NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 3 de Maio de 2010
SANTAREM-Causa Real
Vai realizar-se nos dias 18 e 19 de Junho, na cidade de Viseu, o XVI Congresso da Causa Real, com a realização de várias palestras abertas ao público, sobre temas de importância para o combate político monárquico e para o futuro de Portugal. Ocorrerão também, com a presença de Suas Altezas Reais ...os Duques de Bragança, diversos eventos de carácter social e político. Em breve daremos informações sobre o Programa, com a indicação de locais, horários e logística. Pretende-se que o maior número de monárquicos acorra a Viseu, podendo participar como observadores ao Congresso. As inscrições serão feitas na sede da Real Associação do Ribatejo, ( contrariamente ao veiculado, por mero lapso, em algumas paginas pessoais) para as pessoas desta região. Esteja atento. Orlando Góis Presidente da Real Associação do Ribatejo


publicado por Noticias do Ribatejo às 09:13
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-AMPV CELEBRA 3º ANIVERSÁRIO COM ENTREGA DE PRÉMIOS PRESTÍGIO
No dia 30 de Abril, o Mercado Municipal do Cartaxo transformou-se na sala de visitas da cidade que recebeu representantes de vários municípios associados da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, que foi fundada em 2007 no Cartaxo onde tem a sua sede -, como Palmela, Loures, ou Arruda dos Vinhos, assim como, da Citá del Vino - cujo Director Paolo Benvenuti esteve presente -, organização homóloga da AMPV em Itália e Carmé Ribes, Directora Geral da RECEVIN – Rede Europeia da Cidade do Vinho A Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona esteve também presente no jantar organizado pela AMPV e que teve como momento mais significativo a entrega dos Prémios Prestígio que distinguem anualmente uma Personalidade e uma Entidade cujos trabalhos no sector vitivinícola mereçam destaque. O Prémio Personalidade do Vinho 2010 foi entregue pelo Presidente da Câmara a Antero Martins, cujos trabalhos no âmbito da diversidade de castas veio dar lugar à recente formação da Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira. Antero Martins agradeceu o Prémio explicando que “este é o trabalho de um grande grupo de profissionais e técnicos – cerca de 70 a 80 pessoas – que têm vindo a trabalhar há 32 anos, com muita competência, empenho e paixão. A Associação é herdeira do trabalho passado”. O premiado explicou ainda que “somos ricos em castas e variabilidade dentro de cada casta. É necessário continuar este trabalho, de modo a evitar a erosão genética que comprometeria a sobrevivência do sector”, acrescentando que “é a diversidade que permite a produção de vinhos com características adequadas a diferentes mercados e exigências do consumidor moderno”. “Em termos da relação densidade/diversidade somos o país do mundo mais rico em castas, o que permite a Portugal estar bem preparado para responder às mudanças climáticas e às exigências do mercado, a sofisticação dos vinhos é feita da diversidade de castas”, concluiu Antero Martins. Castro Caldas recebeu, das mãos da Governadora Civil, o prémio Entidade do Vinho 2010. O Prémio foi atribuído à Viniverde – Promoção e Comércio de Vinhos Verdes, SA, sociedade que uniu várias cooperativas do vinho verde com o objectivo de melhor responder a problemas comuns. Castro Caldas agradeceu a distinção atribuída à Viniverde e reconheceu “a dificuldade que os vinhos verdes têm tido na consolidação da sua posição no mercado quer nacional, quer internacional”. A Viniverde pretende transformar as dificuldades decorrentes da especificidade do vinho verde, em oportunidades, afirmando as especificidades próprias das castas, protegendo as marcas das cooperativas e afirmando os seus valores distintivos. Durante o jantar de aniversário da AMPV foram também entregues os diplomas do IX Estágio de Jovens Viticultores da Europeus que decorreu em Arruda dos Vinhos durante a última semana e que contou com a participação de 27 jovens vindos de toda a Europa. Paulo Caldas, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo e também do Concelho Directivo da AMPV, assim como, presidente do Conselho de Administração da RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho, congratulou-se com a adesão de “tantos e tão jovens participantes neste Estágio”, afirmando que “estes jovens representam a próxima geração que, na Europa, vai conduzir o futuro do sector vitivinícola, também por isso é uma alegria entregar-lhes os diplomas que testemunham não só a aprendizagem adquirida, mas também a paixão que colocam no seu objectivo de trabalhar num sector pleno de oportunidades, mas também com muitas dificuldades para enfrentar e solucionar”. O Presidente do Concelho Directivo da AMPV agradeceu a presença de “todos os que se quiseram juntar a nós neste dia de celebração. A AMPV foi fundada no Cartaxo em 2007 com 18 municípios e 3 anos passados tem já 70 municípios associados. Dos objectivos de trabalho da AMPV sempre fez parte criar as pontes a partir das quais vamos consolidando o futuro de um sector que em cada um dos municípios cria desenvolvimento económico, cria postos de trabalho e marca a cultura dos povos”, acrescentando que “estas pontes têm vindo a ser criadas de modo consolidado. Os Prémios Prestígio, que todos os anos reconhecem o que de melhor se faz na área do vinho, quer seja na inovação e investigação, quer seja no ensino ou na produção e distribuição deste néctar que é um produto com especificidades muito próprias, são também parte destas pontes entre todas as áreas de trabalho envolvidas no sector vitivinícola que a AMPV quer ajudar a construir”.


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:31
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-CAMPINOS DESFILAM PELAS RUAS DA CIDADE
Cartaxo homenageia as tradições rurais e as pessoas que, pelo seu trabalho e dedicação, preservam e divulgam a identidade do concelho As montras e as janelas das principais ruas da cidade do Cartaxo voltaram a engalanar-se para receber a festa do Campino, este ano valorizada com o Desfile do Dia do Trabalhador. Este terceiro dia da Festa do Vinho, dia 1 de Maio, ficou marcado pelo desfile de campinos, amazonas, cavaleiros e equipagens e pela alocução e bênção ao campino, uma tradição que remonta a 1990 e que todos os anos se realiza para homenagear aquele a que Manuel Barroca – de 87 anos, mentor e impulsionador da festa do Campino – intitula de “figura ímpar do Ribatejo” e de “homem polivalente, que faz todos os trabalhos do campo”. “Não conheço nenhum ofício em que os homens tenham tanto cuidado com a sua ferramenta. E a ferramenta do campino é o cavalo. Ele está sempre em primeiro, para estes homens de fé e de grandes responsabilidades”, frisou Manuel Barroca, dirigindo-se aos campinos. Este ano, devido à realização de outros eventos ligados à cultura do campo e da tauromaquia na região, o número de campinos que participaram neste encontro ficou um pouco aquém do habitual – cerca de 25 campinos. Mas a dimensão não é o fundamental para a Comissão Organizadora, que igualou o espírito da festa às edições anteriores. E porque a festa alcançou este ano o 20.º aniversário, cantaram-se os parabéns aos campinos, que se reuniram depois do desfile em frente ao Ateneu Artístico Cartaxense, onde decorreu também a bênção. Todos os campinos receberam este ano uma medalha comemorativa do 20.º aniversário do Dia do Campino e, à semelhança dos anos anteriores, a Comissão homenageou, de forma mais particular, um campino – José Mimosa, do concelho do Cartaxo. Paulo Caldas, presidente do município do Cartaxo, registou a adesão significativa da população e dos visitantes a esta festa, “que é muito bonita e que tanto engrandece as nossas memórias, as nossas tradições e a nossa identidade”, considerou. Em sinal de reconhecimento do empenho e da dedicação que Manuel Barroca tem prestado a esta festa ao longo dos últimos 20 anos, a Câmara Municipal do Cartaxo decidiu homenagear este cartaxeiro, entregando-lhe uma placa, onde se lêem as palavras “talento, dedicação e amor ao Cartaxo”. “Neste dia do Trabalhador e do Campino, Manuel Barroca é para nós o símbolo do empenho e da excelência no trabalho. Que ele nos continue a ajudar a preservar e a divulgar as tradições da nossa terra”, apelou-lhe Paulo Caldas. Desfile do Dia do Trabalhador Integrado nas Comemorações do Centenário da República, sete carros alegóricos das freguesias do concelho desfilaram neste Dia do Trabalhador pelas ruas da cidade, demonstrando várias actividades e profissões rurais. O tanoeiro, o funileiro, o correeiro, o moleiro, o pescador, o cultivo do arroz e a caldeira de destilação foram as principais representações apresentadas neste desfile. Esta foi também uma iniciativa evocativa dos desfiles que se realizavam no concelho, desde 1903, em comemoração do Dia do Trabalho.


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:30
link do post | comentar | favorito

CARTAXO- Concurso de Vinhos
Vinhos da Adega Cooperativa do Cartaxo e da Quinta do Falcão vencem concurso no Cartaxo Prémios entregues no dia 30 de Abril, por ocasião da Festa do Vinho A Adega Cooperativa do Cartaxo e a Casa Agrícola Quinta do Falcão, situada na freguesia de Vila Chã de Ourique, foram as entidades mais premiadas no XXVI Concurso de Vinhos do Concelho do Cartaxo e XI Concurso de Vinhos da Região do Tejo “O Melhor Vinho na Produção” – colheita de 2009/2010. Os vinhos produzidos por estas duas adegas do concelho do Cartaxo foram distinguidos entre os 83 néctares levados a concurso, arrecadando cada uma três prémios. A Adega Cooperativa do Cartaxo venceu o concurso na categoria de tintos, alcançando ainda um 2.º e 3.º prémios nos vinhos brancos. A Casa Agrícola Quinta do falcão foi a melhor nos brancos, ganhando os dois primeiros prémios – do concelho e da região – e ainda um 3.º prémio nos vinhos tintos. Para Inês Monteiro, da Casa Agrícola Quinta do Falcão, estes prémios representam “um estímulo por todo o trabalho que está por trás”, sendo um “reconhecimento do nosso trabalho”. Inês Monteiro admite que não é fácil atingir a qualidade e que quando ela existe, “nem sempre é reconhecida”. Acrescenta ainda que a principal dificuldade reside na comercialização do produto – “temos de vender barato uma coisa que é caríssima de fazer”, afirmou. Para o enólogo Pedro Gil, da Adega Cooperativa do Cartaxo, receber um prémio “é sempre sinal de que estamos no bom caminho”. Um caminho no qual interferem a vinha, as tecnologias, os vitivinicultores, as condições climatéricas, entre muitos outros elementos, até porque “por vezes são os pequenos pormenores que fazem a diferença”. A respeito deste sector, considerado fundamental para a economia nacional, Pedro Gil entende que “as entidades oficiais estão por vezes um pouco distraídas, temos apostado pouco”, referiu, acrescentando que “é importante congregar todas as entidades para que se possa potenciar mais este sector”. Os prémios foram entregues no dia 30 de Abril, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas. Os 83 vinhos a concurso – 50 tintos e 33 brancos – foram apreciados pelos técnicos Azóia Bento, Carlos Sardinha da Cruz, Cármen Bento Santos, João Sardinha da Cruz, Cruz Ferreira, Leonel Cruz, Maria Vicente e Carlos do Céu. PRÉMIOS XXVI Concurso de Vinhos do Concelho do Cartaxo Colheita 2009/2010 Vinho Tinto ClassificaçãoNome 1º PrémioAdega Cooperativa do Cartaxo 2º PrémioFernando António Rodrigues Carvalho 3º PrémioCasa Agrícola Quinta do Falcão Menção HonrosaJorge Manuel Pisca A. Lúcio Menção HonrosaSaquam, Lda. Menção HonrosaCarlos António Franco da Silva Menção HonrosaPitada Verde Produção Agrícola Vinho Branco ClassificaçãoNome 1º PrémioCasa Agrícola Quinta do Falcão 2º PrémioAdega Cooperativa do Cartaxo 3º PrémioSociedade Agrícola Casal do Conde Menção HonrosaPitada Verde Produção Agrícola Menção HonrosaQuinta da Alfazema Menção HonrosaCasal d’Oiro – Soc. Agrícola Menção HonrosaJorge Miguel Reis Ricardo XI Concurso de Vinhos do Tejo Colheita 2009/2010 Vinho Tinto ClassificaçãoNome 1º PrémioAgro Batoréu, Lda. 2º PrémioQuinta do Cavalinho – Vinhos, Lda 3º PrémioSociedade Agrícola Quinta da Ribeirinha, Lda. Menção HonrosaSoc. Agricola Lagoalva de Cima SA Menção HonrosaCompanhia das Lezírias Menção HonrosaAdega Cooperativa da Gouxa Menção HonrosaAgrovalente, Lda Menção HonrosaQuinta das Torgueiras, Soc. Agrícola Menção HonrosaENOPOR Menção HonrosaTalhão, Sociedade de Vinhos Menção HonrosaAdega Cooperativa do Cartaxo Menção HonrosaQuinta Monteiro de Matos Vinho Branco ClassificaçãoNome 1º PrémioCasa Agrícola Quinta do Falcão 2º PrémioENOPOR 3º PrémioAdega Cooperativa do Cartaxo Menção HonrosaQuinta do Casal Monteiro, SA Menção HonrosaSoc. Agrícola Qta da Lagoalva de Cima Menção HonrosaSoc. Agrícola Qta da Ribeirinha Menção HonrosaCompanhia das Lezirias, SA Menção HonrosaQuinta do Cavalinho – Vinhos, Lda Menção HonrosaQta da Arriça – Botas e Moreira, Prod. De Vinhos


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:29
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-“As Mudanças do Mundo do Vinho” em debate
§ Seminário junta jovens viticultores de várias nacionalidades § AMPV completa três anos de actividade com uma clara afirmação a nível nacional e internacional § Paulo Caldas defende uma acção mais concertada entre os agentes do sector do vinho O seminário “As Mudanças do Mundo do Vinho” trouxe ao Cartaxo, no dia 30 de Abril, vários especialistas, representantes das entidades relacionados com o sector e mais de duas dezenas de jovens viticultores, de várias nacionalidades, que estão em Portugal a participar no IX Estágio Europeu para Jovens Viticultores, organizado pelo Município do Cartaxo, AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, Recevin – Rede Europeia de Cidades do Vinho e Citá del Vino. As boas-vindas foram dadas por José Arruda, secretário-geral da AMPV, que na sessão de abertura deste seminário lembrou ainda que foi no Auditório Municipal da Quinta das Pratas que, há três anos atrás, nesta mesma data, foi constituída a AMPV. “Foram 18 os municípios que subscreveram esta associação, que hoje conta com 70. Esperamos que no próximo aniversário se consiga atingir os objectivos dos 100 municípios”, adiantou José Arruda. O projecto europeu das Rotas do Vinho, os estágios para jovens viticultores, o trabalho desenvolvido junto do Parlamento Europeu para a criação do Ano Europeu do Enoturismo, a criação da Cidade Europeia do Vinho – no seguimento do projecto já consolidado da eleição da Cidade do Vinho de âmbito nacional – e a criação da Rede de Museus de Portugal foram acções destacadas por José Arruda, no âmbito do balanço da actividade da AMPV. Em representação do município do Cartaxo, o vice-presidente Paulo Varanda congratulou-se com o facto de o vinho ser o motivo de união dos jovens que frequentaram o Estágio que decorreu na última semana, evidenciando a importância desta iniciativa na criação de viticultores melhor preparados para responder aos novos desafios colocados ao sector. Marcaram também presença neste acto de abertura Carmé Ribes, directora-geral da Recevin, e Paolo Benvenuti, director-geral da Cittá del Vino e presidente da Associação Internacional Rotta del Vino. As mais-valias do enoturismo A Rota do Vinho da Península de Setúbal é considerada uma das referências nacionais em termos de enoturismo. Foi para apresentar este projecto e defender a importância do sector do vinho para a afirmação de um território, que Maria do Carmo Guilherme e Luís Calha se deslocaram desde Palmela até ao Cartaxo. O vereador Luís Calha começou por constatar que “o vinho é um sector com grande potencial de crescimento na Península de Setúbal, que valoriza o território e que tem a capacidade de gerar riqueza e postos de trabalho”. Além das oportunidades de negócio, é também “um produto que diversifica a oferta turística”. Foi a pensar na valorização desta dinâmica que nasceu há dez anos a Rota do Vinho, que resulta “de um casamento feliz entre o enoturismo e a vitivinicultura da região”, como sublinhou o vereador. E passados estes dez anos, “a Rota do Vinho é hoje uma organização viva, participada e com uma actividade bastante positiva na economia local, assente em parcerias fortes e consolidadas”, afirmou o vereador. A directora-geral da Recevin – entidade que congrega 80 cidades europeias – defendeu que o papel dos municípios “é vital para a valorização do enoturismo”. A respeito da Rota Europeia do Vinho, Carmé Ribes informou que os objectivos actuais da associação centram-se em proporcionar uma maior oferta turística, mais integrada e diversificada. Para atingir esse requisito, “há necessidade de um maior compromisso entre os agentes locais”, defendeu. Nova OCM do Vinho Francisco Mateus, técnico do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), interveio no 2.º painel deste seminário, esclarecendo as principais alterações introduzidas na nova OCM do Vinho, aprovada em 2007 pelos 27 estados membros. Francisco Mateus começou por explicar a forma como os “envelopes financeiros” passaram a ser atribuídos a cada país e é da opinião de que esta medida trouxe “mais flexibilidade e acessibilidade”. O arranque da vinha é outras das medidas contempladas na nova OCM e uma das que mais controvérsia tem gerado junto dos produtores. Para Francisco Mateus, “esta é uma forma de fazer com que os produtores que estão descontentes com o negócio do sector não saiam totalmente desprotegidos”. O técnico do IVV abordou ainda as novas regras da rotulagem, as novas práticas enológicas e as diferenças introduzidas nas designações dos vinhos. Paulo Caldas defende uma acção mais concertada entre os agentes do sector Presente na sessão de encerramento do seminário, o presidente do município do Cartaxo – e também presidente do Conselho Directivo da AMPV e presidente do Conselho de Administração da Recevin – considerou que “neste nosso mundo da vinha e do vinho tem havido falta de firmeza no rumo de algumas políticas públicas, em Portugal e a nível europeu”. Para Paulo Caldas, “a inexistência de uma acção concertada entre todos os agentes do sector tem deixado os produtores nas suas próprias mãos. Muitas vezes, fala-se mais em pacotes financeiros do que na aplicação concreta desses mesmos investimentos. É altura de fazermos as coisas de forma simples, mas concertada e em conjunto”, afirmou. Apesar deste cenário, Paulo Caldas considera que “no nosso país e na Europa temos muito bom vinho, produzido com qualidade. Essa evolução devemo-la àqueles que decidiram arriscar, recorrendo cada vez mais à modernização e à aposta em bons técnicos”, frisou. E porque o vinho foi o tema central deste seminário, o encontro terminou com a distinção dos melhores vinhos produzidos no concelho do Cartaxo e na região do Tejo, com a entrega dos prémios dos Concursos de Melhor Vinho na Produção.


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:28
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-22ª EDIÇÃO DA FESTA DO VINHO APOSTA NA QUALIDADE DOS VINHOS PRESENTES NO CERTAME
Pavilhão Municipal de Exposições abriu ontem as suas portas para quatro dias de festa, onde o vinho e a gastronomia se dão a conhecer Já começou a 22.ª Festa do Vinho do concelho do Cartaxo. A abertura do certame aconteceu ontem, dia 29 de Abril, com a cerimónia da bênção do vinho, seguida da visita dos autarcas aos expositores da festa, onde estão representados agentes do sector do vinho, instituições e artesãos que ocupam os 65 stands da Festa, tendo o espaço disponível esgotado como grande antecedência em relação à data final de reserva. Na sessão oficial de abertura, o presidente do município do Cartaxo enalteceu o contributo das instituições das oito freguesias, representadas nas tasquinhas, que ao servirem à mesa o bom vinho e a gastronomia local, “procuram mostrar o melhor da sua terra”, destacando a grande preocupação que a autarquia colocou na selecção dos vinhos colocados à venda nas tasquinhas, aumentando muito a fasquia mínima de qualidade, congratulando-se com “ a resposta empenhada que todas as tasquinhas presentes souberam dar a este desafio. O que veio complementar a grande qualidade dos produtos expostos pelas casas agrícolas e empresários do sector”. Paulo Caldas dirigiu também uma palavra aos cerca de 50 expositores do certame. “É de louvar as pessoas ligadas ao vinho e ao comércio, que nestas alturas difíceis continuam a lutar pela nossa terra, e em conjunto com os responsáveis públicos, dão o contributo necessário ao sucesso desta Festa, assim como, ao sucesso de um sector que tem ainda grandes oportunidades de crescimento no mercado nacional e internacional”, afirmou o autarca. O presidente da Câmara reforçou o orgulho que sente pelo facto do Cartaxo ser a sede da Associação de Municípios Portugueses do Vinho e de assumir a presidência da Recevin – Rede Europeia das Cidades do Vinho, o que “demonstra a capacidade que temos tido de projectar o Projecto Cartaxo Capital do Vinho além fronteiras, consolidando a posição do nosso concelho, e também da nossa região, como produtora de vinhos de elevada qualidade e com uma palavra a dizer em instituições nacionais e internacionais”. A presença da delegação da cidade de Slupsk (Polónia) – com a qual o Cartaxo mantém um intercâmbio cultural de mais de três décadas e nesse mesmo dia assinou um acordo de parceria que vem reforçar esta troca de experiências – é para Paulo Caldas “um sinal de pertença a uma comunidade maior”, assim como um sinal do seu contributo “para divulgar o nosso Portugal fora de portas”. Presente na abertura do certame, o adjunto do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas reconheceu o valor do trabalho rural, “que é muito duro e difícil”, sobretudo da vitivinicultura, que considerou ser “uma actividade delicada, dependente de uma grande quantidade de factores externos, que podem contribuir para que uma época se torne num pesadelo”, acrescentando que “há marcas de vinhos a mais no nosso país” e defendeu que “dentro de mais alguns anos, o mercado vai perceber que não se compadece com tantas marcas”. Neste primeiro dia da Festa do Vinho, o Pavilhão Municipal de Exposições recebeu já um número significativo de visitantes, que optou por jantar nas tasquinhas tradicionais, ao som da música das tunas académicas Scalabituna e TUFES – Tuna Feminina Scalabitana da ESE de Santarém


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:27
link do post | comentar | favorito

CARTAXO E SLUPSK ASSINAM ACORDO DE PARCERIA
O intercâmbio de mais de 30 anos existente entre as duas cidades é agora reforçado com um acordo de parceria em diversas áreas Uma delegação da cidade de Slupsk, da Polónia, incluindo o presidente da Câmara, Maciej Kobylinski, está de visita ao concelho do Cartaxo, a convite do presidente do município, Paulo Caldas. Além de virem conhecer o concelho, que neste momento está em festa, por ocasião da Festa do Vinho, a delegação desta cidade da Polónia – com a qual o Cartaxo mantém um intercâmbio cultural de mais de 30 anos – assinou ontem, dia 29 de Abril, um acordo de parceria com o município do Cartaxo. Paulo Caldas valorizou o relacionamento entre estes dois povos, “que felizmente não começou hoje, já vem de décadas, consolidando laços pessoais e culturais”, e frisou que “este acordo que agora assinamos deverá ser mais do que uma relação política, vem reforçar a solidez deste relacionamento em áreas como a cultura, a educaçãoe a economia enriquecendo as terras e as suas gentes”. Para o presidente da Câmara de Slupsk, “é uma honra vir finalmente ao Cartaxo” – uma terra que em Slupsk se tem conhecimento da sua existência há mais de 30 anos, afirmou Maciej Kobylinski. O presidente de Slupsk retribuiu ainda o convite, apelando à visita dos autarcas do Cartaxo a Slupsk, em Setembro, para as comemorações dos 745 anos da fundação daquela cidade polaca, convite esse aceite por Paulo Caldas


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:26
link do post | comentar | favorito

CARTAXO-Aníbal Coutinho conduz prova de vinhos no Cartaxo
O conceituado crítico de vinhos afirmou que o concelho “tem vindo a recriar-se” ao nível dos vinhos Cerca de meia centena de apreciadores de vinho participaram na Prova Conduzida, orientada pelo conceituado enólogo e crítico de vinhos Aníbal Coutinho, que decorreu na manhã do dia 1 de Maio, no Centro de Promoção Vitivinícola da Quinta das Pratas. Os provadores tiveram oportunidade de apreciar seis vinhos – dois da região do Ribatejo, um verde Alvarinho, um da Bairrada, um do Dão e um do Douro. A prova foi aberta a todos os interessados – conhecedores ou não de vinhos. Até porque, como defende Aníbal Coutinho, “qualquer português, pela tradição e ligações familiares, é um provador. A diferença entre um crítico de vinhos e um conterrâneo está na linguagem do vinho”. Se por um lado, os apreciadores “mais treinados” têm a vantagem de possuir “um código mais extenso ao nível das sensações”, a verdade é que existe “um ABC do vinho que é inato a qualquer português”, defende o enólogo, reforçando que “é com base na intimidade que os portugueses têm com o vinho que deve ser feita esta caminhada de conhecimento do vinho, através da prova conduzida”. Aníbal Coutinho admite ter “uma forma peculiar” de orientar as provas de vinho. No fundo, seja qual for o instrumento ou suporte utilizado para transmitir os seus objectivos, o que tenta sempre fazer “é gerar a confiança na prova dos vinhos e desmistificar a ideia de que o vinho possa ser um produto elitista”. Quanto aos vinhos do concelho, Aníbal Coutinho considera que “o Cartaxo tem vindo a recriar-se e a posicionar uma série de vinhos de qualidade no mercado”. E justificou, dando como exemplo o facto de haver “marcas do concelho líderes de venda, como o Xairel da Adega Cooperativa do Cartaxo, mas também vinhos de gama alta, que resultam de novos projectos, como os vinhos Vale d’Algares, que são actualmente um grande ícone”, afirmou o enólogo.


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:26
link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Maio de 2010
PARABÉNS MIGUEL ARRAIOLOS
Miguel Arraiolos conquista medalha de bronze em Sub-23 no CAMPEONATO DA EUROPA EM FRANÇA Miguel Arraiolos, conquistou esta tarde a medalha de bronze em Sub-23 no Campeonato da Europa de duatlo, que decorre em Nancy, França. O atleta do Águias de Alpiarça ficou atrás do francês Etienne Diemunsh (1.º) e do espanhol Oscar Vicente (2.º).


publicado por Noticias do Ribatejo às 13:04
link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Maio de 2010
SANTAREM-A radio que marcou a luta pela legalizacao das radios piratas completa no proximo sabado 30 anos
Caso único no país, a Rádio Pernes - rádio local do concelho de Santarém - que completa três décadas ao serviço da população, nunca se vergou ao poder dos grandes grupos económicos e mantém a mesma filosofia e direcção desde o primeiro minuto de emissões, proeza assinalável numa época particularmente difícil para as pequenas e médias empresas. Para assinalar a data, a rádio vai organizar uma festa, que vai contar com milhares de ouvintes. Marco Paulo e UHF são alguns dos nomes que compõem o cartaz, do grande espectáculo que começa às 14h30 e se prolonga por mais de 10 horas, na Quinta “A Tufeira” em Pernes. A Rádio Pernes foi pioneira das chamadas rádio livres, que marcaram o inicio da década de 80 e foi fruto do sonho de José Guilherme Paradiz, ex-técnico de rádio na Emissora Católica de Angola, Rádio Clube de Moçambique e Rádio Renascença, que já em 1959 realizara algumas emissões piratas. Antes da rádio, José Guilherme Paradiz fundou a primeira televisão regional pirata, que emitia regularmente desde Pernes. No inicio da década de 80, a emissora quebrou o monopólio da RTP, chegando a emitir a cores ainda antes da estação publica de televisão o fazer. Depois do histórico genérico que encerrava as emissões da RTP a Televisão Amadora de Pernes, iniciava as suas transmissões para toda a região. Por ter sido o pioneiro nas emissões piratas de televisão, José Guilherme Paradiz teve o primeiro processo do género em tribunal. http://tv4semanas.com/


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:51
link do post | comentar | favorito

CORUCHE-Coruche organiza segunda edição da Feira Internacional
A Câmara Municipal de Coruche vai organizar a segunda edição da Feira Internacional da Cortiça (FICOR), entre 28 e 30 de Maio. Durante esta iniciativa será apresentado o projeto de funcionamento do Observatório do Sobreiro e da Cortiça, cujo financiamento foi aprovado no âmbito dos fundos comunitários da CCDR do Alentejo. Na apresentação da FICOR, o presidente da Câmara, Dionísio Mendes, referiu que a autarquia viu aprovada uma candidatura coletiva ao Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (Provere) no valor de 500 mil euros. RTP


publicado por Noticias do Ribatejo às 11:19
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

Fórum Cultural em Arruda ...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

Santarém retoma liderança...

União de Tertúlias de Aza...

Mercado de Outono e ofici...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds