NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 31 de Maio de 2020
Cumprimos o nosso destino

CATARINA BETES.png

Por: Catarina Betes

 

Tudo tem o seu tempo e este, não para, por mais que o desejássemos. Também não corre…, mas passa. E ficar parado não conduz a lado nenhum.
Há que encontrar, em cada tempo, o que nos faz levantar, erguer da monotonia em que nos estendemos e seguir caminho, porque o caminho de cada um é feito a andar, nunca a permanecer parado. Caminhos são feitos para ser percorridos, e em cada um de nós há um a realizar. Por mais que o adiemos, cabe a nós, e a mais ninguém, cumpri-lo ou não. Mesmo que a nossa escolha não agrade aos outros. 
Se o empreendermos, corremos infinitos riscos, exceto o de ficar aquém de nós mesmos. O perigo de cair, de nos perdermos, de sofrermos. 
Mas a prova é sempre superada, independentemente do resultado final. Porque fomos corajosos!
Cumprimos o nosso destino. 
Ficar à espera que o mesmo se cumpra, sem confronto da nossa parte, é entregar-nos, entregar o nosso esforço, a nossa capacidade de ir mais além, ignorando até onde a mesma nos poderia levar. 
Levantar-nos é fundamental. Caminhar, independentemente do destino final. Subir o monte.
O importante é o caminho. É nele que aprendemos, que nos conhecemos, que reconhecemos os nossos limites. 
O que encontrarmos quando chegarmos ao fim, é indiferente. Porque durante a subida, cumprimos o mais importante: a nossa trajectória pessoal.


publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Maio de 2020
Abertura do bar e restaurante "O Algaz"

O ALGAZ.jpg

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:20
link do post | comentar | favorito

Município do Entroncamento celebra de forma virtual Dia Mundial da Criança

 

 

O Dia Mundial da Criança celebra-se na próxima segunda-feira, 1 de junho, uma data que Município do Entroncamento costuma assinalar com alegria e partilha de emoções conjunta.

 

Este ano e com as adaptações necessárias à nova realidade e, tendo presente a situação pandémica que o nosso país atravessa, o Município do Entroncamento irá manter as celebrações de forma virtual.

 

O Dia Mundial da Criança do Entroncamento é uma organização da Câmara Municipal e conta com o apoio do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, Escola de Segurança e Educação Rodoviária, Biblioteca Municipal, Serviço de Desporto, Resitejo, Anita e Alice, Catarina Gonçalves, Elsa Arrojado, Pilar Castanheiro, Sandrina Esteves.

 

Período da manhã

Público-alvo: Alunos do pré-escolar | Início às 10h00min | duração: 1h15min

https://youtu.be/Fn9TOi7wyQ4

 

Mensagem do Presidente e Vereadora da Educação, Câmara Municipal do Entroncamento

Mensagem da Diretora, Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento

 

Dançar para acordar | Catarina Gonçalves

A minha Pilar | Pilar Castanheiro

O Cuquedo | Bruno Alves

O Sinalzinho | Trapalhão Rodoviário

Estendal das Rimas | Sandrina Esteves

O Ponto Verde | O Ribas | Resitejo

Salada de Fruta | Alice e Anita

Vamos ao Yoga | Elsa Arrojado

Atreves-te a um Desafio? | Unidade de Educação

 

Período da tarde

Público-alvo: Alunos do 1.º Ciclo do EB | Período da tarde | Início às 14h00min | duração: 1h00min

https://youtu.be/dpWL-96AQ8k

 

Mensagem do Presidente e Vereadora da Educação, Câmara Municipal do Entroncamento

Mensagem da Diretora, Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento

 

A minha Pilar | Pilar Castanheiro

Não abras este Livro | Bruno Alves

Pela estrada fora | Trapalhão Rodoviário

Atreve-te a ler | Sandrina Esteves

Pilhas no Pilhão | O Ribas | Resitejo

O tal Salame | Alice

Toca a mexer |Eva com Cajé e Gonçalo

Vamos Dançar | Catarina Gonçalves

Atreves-te a um Desafio? | Unidade de Educação



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:18
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
Covid-19: Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus não está a cumprir procedimentos de segurança

 

 

Os deputados do PSD pedem esclarecimentos ao Governo sobre o cumprimento das normas da Direção-Geral de Saúde para os reclusos que estão a regressar aos estabelecimentos prisionais. Numa pergunta, esta quinta-feira, dirigida à ministra da Justiça, os deputados social-democratas citam denúncias feitas pelas Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional, segundo as quais, “não estarão a ser cumpridas no Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus” as normas de segurança “relativamente aos reclusos que voltam de licença de saída”.

“De acordo com as notícias, este Sindicato terá ontem enviado um ofício à Inspetora-Geral da Autoridade para as Condições de Trabalho e para a Presidente da Comissão Nacional de Proteção de Dados a explicar como em Vale de Judeus estão ‘a lidar com o cumprimento das normas [da Direção-Geral da Saúde] relativamente aos reclusos que regressam de precária e o isolamento destes’ para evitar o contágio, tendo sido dado como exemplo o caso de um recluso de Vale de Judeus que regressou de precária em 9 de maio, sem ser testado, e que quatro dias depois começou a apresentar sintomas, mas que ‘durante o período de quarentena, entre 13 e 19 de maio, esteve em contacto com outros reclusos e guardas prisionais pelo menos no recreio a céu aberto’”, referem.

Para o PSD, esta situação vem reforçar a preocupação manifestada  sobre “o que se está a passar com os reclusos que regressam aos Estabelecimentos Prisionais no fim do gozo das licenças de saída que lhes foram concedidas, suscitando a necessidade de garantir que são cumpridas, de forma rigorosa, todas as medidas de proteção recomendadas pela autoridade de saúde que impeçam a infeção por covid-19 de se propagar em meio prisional,  devendo mesmo ser nomeadamente equacionada a realização de testes de despiste/deteção da covid-19 a todos os reclusos que ingressam ou reingressam no sistema prisional”.

O PSD pergunta:

  1. Confirma, e porquê, que no Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus não estarão a ser cumpridos todos os procedimentos de segurança e proteção para evitar o risco da propagação, por contágio, do coronavírus SARS-CoV-2 e da doença covid-19 em relação aos reclusos que reingressam à cadeia no fim do gozo das licenças de saída que lhes foram concedidas?
  2. Que medidas estão a ter tomadas para garantir que os reclusos desse estabelecimento prisional que estejam sujeitos a quarentena não tenham contacto com outros reclusos ou guardas prisionais?
  3. Pode o Governo garantir que o problema denunciado pelo Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional em relação ao Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus não se verifica noutras cadeias portuguesas?

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:37
link do post | comentar | favorito

NERSANT organiza sessão online sobre instrumentos públicos de financiamento das empresas

 

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém vai organizar uma sessão online sobre o tema “Instrumentos Financeiros de Desenvolvimento”, em parceria com a Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD). A videoconferência realiza-se na sexta-feira, dia 5 de junho, a partir das 15h00.

 

A abertura da sessão vai estar a cargo da Presidente da Direção da NERSANT, Maria Salomé Rafael, seguindo-se a palestra sobre Instrumentos Públicos de Financiamento, pelo CEO da IFD – Instituição Financeira de Desenvolvimento, Henrique Cruz.

A atual crise pandémica coloca um desafio sem precedentes à economia nacional, que exigirá uma enorme capacidade de resiliência ao tecido empresarial. Por isso, os próximos meses requererão um grande esforço de tesouraria às empresas, para fazer face aos compromissos assumidos e para que possam recuperar os normais níveis de atividade económica. Daí o grande interesse do tema desta sessão, com o objetivo de informar e esclarecer as empresas acerca dos instrumentos públicos de financiamento disponíveis para a capitalização.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:36
link do post | comentar | favorito

A arte regressa à Galeria Municipal do Entroncamento

 

“A Primavera que não vimos” exposição de pintura de Mena Marques

 

A arte regressa à Galeria Municipal do Entroncamento, que reabre as portas no dia 6 de junho com a exposição de pintura de Mena Marques.

“Neste confinamento o desejo de evasão pela natureza foi uma constante. Com tintas e telas expressei o que a minha alma me ditou e as cores surgiram e com saudosismo a impressão ficou gravada na tela”, acrescenta Mena Marques sobre esta exposição A Primavera que não vimos.

A artista começou por ser autodidata, e posteriormente, estudou pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa. “Desde que me conheço, o lápis, o pincel e as cores, são companheiros de viagem que traduzem estados de alma, sentimentos dos outos, das coisas e de mim”, afirma Mena Marques.

A Galeria Municipal, terá novas regras de visita, cumprindo as normas de segurança de combate à Covid 19, nomeadamente, apenas dois visitantes em simultâneo, o uso de máscara obrigatório, a higienização das mãos à entrada onde se encontra um doseador com desinfetante.

A reabertura da Galeria Municipal apresenta também algumas novidades ajustadas aos novos tempos, com visitas virtuais às exposições e as inaugurações transmitidas em live no Facebook do Município.

“A Primavera que não vimos” é inaugurada às 17h00 do dia 6 junho, e estará patente até dia 18 de junho de terça-feira a sábado entre as 15h00 e às 19h00.

Esperamos pela sua visita!!



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:35
link do post | comentar | favorito

TAGUS – Estão disponíveis mais 400 mil euros para projetos em Abrantes, Constância e Sardoal

 

A TAGUS abriu dois novos avisos do período de submissão de candidaturas. As medidas do PDR2020, que estão agora disponíveis para receber pedidos de apoio, são a “10.2.1.2. Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas”, a “10.2.1.3. Diversificação de Atividades na Exploração” e as duas componentes da “10.2.1.4. Cadeias Curtas e Mercados Locais”.

No dia 25 de maio, a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior lançou dois novos períodos de receção de candidaturas e que estarão abertos até 30 de julho, nas linhas de apoio “Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas” e “Diversificação de Atividades na Exploração”, no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural (DLBC Rural), do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020). A dotação orçamental de cada uma são 125 mil euros, através do Portugal 2020 e financiado pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).

Na medida “Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas” esperam-se candidaturas que contribuam para o processo de modernização e capacitação de empresas desta área. A comparticipação é 45 por cento das despesas elegíveis até aos 200 mil euros. 

Nesta linha, são valorizados pedidos de apoio nos sectores prioritários na Estratégia de Desenvolvimento Local da TAGUS, tais como intervenções no olival, nos produtos biológicos, nos frutos vermelhos e nos hortofrutícolas. Também são majorados investimentos em software aplicacional e em plataformas ou sítios na Internet, na eficiência energética e projetos que criem postos de trabalho.

Já na “Diversificação de Atividades na Exploração Agrícola”, os projetos devem estimular o desenvolvimento de atividades nas explorações, que não sejam de produção, transformação ou comercialização de produtos agrícolas, e que contribuam diretamente para a manutenção ou melhoria do rendimento do agregado familiar ao criarem novas fontes de rendimento e de emprego. Por isso, o apoio irá até aos 50 por cento nas candidaturas que criem postos de trabalho, caso contrário o apoio será de 40 por cento das despesas elegíveis para apoiar investimentos em unidades de alojamento turístico, serviços de recreação, lazer e outras iniciativas geradoras de receita. Nesta medida é valorizado o empreendedorismo proveniente de beneficiários jovens e qualificados.  

Tantos nestes projetos de agricultores ou de membros do seu agregado familiar, como em pedidos de pessoas singulares ou coletivas, que se dediquem à transformação ou comercialização de produtos, têm um limite de 200 mil euros de investimento elegível.

Com a abertura destas duas linhas de apoios, que se juntam às duas componentes da operação Cadeias Curtas e Mercados locais com 155 mil euros de dotação (75 mil na primeira componente e 80 mil euros na segunda), a TAGUS totaliza 405 mil euros de verba disponível para apoiar agentes locais do Ribatejo Interior.

Os avisos de concurso e a legislação aplicável aos projetos a implementar em Abrantes, Constância ou Sardoal, estão no sítio na Internet da TAGUS (www.tagus-ri.pt) ou do PDR2020 (www.pdr-2020.pt), que deve consultar para obter mais informação.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:33
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: TRABALHADORES DE CENTROS DE DIA E APOIO DOMICILIÁRIO TESTADOS HOJE

testes4.jpg

  • Os testes a trabalhadores de instituições de solidariedade social com valência de apoio domiciliário e de centro de dia, sediadas no concelho do Cartaxo, foram hoje retomados – ao longo do dia serão testadas 77 pessoas.
  • No centro de testagem instalado no Pavilhão Municipal de Exposições do Cartaxo, estão a ser testados trabalhadores de oito instituições– Associação Comunitária Vale Pedra, Centro de Dia da Freguesia Da Lapa, Centro Social Paroquial Vale Pinta, Associação Comunitária de Assistência Social de Vila Chã de Ourique, Associação Centro de Dia de Pontével, Cruz Vermelha Portuguesa, Centro Social Paroquial da Ereira e O Tejo - Centro de Dia e ATL de Valada.
  • No total, no concelho, os testes beneficiaram 337 trabalhadores e trabalhadoras de 17 instituições.

 

Os testes realizados hoje, dia 29 de maio, no Pavilhão Municipal de Exposições do Cartaxo, constituem a terceira fase de testagem no concelho a trabalhadores e trabalhadoras de estruturas que acolhem e prestam apoio a idosos, como centros de dia e apoio domiciliário.

 

A ação de hoje decorreu no centro de testagem instalado, uma vez mais, no Pavilhão Municipal de Exposições, com o apoio do serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal do Cartaxo, que contribuiu “para garantir todas as condições de segurança exigidas nestas situações”, explicou o presidente da Câmara Municipal Pedro Magalhães Ribeiro.

 

A recolha das amostras é efetuada por equipas de enfermeiros das Unidades de Cuidados Continuados (UCC) do ACES Lezíria, sendo depois entregues pelo Serviço Municipal de Proteção Civil do Cartaxo na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, no próprio dia da testagem.

 

Para o sucesso desta ação levada a cabo hoje, e para assegurar que todas as recomendações das entidades oficiais estão a ser cumpridas nestas instituições, “muito tem contribuído o trabalho da equipa multidisciplinar de avaliação das Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI), que se desloca aos vários locais e valida as medidas adotadas, a disponibilidade de equipamentos de proteção pessoal e a capacidade de execução dos planos de contingência”.

 

A equipa multidisciplinar de avaliação das ERPI é constituída por técnicas da Câmara Municipal, pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, pelos Bombeiros Municipais, e ainda pela Segurança Social, autoridade de saúde local e forças de segurança.

 

Este grupo de trabalho, “criado para dar uma resposta integrada, em caso de eventual necessidade de evacuação, no âmbito da pandemia de COVID19, tem desempenhado um papel fundamental neste combate à pandemia junto de um grupo considerado de risco e em situação mais vulnerável”, destacou o autarca.

 

CRIANÇAS E JOVENS DO ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO JÁ RECEBERAM OS COMPUTADORES ADQUIRIDOS PELA CÂMARA MUNICIPAL

 

  • Alunos do concelho sinalizados pelos agrupamentos de escolas já receberam o material informático adquirido pelo Município do Cartaxo para apoio ao #estudoemcasa.
  • O Município adquiriu 295 computadores portáteis, no valor total de 70.800,00 €, 138 routers 4G e internet com 75GB de tráfego mensal, para 3 meses, no valor total 8.147,52 € e ainda pastas para acondicionamento dos equipamentos, no valor de 1.257,44 €, num investimento que ultrapassa os 80 mil euros.
  • Os computadores serão cedidos às famílias, a título de empréstimo, pelo período de três meses.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo entregou, na passada segunda feira, dia 25 de maio, aos dois agrupamentos escolares do concelho, todo o material informático necessário para que os alunos do 1.º, 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário possam acompanhar as aulas e fazer todos os trabalhos necessários a partir de casa.

 

Computadores portáteis, routers, cartões com acesso à internet e autos de empréstimo foram cedidos aos alunos pelos agrupamentos escolares, que promoveram a entrega por ciclos, em estreita articulação com os encarregados de educação.

 

Os agrupamentos de escolas sinalizaram os alunos que tinham esta necessidade e não dispunham de condições financeiras para a ultrapassar, levando à aquisição, por parte do Município, de 295 computadores portáteis, 138 routers 4G, internet com 75GB de tráfego mensal para 3 meses e pastas para acondicionamento dos equipamentos, num investimento que ultrapassa os 80 mil euros.

 

“Uma medida de apoio social urgente neste período de calamidade que vivemos, em que, em pouco tempo, a escola se viu forçada a adquirir novas formas, para não deixar de fora nenhum aluno”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal.

 

A autarquia garantirá todo o apoio técnico necessário a estas famílias, assim como o apoio pedagógico, que tem vindo a ser assegurado neste período de aulas à distância pela Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária da Área de Educação e Juventude.

 

Em parceria com os agrupamentos escolares, a Câmara Municipal desenvolveu o projeto Levar a escola até casa, para apoiar os alunos que não dispõem de meios para comunicar com a escola e com a comunidade docente e assim minimizar a dificuldade de acesso a recursos pedagógicos.

 

“Cumprindo as condições de segurança recomendadas pelas autoridades de saúde, todas as semanas, duas assistentes operacionais da área de Educação e Juventude, fazem a distribuição de materiais pedagógicos e a distribuição de trabalhos de casa, casa a casa, apoiando assim 125 alunos”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro.

 

Medida sociais promovidas neste período de pandemia pelo Município do Cartaxo, que pretende “ter um papel ativo na promoção do acesso igual à educação para todos os alunos, nesta altura em que a Covid-19 fez sobressair as desigualdades e privou muitas crianças e jovens de um bem essencial ao seu crescimento”.

 

“Com este empréstimo, de todo este material informático, pretendemos que todos os alunos do nosso concelho possam continuar a aprender, nas suas casas, garantindo não apenas o acesso a todos os materiais que a aprendizagem contínua exige, mas também a segurança e o distanciamento social que a atual situação de calamidade ainda impõe”, conclui o autarca.

 

CÂMARA MUNICIPAL DECIDIU MANTER MEDIDAS RESTRITIVAS DE ACESSO À FLUVINA DE VALADA E AO PARQUE DE MERENDAS NO PRÓXIMO FIM DE SEMANA

 

Atendendo à:

 

  1. Declaração da situação de calamidade, no âmbito da pandemia da doença COVID-19, em todo o território nacional;

 

  1. Situação excecional que se vive e a proliferação de casos registados de contágio de COVID-19, exige a manutenção de medidas extraordinárias e de caráter urgente, com vista a prevenir a transmissão do vírus SARS-Cov-2;

 

  1. Salvaguarda da saúde e segurança da população, de forma a mitigar o contágio e a propagação do vírus SARS -CoV -2 e da doença COVID -19.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo, no âmbito do briefing de proteção civil e auscultadas a Freguesia de Valada, as Forças de Segurança e a Autoridade de Saúde Pública, determinou manter o encerramento do acesso rodoviário à Fluvina de Valada e ao Parque de Merendas no próximo fim de semana, dias 30 e 31 de maio, à semelhança do fim-de-semana passado, de forma a evitar situações de risco que coloquem em causa a defesa da segurança e da saúde pública no âmbito da pandemia COVID-19.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo reitera o seu compromisso da cabal salvaguarda dos seus munícipes no primado da defesa da saúde pública, apelando à boa compreensão de todos e todas para que não se estrague os esforços efetuados nos últimos meses, no âmbito das medidas do confinamento.

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:20
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: TRABALHADORES DE CENTROS DE DIA E APOIO DOMICILIÁRIO TESTADOS HOJE

testes4.jpg

 

 

  • Os testes a trabalhadores de instituições de solidariedade social com valência de apoio domiciliário e de centro de dia, sediadas no concelho do Cartaxo, foram hoje retomados – ao longo do dia serão testadas 77 pessoas.
  • No centro de testagem instalado no Pavilhão Municipal de Exposições do Cartaxo, estão a ser testados trabalhadores de oito instituições– Associação Comunitária Vale Pedra, Centro de Dia da Freguesia Da Lapa, Centro Social Paroquial Vale Pinta, Associação Comunitária de Assistência Social de Vila Chã de Ourique, Associação Centro de Dia de Pontével, Cruz Vermelha Portuguesa, Centro Social Paroquial da Ereira e O Tejo - Centro de Dia e ATL de Valada.
  • No total, no concelho, os testes beneficiaram 337 trabalhadores e trabalhadoras de 17 instituições.

 

Os testes realizados hoje, dia 29 de maio, no Pavilhão Municipal de Exposições do Cartaxo, constituem a terceira fase de testagem no concelho a trabalhadores e trabalhadoras de estruturas que acolhem e prestam apoio a idosos, como centros de dia e apoio domiciliário.

 

A ação de hoje decorreu no centro de testagem instalado, uma vez mais, no Pavilhão Municipal de Exposições, com o apoio do serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal do Cartaxo, que contribuiu “para garantir todas as condições de segurança exigidas nestas situações”, explicou o presidente da Câmara Municipal Pedro Magalhães Ribeiro.

 

A recolha das amostras é efetuada por equipas de enfermeiros das Unidades de Cuidados Continuados (UCC) do ACES Lezíria, sendo depois entregues pelo Serviço Municipal de Proteção Civil do Cartaxo na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, no próprio dia da testagem.

 

Para o sucesso desta ação levada a cabo hoje, e para assegurar que todas as recomendações das entidades oficiais estão a ser cumpridas nestas instituições, “muito tem contribuído o trabalho da equipa multidisciplinar de avaliação das Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI), que se desloca aos vários locais e valida as medidas adotadas, a disponibilidade de equipamentos de proteção pessoal e a capacidade de execução dos planos de contingência”.

 

A equipa multidisciplinar de avaliação das ERPI é constituída por técnicas da Câmara Municipal, pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, pelos Bombeiros Municipais, e ainda pela Segurança Social, autoridade de saúde local e forças de segurança.

 

Este grupo de trabalho, “criado para dar uma resposta integrada, em caso de eventual necessidade de evacuação, no âmbito da pandemia de COVID19, tem desempenhado um papel fundamental neste combate à pandemia junto de um grupo considerado de risco e em situação mais vulnerável”, destacou o autarca.

 

CRIANÇAS E JOVENS DO ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO JÁ RECEBERAM OS COMPUTADORES ADQUIRIDOS PELA CÂMARA MUNICIPAL

 

  • Alunos do concelho sinalizados pelos agrupamentos de escolas já receberam o material informático adquirido pelo Município do Cartaxo para apoio ao #estudoemcasa.
  • O Município adquiriu 295 computadores portáteis, no valor total de 70.800,00 €, 138 routers 4G e internet com 75GB de tráfego mensal, para 3 meses, no valor total 8.147,52 € e ainda pastas para acondicionamento dos equipamentos, no valor de 1.257,44 €, num investimento que ultrapassa os 80 mil euros.
  • Os computadores serão cedidos às famílias, a título de empréstimo, pelo período de três meses.

 

A Câmara Municipal do Cartaxo entregou, na passada segunda feira, dia 25 de maio, aos dois agrupamentos escolares do concelho, todo o material informático necessário para que os alunos do 1.º, 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário possam acompanhar as aulas e fazer todos os trabalhos necessários a partir de casa.

 

Computadores portáteis, routers, cartões com acesso à internet e autos de empréstimo foram cedidos aos alunos pelos agrupamentos escolares, que promoveram a entrega por ciclos, em estreita articulação com os encarregados de educação.

 

Os agrupamentos de escolas sinalizaram os alunos que tinham esta necessidade e não dispunham de condições financeiras para a ultrapassar, levando à aquisição, por parte do Município, de 295 computadores portáteis, 138 routers 4G, internet com 75GB de tráfego mensal para 3 meses e pastas para acondicionamento dos equipamentos, num investimento que ultrapassa os 80 mil euros.

 

“Uma medida de apoio social urgente neste período de calamidade que vivemos, em que, em pouco tempo, a escola se viu forçada a adquirir novas formas, para não deixar de fora nenhum aluno”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal.

 

A autarquia garantirá todo o apoio técnico necessário a estas famílias, assim como o apoio pedagógico, que tem vindo a ser assegurado neste período de aulas à distância pela Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária da Área de Educação e Juventude.

 

Em parceria com os agrupamentos escolares, a Câmara Municipal desenvolveu o projeto Levar a escola até casa, para apoiar os alunos que não dispõem de meios para comunicar com a escola e com a comunidade docente e assim minimizar a dificuldade de acesso a recursos pedagógicos.

 

“Cumprindo as condições de segurança recomendadas pelas autoridades de saúde, todas as semanas, duas assistentes operacionais da área de Educação e Juventude, fazem a distribuição de materiais pedagógicos e a distribuição de trabalhos de casa, casa a casa, apoiando assim 125 alunos”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro.

 

Medida sociais promovidas neste período de pandemia pelo Município do Cartaxo, que pretende “ter um papel ativo na promoção do acesso igual à educação para todos os alunos, nesta altura em que a Covid-19 fez sobressair as desigualdades e privou muitas crianças e jovens de um bem essencial ao seu crescimento”.

 

“Com este empréstimo, de todo este material informático, pretendemos que todos os alunos do nosso concelho possam continuar a aprender, nas suas casas, garantindo não apenas o acesso a todos os materiais que a aprendizagem contínua exige, mas também a segurança e o distanciamento social que a atual situação de calamidade ainda impõe”, conclui o autarca.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:15
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
CARTAXO: CONTAS DA ADMINISTRAÇÃO LOCAL EM 2019 – ESTUDO DO CONSELHO DAS FINANÇAS PÚBLICAS

Camara Cartaxo.jpg

 

  • O Conselho de Finanças Públicas (CFP) divulgou, no dia 14 de maio, um estudo sobre as contas da administração local em 2019, classificando os municípios conforme o grau de endividamento.
  • Neste estudo, o Município do Cartaxo integra o grupo considerado de alto risco, à beira da rutura financeira, a par dos municípios de Fornos de Algodres e Vila Real de Santo António.
  • O Município emite a presente Nota de Informação de modo a esclarecer os munícipes, de forma transparente e clara, sobre a evolução das contas municipais de acordo com os dados provisórios relativos à prestação de contas do ano de 2019.
  • Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, lamenta que “o Cartaxo seja notícia pelas piores razões”, mas lembra que a “a situação financeira e económica do município hoje é melhor do que aquela que encontramos em outubro de 2013 e é fruto de um grande esforço e espirito de sacrifício”.
  • Para Fernando Amorim, vice-presidente e responsável pelo pelouro de gestão e finanças, “os resultados financeiros já obtidos têm importantes repercussões, não apenas no equilíbrio financeiro do município, mas também na vida de todos os munícipes”.

 

Presidente e vice-presidente destacam os dados provisórios relativos à prestação de contas do ano de 2019, que mostram melhorias significativas:

 

  1. Prazo médio de pagamentos diminuiu em 8 dias. No final de 2019, o Município do Cartaxo demorou, em média, 23 dias a pagar aos seus fornecedores, quando em 2018 demorava 31 dias. Olhando para o final do ano de 2013, este indicador correspondia a 373 dias, uma diferença de 350 dias que tem um grande impacto na gestão financeira dos fornecedores.
  2. O Município do Cartaxo encerrou o ano de 2019 sem pagamentos em atraso. Em 2018 o valor deste indicador foi de 147 204€, tendo chegado aos 21,9 milhões de euros entre dezembro de 2013 e dezembro de 2018.
  3. O Indicador das Contas a Pagar diminuiu 248.294€. Em 2019 o montante das Contas a Pagar era de 118.765€ e em período homólogo o valor atingia os 367.059€.
  4. O Endividamento Municipal reduziu 1.873.735€, sendo que o rácio de endividamento passou de 4,08 em 31 de dezembro de 2018 para o valor de 3,85 em 2019.
  5. O Grau de Execução da Receita Orçamental (Ficha da DGAL) foi de 88,27%, um valor acima do imposto na Lei das Finanças Locais, de 85%.
  6. O Investimento (Despesa de Capital) aumentou 73,7% comparativamente ao período homólogo de 2018.

 

Estes são indicadores que, nas palavras do presidente, “mostram que o caminho que iniciámos em 2013 já obteve resultados concretos, mas que temos de continuar a trabalhar no mesmo sentido. Nessa altura deparámo-nos com uma situação de emergência, com salários em risco, com fornecimentos de serviços como a energia elétrica em risco, com fornecedores com pagamentos em atraso há muitos anos”.

 

A solução encontrada para inverter esta situação, “com rigor e verdade na construção dos orçamentos, só pode mostrar resultados a médio e longo prazo, e esses resultados concretos também estão expressos nas contas de 2019”, lembra o vice-presidente. Resultados que, para os autarcas, “reforçam a confiança de que estamos no caminho certo e a esperança de que o Município do Cartaxo ultrapassará as dificuldades financeiras – dificuldades que fazem manchetes de tempos a tempos mas que estão diariamente no centro das nossas preocupações e do nosso trabalho”.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:19
link do post | comentar | favorito

NERSANT organizou sessão online sobre Marketing Digital

 

Marketing Digital: como otimizar a presença digital da sua Empresa foi o tema da mais recente conferência online, promovida pela NERSANT- Associação Empresarial da Região de Santarém, no dia 26 de maio. A conferência teve como orador Sílvio Duque, professor da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém, consultor e formador de marketing digital.

 

“As empresas que adotaram mais cedo o marketing digital encontraram-se mais bem preparadas para enfrentar esta crise pandémica, com canais alternativos para chegar ao público, e assim tiveram vantagens em relação às que não usam as ferramentas do marketing digital”, afirmou Luís Roque, do Departamento de Formação e Qualificação da NERSANT, na apresentação desta sessão. “A missão da NERSANT é também desafiar e ajudar as empresas a enfrentar estes novos desafios e, nesse sentido, estamos a organizar estas sessões online sobre novas temáticas de interesse para as empresas”, adiantou Luís Roque.

“Captar a atenção do público e aumentar as vendas”, assim resume Sílvio Duque o objetivo do marketing digital. “Cada vez mais empresas compreendem que o marketing digital é vital para alcançar novos clientes e otimizar a relação dos atuais clientes”, afirma o professor. Sobre a evolução do marketing nas últimas décadas, Sílvio Duque recordou os “anos 80 e 90 em que quem não estava nas Páginas Amarelas não existia; hoje tudo mudou e quem não tem presença digital não existe, e ter presença digital hoje é muito mais do que ter um site na internet”.

A importância das redes sociais para dar a conhecer a empresa e os seus produtos e serviços, a importância da definição de públicos-alvo (persona em marketing digital), o interesse crucial dos conteúdos no marketing digital, o processo do inbound marketing, foram alguns dos tópicos da palestra.

“Não se pode descurar o marketing tradicional e se a empresa já tem investimentos em outdoors, em publicidade na comunicação social ou outros, deve manter esse investimento a par da estratégia de marketing digital, para ter o maior retorno possível”, afirma Sílvio Duque.

O consultor salienta que o marketing digital serve para todo o tipo e tamanho de negócios, favorecendo a interação com o público, permitindo uma segmentação mais acertada das campanhas, um maior controlo das ações e dos canais de comunicação e uma maior flexibilidade, com menores custos e grandes resultados. “Qualquer pessoa, com dedicação, e algum conhecimento, consegue tirar partido das ferramentas do marketing digital para chegar a um maior número de pessoas”, afirma Sílvio Duque que ao longo de 2 horas de sessão ofereceu aos participantes algumas noções sobre o marketing digital e um conjunto de dicas sobre como melhorar a presença digital das suas empresas.

Dada a complexidade do tema, Sílvio Duque aconselha as empresas a seguirem uma estratégia de marketing digital, com o apoio de consultoria especializada, atendendo à exigência no desenvolvimento da presença digital das empresas para atingirem o sucesso. Salienta a possibilidade das empresas beneficiarem do programa de consultoria MOVE PME, promovido pela NERSANT. Este programa permite às empresas beneficiarem de consultoria especializada nas áreas da gestão e do marketing digital, o que constitui uma excelente ferramenta para impulsionar os negócios. O MOVE PME é um programa financiado, permitindo às empresas beneficiarem de consultores experientes que vão ajudar as empresas a desenvolver o marketing digital integrado na estratégia da empresa.

 

A NERSANT vai prosseguir com as sessões online “Gestão e Estratégia - Como reposicionar a minha empresa?” no dia 29 maio, às 16h00; “Internacionalização - Como preparar a minha empresa e reforçar a aposta?”, no dia 01 junho às 16h00; “Gestão da Qualidade - Qual a importância da Qualidade, do Ambiente, da Segurança no Trabalho e da Segurança Alimentar na atualidade?”, no dia 02 junho, às 16h00.



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:49
link do post | comentar | favorito

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA CARREGUEIRA, CONCELHO DA CHAMUSCA

SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2020

 

A ÁGUAS DO RIBATEJO informa que devido a intervenções no Sistema de Abastecimento de Água da Carregueira, haverá suspensão temporária no abastecimento na sexta-feira, 29 de maio, entre as 08h30 e as 12h00, nos seguintes locais:

Ø  Rua da Fonte

Ø  Rua 1º de Maio

Ø  Travessa do Lagar Velho

Ø  Rua da Terra Fria

Ø  Rua Principal

Ø  Rua A, B C D e E

Ø  Rua Casal da Amendoeira

Ø  Rua dos Trabalhadores

Ø  Rua Casal do Pinheiro (em parte)

Ø  Travessa Casal do Pinheiro

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:14
link do post | comentar | favorito

ÁGUAS DO RIBATEJO RETOMA ATENDIMENTO PRESENCIAL COM MARCAÇÃO PRÉVIA

atendimento (2).JPG

 

ÁGUAS DO RIBATEJO RETOMA ATENDIMENTO PRESENCIAL COM MARCAÇÃO PRÉVIA

EMPRESA MUNICIPAL MANTÉM PLANO DE CONTINGÊNCIA IMPLEMENTADO A 16 DE MARÇO

No âmbito das medidas de desconfinamento do COVID-19, a Águas do Ribatejo retomou o atendimento presencial nas unidades comerciais, mediante marcação prévia.

Para o efeito os clientes poderão efetuar marcações através do telefone, 263 509 400, durante o período das 9:00h às 13:00h e das 14:00h às 18:00h.

O Presidente do Conselho de Administração da AR, Francisco Oliveira explica que medida funciona nas unidades de atendimento de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos, Samora Correia e Torres Novas.

As oito unidades suspenderam o atendimento presencial no dia 16 de março ao abrigo do plano de contingência do Covid 19, implementado pela AR, mantendo as equipas de atendimento e todos os serviços em funcionamento com meios alternativos.

Segundo Francisco Oliveira, o atendimento com marcação prévia privilegiará situações que não possam ser resolvidas pelos canais não presenciais:

Telefone 263509400 80

Email: geral@aguasdoribatejo.com

Site Institucional www.aguasdoribatejo.com

Segundo o Presidente da AR, “de forma a garantir a segurança dos clientes e funcionários o acesso à loja é feito com base na regra de um cliente por um atendedor”. Francisco Oliveira alerta que “o uso de máscara é obrigatório para clientes e funcionários da AR”.

Estão ainda disponíveis no acesso à loja, soluções de base alcoólica para que os clientes procedam à higienização das mãos.

Relembramos também que devem ser considerados como preferenciais os seguintes meios de pagamento:

Rede Multibanco;

Balcões CTT;

Lojas Payshop.

Relativamente a outros assuntos tais como contratação, informações e outros deverão ser utilizados os seguintes contactos:

Atendimento telefónico

Geral

          263 509 400 – dias úteis das 9:00 às 18:00

Leituras

          808 20 20 11 – 24 horas

 

Roturas na Via Pública/ Faltas de Água

          808 20 20 11 – dias úteis das 9:00 às 18:00

          800 20 20 40 – dias úteis das 18:00 às 9:00 e sábados, domingos e feriados, 24 horas

 

Email

geral@aguasdoribatejo.com

Correio

Rua Gaspar Costa Ramalho, nº 38

2120-098 Salvaterra de Magos

O Presidente da AR relembra que tendo em consideração o contexto relativo à Pandemia COVID-19, a AR aprovou e implementou um Plano de Contingência que se mantém ativo e visa:

Mitigar eventuais riscos para a saúde de todos os Colaboradores, Clientes, Parceiros e, naturalmente, para a Comunidade em geral.

Dar continuidade ao serviço de abastecimento e saneamento.

Com o desconfinamento, a AR recupera de forma gradual todas as nossas valências.

Todavia neste período de 67 dias de contingência foi possível manter um serviço de qualidade no abastecimento e saneamento aos nossos 150 mil consumidores e utilizadores graças ao empenho de todos os colaboradores e órgão sociais da AR e das empresas nossas parceiras.

Francisco Oliveira enaltece o esforço e a disponibilidade de todos os envolvidos neste plano.

“Uma palavra de agradecimento aos municípios, freguesias e a todos os clientes e utilizadores pela compreensão e colaboração durante este período difícil que todos vivemos”.

O Presidente da AR remata lembrando que a empresa municipal disponibilizou um montante de 500 mil euros para apoio às famílias, empresas e instituições neste momento crítico.

“Aos poucos retomamos a normalidade com determinação e segurança”, conclui.  



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:11
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
Novos paradigmas nas empresas

 

Face aos novos constrangimentos empresariais, importa refletir sobre os métodos de trabalho, estratégias, planos de continuidade, normas, regulamentos, políticas internas. A formação e informação das empresas são, agora mais do que nunca, consideradas cruciais e a avaliação do risco será inevitável.

 

Para ajudar as empresas neste processo, a NERSANT organiza um conjunto de sessões online práticas, com o objetivo de debater as perspetivas futuras (estratégia, segurança, económicas, sociológicas), e promover a reflexão sobre os constrangimentos e os novos desafios que se colocam às empresas.

Assim, serão abordados 3 temas em 3 sessões. A primeira sessão sobre o tema Gestão e Estratégia – Como reposicionar a minha empresa? realiza-se no dia 29 de maio, às 16h00. Terá como orador Pedro de Sousa Santos, doutorando em Ciências da Comunicação com especialização em estratégia organizacional na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa, consultor e formador em gestão, estratégia, internacionalização e marketing estratégico.

Pedro de Sousa Santos será também o orador da segunda sessão dedicada ao tema  Internacionalização – Como preparar a minha empresa e reforçar a aposta?, a realizar no dia 1 de junho, às 16h00.

A terceira sessão online será sobre a Gestão da Qualidade – Qual a importância da Qualidade, do Ambiente, da Segurança no Trabalho e da Segurança Alimentar na atualidade?, no dia 2 junho, 16h00. Vai ter como oradoras Dulce Rita e Susana Monteiro.

As inscrições são gratuitas. Programas e condições de participação em www.nersant.pt



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:05
link do post | comentar | favorito

Município de Azambuja assinala Feira de Maio em formato digital

campino_azambuja.jpg

 

De 28 de maio a 01 de junho, na página de facebook Feira de Maio de Azambuja.

A Bicentenária Feira de Maio de Azambuja, a mais castiça das Festas Ribatejanas, está de regresso, mas desta vez em formato online, devido à pandemia COVID-19. Entre os dias 28 de maio e 01 de junho de 2020, serão cinco dias recheados de conteúdos dedicados à festa brava e a experiências vividas noutras edições, em que não vão faltar as atividades equestres, taurinas, gastronomia e momentos de animação.

Refira-se que, devido às atuais circunstâncias provocadas pelo novo coronavírus, não é possível realizar a Feira de Maio de Azambuja nos moldes habituais, tendo o município adotado uma nova estratégia, recorrendo à página oficial de Facebook Feira de Maio de Azambuja, para assinalar a nossa festa, que consideramos a mais castiça do Ribatejo.

Vamos dar destaque à gastronomia, com dois momentos de showcooking que serão transmitidos em direto na página de facebook. O primeiro acontece no sábado, dia 30 de maio, pelas 18h00, pela mão do Chef Luís de Jesus, que executará o prato “À brás de bacalhau em tinto sobre torricado de azeitonas”. No domingo, dia 31 de maio, também às 18h00, teremos o segundo momento gastronómico com a Chef Madalena Dias, que confecionará “Sopa à campino e reizinhos fritos com escabeche de nêsperas”.

Ao longo do mês de maio, continua a decorrer o desafio #MAIOÀJANELA. O desafio consiste em decorar as janelas, varandas e monstras, com adereços ribatejanos, de forma a engalanar a vila de Azambuja e manter esta tradição anual vivida no mês de maio. Todos os participantes deverão publicar uma fotografia no seu perfil de facebook ou enviar para o facebook da Feira de Maio de Azambuja e utilizar a hashtag #MAIOÀJANELA.

Viva connosco a Feira de Maio de Azambuja, a mais castiça do Ribatejo! Com a esperança que para o ano tudo será melhor...



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:03
link do post | comentar | favorito

“Ascensão 2020 – Edição Fique em Casa”

bezourinhos 1_1.jpg

 

Memorável, inédita e pioneira

 

Para que ninguém precisasse de sair casa, o Município da Chamusca levou a festa até mais perto de todos, diretamente do Coração do Ribatejo para o mundo, através das redes sociais.

Durante nove dias foram emitidos concertos em direto e em formato interativo, entrevistas, celebrações religiosas, showcookings, ateliers temáticos e muitas horas de imagens e de memórias de edições anteriores da Semana da Ascensão.   

 

A “Ascensão 2020 – Edição Fique em Casa”, que decorreu de 16 a 24 de maio, vai ficar certamente na memória dos chamusquenses e de todos quantos assistiram às mais de 60 horas de conteúdos que difundimos ao longo dos 9 dias, nesta que foi uma festa muito diferente, “em casa como nunca, mas memorável como sempre”.

Pela primeira vez na região, e numa iniciativa pioneira a nível nacional, o Município da Chamusca transformou a festa maior do concelho, a Semana da Ascensão, numa celebração virtual, com diversos conteúdos a serem difundidos em vídeo e em direto através das redes sociais do Município, nomeadamente, através da página oficial do Facebook.

Esta foi a resposta ao inevitável cancelamento do evento no seu formato habitual e presencial, devido às limitações impostas pela pandemia Covid-19.

Nestes dias diferentes, em que não foi possível viver a Semana da Ascensão como seria o desejado, foi possível ainda assim viver como nunca o espírito da partilha da festa, em tantas imagens que recordámos das edições anteriores da nossa festa, mas também através das novas imagens que criámos e levamos até si, nos 10 concertos em direto e nas muitas horas de outros conteúdos que preparámos para promover as nossas tradições, mas também para apoiar os nossos agentes económicos e culturais que, connosco, fizeram da edição de 2020 da Ascensão um sucesso.

As estatísticas finais das visualizações, das partilhas e das interações das publicações, na página oficial do Facebook do Município, são a face visível deste enorme abraço coletivo virtual. Apesar da distância física e da ausência de eventos presenciais, estivemos juntos, em casa, entre amigos e em família, todos em Ascensão.

Em 9 dias, registamos um aumento de 220% no alcance das publicações do Município no Facebook, que significa um total de 708 mil pessoas alcançadas pelos diversos conteúdos publicados.

Entre as 60 horas de emissão, em direto e em conteúdos pré-gravados, registamos mais de 438 mil visualizações dos vídeos publicados e mais de 75 mil interações com esses vídeos (comentários, gostos e partilhas).

Sendo um evento digital, a edição da Ascensão 2020 foi para lá das fronteiras da Chamusca e do nosso País. Como pudemos comprovar pelos comentários às publicações e pelo alcance digital dos nossos conteúdos, foram muitos os portugueses a residir no estrangeiro, chamusquenses e não só, que participaram connosco nesta Ascensão 2020. França, Brasil, Suíça, Reino Unido, Luxemburgo, Alemanha foram algumas das localizações   Até eles levámos as tradições da nossa festa, a riqueza do nosso património cultural, gastronómico, etnográfico e tauromáquico, e com eles criámos uma rede que se vai alargando, desejando que as próximas edições da Ascensão sejam o reflexo desta aposta do Município em manter viva a festa, mesmo apesar das limitações que foram impostas pela pandemia.

“A todos os que contribuíram, direta ou indiretamente, para a realização da Ascensão 2020, o Município da Chamusca deixa o seu agradecimento e reconhecimento pelo sucesso alcançado. Esperamos que, no próximo ano, possamos realizar a Festa no seu formato habitual”, afirma o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado.

Para o autarca, “o importante foi que os chamusquenses sentissem que não ia haver um vazio durante o período da Ascensão”. “A festa é o tempo do recomeço, como um ano novo para todos os chamusquenses, um renascer da natureza e do nosso sentimento de pertença a esta comunidade. Não podíamos deixar de assinalar, de alguma forma, este sentimento de pertença da Ascensão”, frisa o Presidente da Câmara da Chamusca.  

Todas as imagens dos concertos e outros conteúdos emitidos continuam disponíveis na página oficial de Facebook do Município (facebook.com/chamusca) e no Canal Youtube (Município da Chamusca).

 

Factsheet

708 mil pessoas alcançadas pelas transmissões

438 mil visualizações dos vídeos publicados

75 mil interações nos vídeos

3.600 minutos emitidos em direto

4.100 partilhas das publicações



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Maio de 2020
Câmara Municipal de Salvaterra de Magos aposta na formação Cultural dos Jovens

 

 

 

Depois de no mandado anterior ter confiado as antigas instalações da Pré-Primária da Marinhais á Academia de Artes “O Batuque”, um projeto cultural que ganhou dimensão e assumiu um papel relevante na panorâmica cultural do concelho, a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos tem vindo, com os seus recursos humanos, a requalificar e ampliar uma antiga Escola Primária para a adequar e colocar ao serviço da futura Escola de Música da Sociedade Filarmónica de Muge.

 

Na última reunião de Câmara, foi aprovada, uma proposta de protocolo que foi negociada com a Associação Humanitária dos BVSM e a Associação Cultural e Musical de Salvaterra de Magos e que vai permitir a esta ultima pelo período de 3 anos renováveis por períodos sucessivos, duplicar a área da sua Academia de Musica que vai passará a ocupar também o piso térreo do antigo quartel dos BVSM, onde a Academia já desenvolvia a sua atividade, ainda que só no 1º andar do edifício.

 

O Presidente do Município referiu a propósito: “ Congratulo-me com a solução encontrada que vai permitir melhorar as condições de ensino e de aprendizagem dos jovens músicos que frequentam as aulas e integram a Banda Filarmónica de Salvaterra de Magos, conseguindo-se ainda garantir que o edifício histórico propriedade da AHBVSM seja útil à comunidade local e convenientemente conservado num esforço a que a CMSM se associará”.

 

O protocolo assegura ainda que os AHBVSM beneficiará de duas atuações, por ano da Academia de Música em eventos que realize designadamente para angariar verbas para os Bombeiros Voluntários. A Associação Cultural e Musical de Salvaterra de Magos dirá ainda presente no caso de a AHBVSM querer retomar a sua Fanfarra, disponibilizando 1 hora semanal para formação de todos quantos possam vir a assumir este projeto.

 

O Município de Salvaterra de Magos na sequência da construção de novos centros Escolares tem vindo a protocolar com mais de duas dezenas de Associações culturais, desportivas e recreativas do concelho, a utilização dos antigos espaços escolares, apoiando e financiando também a realização de obras nos espaços utilizados por muitas outras coletividades.

 

“A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos tem feito ainda investimentos substanciais na regeneração urbana de edifícios municipais e na sua ulterior utilização para serviços culturais e de proximidade aos cidadãos, como foram e serão os casos do Mercado de Cultura em Marinhais, do Espaço Jackson na Glória do Ribatejo e da reabilitação da antiga Escola “O Século” em Salvaterra de Magos” – disse a concluir o Presidente da Câmara Municipal.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:12
link do post | comentar | favorito

"O Teletrabalho veio para ficar"


NERSANT ONLINE sobre impacto da covid-19 nas relações jurídico-laborais

“O teletrabalho, até agora com pouca expressão em Portugal, vai instalar-se em força nos próximos tempos, como uma das consequências da pandemia”, afirmou o advogado João Teixeira Leite, na conferência online sobre “O impacto da covid-19 nas relações jurídico-laborais”, realizada pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, esta segunda-feira, dia 25 de maio. Uma sessão online sobre um tema do maior interesse e atualidade em que se destacaram as medidas excecionais do lay-off simplificado, das faltas justificadas, do teletrabalho e dos apoios às empresas.

 

Covid-19 já deu origem a 230 diplomas legais

João Filipe Teixeira começou por fazer o enquadramento da situação jurídica, na sequência da declaração da pandemia pela Organização Mundial a 30 de janeiro. As orientações da Direção Geral de Saúde. Por curiosidade, referiu que entre o primeiro diploma legislativo em Portugal com data de 2 de março e a declaração do estado de emergência a 18 de março, foram publicados 19 despachos, 3 resoluções do concelho de ministros, 3 portarias e 1 decreto-lei – um total de 27 diplomas legais em 15 dias. Um número que aumenta para um total de 230 diplomas legais aprovados até à data de hoje, segundo o advogado.

João Filipe Teixeira destaca na sua comunicação o Decreto lei 10-A/2020, que já beneficiou de 11 alterações.

O que mudou nas faltas justificadas

O advogado deteve-se mais pormenorizadamente na questão das faltas dos trabalhadores que passaram a poder ser justificadas por assistência à família por encerramento das escolas, por isolamento profilático, por doença, para assistência a filhos menores de 12 anos. As faltas justificadas dos trabalhadores para assistência a filhos menores de 12 anos ou deficientes têm direito a um apoio financeiro excecional mensal ou proporcional correspondente a 2/3 da sua remuneração base, sendo a mesma suportada em partes iguais pela entidade empregadora e pela Segurança Social. Só um dos cônjuges tem esse direito, embora o possa usufruir de forma alternada. Quem estiver em teletrabalho não pode justificar faltas para assistência à família por cancelamento das atividades letivas ou formativas. O trabalhador pode agora marcar férias sem necessidade de acordo com o empregador, para coincidir com as férias escolares, durante as quais não recebe apoio financeiro excecional.

As faltas justificadas por isolamento profilático, abrangem quem tenha estado em contato com doentes com covid-19, ou quem tenha sido diagnosticado com a doença. É equiparada a doença, com direito a receber subsídio de doença e com um regime mais benéfico do que o regime geral. Pode-se optar, caso se sintam em condições, por fazer o isolamento profilático em teletrabalho, com a vantagem de não ter perda de remuneração. Podem também beneficiar desta medida os imunodeprimidos e os portadores de doença crónica que, de acordo com as orientações da autoridade de saúde, devam ser considerados de risco, designadamente os doentes cardiovasculares, os portadores de doença respiratória crónica, os doentes oncológicos e os portadores de insuficiência renal. Estas pessoas podem justificar a falta ao trabalho mediante declaração médica, desde que não possam desempenhar a sua atividade em regime de teletrabalho ou através de outras formas de prestação de atividade.

Regime de lay-off simplificado tem os dias contados

O regime de lay-off simplificado mereceu igualmente destaque nesta comunicação de João Filipe Teixeira. Na sua opinião, “o atual regime simplificado tem os dias contados, prevendo-se que seja alterado nos próximos tempos, de forma a aproximar-se do regime geral do lay-off do Código do Trabalho”. O lay-off tem como objetivos a manutenção dos contratos de trabalho e a recuperação da empresa. O atual regime simplificado destina-se a empresas afetadas especificamente pela covid-19, beneficiando de uma redução dos processos de forma a permitir uma rápida intervenção. Implica o encerramento parcial ou total da empresa devido à covid-19 e uma quebra abrupta e acentuada de pelo menos 40% da faturação à media mensal dos 2 meses anteriores do pedido ou face a período homologo do ano anterior ou a empresas com menos de 12 meses de atividade, à média desse período.

O apoio consiste num apoio financeiro atribuído à empresa, por trabalhador, destinado ao pagamento de salários. O trabalhador recebe 2/3 da retribuição normal ilíquida com o limite inferior de 635€ até ao máximo de 1905.00€, do qual a segurança social paga 70% e a empresa 30%.

Em alternativa, o apoio pode ser através de formação com duração de 1 mês em tempo parcial, em que o apoio ao trabalhador é concedido em função das horas de formação frequentadas, até ao limite de 50 % da retribuição ilíquida, com o limite máximo de uma remuneração mínima mensal garantida. Os empregadores que beneficiem das medidas previstas no presente decreto-lei têm direito a um incentivo financeiro extraordinário para apoio à retoma da atividade da empresa.

Para poderem beneficiar do lay-off, as empresas estão proibidas de fazer despedimentos coletivos ou por extinção posto de trabalho; devem manter o cumprimento de obrigações legais, fiscais e contributivas e estão impedidas de fazer distribuição de lucros.

O teletrabalho veio para ficar

O teletrabalho esteve em destaque nesta conferência. “Em 2018 apenas estavam registados 800 trabalhadores em teletrabalho em Portugal, apesar das vantagens que este regime de trabalho apresenta”, começou por referir João Filipe Teixeira. Uma situação que se alterou com a pandemia a colocar milhares e milhares de pessoas em teletrabalho. Para os trabalhadores, entre as vantagens do teletrabalho destaca-se a redução dos custos de deslocações, melhores oportunidades de trabalho, maior facilidade e economia na escolha da habitação e local de residência, e o horário flexível. Para a entidade empregadora, destaca-se a poupança nos custos (rendas, eletricidade, água, despesas de manutenção do espaço, etc.), aumento de produtividade, melhor retenção dos trabalhadores (o que poupam nas rendas pode ser usado para melhorar as remunerações) e turnos mais flexíveis.

Quanto a desvantagens, refiram-se o estar permanentemente ligado (hoje já se fala no Direito a desligar), a dificuldade de supervisão remota, o isolamento social, as condições de higiene e segurança no trabalho e a segurança da informação.

Entre as condições para a implementação do teletrabalho destaca-se a existência de filhos com menos de 3 anos, que foi a situação mais vulgar em 2018.

Ao abrigo da covid-19, o teletrabalho passou a ser primeiro uma recomendação e depois uma imposição legal, sempre que as funções o permitam. Sobre a questão do direito ao subsídio de refeição para os trabalhadores em teletrabalho, João Filipe Teixeira refere os argumentos a favor, atendendo a que estes trabalhadores mantêm os mesmos direitos dos demais trabalhadores (formação, promoção, limites aos períodos de trabalho, segurança e saúde no trabalho, cobertura de Acidente de trabalho ou doença profissional), além de que o subsídio de refeição não está consagrado na legislação laboral, mas sim em quase todos os IRCT, que curiosamente referem o tempo de trabalho mas não o local da prestação do trabalho.

Quanto aos apoios às empresas, o orador referiu as moratórias ao pagamento de empréstimos e operações de crédito, as linhas de apoio setoriais e gerais às empresas, e os apoios fiscais e da segurança social.

 

Novas sessões online programadas

Esta videoconferência inscreve-se nas sessões online que a NERSANT tem vindo a realizar, dando continuidade ao apoio às empresas da região.

Em agenda sessões online sobre: Novos paradigmas nas empresas, dia 29 maio e Orçamento e Gestão de Tesouraria (Ciclo de Sessões online Ferramentas de Apoio à Gestão), no dia 8 de junho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:49
link do post | comentar | favorito

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA POVOAÇÃO DE LITEIROS CONCELHO DE TORRES NOVAS  

COMUNICADO

 

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA

NA POVOAÇÃO DE LITEIROS

CONCELHO DE TORRES NOVAS  

DIA 28 DE MAIO, QUINTA-FEIRA

NO PERÍODO ENTRE AS 09H00 E AS 14H00

 

A ÁGUAS DO RIBATEJO informa que devido a intervenções para instalação de marco de incêndio e válvulas de seccionamento no Sistema de Abastecimento de Liteiros, concelho Torres Novas, haverá suspensão temporária do abastecimento de água no dia 28 de maio, quinta-feira, no período entre as 09h00 e as 14h00.

Locais afetados:

Ø Toda a povoação de Liteiros entre as 09h00 e as 14h00

 

A ÁGUAS DO RIBATEJO agradece a compreensão dos clientes e consumidores. Tudo

 

 

 

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 15:47
link do post | comentar | favorito

ESCOLAS DA GOLEGÃ RECEBEM 22 MIL EUROS DO DONATIVO MISSÃO CONTINENTE

image002.png

O projeto “Comer e mexer para a Saúde ter!”, do Agrupamento de Escolas Golegã, Azinhaga e Pombalinho, foi um dos vencedores do donativo Missão Continente 2019/20. Este programa seleciona 10 projetos nacionais que se focam na prevenção da obesidade infantil e pelos quais é distribuído 167 mil euros, angariado através da venda de presentes solidários dos Angry Birds durante o último Natal. 

 

O Agrupamento de Escolas Golegã, Azinhaga e Pombalinho, em parceria com a UCC Chamusca/Golegã, ESS de Santarém e Câmara Municipal da Golegã desenvolveram este projeto, que irá receber 22 mil euros, com o intuito de instalar um circuito de atividade física no exterior da escola com aquisição de equipamentos, implementação da ida para a escola de bicicleta/pé, aquisição de materiais/workshops para apoio das sessões lúdico/teórico/práticas e consultas de nutrição.

 

A Missão Continente recebeu 164 candidaturas de entidades nacionais sem fins lucrativos, privadas ou públicas com projetos no âmbito da prevenção da Obesidade Infantil que foram sujeitas a uma votação online e avaliadas por um júri especializado, em função da pertinência e do impacto de cada projeto junto dos mais jovens.

 

O júri, composto pelo Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, a Direção-Geral da Saúde, a Direção-Geral da Educação, a Associação Portuguesa de Nutrição e a Federação Portuguesa de Futebol, selecionou 10 projetos referentes a cinco escolas, uma associação de pais, duas entidades de saúde e duas entidades do setor social.

 

Os valores atribuídos a cada um dos projetos variam entre os 10 mil e os 22 mil euros e vão permitir pôr em prática ideias para promover hábitos saudáveis através de ações de formação e sensibilização, workshopsshowcookings e promoção da importância do exercício físico junto das crianças, pais e comunidade escolar.

 

Após a distribuição dos donativos a cada projeto vencedor é realizado um plano de acompanhamento que ajuda a implementar os projetos selecionados através de workshops de capacitação, visitas, acompanhamento contínuo e apoio técnico.

 

Alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a Missão Continente, reforça, assim, a sua atuação no âmbito da alimentação saudável, continuando o seu apoio a iniciativas transformadoras e com impacto social, de diferentes associações do setor social em Portugal.

 

O detalhe dos vencedores do Donativo Missão Continente 2019/20 encontra-se disponível no site da Missão Continente: https://missao.continente.pt/

 

Projetos Vencedores

- Vamos a Mexer | Agrupamento de Escolas de São Gonçalo, Torres Vedras | Lisboa | 10.000€

- Missão vamos à horta | Jardim de infância nº1 de Viana do Castelo - Associação de Pais e Encarregados de Educação | Viana do castelo | 13.000€

- Comer e mexer para a Saúde ter! | Agrupamento de Escolas Golegã, Azinhaga e Pombalinho |Santarém | 22.000€

- Super Nutri | Jardim de infância de Arcozelo das Maias / Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades | Viseu | 19.000€

- MuDança | Associação Vila Real a Dançar | Vila Real | 20.000€

- Comer com Saúde, Mexer com Alegria | Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real | Vila Real | 20.000€

- A minha lancheira | Administração Regional de Saúde do Alentejo, IP | Évora | 10.000€

- Alimento Suficiente, Saúde Excelente! | Escola JI/EB1 da Conceição | Faro | 13.000€

- Cinfães em forma - Bem comer e muito correr para melhor viver! | Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto | Viseu | 20.000€

- BaLanSa – Bares e Lancheiras Saudáveis | Unidade de Saúde da Ilha de São Miguel | Ilha de São Miguel | 20.000€

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:39
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19

25
26

27
28
29
30


posts recentes

Ainda a transferência da ...

NERSANT apresenta novo mo...

NERSANT apresenta novo mo...

AZAMBUJA: Vai arrancar em...

AZAMBUJA: Vai arrancar em...

ENTRONCAMENTO

AZAMBUJA:

PS CARTAXO REFORÇA REPRES...

  Torres Novas - Detido ...

ENTRONCAMENTO: Município ...

Calendário Concursos Naci...

TORRES NOVAS: Teatro Virg...

ENTRONCAMENTO: Oferta de ...

Azambuja é o 6º concelho ...

PSD quer redes 5G a opera...

Jovens da Chamusca recria...

Casas do Ambiente vence G...

Dúvidas e mais dúvidas

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Obra da Sinagoga de Tomar...

SUSPENSÃO NO ABASTECIMENT...

Ferreira do Zêzere – Pris...

10 anos de metodologia PR...

SANTARÉM: Inauguradas obr...

Município de Abrantes apo...

CARTAXO: SITUAÇÃO DE CONT...

ENTRONCAMENTO: Crescer na...

Município de Azambuja org...

CARTAXO ABRE ANO LETIVO C...

Já arrancou a requalifica...

tags

todas as tags

arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Contactos
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds