NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 6 de Janeiro de 2015
VILA FRANCA DE XIRA: Recorde de mais de 7.200 alunos de 29 escolas do Concelho dão início à 6.ª Brigada do Amarelo

Recorde de mais de 7.200 alunos de 29 escolas do Concelho dão início à 6.ªBrigada do Amarelo

A sexta Brigada do Amarelo prepara-se para entrar em ação a partir de amanhã, 7 de janeiro, mobilizando um recorde de mais de 7.200 alunos de 29 unidades de ensino de pré-escolar e 1.º ciclo do Concelho de Vila Franca de Xira. A sua missão é reciclar o maior número de embalagens possível, através do ecoponto amarelo (que recebe plástico, metal e pacotes de bebida).

 

Pelas 10h00, na Escola Básica Dr. Vasco Moniz  (Rua Camilo Castelo Branco - Bom Retiro, Vila F. Xira. Coordenadas: 38° 57' 20,849" N , 9° 0' 2,089" W) é realizado o lançamento desta sexta edição da iniciativa com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, e um representante da Valorsul, entidades parceiras na realização da iniciativa.

No mês de maio será avaliada qual a escola que obteve o peso mais elevado de embalagens recolhidas per capita (kg/aluno). A mais bem sucedida receberá um prémio monetário, bem como material didático.

Com este projeto pretende-se sensibilizar miúdos e graúdos para a importância da proteção do ambiente através da separação seletiva de embalagens.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:15
link do post | comentar | favorito

VILA FRANCA DE XIRA: Cantar das Janeiras” na Câmara Municipal esta terça-feira

NOTICIARIBATEJOPEQUENO.png

Esta terça-feira, 6 de janeiro, pelas 21h00, o Coro “Notas Soltas” (Vila F. Xira) e a Associação de Reformados e Pensionistas do Forte da Casa protagonizam o “Cantar das Janeiras”, no edifício dos Paços do Concelho (Praça Afonso de Albuquerque, 12 – Vila F. Xira). A iniciativa contará com a presença de autarcas do concelho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:12
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: AGENDA CULTURAL

10 de janeiro | sábado

Ateliê | Animação

O Feiticeiro das Estórias

(lendas e fábulas remisturadas e recontadas pelo mago dos feitiços e das brincadeiras de bom gosto)

11h | BMGPL, Oficina do Conto | dos 4 aos 10 anos | Entrada gratuita | Duração: 30’ a 60’

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Concerto de Ano Novo

Banda da Sociedade Filarmónica União Pedroguense

21h30 | Teatro Virgínia | M/3 anos |  90’ | 2€

249 839 309 | bilheteira@teatrovirginia.com | www.teatrovirginia.com

 

 

10 e 11 de janeiro | sábado e domingo

Campanha de adoção de animais

11h às 16h30 | Jardim das Rosas

249 822 122 | canil.intermunicipal@cm-torresnovas.pt

 

 

16 e 17 de janeiro | sexta e sábado

Cinema

Extensão do Festival Caminhos do Cinema Português (consultar programa específico)

Dia 16: 15h | Dia 17: 11h | BMGPL, auditório | Todos os públicos | Gratuito

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

 

17 de janeiro | sábado

Ateliê | Animação

A Sandra LÊ - Uma Vida de cão,  de James Barklee

11h | BMGPL, Oficina do Conto | dos 4 aos 10 anos | Entrada gratuita | Duração: 30’ a 60’

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Teatro

I Don’t Belong Here, de Dinarte Branco e Nuno Costa Santos

21h30 | Teatro Virgínia | M 12 anos  | 90’ | 7,5€ (c/ descontos aplicáveis)

249 839 309 | bilheteira@teatrovirginia.com | www.teatrovirginia.com

 

 

18 de janeiro | domingo

Shot de Arte

O primeiro shot do ano 2015 é servido pela artista Graça Martins

A obra artística e as reflexões de Graça Martins: o ensino das artes visuais, novas pedagogias e novos olhares sobre o mundo de hoje (na escola e nas ruas) e os mundos das artes e dos artistas.

16h30 | Museu Municipal Carlos Reis

249 812 535 | museu.municipal@cm-torresnovas.pt

 

Exposições

Até 27 de março

Arquivo da Tipografia Fonseca
Mostra documental

Átrio do Arquivo Municipal (BMGPL) | Todos os públicos
249 810 312 | arquivo.municipal@cm-torresnovas.pt

 

De 19 de janeiro a 21 de fevereiro

O Carnaval dos Animais

Exposição de originais do ilustrador, João Vaz de Carvalho

BMGPL, átrio

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:11
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Nova Temporada do Teatro Virgínia

Em conferência de imprensa que teve lugar hoje, pelas 15 horas, o novo director artístico do Teatro Virgínia, Rui Sena, apresentou a programação da nova temporada Janeiro a Março de 2015. A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Dr. Pedro Ferreira, do Vice-Presidente, Dr. Luis Silva e da Vereadora da cultura, Dra. Elvira Sequeira, e decorreu no foyer do Teatro Virgínia.

 

Rui Sena apresentou a 1ª temporada do Teatro Virgínia, a programação para os meses de janeiro a março, que pretende reafirmar algumas

das linhas a que se comprometeu, tais como dar continuidade à programação de qualidade que o Teatro generalizou na cidade de Torres Novas e na região, que o tornou uma referência a nível nacional.

 

Os espetáculos irão refletir uma diversidade que assenta também num equilíbrio entre as diferentes disciplinas artísticas. A importância que o Lab Criativo/Serviço Educativo tem na formação de novas sensibilidades desde o público escolar ao público em geral, nas suas diversas intervenções na comunidade, tem igualmente a maior das cumplicidades, assim como o empenho no apoio às estruturas locais, sejam de música, teatro ou dança.

 

A programação pode ser consulta na agenda que segue em anexo, no entanto gostaríamos de destacar aqui algumas das propostas.

 

Daremos início ao 1º trimestre com um Concerto de Ano Novo pela Filarmónica de Pedrógão, a que se seguirão outras propostas nacionais como a Luísa Sobral, que nos apresenta o seu mais recente disco “Lu-Pu-I-Pi-Sa-Pa”, António Zambujo, com “Rua da Emenda” e Diabo na Cruz com o seu 3º disco editado em finais de 2014. A Glenn Miller Orchestra com concertos marcados para o CCB e Casa da Música passa também pelo Virgínia a 14 de fevereiro.   

 

O Teatro, enquanto disciplina artística, merece também especial destaque devido à comemoração em março do dia mundial do teatro. E durante este mês será possível assistir a 3 espectáculos que integram a Mostra de Teatro Bons Vizinhos que se iniciou em 2014 e a peça “As três (Velhas) irmãs”, de Martim Pedroso a partir de Tchekov. Propomos ainda o espectáculo de Dinarte Branco e Nuno Costa Santos, I Don´t Belong Here, e MIMA-FATÁXA de João Sousa Cardoso, que tem a participação da comunidade local.

A dança estará presente com a Leonor Keil, que nos apresenta 2 solos criados pelas coreógrafas Olga Roriz e Tânia Carvalho, e “Nostos”, de André Mesquita que conta com a participação musical do pianista australiano Simon James Phillips que se apresenta ao vivo.

 

Destacamos igualmente a criação artística de Filipa Francisco e Thorsten Gruetjen que cruza as linguagens do teatro de rua, do circo contemporâneo e da dança contemporânea, “Cheio”, solo para clown.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:09
link do post | comentar | favorito

RECOLHA DE SANGUE NA ESCOLA PROFISSIONAL DE TORRES NOVAS

A Escola Profissional de Torres Novas vai realizar uma recolha de sangue no próximo dia 14 de Janeiro (Quarta-feira) entre as 9,00 e as 13,00 horas, na sede da Associação Torrejana de Ensino Profissional , instalações da escola.

A recolha é aberta a alunos, professores, funcionários e a todos os voluntários que se queiram associar a esta ação de solidariedade promovida pela Associação de Dadores de Sangue de Torres Novas.

Os voluntários também podem inscrever-se no Banco de Dadores de Medula Óssea.

 

Podem participar todos os cidadãos saudáveis com idade entre os 18 e os 65 anos. Todos os inscritos realizam uma consulta de diagnóstico com médico do Centro do Sangue e da Transplantação de Lisboa do Instituto do Português do Sangue e da Transplantação IP.

 

Esta é a primeira recolha da Associação no ano de 2015. O objetivo, neste novo ciclo, é aumentar o número de recolhas e de dádivas no Município de Torres Novas e zonas limítrofes, contando com o apoio de todos os dadores e voluntários que apoiam as iniciativas da  Associação de Dadores de Sangue de Torres Novas.

 

 “Dá Sangue Porque Há Sempre uma Vida à Tua Espera – Dar Sangue é Ajudar, é dar Esperança, é Salvar a Vida de Alguém – Haverá Gesto Mais Nobre do Que Salvar Uma Vida?” 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:14
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Extensão do Festival Caminhos do Cinema Português em Torres Novas

unnamed.jpg

Nos dias 16 e 17 de janeiro Torres Novas acolhe uma extensão do festival Caminhos do Cinema Português, com quatro sessões programadas e exibição dos principais filmes premiados da XX edição do evento, que decorreu em Coimbra, em novembro de 2014. A entrada é livre e as sessões decorrem no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e na Casa do Vale, em Pedrógão.

 

A primeira sessão realiza-se no dia 16 às 14h30, na BMGPL, e tem como público-alvo os alunos do ensino secundário do concelho, numa oportunidade única de contacto com a mais recente produção cinematográfica portuguesa.

A partir das 21h30, também na biblioteca, é exibido o grande vencedor da edição de 2014 dos Caminhos do Cinema Português, o documentário “Pára-me de repente o pensamento”, de Jorge Pelicano, que recebeu os prémios “Melhor Realizador”, “Prémio do Público” e “Grande Prémio do Festival” (www.paramederepenteopensamento.com). Depois dos premiados “Ainda há pastores” (2006) e “Pare, Escute e Olhe” (2009), Jorge Pelicano regressa ao cinema que documenta, desta feita com o quotidiano dos utentes do hospital psiquiátrico Conde Ferreira.

 

No sábado dia 17, às 11h00, a sessão conta com vários filmes de animação da seleção “Caminhos Juniores”, aberta a todos as crianças que passem pela biblioteca, e às 15h00 é a vez dos Caminhos do Cinema Português chegarem a Pedrógão, à Casa do Vale, sede da Sociedade Filarmónica União Pedroguense, onde serão exibidos várias curtas-metragens premiadas da edição 2014.

 

A extensão do Festival Caminhos do Cinema Português é uma organização do Município de Torres Novas com o apoio do Cineclube.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:12
link do post | comentar | favorito

RIO MAIOR: Centro de Saúde tem novos horários

10898244_1537753209806779_1385490931915178620_n.jp

 De modo a maximizar os recursos disponíveis o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria procedeu ao reajustamento dos horários de funcionamento das unidades do Centro de Saúde de Rio Maior. Assim, e desde 1 de Janeiro, os horários passaram a ser os seguintes:

Unidade de Saúde Familiar Salinas de Rio Maior – das 8h00 às 19h00;

Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Rio Maior – das 8h00 às 19h00;

Atendimento Complementar – Dias úteis das 19h00 às 23h00; Sábados, Domingos e Feriados – das 9h00 às 21h00

Com esta alteração é possível conciliar os horários das diversas Unidades, acabando com o interregno que existia anteriormente no atendimento, indo assim ao encontro das reais necessidade dos utentes no que se pretende ser uma melhoria da qualidade dos serviços prestados.

«mrm»



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:02
link do post | comentar | favorito

CARTAXO APROVA ORÇAMENTO PARA 2015

unnamed.jpg

Na sequência do parecer da Direção Geral das Autarquias Locais (DGAL), sobre o orçamento para 2015, aprovado em reunião de Câmara Municipal do Cartaxo em 5 de novembro de 2014, o município reformulou o documento, que foi apreciado na reunião de Câmara Municipal e na sessão de Assembleia Municipal, que tiveram lugar no dia 29 de dezembro de 2014.

 

A reformulação foi necessária, conforme Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara, já tinha explicado na reunião de 5 de novembro, porque “na véspera da finalização e apresentação da proposta de orçamento, o TC visou o contrato no âmbito do PAEL, que se aguardava há dois anos, num impasse provocado por falta de respostas da autarquia, aos esclarecimentos solicitados em fevereiro de 2013, pelo Tribunal”, assegurando que “esta é uma excelente notícia, mas certamente levará a que tenhamos de reformular o presente orçamento, para incluir os valores previstos, que são de 17 milhões de euros”.

 

Câmara vota reformulação do orçamento por unanimidade e assembleia aprova por maioria

Na reunião de Câmara, que decorreu na manhã de dia 29 de dezembro, a reformulação do orçamento colocada a votação do Executivo, foi aprovada com voto a favor de todas as forças políticas – PS, PV-MPC e PSD.

 

Votação que Pedro Magalhães Ribeiro reforçou, na sessão de Assembleia Municipal que teve lugar no mesmo dia, por na sua opinião ser importante como “demonstração da união de todas as forças políticas em torno de um documento que marca um ano decisivo para o Cartaxo”.

 

Na sessão da Assembleia Municipal, o orçamento foi também aprovado, desta vez por maioria, com os votos a favor do PS, dos presidentes de junta de Pontével e Valada, Jorge Pisca e Manuel Fabiano, respetivamente – ambos eleitos por Paulo Varanda-Movimento Independente pelo Cartaxo (PV-MPC) –, a abstenção do PSD e de dois eleitos do PV-MPC e votos contra dos dois eleitos da CDU.

 

60% do orçamento é dívida de mandatos anteriores

O Presidente da Câmara apresentou o orçamento reforçando o que tem vindo a referir desde o início do mandato, “a situação financeira da Câmara é muito frágil e o maior desafio que se coloca ao Cartaxo, no curto prazo, é conseguir estabilizar as suas contas, para recuperar a sua credibilidade e seu bom nome, enquanto procuramos soluções para assegurar os serviços essenciais à população”, explicando que dos valores inscritos em orçamento – 49,9 milhões – 60% representam dívida.

 

Para o autarca, a “conquista que foi conseguir o visto do TC para o PAEL, foi da maior relevância para o equilíbrio financeiro do município”. A primeira tranche do PAEL, de 10,6 milhões, que o Cartaxo recebeu em novembro passado, permitiu pagar 9,8 milhões a fornecedores, a associações, a utentes do Cartão Sénior e a instituições bancárias com valores cedidos de protocolos com juntas de freguesia, associações, coletividades e fornecedores.

 

Pedro Magalhães Ribeiro reforçou que “o PAEL permitiu à Câmara cumprir compromissos que estavam assumidos há muito, não só a fornecedores de bens e serviços, mas a munícipes que aguardavam apoios sociais que lhes eram devidos – como é o caso dos utentes do cartão sénior que receberam finalmente as suas contribuições para aquisição de medicamentos”, acrescentando que “por outro lado, este pagamento permitiu-nos evitar ainda mais processos de contencioso, assim como, assegurar a manutenção de fornecimentos essenciais à autarquia”.

 

O município vai também recorrer ao Fundo de Apoio Municipal (FAM)

O recurso ao FAM “não só é de facto necessário, como somos legalmente obrigados a fazê-lo, tendo em conta o nível de endividamento”, referiu o autarca, explicando que “a dívida apurada em dezembro de 2013 estava próxima dos 54 milhões de euros e o valor médio da receita cobrada é de 11 milhões, temos uma dívida total 4,8 vezes superior à receita, o que nos coloca em rutura financeira”.

 

 

Orçamento reflete contenção da despesa e reforço da receita

O presidente da Câmara afirma que o orçamento reforça três compromissos para o mandato – total transparência sobre situação das finanças do município, contenção da despesa e maximização da receita “até porque os desafios que se colocam ao município são grandes demais para pensarmos que podemos passar sem os explicar às pessoas. Vamos precisar de todos para enfrentar os próximos anos, porque a contenção de despesa vai afetar todo o concelho e todos precisamos de contribuir para, juntos, encontrarmos soluções que nos permitam crescer nestas condições tão difíceis”.

 

As medidas adotadas desde o início do mandato, de contenção da despesa, permitiram até dezembro de 2014, a redução da dívida do município a terceiros em valor superior a 11 milhões de euros. Em 2015, estas medidas vão centrar-se na otimização dos recursos internos do município e na redução de despesas com aquisição de bens e serviços.

 

A par desta contenção, o presidente da Câmara destacou “a importância que todas as receitas vão ter para que possamos continuar a assegurar serviços essenciais e a promover ações que apoiem e acompanhem a iniciativa dos nossos empresários e associações”, referindo-se à importância do novo Quadro Estratégico Comum – Portugal 2020, como modo de financiamento de projetos que sejam relevantes para o desenvolvimento económico e social do concelho.

 

PISCINAS MUNICIPAIS DO CARTAXO JÁ ABRIRAM AO PÚBLICO

As piscinas municipais cobertas, do Cartaxo, estiveram fechadas de agosto a dezembro de 2014, por necessidade de serem repostas as condições de utilização segura para os utentes, assim como, as condições legais exigidas de acordo com a diretiva CNQ 23/93. As piscinas descobertas não abriram no verão de 2014, pelas mesmas razões.

 

Num investimento de mais de 26 mil euros, para as piscinas cobertas e 37 mil euros para as piscinas descobertas, os trabalhos incluíram reparação e aquisição de muitos materiais e equipamentos – desde controladores de temperatura, passando por compra de bombas, até à reparação das caldeiras e de todo o sistema de tratamento do ar, foram inúmeras as intervenções levadas a cabo ao longo dos últimos seis meses.

 

Os trabalhos a executar em 2015, cujo procedimento concursal já foi iniciado, têm um custo previsto de mais 13 mil euros.

 

Piscinas encerraram porque não cumpriam exigências mínimas de segurança

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, explicou que “o estado de degradação dos equipamentos era profundo e, nalguns casos, irrecuperável”, o que considera ser consequência de “falta de manutenção durante muitos anos. Antes de 2014, nos últimos 3 ou 4 anos, a média de investimento anual, em reparações e manutenção, nas piscinas municipais, foi de cerca de 6 mil euros”.

 

“Num ano com grandes dificuldades económicas, as famílias não puderam usar as piscinas descobertas para lazer durante as férias, todos os utentes foram prejudicados”, reconheceu o autarca, “os clubes e associações, os jovens que ali treinam e praticam, ficaram sem soluções no concelho, mas as piscinas não podiam estar abertas porque o prejuízo para a saúde destas pessoas poderia ser muito grave”, neste momento, os equipamentos estão prontos para reiniciar a sua atividade, com a conclusão de alguns trabalhos durante 2015.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:55
link do post | comentar | favorito

ABRANTES: MAU FUNCIONAMENTO DAS URGÊNCIAS DO CENTRO HOSPITALAR MÉDIO TEJO

Coloca em causa a dignidade (e por vezes a vida) de quem a elas recorre

CHMTUnidadeAbrantes.jpg

Todos os dias nos chegam informações sobre o deficiente serviço que é prestado nas urgências das unidades hospitalares do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Disso também têm feito eco a comunicação social local e regional. Esta segunda, nas três urgências utentes que chegam às sete horas de espera, com todos os constrangimentos que isso implica em termos clínicos, familiares e até nas condições de alimentação que têm de fazer no local. Não estão só em causa os tempos de espera para os atendimentos, em alguns casos está em causa a qualidade dos serviços prestados e o sofrimento a que são sujeitos alguns utentes que se deslocam às urgências. Dois constrangimentos de raiz contribuem para os recorrentes problemas na urgência do CHMT: a concentração da urgência médico-cirúrgica e o crónico subfinanciamento dos hospitais. Ambas as questões são da responsabilidade do Ministério da Saúde. Protestam os utentes e familiares pelas demoras e pelo corrupio constante entre as urgências básicas de Tomar e Torres Novas e a urgência médico-cirúrgica de Abrantes, tendo de percorrer dezenas e dezenas de quilómetros. Protestam os profissionais por serem poucos e não terem condições de funcionamento. Protestam as corporações de bombeiros pelo demasiado tempo de espera, o que põe em causa muitas vezes o 2º. Serviço. Infelizmente esta situação não é exclusiva do Médio Tejo. Problemas com as urgências sucedem um pouco por todo o País. Tememos que a situação se agrave em caso de confirmação do surto gripal. Urge resolver os problemas de funcionamento das urgências em defesa da dignidade e vida humanas.

Por: Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:55
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2015
TORRES NOVAS: Novo site do Município online desde hoje

unnamed.jpg

O Município de Torres Novas tem disponível desde hoje, 5 de janeiro, um novo site oficial, renovado e adaptado aos nossos dias, mais intuitivo e apelativo e de maior facilidade de uso para os utilizadores.

 

Este novo site destaca-se pela nova organização da informação, essencialmente dividida em quatro grandes temas: Município (documentação financeira, diferentes órgãos autárquicos, recursos humanos); Viver, onde se encontra a informação sobre os diferentes serviços municipais; Visitar, com os principais pontos de atração turística do concelho; e Investir, com dados de interesse sobre as zonas industriais e com especial enfoque na reabilitação urbana.

 

Outra das novidades é a disponibilização de suporte online. Os munícipes poderão entrar em contacto, através do site, com técnicos de diferentes áreas, em horários pré-definidos, para informações ou esclarecimento de dúvidas. Estarão disponíveis para suporte online, de segunda a sexta, os serviços de Educação, Taxas e Licenças e Reabilitação Urbana. As questões relacionadas com Urbanismo poderão ser esclarecidas todas as terças-feiras, durante todo o dia.

 

Destaque ainda para o novo serviço de alertas por SMS que, através do registo do número de telemóvel, permite ao munícipe receber avisos e informações úteis relacionados, por exemplo, com cortes de água, condicionamentos de trânsito ou atividades promovidas pelo Município de Torres Novas.

 

A criação deste site integra-se no projeto intermunicipal “Afirmação Territorial do Médio Tejo”, dinamizado pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e comparticipado a uma taxa de 85% pelo FEDER, sendo os restantes 15% repartidos pelas autarquias.

 

A aposta nas tecnologias de informação e comunicação é hoje uma ferramenta essencial para a promoção de qualquer região e, por isso mesmo, o Município quer apostar numa estratégia de comunicação mais eficaz e persuasiva de forma a dar ao utilizador uma ferramenta de fácil utilização. O lançamento deste novo site vem fomentar uma maior proximidade e interação com os cidadãos, melhorando as condições para que os assuntos que precisam de tratar com a Câmara Municipal se tornem mais simples.

 

Visite em www.cm-torresnovas.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:10
link do post | comentar | favorito

TOMAR: Asseiceira comemorou 700 anos do foral de D. Dinis

 

 

unnamed (2).jpg

Asseiceira comemorou na passada sexta-feira os 700 anos do foral atribuído por D. Dinis em 2 de Janeiro de 1315. O documento ajudou ao povoamento daquela que é hoje uma das maiores freguesias do concelho de Tomar, mas que foi concelho autónomo até à reforma administrativa de 1836.
Numa cerimónia simples mas cheia de significado presidida pela edil do município de Tomar, Anabela Freitas e com uma forte presença da população da Freguesia.
O presidente da Junta, Carlos Rodrigues, comparou, na sua alocução, os privilégios concedidos a Asseiceira por D. Dinis com os investimentos que têm vindo a ser concedidos à freguesia, desde o início deste mandato autárquico, pela Câmara Municipal, manifestando o seu contentamento pela forma como a edilidade tem apoiado o desenvolvimento daquele território.
A presidente da Câmara, Anabela Freitas, fez uma analogia ao papel que os Templários tiveram na protecção dos peregrinos do caminho de Santigo, que na Asseiceira tiveram uma albergaria, para dizer que hoje continua a caber a Tomar o papel de defender o desenvolvimento do seu território, de que a Asseiceira é uma parte fundamental, e que a edilidade está nisso empenhada.
No final foi descerrada uma lápide, junto à escadaria da igreja matriz, que, com a descerrada em 2 de Novembro passado, honram a memória dos centenários dos dois forais asseiceirenses.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:57
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: TEATRO SÁ DA BANDEIRA/ TROPICÁLIA

unnamed.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:55
link do post | comentar | favorito

Domingo, 4 de Janeiro de 2015
Cultura Avieira - Trabalho voluntário no Projeto Educativo da Cultura Avieira-PECA

LURDES.jpg

Por: Lurdes Véstia

Ser voluntário/a é ceder, livre e gratuitamente, o seu tempo e o seu trabalho a uma instituição ou organização, sem esperar receber nenhum tipo de remuneração por isso. É aquele/a que, por motivação pessoal, espírito cívico ou por impulso solidário se integra em projetos e atividades que beneficiam a comunidade. É um facto evidente que, a consciência comunitária do valor histórico e da riqueza etnográfica do património avieiro, imagem e fio condutor de uma peculiar e única identidade cultural, mobiliza vontades na tarefa urgente e assídua da sua defesa.

O grupo de voluntários do PECA, coordenados por mim, tem vindo a desenvolver sinergias surpreendentemente promissoras, que intentam preservar para as gerações vindouras a fragilidade dos vestígios da história e da identidade cultural das comunidades Avieiras.

O exercício da cidadania ativa exige intervir “com” a comunidade e não só “sobre” a comunidade, pelo que este grupo focalizou os seus objetivos nas seguintes premissas: na aposta do valor do património coletivo Avieiro, valorizando o conhecimento tradicional; na sua contribuição para o desenvolvimento comunitário de cada uma das comunidades Avieiras, portadoras de elementos culturais próprios e tradicionais, bem como no conjunto da identidade cultural Avieira.

Sem Título.png

BD do Mestre José Ruy e molde em papel de uma bateira traçada pelo Arqº Carlos Carvalho,  são documentos que se deixam nas Escolas

Ações desenvolvidas

2012 - Montagem de exposição fotográfica na Escola Secundária de D. Dinis, unidade escolar que está integrada na Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRELVT), na Rede Nacional de Bibliotecas Escolares, e ainda na rede de escolas ENIS (Rede Europeia de Escolas Inovadoras). Esta exposição inseriu-se na temática global “Alves Redol e a Cultura Avieira” e serviu para fazer o enquadramento teórico a uma sessão debate, realizada no dia 9 de Março.

2012 - No âmbito da “Semana da Escola em Movimento” o projeto cumpriu, mais uma vez, o objetivo geral do PECA, de "promover o património avieiro, como elemento constitutivo da identidade comunitária das regiões envolvidas e facilitador do respeito pela alteridade", ao deslocar-se à Escola Secundária do Cartaxo e aí realizando uma conferência destinada aos alunos do ensino secundário daquele estabelecimento.

2012 – Agrupamento de Escolas de José Relvas, Alpiarça, montagem de exposição fotográfica e de material didático (duração 1 semana) e apresentação do projeto de escola. Esta atividade teve vários pontos altos incluindo a reparação e pintura de uma embarcação Avieira.

2012 – Escola Profissional do Vale do Tejo, atividade integrada nos conteúdos dos módulos 5, 6, 7 e 8 da disciplina de Comunidade e Intervenção Social, destinada aos alunos do 11º Ano do curso de Técnico de Apoio Psicossocial, que integrou uma apresentação do Projeto de Candidatura da Cultura Avieira a Património Nacional. A atividade visou proporcionar aos alunos a possibilidade de assistirem a uma aula diferente, cujo conteúdo pretendia coadjuvar a formação técnica específica do Técnico de Apoio Psicossocial, proporcionando-lhe particular saber acerca de assuntos e projetos, na comunidade envolvente, que poderão vir a ser palco da sua atividade profissional. Assim, a atividade assumiu a tarefa de proporcionar uma visão abrangente de forma a adotar uma dialética entre a teoria e a prática, incrementando e estreitando laços entre o pensar e o agir.

2012 - A Escola Profissional do Vale do Tejo de Santarém promoveu um encontro no âmbito do desenvolvimento do Projeto Comenius - We Are What We Eat (WAWWE) que visou debater hábitos alimentares saudáveis nas escolas. No âmbito da temática “Gastronomia enquanto agente identitário das comunidades” foi o Projeto da Cultura Avieira convidado para fazer uma apresentação do seu ideário e dos seus objetivos.

2012 - Escola Secundária Gago Coutinho, apresentação de trabalho escolar “ Os Avieiros”, no âmbito da disciplina de Sociologia, 12º ano.

2012 - Durante o ano letivo de 2012, nas aulas de canoagem, os alunos do curso de Desporto de Natureza e Turismo Ativo da ESDRM - Escola Superior de Desporto de Rio Maior - realizaram 2 atividades de canoagem no rio Tejo, no contexto do desenvolvimento da Rota dos Avieiros. Esta atividade com os alunos visa inscrever estas práticas desportivas no Projeto Educativo Escolar e dotar aquela Escola de Ensino Superior do Instituto Politécnico de Santarém de capacidades educativas específicas para desenvolver o projeto Avieiro no contexto do desporto escolar e das práticas de turismo de natureza, ao longo do rio Tejo. Os alunos do 1.º ano desceram o rio Tejo em 2 dias, acampando em Valada entre Santarém e Azambuja, passando pelas aldeias Avieiras de Caneiras, Escaroupim e Palhota, usufruindo da beleza natural do rio Tejo e ficando a conhecer o enorme potencial turístico e desportivo destes locais.

2012 – Praia da Vieira de Leiria, realizou-se a 2ª atividade do ano 2012/2013 no Projeto LAPIS dinamizado pelos voluntários e voluntárias da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Leiria na Fundação António Silva Leal, na valência Internato Masculino de Leiria, e em parceria com o Gabinete de Coordenação da Cultura Avieira do Instituto Politécnico de Santarém e a Associação para a Promoção da Cultura Avieira – APCA, associação de pescadores avieiros do Tejo.

Esta atividade teve como intuito promover a educação ambiental, assim como a cultura Xávega na Praia da Vieira de Leiria e está incluída no objetivo geral do Projeto LAPIS que consiste em promover o desenvolvimento de competências pessoais e sociais de relacionamento intra e interpessoal que estimulem a integração social, através da criação de um (etno) espaço lúdico e educativo

2012 - No âmbito do projeto de animação socioeducativa para o ano letivo 2012/2013, a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos em colaboração com o Consórcio de Candidatura da Cultura Avieira a Património Nacional, do qual é membro efetivo, está a trabalhar junto das escolas do concelho o PECA que está já a ser desenvolvido nas Escolas de Ensino Básico do concelho, sendo de seguida alargado ao ensino secundário e profissional.

2013 – Escola Profissional de Hotelaria de Salvaterra de Magos – Sessão de esclarecimento seguida de debate sobre a cultura Avieira. Integração da Escola na equipa de trabalho sobre a Gastronomia Avieira.

2013 – Agrupamento Vertical de Escolas da Golegã e da Azinhaga, AEC, apresentação da cultura Avieira, seguida de debate.

2013- Visita de estudo à comunidade Avieira da Póvoa de Santa Iria, pela Escola Secundária do Cartaxo. Esta visita integra-se nas atividades de um projeto existente denominado "Avieiros - Do mar ao Rio”. Entendeu-se ser adequado os alunos conhecerem melhor a história, tradições e os locais da comunidade Avieira na Póvoa bem como as atividades da ACAPSI – Associação Cultural dos Avieiros da Póvoa de Santa Iria.

2013 – Escola Secundária Alves Redol, Vila Franca de Xira, sessão de esclarecimento seguida de debate. Contamos com a presença do Eng.º Redol.

2013 e 2014 - Continuação das ações no Agrupamento Vertical de Escolas da Golegã e Azinhaga, estendendo as atividades ao ensino secundário, com a colaboração da Associação de Pais.

2014 - O PECA está já a ser desenvolvido nas Escolas de Ensino Básico do concelho de Salvaterra de Magos, inserido num projeto municipal de seu nome “As viagens do Zambujinho” e será de seguida alargado ao ensino secundário e profissional. A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos está a ser pioneira na implementação deste projeto, junto das escolas do primeiro ciclo do ensino básico de todo o concelho, tendo definido em parceria com os agrupamentos escolares a calendarização destas ações.

2013 e 2014 - A Ollem tem vindo a produzir passeios turísticos com as escolas onde se dá a possibilidade de conhecer a cultura Avieira. Neste contexto associou a sua prática ao PECA.

A para destas ações em Agrupamentos Escolares os voluntários são muitas vezes chamados a fazer apresentações do Projeto dos Avieiros em Associações, Centros de Dia e Santas Casas da Misericórdia, havendo contactos para elaborar um projeto específico de intervenção comunitária nestes espaços.

Já existe lista de ações a desenvolver em 2015.

Lista de voluntários: Lurdes Véstia - IPSantarém (Coordenação); David Sousa - ESESantarém (Salvaterra de Magos); OLLEM (Rio Tejo); Hélia Amado – ESELeiria (Vieira de Leiria); ESD de Rio Maior.





publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

TEMAS DE SAÚDE: ÉTICA

ANTONIETA.jpg

 Por: Antonieta Dias (*)

Etimologicamente "ética" tem a sua origem grega (ethikos), significa tudo aquilo que pertence ao caráter, " bom costume", “o melhor modo de viver”.

A ética determina um estilo de vida que é aplicado nos vários quadrantes sociais e contempla os vários fenómenos como antropologia, economia, política, educação, saúde, psicologia, sociologia, desde que envolvam procedimentos e condutas das pessoas padronizando os valores, os princípios, as regras e os ideais.

É entendida como a filosofia que estuda as normas morais na sociedade humana e procura explicar e fundamentar os costumes.

São vários os códigos de ética que visam a orientação dos diversos comportamentos sociais em que cada cidadão deverá interiorizar a necessidade de gerar um nível de confiança que lhe permita pôr em prática estratégias inovadoras que beneficiem o País, a comunidade social, que melhorem a economia e combatam a corrupção.

Podemos considerá-la como a ciência que estuda as normas de conduta humana e a avalia sob o ponto de vista da prática do bem e do mal.

Não deve ser confundida com a moral que é determinada pela obediência aos bons costumes e aos hábitos recebidos.

A Ética também não deve ser confundida com a lei, embora a lei tenha como base os princípios éticos.

Desde sempre existiu a necessidade de fomentar regras que permitam difundir comportamentos adequados cujo objetivo é melhorar a as relações interpessoais baseadas no respeito dos valores e princípios que os seres humanos merecem.

Em 1990 foi criado em Portugal o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, é um órgão consultivo independente, cuja missão está destinada a analisar os problemas éticos resultantes dos problemas gerados pelos progressos científicos no âmbito da medicina ou da saúde, na biologia e nos ramos das ciências da vida.

O seu papel é fundamental no que concerne à reflexão, à emissão de pareceres e elaboração de documentos essenciais para a intervenção na Sociedade Civil.

Portugal foi um dos primeiros países europeus a despertar para a necessidade de criar um Conselho com estas características.

Esta decisão criou uma enorme responsabilidade e determinou o comprometimento de uma política de mudança para manter a proximidade das instituições no sentido de regular as pressões contraditórias e controlar as ameaças à vida.

Para além da mais-valia que a mudança comportamental implica, existem inúmeras vantagens na utilização dos recursos disponíveis e sobretudo na fiabilidade de modelos que identificam os meios mais adequados para aceder aos registos éticos físicos ou psicológicos da atividade desenvolvida por uma pessoa.

Certo é que a posição privilegiada Estado permite-lhe observar situações de má prática resultante da violação da Lei.

Todavia, nem sempre este objetivo é conseguido pois os centros públicos ou privados insuficientemente preparados ficam muitas vezes inseguros perdendo a sua incapacidade interventiva e permanecem inoperantes.

Certo é que o fato de se adotarem medidas legislativas apropriadas a sua aplicabilidade prática só terá sucesso se os executores as utilizarem em conformidade com as regras éticas, o que nem sempre acontece.

Ora se o Estado legisla mas não cumpre ficamos órfãos, mas isso não invalida que não seja julgado e condenado por uma ação ou uma omissão toda a pessoa que viola os princípios éticos.

O fato de um cidadão ter direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião esse direito não lhe confere poderes para descriminar, invadir, restringir, sancionar ou destruir os direitos e as liberdades de outrem.

Felizmente que os organismos internacionais, os parlamentares de muitos países, as universidades e o trabalho desenvolvido pelas comissões de ética vão frenando alguns dos prevaricadores.

Porém, se o domínio social na sua maioria é perverso a nossa possibilidade de intervenção fica fragilizada e limitada.

Acresce ainda a possibilidade de a violação da ética ter sido cometida por pessoas que atuam ou atuaram no exercício das suas funções oficiais.

Se em termos individuais a aplicabilidade das sanções por violação ética é facilmente sancionada, o mesmo já não acontece quando o infrator está abrangido pela imunidade parlamentar.

Em suma, se o controlo social deixou de ser livre e passou a ser encarcerado, a expressão disciplinar entra em declínio e fica condenada ao desencanto e à prisão pessimista e destruidora da liberdade humana.

(*) Doutorada em medicina



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:35
link do post | comentar | favorito

Sábado, 3 de Janeiro de 2015
Ferreira do Zêzere: 4º FESTIVAL GASTRONÓMICO DAS MIGAS EM FERREIRA DO ZÊZERE ATÉ AO FINAL DE JANEIRO

1.jpg

Ferreira do Zêzere volta a ser o ponto de encontro do melhor da gastronomia do Ribatejo Norte, com influências da Beira Baixa. “Migas com todos” é o mote do festival e os restaurantes e estabelecimentos aderentes estão à sua espera com ementas e petiscos irresistíveis de base tradicional ou com novas criações propostas pelos chefes cozinheiros.

 

Este é um festival a não perder, que decorrerá ao longo de todo o mês de janeiro nos restaurantes aderentes (Sextas, Sábados e Domingos).

 

 

Lista de Restaurantes aderentes: 

 

Rest. Nª. Srª. do Pranto

EN238, Vale Serrão, 2240-628 Dornes

Tel: 249 366 447

 

A Grelha do Zêzere,

  1. Maria Vasques nº37, 2240-358 FZZ

Tel: 249 362 300

 

Manjar de S. Miguel

  1. Alfredo Keil, 2240-346 FZZ

Tel: 249 362 225

 

Casa dos Leitões

  1. C. J. F. e Silva nº665, 2240-031 FZZ

Tel: 249 366 002

 

 

Fonte de Cima

  1. A. Garcês nº 3238, 2240-611 Dornes

Tel: 249 366 302

 

O “Cantinho da Ana”

  1. Nª. Srª. nº136, 2240-029 Águas Belas

Tlf: 249 361 612

 

  1. Férias – SBSI

Casal do Zote, 2240-208 Bêco

Tlf: 249 360 200

 

Churr. Penim

Pr. Pedro Ferreiro nº13, 2240-342 FZZ,

Tlf: 249 362 102

 

Noite Azul

  1. Rei D. Carlos I nº1447, 2240-003 Águas Belas

Tlf: 249 361 068

 

Café/Rest. “Carmo”

  1. A. T. Antunes nº940, 2240-037 Gravulha

Tlf: 969 305 354

 

Qtª. do Adro

  1. Eng. A. A. Da Costa nº3, 2240-336 FZZ

Tlf: 249 366 296

 

 

Churrasqueira do Zêzere

Pr. Dias Ferreira nº3, 2240-341 FZZ

Tlf: 249 361 021

 

Lista de estabelecimentos de Tapas & Petiscos aderentes:

Café Petiscos “Ti Pedro”

  1. Brig. Lino Valente nº14/16, 2240-038 FZZ

Tlf: 249 362 325

 

Past. Pérola do Zêzere II

  1. Casal d´Alem nº18/20, 2240-328 FZZ

Tlf:249 362 402

 

Café “O Pelourinho”

  1. de S. Luis nº539, 2240-556 Pias

Tlf: 918 637 150

 

Café “Santos”

Est. do Div. Salv. nº1375, 2240-122 Matos

Tlf: 249 391 373

 

O “Paparokas”

Merc. Municipal nº4, 2240-350 FZZ,

Tlf: 917 434 351



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:32
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2015
SANTARÉM: “A Crise 1383-1385: Antecedentes Europeus – Consequências para o Reino de Portugal” é o tema da 44ª Assembleia de Investigadores do CIJVS

unnamed.jpg 

“A Crise 1383-1385: Antecedentes Europeus – Consequências para o Reino de Portugal” é o tema da 44ª Assembleia de Investigadores do CIJVS – Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão, que tem lugar no próximo dia 8 de janeiro, às 18h30, no CIJVS - Casa de Portugal e de Camões

 

A palestra está a cargo do Coronel Victor Portugal Valente dos Santos que vai abordar os seguintes temas:

I - Antecedentes europeus da crise de 1383-1385. Consequências no reino de Portugal

II – A batalha de Atoleiros

III - A batalha de Trancoso

IV - A batalha Real

V - Batalha de Valverde

VI - Ermida de Nossa senhora da Vitória (S. Jorge)

 

A similitude entre as crises (1383-1385 e a atual), pela multiplicidade de fatores (económicos, financeiros, políticos) agravados pela ausência de práticas éticas, servem como tema de reflexão desta sessão.

 

Victor Portugal Valente dos Santos tem Licenciatura em Ciências Militares (Curso de Infantaria da Academia Militar); Curso de audiovisuais e cinema (Chefia do Serviço de Material de Instrução/EME); Curso de técnicas audiovisuais aplicadas ao ensino (LNETI); Cursos necessários à progressão na carreira militar; Chefia e prática de actividades de televisão e rádio (EMGFA); Curso de “História militar em Portugal na Idade Média” (FLUCoimbra) e Mestrado em “História regional e local”, pela Faculddade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

Foi Segundo comandante da Escola de Sargentos do Exército (1990-1992); Assessor do Embaixador de Portugal em Maputo (1993- 1995); Representante de Portugal na UNOMOZ (Moçambique) na CORE (Comissão de Reintegração dos Desmobilizados) e na CD (Comissão de Desminagem); Comandante da Escola prática do Serviço de Transportes (1995-1997); - Director do Campo e Museu Militar de S. Jorge ((1997-2004), recebeu vinte Louvores e referências elogiosas do desempenho militar e civil e sete Condecorações.

 

A sessão tem entrada livre (sujeita a lotação do espaço) e duração de 1h30.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:31
link do post | comentar | favorito

AZAMBUJA: Câmara atribui 30.500,00 euros às IPSS do Concelho

A Câmara Municipal de Azambuja vai atribuir uma verba global de 30.500,00 euros em subsídios às Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho. Esta atribuição foi uma das deliberações da última reunião ordinária de 2014 da vereação, realizada nesta 3ªfeira, 30 de dezembro. Trata-se de um apoio financeiro referente à atividade desenvolvida por estas instituições durante o ano que agora termina. Os valores são apurados de acordo com as valências de apoio social em funcionamento bem como com o número de utentes servidos por cada uma dessas IPSS. Para as que apresentam menor volume de atividade foi definido o valor mínimo de mil euros. A lista de verbas é a seguinte:

  • Cerci Flor da Vida – 12.040,00
  • Centro Social Paroquial de Azambuja – 5.290,00
  • Santa Casa da Misericórdia de Azambuja – 4.100,00 
  • Centro Social Paroquial de Aveiras de Cima – 4.070,00
  • Centro Social Paroquial de Alcoentre – 1.000,00
  • Centro Social Paroquial de Aveiras de Baixo – 1.000,00
  • Ass. Centro de Dia 3ª Idade N. Senhora do Paraíso – 1.000,00
  • Casa do Povo de Manique do Intendente – 1.000,00
  • Casa do Pombal “A Mãe” – 1.000,00

 

Ainda no âmbito de apoios, foi aprovado um conjunto de outras propostas.

Aos Bombeiros Voluntários de Azambuja, uma comparticipação de 850,00 para instalação de um gerador elétrico que garantirá autossuficiência energética permanente, sobretudo em situações de catástrofe; e também a cedência gratuita de transporte para a deslocação da Escola de Infantes e Cadetes da corporação a uma atividade na Serra da Estrela.

Ao Centro Social Paroquial de Aveiras de Baixo, a cedência de dez painéis de chapa – das quais os serviços municipais não necessitam – destinados à renovação da cobertura do armazém da referida instituição.

Noutra forma de apoio, foram aprovados os protocolos de cedência das duas salas do edifício da antiga “Escola Primária” de Quebradas, localidade da Freguesia de Alcoentre, a favor da Igreja Evangélica Batista de Arrifana e da Junta de Freguesia de Alcoentre para a realização de diversas atividades. Os consumos energéticos ficarão a cargo dos beneficiários que disponibilizarão as instalações para qualquer iniciativa do município, nomeadamente para o funcionamento de mesas de voto de atos eleitorais.

 

A nível de recursos humanos, foram tomadas duas deliberações: abertura de procedimento concursal com vista à admissão de um serralheiro para preenchimento da respetiva vaga do quadro de pessoal (categoria de Assistente Operacional); e contratação por ajuste direto de uma prestação de serviços em regime de avença, pelo período de um ano com o valor total 8.836,32 euros, com vista ao apoio à realização de torneios e eventos desportivos bem como ao funcionamento do Pavilhão Municipal de Azambuja e ao planeamento da respetiva atividade, muitas vezes utilizado em horário pós-laboral por coletividades e empresas do concelho.

 

Foi aprovada, igualmente, a ratificação da outorga do protocolo assinado pelo Município de Azambuja com a Agência para a Modernização Administrativa que contempla a instalação de dois “Espaços do Cidadão” neste concelho. Estes balcões, na linha das “Lojas do Cidadão”, vêm disponibilizar às populações um conjunto muito vasto de serviços administrativos e burocráticos na relação com diversos organismos da Administração Pública. Inicialmente, serão instalados um em Azambuja – de “reforço” ao atual PAC-Posto de Atendimento ao Cidadão – e outro em Manique do Intendente, para maior apoio aos munícipes das freguesias do Alto Concelho mais afastados da sede do município. O protocolo prevê, no entanto, a possibilidade de abertura de novos postos, caso tal se justifique.

 

Da ordem de trabalhos da reunião, constavam três propostas com ofertas ao Município que mereceram aprovação do Executivo.

O espólio da Rede de Bibliotecas Municipais de Azambuja, e a oferta literária aos seus utentes, foram substancialmente aumentados e diversificados com a doação de um conjunto de várias dezenas de livros de géneros distintos e para diferentes públicos. As ofertas vieram da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo e da junta de Freguesia de Azambuja.

O outro contributo vem da empresa CLC – Companhia Logística de Combustíveis, no valor de 8.164,07 euros, e destina-se à reparação de um parque infantil da vila de Aveiras de Cima. O donativo está enquadrado no Programa de Apadrinhamento de Parques Infantil.

 

Por fim, na área do Urbanismo, foram aprovadas uma proposta de alteração à delimitação da AUGI da Quinta do Mor e outra com a determinação do nível de conservação de um edifício recuperado ao abrigo do programa de incentivos à reabilitação urbana.

 

 

Desinfeção de reservatórios de água em Azambuja

Possíveis perturbações de abastecimento – dias 6, 7, 8 e 9 de janeiro

 

A Câmara Municipal vem divulgar uma informação da empresa Águas da Azambuja, de interesse para a população.

 

Nos dias 6, 7, 8 e 9 de Janeiro de 2015 vão decorrer trabalhos de limpeza e desinfeção de vários reservatórios de abastecimento de água, nomeadamente às Freguesias de Azambuja e Vila Nova da Rainha. Alerta-se para o facto dos trabalhos poderem provocar algumas falhas no abastecimento de água aos referidos locais nos períodos indicados.

 

O calendário da intervenção será o seguinte:

  • Vila de Azambuja – dias 6 e 8.janeiro – horário 08h00 / 12h00
  • Casais de Baixo – dia 7.janeiro – 08h00 / 12h00
  • Casais dos Britos – dias 7 e 8.janeiro – 13h00 / 17h00
  • Vila Nova da Rainha – dia 6.janeiro – 12h00 / 17h00
  • Zona Industrial Azambuja/Vila Nova da Rainha – dia 9.janeiro – 08h00 / 12h00

 

A empresa compromete-se a realizar as intervenções com a maior brevidade possível, de modo a minimizar os inconvenientes daí causados, agradecendo desde já a compreensão dos munícipes. Os serviços encontram-se disponíveis para prestar esclarecimentos complementares através do mail: geral@aguasdaazambuja.pt ou do telefone 263 00 19 20. Na internet, em www.aguasdaazambuja.pt os clientes da empresa poderão encontrar mais informações sobre este e outros assuntos.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:29
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

Concerto de Cordis & Vito...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

TEMAS DE SAÚDE: Serviço N...

56ª Feira Nacional de Agr...

Ser presente é uma escolh...

Ministro da Agricultura m...

Colégio de Fátima vence E...

Semana Aberta da Universi...

Secretário de Estado da E...

POLIEMPREENDE ATRIBUI 4.5...

Projeto AgriEmpreende rec...

FNA 19 continua a debater...

Circulação de Trânsito | ...

24 horas a pedalar em Cor...

Políticos de Palmo e Meio...

Crédito Agrícola distingu...

NOVO ESPAÇO DO CIDADÃO AG...

Atribuído prémio de Melho...

Operação Baco 2019

Sons de Verão animam as ...

Fim de Semana da Ativida...

Chamusca recebe de 11 a 1...

1300 crianças passam “UM ...

Jornalista Fernando Corre...

Conversas de Agricultura ...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds