NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 26 de Agosto de 2014
António Costa no Distrito de Santarém no âmbito da candidatura “Mobilizar o Ribatejo”

 

 

O candidato às Primárias do PS, António Costa e a candidata à Federação de Santarém, Maria do Céu Albuquerque, no próximo dia 31 de agosto, vão estar juntos numa ação de reflexão sobre as potencialidades da Bacia do Tejo, enquanto fator integrado de desenvolvimento, com o seguinte programa:

11h00 – Valada, Cartaxo

Passeio/Debate no Tejo, entre Valada (Cartaxo) e a aldeia de Avieira do Escaroupim (Salvaterra de Magos)

Debate sobre as potencialidades da Bacia do Tejo nas vertentes económica, social, cultural, turística e ambiental, numa perspetiva sustentável, com a presença de autarcas e especialistas convidados;

13h00 – Almoço com apoiantes e simpatizantes no Restaurante “O Farnel”, em Monte da Barca - Coruche.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:32
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: CEIFEIRAS DE PORTO DE MUGE ASSINALAM ANIVERSÁRIO


Parque de merendas de Valada enche-se para terceira edição do Festival de Folclore do Rancho Ceifeiras de Porto de Muge que assinalaram dois anos de atividade

A noite do passado sábado, dia 23 de agosto, foi de festa em Valada. Dezenas de participantes de quatro ranchos folclóricos vindos de Coimbra, Cernache do Bonjardim, Alcochete e do rancho anfitrião, Ceifeiras de Porto de Muge, desfilaram pelas ruas da vila ribeirinha que se encheram de pessoas para os receber.

Os ranchos folclóricos subiram ao palco instalado no Parque de Merendas, que foi curto para as centenas de naturais e visitantes de Valada, que quiseram assistir às danças regionais, entre o público esteve o presidente da Junta de Freguesia de Valada, Manuel Alfredo Fabiano e o vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Fernando Amorim.

Os autarcas congratularam-se com o evento que “mostra que quando o que une as pessoas é a vontade de divulgar as tradições que são a identidade da sua terra, tudo é possível, porque só com esta entrega pessoal, se ganha o apoio da população e se reúnem os meios necessários para se construir um projeto cultural sustentável”, afirmou Fernando Amorim que considera a atividade dos ranchos folclóricos “a expressão de cultura popular que mais contribui para a preservação da nossa história, pela capacidade de reunir pessoas de todas as gerações”.

Ao desfile seguiu-se a atuação de todos os ranchos presentes – Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge, de Valada, Rancho Folclórico Etnográfico Rosas da Amoreira, Coimbra, Rancho Folclórico Recreativo Clube do Bonjardim, Cernache do Bonjardim, Rancho Folclórico do Passil, de Alcochete. O Festival incluiu também uma mostra de artesanato regional com alguns artesãos da freguesia de Valada.

 

 

 

PRESIDENTE PROMOVE REUNIÃO COM ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SANTARÉM

 

 

No passado dia 19 de agosto, Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, convidou clubes e AFS para uma reunião de trabalho. Em cima da mesa estiveram as dificuldades por parte dos clubes que, nesta época, vão participar em competições da associação e a discussão de propostas de apoio por parte da AFS.

 

Francisco Jerónimo, presidente da AFS, esteve no Cartaxo e ouviu os clubes do concelho. Pedro Magalhães Ribeiro descreveu a reunião como “muito importante, desde logo pela possibilidade de sentarmos todos os interessados à mesma mesa, é normal que no campo desportivo os clubes entrem em competição, mas no que respeita à sua gestão, as preocupações são comuns e estar unidos na defesa dos seus interesses pode ser uma mais valia”, acrescentando que “as dificuldades dos clubes são muito sérias, quase todas se prendem com questões financeiras, mas nem todas se resolvem exclusivamente com dinheiro”, explicando que “desta reunião saíram já algumas perspetivas de trabalho novas, a AFS apresentou propostas de ajuda aos clubes, como medidas extraordinárias de apoio para os que estiverem em maiores dificuldades, a constituição de um fundo de apoio a obras, ou a possibilidade de uma central de compras que garanta melhores preços para todos”.

 

Durante a reunião foram discutidas, para além das dificuldades a nível financeiro – de transportes, de manutenção dos recintos desportivos e de angariação de patrocínios -, questões que são financeiras, mas também de gestão da época, como as taxas de jogo, as inscrições de jogadores e o policiamento nos recintos desportivos.

 

Pedro Magalhães Ribeiro afirmou que a Câmara Municipal vai continuar a promover este tipo de encontros, não só na área desportiva, mas também na cultural e social, usando a capacidade de influência institucional da autarquia, no apoio ao associativismo “que enfrenta dificuldades, mas também desafios que podem ditar a sua sustentabilidade no futuro”

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:29
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: OTL PARA JOVENS CONTINUA!

A Turrisespaços continua a promover semanas de ocupação de tempos livres para jovens dos 6 aos 14 anos, na cidade de Torres Novas! Com duração até dia 12 de setembro, são semanas repletas de atividades, realizadas de2ª a 6ª, das 9h00 às 18h00.

 

O OTL Férias de Verão em funcionamento desde o dia 23 de junho, pretende proporcionar aos mais jovens umas férias inesquecíveis. Para tal têm realizado diversas atividades como oficinas de artejogos tradicionais, iniciação de saltos para a água e ao tiro com arcopasseios pedestres, entre outras. As atividades realizam-se sobretudo nas Piscinas Municipais Fernando Cunha, no Jardim das Rosas, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, no Teatro Virgínia e noutros espaços exteriores. De reforçar que todas as semanas há uma saída e estas costumam ser à praia (caso se verifique um nº mínimo de 20 inscritos) ou a um local mais perto.

 

Para inscrever os mais jovens, pode dirigir-se à receção das Piscinas Municipais Fernando Cunha sendo as inscrições limitadas a um mínimo de 14 crianças e um máximo de 24 crianças. O custo por semana é de 25€ sem almoço incluído, sendo necessário trazer de casa.

 

Aproveite as últimas semanas e inscreva os seus filhos nestas férias divertidas e ao mesmo tempo educativas!

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:27
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Inscrições para Aulas de Guitarra 2014/2015
 A Direcção do Centro Cultural Azambujense irá dar início ao novo ano lectivo das Aulas de Guitarra - 2014/2015. 







 As inscrições já se encontram abertas em: Secretaria do Centro Cultural Azambujense todos os dias úteis das 14h às 20h00, pelo email: ccazambujense@gmail.com, ou por Telemóvel: 96 149 63 46 / 91 856 89 36 / 263 403 297.


publicado por Noticias do Ribatejo às 10:58
link do post | comentar | favorito

: ALPIARÇA “RIBATEJO. Gente com Alma”
 
O alpiarcense Custódio Raposo (foto) vai apresentar no próximo dia 7 de Setembro, pelas 16 horas no Auditório da Casa dos Patudos - Museu de Alpiarça o seu livro “RIBATEJO, Gente com Alma”.
O escritor, nascido em Alpiarça e filho de trabalhadores rurais, com a infância e adolescência passada em Alpiarça, assistiu “in loco” aos tumultos da última metade do século XX por terras Ribatejanas descrevendo-os de uma forma muito peculiar.

No seu “RIBATEJO, Gente com Alma” dá-nos a conhecer a “experiência de vida” por acompanhar “seus pais nos trabalhos agrícolas, das fazendas e searas, revela-nos episódios pitorescos de pessoas de várias etnias e classes sociais, bem como dos animais, elementos indispensáveis à época na ajuda nos trabalhos”.
RIBATEJO. Gente com Alma” a “memória de um povo"
 
Os textos  retratam o Ribatejo e as suas gentes. “O desespero do povo, as dificuldades da época, a sua maneira de ser, cujos personagens são quase sempre familiares” estão muito bem descritas.

O autor mostra na sua obra toda a realidade sobre esta terra na Borda-de-Água e no coração do Ribatejo. 

Sempre em convulsão permanente “desde o “Estado Novo, passando pelas sequelas da guerra colonial, à vinda da PIDE, dos “malteses” para as vindimas, até ao 25 de Abril com as suas convulsões e vicissitudes."
Custódio Raposo considera-se um autodidata por natureza, com um gosto muito grande pelas artes. 

No seu livro fala-nos sobre o Ribatejo oculto, dos cheiros e cores da paisagem Ribatejana porque é existe uma abundância de culturas, estilos e épocas.

Perpetua assim o “RIBATEJO. Gente com Alma” a “memória de um povo, que com o seu trabalho, tradições de usos e costumes vindos dos nossos antepassados, de que herdamos todo o saber e arte de trabalhar com as mãos, assim como, pelo seu colorido de trajes e cores garridas e vivacidade nas festas e romarias”.
Prefácio de um escritor Alpiarcense
No prefácio, escrito por João Céu e Silva, outro escritor alpiarcense, diz-nos que o “RIBATEJO, Gente com Alma” é "uma aventura de memórias e de reconstrução do passado, que tanta falta faz à cultura de um povo e de um país” para nos adiantar ainda “se as memórias estão entre os géneros literários mais fascinantes para um grande número de leitores, a razão a preferência deste estilo residirá na maioria no facto de permitir viajar no tempo e, nesse mesmo tempo, apelar às próprias recordações”. 

Acrescenta ainda João Céu e Silva no prefácio: “Custódio Raposo conta as histórias de quem mesmo descalço dança com as raparigas todas: dos negócios de burros e de mulas com ciganos; das refeições e um tempo de fome em que um pedaço de pão com um bocado de queijo escondido dentro dele e uma laranja era um manjar; da cabrita que cercava o autor para receber ervas apanhadas pelo caminho…”

Como diz João Céu e Silva “entrem no livro e apanhem lá o que quiserem” porque nos permite “viajar no tempo”.

Um livro a não perder.

O lançamento do livro insere-se no programa da Alpiagra.


publicado por Noticias do Ribatejo às 09:56
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014
RIO MAIOR: António Gameiro em Rio Maior nesta terça-feira para apresentar o seu programa eleitoral


António Gameiro, candidato às eleições para a presidência da Federação do PS do distrito de Santarém, que terão lugar no próximo dia 6 de Setembro, vai estar em Rio  Maior para dar conta do seu programa eleitoral.
A sessão de apresentação/esclarecimento terá lugar nesta terça-feira, 26 de Agosto,  pelas 21h00, na sede do PS de Rio Maior, sita na Rua Serpa Pinto.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:16
link do post | comentar | favorito

NERSANT participa a partir de hoje na FACIM

 

Inaugurou hoje a FACIM - Feira Internacional de Maputo, onde a NERSANT está a participar em representação do Ribatejo e das suas empresas, pelo quinto ano consecutivo. Com a participação no certame, a associação pretende despertar o interesse das empresas moçambicanas para o dinamismo da economia ribatejana, bem como dar a conhecer os eventos e ações previstas para apoiar projetos de internacionalização entre os dois países.

No evento, a NERSANT pretende promover a região do Ribatejo, bem como representar institucionalmente todas as suas empresas associadas. Para tal, a associação dispõe de um stand onde está a fazer a promoção da região, das suas empresas, produtos e serviços, divulgando as potencialidades desta região central de Portugal junto de todos os expositores e visitantes da feira.

Para além disso, a associação está a divulgar na feira diversos eventos e ações que pretendem criar condições para que a prospeção de negócios e o interesse comercial contínuo entre Portugal e Moçambique se mantenha, nomeadamente o Encontro de Negócios da Região Centro de Moçambique, que se realizará em novembro e o NERSANT Business 2014, Encontro Internacional de Negócios que a associação realiza no mesmo mês, no Ribatejo.

 A 50.ª Edição da Feira Internacional de Maputo realiza-se até 31 de agosto em Ricathla - Marracuene, sob o lema "50 anos expondo o potencial económico de Moçambique". Paulo Portas, vice Primeiro Ministro português visitou hoje o certame, inaugurado pelo Presidente da República de Moçambique, Armando Guebuza.

O apoio à internacionalização das empresas da região é uma das prioridades da NERSANT, coordenada pelo Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da NERSANT. Para mais informações sobre outras ações previstas, os interessados devem contactar a NERSANT através do número 249 839 500 ou do e-mail datic@nersant.pt.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:14
link do post | comentar | favorito

CARTAXO SUBSCREVE CÓDIGO DE ÉTICA DESPORTIVA

 

A Câmara Municipal do Cartaxo subscreveu o Código de Ética Desportiva, documento que foi apresentado publicamente, a 10 de julho deste ano, numa iniciativa do Plano Nacional de Ética no Desporto, promovido pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude e Secretaria de Estado do Desporto e da Juventude.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, explica que “a prática desportiva, pela sua força mobilizadora, é um veículo de excelência para a promoção de princípios que poderão ajudar a construir uma comunidade mais solidária, embora competitiva, na qual a ambição de ganhar tem idêntico valor à vontade de ser melhor enquanto indivíduo”.

 

Para o autarca, “se o desporto colocar a ética e a responsabilidade como valores incontestáveis, pode contribuir para uma sociedade mais tolerante e que demonstre tanto respeito por quem vence, como por aqueles que não alcançando o pódio, fizeram a corrida”.

 

O Código nasceu de uma primeira proposta de trabalho preparada por um grupo de personalidades ligadas à prática desportiva que foi, mais tarde, colocada à apreciação pública na qual participaram dezenas de instituições. O texto final propõe um conjunto de boas práticas e sugere normas de conduta e atitudes que deverão ser seguidas tanto pelos agentes desportivos, como por adeptos, espetadores ou profissionais de comunicação social.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:12
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Passeio de BTT com passagem pelos Moinhos da Pena!

No dia 21 de setembro, participe no Passeio de BTT organizado pela Turrisespaços. Com ponto de encontro às 8h30 no Cabeço das Pias, consiste num trilho de 35 km, com passagem pelos Moinhos da Pena.

 

 

Aventure-se por este passeio guiado de dificuldade média/difícil e inscreva-se já online (https://docs.google.com/forms/d/16IFoM9046qkdS1yOGvD28gDxIHHbb3tkqWvbWszZEGM/viewform?usp=send_form) ou nas Piscinas Municipais Fernando Cunha, em Torres Novas. As inscrições são limitadas!

 

Esta atividade tem o custo de apenas 5€ (inclui seguro e reforço alimentar a meio do percurso) e o pagamento pode ser efetuado na receção das Piscinas Municipais ou por transferência bancária, para o NIB 0045 5430 40243236605 03, sendo necessário o envio de comprovativo para o e-mail cabecodaspias@turrisespacos.pt

 

Garanta já o seu lugar!



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:11
link do post | comentar | favorito

BENAVENTE: 1100 idosos reformados e pensionistas em encontro

 

Está quase a chegar o XIX Encontro de Idosos, Reformados e Pensionistas do Município de Benavente que se realiza na próxima quinta-feira , dia 28 de Agosto, na zona desportiva e de Lazer dos Camarinhais, em Benavente.

Cerca de 1100 idosos, reformados e pensionistas passam um dia ao ar livre com um super pic-nic onde são fornecidas as sardinhas e a carne para assar, salada, bebidas e a sobremesa.

É um dia especial onde convivem com tantos amigos, alguns, que só vêem de ano a ano.

O convívio começa às 9 e 30, o almoço começa a ser distribuído ao meio-dia e a animação segue tarde fora.

 A organização é da Câmara Municipal de Benavente em parceria com as Juntas de Freguesias e as Instituições Particulares de Solidariedade Social do Município.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:09
link do post | comentar | favorito

ÁGUAS DO RIBATEJO REFORÇA ABASTECIMENTO NA ZONA INDUSTRIAL DE VALE TRIPEIRO

Pressão na rede duplicou para facilitar eventual combate a incêndios nas unidades industriais e qualidade da água melhorou com abastecimento a partir do novo reservatório

 

 

 

A Zona Industrial de Vale Tripeiro, em Benavente, está agora dotada de um abastecimento reforçado com uma pressão de 4,8 Bar (anterior era de 2,0 Bar) e um caudal cinco vezes superior ao anterior, que garante resposta eficaz dos sistemas de combate a incêndios em caso de fogo numa das unidades da zona de atividades económicas que acolhe dezenas de empresas de vários setores de atividade.

A zona industrial, localizada junto à EN 118, a meio caminho, entre Benavente e Samora Correia, está a ser abastecida diretamente pelo reservatório de compensação de Vale Tripeiro. O reservatório, com duas células, que abastecia as unidades industriais, de comércio e de serviços instaladas na zona de atividades económicas foi desativado e fica como equipamento de reserva.

Toda a água que abastece a zona, é tratada na Estação de Tratamento de Vale Tripeiro, eliminando eventuais problemas de qualidade de água na Zona Industrial, nomeadamente o aparecimento de manganês. A AR reforçou também o número de marcos de incêndio à disposição dos bombeiros em caso de fogo. O novo reservatório está equipado com um gerador de elevada potência que pode ser utilizado pela Proteção Civil em situação de emergência.

Com as intervenções recentes no Sistema de Abastecimento de Vale Tripeiro foi dado mais um passo na melhoria do abastecimento às populações de Benavente e Samora Correia depois de um investimento de cerca de 6 ME realizado pela Águas do Ribatejo com financiamento da União Europeia.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:06
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Ciência Viva no Verão - observação astronómica noturna com telescópio

 

A Escola Secundária Maria Lamas, com a colaboração do NUCLIO - Núcleo Interativo de Astronomia, e com o apoio do Município de Torres Novas, volta a participar na Ciência Viva no Verão, promovendo uma observação astronómica noturna com telescópio. A atividade terá lugar na praça 5 de Outubro, no dia 5 de setembro, pelas 21h30.

 

Para além do telescópio, serão também utilizados telemóveis e tablets para obervar a lua, estrelas, constelações e planetas e será abordado o problema da poluição luminosa que afeta as observações astronómicas e os seres vivos.

 

Esta atividade insere-se no projeto Dark Skies Rangers - Vamos apagar as luzes para acender as estrelas!

 

A Ciência Viva no Verão é promovida pela Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e conta com ações nas áreas da astronomia, biologia, geologia, faróis, engenharia e castelos, realizadas por todo o país.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:10
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Agenda Cultural

5 de setembro | sexta

Observação astronómica noturna com telescópio
Ciência Viva no Verão

21h30 | praça 5 de Outubro

 

 

6 de setembro | sábado

Ateliê | Animação

O Feiticeiro das Estórias

(lendas e fábulas remisturadas e recontadas pelo mago dos feitiços e das brincadeiras de bom gosto)

11h | BMGPL, Oficina do Conto | dos 4 aos 10 anos | Entrada gratuita | Duração: 30’ a 60’

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

 

6 e 7 de setembro

Basquetebol

IV Torneio 24h João Paquete

Palácio dos Desportos

 

 

Exposições

Até 13 de setembro
Exposição de banda desenhada de Armando Costa
A BD da minha vida
BMGPL, átrio
249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt


Até 26 de setembro 
Mostra documental
Montepio Operário de Lapas 
Átrio do Arquivo Municipal (BMGPL) | Todos os públicos
249 810 312 | arquivo.municipal@cm-torresnovas.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:09
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: Sofia Baptista Henrique torna visível o invisível em exposição na Casa do Brasil

“Tornar Visível o Invisível” é o nome da exposição de Sofia Baptista Henrique, inaugurada esta quinta-feira, dia 21, pelas 17h30 na Casa do Brasil em Santarém.

 

 

Segundo Sofia Baptista Henrique o nome da exposição significa “dar corpo ao que não se toca, mas toca-nos, cá dentro, ou seja materializar sentimentos e trocar as voltas da ordem das coisas”. A artista considera que “a pintura de formas orgânicas e a expressão através da cor e da textura que tentam falar-nos de sentimentos que não se podem descrever em palavras” Por essa razão, Sofia Baptista Henrique julga ser essencial “pintar o espaço que ninguém vê, o espaço subterrâneo, que se encontra mudo e escuro. Dar de cara com aves e peixes e formas coloridas que nos transportam para outros lugares”.

 

 

Desta forma, a artista plástica convida todos scalabitanos e quem nos visita para irem ver a sua exposição, que vai estar patete até 28 de setembro, para verem ao vivo os seus “trabalhos que tentam expressar através da cor, da linha e da textura: o exótico e o surreal. Passar a ver o nosso mundo de “pernas para o ar””



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:07
link do post | comentar | favorito

MARIA DE LUZ LOPES FORMALIZA CANDIDATURA AO DFMS

“TRABALHAR MAIS COM A SOCIEDADE CIVIL”

 

 

 

 

 

Maria da Luz Lopes entregou (ontem) o processo de candidatura à liderança do DFMSS – Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Santarém, estrutura da qual é a atual Presidente.

Maria da Luz, que foi candidata a Eurodeputada nas últimas Europeias em representação do Distrito de Santarém, anunciou que ao longo deste mandato pretende “consolidar o trabalho feito” e ainda “alterar o paradigma político sobre qual assenta o DFMS”.

Para a candidata, “a partir do momento em que o PS apresenta uma lista de candidatos a eurodeputados absolutamente paritária não deixa de fazer sentido manter um Departamento quase exclusivamente vocacionado para o objetivo de atrair mulheres para o exercício da política”. Maria da Luz pretende alinhar a estrutura regional com a nacional, esclarecendo que “a Presidente Isabel Coutinho tem feito um esforço muito meritório no sentido de transformar o Departamento e agora cabe-nos a nós, no plano regional, implementar esse novo desígnio”.

Maria da Luz tem como prioridade “a abertura do Departamento à sociedade civil através da defesa intransigente de causas públicas que não se encontram nos programas políticos dos partidos, mas às quais a política tem de estar atenta!”

Para implementar esta estratégia, Maria da Luz conta com uma equipa de mulheres que estão associadas à candidatura na qualidade de mandatárias setoriais:

 

Anabela Estanqueiro - Mandatária para a Justiça e Combate à Violência de Género

 

Ana Margarida Rosa do Céu – Mandatária para a Saúde

 

Fernanda Alves – Mandatária para a Educação

 

Júlia Augusto – Mandatária para a Pobreza e Exclusão Social

 

La Salette Marques – Mandatária para a Cidadania

 

Marina Honório – Mandatária para o Desenvolvimento Regional

 

Sara Costa – Mandatária para a Juventude

 

Sónia Sanfona, ex-Deputada e ex-Governadora Civil, é a mandatária desta candidatura e explica que “o objetivo é dinamizar um conjunto de ações abrangendo todo o distrito e todos os setores da sociedade, promovendo com isso a ligação entre a sociedade civil e o Partido Socialista, nomeadamente em áreas mais sensíveis, transformando o DFMSS numa plataforma de defesa de causas cívicas aberta a tod@s”.

 

Carla Batista é a Diretora de Campanha de Maria da Luz.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:55
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: Exposição “Coroas no Varandim”
“Coroas no Varandim” é o título de uma exposição que a Associação Rancho Folclórico da Casa do Povo de Glória do Ribatejo vai inaugurar no próximo dia 23 de agosto (sábado da festa), dando cumprimento a mais uma iniciativa integrada nas comemorações dos 650 anos da atribuição da carta de mercês à Glória, por D. Pedro I.

Tratando-se de uma ideia original, a exposição, que vai estar patente no varandim da Casa do Povo, visa, sobretudo, dar visibilidade a uma área do património cultural de Glória do Ribatejo – as artes tradicionais – assentes na criação coletiva duma comunidade que abraça quase sete séculos de história.






publicado por Noticias do Ribatejo às 11:54
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: TASQUINHAS DE VERÃO DE 2014 EM MARINHAIS

A Junta de Freguesia de Marinhais, leva a efeito nos próximos dias 29, 30 e 31 de Agosto, a edição dasTASQUINHAS DE VERÃO DE 2014, esta iniciativa tem o apoio da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos e para além da já habitual oferta gastronómica, conta ainda com uma Mostra de Artesanato, com espetáculos de animação musical e com a 34ª Noite de Folclore de Marinhais, organizada pelo Grupo de Danças “Os Lusitanos de Marinhais”.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:50
link do post | comentar | favorito

Domingo, 24 de Agosto de 2014
TEMAS DE SAÚDE: Personalidade e Competências Psicológicas dos Atletas
Por: Antonieta Dias (*)

 

O estudo da personalidade e das características dos atletas constitui a primeira área de atenção sistemática no domínio da Psicologia Desportiva. Não, admira, por isso, que o estudo das características, fatores e competências psicológicas relevantes para o rendimento de alta competição constitua atualmente um dos principais temas de investigação psicológica em contextos desportivos.

Como referiu Vealey (19929, “ de uma perspetiva intuitiva parece lógico que certos atributos da personalidade (p.ex., competitividade, auto - confiança, controlo do stresse e ansiedade) são importantes para o sucessos e rendimento desportivo”(p.26).

Um números cada vez mais elevado de psicólogos desportivos e de especialistas têm vindo, nos últimos anos, a proceder ao estudo sistemático dos fatores psicológicos que afetam o desporto competitivo e, nomeadamente, à investigação sobre as características psicológicas de atletas de elite e de alta competição. A identificação de relações entre personalidade ou caraterísticas psicológicas e alguns critérios de sucesso, bem como a identificação de tais caraterísticas , pode levar posteriormente ao diagnóstico e à predição do comportamento e do sucesso futuro no desporto (Auweele, De Cuyper, Van Mele, & Rzewnicki, 1993; Cruz & Cunha, 1991; Vealy, 1992).

Um dos mais importantes contributos para o estudo das competências psicológicas relevantes para o rendimento desportivo foi dado num primeiro estudo de Mahoney, Gabriel e Perkins(1987), envolvendo uma amostra nacional dos EUA que compreendia 713 atletas de 23 desportos (126 atletas de elite, 141 jovens  atletas, pré-elite, e 446 atletas universitários) este estudo permitiu identificar, ainda que de modo preliminar, o perfil dos atletas de elite, comparativamente aos atletas universitários. Assim, os atletas de elite mostraram: “1) ser  mais moderados na experiência da preocupação e ansiedade de rendimento; 2) ser capazes de desenvolver mais eficazmente a sua concentração antes e durante a competição; 39 experienciar uma auto - confiança mais forte e mais estável; 4) recorrer mais à imaginação quinestésica e focalizada internamente que a formas visuais de preparação mental na terceira pessoa; e 5) investir maior motivação e significado pessoal ao fato de fazerem as coisas bem feitas no seu desporto” ( Mahoney e col., 1987, p 187).

Adicionalmente, um dos mais sistemáticos estudos neste domínio foi realizado por Orlic e Patington (1988), ao avaliarem o nível de “prontidão”, preparação e controlo mental experienciado por 235 atletas olímpicos do Canadá que participaram nos Jogos Olímpicos de 1984, Saravejo e Los Angeles. No total, estiveram representadas 31 modalidades olímpicas( Jogos Olímpicos  de Verão e de Inverno), incluindo- se ainda 27 medalhados olímpicos (13 de ouro) e 3 campeões do mundo.

O s resultados contribuiram para a identificação das componentes mentais necessárias para a prestação máxima em competição de alto nível, como é o caso dos Jogos Olímpicos. Cruz (no prelo) sintetiza as principais conclusões deste trabalho: “1) comparativamente à preparação física e à preparação técnica, a preparação mental constitui a única dimensão  capaz de predizer significativamente o “ranking” olímpico final; 2) a falta de suficiente preparação para fazer face às distrações, foi a razão  principal para que uma elevada percentagem de atletas não rendesse ao nível das suas capacidade; 39 a preparação mental engloba diversas competências mentais aprendidas , que devem ser praticadas e refinadas continuadamente, para que um atleta possa atingir prestações máximas de forma  consistente; 4) as competências psicológicas mais importantes, significativa e diretamente relacionadas com rendimentos de alto nível nos JO, foram a focalização da atenção e a qualidade e controlo de imaginação do rendimento; 5)em quase todos os desportos os elementos comuns associador ao sucesso dos melhores atletas (medalhados) foram os seguintes: a) envolvimento e implicação total na procura da “excelência” ; b)qualidade do treino (incluindo a formulação de objetivos diários, o envolvimento em simulações regulares da competição e o treino imagético/imaginação mental) e c) a qualidade da preparação mental para a competição, 8incluindo um plano competitivo bem elaborado, um plano de focalização da competição, procedimentos contínuos da avaliação pós-competitiva e um plano para lidar com distrações), 6) alguns bloqueios ao rendimento interfeririam com prestação de alto nível nos JO; a)a modificação de padrões que resultavam bem; b) a seleção tardia, e c)a incapacidade de refocalizar a atenção em face das distrações; 7)Os treinadores podem desempenhar um papel significativo na ajuda aos atletas tendo em vista a sua preparação /”prontudão” mental para as principais competições”.

De um modo geral, com concluíram Orlick e Partington (1988), “este estudo demonstrou que a preparação mental é um fator extremamente importante no rendimento dos atletas e sugeriu diversas competências psicológicas que devem ser desenvolvidas e refinadas quando se pretende atingir, de forma consistente, rendimentos de alto nível.”

Os estudos já efetuados demonstram que o efeito de tais variáveis moderadoras não pode ser ignorado, não só no estudo das características psicológicas dos atletas de alta competição, mas também na avaliação do impacto dos fatores psicológicos na determinação, explicação e predição do rendimento competitivo.”

(*) Doutorada em medicina



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:00
link do post | comentar | favorito

As vivências Avieiras – Assentamentos avieiros

Como já se referiu, em Crónica anterior, os Avieiros com o decorrer do tempo foram-se fixando, definitivamente, nas margens do Tejo.

 

Por: Lurdes Véstia (*) 

 

São várias as causas apontadas para esta fixação e como refere Maria Adelaide Salvado “ (…) cá davam-se melhor, porque adoeceram dos pulmões e lhes fazia mal o ar do mar”. Com a fixação definitiva, surge a necessidade de encontrar um lar mais estável, resistente e confortável”.

 

 

 

Aldeia Avieira de Obras (Azambuja) 1941

 

Pouco a pouco na Borda d´Água Tagana começam a erguer pequenas barracas totalmente construídas em caniço e logo que as condições económicas o permitiam começavam a comprar madeira; aos poucos iam construindo as suas pequenas casas em comunidades de características muito peculiares. Assim se foram, aos poucos, fundando os assentamentos Avieiros. “ (…) pequenas, talvez para que as não vissem, ou tímidas para que não as mandassem destruir. Ou pequenas e tímidas por causa dos materiais e das agruras do tempo”.

 

 

 

Casas Avieiras em caniço. Mouchão de São Braz – Chamusca

 

As primeiras habitações nas margens do Tejo foram semelhantes aos palheiros de Mira e da Praia da Vieira de Leiria, a referência mais antiga e conhecida de palheiros data de 1875. A maior originalidade deste aglomerado de pescadores era exactamente a sua arquitectura de madeira onde as casas chegavam a atingir dois e mesmo três andares, possuindo dimensões não encontradas noutras praias e formavam a quase totalidade da povoação até ao final dos anos 60. Mais tarde transformaram-se em construções palafíticas, elevadas do solo e sustentadas por estacas de madeira ou por estacas de pedra, dependendo da zona onde queriam construir a casa, mas sempre para a manter acima do limite da água em época de cheias ou da subida das marés.

 

 

 

Palheiros da Praia de Vieira de Leiria, demolidos na década de setenta do séc. XX

 

Pela descrição de uma Avieira que entrevistei, as cozinhas eram construídas em madeira e exteriores às casas, diz ela que era ” (…) por via do fumo e essas coisas…”.

Existem descrições que dão conta que os pescadores Avieiros levantavam estas construções e as mudavam da localização original, para outra mais abrigada ou adequada, de modo a garantir maior conforto ao núcleo familiar.

Os Avieiros apelidavam as suas próprias habitações de “barracas” sem que isso tivesse um sentido depreciativo mas tão-somente pelo aspecto que estas tinham, todas em madeira e bastante rudimentares.

 

 

 

Aldeia Avieira de Caneiras (Santarém)

 

O Capitão-de-mar-e-guerra Baldaque da Silva na sua notável obra “Estado actual das pescas em Portugal”, publicada em 1892, e com base nos dados do Inquérito Industrial de 1890, referencia os seguintes portos fluviais no rio Tejo: Vila Franca de Xira, Alcochete, Aldeia Galega, Muge, Santarém, Constância e Abrantes.

Esta obra oferece-nos importantes referências sobre a pesca no Tejo e os homens e mulheres que exerciam a faina, “(…) em determinadas épocas do ano é muito importante a pesca que se faz no rio Tejo, não só em todo o estuário do rio, desde a embocadura até Valada, mas também para cima, até muito a montante de Abrantes”.

Em 1978, no Boletim Cultural da Junta Distrital de Lisboa, a Dra. Maria Micaela Soares referenciava cerca de oitenta aldeias de Avieiros desde Sacavém até Abrantes.

Em trabalho de investigação, efectuado para a produção da obra Avieiros – Dores e Maleitas, no Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, consegui referenciar os seguintes assentamentos no distrito de Santarém:

Almeirim - Vala de Almeirim, Benfica do Ribatejo, Casal Branco, Vale Tejolos, Azeitada

Alpiarça – Alpiarça, Patacão de Baixo, Patacão de Cima, Touco, Quinta da Torre, Torrinha, Gouxa, Vala Real

Azambuja – Porto da Palha

Benavente - Benavente

Chamusca – Porto das Mulheres, Porto do Carvão, Chamusca

Cartaxo -Valada; Porto de Muge, Palhota; Lugar de Sant´Ana

Coruche – Estação

Golegã - Azinhaga, Pombalinho

Salvaterra de Magos - Muge

Santarém - Barreira da Bica, Alfange, Ribeira de Str, Caneiras. Ómnias, Ponte do Vale de Str, Ponte Celeiro, Ponte Asseca, S. Vicente do Paúl, Vale de Figueira, Praias do Tejo.

 

Referências bibliográficas

Baldaque da Silva, António Artur, 1891, "Estado actual das pescas em Portugal". Lisboa, Imprensa Nacional.

Salvado, Maria Adelaide N. 1995, Os Avieiros, nos finais da década de cinquenta, Castelo Branco.

Soares, Maria Micaela, 1986, A cultura Avieira. Continuidade e mudança”, In Separata do Colóquio “Santos Graça” de Etnografia Marítima.

- Soares, Maria Micaela, 1997, Mulheres da Estremadura In Boletim Cultural da Assembleia Distrital de Lisboa, n. 83.

 

(*) *)Mestre em Educação Social



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Agosto de 2014
Concavada/Abrantes a Lisboa em cadeira de rodas pelo direito a uma Vida Independente

O Governo não cumpriu com o prometido, por isso vou voltar a sair á rua. Neste caso sair á estrada. 

 

 

Acontecerá no dia 23 de Setembro próximo, e irei percorrer em cadeira de rodas a distância entre a Concavada, concelho de Abrantes, localidade onde resido, e Ministério da Solidariedade e Segurança Social em Lisboa. Há um ano atrás realizei com o apoio do Movimento (d)Eficientes Indignados, uma greve de fome em frente da Assembleia da República, cuja finalidade era dizer basta há institucionalização compulsiva por parte do Estado, das pessoas com deficiência, em lares de idosos, como única alternativa de vida.

 

Mais detalhes aqui: http://tetraplegicos.blogspot.pt/2013/07/a-aventura-de-um-tetraplegico-para.html

Queremos ter direito a comandar as nossas vidas como o fazem restantes cidadãos, e não ser os nossos governantes a fazê-lo por nós. Luto pelo direito a uma Vida Independente. Quero ter direito a trabalhar, estudar, viver no meu bairro, círculo de amigos, perto da minha família, frequentar lugares que escolhi, e não ser obrigado a ser um número, sem voz, num lar imundo e sem condições, a vários quilómetros de distância das minhas referências, com custos financeiros altíssimos para mim e minha família, só porque nasci ou adquiri uma deficiência. Criar-nos condições para vivermos nas nossas casas, fica muito mais barato ao Estado do que a institucionalização.

Realizei a greve de fome pelo direito a uma Vida Independente e digna. Suspendi-a porque numa reunião tida na Assembleia da República, o Senhor Secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Agostinho Branquinho prometeu entre outras medidas, iniciar os trabalhos de redacção de legislação sobre a Vida Independente no final de Janeiro, com a participação do movimento (d)Eficientes Indignados e demais representantes da comunidade de pessoas com deficiência, mas pouco ou nada aconteceu até ao momento, facto que me leva a voltar a luta. Existiram várias reuniões entre as partes, mas avanços concretos nada.

A viagem que vou realizar entre a Concavada e Lisboa, passará pelas seguintes localidades: Saída de Concavada, dia 23 de Setembro, às 7h, sempre pela estrada nacional 118, passagem pelo Pego às 7h45, Rossio ao Sul do Tejo 8h15, Tramagal 9h, Santa Margarida da Coutada 10h15, Arrepiado 11h45, Carregueira 13h, Chamusca 15h, Vale de Cavalos 16h, Alpiarça 16h45 e Almeirim 17h30, onde vou pernoitar em vigília à frente do edifício da Câmara Municipal local. 

Dia 24, saída ás 8h de Almeirim pela estrada nacional 114, Benfica do Ribatejo 9h15, Casa Cadaval 10h, Salvaterra de Magos 11h30, Benavente pela EN 118 12h15, Samora Correia/Porto Alto 13h30, Vila Franca de Xira EN10 14h45, Alhandra 15h15, Sobralinho 15h45 e Alverca do Ribatejo16h, onde vou pernoitar na Praça de São Pedro.

Dia 25 partirei às 5h de Alverca do Ribatejo, Forte da Casa 7h30, Povoa de Santa Iria 7h45, e por último Praça de Londres 10h.

Durante o percurso irei pernoitar na via pública, em vigília, junto á Câmara Municipal de Almeirim no dia 23, e no dia 24 será em Alverca do Ribatejo. Em ambas as noites agradeço se alguém me disponibilizar um quintal, junto a uma torneira, que me permita tomar um banhinho refrescante de mangueira.

Tanto nas noites passadas em Almeirim e Benfica do Ribatejo, como também nas restantes localidades percorridas durante a viagem, se houver alguém que deseje participar activamente nesta luta será muito bem-vindo, basta juntar-se a mim durante o trajecto, ou acompanhar-me nas vigílias mencionadas, ou também ainda através da realização de outras iniciativas que digam respeito ao tema deficiência/Vida Independente. Ao entrar na cidade de Lisboa, seria importante realizarmos uma marcha em conjunto, até ao Ministério da Solidariedade e Segurança Social, que fica na Praça de Londres. Entregaremos em conjunto um documento onde mostraremos a nossa indignação e descontentamento por até ao momento as promessas não terem sido cumpridas, assim como lançaremos um ultimato a exigir respostas concretas no imediato.

VIDA INDEPENDENTE...

O Estado Português subscreveu a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência em 2009. A Convenção é muito clara: (...) “os Estados Partes comprometem-se a:

a) Adoptar todas as medidas legislativas, administrativas e de outra natureza apropriadas com vista à implementação dos direitos reconhecidos na presente Convenção;”

Passaram já 4 anos e o Estado não cumpriu o compromisso que assinou relativamente a inúmeros itens da Convenção, nomeadamente o estabelecido no Art.19º - Direito a viver de forma independente e a ser incluído na comunidade. Neste Artº o Estado Português reconheceu “o igual direito de direitos de todas as pessoas com deficiência a viverem na comunidade, com escolhas iguais às demais” e comprometeu-se a tomar “medidas eficazes e apropriadas para facilitar o pleno gozo, por parte das pessoas com deficiência, do seu direito e a sua total inclusão e participação na comunidade, assegurando nomeadamente que:

a) As pessoas com deficiência têm a oportunidade de escolher o seu local de residência e onde e com quem vivem em condições de igualdade com as demais e não são obrigadas a viver num determinado ambiente de vida;
b) As pessoas com deficiência têm acesso a uma variedade de serviços domiciliários, residenciais e outros serviços de apoio da comunidade, incluindo a assistência pessoal necessária para apoiar a vida e inclusão na comunidade a prevenir o isolamento ou segregação da comunidade; 
c) Os serviços e instalações da comunidade para a população em geral são disponibilizados, em condições de igualdade, às pessoas com deficiência e que estejam adaptados às suas necessidades.”

Recordamos ainda que na Lei n.º 38/2004,de 18 de Agosto sobre o regime jurídico da prevenção, habilitação, reabilitação e participação da pessoa com deficiência, no Artigo 7.º - Princípio da autonomia, se define que a “pessoa com deficiência tem o direito de decisão pessoal na definição e condução da sua vida.” O que observamos, passados estes anos é que a política dos sucessivos governos tem-se orientado no sentido da institucionalização das pessoas com deficiência. O Estado em vez de criar condições para as pessoas com deficiência se manterem nas suas residências, no seu enquadramento familiar e social centra a sua intervenção na comparticipação de soluções orientadas para o desenraizamento social e afectivo destas pessoas. 

Comparticipa por ex. os lares residenciais com 951,53€ por utente internado e no entanto, se a mesma pessoa estiver em casa, com a sua família, a comparticipação máxima que poderá ter para contratar alguém para o assistir, é de 177.79€. Existe mesmo a situação paradoxal de ser possível financiar com 672,22€ uma família de acolhimento na casa ao lado da família, que nas melhores das hipóteses, tem direito a 177,79€ para cuidar do seu familiar dependente.

É de notar que, quer na situação de internamento em lares quer nas famílias de acolhimento, as pessoas com deficiência ainda têm de comparticipar com parte dos seus magros rendimentos. Esta situação é anacrónica quer do ponto de vista do bem-estar emocional e social da pessoa, quer ainda do ponto de vista da despesa do Estado. Uma solução que passe por pagamentos directos à pessoa com deficiência, dando-lhe meios que lhe permitam escolher entre a permanência na sua residência ou o internamento, poderá, no nosso ponto de vista, ser também uma poupança para as contas do Estado. 

O conceito de vida independente é a saída para o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Estado quer na Convenção já referida, quer na legislação nacional existente. Cabe à pessoa com deficiência “o direito de decisão pessoal na definição e condução da sua vida.” Este foi o compromisso assumido pelo Estado Português ao assinar a Convenção. Foi também o próprio Estado que na Estratégia Nacional para a Deficiência 2010-2013 (ENDEF) inscreveu várias medidas que vão nesse sentido:

Medida 63: Desenvolver projecto-piloto que cria o serviço de assistência pessoal.
Medida 64: Executar o aumento da capacidade das residências autónomas (RA).
Medida 66: Executar o aumento da capacidade do Serviço de Apoio Domiciliário (SAD).

Nenhuma destas medidas, que têm como prazo de execução este ano, foi executada de uma forma expressiva, não havendo sequer notícia do projecto piloto que criaria o serviço de assistência pessoal, um dos pilares da vida independente. Está na altura de passar das boas intenções à prática. É necessária uma lei de promoção da autonomia pessoal/Vida Independente que garanta o direito a uma vida independente para as pessoas com deficiência.

Vida Independente é uma filosofia e um movimento de pessoas com deficiência que trabalham para a auto-determinação, igualdade de oportunidades e respeito por si próprias. Vida Independente não significa que queiramos ser nós a fazer tudo e que não precisamos de ajuda de ninguém ou que queiramos viver isolados. Vida Independente significa que exigimos as mesmas oportunidades e controlo sobre o nosso dia-a-dia que os nossos irmãos, irmãs, vizinhos e amigos, sem deficiência, têm por garantidos. Nós queremos crescer no seio das nossas famílias, frequentar a escola do bairro, trabalhar em empregos adequados à nossa formação e interesses e constituir a nossa família.

Visto sermos os melhores peritos nas nossas necessidades, precisamos mostrar as soluções que queremos, precisamos de estar à frente das nossas vidas, pensar e falar por nós próprios – tal como qualquer outra pessoa. Com este fim em vista nós temos de nos apoiar e aprender uns com os outros, organizarmo-nos e trabalharmos por mudanças políticas que conduzam a uma protecção legal dos nossos direitos humanos e cívicos. Nós somos pessoas comuns partilhando a mesma necessidade de se sentirem incluídas, reconhecidas e amadas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:26
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20

25
26
27
28
29

30


posts recentes

Rancho Folclórico Casa do...

FESTAS DA VILA DA FREIXIA...

NERSANT incentiva PME a i...

Vila Nova da Rainha em Fe...

Festa da Amizade – Sardin...

Quer saber tudo sobre can...

TEMAS DE SAÚDE: Não destr...

A saudade tem nome?

FEIRA MEDIEVAL

Azambuja ao ‘rubro’ com M...

Torres Novas – Identifica...

NERSANT e Município inaug...

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESC...

Acordo de Geminação entre...

AQUApaper convida a desco...

Festa da Amizade – Sardin...

ESTÁDIO MUNICIPAL DO CART...

Projetos da Chamusca em d...

Município do Entroncament...

Criarei Apenas o que Não ...

Câmara de Santarém aprova...

Sea, David Fonseca, Tito ...

NERSANT realiza workshop ...

Novo livro condensa “Toma...

Agrocluster Ribatejo most...

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds