NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009
Cavalos dos cinco aos 150 mil euros

 

 

O cheiro das castanhas assadas associa-se ao desfilar constante de cavaleiros e amazonas num dia em que até o sol rompe as nuvens a dar o ar de um Verão de S. Martinho na vila que mais celebra o santo cavaleiro, a Golegã.

No largo do Arneiro, a tradição secular da Feira de S. Martinho, criada por decreto do rei D. Sebastião em 1571, alia-se à Feira Nacional do Cavalo (1972) e à Feira Internacional do Cavalo Lusitano (1999), tornando a Golegã "no maior entreposto comercial do puro sangue lusitano", assegura o presidente da autarquia, José Veiga Maltez.

Fernando "Pilha", filho de um negociante de cavalos, que vem de Leiria à feira há 50 anos, confirma que a Golegã tem sido "um bom sítio para negociar cavalos, e cavalos de muito dinheiro, porque um cavalo bom tanto pode render 5000 como 150 mil euros. Depende do vendedor e do comprador".

"Antigamente na Golegã negociavam-se mulas, machos, cavalos para trabalhar nas colheitas, nas vindimas. Hoje são cavalos de desporto, de passeio, éguas lusitanas que são vendidas para o estrangeiro. Vem muita gente do estrangeiro", disse à agência Lusa.

Para Veiga Maltez, o que torna a Feira da Golegã "um espectáculo único e obrigatório" é o facto de ser uma manifestação "espontânea", que não é "nenhuma reinvenção folclórica como muitas que grassam no país".

"Apesar de ser a capital do cavalo a tempo inteiro durante todo o ano, a Golegã tem a sua apoteose por altura da feira, quando se torna a maior montra do puro sangue lusitano", afirmou à Lusa.

Com eventos a decorrer até domingo na Quinta de Santo António, mas também no Equuspolis, é no Largo do Arneiro que se concentram os que vêm desfilar e os que vêm ver.

Rodeado por pequenas casas de madeira que acolhem as coudelarias, no centro do largo está o picadeiro, onde têm apenas acesso cavaleiros e amazonas trajados a rigor, ficando a manga reservada a todos aqueles que se querem passear montados ou sentados nos carros de cavalos, que exibem orgulhosamente.

As ruas em redor ficam entupidas de gente que evita ser atropelada pelos cavalos, já que os passeios estão ocupados por vendedores de todo o tipo de objectos, com destaque para tudo o que são apetrechos e acessórios ligados ao cavalo, e ainda pelos numerosos restaurantes improvisados em garagens e pátios.

Veiga Maltez realça o trabalho desenvolvido desde que tomou posse pela primeira vez, em 1998, para que a Golegã fosse de facto a capital nacional do cavalo, desde o ensino da equitação aos alunos das escolas do concelho, à criação da Associação Nacional de Turismo Equestre e à construção de infra-estruturas.

«Jornal de Noticias»

 

 

 



publicado por Noticias do Ribatejo às 10:45
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
Maio 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

18

24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

LER O PATRIMÓNIO EM EXPOS...

Daniel Bessa vem à Startu...

Agrocluster Ribatejo este...

Hamlet e Comemoração Dia ...

Assinatura de Protocolo p...

Visita do ministro da Def...

POLITÉCNICO DE SANTARÉM P...

“Dê troco a quem precisa”...

Vêm aí as Férias Ativas V...

Ministro Vieira da Silva ...

Semana da Ascensão na Cha...

Entroncamento celebra o D...

LEVANTA-TE E RI EM DIRETO...

Juntos a construir o futu...

Feira Nacional de Agric...

Couro Azul é o grande ven...

NERSANT levou empresário ...

INFORMAÇÃO SOBRE EUROPEIA...

Festival da Biodiversidad...

Mercados itinerantes com ...

CONTAS DA ADMINISTRAÇÃO L...

Coruche - Prisão preventi...

Feira de Maio de Azambuja...

ALCANENA: Desenvolvimento...

Festival de Sopas – Covão...

Município de Alcanena jun...

Em junho a Freixianda ass...

Alunos de Artes da Univer...

CARTAXO INVESTE EM ILUMIN...

NA ROTA DO PÃO

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds