NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 18 de Abril de 2017
CARTAXO APROVA DE 2016 CONTAS COM INDICADORES POSITIVOS

transferir (1).jpg

  • Pedro Magalhães Ribeiro afirma que “estas contas fecham um ciclo de luta contra a rutura financeira e a falta de credibilidade do Município, que se encontravam em queda livre no início do mandato. Foi difícil, vai ser difícil, mas conseguimos inverter a tendência de queda. É agora possível encarar o futuro com mais esperança”.
  • Para o autarca “foram os três anos de esforço dos nossos concidadãos, dos nossos serviços e dos nossos trabalhadores, dos autarcas das freguesias, das associações, dos empresários, dos comerciantes, que nos ajudaram a chegar a 2017 e a poder afirmar que o tempo de emergência que ultrapassámos em conjunto, pode agora ser substituído por um novo tempo de consolidação da confiança e de construção cuidadosa e responsável, de um futuro melhor para o concelho”.
  • Contas de 2016 sustentam as afirmações do presidente da Câmara – redução de 1,86 milhões de euros no passivo total; redução de 40,82% dos pagamentos em atraso com mais de 90 dias; redução de 112 dias no prazo médio de pagamentos; redução de 44,90% da dívida transitada em relação a 2013; melhor resultado líquido desde 2009; melhor taxa de execução orçamental desde 2008; melhor classificação no índice de transparência municipal, desde sempre – subindo 184 lugares no ranking em 3 anos, sendo atualmente o município mais transparente da região – 10º Lugar.
  • Fernando Amorim, vice-presidente da Câmara, destacou a relevância da redução da dívida transitada – em mais de 44% como fator que permite o equilíbrio orçamental e “a melhor taxa de execução orçamental dos últimos dez anos”. Assim como a recuperação de mais de 28 milhões de euros de Fundos Disponíveis.
  • Contas de 2016 mostram que Acordos de Execução estabelecidos com as juntas de freguesia foram cumpridos em 100% até 31 de dezembro, tal como acontecera em 2014 e 2015.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo aprovou por maioria, na reunião de dia 17 de abril, as contas de 2016, com três votos a favor do PS, a abstenção de  um eleito do movimento independente Paulo Varanda – Movimento pelo Cartaxo (PV-MPC), assim como dos dois vereadores do PSD.

 

Presidente da Câmara afirma que 2016 confirma o cumprimento da consolidação financeira conquistada ao longo do mandato

Pedro Magalhães Ribeiro apresentou o Relatório de Gestão de 2017 como um documento que “demonstra que ao longo do mandato este Executivo recuperou a credibilidade e o bom nome da terra, honrou os seus compromissos, e à medida que vai conseguindo reduzir os encargos da dívida está a canalizar essas poupanças para recuperar a rede viária e os equipamentos municipais”, afirmando que “tal como referi no ano anterior manteremos o compromisso de equilibrar as contas, não em nome dos números e resultados, mas em nome do bom nome do Cartaxo e da recuperação da qualidade de vida há muito perdida, para a população da nossa terra em cada uma das nossas freguesias”.

 

“Disse que 2014 foi ano de viragem, disse que 2015 foi ano de consolidação, digo 2016 que foi o ano de arranque das primeiras pequenas grandes obras, conservação e reparação da rede viária e manutenção e reparação de alguns equipamentos públicos. Tomámos posse em situação de asfixia, rutura, desequilíbrio financeiro estrutural, obras paradas, risco de devolver milhões de euros de fundos comunitários, muitos processos judiciais, problemas a aguardar solução há anos, salários em risco. As contas que apresentamos hoje, mostram a consolidação da viragem que iniciámos em 2013 e o cumprimento dos objetivos financeiros que nos permitem afirmar que arrumámos a casa, salvámos fundos comunitários em risco e a estes acrescentámos a conquista de novos fundos e de novos investimentos para o Cartaxo”, afirmou o presidente da Câmara, para quem “o tempo deixou de ser de emergência e passa a ser o tempo da construção responsável, criteriosa e sustentada do futuro”.

 

Pedro Magalhães Ribeiro salientou ainda a importância para o Município de resultados operacionais positivos “com os resultados operacionais de 2016 a serem superiores aos custos operacionais, pela primeira vez desde há dez anos”.

 

Para o autarca, o cumprimento das obrigações municipais perante aqueles que colaboram com o município, “sejam os trabalhadores, os fornecedores, as juntas de freguesia ou as entidades com quem nos relacionamos, é um capital de confiança que este modelo de gestão conquistou e que precisa ser mantido porque é a garantia de que a credibilidade conquistada vai ser preservada”.

 

Aos nossos fornecedores, reduzimos a sua divida a mais de 90 dias em 18 milhões 140 mil euros, face a 2013. Reduzimos o tempo que os nossos fornecedores esperavam para receber as suas faturas em 260 dias, eram 373 dias em 2013. Atualmente os nossos fornecedores recebem em 113 dias desde que cumpridos todos os requisitos legais de fornecimento de bens e serviços ao setor publico”.

 

O autarca destacou também o cumprimento com os trabalhadores, referindo que “no ano de 2016 o município liquidou todas as suas dívidas a Caixa Geral de Aposentações e Segurança Social, permitindo a publicação em Diário da Republica da aposentação de todos os trabalhadores municipais, que aguardavam a efetividade desta aposentação uma vez que o município desde 2011 possuía devidas a Caixa Geral de Aposentações e Segurança Social”, afirmando que “hoje, o Município do Cartaxo cumpre todas as suas obrigações fiscais”.

 

Pedro Magalhães Ribeiro lembrou ainda que “quando tomámos posse, em outubro de 2013, a taxa de execução orçamental era a pior da história do Cartaxo, 21% para a receita e 20% para a despesa” – sendo em 2016 de 51,47% para a execução da receita e de 47,12% para a execução da despesa –, entre outros fatores, o autarca aponta, para esta alteração, “a introdução de verdade e transparência na construção dos orçamentos municipais, outro objetivo com que nos comprometemos e que cumprimos ano a ano”. Este indicador é um sinal claro de que os passos dados estavam certos, e que para além de devermos ser persistentes na afirmação da verdade, devemos também ser capazes de ter a humildade para recolher os ensinamentos do passado. O quadro de asfixia financeira em que temos vivido tem condicionado o ritmo dos investimentos que já queríamos ter realizado, como é o caso dos trabalhos de pavimentação das nossas estradas e arruamentos”, reconhecendo “que o trabalho já iniciado com o Plano de Requalificação Viária, é uma gota no oceano de degradação que encontrámos”, o autarca garante “que o trabalho vai continuar de modo consistente, dentro das possibilidades que o equilíbrio financeiro nos vai permitir”.

 

Vice-presidente da autarquia destaca redução da dívida transitada

Fernando Amorim, vice-presidente da Câmara e responsável pelo pelouro de Gestão e Finanças, apresentou a evolução dos principais indicadores financeiros, destacando a importância do valor da dívida transitada por permitir “na ótica de análise orçamental”, quantificar o montante dos compromissos “a assumir no próximo orçamento para fazer face às dívidas do ano anterior”.

 

O vice-presidente lembrou que “no primeiro orçamento elaborado por este executivo, o valor da dívida que transitou de 2013 para o orçamento de 2014 foi superior a 29 milhões 173 mil euros, enquanto o valor que transitou de dívida de 2016 para 2017 foi de 16 milhões 98 mil euros”, o que representa uma “redução superior a 44,9%” e liberta o orçamento municipal “de um peso enorme que condicionava o investimento no espaço público, ou nos equipamentos municipais”.

 

Referindo as taxas de execução orçamental – tal como o presidente da Câmara –, lembrou que “partimos de taxas de 20% na prestação de contas de 2013, para uma taxa superior 50% na prestação de contas de 2016”, o que equivale a “trazer a verdade e a transparência quer para a prestação de contas, quer para o orçamento municipal, respeitando o compromisso assumido com a população”.

 

Fernando Amorim, acrescentou que esta “verdade orçamental, baseada em valores reais e factos, reveste-se, tal como afirmei ao longo do mandato, de importância efetiva na vida das pessoas, das instituições e das empresas porque permite ao município sair da asfixia diária que tem vivido e prever com maior rigor as obras as iniciativas nas quais lhe é possível investir” referindo que as prioridades têm sido “estabelecidas com a participação das freguesias, que conhecem a cada momento não só as dificuldades, mas também as conquistas financeiras que temos conseguido e a disponibilidade real para as obras necessárias”. Para Fernando Amorim as soluções encontradas quer ao nível da redução de despesa, quer de reorganização dos serviços, quer ainda de negociação com a banca e com os fornecedores, “permitiu-nos chegar a 2016 com um aumento dos fundos disponíveis muito significativo”, referindo-se ao facto de no início do mandato, estes serem negativos em 36  milhões de euros e de “termos conseguido recuperar  este valor em 32,17 milhões de euros”.

 

Resultados de 2016 permitem “encarar o futuro com mais esperança”

 

Pedro Magalhães Ribeiro lembrou ainda que “a apresentação de contas permite a cada munícipe, a cada instituição, avaliar se os objetivos que o executivo se propôs no início do ano, foram ou não cumpridos, foram ou não aqueles que nortearam a sua ação”.

 

Afirmando que “iniciámos o ano de 2016, sob o lema “200 razões para um compromisso com o futuro”, o autarca lembrou que “definimos como prioridades para 2016, a aprovação do Plano de Ajustamento Municipal no âmbito do acesso ao Fundo de Apoio Municipal (FAM), a extinção da empresa municipal RUMO 2020, o acesso aos fundos comunitário no quadro do Portugal 2020 em que conquistámos mais de 5 milhões de euros e, entre outras prioridades, a resolução das divergências decorrentes do processo de auditoria ao contrato de concessão celebrado no mandato anterior com a CARTÁGUA, nomeadamente, no reforço da transparência do tarifário e do plano de investimentos a concretizar, tendo como principal objetivo assegurar a célere intervenção na ETAR de Valada, que servirá esta freguesia, mas também Vale da Pedra e Casais Lagartos, na remodelação da ETAR de Pontével e na nova ETAR da Lapa que irá também servir a Ereira”.

 

Para o presidente da Câmara, “ao assumirmos este compromisso com o futuro, assumimos também um compromisso com as pessoas. Se os números e os valores apresentados a cada prestação de contas, forem como estes que hoje apresentamos, transparentes, claros e reais, é possível ao Município, afirmar a sua credibilidade e encarar o futuro com mais esperança”.

 

O documento – Demonstrações Financeiras e Relatório de Gestão 2016 – irá à sessão da Assembleia Municipal, para discussão e deliberação, no dia 26 de abril.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:41
link do post | comentar | favorito

MOTARDS PROMOVEM RECOLHA DE SANGUE EM PARCEIROS DA IGREJA

A Associação dos Motards de Parceiros de Igreja – Grupo Motard “Os Marzias” vai realizar uma recolha de sangue no próximo domingo, dia 23 de abril, na sede na 

Rua Nossa Senhora das Neves, em frente à Junta de Freguesia. As dádivas podem ser feitas entre as 9,00 e as 13,00 horas.

 

As recolhas organizadas pela Associação de Dadores de Sangue de Torres Novas serão efetuadas por Brigadas do Centro do Sangue e da Transplantação, de Coimbra e Lisboa do Instituto do Português do Sangue e da Transplantação IP.

Nas recolhas de sangue poderão igualmente efetuar a inscrição para eventuais doações de medula óssea todos os cidadãos saudáveis com mais de 18 anos e menos de 65 anos.

A Associação agradece desde já a colaboração de todas as pessoas que  participem nestas recolhas.

“Dá Sangue Porque Há Sempre uma Vida à Tua Espera – Dar Sangue é Ajudar, é dar Esperança, é Salvar a Vida de Alguém – Haverá Gesto Mais Nobre do Que Salvar Uma Vida!” 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:40
link do post | comentar | favorito

Vila Franca de Xira: concluída requalificação de duas das principais ruas da cidade

unnamed.jpg

 

As intervenções de requalificação ao nível do subsolo e à superfície nas ruas “Curado” e “Joaquim Pedro Monteiro”, em Vila Franca de Xira, estão concluídas.

Após abertura à circulação, o Presidente da Câmara Municipal, Alberto Mesquita, e o Presidente dos SMAS, António Oliveira, realizam uma visita oficial ao términus dos trabalhos, no dia 21 de abril, pelas 9h30.

 

A Câmara Municipal e os SMAS de Vila Franca de Xira promoveram os trabalhos realizados, cujo principal objetivo foi resolver os problemas de saneamento e de circulação há muito sentidos na zona.

As obras contemplaram a colocação de novas redes de saneamento e abastecimento de água e a remodelação das vias de circulação rodoviária e pedonal. Os trabalhos começaram em finais de julho de 2016 e terminaram, como previsto, em abril de 2017.

 

Tratou-se de uma intervenção complexa que visou trazer melhorias à qualidade de vida de residentes e visitantes da cidade. No total, os trabalhos orçaram num investimento de perto de 700.000,00€ (setecentos mil euros). A obra conclui o ciclo de requalificações que se iniciou na Rua Alves Redol e prosseguiu nas Ruas Luís de Camões, 1.º de Dezembro e Serpa Pinto.

 

A abertura das ruas à circulação, bem como a visita supra referida, faz parte do programa de comemorações da Câmara Municipal do 43.º aniversário do “25 de Abril”.

 

Câmara apoia em mais de 1.000.000,00€ associações do Concelho

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira vai apoiar as associações do Concelho em mais de 1.000.000,00€ (um milhão de euros) neste ano de 2017.

 

Ao todo, serão apoiadas 124 associações das áreas de Cultura, Solidariedade Social, Desporto e Educação no âmbito da sua atividade regular, obras, aquisição de viaturas, equipamentos e formação.

 

O apoio é concedido no âmbito do Programa de Apoio ao Movimento Associativo (PAMA) da Autarquia, cujas regras e métodos de seleção são públicos e conhecidos de todas as Associações.

 

Após a aprovação do apoio pelo Executivo Municipal, na última reunião de câmara, a formalização do mesmo decorrerá no dia 25 de abril, pelas 16h00, no Palácio da Quinta Municipal do Sobralinho, através da assinatura de protocolos para o efeito

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:38
link do post | comentar | favorito

Empreitada de reparação da Cobertura da Nave Antiga do Pavilhão Desportivo Municipal do Choupal já está consignada

unnamed (3).jpg

 

 

A Câmara de Santarém consignou hoje a empreitada de reparação da Cobertura da Nave Antiga do Pavilhão Desportivo Municipal do Choupal – Santarém, cujos trabalhos têm a duração de 30 dias.

 

Também para este pavilhão, foi adjudicada a obra de substituição do piso, estando previsto o seu início durante o mês de julho.

 

 

Câmara de Santarém está a proceder a trabalhos de repavimentação na Rua do Rosário em Perofilho

 

unnamed (4).jpg

 

A Câmara de Santarém está a proceder a trabalhos de repavimentação na Rua do Rosário em Perofilho, na União de Freguesias de Romeira e Várzea.

Esta intervenção integra o contrato de manutenção de estradas previsto para todas as freguesias do Concelho, com o objetivo de melhorar as condições de circulação em segurança e conforto dos seus utilizadores.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:29
link do post | comentar | favorito

A Câmara Municipal de Azambuja vai inaugurar oficialmente o “Espaço do Cidadão” de Manique do Intendente

unnamed.jpg

 

A inauguração contará com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Azambuja, Luís de Sousa, e da Secretária de Estado da Justiça, Dra. Anabela Pedroso.

 

Este novo espaço de serviços administrativos está a funcionar nas instalações da Junta da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa – na Praça dos Imperadores – em complemento com a respetiva secretaria. Ali, todos os cidadãos encontram um atendimento de proximidade, contribuindo para a desburocratização e poupança de tempo, em alinhamento com as políticas de modernização administrativa em curso. Os munícipes do “Alto Concelho” de Azambuja e também das povoações vizinhas podem, assim, resolver vários assuntos relacionados com a Administração Central e com a Câmara Municipal de Azambuja, sem ser necessário deslocarem-se à sede do município. O serviço funciona todos os dias úteis entre as 09h00 e as 16h30, com interrupção de almoço das 12h30 às 14h00.

 

No Espaço do Cidadão são prestados serviços relacionados com o IEFP – Instituto do Emprego e da Formação Profissional; CGA - Caixa Geral de Aposentações; ADSE – Direção Geral de Proteção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública, DGC - Direção Geral do Consumidor; AMA - Agência para a Modernização Administrativa; DGLAB - Direção Geral dos Livros, dos Arquivos e das Bibliotecas; AT - Autoridade Tributária e Aduaneira; ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho; IGAC - Inspeção Geral da Atividades Culturais; IMT, I.P. – Instituto da Mobilidade e Transportes, Instituto Público; ISS – Instituto de Segurança Social; SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras; IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana; e SPMS – Serviços Partilhados Ministério da Saúde.

 

 

Rancho de Vale do Paraíso (Azambuja) comemora o 34º aniversário

 

 

unnamed (1).jpg

 

O Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso, freguesia do concelho de Azambuja, prepara-se para comemorar o seu trigésimo quarto aniversário. A festividade terá lugar no espaço envolvente à “Casa Colombo”, onde o grupo tem a sua sede, entre os dias 21 e 23 de abril de 2017.

 

A comemoração do evento terá início na sexta feira, dia 21, com a animação musical pelo grupo “Daniel & Mara”. No sábado, dia 22, pelas 16h00, decorre a tradicional prova de tiro ao alvo e, pelas 21h30, uma Mostra de Acordeão e Concertinas.

No domingo, começará com a celebração de uma missa, pelas 10h30, em sufrágio por todos os elementos falecidos. A tarde será dedicada à etnografia, iniciando-se com um desfile dos ranchos participantes, às 15h30, seguido das atuações. As honras de abertura serão do Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso, grupo anfitrião, seguindo-se a apresentação do convidado Rancho Folclórico "Os Camponeses" de Vale do Brejo. Ao festejar este aniversário, o grupo pretende prestar uma homenagem ao folclore e à sua importância na cultura das regiões.  

 

A festa organizada pelo Rancho tem os apoios da Junta de Freguesia de Vale do Paraíso, das associações e comércio locais e da Câmara Municipal de Azambuja.

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:24
link do post | comentar | favorito

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARENTAL LEVA PAIS E FAMÍLIAS DE VOLTA AOS BANCOS DA ESCOLA

1.jpg

 

Aprender a lidar com os desafios de ser pai ou mãe, educador ou familiar de uma criança ou de um adolescente, é a proposta do Programa Mais Família, que a Câmara Municipal do Cartaxo organiza anualmente.

 

O principal objetivo do programa Mais Família é ajudar os pais a lidar com os desafios de educar uma criança, desenvolvendo atividades de suporte que os ajudem a compreender as suas próprias necessidades – sociais e emocionais – e as dos seus filhos, melhorando a qualidade das relações parentais.

 

Em 2015, este programa promovido pela Câmara Municipal, foi distinguido como Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social, numa cerimónia que decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, e desde 2009 tem contado com a participação de muitos pais e famílias do concelho.

 

A atenção positiva, o uso de elogios ou como aprender a manter a calma, são alguns dos temas a abordar nas sessões. O programa Mais Família integra-se na metodologia desenvolvida por Maria Filomena Gaspar, Professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, desenvolvida a partir de programas internacionais baseados na evidência.

 

Os interessados em participar neste programa devem efetuar a sua inscrição junto da área de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal do Cartaxo, até ao próximo dia 28 de abril. A participação é gratuita, as sessões têm a duração de duas horas semanais que decorrerão de 2 de maio a 15 de junho, em horário laboral ou pós-laboral.

 

O programa de Educação Parental divide-se em Mais Família Mais Criança e Mais Família Mais Sensata, direcionados para pais de crianças dos 3 aos 6 anos de idade e para pais de crianças dos 10 aos 16 anos de idade, respetivamente.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:22
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 17 de Abril de 2017
22ª Festa das Tasquinhas em Manique do Intendente – Azambuja

 

A União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, no concelho de Azambuja, está a organizar a 22ª Festa das Tasquinhas para os próximos dias 21, 22, 23 e 24 de abril. O evento celebra a riqueza da gastronomia típica local e promove a atividade e o convívio das coletividades da freguesia. O palco da iniciativa volta a ser a bela Praça dos Imperadores, em Manique do intendente.

 

Antes do convívio à mesa, a festa deste ano começa – às 16h30 – com a inauguração oficial de um serviço de grande utilidade pública, o “Espaço do Cidadão”, a funcionar no edifício da Junta da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa. Neste espaço, os munícipes poderão tratar de vários assuntos, nomeadamente relativos ao IMT (Instituto da Mobilidade e Transportes); à Autoridade Tributária (Finanças); ao IEFP – Instituto do Emprego e da Formação Profissional; e muitos mais serviços da Administração Pública. Este espaço funciona todos os dias úteis das 09h00 às 12h30 e das 14h30 às 16h30.

 

A inauguração da verdadeira Festa das Tasquinhas está marcada para as 18h30, do mesmo dia 21, assim como a abertura da 2ª exposição de artesanato e da 1ª feira do livro usado, tudo acompanhado pela música dos grupos “Bandinha do Caneco” e “Trinca Espinhas”. A partir das dez da noite o recinto será animado pela banda “Os Lords”. Para os mais pequenos haverá, durante os quatro dias de festa, pinturas faciais e insufláveis.

 

Dia 22, sábado, mesas postas a partir do meio-dia, para almoços. Para animar o jantar, às 21h30 sobe ao palco o grupo de dança “ManiDance”, e às 23h00 o conjunto “Chaparral Band”.

 

No domingo, dia 23 de abril, a partir das 08h00 realiza-se a prova de trail “Trilhos Pina Manique” e, na festa, voltam a servir-se almoços a partir do meio-dia. A tarde será dinamizada com música, pela Banda Filarmónica da Vila da Marmeleira e, às 21h00, terá lugar a eleição da Rainha das Vindimas 2017 da União de Freguesias. Após o espetáculo, a animação musical seguirá com a grupo “Bico d’ Obra”.

 

No último dia de tasquinhas, segunda 24 de abril, além do serviço de almoços e de jantares, as feiras de artesanato e do livro usado ainda abrirão entre as 20h00 e as 24h00. A proposta musical para o final de festa será a atuação do conjunto “Geração XXI”.

 

A Festa das Tasquinhas é organizada pela Junta da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, em conjunto com a Sociedade de Recreio de Manique do Intendente, Comissão de Festas 2017, Caçadores Associados de Manique do Intendente, Rancho Etnográfico de Manique do Intendente, finalistas do Agrupamento de Escolas do Alto Concelho de Azambuja, Casa do Povo de Manique do Intendente, Comissão do Polidesportivo e Associação Albergaria. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Azambuja.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:41
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS HOMENAGEIA ANTIGOS PRESIDENTES DE CÂMARA E DE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

 

unnamed (3).jpg

 

“40 anos de Poder Local no Concelho de Salvaterra de Magos” é o tema central das comemorações do 25 de Abril, dinamizadas pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, em parceria com as juntas de freguesia, associações e coletividades do concelho.

O tema escolhido este ano vai servir de mote para a exposição a inaugurar no dia 25 de abril, pelas 11h30, na Biblioteca Municipal, com homenagem aos Presidentes de Câmara e de Assembleia Municipal eleitos desde 1976, data das primeiras eleições autárquicas democráticas. Antes, pelas 10h30, haverá uma sessão solene da Assembleia Municipal, na Praça da República, em Salvaterra de Magos, precedida de uma demonstração de paraquedismo pelo Paraclube Nacional “Os Boinas Verdes”, na zona do Rossio.

No mesmo dia, o Mercado de Cultura de Marinhais acolhe a exposição “Cartaz Político 1974-1975”, patente até 14 de maio. A Feira do Livro Itinerante, promovida pela Biblioteca Municipal, vai arrancar a 21 de abril em Foros de Salvaterra e percorrer as freguesias até 3 de junho.

A Câmara Municipal vai ainda organizar um concerto com a Associação José Afonso, a 22 de abril, no Mercado de Cultura de Marinhais e um espetáculo “Cantigas de Abril”, no dia 24 de abril, na Casa do Povo de Glória do Ribatejo.

Inserido no programa das comemorações, destaque também para a realização da segunda fase do Concurso Nacional de Leitura, a ter lugar no dia 27 de abril, no Edifício do Cais da Vala, em Salvaterra de Magos.

Atividades desportivas (caminhadas, futebol, passeios de bicicleta e de mota, passeio equestre, matraquilhos, pesca, petanca, patinagem), culturais e animação musical são outras das iniciativas a realizar por parte das Juntas de Freguesia, associações e coletividades do concelho com destaque para a inauguração de um monumento de homenagem aos Combatentes pela Junta de Freguesia de Muge, no dia 22 de abril, junto ao Cemitério da localidade.

As comemorações incluem também o V Encontro de Teatro Paulo Claro, organizado pela Associação de Teatro Paulo Claro - Rapazes d’Aldeia, onde serão apresentadas seis peças (a 21, 22 e 23 de abril) por várias companhias de teatro, dirigidas a diferentes tipos de público.

A 30 de abril, a pista de Motocross do Granho recebe uma prova do Campeonato Nacional de Mx Elite, Mx1, Mx2, júnior e infantis, a partir das 14horas, numa organização da associação MotoPampas em parceria com a Câmara Municipal.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:39
link do post | comentar | favorito

Cerca de 1.500 seniores divertem-se na Festa da Flor

unnamed (2).jpg

 

Jogos tradicionais, mega-aula de ginástica, marcha com arcos de flores, almoço, música e dança são alguns dos momentos da Festa da Flor. A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, com o objetivo de proporcionar aos seniores do Concelho um dia diferente, com muita animação e convívio.

 

São cerca de 1500 o número de participantes nesta edição, que decorre esta quarta-feira, 19 de abril,das 9h00 às 17h00, em Vila Franca de Xira (Parque e Pavilhão Multiusos do Cevadeiro e – num apontamento pelas 10h00 - no Largo da Câmara).

 

Os participantes vêm das várias freguesias de todo o Concelho (a maioria é utente de instituições de apoio aos idosos; outros participam por iniciativa própria). A estes, juntam-se este ano, como convidados especiais, os atores Luis Aleluia e Ricardo Castro.

 

A Festa da Flor insere-se no projeto municipal “Envelhecer de modo saudável e equilibrado através da atividade física e movimento”, que pretende promover um envelhecimento ativo junto da população do Concelho.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:38
link do post | comentar | favorito

42.ª FESTA DOS FAZENDEIROS

unnamed (1).jpg

 

Ruas e janelas engalanadas, mobiliário, ferramentas e trajes centenários, artes e profissões de outros tempos, vão ocupar o espaço público para enquadrar um dos mais originais e completos cortejos etnográficos de toda a região – é a Festa dos Fazendeiros que vai ocupar a vila de Pontével no Domingo de Pascoela.

 

A Festa dos Fazendeiros regressa às ruas de Pontével no próximo dia 23 de abril – Domingo de Pascoela – dia em que a vila recebe o cortejo de viaturas rurais e de grupos apeados, a exposição de janelas decoradas e a exposição de gado, que representam pontos altos deste tradicional evento da freguesia de Pontével, organizado pela Comissão da Festa dos Fazendeiros e que conta com a participação de largas centenas de Pontevelenses.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:36
link do post | comentar | favorito

IX Edição das 24 Horas de Futsal da Freixianda - Lar de Sonho continua a ser uma referência

Cerca de  200 atletas, em representação de 16 equipas, participaram na IX edição das 24 Horas de Futsal, organizadas pela Secção de Bombeiros de Freixianda dos Bombeiros Voluntários de Ourém e pela sua Liga de Amigos e este ano apadrinhadas pela imobiliária Lar de Sonho.

 

Segundo informa a comissão  organizadora do evento, “o público aderiu mais uma vez em massa fazendo deste já um evento tradicional na Páscoa, em Freixianda ajudando o comércio local nestes dias. A animação foi muita sendo assegurada com vários DJ´s”.

“Em termos competitivos o nível qualitativo continua elevadíssimo fazendo com que houvessem jogos bastante interessantes de seguir e a partir dos quartos-de-final muitos deles tiveram de ser desempatados através da marcação de grandes penalidades”, refere a entidade organizadora salientado que “o balanço final é positivo quer para a organização quer para equipas participantes estando já a ser preparada a edição nº 10”.

Em termos de classificação final, a vitória sorriu aos estreantes na prova "Hiatus" depois de uma  final  decidida através da marcação de grandes penalidades e discutida até ao ultimo minuto com os vencedores do ano passado - Silva Construções que este ano ficou no segundo lugar. O 3º lugar foi para a equipa “Lagoa do Grou”, seguindo-se o G.D. Peralva que arrebatou o 4º lugar.

Quantos aos restantes lugares da tabela de classificação, em 5º - Rio de Couros ; 6º G.D. Sandoeira ; 7º CIN/AM&D , Lda ; 8º Malta do Aço ; 9º M&M's; 10º CIP; 11º Engenharia Star Prime ; 12º Paulo Ferraz ; 13º Uma Equipa ; 14º Caxamar ; 15º IMPERCB ; 16º PPB

 

O prémio Fair Play foi entregue à equipa Paulo Ferraz, o melhor marcador foi Gonçalo Simões da equipa “G:D: Sandoeira” , o jogador revelação foi Gualter da equipa Silva Construções. Foi também premiado Fred  da equipa “Lagoa do Grou” como o melhor Guarda-Redes do Torneio.

A Taça do Bar este ano foi entregue á equipa CIN/AM&D , Lda

As 24 Horas de Futsal 2017 de Freixianda tiveram a colaboração de mais de 100 empresas da freguesia e do concelho, Câmara Municipal de Ourém, Ourém Viva, União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais e Juvebombeiro de Ourém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:09
link do post | comentar | favorito

Nuno Mira eleito Coordenador Federativo dos Jovens Trabalhadores Socialistas

unnamed.jpg

 

A Federação Distrital de Santarém da Juventude Socialista reuniu, no passado sábado, o seu secretariado e Comissão Política Distrital em Almeirim.

 

Entre os diversos pontos abordados, destaca-se a eleição de Nuno Mira, Presidente da Juventude Socialista da Chamusca, para coordenar a estrutura Federativa dos Jovens Trabalhadores Socialistas, uma nova estrutura autónoma da Juventude Socialista, centrada nas políticas públicas para o mercado laboral e inserção dos jovens nesse mesmo mercado.

 

Em jeito de preparação para as eleições autárquicas deste ano, a Juventude Socialista de Santarém organizou, no mesmo dia, um jantar de confraternização entre os seus militantes, o PS distrital e de Almeirim e o Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Santarém. Este jantar, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro, serviu para começar a delinear uma estratégia conjunta entre os órgãos distritais socialistas para as eleições autárquicas deste ano.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:06
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Abril de 2017
A Maria

FLORBELA.png

Por: Florbela Gil

 

Maria, uma mulata de quarenta anos, voz muito fininha, era engraçada na sua maneira de falar.

Em relação á sua raça, não gostava que lhe chamassem de "preta'.
 
E eu sei isso por causa de uma conversa que ela me contou.
 
Um dia, veio começar a sua aula condução, mas vinha muito zangada. Perguntei-lhe, - Por que está tão zangada?
 
Maria respondeu: - "passei agora por uma obra, e estavam lá a trabalhar, uns pretos. Disseram que eu era uma pretinha muito bonita e assobiaram-me. Não gostei nada menina Florbela, eu não sou preta, sou mulata!  Também respondi logo - seu preto dum........!
Pretos são vocês, que são da cor do carvão, eu sou mulata! 
 
Bem, fartei-me de rir, com o ar de zangada dela a contar-me o sucedido.
 
Maria, era uma senhora com muita dificuldade em aprender, cheguei a ter dias de perder a paciência, chamava-lhe muita vez a atenção sempre pelas mesmas coisas.
 
Mas insistia sempre, que se não desse aulas comigo, não dava com mais ninguém.
 
Às vezes tirava-me do sério! Mandava-a, para direita, ia para esquerda, se mandava para esquerda, ia para direita, mandava-a travar, ligava o pisca. Uma outra vez, mandei-a pôr o cinto, ela responde,-" tou bem obrigado".
 
Na minha profissão, é preciso gostar do que fazemos, e ter uma paciência de santo.
 
Tanto lutei por ela, lá a consegui levar a exame condução. Mais uma vez ,Maria, nos fez rir, com a sua voz e descontração.
 
Durante o exame, o sr examinador, mandou-a fazer uma inversão do sentido marcha. Ela lá começou, às tantas, o carro estava atravessado na estrada, ia para frente, para traz, e não saia do mesmo sitio.
 
O sr, ainda esperou um pouco e disse que ela tinha que se despachar a fazer a manobra.
 
Responde a Maria,  - " Espere um bocadinho, que eu sei fazer a manobra, a menina Florbela ensinou-me, eu é que agora não lembro".
 
Todos rimos. Claro que Maria, já não conseguiu tirar dali o carro.
Reprovou. 
 
Voltou as aulas comigo, mas cada vez mais despercebida, eu dizia uma coisa, ela responde outra. 
 
Mandei-a ir ao médico dos ouvidos. 
Ela foi.
 
Uma semana mais tarde vem dar aula. Perguntei-lhe como tinha corrido a consulta. Respondeu," - menina Florbela, obrigado, já a estou a ouvir bem, muito bem, graças a si. O sr doutor, disse que eu tinha os ouvidos todos entupidos, e fez lavagem. Agora já ouço tudo. 
 
Realmente, houve melhorias  na aprendizagem a partir dai, com muita paciência, muita insistência, muitas aulas, Maria tirou a carta. 
 
Mais tarde apareceu na escola á minha procura, para eu ver o carrinho que tinha comprado, e para me dar uma escultura em madeira, característica de África para me lembrar dela. O que não era preciso, pois Maria ficou na história da minha vida profissional.  
São estas coisas, e outras mais que me dão força e alegria na minha profissão.  Beijinho grande aos meus leitores.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:05
link do post | comentar | favorito

CONHEÇO-TE BEM

MARINAMALTEZ.png

 Por: Marina Maltez

 

CONHEÇO-TE BEM

 

“Gosto da maldade humana. Lembra-me que existe bondade.” Se um estranho ouvir isto pensará que és altruísta, benévolo, compreensivo, generoso até. Irá imaginar a dimensão da tua hipotética bondade e a tua capacidade de perdão. Talvez até a invejem e pensem “Sim, eu gostava de ser assim, bondoso, sábio e ser capaz de perdoar”.

Consigo visualizar as caras embevecidas diante deste teu discurso e os likes numa qualquer rede social (que apenas te afagam o ego e reforçam o orgulho). Mas essas caras não te conhecem como eu. Não sabem de cor a medida da tua maldade. Não te conhecem a carne de lobo escondida nessa capa de cordeiro que te levou décadas a tecer cuidadosamente, pensada ao mais ínfimo pormenor. Capaz de vergar sábios e encantar corações sedentos de amor.

Esses rostos que te admiram não sabem como eu como a tua língua é puro veneno, é faca afiada capaz de destruir esses mesmos corações que te veneram. Esses rostos que te vêm como mestre não sabem como eu como a tua maldade já cegou, enlouqueceu, rasgou almas que em ti confiaram, como as tuas atitudes se tornam tão mesquinhas ao ponto de deixares um rasto de destruição em silêncio, com medo do que ainda possas fazer.

O diabo sabe muito não por ser diabo, mas por ser velho. E a tua já considerável existência permitiu-te um acumular de frases feitas, de argumentos, de teorias, de comportamentos meticulosos que te dão essa aura de grandeza. Verniz… verniz sem categoria que só se mantém por ser retocado permanentemente.

Ai de quem está ao teu redor. Não sabe que por detrás de cada elogio está a maldade do predador que apenas quer envolver mais uma vítima na sua teia fatal. Não sabem que por trás de cada abraço está venenosa punhalada.

Acreditam na tua bondade… mas não…não te conhecem como eu. Eu vi-te e por te ver tentaste destruir-me. O teu crime só era perfeito sem testemunhas e eu…eu era a versão que ninguém poderia ouvir.

Simplesmente não dizes o meu nome, evitas perguntas inconvenientes ou então contas mais uma historieta de como uma mulher te causou mágoa. Não tens coragem para assumir a tua essência nojenta, mas tão nojenta que até o ventre materno te rejeitava. Vá…escolhe a tua melhor roupa (escolhe bem a marca, tu que detestas gente pobre), coloca perfume (daquele forte numa tentativa vá de camuflar o cheiro de mentira e destruição que vem desse corpo), escolhe as palavras e treina os gestos. Serás Homem capaz de dizer: “Tirei-lhe tudo. Obriguei-a a deixar tudo, família, amigos e a viver apenas para mim, de acordo com as minhas regras, pois só assim seria Mulher.”. Coloca agora aquele ar superior de sábio e mestre (cita um ou dois autores de um livro qualquer de auto-ajuda que suportam as tuas terapias da treta ou então ilustra tudo com um episódio de herói vivido por ti, e que de cada vez que é contado muda de cenário e até de personagens) e continua: “Prometi-lhe o mundo. Mas deixei-a na rua, sem nada. Abandonei-a no leito onde a doença a consumia porque na verdade sou apenas uma espécie de homem, vivo de paixões efémeras, primaveris.

Mas sabes a verdade? A única verdade? É que o Tempo não perdoa. A idade passa rapidamente por nós. Enche-te dos teus luxos, pavoneia a tua fortuna, colecciona amantes que depois largas na rua da amargura ou encaminhas para um qualquer amigo teu tão imoral quanto tu. Aproveita agora que o teu corpo e mente ainda te obedecem. Não irá durar muito. E quando a noite cair… tu estarás sozinho. Velho. Gasto, consumido. Seco, ressequido. E o teu dinheiro não te irá valer na solidão que te fará perpétua companhia até a terra engolir contrafeita os teus restos. E nesse dia…quando o sol se erguer todas as tuas vítimas irão respirar de alívio. E aqueles que hoje te bajulam terão mil e uma histórias para contar do amigo velho com manias de novo e fanfarrão.

E eu… bem eu não te vou guardar mágoa alguma. Isso seria dar-te uma importância que não tens. Eu estarei no meu mundo, aquele que recuperei, acordarei rodeada de quem me ama e com prazer irei saborear um delicioso galão e pão com manteiga. Sim, adoro a minha pobreza. Nela me revejo e sou feliz! E sei que quando Deus me chamar e o meu corpo voltar à Terra… ela me reconhecerá como parte de si e me estenderá os braços num abraço maternal!

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

CRÓNICA SEMANAL: Realidades…

ANA GRACIOSA.jpg

Por: Ana Graciosa

 

Realidades…

 

Quando era menina e moça, tinha um amor daqueles que ardia no coração, que arrepiava o corpo todo, desde o dedo mindinho do pé, até à ponta dos fios do cabelo e que me deixava com uma sensação de fraqueza nos membros inferiores, só pela emoção sentida. Adorava gritar ao mundo esse amor, de ouvir e receber as mais bonitas declarações desse amor, de fazer juras e promessas até que a morte nos separasse, de andar de mãos dadas e às cavalitas sem medo de recriminações, da ansiedade de voltar a estar novamente juntos, a vontade de sentir aqueles lábios colados aos meus, num beijo demorado e tão intenso que parecia parar o tempo, de sentir os braços ao meu redor e sentir que era aquele o meu porto de abrigo, de olhar nos olhos e saber o que se pensa sem proferir palavras, de ouvir aquela voz amada e ficar maravilhada, como se de uma melodia se tratasse, de dar e receber, sentir aquelas borboletas todas em alvoroço e não conseguir pará-las ou enxotá-las…

Como conseguimos ser tão inocentes e acreditar no amor eterno ou no "até que a morte nos separe"?

Hoje, mais experiente e colecionadora de algumas mágoas e cicatrizes, sei que tenho vindo a desaprender o que tinha aprendido até “ontem” mas… “amanhã” quero recomeçar a aprender.

Somos atropelados pela vida e tudo acontece muito rápido e mesmo não querendo, algumas lembranças antigas, vêm à tona como um furacão que não respeita absolutamente nada. A sensação de lidar com sentimentos contraditórios e o rebobinar de coisas que doem e trazem algum sofrimento, faz parte de uma viagem indigesta, que temos que abandonar de vez, assim como as “tralhas” de outrora, e deixar que as lágrimas lavem e levem de uma vez por todas, as dores, as culpas e todos os medos sofridos.

Por isso, digo não ao amor e sim ao vamos fazê-lo, sem juras ou promessas, sem títulos ou rótulos. Hoje, mais resiliente, quero algo mais tranquilo, sem complicações e somente sentir a sensação de fidelidade sem obrigação, porque os tombos não me limitaram a capacidade de amar ou sonhar, até porque  insisto sempre em acompanhá-los, até  que se concretizem ou não.

Sou Feliz, mas quero ser bem mais, daí procurar alcançar todos os dias, o amanhã que é hoje.

Quero ainda aquele abraço de outrora, o beijo apetecido, a cumplicidade no olhar, o carinho e a dedicação de quem nos faz sentir bem, o dar e receber, sentir aquele toque no cabelo ou um mimo a meio da noite e… se com tudo isto, virar amor, aí sim! Tranquilamente aceitamos o que de bom nos pode trazer, independentemente de qualquer rótulo ou situação, simplesmente pelo facto de se estar junto, feliz, de se gostar ou amar e do querer entregarmo-nos sem medos…

Quem nasceu com uma sensibilidade exacerbada, sabe o quão difícil é suportar algumas coisas. Já matei alguns sentimentos em legitima defesa e, fiquei ilibada de me confessar e ciente que não me matam a mim…

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:56
link do post | comentar | favorito

A janela

ANAFONSECA.jpeg

Por: Ana Fonseca da Luz

 

A janela



A minha casa tem uma única janela.
Não preciso de mais...
Dela consigo ver o nascer e o pôr-do-sol.
Lá longe, um campo de trigo enfeitado de papoilas, anunciando mais uma Primavera,
apesar de tudo…
Uma ou duas laranjeiras em flor, andorinhas apressadas a fazerem os ninhos, dois gatos vadios que todos os dias miam à minha janela, anunciando-me que têm fome e que só podem contar comigo e um pequeno riacho, que corre manso, saltando as pedras com uma ligeireza quase felina, ladeado de silvas, que dão as mais doces amoras que alguma vez provei.
Perante esta grandiosidade, onde reina a mais pura das simplicidades, reparo o quanto sou pequena e não consigo deixar de me alegrar com o facto de realmente ter consciência de que nada sou.
Resolvi dar um nome à minha janela.
Chamei-lhe ”a janela da saudade” e sempre que a tristeza me escorre pelos olhos, quando me digo que sou infeliz, sem qualquer razão palpável, corro à minha janela”à janela da saudade”, encho a minha alma com toda aquela beleza simples que os meus olhos enxergam e preencho o coração com todas as boas lembranças de que é feita a minha vida.
A minha casa tem uma única janela.
Não preciso de mais…

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Abril de 2017
1300 PESSOAS VISITARAM MUSEU “ESCAROUPIM E O RIO” EM MARÇO

12.jpg

 

 

No primeiro mês de vida, o Museu “Escaroupim e o Rio” contou com a visita de cerca de 1300 pessoas.

 

O espaço foi inaugurado a 25 de fevereiro de 2017 na aldeia avieira do Escaroupim e resulta da reabilitação e ampliação da antiga escola primária local, num investimento de cerca de 150 mil euros realizado pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

 

Durante o mês de março, o Museu recebeu a visita de diversos grupos oriundos de toda a região, famílias e visitantes individuais.

 

O novo Museu constrói um percurso expositivo que dá a conhecer a importância do rio Tejo e dos seus afluentes, enquanto elemento de fixação humana e evidencia as atividades socioeconómicas que durante séculos foram exploradas e rentabilizadas pelas comunidades locais.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio salienta que o Museu “Escaroupim e o Rio” é “a cereja em cima do bolo no esforço feito por este executivo para revitalizar as zonas ribeirinhas”.

 

“Este Museu assume e regista para a posteridade as ligações das nossas gentes ao rio e pretende ser um ponto de encontro para todos os que se revêm na história da cultura avieira e também um importante produto turístico”, acrescenta o Presidente.

 

O novo Museu dispõe de sanitários públicos para servir todos aqueles que visitam o Escaroupim e vem ampliar a oferta turística naquela aldeia, juntando-se ao Núcleo Museológico da Casa Avieira, aos passeios de barco no Rio Tejo, à observação de aves, ao parque de merendas, ao restaurante panorâmico e ao miradouro natural sobre o rio Tejo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:11
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Abril de 2017
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

unnamed.jpg

 quarta-feira

 

Esta quarta-feira, dia 12 de abril, às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira passa o Filme “O Vendedor”, de Asghar Farhadi, numa organização do Cineclube de Santarém.

 

«O iraniano Asghar Farhadi – que trabalha em cinema desde 2002 mas em 2011 prendeu a crítica internacional com "Uma Separação", que conquistou o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro – está de volta com um filme vencedor de dois prémios em Cannes: o de Melhor Argumento, para o próprio realizador, e o de Melhor Actor, para Shahab Hosseini. Em fevereiro de 2017 voltou a receber o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro para o filme “O Vendedor”.

“O Vendedor” gira à volta de um casal de actores que são protagonistas de uma produção local da emblemática peça "A Morte de um Caixeiro Viajante", escrita por Arthur Miller em 1949 e premiada com o Pulitzer. A sua vida íntima é virada do avesso quando se mudam para uma casa que terá pertencido a uma prostituta.»

 

Título original: Forushande | De: Asghar Farhadi | Com: Shahab Hosseini, Taraneh Alidoosti, Babak Karimi | Género: Drama, Thriller | Outros dados: Irão/FRA, 2016, Cores.

Duração: 125’ | Classificação: M/12 | Preço: 5€/2,5€ sócios Cineclube de Santarém

Reservas (Cineclube de Santarém): cineclubedesantarem@gmail.com

 

quinta-feira:

 

Esta quinta-feira, dia 13 de abril, das 09h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30 (com opção de almoço), há “Arte nas Férias da Páscoa”, no A          qui Há Gato.

“Mais uma vez estaremos com muitos artistas que querem partilhar a sua arte com o Aqui há Gato nas suas Férias da Páscoa! Vamos fazer saltar ideias como coelhos e procurar novas formas de pintalgar a Páscoa, entre outras coisas! (programa disponível em www.aquihagato.org ; Inscrições Abertas!)

 

O Santarém Cup/Oz Energia tem início esta quinta-feira, numa organização da Associação Académica de Santarém, que vai juntar na Cidade, mais de um milhar de atletas, até dia 15 de abril.

O torneio vai ser disputado nos escalões de Sub-10, Sub-11, Infantis e Iniciados, e tem inscritas 60 equipas (52 de futebol 7 e 8 de futebol 11), que vão disputar 166 jogos, em quatro campos distintos - Agrária, Chã das Padeiras, Ribeira de Santarém e Moçarria, dirigidos por um total de 40 árbitros.

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira recebe o Festival itinerante de One-Man-Bands - Um ao Molhe, com Rapaz Improvisado, Surma e Nils Meisel.

 

O que acontece quando se consegue juntar um carro e alguns dos melhores músicos nacionais com projectos a solo?

O Um ao Molhe vai deixar tudo para trás e fazer-se à estrada. Com os caixotes arrumados na mala, bebidas e maços de tabaco nos bancos de trás, paragens marcadas um pouco por todo o país e fora dele, o festival está pronto para arrancar. Pelo caminho vai dar boleia a vários artistas solitários e a todos os que queiram embarcar nesta digressão.

Ao longo de três meses, vão ser várias as cidades e os espaços que vão acolher este festival.

O objectivo é promover uma amostra do que de melhor se tem feito ao nível de bandas de um Homem só em Portugal e criar um circuito para o crescente número de músicos emergentes.

(Música) (Duração) 180’ (30’ por concerto) (Classificação) M/06 (Preço) 4€

 

sexta-feira:

 

Esta sexta-feira, dia 14 de abril, a partir das 09h00, tem início o XII Torneio de Formação Comendador José Gonçalves Pereira, no Atlético Clube de Pernes.

 

O 14º Torneio Hóquei em Patins Cidade de Santarém, organizado pelo Hóquei Clube de Santarém, decorre esta sexta-feira, das 09h00 às 21h00, e no sábado, das 09h00 às 20h00, no Pavilhão Municipal de Santarém.

 

O Santarém Cup/Oz Energia prossegue hoje, numa organização da Associação Académica de Santarém, que vai juntar na Cidade, mais de um milhar de atletas, até dia 15 de abril.

O torneio é disputado nos escalões de Sub-10, Sub-11, Infantis e Iniciados, e tem inscritas 60 equipas (52 de futebol 7 e 8 de futebol 11), que vão disputar 166 jogos, em quatro campos distintos - Agrária, Chã das Padeiras, Ribeira de Santarém e Moçarria, dirigidos por um total de 40 árbitros.

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira recebe o Festival itinerante de One-Man-Bands - Um ao Molhe, com CATAPULTA, JOANA GUERRA e BLEID.

 

O que acontece quando se consegue juntar um carro e alguns dos melhores músicos nacionais com projectos a solo?

O Um ao Molhe vai deixar tudo para trás e fazer-se à estrada. Com os caixotes arrumados na mala, bebidas e maços de tabaco nos bancos de trás, paragens marcadas um pouco por todo o país e fora dele, o festival está pronto para arrancar. Pelo caminho vai dar boleia a vários artistas solitários e a todos os que queiram embarcar nesta digressão.

Ao longo de três meses, vão ser várias as cidades e os espaços que vão acolher este festival.

O objectivo é promover uma amostra do que de melhor se tem feito ao nível de bandas de um Homem só em Portugal e criar um circuito para o crescente número de músicos emergentes.

(Música) (Duração) 180’ (30’ por concerto) (Classificação) M/06 (Preço) 4€

 

Às 21h30, tem lugar o “Concerto Novo Abril”, no CCRS – Centro Cultural Regional de Santarém - Fórum Actor Mário Viegas, com as bandas Sr. Doutor, Nooj, Surreal Prisma e Cicuta, integrado no programa das comemorações do 25 de Abril. Entrada: 3 Rocks.

 

sábado:

 

Este sábado, dia 15 de abril, a partir das 09h00, prossegue o XII Torneio de Formação Comendador José Gonçalves Pereira, no Atlético Clube de Pernes.

 

O 14º Torneio Hóquei em Patins Cidade de Santarém, organizado pelo Hóquei Clube de Santarém, prossegue este sábado, das 09h00 às 20h00, no Pavilhão Municipal de Santarém.

 

Este sábado é o último dia do Santarém Cup/Oz Energia, organizado pela Associação Académica de Santarém, que junta na Cidade, mais de um milhar de atletas.

O torneio é disputado nos escalões de Sub-10, Sub-11, Infantis e Iniciados, e tem inscritas 60 equipas (52 de futebol 7 e 8 de futebol 11), que vão disputar 166 jogos, em quatro campos distintos - Agrária, Chã das Padeiras, Ribeira de Santarém e Moçarria, dirigidos por um total de 40 árbitros.

 

Às 21h30, no âmbito da Temporada da Primavera do Teatro Taborda, o Círculo Cultural Scalabitano acolhe a iniciativa O TEATRO TAMBÉM É MÚSICA, em que vai ser apresentado o álbum "O mundo lá fora".

 

Lázaro Menino, este rapaz de 17 anos, nascido em Santarém vai apresentar o seu primeiro álbum no Círculo Cultural Scalabitano. O objetivo deste jovem artista é conseguir viver da música em Portugal, chegando ao topo no seu país e ser conhecido lá fora. Com influências de Sam Smith e Diogo Piçarra, este jovem promete um espetáculo a não perder.

Link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=vptC_kxoSBY

 

Em permanência:

 

A Sala de Leitura Bernardo Santareno acolhe, até dia 30 de abril, a Exposição Comemorativa “Correio do Ribatejo – 125 anos”. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

“O Jornal Correio do Ribatejo festeja, a 9 de abril de 2016, os 125 anos de publicações ininterruptas. O Jornal foi fundado a 9 de Abril de 1891 pelo ribeirense João Arruda (1868-1934) sob o nome de Correio da Extremadura, mas com o olhar na criação de uma nova região, o Ribatejo. Ao longo de décadas, o Jornal passou por revoltas, mudanças políticas e movimentos sociais, defendendo sempre os interesses da sua região e do seu distrito.

A exposição comemorativa do 125.º aniversário é composta por 5 Roll Up e aborda a história do Jornal desde a sua fundação até à atualidade. O primeiro Roll Up descreve o percurso do jornal entre 1891 e 1934, ano da morte do seu diretor João Arruda. O segundo Roll Up está balizado entre 1934 e 1945, ano em que o Jornal se passou a chamar Correio do Ribatejo. Durante este período, o semanário passou a ser dirigido pelo advogado Virgílio Arruda (1905-1989). O terceiro Roll Up retrata a vida do Jornal e da sua tipografia nas décadas de 50 e 60 do século XX. Os anos da democracia e a direção do jornalista Bernardo Figueiredo Duarte (1928-2001), a partir de 1989, são descritos no quarto Roll Up. No último Roll Up apresenta-se os desafios no futuro de um centenário Jornal em papel com ligações às novas aplicações informáticas.

 

Até dia 30 de abril, visite a Exposição bibliográfica “Vamos ler… Almada Negreiros”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

“Almada Negreiros natural de Trindade (S. Tomé e Príncipe), onde nasceu a 7 de Abril do ano 1893, ficou conhecido como um artista português multidisciplinar, tendo-se dedicado ao desenho, à pintura e à escrita – poesia, romance, ensaio e dramaturgia.

Trata-se de uma figura impar, essencialmente um autodidata, dado que não frequentou qualquer escola do ensino artístico, mas alcançou notoriedade e diferenciou-se como um dos notáveis com uma vasta obra que marcou o primeiro quartel do seculo XX e que se prolongou por varias décadas sobrepondo-se à segunda e terceira geração de modernistas.

O início da sua carreira foi no campo da escrita interventiva com uma intervenção ativa na dinâmica do grupo ligado à Revista Orpheu.

Da sua vasta obra, quer no campo da escrita quer no das artes, Almada Negreiros afirmou-se como um caso impar de energia criativa. Veio a falecer em Lisboa, com 77 anos, no ano de 1970.

Neste mês de Abril homenageamos e relembramos Almada Negreiros na passagem do seu 124º Aniversario Natalício com uma exposição documental patente ao público na Biblioteca Municipal de Santarém”.

 

Até dia 30 de abril, visite o Arquivo Histórico Municipal-Mostra Documental “Falam documentos de outras eras” - Registo da Ley do Selo, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

“Eu a Rainha faço Faço saber aos/ que este Alvará comforça de Lei virem/ Quetendo considerando edezejando promover amilhor fortuna dos me/us vasalos esendo para estefimne/cesario suprimir as Rendas do Es/tado par adefesa dos meus Reinos. Registada na vila de Santarém aos vinte de julho de 1797. Assina o escrivão, António Furtado de Mendonça Montalvo.

A Rainha D. Maria I, ou seja, o príncipe regente (D. João VI) despacha em nome de sua mãe. Recorre a uma medida que já havia sido utilizada em séculos anteriores, a receita do papel selado, para reforçar as despesas militares e de guerras. O uso do papel selado era obrigatório em todos os atos oficiais”.

 

Até dia 6 de maio, visite a Exposição de cartoons digitais - Cromos DuNando, no Palácio Landal. A Exposição fica patente até dia 6 de maio, e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, e aos sábados, das10h00 às 13h00.

 

«A exposição Cromos DuNando é um conjunto de cartoons digitais divulgados nas redes sociais. São, por assim dizer, sínteses das personagens que, por uma ou outra razão, se cruzaram com o autor. Alguns destes cromos são fruto da interação – ou da sugestão - dos amigos “facebookianos” a quem o autor convidou para redigir a legenda. Os amigos envolvidos, foram “selecionados” tendo em conta a “proximidade” com cada uma das personalidades».

 

Até dia 17 de junho, o Bar-Galeria do Teatro Sá da Bandeira acolhe a Exposição/Instalação/Investigação | Para uma Timeline a Haver - genealogias da dança enquanto prática artística em Portugal, de Ana Bigotte Vieira, João dos Santos Martins. A Exposição pode ser visitada de quarta-feira a sábado, das 16h00 às 19h00. Em noites de espetáculo abre uma hora antes do mesmo.

“Construindo na galeria do Teatro Sá da Bandeira uma cronologia para a dança em Portugal, “Para uma Timeline a Haver” é um exercício coletivo de investigação e de sinalização de marcos relativos ao desenvolvimento e disseminação da dança como prática artística em Portugal nos séculos XX e XXI, com especial incidência na segunda metade do século XX”.

 

O Piano-Bar do Teatro Sá da Bandeira acolhe, até dia 17 de junho, a Exposição Dança do Existir - Retrospetiva em imagens do trabalho coreográfico de Vera Mantero. A Exposição pode ser visitada de quarta-feira a sábado, das 16h00 às 19h00. Em noites de espetáculo abre uma hora antes do mesmo.

“Cerca de 30 fotografias traçando o percurso da coreógrafa, das suas primeiras criações às mais recentes. A exposição integra ainda a consulta de registos videográficos de alguns dos trabalhos da coreógrafa. Fotos de lcino Gonçalves, Dirk Rose, Henrique Delgado, José Fabião, Jorge Gonçalves, João Tuna, Laurent Philippe”.

 

Até final de junho, visite a Exposição - Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’- destaque trimestral para uma obra da autoria da pintora Vieira da Silva: Primavera, serigrafia s/ papel, datada do século XX. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire.

“Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais”.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Segmento de fuste de coluna com altos-relevos nas duas faces opostas. Numa encontra-se o brasão oitocentista das armas da Vila de Santarém e na outra em quadrante solar, vertical e retangular sem estilete, com orientação a meridional (quadrante meridiano). O relógio de sol encontra-se datado e a numeração das partes do dia (horas) foram insculpidas em capitais romanos, pelo processo de sulco, na sequência das linhas divisórias.

O brasão de Santarém, documentado na sigilografia desde 1246, encontra-se presente em vários testemunhos da arquitetura civil, como a ponte de Alcorce, o Chafariz de Palhais ou das Figueiras, o padrão de Santa Iria ou a Fonte da Junqueira. Testemunhando o domínio da propriedade municipal, a partilha de despesas entre o município e a coroa, a ostentação ou a comemoração dos seus emblemas (o castelo e o rio e escudetes régios), ele constitui uma fonte essencial para a história concelhia e para a identidade das suas populações no tempo e no espaço”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:36
link do post | comentar | favorito

Câmara de Azambuja abre procedimento para elaboração de regulamento das Piscinas Municipais

O Executivo Municipal de Azambuja aprovou, na sua última reunião ordinária, no dia 10 de abril, a abertura do procedimento de elaboração do futuro Regulamento de Funcionamento das Piscinas do Município de Azambuja. Este passo inicial do processo dá cumprimento ao Código do Procedimento Administrativo, tendo em vista a recolha de contributos para a construção do referido documento. Todos os cidadãos interessados em participar deverão apresentar as suas sugestões por escrito, em requerimento dirigido ao Presidente da Câmara, indicando Regulamento de Funcionamento das Piscinas Municipais de Azambuja.

 

Foi aprovada a autorização de compromisso plurianual para a aquisição de uma Plataforma de Ensino Assistido, pelo período de 30 meses (anos 2017, 2018 e 2019), no valor de 10.666,67€. Esta plataforma contribuirá para uma gestão mais eficiente das áreas de Educação e de Ação Social do Município de Azambuja.

 

A Vereação aprovou, também nesta reunião ordinária, a continuidade da redução da renda mensal, de 1.424,00 euros para 996,80 euros, ao concessionário da exploração de um espaço público para a atividade de comércio automóvel, na vila de Azambuja. A prorrogação da renda reduzida foi concedida pelo período de um ano, com efeito a partir de janeiro do corrente ano.

 

No âmbito da Feira de Maio 2017, que decorrerá entre os próximos dias 25 e 29 de maio, foram aprovadas duas propostas, uma para autorização do pagamento referente a trabalho extraordinário dos colaboradores envolvidos nas diversas atividades da feira; e outra para o procedimento de adjudicação dos lugares de venda a retalho, restauração, bebidas e divertimentos que os respetivos interessados deverão cumprir.

 

Foi, igualmente, deliberado aprovar duas propostas de acordos de pagamento para regularização de dívidas ao município. Um, com a empresa ‘Ouro e Bento, Lda.’, que irá efectuar o pagamento da quantia em dívida no montante de 24.930,21€ (com isenção de juros de mora), referente a rendas da exploração dos talhos 1 e 2 do Mercado Municipal; e outro acordo com o Aveiras de Cima Sport Clube, no valor de 3.888,64€, decorrentes das taxas de utilização de transportes municipais ao longo dos últimos anos.

 

Por fim, foram aprovadas três ratificações de despachos. A cedência de 200 baias metálicas ao Município de Almeirim; o empréstimo e transporte de mesas e assadores no âmbito da III Festa Campera, realizada a 1 de abril em Santo Estevão – Benavente; e a cedência da máquina motoniveladora, pelo período de três dias, ao Município do Cartaxo



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:35
link do post | comentar | favorito

Câmara de Santarém está a repavimentar acesso e zona de estacionamento da Escola EB23 Alexandre Herculano

unnamed.jpg

 

 

O acesso e a zona de estacionamento da Escola EB23 Alexandre Herculano, na União de Freguesias da Cidade de Santarém, estão a ser repavimentados, de modo a dar melhores condições a todos quantos utilizam aquele espaço.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:53
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE: Doente on...

"O medo tem alguma utilid...

Município de Azambuja ass...

Ano letivo 2019-2020 arra...

Tomar – Prisão preventiva...

Arroz é rei em novo event...

PSD visita operação de li...

Fórum Cultural em Arruda ...

CÂMARA MUNICIPAL DO CARTA...

Santarém retoma liderança...

União de Tertúlias de Aza...

Mercado de Outono e ofici...

ATIVIDADES PRIMEIRO FIM D...

ELA É UMA MÚSICA OCUPA VA...

Espaço Cidadão em Aveiras...

Politécnico de Santarém a...

Centro Cultural recebe se...

X Maratona BTT NO TRILHO...

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A...

CÂMARA ENTREGOU FICHAS ES...

"Love Conquers All", no J...

Rock na Aldeia 2019

Município de Azambuja ass...

Parabéns Cátia Mateus!......

O Movimento Juntos pelo R...

Joana Bagulho toca Carlos...

NERSANT Business soma já ...

TEMAS DE SAÚDE: Sequelas ...

Não nascemos para sermos ...

‘Os homens e as mulheres ...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds