NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Domingo, 28 de Fevereiro de 2021
VNB: por cuidados de saúde de proximidade!

DSCF2989.jpg

 

POR CUIDADOS DE SAÚDE

DE PROXIMIDADE!

Todo o movimento de utentes, autarcas, unidades e profissionais de saúde sabem que a saúde física e psíquica das populações está dependente do acesso a cuidados de saúde de proximidade e qualidade, sejam cuidados primárias, hospitalares e/ou continuados.

A organização dos cuidados de saúde no Concelho de Vila Nova da Barquinha assenta na actividade da USF Barquinha (Unidade de Saúde Familiar), com sede na vila, nos Pólos da Atalaia, Praia do Ribatejo e Limeiras e na UCC Almourol (Unidade de Cuidados à Comunidade), cuja actividade se estende também ao concelho vizinho de Constância.

Com a pandemia COVID-19 (rastreios, acompanhamento, vacinação…) os recursos humanos são escassos para tanta actividade. Mas se está a ser exigido um esforço extra aos profissionais, os utentes estão seriamente prejudicados pois os Pólos (Atalaia, Praia e Limeiras) estão fechados. Esta situação implica a obrigação de deslocação à sede do Centro de Saúde, para diligências tão simples como pedir uma receita.

Sabemos das dificuldades de ter recursos humanos para todas as necessidades das populações, nesta fase complicada para as unidades de saúde. Mas em defesa da saúde da população, tal situação, motiva-nos a publicamente apelar a que se programe a curto/médio prazo a reabertura das unidades de saúde de proximidade na Atalaia, Praia e Limeiras.



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:05
link do post | comentar | favorito

TEMAS DE SAÚDE: Fim de vida…

22006784_c7wjr.jpeg

Por: Antonieta Dias (*)

 

Um dos ciclos mais complicados que vivenciamos é o que se relaciona com o fim de vida.

Por mais que estejamos preparados existe sempre uma enorme esperança que esse dia ainda estará longínquo.

E mesmo os profissionais da saúde nem todos estão habilitados para prestar os cuidados de conforto que irão amenizar a passagem para o Oriente Eterno.

A consciencialização de que o doente em fim de vida está associada ao "doente moribundo", exige que o tratamento desse paciente seja direcionado no sentido de minimizar a angústia que se gera no doente, nos seus familiares e nos seus amigos. Daí a importância que deve ter a qualidade de vida do paciente em todas as fases de transformação decorrentes da evolução do seu ciclo de vida e da evolução da sua patologia. 

Na prestação de cuidados ao doente em fim de vida é obrigatório aplicar em todas as abordagens clínicas, os conhecimentos  científicos destinados a minimizar e a controlar o sofrimento, criando as medidas de conforto para que o tempo  que antecede a fase final da vida seja vivenciada de uma forma emocionalmente estável, fisicamente controlada com atitudes que respeitem os princípios éticos e morais.

O doente incurável é muitas vezes considerado como uma frustração, uma derrota para quem quer cuidar, pois as questões da morte ainda são um tabu para um elevado número de pessoas, que não a encaram bem.

Na década de 60, a Inglaterra preocupada com este grupo de doentes revolucionou os cuidados médicos com a criação dos cuidados paliativos, este modelo de tratamento de doentes  foi mais tarde alargado ao Canadá, aos Estados Unidos  e no final do século XXI, à Europa.

Desta forma na tentativa de aliviar o sofrimento dos doentes incuráveis e perante a incapacidade dos serviços de saúde tradicionais (hospitais) surgiu a necessidade de formar uma especialidade de cuidadores para estes doentes terminais.

Com base nesta realidade social, surgiram então os cuidados paliativos para poderem assistir os doentes com doença prolongada, humanizando os cuidados de saúde prestados a estes doentes.

Porém, em pleno  século XXI  ainda não temos instituições suficientes para alojar o enorme número de pacientes que necessitam destes cuidados especializados.

Em Portugal os serviços qualificados que temos carecem de um reforço pois a procura é muito maior que a oferta e as instituições que temos disponíveis ficam muito aquém das necessidades.

Quase todas as famílias têm ou já tiveram um doente destes no seu seio familiar, muitos deles   com perda da funcionalidade e altamente pendentes. 

A maioria dos doentes que necessitam de ser acompanhados em cuidados paliativos não são moribundos.

E se existirem unidades suficientes para cuidar adequadamente estes doentes, concluiremos que o seu tratamento é muito menos oneroso se estiverem integrados nos cuidados paliativos, do que se for efetuado nos serviços de saúde tradicionais porque os cuidados paliativos são  cuidados preventivos, e estão preparados para responder antecipadamente ao conjunto  de sintomas associados às doenças crónicas terminais.

Obviamente que os critérios de tratamento exigem a intervenção de equipas multidisciplinares cujo pivôt assenta no doente e na família, aos quais terão de dar apoio qualificado e humanizado até à sua morte, dando dignidade à pessoa no seu todo de forma adequada e indispensável ao bem estar do final de vida.
Morte (do termo latino mors) óbito  (do termo latino obitu), falecimento ( falecer+mento), passamento ( passar+ mento), ou ainda desencarne (deixar a carne), são sinónimos usados para se referir ao processo irreversível de cessamento  das atividades biológicas necessárias à caracterização  e manutenção da vida em um sistema outrora classificado como vivo.

Após o processo de morte o sistema não mais vive, e encontra-se  morto.

Durante o nosso tempo de vida experienciamos encontros e desencontros, momentos de chegadas e partidas, enfrentamos muitas despedidas.

Por mais doloroso que seja o dizer adeus, é preciso estarmos preparados para poder acolher a morte pois ela irá ser partilhada por todos.

Ao longo da nossa vida devemos fazer a preparação da morte.
Apesar de a vida ser misteriosa, cujos mistérios se vão revelando aos poucos,  a morte é o grande mistério que só se revela com o fim da vida.

Se hoje nos despedimos de um ente querido, no dia de amanhã outros se irão despedir de nós.

O mais importante é conseguir realizar os sonhos mesmo que sejam muitos os caminhos que teremos de trilhar, e ter sempre espaço nos nossos corações para guardar o amor daqueles que connosco viveram.
Li em qualquer lugar que “dizer adeus é trocar as expectativas e as possibilidades do futuro pelo passado. É perder o presente e o futuro, e ficar com a história e memória de quem partiu. É perder a presença e ficar com a ausência e a saudade.”

O fim de vida não é felicidade mas é aperfeiçoamento. 

O mais importante da vida não é o ponto de partida, mas sim a caminhada que fazemos e os frutos que semeamos.

E nenhum de nós sabe se aquele “até logo “é o último que dizemos.

(*) Médica

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:03
link do post | comentar | favorito

O mundo está lá fora, com todas as suas contrariedades

21990976_OJi7a.png

Por: Catarina Betes

Para de te queixar.
Ninguém quer saber.
Estamos todos sós, perdidos, inseguros.
Ninguém se importa se tens medo.
Todos temos medo! 
Reage. Acorda.
Para de te lamentar...
Se estás aqui, agradece!
Não sejas apenas mais um, cujo olhar não alcança, além da imagem do próprio umbigo.
 
Sê rijo, sê autêntico.
E vive. Atribui à tua vida um sentido.
Não te resignes. Caminha.
Sê autêntico.
Se tiveres que ir, vais, como todos os outros.
Mas não te habitues à pequenês.
A vida é tão preciosa...! 
Sê como o sol, que ilumina a lua sem invejar o seu brilho, sê um farol, não um destino.
Só assim verás, o teu próprio caminho

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021
SANTARÉM: Requalificação da Igreja de São João de Alporão já iniciou

image003.jpg

 

O auto de consignação da empreitada de beneficiação da Igreja de S. João de Alporão foi assinado esta quinta-feira. Esta obra consignada à empresa “In Situ, Conservação de Bens Culturais, Unipessoal, Lda”, está orçada em cerca de 900 mil de euros e tem um prazo de execução de 270 dias.

A referida empreitada de conservação e beneficiação exterior da Igreja, pretende colmatar diversas patologias verificadas na estrutura. A intervenção incidirá, na primeira fase no tratamento dos paramentos exteriores e cobertura, com vista a minimizar os efeitos das agressões externas.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:09
link do post | comentar | favorito

CARTAXO: CÂMARA MUNICIPAL RECEBEU DA TAGUSGÁS A GARANTIA DE COMEÇAR A CORRIGIR OS VALORES FATURADOS DA TOS A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA

Painel-Camara-Cartaxo-1535.jpg

 

 

 

  • A Câmara Municipal recebeu ontem, dia 25 de fevereiro, ofício da Tagusgás no qual a empresa afirma “estamos a desenvolver todas as diligências para retomar o processo de faturação a partir da próxima semana, com a correção dos montantes respeitantes à TOS, com efeitos a partir de 1 de janeiro”.
  • “A nossa exigência de não permitir que os consumidores pagassem num ano, a taxa que a empresa demorou cinco anos a pagar ao Cartaxo, foi a reivindicação que a Câmara Municipal levou para a mesa das negociações e que conseguimos concretizar porque, para além da reivindicação, levámos, desde o primeiro momento, propostas de solução”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro.
  • Segundo o autarca, “o entendimento a que chegámos, garante a reversão da taxa já cobrada aos consumidores e diminui substancialmente o valor mensal para os consumidores”, adiantando que toda a documentação foi partilhada com as forças políticas com assento na Assembleia Municipal e que, em nome da transparência, pode ser acedida por qualquer munícipe a partir do site da Câmara Municipal.

 

O presidente da Câmara Municipal, após um período negocial que começou a 29 de janeiro, formalizou a proposta de acordo com a Tagusgás no dia 19 de fevereiro. No mesmo dia convocou todas as forças políticas para apreciação dos termos encontrados à mesa de negociações. Nos dias 19 e 20 de fevereiro o presidente da câmara Pedro Magalhães Ribeiro, o vice-presidente Fernando Amorim e o Vereador Pedro Nobre reuniram com o Bloco de Esquerda, com o Movimento Independente Pluralista, com a CDU, com o PS e com a coligação Juntos pela Mudança PPD/PSD-NC. Nestas reuniões de trabalho, o executivo camarário com pelouros delegados teve a oportunidade de apresentar, em detalhe, os termos da proposta de acordo, e de prestar esclarecimentos sobre o processo negocial em curso.

 

“A Tagusgás beneficiou durante anos do uso de ocupação do subsolo, um bem público do Cartaxo. Quando, por unanimidade das forças políticas representadas no executivo camarário, essa isenção cessou a partir de 2015, a Tagusgás não pagou os valores que eram devidos por esse uso. Apesar de todos os esforços do município para cobrar a dívida, a empresa não a liquidou ao longo de cinco anos”, afirmou o autarca.

 

Pedro Magalhães Ribeiro explicou ainda que “quando, finalmente, a empresa liquidou a divida acumulada – no mesmo ano em que a Lei de Orçamento de Estado reiterou que a TOS tem de deixar de ser repercutida na faturação ao consumidor final –, repercutiu nos consumidores valores de cinco anos, medida que consideramos desproporcional, como se os consumidores pudessem ser responsabilizados pela demora da empresa em pagar”, afirmou o presidente da Câmara Municipal.

 

“Assumimos, desde a primeira hora, que a repercussão efetuada pelas Tagusgás, desta forma desproporcional, não foi corretamente percecionada e antecipada em toda a sua dimensão pela Câmara Municipal. Assumimos a responsabilidade pela falibilidade da autarquia. Neste sentido, o nosso foco tem estado direcionado para a implementação das necessárias medidas corretivas para reverter a faturação à data de 1 de janeiro, para diluir num prazo num inferior a 10 anos os valores a restituir de TOS e diminuir substancialmente o valor da TOS, de modo a desonerar significativamente os consumidores de gás natural do nosso concelho”, explicou Pedro Magalhães Ribeiro ao descrever “as difíceis negociações, nas quais focámos toda a nossa atenção e todos os nossos recursos técnicos”. Para o autarca, tratou-se de “resolver a injustiça atual, mas também de garantir segurança para o futuro”.

 

Acordo com vista à desoneração dos efeitos da taxa de ocupação do subsolo nos consumidores do concelho do Cartaxo

Nos princípios que orientam a proposta de acordo, foi prioritário para a Câmara Municipal, garantir medidas que diminuíssem o impacto da cobrança da TOS, no sentido de desonerar os consumidores dos seus efeitos. O primeiro objetivo das negociações foi, assim, estabelecer as condições de pagamento e amortização da TOS com referência aos exercícios de 2015-2019, a repercutir pela Tagusgás junto dos consumidores finais. O segundo objetivo foi estabelecer um pacote de medidas adicionais que permitisse, mitigar esse mesmo impacto, para os próximos 10 anos.

 

A proposta de acordo, que terá que ser apreciada e deliberada pelos órgãos autárquicos, assenta nas seguintes medidas:

  1. Previsão de um benefício correspondente ao período de carência de 10 anos, compreendido entre os exercícios de 2021 a 2030, na cobrança da Taxa de Ocupação do Subsolo por parte do Município à Tagusgás, a regulamentar em sede de procedimento de revisão do Regulamento de Taxas e Outras Receitas do Município do Cartaxo;

 

  1. Criação, pelo Município, de um regime de isenção do Imposto Municipal de Derrama, por um período nunca inferior a 10 anos, sobre o lucro tributável sujeito e não isento de Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC), em cumprimentos dos requisitos de isenção estabelecidos pelas normas legais em vigor;

 

  1. Regulamentação de descida, a partir do ano de 2021, do valor constante no artigo 7.º da Tabela e Taxas e Outras Receitas do Município do Cartaxo, nomeadamente, sob epigrafe “ocupação do solo público”, rubrica 2 – “tubos, condutas, cabos condutores e semelhantes, por ano e por metro linear ou fração”.

 

 

A proposta de acordo foi fixada em estrito acompanhamento da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e do Fundo de Apoio Municipal (FAM) e, como já referido, será apresentada a discussão e deliberação da Câmara e da Assembleia municipais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:20
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021
Municipio de Ferreira do Zêzere organizou Webinar’s sobre Programas e Apoios dirigidos a empresários e empreendedores do concelho

webinar FZZ apresentação 2.jpg

No passado dia 23 de fevereiro, decorreu pelas 21h00, um Webinar para empresários do concelho, organizado pelo município de Ferreira do Zêzere em colaboração com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, dedicado à abertura do Programa de Apoio à Produção Nacional.

 

Esta ação de esclarecimento on-line, contou com a presença do Secretário-geral da CIMT, Dr. Miguel Pombeiro e Dra. Sónia Santos, especialista em fundos comunitários, que fizeram a apresentação do programa. A autarquia de Ferreira do Zêzere esteve representada pelo Vice-Presidente Eng. Paulo Neves e Vereador Hélio Antunes que fizeram a moderação da sessão.

 

A presença, com grande expressão de empresários do concelho, que rondou os 40 inscritos, foi uma nota bastante positiva que o Secretário-geral da CIMT realçou e enalteceu. Este programa tem como objetivo apoiar diretamente o investimento empresarial, com enfoque no setor industrial e no sector do turismo, para empresas já existentes. O programa é dirigido a micro e pequenas empresas do território da CIM do Médio Tejo, onde se insere o concelho de Ferreira do Zêzere. São elegíveis, as operações inseridas na CAE REV 3:

-Indústrias extrativas (CAE 05 a 09); Indústrias transformadoras (CAE 10 a 33); Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551); Turismo no espaço rural (CAE 55202); Parques de campismo e de caravanismo (55300); Restauração (561); e Organização de atividades de animação turística (93293).

Trata-se de um apoio que no nosso território (Ferreira do Zêzere) vai desde os 40% de fundo perdido até 60%. As empresas devem assumir o compromisso de manter os postos de trabalho, não havendo a exigência da criação de novos postos. No mínimo, a empresa terá de ter um funcionário afeto aos quadros da empresa. São consideradas candidaturas com uma despesa elegível entre os 20 mil e os 235 mil euros.

A sessão de esclarecimentos realizada, especificamente para as empresas de Ferreira do Zêzere, teve como objetivo, numa primeira parte, a explicação do aviso de concurso, dos vários pontos a ter em consideração e numa segunda parte, contou com um momento para colocação de dúvidas/questões.

Na tarde desse dia, pelas 15h00, decorreu também uma sessão, dedicada à criação de Lojas on-line. Esta ação, fruto de parceria entre o município de Ferreira do Zêzere e os CTT, conta com condições muito vantajosas e visa apoiar os produtores e os comerciantes da região na rápida adoção de novos canais de comércio eletrónico e no acelerar da digitalização dos seus negócios, aproximando os mesmos dos respetivos clientes, possibilitando ao mesmo tempo alcançar novos mercados, o que em tempo de pandemia, pode fazer toda a diferença.

O município de Ferreira do Zêzere encontra-se disponível para eventuais esclarecimentos acerca dos programas referidos, bastando para o efeito enviar pedido de informação para empreededorismo@cm-ferreiradozezere.pt .

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 21:08
link do post | comentar | favorito

Rede viária do Concelho de Azambuja beneficiada com novas pavimentações

12.jpg

11.jpg

 

Rede viária do Concelho de Azambuja beneficiada com novas pavimentações

Empreitada no valor de 330 mil euros

 

Várias artérias na Vila de Aveiras de Cima acabam de ser requalificadas com um novo pavimento betuminoso. A intervenção teve lugar na Rua de Almargens (acesso ao Centro Social Paroquial de Aveiras de Cima), na Rua José António Teles Luís Ramos, na Travessa 1º de Abril e na rua sem nome junto à empresa Intertráfego, e faz parte de uma empreitada lançada pelo Município de Azambuja para conservação e beneficiação de várias estradas na área do concelho.

Estas pavimentações tiveram início na União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, com a renovação de grande parte dos arruamentos da aldeia de Arrifana, que apresentavam essa necessidade mais urgente, bem como da Rua 25 de Abril na ligação de Vila Nova de S. Pedro ao lugar do Carrascal.

A empreitada contempla, ainda, a repavimentação da Rua das Rosas, em Casais de Baixo – Freguesia de Azambuja.

Refira-se que os trabalhos se desenvolvem em três etapas. Primeiro é feita uma fresagem do pavimento danificado para encaixes de soleiras, lancis ou outros elementos existentes; segue-se a aplicação de uma primeira camada, chamada de regularização; e, por fim, é aplicada a camada de acabamento de misturas betuminosas a quente.

Esta intervenção para a conservação e beneficiação de estradas no concelho representa um investimento municipal de cerca de 330 mil euros.

 

Município de Azambuja duplica subsídios anuais às IPSS no contexto da pandemia Covid-19 (98 mil euros)

Deliberações da Reunião de Câmara de 23 de fevereiro de 2021.

Reunindo em sessão ordinária, por videoconferência, no dia 23 de fevereiro, o Executivo Municipal de Azambuja aprovou um conjunto de propostas onde se destaca a duplicação dos subsídios anuais às IPSS para 2021, num total próximo dos 98 mil euros, no contexto da atual situação epidemiológica, provocada pela Covid-19.

Esta medida enquadra-se no Regulamento de Apoio às IPSS do Concelho de Azambuja, ao abrigo do qual o município definiu um valor base de 3.000,00 € por instituição (subida de 500,00 € face a 2020) mais 12,00 € por cada utente das várias valências em funcionamento, garantindo neste critério o valor mínimo de 1.000,00 €.

À semelhança de idêntica medida tomada no ano anterior, e como reforço da resposta à crise pandémica, a autarquia decidiu duplicar o valor do subsídio anual apurado. Esta atribuição às 9 Instituições Particulares de Solidariedade Social existentes no concelho totaliza a verba exata de 97.888,00 €, com os seguintes montantes:

Centro Social e Paroquial de Azambuja – 18.648,00€

Centro Social e Paroquial de Aveiras de Cima – 15.000,00€

Centro Social e Paroquial de Alcoentre – 8.000,00€

Centro Social e Paroquial de Aveiras de Baixo – 8.000,00€

Santa Casa da Misericórdia de Azambuja – 15.696,00€

Cerci Flor da Vida – 8.544,00€

Casa Pombal “A Mãe” – 8.000,00€

Casa do Povo de Manique do Intendente – 8.000,00€

Associação Nossa Senhora do Paraíso – 8.000,00€

 

Ainda, no âmbito dos apoios financeiros, foram tomadas quatro deliberações.

À Fábrica da Igreja Paroquial de Nª Sª da Purificação de Alcoentre – Capela da Maçussa, é atribuído o montante de 925,00€ (novecentos e vinte e cinco euros), para apoiar a aquisição de um relógio de torre computorizado e reparação do restante equipamento.

À Associação Nossa Senhora do Paraíso, é atribuído o apoio financeiro de 1.785,00€ (mil, setecentos e oitenta e cinco euros), correspondentes a 85% do orçamento apresentado para a aquisição de um fogão.

Ao Aveiras Sport Club Aveiras de Cima é atribuído o valor de 1.500,00€ (mil e quinhentos euros), para aquisição de material e montagem de instalação elétrica no campo de futebol.

A Casa do Povo de Manique do Intendente irá receber, como apoio financeiro anual às atividades socioculturais, o valor de 1.462,50 € (mil, quatrocentos e sessenta e dois euros e cinquenta cêntimos).

 

Da ordem de trabalhos constava o acordo de transferência de domínio de uma rodovia, a celebrar entre o Município de Azambuja e a IP - Infraestruturas de Portugal.

Por acordo entre as duas partes, o troço de ligação à EN3-1, na extensão de 0,780km, e o troço da EN3-1 entre o km 0,123 e o km 2,206, na extensão de 2,080km, que até aqui estavam sob a responsabilidade da empresa Infraestruturas de Portugal, passam a integrar o domínio publico rodoviário municipal.

Nesta reunião, foi, igualmente, aprovado o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil de Azambuja. Assim, cumpridas todas as fases do respetivo processo de revisão, incluindo a consulta pública e o parecer favorável da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o plano municipal segue, agora, para apreciação pela Assembleia Municipal.

Foi deliberado abrir um procedimento com vista à alteração do regulamento e tabela de taxas, licenças e preços do Município de Azambuja. O processo será aberto à participação dos cidadãos, que poderão apresentar os seus contributos de acordo com os requisitos do edital a publicar brevemente.

Na área da Educação, foi aprovado o protocolo de colaboração entre o Município de Azambuja e a empresa EDP, no âmbito da iniciativa “Partilha com Energia”. Trata-se de um projeto educativo que fomenta o desenvolvimento social, económico e cultural, tendo como objetivo estimular nos participantes competências como o empreendedorismo, a cidadania ativa e a responsabilidade cívica.

Nesta sessão, o Executivo Municipal aprovou a doação de 77 livros para incorporar o espólio das Bibliotecas Escolares dos três Agrupamentos de Escolas do Concelho de Azambuja, no âmbito do projeto “Ler por Prazer”.

Foi aprovado aceitar o auto de transferência de material da CIMLT, no valor de 5.451,11 €, no âmbito da candidatura “BiblioTICs” do PADES – Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços de Bibliotecas Públicas, promovido pela Direção-Geral, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

No ano 2020, a Rede de Bibliotecas do Município de Azambuja foi contemplada, no âmbito desta candidatura, com um par de óculos de realidade virtual, uma impressora 3D, quatro conjuntos de computadores completos (monitor, desktop, rato, teclado), quatro computadores portáteis e dez tablets, assim como, algumas obras literárias. É de referir que no âmbito do projeto “BiblioTICs”, a DGLAB irá disponibilizar a formação necessária para a capacitação dos técnicos das Bibliotecas Municipais da Lezíria do Tejo na utilização dos novos equipamentos.

Por fim, e no âmbito do projeto “Crescer a Ler” no ano letivo 2020/2021, foi deliberado ofertar um exemplar do livro “O coelho que sabia ouvir” – de Cori Doerrfeld, a várias IPSS e escolas com ensino pré-escolar, nomeadamente ao Centro Social e Paroquial de Azambuja, à Santa Casa da Misericórdia de Azambuja, ao Centro Escolar Boavida Canada, ao Jardim de Infância de Vila Nova da Rainha, ao J.I de Aveiras de Cima, ao J.I de Vale do Paraíso, ao Centro Social e Paroquial de Aveiras de Baixo, ao Centro Social e Paroquial de Aveiras de Cima, ao Jardim de Infância de Manique do Intendente e ao Centro Escolar de Alcoentre.

Refira-se que o projeto “Crescer a Ler” é uma atividade de dinamização da leitura, promovida pela Rede de Bibliotecas do Município de Azambuja, dirigida ao público pré-escolar, público e privado (IPSS) do Concelho de Azambuja, abrangendo cerca de 560 crianças. O projeto consiste na visita das turmas às bibliotecas, onde participam ativamente na dinamização da história escolhida, com recurso a jogos dinâmicos e músicas alusivas ao tema abordado. No final de cada ano letivo, os participantes realizam trabalhos alusivos à história contada, promovendo-se uma exposição e dando oportunidade a que as crianças regressem novamente às bibliotecas.

No intuito de contribuir para o enriquecimento da coleção bibliográfica de cada uma das instituições participantes, a Autarquia oferta um exemplo do livro selecionado, para que seja trabalhado em sala de aula/aulas online.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:27
link do post | comentar | favorito

O POVO DO CONCELHO MERECE MAIS E MELHOR QUE UM IMPASSE

unnamed.png

 

Estes últimos 4 anos de mandato autárquico demonstraram à exaustão que o projeto político do Partido Socialista está esgotado e traduziu-se na prática numa gestão municipal errática, vazia de ideias, obras ou ações, sem qualquer planeamento estratégico e definição de prioridades e principalmente muito aquém das necessidades das populações.

Veja-se, a título de exemplo, a flagrante incapacidade de passar para a obra o chamado “Mapa de Intervenções Urgentes em Estradas Municipais” de 2017. Até o que era considerado pelo PS como “muito prioritário” continua por resolver, como a reparação da Estrada Municipal 513 (Azambuja / Casais das Amarelas), da Estrada Dona Francisca (Casais do Alfaro / Casais dos Britos) e da Rua da Murta (Casais dos Britos), entre muitas outras. E não é por falta de verbas que estas promessas não saem do papel, pois entre 2016 e 2020 os contribuintes entregaram à Câmara de Azambuja quase 8 milhões de euros de Imposto Único de Circulação! Estas promessas não saem do papel apenas por incapacidade de planear bem e fazer rápido!

De facto, o concelho de Azambuja é hoje um território abandonado por todos os poderes socialistas.

Também do Governo as decisões tardam e as obras apenas continuam no papel. É por isso que a Estrada Nacional 3 continua a ser das mais perigosas da região apesar de todas as promessas de uma requalificação rápida feitas pelo Ministério das Obras Públicas. É também por isso que a Escola Secundária de Azambuja continua à espera de uma intervenção estrutural de fundo que resolva problemas como a chuva dentro de salas de aula e da biblioteca ou a falta de um pavilhão gimnodesportivo tão necessário a todo o agrupamento, apesar das muitas promessas do Ministério da Educação. Outro exemplo é a incapacidade de concretizar uma solução para a passagem de peões junto à rotunda de acesso à A1 em Aveiras de Cima.

Por outro lado, nestes último 4 anos, o único vereador da CDU, comportou-se como um “jogador suplente” e nunca apresentou quaisquer propostas ou soluções alternativas, resignando-se a validar sem grande discussão, as opções tomadas pelo PS, comportando-se na Câmara Municipal como a oposição à oposição do PSD.

Neste quadro político local, a CDU é a mesma coisa que o PS, deixou de se alternativa.
Uma câmara fechada sobre si própria perde o contacto com a realidade e por isso o Concelho de Azambuja perdeu dinamismo e capacidade de resposta para enfrentar e vencer os desafios da competitividade territorial e da recuperação económica e social.

Uma câmara cujos dirigentes socialistas atuam fechados na manutenção do seu poder e por isso perdeu a capacidade de antecipar situações e só corre atrás dos problemas, como sucede no caso da pandemia do COVID 19. O empobrecimento estrutural das famílias acentua-se. Não há quaisquer apoios aos pequenos comerciantes e empresários, que assim estão condenados à falência e praticamente não se cria valor. Nos vários sectores da intervenção municipal há regressão e recuos – e, nessa medida, o concelho de Azambuja hoje está mais atrasado, porque perdeu o que tinha e não ganhou o que outras comunidades já conquistaram.

Por estas e outras razões, as Comissões Políticas Concelhias do PSD e do CDS – PP, decidiram iniciar contactos formais para a construção de uma plataforma política alternativa ao atual impasse autárquico. Com uma conjugação de esforços e ideias, aberta a cidadãos independentes e, eventualmente, a outras forças partidárias, tendo em vista uma ação autárquica concreta focada nas pessoas e para as pessoas e na determinação quotidiana para construir um futuro melhor para as populações do concelho de Azambuja em particular nas áreas da Educação, Habitação, Saúde, Trabalho e Ambiente.


Azambuja, 20 de Fevereiro de 2021
 
O Presidente da Comissão Política do PSD/Azambuja
Rui Corça
O Presidente da Comissão Política do CDS-PP/Azambuja
Vasco Lima



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:24
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
Deputada Fabiola Cardoso, em visita de trabalho à suinicultura do Lugar do Marco, Abrantes

Bloco-esquerda.jpg

 

Na próxima segunda feira dia 1 de março, pelas 14:00h, o Bloco de Esquerda de Abrantes acompanhado por Fabíola Cardoso, deputada de BE eleita pelo Distrito de Santarém, irá realizar uma visita de trabalho à Quinta da Amieira no Lugar do Marco, UF de Abrantes e Alferrarede, Concelho de Abrantes com o objetivo de verificar no terreno, os efeitos altamente negativos provocados pela suinicultura instalada na Quinta da Craveira e que desde 2009 liberta odores insuportáveis e efluentes para a linha de água contaminando solos, as massas de água superficiais e subterrâneas, e destruindo vegetação e outas espécies.
O BE está comprometido com a resolução deste problema e esta visita servirá também para reforçar argumentos numa luta que tem a dimensão nacional e na qual o BE está profundamente envolvido.

Estará também presente a proprietária da Quinta da Amieira, a Sra Ana Alves, assim como alguns habitantes do Lugar do Marco.

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:28
link do post | comentar | favorito

EB DE SANTA MARIA VENCE 2.º LUGAR DO DESAFIO ESCOLA MISSÃO CONTINENTE

Centro-Escolar.jpg

 

 

 

A Escola Básica de Santa Maria, em Torres Novas, ficou em 2.º lugar no primeiro desafio deste ano do Programa Escola Missão Continente. A escola ganhou um prémio de 1.000€ que poderá converter em material lúdico-pedagógico e/ou desportivo.

 

O desafio lançado foi selecionar e pesquisar um alimento ou prato regional para contar a sua história. Entre as várias turmas, os alunos elegeram o figo como representação típica da região de Torres Novas e realizaram várias pesquisas para descobrirem a importância deste alimento para a cidade. Realizaram várias atividades como a confeção de receitas à base de figos, entrevista a um familiar sobre o fruto, canções e exposição aberta à comunidade escolar. A escola procurou sempre incentivar o envolvimento por parte das famílias.

 

Todos os trabalhos foram sujeitos a uma avaliação por parte do júri - um representante da Escola Missão Continente,  da consultora Sair da Casca e da Direção Geral da Educação -, em função da pesquisa sobre a gastronomia regional e sazonal; a capacidade de contar a história, estabelecendo uma ligação entre o alimento/prato escolhido e a alimentação saudável; a passagem de conhecimento aos encarregados de educação, privilegiando o forte envolvimento dos alunos no desenvolvimento dos trabalhos e procurando um formato original e criativo.

 

Nesta 5.ª edição da Escola Missão Continente estão inscritas 437 escolas de todo o país e mais de 40.000 alunos estão a participar em todas as atividades do programa, que foi adaptado ao contexto de pandemia em que vivemos.

 

O Programa Escola Missão Continente visa apoiar as escolas na sensibilização para uma alimentação saudável e um consumo consciente, abordando temas como dietas saudáveis, desperdício alimentar ou o uso excessivo do plástico.

 

Alinhada com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a Escola Missão Continente é uma das diversas iniciativas de responsabilidade social do Continente, no âmbito do seu compromisso para a construção de um futuro mais sustentável.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:24
link do post | comentar | favorito

Abrantes – Casal detido por tráfico de estupefacientes

 

GNR Santarém - Apreensão 1.jpg

GNR Santarém - Apreensão 2.jpg

 

 

 

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Abrantes, no dia 22 de fevereiro, deteve um homem e uma mulher de 27 e 22 anos, respetivamente, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Abrantes.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda abordaram o veículo onde seguiam os suspeitos, num dos acessos à Autoestrada n.º 23 (A23). No decorrer das diligências policiais foi realizada uma busca ao veículo onde foi detetado produto estupefaciente dissimulado no seu interior. Posteriormente foi dado cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e uma em veículo, que culminou com a apreensão de diverso material destacando-se:

  • 1 011 doses de haxixe;
  • Uma viatura;
  • Uma balança de precisão;
  • Três telemóveis;
  • Dois cartões de memória;
  • Um tablet;
  • Um computador;
  • Material usado no acondicionamento do produto estupefaciente;
  • 455 euros em numerário.

O suspeitos foram constituídos arguidos e serão presentes hoje, dia 24 de fevereiro, ao Tribunal Judicial de Santarém.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial de Abrantes, do Posto de Trânsito de Abrantes e do Destacamento de Intervenção (DI) de Santarém.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:20
link do post | comentar | favorito

Tomar volta a inovar e entrega por si de forma gratuita a partir de sábado

 

 

thumb_800_1367010435.jpg

 

 

O Município de Tomar continua a criar iniciativas de apoio à economia local afetada pela pandemia, desta vez o “Tomar Entrega Por Si”, um serviço gratuito de entrega de refeições e produtos comprados pelos consumidores aos restaurantes e pastelarias locais, através do serviço de táxis do concelho e das plataformas de entrega ao domicílio aderentes (Recadex e Pede&Come).

Para além dos custos de entrega serem assumidos pela autarquia, a grande originalidade desta medida é possibilitar as encomendas para qualquer freguesia do concelho, independentemente do local onde sejam confecionadas. Uma forma de apoiar diretamente estes vários setores de atividade, mas também de alargar o raio de ação dos diversos estabelecimentos.

               As entregas nas freguesias rurais são feitas em locais já pré-definidos, onde o consumidor se deverá deslocar para receber a encomenda por parte dos taxistas. Na Freguesia Urbana (S. João Baptista e Santa Maria dos Olivais) a entrega é feita no domicílio.

A iniciativa arranca já no próximo sábado, dia 27 de fevereiro, e funcionará os sete dias da semana, das 12h00 às 15h00 e das 18h30 às 22h00, até ao final do confinamento dos restaurantes e pastelarias.

Para usufruir do mesmo, basta fazer uma encomenda de valor igual ou superior a 7,50€ num dos restaurantes e pastelarias aderentes (lista disponível em www.cm-tomar.pt) e a entrega  será assegurada através da rede de táxis nas freguesias rurais e das plataformas disponíveis na cidade. Assim, o consumidor paga somente o valor da refeição ou produtos encomendados. 

CM Tomar - Home

www.cm-tomar.pt

Este site é do Município de Tomar

 

Os estabelecimentos ou serviços de entregas interessados em aderir a este serviço, devem entrar em contacto com o Posto Municipal de Turismo (turismo@cm-tomar.pt). Os restaurantes e pastelarias que não queiram aderir às plataformas já existentes na Junta Urbana, podem optar só pela opção das entregas às freguesias rurais, com o serviço de taxistas, ficando a entrega, a taxa e o pagamento dentro da Freguesia Urbana da sua responsabilidade. 

Este projeto tem como objetivos, em tempo de pandemia, estimular a economia local e a manutenção de empregos, bem como melhorar a qualidade de vida da população em contexto de confinamento.

 

O que interessa saber ao consumidor:

- Não paga a taxa do serviço de entrega com os restaurantes e pastelarias aderentes;

- A sua encomenda deve ser de valor igual ou superior a 7,50€;

- No caso dos serviços assumidos pelos taxistas, o pagamento da refeição ou produto encomendado é feito diretamente com o estabelecimento (restauração ou pastelaria), através de MBway, transferência ou outro qualquer modo de pagamento acordado entre as partes. No caso das plataformas que servem a Junta de Freguesia Urbana, o pagamento é feito através das mesmas.

 

Locais de entrega nas freguesias:

ASSEICEIRA

Junta de Freguesia de Asseiceira

Centro de Dia de Linhaceira

Largo de Santa Cita

 

CARREGUEIROS

Escola de Carregueiros

 

CASAIS/ALVIOBEIRA

Igreja dos Casais

Mercado de Alviobeira

 

MADALENA/BESELGA

Largo de Cem Soldos

Supermercado NarcisoX/Paço da Comenda

Escola de Vale do Calvo

Antiga escola de S. Miguel

 

OLALHAS

Centro de Dia (Vendas do Rijo)

 

PAIALVO

Junta de Freguesia/Curvaceiras

Largo do Pelourinho/Paialvo

 

PEDREIRA/ALÉM DA RIBEIRA

Rancho da Pedreira/Rotunda

Associação da Póvoa

 

SABACHEIRA

Vale dos Ovos/Estação de Fátima

 

  1. PEDRO

Junta de Freguesia de S. Pedro

Associação do Coito

 

SERRA/JUNCEIRA

Largo da Serra

Lar de S. Mateus



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:21
link do post | comentar | favorito

Prossegue a obra de requalificação da EB e Jardim de Infância de Vila Nova da Rainha

EB_VNR_obra_03.jfif

 

Prossegue a obra de requalificação da EB e Jardim de Infância de Vila Nova da Rainha

Obra cofinanciada pela União Europeia através do programa Alentejo/2020

 

Continuam a avançar os trabalhos de requalificação e refuncionalização da Escola Básica, Jardim de Infância e espaços exteriores de Vila Nova da Rainha. A obra visa reabilitar as instalações existentes da escola do Plano Centenário e, após algumas demolições de elementos a reconverter, o projeto começa a ganhar novas formas avançando com a construção de novos blocos previstos na ampliação do equipamento. A empreitada foi iniciada em setembro passado e pretende-se que a escola possa estar pronta a funcionar no próximo ano letivo. Apesar dos constrangimentos e das dificuldades causados pela pandemia, o município e a empresa construtora estão a desenvolver todos os esforços para cumprir esse objetivo.

 

Trata-se de um investimento da Câmara Municipal de Azambuja da ordem de um milhão de euros, e enquadra-se na estratégia da autarquia que dá prioridade máxima à área da Educação. Através de uma candidatura ao programa Alentejo 2020/Portugal 2020, o município conseguiu um cofinanciamento da União Europeia, pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no valor de 556 mil euros.

 

Esta intervenção, apesar de ser profunda e de grande abrangência, propõe a manutenção da volumetria atualmente existente relacionando as novas construções com o edifício original. A ampliação permitirá criar as salas e as instalações necessárias ao bom funcionamento de um estabelecimento de ensino destinado às faixas etárias mais jovens, num conjunto funcional mas também coeso e harmonioso.

 

A remodelação apresenta duas salas de aula para o 1º ciclo e duas salas de atividades para o ensino pré-escolar, em blocos distintos. Naturalmente, estarão equipados com instalações sanitárias para adultos e para crianças, gabinetes de trabalho para professores e educadores, e espaços de arrumos. Destaque para a existência de um refeitório – num espaço generoso com a valência de sala polivalente – e de uma biblioteca/mediateca escolar. As salas de pré-escolar terão, ainda, vestiários de apoio.

O novo desenho do equipamento teve o cuidado de contemplar espaços lúdicos adequados aos alunos dos dois níveis de ensino que utilizarão a escola. Assim, haverá zonas de recreio interiores e também áreas exteriores cobertas, estando assegurada a fácil circulação por pessoas com mobilidade condicionada.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:16
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2021
ENTRONCAMENTO SUBCONCESSIONA MAIS LOTES DO PARQUE EMPRESARIAL

Parque_Empresarial.jpg

 

 

 

Empresa exportadora da área alimentar prevê investir 53,1 milhões de euros

 

Hoje, dia 23 de fevereiro, decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho a hasta pública para subconcessão dos Lotes 2, 3, 4 e 5 do Parque Empresarial do Entroncamento.

 

Recorde-se que, nos termos do Regulamento do Parque Empresarial do Entroncamento, foram abertas as candidaturas para os quatro lotes que totalizam uma área de 29 448m2, tendo sido presente ao Município apenas uma candidatura de uma empresa para a totalidade dos lotes, com grande dimensão exportadora e cuja atividade se foca na área alimentar, nomeadamente, na produção e comercialização da bebida probiótica Captain Kombucha.

 

A candidatura, depois de validada pelo júri, foi presente à reunião de Câmara de 19 de fevereiro de 2021 que marcou a referida hasta pública.

 

A empresa, que passará a ter toda a sua operação centralizada no Entroncamento, prevê realizar um investimento inicial que ronda os 14 milhões de euros, chegando aos 53,1 milhões de euros nos próximos cinco anos, e criando entre 150 e 200 postos de trabalho no concelho.

 

No final da sessão de hasta pública, o Presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, congratulou-se com a efetivação da atratividade empresarial do nosso concelho, reforçando uma dimensão produtiva de grande escala, assente na afirmação da centralidade e dimensão logística do nosso território. Uma natural consequência da orientação estratégica do Município para uma ação pública geradora de investimentos privados, focada no desenvolvimento económico e na criação de postos de trabalho.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:06
link do post | comentar | favorito

Inscrições para o Concurso Nacional de Mel decorrem até 28 de fevereiro

CONCURSO-MEL.jpg

 

 

 

As inscrições para a 12ª edição do Concurso Nacional de Mel, que a Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo realiza em conjunto com a FNAP – Federação Nacional dos Apicultores de Portugal nos dias 11 e 12 de março, decorrem até 28 de fevereiro.

 

O evento, constitui uma excelente montra de diversidade e qualidade do mel português, muito contribuindo para a sua promoção e divulgação, junto dos consumidores. Em 2020 contou com a participação de mais de 70 amostras e de mais 40 apicultores

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 14:43
link do post | comentar | favorito

PSD submete propostas de inclusão no Plano de Recuperação e Resiliência

PSDDistritalSantarem-logoheader-v2.png

Estando a decorrer o processo de consulta pública do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, até ao próximo dia 1 de março, a Comissão Política Distrital do PSD de Santarém tomou a iniciativa de submeter 4 propostas de inclusão no plano:

  • Conclusão do IC3
  • Construção da variante ferroviária Santarém - Entroncamento da linha do Norte
  • Abertura da base aérea de Tancos à Aviação Civil
  • Aproveitamento hidráulico do Rio Tejo

Estas propostas surgem após a Comissão Política ter verificado a ausência de investimentos para o Distrito de Santarém, no referido plano.

Para além da submissão das propostas, a Comissão Política remeteu também as mesmas aos Municípios das áreas de interesse (Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Entroncamento, Golegã, Ourém, Santarém, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha), bem como às Comunidades Intermunicipais.



publicado por Noticias do Ribatejo às 11:49
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021
Salvaterra de Magos – Detido por violação das medidas COVID-19

 

 

O Comando Territorial de Santarém, através do Posto Territorial de Marinhais, ontem, dia 21 de fevereiro, deteve um homem de 53 anos pelo crime de desobediência no âmbito do combate à pandemia da COVID-19, no concelho de Salvaterra de Magos.

No âmbito de uma ação de fiscalização tendo em vista o cumprimento das medidas implementadas pelo Estado de Emergência, os militares da Guarda verificaram que o suspeito, proprietário de um estabelecimento comercial, encontrava-se a vender bebidas alcoólicas a dois clientes. O homem já tinha sido alertado anteriormente que, ao praticar esta conduta, estaria a incorrer no crime de desobediência.

O proprietário do estabelecimento foi detido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Benavente.

Face ao incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário e ao consumo de bebidas alcoólicas na via pública, foram ainda elaborados os respetivos autos de contraordenação aos dois clientes.

A GNR recorda que, de acordo com as medidas impostas pelo Estado de Emergência face à evolução da situação epidemiológica do país, encontram-se encerradas as instalações e estabelecimentos como discotecas, bares, salões de dança ou de festa.



publicado por Noticias do Ribatejo às 19:01
link do post | comentar | favorito

Substituição de cobertura de fibrocimento da Escola EB 2,3 de Marinhais

EMPREITADA EB 2,3 DE MARINHAIS.jpg

O Município de Salvaterra de Magos está a levar a cabo a empreitada que visa a remoção da cobertura em fibrocimento da Escola EB 2,3 de Marinhais e a melhoria da eficiência energética daquele estabelecimento de ensino, colocando - em seu lugar - uma cobertura metálica com adequado isolamento térmico. O valor da intervenção é de 79.488,47 €, adjudicada à empresa Thermotelha, Ldª, com um prazo de execução que se estima em 60 dias.

Ainda no domínio do investimento na educação, a principal aposta da actividade municipal, termina esta semana o prazo dado para a apresentação de propostas à obra de requalificação do Jardim-de-Infância e EB1 em Núcleo Escolar da Glória do Ribatejo, cujo valor base ultrapassa 1,9 milhões de euro



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:51
link do post | comentar | favorito

Tecnologia une Altice Portugal e GNR: Empresa entrega equipamentos em Santarém para combater isolamento social

Santarém.jpeg

 

Empresa desloca-se a 17 distritos para entrega de equipamentos 

Tecnologia une Altice Portugal e GNR: Empresa entrega equipamentos em Santarém para combater isolamento social

 

Com o objetivo de dotar todos os comandos territoriais da Guarda Nacional Republicana dos meios necessários para apoiar o seu trabalho de proximidade junto da população, a Altice Portugal desloca-se agora aos comandos territoriais da GNR para lhes entregar equipamentos e conectividade e apoiar o combate ao isolamento social.

 

Depois de, este mês, ter anunciado em Évora o reforço do apoio prestado à Guarda Nacional Republicana, com a pretensão de dotar todos os comandos territoriais do continente com os meios tecnológicos necessários para apoiar a população neste contexto de pandemia, a Altice Portugal volta agora ao terreno com a sua equipa de gestão para materializar este apoio, com a entrega de tablets Huawei e serviço de comunicações móveis.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:46
link do post | comentar | favorito

NERSANT apresentou projetos financiados à comunidade empresarial

NERSANT.jpg

 

 

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, realizou na tarde do dia 18 de fevereiro, uma sessão de apresentação dos projetos financiados que tem disponíveis para apoiar o tecido empresarial da região. O Programa de Apoio à Produção Nacional para a Lezíria do Tejo voltou a ser um dos assuntos em destaque, a par das ações de apoio à exportação e da formação financiada.

 

Dezenas de empresas participaram no dia 18 de fevereiro na sessão online dinamizada pela NERSANT sobre como podem as empresas usufruir dos apoios financiados para o tecido empresarial. Com acolhimento pelo Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, António Campos, a sessão teve como objetivo “munir os participantes de conhecimento e ferramentas que lhes permitam aumentar a sua competitividade”, disse, dando como exemplos do trabalho da NERSANT junto do tecido empresarial, o apoio ao empreendedorismo e à criação de empresas que a associação continua a desenvolver, a criação da NERSANT Seguros, para que as empresas possam ter uma alternativa mais económica na hora contratualizar os seus seguros, bem como as feiras digitais, iniciativa lançada o ano passado para apoiar os negócios das empresas quando a pandemia impossibilitou a participação presencial em eventos de networking empresarial.

Concretamente para o ano de 2021, o webinar prosseguiu com a apresentação da oferta ao nível da formação financiada. Luís Roque, Vogal da Comissão Executiva da associação e responsável pelo Departamento de Formação e Qualificação, começou por dar a conhecer o mais recente projeto de formação financiado – Emprego+Digital – , exclusivo para empresas associadas da NERSANT com sede no distrito de Santarém, e que visa apoiar a digitalização das empresas através da realização de cursos gratuitos nesta área. Foi ainda dado a conhecer o plano de formação no âmbito da Formação Modular Certificada, disponível para empregados e desempregados há menos de um ano, com ações de formação gratuitas disponíveis para inscrição. Para além disso, foram apresentados os dois projetos de Consultoria Empresarial financiados a 90% que têm como objetivo, através de consultoria e formação especializada junto do empresário, promover a reorganização e melhoria das empresas, em prol da sua competitividade. O Move PME, foi esclarecido, dedica-se a todos os setores de atividade e o Melhor Turismo, ao setor da hotelaria a restauração.

Luís Roque deu ainda a conhecer às empresas as medidas de apoio do IEFP no âmbito do Programa Ativar, nomeadamente o Incentivo Ativar - apoio financeiro aos empregadores que celebrem contratos de trabalho sem termo ou a termo certo, por prazo igual ou superior a 12 meses, com desempregados inscritos no IEFP, com a obrigação de proporcionarem formação profissional aos trabalhadores contratados - e os Estágios Ativar, estágios com a duração de 9 meses, não prorrogáveis, tendo em vista promover a inserção de jovens no mercado de trabalho ou a reconversão profissional de desempregados.

No âmbito da internacionalização, tomou a palavra Pedro Félix, Vice-Presidente da Comissão executiva da NERSANT e responsável pelo Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da associação, que começou por dar a conhecer o calendário de internacionalização previsto para este ano e que conta ações a diversos mercados. Destacou-se a realização da 10.ª edição do NERSANT Business – Encontro Internacional de Negócios do Ribatejo, em modo virtual, já no próximo mês de junho, depois de a primeira edição, realizada em outubro de 2020, ter sido um sucesso.

O seminário online prosseguiu com a divulgação do Programa de Apoio à Produção Nacional para o Médio Tejo, projeto com candidaturas abertas até final de março e para o qual a NERSANT está a apoiar a elaboração de candidaturas das empresas. O Programa apoia o investimento produtivo na indústria e turismo do Médio Tejo entre 20.000 e 235.000 euros, estando disponíveis mais de 7,5 milhões de euros para esta sub-região.



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:22
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

17

23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Entrega de Prémios do Con...

Biblioteca de Tomar ofere...

Tomar inaugura Eco-Trilho...

NERSANT inicia Programa d...

Agrupamento de Escolas Te...

Executivo Municipal de Az...

Câmara Municipal de Abran...

Entroncamento recebe VOLv...

A AR-ÁGUAS DO RIBATEJO EI...

Festival Políticas à Part...

SANTARÉM

Carta Arqueológica lança ...

Mês da Cultura Tauromáqui...

Município de Santarém fin...

CARTAXO REABRE SKATE PARK...

Abrantes – Identificado p...

TEMAS DE SAUDE COVID -19...

Amigo falso e traidor

NERSANT promove potencial...

O município de Benavente ...

3 Alunos do Concelho de A...

Município de Santarém par...

Município de Santarém ass...

Presidente Executivo da A...

NERSANT apresenta oferta ...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

Município do Entroncament...

Mercado Municipal da Cham...

Câmara Municipal do Carta...

Município de Santarém ins...

tags

todas as tags

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds