NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 4 de Abril de 2016
ALPIARÇA: EDUARDA VIDIGUEIRA CAMPEÃ NACIONAL DE DUATLO 20-24 ANOS

No passado dia 26 de Março no Duatlo da Amadora, a atleta do Águias de Alpiarça Eduarda Vidigueira, sagrou-se campeã nacional de duatlo do grupo de idades 20-24 anos.

1.jpg

Numa prova intensa e fustigada pela chuva e vento, que exigiu esforço redobrado a todos os atletas, a Eduarda (Duda) obteve mais um título para o seu palmarés e termina na classificação geral feminina em 4º lugar.
Os outros dois atletas do Águias em prova, classificaram-se nas seguintes posições:
  • João Lopes - 6º (18-19 anos) e 45º da geral;
  • Carlos Branco - 8º (35-39 anos) e 47º da geral.
TAÇA DE PORTUGAL DE TRIATLO (Dia 19/3) e CN CLUBES ESTAFETAS DE TRIATLO (Dia 20/3)

2.jpg

Os Águias de Alpiarça esteve presente em Altura (Algarve) na Taça de Portugal e no Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo, terminando em 5º e 8º lugar respetivamente.
A equipa do CN Clubes (Mista 2 masculinos + 2 femininos) foi constituída por Alexandra Santos, Diogo Mendes, Eduarda Vidigueira e Manuel Andrade.
 Na Taça de Portugal, Individualmente, os resultados dos atletas do Águias foram os seguintes:
 Joana Amado (Cadete) - 6º
Beatriz Saramagaio (Cadete) - 8º
Eduarda Vidigueira (S23) - 6º
 Dois atletas do clube participaram ainda na Prova Aberta e alcançaram os seguintes resultados :
Filipa Fitas (Juv) - 5º
Diogo Pereira (Juv) - 7º


publicado por Noticias do Ribatejo às 03:59
link do post | comentar | favorito

CDTN-OAB a preparar o futuro!

Vêm aí os Torneios do Futuro de Sub- 13 e Sub-15!

Terminaram os campeonatos distritais e regionais, com excepção do campeonato regional de Sub-16, que ainda falta agendar a final, e as equipas que não se qualificaram para provas nacionais, começam já a preparar a próxima época.

O facto de terem de se juntar atletas, que estavam antes em escalões diferentes, implica nalguns casos alterações de horários, cujos inconvenientes o clube tenta sempre minimizar, aplicando a regra de, em cada novo escalão, manter os horários e locais de treino dos atletas mais novos, que o compõem.

Nos Sub-13, irão treinar os atletas nascidos em 2005, 2004 e 2003; e nos Sub-15 irão treinar os atletas nascidos em 2002 e 2001; sendo que os atletas nascidos em 2000, passarão já a treinar com a equipa de Sub-18.

Professor João Sousa regressa ao CDTN-OAB.

Sem Título.png 

 

A preparação da próxima época desportiva, e a consequente formação de “equipas do futuro”, trouxe também alguma alteração nas equipas técnicas, sendo de destacar o regresso do professor João Sousa ao nosso clube, como Coordenador Técnico e como treinador dos Sub-14 da época que vem.

Trata-se de uma excelente notícia para o clube, seus atletas e colegas treinadores, porque é sempre bom trabalhar com os melhores e ao lado deles. Benvindo João Sousa!

Festas do Basquetebol Juvenil – Albufeira 2016

A Associação de Basquetebol de Santarém, está de parabéns, pois conseguiu meter as suas quatro selecções, de Sub-14 e Sub-16, masculinas e femininas, na primeira divisão do basquetebol nacional. Parabéns a toda a comitiva, dirigentes, técnicos, enquadramento humano e pais, mas sobretudo aos atletas, que acreditaram e se bateram com empenho em todos os jogos.

De: Carlos Ventura Marques



publicado por Noticias do Ribatejo às 03:51
link do post | comentar | favorito

Domingo, 3 de Abril de 2016
TEMAS DE SAÚDE: Acidente Vascular Cerebral

ANTONIETA.jpg

Por: Antonieta Dias (*)

 

 

O acidente vascular cerebral (AVC), é uma das principais causas de morte em Portugal. De acordo com  os dados estatísticos, cerca de 6 pessoas  sofrem um AVC em cada hora, dos quais dois a três terminam na morte.

Devemos promover e sinalizar os eventos que permitam investir na prevenção e sobretudo sensibilizar  a população  para a necessidade de controlar os fatores de risco e mudar os estilos de vida, tendo em conta que  estamos perante a 1.ª causa de morte e de incapacidade, e aproveitar ainda o 29 de Outubro que celebra o Dia Mundial do AVC para fazer acções dirigidas à prevenção e educação dos potenciais pacientes.

O AVC é numa emergência medica, implica a obrigatoriedade de diagnosticar precocemente e instituir o mais rapidamente possível as medidas para o seu tratamento  pelo que se devem acionar  os meios de urgência ao nosso alcance, designadamente fazer o contato imediata do 112/ Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) que através da Via Verde  pré hospitalar conduzirá o paciente para um hospital que disponha de uma Unidade de tratamento  de fase aguda- a denominada Unidade de AVC.

Existe em certos Hospitais  uma Via Verde do AVC , com prioridade para dar assistência  e fazer o tratamento imediato destes pacientes o que determina uma vertente assistencial imprescindivel tendo em conta a gravidade da doença e a necessidade de minimizar as sequelas, vinculando a sua importância no bom funcionamento das Unidades de Acidentes Vasculares Cerebrais.

Estes doentes devem ser referenciados para esses centros hospitalares. 

Define-se um  acidente isquémico transitório(AIT), como um episódio súbito de isquemia do sistema nervoso central que regride entre uma a duas horas(até 24 horas).

Este quadro clinico tem um risco elevado  de provocar um AVC .

Do apuramento efetuado pela Rede Médico –Sentinela em 2011, estimaram que a taxa de incidência de AVC em 251,6/100 000 utentes /ano, sendo que a taxa  de incidência de AVC  atingiu os níveis mais altos na faixa etária igual ou superior a 75 anos , correspondendo a 1408,5/ 100 000 utentes /ano no sexo masculino e 1186,0/ 100 000 no feminino.

Em Portugal  o AVC  mata duas vezes mais do que em Espanha. Portugal é o País Europeu com mais casos de AVC.

Num estudo realizado no Instituto Ricardo Jorge revelou que quarenta por cento dos portugueses reúnem condições para sofrerem um Acidente Vascular Cerebral. 

Mas nem tudo é dramático pois o AVC é prevenivel e tratável, desde que se corrijam os fatores de risco e que se faça um diagnostico precoce instituindo o tratamento o mais rapidamente possível.

Só  se pode evitar um novo AVC , se se tratarem as causas que deram origem ao primeiro, nas quais se incluem as terapêuticas medicamentosas  e as mudanças dos estilos de vida.

O controlo dos fatores de risco é de fato importante para a prevenção, exigindo- se o controlo da tensão arterial, da diabetes,  do peso, do colesterol,  implementando uma dieta  saudável, promovendo incentivos  para o doente deixar de fumar  e motivando- o para a necessidade de praticar exercício físico. 

O diagnóstico implica a realização de uma história clínica, de um exame objetivo cuidado com a realização  do exame neurológico, complementada pelos meios auxiliares de diagnóstico onde se incluem a realização de analises, eletrocardiograma e tomografia axial computorizada cerebral.

A tomografia axial computorizada é a técnica mais usada pela sua acessibilidade, rapidez de execução, permitindo ainda excluir hemorragia e diagnosticar um tumor cerebral. 

O risco de hemorragia cerebral é a principal razão para evitar o uso de certos  medicamentos, nomeadamente os salicilatos, dado que  poderão aumentar o  sangraremos. 

A ressonância magnética é outro exame complementar de diagnóstico muito útil complementando o estudo iniciado com a tomografia axial computorizada. 

A educação dos doentes no que respeita  ao acidente vascular cerebral continua a ser  o maior investimento para a prevenção.

A hipertensão sistólica isolada é um fator de risco importante para o aparecimento do acidente vascular cerebral. 

A tensão arterial tem um risco circadiano com uma subida de madrugada, aparencendo nas primeiras horas da manha (entre as 6 e as 12 horas), devendo para o efeito fazer -se a seleção dos fármacos, utilizando anti- hipertensores  de acção prolongada para que o doente fique protegido nas 24 horas.

Outro aspecto fundamental na prevenção do AVC é a redução  da ingestão de sal na dieta.

Constata-se que uma dieta com elevado teor de frutas e vegetais diminui o risco elevado desta doença. 

Relativamente a pratica desportiva sabe-se que as   pessoas idosas que praticam marcha ou ciclismo pelo menos três vezes  por semana durante 20 minutos de cada vez reduzem o risco de mortalidade por AVC. 

Importa ainda reforçar que sendo o AVC é uma emergência médica é obrigatório diagnosticar e tratar de forma célere acionando de imediato os meios de urgência disponíveis e não hesitar na seleção da Via Verde  pré Hospitalar e no destino hospitalar que disponha de uma Unidade de tratamento  de fase aguda- a denominada Unidade de AVC.

(*) Doutorada em medicina

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:52
link do post | comentar | favorito

COMO DE DÓI A VIDA HOJE

Ana Fonseca da Luz.jpg

Por: Ana Fonseca da Luz

 
- Como me dói a vida, hoje…
Voltas a dizer e eu deixo de ser quem sou, e abraço-te num abraço eterno
Beijo-te os olhos, a curva do pescoço, o ombro nu, e evito a tua boca porque tenho medo de morrer dentro dela.
Tenho medo de me afogar na tua seiva
Tenho medo de mim, em ti…
Será que me percebes, minha amada?
Eu sei que esta expressão “minha amada”, soa a filme a preto e branco, sem som e onde as legendas corriam sôfregas e nós a lê-las, sôfregos, para não perdemos pitada, daqueles olhares velados e dos beijos dados de boca fechada, mas que arrancavam suspiros, até nos mais inocentes..
Amo-te assim, todos os dias… Amo-te assim, sempre!
- Como me dói a vida, hoje…
E porque as tuas dores são contagiosas, tomo-as como minhas e sofro no teu colo de amante, no teu abraço apertado e nas curvas insinuantes das tuas ancas, que tenho entre as minhas mãos, para melhor absorver essa dor que te consome e que agora, também me pertence.
Consigo, finalmente, vislumbrar um sorriso breve nos teus lábios.
Talvez seja, por eles também já serem meus.
- Ó amada minha, como perfumas a minha existência, com esses olhos de carvão, que mergulhas nos meus e onde me tens cativo, para sempre.
E de caçador, passo a presa…
-Como me dói a vida, hoje...
 


publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito

POESIA: "CAMINHAREI A TEU LADO"

ALEXANDRA.jpg

Por: Maria da Encarnação Alexandre


Caminharei a a teu lado
De olhos vendados
Num cansaço que se esgota no tempo
E apesar dos pavores
Enfrentarei todos os riscos
Derrubarei todas as pedras
Não deixarei tua coragem vacilar
E nos ventos soprados
Encontrarei nosso caminho

Caminharei a teu lado
Em silêncio
Escutando nos teus silêncios
Aquilo que não te perguntei
Desafiando a minha mente
Para no silêncio te escutar
E se ouvir dizeres que me amas
Transformar-me-ei em brisa
E suavemente, em silêncio
Beijarei teus lábios

Sem Título.png

Caminharei a teu lado
Habitarei teu sorriso
Construirei no teu peito um relógio de flores
Que explodirá de perfume e cor
Farei de cada hora uma rosa
E de cada ponteiro um cravo
E ao acariciar-te o rosto
Existirá nas minhas mãos
Uma fragrância de flores

«Imagem de ladyiinsana.blogspot»



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:47
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 1 de Abril de 2016
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

441a7efe-24e6-42e4-890c-014ac362d8dc.jpg

 

sexta-feira:

 

Esta sexta-feira, dia 1 de abril, às 18h30, prosseguem as comemorações do 25 de abril, com a inauguração da Exposição “A Conquista da Democracia em Imagens", na Sala de Leitura Bernardo Santareno. A Exposição pode ser visitada até dia 15 de abril, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Espólio documental de Paulo Tomé. Exposição composta por documentos históricos, destinada ao público em geral, e com uma componente pedagógica para jovens.

A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30. Exposição Conquista da Democracia em Imagens

Esta iniciativa é organizada pelo Círculo Cultural Scalabitano, Câmara Municipal Santarém e pela Comissão Comemorações Populares do 25 de Abril em Santarém.

sábado:

Este sábado, dia 2 de abril, às 11h30 e às 16h00, a Livraria Aqui Há Gato oferece a iniciativa “Abril em Miúdos”, com entrada livre. Esta iniciativa integra as comemorações do 25 de abril.

“Vamos dedicar uns momentos da nossa Hora do Conto para dar a conhecer os textos, sejam eles histórias, poemas ou reflexões, que os mais novos escreveram acerca do 25 de Abril.

Da parte da tarde mantemos, como é habitual, a Hora do Conto com a magia dos livros a ganhar viva voz.”

(Duração) aproximadamente 15’ (Classificação) dos 0 aos 80!

Às 11h45, no âmbito da iniciativa “Abril Convida…”, a Livraria Aqui Há Gato convida o Coronel Correia Bernardo (Capitão de Abril) para falar com crianças sobre “O que aconteceu no dia 25 de Abril?”. Entrada livre. Esta iniciativa integra as comemorações do 25 de abril

(Duração) aproximadamente 15’ (Classificação) dos 0 aos 80!

Nesta iniciativa, que decorre durante o mês de abril, aos sábados, a Livraria Aqui Há Gato organiza sessões com várias personalidades para contarem a sua experiência em assuntos relacionados com o 25 de Abril. Para além do Coronel Correia Bernardo (Capitão de Abril), as próximas sessões têm como convidados: Natércia Maia, viúva de Salgueiro Maia, João Moreira Oliveira (Professor do 1º Ciclo), Catarina Sobral (autora de livros ilustrados premiados) e Anabela Ferro (costureira), para contar aos mais novos situações diversas, vividas, antes e depois do 25 de Abril.

Às 12h00 e às 16h30, a Livraria Aqui Há Gato organiza, no âmbito das Oficinas de Arte, um Atelier sobre o Tecido.

“Este mês o material eleito é o tecido, um material com muitas aplicações! Vamos pôr a nossa imaginação a trabalhar e criar trabalhos muito diversos. O artista que recebemos no dia 30 de Abril é a Anabela Ferro (costureira) que nos vai falar das modas que se usavam e as que não se podiam usar antes do 25 de Abril. Vamos fazer o atelier com ela e criar algo inesperado! Ver programa específico em www.aquihagato.org”.

(Duração) 60’ (Classificação) a partir dos 4 anos inclusive (Preço) 6€

Das 14h00 às 19h00, o Complexo Aquático Municipal organiza a iniciativa

Fisiomove.

“Atividade para alunos das classes de Aquafísio e aberto ao público em geral. Serão realizados um conjunto de rastreios, workshops com vários temas associados ao trabalho desenvolvido nas nossas classes, nomeadamente na área reabilitação e terapêutica para além de aulas de mobilidade vertebral”.

Às 21h30, o Clube de Iniciação Teatral e Animação da Romeira (C.I.T.A.R.) estreia a sua primeira produção “O Fidalgo Aprendiz”, na Sociedade de Recreio e Educativa da Romeira. Entrada livre.

Uma adaptação da obra de Francisco Manuel de Melo, esta peça, escrita no séc. XVII, traz-nos uma crítica social que se tem, até aos dias de hoje, mantido bastante atual.

O C.I.T.A.R. procura dar-se a conhecer com esta primeira produção, na esperança de continuar a cativar e acolher mais pessoas interessadas nesta arte, para que outras produções possam vir a acontecer.”

Encenação: Carlos Coelho

(Duração) 60’ (Classificação) M/6

Às 21h30 a Companhia de Teatro A Tiro Hecho, de Valência, apresenta a Peça “EL MERCADO ES MÁS LIBRE QUE TU”, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, integrada nas comemorações do 25 de abril.

"Quando, mais uma vez, alguém nos repetir que "o mercado é a liberdade" convidamo-los para uma simples experiência de pensamento, que consiste imaginar que entra num mercado para comprar algo, mas não leva dinheiro: vai constatar que não poderá comprar nada, que ali não há liberdade sem dinheiro, que a liberdade de escolha vem com o dinheiro." – JOSE LUIS SAMPEDRO

Uma crítica contra o TTIP - Tratado Transatlântico de Comércio e Investimentos) e os tratados de comércio livre que os Estados Unidos assinam com os países do Leste Asiático, da América Latina e Europa. Uma viagem pela história, a realidade, a televisão, os movimentos sociais e, acima de todas as coisas, publicidade.

A Companhia de Teatro A Tiro Hecho envolve dança, política, crítica, música e audiovisual, criando um teatro comprometido, fresco e profundo, que através da sua linguagem contemporânea e dança de protesto, não é indiferente para o espetador.

A representação levada a cabo por Yarima Osuna, Paula Romero, Margarida Mateos Roig, Carla Chillida, com música em direto de Don Rogelio J. (Tumba Swing One Man Band), e a ironia de Miguel Brieva, autor dos textos.

Um espetáculo que combina dança, humor, audiovisuaise uma grande equipa de profissionais que fazem desta a melhor oferta cultural do fim de semana.

Uma crítica contundente sobre o sistema neoliberal de valores e o capitalismo, com um toque muito próprio da Companhia A Tiro Hecho que não deve perder.

Ficha técnica/artística: Criação e interpretação Yarima Osuna, Don Rogelio J., Paula Romero, Margarida Mateos, Carla Chillida | Música ao vivo: Tumba Swing | Textos: Miguel Brieva, Xabier Arrizabalo | Iluminação: Diego Sánchez | Cenografia: Los reyes del Mambo | Fotografía: Danislug Torres, Diego Marín, Bruno Marín | Vídeo:Nacho Carrascosa, Mamen Jiménez | Grafismo: Elías Taño | Direção: Maite Bacete, Carla Chillida | Produção: A Tiro Hecho | Idioma: Castellano

TEATRO POLÍTICO | Duração 75’ c/intervalo | Classificação M/12 | Preço: 5€

Para venda e reserva de bilhetes, contate o Teatro Sá da Bandeira, através do telefone: 243 309 460 ou do e-mail: tsbgeral@gmail.com

domingo:

 

Este domingo, dia 3 de abril, às 11h00, na data do falecimento do Capitão Salgueiro Maia, junto à sua estátua, no Jardim dos Cravos, é feito um tributo ao Herói de Abril, com a presença de familiares, entidades públicas e oficiais. Esta iniciativa está integrada nas comemorações do 25 de abril.

Às 16h00, o TEATRINHO DE SANTARÉM mostra “O DRAGÃO MAUZÃO”, no CCRS – Fórum Actor Mário Viegas. Preço: 1

O Teatrinho apresenta a sua nova produção teatral com crianças - “O Dragão Mauzão”. É a história de três amigos, aventureiros e destemidos, que numa viagem pela floresta, já cansados, resolvem dormir uma sesta. Em sonhos, ou talvez não, aparece-lhes um dragão!

Uma história divertida num jogo teatral, onde afinal o dragão mauzão não faz mal. É tudo uma grande confusão!

Esta iniciativa é organizada pelo Teatrinho de Santarém, com apoio do CCRS – Centro Cultural Regional de Santarém.

À mesma hora, o Veto Teatro Oficina apresenta a peça de Teatro “Palhaços: Branquinho, Pantufa e Cabeça de Abóbora”, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano. Esta iniciativa integra a Temporada da Primavera.

“Um trabalho que atravessa gerações, enchendo de encanto todos os que a ele assistem. Uma obra-prima de ternura e enlevo, onde o riso e a boa disposição são uma constante”.

Interpretações: António Júlio Santos, Francisco Selqueira e Eliseu Raimundo | Técnico: José Carlos Jordão

Em permanência:

Até dia 3 de abril, a freguesia e Alcanede organiza a iniciativa “Páscoa com Sabor”, que congrega os principais restaurantes, em parceria com a Paróquia Alcanedense, a Junta de Freguesia de Alcanede e a Santa Casa da Misericórdia de Alcanede, com o objetivo de dinamizar a época de páscoa, acompanhando as festividades religiosas e atividades na freguesia.

A iniciativa é apoiada pelo empreendimento turístico “Pátio do Judeu”, situado na aldeia de Valverde e o MEIO - Centro de Aprendizagem, Trabalho e Eventos, localizado na Quinta da Ponte em Alcanede.

“A proposta gastronómica do restaurante “O Alcaide”, sugere aos sábados, bife saloio na grelha e o bacalhau ao alcaide. O cabrito no forno, os lombinhos de cherne com molho de camarão e o arroz árabe compõem a ementa dos domingos.

A lista de iguarias para esta época festiva estende-se ao ensopado de borrego e ao bacalhau à sabores da serra, a sugestão é do “chefe Mário”, proprietário do restaurante “Sabores da Serra”, localizado na urbanização de S. João em Alcanede.

Mais para o lado da serra, na Murteira, da “Tasquinha do Filipe” chegam os paladares da sopa de fressura, o cabrito à S. Vicente com batata-doce, grelos salteados e para quem quiser experimentar, a açorda de ovas com peixe frito, a prometer um belo repasto.

Descendo novamente à vila, o “Tempero do Frango” convida a um delicioso coelho na brasa e presenteia os clientes com polvo à lagareiro.

As espetadas de bacalhau na telha, o frango no churrasco e o ensopado de borrego, são as propostas do restaurante, ”Pai Vitorino”, situado na Várzea em Alcanede.”

Até dia 15 de abril, a Sala de Leitura Bernardo Santareno acolhe a Exposição “A Conquista da Democracia em Imagens". A Exposição pode ser visitada até dia 15 de abril, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Espólio documental de Paulo Tomé. Exposição composta por documentos históricos, destinada ao público em geral, e com uma componente pedagógica para jovens.

A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30. Exposição Conquista da Democracia em Imagens

Esta iniciativa é organizada pelo Círculo Cultural Scalabitano, Câmara Municipal Santarém e pela Comissão Comemorações Populares do 25 de Abril em Santarém.

Até dia 30 de abril, visite a Exposição Bibliográfica “Vamos Ler… Teolinda Gersão”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. Esta Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.                                                    

«Teolinda Gersão (1940 -) natural de Coimbra, é uma escritora portuguesa cujas obras publicadas, na sua maioria romances, retratam aspetos da sociedade contemporânea, como a opressão, liberdade, identidade, amor e morte.

Dedicou-se exclusivamente à literatura a partir de 1995. Anteriormente foi assistente na Faculdade de Letras de Lisboa e mais tarde depois de provas académicas foi professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa como docente de Literatura Alemã e Literatura Comparada.

Viveu três anos na Alemanha onde foi leitora na Universidade Técnica de Berlim e dois anos em São Paulo (Brasil).

No mês de Abril damos destaque às obras desta escritora que vai estar presente em Santarém no dia 23 de Abril – Dia Mundial do Livro, no Teatro Sá da Bandeira, pelas 17h00, integrado no evento “Viagem Literária“.»

Até dia 30 de abril, visite a Exposição “XXIV Destaque da coleção de arte contemporânea Manuela de Azevedo”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. Horário: segunda a sexta-feira das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico de Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 1 de abril até ao final de junho estará em destaque trimestral uma obra da autoria de Emília Nadal:Embalagens, serigrafia a cores s/ papel, datada de 1977”.

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras” | Foros Municipais dos anos 1910-1939”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Local:

“Livro de fichas de identificação dos prédios e proprietários para cobrança do foro, imposto aplicado pela Câmara Municipal a propriedades rústicas e urbanas”.

A Exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, na Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil” está patente até dia 30 de abril de 2016, e pode ser visitada, de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (encerra ao domingo, segunda-feira e feriados).

No ano em que se comemoram os 600 anos da Tomada de Ceuta, génese do projeto expansionista português, a Casa do Brasil | Casa Pedro Álvares Cabral apresenta a exposição “Modos, Medos e Mitos no tempo de Cabral”, que procura enquadrar o protagonista do último grande episódio da gesta ultramarina lusitana. A mostra, que conta com o alto patrocínio do Montepio Geral – Associação Mutualista e do W Shopping, aborda temas fundamentais da história da Humanidade, contemporâneos de Cabral: invenção da imprensa, evolução científica, chegada à Índia e ao Brasil, globalização e miscigenação, viagem das plantas.

Sabia que consome “alimentos deste outro mundo”? Já pensou que a navegação astronómica permitiu precisões incríveis (bem antes do GPS)? Imagina quantos livros se publicaram nesta época? Venha descobrir numa Casa do Brasil perto de si.

A mostra de caráter multissensorial e experiencial ocupa os átrios do piso térreo, as salas de exposição, bar, biblioteca e varanda interior, bem como o auditório e jardim. Apoiada pelo Montepio Geral – Associação Mutualista e pelo W Shopping, tem como objetivo fazer regressar a Casa do Brasil à sua génese, com a programação de iniciativas ligadas à temática Portugal/Brasil.

A organização está a cargo da Câmara Municipal de Santarém, e conta com objetos da reserva municipal, tais como pinturas, esculturas e livros, da Diocese de Santarém, que também cedeu alguns objetos, do espólio museológico municipal, cedências do Museu Diocesano e dos joalheiros Leitão e Irmão (réplica em prata do Nónio). Foram cedidos direitos de reprodução de imagem do Museu Nacional de Arte Antiga, Museu de S. Roque e Santa Casa da Misericórdia do Porto.

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 912 578 970.

«A invenção do relógio mecânico, no terceiro quartel do século XIII (c. 1271), exerceu um papel essencial na transformação da consciência do tempo e das mentalidades medievais, sobretudo a partir dos séculos XIV e XV.  O novo invento teve por base o escape e um motor regular, tendo sido posteriormente associado ao toque de sinos. A sua utilização difundiu-se nas urbes da Baixa Idade média, como em Lisboa, com o relógio da Sé, ou Santarém, onde o Cabaceiro fez a sua aparição ainda em Quatrocentos.

No século XVI, em pleno Renascimento, inventa-se o relógio de molas, mais eficaz, a que nobres, bispos e reis vão ter acesso através dos contributos dados por ferreiros, serralheiros, astrónomos e matemáticos. Porém os relógios de base astronómica não desapareceram, como o atesta o quadrante solar da Torre das Cabaças, datado de 1596. A sua existência era fundamental em face da relativa precisão das engrenagens, onde as discrepâncias temporais eram frequentes.

O relógio solar da Torre é um objecto horizontal, semiesférico, de periferia gomeada e sem estilete. O mostrador mostra três círculos concêntricos: os dois primeiros delimitam os traços das meias horas e o último regista os algarismos das horas.

A tipologia deste quadrante encontra paralelos em Portugal, como no caso da ‘pedra de horas’ da Quinta da Torre de S. João de Ver, em Santa Maria da Feira. A sua função era acertar os mecanismos horários mais complexos, de base mecânica, os pioneiros da horologia de engrenagens.»

Aproveite para visitar o Centro de Interpretação - Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Para mais informações, contacte o telefone: 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação. A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:02
link do post | comentar | favorito

SAMORA CORREIA RECRIA ÉPOCA MEDIEVAL

9fbc0c7b-e655-4164-ad8c-1e62cc226a14.jpg

Em terra de touros, cavalos e campinos, como reagirá o público a uma Ocupação pelos Mouros?

A Feira Medieval de Samora Correia abre esta tarde às 19h00 e está inserida na comemoração dos 506 anos do Foral Manuelino.

A Cidade não tem castelo, mas tem 800 anos de história e memórias que quer preservar.

Este fim de semana, a Zona Ribeirinha de Samora Correia está transformada numa Vila Medieval.  Tudo muda e até ao final da tarde de domingo com uma animação variada e permanente.

Há novas cores, novas formas, novos sons e até os paladares, são novos, com gastronomia pouco habitual em terras ribatejanas.  

O povo vai assistir à cobrança de impostos, ao abuso da filha do Emir por um cristão e ao consequente julgamento. E o guião continua com várias representações entre animações com Andas e Malabarismos,Dança Oriental, lutas de

Homens de Armas e danças medievais.

As entradas são livres.
A organização é da Junta de Freguesia de Samora Correia.

 

 

PROGRAMA DA FEIRA MEDIEVAL DE SAMORA CORREIA
SEXTA - 1 DE ABRIL
19h00 - Início da Feira
19H30 - Ocupação da Feira pelos Mouros
20h00 – Abertura Oficial
20h30 - Cobrança de Impostos
22H00 - Cristão abusa da filha do Emir
23H00 - Julgamento do Cristão
24h00 - Encerramento da Feira
SÁBADO - 2 DE ABRIL
12H00 – Início da Feira
14h30 - Expulsão e Execução dos Mouros
15h00 – Andas e Malabares
15H30 – Homens de Armas
16H00 – Assaltam os Mercadores
16h30 – Andas e Malabares
17H30 – Homens de Armas
18h00 – Andas e malabares
19h30 – Dança Oriental
20h00 - Punição dos Assaltantes
20h30 - Homens de Armas
21h30 – Dança Oriental com fogo
22H30 - Luta de Espadas de Fogo
24h00 – Ritual Templário
01h00 - Encerramento da Feira
DOMINGO - 3 DE ABRIL
12H00 - Início da Feira
14H00 - Templários Convertem Mouros
14h30 – Homens de Armas
15h00 – Andas e Malabares
15H30 – Danças Medievais
16H00 – Homens de Armas
16h15 – Os assaltantes voltam a atacar
16h30 - Danças Medievais
16h45 - Andas e Malabares
17h00 – Homens de Armas
17h15 – O bobo diverte os mercadores
17H30 - Dança Oriental
17h45 - Andas e Malabares
18h00 - O bobo denuncia os assaltantes
18h15 - Danças Medievais
18h30 - Homens de Armas
19H30 – Dança Oriental com fogo
20h00 – Encerramento da Feira
A ACONTECER DURANTE TODO O EVENTO
Grupo Musical Medieval Mata Bicho
Grupo Musical Medieval Os Pifaradas
Animais da Quinta 
Passeios de Burro e Cavalo
Exposição de Aves de Rapina e Répteis
Camelos
Sábado e Domingo: as rameiras vão à feira
COMPANHIAS DE ANIMAÇÃO PRESENTES
Templários de Sintra
Mata Bicho
Pifaradas
Andas e Malabarismos, por Didi Animações
Dança Oriental, por Al Shams Companhia de Dança
Homens de Armas, por Espada Lusitana
Rameiras, por Voix de Ville
Danças Medievais, por Associação Josefa d’Óbidos



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:00
link do post | comentar | favorito

Programa do Dia dos Moinhos Abertos 2016 no Moinho do Fidalgo (Paço dos Negros – Almeirim)
A Academia Itinerarium XIV da Ribeira de Muge vem pelo presente meio anunciar a programação do Dia dos Moinhos Abertos 2016, a desenvolver no Moinho do Fidalgo, em Paço dos Negros (Almeirim), nos próximos dias 9 e 10 de abril de 2016, das 15.00h às 18.00h. Sendo dos poucos engenhos a nível nacional, senão mesmo o único, que participa nesta iniciativa e não está funcional, e não sendo possível coloca-lo a trabalhar, haverá uma programação de atividades a desenvolver, por via a dinamizar este engenho centenário. A saber: 

Sessão de abertura, no sábado dia 9, às 15.00h, com o descerramento do Cartaz Oficial dos Moinhos Abertos 2016.


Exposição “Cereais da Ribeira de Muge – do Canteiro à Mesa”, integrada no tema anual da academia – A Cultura Popular. Aqui pretende-se mostrar todo o caminho dos cereais, nas suas três fases fundamentais: a produção agrícola, a transformação do cereal no moinho e a sua utilização na gastronomia local. A exposição versará não só objetos, como também fotografias. Esta irá estar acessível no período de abertura do moinho, referido acima. 

 No domingo, dia 10 de abril, às 16.00h haverá no moinho uma sessão de “Conversas no Moinho com… Sónia Colaço, sobre A Valorização do Património Ambiental”. Sónia Colaço, bióloga formada pela Universidade de Aveiro, irá trazer ao Moinho do Fidalgo uma conversa ligada à temática da proteção e conservação da natureza.

 O Dia dos Moinhos Abertos é uma iniciativa de âmbito nacional, que conta em 2016 com a sua 10.ª edição. É promovida pela Rede Portuguesa de Moinhos, e desenrola-se no fim-de-semana mais próximo ao Dia Nacional dos Moinhos (7 de abril). Tem como principal objetivo colocar abertos e visitáveis o maior número de engenhos no mesmo dia em todo o país. 


 A Academia Itinerarium XIV participa nesta iniciativa pelo terceiro ano consecutivo, com o Moinho do Fidalgo, localizado no complexo do Paço Real da Ribeira de Muge. Este moinho, cuja data de construção exata desconhecemos, mas que terá cerca de cem anos, é um dos poucos da Ribeira de Muge que não se encontra totalmente abandonado, tendo sido palco de alguns eventos da academia além deste dia.


publicado por Noticias do Ribatejo às 17:59
link do post | comentar | favorito

As mais doces propostas de Tomar e da memória dos conventos

Pelo oitavo ano consecutivo, a cidade recebe a mostra de doçaria “De Tomar e dos Conventos”, que decorre em dezanove pastelarias, durante todo o mês. Como vem sendo hábito, no dia 24 de Abril as guloseimas voltam a sair à rua num Doce Passeio Doce, a decorrer das 15 às 18 horas no Mouchão Parque.

Conhecida pelas fatias de Tomar, a cidade templária não deixa os seus créditos por mãos alheias nesta matéria e tem vindo a fazer questão de o demonstrar nesta iniciativa organizada pelo Município em parceria com as pastelarias locais.

Para além desse dia especial, a mostra “De Tomar e dos Conventos” decorre de 1 a 30 de Abril em 19 estabelecimentos, a saber: A Rosa – Café dos Artistas, Café Pepe, Doçaria Estrelas de Tomar, Legenda Medieval, Padaria Combatente, Padarias Rosa (1, 2 e 3), Pastelaria Açúcar ao Quadrado, Pastelaria Baiska, Pastelaria Palco d’Especiarias, Pastelarias Pic-Nic (1 e 3), Pastelaria Pimpinela do Nabão, Pastelaria Requinte, Pastelaria Templária e Pastelarias Tropical (1, 2 e 3).

Em foco vão estar cerca de três dezenas de doces, com um natural destaque para as fatias de Tomar, bem como para os também inevitáveis beija-me depressa, mas estendendo-se por toda uma panóplia de formas e sabores, desde as castanhas de ovos aos queijinhos doces, passando pelas cornucópias, tigeladas, primorosas, bolos de cama, queijadas de gila ou espadas de D. Gualdim, entre muitos, muitos outros.

Está assim de regresso a mais adocicada das iniciativas que Tomar acolhe ao longo do ano, na qual as pastelarias se esmeram ainda mais na sua oferta habitualmente já bem tentadora para a vista e o palato, mostrando o melhor das suas especialidades. “De Tomar e dos Conventos” integra-se no Ciclo Gastronómico Concelhio, que prossegue a 7 de Maio com o Congresso da Sopa.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:57
link do post | comentar | favorito

Concurso Como Imaginas o Concelho do Cartaxo daqui a 200 Anos

unnamed.jpg

 Câmara Municipal e Comissão das Comemorações dos 200 Anos de Elevação do Cartaxo a Concelho, organizam concurso dirigido a alunas e alunos das escolas do concelho.

Imaginar como os próximos 200 anos vão alterar a face do Cartaxo, é o desafio que o concurso Como Imaginas o Concelho do Cartaxo daqui a 200 Anos, faz a todas as crianças e jovens que frequentam os estabelecimentos de ensino do concelho.

O concurso vai decorrer com o apoio da comunidade escolar e os participantes podem apresentar propostas na área das artes plásticas ou da expressão escrita. Embora o concurso não ponha qualquer limite à imaginação, devem ser consultadas as condições de participação (documento em anexo), para garantir que os trabalhos a apresentar cumprem todos os requisitos, para além de aliarem criatividade a reflexão sobre o  futuro da comunidade e do território.

 

Podem apresentar trabalhos

Todos os alunos e alunos do 1.º ciclo ao ensino secundário

 

Entrega dos trabalhos

Até 16 de maio

 

Exposição dos trabalhos no Centro Cultural do Cartaxo

De 1 a 30 de junho

 

CONVERSAS COM HISTÓRIA

António Filipe Rato, fará uma visita guiada com referências ao mundo rural, às tradições, às quintas e casais da zona. Esta visita tem um caráter histórico, antropológico, sociológico e cultural e pretende sublinhar a riqueza patrimonial da vila de Pontével.

 

O ciclo Conversas com História, organizado no âmbito das Comemorações do Bicentenário do Concelho, volta a Pontével no próximo dia 9 de abril, sábado, a partir das 17h00. O café Rocha.kome será o ponto de encontro.

 

O historiador António Filipe Rato – Rio da Fonte, Associação para a Defesa do Património Histórico, Cultural e Natural de Pontével –, será o anfitrião da visita guiada que levará os participantes por estradas e caminhos que conduzem a lugares que marcam a identidade da freguesia e do concelho. Casas e quintas que testemunharam o tempo antigo, serão ponto de passagem na descoberta duma paisagem povoada de pessoas e tradições.

 

Aceite o convite da Câmara Municipal do Cartaxo e desfrute do profundo conhecimento que Filipe Rato tem de um território no qual os factos e as lendas andam, desde sempre, de mãos dadas com a vida diária das gentes que o habitam.

 

Um percurso povoado de gentes e tradições

A primeira paragem será na Adega dos Avós, um espaço de exposição de objetos ligados à agricultura e à vinificação. Segue-se em direção à Rua Magalhães Lima, recordando antigos espaços de atividade económica (mercearia, ferraria), agrícola ou artesanal. A partir da adega do Gregório, estende-se o caminho que ligava aos campos, hortas, vinhas e olivais, acompanhando de perto o curso do ribeiro e ligando-se às povoações vizinhas da Lapa e Ereira.

 

Pode-se descer até ao Moinho do Lobo, local onde existiu uma azenha com o respetivo açude e também uma fonte de mergulho. Segue-se por caminhos que outrora eram apenas ladeados por olivais, terras de sequeiro e vinhas. Passa-se o Casal de Santa Susana, antiga propriedade de João Pimenta, figura notável da freguesia. Do lado esquerdo, o casal do Silvano, onde o próprio e um empregado, o Eduardo, se empenhavam no fabrico de cestos de verga. Mais adiante, novamente à esquerda, uma serventia que conduz ao rio da Velha, a mais hortas e terrenos e a outro antigo moinho de água. A páginas tantas, vá-se lá saber por que razão, o trilho acaba e o remédio é retomar o anterior.

 

O aroma de flores e ervas dá lugar ao cheiro de estrume das vacas no lugar onde viveu um bruxo. Feitiço ou não, nesse tempo a água brotava em bicas pela encosta abaixo em direção ao rio. Continuando o percurso, transpõe-se o viaduto e entra-se na Quinta da Fonte da Telha, antigo morgadio. Mantém um casario imponente e ostenta ainda alguns elementos de arquitetura quinhentista. Pelo lado esquerdo, seguindo para poente, muito caminho haverá para percorrer, em busca da misteriosa ruína do Bicho Feio, ou da Boca da Lapa, manancial inesgotável. Se se optar pela estrada da direita vai-se desembocar na Ereira.

 

Orientação

António Filipe Rato

(Rio da Fonte, Associação para a Defesa do Património Histórico, Cultural e Natural de Pontével - fundada em 2005)

 

Percurso

Rua Mayer Garção, Rua dos Combatentes, Rua Magalhães Lima, Rua e Estrada da Fonte da Telha.

 

Recomendações

Calçado e vestuário apropriado.

 

Percurso

Rua Mayer Garção, Rua dos Combatentes, Rua Magalhães Lima, Rua e Estrada da Fonte da Telha.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:55
link do post | comentar | favorito

Challenger NERSANT com vertente pedagógica para as empresas

Nos dias 13 e 14 de maio, em Benavente, a NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, vai levar a efeito a XX edição do Challenger, prova de desporto aventura que tem como objetivo promover o espírito e motivação das equipas, a comunicação e coesão, o sentimento de pertença ao grupo e até a cultura de empresa, através da combinação de uma experiência lúdica, com uma vertente pedagógica.

Desta forma, as empresas devem encarar a participação no evento como uma vantagem competitiva para as mesmas, uma vez que o tipo de exercícios e atividades realizadas durante o mesmo promovem e desenvolvem a liderança e a ascensão de líderes, o trabalho e motivação da equipa, a comunicação, e o conhecimento e coesão entre membros de uma equipa. Tendo em conta esta vertente pedagógica, o Challenger NERSANT deste ano tem como novidade o facto de a participação das equipas / empresas ser considerada formação outdoor, com direito a emissão de certificado de frequência de formação profissional a todos os participantes que concluam cada uma das provas, certificado este que é válido para o cumprimento do número de horas de formação legalmente obrigatórias. Desta forma, através da participação no Challenger, será emitido certificado de frequência de formação profissional a cada colaborador das empresas participantes,no total de 17 horas, cerca de metade do número de horas de formação que as empresas têm de prestar obrigatoriamente por lei aos seus trabalhadores (35 horas anuais).

Os interessados em saber mais sobre o XX Challenger NERSANT devem consultar o Departamento de Associativismo e Marketing da Associação, através dos contactos dame@nersant.pt ou 249 839 500. As inscrições podem ainda ser feitas no portal da associação empresarial, em www.nersant.pt.

De referir que, para que os resultados esperados sejam alcançados, os participantes serão organizados em pequenos grupos, acompanhados por monitores especializados. Todos os exercícios propostos serão acompanhados de um briefing, para enquadramento da atividade e explicação das regras. Cada equipa terá no máximo cinco elementos, podendo as empresas inscrever mais do que uma equipa na prova de desporto aventura da NERSANT.

 

 FERSANT promove rede de contactos empresariais no Ribatejo

 

A Feira Empresarial da Região de Santarém, organizada pela NERSANT, é muito mais do que um certame empresarial onde os agentes económicos do Ribatejo podem promover os seus produtos ou serviços. A FERSANT é hoje um espaço de networking empresarial que traz cada vez mais oportunidades para aqueles que nela participam.

A FERSANT tem vindo a assumir-se como um importante espaço de trocas comerciais e conhecimento entre as empresas da região, que se tem verificado quer pelo número de visitantes, quer pelo número de empresas e entidades interessadas em mostrar os seus serviços ou produtos neste espaço. Neste momento, a capacidade da nave B, onde se realiza a feira empresarial, está quase esgotada, com a inscrição de 60 empresas já rececionadas pela associação empresarial.

Durante a feira, que tem a duração de uma semana, as empresas têm a oportunidade de mostrar os seus produtos e serviços, reforçando ou iniciando a presença em determinado mercado-alvo. Para além disso, a feira promove o aumento das vendas através da angariação de novos clientes e novas encomendas e da fidelização dos já existentes. Promove a inovação, novos produtos/serviços das empresas, testando-os diretamente com a presença de técnicos qualificados que façam a análise à reacção dos visitantes. A FERSANT é, portanto, a oportunidade ideal para aqueles que também desejam efetuar atividades de benchmarking, podendo in loco, atualizar a informação sobre o mercado, tendências do consumo, capacidade da concorrência, canais de distribuição mais eficazes, etc., incluindo a comparação de funções, qualidade, conceção e preço dos produtos e o potencial do mercado.

No entanto, uma das maiores vantagens de participação na FERSANT tem sido a oportunidade que o certame dá as empresas de aumentar a sua carteira de clientes, uma vez que o evento é um centro privilegiado de contactos comerciais com oportunidade para a concretização de inúmeros encontros entre clientes e fornecedores, atuais e potenciais e, até, eventuais agentes e distribuidores.  "A FERSANT é muito mais que um espaço meramente expositivo. É um espaço onde os empresários se podem encontrar e conhecer reais oportunidades de negócio. Conhecer o mercado e adaptar-se. Este contacto olhos nos olhos com quem trabalhamos é essencial no mundo dos negócios, uma vez que as relações profissionais são feitas com base na confiança", disse António Campos, Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, sobre esta questão.

A próxima edição da feira – a 27.ª – acontece já entre os dias 04 e 12 de junho, a par da Feira Nacional da Agricultura, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém e conta até à data, com mais de 60 empresas inscritas.

As empresas que ainda pretendam estar presentes no evento com um stand ou um espaço, podem contactar o Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos da NERSANT, através dos contactos dame@nersant.pt ou 249 839 500.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:54
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20

25
26
27
28
29

30


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE: Não destr...

A saudade tem nome?

FEIRA MEDIEVAL

Azambuja ao ‘rubro’ com M...

Torres Novas – Identifica...

NERSANT e Município inaug...

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESC...

Acordo de Geminação entre...

AQUApaper convida a desco...

Festa da Amizade – Sardin...

ESTÁDIO MUNICIPAL DO CART...

Projetos da Chamusca em d...

Município do Entroncament...

Criarei Apenas o que Não ...

Câmara de Santarém aprova...

Sea, David Fonseca, Tito ...

NERSANT realiza workshop ...

Novo livro condensa “Toma...

Agrocluster Ribatejo most...

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

Concerto de Cordis & Vito...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

TEMAS DE SAÚDE: Serviço N...

56ª Feira Nacional de Agr...

Ser presente é uma escolh...

Ministro da Agricultura m...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds