NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2018
Escolas do Concelho do Entroncamento receberam galardão Eco-Escolas

6

 

Escolas do Concelho do Entroncamento receberam galardão Eco-Escolas

Entroncamento é o concelho com maior número de Bandeiras Verdes do distrito de Santarém

 

No passado dia 4 de outubro realizou-se em Pombal a Cerimónia de entrega das Bandeiras Verdes, galardão do Programa Internacional Eco-Escolas, da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE/FEE Portugal) e pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental/EDS.

 

Foram entregues galardões, Bandeiras Verdes, a 1438 escolas de todo o país, entre as quais 9 escolas do concelho do Entroncamento, nomeadamente, o Colégio dos Navegantes, a Escola Básica António Gedeão, a Escola Básica do Bonito, a Escola Básica da Zona Verde, a EB 2/3 Dr. Ruy D'Andrade,  a Escola Profissional Gustave Eiffel, a Escola Rumo ao Futuro, a Escola Secundária com 3º Ciclo do Entroncamento e o Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner Andresen.

 

Estes estabelecimentos foram distinguidos com o Galardão Eco-Escolas por pertencerem ao grupo dos estabelecimentos de ensino que durante o ano provaram ter em curso um programa coerente e de qualidade que segue a metodologia da Agenda 21 adaptada à escola, sendo o Entroncamento o concelho do distrito de Santarém com mais escolas inscritas no programa (9) e igualmente com mais escolas galardoadas (9).

 

Foi salientado na cerimónia de entrega dos Galardões o trabalho feito pelos alunos e professores dos estabelecimentos de ensino que receberam a Bandeira Verde e realçada a participação dos Municípios no Programa Eco-Escolas, sendo que o Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento recebeu o Diploma de Eco-Agrupamento por ter envolvido todas as suas escolas no Programa Eco-Escolas.

 

Em representação do Município do Entroncamento esteve presente no evento a Vereadora com o pelouro da educação, Tília Nunes, o técnico da área da educação, Rodrigo Bertelo juntamente com a representante da direção do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, professora Amélia Vitorino, professores e alunos dos estabelecimentos de ensino galardoados.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:49
link do post | comentar | favorito

CORTE NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA VILA DE CORUCHE

CORTE NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA

NA VILA DE CORUCHE

 NA QUARTA- FEIRA, 10 DE OUTUBRO DE 2018

DAS 13H00 ÀS 17H00

 

A ÁGUAS DO RIBATEJO informa que devido a trabalhos inadiáveis para colocação de válvula na rede que abastece parte da vila de Coruche, iremos suspender o Abastecimento de Água naquela zona no período entre as 13h00 e as 17h00 no dia 10 de outubro, quarta-feira, nos locais indicados:

 

  • Rua dos Guerreiros – Entre a Rua do Lagar e o Largo João Felício
  • Rua do Lagar
  • Travessa dos Guerreiros
  • Rua dos Lusíadas
  • Travessa do Salustiano


publicado por Noticias do Ribatejo às 19:48
link do post | comentar | favorito

Entroncamento recebe programa cultural em rede “Caminhos”

Entroncamento recebe programa cultural em rede “Caminhos”

“Caminhos da Pedra” chega em outubro com programação diversificada

 

O Entroncamento é um dos treze municípios do Médio Tejo a receber o programa cultural em rede “Caminhos”, uma iniciativa que tem como objetivo dinamizar turística e culturalmente os concelhos envolvidos neste projeto.

A programação do “Caminhos” divide-se em três ciclos que acompanham os acessos viários da região: as linhas férreas (Caminhos do Ferro), os leitos dos rios (Caminhos da Água) e as estradas (Caminhos da Pedra). O ano programático teve início no mês de abril com os Caminhos do Ferro, seguiu-se os Caminhos da Água, em julho, encerrando por fim, em outubro, com os Caminhos da Pedra.

A agenda dos “Caminhos da Pedra” está marcada por vários espetáculos, teatro, concertos e percursos artísticos que aguardam o público em cada concelho.

 

Assim, no âmbito deste projeto o Entroncamento recebe em outubro as seguintes atividades:

12 OUT | 11h00 | Bestiário à Solta “Deixem-nos Ser” | Parque Verde do Bonito (Junto às Piscinas)

12 OUT | 14h00 | Bestiário à Solta “Deixem-nos Ser” | Jardim Afonso Serrão Lopes (Zona Verde)

12 OUT | 21h30 | Música “Lisboa String Trio” | Centro Cultural do Entroncamento

13 OUT | 11h00 | Bestiário à Solta “Tenho um Bicho cá por dentro” | Jardim Afonso Serrão Lopes (Zona Verde)

13 OUT | 21h30 | Performance, Dança, Teatro de Rua “Yann Lleureux” (Flagrant Délire) | Centro Cultural

14 OUT | 11h00 | Bestiário à Solta “Curo-vos de todos os males” | Jardim Afonso Serrão Lopes (Zona Verde)

14 OUT | 18h00 | Performance, Dança, Teatro de Rua | Mulier (Maduixa) | Zona Lateral Campos Sintéticos

 

O Bestiário Tradicional Português é a primeira obra que reúne e ilustra as criaturas fantásticas que povoam o imaginário nacional. Homem do Saco, Bicho-Papão, Olharapos, Ganchas e Trasgos são apenas alguns exemplos de cerca de 40 criaturas genuinamente portuguesas, a maior parte nunca antes ilustradas.

Formado por José Peixoto, na guitarra clássica, Bernardo Couto, na guitarra portuguesa) e Carlos Barretto(contrabaixo), os Lisboa String Trio editaram em 2016 “Lisboa”, sucessor de “Matéria”, vencedor do Prémio Carlos Paredes ‘15 atribuído pela Câmara de Vila Franca de Xira. “Lisboa” conta com composições de José Peixoto, Paulo Paz, e temas do universo da guitarra de Lisboa, assinados por Jaime Santos, José Nunes e Domingos Camarinha, entre outros, numa homenagem a clássicos instrumentais, interpretados com a identidade dos LST.

Flagrant Délire, apresentado pela companhia francesa Yann Lheureux, um fenómeno com estreia nacional no Entroncamento. Entre saltos, voos e quedas coordenadas num cenário com múltiplas dimensões, um performer mergulha na génese das suas dúvidas e convicções, criando a vertigem de ume espetáculo que, pelo caminho promete fazer estremecer as pedras da calçada da Praça Salgueiro Maia.

Em Mulier, a companhia espanhola Maduixa atira a primeira pedra no combate a preconceitos, tomando o seu espetáculo como uma homenagem a todas as mulheres que durante séculos foram oprimidas e lutaram para viver o seu lado mais selvagem, dançando e correndo livres,

Esta programação em rede pretende ser um ponto de encontro, um encontro dos artistas com as comunidades, dos residentes com os vizinhos ou outros visitantes, da arte com o entretenimento, da cultura com a paisagem natural.

O Município do Entroncamento deixa o convite a todos para descobrirem estes concelhos, ainda mais enriquecidos pela diversidade da sua oferta cultural.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:30
link do post | comentar | favorito

PSD Distrital de Santarém quer alargar passe social a vários concelhos do distrito

PSD Distrital de Santarém quer alargar passe social da Área Metropolitana de Lisboa a vários concelhos do distrito com movimentos diários para a capital

O PSD coloca em cima da mesa uma proposta que pretende alargar a coroa do passe social da Área Metropolitana de Lisboa até ao Entroncamento. Tendo em conta que milhares de habitantes no distrito de Santarém se deslocam diariamente para Lisboa, mas que atualmente pagam o triplo do preço por um passe em relação a concelhos que distam apenas 10 km de distância, a proposta do PSD pretende acabar com esta discriminação e estimular a utilização de transporte público. Por exemplo, um habitante da Azambuja paga de passe 55 euros, mas se for do Cartaxo, 12 km ao lado, já paga 134 euros e de Santarém 161 euros sem esquecer que como são passes fora da AML não podem ser combinados, logo estas pessoas têm que adquirir um segundo passe para circularem dentro da cidade de Lisboa (+ 40 euros a 50 euros).

A Distrital do PSD de Santarém e os Deputados do PSD pretendem levar esta proposta à Assembleia da República e vêm publicamente desafiar o governo a incluir esta solução na proposta de Orçamento de Estado que estarão a negociar com os seus parceiros de coligação e que será conhecida na próxima semana.

A situação atual provoca uma enorme discriminação em relação aos habitantes do distrito de Santarém que pagam o triplo do preço pelo seu transporte em relação a pessoas que vivem à mesma distância de Lisboa, e não têm qualquer incentivo para utilizarem transporte público. Os novos apoios aos passes sociais vêm acentuar ainda mais esta discriminação.

Se queremos alterar a mobilidade e retirar automóveis da cidade de Lisboa temos que ter em conta todos os que entram diariamente na cidade e não apenas os que vivem nos arredores. Os movimentos pendulares para Lisboa estendem-se hoje tanto a Tomar, como a Coruche, Benavente, Entroncamento, Torres Novas, Golegã, Almeirim ou Cartaxo. O preço de habitação em Lisboa acentua a cada dia este fenómeno e se queremos “mexer” a sério na mobilidade e não apenas com fins eleitorais, então temos que olhar para o problema de forma abrangente.

O objetivo desta solução é trazer maior equidade de tratamento a todos os cidadãos e estimular a utilização de transporte público corrigindo um conjunto de injustiças que atualmente prejudicam as pessoas. Na ferrovia não há sequer um passe combinado que permita articular com os transportes dentro da malha urbana de Lisboa, obrigando a adquirir dois passes diferentes. Há hoje um conjunto significativo de automobilistas que recorrem ao automóvel para se deslocarem para o seu trabalho na Área Metropolitana de Lisboa e que poderiam passar a usar o transporte público se este fosse competitivo.

Quem vive em Santarém e utiliza o comboio para chegar à capital, demora provavelmente o mesmo tempo que quem vive em Cascais (se comparáramos com o Intercidades ou o Alfa) ou em Sintra, muito embora gaste mais 300 % pela compra do passe social. Acresce que Santarém, Cartaxo, Almeirim, Torres Novas, Tomar ou Entroncamento são concelhos com cada vez mais movimentos pendulares diários para Lisboa, uma vez que o aumento exponencial do preço da habitação em Lisboa tem promovido ainda mais a opção de viver fora da capital, em concelhos onde o custo de vida é mais baixo.

Memorando com exemplos e diferenças de custos:

Vários milhares de pessoas deslocam-se diariamente, por motivos laborais, entre os distritos de Santarém e de Lisboa. Se muitos o fazem de automóvel, contribuindo diretamente para o fluxo de trânsito em Lisboa, muitos recorrem aos transportes públicos, nomeadamente ao comboio.

Constata-se, porém, que esta opção é bastante dispendiosa, sobretudo quando comparada em termos de proporcionalidade temporal e, consequentemente monetária, com uma viagem Cascais-Lisboa/Sintra-Lisboa:

  • Em comboios rápidos - Alfa e Intercidades (IC) - estas viagens têm uma duração de 38 (Alfa) e 42 minutos (IC) entre Santarém e Lisboa e de 54 (Alfa) e 59 (IC) minutos entre o Entroncamento e Lisboa ou vice-versa. Nestes casos, o preço médio dos bilhetes de Santarém/Lisboa é de 13.40 euros no IC e de 22 euros no Alfa e de Entroncamento/Lisboa o preço é de 17 euros no IC e de 24 euros no Alfa.
  • Em comboio regional a duração do percurso aumenta: entre Santarém e Lisboa demora 1h19 m e custa 6,70 euros; do Entroncamento até Lisboa demora 1h28 m e custa 9 euros.
  • Já entre Cascais e Lisboa as viagens têm a duração de 40 minutos e um custo de 2.25 euros; e entre Sintra e Lisboa, demora 36 minutos e custa 2,25 euros. Estas pessoas pagam de passe em média 60 euros.
  • Mais injusta é a diferença entre alguém que vive na Azambuja que paga de passe 55 euros para ir diariamente para Lisboa, mas se viver a 12 km de distância e apanhar o comboio no Cartaxo já paga 134 euros de passe. Lisboa - Santarém de autocarro custa 126 euros.

Quando falamos em passe social, este tem um custo mensal, para o percurso Entroncamento/Lisboa – Lisboa, de 216,20€ (Regional) e 250,30€ (Intercidades), e para o percurso Santarém/Lisboa de 161€ (Regional) e de 235,20€ (Intercidades). O mesmo passe entre a Azambuja (limite da AM Lisboa) e Lisboa custa 55 euros.

Importa salientar que não é possível juntar/combinar um “Passe Regional” da CP (de Santarém/Lisboa ou Entroncamento/Lisboa) com um passe da cidade de Lisboa, o que parece não fazer qualquer sentido, uma vez que existe essa possibilidade para os transportes que se deslocam de e para a Margem Sul e Linha de Sintra. Quem tem um passe da CP regional vê-se, pois, obrigado a comprar um segundo passe para circular na capital o que desincentiva a utilização de transporte público.

Acreditamos que se o preço do comboio entre Entroncamento e Lisboa for mais acessível nos comboios mais rápidos seriam uma alternativa bastante competitiva para os cidadãos que se deslocam diariamente entre o distrito de Santarém e Lisboa. Além de se reduzir o fluxo de trânsito em Lisboa, melhorava-se a qualidade de vida destas pessoas e atraía-se mais gente para viver no Ribatejo.

Recordamos ainda que, para além dos trabalhadores, há muitos estudantes universitários que fazem este percurso diariamente porque não conseguem arrendar um quarto com os preços atuais.

Duas propostas alternativas:

1. Alargar a coroa do passe social da Área Metropolitana de Lisboa ao Entroncamento (hoje termina na Azambuja).

2. Atribuir como bónus a totalidade ou um desconto de 50 % na compra do passe de Lisboa (Navegante ou Lisboa Viva) a quem tiver um passe de um percurso superior exterior à coroa da Área Metropolitana de Lisboa ou a 50 quilómetros de distância de Lisboa.

Dados retirados do site da CP, Barraqueiro, Lisboa Viva, Ribatejana e Boa-Viagem, Via Michelin



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:05
link do post | comentar | favorito

Saiba como o Marketing Digital pode estimular as suas vendas

 

As mudanças de comportamento do consumidor, bem como as metodologias levadas a cabo pelo Marketing Digital para o incremento das vendas das empresas, vão ser discutidas na Startup Santarém, em sessão a acontecer no próximo dia 29 de outubro, pelas 09h30. As inscrições são gratuitas.

 

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, em parceria com a Crivosoft, vai realizar no dia 29 de outubro em Santarém, uma sessão de esclarecimentos sobre como pode o Marketing Digital influenciar positivamente as vendas das empresas.

A sessão, que decorrerá das 09h30 às 12h00 na Startup Santarém, pretende assim dar a conhecer as mudanças de comportamento do consumidor e o contexto de Marketing e Vendas. Os participantes conseguirão aprender a metodologia do Inbound Marketing e como aplicá-la à sua empresa, através da explicação técnica, mas também de alguns casos reais que irão ser apresentados.

Caio Vaz, da RD Station, será o orador convidado deste workshop. Trata-se de um profissional com 14 anos de experiência em vendas e marketing e que, atualmente, faz parte de uma das startups de Marketing Automation que mais crescem no mundo. Atualmente, o profissional lidera a equipa Portugal a ajudar clientes e parceiros a crescerem de maneira previsível, escalável e sustentável.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:03
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

NATAL

TEMAS DE SAÚDE: Sustentab...

Mãe Com Açúcar 

Aprovada candidatura que ...

Aproveite o que Santarém ...

Mercado de Natal na Chamu...

Plano Estratégico de Valo...

MERCADINHO DE NATAL NO CA...

Circule no Comboio de Nat...

DESFILE DA PAZ ASSINALA É...

Mercados de financiamento...

Ampliação do Centro de In...

Centro Cultural recebe es...

 Distrital do PSD de Sant...

Assembleia Municipal de A...

Coruche – Detidos em flag...

Bombeiros Municipais de S...

Santarém disponibiliza Pi...

Mais de 4000 passageiros ...

Município de Coruche ap...

Coruche promove programa ...

Município da Chamusca dis...

Município de Tomar preten...

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVA...

Mercado de Natal dinamiza...

Exposição de Presépios em...

CINCO SENTIDOS PARA AS FÉ...

Município de Azambuja ref...

Tomada de Posse da Distri...

CRIANÇAS FAZEM DO CARTAXO...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds