NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009
Hospital de Santarém em obras

 

 

P6_urgencia_hospital_A073263

O Hospital de Santarém vai ter uma Unidade de Radioterapia a partir do último trimestre de 2010, o que vai obrigar à mudança do local das consultas externas a partir de 02 de Dezembro. Em obras estão também as urgências, que passam a funcionar em pré-fabricados.

O presidente do Conselho de Administração do Hospital de Santarém, José Josué, disse à agência Lusa que 2010 será um ano de “relançamento” desta unidade de saúde, construída há 25 anos.

A par das obras no Serviço de Urgências, iniciadas a semana passada e orçadas em 7 milhões de euros (70 por cento dos quais suportados por fundos comunitários), será construída a Unidade de Radioterapia, num investimento da ordem dos 13 milhões de euros, “100 por cento privado”.

O parceiro privado vai construir a Unidade de Radioterapia no local actualmente ocupado pelas Consultas Externas do Departamento Cirúrgico, tendo em contrapartida que construir instalações novas para este serviço.

A Unidade de Radioterapia terá um custo estimado entre os 8 e os 9 milhões de euros e a construção das novas instalações para as consultas externas custará ao parceiro privado 4 a 5 milhões de euros.

Com o arranque das obras, previsto para o início de 2010, as Consultas Externas do Departamento Cirúrgico passam a realizar-se, a partir do próximo dia 02 e nos oito a 10 meses que durarem as obras, no 10.º piso do Hospital, que esteve alugado a uma clínica privada até Julho último, disse a mesma fonte.

Esta localização, que obriga ao uso do elevador, implica um condicionamento do acesso, pelo que o hospital está a informar, por escrito, as pessoas com consultas agendadas, apelando a que cheguem à hora marcada e apenas com um acompanhante, indo colocar um visor no rés-do-chão com informação sobre o andamento das consultas, afirmou.

O parceiro privado vai construir “um piso e meio”, num total de 1.800 metros quadrados, para acolher os gabinetes de consulta e os meios complementares de diagnóstico e terapêutica, adiantou.

A Unidade de Radioterapia do Hospital de Santarém vai integrar a Rede Oncológica Nacional, posicionando-se como “unidade de excelência” numa região habitada por meio milhão de pessoas, afirmou.

O Hospital de Santarém deu início, a semana passada, à obra de ampliação e requalificação do Serviço de Urgência, nesta primeira fase destinada à construção do complexo pré-fabricado que irá garantir o atendimento enquanto decorrem os trabalhos, que têm conclusão prevista para o final de 2010.

A estrutura pré-fabricada, que terá um custo de 1 milhão de euros, estará em funcionamento em Fevereiro, assegurando José Josué que está a ser feito “tudo para que fiquem salvaguardadas todas as condições de atendimento”.

“O serviço actual (concebido há 25 anos para uma procura de 50 mil doentes ano) estava de tal forma desajustado (a procura é actualmente superior a 130.mil doentes/ano) que seguramente teremos melhores condições”, afirmou.

Quando as obras ficarem concluídas, o Hospital terá que fazer um “reordenamento interno”, disse José Josué, admitindo que o 10.º piso possa eventualmente dar apoio ao Departamento Médico, considerada uma das áreas “mais críticas”, com taxas de ocupação acima dos 100 por cento.

http://www.oribatejo.pt/

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:16
link do post | comentar | favorito

Sónia Sanfona nomeada para governadora civil de Santarém

 

Candidatura Sónia Sanfona 01

A ex-candidata do PS à Câmara de Alpiarça e ex-deputada Sónia Sanfona foi a escolhida para o cargo de governadora civil de Santarém, sucedendo a Botas Castanho.

Sónia Safona torna-se aos 37 anos a primeira mulher a assumir esta função no nosso distrito. Sónia Sanfona é advogada de formação e assumia agora o cargo de vereadora na Câmara de Alpiarça que deixou escapar para a CDU nas últimas eleições autárquicas.

Sublinhando o papel dos governos civis na ligação das regiões que representam com o Governo central, Sónia Sanfona disse ser seu objectivo imediato trabalhar em prol do distrito, procurando dar-lhe “a visibilidade e o relevo que merece” para que seja “exemplar e uma referência nacional”.

Sónia Sanfona disse sentir-se preparada e motivada para responder aos “desafios estruturantes” que se colocam a quem desempenha o cargo de governador civil, realçando o papel destas estruturas em matéria de prevenção rodoviária, protecção civil, relacionamento institucional e com o movimento associativo, áreas que considerou poderem ser “motor de uma região”.

Sónia Sanfona refutou ver na sua nomeação, aprovada hoje em Conselho de Ministros, uma “lógica de lugares de compensação”.

A ex-deputada foi criticada publicamente por, juntamente com Ana Gomes, ter contestado a sua exclusão da lista de candidatos à Assembleia da República por concorrer ao mesmo tempo à presidência da Câmara Municipal de Alpiarça, município que o PS perdeu para a CDU nas autárquicas de 11 de Outubro.

Sónia Sanfona disse ainda que o facto de se perder uma autarquia em eleições “não pode ser um hadicap para qualquer político”.

“Sei que teria condições para fazer um bom trabalho e ser uma boa presidente de Câmara. A população assim não entendeu, decisão que respeito”, disse, adiantando que vai assumir as funções de governadora civil “com o mesmo ânimo e determinação” com que sempre se envolve em tudo o que faz.

“Com todo o respeito pelos que me criticam, há desafios para assumir”, disse, sublinhando a confiança que é depositada em si pelo Governo e pelo partido que apoia.

Defensora da regionalização, Sónia Sanfona disse à Lusa que o futuro dos governos civis dependerá do modelo de um projecto que tem ainda um tempo e um caminho para percorrer.

http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:01
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009
Equipamentos sociais de Almeirim carecem de licença de utilização

 

 

Sup Benfica do Ribatejo - Centro de Dia 08

O centro de dia da Associação de Solidariedade Social de Benfica do Ribatejo é apenas um dos vários equipamentos sociais do concelho que carecem de licença de utilização, nunca emitida pela Câmara, para que as instituições possam assinar os protocolos correntes de apoio com a Segurança Social ou concorrerem a novos projectos financiados pelo Estado.

Esta situação, comum também ao lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia de Almeirim e ao centro de dia da Associação de Apoio à Família das Fazendas de Almeirim, está a colocar dificuldades de funcionamento a estas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s).

O problema surgiu porque a legislação em vigor na altura em que os equipamentos foram construídos não obrigava a Câmara Municipal a emitir as respectivas licenças de utilização para que as instalações pudessem funcionar normalmente.

Com as novas alterações legislativas entretanto introduzidas, as IPSS’s são obrigadas a apresentar este licenciamento para estabelecer qualquer tipo de protocolo com a Segurança Social ou com outras entidades do Estado, que controlem programas de financiamento para novos projectos.

O assunto foi levado à última reunião pública da autarquia, realizada na segunda-feira, 16 de Novembro, pelo presidente Sousa Gomes, para quem o “problema é complexo e pode atingir directamente a prestação de assistência aos mais carenciados do concelho, porque estão em causa os apoios regulares ao funcionamento das instituições”.

Segundo o autarca, “estamos perante dois caminhos: ou as instituições fazem as obras necessárias para que a Câmara possa emitir a licença de funcionamento à luz dos novos preceitos legais, o que será muito complicado tendo em conta a sua capacidade financeira, ou a Câmara concede as respectivas licenças à luz dos projectos aprovados aquando da construção dos equipamentos”.

No final da sessão, o autarca explicou ao nosso jornal que a segunda solução, embora seja a mais prática e a que resolve directamente o problema, “carece ainda de fundamentação jurídica para que se cumpra integralmente a legalidade”.

A Câmara de Almeirim vai discutir novamente este assunto numa futura reunião com a presença de técnicos e juristas.

http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:52
link do post | comentar | favorito

Fábrica da Drink In à venda por preço base de 12,5 milhões

 

 

 

A unidade, que pertenceu a Sousa Cintra. Vai ser posta à venda por uma valor base não inferior a 12,5 milhões de euros

A administração da fábrica de Santarém, até agora a cargo de Jorge Armindo que adquiriu a Drink in em 2006, foi entregue ao administrador de insolvência, tendo a comissão de credores decidido promover a venda extrajudicial. “As propostas para a compra da unidade industrial, maquinaria e equipamentos, terão de ser entregues em carta fechada até 9 de Dezembro, escreve o “Público”.

Ao que o jornal apurou, a decisão de não aprovar um plano de insolvência e passar a empresa para um processo de liquidação normal foi tomada para acelerar o processo da venda. Os espanhóis da Fort Salem mantêm o interesse na unidade.

A Drink in entrou em processo de insolvência em Fevereiro.

Em entrevista ao Negócios, a 22 de Outubro, Jorge Armindo confessava a sua vontade de ter “uma nova empresa de cervejas nacional" que, para vingar, terá de estar "associada a outro grupo com dimensão internacional".

Por que é que a dona das cervejas Cintra não foi bem sucedida depois de ter aplicado 75 milhões de euros (em 2002) numa unidade de produção completamente nova, e está hoje a tentar evitar um processo de falência? Jorge Armindo não foge à pergunta: porque "a empresa nasceu com uma estratégia errada", porque "tentou competir (de igual para igual) com as duas empresas instaladas", há muito, no mercado - Unicer e Central de Cervejas -, logo no seu arranque, explicava.

http://www.jornaldenegocios.pt/i

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:29
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009
SANTARÉM - W Shopping lança concurso de Natal

 

O W Shopping, centro comercial gerido pela Multi Mall Management, lançou o concurso de Natal: «Mistério no W Shopping». O concurso, no qual os visitantes do W Shopping se podem habilitar a ganhar um prémio no valor de cinco mil euros em compras, já começou no dia 14 de Novembro. Para vencer o prémio, terão de conseguir decifrar até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2010, o «Mistério do W Shopping».

 

 

As compras no valor de 15 euros e múltiplos transformam-se em participações. A cada participação é fornecida uma pista. Quantas mais vezes participarem, mais possibilidades os participantes terão de ser o grande vencedor do concurso «Mistério do W Shopping». No decorrer do concurso serão dadas algumas pistas aos participantes que poderão ajudá-los a desvendar o misterioso enigma. As pistas vão estar espalhadas pelo W Shopping, vão estar disponíveis em jornais locais e no Facebook em «W Mistério de Natal». Sozinho ou com a ajuda da família, siga as pistas e divirta-se a desvendar o grande Mistério do W Shopping. O importante é dedicar atenção TOTAL aos mínimos detalhes de cada pista. Quer uma pista? O W vai ser o Centro de toda a acção. Para obter mais informações acerca deste concurso de Natal «Mistério no W Shopping», dirija-se ao Balcão de Informações do W Shopping.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:00
link do post | comentar | favorito

BENAVENTE-Deliberações e outros assuntos que passaram pela reunião pública da Câmara Municipal no dia 16/11/09

 

APRECIAÇÃO DE PROPOSTA DE REVISÃO DO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA ELABORADA PELA COMISSÃO ESPECÍFICA DE HABITAÇÃO, URBANISMO, TRÂNSITO, SEGURANÇA E PROTECÇÃO CIVIL: 
 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, homologar a proposta de revisão do regulamento do Conselho Municipal de Segurança elaborada pela Comissão Específica de Habitação, Urbanismo, Trânsito, Segurança e Protecção Civil.

O documento irá  ter uma redacção final com base nas apreciações feitas nesta reunião de Câmara, e será presente à próxima reunião da Assembleia Municipal de Benavente. 
 

PROPOSTA DA XI Alteração ao Orçamento e às Grandes Opções do Plano: 
 

O executivo camarário deliberou, por maioria, com as abstenções dos vereadores: Ana Casquinha e José Rodrigues da Avó, aprovar as propostas do Presidente da Câmara Municipal relativas à XI Alteração Orçamental e XI Alteração às Grandes Opções do Plano. 
 

Pedido de cedência de material pARA A Casa das Máquinas – AREPA: 
 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, ceder os materiais necessários à construção da Casa das Máquinas da lavandaria do campo de futebol da AREPA – Associação Recreativa do Porto Alto. A estimativa de custos ronda os 716 euros, mais IVA. 
 

REALIZAÇÃO DE CURSO DE FORMAÇÃO MODULARES CERTIFICADAS (FMC) – PROPOSTA DE PROTOCOLO: 
 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aprovar a assinatura do protocolo proposto pela Casa do Benfica de Samora Correia, para a realização mês de Janeiro de 2010 um Curso de Formação Modulares Certificadas (FMC), nomeadamente em acções financiadas pelo FSE (Fundo Social Europeu) e pelo estado português. 
 

Este curso destina-se a cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, detentores de baixas qualificações escolares e/ou profissionais, ou que possuem qualificações desajustadas do mercado de trabalho e jovens com mais de 16 anos com ensino básico completo que estejam inseridos no mercado de trabalho.

Solicitam a colaboração da Câmara através de protocolo de cooperação que a seguir se transcreve.

Este projecto tem apenas como finalidade a indicação de alunos para a escola, para que assim passe a haver menos analfabetismo no concelho.

O vereador Carlos Coutinho considerou que esta é uma resposta que o concelho não tem nesta altura e que é bem- vindo.  
 
 

PROPOSTA DE ATRIBUIÇÃO DE SUBSÍDIO À LIGA PORTUGUESA CONTRA O CANCRO – FESTA DE ENCERRAMENTO DE “UM DIA PELA VIDA (BENAVENTE): 
 
 

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, atribuir um subsídio no valor de 12.390,00

euros à Liga Portuguesa Contra o Cancro por forma a fazer face à despesa com o

aluguer de uma tenda de grandes dimensões para que possa receber condignamente a festa de encerramento de “Um Dia pela Vida” que decorreu nos últimos meses no Município de Benavente. 
 

A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Sul, vai realizar no próximo dia 21 de Novembro, a Festa “Até Breve Benavente” – Encerramento de actividades”Um Dia pela Vida”, no recinto (Largo das Tasquinhas), adjacente ao Pavilhão Gimnodesportivo da antiga Casa do Povo, em Benavente.

Mais este apoio é  fundamental para que as actividades previstas para esse dia possam decorrer com normalidade, salvaguardando a imprevisibilidade das condições climatéricas, atendendo à estação do ano em que nos encontramos, foi necessário recorrer ao aluguer de uma Tenda de grandes dimensões. 
 

ENCONTRO DE BANDAS DA SFUS – BALANÇO: 
 

A vereadora Gabriela Santos informou o restante executivo que esteve presente no Encontro de Bandas da SFUS, “que decorreu de forma muito agradável, sendo que o tempo não ajudou ao desfile, mas foi uma iniciativa muito agradável”. 
 

OBRAS NA IGREJA DE SANTO ESTEVÃO EM CURSO: 
 

A vereadora Gabriela Santos informou o restante executivo que esteve presente numa iniciativa festiva em Santo Estevão pela conclusão da 1ª fase das obras da Igreja local. “Todos os presentes estavam agradados por terem finalizado as primeiras obras e por puderam ter contado com o apoio da Câmara Municipal para essa recuperação. 
 
 
 
 

O vereador José  d’Avó colocou uma questão que relaciona com a Herdade do Zambujeiro, em Santo Estêvão, pelo facto de parte da Herdade ser uma zona de reserva de caça municipal, e muitos Munícipes têm as placas de reserva de caça mesmo à porta e têm caçadores a caçar a

menos de 200 metros de casa, que será a distância mínima permitida por Lei.  
 

Sobre esta matéria, o Presidente lembrou que as zonas de caça municipais podem ser criadas ao abrigo da Lei no respeito por aquilo que é o regime de Ordenamento Cinegético do País. “Temos tido um diálogo longo com as nossas associações de caçadores visando a criação de espaços onde os caçadores, que não são membros das zonas de caça associativa ou turística, possam exercer o direito à caça. Foi efectuado um levantamento dos terrenos, foi feito um projecto que teve de ser aprovado pelo Ministério da Agricultura, e logo que arrancou este projecto começaram a existir problemas na zona de Santo Estêvão, Foros de Almada”. Mais acrescentou: “a cartografia que serviu de base à implementação da zona de caça era cartografia pouco fiável o que levou a que as placas de sinalização fossem colocadas dentro dos próprios aglomerados populacionais. Isso gerou não apenas o descontentamento das populações e a sua imediata resistência, como o descontentamento da Câmara Municipal que pediu desde logo a compreensão dos caçadores para não caçarem dentro destes perímetros urbanos ou a menos de 250 metros de qualquer habitação, conforme a Lei”.

Mas se há caçadores que cumprem, outros existem que não respeitam nada, por serem demasiado predadores vão à procura da caça, com os cães, dentro até das propriedades. É certo que a Câmara Municipal está a acompanhar o problema e a GNR está informada. 
 

Segundo o Presidente, “esta concessão não tem em conta os interesses da população e necessariamente a Câmara, em reuniões com os caçadores, irá alterar este Regime porque ele é inaceitável dada a repetição sucessiva de casos de atropelo na zona de Zambujeiro – Foros de Almada. Uma situação que deve ser corrigida até porque a caça tem as suas zonas  “santuário” e podem ser marcadas dentro de zonas de povoamento disperso onde há sempre o perigo de ser disparado um tiro e vir a atingir alguém, ainda que estejam a mais de 250 metros. Defendemos que ali deve ser proibição total de caça. Esta é a posição da Câmara e que tem sido transmitida ao Ministério da Agricultura. 
 

LICENCIAMENTO DA VENDA AMBULANTE – VENDEDORES DE BEIRA DE ESTRADA:. 
 

O vereador José  d’Avó falou sobre o licenciamento das vendas ambulantes, mencionando os vendedores que se encontram ao longo da estrada Nac. 118 um pouco por todo o concelho mas sobretudo na freguesia de Samora Correia.  
 

Sobre esta matéria o Presidente informou o vereador que “não há licenciamento da Câmara para esta actividade porque ela não é ambulante. Estes vendedores, quando utilizam a estrada nac 118 para descarregarem desde o azeite, aos morangos, as sacas de batatas, frutas, não podem usar o cartão de vendedor ambulante que é tirado na Câmara, para se identificarem perante a GNR, porque o documento não serve para essa actividade. E havendo vagas no mercado não se compreende que essas pessoas estejam a vender fora dele e a fazer concorrência desleal aos vendedores do mercado e de lojas. A juntar a estas razões existem ainda os perigos associados ao facto de estarem à beira da estrada, pondo em risco a segurança de pessoas e bens.

Segundo o Presidente, “sempre que temos tido reclamações, temos identificado as pessoas e pedido a colaboração da GNR. Nestes casos, como estes vendedores aparecem sobretudo aos fins-de-semana, aos fiscais da Câmara Municipal irá ser pedida alguma flexibilidade de horário para poderem ir identificar essas pessoas durante esse período, com a ajuda da GNR. 
 

VEREADOR JOSÉ  D’AVÓ FAZ ATENDIMENTO AO PÚBLICO: 
 

O vereador José  d’Avó decidiu, enquanto vereador da oposição, fazer atendimento ao público na 2ª segunda-feira de cada mês, em Benavente, na Câmara Municipal, das 10.30 às 12 horas.

O Presidente comentou a propósito que “Nas funções públicas que desempenhamos todo o trabalho que possamos fazer é complementar”. 
 

MAU ESTADO DO ARRUAMENTO EM FRENTE AO CENTRO ESCOLAR DE BENAVENTE: 
 

A vereadora Ana Casquinha alertou para o mau estado do pavimento no arruamento em frente ao Centro Escolar, já que está cravejado de buracos feitos pelos vendedores do mercado mensal para conseguirem colocar os seus pontos de venda. “Fruto das condições atmosféricas que já são invernais, aquela zona que é utilizada como arruamento e que é campo do mercado mensal está em más condições quer para circulação pedonal, quer para circulação automóvel, zona muito utilizadas sobretudo a entrada e saída dos meninos da escola, em dias de chuva. 
 

O Presidente garantiu que o assunto irá ser tratado com os vereadores que têm os pelouros e as responsabilidades nestas áreas para tentar encontrar soluções que permitam melhorar essa acessibilidade e melhorar a drenagem dos terrenos, evitando incómodos para as pessoas nesta época de inverno. 
 

REUNIÃO COM O PRESIDENTE DA ARS JÁ PEDIDA COM CARÁCTER URGENTE: 
 

A propósito da falta de médicos nos Centros de Saúde do concelho, foi pedida com carácter de urgência uma reunião ao Presidente da ARS com carácter de urgência, sendo que, para o enquadramento dos assuntos a tratar enviou cópia da acta da reunião anterior que contém todas as intervenções proferidas sobre este assunto, “para que o Presidente da ARS entenda que estamos a viver uma situação de grande preocupação relativamente aquilo que é a prestação de cuidados de saúde primários neste Município”.  
 

Informou ainda que teve uma reunião com o Provedor da Santa Casa da Misericórdia e este responsável deu conhecimento do ofício enviado para a deputada Luísa Portugal, no qual deu conta da sua preocupação pelo mau funcionamento do SAP (Serviço de Atendimento Permanente). “Os médicos contratados pela Instituição vêem-se confrontados desde o início do mês de Outubro com uma extensa lista de espera. Desta vez foi a Dra. Ana Felício que, ao ter contacto com a lista de espera, se recusou a iniciar o turno e deixou de estar disponível para continuar a assegurar o funcionamento do SAP, fundamentando a sua decisão em questões essencialmente técnicas e com normas emitidas pela Direcção Geral de Saúde. 
 

Reitera-se a necessidade de ser encontrada uma solução que garanta as condições mínimas de trabalho aos médicos que asseguram o funcionamento do SAP nos períodos protocolados e que estes não tenham que, sucessivamente, atender utentes inscritos há horas atrás, no turno anterior.

Está-se a atingir uma situação insustentável pela qual a Instituição não pode vir a ser responsabilizada”. 
 

Segundo o unidade básica de emergência em Coruche Presidente “Isto vem tornar mais claro o grave problema que temos pela frente, com situações como esta que são inaceitáveis, como quando o médico chega para o turno da noite e tem já 20 doentes inscritos, gente que não tem médico de família, gente que tem um filho que aparece com sintomas gripais e estamos numa época complicada. Os médicos denunciam os seus contratos porque não conseguem trabalhar com esta carga de trabalho”.

Se não houver rapidamente uma marcação da reunião já pedida, o Presidente garante que não deixará de entrar em contacto com o gabinete da Ministra da Saúde para lhe pedir uma audiência e lhe transmitir a urgência de se encontrar uma solução sob pena da população ter que usar outros direitos que tem, nomeadamente o direito à manifestação.  
 

Isto é inaceitável quando, num eixo onde vivem 50 mil pessoas (Marinhais, Salvaterra, Benavente, Samora Correia…) não existam médicos de família e se tenha criado, irracionalmente, uma onde foram afectos médicos e meios de diagnóstico, mas que servem apenas 19 mil habitantes. Isto é irracional, não faz sentido, e não nos conseguem convencer que alguém de Benavente, ou de Samora, ou do Porto Alto se vai deslocar a Coruche, vão sim entupir ainda mais a urgência de Vila Franca, sobretudo mas também Santarém. Isto é irracional e não pode ser visto como uma tentativa de fazer as pessoas deslocarem-se para Coruche porque não têm médico aqui. Não posso acreditar que seja assim”, concluiu. 
 

ÁGUA A MEIO METRO DA SUPERFICIE NO CEMITÉRIO DA BARROSA – SITUAÇÃO É NORMAL, NÃO TEM RISCO, MAS JÁ ESTÁ A SER SOLUCIONADA: 
 

A vereadora Ana Casquinha colocou a questão de existir água a meio metro da superfície no cemitério da Barrosa e questionou se estria em causa a saúde pública, casa exista ali uma nascente.

O Presidente reconheceu que esta é uma situação desagradável, mas sossegou todas as preocupações informando tratar-se de um nível freático elevado, existente entre a primeira camada geológica e os terrenos que estão por baixo, e haver uma área quase impenetrável constituída por um complexo argiloso que faz com que aquilo funcione quase como uma piscina. “Não há infiltração e acontece apenas na camada permeável o que faz com que tenhamos que encontrar uma solução que está a ser estudada e prevê a drenagem daquela zona. Não há perigo nenhum para a saúde pública porque não há infiltração para os níveis freáticos inferiores e a solução está próxima”.

Mais informou que e as fontes de abastecimento de água às populações estão situadas a 200 metros de profundidade e não há possibilidade de qualquer inquinação. 
 

DIOGO GANCHINHO E BRUNO NOBRE NOVAMENTE DE PARABÉNS” 
 

O vereador Carlos Coutinho realçou o desempenho de dois atletas já conhecidos do Clube de Futebol Estevense no Campeonato do Mundo de Trampolins (diferentes vertentes): o Bruno Nobre que foi campeão mundial por equipas em mini trampolim e o Diogo Ganchinho que um sexto lugar em trampolim. “Temos atletas a competir ao mais alto nível e devemos enviar congratulações e felicitações ao clube também”. 
 
 

IV SAMORAVES COM BALANÇO POSITIVO: 
 

O vereador Carlos Coutinho congratulou-se com a realização da 4ª Samoraves, da responsabilidade do Grupo Ornitológico de Samora Correia, dizendo que e a exposição tem vindo a consolidar-se ao longo destes quatro anos, sendo que a Cooperativa de Samora Correia acolheu 44 criadores, dando já uma bom certame que agradou a todos quantos por lá passaram. 
 

 


 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:22
link do post | comentar | favorito

TOMAR - João Vital considera que a Casa Vieira Guimarães é «hipótese bem ponderada»

 

João Vital, Mordomo da última Festa dos Tabuleiros, já comentou para a Hertz a possibilidade avançada, esta segunda feira por Miguel Relvas, de que a Casa Vieira Guimarães devera ser a sede da Comissão da Festa dos Tabuleiros. João Vital salienta que se trata de uma hipótese já bem ponderada e que reúne consenso:

 

 

«Quando nos perguntam quais as instalações que podem servir de base de trabalho para a próxima Festa, lembramo-nos, óbviamente, da Casa Vieira Guimarães, pela sua centralidade, pela sua dignidade e até porque já serviu de sede para preparar as festas, suponho que de 1991 e 1995. Não estamos, ainda, a falar de uma sede definitiva, até porque isso não compete à Comissão, uma vez que será a Câmara Municipal a indicar o espaço com que podemos contar. Gostaríamos que fosse aquele, pois as antigas instalações do Banco Espírito Santo, na rotunda, não têm condições para albergar o material da Festa». Até 31 de Janeiro de 2010, o presidente da Câmara Municipal de Tomar, Corvelo de Sousa terá que convocar a população para se proceder à escolha do Mordomo para a Festa de 2011. Questionado sobre uma possível continuidade, João Vital admite a candidatura ao cargo: «Não posso dizer que não estou a considerar essa hipótese, tendo em conta o número de pedidos e as conversas que tenho com várias pessoas... mas continuo a afirmar que os mordomos não se deviam repetir, tirando situações extremas, em que não apareça ninguém. Seria preferível que aparecesse alguém, que conheça a Festa, que a viva, que a saiba respeitar e que sinta ter condições para avançar com a próxima edição. Mas também não vou dizer que não estou disponível, pois a Festa não se irá deixar de fazer por não aparecer Mordomo.

http://www.radiohertz.pt/

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:20
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 17 de Novembro de 2009
Câmara de Santarém distinguida pela Gulbenkian com Projecto de Educação para a Sustentabilidade


A Câmara Municipal de Santarém foi distinguida pela Fundação Calouste Gulbenkian com o projecto de Educação para a Sustentabilidade “Neste Natal 2009, faça a diferença para a Sustentabilidade”, no âmbito do concurso ” AGIR – Ambiente”, sobre o tema Consumo Sustentável.
O projecto vai ser desenvolvido na quadra Natalícia, por ser um dos períodos de maior consumo de produtos e de maior produção de embalagens supérfluas, sendo alicerçado em duas acções principais:
1.      “Época Natalícia para a Sustentabilidade”;
2.       “Cesta na mão, saco não”.
A acção “Época Natalícia para a Sustentabilidade” consiste num certame de produtos tradicionais e ecológicos, produzidos localmente e que podem constituir uma prenda de Natal Sustentável.
Este certame decorre de 24 de Novembro a 22 de Dezembro, na Casa do Ambiente, localizada no Centro Histórico da cidade de Santarém, no edifício do antigo Ginásio do Seminário (Rua Pedro Canavarro), dividindo-se em três semanas temáticas:
23 a 28 de Novembro: Semana do Azeite, Pão e Vinho
Dia 26 de Novembro, pelas 18h00m - Workshop “Produção de Vinhos”
30 de Novembro a 5 de Dezembro: Semana do Artesanato
Dia 2 de Dezembro, pelas 18h00m - Workshop “Arte Decorativa em Madeira”
7 a 12 de Dezembro: Semana da Fruta, Doces e Aromas
Dia 10 de Dezembro, pelas 18h00m - Workshop “Doces Tradicionais”
A acção “Cesta na mão, saco não” tem como principal objectivo sensibilizar os cidadãos para a recusa de sacos e outras embalagens supérfluas durante a época Natalícia.
Para a concretização desta acção vai ser atribuída uma cesta tradicional, produzida localmente e uma caderneta, a cada família que adira ao Projecto, sendo apenas necessário visitar a Casa do Ambiente.
Para aderir ao projecto, as famílias assinam uma Carta de Compromisso de “Eco-Família”, assumindo um padrão de consumo sustentável durante a época Natalícia 2009.
Por cada compra efectuada numa Loja Aderente em que sejam recusados os sacos e as embalagens supérfluas, utilizando a cesta, o comerciante coloca um “Eco-carimbo” e a data da compra na caderneta.
As Lojas Aderentes vão estar identificadas com a cesta tradicional que constituirá um elemento decorador da montra de Natal.
Em Janeiro as “Eco-Famílias”, podem apresentar a caderneta com os “Eco-carimbos” na Casa do Ambiente e recebem como prémios, alguns produtos regionais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:02
link do post | comentar | favorito

Clube de Andebol de Salvaterra de Magos


 
 
A equipa de juvenis do CAS, merece ser destacada, assim como o seu treinador, pelo magnifico trabalho realizado, desde o inicio da época a 1 de Setembro.
À 5.ª jornada a equipa soma cinco vitórias, a última em casa, no passado sábado, frente à formação do Benavente por 8 bolas de diferença, estando agora na liderança isolada da classificação.
Os iniciados, venceram na Nazaré, a equipa do D. Fuas Roupinho, continuando na luta pela qualificação para a próxima fase da prova, mas decisivo pode ser, para esta equipa o confronto do próximo Sábado em Benavente, frente à equipa local.
Quanto aos seniores, à 2.ª jornada, somam uma vitória categórica em casa frente à formação do Portalegre e uma derrota fora, frente à equipa de Vila Real de Santo António, centram-se atenções para o próximo domingo, às 17h, no pavilhão municipal de Salvaterra de Magos, para a recepção à equipa de Pombal.

Por Pedro Oliveira



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:00
link do post | comentar | favorito

SANTAREM-20º Aniversário da Convenção dos Direitos da Criança

20 de Novembro 2009
Sala de Conferência da Futura Fundação da Liberdade
(antiga Escola Prática de Cavalaria)
      

10h00 - Cerimónia de Apresentação do Programa das Comemorações
        Entrega de CD “Os Direitos da Criança” aos Agrupamentos de Escolas e Escolas Secundárias do Concelho de Santarém
Parceria: CPCJ de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Câmara Municipal de Santarém
 
11h00 – Conferência
“Os Direitos da Criança”
Organização: Comissão Alargada da CPCJ de Santarém
v       Participação das Escolas do Concelho em Actividades de Intervenção Local
Parceria: Agrupamentos de Escolas e Escolas Secundárias do Concelho de Santarém
v       A mascote “Marradinhas”, circulará pela cidade distribuindo coffret`s e folhetos com os Direitos da Criança.
Parceria: ACES - Associação de Comercial e Empresarial de Santarém
v       Edição Especial no Jornal “O Ribatejo”
Durante o fim-de-semana (de 20 a 22 de Novembro)
Especial “Menu Criança” no valor de 3,50 € para as crianças até 12 anos, acompanhadas pelos pais (ou dois adultos)
ü       de 20 a 22 de Novembro: Restaurante Mina Velha, Restaurante A Grelha e Restaurante Mota
ü       de 20 a 21 de Novembro: Restaurante O Alporão e Restaurante Adiafa
ü       dia 21 de Novembro: Pizzaria Hamburgueria Porta de Mansos
ü       de 21 a 22 de Novembro: Pastelaria Bijou - Oferta “Lanche Criança”



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:01
link do post | comentar | favorito

45º ENCONTRO DE BANDAS DA SFUS
 

  

 

                                                      BANDA DA SFUS

   Decorreu no domingo á tarde no Centro Cultural de Samora Correia, o 45º Encontro de Bandas, organizado pela SOCIEDADE FILARMONICA UNIÃO SAMORENSE. Três bandas estiveram presentes a de Aljustrel, Seixal e a da SFUS. Anunciada também, mas não pode estar presente a Banda da Incrivel Almadense .Boa assistencia, com a sala praticamente cheia, numa tarde invernosa, convidativa para este genero de espectaculos.No final o jantar foi na sede da colectividade,com um convivio entre todos os musicos e um porco no espeto para comer.

 Por: Carlos Henriques



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:42
link do post | comentar | favorito

Autarquias na corrida às telecomunicações

 

Autarquias na corrida às telecomunicações

Várias câmaras estão interessadas no leilão de espectro que a Anacom está a realizar. Acção permitirá entrada de novos operadores, que disponibilizarão Internet e redes telefónicas móvel e fixa

As autarquias estão interessadas no leilão de espectro que a Anacom (Autoridade Nacional de Comunicações) está a realizar e que permitirá a entrada de novos operadores no sector das telecomunicações. Os vencedores do leilão têm liberdade para escolher o destino do espectro, podendo disponibilizar serviços de banda larga de alta velocidade e serviços de telefone móvel ou fixo.

Responsáveis da Câmara de Santarém e da autarquia de São Martinho do Porto, assim como operadores do sector e associações de cariz regional estiveram presentes na sessão de esclarecimento sobre este leilão, o primeiro que se realiza em Portugal, que decorreu na semana passada, segundo fonte oficial da Anacom.

O facto de o espectro estar dividido em nove zonas geográficas (ver infografia) vai permitir a apresentação de candidaturas a apenas uma região ou a vários lotes, podendo o vencedor obter uma cobertura nacional. No entanto, o facto de haver licenças regionais é um factor aliciante para as entidades locais, como autarquias ou associações, já que poderão montar sistemas de telecomunicações internos, embora com a obrigação de prestar serviços ao público.

A Anacom optou por realizar um leilão em vez de um concurso para "aumentar a concorrência, sem quaisquer limitações, quanto à tecnologia e quanto aos serviços a prestar", explica fonte oficial do regulador. A primeira fase do leilão, que decorre até 17 de Dezembro, contempla a entrega de candidaturas por parte dos interessados. Os grandes operadores do mercado, como a PT, TMN, Vodafone e Optimus (ver caixas abaixo) não poderão apresentar propostas, já que nesta fase não podem concorrer os operadores móveis ou empresas que já tenham frequências nesta faixa. Caso não existam propostas, o leilão passa para a segunda fase, onde estas empresas já poderão participar. Até agora, ainda não foi entregue nenhuma candidatura.

O facto de os grandes operadores não poderem concorrer permite uma maior margem de manobra financeira aos pequenos operadores, sendo que a entidade reguladora afirma que o "leilão não está desenhado a maximizar o encaixe", estando, pelo contrário, feito "de modo a que possa ser feito a baixo preço", afirma a mesma fonte. O preço base de cada lote é baixo, entre 100 mil e 300 mil euros, sendo objectivo da Anacom "dar oportunidade aos pequenos operadores ou outras entidades".

A licitação, que decorrerá em Janeiro, será secreta e decorrerá em duas fases, sendo aplicado o princípio da regra de segundo preço. Ou seja, o vencedor irá pagar o valor proposto pela segunda candidatura mais alta. Quem receber as licenças tem de avançar com a operação num prazo máximo de dois anos e só pode revender a mesma dois anos depois de ter dado arranque à operação.

D.N.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:22
link do post | comentar | favorito

Santarém: três idosos desalojados

Mau tempo destelhou três habitações em Casais da Josefa

 

Mau tempo em Lisboa

O mau tempo que se fez sentir na noite de segunda-feira destelhou três habitações em Casais da Josefa, freguesia de Alcanede, facto que obrigou ao alojamento de três idosos em casas de familiares, disse fonte da Protecção Civil à Lusa, esta terça-feira.

Paulo Fróis, do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, explicou que os bombeiros foram chamados cerca das 22:45 porque os fortes ventos e a chuva deixaram as três habitações sem telhado e provocaram ainda danos num pavilhão feito com chapas de zinco.

Pelas 00:20, foi dado o alerta sobre uma outra situação, no concelho de Abrantes, onde um anexo ficou igualmente destelhado, disse.

No total, os bombeiros do distrito registaram 11 inundações em habitações, um deslizamento de terras na estrada nacional 114 perto de Rio Maior, que não afectou a circulação, e sete quedas de árvores, disse.

As quedas de árvores condicionaram a circulação em algumas estradas municipais, sem que tenha havido corte de vias, adiantou.

«TVI»



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:30
link do post | comentar | favorito

ALCANENA-Artes: Um festival a partir do sopé da Serra de Candeeiros que se quer fazer ouvir

 

 

Da pacata vila de Minde, no sopé das serras d'Aire e Candeeiros, no concelho de Alcanena, vai ser lançado esta semana "um grito" de chamamento para 17 actuações/performances de arte contemporânea que prometem agitar a vida cultural da região.

O Festival Materiais Diversos, que nasceu da colaboração entre o coreógrafo Tiago Guedes, a Câmara Municipal de Alcanena e o Ministério da Cultura, "podia ser feito em qualquer sítio", dada a qualidade e a dimensão internacional da programação, mas vai acontecer num local onde já existem algumas dinâmicas e estruturas culturais mas faltam eventos de arte contemporânea.

Tiago Guedes, que partiu de Minde aos 18 anos para fazer o curso de coreógrafo (direcção) na Escola Superior de Dança, em Lisboa, aceitou o desafio que lhe foi lançado há pouco mais de um ano pela autarquia, concentrando no Festival o essencial das suas energias.

«Lusa»



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:27
link do post | comentar | favorito

ALMEIRIM- Condução ilegal das viaturas do Municipio

 

 


Conforme se descreve o relatório do IGAL, realizado à gestão da Câmara Municipal de Almeirim foram verificadas algumas situações de violação da Decreto Lei 490/99 de 17 de Novembro que regula a condução das viaturas do Estado e as dos Municipios

Nomeadamente a situação abaixo descrita, e que é de pleno conhecimento de qualquer cidadão do Concelho de Almeirim e "arredores", o que agora ficamos a saber é da "INEXISTÊNCIA DOS DESPACHOS DE AUTORIZAÇÃO PARA A REFERIDA CONDUÇÃO"

 

 

 

 

Tanto quanto sabemos o dito RELATÓRIO foi - ou ainda vai ser - remetido ao Digno Magistrado do Ministério Público, é que estamos perante, pelo menos duas situaçoes previstas no Código Penal. Salvo melhor conhecimento, parece-nos que tais situações se podem tipificar como crimes cometidos no exercício de funções públicas, nomeadamente, o de "abuso de poder" (artigo 382º do Código Penal): " O funcionário que, fora dos casos previstos nos artigos anteriores, abusar de poderes ou violar deveres inerentes às suas funções, com intenção de obter, para si ou para terceiro, benefício ilegítimo ou causar prejuízo a outra pessoa, é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa, se pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal".
Artigo 376º Peculato de uso ( Código Penal) nº 1 1 “ O funcionário que fizer uso ou permitir que outra pessoa faça uso, para fins alheios àqueles a que se destinem, de veículos ou de outras coisas móveis de valor apreciável, públicos ou particulares, que lhe forem entregues, estiverem na sua posse ou lhe forem acessíveis em razão das suas funções, é punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias”

 

 

http://nossomoscapazes.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:15
link do post | comentar | favorito

Assaltante de Rita Pereira detido em Torres Novas

 

A PSP deteve perto de Torres Novas um homem que exigiu 500 euros à actriz Rita Pereira para lhe devolver o telemóvel

 

O indivíduo que terá roubado a carteira e o telemóvel de Rita Pereira foi detido pela PSP na zona de Torres Novas.
A actriz foi alvo de um assalto e no dia seguinte fez um apelo pela televisão para que lhe devolvessem os pertences.
A detenção do suspeito aconteceu depois de a actriz ter recebido uma chamada na qual o indivíduo exigia 500 euros para a devolução dos objectos. Combinou um encontro com ele perto de Torres Novas. Antes do encontro, Rita avisou a polícia que, como nos filmes, desencadeou uma operação para capturar o suspeito.
O homem acabou por ser detido sem oferecer resistência.

http://www.otemplario.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:48
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009
PEV pede esclarecimentos sobre resíduos industriais perigosos

Resíduos industriais perigosos junto ao Parque Natural das Serras d’Aires e Candeeiros - “Os Verdes” querem esclarecimentos do Ministério do Ambiente

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar “Os Verdes”, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que pede esclarecimentos ao Governo, através do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território, sobre a deposição de Resíduos Industriais Perigosos junto ao Parque Natural das Serras d’ Aire e Candeeiros, em área classificada como Reserva Ecológica Nacional, situação que constitui um grave atentado ambiental e que coloca em causa a saúde pública.

PERGUNTA:

A Associação Nacional de Conservação da Natureza – Quercus - denunciou recentemente a deposição de resíduos industriais perigosos em espaço Natural e Reserva Ecológica Nacional próximo de uma falha geológica em área de máxima infiltração no maciço calcário estremenho, junto do Parque Natural das Serras d’Aire e Candeeiros.

Segundo a Quercus, através de “análises efectuadas”, existirão “diversos resíduos com compostos perigosos para a contaminação dos solos e da água, com potenciais efeitos nefastos para a saúde pública”, resíduos esses que “foram enterrados e colocado saibro para os camuflar, sendo que a zona está próximo de uma falha geológica em área de máxima infiltração no Maciço Calcário Estremenho próximo da Serra de Aire, o que aumenta o risco de contaminação do aquífero e das nascentes e captações da região”.

Entretanto, em novo comunicado, a Quercus informa ter já uma confirmação, pelo Ministério do Ambiente, da situação. O Ministério terá referido que já ordenou a retirada dos resíduos e instaurou processos às diversas empresas em causa.

Segundo o comunicado do Ministério; “Das diligências efectuadas confirmou-se que os resíduos em causa, apesar de supostamente terem como destino um operador autorizado para o efeito, eram na realidade abandonados, em parte, num terreno junto à localidade de Covão do Coelho, concelho de Alcanena. Detectou-se ainda que muitas toneladas destes mesmos resíduos estavam a ser aterrados, sem qualquer licença ou condições para o efeito, num terreno pertencente a uma unidade de gestão de resíduos localizada no concelho da Chamusca, que não cumpria assim com a obrigatoriedade de tratamento dos mesmos.”

Sendo que a deposição não controlada e não autorizada em local não preparado especificamente para o efeito, de resíduos, mormente de resíduos industriais é ilegal;

Sendo que, a situação supra denunciada, representa não só um atentado ambiental extremamente grave colocando ainda a saúde pública em causa;

Sendo que é competência e obrigação de diferentes entidades públicas zelar para prevenir e impedir crimes ecológicos, para punir os seus responsáveis e para resolver o passivo ambiental.

Assim e ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Ex.ª O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte Pergunta, para que o Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território, me possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1- Que medidas foram já tomadas, ou ainda virão a ser tomadas, designadamente a nível da CCDR e da IGAOT, para agir em conformidade na identificação da tipologia de resíduos, sua proveniência, sujeitos responsáveis, riscos, eventual punição e resolução do passivo ambiental com a remoção dos resíduos e descontaminação dos solos?

2- Que riscos existem a nível da contaminação dos lençóis freáticos e que impactos pode esta situação potenciar na área protegida e área de REN em causa?

PEV

fonte: http://port.pravda.ru/



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:45
link do post | comentar | favorito

Fórum de Arqueologia Scalabitana

A Sala de Leitura Bernardo Santareno, em Santarém vai servir de palco a mais uma edição do Fórum de Arqueologia Scalabitana, no dia 18 de Novembro, às 18 horas.
A iniciativa que já vai na sua quinta edição  terá como conferencistas Costa Santos e Cláudia Santos, que  vão apresentar os resultados preliminares da intervenção arqueológica realizada no âmbito das obras de Requalificação e Valorização do Jardim da República, em Santarém.
Estes trabalhos permitiram trazer novos dados sobre a vida e morte em torno do Convento de S. Francisco, desde época islâmica à actualidade.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:54
link do post | comentar | favorito

"E a Mulher Teve Morte Quase Instantânea" no Maria Matos


"E a Mulher Teve Morte Quase Instantânea" recorda o caso, ocorrido em Santarém, de um polícia que matou a ex-mulher à porta do infantário quando esta ia deixar o filho de seis anos.
Aquando do assassinato, o presidente da Câmara daquela cidade referiu: "a mulher teve morte quase instantânea".
E é esta frase, que dá nome a esta peça onde as autoras homenageiam as mulheres vítimas de violência esquecidas de imediato e que rapidamente se tornam num número, mais um, para as estatísticas de homicídio. 

A história é igual a tantas outras. Uma mulher morre às 9h da manhã à porta do infantário onde ia deixar o filho de 6 anos.
O ex-marido, um polícia a quem já tinha sido retirada a arma, roubou a arma de um colega, deslocou-se 70 km, fez-lhe uma espera, foi directo a eles, arrancou-lhe o filho, disparou dois tiros sobre ela, matou-a e seguiu caminho, de mão dada com a criança.
O presidente da Câmara disse, em declarações à imprensa: “A mulher teve morte quase instantânea”. Assim. Não sei mais nada sobre ela, nem o nome, nem a cor dos cabelos, nem se era alegre ou triste, o que levava nos olhos. Mas este apagamento, este esquecimento que a morte lhe trouxe é a morte "matada".
Ela passou a ser "a mulher", "a mulher" morta. E a memória, a memória dela, passou a ser nada.
 
No meu país, todas as semanas morre, pelo menos, uma. Todas as semanas há uma mulher morta por um homem que é, foi ou pretendia ser seu namorado, seu marido, seu amante.
Todas as semanas, há uma que passa a ser "a mulher": sem in memoriam, sem rasto nem história, que deixa de existir assim, trocada em números para a estatística.
 
Mais tarde, descobri que se chamava Amélia… ela chamava-se  Amélia. Mas, até hoje, continuo sem perceber o que é que está a acontecer neste nosso mundo, tolerante, democrático e europeu para as relações íntimas serem o lugar desta tragédia, desta solidão.
( Lúcia Sigalho)
 
A representação está a cargo de Deborah Krystal, VÍtor Gonçalves e Lúcia Sigalho. 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:47
link do post | comentar | favorito

SANTAREM- Teatro Azeite estreia em Santarém peça de Bernardo Santareno "O Pecado de João Agonia


O Teatro Azeite estreia em Santarém, dia 19 de Novembro, a peça “O Pecado de João Agonia” de Bernardo Santareno, no âmbito das comemorações de “Novembro, Mês de Santareno”.


A peça encenada por  Pedro Oliveira sobe ao palco do Teatro Sá da Bandeira, às 21h30, e volta a cena nos dias 20 e 21 de Novembro.
O Teatro do Azeite, criado em 2008, tem como referência na sua filosofia de trabalho as origens do teatro na antiguidade clássica (onde a oliveira era símbolo de paz e de unidade entre os homens) transpondo esta simbologia para o teatro contemporâneo. O azeite, sendo um elemento muito português, é ao mesmo tempo universal, visto que está presente nos rituais de todas as religiões milenares do mundo. Tal como a dramaturgia de Bernardo Santareno, o Teatro do Azeite procura explorar a universalidade do povo português contemporâneo.
Segundo o  Teatro Azeite “O Pecado de João Agonia é o texto de Bernardo
santareno mais pertinente para levar à cena neste momento, não só porque a sua temática se encontrar na ordem do dia, mas também porque a sua linguagem e simbologia se enquadra harmoniosamente na estética e método de trabalho que desenvolvemos até agora e que queremos desenvolver e aprofundar”.
SINOPSE
Na tragédia O pecado de João Agonia encontra-se uma estética em que o realismo das personagens (claramente associadas aos temas do realismo e neo-realismo), através da sua linguagem rude e trivial, escondendo nas entrelinhas toda a narrativa, não só no que não se é dito e no que não se vê, mas também através dos seus símbolos (o meio-lobo meio-cão, a serra como plano elevado, a lua, a neve, os olhos verdes).
A ambiguidade que todo este simbolismo instala é tão impressionantemente forte como a temática da peça. Não se trata de uma apologia à homossexualidade ou de um apelo à sua tolerância.
A reacção àquela situação é que é questionável, levantando inúmeras interrogações de ordem ética e
moral que são debatidas actualmente na sociedade portuguesa.
Se a homossexualidade de João Agonia acaba por ser uma opção, não sabemos, o que é certo é que João nunca mais se livrará dela e que esta foi sem dúvida despertada violentamente por parte do seu padrinho e dos seus colegas de tropa. Rita, ao comparar o nascimento de um cabritinho cego com o nascimento de João, está a denunciar que o destino de João estava marcado à nascença (à boa maneira da tragédia grega). Na primeira cena, Rita diz: Quando o João Nasceu, o ar daquele quarto ficou todo verde...verdes eram as lágrimas da minha aflição e o suor me retalhavam toda (as mãos no ventre)e verde ficou a primeira água em que lavaram o menino!!?... 2 É pois, um semi-deus enredado nas malhas da podridão humana. No assassínio de João existe uma tentativa dos seus autores de livrar o espírito sublime de João do seu corpo, vítima do carácter errante da realidade.
(José – quando um cavalo, ou um cão, que a gente estime, que traga no coração, dá uma queda e parte os ossos grandes, ou quando apanha chaga ruim e sem cura... que é que a gente faz, mano Miguel?
[...] José – Abate-se... um animal desses abate-se!... Carlos – [...] Por bem querer, Miguel, por amor!... [SANTARENO, 1991, 139])
ACTORES
João Agonia
Miguel Raposo
Rita Agonia
Paula Só
José Agonia
João Abel Baptista
Teresa Agonia
Sílvia Almeida
Rosa Agonia
Maria José
Fernando Agonia
Henrique Martins
Carlos Agonia
Pedro Oliveira
Maria Giesta
Sandra Santos
Toino Giesta
Carlos Malvarez
Guilhermina Giesta
Ângela Ribeiro
Manuel Lamas
Eduardo Frazão
Paula Fidalgo

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:22
link do post | comentar | favorito

Rio Maior- Duas pessoas atropeladas em Rio Maior

 

Acidente ocorreu cerca das 08:20 e as vítimas foram transportados para o Hospital de Santarém

 

 

Duas pessoas ficaram, esta segunda-feira, feridas com gravidade ao serem atropeladas numa passadeira por uma viatura ligeira na cidade de Rio Maior, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

Avelino Fonseca, comandante dos Bombeiros Voluntário de Rio Maior, disse à Lusa que o acidente ocorreu cerca das 08:20, tendo os feridos sido transportados para o Hospital de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:45
link do post | comentar | favorito

Mel é sector importante para mundo rural, diz Rui Barreiro

 

melbio
O secretário de Estado das Florestas, Rui Barreiro, afirmou em Ourém, na Feira do Mel, que a apicultura é uma actividade importante para o desenvolvimento do mundo rural, e tem condições para crescer e dar rendimento ao território.

“O sector é, obviamente, importante naquilo que consideramos ser o desenvolvimento do mundo rural”, afirmou Rui Barreiro no final da visita à 8.ª Feira Nacional do Mel, que terminou no domingo em Ourém.

O governante adiantou que no âmbito da apicultura “estão a ser tomadas medidas de dinamização do PRODER [Programa de Desenvolvimento Rural]”, atendendo a que os investimentos neste âmbito “acabam por ser muito importantes para os pequenos e médios apicultores”.

“Por outro lado, está a ser preparado um pacote legislativo que vai enquadrar um conjunto significativo de apoios para a agricultura em geral e que, também, vai ter em atenção a apicultura”, assegurou, acrescentando que a actividade tem “condições razoáveis para crescer e para exportar e esse é um objectivo”.

Segundo Rui Barreiro, “o Governo vai preparar um pacote global de exportação onde os produtos alimentares vão ter uma preocupação essencial”.

O responsável advertiu, contudo, que a exportação requer qualidade. “Hoje, no nosso mundo globalizado e quando queremos exportar, a qualidade começa a ser essencial”, disse, adiantando que se os produtos que “resultam da fileira da colmeia não tiverem qualidade, é o país que é penalizado e os seus produtores”.

Acreditando que a apicultura pode ser importante para o desenvolvimento da actividade agrícola no país, o governante lembrou que “muitas vezes se olha para a agricultura apenas como aqueles que recebem muitos subsídios”.

Mação é um dos concelhos do distrito em que o mel se tornou uma importante fonte de rendimento, tanto que inaugurou recentemente unidade de extracção e embalamento de mel (Central Meleira), cujo investimento ronda os 200 mil euros. A cooperativa que gere os espaço, a Melbandos, engloba 400 apicultores registados dos concelhos de Mação, Vila de Rei, Sertã e Proença-a-Nova, e 80 associados. Existem em Mação “cerca de 11.000 colmeias, com uma produção média de mel de 20 a 25 quilos cada”. A capacidade média destes associados é de 30 a 50 toneladas de mel por ano.

fonte: http://www.oribatejo.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:43
link do post | comentar | favorito

Domingo, 15 de Novembro de 2009
73.º aniversário dos Bombeiros Municipais do Cartaxo

 

 
A corporação dos Bombeiros Municipais do Cartaxo está a preparar as comemorações do seu 73.º aniversário, que têm lugar dia 28 de Novembro. A partir das 11:00, está prevista a demonstração de vários exercícios operacionais, com o resgate de uma vítima num poço e o combate a um incêndio numa casa/simulador, construída para o efeito junto ao quartel.
A corporação é composta por 75 bombeiros, 43 dos quais profissionais.
 
http://marcelinomesquita.blogspot.com/


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:05
link do post | comentar | favorito

«Carvalhal não está à altura

fonte:http://www.record.pt/

Abrantes Mendes considera que o treinador Carlos Carvalhal "não está à altura do Sporting", enquanto Sousa Cintra dá o benefício da dúvida e diz que o técnico "nunca teve a oportunidade de treinar um grande" clube de futebol.

Em declarações à Lusa, o antigo presidente da Assembleia-Geral dos "leões" foi cáustico em relação à escolha do atual presidente do clube, José Eduardo Bettencourt, sublinhando que Carlos Carvalhal "não tem pergaminhos" para assumir o cargo e suceder a Paulo Bento.

"Em Portugal endeusam-se as pessoas de um momento para o outro. As coisas têm de ser feitas de maneira gradual. Estou muito preocupado com o futuro do Sporting", acrescentou Abrantes Mendes, deixando claro: "Foi a escolha possível..."

Para Abrantes Mendes, o mais indicado na actual situação do clube teria sido "manter a atual equipa técnica e esperar até ao fim da época, para preparar da melhor forma possível a próxima temporada" e não tentar arranjar "à pressa" um treinador, após falhar a contratação do atual responsável pela equipa da Académica de Coimbra, André Villas-Boas.

Sousa Cintra: "Presidente escolheu, está escolhido" 

O antigo presidente Sousa Cintra optou por frisar à Lusa: "A situação do Sporting é angustiante. A responsabilidade [da escolha] é do presidente. O presidente escolheu, está escolhido... Agora só temos todos é de apoiar".

Em relação a Carvalhal, Sousa Cintra admitiu ter pouca informação sobre o técnico e não o conhecer pessoalmente. "O que as pessoas me dizem é que se trata de um homem com capacidade, inteligência e valor. Pode ser que no Sporting possa p"r em prática tudo o que sabe", comentou.

O optimismo de Sousa Cintra estende-se às possibilidades de o Sporting ainda tentar chegar ao título nacional de futebol este ano, apesar de à 10.ª jornada ter 11 pontos de atraso para o Sporting de Braga e o Benfica e seis relativamente ao tetracampeão FC Porto.

"Temos uma equipa jovem e [Carlos Carvalhal] pode fazer um bom trabalho. Há muito campeonato ainda e as pessoas tem de acreditar que ainda podemos chegar ao título. Não há motivos para não acreditar. O Benfica está mais forte, o FC Porto também, mas nada está perdido. É preciso acreditar", rematou.

Carlos Carvalhal, que este ano orientou o Marítimo até à sexta jornada, foi hoje anunciado como novo treinador do Sporting, depois de falhadas as conversações para a contratação de Villas-Boas, e sucede no cargo a Paulo Bento, que se demitiu a 06 de Novembro na sequência da contestação de que era alvo por parte de alguns adeptos


tags:

publicado por Noticias do Ribatejo às 18:39
link do post | comentar | favorito

Câmara de Vila Franca quer comprar antiga fábrica mas oposição duvida das avaliações

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Câmara de Vila Franca de Xira pretende iniciar negociações com a imobiliária Obriverca para a aquisição da antiga fábrica de descasque de arroz, situada na zona ribeirinha da cidade e desactivada há perto de 15 anos. A velha unidade fabril constitui hoje espaço de refúgio para dezenas de pessoas sem-abrigo e um foco de insegurança, denunciado frequentemente pelos moradores mais próximos. A autarquia quer criar ali uma ampla praça pública ribeirinha, com apoios do Polis XXI, tendo em conta que os novos instrumentos de ordenamento já não vão permitir, naquele local, a construção de alguns prédios, como chegou a estar projectado.

O assunto suscitou alguma polémica na primeira reunião do executivo municipal eleito em Outubro, com a CDU a considerar "exagerados" os valores das avaliações apresentadas pela maioria socialista e a presidente da câmara, Maria da Luz Rosinha, a garantir que será feita uma nova avaliação do espaço, em paralelo com o início das negociações.

A autarca recordou que a Obriverca chegou a apresentar um projecto de um arquitecto italiano para construir três edifícios e que esse estudo até foi premiado, mas que a indefinição da Refer quanto ao futuro da Linha do Norte na travessia de Vila Franca de Xira (junto à antiga fábrica) fez com que a obra nunca avançasse. O Plano Regional de Ordenamento do Território da Área Metropolitana de Lisboa e a revisão do Plano Director Municipal acabaram por inviabilizar definitivamente a construção de prédios naquela frente ribeirinha.

Posteriormente equacionou-se a possibilidade de construir ali uma biblioteca, hipótese que foi "rejeitada" pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo e pelo Instituto da Água. Segundo Maria da Luz Rosinha, já foram, entretanto, solicitadas duas avaliações do espaço, a última das quais serviu de base à proposta apresentada à câmara para início de negociações. Quatro milhões é "de mais"Bernardino Lima, vereador eleito pela CDU, manifestou sérias reservas sobre o projecto, sobretudo porque considera que a avaliação se baseou em pressupostos desactualizados. "Avaliaram um terreno que podia ter uma construção de 10 pisos, quando todos sabemos que já não se pode construir lá nada", criticou, considerando "exagerado" atribuir um valor de 287 euros por metro quadrado àquele espaço, que dá um montante total de 2,5 milhões de euros.

"Já ouvi dizer que a demolição deve rondar um milhão de euros e vamos tentar construir uma praça que nos pode custar mais 500 mil. No fundo, essa praça vai ficar, mais ou menos, por uns 4 milhões de euros. Parece-me demasiado dinheiro", observou o autarca.

Maria da Luz Rosinha, por seu lado, defendeu que todos os espaços e equipamentos públicos têm "um custo social" e que todos os empreendimentos desse género são deficitários por natureza.

http://jornal.publico.clix.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:10
link do post | comentar | favorito

HÓQUEI EM PATINS - Sp. Tomar já sabe o que é perder

 

Jornada negativa para Sp. Tomar e Juv. Ouriense, que foram derrotados nos respectivos compromissos. Os comandados de Nuno Lopes perderam em Cascais e ficam, agora, mais longe do líder, já a uma distância de cinco pontos. Não faltou emoção ao marcador. Os locais colocaram-se na frente logo aos 8 minutos mas, num curto espaço de tempo, Gonçalo Santos e Bruno Monteiro operaram a reviravolta. O Cascais voltou a empatar, mas não demorou muito o Sp. Tomar a passar outra vez para a frente, novamente por Gonçalo Santos. No entanto, uma menos conseguida parte final de primeira parte dos tomarenses fez com que o Cascais chegasse ao intervalo a vencer por 4-3. Os lisboetas voltaram a entrar melhor e chegaram ao 6-3. Pensou-se que muito dificilmente o Sp. Tomar ainda iria ter força para lutar pela vitória, mas um golo de Bruno Monteiro e outro de Ivo Silva fizeram renascer a esperança. No entanto, foi sol de pouca dura já que o Cascais marcou mais dois tentos e chegou a uma vitória merecida.

 

 

A Juventude Ouriense, por sua vez, perdeu na recepção ao HC Sintra, resultado que coloca um travão na série bastante positiva dos ribatejanos. De referir que nesta ronda o Sesimbra bateu o Alenquer e continua a demonstrar que é candidato.

Resultados (7ª jornada): Biblioteca-Turquel, 4-3, Vasco da Gama-Santa Clara, 5-5, Parede-Beja, 7-1, Nafarros-Campo de Ourique, 4-5, Juv. Ouriense-HC Sintra, 1-2, Sesimbra-Alenquer, 8-4, Cascais-Sp. Tomar, 8-5 e Stella Maris-Ac. Amadora, 6-5. (26ª jornada): Beja-Santa Clara, ?-? Classificação: 1º Cascais, 21 pontos, 2º Sesimbra, 19, 3º Sp. Tomar, 16, 4º Juventude Ouriense, 15, 5º Nafarros, 13, 6ºs Biblioteca e Parede, 12, 8º HC Sintra, 10, 9º Alenquer, 9, 10ºs Stella Maris e Vasco da Gama, 7, 12ºs Turquel, C. Ourique e Ac. Amadora, 6, 15º Santa Clara, 4, 16º Beja, 1. Próxima jornada (21/11): Turquel-Stella Maris, Santa Clara-Biblioteca, Beja-Vasco da Gama, Campo de Ourique-Parede, Sintra-Nafarros, Alenquer-Juv. Ouriense, Sp. Tomar-Sesimbra e Ac. Amadora-Cascais.

3ª Divisão Nacional (Zona Centro)

O Mealhada continua sem deixar o primeiro lugar e sublinhou essa liderança ao obter a goleada da jornada diante do Ol. Hospital. Santa Cita cumpriu o que lhe era pedido, ou seja, venceu o Sp. Marinhense e manteve-se na segunda posição, a três pontos do líder mas com menos um jogo realizado. Menos feliz foi a Gualdim Pais, derrotada em Arazede. Ainda assim, a equipa de Miguel Jerónimo faz parte do lote de sextos classificados. No Entroncamento, excelente recuperação do União diante do Bom Sucesso, já que esteve a perder por 3-0 logo aos onze minutos mas ainda venceu por 5-3. Antes do intervalo, Boavida reduziu a desvantagem para dois golos. Logo no reatamento, o mesmo Boavida voltou a marcar, seguindo-se três golos do treinador/jogador Rui Alves. Saliência, ainda, para o derbie entre Corujas e Tigres, favorável à formação de Coruche que, assim, se mantém na perseguição ao Mealhada.

Resultados (7ª jornada): Santa Cita-Sp. Marinhense, 6-4, Hc Lourinhã-Marrazes, 3-3, Arazede-Gualdim Pais, 7-2, Corujas-Tigres, 5-4, U. Entroncamento-Bom Sucesso, 5-3 e Mealhada-Ol. Hospital, 13-3. Classificação: 1º Mealhada, 19 pontos, 2º Santa Cita e Corujas, 16, 4º U. Entroncamento, 15, 5º Tigres de Almeirim, 10, 6ºs Bom Sucesso, Gualdim Pais, Marrazes e HC Lourinhã, 7, 10º Arazede, 6, 11º Ol. Hospital, 5, 11ºs Sp. Marinhense e Vialonga, 3. Próxima jornada (21/11): Marrazes-Santa Cita, Gualdim Pais-HC Lourinhã, Tigres-Arazede, Bom Sucesso-Corujas, Ol. Hospital-U. Entroncamento e Vialonga-Mealhada.

«Rádio Hertz»



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:51
link do post | comentar | favorito

Sábado, 14 de Novembro de 2009
Liga de Amigos do Hospital certifica artistas

A Liga dos Amigos do Hospital de Torres Novas irá entregar certificados de participação aos artistas que participaram em exposições que tiveram lugar no átrio do Hospital Rainha Santa Isabel, numa cerimónia que se realiza sábado, às 16 horas, no átrio da entrada das consultas externas do hospital. Após a entrega dos certificado aos artistas que expuseram ao longo do último ano, segue-se um convívio.
http://ucatn.blogspot.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:53
link do post | comentar | favorito

Ateneu Cartaxense em festa

O Ateneu Artístico Cartaxense está a comemorar 129 anos de vida.

As iniciativas que assinalam este aniversário têm início este sábado, com uma Festa de São Martinho, e estendem-se até 13 de Dezembro.

Um programa vasto, e que alia a juventude à tradição, referiu o presidente da Assembleia Geral do Ateneu, António Gaspar.

Nesta Festa de São Martinho, lugar a um concurso da melhor água-pé dos produtores do concelho, pelas 3 da tarde, e a partir das 5, castanha assada e água-pé para toda a população.

fonte:http://radiocartaxo.x-centrico.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:12
link do post | comentar | favorito

Feira do Cavalo até domingo na Golegã

 

Há cada vez mais estrangeiros a visitar a Feira do Cavalo

 

Milhares de pessoas já passaram pela 34.ª Feira Nacional do Cavalo e 11.ª Feira Internacional do Cavalo Lusitano que decorre na Golegã até domingo, dia 15.
A novidade deste ano passa pelo campeonato de saltos em liberdade, com poldros de dois e três anos nascidos em Portugal e poldros de dois anos puro-sangue lusitano assim como uma apresentação de cavalos montados, em sessões destinadas à venda de cavalos.
A Feira da Golegã que anima as ruas da vila durante dez dias promove várias provas e concursos de diversas modalidades equestres.
É também o ponto de encontro por excelência dos criadores de cavalos que aproveitam a feira para transaccionar

http://www.otemplario.pt/



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:03
link do post | comentar | favorito

Vinhos do Tejo entre os melhores do mundo

 

Prova de Vinhos web

A Região dos Vinhos do Tejo alcançou recentemente mais uma distinção de nível internacional, com dois dos seus exemplares a figurar entre os melhores do mundo. A selecção foi de Robert Parker, um dos mais reputados wine writers americanos, que incluiu na sua mais recente publicação “Parker’s Wine Bargains – the world’s best wine values under $25”, apenas sete vinhos portugueses, dois dos quais da Região do Tejo.

A distinção inscreve-se no “índex of the best of the best” que destaca, à escala internacional, os melhores vinhos com preços inferiores a 25 dólares, privilegiando a excelência da qualidade e as mais perfeitas relações qualidade/preço.

De entre todas as regiões nacionais que se encontravam em apreciação somente dois vinhos tintos foram incluídos na lista de Robert Parker – do Tejo, o Conde de Vimioso Reserva da Falua, e  um vinho do Douro. Já no que se refere aos vinhos brancos apenas um vinho português se classificou na lista dos melhores entre os melhores e esse é também um néctar do Tejo – o Falcoaria do Casal Branco. A restrita lista de vinhos nacionais presentes na avaliação de um dos mais conceituados críticos mundiais confirma a exigência dos parâmetros em análise e certifica os atributos dos vinhos destacados.

De qualidade comprovada e, lado a lado com os melhores do mundo, os néctares do Tejo dão provas de uma excelente relação qualidade/preço e de um imenso potencial competitivo no mercado vitivinícola internacional.

 

http://www.oribatejo.pt

 


tags:

publicado por Noticias do Ribatejo às 12:34
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Invista no seu desenvolvi...

MOMENTOS NO LARGO DIA 21 ...

Município aprovou atribui...

AR E CÂMARA DE BENAVENTE ...

Aprovada a adjudicação do...

Manhãs Botânicas no Jardi...

Street Food In.Str Magica...

CARTAXO PROMOVE TROCA DE ...

FESTAS DO PORTO ALTO ESPE...

RUAS ENFEITADAS DO PEREIR...

arquivos

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds