NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 7 de Março de 2019
TEMAS DE SAÚDE: Coesão Social

ANTONIETA DIAS.jpeg

Por: Antonieta Dias (*)

 

Este tema tantas vezes referido, continua a não ter resposta pois os investimentos necessários para que exista uma Coesão Social, continuam esquecidos e cada vez constatamos que o distanciamento politico desta causa tão nobre continua a ser cada vez maior.

Será que o termo de Coesão Social é confundido com Fobia Social?

Sem dúvida, que o medo, apesar de ser uma emoção simples não deve ser menosprezado, pois não traduz cobardia.

Circunstancias há em que o ser humano necessita de experienciar o medo para se proteger e defender funcionando assim como uma emoção adaptativa  e protetora da vida.

Certo é que o medo muitas vezes nos impede de manifestar os pensamentos, bem como delinear estratégias úteis ou até de publicar artigos que apesar da sua importância ficam retidos no nosso manual de orientação mental, porque temos receio de ser mal interpretados ou mesmo prejudicados.

O conceito de Coesão Social envolve obrigatoriamente a saúde como um dos pilares mais importantes.

Não existe modelo social, muito menos coesão se não tivermos um Sistema Nacional de Saúde que proteja e trate a pessoa com a dignidade e qualidade científica exigível para cuidar, tratar e curar.

Desde 7 de Abril de 1948, que a Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu o conceito de saúde, tendo mantido ao longo destes anos campanhas de combate às doenças, patrocinando investigações científicas e campanhas de prevenção e promoção da saúde com o objetivo de elevar os padrões mundiais de saúde das populações.

Está mais que comprovado que a prevenção é a melhor forma de combater o flagelo de muitas doenças como por exemplo o Acidente Vascular Cerebral (AVC), que representa uma das principais causas de morte e de incapacidade permanente na população geral.

Todavia, em Portugal nestes último anos, devido às medidas de austeridade que têm sido adotadas, o modelo social que levou décadas a construir tem vindo a degradar-se completamente devido ao desinvestimento crescente dos responsáveis políticos por esta área tão sensível que afeta todos os portugueses.

Infelizmente a Saúde deixou de ser uma prioridade para os responsáveis políticos que consideram mais importante investir milhões de Euros na recuperação de Bancos desastrosamente geridos em vez de salvar vidas ou de minimizar o sofrimento dos pacientes.

Deixou de se investir na profilaxia das doenças, na dotação institucional de profissionais de saúde, na manutenção das Unidades de Saúde (Hospitais e Unidades de Saúde Familiares, na criação de Lares para a institucionalização das pessoas Seniores (cuja carência de locais de alojamento para idosos é cada vez mais escassa, grande parte delas não reúne condições económicas para integrarem Instituições particulares), nas Unidades de Cuidados Continuados, na Investigação Clinica, na comparticipação de medicamentos de marca, cuja patente é reconhecida como a mais indicada e mais segura nalguns casos, coartando assim a liberdade do doente na opção terapêutica.

Assistimos a uma restrição cada vez maior do acesso aos fármacos porque as farmácias deixaram de ter disponíveis muitos medicamentos.

Exportamos medicamentos, e deixamos os nossos doentes privados de terapêuticas indispensáveis porque não conseguimos ter sustentabilidade económica para manter os stokes nos Hospitais e nas Farmácias.

Racionamos Vacinas, não cumprimos o Plano Nacional de Vacinação, gastamos mais para tratar do que para prevenir.

A dívida na saúde tal como a dívida pública cresce de forma assustadora deixando vazios os pilares de segurança e de defesa da cidadania.

Em suma, não conseguiremos sobreviver mito mais tempo se não invertermos a muito, muito curto prazo os poderes de decisão para a Coesão Social.

(*) Médica



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:39
link do post | comentar | favorito

Tomar atenta às alterações climáticas no Mês da Proteção Civil

Tomar atenta às alterações climáticas no Mês da Proteção Civil

 

O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, vai estar em Tomar na próxima terça-feira, dia 12 de Março, para participar no IV Encontro Municipal de Proteção Civil que terá como tema as alterações climáticas.

A iniciativa, integrada no Mês da Proteção Civil, terá lugar na Biblioteca Municipal, com a presidente da Câmara, Anabela Freitas, a fazer a abertura às 9h30, seguindo-se a apresentação da estratégia municipal de adaptação às alterações climáticas, por parte de Cátia Pouseiro, técnica da autarquia. Do programa consta ainda a criação do conselho local de acompanhamento desta estratégia e uma intervenção do secretário de Estado.

A partir das 11h30, a segunda parte do Encontro contará com intervenções de dois especialistas na matéria: Pedro Matos Soares, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, fará uma apresentação de alterações climáticas e Mário Silvestre, do CDOS de Santarém da Autoridade Nacional de Proteção Civil, abordará respostas a dar às mesmas.

Uma semana depois, a 19, a Biblioteca recebe nova iniciativa no âmbito deste Mês, o seminário “O(s) Risco(s)”, com abertura pela presidente da Câmara às 10 horas, e que conta com intervenções de Paulo Gil Martins (Instituto Superior de Educação e Ciências) sobre “Conceito de risco/perigo”, da ANPC acerca do “Sistema nacional de monitorização e comunicação de risco, de alerta especial e de aviso à população”, de Duarte Caldeira (presidente do Centro Estudos e Intervenção em Proteção Civil) a propósito da “Informação do(s) comportamento(s) a seguir pela população em situação de risco(s)” e de Tiago Lopes (comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa) sobre “Risco(s) em eventos com elevada concentração de pessoas”.

Integrados no Mês da Proteção Civil, haverá ainda exercícios de treino de "Oficial de Segurança Local" do Programa Aldeia Segura, Pessoas Seguras, nas Juntas de Freguesia prioritárias: Além da Ribeira e Pedreira, Asseiceira, Carregueiros, Olalhas, Sabacheira, S. Pedro, Serra e Junceira, nos dias 20, 21 e 22 de Março.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:38
link do post | comentar | favorito

Corte de trânsito no Largo da República, em Aveiras de Cima

Corte de trânsito no Largo da República, em Aveiras de Cima

Entre os dias 11 e 22 de março de 2019

 

O Município de Azambuja informa que irá proceder à demolição de algumas casas no Largo da República e na Travessa da Cazadinha, em Aveiras de Cima. A realização desses trabalhos exige o corte do trânsito automóvel no Largo da República, no centro desta vila. As alternativas estarão devidamente assinaladas, mantendo-se a circulação habitual nas artérias envolventes ao largo.

A intervenção tem início no dia 11 de março (2ªfeira) e prevê-se uma duração de dez dias úteis, pretendendo-se que esteja concluída no dia 22 de março de 2019 (6ªfeira). As casas a demolir fazem parte do conjunto de imóveis adquiridos pela Câmara Municipal no final do ano passado, onde se inclui o edifício do antigo Cine-Aveiras, que será reabilitado.

O Município de Azambuja apela ao cumprimento da sinalização colocada e agradece a toda a população a compreensão para esta intervenção que será, certamente, mais um contributo para o reordenamento urbano do núcleo central de Aveiras de Cima.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:36
link do post | comentar | favorito

Festival do Cogumelo da Parreira

Festival do Cogumelo Parreira 2019_2.JPG

 

Festival do Cogumelo da Parreira

Três edições sempre a crescer e com muitas novidades

 

A terceira edição do Festival do Cogumelo da Parreira decorreu entre os dias 1 e 3 de março e foi um sucesso, com muitas novidades e motivos de interesse para os muitos visitantes que passaram pelo certame.

 

Desde logo, destaque para as presenças de dois chefs de cozinha de renome: Chef Chakall, que esteve no sábado à tarde e cozinhou três receitas com cogumelos, contagiando o público com sua boa disposição; e Chef Marco Costa, que deliciou os visitantes com o seu bolo de chocolate e cogumelo.

Ao nível da área de exposição do festival, há a destacar duas novidades na edição de 2019: a criação do espaço Petiscomelo, onde a população da Parreira foi desafiada a confecionar alguns petiscos à base de cogumelo; e ainda o Infomelo, a zona central da exposição de cogumelos, onde estiveram representados os produtores, reunidos numa espécie de mercado à moda antiga, onde se pôde comprar cogumelos e saber mais sobre cada produto, graças ao dinamismo e ao conhecimento da micóloga, Marta Ferreira, a “guru dos cogumelos”.

 

Durante os três dias do certame, milhares de pessoas passaram pelo festival e puderem provar muitos pratos confecionados com cogumelos. Houve também muita animação musical, com destaque para a atuação de Rouxinol Faduncho (Marco Horácio) e do Dj Wilson Honrado que lotaram por completo o recinto na noite de sábado.

 

Na inauguração do festival, Paulo Queimado, Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, destacou que, apesar do evento ter ainda uma curta história de três anos, tem sido uma iniciativa bem-sucedida. “Fez todo o sentido para o Município apoiar o desafio lançado pela União de Freguesias para a organização do festival, até porque identificámos que existiam vários produtores de cogumelos na Parreira e uma longa e antiga tradição na recolha e apanha de cogumelos silvestres nesta freguesia”, salientou o autarca, recordando que, na Parreira e localidades vizinhas, “o cogumelo foi o sustento de muitas famílias durante largas dezenas de anos”. “Este festival é a promoção do que de melhor se faz no concelho, mas também é uma forma de cativar outros produtores que vêm até à Parreira para participarem no festival e darem a conhecer a sua atividade económica", sublinhou ainda o Presidente da Câmara da Chamusca.

 

Bruno Oliveira, presidente da União de Freguesias de Parreira e Chouto, destacou o sucesso no envolvimento da população e das associações na realização do Festival. “O festival está a ser cada vez mais marcante para a nossa freguesia e temos conseguido trazer cada vez mais pessoas à Parreira", frisou o autarca, agradecendo de forma especial o envolvimento dos seniores da freguesia que, através da Academia Sénior, têm feito um trabalho fenomenal na decoração do evento. No total dos três anos, fizeram mais de três centenas de cogumelos à mão. As duas autarquias, em conjunto, têm procurado modernizar o evento, tanto ao nível das condições logísticas como das áreas de exposição e lazer.

 

Operação Floresta Segura 2019 arranca na Chamusca no dia 8 de março

 

A cerimónia de formatura geral do início de trabalhos da Operação “Floresta Segura” vai ter lugar, no Município da Chamusca, no dia 8 de março, pelas 09h00, no Largo 25 de Abril junto aos Paços do Concelho.

 

A formatura é organizada pelo Comando Territorial da GNR de Santarém, em coordenação com a Unidade de Intervenção, através do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR. Marca o arranque dos trabalhos destes profissionais no concelho da Chamusca, que vão atuar na sensibilização da população para a necessidade de limpeza dos terrenos e dos comportamentos relativos ao uso do fogo, bem como da georreferenciação dos terrenos que careçam de gestão de combustíveis.

 

Neste dia, a GNR trará à Chamusca o Posto Móvel da Unidade de Intervenção, que estará devidamente guarnecido e será parqueado no Largo para esclarecimento à população sobre a questão da limpeza de terrenos e uso do fogo para controlo do combustível florestal (queimas e queimadas).

 

Recorde-se que o Município, através do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal, está a realizar sessões de esclarecimento e de informação sobre limpeza de terrenos, queimas e queimadas, nas várias freguesias do concelho, entre 6 e 8 de março.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:33
link do post | comentar | favorito

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA PÁSCOA DESPORTIVA E CULTURAL

image006.jpg

 

As inscrições para o programa de ocupação de tempos livres para crianças e jovens, que a Câmara Municipal organiza durante a Páscoa, vão decorrer de 27 de março a 1 de abril.

 

 

Aproveitar as férias da Páscoa para viver experiências muito divertidas, aprender, brincar e fazer novas amizades, é o que promete o programa que a Câmara Municipal do Cartaxo oferece durante as férias escolares – é a Pascoa Desportiva e Cultural de 2019.

 

De 8 a 18 de abril, cem crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos, podem participar numa viagem cultural que será uma enorme diversão, correr à velocidade máxima na pista de atletismo, dar saltos para a areia até se cansarem, mergulhar nas piscinas e nadar ao lado dos amiguinhos, ficar especialista em notas musicais e formar uma mini orquestra ou fazer ser estrelas de teatrinho.

 

Para não perder o lugar nesta aventura, basta marcar na agenda lá de casa que as inscrições estão abertas de 27 de março a 1 de abril no site do município na internet (www.cm-cartaxo.pt) e presencialmente na Casa Municipal da Juventude.

 

Informações e inscrições

Casa Municipal da Juventude

Av. 25 de abril – Complexo Cultural e Desportivo da Quinta das Pratas

Telefone (+351) 243 401 250

Horário – das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:32
link do post | comentar | favorito

CARNAVAL DE SAMORA SAI À RUA DOMINGO, 12 DE MARÇO, COM MILHARES DE FOLIÕES

 

 

 

Milhares de foliões prometem vingar no domingo, 10 de março, a partida pregad a por São Pedro que não permitiu a saída do corso carnavalesco na terça-feira em Samora Correia devido à chuva e vento forte. 

Domingo, 10 de março, às 15h00 prevê-se uma tarde de sol com uma tempratura de 19 graus, vento moderado a desafiar mais de meio milhar de figurantes que irão intregrar o corso com 12 carros alegóricos. 

Ninguém paga para assistir ao corso e a organização reserva centenas de lugares para estacionamento gratuito em vários pontos da cidade. 

A ARCAS sugere que os forasteiros cheguem cedo à cidade, almoçem num dos restaurantes da freguesia e "disfrutem de um excelente dia em Samora Correia". As ementas integram as célebres enguias fritas ou de ensopado, o famoso Cozido de Carnes Bravas e os vários pratos de arroz carolino produzido na leziria ribatejana. 

Os convidados de honra do corso serão os jornalistas  da TVI Susana Pinto e José Manuel Santos que protagonizam a rubrica " A Minha é Melhor que a Tua" em horário nobre. Os jornalistas aficionados da Festa Brava irão desfilar num carro alusivo ao Ribatejo com campinos, forcados e touros. 

A Escola de Samba Unidos da AREPA promete colocar os olhos em bico com corpos esculturais e coreografias alusivas ao mundo oriental e aos encantos asiáticos. 

Num carro cheio de cor, apresentam-se duas majestades de Samora Correia: os reis do Carnaval Graça Cardoso e Paulo Faria que viram o seu reinado prolongado após uma cunha junto de São Pedro.

Desta vez, a organização prevê que o calor convide os corpos a despirem-se de preconceitos com gente de todas as idades a mostrar quase tudo sem complexos. Manuel Parracho quase nu, cumpre a tradição, e com a sua família de foliões apresenta uma sátira à greve cirúrgica dos enfermeiros. 

Outros voos são prometidos pelos Galhofas Air Lines com a crítica à indecisão quando à localização do novo aeroporto. O grupo foliões promove o vinho e a vindima e concorre com o grupo que se apreseta com uma grade de minis gigante com corpos engarrafados.

A organização espera uma forte presença de foliões dado que Samora vai ter o único Carnaval da região fora de prazo e  quem esteve noutros corsos vai rumar agora à cidade ribatejana.

 




O Carnaval de Samora , que se intitula o maior do Ribatejo,termina com o tradicional enterro do Santo Entrudo a partir das 21h00 deste "domingo de cinzas" improvisado nas ruas da cidade culminando com a queima do Santo padroeiro do Entrudo no Largo do Calvário. A festa  é organizada pela Associação ARCAS com o apoio das autarquias e do comércio local.




publicado por Noticias do Ribatejo às 23:31
link do post | comentar | favorito

FUGA ROSA
Page 1

celia recatia 1.jpeg

 

“Fuga Rosa”, em Coruche, na madrugada de sábado, dia 9 de Março, entre
as 2 e as 4 da manhã, na Ribeira da Fanica, na Freguesia do Couço.
Entre as doze participantes no percurso que liga Chaves a Faro, destaca-se
a Coruchense Célia Recatia, que também ela abraça a causa pela
visibilidade no ciclismo feminino em Portugal.
Fuga Rosa é um desafio inédito que consiste na travessia da mítica Estrada
Nacional 2, que liga Chaves a Faro, em modo “estafeta” e em autonomia
total onde, pela primeira vez grupos de mulheres irão desafiar a sua
capacidade física, demonstrando o seu espírito de união, entre-ajuda e
resiliência para atravessar Portugal lés-a-lés, num total de 738 km, NON-
STOP

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:30
link do post | comentar | favorito

Dia Internacional da Mulher no Município do Entroncamento

Dia Mulher_banner.jpg

 

 

O Dia Internacional da Mulher é celebrado no dia 8 de março em muitos países do mundo. É um dia onde as mulheres são celebradas, independentemente da sua nacionalidade, etnia, cultura, tendências políticas ou contexto socioeconómico.

Foi em 1975, que a ONU oficializou o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. Esta data tem como objetivo não só a defesa dos direitos das mulheres, mas também a igualdade de género, temas que têm vindo a assumir um papel de destaque nestes últimos anos.

A Câmara Municipal do Entroncamento assinala esta data como forma de reconhecer a importância e o contributo que as mulheres têm na sociedade e neste dia comemorativo presenteia as colaboradoras do município, que contribuem no seu dia a dia para uma cidade melhor, com uma lembrança.

 

 

Portugal empata com a Finlândia no Entroncamento

Seleção Nacional Sub-17 Feminina

Decorreu no dia 7 de março, no Complexo Desportivo do Bonito no Entroncamento, o jogo de preparação, da seleção Nacional sub-17 Feminina.

O jogo Portugal vs Finlândia, que terminou empatado a uma bola, foi organizado pela Federação Portuguesa de Futebol e pela Associação de Futebol de Santarém, contou com o apoio do Município do Entroncamento

 

 

Atividades de promoção do livro e de hábitos de leitura para crianças, jovens e adultos

 

Município do Entroncamento implementa Plano Local de Leitura

 

 

O Município do Entroncamento assinou no passado dia 6 de março o Acordo de Parceria com o Plano Nacional de Leitura 2027, com o objetivo de promover hábitos de leitura em crianças, jovens e adultos, através de várias atividades integradas no Plano Local de Leitura.

 

Março é o mês do Livro e da Leitura e marca assim o arranque deste Plano Local, que terá por base as linhas estratégicas do PNL e que se pretende ambicioso envolvendo as famílias, escolas, associações e entidades públicas e privadas do concelho.

 

O Plano Nacional de Leitura lançou o repto a uma dezena de autarquias, entre as quais o Entroncamento, uma vez que reuniam um conjunto de condições e características para iniciar este trabalho conjunto, nomeadamente os planos de leitura em desenvolvimento e a experiência na promoção da leitura, do trabalho com escolas, bibliotecas e outros agentes educativos e culturais.

 

A vereadora Tília Nunes refere que “O Plano Local de Leitura implementará várias ações no âmbito da formação, conferências, concursos e projetos com impacto nas práticas de leitura da comunidade em geral, reforçando desta forma o compromisso e a responsabilidade do Município na promoção da literacia.”

 

Um dos projetos que se encontra em desenvolvimento é a descentralização da Biblioteca Municipal, com “Os livros viajam pela cidade”, que tem o objetivo de aproximar os livros das pessoas, permitindo a leitura ou a requisição em outros serviços do Município, no momento já é possível fazê-lo no Posto de Turismo e a curto prazo haverá novas viagens.

 

No âmbito do mês da leitura estão agendadas várias atividades dirigidas aos alunos do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento:

 

- 11 de março | Teatro "Pássaro de Alma" | alunos dos 3º e 4º anos;


- 14 de março | Encontro dos alunos dos 7º, 8º e 9º anos com a escritora Joana Bértholo;

- 14 de março | Teatro “Para ti, Sophia” | alunos dos 5º e 6º anos;

- 15 de março | Teatro “20Dizer” | alunos do ensino secundário (10º, 11º e 12º anos).

 

Dia de Luto Nacional pelas Vitimas de Violência Doméstica

O Conselho de Ministros decretou o dia 7 de março de 2019 como o Dia de Luto Nacional pelas vítimas de violência doméstica.

 

O Dia de Luto Nacional pelas vítimas de violência doméstica, proposto ao Conselho de Ministros pela ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva, aprovado pelo Governo e promulgado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, surge com o objetivo de criar uma maior consciencialização na sociedade portuguesa para este flagelo.

 

O Município do Entroncamento irá associar-se a este dia colocando a bandeira a meia haste.

 

Decreto Lei nº 8/2019, de 6 de março

 

 

 Município do Entroncamento e Liga dos Combatentes assinaram protocolo de cedência de terreno para construção de Equipamento Social

 

Foi hoje, dia 6 de março, assinado o Protocolo de Cedência de Terreno para construção de equipamentos sociais e de saúde da Liga dos Combatentes, entre o Município do Entroncamento e a Liga dos Combatentes, respetivamente representados por Jorge Faria, Presidente da Câmara Municipal e pelo Tenente-General Joaquim Chito Rodrigues, Presidente da Liga dos Combatentes.

 

Com este protocolo, o Município do Entroncamento cede parte do terreno do antigo Campo Municipal de Futebol, em direito de superfície, que servirá para a construção de um equipamento de natureza social para os seus associados, mais concretamente um Centro de Dia, uma estrutura residencial para pessoas idosas, uma creche e uma Unidade de Cuidados Continuados.

 

O Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, afirma que “este é um dia histórico para o Entroncamento, pela assinatura deste Protocolo que orgulha a cidade. Associamo-nos a este projeto com orgulho, uma forma de retribuir a todos que serviram o nosso país”.

 

Jorge Faria acrescenta ainda que “a curto prazo serão publicados sistemas de apoio com enquadramento para este projeto. Esta zona da cidade vai ser intervencionada no âmbito do PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano e espera-se que no final da obra todo o local se encontre regenerado.”

 

O Tenente-General, Joaquim Chito Rodrigues, agradeceu ao Município do Entroncamento o empenho para que este projeto seja uma realidade e afirmou que “hoje é um dia de esperança para os combatentes, um dia memorável para o Entroncamento e para a Liga.”

 

Comemoração da Semana da Leitura do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento
11 a 15 de março | Teatro e leitura para os alunos

 

O Município, em conjunto com o Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, irá promover, entre os dias 11 e 15 de março, diversas atividades destinadas aos alunos de vários anos, para comemorar a Semana da Leitura do Agrupamento.

 

No dia 11 de março, decorre no Centro Cultural, o Teatro "Pássaro de Alma", pelo grupo Aqui há Gato, destinado aos alunos dos 3º e 4º anos.


No dia 14 de março decorre um encontro dos alunos dos 7º, 8º e 9º anos com a escritora Joana Bértholo, no Centro Cultural.


No mesmo dia, os alunos dos 5º e 6º anos assistem ao teatro "Para ti, Sophia", apresentado pelo grupo de teatro ACERT, no Centro Cultural.


No dia 15 de março, decorrem duas sessões, dirigidas a alunos do ensino secundário (10º, 11º e 12º anos), do teatro "20Dizer", pelo grupo de teatro ACERT, no Centro Cultural.


Estas atividades são cofinanciado através do Portugal 2020, no programa de promoção do sucesso escolar, com o apoio da CIMT (Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo).

 

 

MÚSICA E MUITA ANIMAÇÃO NA NOITE CARNAVALESCA DO ENTRONCAMENTO

Realizou-se no dia 4 de março, no Centro Cultural do Entroncamento, mais uma edição da Noite Carnavalesca, um evento que já se torna uma tradição no Entroncamento.

A animação musical esteve a cargo do grupo Fun2 Rock, que mais uma vez, alegrou os foliões que se juntaram a esta noite de festa e foram muitos os que aderiram com a suas fantasias de carnaval e muita animação.

Realizou-se um desfile de carnaval que contou com a participação de 61 foliões, inscritos nos escalões de adultos e crianças. Os premiados da Noite Carnavalesca 2019 foram:  na Categoria Adultos: 3º Prémio: “História do Capuchinho Vermelho”, 2º Prémio: “Hippie” e o 1º Prémio: “Matrafona”; na Categoria Crianças o 3º lugar foi para “Cowboy”, 2º lugar para “Unicórnio” e 1º lugar para “Mulher Maravilha”.

A entrega dos prémios foi feita pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal, Carlos Amaro, pela Vereadora, Tília Nunes e pelo Presidente da Assembleia de Freguesia de São João Baptista, António Filipe.

A alegria e a folia animaram a noite de carnaval no âmbito da aposta do município na dinamização e vida no centro da cidade.

A Associação Juvenil Factor J apoiou o evento com um bar, ajudando assim na animação da Noite Carnavalesca 2019.



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:23
link do post | comentar | favorito

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

09 mar. RTT canal (1).png

 

sexta-feira:

 

Esta sexta-feira, dia 8 de março, às 10h00, o Teatro Sá da Bandeira recebe o Espetáculo de Teatro “Sítio”, pela Companhia da Chanca. Esta sessão tem como público alvo as Escolas e Instituições.

 

“Sítio é um espetáculo de teatro físico, sem texto, que conta a história de um casal de idosos que vive numa aldeia no interior de Portugal e recebe um postal anunciando o nascimento do seu neto. Os dois decidem juntar numa encomenda algumas prendas para enviar para o neto, que está no estrangeiro, e partem numa longa caminhada. Com o embrulho debaixo do braço e uma doce fúria de viver, o casal vai viver uma série de pequenas e ternas aventuras, partilhar memórias e até apagar um incêndio. No final da epopeia, conseguem chegar… à estação de correios da vila mais próxima!

Sítio apresenta-se como um espelho da vida de alguns no interior desertificado, envelhecido e isolado.

É uma forma de poema-espetáculo que convida idosos, crianças, jovens e população ativa a refletir sobre o problema da desertificação humana.

A Companhia da Chanca tem um trabalho de fundo em projetos na comunidade, com a comunidade e para a comunidade, abordando temáticas como o abandono de ambientes rurais e da desertificação das áreas interiores do país”.

Valor do bilhete reverte a favor de uma instituição local de apoio à comunidade

(Duração) 50’ (Classificação) M/6 (Preço) 5 (descontos sessão escolar: 2 escolas e isenção escalões)

Horários e locais: 08 mar. - 10h00 (Escolas/Instituições) | Teatro Sá da Bandeira

 

 

Às 15h00 tem início o Portugal Hand Pan Festival - o primeiro Festival de Handpan do continente, com receção e abertura da Exposição e Mercado das Artes, no Piso 0 da Casa do Campino, que conta com a participação de artistas nacionais e internacionais. Esta iniciativa, organizado pela AMA – Associação Movimento Aberto, conta com o apoio da Câmara de Santarém, decorre até domingo, dia 10 de março, na Casa do Campino.

O Festival conta com a participação de Kabeção, Baltazar Molina, Meru, Khayalan, Rodrik, Mayuko, Moksha, Duarte Salgado e Daniel Reis. Estes são alguns dos nomes que trazem à capital ribatejana os sons deste instrumento mágico, espacial e especial.

Às 21h00 tem lugar um Concerto com Mayuko (Piso 1 da Casa do Campino). Pelas  22h30, há Concerto com Duarte Salgado (Piso 1) e às 24h00, Concerto com Meru (Piso 1).

Para mais informações, consulte: www.portugalhandpanfestival.com.

 

sábado:

 

 

Este sábado, dia 9 de março, às 09h30 tem início o RTT - Reabilitar Troço a Troço, no Largo da Liberdade – Canal –freguesia da Abrã, organizado peloMunicípio de Santarém, em parceria com a Junta de Freguesia da Abrã. Esta iniciativa que integra o Projeto Municipal Reabilitar Troço a Troço realiza esta ação de reabilitação na Ribeira do Canal, afluente do rio Centeio, junto ao Largo da Liberdade (coordenadas GPS: 39.430351, -8.755599).

Este projeto tem o objetivo primordial de sensibilizar e envolver os proprietários dos terrenos confinantes com linhas de água na perspetiva de troço a troço, restabelecer a conetividade dos cursos de água. Sendo este um projeto de capacitação para a inovação na gestão sustentável da água, aliado à dinâmica criada de sustentabilidade local, posiciona o Município de Santarém como pioneiro e visionário em estratégias públicas inovadoras na proteção, conservação e melhoria da qualidade das massas de água.

 

A partir das 09h30 prossegue, na Casa do Campino, o Portugal Handpan Festival, com Concerto Meditativo com Kior (Piso 1). Às 11h00 há Workshop de Técnicas Orientais adaptadas ao Handpan por Baltazar Molina  (Piso 1), às 15h00, Workshop Handpan e Rav na Musicoterapia – Bruno Teixeira (Piso 1) e Workshop Educação para a Sustentabilidade - Rui Vasques (AMA). Pelas 17h00 há Concerto Meditativo – Bruno Teixeira (Piso 1) e às 21h00, Concerto com Kabeção (Piso 1). Às 22h30 há Concerto com Baltazar Molina (Piso 1) e às 24h00 Concerto com Khayalan (Piso 1).

A partir das 11h00, a AMA – Associação Movimento Aberto (Campo Infante da Câmara), também recebe atividades do Portugal Handpan Festival, com Aula de Yoga com Margarida Louro e às 18h00 há Roda de canto com Marina Santos. Para mais informações, consulte: www.portugalhandpanfestival.com.

 

Às 20h00, o Espetáculo de Teatro “Sítio”, pela Companhia da Chanca apresenta-se à Comunidade de Alcanede, na Associação Recreativa e Cultural de Alcanede.

Sítio é um espetáculo de teatro físico, sem texto, que conta a história de um casal de idosos que vive numa aldeia no interior de Portugal e recebe um postal anunciando o nascimento do seu neto. Os dois decidem juntar numa encomenda algumas prendas para enviar para o neto, que está no estrangeiro, e partem numa longa caminhada. Com o embrulho debaixo do braço e uma doce fúria de viver, o casal vai viver uma série de pequenas e ternas aventuras, partilhar memórias e até apagar um incêndio. No final da epopeia, conseguem chegar… à estação de correios da vila mais próxima!

Sítio apresenta-se como um espelho da vida de alguns no interior desertificado, envelhecido e isolado.

É uma forma de poema-espetáculo que convida idosos, crianças, jovens e população ativa a refletir sobre o problema da desertificação humana.

A Companhia da Chanca tem um trabalho de fundo em projetos na comunidade, com a comunidade e para a comunidade, abordando temáticas como o abandono de ambientes rurais e da desertificação das áreas interiores do país.

Valor do bilhete reverte a favor de uma instituição local de apoio à comunidade

(Duração) 50’ (Classificação) M/6 (Preço) 5€ (descontos sessão escolar: 2€ escolas e isenção escalões)

 

domingo:

 

 

Este domingo, dia 10 de março, às 09hh0 têm início os Treinos para o Campeonato Nacional de Motocross e às 13h30 as Corridas, numa organização do Moçarria Aventura Clube, que organiza a abertura do Campeonato Nacional de Motocross, este ano por terras ribatejanas, num dos mais espetaculares traçados do campeonato, a pista da Carneira, com os seus 1.500 metros de perímetro.

 

Neste primeiro evento do ano, vão estar em pista os pilotos das classes Elite, MX1 e MX2, aos quais se juntam os pilotos da MX2 Júnior, MX2T e os Iniciados.

Pela 17ª vez, a localidade ribatejana da Moçarria recebe uma ronda elegível para o Nacional de Motocross e dá a conhecer o novo formato de corridas que pretende não apenas tornar a participação nas mesmas mais aliciante para os pilotos e equipas, mas também levar ao público mais oportunidades de ver os pilotos em pista.

 

A partir das 09h30, prossegue na AMA – Associação Movimento Aberto, o Portugal Handpan Festival, com Yoga com Som - Planeta Azul. Às 11h00 tem lugar o Workshop Iniciação ao Handpan com Rodrik e às 15h00, Workshop de Didgeridoo com João Jardim.

A partir das 11h00, o Portugal Handpan Festival prossegue na Casa do Campino, com   Workshop Técnicas avançadas no Handpan - Kabeção (Piso 1) e às 15h00 com Workshop de dança Intergaláctica com handpan – Yemadas Duo (Piso 0). Pelas 17h00 há Concerto com Yemadas Duo (Piso 1) e pelas 18h00,  Sorteio de 2 Handpans (Piso 1). Às 18h30 há Concerto com Moksha Sound Journeys (Piso 1) e às 21h30, Concerto com Daniel Reis (Piso 0). Pelas 22h30 há Concerto com Lewaj (Piso 0) e a partir das 23h30 há Jam Session. O Portugal Handpan Festival encerra às 00h30.

Para mais informações, consulte: www.portugalhandpanfestival.com.

 

 

Às 16h30, o Espetáculo de Teatro “Sítio”, pela Companhia da Chanca, apresenta-se à Comunidade de Pernes, na Sociedade Musical União Pernense – Música Nova, em Pernes.

Sítio é um espetáculo de teatro físico, sem texto, que conta a história de um casal de idosos que vive numa aldeia no interior de Portugal e recebe um postal anunciando o nascimento do seu neto. Os dois decidem juntar numa encomenda algumas prendas para enviar para o neto, que está no estrangeiro, e partem numa longa caminhada. Com o embrulho debaixo do braço e uma doce fúria de viver, o casal vai viver uma série de pequenas e ternas aventuras, partilhar memórias e até apagar um incêndio. No final da epopeia, conseguem chegar… à estação de correios da vila mais próxima!

Sítio apresenta-se como um espelho da vida de alguns no interior desertificado, envelhecido e isolado.

É uma forma de poema-espetáculo que convida idosos, crianças, jovens e população ativa a refletir sobre o problema da desertificação humana.

A Companhia da Chanca tem um trabalho de fundo em projetos na comunidade, com a comunidade e para a comunidade, abordando temáticas como o abandono de ambientes rurais e da desertificação das áreas interiores do país.

Valor do bilhete reverte a favor de uma instituição local de apoio à comunidade

(Duração) 50’ (Classificação) M/6 (Preço) 5€ (descontos sessão escolar: 2€ escolas e isenção escalões)

 

A decorrer:

 

 

Até dia 23 de março, visite a Exposição de “Água, Terra, Ar” – “O Passado, o Presente e o Futuro em Santarém”, no Palácio Landal, por André Sier, Boris Chimp 504, Sonoscopia. Esta exposição que conta com 3 projetos de arte digital e sonora, integra ainda, de forma ativa e passiva, fotografias de autoria de José Freitas, que fez um trabalho de levantamento de imagens dos reservatórios da cidade de Santarém. Esta Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, e ao sábado, das 10h00 às 13h00. Entrada gratuita.

Novos Media / Artes Digitais

Água, Terra, Ar, André Sier, Boris Chimp 504, Sonoscopia

 

O Passado, o Presente e o Futuro em Santarém

A importância da água no passado; Pensar o presente: O Labor da Terra. O respeito pelo trabalho na terra, o homem na eterna relação com a natureza; Pensar o futuro: o espaço enquanto metáfora para Santarém que sai de si mesma, em busca do futuro. Para dar corpo a estes temas, o Palácio Landal é ocupado por 3 projetos de arte digital e sonora, com peças que gerarão interação direta do público, tornando-o parte da instalação – enquanto performers, ou como membros da comunidade que experiencia um objeto estético, ou que é capaz de gerar pensamento e reflexão sobre as temáticas, construindo um Santarém do futuro.

Serão também André Sier trabalha artisticamente com código e meios interativos nos estúdios s373.net/x, onde combina videojogos, instalações, pintura, escultura, música, matemáticas e computação em objetos e experiências de artes eletrónicas, fundindo mitologia, interfaces, contínuums espácio-temporais generativos.

O Boris Chimp 504 é uma performance audiovisual em tempo real que enfatiza a síntese de áudio e as linguagens gráficas numa estética futurista de ficção científica. É um sistema interativo / reativo em tempo real entre o áudio e a imagem, entre o homem e a máquina.

A Sonoscopia é uma associação para a criação, produção e promoção de projetos artísticos e educacionais centrada nas áreas da música experimental, na pesquisa sonora e nos seus cruzamentos interdisciplinares com a literatura, dança, teatro e artes visuais.

(Classificação) para todos/as

 

Até dia 29 de março, visite a Mostra Bibliográfica de “Anselmo Braamcamp Freire - 170º aniversário Natalício”, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire.

A Biblioteca Municipal de Santarém relembra e homenageia o seu “patrono” Anselmo Braamcamp Freire pelo seu 170º aniversário Natalício. Nascido em 01 de fevereiro de 1849, Braamcamp Freire legou à cidade de Santarém, conforme testamento datado de 31 agosto de 1921, um valioso e vasto património que incluiu a sua valiosa biblioteca e o próprio palácio onde hoje se encontra instalada a Biblioteca Municipal de Santarém.

Figura de elevada e rara cultura, foi para além de genealogista, historiador e figura política de renome, um escritor que nos deixou uma vasta e diversificada coleção de obras editadas. Destacamos tão benemérita figura e comemoramos este seu Aniversario Natalício com uma exposição bibliográfica patente ao público durante os meses de fevereiro-março.

 

Até dia 8 de abril, visite a Exposição Ornaverunt Lampades: A Arte Cristã na Herança de Luiza Andaluz”, no Museu Diocesano de Santarém.

Até dia 8 de abril de 2019, a exposição “Ornaverunt Lampades: A Arte Cristã na Herança de Luiza Andaluz” pode ser visitada no Museu Diocesano de Santarém.

Uma iniciativa do Museu Diocesano de Santarém, da Comissão Diocesana para os Bens Culturais da Igreja de Santarém em parceria com a Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, com o apoio do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja e do Museu Nacional de Arte Antiga, que pretende dar a conhecer Luiza Andaluz, figura marcante no contexto social de Santarém desde finais do século XIX, dedicada aos mais desfavorecidos, sobretudo no âmbito educacional e de apostolado, o seu legado mantém-se vivo através da Congregação que fundou e que ainda hoje desempenha papel ativo em inúmeras comunidades em Portugal e no Mundo.

Da atividade por si desenvolvida e continuada pela Congregação, foi reunido um conjunto patrimonial que merece investigação aprofundada, bem como outro que direta ou indiretamente se encontra associado às suas causas, numa linha cronológica que se estende do século XVI ao presente, onde se destaca um belíssimo relicário de Santa Teresa de Ávila pertencente às coleções do Museu Nacional de Arte Antiga, bem como um conjunto notável de pintura e escultura hoje património da Congregação.

No âmbito desta exposição são organizadas visitas orientadas nos dias 09 fevereiro, 09 de março e 07 de abril, às 15h00 (outras datas através de marcação prévia). Após a visita à exposição no Museu Diocesano de Santarém, o grupo tem oportunidade de seguir até à Casa Madre Andaluz para uma visita à Exposição itinerante “DESCOBRIR LUIZA”.

Inscrições limitadas (25 participantes), através de: telefone 234 304 065 | e-mail geral@museudiocesanodesantarem.pt | presencialmente na receção do Museu.

(Preço) 2€

Horários: segunda a sexta-feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 (encerra 3ª feira), | sábados e feriados civis das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 | domingos e Dias Santos das 14h00 às 18h00

 

Até dia 31 de maio, decorrem as comemorações dos 175 anos da Escola Secundária de Sá da Bandeira com diversas atividades: exposições, encontros, visitas e palestras.

Até 28 de fevereiro - “Galileu Galilei e os seus aparatos científicos”

Mostra de instrumentos que fazem parte do acervo da Escola Sá da Bandeira e que estão associados a Galileu Galilei, o pai da Ciência Moderna.

Local: Átrio norte, 1º andar, lado ímpar, Escola Secundária Sá da Bandeira

 

Até dia 19 de março, visite a Exposição “Sá da Bandeira – Filho da Vila. Pai da Cidade”, na Casa do Brasil. A Exposição pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

No ano em que se comemoram 150 anos da elevação de Santarém a cidade, a Casa do Brasil apresenta a exposição sobre a figura de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo (1795-1876), 1.º Marquês de Sá da Bandeira, um dos responsáveis pelo novo estatuto jurídico da urbe.

A iniciativa, que conta com a colaboração da Academia Militar, além do apoio da família de Sá da Bandeira, pretende abordar a figura do Marquês, sob o ponto de vista do homem, do militar e do estadista, mas também do antiesclavagista, um dos aspetos porventura menos conhecidos deste multifacetado Scalabitano.

A exposição apresenta objetos pessoais, bibliografia diversa, artes plásticas (pintura, escultura e gravura), fotografia e numismática. Conta também com uma vertente multimédia, com a exibição de apresentações e filmes ligados ao contexto histórico e à vida e obra de Sá da Bandeira.

 

Até dia 30 de março, visite a Exposição «Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’», na Biblioteca Municipal Anselmo Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 02 de janeiro a 30 de março está em destaque trimestral uma obra da autoria de Júlio Pomar: “Burlesco”, Serigrafia a preto e branco s/ papel, datada de 1984.

 

Até dia 5 de abril, integrado nas Comemorações dos 175 anos da Escola Secundária de Sá da Bandeira – Ciclo das Ciências, há exposições e jogos didáticos:até dia 31 de janeiro - Exposição “António Gedeão / Rómulo de Carvalho”

Esta mostra inclui livros, fotos e outros objetos que fazem parte do acervo da Escola Sá da Bandeira e que estão associados a Rómulo de Carvalho, enquanto professor de Física. Este também foi poeta, sob o pseudónimo de António Gedeão.

Local: Átrio norte, 1º andar, lado ímpar, Escola Secundária Sá da Bandeira

 

Até dia 5 de abril, visite a Exposição “Meio Aquático: que futuro?”, no Museu de Biologia, 1º andar, na Escola Secundária Sá da Bandeira.

Nesta exposição são salientadas espécies existentes no museu da Escola, relacionando-se o habitat, os problemas de poluição e a sustentabilidade.

 

Em permanência:

 

 

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Painel de azulejos que representa um mostruário de relógio com numeração romana e decoração figurativa dos ventos (éolos ou querubins azuis), nos quatro cantos da composição. É emoldurado por cercadura com decoração geometrizante e simétrica a azul, amarelo, verde e manganês e meios óvulos. O espaço interior é preenchido com uma representação do sol com seus raios em branco e amarelo sobre fundo azul, dividindo o círculo em vinte e quatro partes iguais”.

 

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h15 e das 14h00 às 17h15. Contato: tel.- 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scallabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 23:17
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

AQUApaper convida a desco...

Festa da Amizade – Sardin...

ESTÁDIO MUNICIPAL DO CART...

Projetos da Chamusca em d...

Município do Entroncament...

Criarei Apenas o que Não ...

Câmara de Santarém aprova...

Sea, David Fonseca, Tito ...

NERSANT realiza workshop ...

Novo livro condensa “Toma...

Agrocluster Ribatejo most...

Vamos eleger a Rainha das...

Entroncamento recebe o me...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Torres Novas – 4 detidos ...

PERCURSO PEDESTRE DA MATA...

Concerto de Cordis & Vito...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

TEMAS DE SAÚDE: Serviço N...

56ª Feira Nacional de Agr...

Ser presente é uma escolh...

Ministro da Agricultura m...

Colégio de Fátima vence E...

Semana Aberta da Universi...

Secretário de Estado da E...

POLIEMPREENDE ATRIBUI 4.5...

Projeto AgriEmpreende rec...

FNA 19 continua a debater...

24 horas a pedalar em Cor...

Políticos de Palmo e Meio...

arquivos

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds