NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 17 de Agosto de 2015
FERREIRA DO ZÊZERE:Teatro “CÍRIUS: Paixão de Cristo” com cerca de 200 atores e figurantes sobe ao palco natural de Dornes no último domingo de agosto

unnamed.jpg

Teatro “CÍRIUS: Paixão de Cristo” com cerca de 200 atores e figurantes sobe ao palco natural de Dornes no último domingo de agosto

Decorre este ano, em Dornes, durante a tarde do dia 30 de agosto mais uma edição do Círius: representação teatral inspirado no capítulo da Paixão de Cristo, ao longo dos cruzeiros da tradicional Via Sacra, entre Paio Mendes e Dornes, num palco natural de 3Km ao ar livre.

Este trabalho cénico, conta com encenação de ana paula eusébio e envolve a comunidade local, associações, todas as juntas de freguesias do concelho e Câmara Municipal numa produção conjunta, que espera receber milhares de visitantes.

Para além das representações teatrais das diversas cenas sobre a paixão de cristo ao longo dos 14 cruzeiros da Via Sacra, a encenação conta ainda com alguns momentos musicais com envolvência da natureza, assim como um piano ao ar livre à entrada de Dornes e canto lírico na última cena.

Segundo Jacinto Lopes, presidente da Câmara, “Este é um evento cultural de grande destaque que acontece somente de cinco em cinco anos no concelho de Ferreira do Zêzere, inserido na nossa estratégia de desenvolvimento de turismo cultural. Trata-se de um espetáculo único e fruto de uma construção conjunta de grande envolvência da comunidade. Fica desde já o convite a todos para que venham assistir.”

O público participante deve levar o carro até Dornes, de onde saem autocarros de 20 em 20 minutos para o 1º cruzeiro entre as 14h00 e as 16h30. O evento conta também com uma exposição multimédia “Círius 2015”, patente na Casa do Peregrino e contará no final com tasquinhas no largo da Torre Pentagonal a cargo das Juntas de Freguesia do concelho com petiscos regionais gratuitos para o público que vier assistir.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:17
link do post | comentar | favorito

NERSANT procura empresas com vagas para estagiários

NERSANT.jpgDiversos formandos no âmbito do Vida Ativa terão, no final do curso, direito a formação em contexto de trabalho. As empresas interessadas em receber os estagiários devem contactar a NERSANT.

"Técnico/a Auxiliar de Saúde" e "Técnico/a de Comércio Internacional", em Santarém, "Técnico/a Comercial", em Torres Novas, "Técnico/a Auxiliar de Saúde", em Tomar, "Técnico/a de Comércio Internacional", em Alferrarede e "Agente em Geriatria", em Ourém, são as formações que vão arrancar já no próximo mês de setembro, no âmbito da medida Vida Ativa.

No final de cada uma destas ações, existem vagas para a dinamização de estágios nas empresas, pelo que as empresas interessadas em receber estagiários a custo zero, poderão desde já contactar o Departamento de Formação e Qualificação da NERSANT, através dos contactos dfq@nersant.pt.

Os cursos Vida Ativa, do IEFP, têm como público-alvo desempregados inscritos nos serviços de emprego (subsidiados ou não subsidiados), que poderão, caso sejam admitidos aos cursos de formação, ter direito a uma bolsa de formação (apoio não atribuído a desempregados beneficiários de subsídio de desemprego, subsídio social de desemprego e rendimento social de inserção), e encargos com alimentação e com transportes.

De referir que a NERSANT assinou recentemente o aditamento do protocolo que tem celebrado com o IEFP no âmbito do Vida Ativa que lhe irá permitir dinamizar mais estas seis ações de formação, que irão decorrer a partir de setembro. No total, e tendo em conta o primeiro protocolo assinado com o IEFP no âmbito desta medida, a associação já dinamizou 35 ações de formação e envolveu cerca de 800 formandos / desempregados.

Com a dinamização desta medida, a NERSANT pretende proporcionar, para além das situações simuláveis em sala de aula, formação prática em contexto de trabalho com o objetivo de permitir a consolidação das competências adquiridas e o fomento do networking, promovendo as condições de empregabilidade e a inserção de desempregados na vida ativa.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:27
link do post | comentar | favorito

Cartaxo assinalou Dia Internacional da Juventude nas Piscinas Municipais

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 JOVENS FAZEM A FESTA

No dia 12 de agosto, Dia Internacional da Juventude, as Piscinas Municipais foram o lugar escolhido pela Câmara Municipal, que se aliou a outros parceiros – como o Clube de Natação do Cartaxo, ou os agrupamentos de escolas do concelho –, para organizar um dia inteirinho dedicado aos mais novos. Com entradas gratuitas nas Piscinas, jovens e algumas famílias, aproveitaram o dia para fazer do espaço um verdadeiro centro de convívio .

 A começar com um batismo de mergulho que os Bombeiros Municipais ofereceram aos “maiores de 160 cm”, passando pelos jogos aquáticos que puseram oito equipas a “lutar pela vitória” e terminando com uma Sunset Party – festa final que fechou o dia com cocktails de fruta ao ritmo do DJ KOSI9 –, crianças e jovens fizeram a festa, com a diversão e o convívio a serem os protagonistas de um dia “mesmo em cheio”, conforme comentava o pequeno Mateus, enquanto se deliciava com uma groselha fresquinha, ao pôr do sol.

 Batismo de mergulho foi das atividades mais procuradas pelos jovens

Enfiar-se num fato preto apertadinho, aprender a respirar por tubos e ligações estranhas, carregar garrafas de ar comprimido, controlar válvulas e contrariar os nervos, não é tarefa para qualquer um, mas foi assim que muitos escolheram começar o Dia Internacional da Juventude – com um batismo de mergulho coordenado pelos Bombeiros Municipais do Cartaxo.

 “Quem quiser repetir, deve procurar formação adequada, o mergulho não é difícil, mas exige aprendizagem para ser feito em segurança”, explicou Vitor Rodrigues, bombeiro municipal na corporação do Cartaxo e mergulhador há mais de 25 anos, que passou a manhã a promover uma atividade que considera “uma experiência única”, ao lado do também bombeiro na corporação – Pedro Parente. Os dois dedicaram largos minutos a cada um dos jovens que aproveitaram a “oportunidade para viver uma nova experiência”, como afirmou Leandro, de 16 anos.

 Para este jovem, dos primeiros a aventurar-se na experiência “mergulhar é mais difícil do que parece, é preciso aprender muito e em especial aprender a respirar, foi o que achei mais difícil de controlar”. Para Leandro, que frequenta as piscinas municipais “quase todos os dias”, as atividades que a Câmara organizou para assinalar o Dia Internacional da Juventude “deviam acontecer mais vezes, as piscinas são o melhor espaço para estar com os amigos durante as férias e este está a ser um dia diferente”.

 Vitor Rodrigues e Pedro Parente fizeram um balanço muito positivo do “batismo”, que também serviu para mostrar uma das valências dos bombeiros municipais. “O mergulho não é apenas uma atividade desportiva e de recreio”, afirmou Vitor Rodrigues, lembrando que “estamos numa zona ribeirinha, o Tejo passa no concelho, por isso temos a necessidade de ter elementos com formação específica em busca e recuperação, com capacidade de intervir de modo célere e profissional em caso de acidente no rio, para além de formação específica, fazemos treinos regulares, quer em piscina, quer no rio Tejo”, assegurando que “foi um prazer enorme estar aqui com estes jovens e mostrar também um pouco do nosso trabalho”.

 O quiosque das Piscinas ofereceu aos vencedores dos jogos aquáticos cocktails de fruta

As atividades que assinalaram o Dia Internacional da Juventude, integraram também ações de sensibilização para os perigos de consumo de bebidas alcoólicas, de acordo com a campanha produzida pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências (SICAD) e à qual a Câmara Municipal do Cartaxo aderiu.

 Pedro Magalhães Ribeiro, que acompanhou os jogos aquáticos que se realizaram durante a tarde, afirmou que a campanha “criada para intervenção em festas e festivais de verão, responde a preocupações atuais do Cartaxo, um concelho que terá, já no final do próximo mês de agosto, um festival de música a decorrer em Valada”, pelo que, “as atividades organizadas pela área de Ação Social e Saúde e pela área de Educação e Juventude da Câmara, vão ter a presença desta campanha”.

 Para além de ter sido distribuído material de divulgação que alerta os jovens para os perigos do consumo de álcool, quem participou na Sunset Party pôde assistir ao filme da campanha e aproveitar os cocktails sem álcool que o quiosque das Piscinas preparou como exemplo de que o álcool não é elemento essencial para uma festa animada, sendo mesmo conhecido por poder “estragar a festa”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:52
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Agosto de 2015
É preciso encontrar um verdadeiro investidor com capacidade financeira para desenvolver o Parque de Campismo

N4.CAM1105D (1).jpg

 O Parque de Campismo Municipal de Alpiarça mais parece uma quinta particular do que um espaço aberto ao público e dinamizando o turismo local

Até acredito nas boas intenções das pessoas que aproveitaram a onda do PCP em reabrir à pressa em 2013 o espaço para fugir às críticas do espaço ser um enorme matagal em degradação.
Porém, passados dois anos nota-se que é demasiada "areia para a camioneta" de quem assumiu o pesado fardo de transformar aquele local no que foi nos final dos anos 70.
O espaço necessitava de quem tivesse capacidade financeira e conhecimentos técnicos para transformar aquele espaço em mais um pólo dinamizador do turismo e não em algo indefinido e sem perspectivas de evolução.
Seria altura deste executivo camarário sentar-se a uma mesa com o concessionário, ter uma conversa séria e aquilatar se há viabilidade em transformar o espaço em campismo de qualidade ou vamoscontinuar  a assistir a um recinto de campismo parado no tempo.
Seria bem melhor,abrir novo concurso e com tempo e publicitação adequada procurar um verdadeiro investidor com capacidade financeira e com um projecto adequado à criação de campismo com a qualidade que estes tempos exigem.
Mas com o autismo político que existe no concelho duvido que sigam este conselho.


publicado por Noticias do Ribatejo às 18:53
link do post | comentar | favorito

CULTURA AVIEIRA: III CRUZEIRO RELIGIOSO e CULTURAL DO TEJO

3ª Etapa - 6 de Junho do Tramagal a Alpiarça

LURDES01.jpg

 Por: Lurdes Véstia

 

As crónicas sobre o III Cruzeiro têm vindo a ser construídas com o que fui colhendo, aqui e ali, entre conversas de quem (per)seguiu o Cruzeiro em todos os momentos e  dele fez registos escritos ou fotográficos, quer desde o leito do Tejo quer das suas margens. Mas hoje falo com o conhecimento de quem andou “lá dentro”.

Eu e o Zé Gaspar saímos de Santarém bem cedo para apanhar o Rui e o Augusto com destino a Rio de Moinhos para onde, ontem, vários elementos da organização deslocaram as embarcações, que tinham ficado fundeadas em Abrantes após a última etapa.

Hoje junta-se a nós uma segunda equipa da Chamusca - Mestre Jaime Grilo, a sua camarada D. Maria e a sobrinha Lucinda Grilo. É com orgulho e satisfação que os acolhemos nesta aventura.

Em Rio de Moinhos a azáfama era enorme. As embarcações estavam em doca seca e foi precisa toda a força dos braços disponíveis para as colocar na água. A minha função foi encher o pneumático vermelho do Piçarra com uma bomba acionada pelo pé, agora o direito e logo e esquerdo!!! Embarco na bateira manobrada pelo Mestre Júlio Lobo.

Aqui estamos em território que já conhecemos bem…a corrente é muito forte e existem rochas mas chegamos ao destino sem grandes dificuldades. A primeira paragem é em Tramagal onde fomos recebidos calorosamente e nos foi oferecido um copioso pequeno-almoço. Aqui mudo de embarcação e entro no pneumático vermelho do Piçarra juntamente com o Augusto Gaspar.

Após embarcarmos a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo partimos rumo à zona ribeirinha de Rio de Moinhos onde mais uma vez (tal como o ano passado) a população mostrou a sua religiosidade com os seus cânticos e carinho, presenteando-nos ainda com café e bolos.

É tempo de fazer caminho rumo a Constância, a qualidade das águas do Tejo está bastante razoável o que nos faz pensar que a nossa peregrinação e a visibilidade do nosso projeto estão a surtir algum efeito, pena que esta realidade de hoje não seja uma constante.

Neste troço do rio Tejo existem algumas passagens estreitas e de forte corrente o que originou mais um ligeiro contratempo para a equipa da “INÁCIO”. Todos tínhamos consciência da necessidade de nos afastarmos das margens e das ramas compridas dos salgueiros mas de repente a bateira “INÁCIO” meio desgovernada roçou as ramas dos salgueiros e com os balanços algum equipamento de captação media foi ao banho…mas no fim tudo se compôs!

Constância aproximava-se. O rio e as suas margens oferecem-nos imagens maravilhosas que guardamos na nossa memória. O calor era muito! Chegados á foz do rio Zêzere, subimos uma centena de metros para a receção que a edilidade tinha preparada para a peregrinação. Assistimos a um recital que nos foi oferecido pelo coro da universidade sénior e até um bailarico improvisámos.

Somos despedidos com lenços brancos na partida rumo á aldeia do Arripiado (Chamusca).

Se houve momento que retive desta etapa foi a passagem a sul do Castelo de Almourol.

(https://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Almourol)

Sem Título.png

Senti-me pequena e ao mesmo tempo enorme...algo difícil de vos explicar!

Aproximamo-nos do cais do Arripiado, aldeia que está implantada numa encosta ingreme sobranceira ao rio. Aqui podemos apreciar o bom investimento que foi feito pela autarquia junto às margens do Tejo, no cais de S. Marcos, um parque ribeirinho em zona empedrada com caminho em “deck” de madeira, a norte, onde sobressaem algumas esculturas, uma zona de (re)construção de barcos e uma zona verde com parque de merendas sob grandes e vetustos salgueiros. É neste ambiente que desembarcamos e a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo é transportada para o cais ao som de melodias de um grupo coral. Enquanto esperamos que o almoço seja servido vamos dar um passeio até à igreja matriz na companhia do Presidente da Câmara da Chamusca, da vice-Presidente e do Presidente da Junta de Freguesia. Faz um calor diabólico. Após este interregno foi-nos servido um suculento e rico almoço.

Mas de novo se faz tempo de empreender a jornada…agora rumamos até ao cais de Vila Nova da Barquinha onde somos recebidos pela população e pelo Presidente da Câmara. Depois vamos em fila indiana a caminho da Chamusca, ainda temos tempo de ir “cumprimentar” alguns populares que nos esperavam na margem e que ofereceram a Nossa Senhora uma chuva de pétalas de flores, depois passamos sob a ponte. O Mestre Grilo passa para a dianteira…aqui ele é o rei das águas. É também agora que o Jaime Fernandes se separa do grupo com o intuito de ir preparar uma embarcação para substituir a “INÁCIO”. É no Porto da Cortiça que ele vai esperar a peregrinação com a bateira “BRIOSA” que levará até Valada a equipa da Chamusca. Nós continuamos rumo ao Porto das Mulheres. A paisagem é de uma beleza impar, a bombordo, a Vila da Chamusca, com grande parte implantada numa encosta onde no alto se percebem as capelas da Senhora do Pranto e do Senhor do Bom Fim. Chagados ao destino somos recebidos calorosamente pela população sendo a Imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo sido transportada até á zona de lazer ali existente em ombros de populares.

Em todo o percurso foi ladeada por dois cavaleiros tradicionalmente fardados, um em traje de passeio e um em traje de campino da lezíria. A cerimónia religiosa de receção é conduzida por uma freira e os cânticos ficaram a cargo do grupo “Junta Anima” sob a batuta de José Pinhal.

O regresso às bateiras é feito em procissão, acompanhado pelos já referidos cavaleiros.

A próxima paragem é em Azinhaga, mas dada a dificuldade em aportar, decidiu-se fazer uma cerimónia na margem do Tejo onde o pároco e alguma população nos aguardavam. E foi assim que numa cerimónia singela e carregada de simbolismo, foram batizadas duas bateiras, uma delas, a “BRIOSA”, em homenagem ao pai dos dois peregrinos da Chamusca, Inácio Fernandes, e uma outra propriedade da APCA- Associação para a Promoção da Cultura Avieira. Bebemos champanhe comemos maçãs e fugimos dos mosquitos…

Largamos para o Patacão (Alpiarça) já ao pôr-do-Sol e é nesta bonita e extensa praia que aparecem as primeiras mulheres Avieiras tipicamente trajadas e é também aqui que Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo é transportada, ladeada por archotes enterrados na areia, numa viatura motorizada que a deixará na igreja de Alpiarça, onde pernoitará.

Após o jantar, oferecido pela autarquia, alguns dos peregrinos foram pernoitar junto às bateiras, na praia, em tendas de campismo. Nós regressamos a casa para retemperar forças para a etapa de amanhã.



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 15 de Agosto de 2015
ALPIARÇA: MÁRIO PEREIRA: O indomável presidente e senhor da sua autoridade

transferir (1).jpg

 Como presidente da Câmara de Alpiarça que é, Mário Pereira (foto) é um político carismático e senhor da sua autoridade.

No entanto, quanto ao passado e como vereador da oposição, eleito pela CDU/PCP ,  sempre foi  (apenas) uma presença muda e calada porquanto faltava-lhe argumentos para bater o pé para com Rosa do Céu.

Aprendeu nos mandatos socialistas que a oposição, por ser minoritária, deve estar calada, não deve apresentar projectos e muito menos ter  ideias e nada de  "espalhafatos".

A oposição serve para ouvir, ver e estar calada.

O  aluno que queira ser um bom professor usa os métodos que Mário Pereira aprendeu com os socialistas.

Mas às vezes os professores adormecem à sombra da fama que conquistaram pelos seus feitos gloriosos e.. ...é o momento certo para os alunos ocuparem o palanque e gritarem bem alto: ”agora quem manda somos nós” porque o “povo deu-nos o poder que tão desejávamos”.

Daqui, Mário Pereira aplicar o que aprendeu a quem se lhe apresente pela frente ou que se arme em “sabichão” e se for preciso até tira o “pio” a quem fizer ou disser o contrário porque esta “coisa de opinar a torto e a direito” tem que se lhe diga.

Nada então como lhes cortar a palavra ou impedir aquilo que o “professor” não quer que se diga de forma a que: todos possam “pensar que as coisas estão indo bem”.

E a quem escreve ou critica (não confundir com dizer mal) as sequelas dos governantes o melhor que tem a fazer é irem a “Águas para o Cartaxo”.

Sendo assim, concluo que Mário Pereira foi um brilhante aluno na disciplina de “politica”  mas está a ser um péssimo professor na pratica porquanto: o que aprendeu com os socialistas de nada lhe tem sido útil já que os “rosas” fizerem mais em doze anos do que o actual autarca conseguirá noutros tantos.
Os argumentos que usa para se desculpar que não consegue fazer nada mais não são do que uma paranoia de desculpas esfarrapadas sem qualquer base sustentável.

V.R.V.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:01
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2015
JOÃO SERRANO: o “Senhor Cultura Avieira” doutorou-se pela Universidade de Évora

Doutorou-se no passado dia 31 de Julho, pela Universidade de Évora, com distinção, o Doutor João Manuel Monteiro Serrano.

joao serrano.jpg

A tese apresentada, à Universidade de Évora para obtenção de grau de Doutor em Ciências da Educação, na especialidade de Administração e Gestão Educativa tem por título: As Comp9onentes Educativa e Cultural das Organizações como Fatores Incrementais de Operação Inter-Institucional e do Desenvolvimento Organizacional e versa uma profunda análise do processo desenvolvido em torno do projeto da Cultura Avieira, coordenado por João Serrano ao longo de vários anos.

Trabalhoorientado pela Prof.ª Doutora Marília Evangelista Sota Favinha, teve como coordenadores os Prof. Doutor Nuno Manuel Gameiro Rebelo dos Santos, ambos da Universidade de Évora e o Prof. Doutor Angel  Monterrubio Perez, da Universidade de Castilha La Mancha.

O trabalho apresentado recebeu os maiores elogios do Júri, presidido pla Professora Cesaltina Pires, mas que contou com catedráticos Das Universidades Católica, de Múrcia e de Castilha – La Mancha.

Parabéns a João Serrano. Para além de todo o reconhecido e enaltecido mérito académico, é um justo e merecido prémio para quem deu de si mais do que podia à defesa da Cultura Avieira, ao longo de sucessivos anos.

(Fonte: Nuno Rodrigues/Reflexos/In Correio do Ribatejo)



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:57
link do post | comentar | favorito

Abrantes: Vasco Palmeirim em Abrantes grava programa “Sabe ou não Sabe” para a RTP1

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 A equipa do concurso “Sabe ou Não Sabe”, que em breve vai voltar à grelha de programação da RTP 1 (sábados à noite), vai estar  em Abrantes a partir das 14h30 do dia 19 de agosto, com Vasco Palmeirim a percorrer as ruas do centro histórico da cidade de Abrantes.

O apresentador escolhe o concorrente que em 10 minutos de programa pode ganhar prémios. Para aceitar o repto de participar no programa, os concorrentes têm que superar várias perguntas de cultura geral e popular. A originalidade deste programa, integralmente realizado na rua, reside no facto de o concorrente não responder a uma única pergunta: a sua missão é encontrar quem responda às questões por si.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:23
link do post | comentar | favorito

Actividades da Nersant

 

A Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE Mercados do Tejo, que deu origem à marca VIVER O TEJO, está explicada numa brochura que a NERSANT acaba de publicar e que tem à disposição de todos os interessados.

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém liderou um consórcio composto por 49 entidades públicas e privadas, reconhecido como Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE- Mercados do Tejo, cujo plano de ação visava levar a cabo atividades inerentes à dinamização, coordenação, acompanhamento, monitorização, gestão e animação desta parceria, incluindo a sua estratégia de promoção.

Este plano incidiu na valorização do Tejo como agente percursor da estratégia de desenvolvimento económico de um território alvo, tendo como fator chave o seu potencial turístico diferenciado e de excelência. Relançando o papel do Rio Tejo como eixo estratégico de dinamização e elemento identitário da região, este plano englobou um conjunto diversificado de atividades inovadoras, tendo o seu foque temático no Turismo e Lazer com Sustentabilidade Ambiental.

Embora com um potencial irrefutável, esta região possuía um handicap na estruturação de oferta de produtos e serviços, pelo que o desafio de criação de uma rede integrada foi desde logo colocado no plano. Também a ausência de uma marca identitária também constituiu um desafio. Assim, com o envolvimento dos parceiros, com todas as dinâmicas estabelecidas, a NERSANT criou a marca VIVER O TEJO - Turismo, Cultura e Animação, que tem vindo a dinamizar com o objetivo de despoletar a criação de pólos de atratividade que, aliados à preservação e valorização do património natural histórico e humano promovessem o crescimento económico, colocando em prática uma estratégia de valorização económica deste recurso endógeno, Rio Tejo, com identidade e especificidade.

A dinamização desta marca, inserida na Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE Mercados do Tejo, está agora explicada numa brochura editada pela NERSANT e que aborda, para além das principais ações do Provere, a estratégia de marketing da marca VIVER O TEJO, dando a conhecer a importância de criação do portal, bem como as rotas e pacotes turísticos disponibilizados pelo mesmo.

De referir que em termos de enquadramento territorial esta estratégia foi levada a cabo em Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, no Médio Tejo; Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, na Lezíria do Tejo; e Gavião, no Alto Alentejo.

 

Catálogo de formação para empresas disponível na NERSANT

 

O Departamento de Formação e Qualificação da NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, está a trabalhar num plano de formação que permite às empresas cumprirem a obrigação legal de prestar 35 horas de formação anual a cada colaborador.

Com o objetivo de melhorar a competitividade das empresas e organizações, a NERSANT tem como missão o desenvolvimento de atividades formativas que contribuam para o desenvolvimento e qualificação daqueles ativos. Diversas ofertas formativas nas áreas de Ciências informáticas, Comércio, Desenvolvimento pessoal, Empreendedorismo, Enquadramento na Organização/Empresa, Gestão e Administração, Línguas, Marketing e Publicidade, Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho, Serviço de Apoio a Crianças e Jovens e Trabalho Social e Orientação, estão assim disponíveis na NERSANT, podendo as empresas ou os colaboradores, inscrever-se nas mesmas.

Para prestar um melhor serviço ao tecido empresarial, a NERSANT pode realizar qualquer das ações de formação quer nas suas instalações (em Torres Novas, Ourém, Abrantes, Santarém, Cartaxo e Benavente), quer nas instalações das empresas que comprovem ter infraestruturas adequadas à prestação do serviço. As inscrições são feitas no portal da associação, www.nersant.pt, onde os interessados poderão ainda consultar todos os cursos disponíveis, locais e horários de realização, bem como outras informações pertinentes.

Para além deste plano de formação, a NERSANT dispõe ainda de um serviço de formação à medida das empresas, o que significa que as mesmas podem recorrer à associação sempre que necessitarem de uma formação específica à sua atividade.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:51
link do post | comentar | favorito

SANTARÉM: Sucesso do Projeto “Raízes da Sustentabilidade – Plante um sobreiro” leva à sua continuidade

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 A Câmara de Santarém assinalou, este ano, a comemoração do Dia Mundial do Ambiente com a apresentação da exposição “Montado”, cedida pelo Observatório do Sobreiro e da Cortiça de Coruche, e com o lançamento do Projeto “Raízes da Sustentabilidade – Plante um sobreiro”.

 No âmbito deste projeto, que se revelou um sucesso, a autarquia scalabitana oferece um sobreiro a quem tiver um terreno onde possa plantar um exemplar desta espécie autóctone e protegida por lei, de modo a contribuir para a preservação desta espécie florestal com interesse económico para as populações e elevado valor ambiental, reconhecido internacionalmente.

O Projeto Ambiental “Raízes da Sustentabilidade – Plante um Sobreiro”, que vai ser prolongado até ao final do Verão de 2015, vai de encontro ao objetivo da União Europeia de travar a perda de biodiversidade e a degradação dos serviços ecossistémicos. O 7.º Programa de Ação em matéria de Ambiente, vem reforçar a importância de preservar a Biodiversidade com o lema viver bem, dentro dos limites do nosso Planeta.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:34
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Agosto de 2015
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim-de-semana

800pxSantarem11Cpia.jpg

Sexta-feira:

Esta sexta-feira, dia 14 de agosto, às 22h00, o Largo do Seminário (Praça Sá da Bandeira) é palco do Concerto de Alexandre Caipira, Diogo Cocharro e Luís Vale, no âmbito da programação do Verão In. Santarém.

Sábado:

Este sábado, dia 15 de agosto, às 11h00, há aula de Yoga, pela AMA – Associação Movimento Aberto, no Jardim Portas do Sol, inserido na programação do Verão In. Santarém.

“A sociedade contemporânea vive a sofreguidão da velocidade e muitas pessoas acabam por abandonar por completo o ritmo natural da vida. O Stress e a ansiedade dominam e a sintonia entre corpo e espírito é sacrificada, o que acarreta inúmeros sintomas como ansiedade, tristeza, sensação de falta de objetivos de vida, etc.

A AMA oferece aqui uma oportunidade de reencontrar este reequilíbrio em sessões abertas a todos, no magnífico ambiente do Jardim Portas do Sol.”

Às 11h30, há Hora do Conto, na Livraria Aqui Há Gato, inserido na programação do Verão In Santarém. Entrada livre.

Vamos ouvir histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto...

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

Às 12h00 há Oficinas de Arte - Pintura, na Livraria Aqui Há Gato.

Com muita arte e imaginação vamos colorir esta manhã! Inserido na programação do Verão In. Santarém.

(Duração) 60’ (Classificação) M/4 (Preço) 6€

Em permanência:

A Campanha Gastronómica “Petiscos e Companhia” prossegue com treze restaurantes aderentes: All Friend’s Gourmet – Pigalle, Restaurante O Capote, Kook – Eat & Sensations, Adega do Bacalhau, Adega do Caneco, Taberna do Quinzena I, Pastelaria e Casa de Pasto Flôr de Santarém, Taverna Petiscos de Moruças, Restaurante Marisqueira Jomar, Restaurante A Grelha, Digusto, Tejá e TasCÁ, que oferecem petiscos, tais como: caracóis, Pica-Pau, ovos com farinheira, lulinhas fritas com camarão, carne de toiro bravo grelhada, sopa da pedra, Carpaccio de polvo, Mini-pizza de chévre com mel e nozes, Hot-Sushi Soo, Bacalhau d´Adega, Bife de bacalhau, Bife com queijo da Serra Petinga de escabeche, Salada de orelha com pimento assado, Moelinhas estufadas, Petinguinhas de escabeche, saladinha de polvo, Moelas de caril, Orelha de porco salteado, Frango à Moruças, Molhinhos com feijão branco, Petinga Frita c/broa em azeite, Cogumelos salteados c/pimentos, Queijo das lezírias, Ovos com espargos verdes, Favinhas à nossa moda com carne de toiro bravo, Tiras de choco, Asinhas de Frango e Tacos de bacalhau.

Até setembro, “Os doces tradicionais e os produtos locais”: vinhos, compotas, azeites, enchidos, queijos, celestes, arrepiados, pampilhos, entre outras especialidades da região, vão estar em destaque em 16 pastelarias da cidade de Santarém: Pascoalini – Geladaria, Pastelaria Bijou, Pizzaria – Hamburgueria Porta de Manços, Encanto Guloso, Cidadão – Café, Boutique Sweet Macarons, Pastelaria Canto da Cruz, New – Ex Libris, Pastelaria Snack Bar Kina 88, Royal Café, José Maria Rei, Bar Ribatejo, Boca Cheia – Monteiro e Lapa, Lda., A Revolta dos Pastéis de Nata, Pastelaria Veneza, Panóplia de Sonhos, Lda. A loja Gourmet - Chocolates, Doces e Chás e a loja de vinhos - Loja da Adega.

A Câmara de Santarém e os operadores económicos, conhecedores da responsabilidade que lhes cabe nesta área de relevo, e sempre com a preocupação de apoio, salvaguarda e promoção da gastronomia tradicional do Ribatejo, bem como da abertura a novas expressões construídas a partir dessa matriz, importantes na consolidação da oferta gastronómica local, pretendem com a Campanha Sabores In. Santarém, valorizar a dimensão cultural da gastronomia tradicional, dando a conhecer o que de melhor temos para oferecer a quem nos visita.

SABORES In. Santarém é o mote a partir do qual a autarquia Scalabitana convida os Scalabitanos e todos os que nos visitam, a conhecer e degustar a gastronomia tradicional, os vinhos e os produtos regionais, que constituem um dos mais importantes valores identitários de Santarém e do seu território, associado a um programa cultural rico e variado – o Verão In. Santarém.

Até dia 31 de agosto, a Biblioteca Municipal de Santarém tem patente a MOSTRA DOCUMENTAL “Falam documentos de outras eras”, com o Projeto de transformação e alargamento do Campo Sá da Bandeira e Largo das Amoreiras (1948). A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

“Este esboço vai acompanhado de um relatório comprovativo […]. As modificações apresentadas estão em conformidade com o Espírito e Deliberações do Ilustre Concelho Municipal; respeitando o Passado, honrando assim este Presente e em preparo dum melhor Futuro.” [sic].

“Vamos Ler… Fernando da Silva Campos”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

“Natural de Águas Santas, Maia, 23 de Abril de 1924, Fernando Campos é conhecido como um ficcionista, cronista e investigador português, autor de várias obras didáticas e monografias de investigação etimológica e literária. Iniciou já tarde a sua carreira de escritor, pois só aos 62 anos, em 1986, lançou o seu primeiro romance “A Casa do Pó”, um romance histórico cuja ação decorre em finais do século XVI, muito bem aceite pela crítica e que o colocou no grupo dos grandes escritores portugueses.

Filho do pintor Alberto da Silva Campos, Fernando Campos frequentou a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde se licenciou em Filologia Clássica. Foi professor do ensino secundário no Liceu Pedro Nunes, em Lisboa.

Das inúmeras obras destaca-se “Prosadores Religiosos do Século XVI (Coimbra, 1950), “A Redacção (Porto, 1968), “O Arinteiro de el-rei ou “A Vida de S. Teotónio”, uma Fonte de Os Lusíadas (Lisboa, 1972), “O Homem da Máquina de Escrever” (1987), “Psiché” (1987), “O Pesadelo de Deus” (1990), “A Esmeralda Perdida” (1995) que lhe valeu o Prémio Eça de Queirós. Muitas das suas obras foram traduzidas para francês, alemão e italiano.”

 Visite a Exposição “XXI Destaque da coleção de arte contemporânea Manuela de Azevedo, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, segunda a sexta-feira das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico de Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 1 de julho até ao final de setembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Ofélia Marques: Menina, desenho a tinta-da-china e lápis s/ papel, atribuído ao 2º quartel do séc. XX.”

 Até dia 31 de agosto, visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do tlml. 912 578 970).

 A Torre das Cabaças, ou Cabaceiro – como o vulgo a denomina -, é na realidade uma Torre Relógio, género arquitetónico introduzido em Portugal desde os primórdios do século XV.

A designação popular fixou-se nos finais do século XVIII, derivada das sete ou oito cabaças de barro colocadas na estrutura de ferro que suporta o enorme sino de bronze datado de 1604. As cabaças – identificadas pelo povo como sendo as cabeças ocas dos vereadores municipais, numa tradição anedótica reportada ao tempo de D. Manuel I – servem de ressonância no tanger das horas, espalhando o som em várias direções.

Do conjunto de cabaças primitivas apenas subsistem quatro, vidradas a amarelo e verde. As restantes quatro são mais recentes, sendo três delas vidradas a castanho e colocadas em 1933, por altura do restauro da DGEMN. A sua forma e configuração são distintas. As mais antigas têm o colo praticamente fechado e os buracos de ressonância mais abertos; as do restauro de 1933 têm o colo aberto e os buracos de ressonância mais espaçados. A abertura inferior servia para as enfiar na estrutura de ferro forjado superior, sobre espigão.

Horário: Local: Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças

 A Exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, na Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil” está patente até dia 30 de abril de 2016.

No ano em que se comemoram os 600 anos da Tomada de Ceuta, génese do projeto expansionista português, a Casa do Brasil | Casa Pedro Álvares Cabral apresenta a exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, que procura enquadrar o protagonista do último grande episódio da gesta ultramarina lusitana. A mostra, que conta com o alto patrocínio do Montepio Geral – Associação Mutualista e do W Shopping, aborda temas fundamentais da história da Humanidade, contemporâneos de Cabral: invenção da imprensa, evolução científica, chegada à Índia e ao Brasil, globalização e miscigenação, viagem das plantas.

 Sabia que consome “alimentos deste outro mundo”? Já pensou que a navegação astronómica permitiu precisões incríveis (bem antes do GPS)? Imagina quantos livros se publicaram nesta época? Venha descobrir numa Casa do Brasil perto de si.

 A mostra de caráter multissensorial e experiencial ocupa os átrios do piso térreo, as salas de exposição, bar, biblioteca e varanda interior, bem como o auditório e jardim. Apoiada pelo Montepio Geral – Associação Mutualista e pelo W Shopping, tem como objetivo fazer regressar a Casa do Brasil à sua génese, com a programação de iniciativas ligadas à temática Portugal/Brasil.

 A organização está a cargo da Câmara Municipal de Santarém, e conta com objetos da reserva municipal, tais como pinturas, esculturas e livros, da Diocese de Santarém, que também cedeu alguns objetos, do espólio museológico municipal, cedências do Museu Diocesano e dos joalheiros Leitão e Irmão (réplica em prata do Nónio). Foram cedidos direitos de reprodução de imagem do Museu Nacional de Arte Antiga, Museu de S. Roque e Santa Casa da Misericórdia do Porto.

 Aproveite para visitar o Centro de Interpretação - Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.  A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem. Para mais informações, contacte através do telefone 243 357 288.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:48
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: Corrida das Vindimas

unnamed.jpg

 No próximo dia 26 de setembro, sábado, a partir das 21h00, as ruas do Cartaxo vão estar reservadas ao atletismo.

Seja qual for o seu ritmo – quer corra para ganhar, quer corra para se desafiar a si próprio(a) ou apenas goste de caminhar com a família –, o importante é participar na I Corrida das Vindimas e desfrutar de uma noite dedicada à prática desportiva.

As inscrições e toda a informação sobre a prova estão disponíveis em Trilho Perdido.

Clique aqui para saber tudo o que precisa.

A Escola de Atletismo Rui Silva e a área de Desporto da Câmara Municipal, também estão disponíveis para lhe dar todas as informações sobre a I Corrida das Vindimas.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:46
link do post | comentar | favorito

BENAVENTE: APRESENTAÇÃO PÚBLICA DA SUA "MANTA PELOS DIREITOS DOS ODOSOS"

O Município de Benavente irá fazer a apresentação pública da sua “Manta pelos Direitos dos Idosos”, na próxima segunda-feira, dia 17 de Agosto, às 16 horas, no Edifício dos Paços do Município.

A Manta, que tem mais de 300 quadrados e mais de dez metros, reúne os quadrados entregues por várias Associações, Colectividades, IPSS´s, Universidade Sénior e particulares do Município de Benavente.

Após este momento, a Manta será entregue ao Centro Comunitário Nossa Senhora das Dores (Caxias), onde será cosida à Manta gigante que reúne os contributos de todo o país e conta já com largos milhares de quadrados.

Este projecto, “Juntos por Mais”, pretende candidatar esta Manta gigante ao Guiness e, sobretudo, fazer uma campanha de sensibilização, a nível nacional, para os direitos dos idosos, com o objectivo de consciencializar a sociedade civil para o aumento dos maus tratos aos idosos, que devem ser travados com a aprovação de uma Lei que enquadre a criação de Comissões de Protecção ao Idoso e à Pessoa com Demência.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:45
link do post | comentar | favorito

Karting NERSANT é em setembro e já conta com 14 equipas inscritas

Direcionado para as empresas, a NERSANT vai organizar no dia 12 de setembro, em Almeirim, mais uma edição do Karting, prova de desporto que pretende incrementar nos colaboradores das empresas da região, estratégias de team building que se revelem proveitosas em contexto de trabalho. Paralelamente à criação de espírito de equipa entre os participantes, a prova pretende ainda constituir um momento de descontração entre os recursos humanos das empresas, longe do stress do dia-a-dia profissional.

O evento vai decorrer no dia 12 de setembro, no Kartódromo de Almeirim, durante todo o dia. Tem início às 09h00, e vai decorrer durante 6 horas, sem parar. As empresas da região devem apresentar equipas entre 4 a 9 colaboradores, que terão como tarefa organizar-se durante as 6 horas de duração da prova, de maneira a que o karting nunca pare.

Neste momento, o evento conta com a inscrição de 14 equipas / empresas, mas ainda há espaço para a inscrição de empresas. Cada equipa tem um custo de 300 euros, podendo a mesma empresa inscrever mais que uma equipa se assim o desejar. As inscrições no evento são feitas online no site da NERSANT, em www.nersant.pt. Mais informações podem ser solicitadas junto do Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos da associação através dos contactos 249 839 500 ou dame@nersant.pt.

 

 100 empresários estrangeiros já inscritos no NERSANT Business 2015

15 países e mais de 100 empresários estrangeiros estão já inscritos para participar no NERSANT Business 2015, Encontro Internacional de Negócios organizado pelo quarto ano consecutivo pela Associação Empresarial da Região de Santarém. 

Entre os dias 19 e 21 de outubro, a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, vai levar a efeito a quarta edição do NERSANT Business, encontro internacional de negócios que é já uma referência na região no que diz respeito ao apoio às exportações das empresas ribatejanas.

Desde a sua edição piloto, em 2012, o evento não parou de crescer. Em 2012, o evento contou com 6 delegações e 50 empresários estrangeiros, num total de 375 encontros de negócio realizados e em 2013 participaram 10 países e mais de 100 empresas vindas da Europa, África, América do Sul e Ásia, tendo sido realizadas, no total, mais de mais de 750 reuniões de negócios entre os empresários estrangeiros e portugueses. Na última edição do evento, realizada em novembro de 2014 em Santarém, o encontro voltou a surpreender a organização, tendo sido novamente superados os números de países e empresas presentes: 14 delegações estrangeiras presentes e mais de 1100 reuniões de negócios realizadas.

Este ano, e ainda a dois meses de realização do evento, as expetativas da NERSANT encontram-se novamente superadas, com a receção de pré-inscrição de 15 países e cerca de 100 empresários estrangeiros. Este ano, e pela primeira vez, a NERSANT vai realizar o evento em Tomar, por forma a dar a conhecer aos investidores também a parte norte do distrito de Santarém. O Encontro Internacional de Negócios vai contar, à semelhança dos anos anteriores, com seminários de apresentação das potencialidades económicas ribatejanas, com a apresentação das oportunidades de investimento nos países estrangeiros presentes, bem como com um local destinado exclusivamente a reuniões de negócios entre as empresas portuguesas e as empresas estrangeiras.

Em breve, a NERSANT irá disponibilizar às empresas da região um mapa com as empresas e setores de atividade das empresas estrangeiras inscritas, para que a associação possa preparar o agendamento adequado de reuniões.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:42
link do post | comentar | favorito

Abrantes: Visita à "nova" Escola Manuel Fernandes

1.jpg

A Presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, e a Vereadora da Educação, Celeste Simão, visitaram esta manhã a Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes, após as obras de requalificação, a convite do Diretor do Agrupamento de Escolas N.º 2 de Abrantes, Alcino Hermínio.

No final da visita, a Presidente da Câmara congratulou-se com a conclusão das obras e com as inerentes condições de conforto para os alunos, docentes e não docentes

Tratando-se de uma intervenção há muito desejada, Maria do Céu Albuquerque fez votos para que a comunidade educativa se aproprie agora do “novo tempo” de uma escola com um longo historial (foi Colégio La Salle e Liceu Nacional de Abrantes) rumo ao sucesso educativo das gerações que dela vão usufruir.

As obras de requalificação, da responsabilidade da Parque escolar, tiveram início em 2011, foram interrompidas em setembro de 2012, retomadas em julho de 2014, estando agora concluídas.

Com projeto do Arquiteto João Paciência, a “nova” escola passou a disponibilizar quarenta salas de aula, quatro salas de tecnologias de informação e comunicação, seis laboratórios, sete salas de artes, um núcleo oficinal, uma sala de artes performativas, uma sala de música, uma biblioteca, um auditório, cinco salas para docentes, refeitório e bar, um ginásio coberto e dois campos desportivos exteriores.

A Rua General Humberto Delgado, que estabelece o acesso a este estabelecimento, bem como à Escola Solano de Abreu, será alvo de intervenção nas próximas semanas, após a conclusão da fase de obra de abastecimento de água ao sul do concelho, nesta artéria, levada a cabo pelos Serviços Municipalizados.

2.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:02
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Agosto de 2015
Manuela Machado é a madrinha dos “10 kms de Tagarro” (Azambuja)

NOTICIASDORIBATEJO.jpg

 A antiga campeã europeia e mundial da maratona, Manuela Machado, vai ser madrinha dos tradicionais “10 Kms de Tagarro”, a realizar nesta aldeia do Concelho de Azambuja, no próximo dia 05 de setembro. A 12ª edição do evento traz a novidade de uma caminhada e é, uma vez mais, organizada pela “Associação 10 KM de Tagarro”, com o apoio da Associação Desportiva e Cultural de Tagarro, da Junta de Freguesia de Alcoentre e da Câmara Municipal de Azambuja. A prova de corrida está certificada pela Comissão Nacional de Estrada e Corta-Mato da Federação Portuguesa de Atletismo.

A iniciativa tem, então, duas inovações neste ano. Será prestada uma merecida homenagem à grande campeã – atleta de corta-mato e de estrada, com um invejável palmarés internacional na década 1990/2000 – Manuela Machado, que está convidada como madrinha da prova. A outra novidade vai ser a realização de uma caminhada de 5 kms, com início às 17h00, que pretende ser um agradável momento de saúde e convívio.

A competição “10 Kms de Tagarro” tem a partida marcada para as 18h00, na Rua Francisco Almeida Grandella, junto à antiga escola, e está anunciado como um “circuito de aldeia” onde se destaca a contemplação da bela paisagem natural, com a serra de Montejunto ali ao lado. A organização garante abastecimentos de água, e anuncia taças e troféus para os 3 primeiros de cada escalão e ainda um kit de ofertas a todos os participantes – t-shirt, água, fruta, garrafa de vinho, bolos regionais e um brinde.

A caminhada não terá caráter competitivo e poderá ser efetuada por pessoas de qualquer faixa etária. A prova de corrida está aberta a concorrentes masculinos e femininos no escalões juniores (18-19 anos), seniores (20-39 anos) e veteranos (V40, V45, V50, V55 e V60). O regulamento ressalva que, com a respetiva inscrição, todos os atletas assumem possuir as condições de saúde necessárias à prática desportiva de competição.

As inscrições deverão ser efetuadas através do site oficial www.10kmdetagarro.pt, e ainda emwww.weventual.com, e têm os seguintes custos: até 25 de agosto – caminhada 7,00 € e corrida 11,00 €; depois e até ao dia da prova – caminhada 11,00 € e corrida – 15,00 €.  

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:57
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Agosto de 2015
Festas em Manique do Intendente - Azambuja

 

unnamed.jpg

 Na vila de Manique do Intendente, Concelho de Azambuja, prepara-se a tradicional animação da festa anual em honra de São Pedro. Este ano, a festa vai decorrer entre os dias 14 e 17 de Agosto com diversas atividades.

O evento tem inicio dia 14, sexta-feira, às 17h00. A partir das 19h00, a “Bandinha do Caneco” vai animar o recinto, havendo, meia hora depois, uma demonstração de karaté. A noite musical começa às 22h00 com a “Tribo da Lua”, e continua às 23h30 com os “Quem é o Bob?” – em tributo a Bob Marley, e a atuação dos “Rock n’ Road”, já de madrugada. A fechar o programa de sexta-feira, e também de sábado e domingo, o espaço eletro abre às 03h00.

No dia 15, às 16h00, as adegas e os cafés da vila serão visitados pelos participantes no “Rally das Tascas”. Às 17h00 convidam-se as crianças para um passeio a cavalo. Para as 19h00, está anunciado um momento de folclore, com as cantigas e as danças do Rancho Folclórico Etnográfico de Manique do Intendente. O grupo “Geração XXI”, às 22h00, e a banda “Projeto Bug”, à meia-noite e meia, são as propostas musicais do serão.

 No domingo, às nove da manhã, após a alvorada, irá decorrer o habitual peditório pelas ruas da vila, ao som da Banda Filarmónica de Vale do Paraíso. Por volta das 15h00 haverá a recolha dos juízes de 2015; às 16h30, as cerimónias religiosas, com uma missa solene em Honra de S. Pedro, e às 19h00 a entrega da bandeira aos juízes do próximo ano. A noite deste domingo vai contar com a música do grupo “Karma” (22h30), e da cantora popular “Bruna” (24h00).

No último dia das festas, 17 de Agosto, vai realizar-se o clássico almoço-convívio para a população. O prato será cozido à portuguesa e é necessária  inscrição prévia. Outro clássico, com início marcado para as 17h00, será o “CIRCUITO DE CICLISMO de Manique do Intendente”, já na 44ª edição. A prova tem 200,00€ para o primeiro classificado, 150,00€ para o segundo, e 100,00€ para o terceiro. Haverá, ainda, prémios monetários até ao décimo classificado, bem como para a volta mais rápida, para o maior número de voltas em 1º lugar e para o prémio da montanha. Pelas 22h00, a atuação do artista Rui Saraiva terá honras de encerramento destes festejos.

Todas as atividades e espetáculos dos quatro dias têm entrada livre. A Festa em Honra de S. Pedro é da responsabilidade da Comissão de Festas de Manique do Intendente 2015, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Azambuja e da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:34
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 10 de Agosto de 2015
C.M.Azambuja aprova concurso da CIMLT para aquisição de combustíveis

A Câmara Municipal de Azambuja aprovou o procedimento concursal a lançar pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo para aquisição de combustíveis rodoviários, a granel e lubrificantes. A deliberação foi tomada nesta 2ªfeira, 10 de agosto, numa reunião extraordinária realizada apenas para discutir e votar esta proposta.

Através deste concurso, pretende-se contratar o fornecimento, por 3 anos – 2016, 2017 e 2018 – dos seguintes bens: gasóleo, gasolinas e GPL (com emissão de 1 cartão eletrónico de abastecimento por viatura); gasóleo a granel; gás propano a granel; e lubrificantes diversos. De acordo com o caderno de encargos aprovado, o Município de Azambuja consagra para esta aquisição uma verba anual de 135.133,84 euros (cento e trinta e cinco mil, cento e trinta e três euros e oitenta e quatro cêntimos) acrescidos de IVA. O valor para os 3 anos do contrato será, assim, de cerca de 405 mil euros. Refira-se que, nas condições atuais, só os consumos da frota automóvel e de máquinas custam, anualmente, muito perto de 200 mil euros.

Este concurso público internacional é promovido pela CIMLT, através da sua Central de Compras Eletrónica, e, por via da chamada “economia de escala”, tem o objetivo de conseguir preços mais vantajosos para as entidades  aderentes, à semelhança do que fora já conseguido nas áreas dos seguros e das telecomunicações. Aderiram a este procedimento, a empresa Águas do Ribatejo, a própria CIMLT e as onze autarquias que a constituem, Azambuja, Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:03
link do post | comentar | favorito

Vila Franca de Xira: Municípios da Amadora, Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira recorrem da decisão da Autoridade da Concorrência sobre a concentração da SUMA/EGF

A decisão de contestar judicialmente a posição da Autoridade da Concorrência (AdC) foi tomada porque, no entender dos municípios, a decisão da AdC é ilegal ao considerar válida e sem condicionantes uma concentração que claramente cria um monopólio na área da gestão de resíduos urbanos e não urbanos.

Uma decisão que não teve em conta os argumentos e factos expostos pelos municípios e que, por essa razão, exclui os municípios e os seus interesses de uma matéria onde estes têm responsabilidades e competências que foram ignoradas não só pela AdC mas também pelo Governo em todo o processo de privatização da EGF.

Uma concentração que, conforme ficou demonstrado nas diversas respostas apresentadas pelos municípios antes da decisão da AdC, irá permitir à SUMA/MotaEngil passar a dispor de capacidade e meios para impor condições de concorrência que lhe permitirão dificultar ou mesmo encerrar a participação de outras empresas neste mercado.

Para além disso, esta decisão possibilita à Suma/MotaEngil utilizar os recursos materiais e humanos existentes na VALORSUL/EGF para consolidar e reforçar a sua posição no mercado de resíduos urbanos no nosso país, com graves prejuízos para as populações e trabalhadores mas sobretudo com fortes benefícios concorrenciais para este grupo económico.

Neste sentido, foi nesta segunda-feira entregue no Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão uma ação de contestação à decisão da AdC sobre a concentração SUMA/EGF, subscrita pelos municípios da Amadora, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira, à qual se irá juntar uma ação própria do município de Lisboa, dentro dos prazos legais especificados na Lei.

Com estas ações judiciais, os municípios esperam ver reposta a legalidade em todo este processo, em que a Autoridade da Concorrência se demitiu de tomar uma decisão tendo por base a realidade técnica e jurídica, pois só assim se entende que tenha sido possível dar luz verde a um negócio totalmente contrário às Leis da concorrência em vigor.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:02
link do post | comentar | favorito

ALMEIRIM: Academia Itinerarium XIV entrega carta aberta ao Executivo da Câmara Municipal de Almeirim

photo.jpg

 A Academia Itinerarium XIV entregou hoje ao executivo da Câmara Municipal de Almeirim uma carta aberta (que se anexa) onde exprime as suas preocupações com o estado de conservação do Paço Real da Ribeira de Muge (em Paço dos Negros – Almeirim).

Certa que este não é o melhor momento, do ponto de vista financeiro, para empreender o projeto de dignificação cultural que este espaço merece, está a academia crente que se não se tomarem algumas medidas de conservação preventiva, o conjunto existente corre sérios riscos, podendo ruir ainda mais, e não chegar ao “momento” em que exista oportunidade de o valorizar.

As principais preocupações expostas dizem respeito aos pavimentos de tijoleira, arranques de paredes e cantarias de portas existentes em zonas já desaparecidas, assim como o portal e pontes pedonais sobre a Vala do Pomar.

A academia termina a sua carta mostrando toda a disponibilidade para colaborar com o município na valorização do Paço Real da Ribeira de Muge.

 

 

Carta Aberta ao Executivo da Câmara Municipal de Almeirim


Sobre a Conservação do Paço Real da Ribeira de Muge

 

Exmo. Sr. Presidente e Exmos. Srs. Vereadores,

 

A Academia Itinerarium XIV nasceu no seio de um grupo de cidadãos do lugar de Paço dos Negros, com o intuito de recolher, estudar, dignificar e promover a cultura da Ribeira de Muge. Por cultura da Ribeira de Muge entendemos não a da ribeira em si, mas a cultura popular das pessoas que vivem neste local. Por outro lado, incluímos em igual medidas no âmbito da nossa atividade tanto domínio histórico-patrimonial como também social e ambiental. É neste contexto que surge o Paço Real da Ribeira de Muge entrecruzado com a atividade da academia. Com efeito, temos não só estudado este espaço, como também ele tem sido o lugar nobre do desenvolvimento de algumas das nossas iniciativas.

Este local, que não devemos esquecer que é em grande parte propriedade do município, esteve durante vários anos votado ao abandono. Com efeito, há alguns anos atrás, um grupo de cidadãos de Paço dos Negros tomou a iniciativa de proceder à limpeza de entulhos que aqui existiam. Alguns desses mesmos cidadãos vêm mais tarde a integrar a academia.

Apesar de algumas obras já efetuadas, verificamos que há alguns elementos que estão em sério risco de conservação. Compreendemos que a altura não é melhor, do ponto de vista financeiro, para o empreendimento de um projeto de recuperação e valorização que este espaço merece. Contudo, vimos pelo presente meio manifestar a nossa preocupação por alguns elementos, que se encontram em estado de degradação ou em sério risco de conservação. A nosso ver, terão de ser empreendidas num curto-médio espaço de tempo algumas intervenções, a fim de que não só não se degrade mais o espaço, como também conseguir preservá-lo para o futuro, quando existir oportunidade de o valorizar.

Desta forma, cremos que importa assinalar os seguintes elementos:

  1. Portal: necessita de uma limpeza profunda e cuidada, uma vez que na parte superior deste foi-se desenvolvendo uma flora invasiva. Por outro lado, a própria estabilidade está em risco, assim como os revestimentos. Com efeito, são visíveis vários descarnamentos de rebocos na parede do portal, assim como nos próprios merlões. Chamamos à atenção que nestes revestimentos deverão ser utilizadas argamassas próprias, e não cimento portland (são visíveis na capela os efeitos nefastos da sua utilização).
  2. Páteo: a zona do antigo paço real que desapareceu (que forma um L entre a capela e o edifício onde fica a porta das casas-de-banho) foi pela academia devidamente fotografada e estudada, tendo inclusivamente sido produzida uma planta e uma maqueta do paço real. Foram, há alguns anos atrás, comprados e colocados por nós uma série de postes de madeira, para evitar que esta zona com vários pavimentos de tijoleira, arranques de paredes e cantarias de portas fosse danificada. Com o tempo, todos eles desapareceram. Verificamos que recentemente foram colocados outros. Saudamos essa atitude. Contudo, não só pela nossa experiência, como tendo presente que naquele espaço há moradores, está uma associação local e o próprio local é um ponto de atração de visitantes ocasionais, gostaríamos de sensibilizar o executivo municipal para os seguintes aspetos:
  • Apesar de vedada parcialmente, a zona em questão continua a ter acesso a veículos pela parte junto à vala, pelo que seria importante também vedar esta parte com pilaretes ou uma cerca. Sobre isto, fazemos nota que na nossa última iniciativa de 27 de junho estavam trilhos de tratores marcados no terreno, junto à vala e em cima da zona de tijoleiras.
  • Pela fragilidade do local, torna-se a nosso ver essencial tomar algumas atitudes no que diz respeito à conservação deste. Assim, e para termos a certeza que este bem poderá estar devidamente salvaguardado para quando num futuro mais ou menos longínquo for possível valoriza-lo e estudá-lo com mais profundidade, afigurar-se-ia como essencial colocar uma camada de areia (com cerca de 10 cm), seguida por um tapete geotêxtil e uma camada de saibro (com cerca de 15 cm). Isto levaria a que se pudesse circular a pé sem problemas sobre o lugar, e este deixaria de estar exposto às condições atmosféricas, que têm tido consequências visíveis sobre o mesmo. Permitiria este procedimento ser facilmente removido quando houver condições para valorizar o protegido.
  • Contudo, a interdição da circulação de veículos automóveis dentro do complexo será, no nosso entender, uma das medidas mais urgentes a tomar, e que melhor poderá abonar para uma conservação preventiva. Esta situação poderia ser tomada com a simples colocação de um pilarete a meio da entrada, no portal.
  1. Ponte pedonal de acesso ao moinho, sobre a Vala do Pomar: é visível a degradação desta estrutura, sendo a sua consolidação um imperativo. Para a conservar a limpeza da vala, neste troço, deve ser feita manualmente e não com recurso a maquinarias que degradam o espaço.
  2. Ponte a jusante, no limite da propriedade do município: esta ponte, que inicialmente era pedonal e tinha guardas laterais, que foram destruídas para permitir a passagem de maquinaria para o arroz, encontra-se também ela em visível estado de degradação. Para a sua conservação deveriam ser reforçados os pilares, o pavimento e ser interdita a passagem de viaturas. Relembramos que no passado as maquinarias agrícolas entravam nos canteiros de arroz pela estrada que dá acesso ao Arneiro da Volta, e aí poderá voltar a ser construído um acesso.  Verificar que na zona adjacente à direita e a jusante da ponte se encontram partes das anteparas (guardas laterais) que poderiam ser recolocadas e servir de modelo para a reconstrução das anteparas em falta.

A Academia Itinerarium XIV termina, certa de ter tocado na sensibilidade de V. Exs. para este assunto. Manifesta ainda a sua total disponibilidade para, em conjunto com o município, poder encontrar soluções que preservem e valorizem, mas também dinamizem o Paço Real da Ribeira de Muge.

O Secretariado da Academia Itinerarium XIV

Aquilino Manuel Pratas Fidalgo

Lucília Ferreira Cipriano Evangelista

Manuel da Conceição Evangelista

Maria Nélia Silva Castelo dos Reis

Samuel José Rodrigues Tomé

Esta carta será entregue individualmente a cada um dos membros do executivo municipal, e será dado conhecimento aos Grupos Municipais, ao Sr. Presidente da Assembleia Municipal, ao Executivo da Junta de Freguesia de Fazendas de Almeirim, Assembleia de Freguesia de Fazendas de Almeirim, Imprensa, rede de contactos da academia e publicação do blog da Academia Itinerarium XIV.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:31
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Município de Santarém apo...

Férias de Natal AAAF – pa...

Livro de Luís Batista “Ca...

Sociedade Ponto Verde e D...

II Festival de Órgão de S...

NERSANT apresenta tendênc...

74º Aniversário do Concel...

Azambuja é o município co...

Mercados de Natal em Deze...

Câmara Municipal de Salva...

É pró menino e prá menina...

CÂMARA MUNICIPAL COM VAGA...

Município de Azambuja ina...

Município do Entroncament...

Premiados Concursos Nacio...

Município do Entroncament...

Continuam os convívios de...

Ribatejo apresenta-se com...

Junta de Freguesia de Alc...

Comemoração do Dia Mundia...

Liga de Amigos da Secção ...

Câmara de Azambuja aprovo...

Município de Azambuja com...

Avisan’19 recebe Exposiçõ...

Município da Chamusca pro...

MUNICÍPIO DO CARTAXO CELE...

Câmara Municipal de Salva...

“Dia do Refeitório Aberto...

“É pró menino e prá menin...

CA Juniores dá asas à ima...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds