NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 4 de Julho de 2018
FESTEJOS EM HONRA DE S. SEBASTIÃO

FESTEJOS EM HONRA DE S. SEBASTIÃO

Casais Lagartos vai estar em Festa durante todo o fim de semana.

 

Os Casais Lagartos vão receber a próxima sexta-feira com os Festejos em Honra de São Sebastião. De 6 a 8 de julho – sexta-feira a domingo – os Casais Lagartos convidam população e visitantes a assistir a espetáculos musicais, participar na Missa e Procissão ou a experimentar divertimentos como o Touro Mecânico, tudo depois de um almoço e um jantar na companhia dos amigos ou da família.

 

Com a previsão meteorológica a prever noites quentes para acolher os espetáculos musicais a Festa oferece música e convívio – na sexta-feira será o Duo Manuel Matos a subir ao palco, no sábado a Banda Linha D’Água convida para dançar e, no domingo, o Duo Daniel e Mara encerram os Festejos, num dia que será marcado pela Missa e pela Procissão que têm início às 17h00.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 20:04
link do post | comentar | favorito

FESTIVAL DE FOLCLORE EM VALADA

image003 (4)

 

O Largo General Humberto Delgado, em Valada vai receber três ranchos e um grupo folclórico, na noite de sábado, dia 7 de julho. A partir das 21h30, têm início as atuações, mas chegue um pouco mais cedo e assista ao desfile etnográfico que tem início às 21h00 e mostrará, nas ruas da aldeia ribeirinha, as tradições e a identidade de Vila Nova de Gaia, de onde chegará o Grupo Folclórico da Madalena, de Rio Maior, que terá como representante o Rancho Folclórico do Arco da Memória, ou de Arcos de Valdevez, de onde é oriundo o Rancho Folclórico de S. Paio.

 

As honras da casa ficarão a cargo do rancho anfitrião, o Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge-Valada.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:31
link do post | comentar | favorito

Câmara Municipal de Santarém transfere mais de 1 milhão de euros para as Juntas de Freguesia do Concelho de Santarém nas novas delegações de competências

 

A Câmara Municipal de Santarém e as Juntas de Freguesia do Concelho assinaram esta terça-feira, dia 03 de julho, nos Paços do Concelho, os Acordos de Execução e Contratos Interadministrativos que estabelecem as delegações de competências municipais para as Juntas de Freguesia.

 

Nestes novos documentos, mantêm-se as mesmas delegações de competências, do mandato passado. No entanto, o estudo relativo à distribuição de verbas foi atualizado, correspondendo agora as transferências municipais anuais para as Juntas de Freguesia de quase 1.115.000,00€, resultando num acréscimo em relação ao que era transferido anteriormente de cerca de 24.000,00€, o que corresponde a um aumento aproximado de 2%.

 

Assim, por esta via, o Município transfere para as Juntas de freguesia anualmente cerca de 613.234,55€ para conservação de estradas, 261.015,53€ para reparações e conservações nas escolas EB1 e JI e 240.721,83€ para manutenção e limpeza de espaços públicos.

 

O estudo de distribuição dos recursos financeiros para as competências delegadas, teve por base o Fundo de Financiamento das Freguesias recebido pelas Freguesias do Concelho, dado que o mesmo tem em conta diversos fatores, tais como o número de habitantes, tipologia da freguesia e área da mesma.

 

Verificando-se que, no que concerne às transferências recebidas pelas Freguesias rurais do Concelho, as transferências municipais são equiparadas às transferências governamentais, apesar das competências delegadas serem em menor número.

 

As competências municipais delegadas nas Freguesias do Concelho são, através do acordo de execução, a gestão e manutenção e limpeza de espaços verdes e espaços, a reparação de mobiliário urbano, e a realização de pequenas reparações nos estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico e a manutenção dos seus espaços envolventes, que se situem nas áreas da respetiva freguesia.

 

Quanto ao contrato interadministrativo, delega nas Juntas de Freguesia, a conservação das vias municipais, estradas, caminhos, arruamentos, ruas, passeios, bermas e valetas, a contratação do pessoal auxiliar necessário para assegurar as refeições das escolas do 1.º ciclo do ensino básico e as atividades de animação e apoio à família nos jardim-de-infância, e os transportes escolares.

 

Esta delegação de competências, demonstra mais uma vez que, para a Câmara Municipal de Santarém, é de importância estratégica fomentar a cooperação entre o Município e as Freguesias, para a prossecução de investimentos que incrementem a qualidade de vida das populações, em particular, as que residem no meio rural do Concelho, promovendo a aproximação da gestão autárquica aos Munícipes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:20
link do post | comentar | favorito

Terrorismo alimentar e Food Defense na ordem do dia em conferência sobre bioeconomia

 

A contaminação intencional de produtos - terrorismo alimentar - é uma realidade a que as empresas, em especial as exportadoras, devem estar atentas. Associado ao conceito, surge o de Food Defense, que apareceu nos Estados Unidos da América aquando dos atentados do 11 de setembro, e que reúne metodologias que garantem a segurança dos alimentos. A problemática esteve em destaque na Conferência sobre Bioeconomia levada a cabo pela NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, e pelo Agrocluster Ribatejo, no âmbito da implementação do projeto Bio-Ware.

 

A NERSANT e o Agrocluster Ribatejo têm vindo a dinamizar na região de Santarém o Bio-Ware, projeto de promoção para a bioeconomia que realizou na região diversas ações de sensibilização para as empresas em torno do conceito. A sessão, que iniciou precisamente pela apresentação das diversas atividades realizadas ao longo da implementação do programa - desde estudos de benchmarking, workshops, roadmap tecnológico, sessões de mesa redonda e um website que funciona como uma montra de bioprodutos - deu a conhecer ainda alguns exemplos casos de sucesso de empresas que trabalham nesta área, como a FermALG, que aposta na comercialização de microalgas como um dos produtos com maior potencial na alimentação humana, animal e cosmética, da A4F, que trabalha na área da investigação e desenvolvimento de projetos de bioengenharia para a produção industrial de microalgas e ainda da VALORBIO, projeto de I&D do Instituto Politécnico de Tomar que aposta na valorização de resíduos através de zonas húmidas construídas modulares usadas para tratamento de águas residuais.

No entanto, para além das temáticas apresentadas, mereceu destaque a apresentação sobre o tema Food Defense, explanado por Rita Porto, da SGS. Trata-se de um conceito que aborda todas as atividades para prevenir a contaminação acidental ou intencional dos produtos alimentares por agentes biológicos, químicos, ou radioativos no decorrer da sua produção e distribuição. Associado a este conceito, estão, entre outros, a fraude alimentar, a segurança e a qualidade alimentar que importam ser discutidos de forma a garantir a não adulteração dos produtos alimentares ao logo da cadeia produtiva e obter assim quantidades de produtos confiáveis e com qualidade para um consumidor cada vez mais exigente e informado, num mercado nacional e internacional competitivo.

Na sua intervenção, Rita Porto explicou que o conceito ganhou escala aquando dos ataques terroristas do 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos da América, tendo, este país, desta forma, largamente implementadas e regulamentadas as medidas de defesa alimentar, "o que não acontece nem na Europa, nem em Portugal", disse. No entanto, a profissional explicou a implementação de metodologias de "defesa alimentar" devem fazer parte da rotina das empresas, em especial aquelas que abordam os mercados internacionais. Apresentou, por isso, algumas dicas para a inclusão deste tipo de metodologias e medidas de proteção para as empresas. "Este é um tema muito importante para a cadeia de fornecimento. As medidas de proteção devem estar bem implementadas para assegurar a produção dos alimentos quanto à proteção da contaminação intencional e maliciosa, sabotagem, bioterrorismo e outros pontos de vulnerabilidade às organizações", alertou Rita Porto.

Na sessão forma ainda entregues os prémios aos vencedores do segundo concurso de ideias de negócio do Bio-Ware.

De referir que Bio-Ware visa a promoção da inovação e do empreendedorismo de forma a melhorar a comercialização dos resultados científicos associados à bioeconomia "Verde" (Agroflorestal) e à bioeconomia "Branca" (aplicações industriais e ambientais). Este projeto pretende sensibilizar e disseminar a importância da bioeconomia e da sua integração nos setores relevantes para a região, promoção de lógicas de colaboração entre os atores nacionais direcionadas para a identificação e valorização de oportunidades de financiamento e promoção da geração de ideias em torno do desenvolvimento de projetos colaborativos entre empresas e entidades de ensino e de ciência e tecnologia. O projeto, dinamizado pela NERSANT e pelo Agrocluster Ribatejo, conta com o cofinanciamento do COMPETE 2020, encontrando-se disponibilizada mais informação no portal do projeto em http://bioware.nersant.pt.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:17
link do post | comentar | favorito

Rancho da Casa do Povo de Alcoentre organiza festival com Folclore de Portugal e de Espanha

RanchoAlcoentre

 

O Rancho Folclórico da Casa do Povo de Alcoentre, freguesia do concelho de Azambuja, vai realizar o seu 31º festival de folclore. A edição 2018 deste festival terá lugar no próximo sábado, dia 07 de julho, e além de três ranchos portugueses convidados estará presente um grupo oriundo do norte de Espanha, mais concretamente do País Basco.

 

Neste evento, a Vila de Alcoentre poderá assistir às demonstrações do rancho da sua Casa do Povo, mas também do Rancho Folclórico Cultural Danças e Cantares do Forninho, do Poceirão – Palmela; do Rancho Etnográfico da Borda do Campo, da Figueira da Foz; do Rancho Folclórico Esperança da Juventude do Nadadouro, das Caldas da Rainha. Oportunidade ainda – rara entre nós – para apreciar a etnografia e algumas tradições vindas do estrangeiro, no caso do Grupo de Danças Tradicionais Begiraleak do País Basco, Espanha.

 

O convívio entre os grupos começará pelas 18h00, com a realização de uma receção formal seguida do jantar de confraternização. Por volta das 21h00, terão início as atuações deste festival do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Alcoentre.

Esta é mais uma iniciativa que conta com o apoio do Município de Azambuja.

 

 

Folclore de Portugal e de Espanha no festival do Rancho de Vale do Paraíso

 

 

O Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso, freguesia do concelho de Azambuja, vai realizar o seu habitual festival de folclore Paraíso 2018. A 35ª edição deste festival decorrerá no próximo sábado, dia 07 de julho, e terá dimensão internacional com oportunidade para assistir ao vivo a uma demonstração vinda do país nosso vizinho.

O evento inicia-se com uma receção oficial aos grupos convidados na “Casa Colombo”, pelas 18h00, seguida de um jantar convívio entre todos os participantes dos cinco ranchos envolvidos. Por volta das 21h00, o público está convidado para acompanhar o desfile dos dançarinos, cantadores e tocadores por algumas ruas da localidade. Meia hora depois terão início as atuações.

 

No palco deste festival poderão ser apreciadas as tradições etnográficas do nosso Ribatejo, mas também das Beiras, da Estremadura Sul e, ainda, de Espanha. Irão, então, tocar, cantar e dançar o Grupo Folklórico “El Despertar” de Cedillo – Cáceres, Espanha; o Rancho Folclórico de Gumirães – Viseu; o Grupo Folclórico de Santo António de Vagos – Vagos (Aveiro); o Rancho Folclórico Os Fazendeiros de Lagameças – Palmela (Setúbal); e, claro, o rancho da casa – R. F. Danças e Cantares de Vale do Paraíso.

 

Este evento conta com o apoio do Município de Azambuja e da Junta de Freguesia de Vale do Paraíso.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:14
link do post | comentar | favorito

Finalmente, o “CAMPO SEGURO” foi aprovado!

 

 

Na reunião da Câmara municipal do Cartaxo que decorreu esta segunda-feira, nas instalações da Freguesia da Ereira (União de Freguesias de Ereira Lapa), foi, finalmente, aprovada a implementação do “Campo Seguro”. A proposta foi aprovada por maioria, só com duas abstenções dos vereadores do PS, Elvira Tristão e Pedro Nobre.

 

Esta deliberação é sequência de uma proposta do PSD Cartaxo, apresentada pelo deputado municipal José Barroso, na Assembleia Municipal do Cartaxo, a 29 de Abril de 2015, transcrita agora para a deliberação camarária.

 

Como dissemos em 2015, e agora se reitera, “a implementação deste projeto – como medida preventiva, além da eficácia na formação e difusão das melhores práticas de segurança e prevenção – tem como objetivo principal diminuir a criminalidade expressa em furtos nas zonas rurais, cujo acesso é feito por estradas e caminhos municipais/de campo. Criminalidade essa que muitos prejuízos materiais têm trazido aos agricultores/produtores do nosso concelho”. Estamos certos, até pela experiência positiva que podemos encontrar noutros municípios do nosso distrito, que tais objetivos serão concretizados.

 

Recorde-se ainda que o PSD Cartaxo, por altura da apresentação da proposta, reuniu com um conjunto alargado de agentes do sector, sugerindo, desde a primeira hora, o envolvimento dos municípios de Azambuja e Santarém.

 

Nesta Reunião de Câmara, o vereador Jorge Gaspar, primeiro eleito do PSD Cartaxo, chamou à atenção para o facto das campanhas agrícolas já estarem a decorrer, solicitando, por isso, a melhor articulação com os agricultores. Em resposta, Pedro Ribeiro, presidente da Câmara Municipal disse que “após esta aprovação vamos envolver os municípios vizinhos e as associações de agricultores e outros agentes do sector” - assumindo ainda a responsabilidade por só agora trazer a Reunião de Câmara o “Campo Seguro”, três anos depois da aprovação em Assembleia Municipal. 

             

A Comissão Política do PSD do Cartaxo,



publicado por Noticias do Ribatejo às 04:43
link do post | comentar | favorito

Câmara Municipal de Santarém e Juntas de Freguesia do Concelho assinaram protocolos de delegação de competências

Assinatura de protocolo com Juntas de Freguesia (10)

 

 

 

 

 

A Câmara Municipal de Santarém e as Juntas de Freguesia do Concelho assinaram hoje, dia 03 de julho, os acordos de execução e os contratos interadministrativos de delegação de competências.

 

A Lei n.º75/2013, de 12 de setembro, veio introduzir um novo regime normativo de enquadramento da delegação de competências, através da sua contratualização, possibilitando que os órgãos dos municípios deleguem competências nos órgãos das freguesias, em todos os domínios dos interesses próprios das populações destas.

 

Assim, as Juntas de Freguesia possuem uma capacidade de intervenção mais direta e próxima dos cidadãos, que lhes permite rentabilizar os meios e desempenhar com maior celeridade e eficácia as competências objeto do presente Acordo, promovendo a aproximação da gestão autárquica aos Munícipes.

 

O exercício destas competências pela Freguesia não determina o aumento da despesa pública global, promove o aumento da eficiência da gestão e dos ganhos de eficácia dos recursos por parte das autarquias locais e concretiza uma boa articulação entre o Município e a Freguesia, resultando numa melhoria dos serviços prestados às respetivas populações.

 

O presente acordo de execução delega nas Juntas de Freguesias rurais a gestão e manutenção de espaços verdes, a limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros, a realização de pequenas reparações nos estabelecimentos de educação pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico e a manutenção dos espaços envolventes destes estabelecimentos que se situem nas áreas da respetiva freguesia e a manutenção, reparação e substituição do mobiliário urbano instalado no espaço público da freguesia.

 

Quanto ao contrato interadministrativo tem por objeto a delegação de competências da Câmara Municipal de Santarém nas Junta de Freguesia, no que diz respeito à conservação das vias municipais, estradas, caminhos, arruamentos, ruas, passeios, bermas e valetas, à contratação do pessoal auxiliar necessário para assegurar as refeições das escolas do 1.º ciclo do ensino básico e as atividades de animação e apoio à família nos jardim-de-infância, bem como os transportes escolares.

 

Mantém-se assim, as competências municipais delegadas nas Freguesias do Concelho ao longo dos últimos anos, com benefícios para a população do Concelho, pois são as freguesias que conhecem a realidade local, e as necessidades mais prementes dos seus fregueses, concretizando assim o principio da subsidiariedade previsto na Constituição da República Portuguesa.

 

Junto com a delegação de competências nas Freguesias, são transferidos pelo Município os recursos financeiros necessários para a sua concretização, sendo o valor total anual a distribuir pela autarquia nas Freguesias rurais do Concelho de Santarém de 962.887,32€, verificando-se que, no que concerne às transferências recebidas pelas Freguesias rurais do Concelho, as transferências municipais são equiparadas às transferências governamentais, apesar das competências delegadas serem em menor número.

 

Demonstra-se assim que, para a Câmara Municipal de Santarém, é de importância estratégica fomentar a cooperação entre o Município e as Freguesias, para a prossecução de investimentos que promovam a qualidade de vida das populações, em particular, as que residem no meio rural do Concelho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 04:40
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Invista no seu desenvolvi...

MOMENTOS NO LARGO DIA 21 ...

Município aprovou atribui...

AR E CÂMARA DE BENAVENTE ...

Aprovada a adjudicação do...

Manhãs Botânicas no Jardi...

Street Food In.Str Magica...

CARTAXO PROMOVE TROCA DE ...

FESTAS DO PORTO ALTO ESPE...

RUAS ENFEITADAS DO PEREIR...

arquivos

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds