NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 25 de Outubro de 2017
IPSantarém reúne 1.700 especialistas em Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa

 

 

Evento é ponto de encontro bianual de especialistas dos países da lusofonia, que junta também vários países onde a língua portuguesa é não materna.

 

O Instituto Politécnico de Santarém, através da sua Escola Superior de Educação, recebe até ao próximo sábado, dia 28 de outubro o VI Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa, num encontro que reúne 1.700 participantes inscritos.

 

O encontro vai abordar temas gerais do estudo da língua portuguesa, como a linguística, a literatura, o português como língua não materna, o ensino, e também questões mais polémicas como o novo acordo ortográfico. Vão decorrer sessões plenárias no Centro Nacional de Exposições – CNEMA, assim como simpósios temáticos diários a acontecer em vários espaços da Escola Superior de Educação.

 

Ao longo de cinco dias, Santarém é cenário do encontro da língua portuguesa, no qual vão existir, também, lançamento de livros, uma visita à cidade e uma mesa-redonda com escritores lusófonos. Estão definidos 83 painéis temáticos coordenados sob uma comissão científica, que integra elementos de países africanos, da América Latina, em particular do Brasil, da Ásia, sobretudo de países como a China, Japão, Coreia do Sul, e da Europa, Portugal e Itália.

 

Madalena Teixeira, Presidente do simpósio português, salienta que “a língua portuguesa tem vindo a ganhar importância como idioma não materno, sobretudo por causa das possibilidades que abre ao setor económico no Brasil e em zonas de África” e destaca ainda que o encontro “vem sedimentar a posição de Santarém como um palco de união de culturas em torno da língua portuguesa que evidencia, claramente, matrizes culturais distintas, conferindo-lhe uma riqueza patrimonial e identitária imensuráveis”.

 

O Presidente Jorge Justino sublinha também que “este congresso é de extrema importância para a região e para o país”.

 

A sessão de encerramento acontece no último dia do simpósio, no auditório do CNEMA, com as intervenções de Madalena Teixeira, Presidente do VI SIMELP, Teresa Tavares, Coordenadora do Departamento de Línguas e Literatura da Escola Superior de Educação de Santarém, Inês Ferreira Lopes, Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Santarém e da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:44
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: FESTIVAL DE FOLCLORE NA FEIRA DE TODOS OS SANTOS

 

A Feira de Todos os Santos recebe um Festival de Folclore que honra a tradição cultural e etnográfica do concelho.

 

 

A Associação Cultural e Recreativa Rancho Folclórico do Cartaxo, volta a organizar um Festival de Folclore que trará ao palco do Pavilhão Municipal de Exposições algumas dezenas de “dançadores” de várias gerações para um espetáculo de cor, alegria e tradição.

 

A parir das 16h00, de dia 29 de outubro, domingo, poderá assistir ao desfile dos ranchos folclóricos que atuarão no Festival – Rancho Folclórico do Cartaxo “Glórias Vivas”, Grupo Etnográfico da Casa do Pessoal dos HUC, de Coimbra e o Rancho Velha Guarda do Folclore de Fazendas de Almeirim.

 

O RIBATEJO E A 1.ª REPÚBLICA EM COLÓQUIO

  • No mês em que Portugal celebra a implantação da República, o Cartaxo assinalou a data com um Colóquio que reuniu mais de uma dezena de historiadores para refletir sobre o papel do Ribatejo no movimento republicano.
  • António Matias Coelho considera que “o Ribatejo será das regiões que mais se poderá afirmar, com propriedade, historicamente republicana”.
  • Pedro Magalhães Ribeiro destacou a parceria com o Fórum Ribatejo afirmando que “temos a obrigação e a responsabilidade de investir na formação cívica das novas gerações, promovendo o conhecimento da nossa história e da nossa cultura e é no universo educativo que devemos fazer o maior investimento”.

 

 

O Auditório Municipal da Quinta das Pratas recebeu no dia 21 de outubro, o Colóquio O Ribatejo e a 1.ª República. Organização conjunta da Câmara Municipal do Cartaxo e do Fórum Ribatejo, o Colóquio reuniu historiadores de toda a região e contou com a presença de Luís Reis Torgal, Professor da Universidade de Coimbra, que interveio na sessão de abertura com a conferência A República em Portugal: caracterização de um processo histórico e de um sistema político.

 

Afirmando ser fundamental estudar a história da República em termos locais”, Luís Reis Torgal destacou “a importância de um Colóquio que reúne quase uma dezena de estudos, focados na região”, para o conhecimento quer do período que antecede a implantação da república, quer do período que lhe sucede.

 

As comunicações decorreram ao longo do dia, abordando a 1.ª República de uma perspetiva local. José Martinho Gaspar apresentou A 1.ª República em Abrantes, Evolução Política e Ação Laicizadora, Gabriel Feitor abordou A Formação dos Partidos Republicanos em Alcanena: Percursos e Posições Perante a Ideia Autonómica, António Matias Coelho, trouxe ao Colóquio Constância e a República, Maria Manuel Simão lembrou Francisco José Pereira – Uma Vida em prol da Re(s)publica, durante a tarde Maria Zelinda Pêgo, descreveu Pontével no Advento da República, António Filipe Rato apresentou Marcelino Mesquita, Pensador Republicano na Monarquia, Vencido da Vida no Dealbar da República?, Luísa Barbosa O Clube Guilherme de Azevedo: Contributo de Santarém para o Movimento Republicano Português, Fernando Rita Santarém na 1.ª República e José Raimundo Noras encerrou as comunicações comNas Duas Margens da Lezíria: Posicionamento de José Relvas no Debate da “Questão Agrária” durante a 1.ª República.

 

Presidente da Câmara, vereadora da Cultura e coordenador do Fórum Ribatejo na abertura do Colóquio

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, esteve presente na sessão de abertura acompanhado pela Vereadora Elvira Tristão, responsável pelo pelouro da Cultura. O autarca destacou que “a parceria estabelecida com o Fórum Ribatejo”, permitiu reunir “uma dezena de comunicações que contribuirão para sabermos mais sobre a relevância do movimento republicano na região”. O presidente da Câmara destacou ainda o importante contributo da professora Maria Manuel Simão na organização do Colóquio.

 

Convicto que “as instituições públicas têm a responsabilidade de investir na formação de cidadãs e cidadãos interessados no estudo e no conhecimento da nossa cultura e da nossa história”, Pedro Magalhães Ribeiro afirmou a importância de “fóruns de debate e reflexão que possam ter repercussões no universo educativo”.

 

Elvira Tristão, vereadora da Câmara Municipal do Cartaxo, responsável pelo pelouro da Cultura, deu as boas vindas a todos os historiadores e estudiosos presentes. Considerando que “a história e a cultura têm no Cartaxo um vasto conjunto de cidadãos empenhados na promoção dos nossos valores culturais, que nos definem enquanto comunidade”. A autarca lembrou que “quer a população, quer as elites do Cartaxo, cedo se entregaram à causa republicana”, o que ficaria evidente nas comunicações que decorreram ao longo do dia.

 

A vereadora, que acompanhou os trabalhos, reforçou ainda a “responsabilidade que temos em replicar às gerações mais jovens, os ensinamentos que hoje vamos receber” sobre a participação “do Ribatejo e dos ribatejanos neste período de viragem da nossa existência política”.

 

António Matias Coelho, apresentou o Fórum Ribatejo, que coordena, como “um conjunto de pessoas que vivem e trabalham em diversos concelhos do Ribatejo e procuram pensar a agir pelo Ribatejo. Sem sede, estatutos, orçamento, corpos sociais, ou qualquer estrutura organizada, o Fórum tem desenvolvido um conjunto de atividades”, ao longo dos últimos oito anos, “que têm permitido dar a conhecer a nossa história e a nossa cultura”.

 

O coordenador do Fórum informou ainda que “o Encontro de Historiadores Locais”, que vai para a sua quinta edição, se realizará “mais uma vez na Golegã, no primeiro sábado de abril”, sendo que “com o apoio da autarquia o Fórum tem aí instalado o seu Centro de Documentação do Ribatejo”.

 

O Colóquio contou ainda com a participação de José Manuel Rodrigues, ator e professor no concelho, que interpretou o papel de Francisco José Pereira – primeiro presidente da Câmara do Cartaxo e republicano convicto. O ator deixou, através das palavras escritas por Francisco José Pereira, o testemunho de um dos maiores defensores da república no Cartaxo e no país, sobre o período histórico conhecido como a 1.ª República.

 

 

ENCONTRO DE GRUPOS DE MÚSICA PORTUGUESA

A música portuguesa na Feira de Todos os Santos.

 

O Grupo Cantigas da Terra é o anfitrião de um encontro que traz ao Cartaxo os sons e as vozes de algumas dezenas de cantores e músicos portugueses. Organizado pela Associação Cultural e Recreativa Rancho Folclórico do Cartaxo, o Encontro vai decorrer no dia 1 de novembro, quarta-feira, no palco do Pavilhão Municipal de Exposições, às 16h00.

 

Para além do grupo anfitrião, subirão ao palco o Grupo de Cavaquinhos da União Popular da Rebordosa, de Lorvão, Penacova e o Grupo Modas do Ródão de Vila Velha de Ródão.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:43
link do post | comentar | favorito

Concursos Nacionais no CNEMA

 

 

O CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém, volta a colocar em destaque os produtos portugueses ao promover várias iniciativas como o como o 6º Concurso Nacional de Doces de Fruta Tradicionais Portugueses (30 de outubro), o 2º Concurso Nacional de Aguardentes não Vínicas Tradicionais Portuguesas (31 outubro), o 6º Concurso Nacional fe Frutos Secos Tradicionais Portugueses (31 outubro) e o 1º Concurso Nacional de Sumos e Concentrados de Fruta Tradicionais Portugueses (31 outubro).

 

Estas iniciativas, que o CNEMA realiza em conjunto com a Qualifica/oriGIn Portugal, têm como objetivo estimular a produção de qualidade, dar a conhecer os melhores produtos nas diferentes regiões do país, incentivar o seu consumo, promover o encontro de produtores, empresas, técnicos e apreciadores.

 

Com a realização destas atividades o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas pretende premiar, promover, valorizar e divulgar a qualidade, especificidade e a diversidade dos produtos portugueses.

 

A Cerimónia de Entrega de Prémios destas competições decorre no dia 18 de novembro na Tecfresh’17 – Feira Tecnológica para Frutas e Hortícolas, evento que se realiza pela primeira vez no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, de 16 a 18 de Novembro de 2017 e que pretende ser um ponto de encontro entre profissionais do sector.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:42
link do post | comentar | favorito

Câmara de Santarém adere ao projeto “Super Saudáveis”

 

 

A Câmara Municipal de Santarém aderiu ao projeto “Super Saudáveis”, promovida pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), com o objetivo de sensibilizar professores, pais e alunos do primeiro ciclo para uma alimentação saudável e equilibrada.

 

Os primeiros anos de vida da criança são um momento crucial para a aquisição de conhecimentos importantes ao nível da alimentação, possibilitando o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis que podem perdurar ao longo da vida

.

Através de um jogo em formato de cartas colecionáveis, os alunos apreendem práticas de alimentação saudável. No total, o jogo é composto por 15 cartas que representam 15 alimentos saudáveis. Cada um destes elementos tem diferentes níveis de super poderes, em função do grupo alimentar da roda a que pertence.

 

O projeto começa no próximo dia 26 de outubro, com a introdução de um alimento saudável no almoço das crianças, no refeitório das escolas. A autarquia e a empresa responsável pela confeção das refeições ajustaram as suas ementas de acordo com os alimentos e os dias propostos. Assim para o primeiro dia, os brócolos são o alimento escolhido; para o dia 2 de novembro, a sobremesa é Kiwi; dia 9 de novembro, a refeição deve contemplar o feijão; no dia 16 de novembro, o alimento selecionado é a cavala e por fim, no dia 23 de novembro, o espinafre foi introduzido na ementa.

 

O projeto conta com o apoio institucional da Direção-Geral da Educação, Direção-Geral da Saúde e Associação Portuguesa de Nutrição.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:41
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 24 de Outubro de 2017
Exposição “Sacrifício Nu” de Emanuel de Sousa e João Carvalho inaugurada dia 4 de novembro no Palácio Landal

unnamed (1)

 

 

A Exposição “Sacrifício Nu”, que reúne pinturas de Emanuel de Sousa e esculturas de João Carvalho, é inaugurada dia 4 de novembro, às 16h00, no Palácio Landal, em Santarém.

 

“Sacrifício Nu” está patente até dia16 de dezembro, e vinca as várias verdades sobre a estética da figura humana com uma atitude contemporânea e refletiva.

 

Esta exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, e aos sábados, das 10h00 às 13h00.

 

Emanuel de Sousa é formado em Arte e em Design, e trabalha atualmente no Reino Unido, no campo da pintura, do desenho e da escultura, onde desenvolve uma narrativa sempre aliada às necessidades sociais/políticas/humanas das populações. Trabalha com intenção de projetar reflexões sobre o comportamento humano.

 

João Carvalho divide o seu tempo entre o trabalho técnico e o artístico, e assume, tecnicamente, funções de designer de peles e consultor.

Na pele de artista, cria esculturas surpreendentes que captam momentos únicos, que fixa para a eternidade. Para isso, utiliza técnicas artesanais, conjugadas com novos processos já patenteados.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:25
link do post | comentar | favorito

DANÇA // Cláudia Dias apresenta Terça-feira: Tudo o que é sólido dissolve-se no ar

TercaFeira_Set_Dez201712_543x768

 

 

O Teatro Virgínia recebe, no dia 4 de novembro, o espetáculo de dança «Terça-feira: Tudo o que é sólido dissolve-se no ar», a segunda peça do projeto Sete Anos Sete Peças de Cláudia Dias. Este projeto insere-se na área da criação e que, tal como o nome indica, implica a criação de sete peças em sete anos consecutivos, tendo tido início em 2015. O espetáculo, com direção artística de Cláudia Dias e Luca Bellezze como artista convidado, tem início às 21h30.

 

Na sinopse da peça Cláudia Dias refere: «Quando era criança assistia fascinada, como muitas pessoas da minha geração, aos programas televisivos do Vasco Granja e ficava deliciada com aqueles desenhos animados que criavam mundos a partir de plasticina, cartolina ou de uma só linha. Cerca de trinta e tal anos depois convoco esse universo, nomeadamente o trabalho de Osvaldo Cavandoli, para esta segunda criação do projeto Sete Anos Sete Peças. Tendo em conta que uma linha reta é a menor linha que se pode traçar entre dois pontos, este é o ponto de partida escolhido por mim e pelo Luca Bellezze para a criação de uma espécie de cartoon ao vivo urdido a partir de um fio. Numa lógica de frame a frame vai sendo construída uma narrativa visual e sonora que retrata, de forma sintetizada, aspetos particulares da realidade contemporânea. Num tempo em que as linhas divisórias, as fronteiras, as barreiras, as linhas da frente e de mira dos conflitos bélicos, as fileiras e as linhas de identificação do drama dos refugiados, as linhas de respeito dos limites marítimos das nações, as linhas duras das fações radicais de organizações políticas e religiosas estão na ordem do dia, pretendemos trabalhar (n)uma linha unificadora, capaz de juntar o que se encontra separado.»

 

Cláudia Dias, 1972. Coreógrafa, performer e professora. Criou, entre outras, as peças Visita Guiada e Vontade de ter Vontade. Atualmente desenvolve o projeto Sete Anos Sete Peças, no âmbito do qual estreou “Segunda-Feira: Atenção à Direita!” e Terça-feira: Tudo o que é sólido dissolve-se no ar”. O seu trabalho tem sido acolhido por várias estruturas, teatros e festivais nacionais e internacionais.

 

A lotação é limitada e os bilhetes têm o custo de 7,5€ (sendo aplicáveis descontos). Podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Virgínia ou em www.bol.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:17
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
Abrantes: Eleitos para os órgãos autárquicos foram empossados em funções

20171020-193936-3

 

Na sequência do ato eleitoral de 1 de outubro de 2017, foram investidos em funções, no dia 20 de outubro, os titulares dos órgãos autárquicos do Município de Abrantes, para o mandato 2017/2021. A cerimónia de tomada de posse decorreu no auditório da Escola Secundária Dr. Solano de Abreu, tendo como testemunhas convidados e sociedade civil.

 

Maria do Céu Albuquerque (PS) tomou posse das funções de presidente da Câmara, naquele que será o seu último mandato, e anunciou a vontade de envolver toda a comunidade e “incorporar os contributos de todos, independentemente das opções políticas e das escolhas de cada um”. Deixou o compromisso “na continuidade de uma relação de cooperação estratégica com as Juntas de Freguesia, as IPSS, as empresas e as associações representativas da sociedade civil”. A tragédia decorrente dos incêndios florestais, que também assolaram o concelho de Abrantes, mereceu atenção da autarca que prestou “homenagem a todos. Os que perderam as suas vidas, os seus familiares, os seus bens. Mas também aos bombeiros e a todas as forças militares e policiais e assim como toda a comunidade civil pela forma como se envolveu”, reafirmando o compromisso de durante a sua governação dar prioridade à defesa do território do concelho de Abrantes, tendo destacado o projeto de reflorestação do território, o apoio à implementação e consolidação das Zonas de Intervenção Florestal (ZIF), a continuação da implementação do programa de faixas de gestão de combustível, de acordo com o PMDFCI – Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios, a consolidação do apoio à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes e o desenvolvimento de campanhas de prevenção de riscos. A par da defesa do território, Céu Albuquerque elencou os demais eixos de intervenção que constituem as prioridades estratégicas para o mandato que agora se inicia: Valorizar as Pessoas - Melhorar a Qualidade de Vida; Incluir Tod@s - Reforçar a Coesão Social; Fomentar o Investimento - Gerar Mais Oportunidades Profissionais; Promover a Reabilitação - Dar Vida Nova aos Espaços Urbanos; Aperfeiçoar a Governação - Envolver a Comunidade.

No Executivo Municipal, acompanham Maria do Céu Albuquerque os eleitos: Manuel Jorge Valamatos (PS); Celeste Simão (PS); Rui Santos (PPD-PSD); João Gomes (PS); Armindo Silveira (BE) e Luís Filipe Dias (PS).

Nota: o primeiro cidadão da lista do PPD-PSD ao órgão Câmara Municipal, Rui Mesquita, renunciou ao mandato, pelo que tomou posse das funções de eleito, o segundo cidadão da mesma lista.

 

Foram investidos em funções os 21 cidadãos diretamente eleitos para a Assembleia Municipal: 12 pelo PS; 04 pelo PPD-PSD; 02 pelo BE; 02 pela CDU e 01 pelo CDS-PP.

Por inerência, tomaram posse no órgão Assembleia Municipal os cidadãos que encabeçaram a lista mais votada na eleição para as 13 Assembleias de Freguesia: 11eleitos nas listas do PS; 01 eleito pelo PPD-PSD e 01 pelo MIFRM – Movimento Independente Freguesia de Rio de Moinhos.

 

Após a tomada de posse foi eleita, por votação secreta, a mesa da Assembleia Municipal que fica assim constituída: Presidente, António Mor; 1º secretário: Manuel dos Santos; 2º secretário, Isilda Jana, os três eleitos pelo PS.

António Mor falou da importância da liberdade e da cidadania, referindo que a tomada de posse dos órgãos municipais “é fruto da liberdade que a democracia nos concede, liberdade que agora a generalidade dos que frequentam as escolas pensam que sempre existiu”, tendo ainda observado “os valorosos militares de Abril” que “da semente lançada da liberdade fizeram surgir o poder local democrático”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:31
link do post | comentar | favorito

42º Aniversário da Associação Recreativa de Casais de Baixo, concelho de Azambuja

 

 

A Associação Recreativa de Casais de Baixo prepara as comemorações do seu 42º aniversário. Os festejos vão decorrer no dia 29 de outubro, na sede da coletividade, pertencente à freguesia e concelho de Azambuja.

 

As comemorações terão início com um almoço convívio, pelas 13h00, seguindo-se a animação com “Las Hermosas” – grupo de sevilhanas do Club Azambujense, e a atuação do grupo musical “Flor de Chá”. Posteriormente, será feita a homenagem aos associados que comemoram os 25 anos de filiação e haverá uma entrega de lembranças. A iniciativa termina com o tradicional bolo de aniversário.

 

O acesso ao almoço tem um custo de 10,00€ por adulto e 5,00€ por criança até aos 12 anos. As crianças até aos 4 anos não pagam.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:07
link do post | comentar | favorito

PAFT Azambuja organiza “Fun Centre, de Ténis”

 

 

campos_tenis_Azambuja_02

 

O PAFT-Programa Atividade Física para Todos, na vertente “fins-de-semana”, está a organizar para o dia 29 de outubro um encontro de ténis, nos campos do Complexo de Piscinas de Azambuja. Vai ser a segunda proposta da época desportiva 2017/2018 deste projeto do Município de Azambuja que, há mais de uma década,  promove a prática desportiva, a saúde e o convívio.

 

Depois do arranque com uma animada mega-aula de hidroginástica, a marcar a reabertura do complexo de piscinas, vem aí a atividade designada “Fun Centre, de Ténis” aberta não só aos amantes do ténis mas também a toda a população. Cumprindo a filosofia do programa, não existe qualquer caráter competitivo, sendo a manhã preenchida por sucessivos mini-jogos numa perspetiva de contacto e conhecimento da modalidade. Como é habito, o encontro está marcado para as 09h00 para a realização das inscrições, que são gratuitas e feitas no próprio dia e local.

Aconselha-se todos os participantes a levarem raquete pessoal, caso possuam, bem como equipamento desportivo adequado à modalidade (incluindo chapéu ou boné), água e reforço alimentar. Para quem necessitar, o complexo possui algumas raquetes para emprestar



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:05
link do post | comentar | favorito

Abrantes assinala dia mundial para a igualdade

A Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, em colaboração com a Câmara Municipal de Abrantes, realiza a sessão informativa “Desafios e Compromissos Políticos para a Promoção da Igualdade entre Mulheres e Homens na Vida Local”, que terá lugar amanhã, dia 24 de outubro, no Parque Tejo, entre as 17 e as 20:00 horas, numa sessão aberta a toda a comunidade.

 

A sessão conta com as participações de Maria do Céu Albuquerque – Presidente da Câmara Municipal de Abrantes e Ana Valentim – Vereadora na Câmara Municipal de Leiria (eleitas pelo Partido Socialista); Helena Pinto – Vereadora na Câmara Municipal de Torres Novas (eleita pelo Bloco de Esquerda); Cláudia André – Vereadora na Câmara Municipal da Sertã (eleita pelo Partido Social Democrata); Alexandra Silva – Presidente da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres e terá como moderadora, Ana Sofia Fernandes – Secretária Geral da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:04
link do post | comentar | favorito

Estrela Michelin David Costa esgota Jantar no Festival Nacional de Gastronomia

unnamed

 

O Chefe de Cozinha David Costa, detentor de uma estrela Michelin e atual chefe e proprietário do restaurante português “Adega,” em San Jose, na Califórnia, é o responsável pelo Menu exclusivo que vai ser apresentado esta segunda-feira, ao jantar, no Lucky 13 - Restaurante Pop up que está patente na Casa do Campino, no âmbito do Festival Nacional de Gastronomia, juntamente com os seus irmãos, Gonçalo e Bruno Costa.

 

Neste Jantar, a cargo da família Costa, que já está esgotado, e que vai ser degustado por 50 pessoas, David Costa, cozinheiro, vai partilhar com o irmão mais velho, Gonçalo, o amor pela cozinha. Este que viveu em tempos no Brasil e agora é o homem responsável pelo Tágide, em Lisboa. O irmão do meio, Bruno, que até há bem pouco tempo comandava o serviço de sala dos restaurantes de Kiko Martins, vai ser o responsável pela Sala, que também conta com a prima dos Costa, Loló Oliveira, também ela com experiência em cozinha e com uma participação no programa de televisão Chefs Academy, em 2014.

 

Os protagonistas têm diferentes estilos e pertencem a distintas regiões do País. Mas existem elos que os unem, como a origem ou até mesmo a preferência nos produtos utilizados.

 

Ao longo de oito noites, de 20 a 28 de outubro, com uma pausa no meio, a 24, o palco da 3.ª edição do Lucky apresenta os valores do futuro da gastronomia, que conta com a participação de 16 chefes que vão proporcionar ao visitante oito experiências gastronómicas distintas com jantares temáticos exclusivos para um máximo de 50 pessoas por refeição e com o valor de 35,00 € (euros) por pessoa, sujeitos a reserva (Posto de Turismo de Santarém, Rua Capelo Ivens 63, 2000-039 Santarém | Tel.: 243 304 437 | @ turismo@cm-santarem.pt

 

O Lucky 13 é a afirmação contemporânea da gastronomia nacional com jantares a 4 mãos. Estes jantares assentam num modelo em que se promove a informalidade, numa mesa comunal onde se sentam todos os comensais. Os Chefs que ainda nos vão proporcionar distintas experiências gastronómicas até dia 28, estão distribuídos pelos seguintes dias:

23 / OUT – DAVID COSTA + GONÇALO COSTA + BRUNO COSTA

25 / OUT – BERNARDO AGRELA + JOÃO CORREIA

26 / OUT – RUI MARTINS + RODRIGO CASTELO

27 / OUT – ALEXANDRE ALBERGARIA + LEOPOLDO GARCIA CALHAU

28 / OUT – MARGARIDA REGO + ANDRÉ RODRIGUES SANTOS

 

 

Jantar Irmãos Costa

 

Ementa

Os peticos do nosso domingo

Sapateira, pão, queijo e melancia, empada de cabidela, tripas enfarinhadas

A especialidade do Pai

Salada de orelha torcida

 

A Avó chamou para comer “meninos, o jantar está na mesa”

Feijão com couve e peixe rei frito

 

A ida ao Couço

Bacalhau azedo

 

A Mãe está na cozinha

Cozido à portuguesa

 

Passeio na cidade

O barquinho

 

O amigo também vai

Pudim de ovos

 

Para o café

As bolachas da mãe, claro!

 

David Costa


Estudou na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa. Começou a trabalhar no Eleven, seguindo-se o restaurante Assinatura. Foi depois sub-chefe no Ritz Four Seasons Lisboa. Decidiu partir para os Estados Unidos, onde em conjunto com a sua mulher e pasteleira Jéssica Carreira, abriu o restaurante Adega, na Califórnia. Em 2016, ganhou a primeira estrela Michelin no guia americano.

 

Bruno Costa


Licenciado em Marketing pelo Instituto Politécnico de Castelo Branco, é no serviço de sala que tem dado cartas. Começou como empregado de mesa e sub-chefe de sala no restaurante O Talho, seguindo-se A Cevicheria, O Asiático e Surf & Turf, todos em Lisboa.

 

 

Gonçalo Costa


Nasceu no Porto há 37 anos. Tem no currículo uma experiência de mais de 15 anos atrás dos fogões, tendo começado a sua formação no ano de 1997, na Escola Profissional de Ourém. Antes de chegar ao Eleven, onde se estabeleceu por seis anos, passou pelo Hotel Marriott Praia Del Rey e pelo Ritz Four Seasons Lisboa. Mudou-se em 2011 para o Brasil, onde passou pelos restaurantes Chakras, Gusto24H e Skye. Em 2014, em conjunto com a mulher, decide abrir o conceito Chef Food Truck, em São Paulo. É, desde o início de 2017, Chefe de Cozinha no Tágide, em Lisboa.

 

 

Este ano, o Festival Nacional de Gastronomia versa sobre o tema O PÃO DE CADA DIA e convida os visitantes a mergulharem nos sabores da tradição e da inovação culinária, até dia 29 de outubro.

As grandes novidades deste ano são a Padaria do Festival, dinamizada pelo especialista Paulo Chagas e com o apoio da Ferneto.

 

Ao longo dos 11 dias de Festival e pela mão dos Dias Temáticos, provamos a cada dia um pão de um município diferente de norte a sul do país.

 

O Folar Transmontano é-nos trazido pelo Município de Bragança, no dia 23 de outubro, dia em que na Raiz da Lezíria se traz o Município da Golegã.

 

A 24 de outubro é o Dia do Bolo do Caco. Neste mesmo dia o Festival apresenta a Final Jovem Talento de Gastronomia e a cerimónia de Entrega de Prémios Great Taste. Na Raiz da Lezíria é o Município de Coruche que marca lugar em representação da região.

 

O Pão Alentejano é o tema de dia 25, que vai ser apresentado pelo Município de Vidigueira. Na Raiz da Lezíria será o Dia do Município de Salvaterra de Magos. Ainda nesta data vai realizar-se o FÓRUM JTG – “Que futuro para Portugal”.

 

No dia 26 é o Pão Algarvio que vai marcar presença através do Município de Loulé. Já na Raiz da Lezíria é Dia do Município da Chamusca.

 

O Pão de Mafra vai ser trazido, no dia 27 pelo Município de Mafra, dia em que a Raiz da Lezíria promove o Dia do Município de Rio Maior.

 

O último sábado da edição deste ano do Festival Nacional de Gastronomia, 28 de outubro, tem como tema o Pão do Sabugueiro, que vai ser apresentado pelo Município de Seia. Na Raiz da Lezíria será o Dia do Município de Benavente.

 

No dia 29, vai ser o Município de Almeirim a apresentar a Caralhota, tema deste último dia de Festival.Município que também vai estar representado na Raiz da Lezíria.

 

Visite as Tasquinhas, o Artesanato, Doçaria e “Descubra Santarém enquanto prova Portugal”.

 

O Festival Nacional de Gastronomia de Santarém foi criado em 1980, e apresenta-se como o Festival de Gastronomia mais antigo do País. Realiza-se anualmente, celebrando no ano de 2017 a 37ª edição. É uma marca consagrada junto dos gastrónomos, profissionais e amantes da boa mesa. Apresenta, anualmente, um programa rico em atividades que celebram e promovem o Património Gastronómico Português, assumindo-se como um certame de excelência e uma montra dos sabores regionais.

 

Onze Municípios Presentes

 

Numa aposta clara na defesa dos produtos tradicionais portugueses, o Festival apresenta o subtema do “Pão de Cada Dia”, com a chancela da Secretaria de Estado da Agricultura e Alimentação, com uma programação diária dedicada a um, ou mais produtos emblemáticos do Município convidado. Santarém, Lamego, Madeira, Vila Nova de Gaia e Freguesia de Avintes, Bragança, Açores, Vidigueira, Loulé, Mafra, Seia e Almeirim trazem a lume uma enorme multiplicidade de pães, desde os mais tradicionais aos mais inovadores e de produtos derivados do pão e de diferentes utilizações, mostrando e dando a provar o que melhor nos dá o nosso país. Degustações Enogastronómicas, Demonstrações de Cozinha, workshops, Cursos de vinho e Provas são algumas das ações que marcarão os dias temáticos.

 

O Festival e a aposta nos Jovens

 

Nos dias 24 e 25 de outubro, o FNG volta a acolher a Final Nacional do concurso Jovem Talento da Gastronomia, com 42 finalistas disputarem o primeiro lugar em 7 categorias a concurso. No dia 25, acontece também o fórum Que Gastronomia para o Futuro de Portugal. Neste dia celebra-se o Dia do Estudante de Gastronomia.
Ainda a pensar no público mais jovem o FNG volta a apostar numa Área Didática/Espaço Júnior, em parceria com a ESES e a SCMS, e que consiste num espaço dedicado ao acolhimento e entretenimento de crianças entre os 3 e os 10 anos.

 

Novidades

 

As grandes novidades desta edição incluem um Winebar – Espaço de Degustação de Vinhos e petiscos de Norte a Sul do País e uma Padaria Educativa – espaço criado em parceria com a ACIP e a Fernetto - onde se faz pão diversas vezes ao dia permitindo aos visitantes acompanhar a feitura. Este espaço reforça a preocupação do Festival com os mais novos na disponibilização de workshops que permitem a miúdos e graúdos “pôr a mão na massa”.

As entradas diárias no Festival têm o valor de 2€ e podem ser adquiridas no Complexo Aquático de Santarém, no Posto de Turismo ou à entrada do Festival.

O Festival funciona de segunda a quinta-feira entre as 12h00 e as 00h00 e às sextas-feiras e sábados entre as 12h00 e a 03h00, sendo que no último dia, 1 de novembro, encerra às 16h00. O local do evento é na mítica Casa do Campino, no Campo Emílio Infante da Câmara, em Santarém. O Festival Nacional de Gastronomia de Santarém é organizado pela Viver Santarém, numa parceria com a Câmara Municipal de Santarém, com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, AMPV e com a chancela da Secretaria de Estado da Agricultura e Alimentação. Conta com o patrocínio da Repsol, Sagres, Delta, Resitejo, Riberalves, Bom Sucesso e CUF. A Cozinha Oficial é da Teka e a Viatura Oficial é da Litocar. Conta ainda com o apoio da Confraria Gastronómica do Ribatejo. O Lucky 13 é patrocinado pela Comissão Vitivinícola do Tejo e pela Riberalves.

 

Para mais informações consulte o portal oficial: www.festivalnacionaldegastronomia.pt

 

O Festival Nacional de Gastronomia de Santarém criado em 1980 é o mais antigo Festival de Gastronomia do País. Realiza-se anualmente, e celebra este ano a 37ª edição. É uma marca consagrada junto dos gastrónomos, profissionais e amantes da boa mesa. Apresenta, anualmente, um programa rico em atividades que celebram e promovem o Património Gastronómico Português. Apresenta-se como um certame de excelência e uma montra dos sabores regionais. Este ano, apresenta o tema “Pão de Cada Dia” e convida os visitantes a mergulharem nos sabores da tradição e da inovação culinária, entre os dias 19 a 29 de outubro.

 

PROGRAMA:

23 de outubro
Folar Transmontano – Município de Bragança l Trás-os-Montes

 

24 de outubro
Massa Sovada (Pão Doce) – Turismo dos Açores

 

25 de outubro
Pão Alentejano – Município de Vidigueira l Alentejo

 

26 de outubro
Pão Algarvio - Município de Loulé l Algarve

 

27 de outubro
Pão de Mafra – Município de Mafra l Lisboa

 

28 de outubro
Pão do Sabugueiro – Município de Seia l Guarda l Serra da Estrela

 

29 de outubro
Caralhota - Município de Almeirim

Padaria Educativa: Espaço onde se faz pão diversas vezes ao dia permitindo aos visitantes acompanhar a feitura.

Com a dinamização de workshops que permitem a miúdos e graúdos “pôr a mão na massa”.

Concurso Jovem Talento da Gastronomia - Final Nacional:
Dias 24 e 25 outubro | Com 42 finalistas a disputarem o primeiro lugar em 7 categorias em concurso.

 

Fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal”:
Dia 25 outubro | Neste dia celebra-se o Dia do Estudante de Gastronomia.

Encontro Nacional de Confrarias:
Promovido pela Confraria Gastronómica do Ribatejo

 

Winebar:
Espaço de Degustação de Vinhos e petiscos de Norte a Sul do País

 

Espaço Júnior:
Ainda a pensar no público mais jovem o Festival Nacional de Gastronomia volta a apostar numa Área Didática/Espaço Júnior, em parceria com a Escola Superior de Educação de Santarém e a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, que consiste num espaço dedicado ao acolhimento e entretenimento de crianças entre os 3 e os 10 anos.

Participação Intermunicipal (CIMLT e os 11 Municípios associados), no stand intermunicipal para promoção das atratividades turísticas e gastronómicas dos Municípios da Lezíria do Tejo.


Dia 19 | Dia do Município de Santarém
Dia 20 | Dia do Município do Cartaxo
Dia 21 | Dia do Município de Alpiarça
Dia 22 | Dia do Município de Azambuja
Dia 23 | Dia do Município da Golegã
Dia 24 | Dia do Município de Coruche
Dia 25 | Dia do Município de Salvaterra de Magos
Dia 26 | Dia do Município da Chamusca
Dia 27 | Dia do Município de Rio Maior
Dia 28 | Dia do Município de Benavente
Dia 29 | Dia do Município de Almeirim

 

Visitas Guiadas:
25/out e 26/out, às 15h30 * Percurso: 360º
28/out, às 16h00 * Percurso: O Azulejo

* Condições das Visitas:
1) As visitas guiadas são gratuitas, bem como a entrada nos respetivos espaços mencionados;
2) Todas as visitas têm a duração de 60 minutos;
3) Reservas: 963 735 589 (guia-intérprete Vera Duarte) ou 243 304 437 (Posto de Turismo)

 

INFORMAÇÕES
CONTATOS

Campo Infante da Câmara 
Casa do Campino
+351 243 300 900
+351 243 300 901
geral@viversantarem.pt

Morada: CASA DO CAMPINO
Campo Emílio Infante da Câmara
2000-014 Santarém
Coordenadas: GPS: 39.237572 N
8.689156 W

PREÇOS | PONTOS DE VENDA
Bilhete Individual 2 euros
Bilheteira do Festival Nacional Festival de Gastronomia

Caderneta com 10 bilhetes 15 euros
Posto de Turismo de Santarém; Complexo Aquático de Santarém

23, 24 e 25 out. entrada gratuita das 12h00 às 17h00.

 

HORÁRIOS:

Restauração | Salão de Vinhos | Artesanato | Agro Produtores | Doçaria

19-28 de outubro: 12h00 - 24h00
29 outubro:12h00 -16h00

Praça do Petisco

19 e 22-26 de outubro: 12h00 - 24h00
20, 21, 27 e 28 de outubro: 12h00 - 01h00
29 de outubro: 12h00 -16h00

Recinto Exterior | Bar

19 e 22-26 de outubro: 12h00 - 01h00
20, 21, 27 e 28 de outubro:12h00 - 02h00
29 de outubro: 12h00 -16h00

LUCKY 13
O valor de cada jantar é de 35€ por pessoa, com bebidas incluídas, e as reservas e pagamentos deverão ser efetuadas através do Posto de Turismo de Santarém e os bilhetes levantados diretamente na bilheteira do Festival.

Os jantares têm início às 20h00

RESERVAS
Nuno Almeida | Tlm.: 934 804 101 | nuno.almeida@viversantarem.pt 
ou
Posto de Turismo de Santarém
Rua Capelo Ivens 63
2000-039 Santarém
Tel.: 243 304 437 | turismo@cm-santarem.pt

  



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:02
link do post | comentar | favorito

APRESENTAÇÃO DO LIVRO TOQUE DA ALMA

unnamed

 

Simone Martins apresenta livro de poesia no Centro Cultural do Cartaxo.

 

Toque da Alma nasceu dos poemas enviados pela autora a um concurso promovido pela Chiado Editora. Resultado do que Simone Martins afirma terem sido “muitas horas sozinha a falar comigo e com o papel”, o livro pode ser lido como um mergulho no universo do amor.

 

Para falar sobre o processo de escrita e sobre o Toque da Alma, a autora estará no Centro Cultural do Cartaxo no dia 4 de novembro, sábado, a partir das 16h30. A entrada é livre



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:01
link do post | comentar | favorito

NERSANT BUSINESS: «Nesta sexta edição, acolhemos 38 países»
A sexta edição do NERSANT Business - Encontro de Negócios do Ribatejo, conta com a maior participação de sempre. 38 países presentes, mais 10 do que na edição passada.
 

Isso mesmo foi sublinhado pela Presidente da NERSANT, Maria Salomé Rafael, na cerimónia de abertura do NERSANT Business 2017, “Nesta sexta edição, conseguimos 38 países. Estão numa região com empresas altamente desenvolvidas, tecnologicamente muito avançadas, muito modernas e competitivas, em que o crescimento das exportações é superior ao crescimento da média do país”.

Realizado desde 2012, é já considerado um dos maiores encontros internacionais de negócios em Portugal. O evento tem vindo a ganhar escala, quer através do número de empresas da região e do país que têm demonstrado interesse em participar, quer pelo interesse dos países estrangeiros, que têm vindo a aumentar desde então.

O modelo de incentivo à exportação da NERSANT no evento é simples. Os primeiros dois dias do evento estão reservados para a realização de reuniões de negócio, agendadas previamente pela NERSANT de acordo com os interesses dos participantes, sendo que o terceiro dia é reservado para a visita às empresas.

Presentes estão ainda várias Embaixadas e Casas de Comércios: Embaixada da Hungria, do Perú, República Dominicana. Câmara do Comércio Luso-belga-luxemburguesa, Câmara de Comércio Geral da República da China, Câmara de Comércio e Indústria Luso-chinesa, Câmara de Comércio e Indústria e Serviços de Portugal em Marrocos, Câmara de Comércio e Indústria Luso-mexicana, Casa da América Latina, Câmara de Comércio Portugal-Atlântico-Sul.

Quanto aos países e empresários inscritos, são mais de 70 empresários/importadores inscritos de 38 países: África Do Sul, Angola, Argélia, Azerbaijão, Bélgica, Brasil, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, China, Colômbia, Costa Rica, Emirados Árabes Unidos, Equador, Estados Unidos da América, França, Gana, Geórgia, Holanda, Hungria, India, Irão, Letónia, Luxemburgo, Marrocos, México, Moçambique, Panamá, Perú, República Dominicana, República Checa, Roménia, S. Tomé e Príncipe, Sérvia, Suíça, Taiwan, Turquia e Ucrânia.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:00
link do post | comentar | favorito

Doçaria portuguesa reunida em Abrantes com muitas actividades

IMG_9635

 

Regressa a Abrantes o evento mais delicioso do ano, a Feira Nacional de Doçaria Tradicional, que conta pela primeira vez com o Jardim da República como palco. Como é já tradição, no último fim-de-semana de Outubro, o Centro Histórico de Abrantes fica preenchido pelas iguarias da doçaria portuguesa, complementadas por um programa de actividades gratuitas para toda a família.

Os visitantes poderão contar com doçaria, licores, mel e compotas de Felgueiras, Vila Real, Lamego, Amarante, Ovar, Aveiro, Tentúgal, Alcobaça, Torres Novas, Caldas da Rainha, Sertã, Ponte de Sôr, Portalegre, Évora, Reguengos de Monsaraz, Madeira, Açores, Sardoal e Abrantes.

A abrir este doce certame, na sexta-feira, dia 27 de Outubro, irá haver uma demonstração de doçaria ao vivo, pelos alunos do curso de Técnico de Cozinha/Pastelaria, da Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, que irão apresentar uma sugestão de sobremesa, que integra vários doces regionais.

Do programa de animação, destacam-se as actividades dirigidas ao público infantil com o espectáculo de marionetas “Mãos ao Alto!”, logo na manhã de dia 28 de Outubro. Também com marionetas serão contadas histórias, nas “Histórias de Sonho”, pelas 16h de sábado. Balões e pinturas faciais farão as delícias dos mais pequenos, entre as 15h e as 16h, de sábado e domingo. No domingo, pelas 11h, haverá uma oficina de doçaria para ensinar a fazer as línguas-de-gato e os beijinhos, característicos da tradição de “pedir os bolinhos”, não só para as crianças, mas também dirigida aos adultos que as acompanham. Durante a feira será, também, realizada outra oficina apenas para adultos sobre os “prazeres sem glúten”, no sábado, dia 28 de Outubro, às 10h.

Dedicado ao personagem de Banda Desenhada Palhinhas, irá decorrer um desfile dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico das escolas do concelho, que durante toda a feira da doçaria estarão em exposição.

Na música, o cardápio é composto pelo VI Encontro de Música Tradicional Portuguesa, dinamizado pelo Orfeão de Abrantes, com grupos de Abrantes, de Monte Real (Leiria) e Monte do Arneiro (Nisa), que irão actuar na sexta-feira e no sábado. A fazer arruada pelo Centro Histórico, na manhã de sábado, passará o grupo de concertinas “Sons Lusitanos”. Na noite de 28 de Outubro, haverá um espectáculo de tributo a Queen com a banda “A Kind of Queen”. Ainda, no panorama musical, o certame, terá no seu encerramento um Encontro de Tocadores de Instrumentos Tradicionais, no domingo, dia 29 de Outubro.

Já para queimar calorias, serão desenvolvidas duas actividades desportivas. A primeira será o Night Urban “Os Palhinhas”, no sábado, em formato de caminhada turística, livre ou corrida pelo Centro Histórico. A esta actividade, de participação gratuita, serão associadas visitas guiadas a locais emblemáticos da cidade e ligados à doçaria local, na opção caminhada turística. Para domingo, haverá passeio em BTT “Na Rota da Palha” de encontro ao Caminho do Tejo, margem Norte.

A 16ª Feira Nacional de Doçaria Tradicional, organizada pela Câmara Municipal de Abrantes, em colaboração com a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, vai realizar-se de 27 a 29 de Outubro. Na sexta-feira, irá abrir às 17h e encerrar às 23h. No sábado, a mostra de doces estará patente das 10h às 23h. Já no domingo, pode comprar as iguarias nacionais a partir das 10h até às 20h. Para mais informações e inscrições nas actividades, consulte os site www.cm-abrantes.pt e/ou www.tagus-ri.pt.    



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:24
link do post | comentar | favorito

Domingo, 22 de Outubro de 2017
TEMAS DE SAÚDE: O médico também adoece

ANTONIETA

Por: Antonieta Dias (*)

 

O médico também adoece

 

Na perspetiva da vida do médico, a sua forma normal de estar é sempre programada para cuidar o seu paciente.

Porém nem sempre é este o cenário vivenciado e muito menos o esperado.

Certo é, que perante a situação de ficar incapacitado temporária ou definitivamente passa a viver uma experiencia inesperada e por vezes não controlada.

A sua aceitabilidade perante a doença desencadeia muitas fases, obedece com certeza  às recomendações que lhe são dadas, mas aceita com dificuldade esta mudança radical  que muda  a  sua vida.

Não está preparado para lidar com a doença,  não se conforma  com a leitura obrigatória do cardápio dos medicamentos , conhece os limites da ciência, mas não consegue  saber estar doente.

Conhece  os hospitais, os lares, as unidades de cuidados continuados ou paliativos, sente que tem auto - estima, que está a ser tratado com dignidade, que não perdeu a autonomia, acredita na Sabedoria de quem o cuida, bem como nos limites da medicina, que consegue prolongar e dar qualidade à vida, mas não se conforma  com o intervalo   entre o exercício da sua profissão e o período de reabilitação.

Como cliente tem sempre razão, mas será que vale  a pena ser paciente mesmo que não seja muito grave a sua situação?

Acredito que não,  mesmo que seja muito otimista preocupa-se, o seu raciocínio reflete sobre as complicações, potencia e investe para obter  bons resultados, não quer ser enganado, pensa como doente, age como médico e ate parece que já estava preparado.

Arranja soluções, evita complicações para combater o declínio psicofisiológico.

Entre o acordar e o adormecer, faz os apontamentos clínicos, reúne o que é importante e separa a fantasia, consolida a certeza de que a cura esperada não evita a medicação, nem muitas vezes a cirurgia mas não há outra solução para a patologia em questão.

Passa o tempo, a recuperação é prolongada, tenta preencher o dia, lendo,  vendo  filmes, conversando, mas as vinte e quatro horas são  longas  e a vontade de sair do processo da doença é enorme, que os minutos parecem horas, os dias meses, depois já exausto serena e decide que é melhor aguardar tranquilamente pela  consolidação das lesões.

Já impaciente leu todos os Capítulos do Harrison, parecia que estava a preparar-se pra o exame de admissão à especialidade, retinha as virgulas, os pontos, as minúsculas  anotações como se fosse ainda candidato à especialidade, mas o tempo ainda sobrava para meditar, para escrever e para sonhar com o  dia do términus da doença.

São estes fatos que nos fazem modelar  os comportamentos, que nos elevam os pensamentos e que nos ajudam a superar o sofrimento.

Em suma, ser médico torna por vezes mais complicada a vivencia e a experiencia de ser também  doente, mas por menos  complicada que a situação seja, há fatos que não conseguimos ultrapassar, sobretudo as dores, as ideias de um insucesso terapêutico, as dificuldades em andar, o medo de piorar, o desejo de escolher a melhor opção para não falhar, os tempos de tratamento, o silencio e a serenidade de saber  esperar. 

(*) Prof. Doutora na Faculdade de Medicina do Porto



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:47
link do post | comentar | favorito

A tempo de não cair no conto do vigário

ANAGRACIOSA

Por: Ana Graciosa 

 

!?


Quantos te criticam e pensam tanta coisa de ti, quando na verdade, são muito piores e não conseguem ver para além do seu próprio umbigo, e muito menos conseguem encarar a sua própria realidade?


Alguém me disse um dia: Queres conhecer? Deixa à vontade…  ;)


O "oportunista" tira vantagem da sua chantagem mental para alcançar o que quer... Aproveita todas as oportunidades, normalmente sem preocupações éticas ou morais.... Pode dizer-se que é a oportunidade em pessoa e faz uso da boa vontade e ou ingenuidade dos outros, para atingir os seus fins...

Recorre à mentira como quem respira, e faz do ensejo momentâneo a sua oportunidade, servindo-se da humanidade dos outros....

O "oportunista" é falso e não tem sentimentos de culpa, muito menos atitudes e provas de carácter…

Quanto à sua desleal maneira de agir, é fingido e dissimulador... pode correr o risco de ficar sem ninguém, mas continua o seu percurso, mesmo podendo ser descoberto e de haver alguém com a capacidade abrir a pestana a tempo de não cair no conto do vigário ... nestes casos, cair no conto do oportunismo dissimulado.

Só para deixar a pensar….



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Opcional

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

Opcional

 

Será que te posso conta com lágrimas a dor que me estrangula hoje ou preferes que te minta e te diga insignificâncias, só para que não te sintas incomodado com o meu pranto?
Será, sequer, que vale a pena mostrar-te a parte mais enigmática da minha essência?
Será que mereces tudo o que a minha alma te murmura quando está inquieta?
Não, não vale a pena.
Terias de ser MAIOR para mereceres que eu perdesse tempo contigo.
Mas não mereces!
É o que me digo todos os dias:
“não me mereces”
Chegas depois com falas mansas de homem apaixonado e eu, frágil, quase criança, deixo de te ouvir, para te escutar com o coração…
Será que vale a pena amar-te assim, incondicionalmente, se para ti serei sempre opcional?
Será que um dia vou perceber que a minha felicidade, quando estou contigo, é uma felicidade podre e que apenas depende de mim deixar de ser uma opção, para passar a ser a prioridade da tua vida?
No dia em que me mereceres, diz-me…
Será que és homem para isso?



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito

Quando a doença vence...

FLORBELA

Por: Florbela Gil

 

Vou contar-vos, uma história verdadeira, tal como todas as outras.

 
Era uma vez uma menina linda, olhos pretos amendoados, cabelos pretos, e com a pele muito branquinha. Linda, linda, parecia a Mona Lisa, aliás, varias vezes, foi o que lhe disseram. 
Essa menina, que vou aqui retratar, e para ela fica esta homenagem de contar a sua história, nasceu em Portugal, mas ainda em pequena, sua mãe, junto com seu irmão, foram juntar-se ao pai, que estava emigrado na Guiné Bissau, e lá estava estabelecido.
 
Enquanto foram os dois pequenos, lá viveram, mas aproximava-se a altura do irmão mais velho entrar na escola. 
 
Sua mãe, regressou com eles a Portugal.
 
Célia, assim se chamava a menina, que parecia a Mona Lisa, tinha uma energia que se espalhava por onde ela passava, a sua alegria era contagiante.
 
Saltava para cima duma cadeira, cantava, e dançava, não tinha vergonha, era tão giro vê-la brincando assim.
 
Passaram-se anos, a menina cresceu, fez-se mulher, estudou, ainda entrou na universidade, a estudar artes, mas, sua mãe, entretanto, tinha regressado para a Guiné, ela ficou sozinha, com uma casa para cuidar, e estudar. Mas o dinheiro que  mãe lhe enviava, era pouco, não chegava para pagar as despesas. 
 
Célia, desistiu dos estudos. Enviou currículos, para muitos sítios, esperou que alguém a chamasse.
 
E assim foi, uns meses depois, foi chamada, a uma entrevista para uma perfumaria de renome, num Centro Comercial em Lisboa.
 
Gostaram muito da sua aparência, e da sua delicadeza a falar.
 
Conseguiu o lugar para ser uma das vendedoras dessa perfumaria.
 
Célia, tinha um dom nato para vender.
 
Rapidamente, quem ia à perfumaria queria ser atendido por ela. Passou a ser em pouco tempo uma das melhores vendedoras da loja.
 
É claro, que isso acarreta, as invejas de colegas, de chefes de lojas, e resultado, os patrões subiram-na de posto, passou a ser uma das mais graduadas abaixo dos patrões.
 
A vida sorria-lhe, já conseguia pagar as despesas sozinha, e ainda estudar à noite.
 
Uma mulher de armas, tão nova ainda.
 
Chegou a ser convocada para ir representar a perfumaria, e ir a congressos, fora do país, para poder divulgar os produtos. Sim porque os clientes da loja onde trabalhava, eram pessoas bastante abastadas, que não se inibiam de comprar um creme para a cara, e uma embalagem pequena, por 400€, um creme!!!
 
A vida sorria-lhe. Conheceu um rapaz, namoraram dois anos, e acabaram por se juntar. Parecia estar feliz.
 
Entretanto, sua mãe, adoece, veio para Portugal. A doença da moda.
 
Sua mãe tinha sido diagnosticada com cancro do pâncreas. 
 
Célia ajudou a mãe no que pode, sempre com muita dedicação. 
 
Entretanto, ela própria, um dia deu-lhe uma dor fortíssima no baixo ventre e o namorado levou-a para o hospital. Exames revelaram um tumor num dos ovários. Foi operada. A sua médica, ainda lhe deixou um ovário, porque como era muito nova, ainda podia vir a ter filhos. O tumor tinha sido retirado na altura certa, disse a Dra.
 
Mas tinha que fazer medicação preventiva, com comprimidos de quimioterapia, uns meses.
 
Passou quase um ano, entretanto, sua mãe foi piorando, e ela ia ajudando a mãe no que podia, mas a doença não deixou que ela vivesse mais. 
 
Célia, assim perdia a sua mãe. A dor, o sofrimento, fez com que se descuidasse com a sua própria saúde. Como tinha mudado de casa, e de número de telefone, ela não respondeu, aos avisos do hospital, para voltar a repetir os exames. 
 
Assim se passou mais dois anos, Célia sofreu nova crise, dores horríveis na barriga. Foi de urgência para o hospital. Foi logo operada na hora... Mas...
 
Tarde demais... O seu outro ovário tinha rebentado, e todo o veneno do cancro se espalhou pelo seu corpo todo. Ficou internada, ainda lhe deram quimioterapia forte, mas acho que ainda ficou pior.
 
Célia, pediu, para lhe cortarem o seu lindo e longo cabelo preto, pois a queda de cabelo, já se notava com o tratamento. Uma das enfermeiras, fez-lhe uma trança, e cortou, deixando o cabelo pela zona pescoço.
 
O que ela chorou, pois tinha noção do que a esperava.
 
Deixou tudo preparado, para a sua morte. Deixou escrito como queria ir vestida e penteada, e maquilhada. Disse também, ao irmão que queria ser cremada como sua mãe e queria ficar ao pé dela.
 
Numa das vezes que fui visita-la ao hospital, ela pediu-me": Belinha, passa os cubos do gelo pelo meu corpo todo que me sinto a arder toda por dentro!"
 
Assim fiz, agarrei em dois cubos e passei nos seus braços, pernas, as lágrimas corriam pela minha cara, era uma dor tão grande ver a minha menina, a ir embora com tanto sofrimento.
 
Três semanas, foi o seu tempo de vida.
 
Dois anos antes, tinha falecido a minha tia, mãe da Célia, e dois anos depois a minha prima do coração. Tinha 33 anos.
 
O irmão, João, quando a mãe de ambos faleceu, foi com a sua irmã Célia, depositar as cinzas, na base aérea da Madeira, porque, era um local, a ilha da Madeira, que a mãe dizia que gostava um dia de visitar. Pediu autorização, e lá, num cantinho abriram no chão um buraquinho para depositarem as cinzas.
 
O João, fez também a vontade à sua irmã, mas desta vez fez a viagem sozinho. 
 
Quando chegou ao local onde tinha depositado as cinzas da mãe, deparou-se com uma roseira nascida no local.
 
 João sabia, que ia deixar bem a sua mana, ia entregá-la à mãe, e agora juntas de vez, ele saiu de lá, com o seu coração preenchido de amor, emoção, mas, dizia ele, que sentia os braços das duas ao seu redor em toda a viagem de regresso.
 
A Mona Lisa, dos cabelos pretos, olhos amendoados, pele, tipo branca de neve, vive. Vive nos nossos corações. Fica a minha homenagem, para todas as pessoas com estas doenças e outras também graves, obrigado pela coragem que dão aos outros, quando são vocês que precisam dela.


publicado por Noticias do Ribatejo às 07:34
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017
Ato de Instalação da Assembleia de Freguesia de Freixianda Ribeira do Fárrio e Formigais

22687614_2056520624583673_4653737771182404034_n (1)

 

Decorreu ontem, dia 19.10.2017, no Salão Nobre do Edifício Multiusos de Freixianda, o Ato de Instalação da Assembleia de Freguesia de Freixianda Ribeira do Fárrio e Formigais.

O Executivo da Junta de Freguesia ficou assim constituído por: Presidente:Abílio Gameiro Rodrigues
Secretário: Jorge Manuel Pereira dos Santos
Tesoureiro: Paulo Luís Marques Nunes

Já a Assembleia de Freguesia por:
Presidente: Alfredo Manuel Raimundo da Silva
1ª Secretária: Sandra Isabel Rosa de Oliveira
2ª Secretária: Patrícia Alexandra de Jesus Maia
Vogais: Sofia Ferreira Gonçalves Lopes
Filipe de Jesus Janeiro
Leonel de Sousa Marques
André Jorge de Sousa Henriques
Luís Miguel Pereira Ferreira
Manuel de Jesus Gaspar



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:14
link do post | comentar | favorito

NERSANT apoia empreendedores a acelerar a transformação da ideia em negócio
8 semanas, 8 workshops, dezenas de horas de consultoria, visitas a empresas inovadoras e centros tecnológico, sessões de networking, enquadramento em sistemas de incentivos e apresentações a potenciais parceiros e financiadores, é o que os participantes irão encontrar no decorrer do 4.º Programa de Aceleração da NERSANT, que arrancou no dia 18 de outubro em Torres Novas.
 

No total desta 4.ª edição do Programa de Aceleração, que desta vez está a decorrer em Torres Novas, são 15 os projetos participantes e que logo cedo esgotaram as vagas disponíveis para esta iniciativa de apoio ao empreendedorismo levada a cabo pela NERSANT.

O primeiro workshop, realizado no dia 18 de outubro, contou com a participação do professor universitário, consultor e produtor do Shark Tank Portugal, Paulo Sousa Marques, que será um dos mentores do Programa.

"Eu não avalio ideias. A mesma ideia de negócio pode ter resultados completamente diferentes, desde a falência da empresa, à ascensão do promotor a milionário. Tudo depende da eficácia da implementação e da condução de todo o processo empresarial", começou por referir o consultor no início do workshop. De facto, acrescentou ainda, "é com este objetivo que iniciamos o programa de aceleração com este workshop – O Quê? Para quê? E para quem?".

No fundo, disse, o que se pretende é clarificar estratégias e caminhos para determinado tipo de produto ter sucesso. "Aqui, temos o objetivo de contribuir para validar as ideias dos empreendedores e acelerar o seu processo de transformação em negócio", concluiu Paulo Sousa Marques.

Esta edição do Programa de Aceleração vai decorrer em Torres Novas até meados de dezembro e contempla a realização de mais 7 workshops complementares e sequenciais. Paralelamente aos workshops, serão proporcionadas dezenas de horas de consultoria especializada às ideias, por mentores e consultores especialistas, visitas a empresas inovadoras e centros tecnológico, bem como sessões de networking e enquadramento em sistemas de incentivos. No âmbito do Programa de Aceleração, a NERSANT dá ainda a oportunidade de, no final do programa, os empreendedores apresentarem a sua ideia, já devidamente estruturada, a potenciais parceiros e financiadores.

Esta é já a 4.ª edição do Programa de Aceleração que a NERSANT dinamiza na região do Ribatejo. As três anteriores edições, realizadas em outubro/novembro de 2016, fevereiro/abril de 2017 e maio/julho de 2017, tiveram um conjunto de 46 projetos participantes, tendo resultado já na criação de diversas startups, algumas delas premiadas, quer a nível regional quer a nível nacional, como a Vegan Chee e a Campónio.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:36
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Município de Santarém apo...

Férias de Natal AAAF – pa...

Livro de Luís Batista “Ca...

Sociedade Ponto Verde e D...

II Festival de Órgão de S...

NERSANT apresenta tendênc...

74º Aniversário do Concel...

Azambuja é o município co...

Mercados de Natal em Deze...

Câmara Municipal de Salva...

É pró menino e prá menina...

CÂMARA MUNICIPAL COM VAGA...

Município de Azambuja ina...

Município do Entroncament...

Premiados Concursos Nacio...

Município do Entroncament...

Continuam os convívios de...

Ribatejo apresenta-se com...

Junta de Freguesia de Alc...

Comemoração do Dia Mundia...

Liga de Amigos da Secção ...

Câmara de Azambuja aprovo...

Município de Azambuja com...

Avisan’19 recebe Exposiçõ...

Município da Chamusca pro...

MUNICÍPIO DO CARTAXO CELE...

Câmara Municipal de Salva...

“Dia do Refeitório Aberto...

“É pró menino e prá menin...

CA Juniores dá asas à ima...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds