NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quarta-feira, 29 de Maio de 2013
SANTAREM: Centro de Investigação Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão comemora I Aniversário com casa cheia

Centro de Investigação Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão comemora I Aniversário com casa cheia

 

 O Salão Nobre da Câmara Municipal de Santarém encheu para comemorar o I Aniversário do Centro de Investigação Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão (CIJVS), numa sessão solene que decorreu no passado dia 26 de maio. Durante esta 16ª Assembleia de Investigadores foi proferida a comunicação “Constituição e Estado Social” por Jorge Miranda, que contou com a presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Luisa Féria e António Valente, vereadores desta autarquia, Martinho Vicente Rodrigues, Diretor do Centro de Investigação e Joaquim Veríssimo Serrão.

 

Apesar de ter sido criado em março de 2011, o Centro de Investigação apenas teve a sua abertura no dia 26 de maio de 2012. Este Centro comporta a doação que Joaquim Veríssimo Serrão fez à Câmara Municipal, constituída por mais de 30 mil livros, documentos, manuscritos, medalhas, obras de arte e condecorações. Para Ricardo Gonçalves “com este gesto, o Professor Veríssimo Serrão, pretendeu, como ele próprio disse, agradecer à terra da sua naturalidade todo o carinho e apoio que dela recebeu ao longo da vida”.

 

Este Centro de Investigação foi criado com o objetivo de formar e cuidar do fundo documental e bibliográfico doado, promover e divulgar o estudo, estando aberto a todos os investigadores e curiosos que queiram investigar nas áreas das Ciências Sociais e Humana e da Ciência e Tecnologia.

 

Entre os seus membros estão investigadores e interessados de países tão diversos e distantes como Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, China, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França e Itália. “Com apenas um ano de existência, o Centro tem trazido à nossa cidade figuras revelantes do estudo e investigação destas ciências, todos eles com créditos firmados em Portugal e no estrangeiro”, segundo o Presidente da Câmara e “a celebração de protocolos com outras entidades, como o recém-assinado com a Junta de Freguesia de Sta. Iria da Ribeira de Santarém para a cooperação com a Biblioteca Salgueiro Maia ou o protocolo de cooperação cultural com o Instituto de Cultura Europeia e Atlântica demonstram bem a vitalidade, a dinâmica e a grande importância que em apenas um ano este Centro logrou atingir”.

 

Na cerimónia deste primeiro aniversário foi anunciada que estava em preparação a revista Mátria Digital, de periocidade semestral, suporte digital eletrónico, de acesso livre gratuito. Para Martinho Vicente Rodrigues “pretende-se que a revista Mátria Digital assuma uma providencial magnanimidade como complemento à edição impressa da Revista Mátria XXI, proporcionando oportunidades de publicação, num espaço moderno, aos investigadores, nacionais e estrangeiros, em todos os domínios do conhecimento. A nova revista dará cumprimento ao infatigável dinamismo na ação, atenta aos sinais de evolução, que se pretende no CIJVS, ao atingir 1 ano de idade. Tornará mais segura a ambiciosa reformulação do site, enquanto é um bom servidor para a Assembleia de Investigadores. Contribuirá igualmente para o crescimento do espólio do Centro de Investigação”.

 

Atualmente, o Centro de Investigação aumentou a sua biblioteca com a doação, de António Pedro Vicente, de teses de Mestrado e Doutoramento, sendo que de quatro salas, passaram a seis, sendo duas para os reservados.

 

Jorge Miranda, Professor Catedrático da Universidade de Lisboa e da Universidade Católica, louvou esta iniciativa, “são poucas as cidades de Portugal que têm um Centro Cultural tão significativo e tão importante como este”.

 

Ricardo Gonçalves encerrou a sessão fazendo votos de que este seja o primeiro de muitos aniversários do CIJVS e que “este crescimento se mantenha para o bem da cidade, do país e sobretudo da investigação e do estudo das ciências sociais e humanas e das recentes tecnologias” e agradeceu ao seu amigo Joaquim Veríssimo Serrão, que “sem ele e sem o seu gesto não estaríamos aqui, para mim é uma referência e uma inspiração. Estou certo que Santarém muito se orgulha da sua obra e que estará sempre grata”.

 

A Sessão terminou com um momento musical proporcionado pelo Conservatório de Música de Santarém.

 

 

“Constituição e Estado Social” foi o tema da 16ª Assembleia de Investigadores

 

Sob o tema “Constituição e Estado Social”, Jorge Miranda começou por dizer que foi para Direito por causa da História. “Neste momento, sinto uma grande tristeza pela enorme ignorância com que os alunos entram na faculdade de Direito no domínio da História. Esta é uma deficiência grande do nosso ensino e nós sem História não compreendemos o Direito, a Economia, as Ciências Sociais; é a partir da História que nós compreendemos o presente e temos uma perspetiva relativamente ao futuro”.

 

E foi com esta base que Jorge Miranda começou a sua intervenção, explicando como surgiu a Constituição. Atualmente, “a Constituição é uma Lei, não assenta num costume, mas sim num ato soberano decretado pelo Poder, uma Lei escrita, que pretende ter uma força jurídica superior à forma jurídica das demais leis”. Uma outra ideia a reter nesta comunicação foi que qualquer Estado tem constituição, na medida em que ao ser constituído tem que obedecer a um conjunto de normas jurídicas, podendo ser muito variáveis, mais ou menos envolvidas por esta ou aquela orientação.

 

Quanto ao Estado Social, Jorge Miranda frisou que “desde o inicio do ano 2000 que o Estado Social entrou em crise, devido a causas intrínsecas ligadas aos exageros que ele próprio criou, causas de ordem financeira, económica, excesso de burocracia, no sentido de ter um aparelho extremamente pesado, esmagador das iniciativas sociais”. Mas também houve causas extrínsecas como “a globalização, a concorrência desleal, a crise financeira de 2007/2008 que continua a marcar todo o ocidente da Europa e os EUA, a concorrência desleal no domínio fiscal traduzida pelos paraísos fiscais”, entre outras.

 

Para o Professor Catedrático, existem direitos que são universais e que apesar de haver uma crise económico-financeira, têm que ser garantidos pelo Estado e pela sociedade, “o Estado e a sociedade têm que prestar aos cidadãos as condições essenciais como não haver pessoas com fome, haver a possibilidade de quem está doente ter acesso a um hospital, haver a possibilidade de as crianças terem acesso à escola”. A dificuldade na efetivação destes direitos, para além de estar ligada às condições económicas e financeiras, deriva também da “má organização da administração pública, das dificuldades e mau funcionamento da justiça, do excesso de burocratização, da falta de iniciativa de cidadania”.

 

A próxima sessão da Assembleia de Investigadores, que se realiza dia 04 de junho no CIJVS/Casa de Portugal e de Camões, terá como tema ”O Ciberespaço e o Paradigma de nele ensinar – aprender” com uma comunicação a cargo de Rui António Ferreira de Agonia Pereira, Catedrático, Matemático e investigador em áreas da matemática aplicada e Linguística computacional.

 

 

 

Restaurantes de Santarém distinguidos na IV Gala dos Vinhos do Tejo

 

 

O Convento de S. Francisco, em Santarém, foi uma vez mais o palco escolhido pela Comissão Vitivinícola do Tejo (CVR Tejo) para apresentação da IV Gala dos Vinhos do Tejo, no passado dia 25 de maio.

 

Esta cerimónia visa dar a conhecer os premiados no Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo e no Concurso de Vinhos Engarrafados da mesma região, e os premiados nas categorias prémio dinamismo Vinhos do Tejo, prémio excelência Vinhos do Tejo e prémio enólogo do ano Vinhos do Tejo.

 

O Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo, que decorreu de 9 a 24 de março, tem como objetivo a divulgação dos Vinhos do Tejo certificados e a sua harmonização com as diferentes propostas gastronómicas. Este ano contou com a participação de 41 restaurantes pertencentes às regiões do Ribatejo e Azambuja, Grande Lisboa, Batalha, Pombal e Setúbal.

 

Na cerimónia, em que esteve presente António Valente, vereador da Câmara Municipal de Santarém, foram distinguidos vários restaurantes de Santarém, destacando-se o Tascá, com o diploma “Revelação”, e O Bom Garfo, com o diploma “Melhor Carta de Vinhos do Tejo”. Com diplomas de ouro, os restaurantes de Santarém premiados foram: Adega do Bacalhau, El Galego, o Bom Garfo e o Tascá. Na categoria prata foram entregues diplomas aos restaurantes Varandas do Parque, Casa dos Torricados, Di Gusto e JF.

 

O premiado de concelho de Santarém do Concurso de Vinhos Engarrafados do Tejo, que decorreu nos dias 18 e 19 de abril no Centro de Promoção Vitivinícola do Museu Rural e do Vinho do Concelho do Cartaxo, foi a Quinta do Arrobe, em Casével, a qual ganhou uma medalha de prata com o seu vinho tinto Quinto Elemento Syrah Reserva. Os grandes vencedores deste concurso foram o Bridão Reserva Branco 2012 e o Bridão Reserva Tinto 2011, ambos da Adega Cooperativa do Cartaxo.

 

As empresas Falua e Enoport United Wines levaram os prémios de empresa “Dinamismo Vinhos do Tejo” e “Excelência Vinhos do Tejo”, respetivamente.

 

Pela primeira vez este ano, o prémio enólogo do ano foi atribuído a dois enólogos, Carlos Eduardo e João Vicêncio, da empresa Enoport United Wines.

 

Todos os vinhos participantes neste concurso são certificados, o que representa, por si só, uma garantia de qualidade que prestigia a marca Vinhos do Tejo junto dos consumidores.



publicado por Noticias do Ribatejo às 16:31
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
17

24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

CÂMARA MUNICIPAL DE SALVA...

Rio Maior – Prisão preven...

FESTIVAL MATERIAIS DIVERS...

Tributo a David Bowie no ...

ANGARIAÇÃO DE FUNDOS

ANGARIAÇÃO DE FUNDOS

Nova temporada do Teatro ...

ABRANTES: SL Benfica conq...

AFINAL, HÁ RUAS ENFEITADA...

ALPIARÇA : NOVO CONTINENT...

CARTAXO: TRÂNSITO ENCERRA...

ABRANTES: Intervenções do...

MUNICÍPIO ATRIBUIU HABITA...

18º Festival de Folclore ...

TAGUS – candidaturas aber...

Novas exposições nas ‘Gal...

Trail das Famílias 2019 n...

FESTAS EM HONRA DE NOSSA ...

Vem aí a 15ª edição dos “...

In. Santarém 2019 | PROGR...

CA Soluções de Crédito Fa...

Fabíola Cardoso propõe cr...

O tempo

1.ºTorneio Solidário Stre...

O Concelho de Azambuja ac...

NERSANT quer simplificar ...

VALADA ACOLHEU DIA INTERN...

13.ª Edição da Feirinha d...

“Galerias com Arte” receb...

MEIO MILHÃO DE EUROS PARA...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds