NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 4 de Dezembro de 2019
Avisan recebeu 20.000 visitantes

12.jpg

 

 

A Avisan - Exposição Nacional de Aves, Animais de Companhia, Equipamentos e Acessórios, certame que se realizou no Centro Nacional de Exposições em Santarém, entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro, recebeu 20.000 visitantes.

 

O evento registou a presença de 90 expositores diretos e reuniu exemplares das mais variadas espécies, entre aves, répteis, animais domésticos, exóticos e recebeu exposições internacionais de cães e gatos.

 

Com a presença de criadores nacionais e internacionais, a Avisan foi um ponto de encontro de milhares de visitantes e contou com uma programação diversificada, atrativa e representativa do sector.

 

Exposições Internacionais de Cães e Gatos           

 

A 26ª Exposição Canina Nacional de Santarém (30 de novembro) e a 20ª Exposição Canina Internacional de Santarém (01 de dezembro) contaram com a participação de 1200 exemplares e as Monográficas Caninas tiveram um saldo positivo com a presença de muitos animais.

 

A 9ª Exposição Internacional de Gatos de Santarém (30 de novembro e 01 de dezembro) também conseguiu um registo assinalável com a presença de 150 exemplares por dia.

 

 

Atividades para todos os gostos

 

De 29 de novembro a 01 de dezembro, os visitantes puderam apreciar diversas iniciativas como Shows mistos de Araras, Aves de Rapina e Répteis, Shows de Araras, a 9ª ExpoAlcac - 4º Concurso / Exposição de Galinhas de Santarém, a 4ª Exposição de Columbicultura/Pombos de Fantasia, a 18ª Exposição Nacional do Gloster, o 13º Show do Periquito Ondulado, o 52º Concurso Nacional de Porquinhos-da-Índia, Experiências a Cavalo ou Demonstração de Meios Cinotécnicos promovidos pela GNR.

 

Mostra Comercial

 

No âmbito da Avisan, uma mostra comercial com tudo o que é necessário para animais de estimação com equipamentos e acessórios, permitiu uma escolha variada para quem quis adquirir este tipo de produtos. Várias empresas apostaram na Avisan com o intuito de estreitar relações com clientes e público em geral divulgando simultaneamente as suas novidades.

 

O Centro Nacional de Exposições promoveu esta iniciativa junto dos profissionais do ramo, mas também para o público em geral tendo em vista a promoção da natureza e a proteção dos habitats naturais.

 

Fotos: Gerardo Filipe Pedro



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:55
link do post | comentar | favorito

Ação "Capacitação para o Turismo Militar: instruções e reforço de capacidades"

image001.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:08
link do post | comentar | favorito

PROGRAMA COMÉRCIO DIGITAL APRESENTADO NO CARTAXO

image003.jpg

 

Amanhã, dia 5 de dezembro, quinta-feira, às 21h00, no Auditório Municipal Quinta da Pratas decorrerá a sessão de apresentação do Comércio Digital.

 

 

O Programa Comércio Digital é uma iniciativa da ACEPI - Associação Economia Digital em parceria com a CCP - Confederação de Comércio e Serviços, financiada pelo Compete 2020, dirigida às micro, pequenas e médias empresas portuguesas do setor do comércio e dos serviços.

 

O objetivo deste programa é capacitar mais de 50 mil empresas para a digitalização dos seus negócios até 2020, através da oferta de vouchers que incluem ferramentas de site, email, domínio e acesso a serviços complementares como publicidade e marketing digital, desenvolvimento de loja online e presença em marketplaces, selos de confiança online, acesso à internet e serviços de telecomunicações, serviços de hosting e cloud, banca digital e pagamentos eletrónicos, logística e distribuição, software de gestão, entre outros.

 

Se ainda não confirmou a sua presença, pode fazê-lo para o email cartaxo@aces.pt ou, ainda, efetuando a inscrição na seguinte ligação: https://www.comerciodigital.pt/pt/roadshow/cartaxo/

 

 

Programa

21h00 – Receção de Convidados

 

21h15 – Sessão de Abertura

ACES

Pedro Ribeiro - Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo

 

21h30

Colocar o negócio das PME do Comércio e Serviços mais próximo do futuro

António Teixeira

Coordenador do Programa Comércio Digital

 

21h45

Porque é importante a presença digital nas empresas de comércio e serviços?

Eduardo Sampaio

Formador Comércio Digital

 

22h00

Pausa para Café́

 

22h30

Como captar novos clientes e aceder a novos mercados com o digital?

Eduardo Sampaio

Formador Comércio Digital

 

23h00

Debate com Patrocinadores

 

23h30

Encerramento

 

 

Colóquio sobre Marcelino Mesquita encerra comemorações do centenário da sua morte

 

  • O Centro Cultural do Cartaxo encheu, no passado dia 30 de novembro, para assistir ao Colóquio “Construção da Memória”, que encerrou as comemorações do centenário da morte de Marcelino Mesquita.
  • O presidente da Câmara Municipal, Pedro Magalhães Ribeiro, enalteceu o percurso de vida de um homem da cultura que deixou nos cartaxeiros o gosto pelas artes em geral e pelo teatro em particular.
  • António Miguel Marques Ferreira, sob o pseudónimo Augusto Severo, venceu a primeira edição do Prémio Literário Marcelino Mesquita por decisão unânime do júri.
  • No Colóquio, foi feito o lançamento do livro “duas peças do espólio de Marcelino Mesquita”, cuja apresentação coube aos comissários que participaram na sua edição.
  • No encerramento do Colóquio, a vereadora Elvira Tristão, responsável pelo pelouro da Cultura, destacou o papel da Comissão Organizadora do ciclo evocativo e afirmou estar certa de “que hoje saímos daqui mais conhecedores da vida e da obra do dramaturgo e com isso da nossa própria história coletiva”

 

O Colóquio “Uma construção da Memória”, que aconteceu na tarde do passado dia 30 de novembro, no Centro Cultural do Cartaxo, marcou o encerramento das comemorações do centenário da morte de Marcelino Mesquita.

Na abertura do Colóquio, perante a plateia que encheu a sala para ouvir falar de um dos mais célebres cartaxeiros, o presidente da Câmara Municipal, Pedro Magalhães Ribeiro, agradeceu a presença de todos, especialmente à vereadora Elvira Tristão e a toda a Comissão Organizadora das Comemorações, “gente de boa vontade que, de forma voluntária, ofereceram o melhor de si, daquilo que é o seu trajeto de conhecimento, académico e profissional, e deram isso à nossa terra”.

Destacando a importância da “envolvência da comunidade à volta de um criador, de um homem de cultura”, Pedro Magalhães Ribeiro manifestou o desejo de que todo o conhecimento partilhado sobre Marcelino Mesquita, resultado de todo o trabalho da Comissão, possa “ser suficientemente estimulante para que as gerações mais novas conheçam esta grande figura e possam dar continuidade a este extraordinário trabalho”.

Recordando Marcelino Mesquita como “um nome incontornável da nossa terra, do nosso país, no mundo do teatro”, o presidente da Câmara enalteceu “o seu extraordinário trabalho de sementeira” que continua a dar frutos, visíveis na “forte dinâmica associativa, que mesmo em tempos de dificuldades financeiras se manifesta na existência, em quase todas as nossas freguesias, de grupos ou espetáculos de teatro”.

 

“No interior dos contornos” vence Prémio Literário Marcelino Mesquita

 

Pedro Magalhães Ribeiro saudou também todos os participantes do Prémio Literário Marcelino Mesquita, cujo vencedor foi mais tarde anunciado pela vereadora Elvira Tristão.  A antologia de poemas “No interior dos contornos”, de António Miguel Marques Ferreira, sob o pseudónimo Augusto Severo, venceu esta primeira edição do Prémio por decisão unanime do júri composto por Ana Luísa Vilela, Vítor Santos e pela vereadora Elvira Tristão.

Citando a fundamentação do júri relativamente à atribuição do prémio, Elvira Tristão destacou “o universo poético caracterizado pela solidez e coesão temática, a sua maturidade e fluidez de expressão lírica, a sua riqueza, vocabulário e métrica, e o seu amplo espectro emocional, que vai da veemência ao sarcasmo”.

No seu discurso, a vereadora agradeceu também ao vencedor por ter possibilitado, “nesta primeira edição do prémio, que lhe possamos atribuir uma dimensão nacional, uma vez que não pertence ao concelho do Cartaxo”.

António Miguel Marques Ferreira, que verá a sua obra vencedora publicada em 2020, subiu ao palco para agradecer ao Município e aos envolvidos na organização deste prémio “pelo facto de olharem para a cultura de olhos bem abertos, facto que não se passa em muitas outras autarquias”.

Sobre o patrono deste prémio, o vencedor disse esperar que a sua memória “possa servir de inspiração para quem quer fazer da vida uma casa mais habitável. A vida deve ser mais do que uma peça em três atos. Não se pode resumir a nascer, crescer e morrer! Devemos exigir da vida memória. Só assim a nossa casa não passará despercebida no mapa do nosso mundo”.

 

A vida e a obra de Marcelino Mesquita

 

Ao longo da tarde, foram três os painéis que abordaram a vida e a obra de Marcelino Mesquita partindo de diferentes perspetivas, de viva voz ou recorrendo a apresentações recheadas de fotografias que fizeram os presentes recuar no tempo.

Zelinda Pego, que privou com a família de Marcelino Mesquita, contou episódios familiares da famosa Quinta da Ribeira, em Pontével, onde o autor viveu e escreveu grande parte das suas obras. Pedro Gaurim Fernandes conduziu o público pela história da famosa estátua de Marcelino Mesquita, desde o surgimento da ideia, passando pelo processo de recolha de fundos, pela escolha do autor e pela sua construção.  Maria Isabel João fez uma apresentação sobre “Os homens ilustres e a construção das memórias sociais”, encerrando o primeiro painel moderado por António Filipe Rato.

No segundo painel, moderado por Maria Manuel Simão, Duarte Ivo Cruz e Vítor Pavão dos Santos continuaram a evocação de Marcelino Mesquita no centenário da sua morte, com especial incidência na sua faceta de dramaturgo.

O terceiro painel contou com Maria Manuel Simão, Ana Carina Azevedo e Vítor Madeira Santos, que apresentaram o livro “Duas peças do espólio de Marcelino Mesquita”, abordando as peças, o seu conteúdo e as surpresas com que se depararam na elaboração deste livro.

 

Encerramento das Comemorações

 

No encerramento do Colóquio e das Comemorações do Centenário da Morte de Marcelino Mesquita, a vereadora Elvira Tristão reiterou o agradecimento “a todos os que contribuíram para o reconhecimento de uma figura da nossa história, da nossa literatura, da nossa cultura, da nossa política”.

Sendo Marcelino Mesquita um nome conhecido de todos os cartaxeiros, “faltava ainda dar a conhecer o que fez, o que escreveu, os valores que defendeu, para que saibamos todos e em especial as gerações mais jovens e vindouras porque é que é uma figura de referência”, algo que foi possível aprofundar com “o trabalho desenvolvido pela Comissão Organizadora deste ciclo evocativo”.

“Mas”, afirmou Elvira Tristão, “esta evocação não estaria completa se não tivesse um propósito maior, o de promover a literatura, a leitura, a escrita literária, o teatro, as artes e também a cidadania ativa”. Para isso, o grupo envolvido neste ciclo “lançou o Prémio Literário Marcelino Mesquita, apresentou e publicou as duas peças do espólio do autor” e, numa tentativa de aproximação aos mais jovens, “lançou um concurso aos alunos das turmas de artes da Escola Secundária para que propusessem um rótulo para uma garrafa de vinho, evocativo do autor, e propôs aos professores da escola EB 2,3 Marcelino Mesquita que fizessem a leitura de textos dos Contos na Azenha”.

A Comissão concebeu e organizou também uma exposição, ainda patente na Biblioteca Municipal, com o título deste Colóquio, “Uma Construção da Memória” e “deu mais dignidade ao túmulo da família de Marcelino Mesquita, até este ano entregue ao anonimato, e onde agora podemos ver as suas palavras sobre o que representa a sua terra”.

Ao longo deste ano evocativo foi ainda possível assistir às peças “Um episódio da guerra”, pelo Kaspiadas, o grupo cénico da Casa do Povo de Pontével, e “A berlinda”, pela Universidade Sénior do Cartaxo. Foi também possível ver os candidatos ao concurso do rei e rainha das vindimas do concelho do Cartaxo apresentarem provas de palco sobre Marcelino Mesquita.

Este ciclo evocativo, recheado de iniciativas, terminou neste Colóquio, “para recuperar muitas das coisas que foram feitas ao longo deste ano e muito do conhecimento que foi sendo produzido sobre Marcelino Mesquita”, “na certeza de que hoje saímos daqui mais conhecedores da vida e da obra do dramaturgo e com isso da nossa própria história coletiva”.

A vereadora terminou o seu discurso relembrando todos os elementos da Comissão que tornaram possível a realização desta evocação. Conheça a Comissão aqui

 

 

SEMINÁRIO TEJO VIVO E VIVIDO

Seminário promove reflexão sobre o papel da gestão da floresta e das práticas e tecnologias da agricultura na conservação da água.

 

O Centro Cultural do Cartaxo vai receber o Seminário Tejo Vivo e Vivido. Agendado para o dia 7 de dezembro, sábado, às 14h30, o Seminário é organizado pelo Protejo, Movimento pelo Tejo e Eco cartaxo, Movimento Alternativo e Ecologista, o Município do Cartaxo e a EcoCartaxo.

 

A organização apresenta o evento como “seminário para a recuperação do rio Tejo e seus afluentes, durante o qual se pretende refletir sobre o papel e importância da gestão da floresta e das práticas e tecnologias da agricultura na conservação da água – em termos de escoamento superficial e freático, da distribuição ao longo do ano (regularização) e da melhoria da sua qualidade, exigindo-se a procura de soluções que sejam capazes de conciliar a preservação das florestas, a produção de bens agrícolas, a disponibilidade de água e a satisfação das necessidades humanas e ecológicas”.

 

ENTRADA LIVRE

 

MERCADINHO TRAZ DELÍCIAS DE NATAL AO CARTAXO

A Praça 15 de Dezembro vai transformar-se num mercadinho muito especial. Os vendedores são gente que conhece todos os segredos da nossa gastronomia regional e, por isso, nas bancas vai encontrar, apenas, o melhor dos Sabores da Nossa Terra.

 

 

No dia 21 de dezembro, sábado, o cento da cidade do Cartaxo vai estar repleto de atividade – de Vila Chã de Ourique vai chegar a Tuna da Universidade Sénior, de Pontével virá o Grupo de Cantares das Atividades Sénior da Freguesia de Pontével e o Ginásio Fitness Factory, vai oferecer uma aula muito divertida –, e a abrir toda esta atividade, estará o Mercadinho de Natal que, das 10h00 às 13h00, ocupa a Praça 15 de Dezembro com os melhores Sabores da Nossa Terra.

 

Passe no Mercadinho e descubra o que quatro ranchos folclóricos, um grupo de cantares e uma comissão de festas andaram a magicar nas cozinhas das freguesias do concelho para lhe trazer na manhã de sábado – vai certamente descobrir iguarias que não podem faltar na sua mesa de Natal… há lá maior delícia do que os sabores da nossa história e da nossa tradição!

 

Participantes no Mercadinho de Natal

“Os Cinquentões” de Vila Chã de Ourique | Rancho Folclórico as Ceifeiras de Porto de Muge - Freguesia de Valada | Grupo de Cantigas e Tradições da Lapa | Associação Cultural do Rancho Folclórico de Vale da Pinta | Rancho Folclórico Regional de Vale da Pedra | Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Pontével

 

Programa de Animação de Natal – 21 de dezembro

10H00-13H00

MERCADINHO DE NATAL

SABORES DA NOSSA TERRA

Praça 15 de Dezembro

 

10h30

TUNA DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE VILA CHÃ DE OURIQUE

Praça 15 de Dezembro

 

11h00

GRUPO DE CANTARES DAS ATIVIDADES SENIORES DA FREGUESIA DE PONTÉVEL

Atuação itinerante pelas ruas da cidade e Mercado Municipal

 

11h00

BODY JUMP NATAL

Apoio Ginásio Fitness Factory

Praça 15 de Dezembro

 

21h30

TOP OF THE POP & ROCK

Banda da Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta

(bilhete - 4 euros)

Centro Cultural do Cartaxo

 

e ainda...

 

Casa do Pai Natal, insufláveis e globo de neve gigante na Praça 15 de Dezembro – das 10h00 às 17h00

Carrossel infantil

Concurso Montras de Natal

 

Consulte o Programa Animação de Natal na íntegra…

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:04
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Obra da Sinagoga de Tomar...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Ferreira do Zêzere – Pris...

10 anos de metodologia PR...

SANTARÉM: Inauguradas obr...

Município de Abrantes apo...

CARTAXO: SITUAÇÃO DE CONT...

ENTRONCAMENTO: Crescer na...

Município de Azambuja org...

CARTAXO ABRE ANO LETIVO C...

Já arrancou a requalifica...

RESERVATÓRIO DE FOROS DE ...

      Câmara  Municipal ...

PONTO DE SITUAÇÃO COVID 1...

O RAS (Residência Artísti...

Município de Azambuja can...

Bloco de Esquerda de Abra...

Venho muito mais do que f...

Venho muito mais do que f...

Vila Franca de Xira: EDP ...

Parque infantil da Socasa...

Chamusca: PIN’ARTE – Fest...

Festejos em Honra de Sant...

Município do Entroncament...

Obras na Rua da Água Férr...

Município de Abrantes inv...

Câmara de Santarém assina...

FUNCIONÁRIA DE LAR NO CAR...

Câmara de Azambuja fixou ...

Agenda Cultural Município...

tags

todas as tags

arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Contactos
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds