NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 3 de Julho de 2014
SAMORA CORREIA: Festival de Gastronomia da Leziria Ribatejana

Realiza-se de 4 a 13 de Julho de 2014 mais um Festival de Gastronomia da Leziria Ribatejana, na Praça da Republica em Samora Correia.

No certame podem provar imensas iguarias da região do Ribatejo

 

 

26º Festival de Gastronomia da Lezíria Ribatejana

16º Festival de Carnes Bravas

8º Concurso do Arroz Doce

7º Festival do Torricado de Bacalhau

:: De 04 a 13 de Julho - Na Praça da República, em Samora Correia

 Na sexta-feira, dia 04 de Julho, pelas 19.00horas, no Palácio do Infantado,  haverá a Projecção de um Vídeo com registos de imagens do Festival de Gastronomia


publicado por Noticias do Ribatejo às 15:26
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Rede de Bibliotecas do Município de Azambuja

 

Nestes meses de julho e agosto de 2014, as três bibliotecas da rede municipal de Azambuja voltam a promover diversas atividades.

 

Destaque, neste mês de julho, para a exposição “Crescer a Ler – Come a sopa Marta”, patente até ao dia 17 em Azambuja. Refira-se que a biblioteca da sede de concelho vai encontrar-se encerrada de 2 a 18 de agosto para trabalhos de manutenção e inventário.  

Em Aveiras de Cima, o Centro Cultural Grandella, irá encerrar a 15 de Agosto reabrindo no dia 2 de setembro.  

 

Azambuja e Aveiras de Cima funcionam de 3ª a sábado entre as 10h30 e as 18h30; Alcoentre, no mesmo horário mas de 2ª a 6ª. Sublinhe-se que o acesso a todas as atividades é totalmente gratuito, basta aos interessados inscreverem-se na receção das bibliotecas.

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AZAMBUJA

 

 Exposição “Crescer a Ler – Come a sopa Marta”

 Patente até 17 de julho

Depois de assistirem à história na Biblioteca, os meninos em idade pré-escolar e as professoras, foram desafiados a fazer trabalhos manuais sobre o que ouviram e gostaram mais na história… e cá temos o resultado…

 

Leia Connosco…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema na sala dos adultos. Para Julho e Agosto o destaque será para o tema “Viajar com os livros”.  

 

Visitas Guiadas

Sextas-feiras _ 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

  

NOTA: A bilblioteca encerra no dia 2 de agosto, para manutenção e inventário, e reabre no dia 19.

 

 

BIBLIOTECA CENTRO CULTURAL GRANDELLA – AVEIRAS DE CIMA

 

Este mês lemos…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema. Em Julho o autor escolhido é José Saramago. No mês de agosto o destaque será para a literatura de viagens.

 

Visitas Guiadas

Sextas / 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

  

NOTA: A biblioteca encerra no dia 15 de Agosto, e reabre no dia 2 de Setembro, para manutenção e inventário.

 

 

BIBLIOTECA PALÁCIO CONSELHEIRO FREDERICO AROUCA – ALCOENTRE

 

À volta dos livros…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor. Em julho e agosto o autor escolhido é Tiago Rebelo..

 

Ler no lar para actividades inventar

Terças e quintas às 14H30

Visitas o Centro de Dia de Alcoentre para realizar leituras seguidas de actividades dirigidas aos séniores.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:19
link do post | comentar | favorito

RIO MAIOR: “Os Verdes” querem respostas sobre poluição no Rio Maior

 

 

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar “Os Verdes”, entregou na Assembleia da República 3 perguntas em que questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, do Ministério da Agricultura e do Mar e, ainda, o Ministério da Administração Interna, sobre a poluição no Rio Maior.

 

Pergunta dirigida ao Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia:

 

O Rio Maior tem sido, em conjunto com a Ribeira dos Milagres em Leiria, uma dos cursos de água mais castigados, ao longo de décadas, pela poluição em especial de origem suinícola. Nascido no Concelho a que dá o nome, atravessa ainda os Concelhos de Santarém, Cartaxo e Azambuja (desde as obras da responsabilidade da Administração Central em meados do Séc. XIX, altura em deixou de desaguar no Rio Tejo na zona do Vale de Santarém, para ser ligado à Vala da Asseca e Vala Real da Azambuja), antes de se tornar afluente do Tejo. Naquela altura era ainda um importante meio de comunicação, fonte de desenvolvimento económico, de bem-estar e de qualidade de vida. Hoje tornou-se um rio abandonado à morte, convertido em mero passivo ambiental, problema de saúde pública, fonte de preocupação e de degradação da qualidade de vida das populações ribeirinhas.

 

É inegável que as unidades de criação suinícola, existentes ao longo das suas margens, em particular nos Concelhos de Rio Maior e de Santarém, têm constituído parte substancial do problema de poluição do Rio Maior, seja diretamente pelas escorrências ou descargas, intencionais ou acidentais, de efluentes poluentes para o seu curso de água ou para ribeiras afluentes do mesmo, seja pela deposição de chorume no solo ou espalhamento em campo agrícola poluindo a médio prazo os lençóis freáticos da sua bacia.

 

A luta das populações e de associações de defesa do ambiente, designadamente de cariz local, tem sido fundamental para chamar a atenção do problema, para reunir informação, para procurar soluções.

 

Em 1995, entrou em funcionamento uma estação de tratamento de efluentes suinícolas (ETES) localizada na Freguesia de Alcobertas (Concelho de Rio Maior), na altura considerada pioneira no tratamento de efluente suinícola daquela região com aproveitamento de lamas inertizadas para fins agrícolas e aproveitamento do biogás na produção de energia elétrica (cogeração) para funcionamento da própria estação e para venda do excedente à rede elétrica nacional. No entanto, hoje encontra-se inativa, abandonada e em degradação, apresentando riscos ambientais e de segurança designadamente por se encontrar localizada em solos de elevada permeabilidade, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC). A gestão da ETES de Alcobertas foi assegurada pela ADSAICA, organização criada em 1990 pelos sete municípios da área do PNSAC e pelo então Instituto de Conservação da Natureza (ICN).

 

De acordo com a comunicação social da altura, com a conversão do ICN em Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICN-B), a manutenção da estação foi-se degradando com a perda do técnico que geria a ETES e do funcionário que retirava as lamas que não foram substituídos.

 

Em 2010 a direção da ADSAICA, presidida então pela Câmara Municipal de Alcanena, assumindo a incapacidade para gerir a ETES, aprovou em assembleia geral a sua doação ao Município de Rio Maior, que assumiu a intenção de arrancar com um projeto de recuperação e reativação, orçado em 100 mil euros numa primeira fase. Já posteriormente, em 2012, foi assinado entre a autarquia de Rio Maior e a Junta de Freguesia de Alcobertas um protocolo de transferência deste equipamento para a alçada da Junta de Freguesia, mantendo-se porém a mesma por recuperar e inativa. A Junta de Freguesia chegou a defender ser a ETES economicamente sustentável uma vez que dos 100 mil euros orçados, 60 mil já não seriam necessários já que a Junta de Freguesia dispunha já de trator e cisterna, apostando na venda do fertilizante, resultante do tratamento do resíduo, para a agricultura para providenciar o financiamento restante necessário.

 

E contudo, a ETES continua sem funcionar devidamente e o problema ambiental e das populações continua a agravar-se. Por outro lado, verifica-se que o Governo, por via do ICN, se demitiu por completo da questão e acabou por alijar responsabilidades com a doação da ETES a uma das autarquias deixando de fazer parte da solução.

 

Assim, nos termos constitucionais, legais e regimentais solicito a Vª Exª Sra. Presidente da Assembleia da República que remeta a presente pergunta ao Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia para que me possa responder às seguintes questões:

 

  1. Como é que qualifica o MAOTE o estado do Rio Maior enquanto recurso hídrico de superfície

e quais as suas causas poluentes identificadas?

  1. Encontra-se em funcionamento a ETES de Alcobertas? Se sim, possui a mesma o devido

licenciamento?

  1. Por que razão entrou em degradação a ETES de Alcobertas?
  2. Qual a responsabilidade do então ICN ou ICNB na perda do técnico ou do funcionário da

ETES? E na decisão de entregar a ETES ao Município de Rio Maior?

  1. Entende o MAOTE que a gestão dum equipamento desta natureza deve ser responsabilidade

apenas de uma autarquia, mormente de uma Freguesia?

  1. Qual o nível de envolvimento e de responsabilidade que entende o MAOTE dever ter para

com a gestão da ETES de Alcobertas?

  1. Qual o nível de envolvimento administrativo e financeiro que o MAOTE admite assumir na

resolução da poluição do Rio Maior, nomeadamente no que toca ao tratamento dos efluentes

suinícolas?

  1. Qual o ponto de situação da execução da ENEAPAI (Estratégia Nacional para os Efluentes

Agrícolas e Agroindustriais) que identificava em 2007 a zona de Rio Maior como um núcleo

prioritário de intervenção? O que foi feito desde então?

  1. Que medidas irá tomar o MAOTE através do ICNF, da APA ou de outra entidade para

promover a cessação da poluição do Rio Maior pelas suiniculturas e a limpeza do seu leito e

margens?

 

Ao Ministério da Agricultura e do Mar foram dirigidas as seguintes questões:

 

O conhecimento da realidade do sector das suiniculturas na região da bacia do Rio Maior é fundamental para encontrar soluções que compatibilizem a atividade económica e o emprego, o bem estar animal e o respeito pelo meio ambiente e qualidade de vida das populações ribeirinhas. O envolvimento dos Ministérios das pastas do Ambiente e da Agricultura na procura de soluções ambientalmente responsáveis e com viabilidade económica para o sector é fundamental mas não tem sido, de há décadas a esta parte, uma realidade. A existência de uma ETES a funcionar num sistema participado pelos produtores pecuários da região poderia ser um caminho como a ENEAPAI apontava.

 

Assim, nos termos constitucionais, legais e regimentais solicito a Vª Exª Sra. Presidente da Assembleia da República que remeta a presente pergunta ao Ministério da Agricultura e do Mar para que me possa responder às seguintes questões:

 

  1. Quantas suiniculturas estão identificadas nos Concelhos de Rio Maior e de Santarém

(freguesias de Almoster, Póvoa da Isenta e Vale de Santarém) na bacia do Rio Maior em

laboração e inativas?

  1. Quantas estão devidamente licenciadas (licenciamento de atividade pecuária e licenciamento

de descargas para o meio hídrico)?

  1. Com que equipamentos de tratamento dos efluentes estão essas unidades equipadas?
  2. Quantas destas foram alvo de ações de fiscalização, de quantas e em que anos, nos últimos 5 anos?
  3. Qual o resultado dessas ações de fiscalização (quantos autos de contraordenação, quantas

condenações)?

  1. Qual o nível de envolvimento administrativo e financeiro que o MAM admite assumir na

resolução da poluição do Rio Maior, nomeadamente no que toca ao tratamento dos efluentes

suinícolas?

  1. Qual o ponto de situação da execução da ENEAPAI (Estratégia Nacional para os Efluentes

Agrícolas e Agroindustriais) que identificava em 2007 a zona de Rio Maior como um núcleo

prioritário de intervenção? O que foi feito desde então?

  1. Que medidas irá tomar o MAM para promover a adesão dos produtores a um sistema mais

eficaz de tratamento dos efluentes e resíduos suinícolas?

 

Ao Ministério da Administração Interna foram dirigidas as seguintes questões:

 

A fiscalização das suiniculturas, designadamente através do SEPNA-GNR é fundamental no sentido de exercer uma atuação pedagógica e de garantir o respeito pela legislação vigente a nível de licenciamento e cumprimento das normas ambientais.

 

Assim, nos termos constitucionais, legais e regimentais solicito a Vª Exª Sra. Presidente da Assembleia da República que remeta a presente pergunta ao Ministério da Administração Interna para que me possa responder às seguintes questões:

 

  1. Quantas suiniculturas estão identificadas nos Concelhos de Rio Maior e de Santarém

(freguesias de Almoster, Póvoa da Isenta e Vale de Santarém) na bacia do Rio Maior em

laboração e inativas?

  1. Quantas queixas/denúncias existiram em relação às suiniculturas em questão nos últimos 5

anos ou em relação a descargas poluentes no Rio Maior de causa desconhecida?

  1. Quantas suiniculturas foram alvo de ações de fiscalização, de quantas ações e em que

anos, nos últimos 5 anos?

  1. Qual o resultado dessas ações de fiscalização (quantos autos de contraordenação, quantas

condenações)?

 

O Grupo Parlamentar “Os Verdes”,

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:14
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: Exposição de escultura “Loading…” de Rafael Pessoa Antunes




Estará patente ao público de 5 de Julho a 31 de Agosto a exposição de escultura “Loading…”de Rafael Pessoa Antunes, no Centro de Interpretação e Educação Ambiental do Cais da Vala.

A inauguração está agendada para o próximo sábado, dia 5 de Julho pelas 16 horas.

 

Rafael Pessoa Antunes

Frequentou o Mestrado de Pintura na Faculdade de Belas Artes de Lisboa

Formado em Multimédia e escultura pela Universidade de Évora.

Actualmente Formador na Disciplina de Comunicação Gráfica e Audiovisual na Escola Profissional Vale do Tejo e Escola Profissional de Salvaterra de Magos.

 

“A escultura é encontrada num espaço de reflexão, um campo expandido, onde o tempo e os alicerces materiais que sustentam a obra são mutuamente questionados, o descontextualizar de objectos sem que estes fujam à sua função primária, ou escapem à real natureza da sua expressão…”


publicado por Noticias do Ribatejo às 14:16
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS:

 

 

 

Com o objectivo de sensibilizar a população jovem a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos criou o Projecto “Voluntariado Jovem” no âmbito do banco local de voluntariado.

Seguindo o lema: Não sabes como ocupar o teu tempo livre nestas férias?Vem juntar-te a nós e fazer voluntariado em várias instituições do concelho.

A campanha de divulgação junto da comunidade, tem como  intuito o angariar jovens para o projecto e assim ocupá-los neste período de férias escolares duma forma saudável e útil.
O projecto decorrerá nos meses de Julho, Agosto e 1ªsemana de Setembro, contemplando várias áreas:


publicado por Noticias do Ribatejo às 14:13
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Julho de 2014
CARTAXO: BLUES PARA O PRESIDENTE

 

Luís Bruno Lourenço, diretor do Agrupamento de Escolas D. Sancho I, trouxe sete alunos e dois maestros voluntários, outras tantas partituras e instrumentos e ocupou de surpresa o átrio da Câmara Municipal do Cartaxo com a música da Small Band – nome escolhido em alternativa à designação Big Band, associada às grandes bandas jazz que fizeram sucesso, em especial nos Estados Unidos da América, nos anos 20 do século passado.

 

A tarde do dia 1 de julho foi a escolhida para uma iniciativa que pretendeu ser uma surpresa oferecida ao presidente da Câmara, Pedro Magalhães Ribeiro, que “por compromisso do Município não pôde estar connosco no dia que a nossa Small Band fez a sua apresentação mundial”, ironizou divertido Luís Bruno Lourenço, a banda constituída por 7 jovens entre os 14 e os 16 anos, resolveu “fazer esta surpresa ao presidente porque ele merece”, afirmou.

 

Surpreendido, Pedro Magalhães Ribeiro foi recebido com Blues, original de Bruno Cardoso e uma das três peças adaptadas que a banda interpretou.

 

O autarca assegurou que “esta foi de facto uma surpresa muito agradável”, afirmando que “este vosso projeto alia dois ou três princípios que tenho como fundamentais para a evolução das sociedades enquanto organizações coesas e fortes, a cultura como instrumento de união entre gerações, a abertura e a ligação da escola à comunidade, o trabalho voluntário motivado apenas pelo prazer de aprender, de partilhar conhecimentos, de encontrar novos modos de nos expressarmos e de estarmos juntos”.

 

Para o presidente da Câmara “esta banda é a prova de que a escola não acaba dentro de quatro paredes, ultrapassa os conteúdos pedagógicos obrigatórios”, preocupação que reconhece em Luís Bruno Lourenço e no modo como “para além da gestão do agrupamento de escolas, se empenha na formação humana, de pessoas mais abertas, com mais mundo e precisamos muito de pessoas com mais mundo para fazer evoluir a nossa comunidade”.

 

Small Band quer crescer em músicos e reportório

Mariana é a única rapariga da banda, os outros oito elementos são 6 jovens e dois maestros – José Luís e Bruno Cardoso -, que coordenam o trabalho, organizam os ensaios e adaptam as peças aos músicos e instrumentos disponíveis – duas ou três gerações que desde abril deste ano se juntam uma vez por semana para aquilo a que José Luís chama de “praticar a linguagem”. 

 

Small Band  “é um projeto musical na área do jazz, que está aberto a todos os que queiram participar, é nosso objetivo que mais músicos se venham a juntar ao grupo, só começámos em abril, estamos mesmo no princípio do trabalho” explicou José Luís que considera que “este projeto não seria possível sem as filarmónicas e a excelente formação de base que deram a estes jovens, temos elementos que passaram pela filarmónica de Pontével e da Ereira”, referindo-se à Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense e à Sociedade Filarmónica Ereirense.

 

A mesma opinião tem o diretor do Agrupamento D. Sancho, “percebemos que tínhamos muitos jovens que eram nossos alunos ou ex-alunos, que tinham formação musical a partir da sua passagem pelas filarmónicas e que queriam continuar a tocar, experimentando uma nova linguagem musical”, referindo que “o José Luís e o Bruno são as razões deste projeto existir, pelo modo voluntário e pela enorme disponibilidade para estarem com os jovens, para os ensinarem e tocarem ao seu lado, num projeto que nasceu na escola, no agrupamento, mas pertence à comunidade”.

 

Para além da peça Blues, com que recebeu o presidente da Câmara, a banda interpretou ainda as peças All of Me e Summer Samba.

 

Small Band, agora constituída por um piano, uma bateria, uma flauta, uma guitarra elétrica, um trombone, um bombardino, um trompete e dois saxofones altos, vai continuar a ensaiar e a alargar o seu reportório até estar pronta para aceitar o convite que Pedro Magalhães Ribeiro lhe deixou “que a vossa primeira apresentação pública seja no Centro Cultural do Cartaxo”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:29
link do post | comentar | favorito

GOLEGÃ: Assembleia Municipal aprova proposta de reactivação da Comissão de Defesa do Rio Almonda
Na sessão de Assembleia Municipal da Golegã, realizada no passado dia 30 de Junho, a coligação "Golegã Concelho com Futuro" PSD/CDS-PP apresentou e viu aprovada por unanimidade uma proposta de reactivação da Comissão GRUDAL - Grupo de Defesa do Rio Almonda.


Relembre-se que este grupo foi constituído no mandato de 2005-2009 e desenvolveu o seu trabalho até às eleições autárquicas de 2009, altura em que deixou de reunir. Ao longo dos anos foram várias as intervenções do ex-vereador do PSD, Carlos Simões, que integrou a Comissão, para que a mesma continuasse o seu trabalho, olhando às situações recorrentes de verdadeiros atentados ambientais, com derrames de efluentes não tratados e a frequente mortandade de peixes.





Uma das últimas situações envolveu até a empresa Águas do Ribatejo e as alegadas deficientes condições de funcionamento de uma determinada estação elevatória da cidade de Torres Novas. E ainda recentemente o mesmo munícipe levou à Assembleia Municipal o seu protesto contra a situação de calamidade em que se encontra a Vala das Cordas, um dos cursos de água afluentes do Rio Almonda com mais impacto na Reserva Natural do Paúl do Boquilobo.


Reserva Natural esta que, conforme foi tornado público no colóquio realizado há poucos dias na Golegã, apresenta uma qualidade de água considerada "crítica".


Por todos estes motivos, a coligação PSD/CDS-PP entendeu ser de todo fundamental que a problemática da poluição no Rio Almonda volte a merecer a melhor atenção por parte das forças políticas do Concelho, representadas na sua Assembleia Municipal, bem como de outras forças vivas do Município, conforme se poderá apurar na proposta em anexo.


Entendeu também que esta Comissão GRUDAL, logo que constituída, encete os seus trabalhos com carácter de urgência e com a regularidade que se impõe e que a mesma se posicione, e trabalhe no sentido de assim ser considerada, como parceira natural dos órgãos de gestão da Reserva Natural do Paúl do Boquilobo.


Por: Carlos Paula Simões, pela bancada da AMG da Coligação "Golegã Concelho com Futuro" PSD/CDS-PP


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:26
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 1 de Julho de 2014
Galp Energia e Gold Energy vencem 2.º leilão de energia da DECO

 

 

A proposta apresentada pela Galp Energia ganha na modalidade de eletricidade simples e dual (gás e eletricidade) simples. Já a proposta da Gold Energy vence na modalidade dual bi-horária.

 

A DECO louva a participação responsável e transparente dos comercializadores concorrentes e congratula-se com os benefícios imediatos que esta iniciativa trouxe aos consumidores:

 

•           por um lado, conseguimos travar o aumento médio de 2,4% nas tarifas, previsto para 1 de julho (ao que acresce a poupança anual dos tarifários vencedores);

•           por outro, impedimos que o tarifário dual continuasse a ser indexado aos aumentos trimestrais do regulador. Assim, os consumidores que aderirem aos tarifários vencedores poderão beneficiar de um preço fixo no gás até à revisão anual de julho de 2015 e só verão a sua tarifa da eletricidade revista em janeiro de 2015.

 

Aos consumidores participantes no leilão e que contratem os tarifários propostos, a DECO garante ainda, através de acordo firmado com os comercializadores, contratos isentos de cláusulas lesivas e sem penalização por cessação antecipada do contrato de fornecimento, bem como níveis elevados de qualidade no serviço de apoio a clientes.

 

Estes consumidores começarão a receber os cálculos de poupança personalizados a partir de 15 de julho, para decidirem se querem ou não mudar de comercializador.

A DECO agradece aos portugueses a confiança depositada na Associação, que se traduziu numa adesão ao leilão superior a 160 mil subscritores. Congratulamo-nos ainda pela forma aberta e equilibrada como, uma vez mais, este projeto foi recebido pelos meios de comunicação, transformando-o numa verdadeira campanha de informação e mobilização dos consumidores e das famílias.

 

Mudámos o mercado com o primeiro leilão. Com o segundo, garantimos que todos juntos pagamos menos.

 

A nossa equipa técnica encontra-se a elaborar os cálculos médios de poupança para as tarifas vencedoras, que tencionamos divulgar durante o dia.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:25
link do post | comentar | favorito

ABRANTES: Rastreio do Cancro da Mama no concelho de Abrantes

 

Esta ação realizada pelo Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro tem como objetivos a deteção do cancro da mama num estádio o mais precocemente possível, aumentando, assim, as possibilidades de cura, proporcionando um tratamento menos agressivo, incrementando a sobrevivência (com maior qualidade de vida) e diminuindo a mortalidade desta doença.

Para a consecução deste programa são utilizadas unidades móveis e fixas, guarnecidas por técnicas credenciadas em radiologia, que executam os respetivos exames às mulheres (convidadas, através de carta personalizada, a participar) com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos, grupo etário a que se destina o rastreio.

Posteriormente, os exames são avaliados por uma equipa de médicos radiologistas, que elaborarão os respetivos relatórios.

O calendário das ações de rastreio é o seguinte:

Bemposta, junto ao parque de festas, até 4 de julho;

Vale das Mós, dia 7 de julho;

São Facundo, dias 8 e 9 de julho;

Tramagal, junto à extensão de saúde, de 11 a 22 de julho;

São Miguel do Rio Torto, junto ao edifício da Junta, de 23 a 30 de julho;

Pego, junto ao edifício da Junta, dia 1 de agosto e de 18 a 22 de agosto;

Alvega, Praça da República, de 25 a 27 de agosto;

Concavada, 28 e 29 de agosto;

Carvalhal, junto ao edifício da Junta, 2 e 3 de setembro;

Fontes, 3 e 4 de setembro;

Souto, 5 e 8 de setembro;

Martinchel, 8 de setembro;

Aldeia do Mato, 9 de setembro;

Alferrarede, 10 a 22 de setembro;

Rio de Moinhos, 23 a 26 de setembro;

Mouriscas, 29 de setembro a 1 de outubro;

Rossio ao Sul do Tejo, 2 a 9 de outubro

Cidade de Abrantes, 10 de outubro a 19 de novembro

 

O horário de funcionamento da unidade é de segunda a quinta-feira das 9H00 às 13H e das 14H às 17H30 e sexta-feira das 9H00 às 13H.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:23
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: YOGILATES

Nova modalidade do Turris Estúdio

 

 

No dia 5 de julho, sábado, marque presença no Open Day de Yogilates e venha experimentar esta nova modalidade. Este realiza-se às 10h30, no Turris Estúdio das Piscinas Municipais Fernando Cunha, em Torres Novas, e tem participação gratuita!

 

Yogilates é uma combinação inovadora e eficaz de Yoga, Acro Yoga, Partner Pilates, Yoga Restruturativo, Meditação, Respiração Consciente e Massagem Thai-Yoga, em que numa aula de grupo se retira o maior proveito de todas estas maravilhosas práticas para criar bem-estar e equilíbrio total.

 

Dos diversos benefícios que esta modalidade apresenta salientam-se: realinhamento postural e maior consciência corporal e respiratória; corpo mais forte, flexível, equilibrado e harmonioso; reforça o sistema imunitário e melhora todas as funções fisiológicas (sistemas respiratórios, circulatório, digestivo, nervoso e músculo-esqulético); acalma a mente e diminui o stress e ansiedade; relaxa e melhora a qualidade do sono; melhora a auto-estima e a auto-confiança.

 

Se depois de experimentar se quiser inscrever pode fazê-lo na receção das Piscinas. As aulas de yogilates durante os meses de julho e agosto têm lugar às segundas e quartas, às 20h00 e são dadas pelo instrutor José Carlos Santos, licenciado em Educação Física, Instrutor Certificado de Pilates e Happy Yoga e Terapeuta de Shiatsu e Tui Na.   

 

Vá experimentar e descubra os benefícios desta dupla modalidade!   



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:20
link do post | comentar | favorito

OURÉM: Conservatório de Música de Ourém e Fátima aposta no ensino do órgão histórico

José Luis González Uriol, especialista em Música Antiga de Tecla e organista de prestígio mundial indiscutível, deslocou-se especialmente a Portugal para inaugurar o novo órgão do Conservatório de Música de Ourém e Fátima. O concerto reuniu importantes personalidades ligadas ao órgão histórico português. 

 

 

“Estamos perante o conservatório mais bem equipado a nível nacional para o ensino do órgão histórico”, referiu João Vaz, reconhecido organista português e consultor permanente para o restauro dos seis órgãos da Basílica do Palácio Nacional de Mafra, na sexta-feira passada, dia 27, no auditório do Conservatório de Música de Ourém e Fátima.

No momento, o conceituado organista José Luís Gonzaléz Uriol inaugurou o novo órgão do Conservatório, um investimento de 73.800 euros, financiados em parte pelo PRODER. Gonzaléz Uriol apresentou um repertório com peças dos séculos XVI, XVII, XVIII e XIX, no órgão construído pelo mestre organeiro Dinarte Machado, também presente no evento.

Dinarte Machado, que restaurou todos os órgãos históricos dos Açores e da Madeira, foi ainda responsável pelo restauro dos órgãos da Basílica da Estrela, do Convento de Mafra e do Mosteiro de Lorvão, entre outros. O mestre organeiro, que reproduziu um órgão histórico de características portuguesas a partir de um instrumento existente numa igreja na ilha do Pico, é também especialista na construção organeira de António Xavier Machado e Cerveira e Joaquim António Peres Fontanes. O órgão de armário responde às necessidades de uma escola e às condições acústicas de um auditório relativamente recente. Fica ainda disponível para a Musicoterapia, outra aposta deste Conservatório.

“É a escola mais bem equipada para o ensino de órgão”, reforçou Dinarte Machado, que ainda assinalou a importância do concurso nacional de órgão que decorreu naquele auditório no dia seguinte. Gonzaléz Uriol abraçou o organeiro, num momento emocionado para o que diz que “é nas mãos dos outros que vejo o meu trabalho.” Dinarte Machado teve o privilégio, em Fátima, de ver a sua obra inaugurada pelas mãos de um dos mais importantes organistas do mundo.

 

Investimento contribui para a preservação

da identidade musical portuguesa

Para uma plateia onde estiveram o Padre Rui Marto, João Vaz, docente na Universidade de Évora e na Escola Superior de Música de Lisboa, o organista Rui Paiva e o Mestre Organeiro Dinarte Machado, Margarida Oliveira, professora de Órgão do Conservatório e importante organista nacional, agradeceu a presença de Gonzaléz Uriol no concerto e como júri do Concurso Nacional de Órgão. Agradeceu ainda à Câmara de Ourém, “apoio sem o qual o CMOF não poderia desenvolver os inúmeros projetos desta instituição na cidade de Fátima.”

João Vaz recorda a aluna Margarida Oliveira no Instituto Gregoriano de Lisboa. “Estava longe de imaginar que aquela aluna iria ter um papel tão importante no ensino do órgão em Portugal, concretamente à frente do conservatório mais bem equipado, com seis órgãos de tubos mecânicos, com a maior classe de órgãos do país e também com o Concurso Nacional de Órgão mais concorrido”, referiu.

Margarida Oliveira sublinhou que os princípios do rigor e da qualidade de ensino do CMOF assentam também na importante aquisição dos equipamentos adequados. “Só desta forma poderemos ter jovens mais bem formados, adquirindo aqui a técnica e a sensibilidade”, disse a professora.

“Cremos ter alguma responsabilidade no investimento do nosso património cultural. Este é o segundo instrumento encomendado ao mestre organeiro Dinarte Machado, privilegiando assim e preservando também a organaria portuguesa”, acrescentou Margarida Oliveira.

Assinalado por Gonzaléz Uriol, João Vaz e Margarida Oliveira foi o fato deste investimento contribuir indiscutivelmente para a preservação da identidade musical portuguesa.

 

Concurso Nacional de Órgão e Estágio em Mafra

No sábado, dia 28, decorreu no auditório de Fátima do Conservatório o terceiro concurso nacional de órgão, um dos mais concorridos concursos a nível nacional. O júri era constituído por Margarida Oliveira, Rui Paiva, João Vaz, António Esteireiro e José Luís Gonzaléz Uriol.

Para a semana, nos dias 6, 7, 8 e 9 de julho, o CMOF promove em o estágio a seis órgãos, na Basílica do Palácio Nacional de Mafra. A atividade será orientada pelo Professor Doutor João Vaz.

O mesmo terá uma componente individual, na qual os alunos trabalharão separadamente com o orientador e outra colectiva, na qual os alunos tocarão a seis órgãos em simultâneo.

No dia 6 de Julho às 16 horas, os alunos começarão com a assistência ao quinto concerto do "IV Ciclo de Concertos a Seis Órgãos", contando com a já habitual participação das professoras Margarida Oliveira e Daniela Moreira.

Para além das aulas, os alunos terão oportunidade de visitar o ateliê de organaria do organeiro Dinarte Machado e usufruírem de uma visita guiada ao Palácio Nacional de Mafra pelo diretor do monumento.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:18
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: 28º Festival de Folclore do Granho

 

Teve lugar no sábado à noite, no Granho o 28º Festival de Folclore do Granho, que contou com a presença de 6 grupos folclóricos nacionais e foi organizado pelo Rancho Folclórico do Granho. Esta Associação vem dignificando o nosso concelho e divulgado, com mérito, os hábitos e costumes das gentes do Granho.


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:16
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Bombeiros de Alcoentre comemoram 78º aniversário

 

 

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre, no Concelho de Azambuja, prepara-se para comemorar mais um aniversário. A coletividade assinala, no próximo dia 13 de Julho, 78 anos de atividade e de dedicação ao lema “Vida por Vida”.

 

O programa festivo inicia-se às 09h00, com o hastear das bandeiras no quartel. Para as 10h00, está marcada uma romagem ao cemitério, seguindo-se às 12h00 a celebração de uma missa em memória de todos os membros da história da associação. Às 15h00 terá lugar o desfile pelas ruas da vila, com a Banda dos Bombeiros. A receção às entidades oficiais, decorrerá às 16h00, perante a formatura do corpo de bombeiros, a que se seguirá a sessão solene de aniversário. As cerimónias terminam pelas 17h30 com um “Porto de Honra”.

 

Ainda nesta celebração, no dia 18 de julho, pelas 21h30, decorre um concerto de aniversário, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre, sob a direcção do Maestro José Veloso.

 

 

31º Festival do Rancho Folclórico de Vale do Paraíso-Azambuja

5 de julho às 21h00

 

Irá realizar-se no próximo dia 5 de julho, pelas 21h00, o 31º Festival Nacional de Folclore em Vale do Paraíso, concelho de Azambuja. Este é um espetáculo organizado pelo Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso.

 

Para além do rancho anfitrião, participarão também o Grupo Folclórico da Região de Ovar, Rancho Folclórico do Caçador (Viseu), Rancho Folclórico da Casa do Povo de Ponte de Sôr e o Grupo de Danças e Cantares Regionais do Faralhão. Depois da atuação dos grupos convidados a animação prossegue com o Grupo de Cavaquinhos, “Tom Abaixo”.

 

O evento tem o apoio da Junta de Freguesia de Vale do Paraíso, do comércio e imprensa local e do Município de Azambuja.

 

 

Rancho Folclórico da Casa do Povo de Alcoentre organiza XXVII Festival

Dia 05 de Julho, às 18h00

 

O Rancho Folclórico da Casa do Povo de Alcoentre, Concelho de Azambuja, vai organizar o seu XXVII Festival Nacional de Folclore, no dia 5 de Julho de 2014.

 

O encontro folclórico trará à Vila de Alcoentre as danças e os cantares típicos de algumas regiões do país. Juntar-se-ão ao Rancho da Casa do Povo de Alcoentre quatro grupos convidados, o Rancho Folclórico “Os Moleiros da Ribeira”, de Olival – Ourém; o Rancho Folclórico e Etnográfico de Arelho - Óbidos; o Rancho Folclórico e Etnográfico de Fanadia - Caldas da Rainha e o Rancho Folclórico da Casa do Povo da Ereira - Cartaxo.

 

A receção aos grupos e a apresentação de boas-vindas terá lugar pelas 18h00, no Largo da Igreja. Após um jantar convívio, haverá um desfile pelas ruas da vila, a partir das 20h30. A entrega de lembranças e as atuações terão início pelas 21h00, no Largo da Igreja.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:13
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: FÉRIAS DE VERÃO

Desporto e Cultura para crianças dos 6 aos 14 anos

 

 

As Férias Desportivas e Culturais vão voltar a proporcionar muita diversão, convívio, aventura e novas experiências às crianças e jovens do concelho do Cartaxo.

 

Este ano, o programa proposto pela Câmara Municipal, e dirigido às crianças e jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos, decorre entre os dias 7 de julho e 1 de agosto, estando dividido em quatro turnos: 7 a 1 de julho; 14 a 18 de julho; 21 a 25 de julho; e 28 de julho e 1 de agosto.

 

As inscrições para o programa Férias de Verão 2014 ainda estão disponíveis para o segundo e o terceiro turnos, podem ser efetuadas online, em www.cm-cartaxo.pt ou presencialmente, na Casa Municipal da Juventude, situada na Quinta das Pratas, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

Mais uma vez, as crianças e jovens vão poder usufruir de um vasto e diversificado programa de atividades, entre as quais, jogos aquáticos, dinâmicas de grupo, jogos pedagógicos e ateliês temáticos.

 

As atividades decorrem durante os dias úteis, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, e são orientadas por técnicos da área de Desporto, Cultura e Ação Social do Município.

 

 

ARTESANATO E DOÇARIA ATRAÍRAM VISITANTES A PONTÉVEL

Artével, Feira da Caspiada e tasquinhas dinamizaram o Largo do Rio da Fonte durante três dias

 

O Largo do Rio da Fonte, em Pontével, recebeu nos dias 27, 28 e 29 de junho a XXII Artével – Feira de Artesanato e Artes Plásticas e VII Feira da Caspiada, com organização da Junta de Freguesia.

 

A realização do evento neste espaço foi uma das novidades do certame, que contou também este ano com uma zona de tasquinhas, dinamizada pelas coletividades e associações da freguesia.

 

Ao presidente da Junta de Freguesia, Jorge Pisca, associaram-se também no dia da abertura, o presidente e vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro e Fernando Amorim, respetivamente, e o presidente da Assembleia Municipal, Gentil Duarte.

 

Os autarcas tiveram oportunidade de contactar com os artesãos, conhecer uma grande diversidade de peças originais feitas pelas suas próprias mãos – algumas delas recorrendo a materiais recicláveis –, e provar a doçaria tradicional, nomeadamente a caspiada, bolo típico da freguesia, cuja receita é exclusiva de Pontével.

 

No espaço do certame denominado de “Praça da Freguesia”, estiveram representadas as associações e coletividades locais, que durante os três dias apresentaram à mesa a gastronomia e doçaria tradicional.

 

A música, a dança, o folclore e o desporto fizeram também parte deste certame. No primeiro dia atuaram as Danças de Salão da Casa do Povo de Pontével e a banda “Alminhas Danadas”. No sábado passaram pelo palco do recinto a Escola de Taekwondo da União Penedense, “Os Besouros da SFIP”, os grupos participantes no XXXV Festival de Folclore e o cantor Jorge Manuel.

 

O último dia do certame ficou marcado por atividades desportivas no Rio da Fonte, pela atuação da Escola da Associação Académica Orquestra de Acordeões do Cartaxo e pelo concerto de Pasodobles da Banda da SFIP.

 

 

EXPOSIÇÃO “A PROPÓSITO” NO CCC

Alunos do Atelier de Educação Artística apresentam obras de escultura, ilustração e retrato no foyer do CCC até dia 27 de julho

 

O Centro Cultural do Cartaxo (CCC) apresenta até dia 27 de julho a exposição “A Propósito”, que reúne trabalhos realizados no âmbito do Atelier de Educação Artística, que há quase uma década funciona no espaço do CCC.

 

A exposição foi inaugurada no passado dia 28 de junho e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, e de muitos familiares e amigos dos 15 “pequenos grandes artistas” que fizeram parte deste projeto artístico, neste ano letivo 2013/2014.

 

Pedro Magalhães Ribeiro acompanhou a visita guiada à exposição afirmando que “o Centro Cultural deve ser esta casa aberta a todos os públicos e a todas as artes, sem discriminação de idade ou expressão artística, porque só assim cumpre a sua função de ser centro de divulgação e de educação cultural”, acrescentando que “o trabalho que Inês Xavier tem vindo a desenvolver com inúmeras crianças, nestes ateliers de expressão plástica, tem a dupla importância de educar para a arte e de criar os públicos do futuro. Os trabalhos aqui mostrados estão a um nível de qualidade quer técnica quer de expressão que, de facto, impressiona”.

 

Alunos refletiram sobre trabalhos de artistas que passaram pelo CCC

Depois de as próprias crianças cortarem a fita de inauguração, a formadora Maria Inês Xavier apresentou as obras expostas, com a ajuda de alguns alunos, que também focaram as principais particularidades dos trabalhos desenvolvidos ao longo do ano, e que tiveram por base as três exposições que passaram pelo CCC durante este período – a coletiva de escultura “O Peso das Coisas”, a coletiva de retratos “Retrato CTX” e a exposição de ilustração de Cristina Costa, “Janelas de Papel”.

 

Os alunos abordaram os temas e técnicas próprias de cada artista que expôs no CCC, bem como temas e técnicas de artistas de referência, como por exemplo Juan Miró ou Alberto Giacometti, desenvolvendo trabalhos nas áreas da escultura, retrato e ilustração.

 

Maria Inês Xavier explicou que “esta foi a primeira vez que os alunos fizeram uma abordagem à escultura” e que o resultado foi “muito positivo e interessante”, até porque ficou provado que qualquer material pode ser usado para a expressão artística – desde barras de sabão azul e branco, arame e fita-cola de alumínio, esponjas ou um prato de plástico.

 

Também pela primeira vez a colagem e fotomontagem fizeram parte do programa. Foi uma técnica nova que a aluna Maria Tereso fez questão de explicar como foi abordada, até “dar a noção de uma história, que é o que torna mais interessante este tipo de trabalhos”, referiu.

 

Normalmente, os alunos fazem todos os anos um retrato, mas desta vez a abordagem foi mais abrangente e, tendo como referência a exposição “Retrato CTX”, aprofundaram técnicas e conhecimentos, levando a formadora a considerar que nesta vertente, “a evolução foi imensa”.

 

A aluna Elsa Damas explicou que nos retratos foram abordadas técnicas diferentes, usando quatro materiais – guache, pastel, acrílico e carvão, destacando que “no acrílico tentámos aproximar-nos o mais possível da realidade”, enquanto que com o pastel foram menos realistas – “se a pessoa estava mais aborrecida, usávamos cores mais escuras, se estivesse mais alegre, usávamos cores mais vivas”, demostrou, apontando para duas obras que ilustravam essa distinção.

 

Os retratos e autorretratos foram elaborados a partir de fotografias, já a caricatura, foi a partir da observação direta e esta última foi uma das vertentes que mais entusiasmou os alunos.

 

Maria Inês Xavier fez um balanço “muito positivo” deste ano de atividade, realçando que “tem sido muito importante a relação dos alunos com os artistas”, contribuindo muito para a sua evolução. “Temos aqui crianças dos 4 aos 15 anos de idade, algumas delas estão connosco desde o início, e é muito interessante ver que evoluíram imenso”, reforçou.

 

Todos os anos, no final de cada ano letivo, os trabalhos dos alunos são expostos no CCC, no foyer da sala de cinema. Mas a possibilidade de apresentarem as suas obras no foyer principal, “no sítio onde expõem os artistas”, era um desejo que os alunos alimentavam e ficaram muito satisfeitos em concretizá-lo, revelou a formadora.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:07
link do post | comentar | favorito

Rio Maior: Faleceu Conceição Santa Bárbara, fundadora e activista do Movimento Ar Puro




Faleceu Conceição Santa Bárbara, moradora do Vale da Rosa, na Ribeira de São João, que foi uma das principais fundadoras do Movimento Ar Puro, em 2010, e depois uma das suas principais activistas. Tinha 68 anos de idade e foi vítima de doença oncológica.

 

O Movimento Ar Puro realça o importante contributo que Conceição Santa Bárbara deu para a promoção da ecologia e da cidadania no concelho de Rio Maior e na defesa do rio que dá nome a este concelho.

 

Entre outras ações, Conceição Santa Bárbara representou o Movimento Ar Puro nas V Jornadas Ibéricas «Por um Tejo vivo», realizadas em 2011, em Azambuja, que reuniram organizações ecologistas de Espanha e Portugal na defesa do rio Tejo e seus afluentes. Proferiu aí uma intervenção sobre a situação do rio Maior, constatando o seu estado como “um rio morto”, e defendendo a necessidade de “unir esforços, envolvendo as diversas organizações ambientais dos concelhos atravessados por este rio” (Rio Maior, Cartaxo, Santarém e Azambuja), “bem como as respetivas autarquias, no sentido da sua requalificação”.

 

Esta intervenção de Conceição Santa Bárbara continua bastante actual e premente, apesar dos passos em frente que desde então foram dados, nomeadamente na união de esforços de organizações ambientais, e na divulgação do valor e do estado do rio Maior.

 

Foi Conceição Santa Bárbara a autora das bases programáticas do Movimento Ar Puro, onde este ficou definido como tendo surgido “da vontade de vários moradores, do Concelho de Rio Maior, preocupados com a qualidade de vida local, que decidiram juntar-se para debater estas questões”, com o fito de “promover a participação activa de todo e qualquer cidadão nas actividades e nas decisões relacionadas com o ambiente, saúde pública, qualidade de vida e ordenamento do território do nosso Concelho”, estando “aberto à participação de todo e qualquer cidadão que, independentemente das suas convicções políticas, clubistas e religiosas, acredite na força da cidadania como motor de uma sociedade verdadeiramente democrática, e no reforço dos valores essenciais a uma sociedade culta, civilizada e solidária”.

 

Propósitos que ficam mais pobres com o falecimento de Conceição Santa Bárbara, mas que terão na sua memória e no seu legado uma referência e um incentivo.


publicado por Noticias do Ribatejo às 17:44
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

Fórum Cultural em Arruda ...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

Santarém retoma liderança...

União de Tertúlias de Aza...

Mercado de Outono e ofici...

ATIVIDADES PRIMEIRO FIM D...

ELA É UMA MÚSICA OCUPA VA...

Espaço Cidadão em Aveiras...

Politécnico de Santarém a...

Centro Cultural recebe se...

X Maratona BTT NO TRILHO...

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A...

CÂMARA ENTREGOU FICHAS ES...

"Love Conquers All", no J...

Rock na Aldeia 2019

Município de Azambuja ass...

Parabéns Cátia Mateus!......

O Movimento Juntos pelo R...

Joana Bagulho toca Carlos...

NERSANT Business soma já ...

TEMAS DE SAÚDE: Sequelas ...

Não nascemos para sermos ...

‘Os homens e as mulheres ...

Sessões de Yoga para cria...

CÂMARA MUNICIPAL RECEBE C...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds