NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 7 de Outubro de 2013
TORRES NOVAS: MUNICÍPIO DE TORRES NOVAS COM ÁGUA DE QUALIDADE MÁXIMA

As 807 análises realizadas no primeiro semestre de 2013 não revelaram nenhum incumprimento e provaram que a qualidade é de100%. No conjunto dos sete municípios da ÁGUAS DO RIBATEJO a média é de 99,5 %, sendo o melhor resultado de sempre.

 

A qualidade da água que abastece os mais de 37 mil consumidores do concelho de Torres Novas é de excelente qualidade. As 807 análises realizadas nos primeiros seis meses de 2013, com certificação de entidade externa, revelaram um grau de cumprimento de 100%. No conjunto dos sete municípios, que integram a Águas do Ribatejo, o nível de cumprimento dos valores paramétricos subiu e está próximo da excelência.

 

A novidade foi avançada no Seminário “Vamos Tratar Bem a Água” que decorreu no sábado, 5 de outubro, na Feira dos Frutos Secos, em Torres Novas, numa parceria Quercus/Águas do Ribatejo/Turriespaços/Município.

“Este concelho tem a qualidade máxima na água que consome. Na média dos sete municípios onde asseguramos o abastecimento atingimos 99,5%, um valor superior à média nacional (98,2%) e muito próximo da excelência que pretendemos alcançar em breve”, revelou Miguel Carrinho, Diretor Administrativo e Financeiro da Águas do Ribatejo, EM, SA.

 

O vice-presidente do Município de Torres Novas, Pedro Ferreira, recém eleito presidente, congratulou-se com os níveis alcançados e realçou a importância dos investimentos em curso no concelho na área do abastecimento de água e saneamento. Até ao final do ano ficam concluídas as obras nos sistemas da Brogueira e avançam novas empreitadas num valor global de 13 ME.

Se na área do abastecimento a cobertura é de quase 100 %, no saneamento ainda há muito para fazer. Só nos sistemas de Riachos e Torres Novas serão investidos 8 ME nas obras que se prevê concluídas até final de 2014.

António Gomes revelou a preocupação com o tratamento dos efluentes industriais que “não podem ser encaminhados para as novas ETAR” sem tratamento prévio nas unidades industriais. “As ETAR não estarão preparadas para receber todo o tipo de esgoto. São estações para tratamento de águas residuais de origem doméstica, pelo que qualquer descarga industrial terá de ser autorizada e acompanhada pelos nossos técnicos”, explicou Miguel Carrinho que alertou que uma descarga ilegal pode levar o sistema a colapsar com graves prejuízos ambientais e económicos.

 

A Quercus tem feito uma campanha de sensibilização para as boas práticas ambientais no uso eficiente da água e para os comportamentos a adotar para não colocar no esgoto, resíduos como: óleos alimentares, cabelos, cotonetes ou pensos.

 

No Dia Nacional da Água, a associação ambientalista lançou um parceria com a ÁGUAS DO RIBATEJO um marcador de livro que sensibiliza os consumidores com dicas simples que ajudam a poupar a água e a proteger os sistemas de tratamento de esgotos e as linhas de água.

Sara Ramos da associação ambientalista apresentou alguns indicadores que revelam que as campanhas realizadas nas escolas através do Programa Escolas Amigas da Água tem produzido efeito, traduzido em práticas mais amigas do ambiente e em poupanças significativas para as instituições que pagam as faturas da água.

“Registamos níveis de poupança simpáticos que se refletem nos valores a pagar pelas escolas. Podemos poupar mais de 1000 euros por ano na fatura da água”, referiu.

 

A deputada Helena Pinto (BE), recém eleita vereadora no Município de Torres Novas, realçou as vantagens da Águas do Ribatejo ser uma empresa gerida, em exclusivo, pelos municípios acionistas sem a interferência dos privados. A parlamentar vincou a necessidade da empresa ter sensibilidade social para que “ninguém fique privado do abastecimento de água por insuficiência económica”.

 

Pedro Ferreira, vice–presidente da câmara explicou que para além de um tarifário social da AR, que “ajuda” as famílias de menores recursos económicos, a autarquia, através dos seus serviços sociais, e a segurança social, têm ajudado algumas famílias a pagar a fatura da água.

 

Miguel Carrinho da AR referiu que a empresa tem uma responsabilidade social e que permite que as famílias façam acordos de pagamento em prestações suaves e de acordo com os seus parcos recursos. “Não perdoamos dívidas, mas permitimos o pagamento faseado. Deste modo as famílias entendem melhor a importância do recurso água e a sua responsabilidade perante o sistema. Porque quando alguém não paga, outros terão de pagar por si”, adiantou.      

 

O representante da AR realçou que a empresa tem o tarifário mais reduzido da região e um dos mais económicos do país porque o objetivo da empresa é garantir a sustentabilidade do sistema, assegurando os investimentos previstos na construção e manutenção dos sistemas. “Não temos a pressão dos acionistas a reclamarem lucros”, concluiu.



publicado por Noticias do Ribatejo às 13:44
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12


22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

O COMÉRCIO LOCAL DÁ AS BO...

TEMAS DE SAÚDE:

Intimidade

Município de Santarém co-...

Câmara Municipal de Salva...

REMODELAÇÃO DA SINALIZAÇÃ...

Análise de investimento r...

Santarém – Prisão prevent...

ENSINO SUPERIOR NO DISTRI...

Entroncamento comemora o ...

CARTAXO REFORÇA APOIO À V...

Conversas com Café… Comun...

Branca de Neve e os Sete ...

Dia Mundial da Alimentaçã...

Concursos Nacionais no CN...

A renovada Sinagoga de To...

Temporada da Música 2019

NERSANT está em Macau a p...

Centro Cultural Azambujen...

Tomar recebe Seminário Na...

Grupo Tradicional "Os Cas...

Município de Azambuja com...

Anselmo Borges em Tomar d...

Arranque do ano letivo 20...

CONSTRANGISMENTOS E EVENT...

Lançamento do Guia Percur...

Município do Cartaxo cele...

Município do Cartaxo cele...

Discoteca Lipp’s reabre p...

FESTA DAS VINDIMAS EM VIL...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds