NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2020
Fazer todos os esforços para reabrir a URGÊNCIA      (no período nocturno) do Hospital TOMAR

hospital-de-Tomar-DSCF2084-e1503587732551.jpg

 

Vivemos tempos de excepção na prestação de cuidados de saúde. Todos os esforços das pessoas devem ser canalizados para evitar comportamentos que potenciem o aparecimento e/ou o agravamento de situações críticas de doença.

As medidas temporárias recentemente tornadas públicas pelo CA do CHMT, Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, (no âmbito do nível 2 do Plano Contingência Outono/Inverno) condicionam o acesso a alguns serviços (e em determinados períodos) de cuidados de saúde de proximidade, o que lamentamos. Estão neste caso as consultas não presenciais, a passagem de alguns serviços para outras unidades, o regresso de outros e o encerramento da urgência básica no período nocturno. Estas medidas, apesar de transitórias e da garantia de cuidados de saúde no âmbito de outras unidades do CHMT, criam ansiedade e desconforto na população.

Mas nestes tempos de excepção temos de compreender que em primeiro lugar deve estar o aproveitamento de todos os meios do Serviço Nacional de Saúde e outras entidades, para a resposta aos casos críticos (doentes COVID e doentes NÃO COVID), que consome muitos recursos, como capacidade de internamento, equipamentos, profissionais…

Manifestamos a nossa solidariedade aos trabalhadores que, com estoicismo e dedicação, prestam cuidados de saúde à população. Apelamos a que se façam todos os esforços para dotar o CHMT de recursos profissionais, com condições remuneratórias e de trabalho, que possam garantir o funcionamento da Urgência do Hospital de Tomar durante as 24 horas.

«CUSMÉDIO TEJO»



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:47
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: PEDRO MAGALHÃES RIBEIRO EMITIU DESPACHO A CLARIFICAR OS HORÁRIOS DE ABERTURA E ENCERRAMENTO DO COMÉRCIO LOCAL

 

  • O Presidente da Câmara Municipal afirmou que “sempre defendi que o comércio local merece as mesmas regras das grandes superfícies”. Sublinhou, ainda, que “são os comerciantes que pagam todos os seus impostos no concelho, que pagam todos os seus impostos no país, e não fazia qualquer sentido serem discriminados em relação aos hipermercados.”
  • O autarca saudou “a clarificação que existiu ontem por parte do Governo, que assumiu de forma inequívoca a igualdade de tratamento entre o comércio local e as grandes superfícies. Era muito importante não deixar margem para dúvidas sobre o respeito que tem que existir pelo sacrifício de todas as pessoas, nomeadamente pelo sacrifício dos nossos comerciantes que, num contexto de Estado de Emergência, passam por muitas dificuldades e têm, também por isso, de ser protegidos.”
  •  Para Pedro Magalhães Ribeiro “todas as manifestações públicas de descontentamento, quer por parte dos comerciantes quer por parte dos autarcas, foram muito importantes para que o Governo clarificasse ontem, com a nova Resolução do Conselho de Ministros, que existe de forma inequívoca uma regra igual para todos”.

 

 

Síntese do Despacho do Presidente da Câmara Municipal, cujos efeitos são imediatos:

 

(…) Com as alterações introduzidas pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 96-B/2020, de 12 de novembro, o Governo determinou o:

 

  1. Encerramento do comércio e restauração a partir das 13 horas e a abertura a partir das 8 horas, exceto:

 

  1. a) Os estabelecimentos de venda a retalho de produtos alimentares, bem como naturais ou dietéticos, de saúde e higiene, que disponham de uma área de venda ou prestação de serviços igual ou inferior a 200 metros quadrados com entrada autónoma e independente a partir da via pública;
  2. b) Os estabelecimentos de restauração e similares, independentemente da área de venda ou prestação de serviços, desde que exclusivamente para efeitos de entregas ao domicílio;
  3. c) As farmácias;
  4. d) As atividades funerárias e conexas;
  5. e) Os serviços médicos ou outros serviços de saúde e apoio social, designadamente consultórios e clínicas, clínicas dentárias e centros de atendimento médico-veterinário com urgências;
  6. f) As áreas de serviço e postos de abastecimento de combustíveis que integrem autoestradas, não sendo permitidas as atividades de cafetaria e restauração;
  7. g) Os postos de abastecimento de combustíveis não abrangidos pela alínea anterior, exclusivamente para efeitos de venda ao público de combustíveis e abastecimento de veículos e desde que no âmbito das deslocações autorizadas ao abrigo do artigo 3.º do Decreto n.º 8/2020, de 8 de novembro;
  8. h) Os estabelecimentos de prestação de serviços de aluguer de veículos de mercadorias sem condutor (rent-a-cargo) e de aluguer de veículos de passageiros sem condutor (rent-a-car);
  9. i) Os estabelecimentos que prestem serviços de alojamento;
  10. j) Os estabelecimentos situados no interior de aeroportos situados em território nacional

continental, após o controlo de segurança dos passageiros.

 

  1. Restaurantes a partir das 13 horas só para entrega ao domicílio.

 

Pelo exposto e no uso da competência que me é conferida pelo n.º 3 do artigo 10.º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 92-A/2020, de 2 de novembro, alterada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 96-B/2020, de 12 de novembro, determino que, nos dias 14, 15, 21 e 22 de novembro, os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços existentes na área do Município do Cartaxo podem:

 

  1. Abrir a partir das 8 horas, ainda que o seu horário de abertura habitual seja posterior;

 

  1. Abrir a qualquer hora posterior às 8 horas, se esse for o seu horário de abertura habitual;

 

  1. Continuar a praticar o horário de abertura habitual os estabelecimentos cujo horário seja anterior às 8 horas, em conformidade com o estipulado no n.º 3 do artigo 29.º da Resolução de Conselho de Ministros n.º 92-A/2020, de 2 de novembro, alterada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 96-B/2020, de 12 de novembro. (…).


publicado por Noticias do Ribatejo às 21:46
link do post | comentar | favorito

ABERTURA AO PÚBLICO DA LOJA AQUANENA

LOJA AQUANENA.jpg

 

 

A AQUANENA – Empresa Municipal de Águas e Saneamento de Alcanena, S.A., vai abrir oficialmente ao público, a partir de dia 16 de novembro, a sua nova loja de atendimento ao público e de serviços comerciais, instalada no Mercado Municipal António Galveias Dias, na Vila de Alcanena.

Na nova loja, os clientes e consumidores do concelho de Alcanena vão poder contatar diretamente com os serviços comerciais e administrativos da AQUANENA, vão poder efetuar a gestão dos seus contratos de água e saneamento, solicitar o fornecimento de serviços, pagar faturas, obter o esclarecimento de dúvidas, efetuar reclamações e solicitar a intervenção dos serviços técnicos da empresa.

A nova Loja AQUANENA é uma aposta da empresa em reforçar a proximidade com os seus clientes e consumidores. A opção pela instalação da loja no espaço do renovado Mercado Municipal António Galveias Dias deve-se ao facto de ser um equipamento central na vila de Alcanena e de estar dotado de todas as condições para prestar um atendimento de excelência aos clientes da empresa.

Na nova loja e sede da empresa estão também instalados os serviços comerciais e administrativos da AQUANENA, até agora a funcionarem provisoriamente nas instalações da ETAR de Alcanena. A operação técnica e logística da empresa mantém-se a laborar a partir das instalações da ETAR.

No acesso dos clientes à nova loja, a AQUANENA pede que sejam cumpridas todas as normas de segurança da DGS para prevenir e evitar contágios pela pandemia COVID-19. O atendimento em loja é limitado a um máximo de 3 pessoas no interior da loja. É obrigatório o uso de máscara, a higienização das mãos e o respeito pela distância de segurança de 2 metros entre clientes quando estiverem a aguardar na fila, no interior e no exterior da loja.

A nova Loja da AQUANENA vai funcionar, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h30 e das 14h00 às 16h00.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:18
link do post | comentar | favorito

Inscrições a esgotar para curso online gratuito em Sistema HACCP

 

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, no âmbito da Formação Modular Certificada - que garante oferta formativa gratuita para empregados e desempregados - vai dinamizar a partir do dia 19 de novembro, o curso online gratuito em Sistema HACCP - Hazard Analysis and Critical Control Point.

 

Todas as empresas do setor alimentar que se dediquem a qualquer fase da produção, transformação, armazenagem e/ou distribuição de géneros alimentícios têm de desenvolver o sistema HACCP, que, na aceção da palavra em português, significa sistema de Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos.

De forma a prevenir, eliminar ou apenas reduzir os perigos que podem vir a contaminar o género alimentício durante o seu processo produtivo e posterior distribuição, devem ser tidos em conta requisitos que uma vez contemplados permitiram a aplicação efetiva do sistema HACCP. Os pré-requisitos controlam os perigos associados ao meio envolvente ao processo de produção do género alimentício, enquanto que o sistema HACCP controla os perigos associados ao processo de produção.

Desta forma, é fundamental que os trabalhadores das empresas destes setores de atividade estejam familiarizados com o sistema e capacitados para a eficaz implementação e cumprimento dos requisitos associados ao mesmo.

A formação em Sistema HACCP da NERSANT pretende, desta forma, elucidar os formandos sobre como aplicar os princípios de análise de riscos e controlo dos pontos críticos no processo produtivo dos alimentos, de forma a garantir a segurança alimentar, bem como facultar ferramentas para uma eficaz realização da manutenção dos processos associados ao sistema HACCP.

A formação terá a duração de 25 horas e é destinada a empregados e desempregados. A mesma inicia no dia 19 de novembro, em formato totalmente virtual, e vai decorrer em horário pós-laboral, entre as 18h30 e as 22h30. Sendo uma ação no âmbito da Formação Modular Certificada, a mesma não tem qualquer custo de participação para os formandos.

Ainda há vagas para as últimas inscrições, devendo os interessados efetuar a sua inscrição com a maior brevidade possível no portal da NERSANT, em www.nersant.pt (Formação » Cursos Financiados » Empregados e Desempregados).



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:17
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Janeiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

AR E CMB COMBATEM PRAGA...

CARTAXO: REFEIÇÕES ESCOLA...

COVID-19: Proibido o aces...

Academia Faz Acontecer co...

NOVA CONDUTA MELHORA ABA...

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNI...

TOMAR: Criação da Escola ...

ENTRONCAMENTO: TURE GRATU...

OBRAS FOROS DE ALMADA_SU...

Resitejo/RSTJ cumpre os o...

Nasceu o projeto “Santaré...

CARTAXO: VEREADOR PEDRO N...

COVID-19: Município da Ch...

EDP Distribuição cria n...

ABRANTES: Câmara reforça ...

Coruche – Detido para cum...

Campo de Voo de Benavente...

Covid 19- Mais um confina...

AZAMBUJA: Deliberações da...

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNI...

AR ATENDE COM MARCAÇÃO P...

Altice Portugal intensifi...

NERSANT esclarece empresa...

CARTAXO: SÍNTESE DE ALTER...

Bloco de Esquerda; Câmara...

Município da Chamusca sub...

...

Tomar assume presidência ...

ENTRONCAMENTO: Campanha d...

...

tags

todas as tags

arquivos

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds