NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 7 de Abril de 2015
Constrangimentos e cortes no abastecimento de água em Carapuções e Brejoeira

 Comunica-se às populações da localidade de Carapuções e Brejoeira no concelho de Coruche, que devido a intervenções no sistema de abastecimento de água para arranque do novo reservatório e captação de Carapuções, prevemos constrangimentos e cortes, no abastecimento de água, na quinta-feira, 9 de abril de 2015, entre as 09h00 e as 12h00, nos seguintes locais e zonas envolventes:  Toda a povoação de Carapuções  Toda a povoação da Brejoeira

A normalidade será restabelecida às 12h30.

Tudo faremos para antecipar esta previsão. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:37
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 6 de Abril de 2015
Santarém homenageou Salgueiro Maia no dia em que se evoca o seu falecimento

Realizou-se no dia 3 de abril, a homenagem a Salgueiro Maia, junto à sua estátua, no Jardim dos Cravos. A cerimónia assinalou o falecimento do Capitão de Abril, que morreu há 23 anos.

 

No local por onde passaram Salgueiro Maia e as suas tropas rumo a Lisboa, estiveram presentes Susana Pita Soares, vice-presidente da Câmara Municipal de Santarém, Luís Farinha e Inês Barroso, vereadores da autarquia scalabitana, Natércia Maia, viúva de Salgueiro Maia, membros da Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril e militares do Regimento de Manutenção do Entroncamento, entre vários populares.

 

O Coro de Jovens do Conservatório de Santarém iniciou a cerimónia, seguindo-se a leitura de um texto da autoria de Carolina Dias, em representação da Comissão. Neste texto, que a própria autora leu, Salgueiro Maia foi simbolicamente comparado à voz interior de uma pequena borboleta sem cor, sem ideias, que não sabia voar e que aceitava tudo sem contestar, até que certo dia se revoltou contra as ideias totalmente contrárias às suas e voou, tornou-se livre e, tal como a borboleta, hoje “somos livre, livres de voar”.

 

Para Susana Pita Soares “O capitão Salgueiro Maia constitui um exemplo para todos nós, pois deu tudo o que tinha em defesa das suas causas e princípios sem com isso esperar nada. A sua vida é uma lição de despreendimento, civismo e humildade”

 

Nascido em Castelo de Vide, a 1 de julho de 1944, Fernando Salgueiro Maia, ao princípio da madrugada de 25 de abril de 1974, “ousou acreditar num país livre e numa sociedade mais justa e solidária e, por isso, a sociedade portuguesa é hoje muito diferente da que existia há 41 anos. Aqueles que saíram de Santarém rumo a Lisboa não se conformaram com o País em que viviam”, segundo a vice-presidente.

 

Durante este mês, as comemorações do 25 de Abril continuam. A sua programação pode ser consultada emwww.cm-santarem.pt.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

AZAMBUJA: “AZB Fairplay” Futebol 7

“AZB Fairplay” Futebol 7 – jornada final em Azambuja

unnamed.png

A época 2014/2015 do “AZB Fairplay - Campeonato Amador do Município de Azambuja” chega ao fim no próximo dia 11 de abril, com a realização da 17ª e última jornada da Liga de Futebol de 7 Sénior. A emoção está garantida, com o campeão – entre vários outros títulos – ainda por apurar. A cerimónia de entrega de prémios terá lugar após a realização dos jogos que estão agendados para as 14h00, 15h00, 16h00 e 17h00, no Estádio Municipal em Azambuja. À semelhança das jornadas anteriores, a entrada é livre.

 

Na hora de todas as decisões, destaque para a possibilidade do Aveiras de Cima SC ainda poder destronar o líder HR Salão de Beleza e conquistar o campeonato ao vencedor 2013/2014. O 3º lugar do pódio tem ainda mais candidatos, nada menos que 4. O “troféu dos troféus” deste torneio – Prémio Fairplay – tem, igualmente, 4 pretendentes: o Aveiras de Cima SC é perseguido pela AR Casais de Baixo e pela União Club, a 1 ponto, e pelo Bar do tranca/ADR O Paraíso, a 2 pontos. Os prémios a distribuir contemplam, ainda, o “7 ideal”, o guarda-redes menos batido, o melhor marcador e o melhor jogador do torneio. Todos os atletas participantes na prova receberão medalha individual.

 

Recorde-se que os jogos deste campeonato amador dinamizaram três campos de futebol com relvado sintético existentes no concelho: Estádio Municipal de Azambuja, Campo Belchior D’Almeida em Vila Nova de S. Pedro, e Campo 1º de Abril em Aveiras de Cima. A prova conta com cerca de 300 participantes, de norte a sul do Concelho de Azambuja,  cumprindo-se dessa forma alguns objetivos do município com esta iniciativa: estimular a prática desportiva; colocar os equipamentos à disposição da população; aproximar os habitantes das diversas freguesias; e procurar um maior empenho e envolvimento das associações e clubes, como contributo para uma maior mobilização de atletas e formação de dirigentes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:02
link do post | comentar | favorito

ALMEIRIM: Reunião de Câmara

Hoje foi dia de reunião de câmara.
Entre outros assuntos, foram tomadas  as seguintes deliberações:

Camara-municipal-de-Almeirim-2.jpg

• Foi aprovada, por unanimidade, a celebração de Protocolos de Estágio com a Escola Superior de Gestão e Tecnologia (ESGT) do Instituto Politécnico de Santarém, o requerimento de realização de Assembleia Municipal extraordinária para envio ao Presidente da Assembleia Municipal, a venda do direito de superfície do lote nº 29 da ZAE e parecer prévio para aquisição de seguros para programas do IEFP
• Foi aprovada, com 6 votos a favor (PS; PSD/CDS/MPT) e 1 abstenção (CDU), para submissão à Assembleia Municipal, a proposta de delegação de competências no Presidente da Camara para decidir nas situações em que o valor do compromisso plurianual é inferior ao montante a que se refere a al.b) do nº1 do artigo 22º do DL 197/99, de 8.06;
• Foi aprovada, com 6 votos a favor (PS; PSD/CDS/MPT) e 1 abstenção (CDU), a retificação à proposta de proposta de parecer prévio vinculativo favorável à aquisição de serviços de: “Alteração, revisão e atualização do projeto técnico para empreitada de execução da unidade de reserva logística (URL) e dos veículos do Centro Tático do Comando (CETAC)” e de: “Elaboração do projeto técnico para empreitada de execução do Centro de Operações de Comando (CDOS);
• Foi aprovada, com 6 votos a favor (PS; PSD/CDS/MPT) e 1 abstenção (CDU), a aquisição de duas viaturas para transporte de passageiros BUS 17 lugares, através da celebração de contratos de leasing, para posterior envio à Assembleia Municipal para obtenção de Autorização Prévia de Compromisso Plurianual, viaturas a ficarem afetas às freguesias de Fazendas de Almeirim e Raposa.
• Foi aprovada, por unanimidade, apoios sociais e desportivos, assim como enviar para a Assembleia Municipal os documentos referentes ao Conselho Municipal de Educação.
• Foi aprovada, por unanimidade, a atribuição da Medalha de Honra do concelho de Almeirim ao guitarrista Custódio Castelo e ao cavaleiro tauromáquico Francisco Mascarenhas, e a Medalha de Valor e Mérito Grau ouro ao Professor e Pintor José Antonio Catrola.
• Foi aprovada, por unanimidade, propor à Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo e à Associação da Rota do Vinho do Tejo, em consonância com a CVR Tejo encontrar uma solução de espaço que fixe estas entidades no concelho.
• Foi aprovada, por unanimidade, a continuação da participação do Município de Almeirim como parceiro de referência no Festival da Sopa da Pedra e do Petisco.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:56
link do post | comentar | favorito

Direção da NERSANT reúne com PS distrital

A direção da NERSANT reuniu, no dia 1 de abril, com os responsáveis pela Federação distrital do PS, liderada pelo Presidente da Federação e também deputado eleito por Santarém, António Gameiro.

A excessiva burocracia, a demora nos licenciamentos, os elevados custos energéticos, a excessiva carga fiscal, os apoios insuficientes à internacionalização, a desadequação do sistema de formação e qualificação foram alguns dos problemas identificados pela direção da NERSANT, que continua a eleger as dificuldades de financiamento como o problema mais premente a resolver. "Portugal tem os cofres cheios, os bancos têm os cofres cheios, mas o dinheiro não chega às empresas", afirmou Maria Salomé Rafael. "Apesar da descida da taxa de juros, há empresas a pagarem spreads de 11%, o que é imoral". As garantias bancárias exigidas às empresas foram também fortemente criticadas pela direção da NERSANT.

Relativamente ao Portugal 2020, a presidente da NERSANT, considerou que apesar de alguns avanços, a tão prometida simplificação ficou aquém das expetativas. "Reduziu-se o número de eixos para quatro, mas temos regulamentos com 70 ou 90 páginas". Lamentou ainda a redução do prémio, "que era o que mais motivava as empresas no anterior quadro comunitário".

A direção da NERSANT entregou à comitiva do PS um documento de trabalho onde constam as principais dificuldades das empresas da região e algumas propostas para a sua resolução.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:45
link do post | comentar | favorito

CÂMARA DO CARTAXO RECEBEU APOIO TRANSITÓRIO DE URGÊNCIA

unnamed.jpg

Já foi recebido o 3.º desembolso no valor de 372.049,53 euros, o que totaliza 4.817.322,91 euros (valor aprovado no despacho nº 65/2015).

 

Alterações já incluídas neste texto (texto anterior no final do e-amail).

 

 

CÂMARA DO CARTAXO RECEBEU APOIO TRANSITÓRIO DE URGÊNCIA

  • Direção-Geral do Tesouro e Finanças entregou o 1.º, 2.º e 3.º desembolsos, no montante de 4.817.322,91 euros, referentes ao Apoio Transitório de Urgência (ATU) solicitado pela autarquia.
  • Despacho que autorizou o empréstimo, ao abrigo do ATU, foi publicado no início do ano em Diário da República.
  • Município está a preparar Plano de Ajustamento Municipal (PAM) para pedir apoio ao Fundo de Apoio Municipal (FAM), no qual este empréstimo poderá vir a ser integrado.

 

Cerca de 4,8 milhões de euros foram transferidos para a Câmara Municipal do Cartaxo, pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF), no dia 31 de março (1.º e 2.º desembolsos e 2 de abril (3.º desembolso). O valor transferido corresponde ao total do empréstimo que aquela entidade concedeu ao município, e que poderá vir a ser parte integrante do Fundo de Apoio Municipal (FAM), quando este for aprovado.

 

O empréstimo tem uma taxa de juro prevista, correspondente ao custo de financiamento da República Portuguesa para o prazo máximo de 6 anos – 0,714% –, acrescido do spread de 0,15%, (num total de 0,864%) e será contraído no âmbito de apoio transitório de urgência (ATU), que se destina a municípios em situação de rutura financeira.

 

O empréstimo foi aprovado por maioria em sessão de Assembleia Municipal, depois de a Câmara ter solicitado, àquele órgão, autorização para o contrair – pedido de autorização à Assembleia Municipal que foi aprovado por unanimidade, com os votos a favor de todas as forças políticas, representadas no executivo municipal.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, afirmou na altura que o ATU “se destina exclusivamente ao pagamento de salários, a garantir a prestação de serviços públicos essenciais e ao cumprimento do serviço da dívida”.

 

Para o autarca, “esta aprovação é muito importante por nos permitir gerir a Câmara, nos próximos meses, com maior certeza de podermos cumprir as nossas obrigações, mas deve ficar claro para todos que se trata de um empréstimo. Quer o PAEL (Plano de Apoio à Economia Local), quer o FAM (Fundo de Apoio Municipal), representam encargos fortíssimos a que temos de fazer face nos próximos anos”, frisando que “o que estamos a fazer é “comprar” tempo para pagar a dívida e este tempo a mais, traz a possibilidade de tornarmos sustentáveis, no médio e longo prazo, as contas do município”.

 

O presidente da Câmara afirma que “os serviços estão agora concentrados na preparação do Plano de Ajustamento Financeiro, que refletirá medidas concretas de otimização dos nossos recursos técnicos, assim como de medidas adicionais de contenção de despesa e maximização da receita”.

 

O ATU tem por limite o montante estritamente necessário para fazer face às necessidades financeiras imediatas do município e caso o PAM do município seja aprovado, o crédito da DGTF transfere-se automaticamente para o FAM, que reembolsa a DGTF pelo montante em dívida, se o PAM do município não for aprovado no prazo de 12 meses após a concessão do apoio financeiro, o município inicia o reembolso do empréstimo à DGTF em 10 prestações semestrais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:43
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: AGENDA CULTURAL

8 de abril | quarta-feira

Centro de formação A23

Novos programas de português

17h | Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

 

11 de abril | sábado

Ateliê | Animação

O Bichinho dos Livros

11h | BMGPL, oficina do conto | Público-alvo: 4 aos 10 anos | Gratuito | Duração: 30’

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Workshop de Cantos Harmónicos Ibéricos

Dinamização: Alvar Robles

15h30 | Sala polivalente | todos os públicos | gratuito

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Música

Concerto meditativo (taças de cristal quartzo, gongo sinfónico, bell art, harmónicos e didgeridoo)

Dinamização: Ana Veríssimo, Alvar Robles e Miguel Maat’idoo

17h | Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes | auditório |10€

Inscrições e reserva de lugares: anaverissimo2@gmail.com | 960173299

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Música

Gisela João

21h30 | Teatro Virgínia | M/6 anos | 60min | 15€ (descontos aplicáveis)

249 839 309 | bilheteira@teatrovirginia.com | www.teatrovirginia.com

 

 

16 de abril | quinta-feira

Dia Mundial do Autismo

Palestra com Nuno Lobo Antunes

18h | Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes | Organização: Agrupamento Gil Paes | Público-alvo: Comunidade Educativa e Público em geral

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

 

17 de abril | sexta-feira

Palestra

Para uma Sociedade Justa e Sustentável, com José Manuel Pureza

21h | Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes | Organização: LOC/MTC | Entrada gratuita

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

 

18 de abril | sábado

Ateliê | Animação

O Bichinho dos Livros

11h | BMGPL, oficina do conto | Público-alvo: 4 aos 10 anos | Gratuito | Duração: 30’

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 

Dia dos Monumentos e Sítios

Lenga-lenga às avessas, de Marta Tomé

15h30 | Museu Municipal Carlos Reis

249 812 535 | museu.municipal@cm-torresnovas.pt

 

Dança

Satélites // de Sofia Dias & Vítor Roriz

18 de abril | 21h30 | Teatro Virgínia

249 839 309 | bilheteira@teatrovirginia.com | www.teatrovirginia.com

 

 

18 e 19 de abril | sábado e domingo

Campanha de adoção de animais

11h às 16h30 | Jardim das Rosas

249 822 122 | canil.intermunicipal@cm-torresnovas.pt

 

 

18 e 19, 25 e 26 de abril, 2 e 3 de maio | sábado e domingo

Master Class de Fotografia

Viagens na Minha Terra, com Augusto Brázio e Nelson D’Aires

Sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00 |  Domingo das 10h00 às 13h00 | Teatro Virgínia |  M 16 anos | 27h | gratuito | lotação de 15 pessoas

249839305 | seducativo@teatrovirginia.com

 

 

 

 

Exposições

Até 17 de maio

De Corpo e Alma, Maria Lamas

Galeria de exposições temporárias | Museu Municipal Carlos Reis

249 812 535 | museu.municipal@cm-torresnovas.pt

 

Até 26 de junho

Mostra documental

Acervo do Clube Desportivo de Torres Novas
Átrio do Arquivo Municipal (BMGPL) | Todos os públicos
249 810 312 | arquivo.municipal@cm-torresnovas.pt

 

De 23 de abril a 23 de maio

Artes e Livros - Imaginários Reais

Exposição de desenhos, pintura e esculturas

249 810 310 | biblioteca@cm-torresnovas.pt

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 5 de Abril de 2015
TEMAS DE SAÚDE: Vida para um médico representa sempre o valor humano

ANTONIETA.jpg

 Por: Antonieta Dias (*)

Quando falamos do termo vida (do latim vita) estamos a considerar o processo de desenvolvimento dos seres vivos que se inicia na conceção e que segundo alguns cientistas termina na morte, porém existem razões para acreditar que a vida é infinita, vivenciada por várias etapas com fenómenos por vezes não devidamente esclarecidos na nossa mente.

Todavia, o mais importante é que existimos e que em todas as nossas fases do desenvolvimento existe a essência da pureza e a busca permanente da felicidade.

Na sequência da vida cuja definição não é consensual por mais diversas que sejam as nossas experiências partilhadas nas várias etapas que vão desde o nascer, crescer, amadurecer a resposta aos estímulos dinâmicos do nosso mundo interior, da reprodução e da evolução permanente são imprevisíveis.

A nossa vida é a hospedeira da nossa felicidade, das nossas angústias, dos nossos sofrimentos, dos nossos prazeres, das nossas reflexões, dos nossos encontros e desencontros, contudo a nossa missão é transformá-la numa estrela, destinada a iluminar permanentemente o nosso caminho.

Em caso algum a podemos reduzir a uma mera definição convencional “fenómeno que anima a matéria", como por exemplo alguns cientistas a definem.

A vida humana é muito mais que um fenómeno natural, descrita por alguns cientistas por uma série de reações metabólicas controladas direta ou indiretamente pelo ADN, com fenómenos bioquímicos libertadores de energia oxidativa destinados à produção de energia semelhante ao fogo com capacidade de gerar descendentes com os genes dos seus progenitores, mas o mais importante é que a nossa vida tem alma que é responsável pela fé que transcende a ciência e a biologia.

Mesmo que percorrêssemos o universo não encontraríamos modelo consensual sobre a definição da vida, dado que é demasiado complexa e o valor humano ultrapassa todos os nossos valores legais.

Não existem símbolos, textos, poemas ou mensagens que consigam traduzir o verdadeiro valor da vida.

Para Florbela Espanca, " A vida é apenas isto: um encadeamento de acasos bons e maus, encadeamento sem lógica, sem razão; e preciso a gente olhá-la de frente com coragem e pensar, mas sem desfalecimentos, que a nossa hora há-de vir, que a gente há-de ter um dia em que há-de poder dormir, e não ouvir, não ver, não compreender nada." (Correspondência 1926).

Fernando Pessoa diz" A vida é para nós o que concebemos dela. Para o rústico cujo campo lhe é tudo, esse campo é um império. Para César cujo império lhe ainda é pouco, esse império é um campo. O pobre possui um império; o grande possui um, campo. Na verdade, não possuímos mais do que as nossas sensações; nelas, pois, que não no que nelas veem, temos que fundamentar a realidade da nossa vida " (Livro do Desassossego).

Miguel Torga" (...) Eles a pescarem sardinha para a fome orgânica do corpo, e eu a pescar imagens para uma necessidade igual do espírito...)."in "Diário (1943)".

A maior conquista do homem foi o seu pensamento, através dele vivencia a espiritualidade, o passado desaparece em cada encarnação, nascemos para uma nova vida cujo destino nos conduz a uma longa e infinita caminhada sempre mais fácil para quem tem o dom da virtude e valoriza os valores espirituais e mais tortuosa para os que vivem na miséria da vida terrena ignorando as pérolas da espiritualidade que são eternas.

A sabedoria é o ouro, faz parte do tesouro que enriquece a vida, veicula a nossa fonte de instrução permanente que nos conduz à paz, nos ilumina na justiça e desbrava o percurso para atingir a perfeição.

As coisas materiais são sempre temporárias mas as espirituais são eternas e são sempre o testemunho do amor à verdade, da fé, da aliança, do sentido da justiça, do compromisso em cooperar, da necessidade e do reconhecimento de manter excelentes relações humanas, nos impulsiona a servir, que alicerça a nossa realidade, a nossa doutrina o nosso amor pelo próximo, traduzida muitas vezes por simbologias pelo silêncio, pela palavra, pela visão, pela audição, pelo renascer, consolidada nos princípios estabelecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas.

Só conseguiremos crescer se tivermos valores espirituais que nos iluminem, que nos libertem dos valores materiais.

O segredo do poder e da liderança resulta da aprendizagem do bem, fazer, da liberdade de criar e de alargar os nossos horizontes.

Os verdadeiros valores dos povos são determinados por esta força interior que nos liberta do egoísmo, nos faz renunciar dos bens materiais e semeia a unidade, a harmonia, a segurança, a justiça, a igualdade, a liberdade, o respeito pela diferença, a confiança, incutindo-nos a responsabilidade e o dever de cidadania.

(*) Doutorada em medicina



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:15
link do post | comentar | favorito

Cultura Avieira – Avieiros-Dores e Maleitas

LURDES01.jpg

 Por: Lurdes Véstia

Este trabalho inseriu-se nos estudos sobre os pescadores Avieiros do Tejo nos séculos XIX - XX e teve por objetivo analisar a admissão de doentes, homens, mulheres e crianças, pescadores Avieiros e seus descendentes, ao Hospital de Jesus Cristo de Santarém, doravante apresentado por Hospital, tendo como recorte temporal o período de 1850 a 1969.

Não sendo uma exaustiva investigação, tratou-se da sistematização e recolha de dados realizada em 114.026 registos de admissão de doentes ao Hospital e de 26.194 documentos avulsos do Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, doravante apresentado por Arquivo Histórico, com o consequente tratamento estatístico.

O intuito de observar a história da admissão e hospitalização dos Avieiros é desvendar e identificar as dores e maleitas que nessa época achacavam os pescadores e os seus familiares.

Para responder às questões propostas exploraram-se os registos contidos nos Livros de admissão de doentes ao Hospital e os documentos avulsos que se encontram no Arquivo Histórico e que são bem demonstrativos do carácter ilustrativo da condição de vida e de saúde da época, pois os livros estão organizados cronologicamente e as informações sobre os mesmos encontram-se descritas em colunas com as seguintes categorias: Data da entrada, Nome, Naturalidade, Cônjuge, Filiação, Idade, Ocupação, Fixação, Diagnóstico, Objectos com que entrou, Data da Saída, Data do Falecimento, Observações.

A rubrica “Objectos com que entrou” dá-nos uma noção, quase fiel, da condição socioeconómica dos doentes pela descrição aprimorada das roupas que traziam no corpo, a quantidade, qualidade e estado de conservação das peças, pela referência à existência de objetos de adorno pessoal em ouro e pelo pagamento de um sinal quando a situação económica o exigisse.

Analisar os homens, mulheres e crianças Avieiros com base nestes registos é conservar, preservar e trazer à ribalta mais umas linhas da sua história, fazendo delas uma útil divulgação.

Contextualização histórica portuguesa- século XIX-XX

A primeira metade do século XIX em Portugal foi um período de grande instabilidade política, económica e social. As invasões francesas e mais tarde a revolução liberal com as consequentes revoltas, perseguições e exílios foram circunstâncias adversas que muito contribuíram para acentuar o atraso do País.

 

O Estado não garantia a segurança dos cidadãos. O país permanecia essencialmente agrícola, praticava-se uma agricultura de subsistência, tecnicamente rudimentar, a área inculta era enorme, os adubos químicos eram pouco usados e a maquinaria inexistente. A indústria era incipiente e tecnologicamente obsoleta, os modos de transformação artesanais eram ainda os dominantes.

Encontrando-se o sector das pescas num estado lastimoso, o Rei de Portugal, D. João VI, em 1820, promulga uma portaria com o seguinte conteúdo:

“El-rei nosso senhor, considerando o quanto se fazem dignos de favor os pescadores, e que as pescarias, não só devem ser alimentadas para poderem sair do estado de verdadeira inanição em que se acham, mas também que merecem ser favorecidas pelos bons resultados que da sua prosperidade sai consequentes do augmento da marinha marcante e de guerra, e que muito devem ser apreciados em um estado que possue domínios dispersos e alguns de longa extensão de costa: Houve por bem determinar que de 13 de Maio corrente anno de 1820 em diante e emquanto não mandar o contrario, o pescado fresco em Lisboa e em toda a província da Extremadura pague somente meios direitos de qualquer impostos de Siza, dizimas e cestaria, ou qualquer outro que até ao presente devesse pagar. Ficando qualquer donatário por esta sabia medida, que tanto interessa o bem publico, sem acção para pedir compensação”.

Pretendia assim o Rei promover as pescas e evitar a emigração. O pescador, só será visto como um agente produtivo a partir de da altura em que se começar a tributar o sector das pescas. Segundo uma caracterização de Raul Brandão, o perfil de um pescador é: (…) um tipo sem nome, maior que a realidade, de músculos como cordas. A sua missão no mundo é remar. De trilhar o remo ficou curvo, e tem as palmas tão encortiçadas que nelas enfia a navalha como numa pedra de amolar. O mar denegriu-o e engrandeceu-o. Não sabe exprimir-se e mal nos conseguimos entender. Mas não mete medo…e só lhe leio nos olhos ingenuidade (...).

Nos anos 20/30, do século XIX, o país era basicamente rural, analfabeto, tradicionalista e o clero tinha uma enorme influência na sociedade. As más vias de comunicação e as deficientes condições de transporte inviabilizavam a criação de um mercado interno e a concorrência dos produtos estrangeiros limitava o desenvolvimento da indústria nacional.   

Após o triunfo dos liberais na guerra de 1832-1834, que oponha os liberais de D. Pedro aos absolutistas de D. Miguel, Mouzinho da Silveira promulga uma legislação que se consubstanciou na transferência das propriedades dantes pertencentes às ordens religiosas para uma nova burguesia ligada às atividades financeiras. O Estado Liberal que tinha como ideal político e económico acabar com os condicionamentos à livre troca de bens e produtos dentro e fora do país, extinguiu as portagens, as licenças de circulação, os monopólios municipais, os privilégios e parte das sisas e as dízimas (Decreto de 26 de Março de 1832). O pequeno comércio sentia-se oprimido pelos tributos e posturas municipais que atingiam a circulação de bens e lutava com a precária utilização das vias fluviais, para facilitar a livre circulação de bens e produtos é promulgado em 1833 o Código Comercial e são criados os Tribunais Comerciais de Primeira Instância, em Lisboa e Porto.

Deve-se conhecer exatamente a povoação do país, e as causas do seu aumento, ou diminuição, o método com que se cultivam as terras, e como se acham distribuídas, o total dos bens, ou propriedades dos habitantes e como estas se poderiam aumentar, as doenças que mais afligem o povo (...), as ocupações dos indivíduos e os casos em que é necessário animá-las, ou reprimi-las, a situação dos pobres, e o método mais adequado para excitar a sua indústria fornecendo-lhes trabalho (...). O estado das Escolas, de outros estabelecimentos de instrução pública, os regulamentos de polícia, o bom governo das cidades e vilas, enfim, o conhecimento de tudo que contribui para o aumento da prosperidade nacional.

Desta época cabe ressaltar uma iniciativa que foi profundamente estimulante para o futuro das pescas em Portugal, um Decreto-Lei de 6 de Novembro de 1830, que desobrigou os pescadores de pertencerem aos quadros institucionais privados como as Confrarias, Irmandades e Compromissos e das obrigações de carácter nobre ou religioso através do pagamento de dízimas, gabelas, caldeiradas, entre outros.

O artigo nº 19 condensa o conteúdo desse Decreto - Lei: “(…) ficam abolidos de hoje em diante todos os privilégios que possam estar concedidos a alguma pessoa, corporação ou companhia para exercer ou mandar exercer qualquer ramo de pescaria, com a exclusão de todos os mais que o quisessem exercer. Fica portanto livre a todos os portugueses e pessoas legalmente domiciliadas em domínios de Portugal, pescar toda a sorte de peixe e com qualquer armação, rede ou arte, que não seja proibida pela lei geral; salgá-lo, empilhá-lo, secá-lo ou derretê-lo como mais lhe convier”.

A consequência decorrente desta lei passou pelo cadastro do sector das pescas quer em termos de recursos humanos quer de infraestruturas, deu visibilidade ao ofício da pesca e ao pescador e converteu-o em contribuinte fiscal lançando o imposto de 6% sobre os quinhões da pesca de cada pescador.

Após a Revolução de Setembro, mais conhecida por Setembrismo (1836), a rainha D. Maria II foi obrigada a demitir o governo autoritário do Duque da Terceira e nomeou um novo executivo, chefiado pelo Conde de Lumiares e composto pelo marquês de Sá da Bandeira e Passos Manuel, entre outros. Este Governo adotou e praticou uma política económica que visava sobretudo o desenvolvimento industrial.

O Ministro Passos Manuel foi, sem dúvida alguma, a imagem desta prática política. Para tentar travar o afluxo de produtos estrangeiros e estimular os empresários portugueses de modo a criar competitividade, promoveu uma política de abertura de mais unidades industriais e incrementou sectores decadentes, atribuindo benefícios fiscais e subsídios bancários.

Por sua iniciativa reformou-se a educação, abrindo em todas as capitais de distrito estabelecimentos de ensino liceal assim como escolas industriais e comerciais para a formação de técnicos especializados. Com o intento de propagar internacionalmente a produção nacional, promover as exportações e incentivar o espírito inventivo português, organizou-se em 1838, no Porto, a 1ª Exposição Industrial Portuguesa.

O Setembrismo vigorou até ao triunfo do liberalismo conservador da Regeneração (1851) que depôs Costa Cabral e marcou a vida política portuguesa na segunda metade do século XIX.

Este movimento político económico e social teve em Fontes Pereira de Melo, então Ministro das Obras Públicas, o seu mais importante impulsionador e veio dar continuidade à política anterior, embora com outros contornos. Por sua iniciativa foi incrementada uma política de incitamento às obras públicas, de desenvolvimento da agricultura, do comércio, da indústria e de reorganização da administração pública e do ensino. Promoveu a ampliação do número de estradas, mandou construir o primeiro troço dos caminhos-de-ferro que ligou Lisboa ao Carregado e iniciou a construção de outros dois (Vendas Novas e Sintra). A instalação do caminho-de-ferro em Portugal originou uma grande controvérsia mas foi incontestável para o desenvolvimento e modernização do país.

Foram construídos novos portos e os já existentes foram renovados, iniciando-se a revolução dos transportes e das comunicações fluviais ao estabelecer carreiras regulares de barcos a vapor. O telégrafo elétrico é aberto ao público (1857), a rede telefónica arranca (1882) e os serviços postais são modernizados.

O Governo alcançou a paz social nas cidades e no meio rural através de uma razoável divisão da carga fiscal, no avanço do sistema de crédito, na normalização de pagamento dos vencimentos aos empregados da fazendo pública, na tentativa de fixação da dívida pública, no progresso e alargamento do ensino público.

Antes das vias terrestres e ferroviárias irromperem pelos solos de Portugal, eram as vias fluviais a quem cabia a responsabilidade de comunicação fazendo a ligação entre a região agrícola e a do litoral marítimo.

(Continua)



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 3 de Abril de 2015
NERSANT esclareceu empresas sobre "Alterações do IRS e do Orçamento de Estado para 2015"

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, realizou esta semana em Torres Novas, uma sessão de esclarecimentos sobre as "Alterações do IRS e do Orçamento de Estado para 2015".

Com o objetivo de informar, esclarecer e sensibilizar as empresas para as principais alterações introduzidas pelo Orçamento Estado para o ano 2015, nomeadamente em sede de IRS, a NERSANT realizou, no dia 30 de março, uma sessão de esclarecimentos sobre este tema.

Sob o comando da oradora Lucília Marques, o seminário abordou temas relacionados com o Orçamento de Estado para 2015 com implicações para as empresas, nomeadamente a sobretaxa de IRS e crédito fiscal, alterações da taxa do IRC, alterações ao IVA e Regime dos Bens em Circulação, impostos sobre o Património, Benefícios Fiscais, e alterações ao Código Contributivo. No âmbito das alterações ao IRC, foram explicadas as alterações ao conceito de sociedades de profissionais e as tributações autónomas sobre viaturas ligeiras de mercadorias.

Quanto à reforma do IRS, foram dados a conhecer os três grandes vetores da mesma, as alterações a regras relacionadas com a categoria B, as alterações aos rendimentos prediais, os rendimentos de mais-valias, e as obrigações declarativas e acessórias.

Esta sessão teve lotação esgotada, com a inscrição dos 30 participantes previstos, contou com a presença de empresas, técnicos oficiais de contas, contabilistas e outros profissionais ligados à contabilidade, que estão agora mais esclarecidos graças a este seminário da NERSANT.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:28
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Abril de 2015
AZAMBUJA: ÁVINHO 2015, com Virgem Suta e Diabo na Cruz

6.jpg

A Freguesia de Aveiras de Cima já se prepara para a festa do vinho mais castiça do país. Trata-se da décima primeira edição da ÁVINHO-Festa do Vinho e das Adegas, e acontece nos dias 10, 11 e 12 de Abril. O evento é organizado em parceria pela Câmara Municipal de Azambuja, a Junta de Freguesia de Aveiras de Cima e a “Associação Vila Museu do Vinho”, e conta com o apoio da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

 

Por apenas 2 euros, o visitante adquire uma caneca de barro alusiva ao evento – que guardará como recordação… – e  tem acesso a provar, gratuitamente, o vinho das 11 adegas privadas participantes na iniciativa. Os produtores abrem as suas portas com a arte de bem receber, e também partilhando alguns segredos do bom vinho ribatejano que produzem. Mas porque nem só de vinho se faz a festa, haverá várias barraquinhas com apetitosos petiscos e doces nas ruas integradas no certame.

 

A nível musical, a edição deste ano terá como cabeças de cartaz o grupo “Virgem Suta”, 6ª feira às 23h30, e o grupo “Diabo na Cruz”, sábado às 22h00. Outro destaque em termos de animação vai para o fado amador itinerante pelas adegas, sexta a partir das 21h00, e ainda para o desfile etnográfico demonstrativo d’ “O Ciclo do Vinho”, às quatro da tarde de sábado. Outros atrativos da Avinho são as varandas e fachadas enfeitadas sob o tema do vinho, fruto do envolvimento da população local, bem como a divulgação dos resultados do 33º Concurso de Vinhos do Concelho de Azambuja. Oportunidade para conhecer os melhores brancos e tintos entre a meia centena de vinhos concorrentes.

 

7.jpg

 

Recorde-se que todas as atividades da Ávinho têm entrada livre.

O programa do evento arranca às 18h30 de sexta-feira, com a inauguração, na Praça da República, seguindo-se as primeiras visitas às adegas com a tradicional oferta de febras (só neste dia), pão e vinho; e a animação de rua com bandinhas populares. O serão começa com o fado, nas adegas, e completa-se com a música dos “Virgem Suta”, no Palco da República.

No segundo dia, pelas 16h00, as ruas são invadidas por milhares de visitantes para ver passar os grupos e carros alegóricos que mostram as diversas fases d’ “O Ciclo do Vinho”. A noite musical será assegurada, a partir das 22h00, pela atuação dos “Diabo na Cruz”.

O último dia, domingo, abre com uma divertida gincana de tratores – “Fórmula T”, pelas 10h00 no terreno do mercado mensal. As adegas reabrem as portas às duas da tarde, enquanto as ruas são animadas pelo Rancho Folclórico “Camponeses” de Vale do Brejo. O Largo da República volta a atrair as atenções, às 15h00 com um “bailarico à moda antiga”, e às 17h00 para a entrega de prémios do 33º Concurso de Vinhos do Município. Pelas 19h00, uma arruada da banda da Filarmónica Recreativa de Aveiras de Cima marcará o encerramento da décima primeira edição da Avinho.

 

Não faltam, assim, motivos para visitar Aveiras de Cima – “Vila Museu do Vinho” e terra de grandes tradições vitivinícolas.

No fim de semana 10, 11 e 12 de Abril de 2015, “AVINHO – Festa do Vinho e das Adegas”. A não perder!

5.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:22
link do post | comentar | favorito

VILA FRANCA DE XIRA: O maior encontro nacional de logística, em Vila Franca de Xira, dias 7 e 8 de abril

unnamed.png

 O encontro nacional Supply Chain Meeting - o maior evento em Portugal dedicado ao setor da logística - regressa a Vila Franca de Xira nos próximos dias 7 e 8 de abril, para debater assuntos como: tendências futuras na supply chain, projetos de melhoria contínua, melhores práticas, novas tecnologias e processos, relações colaborativas ou a sustentabilidade.

 

A edição deste ano conta com um abrangente programa focado em diversas áreas de atividade. Entre os oradores internacionais que já confirmaram a sua presença, destaque para Alex Van Breedam, CEO da Tri-Vizor e considerado em 2014 como profissional do ano pela Associação Europeia de Logística (ELA), com o tema "The 20 future challenges that will change the supply chain". Confirmadas também estão as presenças de Arcadi Cano, project manager chem-logistics ibéria da Azkar, Dachser Group, com o tema "A solução logística para a indústria química a nível europeu; John Callan,business development manager da Vocollect, com o tema "Workflows in a voice picking solutions", Ana Tavares,manager of operational excellence, da Gate Gourment (Suíça), com a sessão "Manufacturing Flow Management" e Maurizio Capurro, Vice-president de Corporate Partner Solutions da Kuhne + Nagel.

 

Como gerir com rigor e eficiência a complexidade do multicanal e o que se espera da supply chain? Como explorar as tecnologias emergentes, inovando, e tornando as cadeias de abastecimento mais eficientes e ágeis? Como mudar mentalidades e adaptar comportamentos, para responder aos atuais desafios? O Supply Chain Meeting 2015, organizado pela Logística Moderna em parceria com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, vai procurar dar resposta a estas e a muitas outras perguntas pela voz de quem está no terreno.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:20
link do post | comentar | favorito

60% de estagiários contratados pelas empresas da região graças a estágio Passaporte Emprego 3i

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, dinamizou na região do Ribatejo, o Passaporte Emprego 3i, medida de apoio à empregabilidade criada pelo Governo. Dos estágios realizados ao abrigo desta medida na região e que já terminaram, estão a ter uma elevada empregabilidade. Cerca de 60% dos estagiários realizaram contrato com a empresa que os acolheu, alguns celebraram mesmo contrato sem termo.

Na sequência de uma candidatura apresentada ao QREN, a NERSANT dinamizou na região do Ribatejo, a medida Passaporte Emprego 3i, tendo assumido um papel de mediação na angariação de estagiários e empresas interessadas em participar nesta medida de apoio à empregabilidade do Governo.

Dos 85 estágios já concluídos, 51 dos estagiários foram integrados nas empresas (15 na região do Alentejo e 36 no Centro), sendo a maioria dos contratos sem termo (34 contratos sem termo e 17 contratos com termo). Desta forma, os primeiros estágios no âmbito do Passaporte Emprego 3i estão neste momento a terminar com a boa nova de que as empresas estão a aproveitar ao máximo o incentivo, estando a integrar os estagiários nas empresas, após a conclusão do estágio. Refira-se que, concluído o estágio com sucesso, a empresa pode, se o desejar, celebrar com o estagiário um contrato de trabalho sem termo, sendo que se o fizer até 30 dias após a conclusão do estágio, a empresa terá direito a um prémio de integração equivalente a seis vezes a bolsa atribuída ao estagiário.

De referir que a medida Passaporte Emprego 3i tem como objetivo complementar e desenvolver as competências dos jovens que procuram um primeiro ou um novo emprego, de forma a melhorar o seu perfil de empregabilidade e apoiar a transição entre o sistema de qualificações e o mercado de trabalho; promover o conhecimento sobre novas formações e competências junto dos empregadores e a criação de emprego em novas áreas; e fomentar o desenvolvimento de recursos humanos nas respetivas áreas de abrangência.

Os resultados até ao momento alcançados deixam perceber que a aposta da NERSANT neste projeto foi correta, o que está a beneficiar o tecido empresarial da região e a possibilitar aos jovens da região uma mais rápida inserção no mercado de trabalho

 

NERSANT parte com empresas para Moçambique para o II Encontro de Negócios neste país

 

É já no próximo dia 10 de abril que a NERSANT parte para Moçambique com um conjunto de empresas da região, para participar no II Encontro de Negócios fora do território nacional organizado por esta associação empresarial.

O sucesso do I Encontro de Negócios organizado pela NERSANT fora do país, e que aconteceu o ano passado igualmente em Moçambique, ditou a realização deste 2.º Encontro de Negócios, desta vez numa versão mais alargada. O ano passado, a NERSANT organizou, com a colaboração da Associação Comercial da Beira, o Encontro de Negócios da Beira, mostra de produtos e serviços da região, com possibilidade de networking, que teve um balanço extremamente positivo. Aliás, foi exatamente na inauguração deste encontro, onde estiveram presentes algumas personalidades institucionais moçambicanas, que surgiu o convite por parte de Inusso Ismail, Presidente da Associação Comercial da Província de Zambézia, de estender este encontro para esta província. Atendendo às oportunidades de negócio nesta região, a NERSANT organiza este ano o Encontro de Negócios da Região Centro de Moçambique, com a colaboração das duas associações comerciais, e que se vai repartir pela cidade de Quelimane, na província de Zambézia, e pela cidade da Beira.

O Encontro arranca oficialmente no dia 13 de abril, em Quelimane, com uma reunião de abertura, seguindo-se inauguração do Encontro por parte prevendo-se a realização do Governador Da Província da Zambézia.  No dia seguinte, realizar-se-á uma reunião com o Presidente do Município de Quelimane e no dia 15 decorrem visitas e reuniões a empresas de Quelimane. No final deste dia, a comitiva ruma à cidade da Beira para continuar a realização e prospeção de negócios com congéneres desta cidade. A inauguração do Encontro nesta cidade acontece dia 16, com a presença do Governador Da Província de Sofala. No dia 17 realiza-se reunião com o Presidente do Município da Beira, bem como um seminário que dará a conhecer aos presentes as Oportunidades de negócio na Região Centro de Moçambique. O dia 18 de abril está reservado para a visita a empresas de acordo com o respetivo setor de atividade. Durante todo o encontro, as empresas portuguesas presentes vão poder reunir com empresas locais, de acordo com os objetivos pré-definidos por cada uma.

De referir que Moçambique é um dos mercados com maiores oportunidades para as empresas portuguesas, motivo que leva a NERSANT a apostar na promoção da internacionalização para este país. Para além disso, Moçambique é um país com o qual a associação empresarial tem óptimas relações institucionais, o que se mostra uma mais-valia fundamental na hora de entrar neste mercado.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:44
link do post | comentar | favorito

PSD da Golegã propõe à Câmara Municipal da Golegã que adira ao movimento "Autarquias sem Glifosato" e deixe de utilizar herbicidas químicos nas áreas urbanas do Concelho.
Livres do Glifosato: PSD da Golegã propõe à Câmara Municipal da Golegã que adira ao movimento "Autarquias sem Glifosato" e deixe de utilizar herbicidas químicos nas áreas urbanas do Concelho.
 

unnamed (1).jpg

 Depois de em 2007 termos sugerido à Câmara Municipal da Golegã que procedesse à substituição da utilização da aplicação de qualquer herbicida químico, como o glifosato, para controlo das infestantes na área urbana por um método mais amigo do ambiente, eis que em Março de 2015 a Organização Mundial de Saúde confirma o que há muito se suspeitava e coloca o glifosato na lista de substâncias cancerígenas. Esta classificação significa que existem evidências suficientes de que o glifosato causa cancro em animais de laboratório e que existem também provas diretas para o mesmo efeito em seres humanos.

 
Propusemos assim, hoje mesmo e formalmente, que a Câmara Municipal da Golegã suprima definitivamente o glifosato do seu procedimento de rotina de controlo de infestantes na área do Concelho, nomeadamente a urbana, que procure e implemente alternativas não químicas para o controlo de plantas infestantes, e que demonstre de forma inequívoca a sua adesão a esta abordagem amiga do Ambiente e da saúde dos seus Munícipes, aderindo ao movimento “Autarquias Sem Glifosato” promovido pela Quercus.
 
.


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:43
link do post | comentar | favorito

PONTÉVEL: Festa dos Fazendeiros

unnamed.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:41
link do post | comentar | favorito

VILA FRANCA DE XIRA: Rastreios de saúde gratuitos, no dia 7 de abril, no Concelho de Vila Franca de Xira

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 Dia 7 de abril, quinta-feira, têm lugar, em todas as freguesias do Concelho de Vila Franca de Xira, rastreios de saúde gratuitos, acessíveis a toda a população, no âmbito das Comemorações do Dia Mundial da Saúde.

A iniciativa pretende oferecer à população a oportunidade de, através de testes simples e fiáveis, diagnosticar determinados parâmetros da sua saúde, mas, acima de tudo, promover a prevenção precoce de determinadas doenças. Os resultados, apresentados pelos profissionais de saúde envolvidos nesta ação, permitem uma reflexão e aconselhamento sobre os mais adequados hábitos de vida, por forma a manter ou melhorar os resultados obtidos.

A organização é uma parceria da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira com o Agrupamento dos Centros de Saúde de Vila Franca de Xira, o Hospital de Vila Franca de Xira, as Juntas de Freguesia do Concelho e a ASAL – Assistência Médica no Trabalho.

 

Programa da iniciativa:

Alhandra

09h00 às 14h00 - Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Praça 7 de Março

Junto à Junta de Freguesia de Alhandra

Alverca do Ribatejo

09h00 às 14h00 -Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Mercado Municipal

Castanheira do Ribatejo

09h00 às 14h00 -Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Rua João Batista Correia

Junto à Caixa Agrícola

Póvoa de Santa Iria

09h00 às 14h00 - Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Urbanização Casal da Serra

Junto à entrada principal do Centro Comercial Serra Nova

Vialonga

09h00 às 14h00 - Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Largo da Junta de Freguesia

Vila Franca de Xira

08h00 às 19h00 - Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia e à Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica

Largo Marquês de Pombal (Junto à estação de comboios)

08h00 às 13h00 - Rastreios à Tensão Arterial, Glicémia

Largo da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:38
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Abril de 2015
CARTAXO: Recolha de lixo durante a Páscoa

66666.png

 

Durante o período de Páscoa, a recolha de resíduos sólidos urbanos estará condicionada:

 

2 e 4 de abril

(quinta-feira e sábado)

decorrerá a recolha habitual

 

3 e 5 de abril

(sexta-feira e domingo)

não haverá recolha



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:51
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Feira medieval 2015 - «A Carta do Povoador» | Candidaturas abertas para mercadores e voluntários

unnamed.jpg

Estão abertas, até 17 de abril, as candidaturas para mercadores e, até 30 de abril, as inscrições de voluntários para a feira medieval de 2015 «A Carta do Povoador», que se vai realizar entre 4 e 7 de junho no centro histórico de Torres Novas.

 

Os mercadores são uma parte essencial desta recriação histórica. Se está interessado em promover os seus produtos junto dos milhares de visitantes que nos visitam deverá consultar as normas de funcionamento e preencher a ficha de inscrição disponível em www.memoriasdahistoria.com. As candidaturas poderão ser entregues em mão, remetidas por correio para Posto de Turismo de Torres Novas, ou formalizadas online através do link referido. No caso de formalização via internet, os documentos que instruem as candidaturas devem ser enviados para o e-mail: feira.torresnovas@cm-torresnovas.pt. Para esclarecimentos adicionais, contacte o Posto de Turismo através do número 249 813 019.

 

Se está interessado numa viagem única à era medieval, gosta de trabalhar em equipa, de novos desafios e se sente uma pessoa responsável não perca esta oportunidade de ser voluntário na feira medieval. Poderá participar em temas tão diversos como: os Jogos Tradicionais, Postigo da Traição/Rua da Cruz/Gafaria (figurantes), Área Militar (figurantes), Guarda Árabe (figurantes), Guarda Roupa, Baile, Controlo de Entradas, Montagens/Desmontagens, Produção e Cavaleiros (figurantes).

 

Para se inscrever como voluntário basta preencher o formulário disponível no site das Memórias da História. Para mais informações sobre voluntariado na feira medieval contacte através do e-mail voluntariado.feiramedieval@gmail.com ou visite www.memoriasdahistoria.com/



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:50
link do post | comentar | favorito

TORRES NOVAS: Jornada “Gestão de Informação: interação entre arquivistas e informáticos” dia 24 de abril em Torres Novas

9.jpg

O Município de Torres Novas, em colaboração com o Grupo de Trabalho de Arquivos Municipais (GTAM) da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) está a organizar uma jornada subordinada ao tema “Gestão de Informação: interação entre arquivistas e informáticos”, que terá lugar na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, no dia 24 de abril.

 

É objetivo central desta jornada promover um debate entre arquivistas e informáticos, parceiros na gestão da informação nos dias que correm, procurando perceber se se perspetivam como parceiros ou como opositores e que imagem fazem uns dos outros.

Nesta iniciativa serão apresentados casos de sucesso baseados na cooperação e partilha de informação entre arquivistas e informáticos, procurando identificar as mais-valias deste diálogo que se pretende profícuo para as organizações, terminando com uma reflexão sobre o perfil do gestor de informação e as formas de aquisição de novas competências.

 

Estarão presentes representantes de um vasto leque de organismos e entidades, sendo de esperar que deste diálogo resultem contributos valiosos para entender e melhorar a gestão da informação nas organizações.

 

As inscrições devem ser efetuadas em: http://www.bad.pt/new/index.php?option=com_rsform&formId=75

 

Programa Provisório

9h – Receção dos participantes

9h15 – Sessão de Abertura

9h30 – Apresentação do Grupo de Trabalho de Arquivos Municipais

  • GTAM: quem somos e o que nos motiva | Helena Neves e Isabel Salgueiro

9h45 – Gestão de informação: apresentação de casos

            Painel I – Moderação: Filomena Machado (CM Santarém)

  • CM de Torres Novas | “Informáticos e Arquivistas – uma conversa indispensável: o caso da CMTN” | Margarida Teodora e Mário Gil
  • CM de Albufeira | “Projetos de colaboração entre o Arquivo e a Informática no Município de Albufeira” | Sónia Negrão e Eduardo Boneca
  • CM Oeiras | “A Gestão Documental no Município de Oeiras: percurso multidisciplinar de aprendizagens” | Rita Gago e Elias Monteiro
  • Caixa Geral de Depósitos | “Projeto de Arquivo da CGD: Solução implementada” | Rui Pires, Alexandra Fonseca e Lina Matos

11h10 – Debate

11h30 – Pausa para café

11h45 – Painel II – Moderação: Daniel de Melo (CM de Lisboa)

  • CM de Beja | “O desafio da interoperabilidade tecnológica e semântica no Município de Beja” | Isabel Campaniço e Palmira Martins
  • CM de Pombal | “Implementação de um sistema de Gestão de Processos – o caso prático Município de Pombal” |Nuno Salvador
  • CM do Porto | “A gestão partilhada de informação e tecnologia – a convergência de perfis profissionais” | Anabela Godinho e Marta Brandão
  • CM de Águeda | “Arquivar no Tempo” | Marlene Marques

12h45 – Debate

13h00 – Almoço

14h30 – Debate: O gestor da informação – que perfil?

Moderação: Carlos Guardado da Silva (CM de Torres Vedras)

Participação:
José Borbinha – Instituto Superior Técnico
Nuno Serra – Unisys
Fernando Faria – Empresa Link Consultink
Aragão Rio – DELL Portugal.
Mário Gil – CM de Torres Novas
Alexandra Lourenço – Associação Portuguesa de Bibliotecários,
Arquivistas e Documentalista – BAD

17h00 – Sessão de Encerramento



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito

CHAMUSCA: Dia Internacional da Consciencialização do Autismo

O Município de Chamusca vai iluminar de azul alguns dos seus principais edifícios esta quinta-feira, dia 2 de Abril, para assinalar o dia Mundial da Consciencialização do Autismo. A iniciativa repete-se pelo segundo ano consecutivo e vai pintar de azul o edifício do Paços do Concelho, a Biblioteca Municipal Ruy Gomes da Silva, a Igreja de Sra. do Pranto e Miradouro do Bonfim.

 

O movimento “Light It Up Blue” é um acontecimento internacional ao qual Portugal se juntou há quatro anos e surgiu com o intuito de informar e alertar a população a sobre do Autismo, bem como, consciencializar para a importância de diagnóstico e intervenção precoces.

 

Atualmente, uma em cada 68 crianças são diagnosticadas com Autismo, segundo os dados apurados em 2010 pelo CDC – Centers for Disease and Prevencion, mas as suas causas continuam desconhecidas. A casa 15 minutos é diagnosticado um novo caso e os números não param de aumentar. Estima-se que existam 70 milhões de pessoas desafiadas pelo Autismo, o que corresponde a 1% da população mundial. Neste sentido, a grande missão de Vencer Autismo passa por permitir​ todas as pessoas que lidam com este desafio, a possibilidade e a esperança de um futuro repleto de oportunidades.

 

A Vencer o Autismo foi fundada em 2010 por um grupo de pais qualificados, que frequentaram uma formação nos EUA que tem ajudado na recuperação de centenas de crianças.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:47
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

Exposição e concerto evoc...

Mudança

Quarta edição do CTX META...

Núcleo Interpretativo da ...

Ourém recebeu workshop so...

Município do Cartaxo prom...

Comemorações do Dia Mundi...

NERSANT promove sessão de...

Gonçalo Salgueiro dá espe...

PAFT - Programa Atividade...

CARTAXO: Sociedade Filarm...

500 crianças participaram...

Alma do Campo Bravo - Pro...

500 crianças participaram...

Posto Médico de Casével r...

Seedsband comemora 20 ano...

Entroncamento recebe Inte...

CÂMARA MUNICIPAL PROMOVE ...

PS/CARTAXO COM O MELHOR R...

Doçaria nacional invade A...

Entroncamento recebe prog...

Programa “Viver mais, viv...

Oficina Tourism Up & Tast...

NERSANT sensibiliza PME p...

REUNIÕES DA CÂMARA E DA A...

A propósito do Dia do Pro...

Ribatejo InovFin explicou...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Município celebra contrat...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds