NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 30 de Abril de 2018
Município de Santarém, Diocese e Fábrica da Igreja de Santa Iria assinam protocolo de colaboração

 

 

Protocolo com a Diocese (13)

 

A Câmara Municipal de Santarém, a Diocese de Santarém e a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Santa Iria da Ribeira de Santarém assinaram hoje, dia 30 de abril, um protocolo de colaboração que permite a implementação de ações de requalificação da Igreja de Santa Iria, tendo em vista a recuperação, a valorização e a fruição pública de um património singular no quadro da herança cultural portuguesa e de grande relevância para a Cidade e para a região.

 

A Igreja, localizada na Ribeira de Santarém, encontra-se encerrada ao culto há cerca de 20 anos, devido ao seu elevado estado de degradação. Esta situação encontra-se devidamente identificada no relatório elaborado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), onde se justifica a necessidade de uma intervenção no imóvel, de forma a que o mesmo possa ser requalificado e reaberto ao público tão breve quanto possível.

 

Os projetos infraestruturais e de recuperação e valorização patrimonial a implementar na Igreja de Santa Iria vão ser submetidos por meio de candidaturas a concursos para financiamento externo, nomeadamente da União Europeia, através do Portugal 2020, no âmbito do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial celebrado entre as Autoridades de Gestão dos Planos Operacionais Financiadores e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

 

A Igreja de Santa Iria é um edifício barroco, embora apresente, ainda, testemunhos da campanha gótica, nomeadamente, ao nível da abóbada de nervuras de uma das capelas e das obras renascentistas, visíveis na decoração das pilastras, no arco do cruzeiro e nas colunas toscanas. A igreja é de invocação de Santa Iria, a mártir cristã nabantina, cujo corpo, segundo a lenda, aportou a estas paragens após o seu martírio. A sua riqueza histórica e cultural, justificou a sua classificação como Imóvel de Interesse Público, pelo Decreto n.º 95/78, DR, I Série, n.º 210, de 12-09-1978.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:50
link do post | comentar | favorito

Torneio de Pólo aquático, “Os Sabores do Touro Bravo”

 

 

Realizou-se no passado sábado 28 de abril, nas piscinas municipais de Coruche, o Torneio de Pólo aquático, “Os Sabores do Touro Bravo”. A Viver Santarém a convite da equipa da Búzios, marcou presença com as suas equipas de sub 18 e absolutos neste torneio que se pautou por ambiente completamente descontraído. Para além da equipa da casa (Búzios) também estiveram presentes a equipa do Oriental.

 

O objetivo das equipas da Viver Santarém, passava por ganhar ritmo competitivo para os próximos jogos/jornadas, para que possamos discutir os jogos com um maior equilíbrio e claro, deixar uma boa imagem do Pólo praticado em Santarém.

 

A equipa da Viver Santarém nem sempre esteve à altura dos acontecimentos, faltando por vezes “humildade” suficiente para encarar o tipo de competição que estava inserida e dar uma boa réplica do que se tem vindo a treinar.

 

No primeiro jogo a equipa arrancou com uma fraca exibição contra a equipa da casa, bastante apáticos e com muitos erros defensivos no entanto no final do primeiro período o marcador marcava um empate a 3 golos. Nos restantes períodos a Búzios soube aproveitar a falta de discernimento dos jogadores da Viver Santarém no segundo passe e no aguentar a pressão homem a homem, sofrendo assim vários golos, tendência que não conseguiu contrariar até final do jogo. Apesar disso ficamos com a noção de que os processos defensivos estão bem adquiridos e bem trabalhados.

 

No segundo jogo, contra a equipa do Oriental que conta com várias figuras do panorama nacional, apesar da derrota, a equipa da Viver Santarém fazer um “reset” à máquina, conseguindo ter mais bola, mais presença para ajustar determinados processos ofensivos que forma menos conseguidos converter no primeiro jogo. Com uma organização defensiva igualmente boa por parte do Oriental o jogo foi mais equilibrado e mais emotivo.

 

A Viver Santarém conseguiu assim assegurar o 3º lugar no torneio, dando conta de boas perspetivas para os próximos jogos.

 

De salientar que o processo de aprendizagem está a ser conseguido, não obstante alguns condicionamentos que por vezes dificultam a realizar de um trabalho melhor, a equipa tem conseguido evoluir e melhorar.

 

Agradecer a entrega de todos durante todo o torneio. A todas as equipas, que tão bom ambiente criaram, proporcionando um bom espetáculo de Polo Aquático para os que gostam desta modalidade, e à equipa e clube “Búzios” o convite para a participação no Torneio.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:49
link do post | comentar | favorito

MOSTRA GASTRONÓMICA CARNES DE CAPOEIRA TRAZ À MESA SABORES TRADICIONAIS

cartaz_carnes_2018

 

 

Em maio 12 restaurantes do concelho de Arruda dos Vinhos participam na mostra gastronómica "Carnes de Capoeira", apresentando propostas confecionadas a partir de carnes características da gastronomia local como a galinha, galo, pato, coelho e peru. “Carnes de Capoeira” são produtos tradicionais de um concelho que ainda hoje apresenta características marcadamente rurais em que as carnes eram criadas nas quintas e “casais” para serem servidas à mesa em dias festivos como a Páscoa,  Natal ou o dia da festa local.

Esta é uma iniciativa do Município de Arruda dos Vinhos que conta o apoio da Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos e da Quinta de São Sebastião e a participação dos restaurantes:

A Tasca do Beco Torto

Cantinho da Granja

Casa do Benfica

Clube dos Bifes

Mercearia do Prato

O Barril

O Galo do Carrasqueiro

O Lagar do Mário

O Valverde

Taberna da Ti'Amélia

Tasca do Russo

Tasca dos Queijos Frescos

 

A mostra gastronómica apresenta propostas tradicionais e novas roupagens inspiradas numa cozinha mais atual, demonstrando a versatilidade destes produtos tradicionais e saudáveis.

O evento conta ainda com a realização de sessões de fados nos restaurantes aderentes



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:18
link do post | comentar | favorito

Summer Camp da JS Federação de Santarém em Tomar

 

 

Decorreu no passado sábado, a Comissão Politica Federativa da Juventude Socialista do Distrito de Santarém, no Auditório Municipal de Alcanena, onde a Juventude Socialista de Tomar apresentou uma proposta ambiciosa de trazer para Tomar, o Summer Camp da Federação. 
A proposta consistia na realização, deste que é o maior acampamento distrital em terras nabantinas, mais precisamente, no Redondo Lodges & Camping, parque de campismo de Poço Redondo, freguesia da Serra/Junceira.
A proposta foi aprovada e Tomar contará com o Summer Camp, que se realizará no segundo fim de semana de julho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:17
link do post | comentar | favorito

FEIRA DE MAGOS 2018 EM SALVATERRA DE MAGOS DE 9 A 13 DE MAIO

FEIRA DE MAGOS2

 

 


 

Está à porta a Feira de Magos dinamizada pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos. De 9 a 13 de maio, não faltam concertos, exposições, atividades taurinas e equestres, máquinas agrícolas e carrosséis.

Fernando Daniel, Raquel Tavares, Sangre Ibérico, The Pilinha e The Buzz Lovers - Tributo a Nirvana são os convidados musicais deste certame que se assume como um ícone da identidade concelhia.

No âmbito da Feira de Magos 2018 serão inauguradas as exposições “Profissões d'Antigamente: O Correeiro e o Ferrador”, a inaugurar no dia 9 maio (quarta-feira – 21h) na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos; e “Simão Neves, a dedicação ao toiro, ao cavalo e ao campo”, com homenagem no dia 10 de maio, feriado municipal, pelas 18h, no Edifício do Cais da Vala, em Salvaterra de Magos.

Em paralelo, ao nível de exposições, o Mercado de Cultura de Marinhais tem patente, de 3 a 30 de maio, "A Apanha da Espiga" e a Galeria de Exposições da Falcoaria Real de Salvaterra de Magos apresenta, até 16 de maio, a mostra de pintura "Reflexos de uma Consciência Cósmica" de Raul Ferrão e Fátima Romão.

Na tenda multiusos da Feira de Magos e no espaço exterior voltarão a estar representadas empresas do Concelho de Salvaterra de Magos ligadas ao setor agrícola, assim como artesãos e produtores locais. Não faltam igualmente os habituais divertimentos de feira, entre eles os carrosséis.

A abertura da Feira está marcada para o dia 9 de maio pelas 20h, seguindo-se a inauguração da exposição “Profissões d’Antigamente: O Correeiro e o Ferrador”, na Biblioteca Municipal. O concerto com Fernando Daniel acontece pelas 22h, na Tenda multiusos da Feira de Magos. Para as 23h30 está marcada uma vacada.

Quinta-feira, 10 de maio, feriado municipal, o programa inclui a inauguração da exposição e homenagem dedicada a Simão Neves, pelas 18h, no Edifício do Cais da Vala e um concerto com a banda The Pilinha, pelas 22h, na Tenda Multiusos.

Sexta-feira, 11 de maio, há Concerto com The Buzz Lovers, considerado o melhor Tributo a Nirvana da Europa, pelas 22h, seguido de vacada, no recinto da Feira, pelas 23h30.

Sábado, 12 de maio, destaque para a realização da Romaria a Cavalo a Nossa Senhora da Conceição, pelas 11h. Antes, (10h) há bênção dos cavaleiros e cavalos que vão participar na Romaria na Capela da Misericórdia e também o arranque do Concurso de Pintura e Desenho ao Ar livre “Pintar Salvaterra”. Na manhã de sábado irão também decorrer provas de Ensino de Equitação de Trabalho, numa Jornada do Campeonato Regional Centro da modalidade, no Picadeiro Municipal. Competição que continua pela tarde. À noite, 22h, destaque para o Concerto com Sangre Ibérico, na tenda multiusos e vacada (23h30) no recinto da feira.

No domingo, dia de encerramento, haverá provas de maneabilidade de Equitação de Trabalho (9h) e de Velocidade (14h). Para as 18h está marcada, na Praça de Toiros de Salvaterra de Magos, a 3ª Corrida dos Agricultores de Tomate do Ribatejo e à noite, 22h, sobe ao palco a fadista Raquel Tavares. No encerramento, pelas 23h, haverá fogo de artifício.

 

Programa completo em www.cm-salvaterrademagos.pt

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:19
link do post | comentar | favorito

TEJOAlive está de volta! Um percurso ambiental imperdível. Inscreva-se!

 

 

Conhecer o território para proteger e preservar a biodiversidade e a paisagem é o lema do projeto ambiental TEJOAlive, cuja terceira edição se realiza a 19 de maio, pelas 9 horas, na Quinta da Boavista, em Vale de Figueira e percorre os rios Alviela e Tejo, até ao limite geográfico do Concelho, em Porto Pereiras (próximo da aldeia de Reguengo do Alviela), numa extensão aproximada de 12,5 km, de dificuldade média. A organização do Município de Santarém e da União de Freguesias São Vicente do Paúl e Vale de Figueira, conta com o apoio dos parceiros e entidades que se associaram ao projeto.

 

O percurso ambiental do TEJOAlive termina cerca das 13h30, com um almoço convívio, na Casa de Convívio de S. Vicente do Paúl organizado pela União de Freguesias S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira em parceria com a Comissão Social de Freguesias de S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira (CSF SVP e VF).

 

De referir que o “TEJOAlive tem como bandeira alertar para a perda da biodiversidade e para destruição da paisagem, que ocorre num registo de desenvolvimento económico, que urge mudar, criando riqueza local sabendo aproveitar os serviços ecossistémicos”.

 

Este projeto é enriquecido com a participação dos investigadores que farão uma aproximação da Ciência aos participantes: João Gago, da Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS), César Garcia, da Faculdade Ciências da Universidade de Lisboa e curador da coleção de briófitos do Herbário LISU do MUNHAC, Fernando Pereira, do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), Rui Félix e Albano Soares. do Centro de Conservação das Borboletas de Portugal (Tagis).

 

A Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade (EMAS) da Câmara Municipal enquadrará, no primeiro momento de partilha de conhecimentos, a importância do Tejo enquanto recurso natural, que Santarém prioriza. O Município conta como entidade parceira o Comando Territorial da GNR de Santarém, essencial para o reconhecimento e acompanhamento do percurso. Os Bombeiros Municipais de Santarém e a empresa municipal Viver Santarém colaboram nesta iniciativa, com prestação de apoio aos participantes do percurso ambiental, deste a sua primeira edição.

 

O Município de Santarém assegura o transporte de Santarém para Vale de Figueira. O local de concentração é às 8h no Jardim da República, para receção dos participantes e distribuição pelos autocarros.

 

O transporte de regresso para Santarém é realizado em dois turnos: antes de almoço, para os participantes que não desejam participar no almoço convívio e após o almoço para os restantes participantes.

 

A 3ª edição do TEJOAlive, marca o final o reconhecimento oferecida à população, que tiveram oportunidade de conhecer os valores naturais dos 23km de frente ribeirinha do concelho de Santarém, pelo que o Município na sua Casa do Ambiente, oferece uma t-shirt TEJOAlive a todos os participantes inscritos nesta iniciativa. A entrega será realizada dia 12 de maio (sábado) das 9h às 12h ou de 14 a 18 de maio (2ª a 6ª), das 14h às 16h30, pela EMAS na Casa do Ambiente, sita no Edifício Sala de Leitura Bernardo Santareno. Realçamos que não haverá entrega de t-shirts no próprio dia da iniciativa.

 

As Inscrições, apesar de gratuitas são obrigatórias e, devem ser realizadas através do site do Município de Santarém, com o preenchimento do seguinte formulário, disponível em https://goo.gl/forms/JVM3wm0qYFRrTa7B2 . Alerta-se que não haverá possibilidade de inscrições no próprio dia, devido a logística necessária para o transporte dos participantes



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:16
link do post | comentar | favorito

Domingo, 29 de Abril de 2018
...

31530908_1550228668436270_5911964999101710336_n

 

No passado sábado, em comissão política distrital, o Presidente da JS Cartaxo, foi eleito enquanto representante da distrital na Associação Nacionais de Jovens Autarcas Socialistas.

Diogo Martins, que é secretário distrital para o poder local, aceitou o desafio, indicando que as autarquias são o significado de proximidade para as pessoas, sendo que é necessária dentro da própria estrutura da Juventude Socialista criar formas de partilha e discussão para auxiliar os jovens que todos os dias representam os seus
concidadãos.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:59
link do post | comentar | favorito

A MAIOR FEIRA DE CAÇA, DO CAMPO E DA PESCA COMEMORA 30º ANIVERSÁRIO

 

 

A Expocaça e Pesca comemora 30 anos como a maior e mais antiga feira do sector em toda a Península Ibérica.

Realizando-se de 4 a 6 de Maio, no Cnema, em Santarém, a Expocaça conta com a participação de mais de centena e meia de Expositores e espera atrair mais de 25.000 visitantes.

As mais recentes novidades em todo o tipo de artigos e equipamentos para a prática da caça são o principal atrativo deste certame, a par com as ofertas de caça nos mais diversos países do mundo.

Na Expocaça o visitante pode também assistir a diversas demonstrações, como Falcoaria, Cão de Parar, demonstrações de Caça com Podengos, tiro com arco e com bésta e, no Sábado, dia 5 de Maio, assistir ao Encontro de Matilhas que envolve mais de quatrocentos cães de matilha.

Os problemas que afetam o Coelho bravo serão também tema de debate no colóquio PROJETO MAIS COELHO promovido pelo INIAV, ANPC, Fencaça e outras entidades que se têm vindo a debruçar sobre esta problemática e que aqui irão apresentar as primeiras conclusões das acções levadas a cabo para resolver este grave problema.

Destaque também para um Colóquio sobre “A Indústria Nacional da Carne de Caça”, do Clube Português de Monteiros e outro Colóquio sobre Matilhas de Caça Maior

Ponto alto, no Domingo, será a realização do Encontro Nacional de Caçadores, organizado pela Fencaça e com a participação de várias centenas de caçadores das Zonas de Caça Associativas de todo o País.

De referir também a visita à Expocaça do sr. Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:14
link do post | comentar | favorito

TEMAS DE SAÚDE: Malária

ANTONIETA

Por: Antonieta Dias (*)

 

Malária


A Malária é uma doença infeciosa  transmitida  pela picada do mosquito (Anopheles) infetado por um parasita designado Plasmodium.
Quando a doença é adquirida pelo homem se não for tratada pode ser fatal.
 É uma doença endémica que existe em 107 países dos cinco continentes. A distribuição e o risco de aquisição não é uniforme dentro do mesmo país.
Em 2015 Moçambique registou 8.3 milhões de novos caos, sendo que 15 milhões de pessoas morreram nesse ano  devido à Malária
Moçambique e Angola encontram-se entre os oito países em que o número de mortes  é mais elevado.
Em termos globais a taxa de mortalidade nestes dois países é 7%.
Desde 2010, a taxa de mortalidade por Malária tem  vindo a diminuir numa percentagem aproximada de 30%, sendo explicada esta diminuição pelas medidas adotadas para a sua prevenção.
Constatou-se que em Moçambique mais de 60% da população começou a usar redes mosquiteiras tratadas com inseticidas.
Por sua vez em Angola em 2015, surgiram 3,1 milhões de  novos casos dos quais faleceram  14 mil pessoas devido à doença.
Em Timor e Cabo Verde o atingimento da doença tem vindo a diminuir havendo um investimento muito grande no uso de mosquiteiras.
Em Cabo Verde, Zâmbia e Zimbabué, mais de 80% da população  em risco dorme com mosquiteiras  ou vaporização residual.
Prevê-se que em 2025 a irradicação seja uma realidade  (este dados foram retirados do  Relatório da OMS), nestes dois países, o que demonstra claramente a eficácia de adoção de medidas profiláticas simples mas importantes.
Porém, em 2015 e com base  no relatório anual da OMS o número de mortes em todo o mundo, causado por esta doença ainda foi muito elevado tendo sido registadas 429 mil  óbitos devidos ao paludismo.
De acordo com o mesmo documento, aproximadamente 75% das mortes provocadas pela Malária  centraram-se em 13 países, com o foco mais elevado na Africa Subaariana.
A Nigéria  é o país com maior taxa de mortalidade  (26%  do total de mortes)estando em segundo lugar a Republica do Congo com 10% , seguida da India, com 6%, o Mali com 5%, a Tanzânia e Moçambique com 4% cada um,  Burquina Faso, Angola e Costa do Marfim, Uganda e Quénia com 3%.
Ainda não existem vacinas para prevenir esta doença ( prevê-se que seja uma realidade a curto prazo), sendo imprescindível  sensibilizar a população para  a implementação de medidas preventivas  gerais e especificas, designadamente  o alargamento na utilização de mosquiteiras impregnadas de insecticida,  pulverização  do domicilio  e  instituição de fármacos que irão proteger e  minimizar o risco do aparecimento do paludismo.
A nível farmacológico são  usados os anti-malários na prevenção e tratamento da doença.  
Os primeiros sintomas da doença são febre, dores de cabeça e vómitos que surgem entre 10 a 15 dias depois da picada do inseto infetado.
A melhoria das condições sanitárias (água potável, saneamento básico, medidas de higiene) e das condições precárias em vivem alguns residentes destes países são determinantes para a irradicação da doença. 
Nos países africanos,  malaria é provocada pelo "Plasmodium falciparum", que é o mais perigoso para o homem e que provoca cerca de 90% da mortes. Este parasita é  altamente mortífero.
Por sua vez no Brasil  é o Plasmodium vivax  que provoca cerca de  80% dos casos de doença.
Aconselha-se  a profilaxia da Malária a todos os viajantes cujo destino esteja abrangido pela endemia da doença, mesmo que a permanência e a estadia nestes países seja pequena.

 

(*) Prof Doutora na Faculdade de Medicina do Porto



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

PEQUENO-ALMOÇO PARA DOIS

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

PEQUENO-ALMOÇO PARA DOIS

 

Era uma espécie de ritual. Ao domingo, o pequeno almoço era o ponto alto do dia. Levantávamo-nos tarde, ao contrário dos outros dias e tomávamos um pequeno almoço requintado, demorado e delicioso. Vivíamos juntos quase há vinte anos. Deus não nos tinha dado filhos, mas o amor, o respeito e tranquilidade que povoavam a nossa vida a dois compensavam essa falta. Não digo que, nos primeiros anos, isso não tenha abanado um pouco a nossa relação, pois ambos desejávamos ser pais. Mas, com o passar do tempo, isso passou para segundo plano e passámos a ver que também podíamos ser felizes sem filhos. Havia os sobrinhos, sempre clientes habituais da nossa casa, os cães e o gato, de quem tanto gostávamos e a quem tratávamos como família, e os muitos amigos que povoavam a nossa existência. Além disso, conhecíamos pessoas que tinham muitos filhos e que, depois, era como se não tivessem nenhum. Sempre fomos apologistas da máxima “Nada acontece por acaso!”. Por isso, a nossa vida ia escorrendo pelos dias, sem grandes preocupações.

Era domingo. Quase meio-dia. Saí da cama, pois era o meu domingo de preparar o pequeno almoço. Desci as escadas, em silêncio. para a deixar dormir mais um pouco. Não deu pela minha saída. Continuava a dormir, na sua forma tão peculiar, com um joelho quase encostado ao nariz e a outra perna estendida. Não sei como conseguia estar assim horas, imóvel.

Como era o primeiro domingo de Dezembro, pus na mesa uma toalha encarnada com guardanapos verdes e, ao meio da mesa, um Pai-Natal de porcelana. Ela adorava o Natal e o mês de Dezembro era sempre vivido com muita expectativa. Na mesa, pus chá preto e forte, como ela gostava, chocolate quente e cremoso, scones quentinhos e croissants também eles a escaldar, doces vários, todos caseiros, feitos por ela, manteiga com sal, fiambre e queijo da serra. À ponta da mesa, um cesto com mangas e romãs.

Olhei a mesa, mais uma vez, e reconheci que, por mais que me esmerasse, nunca conseguia surpreendê-la, como ela me surpreendia a mim. Os pequenos-almoços postos por ela tinham sempre qualquer coisa que me deixava pasmado.

No domingo anterior, a mesa estava toda de branco. Sobre ela, e entre pétalas de rosa, tinha exposto fotografias minhas, dela e de amigos queridos, que fomos vendo, enquanto comíamos o que nos obrigou a ficar sentados à mesa mais tempo ainda que o habitual, a lembrar velhos tempos e amigos que não víamos há tempo e outros que, infelizmente, já nos tinham deixado. Entre as muitas fotografias, estava uma da avó Emília, que ela adorava. Lembrou-a com saudade e chorou. Disse-me:

- Tenho a certeza de que a primeira pessoa que vou ver, quando morrer, vai ser a minha avó. Tenho a certeza de que nunca ninguém gostou tanto de mim, algum dia, como ela.

- Então e eu, não conto?!

- Contas, mas é um amor diferente.

Enxugou a lágrimas a passámos a outra fotografia e a outro episódio das nossas vidas.

Era assim que ela me surpreendia, com pequenas coisas. Com pequenas frases. Com pequenos nadas tamanho do mundo.

Olhei mais uma vez a mesa e tudo me pareceu perfeito. Adivinhei o abraço apertado que me ia dar e um “amo-te” sussurrado ao ouvido. Tirei o avental e subi as escadas, desta vez já não fazendo questão de não fazer barulho. Estranho continuar tudo em silêncio, tudo apagado.

Acendi a luzinha da mesa-de-cabeceira e ela continuava na mesma posição. Imóvel, morna, olhos semi-abertos. Um arrepio percorreu-me a espinha. Chamei-a. “Ana! Ana, acorda!”

Nada. Só silêncio. Corri ao telefone. Chamei o 112. Fizeram-me responder a perguntas às quais eu não sabia responder. Passaram à Drª. Não-sei-das-quantas, que me voltou a fazer as mesmas perguntas, enquanto a boca me secava e os olhos se humedeciam. Tive de gritar e só depois de gritar me disseram que iam mandar a ambulância. Voltei para junto dela. Voltei a chamá-la, a abaná-la e ela continuou muda e morna.

Não sei quanto tempo passou, até que a ambulância chegou. Mas, na realidade, o tempo tinha deixado de fazer qualquer importância. Não era preciso ser médico para ver que ela estava morta. Não consegui chorar. Tremia, apenas tremia. Não tinha frio, mas os dentes batiam. Depois, depois foi o nada. A cabeça ficou vazia, deixei de pensar e movia-me apenas porque sabia que não podia parar. Tinha tido um ataque fulminante durante o sono. Tinha morrido como ela tanta vez tinha pedido a Deus para morrer. A dormir. E eu? E agora eu? O que ia ser de mim, sem ela?

Quando à noite regressei a casa com alguns amigos, para tentar dormir, a mesa do pequeno-almoço continuava posta. Os croissants e os scones estavam frio e duros e o chá estava de tal maneira frio, que tinha deixado no bule uma mancha que ia ser difícil de sair. Como se isso importasse! Mas a verdade é que, enquanto ia pensando naquelas trivialidades, não pensava nela.

Passou uma semana. É domingo. Hoje, seria ela a fazer o pequeno-almoço. Levantei-me cedo. Deambulei pela sala. Olhei a mesa da cozinha. Vazia. Abri, ao acaso, a gaveta da cozinha que era só dela. Estava desarrumada, mas era uma desarrumação onde ela dizia que encontrava tudo. Havia receitas de bolos, isqueiros, guardanapos coloridos e bilhetes que, por vezes, ela me deixava ou eu a ela. Não fazia ideia de que ela guardava todos aqueles bilhetes. Estavam presos com uma mola-da-roupa azul. Sentei-me e comecei a lê-los. Alguns tinham já alguns anos. Ri. Finalmente, ri com vontade, ao fim de uma semana e não me pareceu pecado. Eram bilhetes engraçados, zangados, amorosos... Houve um que chamou a minha atenção. Estava escrito num guardanapo de papel. Tinha sido escrito num domingo de Dezembro. Há tantos anos! Dizia apenas, escrito na sua letra redonda e certinha: “Este foi o melhor pequeno-almoço da minha vida. Vamos fazer disto um hábito?”

Voltei a pôr tudo na gaveta e comecei a arrumar a mesa do pequeno-almoço. Duas xícaras sobre uma toalha bordada, uma jarra com rosas amarelas, as suas preferidas, um bule de porcelana, que era da avó dela e que nem sequer combina com as xícaras, com chá preto a fumegar. Estaria tudo perfeito, se não fosse a sua ausência. Naquele momento, prometo a mim mesmo que os pequenos-almoços para dois vão continuar, até ao dia em que eu morrer. Chamem-me tonto…



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:55
link do post | comentar | favorito

Já leu… ou sabe!?

ANAGRACIOSA

Por Ana Graciosa

 

 

Já leu… ou sabe!?

Que...  quando alguém se ama a si mesmo,

tudo o que precisa nesta vida, é "saborear" cada momento!

Aproveitar e degustar cada hora, minuto e segundo, como se não houvesse amanhã!

Sonhar como se fossemos viver para sempre!

Partilhar-se apenas com quem, ou com o que, o faz sentir bem, sorrir e crescer…

contemplar, conversar e... aproveitar cada segundo acrescentando vivências e somando 

abraçar ,dançar e rir em voz alta, se tiver que o fazer, sem tabus ou pensar duas vezes, 

deixar-se ser amado por aqueles que apreciam a sua companhia e o valorizam,

estar somente com aqueles que ama e lhe são recíprocos ?

Simplesmente ignore aqueles que não precisam disso ou de si,

ignore as frustrações de quem não sabe viver consigo próprio e muito menos com os outros,

não aceite abraços e sorrisos fingidos…

tape os ouvidos e o coração do que faz "barulho",

arranque “flores” secas, velhas e feias, 

plante ou semeie um novo jardim em sua vida,

renove o que não presta e deite fora sem dó, nem piedade,

bagagens e restos que em nada fazem a diferença,

para que possa colher, o que vai florescer cheio de positividade… 



publicado por Noticias do Ribatejo às 07:44
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 27 de Abril de 2018
Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

Santarém Cortes&Lendas 2018

 

sexta-feira:

 

 

Esta sexta-feira, dia 27 de abril, têm início as “Cortes & Lendas”, no Convento de S. Francisco e no Jardim da República, em Santarém, que se prolonga até dia 1 de maio. A inauguração tem lugar às 18h30, a que se segue o Auto de abertura do mercado. Pelas 19h00, tem lugar uma Sessão de Esclarecimento Cortes e Lendas, na Igreja do Convento de S. Francisco e às 21h30, a Caminhada Medieval com Cortejo Régio, com partida no Convento de S. Francisco.

A partir das 23h00 tem lugar uma Demonstração de Falcoaria, nos Claustros do Convento.

A partir das 23h30, há Malabarismo, Espetáculo de Fogo, Danças medievais e Animação Musical.

Esta iniciativa é organizada pela Viver Santarém, EM, SA, em colaboração com a Câmara Municipal de Santarém, com o objetivo de dignificar e valorizar o património e a história da cidade de Santarém.

 

Durante cinco dias vão ter lugar, no Convento de S. Francisco em Santarém, diferentes momentos de animação, através de representações teatrais, visitas guiadas, espaço infantil e animação para crianças, momentos musicais, Ceia Medieval, cortejos, cerveja artesanal, recriações históricas, malabarismo e espetáculo de fogo, danças e cantares, demonstração de Falcoaria, exposição de aves, momentos desportivos, entre outras atividades enquadradas com a época como a Feira de Artesanato e Mercado de Sabores.

 

Todos os dias o Convento de S. Francisco e área circundante acolhem uma Exposição, venda e/ou serviços. Os Claustros do Convento encerram às 00h00, os espaços exteriores às 02h00, exceto no dia 1 de maio, que encerram às 20h00.

Artesanato e Mercado de sabores, Restauração, Cerveja Artesanal, Doçaria, Exposição de Aves e animais de quinta, aluguer de Trajes medievais, Leitura de Tarot, leitura da Sina, Adereços e penteados medievais, Animação, Parque Infantil| Castelo, Jogos, Teatro, Animação, Rábulas e Recriações históricas, Cozinha de época, Música, dança e cantares medievais, Treino de Armas, Malabarismo, Andas e espetáculo de fogo, são muitas das atividades que as Cortes & Lendas têm para oferecer.

 

O FLS – Festival de Letras de Santarém prossegue esta sexta-feira, na Casa do Campino. Entradas gratuitas.

Às 18h00 há “Nanocam – Uma viagem à biodiversidade” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 30 min. | limite máximo de 30 pessoas].

Pelas 18h30, tem lugar a apresentação do Projeto “Autores Digitais” [Escola Superior de Educação de Santarém] e às 20h30, “Lourinhanossauro. E depois?” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 15 min. | limite máximo de 30 pessoas].

Às 21h30, tem lugar o Espetáculo “Abril com Zeca”, pelo Núcleo de Santarém da AJA - Associação José Afonso.

O FLS encerra às 23h00.

 

O Festival de Letras de Santarém convida-o a assistir à apresentação de duas coletâneas: “Abril depois de Abril” e “Tomada de Ceuta, Reconquista da Paz”. A primeira, foi escrita por cinco autores, todos filhos da revolução dos cravos, Helena Nogueira, Miguel Raimundo, Pedro Nunes, Samuel Pimenta e Valentina da Silva Ferreira e prefácio de Álvaro Cordeiro. Juntos, comemoram os 40 anos do 25 de Abril em forma de contos. A segunda, surge 600 anos após a conquista de Ceuta pelos Portugueses pela mão de seis autores, Ana Pombo, Helena Nogueira, João Barroso, Miguel Raimundo, Renato Martins, Nuno Vicente e prefácio de Samuel Pimenta. Não perca as histórias, as memórias e os vislumbres de futuro destes autores no seu regresso a Ceuta.

A leitura do mundo influencia a leitura da palavra, e vice-versa, e mesmo considerando que a leitura das palavras não é a única forma de leitura possível, não podemos negar que ela está atrelada profundamente ao mundo do conhecimento.

O conhecimento contido nas páginas dos livros passou a relacionar-se, no imaginário coletivo, com a ideia do trabalho intelectual exercido por poucos homens que possuíam a poderosa arte da escrita. Lembramos os românticos Almeida Garrett, Frederico Francisco de la Figanière e Alexandre Herculano que, com a fineza da sua escrita, souberam transmitir nas suas viagens pela urbe histórica de Santarém, todo o seu genius loci (espírito do lugar).

A literatura estimula a criatividade e o pensamento crítico e, desta forma, torna-se um fator importante na nossa formação intelectual. Na era digital da sociedade contemporânea, as experiências de leitura transpõem o livro impresso e abrem-se ambientes virtuais, numa cultura de interação em tempo real.

Por forma a fomentar todo o potencial literário scalabitano, o Município de Santarém vai realizar o Festival de Letras de Santarém (FLS2018), um desafio que pretende fomentar hábitos culturais na difusão do livro e da leitura, na criação de contactos entre público e autores e na promoção de uma grande festa do livro e da leitura, que tem no livro o seu protagonista.

As parcerias estratégicas criadas com o Instituto Politécnico de Santarém (Escola Superior de Educação e Escola Superior de Desporto), os agrupamentos escolares e as escolas profissionais do concelho, revigoram a importância da utilização do potencial educativo e cultural da cidade na construção de uma cidadania ativa e responsável, intensificando práticas de desenvolvimento local que se coadunam com o ideal da aprendizagem ao longo da vida.

O FLS2018, também com uma vertente inclusiva, vai funcionar no claustro da Casa do Campino, num espaço coberto que conta com áreas preparadas para stands de

 

 

Às 18h00, a Sala de Leitura Bernardo Santareno acolhe a Palestra O Ponto da Bauhutte”, com José Augusto Rodrigues.

 

O Ponto de Bauhutte era um misterioso e fascinante traçado geométrico que servia de senha para identificar a dar crédito à competência do “Mestre de Obra” medieval, para poder projetar e coordenar a construção de um templo gótico, fosse ele uma igreja ou uma catedral.

Para mostrar que sabia traçar as linhas que definia aquele ponto o “Mestre de Obra” era colocado perante uma pergunta em quadra popular:

«um ponto que está no círculo e se coloca no quadrado e no triângulo: conheces este ponto? Tudo irá bem. Não o conheces? Tudo será em vão»

Aquela quadra popular foi encontrada por Mössel no folclore germânico e Almada Negreiros traduziu-a para português. Almada Negreiros representou esse ponto no painel Começar que representou no átrio do edifício da Fundação Gulbenkian. Porém, segundo Lima de Freitas, o ponto encontrado por Almada Negreiros não responde totalmente à quadra dos entalhadores da Bauhütte.

 

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira acolhe o Espetáculo do XX Aniversário da Scalabituna - Tuna do Instituto Politécnico de Santarém.

Vinte anos de música, festa e espírito académico. Para comemorar esta data simbólica, a Scalabituna vai apresentar um espetáculo que relembra a sua história e o que é atualmente a tuna, com aqueles que lhes são mais próximos, bem como, com todos os que estiverem interessados em desfrutar desta experiência musical.

Informações e reservas: scalabituna@ipsantarem.pt | 96 345 30 66

(Música) (Duração) 120’ (Classificação) M/06 (Preço) 4€

 

sábado:

 

Este sábado, dia 28 de abril, o FLS – Festival de Letras de Santarém, que decorre na Casa do Campino,  abre portas às 10h00, com a “A aventura do Leonardo Vagabundo” [Espaço SPOTIMM | 5-9 anos | dur: 25 min. | limite máximo de 30 pessoas]. Às 10h30 há “Histórias para bebés” [LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém] e às 11h00, “O Ovo ou a Galinha” [Espaço SPOTIMM | 9-12 anos.

Pelas 11h30, há Animação da Leitura “Põe-te no lugar do outro” [LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém] e às 12h00, “Alterações climáticas. Qual o futuro que enfrentamos?” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 30 min. | limite máximo de 30 pessoas].

Às 12h00 e às 15h00, “Vamos Brincar” na LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém. Pelas 15h00, há “Árvore das Letras” [LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém] e à mesma hora há Visita guiada “Garrett em Santarém”, com início no Jardim da República, junto ao Coreto.

A obra do escritor Almeida Garrett está por diversas vezes ligada a Santarém. A leitura de pequenos excertos de obras que são ainda hoje marcantes da literatura portuguesa “Viagens na minha terra”, “Frei Luís de Sousa” ou o “Alfageme de Santarém” permitem-nos revisitar livros que fazem parte da nossa história, mas também revisitar a própria cidade.

Duração: aproximada 2h00

Número mínimo de participantes: 10 pessoas

Número máximo de participantes: 50 pessoas

Marcações: até ao dia 26 de abril para o e-mail: fls2018@cm-santarem.pt

 

À mesma hora, há “A aventura do Leonardo Vagabundo” [Espaço SPOTIMM | 5-9 anos | dur: 25 min. | limite máximo de 30 pessoas e às 16h00, Espetáculo “Pantufa e Augusto à Conquista de Santarém”, pelo Veto Teatro Oficina, Círculo Cultural Scalabitano.

Pelas 16h00, há História “O Ovo ou a Galinha” [Espaço SPOTIMM | 9-12 anos | dur: 20 min. | limite máximo de 30 pessoas] e às 16h00 e às 19h00, “Vamos Brincar”, pela LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém]. Pelas 17h00, há “Filosofia para pais e filhos”, por Marta Uva, Escola Superior de Educação de Santarém e às 17h00, “Nanocam – Uma viagem à biodiversidade” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 30 min. | limite máximo de 30 pessoas.

Às 18h00, há palestra sobre “Alterações climáticas. Qual o futuro que enfrentamos?” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 30 min. | limite máximo de 30 pessoas].

Às 18h30, há Mesa Redonda “Literatura e Direitos Humanos” e às 20h30, “Lourinhanossauro. E depois?” [Espaço SPOTIMM | +10 anos | dur: 15 min. | limite máximo de 30 pessoas]. Pelas 21h30, tem lugar o Espetáculo de Marionetas “O Canteiro dos Livros”, uma adaptação do Conto de José Jorge Letria [Valdevinos Teatro de Marionetas.

 

Às 11h30, há sábado Teatral “Aqui há Fantoches”, na Livraria Aqui Há Gato.

Vamos dar voz às personagens das Histórias de encantar. Prometemos diversão e muita alegria! (Duração) 30’ (Classificação) para todos (Entrada Livre)

 

As “Cortes & Lendas” prosseguem no Convento de S. Francisco e no Jardim da República , a partir das 12h30, com Auto de abertura do Mercado. Pelas 16h30 há Demonstração de Falcoaria, nos Claustros do Convento.

Pelas 19h00 há Cortejo para reunião Régia e Ceia Medieval.

Às 20h00 há Ceia Medieval Informações/Reservas e venda de bilhetes com a Associação Josefa D’Óbidos (Promotor) – Animações: Música; Teatro; Cantares; Danças e Malabarismo.

Às 21h00, há demonstração de Falcoaria, nos Claustros do Convento de S. Francisco.

A partir das 23h30, há Malabarismo, Espetáculo de Fogo, Danças Medievais e Animação Musical.

 

Às 17h00, tem lugar a “Aventura no Mar”, no âmbito do Projeto sábado Teatral, na Livraria Aqui Há Gato.

Vamos mergulhar no mar profundo em busca de um tesouro e seguir numa aventura cheia de emoções, cores e brilhos que só a magia da Luz Negra consegue mostrar.

(Duração) 30’ (Classificação) para todos (Preço) 3€ - gratuito até aos 12 meses

Org. Aqui Há Gato

Às 18h00, o Teatro Sá da Bandeira acolhe o Espetáculo comemorativo do Dia Internacional da Dança, pelas alunas de Dança Contemporânea do Conservatório de Música de Santarém.

Em palco vão estar duas artes: a música e dança. Em conjunto, os alunos de Piano e as alunas de Dança Contemporânea do Conservatório, numa simbiose única, vão encher o palco de harmonia, emoção e magia.

Este evento pretende comemorar o dia instituído pelo Comité Internacional da Dança da UNESCO, em 1982.

Entrada gratuita (mediante bilhete), limitada à lotação da sala.

 

domingo:

 

Este domingo, dia 29 de abril, o Festival de Letras de Santarém que decorre na Casa do Campino, abre às 10h00, com “A aventura do Leonardo Vagabundo” [Espaço SPOTIMM.

Às 10h30 e às 13h00, “Vamos Brincar”, pela LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém. Às 12h00, há Palestra sobre “Alterações climáticas. Qual o futuro que enfrentamos?” - Espaço SPOTIMM. Às 15h00, há  Histórias Animadas “Os 3 Ursinhos”, pela LUDOTECA, Escola Superior de Educação de Santarém.

Às 15h00, “Nanocam – Uma viagem à biodiversidade”, no Espaço SPOTIMM. O FLS2018 encerra às 16h00.

 

As “Cortes & Lendas” prosseguem no Convento de S. Francisco e no Jardim da República, a partir das 12h30, com Auto de abertura do Mercado.

Pelas 16h15, há Peddy Paper “Santarém na história e nas lendas”, com início no Convento de S. Francisco/Claustros. Pelas 16h30 há Recriação: As Cortes de Santarém (Assuntos gerais) e às 17h00, demonstração de Falcoaria, nos Claustros do Convento de S. Francisco). Às 17h30 há Treino de Armas e às 18h30, animação Musical. A partir das 21h00, há demonstração de Falcoaria, nos Claustros do Convento de S. Francisco.

 

Em permanência:

 

 

Até dia 28 de abril, visite a Exposição “Santarém Cidade em Crescente”, na Casa Pedro Álvares Cabral / Casa do Brasil, de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

A exposição apresenta-se como uma proposta de leitura do espírito do lugar (genius loci), partindo de uma matriz identitária de base geográfica (mediterrâneo oriental – ‘crescente fértil’) e sublinhando a dimensão mnemónica da sua paisagem cultural.

A mostra combina objetos museológicos com imagens e instalações de arte contemporânea, apostando fortemente na componente sensorial, experiencial e multimédia.

O discurso expositivo aborda temáticas diversificadas, muito ligadas com o fundo cultural da região, destacando a importância da agricultura (vinho, azeite e cereais), do touro e do cavalo, do rio e da lezíria. Paralelamente, explora as vertentes simbólico-religiosas, particularmente as ligadas à fertilidade - ‘paisagem da abundância’. Finalmente, interpreta a importância local e o simbolismo e a religiosidade das águas, presentes no mito de Santa Iria.

 

Até dia 30 de abril tem lugar a Exposição “Bora pintar o cabaceiro”, na Loja do Cidadão. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 18h00.

O Museu Municipal de Santarém convidou a comunidade escolar Scalabitana a participar num concurso criativo (650 participantes) no qual foi desafiada a trabalhar artisticamente o tema “O Tempo” sobre a forma prismática daquele que é um dos elementos arquitetónicos mais conhecido e emblemático de Santarém: a velha Torre das Cabaças. Os mais originais e criativos projetos, transpostos para 14 modelos tridimensionais do Cabaceiro, são dados a conhecer numa exposição. Venha conhecer o olhar das camadas mais jovens sobre aquela que é a nossa herança cultural.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Esta mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Termode Francisco Lorensso/ datojoza de 60@ de trigo/ e 60@ desevada.

Aos Sinco dias domes denovembro/ de mil esetesentos annos neste Sillei/ rodealcanhois perante mim escri/vão Resebeo Francisco Lorensso da tojoza/ dasmaos doRendeiro joseph da Ro/za Ferreira […].

No lugar de Alcanhões localizava-se o Celeiro da Vila de Santarém e suas anexas, nos anos de 1699 a 1707. Estava confiado ao Rendeiro, Joseph da Rosa Ferreira e ao escrivão, Francisco Gomes Gonçalves. Os lavradores assinavam o termo de levantamentos das sementes e, as condições de pagamento das mesmas.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Bibliográfica “Dia Mundial da Vida Selvagem”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Esta mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Comemoramos a efeméride “Mundial da Vida Selvagem” com o objetivo de celebrar a fauna e a flora do planeta, cada vez mais ameaçados, alertar para os perigos do tráfico de espécies selvagens e relembrar o contributo das plantas e dos animais selvagens para o desenvolvimento sustentável e bem-estar da humanidade.

 

Até dia 30 de abril, visite a Mostra Bibliográfica Vamos ler… Manuel Alegre”, patente na sala de Leitura Bernardo Santareno, que pode ser visitada, de segunda a sexta-feira das 09h30 às 18h00 e sábados das 09h30 às 12h30.

Natural de Águeda (1936), Manuel Alegre conhecido pelo poeta da liberdade, desde muito jovem integrou grupos de oposição de estudantes ao Salazarismo. Foi preso pela PIDE em 1963 e, em 1964, exila-se em Paris, tendo regressado a Lisboa em maio de 1974.

Para além da atividade politica, salienta-se no labor literário como poeta e ficcionista. De entre a sua vasta obra, salientam-se as obras “Praça da Canção (1965) e “O Canto e as Armas” (1967) livros apreendidos pela censura, e que, mais tarde, acabaram por terem uma venda de mais de 100 000 exemplares, obras marcadamente emblemáticas da luta pela liberdade.

Manuel Alegre tem sido distinguido por inúmeras condecorações e medalhas e no ano 2017 recebeu o prémio Camões e foi doutorado “honoris causa” pela Universidade de Pádua.

 

Visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, até dia 30 de abril, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 2 de abril até ao final de junho está em destaque trimestral uma obra da autoria de Cruzeiro Seixas: “Sem Título”, Serigrafia a preto e branco s/ papel, datada de 1980.

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, com destaque para o Relógio Solar da Torre, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Segmento de fuste de coluna com altos-relevos nas duas faces opostas. Numa encontra-se o brasão oitocentista das armas da Vila de Santarém e na outra em quadrante solar, vertical e retangular sem estilete, com orientação a meridional (quadrante meridiano). O relógio de sol encontra-se datado e a numeração das partes do dia (horas) foram insculpidas em capitais romanos, pelo processo de sulco, na sequência das linhas divisórias.

O brasão de Santarém, documentado na sigilografia desde 1246, encontra-se presente em vários testemunhos da arquitetura civil, como a ponte de Alcorce, o Chafariz de Palhais ou das Figueiras, o padrão de Santa Iria ou a Fonte da Junqueira. Testemunhando o domínio da propriedade municipal, a partilha de despesas entre o município e a coroa, a ostentação ou a comemoração dos seus emblemas (o castelo e o rio e escudetes régios), ele constitui uma fonte essencial para a história concelhia e para a identidade das suas populações no tempo e no espaço”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo das 09h15 às 12h30 e das 14h00 às 17h15.

“Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scalabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:17
link do post | comentar | favorito

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS ASSINALOU DIA MUNDIAL DO LIVRO

 

 

 

 

IMG_6708

 

A Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos recebeu no dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, a Festa da Leitura. A iniciativa juntou alunos do 2º e 3º ciclo dos Agrupamentos de Escolas de Marinhais e de Salvaterra de Magos, decorrendo o apuramento da fase concelhia da 12ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

Foram apurados os alunos:

2º ciclo

1º) Marta Oliveira – Escola Básica e Secundária de Salvaterra de Magos

2º) Inês Caseiro – EB 2, 3 de Marinhais

3º ciclo

1º) Miguel Palma – Escola Básica e Secundária de Salvaterra de Magos

2º) Ruben Henriques – EB 2, 3 de Marinhais

O primeiro classificado do 2º e o do 3º ciclo irão representar o Concelho de Salvaterra de Magos na Fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura, a qual irá realizar-se no dia 17 de maio, em Rio Maior.

A iniciativa contou com a presença da escritora Margarida Fonseca Santos, da qual foram lidos, por parte dos alunos, os livros “Um pombo chamado Colombo” e “À sombra da vida”.

Os alunos participantes na iniciativa estiveram à conversa com a autora, questionado-a sobre as suas obras, as suas inspirações e inquietações, os temas abordados e os métodos de escrita.

Esta iniciativa teve como objetivo comemorar o Dia Mundial do Livro e fazer da leitura uma festa.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:49
link do post | comentar | favorito

XIX Mês da Cultura Tauromáquica em Azambuja

 

 

 

Está a arrancar mais uma edição do Mês da Cultura Tauromáquica em Azambuja, que culminará, como tem sido tradição nos últimos 18 anos, com a realização da Centenária Feira de Maio.

 

As atividades programadas terão início no dia 01 de maio com quatro propostas a marcar o arranque do evento.

 

Às 11h00 haverá equitação para todos, na Várzea do Valverde, e às 15h00, no mesmo local, um torneio triangular de horseball, organizados pelo Centro Hípico Lebreiro de Azambuja. Quando forem cinco da tarde, no espaço do restaurante Páteo Valverde abrirá ao público uma exposição de fotografia intitulada “Forcados”, com trabalhos de Mónica Santa Bárbara, numa organização da Associação Poisada do Campino. A mesma coletividade convida todos os aficionados a participar num colóquio sobre "A importância dos Maiorais Reais na festa", pelas 21h30 no salão da Poisada do Campino.

 

No dia 05 de maio, destaque para a inauguração de mais uma exposição, esta de pintura e fotografia - "Um olhar sobre a Lezíria", a visitar de terça-feira a sábado, na Galeria da Biblioteca Municipal de Azambuja; ainda para o jantar-palestra "A Tauromaquia - a arte das artes" (no restaurante O Picadeiro), e para uma exibição de recortadores, na Praça de Toiros Dr. Ortigão Costa.

 

As quintas feiras deste mês de maio serão animadas por um ciclo de cinema subordinado à tauromaquia, na sala do Centro Comercial "Atrium Azambuja", com a rodagem dos seguintes filmes, dia 03 "Sangue toureiro"; dia 10 "Matador"; e dia 17 "Manolete".

 

Os serões de 11 e 12 estão reservados a colóquios-debate, respetivamente, sobre a bravura dos toiros de lide - na Poisada do Campino, e a tauromaquia e a religião - no Club Azambujense. No dia 18, novo jantar-palestra, desta feita em homenagem à dinastia Salgueiro.

 

Momentos de música e dança, no dia 04 "Maio en fiesta" - sevilhanas e flamenco no auditório do Centro Parquial de Azambuja, e no dia 19, à tarde dança e flamenco, no salão dos bombeiros, e à noite festa rociera, na Poisada do Campino.

 

Na véspera das grandes emoções da feira de maio, a União de Tertúlias de Azambuja organiza, dia 23, um “Encierro” de vacas, nas ruas da vila. A noite terminará com um espetáculo de Flamenco, com o grupo “Al Compás”, no Largo de Palmela.

 

As diversas iniciativas do programa deste mês são organizadas pelo Município de Azambuja em parceria com a Tertúlia “Festa Brava”, a Associação Cultural “A Poisada do Campino”, o Centro Hípico Lebreiro de Azambuja, Alunos de Apolo de Azambuja e a União de Tertúlias de Azambuja.

 

Chegados ao final do mês,... aí estará mais uma edição da Centenária Feira de Maio, a encerrar em grande o XIX Mês da Cultura Tauromáquica!

De 24 a 28 de maio de 2018, renova-se e revive-se a tradição: Azambuja, sempre de braços abertos para todos, com a feira mais castiça do Ribatejo!



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:48
link do post | comentar | favorito

Aulas de Exercício Físico

0001 (1)

 

A Junta da União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais informa que vão iniciar em Ribeira do Fárrio aulas de Ginástica Sénior para os interessados de toda a freguesia.
As aulas serão gratuitas, oferecidas pela Junta de Freguesia, e irão decorrer todas as segundas feiras pelas 10h55 e sextas feiras pelas 09H00 na Junta de Freguesia.
As aulas iniciam já no próximo dia 11 de Maio, e destinam-se a todas as pessoas com mais de 55 anos ou reformadas.


publicado por Noticias do Ribatejo às 17:46
link do post | comentar | favorito

Viver o Comércio especial “Dia da Mãe”

Viver o Comércio Abril

 

Município mantém a premissa de dinamizar o comércio do centro da cidade

O Município do Entroncamento promove no próximo dia 5 de maio mais uma edição de “Viver o Comércio”, desta feita com enfoque no “Dia da Mãe”, uma iniciativa que pretende criar dinâmica no centro da cidade e em simultâneo promover o comércio local.

A Rua Luís Falcão de Sommer recebe, entre as 9h30 e as 17h00, a mostra de artesanato, que pode ser ótima alternativa para comprar as  lembranças para este dia especial.

A Praça Salgueiro Maia recebe as atividades dirigidas aos maios novos, o insuflável entre as 10h30 e as 13h00, que faz as delícias da pequenada e também o Ateliê “Dia da Mãe”, uma atividade em que as crianças podem fazer uma lembrança para oferecer à mãe, que será sempre um presente especial, feito com muito amor e carinho.

O Município lança o repto:  venha “Viver o Comércio” e participe nesta iniciativa!



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:44
link do post | comentar | favorito

Feira das Tertúlias Tauromáquicas em Vila Franca de Xira

 

 

A primeira edição da Feira das Tertúlias Tauromáquicas realiza-se nos próximos dias 5 e 6 de maio, na Praça de Toiros “Palha Blanco” e zona envolvente, em Vila Franca de Xira, com mostra de tertúlias, desfiles, largada de toiros, colóquios, animação musical e espaços de restauração.

 

O objetivo deste evento, organizado pela Associação das Tertúlias Tauromáquicas e pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, é promover o movimento tertuliano junto da população local e captar novos visitantes para a cidade e concelho.

 

A Feira vai iniciar-se com um desfile e contará com uma Mostra do espólio mais importante de algumas das tertúlias, numa exposição que se realiza no interior do restaurante Redondel, na Praça de Toiros Palha Branco.

 

Um dos grandes destaques da primeira edição da Feira das Tertúlias Tauromáquicas é a novilhada com alunos de seis escolas de toureio. O evento conta também com duas largadas de toiros no largo 5 de Outubro e um colóquio sobre o movimento tertúliano.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:43
link do post | comentar | favorito

Abatimento do pavimento obriga a corte total da circulação no troço de acesso ao bairro do Girão e da Rotunda da EN 3

unnamed

 

 

A Câmara de Santarém informa que devido a um abatimento do pavimento, de grande dimensão, na Avenida Albino Manuel Cristino Maria, no sentido Zona Industrial - EN 3 (Portela das Padeiras), por motivos de segurança rodoviária, está interdita a circulação nos dois sentidos.

 

A estrada foi encerrada ontem, dia 26 de abril e tendo em conta a complexidade dos trabalhos, prevê-se a sua reabertura para dia 8 de maio.

 

Após avaliação da situação conjuntamente com a Águas de Santarém, constatou-se que a causa se prende com a existência de uma mina natural, consequência da afluência de águas subterrâneas (nascente) que carece de urgente intervenção no subsolo, para escoamento das águas.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:42
link do post | comentar | favorito

Condicionamento de trânsito na Avenida dos Combatentes

 

 

 

O trânsito na Avenida dos Combatentes, em Santarém, vai estar condicionado nos próximos dias 02 e 03 de maio, devido a trabalhos de conservação e manutenção do pavimento.

De forma a minimizar o impacto da decorrente intervenção, a mesma é dividida em duas fases: 1ª fase da Escola dos Combatentes até à Rua Fernão Lopes de Castanheda e a 2ª fase deste entroncamento até ao Largo Cândido dos Reis.

As alterações à circulação e os respetivos desvios de trânsito são devidamente sinalizados e coordenados no local pela PSP.

A Câmara Municipal de Santarém pede compreensão a todos os munícipes pelos transtornos causados.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:41
link do post | comentar | favorito

104 sociedades criadas na região em março

 

A criação de empresas no distrito de Santarém voltou a ter novo ânimo no mês de março. Depois de um mês de fevereiro onde nasceram na região 88 empresas, março volta a ter um acréscimo, com 104 empresas criadas. Benavente, Ourém e Santarém foram os concelhos que mais empresas criaram.

De facto, Santarém e Ourém têm vindo a ser, ao longo dos últimos meses, em média, os concelhos que mais sociedades têm criado no distrito de Santarém. O mês de março sofreu, no entanto, uma reviravolta, com o concelho de Benavente a tomar dianteira quanto à criação de sociedades na região. Este concelho da Lezíria do Tejo criou, durante o mês de março, 16 sociedades, estando logo de seguida no pódio, os concelhos de Ourém, com 15 sociedades, e de Santarém, com 14 sociedades.

O concelho de Torres Novas aparece em 4.º lugar, com a criação de 13 sociedades no mês de março. Salvaterra de Magos posiciona-se em 5.º lugar, com a criação de 11 sociedades no passado mês.

No ranking, segue-se Tomar, com a criação de 8 sociedades, Abrantes, com 5, e Ferreira do Zêzere com 4. Coruche, Rio Maior e Mação criaram 3 sociedades, Alcanena, Cartaxo e Constância, duas, e Almeirim, Chamusca e Entroncamento, uma sociedade cada concelho. Alpiarça, Golegã e Vila Nova da Barquinha não apresentaram, em março, criação de sociedades.

Relativamente aos setores de atividade, destaque para a criação de sociedades nas áreas de "compra e venda de bens imobiliários" (6), "associações culturais e recreativas" (4) e "atividades de engenharia e técnicas afins" (3).

NERSANT e IPS abordam IoT e Segurança de Dados na indústria em sessão na Escola Superior de Gestão e Tecnologia em Santarém
A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, em parceria com o IPS -Instituto Politécnico de Santarém, sob a alçada do projeto Get Innovation, dinamiza dia 2 de maio um workshop centrado no avanço tecnológico e nas suas implicações para a indústria no que toca à sua forma de laborar e aos seus procedimentos de segurança.

Na era da tecnologia e da inteligência artificial aplicada à indústria, é de extrema importância alertar as empresas para os desafios legais que daí advêm, uma vez que são processados grandes volumes de informação, os Big Data. Neste caso em particular, a relevância do tema assume a máxima importância uma vez que muita da maquinaria carece de intervenção humana para processar pedidos de assistência técnica, entre outras funções que realizam autonomamente.

Neste sentido, o projeto Get Innovation oferece às empresas o workshop "IoT e Segurança de Dados" que visa dar resposta a muitas das questões e anseios no que toca aos fluxos de informação gerados pela indústria. Para tal preparou um painel que dinamizará a sessão, que tem início às 15h00, com o acolhimento dos participantes pelo Presidente do Núcleo NERSANT de Santarém, Filipe Borgas e da Pró-Presidente para a Formação, Empreendedorismo e Empregabilidade do IPS, Maria Fernanda Ribeiro.

O projeto Get Innovation será apresentado pela NERSANT seguido do tema "Cibersegurança" por Filipe Madeira, da Escola Superior de Gestão e Tecnologia do IPS. Gonçalo Lobo Xavier, membro do Comité Económico e Social Europeu (CESE) trará à sessão a temática dos desafios para a indústria nacional e europeia no contexto da digitalização e robotização com o relatório INT/833, "A comprehensive aproach to industry policy". Segue-se a apresentação do tema "IoT Industrial mais seguro com FOG Computing" a cargo de João Orvalho, à qual se seguirá o espaço de debate, esclarecimentos, apreensão de conhecimentos e interação entre os participantes.

De referir que este workshop é realizado ao abrigo do Get Innovation, programa que pretende preparar os sistemas organizacionais e produtivos do tecido empresarial da região da Lezíria do Tejo para os princípios da Indústria 4.0., promovendo o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras e associando-se ao conceito de “fábrica inteligente”. O Get Innovation conta com o cofinanciamento do Programa Operacional Regional - Alentejo 2020.

Tendo em conta o reduzido conhecimento das oportunidades e desafios da Indústria 4.0 por parte da comunidade, este projeto, que tem como promotores a NERSANT e o IPS, contempla um conjunto de atividades, entre as quais workshops e ainda a realização de um diagnóstico da região sobre o qual resultarão recomendações e orientações, alicerçadas em situações com elevado potencial de demonstração, visando a sensibilização das partes interessadas e a capacitação das PME.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:57
link do post | comentar | favorito

Santarém vai ter duas Equipas de Intervenção Permanente

 

 

 

A partir de dia 4 de maio, Santarém passa a dispor de duas Equipas de Intervenção Permanente para o Concelho, atribuídas pela Secretaria de Estado da Proteção Civil, aos Bombeiros Voluntários de Pernes e aos Bombeiros Voluntários de Alcanede. A Câmara de Santarém vai assinar um protocolo com a ANPC- Autoridade Nacional de Proteção Civil e com os Bombeiros Voluntários de Alcanede e de Pernes, que conta com a presença de José Artur Neves Secretário de Estado da Proteção Civil. Esta cerimónia tem lugar às 19h00, em Fornos de Algodres, no Quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres.

 

Estas equipas são compostas por cinco elementos cada, em regime de permanência e têm como missão assegurar serviços de combate aos incêndios; de socorro à população local em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes; socorro a náufragos; socorro complementar, em segunda intervenção, desencarceramento ou apoio a sinistrados no âmbito da urgência pré – hospitalar; minimização de riscos em situações de previsão ou ocorrência de acidente grave; e colaboração em outras atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Os custos, no caso da EIP - Equipas de Intervenção Permanente, são divididas em partes iguais, pela autarquia e pela Autoridade Nacional de Proteção Civil.

 

 

Município de Santarém vai assinar protocolo com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Concelho

 

O Município de Santarém vai celebrar protocolo de cooperação com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Concelho, de modo a dar continuidade aos protocolos actualmente em vigor, uma vez que as Associações de Bombeiros Voluntários, conforme disposto no art.º 46.º da Lei de Bases da Proteção Civil, são agentes da proteção civil e parceiros indispensáveis do Município no levantamento, previsão, avaliação e prevenção de riscos coletivos, assumindo a proteção e o socorro de pessoas e bens em perigo quando situações de acidente grave ou catástrofe ocorrem.

Para além das atividades desenvolvidas no âmbito da proteção civil, prestam ainda os mais variados serviços de cariz social às populações e instituições abrangidas nas suas áreas de atuação, pelo que a sua existência constitui um fator de segurança para as populações que servem.

 

Pelo modo como concretizam os seus objetivos estatutários, estas associações alicerçam parte da sua atividade nas contribuições recebidas pelos seus associados, mas também no regime de voluntariado e da boa vontade de todos aqueles a quem serve.

 

Com este protocolo, a Câmara apoia os bombeiros do Concelho como reconhecimento pelo trabalho ao nível da prevenção e do socorro às populações, e também para incentivar o voluntariado no Concelho.

 

Tendo em conta os protocolos já em vigor, os valores mantêm-se, à exceção dos Bombeiros Voluntários de Santarém que recebem um aumento como compensação de não terem EIP – Equipa  de Intervenção Permanente.

 

A Câmara de Santarém tem em fase de elaboração, um regulamento de concessão de regalias sociais aos bombeiros voluntários do Concelho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:56
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Abril de 2018
CARTAXO RECEBE MAIO COM CULTURA E ENOGASTRONOMIA

 

O Centro Cultural do Cartaxo, a Biblioteca Marcelino Mesquita e o Museu Rural e do Vinho recebem o mês de maio com livros e autores, música e teatro, dança e atividades para a infância, cinema e visitas guiadas, gastronomia e vinhos.

 

 

A Câmara Municipal do Cartaxo apresenta um extenso programa de atividades para o mês de maio. Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita, Centro Cultural e Museu Rural e do Vinho, oferecem entrada livre em inúmeras atividades, algumas especialmente dedicadas ao público mais jovem.

 

A Biblioteca Marcelino Mesquita mantém aos sábados, duas atividades que integram o projeto educativo – expressão dramática a partir de livros da Biblioteca e dança para bebés e são as propostas que chegam sempre no primeiro e no terceiro sábado de cada mês. Em maio, os autores continuam a ser convidados especiais da Biblioteca, seja para apresentarem os seus livros, seja para conversas que terão sempre os livros como tema central. A rúbrica criada este ano pela área de Cultura do município – Música com Livros Dentro –, oferece uma noite de jazz, com o Quarteto Miga.

 

Já no Centro Cultural, as sextas-feiras continuam a ser dia para receber o melhor do cinema independente, mas é a música que ganhará destaque com três concertos que oferecem ao público três géneros musicais diferentes – pop, rock, eletrónica ou música filarmónica. O teatro abre o programa do CCC com uma comédia hilariante, enquanto a dança e a música constroem um projeto educativo de participação gratuita.

 

No mês em que se assinala o Dia Internacional dos Museus, vai poder visitar o Museu Rural e do Vinho sem sair de casa, porque este espaço museológico vai estar em direto no facebook. Mas se as redes sociais não são do seu agrado e gostaria mesmo de entrar no Museu, então escolha o dia 18 de maio, a entrada vai ser grátis.

 

O Museu Rural e do Vinho vai também receber o almoço de harmonização Sabores de Primavera, cujas duas primeiras edições esgotaram o Centro de Promoção Vitivinícola.

 

PROGRAMA

Sábado, 5 de maio, 21h30

RABO DE SAIA

Comédia teatral

Idade – M/12

Entrada – 10,00€

Centro Cultural

 

Sábado, 5 de maio, 11h00

HISTÓRIAS COM TEATRO DENTRO

Projeto desenvolvido e dinamizado por Berta Pereira, com apoio à produção de Associação Aqui Há Gato.

Público dos 6 anos aos 10 anos

Criança e um adulto – 3,00€

Biblioteca Marcelino Mesquita

 

 

Sábado, 12 de maio, 21h00

HISTÓRIAS DO MUNDO

Concerto Comemorativo do 50º aniversário do Jardim de Infância do Cartaxo

Com Filarmónica de Chãs – Leiria

Maestro Rolando Ferreira

Entrada – 5,00€

Centro Cultural

 

Quarta-feira, 16 de maio, 10h30

UNBOUNDED

De Romulus Neagu

Espetáculo de dança dirigido a público escolar (adequado a partir do 9º ano de escolaridade) / Parceria com Associação Materiais Diversos

Entrada Livre

Centro Cultural

 

Sexta-feira, 18 de maio, 14h30

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS 2018

Emissão em direto no Facebook de visita ao Museu

Entrada livre no Museu

Museu Rural e do Vinho

 

Sábado, 19 de maio, 21h30

GALA POP ROCK

Entrada – 7,50€

Centro Cultural

 

 

Sábado, 19 de maio, 11h00

ARTE EM MOVIMENTO

Dança para bebés

Projeto desenvolvido pela Associação Aqui há Gato. dinamizado por Sofia Almeida

Público - a partir dos 12 meses (ou idade inferior desde que com aquisição de marcha) até 3 anos/inclusive

Criança e um Adulto - 8€

Biblioteca Marcelino Mesquita

 

Domingo, 20 de maio, 12h

SABORES DE PRIMAVERA

Almoço de Harmonização

Chef Madalena Dias – Cook2wine

Enólogos Hernâni Magalhães apresenta Vinhos Rui Franco e Alice Simões apresenta Dois Carvalhos

Preço - 25,00€

Inscrição de 7 a 15 de maio para o email museu@cm-cartaxo.pt

Limite - 40 pessoas

Museu Rural e do Vinho

 

Quinta-feira, 24 de maio, 14h30

APRESENTAÇÃO DO LIVRO – ÁLBUM DE FAMÍLIAS

De Susana Amorim e Rute Agulhas

Para escolas do 1º ciclo, professores e Técnicos de CPCJ

Entrada Livre

Biblioteca Marcelino Mesquita

 

 

Sábado, 26 de maio, 16h -19h

WORKSHOP DE MALABARES E MOVIMENTO

Com Cesar Diaz e Maria Gameiro

Inscrição Gratuita – email para ccultural@cm-cartaxo.pt

Idade – a partir dos 12 anos

Máximo - 15 participantes

Centro Cultural

 

Sábado 26 de maio, 22h30

CARTAXO SESSIONS

Jibóia + Orson & Welles

Entrada – 5,00€

Centro Cultural

 

Sábado, 26 de maio, 21h30

QUARTETO MIGA

Noite de JAZZ

Bernardo Tinoco - saxofone

Dinis Costa - piano

Pablo Patiño Moledo - contrabaixo

Miguel Fernandéz - bateria

Apresentação do Livro - Jazz em Portugal (1920-1956) de Hélder Bruno Martins

Entrada livre

Biblioteca Marcelino Mesquita

 

Quinta-feira, 31 de maio, 21h30

LUZ

Ome Dual

Dança/Novo Circo

Entrada – Livre

Centro Cultural



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:02
link do post | comentar | favorito

Bio-Ware leva potencialidade do valor acrescentado dos resíduos à segunda Mesa Redonda
 
A NERSANT - Associação Empresarial de Santarém e o Agrocluster Ribatejo promoveram um workshop do projeto Bio-Ware, dentro da atmosfera da circularidade, bioeconomia e sustentabilidade que o caracteriza. Desta feita, a Mesa Redonda abordou o tema do valor acrescentado dos produtos que derivam de resíduos numa perspetiva de renovação, inovação e crescimento económico.

Sensibilizar para a bioeconomia é a divisa do programa Bio-Ware, que pretende alertar, mostrar, exemplificar e levar a pensar nos resíduos como potenciais geradores de receita, contribuindo para uma imagem das empresas que leva ao aumento da credibilidade e notoriedade, o que resulta em mais vendas e mais competitividade.

A Escola Superior Agrária de Santarém acolheu no passado dia 19 de abril, a segunda Mesa Redonda do Bio-Ware que contou com a presença do Presidente do Núcleo NERSANT de Santarém, Luís Filipe Borgas, e Paula Ruivo da ESAS, que acolheram os participantes na sessão seguindo-se a apresentação do projeto.

Carlos Lopes de Sousa, Presidente do Agrocluster Ribatejo, apresentou a dinâmica da organização enfatizando os 126 associados bem como os pilares estratégicos, interação, internacionalização, diferenciação e R&I que se refletem em competitividade, cooperação e negócios permitindo, com esta fórmula, culminar em valor acrescentado para todos os parceiros.

Da parte da SPI - Sociedade Portuguesa de Inovação, Luís Girão trouxe o tema “Tendências e caminhos estratégicos para as empresas” tocando em pontos como os indicadores e bioeconomia da região de Santarém, tendências tecnológicas, cadeia de valor ideal da bioeconomia agroindustrial, oportunidades e possíveis caminhos estratégicos.

Lígia Rodrigues, do Centro de Engenharia Biológica da Universidade do Minho, na sua intervenção explanou a temática “Produtos de valor acrescentado a partir de resíduos dos setores Agro-Alimentar-Florestal” onde foi possível perceber melhor as cadeias de valor de indústrias de base biológica, a importância e benefícios das biorrefinarias e o funcionamento da biotecnologia industrial. Apresentou ainda produtos com potencial para a síntese pré-biótica e o potencial da produção sustentável de biossurfactantes.

Como caso de estudo nacional, esteve presente a Sofalca - Sociedade Central de Produtos de Cortiça, Lda., com sede no concelho de Abrantes, representada por Paulo Estrada, CEO. O empresário apresentou a empresa como caso de sucesso ao nível da bioeconomia, referindo os vários produtos e parcerias que têm sido desenvolvidas ao longo da atividade da empresa.

A SPI teve a seu cargo o espaço de debate, partilha de conhecimentos e criação de rede de contactos onde os participantes puderam questionar, cimentar e melhor assimilar toda a informação desta segunda de quatro Mesas Redondas dinamizadas pela NERSANT e Agrocluster Ribatejo.

O projeto Bio-Ware visa a promoção da inovação e do empreendedorismo de forma a melhorar a comercialização dos resultados científicos associados à Bioeconomia “Verde” (Agroflorestal) e à Bioeconomia “Branca” (aplicações industriais e ambientais). O projeto centra-se no estudo e disseminação de informação sobre a bioeconomia, compreende ações de sensibilização e informação que contribuam para a concretização de projetos inovadores de Bioeconomia que possam ser desenvolvidos no seio das fileiras estratégicas da Região. Muito embora o projeto se concentre na região de Santarém, por vocação das entidades copromotoras, não se pretende limitar o seu âmbito de influência. Pelo contrário, pretende-se mobilizar a base científica e tecnológica nacional, de relevância e impacto crescente, para um reflexão e discussão em terno da temática, assim como a disseminação de conhecimento.

Este projeto pretende sensibilizar e disseminar a importância da bioeconomia e da sua integração nos setores relevantes para a região, promoção de lógicas de colaboração entre os atores nacionais direcionadas para a identificação e valorização de oportunidades de financiamento e promoção da geração de ideias em torno do desenvolvimento de projetos colaborativos entre empresas e entidades de ensino e de ciência e tecnologia. É um projeto financiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do FEDER.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:24
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
ROTA PELA FLORESTA

foto3 (5)

 

Caminhada e limpeza no Parque Verde do Bonito

 

O Município do Entroncamento e o Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento dinamizaram, no dia 21 de abril, uma atividade de sensibilização para a importância das florestas, “A Rota pela Floresta”, que teve como objetivo sensibilizar os participantes para esta temática, através de uma caminhada e limpeza no Parque Verde do Bonito.

 

Estiveram presentes o Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento com as suas Eco-Escolas (Escola Secundária e Escola Básica Dr. Ruy D’Andrade), Câmara Municipal, Juntas de Freguesia, Universidade Sénior, Escuteiros, CLAC e Bombeiros Voluntários do Entroncamento, num total de 60 crianças, jovens e adultos.

 

Os alunos do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento receberam o testemunho da iniciativa: uma pá, um pergaminho de registo de mensagens e compromissos e a bandeira idealizada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), entidade que fez o desafio aos municípios, para que seja assinada por todos.

 

A “Rota pela Floresta” é ação catalisadora de sinergias entre as escolas e as suas respetivas autarquias (municípios e freguesias) com o principal objetivo de agir pela proteção dos ecossistemas existentes no município, com particular enfoque na floresta. Estrutura-se em torno de uma atividade que visa ainda promover a mobilidade sustentável, e por em prática o exercício da cidadania alertando para os direitos, deveres e responsabilidades de cada um dos intervenientes. Integrando-se no projeto “Do CO2 ao O2”.

 

A Rota realizou uma paragem para uma atividade de intervenção no espaço florestal de limpeza, incentivando a uma mobilidade mais segura e sustentável. Foi ainda intenção do Município promover uma pegada carbónica o mais reduzida possível, privilegiando-se os percursos pedestres.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:50
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 24 de Abril de 2018
PASODOBLE PERPETUA A MEMÓRIA DO RIBATEJANO SÉRGIO PERILHÃO

labreca 1

 

 

 

 

O compositor António Maria Catalão Labreca, autor de alguns dos mais sonantes pasodobles, compôs uma peça que vai perpetuar a memória de um dos homens que fica na História do Ribatejo- Sérgio Nunes Perilhão. O músico, natural de Alcochete, era amigo e admirador de Sérgio Perilhão. “Não podia ficar indiferente a um pedido destes. Fiz esta obra com muito gosto e espero que o público aprecie”, revela o compositor.  

 

O pasodoble com o nome do homenageado será apresentado no Encontro de Bandas Taurinas no dia 1 de maio, no Centro Cultural de Samora Correia. A interpretação está confiada à Banda da Sociedade Filarmónica União Samorense (SFUS) dirigida pelo Maestro Nuno Carvalho que vai ter um mano-a-mano com a Banda da Sociedade de Instrução Coruchense, de Coruche. 

O regente da banda da SFUS é músico profissional e integra o nipe de bombardinos na Banda Sinfónica da GNR ao lado do amigo António Labreca. Nuno Carvalho confessa o entusiasmo neste projecto. "Todos nós temos consideração pelo homenageado. Foi fácil motivar os músicos e esperamos que saia muito bem", revela o maestro que promete integrar o pasodoble no repertório de Verão da banda.

 

Sérgio Perilhão faleceu a 12 de janeiro de 2015 e desde logo surgiu a ideia de homenagear o gestor que conhecia a maioria dos campinos, ganaderos, cavaleiros, bandarilheiros, toureiros e forcados pelo nome. O malogrado, era filho de campino e viveu intensamente a cultura tauromáquica popular. Era presença regular nas festas tradicionais do Ribatejo e nas corridas de touros.

 

António Relvado, investigador das tradições ribatejanas ligadas à festa brava e amigo pessoal de Sérgio Perilhão foi um dos mentores do projeto. “É uma justa homenagem a um homem que tanto fez por Samora Correia, pelo Ribatejo e pelas mais genuínas tradições desta região. Sérgio Perilhão foi um verdadeiro embaixador e promotor do Ribatejo e da Festa Brava”, adianta António Relvado.

 

Sérgio Perilhão foi crítico taurino em vários jornais e na Revista Novo Burladero e fica para a história como um dos mais dedicados associativistas de Samora Correia, tendo liderado várias colectividades e comissões de festas. 

Esteve na origem da Rádio Iris onde realizou um dos programas de maior audiência - “Ribatejo” - dedicado à Festa Brava, uma das paixões de Sérgio Perilhão.

 

A sua última obra foi a recuperação da fachada da Igreja Matriz de Samora Correia onde comandou a equipa de voluntários com um projeto de mais de 1,5 milhões de euros.

 

Depois da apresentação pública, a peça será confiada à banda da SFUS fica disponível para mediante autorização do autor poder ser interpretada pelas bandas taurinas e divulgada nas festas ribatejanas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:15
link do post | comentar | favorito

TEJOAlive está de volta! Um percurso ambiental imperdível. Inscreva-se!

CARTAZ TEJO ALIVE III FINAL

 

 

Conhecer o território para proteger e preservar a biodiversidade e a paisagem é o lema do projeto ambiental TEJOAlive, cuja terceira edição se realiza a 19 de maio, pelas 9 horas, na Quinta da Boavista, em Vale de Figueira e percorre os rios Alviela e Tejo, até ao limite geográfico do Concelho, em Porto Pereiras (próximo da aldeia de Reguengo do Alviela), numa extensão aproximada de 12,5 km, de dificuldade média. A organização do Município de Santarém e da União de Freguesias São Vicente do Paúl e Vale de Figueira, conta com o apoio dos parceiros e entidades que se associaram ao projeto.

 

O percurso ambiental do TEJOAlive termina cerca das 13h30, com um almoço convívio, na Casa de Convívio de S. Vicente do Paúl organizado pela União de Freguesias S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira em parceria com a Comissão Social de Freguesias de S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira (CSF SVP e VF).

 

De referir que o “TEJOAlive tem como bandeira alertar para a perda da biodiversidade e para destruição da paisagem, que ocorre num registo de desenvolvimento económico, que urge mudar, criando riqueza local sabendo aproveitar os serviços ecossistémicos”.

 

Este projeto é enriquecido com a participação dos investigadores que farão uma aproximação da Ciência aos participantes: João Gago, da Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS), César Garcia, da Faculdade Ciências da Universidade de Lisboa e curador da coleção de briófitos do Herbário LISU do MUNHAC, Fernando Pereira, do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), Rui Félix e Albano Soares. do Centro de Conservação das Borboletas de Portugal (Tagis).

 

A Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade (EMAS) da Câmara Municipal enquadrará, no primeiro momento de partilha de conhecimentos, a importância do Tejo enquanto recurso natural, que Santarém prioriza. O Município conta como entidade parceira o Comando Territorial da GNR de Santarém, essencial para o reconhecimento e acompanhamento do percurso. Os Bombeiros Municipais de Santarém e a empresa municipal Viver Santarém colaboram nesta iniciativa, com prestação de apoio aos participantes do percurso ambiental, deste a sua primeira edição.

 

O Município de Santarém assegura o transporte de Santarém para Vale de Figueira. O local de concentração é às 8h no Jardim da República, para receção dos participantes e distribuição pelos autocarros.

 

O transporte de regresso para Santarém é realizado em dois turnos: antes de almoço, para os participantes que não desejam participar no almoço convívio e após o almoço para os restantes participantes.

 

A 3ª edição do TEJOAlive, marca o final o reconhecimento oferecida à população, que tiveram oportunidade de conhecer os valores naturais dos 23km de frente ribeirinha do concelho de Santarém, pelo que o Município na sua Casa do Ambiente, oferece uma t-shirt TEJOAlive a todos os participantes inscritos nesta iniciativa. A entrega será realizada dia 12 de maio (sábado) das 9h às 12h ou de 14 a 18 de maio (2ª a 6ª), das 14h às 16h30, pela EMAS na Casa do Ambiente, sita no Edifício Sala de Leitura Bernardo Santareno. Realçamos que não haverá entrega de t-shirts no próprio dia da iniciativa.

 

As Inscrições, apesar de gratuitas são obrigatórias e, devem ser realizadas através do site do Município de Santarém, com o preenchimento do seguinte formulário, disponível em https://goo.gl/forms/JVM3wm0qYFRrTa7B2 . Alerta-se que não haverá possibilidade de inscrições no próprio dia, devido a logística necessária para o transporte dos participantes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:10
link do post | comentar | favorito

CARTAXOINVEST EM SEMINÁRIO EMPRESARIAL

O Seminário que vai trazer ao Cartaxo o presidente da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, Luís Castro Henriques, o presidente da CCDR LVT – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, João Teixeira, e o presidente da AIP – Associação Industrial Portuguesa, José Eduardo Carvalho, vai decorrer na próxima sexta-feira, dia 27 de abril de 2018, pelas 14h30, no auditório da Tagusgás, empresa já sediada no Valleypark – Parque de Negócios do Cartaxo.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, que já anunciara ao executivo, em reuniões de Cãmara Municipal, a realização do Seminário, confirma que este “encontro é uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal e da Valleypark” e tem como propósito essencial “reunir empresários e decisores para esclarecer e debater temas essenciais ao investimento empresarial neste Parque de Negócios”.

 

“Dar a conhecer os principais instrumentos de financiamento comunitário para as empresas e, em simultâneo, divulgar a estratégia nacional para as exportações de bens e serviços, assim como, para a captação de investimento direto estruturante, nacional e estrangeiro”, foram os objetivos elencados pelo autarca.

 

 

CARTAXOINVEST | PROGRAMA

SEXTA-FEIRA | 27 ABRIL 2018 | VALLEYPARK, AUDITÓRIO DA TAGUSGÁS

 

14:30

Apresentação do Valleypark, Parque de Negócios do Cartaxo, SA

Pedro Magalhães Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo

José Eduardo Carvalho, Presidente da Valleypark, SA

 

15:00

Principais instrumentos de financiamento comunitário para as empresas

Roberto Grilo, Presidente da CCDR Alentejo *

João Teixeira, Presidente da CCDR Lisboa

 

15:30

Estratégia nacional para a captação de investimento nacional e estrangeiro

Luís Castro Henriques, Presidente da AICEP

 

 

 

 

 

CONTAS DO CARTAXO VOLTAM A SER POSITIVAS

  • Demonstrações Financeiras e Relatório de Gestão 2017 mostram que “o caminho que escolhemos em 2014, foi difícil, mas foi e continua a ser o caminho certo para a consolidação das contas do município”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro.

 

  • O presidente da Câmara sustenta que “o tempo de emergência que ultrapassámos, com o esforço e o contributo de toda a população”, foi essencial para o que sempre defendi – “a inversão do caminho que conduziu à descredibilização do município e à rutura financeira estrutural, era possível. Ao fim de quatro anos encontrámos o equilíbrio financeiro e estamos seguros que este se pode manter, que as contas são claras, transparentes e sustentáveis, como comprovado pelo facto de 2017 ter contado com um orçamento que não teve votos contra – isto em ano de eleições”.

 

  • Autarca destacou a redução “de indicadores fundamentais”: o passivo total do município reduziu 1,8 milhões durante o ano de 2017 num total de mais de seis milhões em relação às contas de 2013, o prazo médio de pagamentos, que em janeiro de 2014 era de 373 dias, reduziu para 30 dias, os pagamentos em atraso que eram de 22 milhões e 95 mil euros em 2013, são agora de 350 mil euros.

 

  • Fernando Amorim, destacou que as melhorias “são de grande relevância quantitativa e representam enorme valor para as pessoas e para as empresas que se relacionam ou dependem para a sua atividade de um município com contas equilibradas e cumpridor dos seus compromissos”.

 

  • Para o vice-presidente, “poder hoje contar com fundos disponíveis positivos, quando em 2013 estes eram superiores a 36 milhões de euros negativos, ou com uma melhoria superior a 19% no rácio de endividamento municipal ou, ainda, alcançar 89% de execução orçamental quando começámos este ciclo, em 2013, com apenas 21%”, são conquistas que não se podem perder”.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo aprovou por maioria, na reunião de dia 23 de abril, as contas de 2017, com os votos a favor do presidente e dos vereadores do Partido Socialista e os votos contra da Coligação Juntos pela Mudança.

 

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal afirmou que “é este caminho que queremos, com humildade, prosseguir”, destacando os resultados “muito positivos, que as demostrações financeiras e o relatório de gestão de 2017, comprovam”.

 

Para o autarca, “o apoio dos trabalhadores, das associações, dos autarcas em cada junta de freguesia, em especial dos seus presidentes, dos fornecedores de bens e serviços, da população”, foi essencial para “sairmos da situação assustadora, de emergência, em que encontrámos as contas do município”.

 

Reconhecendo que “não conseguimos corresponder a tudo o que nos foi solicitado”, o autarca destacou que “ainda assim foi possível terminar todos os investimentos que estavam parados, sem devolvermos dinheiro de fundos comunitários, conseguimos conquistar novos fundos e apresentar candidaturas que serão decisivas no futuro do concelho”, como o “Centro Escolar de Pontével ou a regeneração urbana que temos em curso. Travámos lutas difíceis e muito complexas para que hoje empresas se possam instalar no Valleypark, e pagámos dívida, muita dívida”.

 

Este “caminho foi partilhado, passo a passo, com autarcas de todas as forças políticas, estabelecemos consensos e nunca embarcámos em tiradas políticas fáceis, mas inóspitas de resultados”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro, reconhecendo “a disponibilidade dos eleitos políticos, de todos os quadrantes, para que hoje possamos dar estas contas ao Cartaxo”.

 

Fernando Amorim apresentou informação detalhada

A prestação de contas do município foi feita, de modo exaustivo, pelo vice-presidente da Câmara, Fernando Amorim, responsável pelos pelouros de gestão e finanças e de recursos humanos. O autarca descreveu todos os indicadores, quer os que constituem o balanço social do município, quer os que constituem o relatório de gestão.

 

Para Fernando Amorim, que fez a análise patrimonial e a análise orçamental das contas, mas também a análise detalhada da execução do FAM (fundo de Apoio Municipal), “uma das ferramentas financeiras a que o Cartaxo recorreu para devolver equilíbrio estrutural às suas contas”.

 

Para além da execução orçamental “de 89% em 2017, que cumpre o propósito que sempre tivemos de que os orçamentos municipais fossem transparentes e cada vez mais de acordo com a realidade”, o autarca destacou o resultado líquido positivo – “o melhor desde 2011” –, assim como, a redução do passivo total “ou do passivo exigível de curto, médio e longo prazo que reduziu 2 milhões 840 mil euros”.

 

Fernando Amorim destacou ainda que “a dívida que transitou do orçamento de 2017 para o orçamento de 2018, foi de 705 mil euros, enquanto o valor transitado em dívida para o orçamento de 2014, foi de 29 milhões 172 mil euros o que “com humildade, mas confiança, considero que demonstra a dimensão do que enfrentámos e o resultado que alcançámos”.

 

No que respeita ao balanço social, o vice-presidente da Câmara deixou como principais preocupações “o aumento da idade média dos trabalhadores, que é de 55,5 anos”, e que influencia o absentismo por doença ou o tempo de não trabalho. Fernando Amorim mostrou a evolução do quadro de pessoal, que “entre 2013 e 2017 perdeu 48 trabalhadores, só em 2017 são menos 16 pessoas com as quais podemos contar”, destacando a importância dos procedimentos contratuais em curso, “também estes impossíveis sem contas equilibradas”.

 

Os documentos – Demonstrações Financeiras e Relatório de Gestão 2017 – serão deliberados no dia 26 de abril, na sessão da Assembleia Municipal.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:09
link do post | comentar | favorito

Comemorações do 44º Aniversário do 25 de abril no Concelho de Salvaterra de Magos

 

“A Mulher Portuguesa – Do Estado Novo à Constituição de 1976” é o tema este ano das comemorações do 44º Aniversário do 25 de Abril, que iniciaram a 21 de abril e decorrem até 5 de maio, dinamizadas pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos em parceria com as Juntas de Freguesia, associações, coletividades e comissões de festas do Concelho.

No dia 25 de abril será inaugurada (11h30) na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos a exposição “Itinerários de conquistas e direitos das Mulheres”, cedida pelo Movimento Democrático das Mulheres (MDM).

Antes (10h30), irá decorrer uma sessão solene da Assembleia Municipal, na Praça da República, em Salvaterra de Magos, precedida de uma arruada pela Banda da Associação Cultural e Musical de Salvaterra de Magos.

A Câmara Municipal vai também organizar esta terça-feira, pelas 21h30, na Casa do Povo de Glória do Ribatejo, o concerto “Cantigas de Abril” com a participação de José Foguete, Elias Oliveira, Tó Grencho, Manuel Monteiro e Nuno Silva.

A Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos recebe depois, a 5 de maio (16h), a apresentação do livro “Mulheres na Clandestinidade” de Vanessa Almeida.

No Mercado de Cultura de Marinhais continua patente, até ao final do mês de abril, a exposição de pintura “Mulheres” de Hana Tischler.

Até 5 de maio irão também decorrer diversas iniciativas organizadas pelas Juntas de Freguesia, associações e coletividades do concelho, que contam com o apoio da Câmara Municipal, desde atividades desportivas, recreativas, culturais e de animação musical (programa completo em www.cm-salvaterrademagos.pt).



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:05
link do post | comentar | favorito

XXX FESTA DO VINHO DO CARTAXO – VINHO & CHOCOLATE

unnamed

 

DIA DO CAMPINO

 

No próximo 1.º de Maio, terça-feira, aqueles que são o testemunho vivo da tradição, da história e do trabalho nos campos da Lezíria Ribatejana, vão voltar a percorrer as ruas da cidade, trazendo à Festa do Vinho um dos seus momentos altos – o Dia do Campino.

 

A Câmara Municipal e a União de Freguesias Cartaxo e Vale da Pinta convidam toda a população a participar nesta grande festa da cultura ribatejana – ao engalanar as ruas e janelas, ou integrando o desfile.

 

PROGRAMA

10H00 – Concentração de Campinos, Amazonas e Cavaleiros

Junto à Praça de Touros

 

10H30 – Bênção dos Campinos, Cavaleiros e Amazonas

Frente ao Tribunal

 

11H00 – Início do Desfile de Campinos, Condução de Cabrestos, Amazonas, Cavaleiros e Equipagens com a Participação do Rancho Folclórico do Cartaxo e da Banda da Sociedade Filarmónica Cartaxense

 

ITINERÁRIO | Partida do Largo Vasco da Gama (Frente ao Tribunal) / Rua 5 de Outubro / Rua Batalhoz / Rua José Ribeiro da Costa / Rua Nova do Outeiro/ Rua Batalhoz /Rua Manuel Bernardo das Neves (Campo da Feira)

 

CONVIDAM-SE CAMPINOS, AMAZONAS E CAVALEIROS A PARTICIPAR NO DESFILE – obrigatório o uso de traje curto. Os proprietários dos equinos deverão fazer-se acompanhar de livro e respetivo seguro do seu animal.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:10
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 23 de Abril de 2018
Santarém Cortes & Lendas 2018

De 27 de abril a 1 de maio de 2018, Santarém oferece “Cortes e Lendas”, iniciativa organizada pela Viver Santarém, EM, SA em colaboração com a Câmara Municipal de Santarém com o objetivo de dignificar e valorizar o património e a história da cidade de Santarém.

 

Durante cinco dias vão ter lugar, no Convento de S. Francisco em Santarém, diferentes momentos de animação, através de representações teatrais, visitas guiadas, espaço infantil e animação para crianças, momentos musicais, Ceia Medieval, cortejos, cerveja artesanal, recriações históricas, malabarismo e espetáculo de fogo, danças e cantares, demonstração de Falcoaria, exposição de Aves, momentos desportivos, entre outras atividades enquadradas com a época como a Feira de Artesanato e Mercado de Sabores.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:10
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Entroncamento foi alvo de...

MILITANTES DA JUVENTUDE S...

ARTES & SONS 2018 - BARRA...

Protocolo ICNF/C.M.Azambu...

COMANDANTE DOS BOMBEIROS ...

Viver Santarém conquista ...

Feira Empresarial de Abra...

Protocolo para a criação ...

PERIGO NA ROTUNDA DO INFA...

"Verão In. Str ... é um ...

arquivos

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds