a Casa Memorial Humberto Delgado, dando origem à Associação de Defesa do Património da Região de Riachos.

fonte: http://ucatn.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:13
link do post | comentar | favorito

14 escolas do distrito premiadas com DVD da Leopoldina

 

 

Sala de Aulas - Cartaxo 05

Mais de 1.000 alunos de 14 escolas básicas do 1º ciclo do distrito de Santarém vão receber DVD’s com conteúdos interactivos e pedagógicos, produzidos no âmbito do projecto “Leopoldina, vamos crescer”, que junta o Continente, o Alto Comissariado para a Saúde e do Ministério da Educação.

O DVD “pretende ser uma ferramenta interactiva de apoio e complementaridade ao trabalho dos professores, pais e educadores”, com conteúdos “que transmitem de uma forma e criativa valores e conhecimentos essenciais às crianças sobre matérias como a alimentação, exercício físico, higiene oral e segurança”, explica uma nota de imprensa da cadeia de hipermercados, acrescentando que o projecto vai contemplar mais de 55.000 alunos de norte a sul do país.

Os DVD’s incluem uma história dividida em oito capítulos de cerca de dez minutos, existindo no final de cada um perguntas e actividades, divididas por quatro níveis de dificuldade, que depois de respondidas dão acesso ao capítulo seguinte.

Depois de todas as questões resolvidas será desvendado o mistério que acompanha toda a história.

A aventura acontece numa escola e as personagens principais são quatro crianças com idades entre 7 e 10 anos e uma professora protagonizada pela actriz Sandra Celas.

No distrito, as escolas contempladas são a EB 1º ciclo de Advagar, nº 7 de Santarém, Nabais, Azóia de Baixo, APPACDM do Vale de Santarém, Várzea, António Torrado, Aboboreiras, Lamarosa, Alqueidão, Casais Martanes nº1, Ribeira Ruiva, Visconde de São Gião e Tancos.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:40
link do post | comentar | favorito

Menos 458 hectares ardidos em Lisboa

 

 

Menos 458 hectares ardidos em Lisboa

 

Ao contrário do resto do País, no distrito de Lisboa diminuiu, este ano, em quase metade a área ardida, para cerca de 600 hectares. As conclusões constam de um estudo pedido pelo governador civil de Lisboa, Jorge Andrew, ao qual o DN teve acesso.

As melhorias devem-se sobretudo à introdução de tecnologia que permite "ter instrumentos de apoio à decisão". A introdução de novas ferramentas informáticas também tem melhorado a decisão dos operacionais.

No distrito de Lisboa, a novidade no combate aos fogos assentou num sistema de videovigilância, monitorizado no Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa. "As câmaras têm um raio de acção de cerca de 30 km, mas são mais que videovigilância, são um instrumento de apoio à decisão", conta o comandante distrital.

"Conseguimos a localização, a verificação do fogo e as condições em que está a evoluir", descreve Elísio Oliveira.

Com base nessa avaliação "é despachado o meio que está mais próximo, independentemente do organismo a que pertence, para rentabilizarmos os recursos disponíveis", adianta o comandante.

Uma intervenção que fez reduzir a área ardida em 43,3% confirmada pelos números da Autoridade Florestal Nacional. Isto apesar de o número de ocorrências ter diminuído apenas 6,2%, e de ter ocorrido um grande incêndio em Belas. Há um ano tinham ardido 1058 hectares no Distrito.

Uma eficácia que Elísio Oliveira justifica com "a boa articulação entre os diversos agentes que intervêm na defesa da floresta contra incêndios". A juntar a isto o distrito "aumentou o número de patrulhas de vigilância, permitindo uma intervenção mais rápida e eficaz na detecção precoce do foco de incêndio", conclui.

No País, há mais dois exemplos de casos em que tecnologia como a videovigilância e de monitorização das ocorrências (Mação) ou o reforço das patrulhas no terreno (Mortágua) têm dado bons resultados. Duas práticas usadas no distrito da capital.

Em Mação, distrito de Santa-rém, a tecnologia utilizada chama--se MacFire, um programa que junta a cartografia militar, cartas de risco de incêndio e fotos aéreas rectificadas no solo através da sobreposição dos mapas, que permite visualizá-los todos ao mesmo tempo, agregados a tec- nologia GPS. Em Mortágua, dis- trito de Viseu, os incêndios são raros. E a aposta centrou-se na in- tervenção precoce, com motos todo-o-terreno equipadas com kits de combate aos fogos.

fonte: http://dn.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:55
link do post | comentar | favorito

Câmara do Cartaxo atribui bolsas de estudo a alunos do ensino superior

 

Câmara Municipal 02

A Câmara Municipal do Cartaxo vai atribuir 10 bolsas de estudo a estudantes de famílias com poucos recursos económicos e que estejam a frequentar ou tenham entrado este ano para o ensino superior.

Segundo uma nota de imprensa da autarquia, que já está a aceitar as inscrições, o valor monetário do apoio mensal a conceder será avaliado caso a caso e “poderá ir até metade do salário mínimo nacional”.

Os candidatos às bolsas de estudo terão que residir há pelo menos cinco anos no concelho, andar a tirar a primeira licenciatura, ser estudante a tempo inteiro e sem profissão efectiva remunerada.

O agregado familiar não pode ter um rendimento mensal per capita superior ao salário mínimo nacional, acrescenta a mesma nota.

Esta ajuda, inserida na política de medidas sociais da autarquia, tem o objectivo de “ajudar a ultrapassar as dificuldades sócio-económicas que dificultam o acesso destes jovens ao ensino superior”, e visa “colaborar na formação de quadros técnicos superiores, residentes no município, contribuindo para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural”, segundo a nota da Câmara.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:53
link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Outubro de 2009
AZAMBUJA-Ateliers de cerâmica no museu de Azambuja

 

 

O Museu Municipal Sebastião Mateus Arenque, em Azambuja, vai organizar ateliers de cerâmica. Nos dias 31 de Outubro, 21 de Novembro e 12 de Dezembro realizar-se-á um atelier (três sessões) dedicado à pintura do azulejo avulso. Do desenho/projecto à pintura de temas avulso, os participantes terão oportunidade de experimentar estas técnicas e, no final, ficar com uma recordação de uma experiência enriquecedora.

As inscrições podem ser feitas no museu municipal ou na Biblioteca Municipal de Azambuja com um limite de 10 participantes por turno.

fonte: http://apat.wordpress.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:39
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS-Falcoaria atrai visitantes a Salvaterra de Magos

 

 

Falcoaria atrai visitantes a Salvaterra de Magos

Na primeira semana após a sua inauguração, em Setembro, o local recebeu duas mil pessoas

A Falcoaria Real de Salvaterra de Magos, inaugurada a 19 de Setembro deste ano, recebeu dois mil visitantes só na primeira semana em que esteve aberto ao público, segundo dados divulgados pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

Entre os visitantes destaca-se a presença das crianças do ensino básico das escolas do concelho. A maioria das visitas registou-se durante o Festival Equestre e Taurino de Salvaterra de Magos, o Equimagos.

As dez aves falconídeos em exposição são o ponto de maior interesse da Falcoaria Real. Está também patente uma exposição interactiva que reúne toda a informação disponível sobre os primórdios da falcoaria, a evolução dessa arte até aos últimos anos do Palácio da Falcoaria Real em Salvaterra de Magos e informação adicional sobre falcoeiros famosos da região ribatejana.

Na recuperação da falcoaria, que entrou em decadência no século XIX e acabou por ficar em ruínas, foi investido um milhão e meio de euros. As obras abrangem a recuperação do edifício da Falcoaria Real, onde será instalado um restaurante, uma casa de chá e quartos para alojamento turístico.

A falcoaria e a capela são os edifícios que restam do antigo Paço de Salvaterra de Magos. O palacete, destruído por vários terramotos e incêndios, foi vendido em 1862.

Refira-se que nesta região do Ribatejo, a caça com falcões era preferida à montaria. A falcoaria existe em Portugal desde a primeira dinastia, tendo sido praticada com muito intensidade até aos finais do século XVI.
As instalações da Falcoaria Real estão situadas na Avenida José Brito Seabra, número 17, em Salvaterra de Magos.
 

fonte: http://dn.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:38
link do post | comentar | favorito

ABRANTES:O MAMARACHO

 

A Câmara Municipal de Abrantes aprovou a construção de um edifício de forma paralelepipédica, com cerca de trinta metros de altura, sem janelas, para albergar o futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes. O edifício ocupará grande parte da cerca do Convento de S. Domingos - um das mais importantes e históricos conjuntos arquitectónicos do burgo - situado num dos pontos mais elevados do monte onde se ergue a cidade de Abrantes."

fonte: http://porabrantes.blogs.sapo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:35
link do post | comentar | favorito

Sábado, 24 de Outubro de 2009
FALECEU JOÃO BANZA

 

 

João Banza, avançado da AD de Oeiras, foi agredido na passada quarta-feira e encontrava-se em situação de morte cerebral.

Depois de efectuadas duas provas de morte cerebral ao atleta, sem que tenha sido registada qualquer resposta, foi declarado o óbito do hoquista, esta sexta-feira, por volta das 20h00.

Segundo os procedimentos legais, será agora efectuada uma autópsia ao cadáver, uma vez que a morte resultou de uma agressão, sofrida na passada quarta-feira à noite, quando tentava levantar dinheiro nas imediações da igreja de Santos-o-Velho, em Lisboa. Na sequência do ataque, João Banza caiu, tendo batido com a cabeça no chão – pancada que provocou um hematoma cerebral.

 

 

De acordo com o Comando Metropolitano da PSP, o agressor de João Banza ainda não foi identificado.

O hoquista, que antes de se transferir para a AD de Oeiras passou pelo Sporting e pelo Juventude de Viana, estava internado na unidade de neurocirurgia do hospital de São José, em Lisboa.

Depois de várias horas em coma, a morte cerebral do hoquista de 28 anos foi agora confirmada.

O UFE Fans endossa à família enlutada, aos amigos e à Associação Desportiva de Oeiras as mais sentidas condolências.

 


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:56
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS - Oitenta mil espectadores em quatro anos no Virgínia

 

Com apenas quatro anos de existência, o renovado Teatro Virgínia tem-se assumido como uma importante referência no actual panorama cultural português. O quarto aniversário foi recentemente assinalado e, volvidos estes primeiros anos, importa fazer um balanço geral do funcionamento daquele que é um dos equipamentos de excelência do concelho.

 

 

Um facto que bem traduz o impacto cultural do Teatro Virgínia é o número total de espectadores que, ao longo destes últimos anos, assistiram a actividades com bilheteira. Quase oitenta mil pessoas presenciaram iniciativas do Virgínia, 56% das quais em espectáculos de música e teatro. As restantes aderiram a actividades de cinema, dança, de serviço educativo ou pluridisciplinares. Tendo o ano de 2008 como exemplo, o número de actividades desenvolvidas neste espaço é, sem dúvida, avassalador. Foram apresentadas 59 propostas artísticas, em 71 sessões; 45 propostas e 88 sessões de actividades do serviço educativo e 34 sessões de cinemas. O Teatro apresentou assim um total de quase 200 sessões, número que, em 2009, deverá ser igualmente atingido, uma vez que o número de espectáculos e de iniciativas tem vindo sempre a crescer, desde o ano da reinauguração. Os dados já contabilizados em 2009, até 13 de Outubro, demonstram que 18% dos espectadores pertencem ao público familiar e 23% ao público escolar. O público em geral representa a grande fatia da audiência, com 59%. Por seu lado, também a média de espectadores tem vindo a crescer gradualmente desde 2005, sendo actualmente de 271 por sessão. Com capacidade para 595 pessoas, a sala de espectáculos do Teatro Virgínia é composta por plateia, balcão, camarotes e lugares para pessoas com necessidades especiais. As actividades vão desde sessões de cinema, espectáculos de teatro, dança e música, passando também por conferências, congressos ou cerimónias. Toda esta dinâmica tem permitido ao Teatro levar a bom porto a sua missão de promover uma relação mais próxima e fácil entre o público e a programação artística. Desta forma, procura captar e sensibilizar os diferentes tipos de público, seja sénior, familiar, escolar, docentes, entre outros, para a arte do espectáculo. Regendo-se pelos valores da qualidade, da diversidade, da regularidade, da pedagogia e da contemporaneidade, a programação cultural do Virgínia tem-se destacado pela presença de artistas e companhias internacionais, por extensões de festivais nacionais e internacionais, bem como por iniciativas de acolhimento e co-produções, contando também com a participação da comunidade e de entidades locais. Estes quatro primeiros anos, pautados pelo enriquecimento artístico e cultural dos públicos torrejano e ribatejano, perspectivam um futuro marcado pela continuidade do sucesso a que o Teatro Virgínia tão bem nos tem habituado.

fonte: http://www.radiohertz.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:08
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009
Novo ano lectivo no Instituto Politécnico de Santarém já arrancou

 

fotos2009 001

Está oficialmente aberto o ano lectivo no Instituto Politécnico de Santarém. Na cerimónia de abertura que marca habitualmente o início formal do ano lectivo, a presidente, Maria de Lurdes Asseiro, sublinhou o empenhamento da instituição em estar cada vez mais próxima da comunidade regional e de apostar forte na investigação e na formação avançada dos seus docentes. “A qualificação dos professores é uma prioridade de sempre”, referiu Lurdes Asseiro, dando exemplo do apoio que a instituição presta à integração dos seus docentes em programas como o PROTEC – programa de apoio a doutoramentos. Este ano o Instituto teve 27 professores bolseiros e quer aumentar o número no próximo ano.

Defendendo um ensino superior mais flexível e voltado para a internacionalização, Maria de Lurdes Asseiro, salientou a importância de dois projectos nos quais o IPS está envolvido: o Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo e o projecto de candidatura da cultura avieira a património nacional. “Estes projectos representam um percurso de 3 a 4 anos e são uma oportunidade para apostar na sustentabilidade do desenvolvimento institucional e regional”, frisou a presidente do Politécnico.

A nova orgânica também não foi esquecida no discurso da presidente, com Maria de Lurdes a elencar alguns dos novos órgãos que já estão constituídos ou em vias de constituição, como os casos do Provedor do Estudante, da Unidade de Formação Pós-Secundária, do Conselho de Avaliação e Qualidade, do Conselho Científico da Unidade de Investigação e o Conselho Científico-Pedagógico.

Prestes a entrar em funcionamento estará também um serviço de apoio psicopedagógico, que irá fazer atendimento às quartas-feiras, assim como de um gabinete de cultura, saúde e desporto.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Rui Baleiras, que durante todo o dia esteve em Santarém para participar numa reunião de trabalho com o consórcio do projecto da cultura avieira, também marcou presença nesta cerimónia oficial de abertura do ano lectivo onde desafiou o Politécnico de Santarém a aproveitar bem os fundos comunitários, quer para projectos de investimento gerais quer para formação dos seus docentes.

A sessão ficou ainda marcada pela entrega de bolsas de estudo aos melhores alunos dos vários cursos do instituto. Novidade no apoio aos alunos é também a adenda ao protocolo do IPS com a Caixa Geral de Depósitos em que, segundo explicou Lurdes Asseiro, esta instituição bancária “reconhece a importância das iniciativas académicas no progresso económico da região” e concede um quadro de apoios ao crédito ao Instituto na ordem dos 170 mil euros por 5 anos. Verbas que vão servir para premiar os melhores alunos de cada ano lectivo, para apoiar as associações de estudantes, para a investigação, organização de eventos e transferência de conhecimento, assim como para a instalação de equipamentos de leitura dos cartões de estudante.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:13
link do post | comentar | favorito

TOMAR-Tribunal confirma falência da João Salvador

 

Não há qualquer hipótese de viabilização da empresa João Salvador, de Tomar. Fecha e é liquidada.

 

No Tribunal de Tomar decorreu na tarde desta sexta-feira uma assembleia de credores da empresa de construção civil João Salvador que terminou com a decisão de encerramento e liquidação da empresa.
O empresário João Salvador acabou por retirar o seu plano de viabilização uma vez que se concluiu não haver qualquer hipótese de recuperar a empresa.
Cerca de 70 por cento dos credores representados aprovaram o encerramento imediato da João Salvador e a venda de todo o património para pagamento da dívida que ascende a 27 milhões de euros.
Incompreensivelmente, a juíza Marta Dias não autorizou os jornalistas a assistirem à assembleia de credores

 

fonte: http://www.otemplario.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:11
link do post | comentar | favorito

O país à mesa em Santarém no Festival de Gastronomia

 

 


O Festival Nacional de Gastronomia acolhe, entre os dias 26 e 27 de Outubro, a 5ª edição do Congresso Nacional de Gastronomia. Espaço de reflexão e de encontro entre profissionais, gastrónomos e público em geral, o Congresso é organizado em parceria com a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP).

Na segunda-feira, a partir das 10h00, abre-se o ciclo de conferências com o painel “a gastronomia do nosso tempo”, moderado por Paulo Amado, e que contará com intervenções de José Bento dos Santos, José Manuel Esteves, David Lopes Ramos e Alberto Marquês. A sessão da tarde será dedicada ao tema “a cozinha portuguesa no mundo”, moderado por Manuel Gonçalves da Silva, e que internacionalização para a cozinha portuguesa”, por Vírgilio Gomes. Destaca-se a conferência “um restaurante português no mundo”, com a presença do proprietário do Ferreira Café de Montreal.

O segundo dia do congresso, na terça-feira, será dedicado ao arroz carolino, por Maria de Lurdes Modesto,
e aos produtos nacionais, sendo analisada “a facilidade de linguagem internacional do pastel de nata”, por Vítor Domingues, ou ainda “o vinho como parceiro da refeição”, por Diogo Campilho. A ViniPortugal e a Associação de Municípios Produtores de Vinhos marcarão forte presença, com provas diárias de vinhos. A assistência ao congresso é gratuita, mediante inscrição nos sites de internet da AHRESP e do Festival.

O Festival Nacional de Gastronomia aposta este ano nas demonstrações de cozinha “Jovem Talento da Gastronomia”. A organização traz ao contacto com o público no Festival mais de uma dezena de jovens esperanças da nossa culinária.

Assim, a partir de sábado, dia 24, treze nomes vão passar pelo claustro da Casa do Campino, das 19h00 às 20h00. Celestino Grave, Gonçalo Novais da Costa, João Antunes, Vítor Claro, João Rodrigues, Martinho Moniz, João Simões, Bernardo Agrela, João Sá, Nuno Barros, David de Jesus, Carlos Gonçalves e Nuno Mendes são os escolhidos este ano para dar a conhecer a ligação entre os sabores portugueses e as novas técnicas culinárias.

Outra novidade desta edição é o I Concurso do Petisco. Os 13 restaurantes presentes nas “tasquinhas” localizadas nas antigas cavalariças da Casa do Campino vão disponibilizar, num espaço do balcão destinado exclusivamente para esse fim, entre dois e seis petiscos, que submetem à votação do público.
Os petiscos constarão de uma iguaria, uma fatia de pão e um copo de
vinho ou uma “lambreta” de cerveja (a um preço único de 3,50 euros), podendo os “provadores” aprender a confeccionar a especialidade que mais apreciaram, em demonstrações de cozinha previamente agendadas pela organização. Ao votarem no petisco mais apreciado habilitam-se a prémios entre os quais fins-de-semana nos Açores, Madeira e Minho.

Horários do Festival:
De segunda a sexta-feira e véspera de feriado, das 12h00 às 16h00 e das
19h00 às 24h00.

Sábados, domingos e feriados, das 12h00 às 24h00.

Preços dos ingressos: 2,50 euros por pessoa. Almoços regionais: 27,50 euros cada almoço (38,50 euros no dia 11). Reservas na agência de viagens Plenotur
- telef. 243333022, fax 243333050.

fonte:http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:00
link do post | comentar | favorito

Actor António Júlio do Veto Teatro Oficina

É um dos vencedores na categoria “Especial” do Prémio Santareno de Teatro 2009
António Júlio, actor amador que integra o elenco do Veto Teatro Oficina de Santarém, companhia que completa hoje 40 anos de actividade, é um dos vencedores na categoria “Especial” do Prémio Santareno de Teatro.
Figura conhecida da cidade e do concelho de Santarém, António Júlio tem dedicado a sua vida ao teatro, desdobrando-se em inúmeras actividades artísticas, incluindo, de descentralização cultural.
A sua performance como  “Palhaço Pantufa” tem nos mais pequenos, e, em especial, do público escolar, milhares de admiradores e amigos.
Foram são estas as razões que levaram a Câmara Municipal de Santarém e o Instituto Bernardo Santareno, a atribuírem este ano a António Júlio o "Prémio Santareno de Teatro", na categoria "Especial".
Também na categoria "Especial" vão ser distinguidos Joaquim Benite (Festival de Teatro de Almada) e Rui Madeira, actor, encenador e director do Teatro Circo de Almada.
Além desta categoria, as restantes (Interpretação, Espectáculo, Revelação e Carreira) serão divulgadas antes do dia 22 de Novembro, data da Grande Gala Santareno, que está marcada para as  21h30.
A Grande Gala Santareno faz parte do programa “Novembro, mês de Santareno” que vai decorrer durante todo o mês de Novembro, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Santarém e do Instituto Bernardo Santareno.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:54
link do post | comentar | favorito

Em Santarém: Novembro é mês de Santareno


No ano em que se assinalam 50 anos de alguns grandes textos com a assinatura e o talento do dramaturgo Bernardo Santareno como “O Crime da Aldeia Velha”, O Lugre” e do livro de crónicas, “Nos Mares do Fim do Mundo”, Bernardo Santareno volta a estar em destaque durante o mês de Novembro, na cidade onde nasceu, Santarém.  
Durante todo o mês de Novembro, e numa organização conjunta da Câmara Municipal de Santarém e do Instituto Bernardo Santareno, há um rol de actividades desde ciclos de teatro, no Teatro Sá da Bandeira, exposições e a quarta edição da Grande Gala Santareno.
A conferência de imprensa para a apresentação do programa “Novembro, Mês de Santareno” teve lugar esta manhã, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, que hoje comemora um ano de vida, e contou com a presença do presidente do Instituto Bernardo  Santareno, Vicente Batalha e de jovens actores do Teatro do Azeite e da actriz Maria José, entre outros.
O evento arranca com um “Ciclo de Teatro Santareno”, no Teatro Sá da Bandeira, no dia 14, às 21h30, com a peça “A Promessa" pelo Grupo Cénico da Música Nova de Pernes. Encenação, direcção e dramaturgia de Vicente Batalha.
O ciclo prossegue nos dias 19, 20 e 21. Nestes dias, a partir das 21h30, sob ao palco do auditório do Sá da Bandeira, a estreia de "O Pecado de João Agonia", pelo Teatro do Azeite, cuja encenação pertence a Pedro Oliveira e que conta com actores como  Miguel Raposo e Maria José, entre outros.  Depois da estreia em Santarém, a peça vai andar por vários palcos do país.
O “Ciclo de Teatro Santareno” culmina com a peça “O Crime da Aldeia Velha" pelo Grupo Mérito Dramático Avintense, no dia 28, às 21h30, que em 2010 comemora 100 anos.
Do programa também fazem parte várias exposições durante todo o mês de Novembro.
"Bernardo Santareno, Pseudónimo de António Martinho do Rosário, Vida e Obra", é o tema da exposição que vai estar patente ao público, na Sala de Leitura Bernardo Santareno. Pelo meio há actividades de animação pelo Centro Dramático Bernardo Santareno e pelo Teatrinho de Santarém (Sofia Vieira). 
O Teatro da Sá da Bandeira acolhe também duas mostras:” Santarém, Capital do Teatro", de 1 a 21 e "Prémios Santareno de Teatro - Carreira”, de 22 a 30.
Grande Gala Santareno 2009
volta a premiar grandes nomes do teatro
O ponto alto de todo o programa “Novembro, mês de Santareno” é a Grande Gala Santareno marcada para o dia 22 de Novembro, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, que homenageia o dramaturgo, que nasceu na cidade de Santarém, a 19 de Novembro de 1920, com o nome de António Martinho do Rosário.
Este ano, na sua quarta edição, a Grande Gala Santareno volta a premiar grandes nomes do teatro português com os “Prémios Santareno de Teatro 2009”.
À semelhança do ano passado, a Orquestra Santos Rosa, sob a direcção de Pedro Santos Rosa será a orquestra residente que irá animar todo o espectáculo.
Música também não vai faltar com a soprano Ana Paulo Russo e o tenor João Pedro Cabral acompanhados ao piano por Nuno Lopes.
Ao palco vão ainda subir Carlos Mendes acompanhado ao piano por Filipe Cardoso e Jorge Palma, assim como Catarina Duarte e Vicente Trindade, bailarinos da Companhia Academia de Dança Antiga de Lisboa.
O teatro marcará presença com o Veto Teatro Oficina da cidade de Santarém que vai brindar o público com uma cena de “O Lugre”, excerto do seu espectáculo do ano passado, “Bernardo Santareno, Os Túneis da Liberdade”. Santarém.
Em cena vão estar Nuno Domingos, Mário Marcos, Pedro Marcos, Eliseu Raimundo, Francisco Selqueira, Carlos Gabriel e Luís Coelho.
Na Grande Gala Santareno serão ainda entregues os prémios da 2ª edição do “Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno”. Este ano o grande vencedor foi Domingos Lobo com a peça original “Não deixes que a noite se apague”.
 O “Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno”, distinguiu também com menções honrosas as obras: "Os Filhos de Teresa", de Sandra Pinheiro (Oeiras), "A Morte do Soldado", de Carlos Alberto Machado (Lajes do Pico/Açores), "Vodka e Cachupa”, de Miguel Real e Filomena Oliveira (Colares/Sintra), "O Sonho de Rosa Damasceno ou Públia Hortênsia, Marinheira Estática", de Armando Nascimento Rosa (Évora) e ainda "Concerto para Dois Violoncelos", de Isabel Millet (Lisboa). 
Nesta edição, estiveram a concurso, 145 peças de teatro, vindas de Norte a Sul do país, incluindo, as ilhas dos Açores e da Madeira.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:53
link do post | comentar | favorito

Taça Ribatejo ao rubro

 

 

42-16935174

A uma jornada do fim da fase de grupos houve poucas surpresas e várias equipas perderam a esperança de passar para a 1ª eliminatória. Não há, por enquanto, líderes indefectíveis.

Uma dos resultados inesperados aconteceu no grupo 1, em Alcanena, onde a equipa de José Torcato perder a oportunidade de resolver o apuramento. O inesperado empate com o Ouriense adiou a decisão, para qualquer das equipas. A última jornada do Alcanenense em Caxarias promete ser uma final, pois a equipa da casa também almeja passar.

No grupo 2, o Riachense protagonizou uma das goleadas da jornada frente ao Assentis. Torres Novas também venceu, sendo que as duas equipas do mesmo concelho assegurarão provavelmente os dois primeiros lugares. O jogo adiado entre as mesmas (dia 1 Dezembro) será o grande dérbi para atribuir o primeiro lugar.

O Alferrarede foi mais uma equipa do escalão superior que não conseguiu ultrapassar o adversário da Secundária. Como no campeonato, os dragões ainda não conseguiram atiçar a chama e já estão arredados do apuramento. O Tramagal foi quem arrancou um ponto ao Alferrarede e adiou o apuramento para a última jornada com o Pego, que venceu sem dificuldades o Mouriscas.

No grupo 4, só o Pernes ficou já arredado da possibilidade de passar a fase de grupos, após a derrota em casa com o Moçarriense. Ainda assim é o Amiense e o Mindense que estão em melhor vantagem para ficar em primeiro, uma vez que têm um jogo a menos.

O Ouriquense redimiu-se da última derrota em casa contra uma equipa do campeonato abaixo do seu, o Emp. Comércio. Desta vez o Estrela venceu o Rio Maior e recolocou-se na corrida pelo segundo lugar. Os Caixeiros é que estão na mó de cima, venceram o Pontével e basta o empate na última jornada para garantir o apuramento. O Pontével está arrumado.

Noutro grupo (6), o Fazendense vai aproveitando para fazer o que não consegue no campeonato; já leva duas vitórias. Pela segunda vez conseguiu uma vantagem folgada, se bem que contra equipas da divisão inferior à sua. Coruchense e Barrosense já estão eliminados, uma vez que também o Benavente bateu a equipa de Coruche. Resta saber quem será o líder deste grupo.

Mais uma equipa da Secundária a fazer melhor figura do que alguns adversários da Principal: os Ferroviários assumiram-se como os líderes do grupo 7 ao arrancar um empate em Tomar. Os nabantinos ainda têm a vantagem de um jogo a menos, com o Ferreira do Zêzere. Estes já estão eliminados, uma vez que perderam com a Linhaceira, que se colocou no segundo lugar e vai jogar com o Tomar na próxima jornada.

Tal como o Fazendense, o Mação vai tomando o gosto de ganhar na Taça, tentando passar o ritmo das vitórias para o campeonato. No grupo 8, a turma de Zé Carlos deu uma mão cheia de golos ao Meiaviense, reivindicando o estatuto de primodivisionário. Destaque também para o Atalaiense que venceu pela primeira vez este ano em competições oficiais, afastando definitivamente o Sardoal da Taça.

O Glória segue na liderança do grupo 9, consequência da vitória fácil sobre o U. Chamusca, que já não tem hipótese. Já o invicto Almeirim ganhou, não sem luta, os primeiros três pontos ao Marinhais, mas ainda tem um jogo a menos. Serão os almeirinenses que provavelmente acabarão como líderes do seu grupo, ficando a corrida interessante pelo segundo lugar entre Glória e Marinhais.

Por fim no grupo 10, o Cartaxo ficou com a vida facilitada depois de marcar meia dúzia ao Salvaterrense, eliminando-o. O Samora Correia, que já tinha causado contratempos ao Cartaxo no último jogo, venceu o Porto Alto e é o favorito ao segundo lugar.

A última e decisiva jornada (excepto nos casos em que houve jogos adiados) vai ser no dia 1 de Novembro, após a qual veremos quais os seis melhores segundos lugares.

 TAÇA RIBATEJO – 2º JORNADA:; Grupo 1  Alcanenense-Ouriense, 1-1, Caxarias-Cercal, 3-0

Classificação 1º – Alcanenense 4 pontos, 2º Ouriense, 4 pontos, 3º Caxarias, 3 pontos, 4º Cercal 0 pontos

Grupo 2  Riachense-Assentis 5-0, Goleganense-T. Novas, 1-3

Classificação: 1º Riachense, 3 pontos *, 2º Torres Novas, 3 pontos *, 3º Goleganense, 3 pontos, 4º Assentis, 0 pontos

Grupo 3  Alferrarede – Tramagal 1-1, Mouriscas – Pego 0-3

Classificação 1º Pego, 6 pontos , 2º Tramagal, 4 pontos, 3º Alferrrarede, 1 ponto, 4º Mouriscas, 0 pontos

Grupo 4  Amiense-Mindense, 3-0, Pernes-Moçarriense, 0-5

Classificação, 1º Amiense, 3 pontos *, 2º Moçarriense, 3 pontos *, 3º Mindense, 3 pontos, 4º Pernes, 0 pontos

Grupo 5  Ouriquense-U.D. Rio Maior, 2-1, Pontével-Emp. Comércio, 1-2

Classificação 1º Emp. Comércio, 6 pontos, 2º Rio Maior, 3 pontos, 3º Ouriquense, 3 pontos, 4º Pontével, 0 pontos

Grupo 6 Fazendense – Barrosense 4-1, Benavente – Coruchense 2-0

Classificação, 1º Fazendense, 6 pontos, 2º Benavente, 6 pontos, 3º Coruchense, 0 pontos, 4º Barrosense, 0 pontos

Grupo 7 , U. Tomar-Ferroviários, 1-1, Linhaceira-F.Zêzere, 2-1

Classificação, 1º Ferroviários, 4 pontos, 2º Linhaceira, 3 pontos, 3º U. Tomar, 1 ponto *, 4º F. Zêzere, 0 pontos *

Grupo 8  Mação-Meiaviense, 5-0, Atalaiense-Sardoal, 3-1

Classificação 1º Mação, 6 pontos, 2 º Meiaviense, 3 pontos, 3º Atalaiense, 3 pontos, 4º Sardoal, 0 pontos

Grupo 9  U. Almeirim-Marinhais, 1-0, Glória-U.Chamusca, 4-1

Classificação, 1º Glória, 4 ponto, 2º U. Almeirim, 3 pontos *, 3º Marinhais, 1 ponto, 4º U. Chamusca, 0 pontos *

Grupo 10  Porto Alto-Samora Correia, 1-2, Cartaxo-Salvaterrense, 6-0

Classificação, 1º Cartaxo, 6 pontos, 2º Porto Alto, 3 pontos , 3º Samora Correia, 3 pontos, 4º Salvaterrense, 0 pontos

*Tem menos um jogo

fonte:http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-Despedimentos

A Fleximol, Suspensão para Veículos, Cartaxo, tem em curso um despedimento de sete dos cerca de 110 trabalhadores da empresa, processo que se segue a dois períodos de suspensão de 70 colaboradores e outro de redução para os restantes, escreve a Lusa.

Fernando Gouveia, da administração da Fleximol, disse esta sexta-feira à agência Lusa que a quebra drástica de encomendas não deixa outra alternativa a uma empresa que exporta mais de 90 por cento da sua produção, sobretudo para os maiores fabricantes mundiais de camiões (sector particularmente afectado pela crise), e que está em 2009 com uma quebra de 75% na facturação.

Como exemplo, Fernando Gouveia apontou a descida das encomendas de molas de aço por parte da Mitsubishi, do Tramagal, que passaram de 100 a 120 toneladas para 14 a 20.

fonte: http://www.tvi24.iol.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:57
link do post | comentar | favorito

Rio Maior inicia construção de creches



 


 
As obras de construção de duas creches no Bairro da Chainça, em Rio Maior, e em Malaqueijo já tiveram início.

As creches serão idênticas e terão, cada uma delas, capacidade para cerca de 70 crianças, com idades compreendidas entre os três meses e os três anos.

Estes novos espaços funcionarão no período diário correspondente ao horário de trabalho dos encarregados de educação.

Os edifícios vão ter um átrio, berçário, zona de higienização, salas de actividades e de refeições, instalações sanitárias, cozinha, gabinetes e outros espaços de apoio e ao ar livre.

O funcionamento destas estruturas sociais estará a cargo de educadoras de infância, ajudantes de acção educativa, cozinheiras e auxiliares.

O investimento destes dois estabelecimentos de ensino é de 850 mil euros, sendo suportado por financiamento comunitário e pela autarquia, que também cedeu os terrenos.

A comparticipação comunitária é feita através do Programa Operacional do Alentejo e do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN).

 

fonte: http://www.gazetacaldas.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:55
link do post | comentar | favorito

VILA FRANCA DE XIRA-Mata cunhado a tiro por causa de herança

 

Mal Fernando Casimiro abriu a porta do seu quarto já o cunhado, Luís Santos, empunhava o revólver. Há muito que estavam em guerra por causa da herança do pai do segundo, que anteontem à tarde disparou à queima-roupa e abateu com um só tiro na cabeça o ex-futebolista do Sporting, Sanjoanense e Sacavenense.

 

Antes de deixar a casa da vítima em A-dos-Loucos, Vila Franca, o homicida pegou no telemóvel e enviou um SMS à sobrinha – enteada de Fernando Casimiro. 'Vem ver a tua avó, pois já matei o teu padrasto.'

Carina não levou muito a sério a mensagem do tio, regressado há cerca de um mês de Angola. Ainda assim alertou a família e acabou por ser Ivone, auxiliar de acção médica no Hospital de Vila Franca e irmã do homicida, quem encontrou o corpo do marido prostrado à entrada do quarto que partilhavam.

Quanto a Luís Santos, 47 anos e soldador de profissão, abandonou o local do crime pelas 14h50 ao volante do Volkswagen Golf da vítima. Foi entregar-se à PSP de Alverca do Ribatejo e a Secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa foi buscá-lo mais tarde.

As razões para o crime premeditado estão relacionadas com uma herança, apurou o CM – algo que terá apanhado outros familiares de surpresa: 'Não conseguimos perceber o que se passou. Eles davam--se bem, eram amigos e até tinham andado a vindimar juntos há pouco tempo', disse um familiar ao CM.

O pai do homicida – sogro da vítima – faleceu recentemente e desde então seria Fernando Casimiro, 63 anos, quem geria o dinheiro da família, situação que nunca agradou a Luís Santos.

A família diz não saber onde Luís Santos foi buscar a arma do crime, nem tão--pouco onde residia. Devido à profissão não mantinha uma residência fixa e nos últimos tempos tinha trabalhado no Porto e em Angola. Luís Santos foi ontem presente ao Tribunal de Vila Franca de Xira, onde foi ouvido durante quatro horas, ficando em prisão preventiva.

fonte: http://www.correiomanha.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:54
link do post | comentar | favorito

Tasca Rasca» e «A Charrete» representam Algarve no Festival Nacional de Gastronomia de Santarém

 

 
Foto
d.r. Ver Fotos »
Gastronomia do Algarve
 

O restaurante «Tasca Rasca», de Faro, é o único restaurante algarvio presente em Santarém, ao longo de todos os dias do Festival Nacional de Gastronomia, que começa hoje e se prolonga até 8 de Novembro na capital ribatejana.

A «Tasca Rasca» está presente na feira das tasquinhas, na zona das Cavalariças 1 e 4, anexas à Casa do Campino. Feira das tasquinhas é o nome com o qual são conhecidos os restaurantes que representam as respectivas regiões portuguesas presentes no Festival Nacional de Gastronomia de Santarém.

As tasquinhas servem refeições nos horários de funcionamento do Festival e, este ano, participam no I Concurso Nacional do Petisco, que consegue reunir à volta de cinquenta opções para paladares exigentes

A «Tasca Rasca» apresenta, neste concurso, os seguintes petiscos: carapaus alimados, biqueirão de vinagrete, robalinhos de escabeche e mexilhão com molho cru.

Mas o Algarve vai ainda estar representado no Festival Nacional de Gastronomia através do restaurante «A Charrete», de Monchique. A presença está marcada para dia 30 de Outubro, em representação do Turismo do Algarve.

Neste caso, o palco da boa gastronomia do Sul será o Salão Nobre da Casa do Campino, às 13h00.

Sábia e profissionalmente executadas por uma selecção de restaurantes, as comidas a apresentar neste local representam a sua região gastronómica e a Entidade Regional de Turismo correspondente.

Para além das presenças regionais, são de assinalar, no programa de almoços, o menu elaborado pela Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, que no dia 23 de Outubro inaugura o Festival - ocasião para entrar em contacto com o ancestral receituário luso - e a refeição confeccionada pelas Equipas Olímpicas de Cozinha, que no dia 8 de Novembro encerram o certame – uma oportunidade única de conhecer e entrar em contacto directo com a nova cozinha portuguesa.

É ainda de sublinhar a presença, no Salão Nobre, das Escolas de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, Lamego e Algarve, no dia 28 de Outubro, em representação do Turismo de Portugal.

No âmbito das regiões gastronómicas portuguesas está previsto que, durante o mês de Outubro, passem, pelo salão da Casa do Campino, no dia 24, o restaurante “Palhinhas” de Rio Maior, da região gastronómica do Ribatejo e como representante do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, e o restaurante “Casa da Morna”, um sabor africano com acento português em representação de Cabo Verde, país convidado da 29ª edição do Festival, no dia 25.

No dia 29, o chefe Albano Loureço, do restaurante “Arcadas”, do Hotel Quinta das Lágrimas bate-se pela região gastronómica da Beira Litoral, em representação do Turismo do Centro e, no dia 30, o sul faz a sua aparição, com o restaurante “A Charrette” de Monchique, da região gastronómica do Algarve, em representação do Turismo do Algarve.

Por fim, no dia 31, o restaurante Académico de Bragança fecha os almoços do mês de Outubro - é a região gastronómica de Trás-os-Montes e Alto Douro a representar o Turismo do Porto e do Norte de Portugal.

Em Novembro, no dia 1, o restaurante “Kottada” do Carregado, Alenquer, traz os sabores da região gastronómica da Estremadura, em representação do Turismo do Oeste.

No dia 4, a “Tasca do Celso”, de Vila Nova de Milfontes, confecciona a refeição da região gastronómica do Alentejo em representação do Turismo do Alentejo.

No dia 05, o restaurante “Soadro do Zêzere” elabora a cozinha da região da Beira Interior, em representação Turismo da Serra da Estrela.

Já na recta final do Festival, no dia 6, o restaurante “ Torres”, de Vila Verde, abre as portas do Minho, na representação do Turismo do Porto e Norte de Portugal, enquanto o restaurante “José do Rego”, aproxima o arquipélago dos Açores ao Continente, em representação da Região Autónoma dos Açores, no dia 7.

O preço dos almoços regionais é de 27,50 euros, excepto no dia 8 de Novembro que será de 38,50 euros. O Salão Nobre tem capacidade para duzentos comensais.
 

Fonte: http://barlavento.online.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:50
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


23
24
25
26
27
28
29


posts recentes

Iniciativas no âmbito do ...

RUAS DO CARTAXO INVADIDAS...

Desfiles de Carnaval no E...

O Pátio das Cantigas – No...

Aniversário do Crédito Ag...

Município de Azambuja for...

EXECUTIVO MUNICIPAL EM VI...

Central Elétrica de Tomar...

Seminário sobre as novida...

Assinatura do Contrato Pa...

Festividades de Carnaval ...

SECRETARIADO DO PS CARTAX...

I Duatlo do Entroncamento

O MUNICIPIO DE AZAMBUJA C...

OFICINA DE TÉCNICAS RADIC...

24ª Edição do Mês da Engu...

Conversas com Café… “Adel...

Page 1 GAL DA REGIÃO CENT...

Executivo Municipal de Az...

Alunos e Município unidos...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

CARTAXO: DESFILE DE CARNA...

ÓRGÃOS DO PS/CARTAXO TOMA...

Última semana – XIII Conc...

Suspensão no abasteciment...

DESFILE DE CARNAVAL NO CA...

Programa das Comemorações...

Azambuja Terras do Torric...

Festival do Cogumelo da P...

Benavente – Militar resga...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds