NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2014
VILA FRANCA DE XIRA: Solistas da Metropolitana de Lisboa com ciclo de música na Fábrica das Palavras

unnamed.png

A Fábrica das Palavras, no âmbito da sua programação cultural, vai ter, com estreia a 1 de novembro e até 6 de junho, uma temporada de música com Solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML). Estão previstos um total de 10 concertos, com solistas de reconhecido mérito e um repertório diversificado, que promete surpreender o público. O acesso aos concertos é livre, limitado à lotação dos espaços.

Na apresentação da programação, em conferência de imprensa, o Presidente da Câmara Municipal, Alberto Mesquita, salientou o facto desta ser uma instituição de referência e com um trabalho de reconhecido mérito aos níveis nacional e internacional, o que constitui “uma mais-valia para a programação da Fábrica das Palavras”, que se pretende afirmar no contexto da Área Metropolitana de Lisboa.

Por seu turno, o Diretor-Executivo da OML, António Mega Ferreira, frisou que esta é a primeira vez que a Metropolitana apresenta uma temporada de música de câmara em Vila Franca de Xira e que tal género é uma raridade acontecer fora de Lisboa. Explicou ainda que a programação foi desenhada especificamente para aFábrica das Palavras, aproveitando o facto do espaço ter um piano de concerto, o que, segundo as suas palavras é também “raríssimo” encontrar.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:29
link do post | comentar | favorito

SECRETARIADO DISTRITAL DO PS

8.jpg

 

O Secretariado Distrital do PS iniciou funções na passada segunda-feira, analisando a situação política no distrito.
O Secretariado Distrital foi eleito pela Comissão Política Distrital no passado dia 17, em Vila Nova da Barquinha.
António Gameiro, Presidente da Federação, assume a liderança da equipa que integra Anabela Azenha (Rio Maior), Anabela Freitas (Tomar), Fernanda Asseiceira (Alcanena), Francisco Dinis (Torres Novas), Hugo Vieira (Cartaxo), Isabel Costa (Barquinha), José Alho (Ourém), José Martins (Mação), La Salette Marques (Cartaxo), Manuel Afonso (Santarém), Mário Balsa (Entroncamento), Nuno Ferreira (Tomar), Ricardo Segurado (Santarém), Sónia Sanfona (Alpiarça) e Teresa Aranha (Almeirim). Por inerência, integram o Secretariado Maria da Luz Lopes, Presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas, e Tiago Preguiça, Presidente da JS Ribatejo.
Francisco Oliveira (Coruche), Hugo Costa (Tomar), Joaquim Rosa do Céu (Alpiarça) e Pedro Pereira (Benavente) são adjuntos do Presidente da Federação.
 
 

FEDERAÇÃO DE SANTARÉM DO PS

 
ALERTA PARA DEGRADAÇÃO DOS SERVIÇOS  PÚBLICOS NO DISTRITO
 
A Federação de Santarém do PS lamenta a situação extrema a que a atual maioria que governa o País conduziu os setores da Saúde, da Educação e da Justiça no nosso Distrito.
As populações do distrito de Santarém continuam a ser afetadas pelo desinvestimento constante deste Governo no sector da Saúde, privando cada vez mais pessoas do direito de acesso a cuidados de saúde primários e prejudicando sistematicamente a operacionalidade do Serviço Nacional de Saúde. Os casos sucedem-se, sendo o da Extensão de Saúde de Santa Margarida a situação mais recente. Mais de 2.500 utentes estão privados de médico no local devido a um problema informático que obrigou ao encerramento das instalações. O abandono a que a maioria PSD e CDS têm vindo a votar os portugueses, submetendo a gestão da Saúde a critérios meramente economicistas, tem vindo a resultar em situações deste tipo, mas também a uma completa desarticulação ao nível dos Centros Hospitalares, com graves prejuízos para os utentes da região, sem que isso se traduza em qualquer espécie de benefício social. De resto, o Partido Socialista tem vindo a chamar sistematicamente a atenção para a necessidade de coordenar uma estratégia de atuação entre Centros Hospitalares, que permita otimizar os recursos, mantendo na região todas as valências necessárias a uma rede distrital de cuidados de saúde, ao contrário do que tem vindo a ser feito.
No que diz respeito à Educação, depois de um arranque de ano letivo desastroso a todos os títulos, tanto para alunos como para professores, permanece a incerteza em muitas escolas pelo país fora e continua sem se vislumbrar qualquer projeto de melhoria de condições das escolas do Distrito de Santarém. Para além de encerrar unidades escolares, o Governo não implementou qualquer outra medida relacionada com a Educação no Distrito de Santarém, nomeadamente no domínio da descentralização de competências e da aplicação do princípio da subsidiariedade, dotando as autarquias dos meios adequados à gestão das infraestruras educativas e de uma efetiva rede de transportes escolares, que permita o acesso à Educação em condições de igualdade para todos os jovens e crianças da nossa região.
Em matéria de Justiça, a somar ao caos gerado pela reforma do Mapa Judiciário, a inoperacionalidade do Citius está a deixar muitos jovens menores no nosso distrito em situação de grave carência, por falta de atribuição das respetivas pensões de alimentos. Em causa estão os necessários despachos judiciais, que deveriam ser dados num prazo que habitualmente ronda os 10 dias e que, neste momento, estão com um atraso de meses, por falta de capacidade de resposta dos Tribunais de Família e Menores. A situação caótica em que tem estado a funcionar o Sistema Judicial tem vindo a obrigar os progenitores, ou os respetivos advogados, a apresentarem requerimentos ao processo com caráter de urgência para verem resolvidos os seus problemas. Este é apenas um exemplo concreto de como a situação que se vive no setor da Justiça afeta diretamente a vida das pessoas. Mais uma vez, são os mais desprotegidos os mais afetados pelos erros do Governo PSD/CDS, que permanece alheio à realidade do País e às consequências da total incompetência da Ministra da Justiça, cuja permanência no cargo não se entende.
Estes aspetos não podem deixar de merecer uma forte crítica por parte do Secretariado Distrital da Federação de Santarém do PS, que na passada segunda-feira iniciou funções, analisando a situação política no Distrito.


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:26
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Biblioteca de Azambuja festeja o “Halloween”

Atividades para novembro 2014

unnamed (3).jpg 

Na Biblioteca da Vila de Azambuja, quiçá por artes de bruxaria, o mês de novembro começa a 31 de outubro. Esta última noite de outubro de 2014 vai encher-se de contos de “Halloween”, com histórias de sustos, travessuras e outras aventuras tão apreciadas pelos mais pequenos.  A atividade decorrerá entre as 20h30 e as 22h00 e está aberta a crianças a partir dos 4 anos. A entrada é livre e os participantes são convidados a virem fantasiados e a trazerem uma história para contar.

 

Com a chegada de novembro, chega mais um conjunto de propostas para os utentes da Rede de Bibliotecas Municipais de Azambuja. O destaque do mês, em Azambuja, vai para a exposição de pintura “Tonalidades”, com os trabalhos de Maria José Mimoso e Isabel Cano Valla, que ficará patente até dia 6 de dezembro. No Centro Cultural Grandella, em Aveiras de Cima, atenção especial ao último sábado com um workshop aberto a todos os amantes de artes como o croché, a costura, a pintura, entre outras similares, para partilha de saberes e técnicas o longo de todo o dia.

Entretanto, continuam as atividades habituais, Mimar a Ler, A Ler Brincamos e Aprendemos, Brincar com Histórias, A Magia da Poesia, Crescer a Ler e ABC dos Computadores.

 

A participação é gratuita em todas as atividades. De acordo com o evento, os interessados devem inscrever-se no respetivo balcão.

Podem ser solicitadas mais informações pelo e-mail biblioazb@cm-azambuja.pt

 

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AZAMBUJA

 

Exposição de pintura

“Tonalidades”, de Maria José Mimoso e Isabel Cano Valla

Inauguração dia 01.novembro às 15h00 – patente até 06.dezembro

O visitante estará perante uma exposição de pintura em que a arte se alinha à cor, em composições onde as autoras se exprimem e nos transmitem os seus estados de alma, as suas histórias, as suas interiorizadas observações.

 

Mimar a Ler – “Livros toca e sente”

(9 – 24 meses)

Sábado dia 01 / 10H30

Este projeto tem como objetivo apresentar o livro e a leitura aos mais novos e introduzir hábitos de manuseamento do livro que poderão traduzir-se mais tarde em hábitos de leitura. O desenvolvimento motor e a descoberta da linguagem são questões de base deste projeto tal como a utilização dos cinco sentidos. Privilegia ainda o contato entre o adulto acompanhante e o bebé no espaço da biblioteca e visa contribuir para a formação de futuros cidadãos ativos.

O projeto é composto por 8 sessões ao longo do ano letivo que decorrerão no primeiro sábado de manhã de cada mês às 10H30 na biblioteca. O projeto não versa um livro específico mas sim tipologias de livros e permitirá aos inscritos a exploração de uma “sacola” de livros em cada sessão.

 

A magia da poesia – Alice Vieira

(5 – 10 anos)

Sábado dia 01 / 14H30

A reedição deste projeto tem como objetivo principal a sensibilização para a poesia. Com o objetivo de desmistificar a poesia e torná-la divertida este projeto é elaborado em parceria com uma leitora que se voluntariou para desenvolver esta iniciativa, o que enriquece os laços entre a biblioteca e os membros da comunidade.

 

A ler brincamos e aprendemos… “Se eu fosse um animal”

(2 – 4 anos)

Sábado dia 08 / 10H30

O objetivo principal é criar o gosto pelo livro e a leitura aos mais novos tal como introduzir hábitos de leitura e tornar as visitas à biblioteca parte da rotina semanal. Com pequenos ateliers após a história objetiva-se desenvolver a motricidade, a memória e a aprendizagem de conceitos base para esta faixa etária tal como os números, as cores e as formas entre outros.

 

Brincar com histórias – Miminhos, miminhos…

(4 - 6 anos)

Sábado dia 15 / 14H30

O objetivo principal é estimular o gosto pelo livro e a leitura nas crianças em idade pré-escolar, e ao mesmo tempo auxiliar a aprendizagem de determinados conceitos que fazem parte do desenvolvimento cognitivo das crianças desta faixa etária. Em cada sessão será contada uma nova história que irá abordar um tema diferente, seguindo-se a dinamização de um jogo/atividade em que participem pais e filhos, criando assim momentos de convívio que estimulem também o vínculo parental. Espera-se que os pais desenvolvam com os filhos hábitos de leitura que se mantenham no futuro, servindo os pais de intermediários entre o livro e a criança, e motivando as visitas regulares à biblioteca.

 

Hora do Conto

(1º ciclo, 6 – 10 anos)

Sextas às 10H30

Esta atividade de promoção da leitura é dirigida ao 1º ciclo do ensino básico da rede pública escolar, especificamente ao 3º e 4º ano de escolaridade. A história contada será do autor Hervé Tullet “Sem título” seguido de uma breve oficina de escrita criativa em que cada turma irá escrever uma página de um livro já iniciado. Esta atividade é dinamizada em articulação com os agrupamentos escolares e visa a promoção do livro, a criação de hábitos de leitura e estimular a imaginação, criatividade e capacidade escrita.

 

Visitas Guiadas

Sextas - 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

 

Leia Connosco…

Ao longo de cada mês, a biblioteca destaca um autor ou um tema na sala dos adultos. Em novembro o tema escolhido ébiografias.

 

 

CENTRO CULTURAL GRANDELLA – AVEIRAS DE CIMA

 

Croché, pintura, costura, e outros…

Último sábado do mês

No último sábado do mês traga o seu material e trabalhe no espaço da biblioteca aproveitando para partilhar ideias e trocar dicas com os artesãos presentes. Apareça entre as 10h30 e as 12h30 e das 13h30 às 18h30 e participe neste workshopcoletivo gratuito.

 

Crescer a Ler

(Pré-escolar, 3 – 5 anos)

Quartas às 10H30

Projeto de promoção da leitura dirigido a todo o ensino pré-escolar do concelho para que as educadoras possam frequentar, com as suas turmas, o espaço da biblioteca e desenvolver atividades em torno do livro. O objetivo é motivar todas as crianças do concelho a trabalhar o mesmo livro “Tanto, Tanto!” da autoria de Trish Cooke.

 

Aprender o ABC dos computadores…

(50+ anos de idade)

Terças e quintas às 10H30

Se tem um grau de literacia digital inexistente ou muito fraco e idade superior a 50 anos inscreva-se gratuitamente na biblioteca e durante um mês aprenda os passos básicos de como trabalhar com um computador.

 

Visitas Guiadas

Sextas / 10H30

As visitas guiadas têm como objetivo dar a conhecer o espaço, as regras de funcionamento e o fundo documental da biblioteca. Atividade sujeita a marcação.

 

Este mês lemos…

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema. Em novembro o tema escolhido é receitas para festas.

 

 

PALÁCIO CONSELHEIRO FREDERICO AROUCA – ALCOENTRE

 

Ler no lar para atividades inventar

Quartas 14H30

Continuam as visitas ao Centro de Dia de Alcoentre com leituras diversas seguidas de atividades dirigidas aos seniores.

 

Aprender o ABC dos computadores…

(50+ anos de idade)

Terças e quintas às 14H30

Se tem um grau de literacia digital inexistente ou muito fraco e idade superior a 50 anos inscreva-se gratuitamente na biblioteca e durante um mês aprenda os passos básicos de como trabalhar com um computador.

 

À Volta dos livros

Ao longo de cada mês a biblioteca destaca um autor ou um tema. Em novembro o autor escolhido é Daniel Silva.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:55
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Cyrano de Bergerac

CYRANO DE BERGERAC

a partir de Edmond Rostant

 

unnamed (2).jpg

PRIMEIROS SINTOMAS

TEATRO VIRGÍNIA . TORRES NOVAS

08 NOVEMBRO . SÁBADO 21H30



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:53
link do post | comentar | favorito

CARTAXO ASSINA ACORDOS PARA FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES

unnamed (1).jpg

 Os Acordos de Colaboração para fornecimento de refeições escolares foram assinados ontem, no edifício sede do Município do Cartaxo. Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara, assinou os Acordos que envolvem seis IPSS do Concelho, a Junta de Freguesia de Pontével e os dois agrupamentos de escolas – Marcelino Mesquita do Cartaxo e D. Sancho I de Pontével.

 

O autarca reconheceu “o trabalho que todos desenvolveram para que o valor unitário das refeições pudesse baixar e o esforço de gestão a que vão ser obrigados”, acrescentando que “a Câmara Municipal sabe que contratar as refeições escolares a uma empresa baixaria muito este preço, mas o trabalho das IPSS e da Junta de Freguesia, vai muito para além do serviço acordado, quer pela proximidade às famílias e conhecimento de situações que escapam a quem não tem a vossa vocação de serviço público”, afirmando que “a Câmara não pode deixar de cumprir o seu papel social e de apoio à sustentabilidade das nossas instituições”. O presidente da Câmara explicou que, em relação ao ano anterior, “contamos com mais uma IPSS, o Centro Social e Paroquial da Ereira que, resolvidos alguns assuntos burocráticos, pode este ano prestar este serviço à comunidade”.

 

Os valores acordados entre as entidades, oscilam entre os 2,80 e os 2,45 euros, dependendo de haver ou não lugar ao transporte das refeições ou das crianças, assim como, a nos estabelecimentos de ensino o serviço de refeições ser feito por funcionários da instituição ou dos agrupamentos. O valor total previsto para as refeições escolares é de 611 mil euros, para servir 19 escolas do ensino básico e jardins de infância, num total de 1380 crianças e jovens.

 

Ementas são definidas com o apoio de nutricionista

Pedro Magalhães Ribeiro aproveitou a presença de todos, para reafirmar o objetivo de que as refeições escolares constituam, também, espaço para “a promoção de uma alimentação saudável”, afirmando que “para além de seguirmos todas as normas gerais estabelecidas a nível nacional, vamos continuar a disponibilizar o apoio de nutricionista, para que as refeições possam ser adaptadas a situações concretas, de acordo com as necessidades das crianças”.

 

O autarca reforçou a necessidade de que a comunidade escolar, professores, pais e instituições, continuem o seu esforço de sensibilização “junto das famílias, para que a alimentação saudável seguida nas escolas, se possa alargar à casa de cada um”, recordando que “a obesidade infantil é uma realidade. Para a sua prevenção são essenciais os hábitos alimentares que as crianças adquirem muito cedo. Portugal é o país com maior registo de hipertensão e maior prevalência de diabetes na Europa, é preciso que todos saibamos dar o nosso contributo para alterar estes números”.

 

Presentes na assinatura dos Acordos estiveram também o vice-Presidente da Câmara Municipal e a vereadora Sónia Serra, os presidentes dos agrupamentos de escolas, Jorge Tavares e Luís Bruno, e representantes das instituições envolvidas – pelo Jardim de Infância do Cartaxo, Dário Nogueira, na qualidade de presidente da direção; pela Associação Comunitária de Assistência Social de Vila Chã de Ourique, Maria da Conceição Nogueira, na qualidade de presidente; pela Associação O Tejo – Centro de Dia de Valada, Carlos Cláudio, na qualidade de presidente da direção; pelo Centro Social Paroquial da Ereira, o vice-presidente, José Barroso, pela Associação Comunitária de Vale da Pedra, Joaquim Edgar de Oliveira , como presidente e pela Junta de Freguesia de Pontével, o seu presidente, Jorge Pisca.

 

O Centro de Dia da Lapa, não se fez representar, por Cecília Xisto, presidente da direção, estar ausente do país, assinando o acordo mais tarde.

 

RICARDO CARRIÇO ESTEVE NO CARTAXO A CONVITE DE JOSÉ RAPOSO

O teatro, a amizade e a cultura estiveram no centro de uma conversa informal e intimista.

 

No passado domingo, dia 26 de outubro, o Centro Cultural do Cartaxo recebeu mais uma tertúlia José Raposo Convida. Ricardo Carriço foi o protagonista de noite de conversa que levou mais de 4 dezenas de pessoas ao CCC.

 

O ator de 50 anos, que começou a sua carreira nas passerelles, falou de modo aberto e descontraído sobre a sua experiência nos palcos e sobre o modo como teatro faz parte na sua vida, sobre o valor da amizade e o papel da cultura num país em crise.

 

Ricardo Carriço entende que ser ator passa por “podermos estar rodeados de milhares de pessoas, mas estarmos sempre sozinhos”, conforme descreveu Raúl Solnado. Mas esta suposta solidão não o impede de afirmar que prefere o te atro ao cinema porque “estar em cima do palco e sentir que ‘daquele lado’ existem pessoas a reagir, é algo de extraordinário.

 

Uma experiência que aconteceu por acaso, aos 15 anos, a pedido de uma amiga participou num desfile de moda na festa de finalistas de Angra do Heroísmo, levou-o ao seu primeiro papel, o de manequim e daí foram os acasos e a vontade que o levaram à televisão e ao teatro.

 

Foi em 1990, com 26 anos, que participou na sua primeira série de televisão – A Grande Mentira. A esta seguiram-se as séries Claxon, Major Alvega, Médico de Família ou Querido Professor. Mas foi nas telenovelas, que faria mais tarde, e no teatro, em que se estreou em 1995, que iria trabalhar com atores como Glória de Matos, Mariana Rey Monteiro, Armando Cortês ou Ruy de Carvalho, que diz ter ganho a sua formação.

 

Para Ricardo Carriço amizade é o centro da vida afirmando que “a vida para mim não faz sentido nenhum se eu não construir amizades”, confidenciando mesmo que “o meu único medo é o de não ter amigos por perto. De resto não tenho medo de nada”.

 

A espiritualidade é também muito importante para o ator. Dizendo-se crente, “acredito que nada acontece por acaso, fazemos parte de um todo. Passa muito por acreditar que estamos aqui por alguma razão”, afirma.

 

O seu papel enquanto agente cultural – Ricardo Carriço é também encenador e formador na associação Confluência, sediada em Cascais –, não podia ficar de fora da conversa “hoje em dia há muita massificação e muito culto do que é gratuito.”, defendendo que “se todos nós contribuíssemos, o financiamento à cultura seria muito mais fácil”.

 

No próximo mês, José Raposo Convida trará ao Cartaxo Marina Mota, outra atriz reconhecida pelo público, pela sua vida dedicada ao teatro.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:50
link do post | comentar | favorito

Hospital Vila Franca de Xira prossegue a sua aposta na Segurança Clínica com a Acreditação pela Joint Commission International

unnamed.jpg

 

O Hospital Vila Franca de Xira (HVFX), unidade gerida pela José de Mello Saúde, obtém a Acreditação pela Joint Commission International (JCI), a mais prestigiada organização acreditadora na área da saúde, a nível mundial.
Em carta oficial enviada ao HVFX, a JCI felicita o Hospital pelos resultados alcançados e refere que os “cidadãos portugueses devem estar orgulhosos pelo Hospital Vila Franca de Xira estar focado neste grande desafio, que se traduz na constante melhoria do nível de qualidade.”
Nesta avaliação, orientada pela quinta edição do Manual de Acreditação da JCI, em vigor desde 1 de abril de 2014, que comporta um grau de exigência superior às anteriores versões,foram avaliados mais de mil parâmetros e cerca de 300 padrões de excelência, focados na qualidade da prestação de cuidados e segurança do doente. As auditorias incidiram em aspetos relacionados com a segurança clínica do doente, como a redução do risco de infeção, a prevenção de quedas, a cirurgia segura, a gestão e segurança dos medicamentos e a comunicação eficaz.
“Queremos ser dos hospitais mais seguros do país. A Acreditação constitui um marco, muito exigente, no alcance deste objetivo, do qual nos orgulhamos – atingir os mais elevados níveis de segurança clínica. Contudo, este é apenas o início”, afirma Vasco Luís de Mello, Presidente do Conselho de Administração do HVFX.
A JCI é a mais prestigiada entidade acreditadora independente que tem como intuito supervisionar e certificar as unidades de saúde, em todo o mundo, seguindo padrões de qualidade validados internacionalmente. Com a obtenção da Acreditação, o HVFX consolida o seu compromisso de prestador de cuidados de saúde de excelência e de melhoria contínua da qualidade e segurança do doente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:47
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Outubro de 2014
Constrangimentos no Abastecimento de Água em Porto Alto dia 30 de outubro

Constrangimentos no Abastecimento de Água em Porto Alto dia 30 de outubro

 A Águas do Ribatejo informa que devido a uma intervenção no âmbito da obra em curso,  em Porto Alto, são previsíveis constrangimentos e cortes, no abastecimento de água, na quinta-feira, 30 de outubro, entre as 13h00 e as 19h30, nos seguintes horários e locais:

 

  • Entre as 13h00 e as 19h30
  • Estrada das Malhadinhas (entre o cruzamento com a Estrada Real e o cruzamento com a Estrada das Fontaínhas)
  • Rua 1ºde Maio (entre o Reservatório e a Estrada da Malhada dos Carrscos, apenas do lado direito neste sentido)
  • Rua Sacadura Cabral
  • Incompol
  • Restaurante o Torricado
  • EN 118, entre o cruzamento com a Estrada Malhada dos Carrascos e o entroncamento com a Travessa das Fontainhas


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:10
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: Continuam as Lavagens e Desinfeções de Contentores

IMG_4595.jpg

Esta ação teve início esta 2ª-feira, dia 13 de Outubro, em Salvaterra de Magos e decorre entre as 6h às 12h e das 13h às 15h.

A Lavagem e Desinfeção de contentores continuou nos Foros de Salvaterra e  Marinhais. 
Prevê-se a sua conclusão na próxima semana em Muge, Granho, Glória do Ribatejo e Cocharro.
A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos prevê um total de 1170 contentores RSU de 770/1000 L e de 9 ilhas ecológicas de 3m(cada) lavados e desinfectados no concelho de Salvaterra de Magos.
 
 
 
 


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:06
link do post | comentar | favorito

Ceia Fadista em Marinhais

unnamed (2).jpg

 

 

O Centro de Bem Estar de Marinhais organiza a Ceia Fadista, no dia 31 de Outubro às 22h em Marinhais.

Este evento contará com vários fadistas do nosso concelho para abrilhantar esta noite.

Uma noite que alia Fado e Gastronomia, apareça!



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:05
link do post | comentar | favorito

Caminhada "Rota do Outono"

unnamed (1).jpg

 

Realiza-se no próximo dia 02 de Novembro a última  Caminhada do Projeto Magos Natureza, com o nome de "Rota do Outono".
Esta Caminhada irá percorrer os trilhos em redor da Glória do Ribatejo, sendo a concentração realizadano jardim próximo da Junta de Freguesia da Glória às 09h00, iniciando a Caminhada às 09h30, com uma extensão aproximada de 10kms.
 
As inscrições encontram-se abertas até ao dia 30 de Outubro, através do preenchimento do 
icon Folheto de Divulgação Rota do Outono , que deverá ser entregue nas Piscinas Municipais, Juntas de Freguesia e Delegações Municipais.


publicado por Noticias do Ribatejo às 16:04
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS: Sábado a Praça vai dançar!

unnamed.jpg

Este projecto da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos visa dinamizar a Praça de Salvaterra de Magos levando até ela, mais artesãos e produtores locais e variada animação musical e dança. Deixe-se surpreender e vá à Praça!

 Na senda do projecto “Praça ComVida” a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos organiza, sábado, dia 1 de Novembro pelas 10 horas, no Mercado Municipal de Salvaterra de Magos  uma demonstração de dança com as classes: Beat Freakz, Dream Mommies e Pretty Girls do grupo de dançaDream Dancing.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:03
link do post | comentar | favorito

Campeonato AZB Fairplay 2014/2015, em Azambuja

O AZB Fairplay – Campeonato Amador organizado pelo Município de Azambuja está de volta para a sua quinta edição. As inscrições estão oficialmente abertas e o período das mesmas decorre até dia 31 de outubro do corrente ano.

 

Mantendo os objetivos de promover hábitos de vida saudável e uma cultura desportiva ativa por parte da população, a autarquia lança novamente o repto a todos os munícipes para participarem nas várias modalidades que irão ser desenvolvidas na nova época desportiva, nomeadamente, Futebol 7, Ténis de Mesa, Futsal Jovem e Basquetebol. A vertente competitiva tem um papel secundário, e visa apenas tornar o projeto um pouco mais atrativo e dinâmico. A competição que irá marcar o arranque da época 2014/2015 será a liga de Futebol 7 sénior.

 

A Câmara Municipal está, ainda, aberta a sugestões para a promoção de outras modalidades, desde que haja um número mínimo de participantes e/ou equipas que o justifique, como foi o caso do basquetebol, introduzido no campeonato na época anterior.

A mostrar azb fairplay 2014-2015.png



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

ALMOÇO SOLIDÁRIO PARA OBRAS DA IGREJA DE SAMORA

unnamed (2).jpg

Samora Correia está a preparar um almoço solidário a favor das obras em curso na Igreja Matriz da cidade. O evento tipicamente ribatejano terá lugar no dia 9 de novembro, às 13h00, no Salão Paroquial. A ementa inclui porco no espeto e um magusto com castanhas e agua pé com animação a cargo de um grupo de fadistas e poetas locais. As entradas custam 15 euros.
 
As obras em curso custam cerca de 600 mil euros e apesar do financiamento da união Europeia e do Município de Benavente, a comissão terá de reunir cerca de 40 mil euros para fazer face a trabalhos imprevistos.
 
Recorde-se que a comissão das obras, que integra um grupo de paroquianos e o Padre local, garantiu recentemente que irá manter na fachada da Igreja a oliveira e a figueira cuja origem remonta à construção do templo em 1721.  O possível corte das árvores por razões técnicas e de segurança do imóvel gerou uma onda de contestação da população. 
 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:58
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: Manuel Serrão, Rui Zink, Paulino Coelho, Júlio Magalhães e Miguel Poiares Maduro conversam sobre “Artes na Arte” no Festival Nacional de Gastronomia

unnamed (1).jpg

A 3ª Conversa “Portugal à Mesa”, que tem como moderador, Camilo Lourenço, junta à mesa, Manuel Serrão, Rui Zink, Paulino Coelho, Júlio Magalhães e Miguel Poiares Maduro, para falarem das “Artes na Arte”, e da influência da arte da profissão de cada um, na arte da Gastronomia, no próximo dia 1 de novembro, às 17h00, no Salão Nobre da Casa do Campino.

 

Manuel Serrão é licenciado em Direito, empresário na área da consultadoria, relações públicas, organização de feiras, nomeadamente eventos ligados ao ramo da moda, assessoria de imprensa e Internet, congressos, exposições, festas, espetáculos e festivais. Ex-vice-presidente da A.N.J.E.- Associação Nacional de Jovens Empresários. Membro da Comissão Executiva do Portugal Fashion e ex-Consultor da Exponor para as feiras têxteis.

 

Responsável pela organização do único Salão Nacional de Tecidos e Acessórios europeus e Confeção Portuguesa- MODTISSIMO, é comissário do projeto Porto Fashion Awards, promovido pelo AICEP e pelo CENESTAP e editor do Jornal Têxtil, desde a primeira edição (julho 1997 – 2013).

 

É comentador da atualidade política, social e desportiva em vários órgãos de comunicação social, nomeadamente Jornal de Notícias, Expresso, SIC, O Jogo, Lux, Independente, TSF, 24 horas, Comércio do Porto e TVI 24, confrade da LASVIN- Liga dos Amigos da Saúde e do Vinho, Confraria do Vinho-Verde, Confraria da Broa de Avintes e Confraria de Jornalistas Enófilos, Confraria do Vinho do Porto; Confraria do Sável e da Lampreia e Confraria das Tripas à Moda do Porto, sócio do Futebol Clube do Porto e ex membro do seu Conselho Cultural.

 

Rui Zink é professor Auxiliar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, desde 1997, licenciou-se na mesma universidade em Estudos Portugueses e obteve os graus de mestre em Cultura e Literatura Popular e de doutor em Literatura Portuguesa, com uma tese sobre Banda Desenhada, em 1997, sendo a primeira a ser apresentada em Portugal sobre o tema, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

 

Foi Professor do Ensino Secundário, Leitor de Língua Portuguesa na Universidade de Michigan e Professor Convidado na Universidade de Massachussetts, Dartmouth

 

Escritor e professor Auxiliar no Departamento de Estudos Portugueses na Faculdade da Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, é autor duma obra diversificada e multifacetada.

 

No âmbito da literatura publicou, entre outros, os romances “Hotel Lusitano” (1987), “Apocalipse Nau” (1996), “O Suplente” (2000) e “Os Surfistas” (2001), primeiro e-book em língua portuguesa.

 

É ainda coautor de “Major Alverca” e dos livros infantis “o Bebé... que não gostava de televisão” (2003), “o Bebé … que não sabia quem era” (2003 ), “o Bebé ... que fez uma birra” (2004) e “Pornex” (1984).

A sua obra está traduzida em inglês, alemão e hebraico, encontrando-se também publicada no Brasil.

 

Paulino Coelho nasceu em Cantanhede no dia 27 de julho de 1967 e mudou-se para Santarém em fevereiro de 1973, onde fez os seus estudos até ingressar na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa, para fazer o curso de Direito, que não concluiu.

 

Iniciou a sua carreira na RDP Rádio Santarém em 1986.Desde programas de música e entretenimento, fez relatos, acompanhando a equipa principal do União de Santarém.

 

Em abril de 1988, ingressou na RFM onde ficou até setembro de 1997, onde apresentou 3 horários da estação: das 13h00 às 16h00, das10h00 às 13h00 e das 19h00 às 22h00.

 

É locutor da Rádio Renascença desde setembro de 1997, onde apresenta o programa das 10h00 às 13h00.

 

De maio de 2000 a outubro de 2012, fez o Programa da Manhã da Renascença.

 

Na televisão estreou-se como repórter do programa “Haja Música”, da RTP, em 1989. Foi Voz Off de continuidade da TVI, entre 1993 e 1995, copywriter das auto-promoções da TVI durante 6 meses, em 1996, e Voz off no programa “Só Números”, da RTP em 2000.

 

Foi Speaker oficial do Estádio José Alvalade entre 1998 e 1999 e 2003 e 2005.

 

Paralelamente à Rádio, iniciou uma carreira como DJ, em 1992, atividade que, ainda hoje mantém com regularidade, não só em discotecas, como eventos corporate e outros eventos privados.

 

Apresenta regularmente eventos, e atualmente, é o Master of Ceremony do Champions Club (Lounge VIP dos Main Sponsors da Liga dos Campeões) no Estádio de Avalade nos jogos da Champions League.

 

É locutor e DJ da Rádio Renascença.

 

Júlio Magalhães nasceu no Porto a 7 de fevereiro de 1963, foi para Angola com sete meses e viveu um ano em Luanda e doze em Sá da Bandeira (Lubango). Em 1975 regressou a Portugal, mais precisamente, para a cidade do Porto.

 

Aos dezasseis anos, iniciou a sua carreira como colaborador de “O Comércio do Porto”, na área do desporto. Dois anos mais tarde, integrava os quadros do mesmo jornal. Trabalhou ainda no jornal “Europeu”, no semanário “O Liberal”, na Rádio Nova e, em 1990, estreou-se na RTP onde, para além de jornalista e repórter, apresentou o Programa da Manhã e o Jornal da Tarde.

 

Em 2008 lançou o seu primeiro romance "Os Retornados - Um Amor Nunca Se Esquece", obra de ficção onde narra uma história de amor que tem como cenário os conturbados momentos finais de uma África portuguesa. Uma obra baseada na sua própria experiência como português regressado na maior ponte aérea entre as ex-colónias portuguesas e Lisboa que se realizou em 1974 e 1975 para transportar os portugueses ali residentes.

 

Anteriormente tinha publicado "Memorial 100 Glórias FC Porto", e, com José Carlos Castro e Marcelo Rebelo de Sousa, "Professor, Boa Noite", mas foi com este romance que Júlio Magalhães entrou definitivamente no panorama da literatura portuguesa como escritor de sucesso.

 

A 9 de setembro de 2009, é convidado para assumir o cargo de Director de Informação da TVI, após a saída de José Eduardo Moniz. Em 22 de fevereiro de 2011 anunciou a sua saída do cargo, mantendo-se, no entanto, em funções até à formação de uma nova equipa diretiva.1

 

No dia 10 de janeiro de 2012, Júlio Magalhães foi apresentado por Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, como diretor-geral do Porto Canal. Entrou em funções a 1 de fevereiro de 2012.2

 

Como escritor, Júlio Magalhães publicou “Os Retornados” (2008), “Um Amor em Tempos de Guerra” (2009), “Longe do meu Coração” (2010), “Por ti, Resistirei” (2011) e “Não nos Roubarão a Esperança (2012)”. Adepto portista, lançou ainda vários títulos focados nessa paixão: “O meu Primeiro Livro do FC Porto” (2005), “Memórias do FC Porto – 100 Glórias” (2006), “FC Porto – 100 Momentos” (2007) e “365 Razões para ser Portista” (2008).

 

Miguel Poiares Maduro nasceu em 1967, é Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional desde abril de 2013. Foi Diretor do Programa de Global Governance e Professor de Direito no Instituto Universitário Europeu, em Florença, Itália, e, igualmente, Professor Convidado da Faculdade de Direito da Universidade de Yale, nos Estados Unidos da América.

 

Entre 2003 e 2009 foi Advogado Geral no Tribunal Europeu de Justiça no Luxemburgo. Tendo sido Fulbright Visiting Research Scholar na Faculdade de Direito da Universidade de Harvard, EUA é Doutor em Direito pelo Instituto Universitário Europeu tendo ganho o Prémio Objetivo Europa pela melhor tese de doutoramento no Instituto naquele ano.

 

Docente em numerosas instituições, nomeadamente: Colégio da Europa, Universidade Católica de Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Economia de Londres, Faculdade de Direito de Chicago, Centro de Estudos Político-Constitucionais de Espanha, o Instituto Ortega y Gasset de Madrid e o Instituto de Estudos Europeus de Macau.

 

Em 2010 foi galardoado com o prestigiado Prémio Gulbenkian de Ciência. Já anteriormente tinha sido agraciado com a Comenda da Ordem de Sant'Iago da Espada pelo Presidente da República Portuguesa por mérito literário, científico e artístico (2006) e foi o primeiro recipiente do Prémio Rowe and Maw no Instituto Universitário Europeu.

 

Com vasta obra publicada destacam-se: «We the Court - The European Court of Justice and the European Economic Constitution»; «The past and Future of EU Law» e «A Constituição Plural -Constitucionalismo e União Europeia». Foi jurisconsulto em diversos processos de relevância internacional e integrou o Grupo de Alto Nível da Comissão Europeia sobre o pluralismo dos Media e a Liberdade de Informação. Pertenceu à Comissão Política de candidatura de Aníbal Cavaco Silva às eleições presidenciais de 2011.

 

 

Camilo Lourenço é o moderador desta 3ª Conversa do “Portugal à Mesa”.

 

Licenciado em Direito Económico pela Universidade de Lisboa. Passou ainda pela Universidade de Columbia, em Nova Iorque e University of Michigan, onde fez uma especialização em jornalismo financeiro. Passou também pela Universidade Católica Portuguesa. 

 

Camilo Lourenço estagiou na seção de Economia do semanário “O Jornal” (1987); no jornal “Correio da Manhã (colunista da secção de Bolsa); jornalista na seção de Economia do jornal “Semanário” (1987); editor de Economia da Rádio Correio da Manhã (de 1988 a 1992); redator principal do “Semanário Económico” (desde 1988); coordenador da secção Nacional do “Diário Económico”, de que foi um dos fundadores, desde 1990.

 

Director adjunto da revista “Valor”, que ajudou a fundar, em 1992 e diretor da mesma revista em 1993, onde se manteve até 1995. Editor de Economia da Rádio Comercial, de 1992 a 1997.

 

Foi Diretor editorial das revistas masculinas da Editora Abril/Controjornal: “Exame” (revista que também dirigiu); “Executive Digest”; “Turbo”; “Auto Guia”, “Exame Informática” e “Exame Digital”, de 1995 a 2002.

Comentador de assuntos económicos da Rádio Capital, de 2000 a 2005. Director da revista “Maisvalia”, de 2003 a 2005.

 

É comentador de assuntos económicos da Media Capital Rádios ,desde 2010.

Numa das rádios do grupo, a M80, apresenta dois programas: “Moneybox” e “A Cor do Dinheiro”, herdados do Rádio Clube Português.

 

A par destas funções Camilo Lourenço é docente universitário. Lecionou na Universidade de Lisboa, na Universidade Lusíada e no Instituto Superior de Comunicação Empresarial. Por outro lado, leciona pós-graduações e MBA.

 

Em 2010, por solicitação de várias entidades (portuguesas e multinacionais), começou a fazer palestras de formação, dirigidas aos quadros médios e superiores, em áreas como Liderança, Marketing e Gestão.

 

Em 2007 estreou-se na escrita, tendo coautorado o livro “Como Tornar o Benfica Campeão”. Em 2009 lançou o seu primeiro livro a solo, “Como esticar o Salário e Encurtar o Mês”. Em 2012 lançou “Basta!”, um livro onde analisa os problemas da economia portuguesa e as soluções para os ultrapassar.

 

Na televisão começou como comentador da “RTP”, tendo passado para a “SIC Notícias”. Posteriormente abandonou esta estação para ser comentarista no grupo RTP, onde apresenta (na RTP N) o programa “A Cor do Dinheiro”.

 

Atualmente, é colunista no “Jornal de Negócios” e no “Record” e apresenta os programas “Moneybox” e “A Cor do Dinheiro”, na “Rádio M80”, além de ser comentador para assuntos económicos da Media Capital Rádios. Na TVI apresenta a rubrica “Contas na TV”, no programa “Você na TV”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:03
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: José Luís Peixoto no Museu Municipal Carlos Reis

 

unnamed.jpg

O escritor José Luís Peixoto vai estar no sábado, dia 8 de novembro, no Museu Municipal Carlos Reis, em Torres Novas, para conviver com o público e os leitores a pretexto do seu último livro Galveias. A sessão desenrola-se a partir das 18 horas e o autor, natural de Galveias, Ponte de Sôr, aldeia que é palco do romance agora lançado, terá oportunidade de explicar este seu “regresso” a casa para escrever um dos «grandes romances alguma vez escritos sobre a ruralidade portuguesa», um «retrato de vida, imagem despudorada de uma realidade que atravessa o país e que, em grande medida, contribui para traçar-lhe a sua identidade mais profunda».

José Luís Peixoto tem apenas 40 anos e uma já vasta obra literária que se reparte pelo romance, poesia e teatro, tendo averbado importantes prémios literários, entre os quais o prémio José Saramago, em 2001, e o Prémio Libro d' Europa, em Itália, em 2013. França, Itália, Bulgária, Turquia, Finlândia, Holanda, Espanha, República Checa, Roménia, Croácia, Bielorrússia, Polónia, Brasil, Grécia, Reino Unido, Estados Unidos, Hungria e Israel são alguns dos países onde os seus romances foram publicados.

Em 2013 José Luís Peixoto publicou o livro Dentro do Segredo, relato de uma viagem à Coreia do Norte, numa das raras entradas admitidas pelo regime coreano a cidadãos ocidentais. Daí que o país mais fechado do mundo seja também habitual tema de conversa entre Peixoto e os leitores



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:49
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: Aplicação informática da Câmara de Santarém “Caminhos de Fátima apoia Peregrinos” reconhecida pela Agência para a Modernização Administrativa

A aplicação da Câmara de Santarém “Caminhos de Fátima apoia Peregrinos” foi reconhecida como de grande interesse e relevância no contexto da modernização e inovação na Administração Pública portuguesa pela Agência para a Modernização Administrativa, I.P. (AMA), no âmbito da Rede Comum de Conhecimento.

 

A Rede Comum de Conhecimento é uma plataforma eletrónica onde são partilhadas boas práticas de modernização, inovação e simplificação administrativas implementadas pela Administração Pública portuguesa e pelos países de língua oficial portuguesa.

 

Esta aplicação da Câmara de Santarém disponibiliza através do seu Portal, desde Maio de 2013, uma aplicação com os “Caminhos de Fátima" de apoio aos peregrinos.

 

Os interessados podem aceder à aplicação, através do link: http://sig.cm-santarem.pt/fatima/, onde podem consultar o trajeto que está ilustrado com fotografias do percurso, no concelho de Santarém.

 

A peregrinação ocorre tradicionalmente a pé, com milhares de peregrinos que todos os anos percorrem vários trajetos até Fátima.

 

Com o evoluir dos tempos, e com o crescente número de peregrinos, surgiu a necessidade de serem criados caminhos definidos que conduzissem os peregrinos ao seu destino final, em segurança.



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:47
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2014
ABRANTES: Plano de Atividades, Investimentos e Orçamento para 2015

O Plano de Atividades, Investimentos e Orçamento para 2015 foi aprovado no dia 24 de outubro, por maioria, com a abstenção do eleito da CDU  e o voto contra da vereadora do PSD.

 

A presidente da Câmara explicou que este é o orçamento “possível” e, apesar de “limitado” é “muito rigoroso”.

 

O Plano e Orçamento para 2015 foram condicionados pela continuação das medidas de austeridade que o país atravessa e pela manutenção do desinvestimento em projetos estruturais e potenciadores do desenvolvimento económico e social com reflexo na vida dos cidadãos, das instituições e das empresas. O Orçamento é também fortemente condicionado pela expectável acentuada diminuição de receitas, sobretudo, pela incerteza quanto aos mecanismos de financiamento a disponibilizar pelo novo Quadro Comunitário. Acresce ainda que em 2015 será o primeiro de 7 anos em que o Município de Abrantes contribui do seu orçamento para o Fundo de Apoio Municipal criado pelo Governo para apoio aos Municípios em difícil situação financeira.

 

 

Orçamento

O orçamento municipal para 2015 ascende a 27.642.007,00€, verificando-se uma redução de cerca de 5.484.385,00€, face a 2014 (-17%).

No universo das despesas correntes, as transferências correntes, com uma dotação de 4.000.970,00€, representam 20% do seu total sendo que 60% dessas transferências são destinadas a Instituições sem Fins Lucrativos (Associações Desportivas, Culturais e Recreativas e IPSS’s), 30% destina-se às Juntas de Freguesia do Concelho e os restantes 10% a outras Entidades”, nomeadamente, “Famílias” (bolsas de estudo e contratos de emprego e inserção e estágios celebrados com o IEFP). Enquadram-se nesta rubrica, todas as transferências a efetuar em cumprimento dos protocolos celebrados na área da educação (transportes escolares, atividades de apoio à família, AEC’s, refeições escolares, etc.), com o apoio ao associativismo (Programa Finabrantes – Cultura, Desporto, Juventude, Social e Eventos), com as empresas de inserção (Palha de Abrantes e Centro Social do Pessoal do Município). Incluem-se ainda os contratos de execução celebrados ou a celebrar com as Juntas de Freguesia, para intervenções na rede viária, limpeza urbana, manutenção de espaços verdes, manutenção e funcionamento das escolas, transportes escolares, etc.).

 

 

 

Plano Plurianual de Investimento

Está orçado com 5.763.070,00€, o que corresponde a 21% das despesas previstas realizar no próximo ano.

Em articulação com o planeamento estratégico efetuado pelas regiões macro em que nos inserimos – a CCDR Centro e a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo – e tendo por base o Plano Estratégico Abrantes@2020, o exercício 2015 mantém uma continuada aposta na proteção da economia local, das empresas e das famílias. Incorpora os investimentos em curso e abrem oportunidade para outros investimentos, considerados cruciais para o desenvolvimento sustentado do Município.

 

Em resumo e por áreas as principais ações e projetos a desenvolver:

 

Educação e Qualificação do Capital Humano

Entre outros projetos, destacamos a elaboração e implementação do Projeto Educativo Municipal, a revisão da Carta Educativa, a dinamização de um projeto para a promoção da ciência experimental e consolidação das práticas de qualificação tecnológica no 1.º ciclo do ensino básico, o reforço da rede municipal de conhecimento, suportada nas bibliotecas escolares públicas e itinerante, a realização de melhorias nos espaços exteriores dos Centros Escolares,  o apoio na requalificação do Pólo do Centro de Formação Regional do IEFP e a instalação da ESTA no Tecnopolo;

Promoção do Bem-Estar e da Qualidade de Vida

Incluímos investimentos fundamentais para contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações como a Unidade de Saúde Familiar, a nova extensão de saúde do Rossio, o programa de incentivo à fixação de médicos de família (áreas em que a autarquia se está a substituir ao Estado central), a requalificação de parques infantis e a consolidação do Programa FINABRANTES;

Inclusão Social e Coesão Territorial

Estão inscritos em orçamento o reforço do programa de respostas sociais à população mais vulnerável, o alargamento da rede de teleassistência para apoio aos idosos, a consolidação da intervenção do Banco Social e a implementação do Plano Municipal de Acessibilidades e do Contrato Local de Segurança;

Qualificação e Facilitação do Ambiente de Negócio

Entre outros, ressalva-se a aposta no Balcão do Empreendedor e do Serviço Municipal de Apoio ao Empresário e o alargamento do âmbito territorial do Tecnopolo (incluindo os aceleradores de empresas, no âmbito da obra a decorrer);

Atração e Dinamização da Iniciativa Empresarial

Entre outros, destaque para os investimentos no programa de apoio financeiro à criação de postos de trabalho qualificados no Tecnopolo, o apoio à concretização e dinamização do Banco de Terras, a adoção de medidas com vista à obtenção do Selo Verde em produtos e serviços e a implementação da estratégia de Revitalização do Comércio no Centro Histórico de Abrantes;

Estruturação e Promoção do Potencial Turístico

Salienta-se a continuação de projetos como a primeira fase do MIAA, o Núcleo Museológico Duarte Ferreira no Tramagal, a conclusão das Grandes Rotas do Tejo e do Zêzere e da Estação de Canoagem de Alvega e abre oportunidade para investimentos como a Praia Fluvial de Fontes e a requalificação do Jardim do Castelo;

Reabilitação Urbana e Ordenamento do Território

Estão inscritas em orçamento obras como o Pontão sobre a ribeira de Rio de Moinhos, em Aldeinha (vai iniciar-se brevemente), o Pontão de Casais Revelhos, a beneficiação da Estrada Municipal 556 - Arreciadas/S. Facundo, a pavimentação da Estrada Municipal 556 - S. Facundo/Vale das Mós, a requalificação e pavimentação de arruamentos na área da cidade, a implementação do programa estratégico da área de reabilitação urbana do centro histórico, 2ª fase da intervenção na Avenida Farinha Pereira, Parque do Vale da Fontinha (Estacionamento, Mercado e Feiras);

Valorização Ambiental e Prevenção de Riscos

Para além da continuidade do investimento no sistema de abastecimento de água e na rede de saneamento, sobressai a aposta na criação de incentivos fiscais para os imóveis a incluir nas ZIF’s e a implementação do programa de proteção de aglomerados populacionais e rede viária, com a limpeza da floresta;

Promoção da Eficiência Energética e das Energias Renováveis

Para além da continuidade do projeto de instalação de uma mini hídrica no açude insuflável, inclui-se o desenvolvimento de um programa de otimização do desempenho energético dos edifício e frotas do Município e a criação de programa de otimização do desempenho energético dos sistemas de iluminação pública;

Governação Local e Modernização Administrativa

A implementação do Orçamento Participativo durante a elaboração do Orçamento para 2016, a instalação da Loja do Cidadão, o aprofundamento da cooperação técnica e financeira com todas as Freguesias e a implementação da plataforma eletrónica de gestão escolar, entre outros, integram esta linha de intervenção.

 

 

Grandes Opções do Plano para 2015

Sustentam-se, de forma positiva, na situação económica e financeira equilibrada da Câmara, nomeadamente porque continua a ser, a nível nacional, um Município de referência em matéria de prazos de pagamento a fornecedores, apresentando um prazo médio de pagamento de 25 dias. É cumpridora dos limites de endividamento nos termos da Lei das Finanças Locais e continua a diminuir o número de colaboradores ao serviço (até em 30 de setembro de 2014, a redução foi de 3,7%, face ao período homologo de 2013).

 

 

O documento vai ser presente à próxima Assembleia Municipal.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:32
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: Orçamento Municipal de Santarém para 2015 Grande aposta na educação, desporto, ação social e espaços públicos

O Orçamento do Município (OM) para o ano de 2015, hoje discutido em reunião de Executivo Municipal, é o mais baixo da última década, mas também o mais real e aquele cuja execução se consegue prever elevada.

 

Com menos 13 milhões de euros, face ao OM 2014, o documento espelha um ajustamento à conjuntura atual, sem esquecer o PAEL, aprovado no ano passado, que condiciona a elaboração deste e dos orçamentos vindouros.

 

Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, refere que o OM de 2015 “tem como base a consolidação do bom nome da autarquia perante os seus fornecedores, o respeito pelas pequenas e médias empresas que fornecem o município, mas é igualmente um orçamento que demonstra que o esforço financeiro realizado nos dois últimos anos está a dar frutos que permitem a Santarém acompanhar os investimentos do Portugal 2020, com total aproveitamento dos fundos comunitários.”

 

Em 2014, e até a esta data, a CMS reduziu os prazos de pagamentos em cerca de 50% e reduziu a dívida em mais de 7 milhões. Com uma gestão eficiente, cumpriu escrupulosamente os objetivos do plano de consolidação e saneamento, conseguiu reduzir as suas despesas de funcionamento e alcançou uma redução de dívida superior, sem colocar em causa as suas funções essenciais.

 

Na mesma senda e para o próximo ano, o orçamento prevê uma redução superior a 37% no fornecimento e serviços externos e uma redução nas despesas com pessoal superior a 220 mil euros. Mas, o atual executivo, não embarcando em teorias miserabilistas, ao nível do investimento elegeu as funções sociais como prioritárias, a par do plano de ação para revitalização do centro histórico, a melhoria da limpeza e recolha dos resíduos sólidos, manutenção e conservação de espaços de lazer e a conclusão da obra do Centro de Inovação Empresarial de Santarém.

 

Nos domínios sociais destaca-se o peso do investimento nestas áreas que se cifra em mais de 9 milhões de euros o que representa mais de um terço do investimento total. A educação absorve 26 % do total do investimento, com diversas obras em escolas e no Centro Escolar do Sacapeito.

 

Como investimentos para o ano 2015 encontram-se também previstos a implementação do parque urbano da Ex- Escola Prática de Cavalaria, a construção de novos equipamentos desportivos, nomeadamente na Escola Superior Agrária de Santarém e na Ribeira de Santarém, a realização de obras de beneficiação e ampliação nas extensões dos Centros de Saúde, a aquisição de equipamentos de limpeza urbana e execução de novos projetos de sustentabilidade ambiental, passando pela conservação da rede viária.

 

Ora, considerando que o Município de Santarém sofreu, nos últimos 5 anos, uma redução das transferências do estado superior a 10%, bem como, a compartição para o recém-criado Fundo de Apoio Municipal (FAM) que vai absorver um montante superior a 200 mil euros, estes investimentos requerem a continuação de uma gestão capaz e eficaz que tem como premissa a promoção da melhoria das condições de vida e bem-estar das Escalabitanas e dos Escalabitanos.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:29
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Festa das Vindimas anima Aveiras de Cima

unnamed (1).jpg

A Vila de Aveiras de Cima, no Concelho de Azambuja, vai estar animada nos próximos dias 1 e 2 de novembro com a “Festa das Vindimas 2014”. O programa de atividades preenche-se com etnografia, música, futebol e muito convívio, mas o destaque vai para a eleição da “Rainha das Vindimas da Freguesia de Aveiras de Cima”.

O evento começa às cinco da tarde de sábado – dia de Todos-os-Santos – com a recriação de um mercado à moda antiga, que será realizado no edifício do Mercado Diário. O mesmo local servirá de cenário ao concurso “Rainha das Vindimas 2014”, com início marcado para as 20h30. O objetivo do espetáculo é escolher uma sucessora para a jovem Victoriya Kasner, vencedora da edição 2013, e que veio a representar o Concelho de Azambuja na final “Rainha das Vindimas de Portugal”, realizada no passado mês de setembro numa iniciativa da Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

Pelo meio das apresentações das candidatas ao título, haverá um desfile também alusivo às vindimas pelas crianças do jardim de infância do Centro Paroquial de Aveiras de Cima. Após a eleição da “Rainha das Vindimas da Freguesia de Aveiras de Cima”, e para quem gosta de um pezinho de dança, o final do serão terminará com um baile.

O segundo dia da festa abre às 10h30 com a anunciada “jogatana das vindimas”, o tradicional jogo de futebol entre solteiros e casados, no relvado sintético do Aveiras de Cima Sport Clube. A iniciativa termina da melhor forma, ou seja à mesa, num almoço convívio para o qual é necessária inscrição prévia (tel. 263 475 264).

A Festa das Vindimas é uma organização da Junta de Freguesia e da Comissão de Festas de Aveiras de Cima, e tem o apoio do Aveiras de Cima Sport Clube, da Associação Vila Museu do Vinho e da Câmara Municipal de Azambuja.

 

Caminhada “Arrifana à volta” - PAFT (Programa Atividade Física para Todos) - Azambuja

 

 

A Câmara Municipal de Azambuja convida toda a população para mais uma caminhada – “Arrifana à Volta”, no dia 02 de novembro, com encontro marcado na Sociedade Recreativa da Arrifana, localidade da União de Freguesias Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa.

 

Assim, Azambuja dá continuidade ao PAFT-Programa Atividade Física para Todos. Para trás ficam uma manhã cheia de danças no Jardim Urbano de Azambuja, e a jornada inaugural muito animada na Freguesia de Alcoentre, com uma caminhada, um passeio de BTT (bicicletas todo-o-terreno) e uma aula de zumba que atraíram mais de uma centena e meia de participantes.

 

As atividades “PAFT Fins-de-semana” são quinzenais, e mantêm a tradição de encontro aos domingos pelas 09h00. A participação é totalmente gratuita e inclui seguro para a prática desportiva. Os participantes apenas deverão levar água, bem como o equipamento mais adequada à modalidade a praticar. A Sociedade Recreativa de Arrifana, por seu lado,  propõe um almoço convívio, pelo valor de 8,00 euros por pessoa. Os interessados deverão inscrever-se até dia 31 de outubro pelo telefone 964 080 582.

 

Recorde-se que o projeto avança para a 12ª temporada consecutiva e apresenta mais quatro propostas até ao final de 2014.

Ainda no mês de novembro, no dia 16, uma aula de fitness para todos, na Associação Desportos e Recreio “O Paraíso”, em Vale do Paraíso; e no dia 30, uma caminhada na Mata das Virtudes, freguesia de Aveiras de Baixo, com a concentração na Associação Cultural e Recreativa local. O trimestre encerra no dia 14 de dezembro, com mais uma caminhada, esta “Por Terras de Manique” que terá como ponto de encontro a magnífica Praça dos Imperadores, na vila de Manique do Intendente.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:27
link do post | comentar | favorito

CARTAXO:REGULAMENTO MUNICIPAL PROMOVE DIREITO À HABITAÇÃO

unnamed.jpg

 A Câmara Municipal do Cartaxo aprovou o documento que passa a regular a política de habitação social da autarquia. Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara, considerou o regulamento “uma ferramenta essencial na definição de medidas concretas e transparentes de apoio social a famílias que vivem maiores dificuldades”, explicando que “o objetivo do regulamento é permitir que, pelo acesso à habitação condigna, os agregados familiares que, comprovadamente, tenham fracos recursos económicos, possam contar com um apoio social que garante alguma estabilidade, enquanto procuraram novas oportunidades para si e para as suas famílias”.

 

Para o autarca “o esforço que a Câmara Municipal tem feito no âmbito da gestão e requalificação do parque de habitação social do concelho, tem contribuído para atenuar os fenómenos de pobreza e exclusão social, porque, para além de introduzir melhorias concretas na vida diária das famílias, tem sido acompanhado de ações orientadas para a inclusão e para inserção social”.

 

Documento fixa as condições de candidatura, atribuição e gestão de habitação que é propriedade do município

O documento, que será ainda apreciado em sessão de Assembleia Municipal para definição da sua redação final, visa a adoção de um regime especial de arrendamento, tendo como base o regime de renda apoiada, abrangendo os agregados familiares cuja situação socioeconómica e de condição de habitação é considerada desfavorecida, tendo em consideração que estes não dispõem de recursos para aceder ao mercado livre de habitação.

 

Entre as condições de acesso definidas, conta-se a obrigatoriedade de residência no Cartaxo há pelo menos 2 anos, o que para Pedro Magalhães Ribeiro “é um critério que visa evitar fenómenos de deslocação de famílias para o Cartaxo, apenas para obtenção de habitação social, garantindo que os escassos recursos habitacionais de que dispomos, sejam aplicados no apoio aos residentes no concelho”.

 

O regulamento define, para além dos critérios de atribuição, critérios de prioridade na escolha dos agregados familiares a apoiar, com vista a criar um processo claro e transparente para todos os intervenientes, quer para quem carece de apoio, quer para os técnicos municipais que assumirão a responsabilidade de dar resposta às solicitações das famílias.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:25
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Traga as suas plantas par...

Município do Entroncament...

ExpoAlcanede dá a conhece...

Casa cheia em Benavente p...

Município da Chamusca ala...

Inscrições para a Univers...

Município do Entroncament...

JORNADAS DE CULTURA ATÉ 2...

Festival de música Cartax...

Tertúlia Festa Brava orga...

“Quando ela… é ele!” teat...

Professores dos 3 Agrupam...

CARTAXO VOLTA A APRESENTA...

Jovens atores da Chamusca...

Tomar dá o corpo ao manif...

Programa de Educação Pare...

“Chamusca das Três Graças...

ERROS GROSSEIROS NA ELABO...

Festival de música Cartax...

Há apoios do Portugal 202...

‘Santarém em Cena’ reúne ...

Teatro Sá da Bandeira ini...

Ceyceyra Medieval a 21 e ...

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds