NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2018
Segundo Concurso de Ideias de Negócio AgriEmpreende recebeu 14 candidaturas

Segundo Concurso de Ideias de Negócio AgriEmpreende recebeu 14 candidaturas

O segundo Concurso de Ideias de Negócio realizado no âmbito do projeto AgriEmpreende recebeu 14 candidaturas. Os resultados finais serão divulgados em novembro e os vencedores vão participar num programa de aceleração. O AgriEmpreende é um projeto inovador que potencia a geração de novas ideias de negócio, a criação de novos produtos e a concretização de novas empresas da fileira agroalimentar no Ribatejo e na região Centro. O projeto tem como entidade líder o Agrocluster e como copromotor o InovCluster. No total, os dois concursos de negócio já realizados receberam 39 candidaturas. O próximo está previsto para janeiro de 2019.

 

Os vencedores do segundo Concurso de Ideias de Negócio, desenvolvido no âmbito do projeto AgriEmpreende, vão receber os seguintes prémios: 5000€ para o primeiro classificado, 3000€ para o segundo e 1000€ para o terceiro. Para além do valor monetário, o prémio inclui pré-incubação física para desenvolvimento do projeto em sistema de co-working por um periodo de 3 meses na Startup Santarém ou no Cei - Centro de Empresas Inovadoras, e incubação física pós início de atividade em sistema de co-working reservado por um periodo de 6 meses na Startup Santarém ou no Cei - Centro de Empresas Inovadoras. Os vencedores serão revelados no próximo mês.

A principal faixa etária dos candidatos (57% do sexo masculino e 43% do sexo feminino) vai dos 20 aos 30 anos (39%). As restantes candidaturas dividem-se da seguinte forma: 31-40 (31%); 41-50 (15%); mais de 51 anos (15%).

A nível de escolaridade, 21% contam com o nível 3, 50% dos promotores são licenciados e mestrados (Nível 6) e 25% contam com o Nível 5.

No que se refere ao tipo de inovação, 50% das candidaturas referem-se a inovação de produto/serviço, 36% a inovação de processo, 7% a inovação organizacional e 7% inovação marketing.

As NUT’s que mais contribuíram para as candidaturas foram o Centro com 43% e o Alentejo (57%).

O terceiro Concurso de Ideias de Negócio está previsto para janeiro de 2019. Mais informações serão disponibilizadas em www.agriempreende.pt.

O projeto AgriEmpreende visa a criação e dinamização de uma estrutura técnica de apoio ao empreendedorismo que potencia a geração de ideias de negócio, a criação de novos produtos e novas empresas na fileira agroalimentar, especialmente ao nível do empreendedorismo qualificado e criativo.

O projeto AgriEmpreende é promovido pelo Agrocluster em parceria com o Inovcluster, financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:42
link do post | comentar | favorito

PELOS CÉUS DE CORUCHE

transferir (1)

 



No próximo fim de semana, mais de trinta balões de todas as cores e feitios, oriundos de vários países, irão sobrevoar os céus de Coruche.

Um fim de semana onde “sabe bem andar com a cabeça no ar”, desfrutar das paisagens da charnecae da Lezíria e onde pode, ainda, aproveitar para provar o melhor da gastronomia de Coruche e conhecer a Feira do Livro que já vai na sua 34º edição.

Nesta, o Município convida autores locais enacionais a apresentarem as suas obras de uma forma próxima onde é possível partilhar experiências e participar em workshops, apresentações de livros e conversas com os autores que fazem parte de um vasto elenco escolhido para esta edição e para chegar a todo o público.

Diversidade é a palavra de ordem.

Balonismo, cultura e gastronomia, são os ingredientes principais, de doze dias entre os céus de Coruche, o Rio Sorraia, a Lezíria Ribatejana e o Multiusos de Coruche.

 

De 31 de Outubro a 4 Novembro, realiza-se o II Festival Internacional de Balonismo.

Durante os quatro dias poderá voar num dos muitos balões de ar quente e obter uma vista única sobre a Lezíria Ribatejana.

Caminhadas de Balonismo, Workshop, night glow, espetáculos de música e street food fast, são algumas das atividades que poderá desfrutar durante os dias do festival.

De 2 a 11 de Novembro, o Multiusos de Coruche, ganha vida, com a Feira do livro, as Jornadas de Gastronomia e os Sabores do Arroz, eventos organizados pela Câmara Municipal de Coruche, que presenteia todos os amantes da cultura.

Escritores locais e nacionais, animação musical, poesia, sessões de leitura, atelier de escrita criativa,cinema e espetáculos de teatro, fazem as honras do evento.

Juntamos a cultura à gastronomia,porque o nosso mote é que a “Lezíria é para ser vivida”.

Dias 2, 3 e 4 de Novembro, poderá apreciar os sabores da Gastronomia Tradicional Coruchense.

Enos dias 9, 10 e 11 de Novembro, delicie-se com os “Sabores do Arroz”.

Uma homenagem às arrozeiras nacionais, também elas aqui representadas, durante os dias do evento.

Quatro restaurantes da Vila de Coruche, fazem as delicias dos amantes da gastronomia.

Degustação e provas de vinhoscom as melhores adegas da região, compõem os aromas e sabores com elegância ímpar.

Doze dias, de 31 de Outubro a 11 de Novembro, em que a Vila de Coruche celebra a vida e ofereceuma mão cheia de eventos, a marcar a diversidade da agenda cultural da Região do Ribatejo.

Inspire-se em Coruche e aproveite o lado bom da vida na Capital Mundial da Cortiça



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:40
link do post | comentar | favorito

TEATRO // “Ato Cultural” no Teatro Virgínia

AtoCultural

 

 

O Teatro Maior de Idade sobe ao palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, no dia 10 de novembro, sábado, pelas 21h30, com a peça “Ato Cultural”.

 

Este espetáculo mistura o real e a ficção.

 

É construído a partir do texto homónimo de José Ignacio Cabrujas, reconhecido autor venezuelano, e das vivências dos atores que constituem o grupo do Teatro Maior de Idade do Teatro Virgínia de Torres Novas.

 

Neste espetáculo, um grupo de atores amadores apresenta, como de costume, um ato cultural à sua cidade. Este ato é iniciado pelo secretário do grupo com um minuto de silêncio. Depois seguem com a apresentação da peça “Cristóvão Colombo – o genovês alucinado” da autoria do presidente do grupo, que também representa o papel principal.

 

Ao longo do Ato Cultural, uma tragicomédia, assistimos não só à descoberta de novos mundos por Cristóvão Colombo, mas também assistimos à tragédia do quotidiano, quer dos atores desta sociedade teatral, quer das feridas abertas do país em que habitam.

 

 

"Autores de Cá" na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes

 

A Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas, passa a abrir o seu espaço (sala polivalente) à primeira quinta-feira  de cada mês (das 17h00 às 18h30), para todos os autores locais que queiram apresentar um projeto de escrita, música, arte ou novas ideias.

A biblioteca é o espaço privilegiado das ideias e, nesta iniciativa, os autores locais podem apresentar à comunidade o resultado da sua criatividade: literatura, música, artes plásticas, um projeto ou, simplesmente, uma ideia para partilhar.

Os interessados em usufruir desta iniciativa devem agendar as suas propostas previamente com a biblioteca, através dos contactos 249 810 310 ou biblioteca@cm-torresnovas.pt.

“Autores de Cá” inclui-se dentro dos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS), da UNESCO, 4 (Educação de Qualidade) e 10 (Reduzir as Igualdades).



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:36
link do post | comentar | favorito

CNEMA promove Concurso Nacional de Bolo Rei e de Bolos Especiais de Natal em novembro

BOLO-REI

 

 

 

O Centro Nacional de Exposições, em Santarém, promove no próximo mês o Concurso Nacional de Bolo Rei e o Concurso Nacional de Bolos Especiais de Natal nos dias 20 e 21 de novembro, respetivamente.

 

Estas iniciativas, que o CNEMA realiza em conjunto com a Qualifica/oriGIn Portugal, têm como objetivo estimular a produção de qualidade, dar a conhecer os melhores produtos nas diferentes regiões do país, incentivar o seu consumo, promover o encontro de produtores, empresas, técnicos e apreciadores.

 

Com a realização destas atividades o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas pretende premiar, promover, valorizar e divulgar a qualidade, especificidade e a diversidade dos produtos portugueses.

 

Os interessados podem consultar o Regulamento das provas em www.cnema.pt e www.concursosnacionais.pt e as inscrições são feitas exclusivamente por via electrónica até ao dia 16 de novembro.

 

A inscrição só se considera completa e só será apreciada se for acompanhada de todos os elementos e documentos referidos no regulamento e do comprovativo do pagamento. 

 

Estas competições enquadram-se no âmbito de um conjunto de iniciativas promovidas pelo Centro Nacional de Exposições, onde se incluem também os Concursos Nacionais  de, Alheiras, Aperitivos, Azeitonas, Bôlas, Carnes, Cervejas, Chocolates, Concentrados de Fruta, Condimentos, Confeitaria, Conservas de Pescado, Doçaria Conventual, Doçaria rica, Doçaria simples, Empadas, Enchidos, Ensacados, Ervas Aromáticas, Folares, Gelados, Leitão, Licores, Pão, Pastéis, Peças fumadas e outros produtos de salsicharia, Presuntos, Produtos hortícolas secados, Produtos hortícolas secos, Queijos curados, Queijos de cura prolongada, Queijos frescos, Sal, Sidras, Sumos, Vinagres, bem como os Concursos Nacionais de Mel e de Azeite Virgem Extra e o Salão Prazer de Provar.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:33
link do post | comentar | favorito

Município da Chamusca apoia espaço comum para coletividades

Sede União Desportiva Chamusca

 

29 de outubro de 2018 - A Câmara Municipal da Chamusca celebrou um protocolo financeiro com a União Desportiva da Chamusca (UDC) para a requalificação e adaptação do seu edifício-sede, com a contrapartida de cedência de espaços para a instalação de associações do concelho, visando criar um projeto para albergar associações do concelho da Chamusca que não disponham de espaço para sede.  

As obras vão estar a cargo da própria associação e o objetivo é melhorar as condições deste edifício e criar gabinetes específicos, para que cada associação possa ter a sua sede, e ainda definir alguns espaços comuns que estejam disponíveis para todas as associações, como um salão para a realização de assembleias gerais, espaço de copa e cozinha e ainda outras salas para eventos.  

Em contrapartida pelo apoio financeiro do Município, o protocolo estabelece que a UDC ceda os espaços, por um período de 20 anos, às associações que cumpram os critérios definidos, nomeadamente, que estejam inscritas RACH – Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo do Município da Chamusca. 

Numa primeira fase, são cinco as associações que já solicitaram o apoio ao Município para encontrar sede própria, nomeadamente as coletividades que estavam instaladas no edifício do mercado municipal. No entanto, o projeto de requalificação das instalações da UDC prevê a possibilidade de aqui se instalarem cerca de 10 a 12 associações. 

A obra deve avançar entre finais de 2018 e início de 2019, num custo previsto já orçamentado em cerca de 83 mil euros. No futuro, as associações que aqui se instalem vão pagar à UDC um valor simbólico para apoiar no pagamento de água, luz e limpeza do espaço.   

O Município entende que este projeto pode ajudar a criar sinergias entre as associações instaladas, promovendo a eficiência no uso de recursos e facilitando o apoio da autarquia ao funcionamento das mesmas.  

A candidatura das associações para se instalarem neste espaço deve ser apresentada e validada na Câmara Municipal e vigora durante um ano, sendo renovável automaticamente se não houver denúncia entre as partes. A candidatura deve ser feita através do Balcão Único do Município ou pelo correio eletrónico geral@cm-chamusca.pt 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:38
link do post | comentar | favorito

Domingo, 28 de Outubro de 2018
TEMAS DE SAÚDE: Cancro da mama

ANTONIETA

Por:

Antonieta Dias (*)

 

Cancro da mama

 

O cancro da mama  representa um enorme problema para a saúde pública, devido à sua incidência e à elevada mortalidade. É o tipo de cancro mais comum entre as mulheres,   representa a segunda causa de morte na mulher.

 Portugal, com  uma população feminina  de cinco milhões, anualmente são detetados cerca de  6.000 novos casos de cancro da mama por ano, onze novos casos por dia sendo que destes 11 casos,   4 mulheres morrem também por dia, em consequência desta doença.

O  impacto social é enorme, não só por ser muito frequente, mas também pela sua gravidade.

Para além disso, o cancro da mama tem um forte significado, não só pela repercussão que tem na imagem corporal  da mulher que desde sempre identificou, este órgão como um simbolismo  da  sua feminilidade, bem  como pela sua forte ligação à maternidade.

O diagnóstico precoce é feito pelo exame clinico, ecografia  e pela mamografia.

Todavia existem alguns fatores de risco para o aparecimento do cancro da mama, designadamente associados aos estilos de vida e às características reprodutivas.

 

Certo é que cerca de 5 a 10% dos casos de cancro de mama  se identificam com algumas características genéticas e hereditárias, fazendo com que a vigilância tenha que ser  ainda mais apertada nestas mulheres.

Existem alguns medicamentos, designadamente o tamoxifeno e o raloxifeno, que podem ser usados na quimioprevenção cujo interesse é  reduzir o cancro da mama em mulheres que têm um risco aumentado.

Todavia estas terapêuticas têm as suas indicações muito específicas, devem ser usadas de forma criteriosa e estão excluídas as mulheres com os seguintes antecedentes:

-mulheres com avidez e maior risco de formação de coágulos no sangue (TVP ou tromboembolismo pulmonar);

- mulheres com antecedentes de acidente vascular cerebral ou enfarte do miocárdio;

-mulheres fumadoras, obesas, hipertensas ou diabéticas;

-Mulheres com neoplasia uterina ou hiperplasia atípica uterina;

Resta ainda acrescentar que o raloxifeno só deve ser usado em mulheres que já estejam na menopausa, sendo a sua função  prevenir a osteoporose nas mulheres na pós-menopausa. 

Sendo que o tamoxifeno é usado principalmente para tratar o cancro da mama positivo para recetor hormonal (cancro da mama com recetores de estrogénios/ou progesterona).

Outros fármacos são também usados no tratamento do cancro da mama com sucesso terapêutico, nomeadamente os:

Inibidores de Aromatase:

Os inibidores de aromatase atuam reduzindo os níveis de estrogénios, através do bloqueio de uma enzima no tecido adiposo (denominada ateromatase), que por sua vez altera outras hormonas para os estrogénios.

Porém estes fármacos não impedem os ovários de produzir estrogénios, mas apenas reduzem os níveis de estrogénios em mulheres cujos ovários não estão produzindo estrogênio.

Os medicamentos desta classe  são medicamentos ministrados por via oral e estão disponíveis no mercado os seguintes: 
Anastrazol;

Exemestano;

Letrozol.

Todavia estas terapêuticas não são desprovidas de efeitos laterais, pois interferem no metabolismo ósseo, acelerando o desgaste e podendo aumentar o risco de osteoporose, tendo ainda uma intervenção nos níveis dos lipídeos o que faz com que os níveis do colesterol aumentem, estando contraindicados em mulheres com doença coronária pelo risco aumentado de problemas cardíacos:

As opções cirúrgicas utilizadas como medidas preventivas são usadas nas mulheres que tem um risco aumentado de cancro da mama, e traduzem-se na exérese das mamas ou dos ovários, havendo para isso a necessidade de uma avaliação exaustiva destas mulheres e uma selecção criteriosa para serem incluídas nestas opções terapêuticas.

A evidência científica demonstra que a mastectomia profilática preventiva  de ambas as mamas antes do diagnóstico de cancro pode reduzir o risco de cancro em até 97%.

Bem como a ooforectomia profilática nas mulheres com mutação BRCA podem reduzir o risco de cancro da mama em 50% ou mais, desde que se faça a exérese dos ovários antes da menopausa. 

Critérios de exclusão para estes procedimentos:

-mulheres que estejam grávidas ou pretendem engravidar;  

-mulheres que estejam a amamentar;

-mulheres que estejam medicadas com estrogénios;

-mulheres medicadas com inibidores da ateromatase;

-mulheres com idade inferior a 35 anos.

Em caso algum está excluída a necessidade de observação e de aconselhamento médico para que se possam introduzir estas terapêuticas.

Não podemos contudo deixar de mencionar os vários fatores de risco inerentes (cancro da mama) a este quadro clinico nos quais se incluem os seguintes:

-ser mulher;

-faixa etária (mulheres com mais idade);

-a existência de fatores familiares de risco, como seja o fato de haver parentes  de primeiro grau  que tiveram cancro da mama;

-o histórico do ciclo menstrual da mulher;

-antecedentes de cancro da mama invasivo ou carcinoma ductal in situ;

-mulher onde tenha sido diagnosticada hiperplasia ductal atípica;

-existência de uma mutação genética associada a síndrome de cancro hereditário como mutação (BRCA).

Importa ainda referir que a probabilidade de cura é de aproximadamente 80%, quando é feito o diagnóstico precoce de cancro da mama.

O autoexame da mama é fundamental que se faça com rigor e com uma periodicidade mensal.

Este autoexame da mama implica uma boa observação da mama destinada a detetar alterações da coloração, ou presença de escorrências ou retrações mamilares, que poderão traduzir sinais importantes para o diagnóstico precoce, deve ser aconselhada a sua realização por todas as mulheres pela importância que tem na prevenção.

Sendo que um dos primeiros sinais de alerta é o aparecimento de um nódulo ou tumor que se deteta por uma palpação minuciosa e sistemática da mama e da região axilar bilateral.

Sempre que a mulher deteta uma alteração do seu tecido mamário deve procurar o médico e fazer consultas periódicas de rotina.

Em suma, o autoexame da mama é de fácil realização, deve ser ensinado a todas as mulheres porque é fundamental que seja interiorizado e cultivado pela mulher como uma necessidade e uma exigência na prevenção e na deteção desta doença.

(*) Médica



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:54
link do post | comentar | favorito

A Maria Etelvina

ANAFONSECA

Por: Ana Fonseca da Luz

 

RETRATOS

 

Maria Etelvina 

 

A Maria Etelvina, Vina para a família e amigos, nasceu em berço de oiro, corria o ano de 1948 e era o ai Jesus dos pais. 

Filha única, depois de a mãe ter passado por quatro ou cinco abortos espontâneos, quando veio ao mundo, mais parecia neta dos pais, que já estavam com quarenta e muitos anos e cheios de cabelos brancos de tanto desgosto por não terem a quem deixar o muito que tinham 

Estudou em colégios, aprendeu a tocar piano, ballet e outras coisas vedadas nesse tempo à grande maioria das crianças, que por essa altura ainda iam descalças para a escola. 

Maria Etelvina cresceu num lar feliz e sem preocupações de maior, além das naturais para uma menina a quem nada faltava. 

Cedo começou a namorar com o filho do Senhor Dr. Juiz que, tal como ela, era menino de bem e a quem também nada faltava, contudo a Vina, depressa se fartou do menino Sebastião, assim era conhecido lá na terra, tendo caído de amores, imagine-se só, pelo Joaquim Padeiro, moço bonito, mas de fracos recursos, o que deixou os pais deveras desagradados. 

Mas Maria Etelvina bateu o pé, dizendo que aquele sim, era o amor da sua vida, e logo os pais aceitaram o rapaz que não cabia em si de contente, primeiro porque a Maria Etelvina era bonita que se fartava e depois porque já se via dono de uma rede de padarias por esse Portugal fora. 

Só que um dia, tudo mudou para sempre na vida da Vina. Já de casório marcado para o mês de Maio, eis que a rapariga, que sempre ia à missa contrariada, passa a ser cliente assídua, quer da missa quer da confissão. 

A mãe bem que estranhou tanta confissão a torto e a direito, o que ela não suspeitava era que a sua amada filha não ia lá pela confissão, mas pela penitência que não era de orações, mas de beijos, abraços e outras coisas que aqui não digo. 

Mas, a cantarinha tanta vez vai à fonte, que algum dia lá fica a asa, e um dia, lavada em lágrimas e entre beijos e abraços, a Maria Etelvina contou ao Padre Pedro que estava de esperanças e que era ele o pai e não o Joaquim Padeiro, porque ela nunca lhe tinha permitido grandes intimidades. 

A notícia espalhou-se que nem chama em mato seco, e de um dia para o outro, toda a gente ficou a saber que a Vina da D. Miquelina e do senhor Acácio estava prenha do padre. 

As ratas de sacristia logo escreveram uma carta muito indignada ao Senhor Bispo, e em menos de um mês, o Padre Pedro foi recambiado para longe dali. 

A Maria Etelvina foi uma valente, e mesmo debaixo de muita crítica e mexerico, teve a criança, a quem pôs o nome de Pedro de Jesus, tendo-o registado filho de pai incógnito. 

Os pais estiveram sempre do seu lado e aquele menino veio encher a casa de alegria, apesar de tudo. 

Vina continuou a acalentar o sonho de que um dia o Padre Pedro havia de deixar a batina e voltar para ela e para o filho. 

Assim foi, e a estória do Padre Pedro, que já não o era, e da Maria Etelvina, que foi mãe solteira, nos distantes anos sessenta, fez correr muita tinta e muita lágrima, mas como o que Deus une pelo amor verdadeiro, nenhum homem pode separar, mesmo sem a bênção da Santa Madre Igreja, os dois, digo, os três, foram felizes para sempre.... 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 27 de Outubro de 2018
Coruche – Prisão preventiva por tráfico de droga

 

 

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Investigação Criminal de Coruche, no dia 24 de outubro, deteve um homem e uma mulher, com 42 e 38 anos, respetivamente, por tráfico de estupefacientes, na localidade de Coruche.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorria há cerca de um ano, foram realizadas duas buscas domiciliárias, uma na localidade de Coruche e outra no distrito de Setúbal. Desta ação foi apreendido:

·         Um veículo;

·         Três telemóveis;

·         665 euros em numerário.

Os detidos, com antecedentes criminais por tráfico de droga, foram presentes ao Tribunal Judicial da Comarca de Santarém, ontem, dia 25 de outubro, tendo sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, à mulher detida, a medida de coação de apresentações periódicas, em posto policial, da área de residência, ao detido.  

Estiveram empenhados nesta operação militares do Comando Territorial de Santarém e de Setúbal e o Grupo de Intervenção de Ordem Publica, da Unidade de Intervenção.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:36
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2018
Viver o Comércio na cidade

Viver o Comércio Novembro 33333

 

 

O projeto Viver o Comércio animará a Rua Luís Falcão de Sommer e a Praça Salgueiro Maia, no próximo dia 3 de novembro, com Mostra de Artesanato e atividades para os mais pequenos.

 

A Mostra de Artesanato decorre na Rua Luís Falcão de Sommer, entre as 9h30m e as 17h00.

 

Entre as 10h30m e as 12h00, na Praça Salgueiro Maia, decorrem as atividades: “Carteiras divertidas”, pintura e decoração de carteiras (técnica de stencil e marcadores para tecido); “Riscos e rabiscos”, com lápis e marcadores especiais para bebés; ilustração de desenhos alusivos à época e decoração com mini carimbos.

 

Este projeto, organizado pela Câmara Municipal, tem como objetivo promover o comércio, dinamizar a cidade e, simultaneamente, interagir com os mais pequenos.

 

Informamos que em caso de condições climatéricas adversas as atividades não se realizarão.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:44
link do post | comentar | favorito

NOVA ETAR VAI TRATAR ESGOTOS DA MALHADA ALTA

DSC_0676

 

NOVA ETAR VAI TRATAR ESGOTOS DA MALHADA ALTA

Obras iniciam-se esta segunda feira e custam 231 mil euros

A Empreitada de Execução da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Malhada Alta, no concelho de Coruche vai arrancar esta segunda-feira, 29 de outubro e tem um prazo de execução de seis meses, prevendo-se a entrada em funcionamento do equipamento no Verão de 2019.  O anúncio é feito pelo Presidente da ÁGUAS DO RIBATEJO EIM, Francisco Oliveiraque é também o Presidente da Câmara Municipal de Coruche.

Segundo o administrador, os trabalhos com um valor de investimento de 231 mil euros foram adjudicados à empresa ribatejana ECOEDIFICA, AMBIENTE E CONSTRUÇÕES, S.A. | OMS – TRATAMENTO DE ÁGUAS, LDA., sediada em Torres Novas.

A ETAR será construída junto da EN 251 que liga Coruche a Canha e a sua construção vai ter em conta o aproveitamentos dos recursos naturais de modo a reduzir a pegada energética.

O  moderno Sistema de Tratamento de Águas Residuais será dimensionado para servir toda a população da localidade num horizonte temporal de 20 anos.

Francisco Oliveira explica que “a solução técnica adotada baseia-se numa unidade compacta de lamas ativadas em baixa carga de funcionamento contínuo, constituída por uma zona anaeróbia à cabeça, um compartimento arejado e um decantador”.

O autarca de Coruche acrescenta: “nos sistemas de lamas ativadas em baixa carga, o elevado tempo de residência de lamas proporciona a sua estabilização, não carecendo de processos de estabilização adicionais. As lamas purgadas da fase líquida de tratamento sofrem somente uma redução de volume recorrendo a um espessador gravítico, o qual permite também o seu armazenamento”.

 

Quanto ao tratamento preliminar das águas residuais afluentes, será considerada uma solução de tamisação.

 

Antes da devolução das águas tratadas à linha de água, será efetuada a medição dos caudais das águas residuais tratadas e verificada a eficácia do tratamento.

 

O Concelho de Coruche tem uma cobertura de cerca de 70% da população com sistemas de tratamento de águas residuais.

 

“A nova ETAR da Malhada Alta será a décima construída pela ÁGUAS DO RIBATEJO desde a sua fundação há 10 anos. É mais um contributo para o bom tratamento das águas residuais e para melhorar o conforto e a qualidade de vida das populações”, acrescenta Francisco Oliveira, Presidente da AR.

 

O concelho de Coruche, com 20 mil habitantes, tem sido dotado de modernos sistemas de tratamento que muito contribuem para a redução da carga poluente do Rio Sorraia e seus afluentes e para a melhoria da qualidade ambiental dos ecossistemas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:41
link do post | comentar | favorito

Azambuja presente no VII Fórum da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

municipios_saudaveis_lagoa_site

 

 

Azambuja está a participar no VII Fórum da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, que decorre em Lagoa, no Nonagon – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, nos Açores. O município está a ser representado pela vereadora Sílvia Vítor, que tutela, entre outros, os pelouros da Saúde, do Desporto e da Intervenção Social.

No âmbito da iniciativa, subordinada ao tema “Governação para a Saúde”, já ontem, dia 25 de outubro, teve lugar a reunião da Assembleia Intermunicipal da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis. O encontro tem caráter bianual e voltou a reunir, em ambiente de grande diálogo, algumas dezenas de autarcas e técnicos dos municípios que integram este organismo associativo.

A Mesa da Assembleia foi composta por José Maria Costa, Presidente da Assembleia Intermunicipal, oriundo de Viana do Castelo; Ana Gouveia, 2ª Secretária, de Miranda do Corvo; Joaquim Cardador dos Santos, Presidente do Conselho de Administração, do Seixal; e a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto.

Além da presença de Azambuja, esta reunião contou com mais 33 municípios, a saber: Almodôvar, , Barreiro, Braga, Castro Marim, Coimbra, Cuba, Figueira da Foz, Gondomar, Lisboa, Loulé, Loures, Miranda do Corvo, Monção, Monchique, Odemira, Oeiras, Palmela, Ponta Delgada, Porto, Póvoa do Lanhoso, Ribeira Grande, Santo Tirso, Serpa, Seixal, Setúbal, Soure, Torres Vedras, Valongo, Viana do Castelo, Vidigueira, Vila Franca de Xira e Vila Real e Lagoa – Açores.

No que diz respeito à ordem de trabalhos, a mesma foi composta pela Alteração nos Órgãos Sociais da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis; Adesão de novos membros; Proposta n.º 11-C.A./2018 – Plano de Atividades e Orçamento para 2019; Acordo de Colaboração entre a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis e a Associação Nacional de Municípios Portugueses; Relatório Intercalar de Atividades (janeiro a outubro de 2018); Aprovação da ata n.º 37 da reunião da Assembleia Intermunicipal e outros assuntos.

De relembrar que, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, constituída em 1997, é uma associação de municípios cuja missão passa por apoiar o desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nos municípios aderentes, os quais pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade nas decisões políticas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:40
link do post | comentar | favorito

CONCURSO DE FOTOGRAFIA "SALVATERRA DE MAGOS: UM CONCELHO, DIFERENTES PATRIMÓNIOS"

Print

 

WORKSHOP SOBRE ECONOMIA PESSOAL ASSINALA DIA MUNDIAL DA POUPANÇA EM SALVATERRA DE MAGOS

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos e a Delegação de Santarém da Associação de Defesa do Consumidor - DECO – dinamizam no dia 30 de outubro um workshop sobre “O essencial sobre a economia pessoal”.

A iniciativa é aberta à comunidade e tem lugar pelas 16h nas instalações da Universidade Sénior de Salvaterra de Magos (antiga escola O Parque), em Salvaterra de Magos.

Gerir melhor o orçamento familiar e definir objetivos financeiros para fazer poupanças são alguns dos temas que serão abordados.

O workshop pretende assinalar o Dia Mundial da Poupança, que se comemora a 31 de outubro.

A Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos e as Bibliotecas Escolares do Concelho vão promover a realização de um Concurso de Fotografia subordinado ao tema “Salvaterra de Magos: Um Concelho, diferentes Patrimónios” (património natural, histórico, cultural).

O Concurso arranca no dia 29 de outubro de 2018, quando se assinala o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares, e destina-se a alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico, ensino secundário e profissional das Escolas do Concelho de Salvaterra de Magos.

Consciencializar a comunidade escolar para a importância das imagens na nossa identidade como instrumento de comunicação global e dar a conhecer o trabalho amador na área da fotografia são os objetivos da iniciativa.

Cada candidatura apresentada poderá concorrer com um máximo de três trabalhos, sendo aceites fotografias em formato 15x10 em suporte papel, a cores ou preto e branco.

Os trabalhos deverão ser entregues até 28 de fevereiro de 2019 nas Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas de Marinhais e Salvaterra de Magos ou na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos e serão posteriormente apresentados numa Exposição em data e local a definir.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:36
link do post | comentar | favorito

Sugestão fim de semana: No Cartaxo e em Alcanena

14

15

 

Sugerimos o espectáculo do bailarino e coreógrafo António Torres que fará a ante-estreia do seu espectáculo Swan Fake no Centro Cultural do Cartaxo esta 6ªf 26 de Outubro às 21h30, entrada livre.

 
Em Swan Fake, António Torres apropria-se de elementos da dança clássica, subvertendo-os e trazendo-os ao diálogo com a contemporaneidade. Explorando conceitos como dualidade, género e o binómio homem/animal, bem como revisitando O Lago dos Cisnes/ Swan Lake (Tchaikosvsky), um cisne/homem ressurge num ser corrompido, desmembrado, provocador e áspero.
 
E sugerimos a instalação interactiva re.right VOL I de Rodrigo Pereira, inauguração no sábado 27 de Outubro, das 17h30 às 20h30. E no domingo 28 de Outubro, das 15h30 às 18h30. Na Rua 25 de Abril, lote 2A* Alcanena*Em frente à Pastelaria Gena, entrada livre.
 
Explorando diferentes formas de conversa, os visitantes são convidados a participar e a
comunicar entre si através de palavras, sons e imagens, criados durante a sua visita.


publicado por Noticias do Ribatejo às 12:34
link do post | comentar | favorito

“Free Mind” destaca as mulheres

Vitral da Palavra

 

“Free Mind” destaca as mulheres

 

Carlos dos Santos expõe na Galeria Municipal do Entroncamento

 

 

A Galeria Municipal do Entroncamento, acolhe entre os dias 3 e 22 de novembro, a exposição de pintura do artista plástico Carlos dos Santos.

O artista desde muito cedo demonstrou um talento natural para as artes, tendo feito o seu primeiro autorretrato aos 10 anos de idade, sendo a sua professora primária uma das primeiras pessoas a descobrir e apreciar o seu talento.

Carlos dos Santos assume-se como muito persistente e determinado e afirma que o seu caminho na vida foi sempre com uma certeza “A Arte é o meu destino”.

O seu percurso artístico é marcado pela sua dedicação ao retrato e como retratista tem trabalhos espalhados por todo o mundo, tanto desenhou e pintou desconhecidos, como famosos e outros ilustres, muitos dos quais pousaram para que o artista os pintasse ao vivo.

A par do retrato, em 2012 iniciou um novo projeto, fazer obras de sua criação, dando espaço à criatividade e assim tem desenvolvido muitos trabalhos a pastel, carvão, grafite e óleo, dentro duma linha híper realista, muito contemporânea, realista e impressionista, demonstrando aqui o seu talento inato aliado à sensibilidade artística.

Nesta exposição “Free Mind” o artista apresenta obras sobre três temáticas mas que têm em comum as mulheres, Carlos Oliveira explica que pretende “apresentar e reforçar a admiração e respeito profundo pelas mulheres e procurar contribuir para que haja em tudo a igualdade de géneros”.

A exposição tem inauguração marcada para dia 3 de novembro às 17h00 e vai estar patente de terça-feira a domingo entre as 15h00 e as 19h00.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:32
link do post | comentar | favorito

Padre Rúben em discurso direto com jovens da Chamusca

_DSC0061

 

 

 

A religião, a vocação e os desafios de viver em meio rural foram temas da conversa animada e informal que o Padre Rúben Figueiredo teve com os jovens do concelho no Matriz 21 

 

26 de outubro de 2018 O padre Rúben Marques Figueiredo juntou-se à iniciativa “Faz-te às 4.ªs”, do Matriz 21 – Gabinete para a Juventude do Município da Chamusca, e esteve à conversa com um grupo de jovens do concelho sobre o seu percurso até chegar a pároco das localidades de Ulme, Parreira, Chouto e Vale de Cavalos. O pároco comparou a vocação de ser padre, e da sua missão de cuidar dos paroquianos, com a missão de ser presidente de Câmara Municipal, cuja vocação é cuidar de todos os munícipes. 

“Ser padre e presidente de Câmara são vocações, são chamamentos para cuidar dos outros”, afirmou o padre Rúben, agradecendo o convite e o desafio do Município para ter esta tarde de diálogo aberto com os jovens que estiveram no Matriz 21. Na sessão participaram o Presidente da Câmara, Paulo Queimado, e a Vice-presidente, Cláudia Moreira, que deram as boas vindas ao convidado. 

O pároco contou o seu percurso de vida até chegar a padre, destacando que após uma primeira experiência no seminário, acabou por sair, logo após a morte da sua mãe, para levar uma vida de leigo, para estudar e tornar-se enfermeiro, profissão que exerceu ainda durante alguns anos. Mas o apelo da vocação religiosa foi mais forte e, apesar de ter uma vida quase formada, com casa e até depois de ter tido alguns relacionamentos, acabou por regressar ao seminário onde se formou padre, iniciando o seu ministério no concelho da Chamusca, nas paróquias já referidas.  

“Inicialmente não foi fácil ambientar-me à vida neste meio rural, eu que vivia uma vida urbana, entre Lisboa e Santarém. Mas fui muito bem recebido nestas povoações e sou muito feliz”, afirmou o padre Rúben Figueiredo. Um dos objetivos que traçou para o seu ministério à frente destas paróquias foi de cativar mais pessoas para a Igreja, desde logo começando por falar com alguns homens que, habitualmente, não vão à missa. As comunidades dominicais estão a crescer e o pároco continua a apostar na relação próxima com as pessoas, indo aos cafés, jantando a convite em casa de paroquianos ou simplesmente falando com as pessoas que o abordam na rua. 

A sua juventude e simpatia contagiam e naturalmente surgiram algumas questões sobre o celibato dos padres, com o padre Rúben a afirmar claramente que, se os padres puderem vir a casar, deixa de ser padre, porque considera que esta vocação não se compatibiliza bem com a vida familiar de uma pessoa casada. Sobre os desafios da igreja no século XXI, o padre Rúben coloca o foco na questão de saber qual a pertinência da religião e de ter Deus na vida das pessoas.  

A religião foi mais um dos temas em destaque nas conversas de quarta-feira à tarde no Gabinete para a Juventude do Município da Chamusca. Foi mais uma sessão que despertou o interesse de um número maior de jovens do concelho e que permitiu um diálogo direto e frontal entre os participantes.  

Na próxima quarta-feira, no dia 31 de outubro, realiza-se mais uma iniciativa “Faz-te às 4.ªs”, com um Workshop de Fotografia com Carlos Lima, entre as 15h30 e as 17h30.  



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:30
link do post | comentar | favorito

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

image002

 

quinta-feira:

 

 

Esta quinta-feira, dia 25 de outubro, às 21h30, a SRO - Sociedade Recreativa Operária acolhe o Programa de Rádio “Diálogos na Comunidade”, da RCA Ribatejo.

Este é o 2º Programa de rádio gravado ao vivo, entre a Sociedade Recreativa Operária (SRO) e a RCA Ribatejo. O programa realiza-se na sala de convívio da SRO e é aberto a todo o público; é uma “conversa de café” em que todas as pessoas podem interagir entre si livremente. São convidadas pessoas que tenham realizado ou venham a realizar iniciativas positivas para a comunidade. O programa é dedicado ao problema dos animais abandonados.

De forma a que o programa não seja interrompido nem que hajam ruídos incómodos durante a gravação, solicita-se pontualidade.

Mais informações em:

https://www.facebook.com/events/321935128580783/permalink/321938031913826/

 

 

sexta-feira:

 

Esta sexta-feira, dia 26 de outubro, às 12h00 abre o 38º Festival Nacional de Gastronomia, que decorre até dia 4 de novembro, na Casa do Campino. Ao longo do certame, “Descubra Santarém enquanto prova Portugal”. Esta edição tem como tema central o Azeite. A organização está a cargo da Viver Santarém EM SA – Desporto e Lazer, com o apoio da Câmara de Santarém e da Entidade Regional de Turismo Alentejo/Ribatejo.

 

Fonte de saúde, juventude e beleza, fonte de luz (simbólica), fonte de prazer culinário e gastronómico, fonte plural, pois não sofre de nenhum interdito alimentar nem por razões religiosas, medicinais e terapêuticas, o Azeite vai dar o mote a inúmeras conversas e atividades que compõem o programa deste ano.

 

São 10 dias que comemoram a gastronomia portuguesa através de uma viagem pelos sabores mais ricos do nosso território. Com 12 tasquinhas tradicionais, 4 tasquinhas de petisco, várias demonstrações gastronómicas com provas ao longo do dia, mostra de doçaria conventual e um mercado de produtos típicos que nos chegam de todo o país para adocicar ou apimentar a boca a quem nos visita.

 

Este ano, e como principal novidade, o Festival apresenta “O BANQUETE”. Mais do que uma refeição, uma experiência ou, por outras palavras, uma experiência gastronómica e sensorial futurista... em que a mesa de refeição é comum. São 4 jantares para 30 pessoas cada, que ficam nas mãos de conceituados chefes Nacionais e Internacionais, nos dias 26 e 27 de outubro e 02 e 03 de novembro.

 

De 26 de outubro a 04 de novembro, miúdos e graúdos vão poder provar azeites, ouvir conversas sobre os mesmos e usufruir de múltiplas receitas em cuja composição entra soberano para delícia dos palatos. Aos que não sabem, o Festival vai ensiná-los a amar o azeite.

 

Entradas

As entradas diárias no Festival têm o valor de 2€ e podem ser adquiridas no Complexo Aquático de Santarém, no Posto de Turismo ou à entrada do Festival.

Nos dias 29, 30 e 31 de outubro e 01 de novembro, a entrada é gratuita até às 17h00.

 

Horários:

26, 27 e 31 outubro, 02 e 03 novembro: 12h00 às 02h00

28, 29 e 30 de outubro e 01 novembro: 12h00 às 00h00

04 novembro: 12h00 às 16h00

 

Para mais informações, consulte: http://www.festivalnacionaldegastronomia.pt/

 

Às 18h00, a Sala de Leitura Bernardo Santareno recebe a Palestra “Terapia pelo vocabulário”, a cargo de Luísa Oliveira, formadora de Crescimento Pessoal nas áreas de coaching e melhoria da qualidade da vida. Esta iniciativa é promovida Clínica de Acupuntura Dr. Faustino Santos, em colaboração com o Município de Santarém.

Esta palestra vai abordar temas como: a energia da palavra; o poder da energia da palavra pensada, dita, escrita e divulgada; como aproveitar a energia da palavra para a criar e aumentar a autoestima e promover a auto cura em todas as áreas da nossa vida; e a escolha das palavras certas.

 

Às 21h30 tem início o Espetáculo comemorativo dos 20 anos da Arriba-Ó-Tunapikas - Tuna Académica da Escola Superior de Saúde de Santarém, no Teatro Sá da Bandeira.
A Arriba-Ó-Tunapikas, Tuna Académica da Escola Superior de Saúde de Santarém, comemora o seu 20° Aniversário. Fundada a 20 de Setembro de 1998, conta com várias atuações pelo país fora, sempre num ambiente de animação e festa.
Este espetáculo contará com vários momentos de retrospetiva desta Tuna, com momentos de diversão, música e espírito tunante.

Música | Duração: 150’ | Classificação: M/06 | Preço: 3,5 € | Reservas: 963 758 999

 

Às 21h30 há “Fado ao Centro” - grande noite de Fados com Teresa Tapadas e João Chora e Pedro Amendoeira, no Fórum Actor Mário Viegas - Centro Cultural Regional Santarém.Preço: 10€

 

sábado:

 

 

Este sábado, dia 27 de outubro, às 11h30, há Sábado Teatral – Aventura no Mar, na Livraria Aqui Há Gato.

Vamos mergulhar no mar profundo em busca de um tesouro e seguir numa aventura cheia de emoções, cores e brilhos que só a magia da Luz Negra consegue mostrar.

(Duração) 30’ (Classificação) para todos (Preço) 3€ - gratuito até aos 12 meses

 

Às 12h00, o 38º Festival Nacional de Gastronomia, que decorre até dia 4 de novembro, abre as suas portas, na Casa do Campino. Ao longo do certame, “Descubra Santarém enquanto prova Portugal”. Esta edição tem como tema central o Azeite. A organização está a cargo da Viver Santarém EM SA – Desporto e Lazer, com o apoio da Câmara de Santarém e da Entidade Regional de Turismo Alentejo/Ribatejo.

 

Fonte de saúde, juventude e beleza, fonte de luz (simbólica), fonte de prazer culinário e gastronómico, fonte plural, pois não sofre de nenhum interdito alimentar nem por razões religiosas, medicinais e terapêuticas, o Azeite vai dar o mote a inúmeras conversas e atividades que compõem o programa deste ano.

 

São 10 dias que comemoram a gastronomia portuguesa através de uma viagem pelos sabores mais ricos do nosso território. Com 12 tasquinhas tradicionais, 4 tasquinhas de petisco, várias demonstrações gastronómicas com provas ao longo do dia, mostra de doçaria conventual e um mercado de produtos típicos que nos chegam de todo o país para adocicar ou apimentar a boca a quem nos visita.

 

Este ano, e como principal novidade, o Festival apresenta “O BANQUETE”. Mais do que uma refeição, uma experiência ou, por outras palavras, uma experiência gastronómica e sensorial futurista... em que a mesa de refeição é comum. São 4 jantares para 30 pessoas cada, que ficam nas mãos de conceituados chefes Nacionais e Internacionais, nos dias 26 e 27 de outubro e 02 e 03 de novembro.

 

De 26 de outubro a 04 de novembro, miúdos e graúdos vão poder provar azeites, ouvir conversas sobre os mesmos e usufruir de múltiplas receitas em cuja composição entra soberano para delícia dos palatos. Aos que não sabem, o Festival vai ensiná-los a amar o azeite.

 

Entradas

As entradas diárias no Festival têm o valor de 2€ e podem ser adquiridas no Complexo Aquático de Santarém, no Posto de Turismo ou à entrada do Festival.

Nos dias 29, 30 e 31 de outubro e 01 de novembro, a entrada é gratuita até às 17h00.

 

Horários:

26, 27 e 31 outubro, 02 e 03 novembro: 12h00 às 02h00

28, 29 e 30 de outubro e 01 novembro: 12h00 às 00h00

04 novembro: 12h00 às 16h00

 

Para mais informações, consulte: http://www.festivalnacionaldegastronomia.pt/

 

domingo:

 

Às 12h00, o 38º Festival Nacional de Gastronomia, que decorre até dia 4 de novembro, abre as suas portas, na Casa do Campino. Ao longo do certame, “Descubra Santarém enquanto prova Portugal”. Esta edição tem como tema central o Azeite. A organização está a cargo da Viver Santarém EM SA – Desporto e Lazer, com o apoio da Câmara de Santarém e da Entidade Regional de Turismo Alentejo/Ribatejo.

 

Fonte de saúde, juventude e beleza, fonte de luz (simbólica), fonte de prazer culinário e gastronómico, fonte plural, pois não sofre de nenhum interdito alimentar nem por razões religiosas, medicinais e terapêuticas, o Azeite vai dar o mote a inúmeras conversas e atividades que compõem o programa deste ano.

 

São 10 dias que comemoram a gastronomia portuguesa através de uma viagem pelos sabores mais ricos do nosso território. Com 12 tasquinhas tradicionais, 4 tasquinhas de petisco, várias demonstrações gastronómicas com provas ao longo do dia, mostra de doçaria conventual e um mercado de produtos típicos que nos chegam de todo o país para adocicar ou apimentar a boca a quem nos visita.

 

Este ano, e como principal novidade, o Festival apresenta “O BANQUETE”. Mais do que uma refeição, uma experiência ou, por outras palavras, uma experiência gastronómica e sensorial futurista... em que a mesa de refeição é comum. São 4 jantares para 30 pessoas cada, que ficam nas mãos de conceituados chefes Nacionais e Internacionais, nos dias 26 e 27 de outubro e 02 e 03 de novembro.

 

De 26 de outubro a 04 de novembro, miúdos e graúdos vão poder provar azeites, ouvir conversas sobre os mesmos e usufruir de múltiplas receitas em cuja composição entra soberano para delícia dos palatos. Aos que não sabem, o Festival vai ensiná-los a amar o azeite.

 

Entradas

As entradas diárias no Festival têm o valor de 2€ e podem ser adquiridas no Complexo Aquático de Santarém, no Posto de Turismo ou à entrada do Festival.

Nos dias 29, 30 e 31 de outubro e 01 de novembro, a entrada é gratuita até às 17h00.

 

Horários:

26, 27 e 31 outubro, 02 e 03 novembro: 12h00 às 02h00

28, 29 e 30 de outubro e 01 novembro: 12h00 às 00h00

04 novembro: 12h00 às 16h00

 

Para mais informações, consulte: http://www.festivalnacionaldegastronomia.pt/

 

A decorrer:

 

 

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Rateficação do Aforamento de humpe/daço de chão chamado dascazaS daTray/ção da freguezia do SantiSimo Mila/gre desta Villa de cujo chão e prazo heEm/phyteuta Bento velozo deSequeira mon/teiro mor desta Comarca em foro de 160 reis. Santarem, 2 de setembro 1746.

Os contratos de aforamentos eram caraterizados pelos procedimentos de ratificação no limite temporal de cada contrato (anualmente). Razão que justificava a presença do escrivão, da provedoria da Comarca, Francisco Alves da Costa acompanhado pelo Doutor António Martins dos Reis desembargador de El Rey nosso Senhor e seu provedor com alçada na vila de Santarém e sua Comarca. Na presença de uma parte, Custodio Pinto de Castro, administrador das terças da mesma comarca e procurador bastante do contratador das mesmas terças desta província. Da outra parte, Bento Veloso de Sequeira, monteiro mor desta comarca e enfiteuta do mesmo pedaço de chão, junto ao postigo de Santo Estevão. Prazo foreiro ao Senado da Câmara.

 

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “Dia Nacional dos Castelos”, (que se comemora no dia 7 de outubro), na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. A Mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

O Dia Nacional dos Castelos, celebrado a 07 de outubro, visa divulgar e promover os castelos com toda a sua história, riqueza arquitetónica, cultural e simbólica do que cada um representa como edificações emblemáticas, verdadeiros testemunhos da memória coletiva de um povo.

 

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “Vamos ler… Agustina Bessa Luís”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno. A Mostra pode ser vista, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Homenageamos a escritora Agustina Bessa Luís pelo seu 96º aniversário (nascida a 15 outubro 1922) com uma mostra bibliográfica.

Agustina estreou-se como romancista em 1949 com uma publicação da novela intitulada “Mundo Fechado”, mas foi com o romance “A Sibila” que a escritora obteve o imediato reconhecimento geral, romance esse que atingiu a 25ª edição.

 

Até dia 31 de dezembro, visite a Exposição “Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’”, na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire. Patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 01 de outubro a 31 de dezembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Francisco de Almada: “Casario”, Serigrafia a cores s/ papel, datada de 1983.

 

Até dia 06 de janeiro, visite a Exposição “Sá da Bandeira – Filho da Vila. Pai da Cidade”, na Casa do Brasil. Patente das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, de terça-feira a sábado.

No ano em que se comemoram 150 anos da elevação de Santarém a cidade, a Casa do Brasil apresenta a exposição sobre a figura de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo (1795-1876), 1.º Marquês de Sá da Bandeira, um dos responsáveis pelo novo estatuto jurídico da urbe.

A iniciativa, que conta com a colaboração da Academia Militar, além do apoio da família de Sá da Bandeira, pretende abordar a figura do Marquês, sob o ponto de vista do homem, do militar e do estadista, mas também do antiesclavagista, um dos aspetos porventura menos conhecidos deste multifacetado escababitano.

A exposição apresenta objetos pessoais, bibliografia diversa, artes plásticas (pintura, escultura e gravura), fotografia e numismática. Conta também com uma vertente multimédia, com a exibição de apresentações e filmes ligados ao contexto histórico e à vida e obra de Sá da Bandeira.

 

Em permanência:

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Painel de azulejos que representa um mostruário de relógio com numeração romana e decoração figurativa dos ventos (éolos ou querubins azuis), nos quatro cantos da composição. É emoldurado por cercadura com decoração geometrizante e simétrica a azul, amarelo, verde e manganês e meios óvulos. O espaço interior é preenchido com uma representação do sol com seus raios em branco e amarelo sobre fundo azul, dividindo o círculo em vinte e quatro partes iguais”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h15 e das 14h00 às 17h15. Contato: tel.- 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scallabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:41
link do post | comentar | favorito

Samuel Úria traz a sua “Carga de Ombro”

SamuelUria

 

 

Samuel Úria traz a sua “Carga de Ombro” ao Teatro Virgínia, em Torres Novas, no dia 3 de novembro, sábado, pelas 21h30.

 

Devia ser cada vez mais fácil decifrá-lo. Mas não é. Samuel Úria é rebuscado, cifrado e, para dificultar a tarefa, está cheio de conteúdo para desvendar.

Ouvimos neste disco vários momentos aparentemente opostos, e quase de forma alternada de faixa para faixa - o som da força e da perseverança é o grito de ar nos pulmões que impele um amigo a sair do chão; que repreende a estupidez de misturar saber com opinião, e denuncia o ridículo do medo que leva

ao silêncio. E depois, o sussurrar de um segredo confessado quando nos diz que quer estar pronto a dizer “não sei”, que quer ser apenas mais um; mais um homem, vulgar e comum.

Quando em concerto, lá aparece ele em palco cheio de luz num passar único e genuíno como só ele próprio. Volta e meia dança com aquele ar meio desengonçado, cheio de um ritmo muito dele, parecendo um gigante que se vai desconjuntar mas que aproveita cada momento dessa desestruturação, com prazer e alegria contagiantes.

Márcia (extraído de texto escrito quando do lançamento de “Carga de Ombro”)

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:38
link do post | comentar | favorito

NERSANT e Agrocluster querem negócios seguros para as empresas da região

 

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém e o Agrocluster Ribatejo acolheram na região o SIS - Serviço de Informações de Segurança, para a realização de duas sessões de sensibilização subordinadas ao tema da Segurança Económica e da Proteção do Conhecimento. O objetivo das sessões foi alertar as empresas para o perigo da espionagem económica e promover comportamentos em prol dos negócios seguros.

 

A segurança económica constitui, atualmente, um dos pilares centrais da segurança dos Estados modernos e desenvolvidos. O crescente número de casos de espionagem económica ocorridos recentemente levou o SIS a promover um programa de sensibilização que pretende alertar entidades e empresas em Portugal para as ameaças de espionagem, sensibilizando-as para a importância da proteção do conhecimento.

Na região, o programa esteve em Torres Novas no dia 24, e em Santarém no dia 25, tendo as organizações presentes tido a oportunidade de conhecer e refletir sobre a importância de proteger o conhecimento e a informação sensível, num mundo concorrencial e simultaneamente aberto às parcerias e às oportunidades da globalização.

Cláudia Pinto, da SIS, começou por contextualizar a realidade nacional relativamente às questões da segurança e da espionagem e identificou atores e métodos de atuação da espionagem económica. “É cada vez mais importante interiorizar uma cultura de segurança nas nossas organizações”, fez saber a profissional, acrescentando que grande parte dos espiões têm origem no corpo diplomático, na classe jornalística e nas empresas privadas. “Há embaixadas onde cerca de metade dos diplomatas não o são, efetivamente”, concluiu. Aeroportos, hotéis, táxis e até as instalações das próprias empresas, alertou ainda, são alguns dos locais privilegiados para a espionagem económica, pelo que os empresários devem manter-se vigilantes.

Neste sentido, “e como as principais falhas são comportamentais”, a SIS enunciou nos seminários algumas recomendações de segurança. No ciclo de segurança do conhecimento, a empresa deve, em primeiro lugar, ter em conta que informação é sensível e qual a vulnerabilidade do seu acesso. A partir daqui, a organização deve criar uma cultura de segurança, que terá de ser claramente comunicada a todos os membros da mesma. A mesma organização deve ainda definir um gestor da informação que tenha a responsabilidade de implementar e avaliar as medidas de segurança.

Quanto às medidas de segurança, a SIS deixou algumas recomendações que poderão minimizar os riscos de espionagem: controlo de entradas e saídas e acessos diferenciados, badges para funcionários e visitantes, implementação de um regulamento de segurança e a sua comunicação frequente, a realização de visitas acompanhadas e definir comportamentos durante as mesmas, como a ausência de telemóveis, por exemplo, a implementação de políticas de “clear desk”, ou seja, mesa limpa, sem papeis com informação potencialmente sensível à vista, o bloqueio do posto de trabalho durante ausências e a alteração regular de passwords, iniciaram o rol de boas práticas a ter pelas organizações. Mas muitas outras podem ser implementadas, sempre tendo em conta o tipo de empresa e informação sensível da mesma. São elas a restrição de telemóveis aos visitantes, a restrição de telemóveis em salas de reuniões a implementação de procedimentos para a utilização de e-mails e redes sociais, a separação física do equipamento informático interno e externo, a limpeza do histórico e atualização o software e antivírus são ainda outras boas práticas a ter em conta.

A especialista da SIS enumerou ainda algumas recomendações em relação às viagens de negócios: é importante descrição em relação à agenda nas redes sociais, a informação sensível deve estar sempre junto do empresário, e os equipamentos, especialmente computadores, devem ser dedicados apenas e exclusivamente àquele propósito. A profissional lançou ainda alguns cuidados a ter, tais como “desconfiar sempre de alguém que subitamente nos surge com interesses coincidentes aos nossos”, ter cuidado com as abordagens nos aeroportos, hotéis e táxis, levar sempre sacos de segurança para guardar o material sensível no hotel, e ter noção de que, nesse espaço, existe possibilidade de gravação de som e imagem. O empresário deve ainda evitar ligar-se a redes de wi-fi gratuitas nestes espaços, “uma vez que são locais nevrálgicos para sacar a informação sensível”. No caso do hotel, o empresário pode ainda “colocar a informação sensível em sacos de segurança, cuja violação será percetível no local”, e, sempre que possível, deixar a luz e TV ligada, bem como o dístico de “não incomodar” na porta do quarto, quando se ausenta.

Na sessão foram ainda partilhados alguns casos concretos de comportamentos que deram origem a fugas de informação das organizações que resultaram em grandes prejuízos para as mesmas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:37
link do post | comentar | favorito

Bactéria Legionella erradicada do Complexo de Piscinas de Azambuja

piscinas_fachada_Azambuja

 

Bactéria Legionella erradicada do Complexo de Piscinas de Azambuja

Reabertura dia 31 de outubro de 2018

 

O Município de Azambuja informa que o Complexo de Piscinas que serve o concelho vai reabrir, em pleno funcionamento, no dia 31 de outubro. Recorde-se que a autarquia tomou a decisão de encerrar a infraestrutura, no passado dia 09, na sequência da deteção da presença da bactéria Legionella em alguns chuveiros de balneários com baixo volume de utilização.

 

Apesar do problema ter sido identificado de forma circunscrita, mas visto tratar-se de uma situação delicada de potencial risco para a saúde pública, o município optou pela medida mais grave, fechando o complexo à utilização do público.

 

Neste momento – dia 25 – estão reunidas as condições para anunciar a reabertura de todo o complexo no próximo dia 31 de outubro de 2018 (4ªfeira). Esta decisão é assumida em função dos resultados negativos da existência de Legionella revelados pelas últimas análises realizadas aos diversos sistemas do equipamento.

 

A autarquia reafirma que sempre seguiu as indicações do manual de boas práticas “Prevenção da doença dos legionários em balneários”, promovendo de imediato, com recurso a uma empresa da especialidade, as operações de desinfeção térmica e química exigidas pela situação. Além disso, não hesitou em realizar igualmente essa desinfeção preventiva nas instalações do pavilhão e estádio municipais, bem como nas escolas com balneários e torres de arrefecimento de sistemas de ar condicionado.

 

Refira-se, também, que a reabertura só ocorrerá a 31 de outubro aproveitando estes dias para se proceder à reparação de uma das caleiras da piscina, cujos trabalhos mais o reenchimento da dita caleira e a afinação da água à temperatura regulamentar necessitam deste período.

 

Por fim, e decorrente do alerta lançado aos utilizadores nos quinze dias anteriores ao encerramento, o Município de Azambuja pode divulgar que felizmente não foi identificada nenhuma pessoa com sintomas que pudessem ser associados à doença dos legionários, o que constitui, efetivamente, a melhor notícia a divulgar.



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:35
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018
Torneio de Golfe para empresas é já no dia 10 de novembro

 

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, vai reunir dezenas de empresas da região no dia 10 de novembro, para o seu Torneio Empresarial de Golfe. Ainda há alguns lugares para as equipas empresariais que desejem participar na iniciativa.

 

O Santo Estêvão Golfe, situado em Vila Nova de Santo Estêvão, a poucos quilómetros de Benavente, será palco da realização do evento, que pretende reunir em ambiente de salutar competitividade, diversas empresas da região, bem como os seus colaboradores, fornecedores, clientes ou demais convidados.

O regulamento de participação no Torneio Empresarial de Golfe da NERSANT está disponível online, no portal da associação, em www.nersant.pt. No mesmo local, os interessados podem efetuar a sua inscrição e garantir, assim, a participação no evento.

O torneio, organizado em parceria com o Orizonte Lisbon Golfe, tem uma taxa de inscrição por equipa 25 euros para sócios NERSANT e 30 euros, para não associados. Os sócios Orizonte pagam 7,50 euros ou 20 euros (sócios Orizonte Dias Úteis e PAR).



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:46
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11



27
28
29
30
31


posts recentes

OUTONO

"Hidro by night" no Compl...

DEPUTADA DE OS VERDES NA ...

Yoga para crianças na Bib...

RUA SERPA PINTO E LARGO S...

NERSANT desenvolve Score ...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

HORA DO CONTO

Projeto "Hora do Conto" ...

CONSTRANGIMENTOS E EVENTU...

Exposição de Pintura “Exp...

Inscrições abertas para a...

Câmara de Santarém aprova...

“Revist’ó Fado na Tasca d...

Suspensão do abastecimen...

Animais Errantes - Progra...

Trail “guiado” e caminhad...

Concerto de Ano Novo com ...

PONTÉVEL VAI RECEBER SEIS...

Angolana Aline Frazão dá ...

Programa Melhor Turismo 2...

Palavras

Cineteatro São João receb...

ENCONTRO DE INSTRUMENTOS ...

Câmara de Azambuja aprovo...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

Arruda vai ter Orçamento ...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

EMPRESA DE CAPITAIS LUSO-...

Centro Hípico Lebreiro de...

arquivos

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds