NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 8 de Maio de 2017
“Verão In. Santarém…é um espanto” eleito como “Melhor evento 2016” pela Entidade de Turismo Alentejo/ Ribatejo

 

O projeto “Verão In. Santarém…é um espanto”, da Câmara de Santarém, foi eleito pela Entidade de Turismo Alentejo/ Ribatejo como o “Melhor evento 2016”. O Prémio entregue a este Projeto, pelo segundo ano consecutivo, foi entregue no domingo, dia 7 de maio, a Luís Farinha, Vereador com o Pelouro do Turismo na Câmara de Santarém, e integra a sétima edição dos Prémios “Turismo do Alentejo” e a terceira edição dos Prémios “Turismo do Ribatejo”, numa cerimónia que decorreu no Centro Cultural Fialho de Almeida, em Cuba do Alentejo, que contou com a presença de Nuno Domingos, Técnico Superior da Câmara de Santarém.

 

A autarquia Scalabitana felicita e agradece a todos os parceiros, instituições, associações, artistas, empresários e empresas que acreditam e apoiam este projeto.

 

Este ano a iniciativa contou com 171 projetos a concurso, sendo 138 do Alentejo e 38 do Ribatejo. Os Prémios Turismo Alentejo e os Prémios Turismo Ribatejo são atribuídos em nove categorias, nomeadamente Melhor Empreendimento Turístico, Melhor Animação Turística, Melhor Turismo Rural, Melhor Enoturismo, Melhor Evento, Melhor Gastronomia, Melhor Projeto Público, Melhor Alojamento Local e Melhor Tecnologia e Comunicação. O objetivo é distinguir e divulgar a excelência e inovação da oferta que têm contribuído para projetar e afirmar o território.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:34
link do post | comentar | favorito

Feira de Magos anima Salvaterra de Magos

 

Salvaterra de Magos recebe de 12 a 21 de maio a Feira de Magos 2017 com concertos, exposições, atividades taurinas e equestres, máquinas agrícolas e carrosséis.

 

Anjos, Miguel Ângelo, Fábia Rebordão e Xerife são alguns dos convidados musicais deste certame organizado pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, assumindo-se como um ícone da identidade concelhia.

 

No âmbito da Feira de Magos 2017 serão inauguradas três exposições. “Tabernas – lugares da nossa história”, a inaugurar no dia 12 maio (sexta-feira – 21h30) e patente na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos; “Lagar de Azeite em Marinhais – Uma tradição centenária”, a 13 de maio (sábado – 15 horas), no Mercado de Cultura de Marinhais; e “João Ramalho e José Dias, dois ganadeiros no concelho de Salvaterra de Magos”, que será inaugurada no dia 14 de maio (domingo – 15 horas) no Edifício do Cais da Vala, em Salvaterra de Magos.

 

O arranque do certame está marcado para sexta-feira, 12 de maio, pelas 19 horas, com cortejo de abertura da rotunda da Vila Magos até ao recinto da Feira. A exposição “Tabernas – lugares da nossa história” será inaugurada pelas 21h30 com recreações e figurantes e às 23h30 haverá vacada no recinto da Feira.

 

Sábado, 13 de maio, há prova de ensino de Equitação de Trabalho (10h), no Picadeiro Municipal, a contar para o Campeonato Regional Centro, com continuação à tarde (14h). Uma hora depois (15h) inaugura a exposição “Lagar de azeite em Marinhais – uma tradição centenária” e entre as 16h e as 20h decorre o Programa da RTP “Aqui Portugal” na Tenda Multiusos e Recinto da Feira. Para as 22h está marcada uma Gala Equestre no Picadeiro e no Auditório da Capela Real decorre a Festa da Juventude com concertos “Quem é o Bob?”, The Pilinha e BWhite DJ, numa organização da Comissão das Festas do Foral, dos Toiros e do Fandango.

 

No domingo, 14 de maio, a manhã (9h) é dedicada a provas de Maneabilidade de Equitação de Trabalho no Picadeiro e a tarde (14h) a provas de velocidade. Às 15h é inaugurada a exposição “José Ramalho e José Dias – dois ganadeiros no concelho de Salvaterra de Magos”, no Edifício do Cais da Vala, seguindo-se uma Matiné Infantil – O Circo do Orlandito (16h) na Tenda Multiusos. A Praça de Toiros de Salvaterra de Magos recebe a II Corrida dos Agricultores de Tomate do Ribatejo (17h) e à noite (21h) sobe ao palco da Tenda a fadista Fábia Rebordão.

 

Durante a semana haverá atuações na Tenda Multiusos, a partir das 21h, da Associação MC Company, AJ Dance Crew, Sevilhanas Rocieras de Alcochete, Cantigas na Eira, Dream Dancing e Danças Desportuvas do Clube Desportivo Salvaterrense.

 

Para sexta-feira, 19 de maio, está marcado (22h) um concerto com Miguel Ângelo, na Tenda Multiusos da Feira, uma vacada (23h30) e um concerto com a banda Xerife (00h).

 

Sábado, 20 de maio, decorre a II Exposição Canina Especializada de Raças Portuguesas de Salvaterra de Magos, no Cais da Vila (10h) e a tradicional Romaria a Cavalo em honra de Nossa Senhora da Conceição (11h). Pelas 11h30 será inaugurado o Parque de Autocaravanas de Salvaterra de Magos, junto à EN118. À tarde há Batismo de Equitação para crianças e adultos no Picadeiro Municipal (14h30), o II Concurso Canino de Salvaterra, no Cais da Vala Real (15h), uma Matiné Infantil na Tenda Multiusos (16h), uma Demonstração de Carrossel pelos alunos do Clube Equestre da Lapa (16h30) e salto de obstáculos (17h30) no Picadeiro. O concerto acústico com os Anjos, na Tenda Multiusos, está marcado para as 23h, seguindo-se vacada (00h) no recinto da Feira e concerto com Pearl Band (Tributo a Pearl Jam) na Tenda.

 

Domingo, 21 de maio, o programa arranca pelas 14h30 com Demonstração de Equitação Natural com a cavaleira Joana Correia e Concurso de Obstáculos, no Picadeiro Municipal, atuação do Rancho Folclórico Regional Infantil de Foros de Salvaterra (16h) e Treino de Forcados com demonstração de pegas (17h), com o Apoio do Grupo de Forcados de Salvaterra de Magos, no recinto da Feira.

 

A Feira de Magos 2017 termina (22h) com uma sessão de fogo-de-artifício no Cais da Vala Real.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:25
link do post | comentar | favorito

SALVATERRA DE MAGOS CONQUISTA QUATRO PRÉMIOS DE TURISMO ALENTEJO/ RIBATEJO 2016

 

unnamed.jpg

 

A Entidade de Turismo Alentejo/ Ribatejo entregou, ontem dia 7 de maio, os Prémios de Turismo 2016 numa cerimónia realizada no Centro Cultural Fialho de Almeida, em Cuba (Alentejo). O concelho de Salvaterra de Magos trouxe para casa quatro prémios em diferentes categorias.

 

A Falcoaria Real de Salvaterra de Magos foi distinguida pelo seu contributo para o desenvolvimento turístico do Ribatejo com o Prémio “Melhor Projeto Público 2016”.

 

A Promartur, sediada em Marinhais, conquistou o Prémio Melhor Animação Turística pela dinamização da Rota do Escaroupim e da Cultura Avieira e as Casas do Falcoeiro, em Salvaterra de Magos, foi distinguida na categoria Melhor Alojamento Local.

 

A comissão executiva da Entidade de Turismo decidiu ainda atribuir o Prémio Especial Turismo do Alentejo/ Ribatejo 2016 ao Município de Salvaterra de Magos pelo contributo para o sucesso da candidatura “Falcoaria, um Património Humano Vivo”, apresentada conjuntamente com a Associação Portuguesa de Falcoaria e a Universidade de Évora, que culminou com a classificação desta prática de caça como Património Cultural Imaterial da Humanidade a 1 de dezembro de 2016.

 

Para o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio, “o número e a diversidade dos prémios com que o concelho de Salvaterra de Magos foi distinguido pela Entidade de Turismo Alentejo e Ribatejo são o reconhecimento do esforço e do trabalho que os agentes económicos e o Município de Salvaterra de Magos vêm desenvolvendo ao longo destes últimos anos e são também um tónico para que, em conjunto, possamos prosseguir este caminho de promoção e valorização do nosso potencial endógeno, o que seguramente vai continuar a permitir reduzir o número de desempregados e desenvolver a economia local”.

 

António Ceia da Silva, presidente da Entidade de Turismo Alentejo e Ribatejo, sublinhou que “com a entrega destes prémios queremos agradecer a quem, durante o ano, contribui para a dinâmica da nossa região”.

 

Este ano a iniciativa contou com 171 projetos a concurso, sendo 138 do Alentejo e 38 do Ribatejo. O objetivo é distinguir e divulgar a excelência e inovação da oferta que têm contribuído para projetar e afirmar o território.

 

Os Prémios Turismo Alentejo e os Prémios Turismo Ribatejo são atribuídos em nove categorias,nomeadamente Melhor Empreendimento Turístico, Melhor Animação Turística, Melhor Turismo Rural, Melhor Enoturismo, Melhor Evento, Melhor Gastronomia, Melhor Projeto Público, Melhor Alojamento Local e Melhor Tecnologia e Comunicação.

 

Na cerimónia, além das nove categorias a concurso, foram também entregues: o Prémio “Agência Regional de Promoção Turística Externa do Alentejo”, o “Prémio Comunicação Alentejo / Ribatejo”, o Prémio Especial “Turismo do Alentejo / Ribatejo” e “Distinção Iniciativa”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:04
link do post | comentar | favorito

1º Festival de Fitness – PAFT, em Manique do Intendente

 

É já no próximo dia 14 de maio, que o Município de Azambuja leva a efeito mais uma atividade PAFT – Programa Atividade Física para Todos. A grande e histórica Praça dos Imperadores, em Manique do Intendente será o palco do “1º Festival de Fitness”, um evento de participação coletiva que irá proporcionar uma manhã cheia de exercício, boa disposição e convívio. A organização é uma parceria da Câmara Municipal, com a Junta da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa e com a Casa do Povo de Manique do Intendente.

 

A participação está aberta a toda a população e as inscrições são gratuitas, a efectuar no próprio dia e local a partir das 09h00. A iniciativa arranca às 10h00, e será possível experimentar as modalidades de Zumba, Cardio-Kick e Fit-Mix. Aconselha-se os participantes a levarem roupa e calçado adequados à prática desportiva, bem como água.

 

 

Mais um "Dia do Refeitório Aberto" em Azambuja

 

 

O Município de Azambuja volta a realizar um “Dia do Refeitório Aberto” nos três agrupamentos de escolas do concelho. Neste 3º período letivo, a iniciativa terá lugar no dia 15 de maio, em todos os estabelecimentos de ensino pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico.

 

Assim, os pais são convidados a almoçar com os filhos, no dia 15 de maio de 2017 (2ª feira), mediante inscrição prévia na escola do respetivo educando. De acordo com a população escolar, os estabelecimentos têm o seguinte número de vagas: EB e J.Infância Boavida Canada – 20; EB Azambuja + Socasa – 10; EB Prof. Inocêncio Carrilho Lopes (Quinta dos Gatos) – 10; EB e J.Infância de Vila Nova da Rainha – 5; EB Vale-Aveiras – 14; EB de Aveiras de Cima – 10; EB e J.Infância de Vale do Paraíso – 10; EB de Vale do Brejo – 5; EB e J.Infância de Alcoentre – 10; J.Infância de Manique do Intendente – 6; e EB de Manique do Intendente – 10.

 

Os grandes objetivos são estreitar e consolidar a relação entre a família e a escola; dar a conhecer aos pais as condições e a qualidade da alimentação das suas crianças; e, simultaneamente, sensibilizar a comunidade para a adoção de boas práticas alimentares, uma vez que a alimentação, em particular na infância, assume um papel preponderante no desenvolvimento emocional, intelectual e social de todo o ser humano. Por outro lado, a resposta positiva de muitos pais e encarregados de educação, desde o lançamento no ano letivo 2011/2012, levou a autarquia a manter esta iniciativa



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:02
link do post | comentar | favorito

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO COM APOSTA NO TURISMO E CRIAÇÃO DE EMPREGO SÃO PRIORIDADES DO PSD EM BENAVENTE

 

EURODEPUTADO CARLOS COELHO DISPONÍVEL PARA CRIAR CENTRO DE FORMAÇÃO

 DE AUTARCAS NO RIBATEJO

 

Uma oportunidade única para iniciar um novo ciclo de governação no concelho de Benavente. Foi desta forma que o Eurodeputado Carlos Coelho justificou a sua presença num encontro com candidatos e apoiantes do MAIS PARA TODOS |PSD na sexta-feira, 5 de maio em Benavente.

 

Sem bandeiras, nem símbolos do PSD, o encontro reuniu mais de 200 pessoas num concelho governado pelas coligações com base no PCP há 38 anos. “Esta é a nossa primeira vitória. Todos os que aqui estão vieram de livre vontade, sem pressões e pagaram para estar aqui”, disse Ricardo Oliveira, atual vereador e candidato à Presidência da Câmara Municipal de Benavente.

Rodeado da equipa “criada para formar o novo executivo”, com Luís Feitor, Sónia Ferreira e Calos Salvador, nos lugares imediatos, Ricardo Oliveira acusou a atual maioria comunista de clientelismo e descriminação de quem não está no sistema e garantiu que a partir de outubro todos os munícipes serão tratados da mesma forma. “É preciso corrigir este défice de Liberdade que tudo condiciona”, referiu.

As prioridades de Ricardo Oliveira e da sua equipa vão para a promoção do desenvolvimento económico com atração de novos investimentos que criem emprego e dinamizem as economias locais. “Vejam o estado do que chamam de zonas industriais em Benavente e Samora Correia”, referiu. O autarca está preocupado com o desemprego e a falta de oportunidades para os jovens.

A criação de novas ofertas de ensino profissional é outra das prioridades do candidato social democrata que integra na sua equipa vários independentes.

“As nossas listas são inclusivas e têm pessoas de todas as sensibilidades. Escolhemos os melhores sem condicionamentos ideológicos e sem constrangimentos. A lista de Samora Correia tem 90% de independentes porque o que conta são as pessoas”, referiu Nelson Lopes, candidato do MAIS PARA TODOS| PSD na freguesia de Samora Correia.

A noite foi também de apresentação da candidata à Presidência da Assembleia Municipal de Benavente pelo MAIS PARA TODOS| PSD. A professora Dora Morgado foi a escolhida pela sua vasta experiência e capacidade de trabalhar com todos. A candidata independente integra as listas do PSD há duas décadas em várias funções.

“Iremos dignificar a Assembleia como órgão fiscalizador no acompanhamento da atividade da câmara”, garantiu.

Dora Morgado, residente nos Arados, Samora Correia, é docente na Escola EB 2/3 Professor João Fernandes Pratas onde desempenhou funções de direção.

Nas freguesias, Nelson Lopes é o candidato à Presidência da Junta de Freguesia de Samora Correia. Bruno Nepomuceno lidera a lista para a Junta de Freguesia de Benavente e em Santo Estêvão, Nelson Norte, atual presidente candidata-se a renovar o mandato por mais quatro anos conforme incentivo da maioria da população. Os candidatos fizeram-se acompanhar das suas equipas e de dezenas de apoiantes.

“Estas listas integram os homens e mulheres dedicados das nossas comunidades. Todos estamos habituados a servir sem interesses pessoais nas nossas associações, instituições, comissões de festas porque gostamos muito das nossas terras”, referiu Nelson Norte que é o atual Presidente da Junta de Freguesia de Santo Estêvão e propõe renovar o mandato.

O eurodeputado Carlos Coelho recordou o exemplo da vitória de Ricardo Oliveira em Santo Estêvão há oito anos quando poucos acreditavam. “O Ricardo conquistou a junta da sua terra, agora é vereador e no dia 1 de outubro será o novo presidente da Câmara Municipal de Benavente”, adiantou.

“Este concelho tem todas as condições para estar num patamar superior de desenvolvimento e modernidade e são estas mulheres e estes homens que nos dão garantias de o fazer com trabalho, competência e empenho”, acrescentou o Eurodeputado que veio diretamente de Estrasburgo para estar no jantar em Benavente.

Nuno Serra, Presidente da Comissão Política Distrital do PSD desafiou Carlos Coelho, o pai da Universidade de Verão do PSD, a criar um centro de formação de autarcas no Ribatejo. O desafio foi aceite por Carlos Coelho que vincou a necessidade dos autarcas estarem preparados para as novas competências e atribuições.

   O MAIS PARA TODOS| PSD considera que 2017 será um ano de novas oportunidades para o município de Benavente. “Estamos disponíveis para iniciar um novo ciclo de Esperança, Confiança e Progresso para os mais de 30000 munícipes.”



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:58
link do post | comentar | favorito

PASSEIO DA ESPIGA

unnamed.jpg

 

Centro Paroquial de Bem Estar Social de Pontével convida para um passeio muito especial no Dia da Espiga.

 

Uma viagem para conhecer o Seminário das missões em Cernache de Bonjardim e visitar a histórica vila de Dornes, em Ferreira do Zêzere, é o que o Centro Paroquial de Bem Estar Social de Pontével propõe para o Feriado Municipal – dia 25 de maio, Quinta-Feira de Espiga. A partida está marcada para as 7h30 e o regresso a Pontével está previsto par as 19h30.

 

 

GALA POP ROCK CELEBRA ANOS 60

O grande concerto dos Anos 60 está de volta ao Cartaxo e conta, mais uma vez, com a apresentação de António José Portela. As bandas sobem ao palco no próximo dia 20 de maio, sábado, a partir das 21h30.

 

A Gala Pop Rock que António José Portela traz ao Cartaxo anualmente é mais do que um simples concerto, é um verdadeiro festival Pop Rock – músicos e bandas levam o público de volta aos fantásticos Anos 60 com canções que são verdadeiros testemunhos da geração que usou a música como instrumento de mudança cultural e intervenção social.

 

Este ano serão seis bandas as responsáveis por pôr a plateia a cantar e a dançar pela noite dentro.

 

Bandas presentes

Fourteto (Animação no hall de entrada)

Banda Odisseia com Manuel Carvalho

Back to Sixties (Alfredo Azinheira)

Guitarras de Fogo José Manuel Concha (Os Conchas)

Charruas Chinchilas (Phil Mendrix)

Discovers

 

BAILE DA PORCA E DO PARAFUSO

Um baile que dá prémios a quem encontrar o par ideal é a proposta do Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével.

 

 

Não se deixe enganar, a única mecânica com que o Baile da Porca e do Parafuso tem a ver, é com a mecânica do convívio e da diversão. Pôr toda a gente à procura do seu parafuso ou da sua porca ideal é apenas um modo divertido de pôr os pares a dançar pela noite fora.

 

Aceite o desafio do Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével e no dia 20 de maio, sábado, vá até à Casa do Povo de Pontével e dance muito. Para garantir que não perde nadinha da diversão, aceite o convite e vá jantar às 19h30 com a família e os amigos, se já tem planos para jantar, passe por Pontével a partir das 21h30 e fique para o Baile.

 

MERCADO À MODA ANTIGA EM PONTÉVEL

 

 Domingo, dia 14 de maio, vai ser dia de ir ao Mercado e abastecer a despensa para a semana de trabalho. O Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével propõe que o faça à Moda Antiga.


O Largo do Coreto, em Pontével, vai receber as bancas dos mercadores vindos de tempos antigos para fornecer iguarias às gentes do Séc. XXI. Para não perder os produtos mais frescos e saborosos, pegue no cesto e vá até ao Mercado à Moda Antiga – chegue bem cedo que as bancas abrem às 10h00 e prometem surpreender pela diversidade da oferta.

Os mercadores vestidos rigor vão estar disponíveis para partilhar consigo todos os segredos de antigamente.
 

 

SUNSET BIFANA & COURATO

Quarentões 2017 convidam para uma tarde de petiscada à beira rio.

 

O Rio da Fonte, em Pontével, vai ser o centro de toda a atividade que os Quarentões 2017 propõem para o próximo dia 21 de maio, domingo. A manhã começa com uma caminhada de 8 Km, seguida de um lauto almoço à base de porco no espeto e para passar a tarde da melhor maneira, o Sunset Bifana & Courato começa às 16h00.

 

Para os mais novos o insuflável promete muita brincadeira e diversão, para os menos friorentos o Rio oferece banhos em água transparente e para os que preferem ficar sentados na amena cavaqueira, os petiscos e a cerveja a metro vão ser companheiros fiéis.

 

Não perca nenhuma das atividade – faça a Caminhada e garanta que as calorias da tarde já estão gastas com o exercício físico da manhã.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:11
link do post | comentar | favorito

Domingo, 7 de Maio de 2017
TEMAS DE SAÚDE: Stress ansiedade e competências psicológicas

ANTONIETA.jpg

 

Por: Antonieta Dias (*)

 

 

A investigação do stress, ansiedade e das competências psicológicas está cada vez mais desenvolvida pelos vários autores que estão direta ou indiretamente ligados ao fenómeno desportivo.

Hoje já é aceite que na alta competição nada se decida sem ouvir a opinião do psicólogo sobre as possibilidades que determinado atleta tem para obter sucesso.

“Muitos são os autores que consideram que a psicologia do desporto deve ser profundamente investigada, na tentativa de poder melhorar a performance e o rendimento dos atletas.

Todos os estudos efetuados até á data comprovam que os desportistas de alto rendimento obtêm com mais facilidade o sucesso e lesionam-se menos quando conseguem controlar facilmente o stress e a ansiedade gerada pela competição. Também outras investigações realizadas demonstram que a recuperação das lesões é mais rápida nestes atletas.”

A importância dos fatores psicológicos tem sido alvo de comentários por parte de muitos investigadores dos quais faremos algumas referências:

Mahoney (1979) referiu a necessidade de ser dada prioridade à investigação psicológica em contextos desportivos e salientou a importância dos contextos desportivos como microcosmo da sociedade, onde a compreensão do comportamento e da adaptação humana poderão mais facilmente testadas e desenvolvidas.

Smith (1989,p.199) considera que o “desporto é um laboratório naturalístico extremamente rico para o estudo de uma gama de fenómenos psicológicos e oferece uma multitude de oportunidades para os investigadores que estejam interessados em ansiedade”. Por sua vez (Hakfort e Spielberger, 1989) dizem que o stress e a ansiedade são fenómenos intrinsecamente ligados e associados ao treino e á competição desportiva e que o contexto desportivo pode ser considerado como “uma situação ideal para estudar os antecedentes, a dinâmica e as consequências do stress e da ansiedade.”

Smith81980), diz que a atividade e competição desportivas são capazes de gerar elevados níveis de stress e ansiedade em muitos atletas, seja ao nível do desporto de iniciação, seja ao nível do desporto de alta competição. Se para alguns a competição constitui uma atividade agradável e desafiadora, para outros o desporto pode constituir uma situação ameaçadora e mesmo aversiva.

Esta complexidade de vivências experienciadas pelos atletas poderá em alguns casos ser indiciadora, do êxito e sucesso desportivo, mas noutros traduzir-se – à por um fracasso ou mesmo por um abandono da própria atividade.

Todos os estudos efetuados até à data, são indicadores de que os níveis adequados de stress e ansiedade, funcionarão como efeitos benéficos para o rendimento desportivo.

(*) Prof.ª Doutora

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:57
link do post | comentar | favorito

FARTA DE ESTAR SÓ...

FLORBELA.png

Por: Florbela Gil

 

 

Estava chegando a noite, estive todo o dia, esperando que alguém me telefonasse, me escrevesse, me disse-se "OLÁ". Nada..... Ninguém.

 
Passaram-se dias, noites, e eu aqui esperando uma palavra doce cheia de esperança, de carinho.
 
"Onde pára o AMOR?"
 
Essa magia que enlouquece o coração?
Será que algum dia, essa magia vem ao meu encontro?
 
Os anos vão passando, as tristezas, já ultrapassaram alguns limites.
Quero pôr um ponto final, nas coisas tristes, más, e obscuras.
 
Vivo o dia a dia, cheia de neutralidade .Nem penso que vai ser bom nem mau!
Vivo, cada momento o melhor possível. Nem sempre é como eu quero, mas vou tentando
 
TENTANDO- É a palavra de ordem!
Mas as respostas, custam a chegar, nem o correio azul as safa.!
 
Se às vezes visses o meu olhar, que se ilumina quando te vejo, descobrias o mundo maravilhoso dos meus sonhos que trago dentro de mim.
 
 Hoje, 6 dezembro de 1996, recebi pelo correio um postal natal, para juntar a outro muito bonito enviado por uma amiga, a Nathalie.
Dizia assim: - Ama aquela pessoa que tanto gostas. Dá-te aquela que necessita da tua amizade. Sofre quando a dor estiver contigo. Chora se tiveres necessidade, e quando um dia me encontrares diz-me somente " VENCI". Pois quem sofre sente, quem sente, luta e vence.
 E se um dia pensares que não és ninguém no mundo, pensa também que poderás ser o mundo de alguém. Nunca Desesperes, e luta pelo o que é teu. "
 
8 dezembro de 1997.
Venho dar resposta á carta que acabaram de ler.
Hoje posso dizer que sou o mundo de alguém. Hoje digo VENCI!
Venci os meus fantasmas, estou apaixonada, cheia de amor, porque é o primeiro aniversário que passo na companhia de um homem maravilhoso, que me deu razão para continuar a viver, em paz e lutar pela vida. 
Hoje sou Feliz.
Ainda bem que existe sempre algures por aí, alguém que nos ajuda a erguer a cabeça, temos que agradecer, às boas amizades que ainda existem.  Quase 20 anos depois,  ainda sou a melhor amiga do homem que se casou comigo. 


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Respirar fundo & seguir em frente…

ANA GRACIOSA.jpg

Por: Ana Graciosa

 

Por muito que se pense que não vai voltar a doer, que as lágrimas que pensavas já não voltarem a cair, rolarem contra tua vontade, é preciso ter coragem para desistir de muita coisa que só nos atrapalha, de gente que tb desiste de nós, daquilo que em nada nos acrescenta ou trás algo de novo ou de bom à nossa vida… há que ter a noção e saber parar, de deixar de ir atrás de algo ou alguém… ou de quem deixa de sentir, quer seja a nossa falta ou outra coisa que nos tenha presente. Há que abrir a pestana e tomar atenção, para não voltar a ser inocente e ter esperança (principalmente em certas pessoas, que não merecem que se sejamos crédulos), ter cuidado com a má fé e pessoas dúbias, com falta de princípios, respeito, humildade...
Há que deixar de “insistir” ou valorizar, quem deixou de o fazer ou nunca teve uma atitude que prove o contrário.
Na verdade, a falta de um simples gesto ou atitude, devia ser logo interpretado, mas a humildade e os sentimentos puros, tornam-nos cegos e deixamos de saber “ler” nas entrelinhas…
Algumas pessoas, deviam vir com manual de instruções, por serem diferentes do comum normal... ou porque são pessoas disfuncionais... ou porque a validade a que estavam propostas expirou antes do tempo de validade e …assim sendo, deveriam ser reprogramadas ou corremos o risco de se tornarem um “perigo” para a sociedade e o senso comum normal…
Outras, deviam ter aprendido com alguns erros ou com as rasteiras da vida, a tornarem-se melhores, mais dignas e gratas por terem uma nova oportunidade em poder começar algo de novo, novos desafios, novas etapas que possam surgir, mudar positivamente e percorrer novos caminhos sem medos, mas… algumas são tão limitadas e egoístas, que ao pensarem só no próprio umbigo, acabam por se tornar tóxicas e envenenar quem as rodeia.
Como diz uma amiga minha, conviver com diversos tipos de pessoas, nem sempre é uma tarefa fácil. Algumas pessoas já chegam à nossa vida, com uma bagagem enorme de manias, traumas, frustrações, preconceitos, mal amadas, complicadas, com atitudes ruins, nulas e de positividade zero. A falta de capacidade dessas pessoas, em viver na plenitude da palavra, começa nelas próprias, na forma mais pura da sua própria inexistência.
Outra amiga minha, enviou-me um parecer engraçado, sobre pessoas fortes, inteligentes, confiantes, obstinadas, persistentes, resilientes, com resistência mental e estabilidade emocional, com autoconsciência, autocontrole, entre outras e diversas qualidades “atraentes”, que já possuem naturalmente, mas isso não é sinónimo de atrair muita empatia e relações sólidas com outras pessoas. Isto porque elas, essas pessoas fortes, são consideradas arquétipos, que algumas das pessoas tóxicas desejavam ser ou possuir algumas características delas, mas na verdade, não possuem e quase nenhuma delas o pode oferecer. Daí a dificuldade em aceita-las, tentar aprender e retirar o que de positivo podem “oferecer”, mas infelizmente, acabam por rejeitá-las, por sentirem frustração e medo em não conseguirem aprender ou ter que lidar com o brilho ofuscante de quem brilha mesmo na escuridão e nada precisa fazer para que tal aconteça, lol… mas isso tudo, não significa que o ser forte, saiba tudo da vida e muito menos podem ser consideradas as “maiores”.
Desculpem os mais sensíveis, mas estes parasitas da sociedade, são na realidade a origem de tudo o que de “mau” se instalou no senso comum da sociedade em geral e originou o começo do descartável, da falta em expressar emoções, dos débeis sentimentos, onde o que é “difícil” e dá “trabalho”, se põe de lado e daí, tratarem pessoas como coisas ou produtos, concebidas para usar em prazos curtos ou apenas numa Só utilização.
Temos que lutar e tentar combater estes energúmenos, fazer com que sintam (isso é o mais difícil para quem não tem emoções ou sentimentos), o reverso da medalha e passarmos de uma vez por todas, a reger-nos novamente pelo “toque” humano e com sentimentos que arrepiam e valem a pena.
Na vida “ganhasse e perdesse”, apenas temos que ter a capacidade de arquivar e ficar com a experiência, boa ou má, do aprendizado, e com isso melhorar a cada dia.
Só gostava que houvesse alguém, que tivesse a coragem, de olhar nos olhos, ou não (existem tantos outros meios), e dizer o que pensa a respeito da outra pessoa ou de algumas situações. Toda a gente tem virtudes e defeitos, mas é raro alguém ver esses defeitos e os diga. Um olhar de quem está de fora, vale muito, até pode ser uma crítica, seja ela construtiva ou não, mas sei que tudo seria diferente e podia fazer a diferença.
Gosto de gente de alma rasgada, que dá a cara sem temores… Quase não existem, são raríssimas, mas… agradeço a quem já o fez, pois só assim se evolui e cresce, para perceber quem somos, o que podemos ser e no que nos podemos tornar. Não me sinto ofendida com a sinceridade, antes pelo contrário, houvesse quem os tivesse no sítio e fosse honesto e verdadeiro... sempre.

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito

POESIA: NÃO RIAS DE MIM

ALEXANDRA.jpg

 Por: Maria Encarnação Alexandre

 

NÃO RIAS DE MIM


Não! Não rias de mim, nem do que digo
Do que componho ou escrevo. São caudais
Que brotam quando penso e que persigo
Tão fiel quanto os sinto essenciais

Não são nunca lições, nem são castigo
E poderão até nem ser reais
E se forem também não são perigo
Tão pouco insensatez. Isso jamais!

unnamed.jpg

Não! Não rias de mim! Não é loucura
Sabes?...é muitas vezes aventura
Ou ternura, mas pode ser tristeza

Porque sinto a ausência de verdade
Porque vejo tão negra a realidade
Tão falha de costumes e pureza


Imagem da net, pesquisa google

Inspirado no poema do poeta Joaquim Sustelo "NÃO RIAS DO POETA"



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:45
link do post | comentar | favorito

Catarse

ANAFONSECA.jpeg

Por: Ana Fonseca da Luz

 

Dança-me nas mãos toda a quietude adormecida dos teus olhos de menina assustada, como se tivesses medo, que o tempo de que tens saudades, voltasse para trás e te trouxesse as mágoas que há muito fingiste ter esquecido.
Mas hoje, é domingo na tua alma e toda a tua essência vibra de uma felicidade fingida, mas que aos olhos dos outros, parece tão verdadeira e transparente como as lágrimas que não choras, não por vergonha, mas por valentia.
Apertas uma mão na outra, numa ânsia tão grande, que quase se ouve, apesar de dentro de ti reinar um silêncio sepulcral.
Por que não choras?
Se chorasses talvez afogasses essas dores e renascesses, emergindo renascida das coisas que te cravaram no peito…
Baixas os olhos, emudeces e pareces ignorar-me, porque as coisas que te digo, te magoam.
Resolvo dar-te tréguas e fingir que nada aconteceu, que nada nos separa a não ser o silêncio que constantemente brota das nossas palavras.
Deitas finalmente os teus olhos nos meus, como que pedindo desculpa…ou ajuda.
Hoje, não consigo decifrar os teus olhos.
Olho-te e vejo uma estranha…
Olhas-me e nem sequer me vês…
Para quê teimar em fazer esta caminhada, este caminho sem regresso?
Eu sei, tu sabes, mas ambos fingimos não saber que a eternidade termina quando acaba um grande amor.



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:40
link do post | comentar | favorito

ESTRAGAR CRIANÇAS

MARINAMALTEZ.png

Por: Marina Maltez

 

 

ESTRAGAR CRIANÇAS

 

“A actual educação estraga as crianças”

Eduardo Sá, 2012

Século XXI. Ano de 2017. Temos mais escolas. Temos diversos projectos educativos. Temos a tão desejada democratização cultural: finalmente a cultura, de forma geral, está cada vez mais ao alcance de todos. Uma visita ao Louvre está ao alcance de um clique. E os inúmeros PDF’s fazem com que o acto de ler não dependa apenas do factor económico. Além disso, as bibliotecas públicas bem como as escolares permitem a requisição de livros. Basta querer. Claro que numa criança esse querer depende de motivação, de incentivo por parte dos diferentes agentes educativos. E aqui começa a batalha naval!

Os pais culpam os professores acusando-os de não motivar os alunos, de não saber explicar a matéria, de estar por exemplo contrariado com a colocação e por isso revelar uma postura rígida para com as crianças. A escola culpa os pais. A educação deve vir de casa e o discurso das crianças parece reproduzir conversas de adultos, porventura ocorridas em casa e depois reproduzidas em sala de aula. Por norma terminam com faltas ou algum processo disciplinar por falta de respeito para com o professor.

E já diz o ditado popular: “Em casa em que não há pão, todos ralham e ninguém tem razão”. Sim, temos professores que provavelmente já deveriam estar na reforma, dando lugar a profissionais mais jovens e portanto dotados de ferramentas mais actualizadas. Também temos professores (e atenção, não se trata aqui de uma regra generalizada) desmotivados que nem sempre aplicam estratégias pedagógicas de acordo com as reais necessidades dos alunos.

É também verdade que temos pais completamente desligados da educação dos filhos, à espera que a escola cumpra esse papel. Pais que questionam o trabalho dos docentes mas jamais se interrogam sobre as razões do comportamento dos educandos e até mesmo sobre o seu papel como pais.

Afinal, como são educadas as crianças de hoje? Por norma, andam ao sabor da moda ditada pelas tendências virtuais. Hoje não comunicam verbalmente com os colegas, mandam SMS ou ficam horas a fio ligados a um qualquer canal a “teclar” de forma compulsiva. Olhamos para os nossos filhos e ficamos abismados com a capacidade e velocidade com que trabalham com os telefones, dominam na perfeição a Informática, registam-se facilmente mesmo quando só o poderiam fazer sendo adultos.

O conhecido especialista Eduardo Sá é categórico em afirmar que a educação que temos estraga a criança. A criança chora que não quer comer sopa. Os pais cansados de um longo dia de trabalho “vergam” à birra prolongada e adeus sopa. A criança quer ver as 3 ou 4 novelas que passam diariamente. Os pais mandam para a cama, mas basta a criança dizer “Assim nunca estamos tempo juntos” e lá se faz a vontade, mesmo que no outro dia se vá para a escola meio a dormir e não se tenha rendimento. A criança pede uns ténis novos exorbitantemente caros. “Não” dizem os pais. “Mas todos os meus amigos têm” e os pais cedem para não haver exclusão. E eis-nos num ciclo vicioso de “SIM” quando a personalidade da criança precisa de “NÃO” para no futuro saber lidar com as diversas adversidades da vida.

Passamos de uma educação demasiado rígida para uma demasiado liberal em que lá por casa são todos iguais. Errado. A criança precisa que os pais sejam pais e não os melhores amigos. Esses são os colegas da escola que saltam e pulam e brincam. Aos pais compete educar. Recentemente todos nos escandalizamos com um jogo (ridículo e disparatado) que já levou crianças e jovens à morte. Mas ainda assim, nós, agentes educativos, parecemos não aprender com os nossos erros. Sim, nossos. Jogos existem aos milhares. E sim, é impossível controlar todos os minutos das nossas crianças e jovens. Mas é possível e urgente fazer uma educação assente em princípios que não o consumismo desenfreado, a agressividade como resposta ao fracasso.

 

1 Mas a responsabilidade não é, de todo, apenas dos mesmos. As Direcções devem estar atentas e até o próprio Ministério da Educação não se pode assumir como mero órgão de legislação, mas acima de tudo como entidade flexível, criativa e inovadora.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:40
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Maio de 2017
IPSantarém celebra Dia da Europa e Dia Aberto

unnamed.jpg

 

Comemorações assinalam identidade do Politécnico de Santarém, lado a lado com temas sobre a Europa e a importância das experiências internacionais no percurso académico 

 

O Instituto Politécnico de Santarém - IPSantarém celebra a 9 de maio o Dia da Europa e o Dia Aberto, no âmbito da Semana Académica da Juventude e da Europa, abrindo as suas portas aos estudantes das escolas secundárias e profissionais da região, para que estes venham conhecer e usufruir de um contacto mais próximo com a instituição.

 

As Escolas Superiores do IPSantarém, em parceria com o Centro de Informação Europe Direct, vão organizar um conjunto de atividades incluindo seminários, workshops, um peddy-paper e uma exposição, que decorrem ao longo de todo o dia no Campus do instituto.

 

Jorge Justino, presidente do IPSantarém refere que “esta será uma oportunidade para as várias escolas se apresentarem aos jovens como uma escolha de excelência na frequência do ensino superior, ao possibilitarem uma variedade de opções na oferta formativa, comprometida com os valores europeus, nomeadamente o Programa Erasmus+ e utilização de instalações modernas, onde os jovens podem realizar o seu percurso académico”.

 

Os workshops são subordinados a temas como o Serviço Voluntário Europeu, o Portal Europeu da Juventude, Estilos de Vida Saudáveis, e o peddy-paper "À Descoberta da Gestão". Os participantes vão ainda poder aprender a desenvolver jogos online, a saber mais sobre Suporte Básico de Vida, ou até a plantar um jardim europeu.

 

Há ainda a visita a uma exposição sobre Expo Sustentabilidade, com experiências, e até o conhecimento de histórias testemunhas através do projeto "Estudantes de Enfermagem: Erasmus na 1ª pessoa". No laboratório FabLAB vai ser possível perceberem como funciona uma impressora 3D, no Ginásio aprender danças europeias e para terminar o dia podem assistir à exibição do filme "A Residência Espanhola", baseado numa história de um aluno que se encontra a frequentar o programa Erasmus.

 

Estas comemorações contam com o apoio da Câmara Municipal de Santarém, do Instituto Português da Juventude, do Programa Erasmus+ e do Cineclube de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:12
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 4 de Maio de 2017
XVIII Mês da Cultura Tauromáquica em Azambuja com fim-de-semana intenso


Já arrancou mais uma edição do Mês da Cultura Tauromáquica em Azambuja, que culminará, como tem sido tradição nos últimos 17 anos, com a realização da Centenária Feira de Maio.
Para este fim de semana estão programados dois colóquios, a apresentação da equipa Azambuja Horseball Team e um Festival de Sevilhanas.

O primeiro colóquio, organizado pela “Tertúlia Festa Brava”, decorre no dia 05 de maio, pelas 21h45, no Auditório Municipal de Azambuja, e tem por título “Toiros! A Nossa Paixão!”. O evento propõe-se abordar e debater questões ligadas ao associativismo no mundo taurino.
No sábado, dia 06, pelas 21h30, a Associação Cultural “A Poisada do Campino” leva a efeito, nas suas instalações, um colóquio subordinado ao tema “Forcados – Um exemplo e Valores a Preservar”.
A tarde de domingo, 07 de maio, será preenchida com duas iniciativas. Às 15h00, a manga da Várzea do Valverde será o palco da apresentação da equipa “Azambuja Horseball Team”. Pelas 16h30, o desporto equestre dá lugar à dança, com a Praça do Município a receber o 1º Festival de Escolas de Sevilhanas “Danza y Afición”, numa organização do Club Azambujense.

Recorde-se que o conjunto de atividades programadas teve inicio no dia 30 de abril com a abertura de uma exposição, intitulada “Tauromaquias Daqui, Dali, e do Outro Lado”, composta por parte da coleção pessoal do aficionado Marco Gomes. A mostra pode ser apreciada de terça-feira a sábado, na Galeria da Biblioteca Municipal de Azambuja.

Os fins de semana que se seguem são cheios de actividades. Com mais colóquios, largadas de toiros recolhidos a cavalo, um treino de forcados, uma sessão de “Mesa da Tortura”, um “Encierro” de vacas, e momentos de música e convívio.
As diversas iniciativas do programa deste mês são organizadas pelo Município de Azambuja em parceria com a Tertúlia “Festa Brava”, a Associação Cultural “A Poisada do Campino”, o Centro Hípico Lebreiro de Azambuja, o Club Azambujense e a União de Tertúlias de Azambuja.

Chegados ao final do mês,… aí estará mais uma edição da Centenária Feira de Maio, a encerrar em grande o XVIII Mês da Cultura Tauromáquica!
De 25 a 29 de maio de 2017, renova-se e revive-se a tradição: Azambuja, sempre de braços abertos para todos, com a feira mais castiça do Ribatejo!



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:16
link do post | comentar | favorito

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

unnamed.jpg

 

sexta-feira:

 

Esta sexta-feira, dia 5 de maio, a Escola Superior de Saúde de Santarém acolhe as V Jornadas Contra a Violência, promovidas pelo Gabinete de Apoio à Vítima.

Depois de quatro edições bem-sucedidas, a quinta edição das Jornadas contra a Violência volta a reunir vários especialistas. Desta vez o evento é dedicado ao debate de três temáticas centrais: Violência de e contra crianças e jovens, Cibercrime e Violência e crime contra pessoas idosas.

As jornadas têm início às 09h00, com Abertura do secretariado e, pelas 9h30, tem lugar a Sessão de abertura, a cargo de João Lázaro, Presidente da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém e Isabel Barroso da Silva, Diretora da Escola Superior de Saúde de Santarém.

 

Às 10h00, tem início o I Painel – Violência de e contra crianças e jovens, que tem como moderadora, Paula Borralho, Presidente da Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Santarém, e que conta com intervenções de Neusa Patuleia, Psicóloga clínica, Terapeuta familiar, Investigadora e Formadora, sobre “Violência filoparental – Filhos que intimidam os pais para obter o que querem”.

 

Às 10h40, Cátia Vaz, Técnica Superior de Educação Social, apresenta “A brincar e a rir o bullying vamos prevenir”.

 

Às 11h25, César Santos, Coordenador do Gabinete Médico-legal e Forense do Médio Tejo, apresenta “Aspetos médico-legais da violência contra crianças e menores”, e às 11h55,  Diana Silva, Psicóloga e Investigadora do CINEICC - Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental, apresenta “Menores agressores e psicopatia infantil e juvenil”.

A sessão prossegue com um debate, das 12h25 às 12h40, hora de pausa para almoço.

As Jornadas reiniciam às 14h00 com um II Painel sobre Cibercrime, que tem como moderador, Paulo Morgado de Carvalho, Procurador Coordenador do Tribunal da Comarca de Santarém, e intervenções de Pedro Verdelho, Magistrado e Coordenador do Gabinete de Cibercrime da Procuradoria-Geral da República, sobre “Cibercrime: o quadro legal português”, Pedro Marques, Gestor de Recursos do Centro de Internet Segura, da Fundação para a Ciência e Tecnologia, sobre o “O Centro Internet Segura” e Frederico Moyano Marques, Assessor Técnico da Direcção da APAV, sobre “Prevenção, informação e apoio à vítima de furto de identidade online”.

Segue-se um debate, das 15h40 às 15h55.

A partir das 16h10, tem início o III Painel sobre “Violência e crime contra pessoas idosas”, moderado por Susana Pita Soares, Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Santarém, com intervenções de Teresa Magalhães, Professora, Médica e Diretora do Departamento de Medicina Legal e Ciências Forenses, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, sobre “A violência contra idosos na perspectiva médico-legal e forense”, Michelle Lopes, Jurista da Federação das Instituições de Terceira Idade, sobre “Questões jurídicas na intervenção com pessoas idosas”, e Catarina Martins, Guarda Principal da GNR e Investigadora do NIAVE -  Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas do Comando Territorial de Santarém, sobre “Porta 65”. Às 17h50 há Debate e às 18h05, tem lugar a Sessão de encerramento, a cargo de Carmen Ludovino, Gestora do Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém.

Para mais informações e contactos: Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

Ex-Escola Prática de Cavalaria, Largo Infante Santo, 2009-002 – Santarém. Telefone: 243 356 505 e/ou E-mail: apav.santarem@apav.pt

Estudantes da Escola Superior de Saúde de Santarém: Inscrição gratuita e limitada aos lugares disponíveis, mediante inscrição prévia aqui: http://apav.pt/jornadassantarem/index.php/inscricao-de-estudantes

Inscrições: http://apav.pt/jornadassantarem/index.php/inscricoes

 

Esta sexta-feira, às 18h00, têm início as “Cortes e Lendas”, iniciativa organizada pela VIVER SANTARÉM, Desporto e Lazer, EM, SA e pela Câmara de Santarém, que oferece diferentes momentos de animação, através de representações teatrais, visitas guiadas, Peddy Paper Histórico-Cultural, momentos musicais, feira de artesanato e mercado de sabores, recriação de Ceia Medieval, cortejos, festa da Cerveja artesanal, Animação e recriações históricas, Malabarismo e espetáculo de fogo, Danças e Cantares, Demonstração de Falcoaria, Exposição de Aves, Caminhada Medieva e Cerveja artesanal, para além da Feira de Artesanato e Mercado de Sabores, com o objetivo de dignificar e valorizar o património e a história da cidade de Santarém.

A organização introduz este ano a temática “Lendas”, às “Cortes” dos anos anteriores, e, durante os três dias, apresenta momentos de animação/recriações históricas, que contam com a participação da Associação Josefa D’Óbidos, do Grupo Scalabitanus do Círculo Cultural Scalabitano, da Companhia de Teatro Vivarte, Centro Dramático Bernardo Santareno, Milites Sanguinária da Juventude Sanguedo, Curinga, Associação Internacional Luso-Brasileira de Integração, Arte e Cultura de Santarém, Finis Terrae da Associação CRBMV e dos Human’Art.

Às 18h00, tem início o Auto de abertura do mercado, que vai estar patente até às 02h00, no espaço exterior do Convento de S. Francisco. Os Claustros do Convento encerram às 00h00.

Das 18h00 às 02h00 há Feira de Artesanato e Mercado de Sabores (os claustros do Convento encerram às 00h00 e os espaços exteriores às 02h00).

Às 19h00, tem lugar uma sessão de esclarecimento sobre “As Cortes e as Lendas em Santarém”, no Interior da Igreja do Convento de S. Francisco. Esta Mesa Redonda vai debater os temas medievais da história da Cidade e a desconstrução dos discursos lendários associados a Santarém, com base nas mais recentes investigações, a par duma reflexão sobre o teatro histórico e sobre a recriação histórica.

Pelas 21h00, tem início uma Caminhada Medieval, com inscrição prévia, através do e-mail:tiago.simoes@viversantarem.pt , até dia 2 de maio, no valor de 5 Cortes, com concentração às 20h30, no Convento de S. Francisco, para vestir traje medieval. O valor da inscrição inclui: traje medieval, tapas e vinho no final da caminhada.

Às 21h30, há Cortejo régio, com início na Casa de Portugal e de Camões (Ex Presídio Militar).

Pelas 22h00, há Dança da Corte, pela Associação Josefa D´Óbidos e Malabarismo e Espetáculo de Fogo, pelos Human’Art, no exterior do Convento de S. Francisco.

Das 23h30 às 02h00, há Malabarismo com os Human’Art e Dança com o Povo, pela Associação Josefa D´Óbidos e Cerveja Artesanal, no exterior do Convento de S. Francisco.

 

Esta sexta-feira, tem início o 4º Festival da Carne de Capado, na Casa do Povo de Amiais de Baixo, das 19h00 às 24h00, numa organização conjunta entre a Junta de Freguesia de Amiais de Baixo, a Casa do Povo de Amiais de Baixo, o Clube Desportivo Amiense e a Associação de Pais (APAB), com o apoio da Câmara de Santarém. Durante os dois dias, os visitantes podem apreciar este tipo de carne bastante característico desta Vila, acompanhado com muita animação. À sua disposição têm capado grelhado, panado, guisado, fígado de capado grelhado, fressura de capado e molhinhos.

 

Às 21h00, é inaugurada a Exposição “A caverna da andorinha”, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano, dinamizada pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital Distrital de Santarém, no âmbito do Projeto "INcluir - OficINas para todos e para cada um", projeto cofinanciado pela Fundação EDP, através do programa EDP Solidária- Inclusão Social 2016. A Exposição fica patente até dia 13 de maio.

A andorinha foi o primeiro sinal. Assim que entramos na sala do convento, ela voou do fundo, procurou a saída. Não por a querer abandonar, mas por estar nervosa, por se encontrar na presença de muita gente nova. Mas é precisamente de primeiros impactos que esta exposição trata. Mostramos um pouco dessa nossa caverna que é a nossa sala, que são os nossos ateliers. Quase como se se tratasse de uma fábrica de ideias, de tintas, de carvão, de lápis, de risos, de momentos menos bons, mas sobretudo da persistência de um grupo de pessoas que contra inúmeras adversidades entenderam por bem dar uma lição de humildade. Este será o primeiro de três atos, que se completam. Neste primeiro, abrimos uma brecha da cortina, um primeiro vislumbre do que lá dentro está a ser feito. Sejam bem-vindos à nossa “Caverna da andorinha”.

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira é palco da estreia do último trabalho de Silvana Ivaldi - PERFORMANCE-TEATRO “Uma faca na mão, uma Lira na outra”. Lotação limitada.

“Este é um espetáculo que nasce de uma circuncisão cantada.

Uma lamentação gritada na penumbra de um desejo abatido, de um amor em potência.

Até que ponto poderemos mutilar uma ideia de passado e ainda reconhecê-la?

Imaginamos que melhoramos os antigos.

Fecundemos o delírio e cantemos a imagem que não é nossa”.

Ficha Técnica | Criação: Silvana Ivaldi | Interpretação: Berta D'Almeida e Silvana Ivaldi | Luz: Ricardo Marques e Tiago Correia

(Performance-teatro) (Duração) 60’ (Classificação) M/16 (Preço) 3€ (lotação limitada)

 

Também às 21h30, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano, António Valdemar conversa sobre Almada Negreiros.

“Na oportunidade da passagem do centenário do Ultimato Futurista, António Valdemar vem conversar connosco sobre Mestre Almada, o Futurismo e os seus contemporâneos.

De caminho ainda se referem os Ribatejanos que se distinguiram neste movimento artístico e literário, que surgiu oficialmente em 20 de fevereiro de 1909 com a publicação do Manifesto Futurista, pelo poeta italiano Filippo Marinetti, no jornal francês Le Fígaro.

Os adeptos do movimento rejeitavam o moralismo e o passado, e suas obras baseavam-se fortemente na velocidade e nos desenvolvimentos tecnológicos do final do século XIX”.

 

À mesma hora, o Centro Cultural Regional de Santarém – Fórum Actor Mário Viegas, é palco duma Grande Noite de Fado com Teresa Tapadas, Bruno Mira na guitarra e João Chora na viola e canto. A lotação está esgotada.

 

sábado:

 

Este sábado, dia 6 de maio, às 09h00, tem início o III Troféu José Maurício -

Campeonato Regional de Maratona Bacia do Tejo, no Rio Tejo junto ao Centro Náutico Scalabitano, na Ribeira de Santarém, com abertura do Secretariado.

Às 10h00 há Reunião de Delegados e às11h00 tem início a competição.

 

Das 09h30 às 17h30, a Associação Internacional de Estudos sobre a Mente e o Pensamento, promove o Workshop “Da Sonoridade Interior à Extensibilidade de Si”, na Casa de Portugal e de Camões, numa organização da Associação Internacional de Estudos Sobre a Mente e o Pensamento.

“O workshop apresenta uma componente teórica e outra de carácter prático. Vão ser abordados assuntos que vão desde a Arqueologia do Som (Arqueoacústica) à influência de diversas sonoridades no comportamento humano, com base em estudos interdisciplinares envolvendo a arqueologia, a engenharia acústica, a antropologia cultural, questões candentes da Psicologia Transpessoal, das medicinas não convencionais e das neurociências. Em termos práticos, vai ser reproduzida uma sonoridade com a frequência constante de 111Hz, considerada por neurocientistas de países diversos como responsável por um estado de relaxamento da mente e ensinada a técnica yogue de respiração alternada.

Apesar de a participação ser livre, os interessados devem-se inscrever-se através do e-mail: aiesp.geral@gmail.com“.

 

Às 10h30, há Dança para Bebés com a Professora Sofia de Almeida, na Livraria aqui Há Gato. Sujeito a marcação prévia.

“O contato com a música e sons provoca estímulos que possibilitam que a criança se expresse por meio do seu corpo, demonstrando o que ele sente ao ouvi-los…Junto com a música ocorre o desejo de mexer o corpo, acompanhando o ritmo”

(Duração) 30’ (Classificação) a partir dos 12 meses (c/ aquisição de marcha) até 3 anos / inclusive (Preço) 7€(bebé+adulto) (Marcação Prévia)

 

Às 11h30 e às 16h00, há Hora do Conto, na Livraria Aqui Há Gato. Entrada livre.

“Neste que é o mês especial do livro... E dia 2 de abril é o Dia do Livro Infantil!

Vamos ouvir ainda mais histórias que nos fazem sonhar, rir, pensar e imaginar. Momentos que nos fazem acreditar que o mundo da fantasia pode estar tão perto...”

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80!

 

Às 12h00, há Oficinas de Arte – Tema “Gatos” – Especial DIA DA MÃE – GATO PORTA LÁPIS E FOTO, na Livraria Aqui Há Gato.

“Uma oficina especial para partilhar com a MÃE.

Um rolo que se transforma numa obra de arte, para guardar os lápis e colocar uma foto em que os dois partilham um momento único e cheio de imaginação!”

Duração: 1h - Classificação: a partir dos 4 anos / inclusive - 7€...

 

A partir das 12h00 e até às 24h00, prossegue o 4º Festival da Carne de Capado, na Casa do Povo de Amiais de Baixo,, numa organização conjunta entre a Junta de Freguesia de Amiais de Baixo, a Casa do Povo de Amiais de Baixo, o Clube Desportivo Amiense e a Associação de Pais (APAB), com o apoio da Câmara de Santarém. Durante os dois dias, os visitantes podem apreciar este tipo de carne bastante característico desta Vila, acompanhado com muita animação. À sua disposição têm capado grelhado, panado, guisado, fígado de capado grelhado, fressura de capado e molhinhos.

 

Das 12h30 às 02h00, há “Cortes e Lendas, com Feira de Artesanato e Mercado de Sabores, (os Claustros do Convento encerram às 00h00 e os espaços exteriores às 02h00).

Às 10h30 há Peddy Paper “Santarém na história e nas lendas”, no Jardim Portas do Sol. Este Peddy Paper pretende, de forma lúdica, dar a conhecer a história de Santarém, particularmente centrada no período medieval, bem como na desmitificação de alguns aspetos das lendas da Cidade. Será desenvolvido através de uma sequência de enigmas que vão apelar, tanto ao conhecimento da história de Santarém como à atenção prestada a pormenores do percurso que, normalmente, passam despercebidos.

Os interessados devem inscrever-se, através do e-mail: sergio.vieira@viversantarem.pt  ou no local, no dia do evento. A participação é gratuita e há prémios para os 3 primeiros classificados.

 

Às 12h30, o Auto de abertura do Mercado, volta a ter lugar no exterior do Convento de S. Francisco. A partir das 14h30, há animação com o grupo Curinga, nos Claustros e exterior do Convento de S. Francisco.

Às 16h30 há demonstração de Falcoaria, pela BirdControl, no exterior do Convento de S. Francisco e às 17h30, Cortejo para reunião Régia, com início na Casa de Portugal e de Camões (Ex Presídio Militar), até ao Convento de S. Francisco.

A partir das 18h30 há animação de rua e Malabarismo com os Human’ Art e com o grupo Curinga, no exterior do Convento de S. Francisco.

Às 21h00, tem lugar uma recriação de Ceia Medieval, na Igreja do Convento de S. Francisco e às 21h30, é contada a Lenda de Santa Iria e há animações diversas, na Igreja e Claustros do Convento de S. Francisco.

Das 23h30 às 02h00, a animação está a cargo do Grupo Curinga, pela Associação Internacional Luso-Brasileira de Integração, Arte e Cultura de Santarém, dos Human’Art, que apresentam Malabarismo e espetáculo de fogo) e há Cerveja Artesanal, no exterior do Convento de S. Francisco.

 

Das 15h30 às 17h30, o Centro Cultural Regional de Santarém promove uma Visita Guiada com Máximo Ferreira, sobre “As fronteiras do Conhecimento do Universo”, ao Centro de Ciência Viva de Constância.

"Nesta visita iremos conhecer as projeções do universo, seguida de uma palestra intitulada 'As fronteiras do Conhecimento do Universo' por Máximo Ferreira, Diretor do Centro de Ciência Viva. Nela se darão conta dos últimos desenvolvimentos científicos sobre as leis que regem o universo observável, que limites a Ciência nos impõe e o que falta no puzzle da compreensão total do universo na sua imensa complexidade".

 

Às 16h00, no Especial Sábados com Autor, a Livraria Aqui Há Gato, recebe Nuno Caravela, autor do “Bando das Cavernas” e vamos poder tirar Selfies com ele!

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira volta a acolher o último trabalho de Silvana Ivaldi - PERFORMANCE-TEATRO “Uma faca na mão, uma Lira na outra”. Lotação limitada.

“Este é um espetáculo que nasce de uma circuncisão cantada.

Uma lamentação gritada na penumbra de um desejo abatido, de um amor em potência.

Até que ponto poderemos mutilar uma ideia de passado e ainda reconhecê-la?

Imaginamos que melhoramos os antigos.

Fecundemos o delírio e cantemos a imagem que não é nossa”.

Ficha Técnica | Criação: Silvana Ivaldi | Interpretação: Berta D'Almeida e Silvana Ivaldi | Luz: Ricardo Marques e Tiago Correia

(Performance-teatro) (Duração) 60’ (Classificação) M/16 (Preço) 3€ (lotação limitada)

 

Às 21h30, o Centro de Cultura, Recreio e Desporto Moçarriense acolhe o Teatro de Revista Ol(h)á Florbela.

“A conceituada atriz regressou ao teatro de revista com a revista à portuguesa “Ol(h)á Florbela! ”, uma revista de luxo que faz divertir o público do início ao fim, acumulando sete meses de lotações esgotadas por todo o País.

Ao lado de Florbela, que diverte a plateia como uma matreira alentejana, um tropa irreverente, entre outros bonecos, está um elenco talentosíssimo que, em muito, contribui para o êxito da revista: a grande atriz Vera Mónica, que recria a cantora Linda de Suza e interpreta dois novos fados que o público rapidamente começa a cantar; Marisa Carvalho, que faz, entre outros, o número sério da revista sobre os jovens licenciados que emigram do país; Raquel Caneca, uma jovem repleta de qualidades enquanto cantora e atriz que diverte a plateia procurando o “pau de selfie” e Gonçalo Brandão, que se estreia no teatro de revista e é um verdadeiro sucesso com o número da “ Super Pizza”, onde acaba ao colo dos espetadores.

Muitos dos figurinos são assinados por Carlos Mendonça, sendo esta também uma forma de todo o elenco lhe prestar homenagem. Isabel Damatta encenou, primorosamente, a revista e o maestro Carlos Dionísio voltou a revelar todo o seu talento na arte da música. Os textos são da autoria de Marisa Carvalho, Renato Pino e Flávio Gil, estado a produção a cargo de Ricardo Miguel e João Nuno Baptista.

Os bilhetes estão à venda na Junta de Freguesia da Moçarria (932 904 609), Pastelaria Paninarria - Moçarria (243 499 065) e Café Chafariz - Moçarria (243 499 144).

 

Às 21h30, o Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano são palco do CONCERTO

Da Banda de fusão Jazz/Rock TempoEmodo.

 

“Banda de fusão Jazz/Rock, de temas originais inspirados na música tradicional.

Fundada nos anos 80, a banda editou o vinil “Um Mundo a Construir” que se tornou um clássico para os apreciadores. Depois de uns anos de interregno, regressou com um reportório de fusão jazz/rock, juntando clássicos do Jazz e da música popular portuguesa. Neste concerto revisitam temas de sucesso dos seus primeiros tempos e novos temas desta nova fase de trabalho do grupo”.

 

Às 22h00 há Desfile de Moda, na Sociedade de Recreio Horário: 21h30

Educativo da Romeira, seguido de Música ao vivo com Big Show. Reservas de Jantares e mesas, através do telefone -  914 211 738 ou na Sede da S.R.E Romeira.

 

domingo:

 

Este domingo, dia 7 de maio, prossegue a iniciativa “Cortes e Lendas, das 12h30 às 21h00, com Feira de Artesanato e Mercado de Sabores. Às 12h30, decorre o Auto de abertura do Mercado, no exterior do Convento de S. Francisco.

 

Pelas 15h30, há animação com o grupo Curinga, nos Claustros e exterior do Convento de S. Francisco.

 

Às 16h00, tem início um Cortejo, que parte do Convento de S. Francisco em direção ao Largo Pedro Álvares Cabral.

Das 16h30 às 17h30, há animação de Rua, com Dança, a cargo da Associação Internacional Luso-Brasileira de Integração, Arte e Cultura de Santarém. no Largo Pedro Álvares Cabral e às 17h00, o Rei inaugura a Exposição “Santarém Cidade em Crescente”, na Casa do Brasil.

 

Às 18h30 há Demonstração dos Treinos de Armas dos Cavaleiros do Conto, nos Claustros do Convento de S. Francisco.

 

Às 19h00, tem lugar a entrega de Prémios do Peddy Paper pela mão do Rei, que vai ser abrilhantado com Dança, pela Associação Internacional Luso-Brasileira de Integração, Arte e Cultura de Santarém, no exterior do Convento de S. Francisco.

 

Pelas 20h00, há animações diversas com o Grupo Curinga, da Associação Internacional Luso-Brasileira de Integração, Arte e Cultura de Santarém e com os Human’Art, que apresentam espetáculo de Malabarismo e de fogo, no exterior do Convento de S. Francisco, numa Tenda da Associação Josefa D’Óbidos.

 

Às 16h00, a Peça de Teatro “Pantufa & Ernesto à Conquista de Santarém”, pelo Veto Teatro Oficina, com criação e direção de António Júlio Santos, sobe ao palco do Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano.

“O Pantufa conheceu um novo amigo: o Augusto. Ele já trabalhava no circo há muito tempo, mas ainda não se tinham encontrado os dois.

Juntos vão desafiar os meninos e as meninas a viajar no tempo para viverem aventuras no passado e se tudo correr bem, vamos conquistar um castelo!...”

Duração: 50 minutos

 

Às 17h00, é inaugurada a Exposição “Santarém Cidade em Crescente”, na Casa do Brasil, em Santarém. Esta Mostra, que vai estar patente durante 9 meses, distribui-se por 10 espaços de Exposição, e apresenta 70 Peças, pertencentes ao espólio do Museu Municipal de Santarém, do Museu Etnográfico da Ribeira de Santarém, do Museu Municipal Carlos Reis de Torres Novas, do Museu Nacional de Arte Antiga e do Museu Geológico de Lisboa. Patente de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, até dia 7 de fevereiro de 2018.

 

A Exposição apresenta-se como uma proposta de leitura do espírito do lugar (Genius loci), de modo a consubstanciar-se numa logomarca agregadora das estratégias culturais, sociais e económicas, do município.

Esta leitura parte de uma matriz identitária de base geográfica - mediterrâneo oriental – ‘crescente fértil, sublinhando a dimensão da memória da sua paisagem cultural (fertilidade - ‘paisagem da abundância’).

A exposição aborda temáticas diversificadas, muito ligadas com o fundo cultural da região, com destaque para a importância da agricultura: vinho, azeite e cereais, do touro e do cavalo, do rio e da lezíria. Explora, paralelamente, as vertentes simbólico-religiosas, particularmente as ligadas à fertilidade - ‘paisagem da abundância’, e interpreta a importância local, o simbolismo e a religiosidade das águas, presentes no mito de Santa Iria."

“Santarém Cidade em Crescente” combina objetos museológicos: Harpócrates, capitel árabe, pithoi fenícios, lucernas islâmicas, ânforas, talhas, arreios e selas, estelas medievais, etc, com imagens iconográficas e fotográficas e conta com três instalações de arte contemporânea de Carlos Amado, sobre O Sagrado e o Azeite, Fernanda Narciso, sobre o Rio e de João Maria, sobre Mãe Terra. Origem da Terra – Cromlek.

Esta iniciativa aposta fortemente na componente sensorial, experiencial e multimédia, em que se destacam três Projetos Multimédia: dois do Realizador Jorge Sá: “Tons da Terra” – Génese e simbolismos ancestrais da Humanidade e “Não se Es gota”- sobre a Água e o terceiro, “Aqui se ara”, de Diana Amado, que vão estar patentes e podem ser vistos, durante os 9 meses da exposição.

Carlos Amado e Luís Mata, técnicos da Câmara de Santarém, foram os autores deste projeto, a partir da investigação sobre a história de Santarém, realizada por Luís Mata. A coordenação desta exposição está a cargo de Carlos Amado.

À semelhança da exposição anterior – “Modos, Medos e Mitos”, esta exposição tem como objetivos gerais: assinalar o papel histórico das civilizações do mediterrâneo oriental (fenícios, sírios, árabes, judeus) na paisagem e na estrutura urbanística da Cidade; realçar a característica urbana da topografia de Santarém: Cidade de planalto (Móron = monte); sublinhar a importância da agricultura na economia regional, nomeadamente do vinho, do azeite, dos cereais e dos legumes, muitos deles introduzidos pelos povos do levante; acentuar o papel dos conhecimentos tecnológicos e da ação humana dos muçulmanos na criação de uma paisagem aluvionar (a lezíria de Santarém como o resultado de uma transferência tecnológica de uma agricultura característica das civilizações do crescente fértil e sua adaptação às características naturais locais: campos de lezíria antigos e modernos; consolidação dos mouchões, colmatagem contínua das terras sujeitas ao regime de cheias, fixação nos terraços fluviais embutidos desde o Paleolítico Inferior); reproduzir a dimensão cultural e mental do Tejo, com paralelos no mar Mediterrâneo, no Médio Oriente e no Norte de África; assinalar o convívio entre o Homem e o elemento água, num equilíbrio representativo de uma paisagem cultural (tal como Veneza ou o Nilo); a religiosidade e o simbolismo das águas: Santa Iria, fertilidade, etc (tal como o Nilo, o Tejo tem um regime hídrico de cheias regulares – ‘crescidas’ – que vão garantindo a reposição da fertilidade do solo e o consequente sucesso da instalação das populações, bem como destacar a importância cultural e simbólica do cavalo e do touro (cornos=crescente).

 

 

segunda-feira:

 

Na segunda-feira, dia 8 de maio, às 11h00. é inaugurada a Exposição “Desta Canção que Apeteço – obra discográfica de José Afonso 1953/1985”, na Loja do Cidadão de Santarém, promovida pela AJA – Associação José Afonso. Com o apoio da Câmara de Santarém. A Exposição pode ser visitada até dia 31 de maio.

 

A obra discográfica do cantautor português Zeca Afonso, com trabalhos editados ao longo de mais de três décadas, está no centro da exposição, destacaram os promotores.

Desde a “edição do primeiro registo fonográfico, em 1953, nos estúdios da Emissora Regional de Coimbra, até ao último disco, em 1985, intitulado ‘Galinhas do Mato’”, a iniciativa traça ”uma perspetiva global de um dos mais marcantes registos da história da música popular portuguesa”.

 

Em permanência:

 

Até dia 6 de maio, visite a Exposição de cartoons digitais - Cromos DuNando, no Palácio Landal. A Exposição fica patente até dia 6 de maio, e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, e aos sábados, das10h00 às 13h00.

«A exposição Cromos DuNando é um conjunto de cartoons digitais divulgados nas redes sociais. São, por assim dizer, sínteses das personagens que, por uma ou outra razão, se cruzaram com o autor. Alguns destes cromos são fruto da interação – ou da sugestão - dos amigos “facebookianos” a quem o autor convidou para redigir a legenda. Os amigos envolvidos, foram “selecionados” tendo em conta a “proximidade” com cada uma das personalidades».

 

Até dia 13 de maio, há Workshop de Formação Teatral: Teatro de Rua “A fala do corpo sem fala”, com a professora e atriz, Sara Gabriel, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano.

 

“Vamos por momentos abolir a palavra e desaprender de cantar? Fazer de conta que somos incapazes de produzir qualquer tipo de ruído? Vamos por momentos colocar o corpo num espaço vazio e descobrir que não há fala maior que a ação?

Esta é uma formação teatral que se foca na descoberta da interpretação através da expressão corporal. Passando por exercícios de consciencialização e exploração do corpo, os participantes são convidados a despir-se dos movimentos que lhes pertencem e experimentar novas posturas, novos andares, novos gestos e novas ações, compondo assim um novo corpo, uma nova pessoa, um personagem.

Formadora: Sara Gabriel (Professora e Atriz)

Maiores de 14 anos (Podem participar jovens a partir dos 11 anos, desde que acompanhados por responsável participante)

Inscrições: Círculo Cultural Scalabitano (243 321 150)

Horário: 3as e 6as às 21h00 e sábados às 15h30

 

Até dia 31 de maio, visite o Arquivo Histórico Municipal-Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

“Pormenor do documento que identifica as receitas realizadas pelas promessas dos cidadãos da Vila de Santarém. De notar que  para a obra de S. Sebastião estas  foram registadas e recebidas pelo tesoureiro da câmara, Capitão, Francisco Gomes Botto.

As doações estão identificadas pelos seus autores e o Livro está assinado e rubricado por Francisco Soares de Aragão”.

 

Até dia 31 de maio, visite a Exposição Bibliográfica “Vamos ler… Branquinho da Fonseca”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00, e aos sábados, das  09h30 às 12h30.

 

“António José Branquinho da Fonseca nasceu no dia 4 mês de maio de 1905 e veio a falecer por coincidência também em maio, dia sete, do ano de 1974. Filho do escritor Tomás da Fonseca, Branquinho da Fonseca foi um escritor português reconhecido como poeta e como dramaturgo. Experimentou vários modos e géneros literários (conto, poema em prosa, romance) e como artista interessou-se pelo desenho, fotografia, cinema e design gráfico.

Foi um dos fundadores da revista “Presença” onde publicou o seu primeiro texto e onde exerceu o cargo de diretor até junho de 1930 conjuntamente com Miguel Torga. Em 1932 assumiu a função de Conservador no Museu Biblioteca Conde de Castro Guimarães e em 1953 cria o projeto de uma biblioteca itinerante, a primeira do género em Portugal tendo exercido o cargo de diretor do Serviço de Bibliotecas Itinerantes da Fundação Calouste Gulbenkian até ao ano da sua morte”.

 

Até dia 31 de maio, visite a Mostra Bibliográfica “Centenário das Aparições de Fátima”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

 

“A um ciclo de aparições marianas que ocorreram no ano de 1917 na localidade de Fátima, deu-se a designação de Aparições de Fátima, cuja aparição envolveu três crianças que afirmaram “… terem visto uma senhora mais brilhante que o Sol...”.

Estas comemorações são um acontecimento marcante na Igreja Católica, entidade que a confirma e assume como não sendo apenas para assinalar a efeméride histórica, mas essencialmente para divulgar a mensagem que marca a vivência da fé e de muitos dos católicos e difundir a mensagem de Fátima a nível nacional e internacional. Para a Igreja as Comemorações são um projeto pastoral que poderá constituir um impulso na renovação e fortalecimento da fé.

No âmbito das Comemorações do Centenário das Aparições de Fátima (1917-2017) a Biblioteca Municipal associa-se à efeméride com uma Mostra Documental patente ao público durante o mês de maio”.

 

Até dia 31 de maio, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, patente na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, que pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Até ao final de junho está em destaque trimestral uma obra da autoria da pintora Vieira da Silva: Primavera, serigrafia s/ papel, datada do século XX.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até dia 17 de junho, o Bar-Galeria do Teatro Sá da Bandeira acolhe a Exposição/Instalação/Investigação | Para uma Timeline a Haver - genealogias da dança enquanto prática artística em Portugal, de Ana Bigotte Vieira, João dos Santos Martins. A Exposição pode ser visitada de quarta-feira a sábado, das 16h00 às 19h00. Em noites de espetáculo abre uma hora antes do mesmo.

“Construindo na galeria do Teatro Sá da Bandeira uma cronologia para a dança em Portugal, “Para uma Timeline a Haver” é um exercício coletivo de investigação e de sinalização de marcos relativos ao desenvolvimento e disseminação da dança como prática artística em Portugal nos séculos XX e XXI, com especial incidência na segunda metade do século XX”.

 

O Piano-Bar do Teatro Sá da Bandeira acolhe, até dia 17 de junho, a Exposição Dança do Existir - Retrospetiva em imagens do trabalho coreográfico de Vera Mantero. A Exposição pode ser visitada de quarta-feira a sábado, das 16h00 às 19h00. Em noites de espetáculo abre uma hora antes do mesmo.

“Cerca de 30 fotografias traçando o percurso da coreógrafa, das suas primeiras criações às mais recentes. A exposição integra ainda a consulta de registos videográficos de alguns dos trabalhos da coreógrafa. Fotos de lcino Gonçalves, Dirk Rose, Henrique Delgado, José Fabião, Jorge Gonçalves, João Tuna, Laurent Philippe”.

 

Até final de junho, visite a Exposição - Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’- destaque trimestral para uma obra da autoria da pintora Vieira da Silva: Primavera, serigrafia s/ papel, datada do século XX. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire.

“Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais”.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Segmento de fuste de coluna com altos-relevos nas duas faces opostas. Numa encontra-se o brasão oitocentista das armas da Vila de Santarém e na outra em quadrante solar, vertical e retangular sem estilete, com orientação a meridional (quadrante meridiano). O relógio de sol encontra-se datado e a numeração das partes do dia (horas) foram insculpidas em capitais romanos, pelo processo de sulco, na sequência das linhas divisórias.

O brasão de Santarém, documentado na sigilografia desde 1246, encontra-se presente em vários testemunhos da arquitetura civil, como a ponte de Alcorce, o Chafariz de Palhais ou das Figueiras, o padrão de Santa Iria ou a Fonte da Junqueira. Testemunhando o domínio da propriedade municipal, a partilha de despesas entre o município e a coroa, a ostentação ou a comemoração dos seus emblemas (o castelo e o rio e escudetes régios), ele constitui uma fonte essencial para a história concelhia e para a identidade das suas populações no tempo e no espaço”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

 

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:13
link do post | comentar | favorito

Santarém regista aumento da Oferta de alojamento

Santarém regista um aumento da oferta de Alojamento, face a 2014. O número de unidades hoteleiras, entre 2014 e 2016, sofreu um incremento, face ao número de AL – Alojamentos Locais, com a criação de 20 novas unidades de AL, e a criação de 2 novas CC – Casas de Campo.

 

Enquanto em 2014, a oferta de Alojamento era de 1 unidade de Turismo de Habitação (TH), 5 unidades de AL – Alojamento Local, 4 Hotéis e 5 unidades de Turismo Rural (TR), em 2016, se a oferta de alojamento, em termos de Turismo de Habitação, Hotéis e Turismo Rural se manteve, aumentou o número de Alojamentos Locais e de Casas de Campo.

 

Santarém tem hoje 37 unidades de hospedagem registados, que se podem explicar, principalmente, pela centralidade de Santarém, como eixo de passagem dos peregrinos dos Caminhos de Fátima e dos Caminhos de Santiago, a que acresce a oferta do património histórico desta Cidade que integra a Rota das Catedrais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:35
link do post | comentar | favorito

Feira Anual de Samora com touros bravos na rua e cultura ribatejana

A cidade de Samora Correia assume-se como a capital do Touro Bravo até 8 de maio. Arranca esta quinta-feira, às sete da tarde a Feira Anual com a primeira de cinco largadas de touros no largo do Calvário e ruas anexas.

 

Os aficionados descansaram dois dias após a Semana Taurina e já se sente a ansiedade para mais largadas. Nem os ferimentos sofridos por quatro aficionados colhidos na semana passada lançam o receio junto dos mais afoitos.

 

A Junta de Freguesia decorou a cidade a preceito para receber milhares de aficionados até segunda-feira, 8 de maio.
 Este ano a ganadaria selecionada foi José Dias, que apresenta um conjunto de touros bravos em pontas (sem proteção nos cornos), aumentando a expectativa de recortadores e aficionados.

O Largo do Calvário apresenta um conjunto de artefactos que facilitam a vida aos recortadores e transformam o recinto num espaço de diversão permanente.

 Estão em Samora Correia os melhores recortadores vindos de várias regiões do país.

 

Mas a Feira não é apenas Festa Brava, no recinto junto ao Centro Cultural há artesanato, exposições, coletividades e associações.

Não faltam as quinquilharias e as diversões com pistas de automóveis e carrossel  para crianças e adultos.

As tasquinhas dão a provar a gastronomia, vinhos e doces ribatejanos.

A organização é da Junta de Freguesia de Samora Correia.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:12
link do post | comentar | favorito

Município entrega mais 30 hortas urbanas em Alverca do Ribatejo

No sábado, 6 de maio, pelas 10h00, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, procede à entrega de mais 30 hortas urbanas em Alverca do Ribatejo, no auditório da Associação de Assistência e Beneficência - Misericórdia de Alverca do Ribatejo.

 

As hortas estão equipadas com passeios públicos, caminhos internos de circulação e mobiliário urbano que permitem melhorar a vivência do local. A sua construção teve um investimento por parte da Câmara Municipal de perto de 100 mil euros.

 

Estas 30 hortas somam-se a outras nove já anteriormente criadas nesta cidade, às 203 existentes na Póvoa de Santa Iria e às 41 em Vialonga, perfazendo um total de 283 espaços, envolvendo uma verba global de aproximadamente 550.000,00€.

 

O projeto de Hortas Urbanas no Concelho de Vila Franca de Xira tem vindo a ser desenvolvido pelo Município numa lógica de intervenção sustentável. O projeto contribui para a melhoria da qualidade dos solos e da biodiversidade; bem como para a criação de alternativas alimentares e dinâmicas sociais positivas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:08
link do post | comentar | favorito

Inscrições abertas para a 2ª edição do Percurso Ambiental TEJO ALIVE

 

Estão abertas as inscrições para a 2ª edição do Percurso Ambiental TEJO ALIVE – Marachas do Tejo, que tem lugar no próximo dia 20 de maio, promovido pela Câmara de Santarém e pelas Uniões de Freguesias da Cidade de Santarém e de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira, com o objetivo de promover os valores ambientais únicos do rio Tejo.

O trajeto tem início às 09h30, na Ribeira de Santarém, junto à imagem da Santa Iria e vai percorrer as marachas da margem direita do rio Tejo até Vale de Figueira, numa extensão com cerca de 12 km, de dificuldade média.

 

Durante o percurso, os participantes podem observar a Fauna e a Flora e contemplar um rio único com uma paisagem identitária do Ribatejo, de elevado valor natural e cultural.

 

Este percurso pedestre de grau de dificuldade Médio, não aconselhável a crianças de idade inferior a 12 anos, tem o objetivo de aproximar os cidadãos ao rio Tejo e dar a conhecer a biodiversidade associada aos ecossistemas ribeirinhos.

 

As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas até dia 19 de maio, no Portal da Câmara de Santarém, através do preenchimento do formulário, disponível em: https://goo.gl/forms/jWntRRh0PELArc0v2 .

Para mais informações, contatar a Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade, através do e-mail:emas@cm-santarem.pt ou do telefone: 243 304 450.

 

A organização prevê que o Percurso Ambiental TEJO Alive termine pelas 13 horas, com um almoço convívio, no Centro de Cultura e Desporto "O Alvitejo", organizado pela União de Freguesias S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira, em parceria com a Comissão Social de Freguesias de S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira.

 

Este projeto conta com a cooperação de entidades científicas, representadas pelo investigador Filipe Ribeiro do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e por Ana Veríssimo da CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, que estudam a população de Boga de boca-arqueada-de-Lisboa, espécie endémica de Portugal que se encontra criticamente em perigo, detetada na ribeira de Cabanas pelo investigador César Garcia do MUNHAC - Museu Nacional de História Natural e da Ciência e por Ricardo Santos da ARH Tejo e Oeste da Agência Portuguesa do Ambiente. Os Bombeiros Municipais de Santarém e a empresa Municipal Viver Santarém, voltam a colaborar nesta iniciativa, com a prestação de apoio aos participantes do TEJO ALIVE.

 

A Câmara de Santarém assegura o transporte de Vale de Figueira para a Ribeira de Santarém, em dois turnos: de almoço, para os participantes que não queiram participar no almoço convívio e após o almoço para os restantes participantes.

 

Os moradores de Vale de Figueira que pretendam participar nesta iniciativa têm à sua disposição transporte para a Ribeira de Santarém, pelas 8h30, junto à Igreja Paroquial de Vale de Figueira, que será assegurado pelo autocarro da autarquia Scalabitana.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:20
link do post | comentar | favorito

ESCOLA PROFISSIONAL DE TORRES NOVAS PROMOVE RECOLHA DE SANGUE

Alunos, professores e funcionários da Escola Profissional de Torres Novas dão o exemplo e participam na recolha benévola de sangue e recrutamento de dadores de medula óssea promovida pela Associação de Dadores de Sangue de Torres Novas e aberta a todos os voluntários.

As dádivas podem ser feitas na manhã de 10 de maio (quarta-feira), entre as 9,00 e as 13,00 horas, na Associação Torrejana de Ensino Profissional – Escola Profissional de Torres Novas.

A recolha será efetuada por uma Brigada do Centro do Sangue e da Transplantação de Lisboa do Instituto do Português do Sangue e da Transplantação IP.

Na recolha de sangue poderá igualmente efetuar doação de medula óssea. Podem participar todos os cidadãos saudáveis com mais de 18 anos e menos de 65 anos.

A Associação agradece a todos os dadores que participaram nas dádivas e desafia todos a darem forma a esta corrente de solidariedade.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:19
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

O COMÉRCIO LOCAL DÁ AS BO...

TEMAS DE SAÚDE:

Intimidade

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds