NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 18 de Setembro de 2018
Câmara de Santarém assina protocolo de cedência de instalações ao Rotary Club de Santarém

Câmara de Santarém assina protocolo de cedência de instalações ao Rotary Club de Santarém (6)

 

 

A Câmara de Santarém assinou esta tarde, dia 18 de setembro, uma adenda ao protocolo de cedência de instalações ao Rotary Club de Santarém, já celebrado a 29 de julho de 2016, que vai permitir o alojamento do Rotaract e da Casa da Amizade.

A assinatura da adenda ao protocolo, de cedência de espaços, firmada por Jorge Rodrigues, Vereador da Câmara de Santarém e por António Martins Ferreira, Presidente da Direção da Associação Rotary Club de Santarém, decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, e prevê a cedência de mais uma sala, para além das duas já cedidas, no antigo Jardim de Infância do Sacapeito, a título gratuito e precário.

No próximo dia 20 de setembro, o Rotary Club de Santarém comemora o seu 55º aniversário e para assinalar a data lança o seu Portal, disponível em: www.rotaryclubsantarem.org

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:44
link do post | comentar | favorito

Exposição “Sá da Bandeira – Filho da Vila, Pai da Cidade” marca início das comemorações dos ‘150 anos da elevação de Santarém a cidade’

ExposiçãoSá da Bandeira – Filho da Vila, Pai da Cidade (1)

 

 

 “A Exposição “Sá da Bandeira – Filho da Vila, Pai da Cidade”, que vai ser inaugurada no dia 26 de setembro, às 18h00, na Casa do Brasil, em Santarém, marca o início das comemorações dos ‘150 anos da elevação de Santarém a cidade’. A Mostra abre no dia em que se assinala o nascimento de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, 1.º Marquês de Sá da Bandeira, e encerra no dia 6 de janeiro de 2019, data em que se assinala a morte de Sá da Bandeira. A data da assinatura do decreto da elevação de Santarém a Cidade é 24 de dezembro”.

 

No ano em que se comemoram os 150 anos da elevação de Santarém a cidade, a Casa do Brasil apresenta esta Exposição sobre a figura de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo (1795-1876), 1.º Marquês de Sá da Bandeira, um dos responsáveis pelo novo estatuto jurídico da urbe.

Dividida por quatro salas, esta iniciativa retrata uma das figuras mais ilustres de Santarém, enquanto político, como importante líder do movimento setembrista em Portugal.

A iniciativa, que conta com a colaboração da Academia Militar, de Pedro de Sá Nogueira, familiar de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, do arquiteto Carlos Guedes de Amorim e da ACES – Associação Comercial e Empresarial de Santarém, na cedência de espólio, pretende abordar a figura do Marquês, sob o ponto de vista do homem, do militar e do estadista, mas também do antiesclavagista, um dos aspetos porventura menos conhecidos deste multifacetado Scalabitano.

A exposição apresenta objetos pessoais, bibliografia diversa, artes plásticas (pintura, escultura e gravura), fotografia e numismática. Conta também com uma vertente multimédia, com a exibição de apresentações e filmes ligados ao contexto histórico e à vida e obra de Sá da Bandeira.

A Sala 1 apresenta-nos “O homem”, e pretende fazer o enquadramento familiar de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, com vistas da casa onde nasceu, em 26 de setembro de 1795 e do seu túmulo no cemitério de Santarém.

Estão expostos objetos pessoais legados pelo marquês à Academia Militar, como o braço artificial, garfo e faca de campanha, ou a corneta acústica.

Está patente a sua rica iconografia, enquanto 1º barão (1833), 1º visconde (1834) e 1º marquês de Sá da Bandeira (1864), presente quer em Artes Plásticas (Pintura e Escultura), quer em Fotografia ou Numismática.

A Sala 2 apresenta-nos “O militar e o político” e procura registar Sá da Bandeira, enquanto militar e estadista. Na primeira vertente apresenta-se a sua carreira, desde que assentou praça, em 1810, no Regimento de Cavalaria 11, passando pelos vários ramos e especializações que adquiriu.

Simultaneamente, uma apresentação multimédia dá o enquadramento da época, com destaque para a guerra peninsular e as guerras civis de 1828-34 (Guerras Liberais) e de 1846-47 (Patuleia). São expostos objetos do espólio pessoal pertencentes à Academia Militar como a espada, pasta de despacho do Ministério da Guerra, sinetes, carimbos e falerística diversa.

Na segunda vertente dá-se conta do seu percurso político, desde a adesão à causa liberal até ao desempenho das funções ministeriais.

A Sala 3 apresenta-nos “O antiesclavagista” e faz eco da dimensão ética de Sá da Bandeira, que tinha como princípios básicos a igualdade e a liberdade política, bem como o papel determinante que teve na abolição da escravatura em Portugal.

Através da bibliografia escrita pelo próprio, explorar-se-á outra das suas preocupações, muito ligada com o desenvolvimento económico das províncias ultramarinas portuguesas.

Duas apresentações multimédia, imagens estáticas e um friso alegórico apresentam o drama da escravatura. São apresentados igualmente os monumentos erigidos ao marquês, quer em Lisboa, quer em Santarém.

Na Sala 4 é apresentado o Filme “Sá da bandeira e a sua época”, cedido por Pedro Manique, investigador de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo

A Exposição “Sá da Bandeira – Filho da Vila, Pai da Cidade”, que pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, abre o “mote” para a Exposição “150 anos – de 1868 a 2018 – Urbanidade – Elevação de Santarém a Cidade, que vai decorrer em seis espaços da cidade (praças, ruas e jardins) e na Casa do Brasil, durante o ano de 2019.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:08
link do post | comentar | favorito

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS LANÇOU QUINTO LIVRO INFANTIL “O FALCÃO E A FORMIGA”

 

A iniciativa, inserida na 5ª edição das Jornadas de Cultura, contou com casa cheia

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos lançou no dia 15 de setembro, na Falcoaria Real, o quinto livro infantil dedicado à história do Concelho, numa sessão que contou com a presença dos autores e com grande adesão por parte do público.

A fábula “O Falcão e a Formiga” da escritora Rita Ferro, ilustrado por Pedro Rocha e Mello, junta-se à coleção de livros já publicados pela autarquia com o objetivo de promover e divulgar a Falcoaria Real, dando a conhecer aos mais novos a história do Concelho de Salvaterra de Magos de uma forma divertida e didática, incentivando a hábitos de leitura.

Na sessão de lançamento, inserida na 5ª edição das Jornadas de Cultura, o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio, recordou os livros já publicados pela autarquia e sublinhou: “O Falcão e a Formiga” é uma ótima sugestão de leitura”. “Ler é divertido e faz bem à saúde”, acrescentou.

Pedro Rocha e Mello agradeceu o convite da Câmara Municipal e explicou que esta “é a primeira vez que se dá voz aos falcões, eles falam, têm personalidade e criam uma amizade improvável com formigas”. “Foi muito divertido descobrir, enquanto ilustrador, como poderia desenhar cada falcão em função da personalidade que a Rita foi dando a cada um”, adiantou.

Para Rita Ferro “foi uma aventura enorme e um retorno às origens porque a minha família é de Salvaterra de Magos. Tenho 32 livros publicados, vários livros infantis, mas fábula é a primeira, por isso gostei muito”.

A autora recorre a uma família de falcões para transmitir aos mais novos que nunca devem desistir dos seus sonhos, mas sim lutar por eles, aproveitando também a oportunidade para relembrar aos pais que devem preparar os filhos para voar.

À semelhança de anos anteriores, a iniciativa assumiu um cariz solidário, já que as crianças e adultos presentes puderam trocar o livro autografado por uma embalagem de cereais para distribuir pelas crianças carenciadas do Concelho através do projeto municipal “Loja Social”.

“O Falcão e a Formiga” junta-se a outros livros infantis publicados pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos nos últimos quatro anos: “O Amigo Voador” (2014) de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, com ilustrações de Pedro Rocha e Mello; o Diário do Guigas I e II (2015 e 2016) de Maria João Lopo de Carvalho, ilustrado por Pedro Semeano & Susana Diniz; e “O Príncipe D. Luís e o Mistério do Mapa Roubado. Salvaterra de Magos ano de 1515” (2017) de Isabel Stilwell com ilustrações de Miguel Cardoso.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:05
link do post | comentar | favorito

Exposição Comemorativa 30º Aniversário do Coro Misto do Orfeão do Entroncamento

Cartaz_30Orfeao

 

Exposição Comemorativa 30º Aniversário do Coro Misto do Orfeão do Entroncamento

“Orfeão 30 anos - retratos e objetos que cantam”

 

 

A Galeria Municipal do Entroncamento, acolhe entre os dias 22 de setembro a 4 de outubro a exposição comemorativa do 30º aniversário do Coro Misto do Orfeão do Entroncamento.

 

O Grupo Coral do Orfeão do Entroncamento foi fundado em 1988, ano em que se dá a estreia deste “conjunto de pessoas unidas pelo amor à música” no Cineteatro São João, no Entroncamento e desde então tem realizado vários concertos em diversos locais do país e no estrangeiro.

 

Trata-se de um projeto autónomo dedicado à divulgação e preservação da música coral que conta anualmente com a organização de um Festival de Coros e um Concerto de Reis na sua cidade de fundação.

 

Focando-se na preservação contínua, o Orfeão do Entroncamento conta ainda com uma Escola de Música eximia na formação dos seus alunos, destacando a componente instrumental.

 

Atualmente o coro ultrapassou os limites religiosos e adentrou as festividades populares. Este género musical está largamente disseminado nas universidades, nos ambientes escolares, nas Igrejas e outras instituições.

 

A exposição que marca o percurso do Orfeão durante estes últimos 30 anos, tem inauguração marcada para dia 22 de setembro às 17h00 e vai estar patente de terça-feira a domingo entre as 15h00 e as 19h00 sendo que a entrada é livre.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:20
link do post | comentar | favorito

SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE

Semana europeia

 

 

De 16 a 22 de Setembro, assinala-se a Semana Europeia da Mobilidade (SEM), este ano sob o tema “Combina e Move-te”.

Intermodalidade e Multimodalidade, são os tópicos principais desta campanha, que tem como principal objetivo, encorajar a todos, a experimentar e combinar diferentes modos de transporte nas deslocações diárias.

O Município de Coruche, abraça esta iniciativa pela décima-segunda vez consecutiva, tendo já em marcha um conjunto de ações para assinalar mais uma jornada ecológica e de mobilidade sustentável. Iniciativas que vão desde a limpeza de espaços verdes, ações de formação ligadas à sustentabilidade e responsabilidade social, vários circuitos com diferentes meios de transporte sustentáveis – circuito modal, caminhadas, ginástica para crianças, rastreios de saúde, entre várias atividades de foro ecológico e sustentabilidade ambiental, ao longo desta semana e da próxima.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Coruche, Francisco Oliveira, o compromisso do Município não termina na SEM (Semana Europeia da Mobilidade), são muitas as iniciativas concedidas ao longo de todo o ano e acessíveis a todos os Munícipes. Desde campanhas de sensibilização ambiental como distribuição de Ecopontos e racionalização de água até à oferta de sacos de pano em detrimento dos tradicionais sacos de plástico. Este ano foram inauguradas as “campinas”, vinte sete bicicletas, que os cidadãos podem usufruir diariamente, um dos mais privilegiados meios de transporte sustentáveis. Ainda no âmbito do programa da Sustentabilidade o Município de Coruche aderiu à “Mobilidade para Todos”, requalificado a grande maioria dos passeios, permitindo a Todos, o acesso à mobilidade. Os percursos pedestres, foram outra, grande aposta do Município, permitem aos utilizadores desfrutar de uma vista magnifica, sobre a paisagem, da Capital da Cortiça, enquanto elaboram a sua caminhada ou atividade física.

De salientar ainda, que ao Município de Coruche, foi concedida a Bandeira Verde, no âmbito do programa da Eco Escola, distinguindo assim a Vila de Coruche como uma Vila Ecológica. 

Envolver de forma ativa e consciente os cidadãos, como agentes de mudança, é o grande desafio desta Edição “Combina e Move-te”. A Semana Europeia da Mobilidade, junta-se ao Dia Europeu Sem Carros, dia 22 Setembro. A assinalar este dia, a Câmara Municipal de Coruche recebe o Powerade, a prova Ibérica de BTT, Powerade Nonstop, a pedalar desde Madrid até Lisboa.

No Domingo, dia 23 Setembro, pelas 10h30, o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel e o Presidente da Câmara Municipal de Coruche, Francisco Oliveira, inauguram a ponte Joaquim Casanova do Bêco. Uma importante obra, que liga as duas freguesias, do Concelho de Coruche, Santa Justa e Couço.

A Semana Europeia da Mobilidade, termina com o Dia dedicado ao Coração. Dia 29 Setembro assinala-se o Dia Mundial do Coração. Pelas 10 horas, iniciamos o dia com a “caminhada do Coração”, e ao longo de todo o dia as atividades estarão ligadas ao “motor” do nosso organismo – O Coração. 

 

 

 

PROGRAMA:

Dias 22 e 23 de Setembro

Powerade – Prova Ibérica de BTT Powerade Nonstop, Madrid – lisboa                           

 

Dia 23 de Setembro

Inauguração da Ponte Joaquim Casanova do Bêco, 10h30

Local: Santa Justa / Couço

 

Dia 24 de Setembro

Circuito Modal - Núcleo escolar da Fajarda, Núcleo Escolar da Branca, EB1 e JI do Biscainho

 

Dia 25 de Setembro

Circuito Modal - Núcleo escolar da Lamarosa, JI e EB1 da Erra

 

Dia 26 de Setembro

Circuito Modal - EB1 e JI do Couço

 

Dia 27 de Setembro

Circuito Modal - Escola Básica de Coruche, EB1 Montinhos dos Pegos, EB1 Rebocho e Núcleo Escolar de Santana do Mato.

- Ação de Formação “Sustentabilidade e Responsabilidade Social” (ASPEA) das 14 às 18 horas, no Observatório do Sobreiro e da Cortiça.

 

 

Dia 28 de Setembro

Circuito Modal - Escola Básica de Coruche, EB1 Montinhos dos Pegos, EB1 Rebocho e Núcleo Escolar de Santana do Mato.

 

Dia 29 Setembro – Dia Mundial do Coração

- Caminhada do Coração, pelas 10 horas

Local de Concentração: Pavilhão Desportivo Municipal

- Ginástica para crianças (dos 3 aos 10 anos), das 10 às 12 horas

Local: Parque Radical

- Formação de um Coração Humano, 12 horas

Local: Parque Radical

- Rastreios (Unidade Móvel), das 10 às 12 horas;

Local: Parque Radical

- Demonstração de Suporte Básico da Vida, 10 horas

Local: Parque Radical



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:12
link do post | comentar | favorito

Câmara Municipal de Santarém apoia Centro Cultural Recreativo Arneirense e Sociedade de Recreio e Educativa da Romeira

A Câmara Municipal de Santarém vai atribui um apoio financeiro de 40.000€ ao Centro Cultural Recreativo Arneirense e à Sociedade de Recreio e Educativa da Romeira para obras de requalificação já realizadas nas suas sedes.

 

Ao longo dos últimos anos, estas associações têm implementado uma dinâmica cultural em prol da preservação das tradições e do desenvolvimento das respetivas comunidades locais, através de inúmeros projetos e atividades de foro cultural, recreativo e educativo. Consequentemente, as suas sedes foram-se degradado e houve a necessidade de requalificação destas para permitir a melhoria das capacidades de acolhimento em segurança, de conforto e sobretudo de acessibilidade para que fosse possível continuar com estas atividades.

 

Na altura, as associações apresentaram e obtiveram aprovação de candidaturas a Fundos Nacionais, nomeadamente através do PRODER, correspondendo essa aprovação à comparticipação de uma percentagem da verba total das obras.

 

A proposta de apoio financeiro a cada uma destas associações foi aprovada ontem, dia 17 de setembro, em Reunião de Câmara.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:10
link do post | comentar | favorito

Câmara de Santarém reduz taxa de IMI e aplica IMI Familiar

       

A Câmara de Santarém aprovou ontem, dia 17 de setembro, em Reunião do Executivo, uma descida do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a aplicar em 2019, fixando a taxa em 0,438 e a adoção do IMI Familiar.

 

Nos últimos anos, autarquia esteve obrigada a cobrar os impostos pelo valor máximo, uma imposição do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), que aderiu em 2012. Com a saída antecipada deste programa, o Município de Santarém pode reduzir a taxa de 0,45 aplicada desde 2017.

 

Para além desta redução, a autarquia vai aplicar o IMI Familiar, que permite baixar os valores pagos pelas famílias entre 20€ para quem tem um dependente a cargo, 40€ para quem tem dois dependentes e 70€ para quem tem três ou mais dependentes. Este desconto é deduzido de forma automática no IMI, sendo as famílias sinalizadas através da declaração de IRS do ano anterior, onde é discriminado o número de dependentes.

                      



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:08
link do post | comentar | favorito

Programação “Verão In.Str… é um Espanto!”

Programação “Verão In.Str… é um Espanto!

21 setembro  (sexta-feira) a 22 setembro (sábado) | 2018

 

 

Chega ao fim a edição de 2018 da iniciativa “Verão In.Str... é um Espanto!”, a qual trouxe mais de uma centena de atividades ao centro histórico da cidade de Santarém. Nesta sexta e sábado, há ainda várias propostas para serem vistas e aplaudidas na hora da despedida. Deixamos aqui o programa entre sexta-feira, 21 e sábado, 22 de setembro.

 

Proposições”, de Carlos Oliveira, no Teatro Sá da Bandeira

 

“Proposições” é o tema da performance que o ator Carlos Oliveira leva a cena no dias 21 e 22 de setembro, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.

Trata-se de uma coreografia de relações entre um performer e um coletivo de espectadores. É uma experiência social que faz uso das mecânicas do evento teatral para revelar como este condiciona a perceção à sua própria maneira. Recorrendo a um conjunto de subtrações ( subtração do performer, subtração do coletivo, subtração de um qualquer sentido) este trabalho procura ativar a cognição que, em cada um, tende a completar o todo com as partes que faltam ou parecem faltar. E porquanto se ativa a pertença ao que, individualmente e em coletivo, se entende partilhar.

"Proposições" também é uma coreografia do comum. É uma estrutura de relações cuja condição é o movimento que vai da perceção de uma qualquer potência à expressão dessa mesma potência enquanto ação relacional. E para isto basta um gesto, um olhar. Assim sendo, este espetáculonão deixará de ser uma composição de incompletudes.

Ficha técnica: Coreografia e Performance: Carlos Manuel Oliveira.

Apoio à Criação: Incubadora D’Artes (Santarém), Centro de Referência da Dança (São Paulo), Programa de Artistas em Residência (Montevideo), GEN - Centro de Artes y Ciência (Montevideo).

Apoio à Internacionalização: Fundação GDA, Fundação Calouste Gulbenkian, DGArtes - Direção- Geral das Artes | República Portuguesa –Cultura.

Performance | Duração 60’ | Classificação M/16 | Preço 5€  (Lotação limitada)

 

In. Tradição e In. Movimento

 

O In. Tradição, numa coorganização do Inatel chega ao fim no sábado, dia 22, com o Rancho Folclórico da Ribeira de Santarém.

Animação pelas ruas do Centro Histórico, entre as 10h30 e 12h30.

Ao longo de três meses foram muitos os agrupamentos que deram cor e trouxeram o mundo rural até à cidade.

Também no sábado, mais uma iniciativa que termina, nomeadamente o In. Movimento que teve como cenário o Jardim das Portas do Sol.  Se nunca foi ainda está a tempo, no dia 22 de assistir à aula aberta de yoga pela AMA/Federação Portuguesa de Yoga, entre as 11 e as 12 horas.

No mesmo espaço, a Decathlon promove a animação desportiva “Pais e Filhos”, das 11 às 13 horas.

 

 

“Oficinas do Convento”  é tema de Conversa, no Palácio Landal

 

O Palácio Landal recebe sábado, dia 22 de setembro, às 17 horas, uma conversa sobre as “Oficinas do Convento” de Montemor-o-Novo e o seu projeto artístico, a cargo de Tiago Fróis,

Tiago Fróis desenvolve a sua atividade entre a fotografia e as artes plásticas. É licenciado em Artes Plásticas e Escultura pela FBAUL, foi assistente do fotógrafo José Manuel Rodrigues e frequentou várias oficinas de fotografia. Os seus principais domínios de trabalho e investigação encontram-se no campo da fotografia, escultura e nas intervenções no lugar.

É atualmente presidente da Direção da Associação Oficinas do Convento, onde exerce funções de Direção Artística, de Produção e Programação. Programou, enquanto Diretor Artístico da Associação, eventos como o festival Ananil e o festival Cidade PreOcupada, assim como ciclos de programação associados à criação artística contemporânea, à Paisagem e ao Lugar, em constante relação com o desenvolvimento social integrado da comunidade.

Desenvolve investigação plástica e criação de dispositivos sonoros em laboratório no Convento de S. Francisco, bem como colaborações com projetos de outros criadores e de autoria compartida. É membro do coletivo diu3Estu.

De referir ainda que as Oficinas do Convento é uma Associação Cultural de Arte e Comunicação Sem Fins Lucrativos, com sede em Montemor-o-Novo. É uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento desde 2009 e Centro UNESCO desde 2010. Desenvolve a sua atividade essencialmente nos campos da Cultura, Artes Plásticas e Património, através da promoção da produção e divulgação artísticas.

Mais informações sobre as Oficina do Convento em http://www.oficinasdoconvento.com/

 

2ª Residência Artística de Santarém apresenta “Memórias”

 

A 2ª Residência Artística de Santarém (RAS), este ano sob o tema “Memórias”, apresenta os seus diversos trabalhos numa exposição, cuja inauguração terá lugar sábado, dia 22 de setembro, às 21 horas, no Centro Cultural Regional de Santarém (Fórum Actor Mário Viegas).

Exposição patente até 29 setembro.

Horário: dias úteis, das 15h00 às 18h30 e sábados 10h00 às 13h00

Este evento que arrancou no dia 14 de setembro  é um encontro anual que junta jovens artísticos de diferentes áreas,

As iniciativas deste ano do (RAS) incluem pintura de um mural, realização de uma “social sculpture” realizada em atelier e posteriormente espalhada pela cidade com a interação do público, uma apresentação de videomaping artística, aula com o projeto “Incluir”, um concurso de contos, com o premiado a ser divulgado no último dia, passeio pela cidade com urbansketching, entre muitas outras.

 

In.Artes

 

Exposição “Como eu vi Santarém” - Pictorin | I Encontro Internacional de Artistas Plásticos em Santarém

 

No W Shopping e no Centro Cultural Regional de Santarém pode visitar a  exposição “Como eu vi Santarém”, até 22 de setembro.

A mostra conta com os trabalhos resultantes do PICTORIN- I  Encontro Internacional de Artistas Plásticos, que reuniu na cidade de Santarém artistas plásticos oriundos da Dinamarca, Inglaterra, França, Rússia, Polónia e Portugal, numa organização de Fernanda Narciso, Francisco Pereira e Mário Rodrigues.

Os artistas foram desafiados a “ver e recriar” o centro histórico da cidade.

 

 

Exposição de Artes Plásticas

“As pedras testemunhas silenciosas”

 

Até ao dia 30 de setembro. visite a exposição “As pedras testemunhas silenciosas”, de Carlos Amado, Fernanda Narciso e Mário Rodrigues, nas lojas (números 35 e 60), situadas na Rua Serpa Pinto e integrada no In. Artes.

“A cidade desfez-se em pedras. Arrancámo-las à terra mãe e construímos as cidades, para depois as destruir. Criamos muros de sacrifício, de obediência, gastamo-las com o nosso corpo em penitências e promessas, criamos catedrais, hinos à vida e à morte. Se cairmos na ravina as pedras rolam connosco e misturam-se com o nosso corpo, os nossos membros endurecem e as nossas mãos tornam-se armas de arremesso e começamos a guerra contra nós próprios.

Ao longe ainda algumas pedras estonteadas se levantam, foram o nosso chão, o chão das nossas coisas, agora somos nós as coisas do seu chão e a pedra entra e rola entre o nosso pé e o sapato e continua a acompanhar-nos no seu ciclo de silêncio.

Cuidamos dos corpos entrelaçados e frios e elas, as pedras, sempre mudas, olham-nos e estão prontas para recomeçar. As pedras esperam, rosadas, brancas ou negras abrem-se e dão-se-nos em flor. Feliz, o nosso olhar é uma ideia, um pensamento, o delas é apenas um silêncio.

Que Arte louca é esta que nos faz arrancá-las do ventre da terra, carregá-las ás costas… que nos deixa, com o nosso saber, rasgá-las ao meio, transformá-las em tendões, músculos e veias?

Podemos, se quisermos, transforma-las em areia, levá-las connosco ao cumprimento do seu sacrifício, da sua obediência, sabendo desde o início que serão sempre nossas testemunhas silenciosas.”

 

 

Expo Coletiva In. Artes

 

O Palácio Landal, em Santarém é palco da Expo Coletiva In. Artes, com obras de todos os artistas que integraram o In. Artes, nas diferentes galerias, desde a primeira edição do “Verão In Str… é um Espanto!” em 2015.

A exposição, que pode ser visitada até 23 de setembro, nas 3 salas do Palácio Landal, é composta por pinturas, desenhos e esculturas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:14
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

TEMAS DE SAÚDE:    Susten...

Dezembro

Pedro de Jesus 

Município do Entroncament...

Já é possível efetuar pré...

Município de Azambuja ini...

Autarquia Scalabitana com...

Concerto de Ano Novo fech...

Entroncamento com hipótes...

Mercado de Natal já arran...

Aproveite o que Santarém ...

Município de Azambuja apr...

Setor agroalimentar é uma...

PROGRAMA DE ANIMAÇÃO DE N...

Município da Chamusca pro...

Encerramento da Temporada...

VI CONCURSO DE MONTRAS DE...

Samora Correia – Identifi...

Está lançado o XII Concur...

Concurso Nacional de Mel ...

Vale do Paraíso (Azambuja...

Centro Cultural do Entron...

Mercado de Natal na Chamu...

CORTE NO ABASTECIMENTO DE...

Pedro Abrunhosa: dois con...

Mais de 300 congressistas...

Câmara de Santarém reforç...

Artigo de Opinião: A Hipo...

NATAL

TEMAS DE SAÚDE: Sustentab...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds