NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Terça-feira, 15 de Junho de 2021
Praça Salgueiro Maia no Entroncamento recebe “Balastro” espetáculo de Dança

Balastro_Cartaz.jpg

 

 

A Praça Salgueiro Maia recebe no dia 3 de julho (sábado) pelas 22h00 o espetáculo de dança “Balastro” apresentado pela Escola Es-Passo de Dança, integrado na programação cultural em rede VOLver.

 

A etnografia do caminho-de-ferro é riquíssima, sendo possível contá-la através do movimento, da cenografia e das ambiências sonoras. Há um folclore muito particular nos gestos dos fogueiros, dos manobradores de linha, dos maquinistas, dos revisores ou dos guardas-de-linha. Assim como em objetos e maquinarias tão singulares como os furgões ou as agulhas, os bastões e as cantenárias, as dresinas, os estribos, as flausinas ou as xulipas.

 

Todo este vocabulário da locomoção dos homens ao longo dos séculos marca presença na coreografia e nos movimentos deste espetáculo de dança. “Balastro” faz um convite à viagem e ao sonho.

 

As entradas para o espetáculo são gratuitas e os lugares são limitados mediante reserva. Os bilhetes estão disponíveis a partir de 18 de junho na Galeria Municipal (Centro Cultural) ou no local 2h30 antes do espetáculo (caso não esgotem anteriormente).

A programação Cultural em Rede – VOLver que tem como objetivo geral promover a qualificação e valorização do tecido cultural e artístico do Médio Tejo.

 

Este programa é cofinanciado e está inserido no Programa Operacional Regional do Centro 2020.



publicado por Noticias do Ribatejo às 17:02
link do post | comentar | favorito

Escaroupim na rota do projeto artístico Por Mares Nunca [de Artes] Navegados

POR MARES NUNCA [DE ARTES] NAVEGADOS.jpg

 

 

 

Escaroupim vai receber de 16 a 19 de junho “Mar íntimo”, a primeira missão artística do Projeto “Por Mares Nunca [de Artes] Navegados”, da Companhia Artelier?, que procura aliar etnografia e criação contemporânea para as artes de rua, num centro cultural flutuante que chega pelo Rio Tejo

Assim, a companhia traz ao Escaroupim um conjunto de atividades e residências de criação que colocam em evidencia o património natural e cultural, enquanto embaixada nómada para as artes de rua. As criações da "embarcação-centro cultural" procuram apresentar em cada Cais, momentos originais de teatro, circo e música, e contam com performances de vídeo nas velas da embarcação e uma banda sonora original, inspiradas tanto na cultura local e Avieira e do Tejo, como no Imaginário náutico e marítimo.

É desta viagem que, em estreita colaboração com a população, vai nascer o espetáculo final “A lenda da Ilha das Garças e do Lobo do rio”, de acesso gratuito, com antestreia na sexta-feira, dia 18 de junho, pelas 21h30, e que pode ser visto no Cais do Escaroupim e sábado, 19 de junho, pela mesma hora, com vídeo projeção nas velas da embarcação. A encenação e pilotagem é de Nuno Paulino, da Companhia Artelier?. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

O projeto alia, segundo a Artelier?, uma digressão livre de carbono, viajando à vela, de porto em porto de forma sustentável e em contato com a natureza, procurando revelar a urgência da sua valorização e defesa, bem como dos seus habitantes, fauna e flora, e claramente das suas águas e territórios ribeirinhos, visando a sua proteção.

Pela primeira vez uma companhia nacional leva em digressão e em embarcação própria um projeto artístico, navegando de cais em cais ao longo da costa nacional e principais estuários, vias navegáveis e eixos ribeirinhos em parceria com o Festival Imaginarius, onde estreia a versão dramatúrgica final em setembro 2021. Para a missão no Rio Tejo teve a parceria da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo - CIMLT e do MARE.



publicado por Noticias do Ribatejo às 12:41
link do post | comentar | favorito

A Moagem - Fábrica das Artes é a nova oferta cultural no centro de Tomar

 

 

Com a inauguração do espaço “A Moagem - Fábrica das Artes”, que ocorrerá amanhã, dia 16 de junho, pelas 18 horas, Tomar passa a contar com uma nova oferta cultural, em pleno centro da cidade, no edifício da Moagem A Portuguesa. O projeto que agora abre portas ao público (de forma experimental) engloba diferentes vertentes. Por um lado, promove a reabilitação e valorização patrimonial, enquanto o processo de musealização da antiga fábrica é aguardado, permitindo assim que o espaço conheça uma nova dinâmica baseada na criatividade (considerada pela União Europeia como a indústria do futuro - ver programa Europa Criativa), através da instalação de oficinas e ateliers criativos, cuja programação e curadoria ficará a cargo do Município.

O edifício da Moagem A Portuguesa data de 1912 e é parte integrante do Complexo Cultural da Levada de Tomar, um conjunto arquitetónico de relevância edificado junto e sobre o rio Nabão e que conta a história deste equipamento industrial desde o séc. XII até ao séc. XX. A transformação da fábrica da Moagem em unidade museológica será uma realidade, em breve, mas enquanto este processo não avança, os cinco pisos que constituem este espaço vão ser ocupados com o projeto “A Moagem - Fábrica das Artes”, cuja relevância cultural e patrimonial se assinala.

Numa primeira fase engloba a instalação de oficinas de artes tradicionais ligadas à Festa dos Tabuleiros, no piso térreo, nomeadamente: oficina de latoaria com a artesã Otília Marques, oficina de cestaria com o artesão José Henriques, oficina de olaria tradicional com o artesão Celestino Marques e oficina de flores de papel e rodilhas com a artesã Maria Vitória Simões. Nos três primeiros pisos podem ser visitadas as oficinas e ateliers criativos ali instalados e que contam com a presença do artista têxtil João Bruno Videira, no piso 1, Dawn Mendonça e Bill Rivers com atelier de pintura no piso 2 e João Pinto Costa com oficina de cerâmica no piso 3. O último piso fica reservado para residências artísticas, com carácter temporário, sendo o primeiro convidado Mário Bicho com a arte da joalharia.

 O projeto “A Moagem - Fábrica das Artes” pretende afirmar-se como um polo de fruição cultural, de atração turística e que seja reconhecido como uma referência a nível nacional e internacional. Desta forma, dá-se um passo determinante e decisivo para a história da indústria de Tomar se perpetuar no futuro. 



publicado por Noticias do Ribatejo às 09:43
link do post | comentar | favorito

Executivo Municipal de Azambuja aprova atribuição de 68 mil euros em apoios anuais às coletividades

Camara_municipal_azambuja.jpg

 

 

Executivo Municipal de Azambuja aprova atribuição de 68 mil euros em apoios anuais às coletividades

Deliberações da Reunião de Câmara de 02 de junho de 2021

O Executivo Municipal de Azambuja reunido em sessão ordinária, no passado dia 2 de junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, aprovou a atribuição de apoios financeiros anuais às coletividades do concelho.

Esta medida de apoio às associações de âmbito sociocultural do concelho tem uma pertinência especial uma vez que, por força das circunstâncias da pandemia, as atividades habitualmente desenvolvidas não se têm podido realizar. Dado que as coletividades têm despesas fixas de funcionamento e, sobretudo, como incentivo à manutenção da sua atividade, a Autarquia aprovou, a título excecional, atribuir os apoios financeiros anuais tendo como referência o montante pago no ano transato, referente às atividades normais realizadas no ano de 2019.

Num total de 67 884,07 € (sessenta e sete mil euros, oitocentos e oitenta e quatro euros e sete cêntimos), foi atribuído:

» Associação dos Bombeiros Voluntários de Azambuja – 3 626,10 €

» Centro Cultural Azambujense – 5 969,62 €

» Associação Dojo Amicale Azambuja – 3 199,50 €

» Associação Cultural “A Poisada do Campino” – 1 620,00 €

» Centro Hípico Lebreiro de Azambuja – 1 317,33 €

» Grupo Desportivo de Azambuja – 5 967,90 €

» Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos de Azambuja – 2 667,54 €

» Associação “Dancitrauteia” – 4 113,00 €

» Centro Cultural e Recreativo de Casais dos Britos – 3120,66 €

» Associação Recreativa dos Casais de Baixo – 360,00 €

» União Desporto e Recreio de Vila Nova da Rainha – 2 133,00 €

» Associação de Desportos e Recreio “O Paraíso” – 4 378,60 €

» Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale do Paraíso – 4 129,48 €

» Associação Cultural e Recreativa das Virtudes – 288,00 €

» Casa do Povo de Aveiras de Cima – 5 760,00€

» Rancho Folclórico Camponeses do Vale do Brejo – 2 109,83€

» Aveiras de Cima Sport Club – 3 132,00 €

» Filarmónica Recreativa de Aveiras de Cima – 4 933,80 €

» Associação H. Bombeiros Voluntários de Alcoentre – 1 067,58 €

» Associação Desportiva e Cultural de Tagarro – 540,00 €

» Casa do Povo de Alcoentre – 1 451,44 €

» Associação Cultural e Recreativa dos Casais das Boiças – 4 014,19 €

» SENTOKI – Clube de Karaté de Aveiras de Cima - 522,00 €

» Casa do Povo de Manique do Intendente – 1 462,50 €

Foram, ainda, aprovadas duas propostas de atribuição de apoios financeiros pontuais.

À Delegação de Aveiras de Cima da Cruz Vermelha Portuguesa, é atribuído o apoio financeiro no valor de 16 207,64 € (dezasseis mil, duzentos e sete euros e sessenta e quatro cêntimos), destinado à construção do muro de suporte do terreno das futuras instalações da delegação.

O Centro Social e Paroquial de Aveiras de Baixo irá receber o valor de 4 700,00 € (quatro mil e setecentos euros), para apoiar a pintura e limpeza do telhado do edifício.

Foi, igualmente, aprovada a ratificação da declaração conjunta de constituição do consórcio para duas candidaturas ao Fundo Ambiental, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020. Em ambos os documentos, encontram-se espelhadas as funções e responsabilidades de cada interveniente, bem como, a orçamentação associada a cada uma das intervenções a seguir descritas.

No âmbito da candidatura “Circular por aí!” ligada à produção e consumos sustentáveis, o Município de Azambuja integrou um consórcio constituído por mais cinco entidades: a União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, o Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja, o Agrupamento de Escolas de Azambuja, o Agrupamento de Escolas Vale de Aveiras, na qualidade de parceiros e a COFAC – Cooperativa de Formação e Animação Cultural, na qualidade de beneficiário.

Este projeto prevê capacitar os vários atores locais com mais conhecimento sobre o Paul de Manique do Intendente e sobre a sua importância, com o objetivo de conduzir à mudança de atitudes e desenvolver, na comunidade, estratégias que incluam o paul, a sua diversidade e produtos nas atividades económicas, levando ao desenvolvimento de novos produtos locais/regionais.

No âmbito da outra candidatura – “Ver, Aprender, Proteger!”, o município integrou um consórcio constituído por sete entidades: a União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, o Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja, o Agrupamento de Escolas de Azambuja, o Agrupamento de Escolas Vale de Aveiras, a Casa do Povo de Manique do Intendente na qualidade de parceiros e a COFAC – Cooperativa de Formação e Animação Cultural, na qualidade de parceiro/líder.

Este projeto prevê, através da Educação Ambiental e de ações de formação e de sensibilização dirigidos a jovens e adultos, a professores e empresários, inserir e dar continuidade à estratégia definida pelo Município de Azambuja para o Paul de Manique do Intendente, já iniciada em 2019, com o projeto “Paúl Natura – Conhecer para proteger!”.

Nesta Reunião de Câmara, a autarquia aprovou a abertura de um procedimento de concurso público com vista à celebração de um contrato de concessão de exploração do Restaurante do Páteo Valverde. Foram igualmente aprovadas as peças do procedimento e a constituição do júri. A proposta será agora submetida à Assembleia Municipal.

Foi, igualmente, aprovada a abertura de procedimentos concursais e a designação dos respetivos júris para o preenchimento de vários cargos de Direção Intermédia dos serviços municipais, atualmente ocupados em regime de substituição, no Departamento de Infraestruturas, Obras Municipais, Ambiente e Serviços Urbanos (1º grau), na Divisão de Infraestruturas e Obras Municipais (2º grau), na Divisão de Ambiente, Espaços Verdes e Serviços Urbanos (2º grau), na Divisão de Intervenção Socioeducativa (2ºgrau), na Divisão de Desporto e Juventude (2ºgrau) e na Unidade Técnica de Contratação Pública e Aprovisionamento (3ºgrau). A proposta seguirá para apreciação e votação pela Assembleia Municipal.

Foi, também, deliberado abrir um procedimento com vista à elaboração do futuro Regulamento Municipal de Apoio à Fixação de Médicos de Família no Concelho de Azambuja. Esta proposta reflete o reconhecimento da autarquia face à necessidade de criação de mecanismos de incentivos à melhoria dos cuidados de saúde no concelho, sobretudo na área de medicina familiar e da fixação de Médicos de Família. Para a Câmara de Azambuja, trata-se de uma área fundamental, não só no tratamento da doença, mas sobretudo na vigilância, rastreio e prevenção nas diversas valências – saúde materno-infantil, planeamento familiar, diabetes, hipertensão e doenças oncológicas. O processo de criação do regulamento será aberto à participação dos cidadãos, que poderão apresentar os seus contributos de acordo com os requisitos do edital publicado no site institucional.

O Executivo Municipal de Azambuja aprovou o projeto de Regulamento Geral de Passatempos e Desafios Online do Município de Azambuja, que será, agora, submetido à Assembleia Municipal.

Relativamente ao projeto de Regulamento de Apoio às IPSS e Equiparadas do Concelho de Azambuja, foi deliberado revogar a versão aprovada na reunião do passado dia 07 de abril, onde, por lapso, não estavam incluídos todos os contributos rececionados durante o período de consulta pública. A versão do projeto de regulamento, devidamente validada, será agora submetida à Assembleia Municipal.

Nesta sessão, foi ainda aprovada a celebração do protocolo de colaboração com a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas. Este protocolo surge no âmbito da transferência de competências para os órgãos municipais no domínio da instituição e gestão dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes, que serão exercidas em articulação com o membro do Governo responsável pela área das comunidades portuguesas. Compete, assim, à Câmara Municipal colaborar em programas e projetos de interesse municipal, em parceria com entidades da administração central.

Na área de Recursos Humanos, foi aprovada a alteração ao Mapa de Pessoal, com o objetivo de criar 16 postos de trabalho na categoria de Assistente Operacional, para auxiliar de Ação Educativa, devido à necessidade de trabalhadores nesta categoria, manifestada pelos Agrupamentos Escolares do Concelho, decorrentes de processos de aposentação e outras situações.

Nesta sessão, foi também aprovada, a ratificação à proposta de atribuição de medalhas municipais que, por lapso, na primeira apresentação não incluía a atribuição da Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro, ao Rancho Tradicionais Rapazes da Grade e Raparigas da Monda de Azambuja.

Foram, ainda, aprovadas duas propostas apresentadas pelo grupo de vereadores do PSD.

Foi deliberado notificar a empresa Triaza-Tratamento de Resíduos Industriais de Azambuja, S.A., a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, e a Agência Portuguesa do Ambiente, para a retirada imediata de todos os resíduos que contenham amianto depositados no aterro explorado pela referida empresa. A deliberação inclui que da mesma seja dado conhecimento a vários membros do Governo ligados ao Ambiente, bem como a entidades como a IGAMAOT, o ICNF, a GNR/SEPNA, a Direção Geral da Saúde e o Ministério Público.

Foi igualmente, aprovada, a proposta referente à denominada “Pedreira nº5430”, localizada na Quinta da Queijeira. Considerando a caducidade da licença administrativa e a vistoria realizada pelo município em 2017, conclui-se que não foi implementado o plano de recuperação paisagístico sobre a área da pedreira. Assim, foi deliberado, notificar os proprietários dos terrenos correspondentes à área de implementação do plano de recuperação paisagístico e a empresa detentora da licença de extração de inertes ou quem legalmente a substituiu, para darem cumprimento imediato à execução do referido plano.



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:54
link do post | comentar | favorito

Executivo Municipal aprova início do procedimento de modificação do Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento

 

15 - Cópia.jpg

 

Com base na experiência adquirida ao longo dos anos e tendo em conta a situação pandémica vivida, o Município considerou essencial fazer alguns ajustes ao presente regulamento, publicado a 23 de fevereiro de 2018, para que o mesmo apresente ainda mais vantagens, seja diferenciador e potencie a fixação de empresas no concelho de Santarém

O início do procedimento de modificação do Regulamento Municipal de Concessão de Incentivos ao Investimento foi aprovado hoje, dia 14 de junho, pelo Executivo Municipal.

 

 

Regulamento de Alienação de Imóveis Municipais em fase de conclusão

 

No âmbito do procedimento do Projeto de Regulamento de Alienação de Imóveis do Município de Santarém, e após decorrido o prazo de 30 dias concedido para a Consulta Pública, o Executivo Municipal aprovou hoje, dia 14 de junho, o texto regulamentar.

Este regulamento revela-se necessário para definir procedimentos mais céleres, rigorosos e eficientes que permitam uma melhor gestão e controlo, salvaguardando o património municipal e a defesa do interesse público.

 

Município de Santarém aprova abertura do procedimento para elaboração de um Regulamento de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior

 

 

O Executivo Municipal aprovou hoje, dia 14 de junho, o procedimento de elaboração do Regulamento de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior do Município de Santarém.

 

Segundo a Vereadora da Educação, Inês Barroso, o Município pretende criar um regulamento que congrega duas vertentes: o bom aproveitamento escolar e o apoio financeiro a jovens do concelho que façam parte de um agregado familiar com limitações económicas para garantir os seus estudo no ensino superior.  O Município de Santarém visa contribuir para que os constrangimentos sentidos pelas famílias, não constituam um impedimento no prosseguimento de estudos dos jovens scalabitanos ao ensino superior.

 

O aviso para início do procedimento vai ser divulgado no portal institucional do Município, a partir de 17 de junho (www.cm-santarem.pt)

 

Câmara de Santarém aprova apoio financeiro à União de Freguesias de Romeira e Várzea

 

O Executivo Municipal aprovou a atribuição de um apoio financeiro no valor de 5.215,62€ à União de Freguesias de Romeira e Várzea para a recuperação do recinto/campo de jogo da EB1 de Perofilho.

Tendo em conta a degradação e deformações detetadas neste recinto que colocavam em causa o bem estar das crianças, esta intervenção veio evitar a ocorrências de possíveis acidentes, tornando este espaço num local seguro para a prática desportiva.

O Município considera de extrema importância o apoio financeiro atribuído às freguesias para a concretização dos investimentos nos seus territórios que promovam a qualidade de vida das populações e, neste caso concreto, das crianças.

 

Câmara de Santarém apoia União de Freguesias de Romeira e Várzea com 12.613,15€

 

O Executivo Municipal aprovou ontem, dia 14 de junho, em Reunião de Câmara, o apoio financeiro à União de Freguesias de Romeira e Várzea no valor de 12.613,15€, referente à pavimentação do Beco do Quintão.

Integram as competências das Juntas de Freguesias a manutenção e conservação de caminhos, arruamentos e pavimentos pedonais pelo que, este apoio financeiro atribuído pelo Município de Santarém é fundamental para a concretização destes investimentos, criando assim melhores condições de acessibilidades para as populações residentes.



publicado por Noticias do Ribatejo às 08:51
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Julho 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


24

25
28
29
30
31


posts recentes

  Réplicas das fotografi...

SANTARÉM: Município de Sa...

ENTRONCAMENTO: DIA DOS AV...

31 de julho – Programa "A...

COMEMORAÇÃO DO DIA DOS AV...

Tomar prolonga oferta de ...

Almeirim – Seis detidos p...

AZAMBUJA: 'Dia Aberto' no...

ENTRONCAMENTO: Galeria Mu...

Livro dos 10 anos do Bibl...

ENTRONCAMENTO: Município ...

GOLEGÃ: 2021 é o Ano apre...

FESTIVAL INTERNACIONAL DO...

In. Santarém “Volta à Ru...

Feira de Usados “Bazar da...

GENTE MORNA

Abrantes|Cabeças de List...

ÁGUAS DO RIBATEJO VAI DUP...

Município de Azambuja ava...

Ourém – Recuperação de ma...

SUSPENSÃO DO ABASTECIMENT...

Verão Super Ativo no Entr...

AZAMBUJA: Filarmónica Rec...

AZAMBUJA: Filarmónica Rec...

AZAMBUJA: Está em curso a...

"Volta à Rua" - In.Str' 2...

TOMAR: Constituição e ap...

Coruche – Duas detidas po...

Tomar – Detido por furtos...

Colaboradores melhor form...

tags

todas as tags

arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

DIRECTOR/rRESPONSÁVEL: António Centeio
Rua do Jardim, 2090-078 Alpiarça Telemóvel: 933 088 759
subscrever feeds