NOTICIAS DO RIBATEJO EM SUMARIO E ACTUALIZADAS PERIODICAMENTE - "A Imparcialidade Na Noticia" - UMA REFERÊNCIA NA INFORMAÇÃO REGIONAL -
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010
Deliberações e outros assuntos que passaram pela última reunião privada da Câmara Municipal


 

PROTOCOLO DE PARCERIA ENTRE A TURISMO DE LISBOA E VALE DO TEJO E O MUNICÍPIO DE BENAVENTE:

O executivo camarário deliberou, por unanimidade, aprovar a proposta de protocolo de parceria entre a “Turismo de Lisboa e Vale do Tejo e o Município de Benavente”, e autorizar o Presidente a outorgar o mesmo.

Mais foi deliberado, igualmente por unanimidade, recomendar que junto da Região de Turismo se defenda activamente, nas decisões que vierem a ser tomadas sobre a matéria, a promoção dos valores naturais e produtos endógenos do Município, designadamente, os dois maiores fluxos turísticos – Festa da Sardinha Assada de Benavente e o Carnaval Samorense, e outras iniciativas. 
 

PROTOCOLO DE PARCERIA ENTRE A TURISMO DE LISBOA E VALE DO TEJO E O MUNICÍPIO DE BENAVENTE:

(…)

Parte I

Da parceria no planeamento turístico 
 

Cláusula Primeira

Plano estratégico de desenvolvimento turístico 
 

O Município participará  na elaboração, e posterior implementação, do Plano Estratégico de Desenvolvimento Turístico da Área Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, da responsabilidade da T-LVT.

Cláusula Segunda

Observatório da actividade turística 
 

A T-LVT compromete-se a que no protocolo a desenvolver com a Associação de Turismo de Lisboa – ATL, relativo ao Observatório – Turismo de Lisboa, sejam tidos em consideração, na amostra a definir, dados estatísticos respeitantes à oferta turística do Município possibilitando-lhe dispor permanentemente de informação rigorosa sobre os principais indicadores do sector do turismo.

Cláusula Terceira

Sinalização turística 
 

O Município participará  na avaliação da situação actual da sinalização turística na Área Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, da responsabilidade da T-LVT, bem como na execução prática das medidas que, em função da avaliação efectuada, venham a ser adoptadas.

Cláusula Quarta

Base de dados da oferta e dos recursos e produtos turísticos regionais 
 

O Município participará  na construção, e posterior actualização permanente, da Base de Dados da Oferta e dos Recursos e Produtos Turísticos da Área Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, da responsabilidade da T-LVT. 
 

Cláusula Quinta

Instrumentos de gestão territorial 
 

A T-LVT pode, mediante expressa solicitação do Município, prestar apoio e aconselhamento técnico na elaboração, alteração ou revisão de instrumentos de gestão territorial da responsabilidade do Município, nomeadamente o Plano Director Municipal, na medida em que se relacionem com a actividade turística. 
 

Parte II

Da parceria na dinamização e gestão dos produtos turísticos regionais 
 

Cláusula Sexta

Diagnóstico e evolução dos produtos turísticos 
 

1. As Partes farão um levantamento e uma posterior avaliação, devidamente enquadrada na oferta turística global da Área Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, dos recursos e produtos turísticos do Município, por forma a que se diagnostique, à escala local e à escala regional, o grau de desenvolvimento e competitividade dos recursos e produtos turísticos existentes e se definam medidas concretas relativamente aos mesmos, nomeadamente, as que visem a evolução de algum, ou alguns, dos recursos de potencial bastante, para produtos turísticos.

2. As Partes darão prossecução ao previsto no número anterior concedendo especial atenção aos recursos turísticos Turismo de Natureza, Turismo Activo e Património Cultural e aos produtos Golfe e Touring Cultural e Paisagístico. 
 

(…)

Cláusula Décima

Apoio a eventos com conteúdo turístico 
 

1. As Partes comprometem-se a co-organizar e co-financiar, sem prejuízo da participação também de terceiros na organização e financiamento, mediante acordo, a realização de um, ou mais, eventos com conteúdo turístico na área geográfica do Município.

2. Após a aprovação, em cada ano civil, do plano de actividades da T-LVT, as Partes acordarão, segundo um critério de custo/benefício que pondere o financiamento exigido, a notoriedade alcançada e o retorno turístico obtido, qual ou quais os eventos que, concretamente, as Partes realizarão, e as responsabilidades exactas que cada uma assume na sua co-organização e co-financiamento. 
 

Parte IV

Da parceria na promoção turística nos mercados externos 
 

Cláusula Décima Primeira

Acolhimento de visitas de profissionais do sector do turismo 
 

A T-LVT compromete-se a incluir, sempre que adequado, o Município e a sua oferta, produtos e recursos turísticos, na organização e planeamento geográfico de visitas à Área Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo de profissionais do sector do turismo dos principais mercados emissores para Portugal, como operadores turísticos, agentes de viagens e jornalistas da especialidade. 
 

(…)

Parte VIII

Dos direitos e deveres de parceria 
 

Cláusula Décima Sétima

Direitos e deveres de parceria 
 

Para que seja dada concretização ao conjunto de parcerias previsto nas partes I a VII do presente protocolo, as Partes obrigam-se à estrita observância dos direitos e deveres de parceria constantes das cláusulas seguintes.  
 

Cláusula Décima Oitava

Direitos 
 

Constituem direitos das Partes no âmbito do presente protocolo de parceria:

a) Formular propostas e recomendações, quer quanto à execução substancial das parcerias quer quanto à própria metodologia e organização dos trabalhos; 
 

b) Propor acções, iniciativas e projectos concretos, devidamente enquadrados na execução das parcerias previstas; 
 

c) Integrar todos os grupos de trabalho que, formal ou informalmente constituídos, e independentemente da estrutura e/ou designação que lhes seja atribuída, tenham por objecto matéria alvo de parceria;  
 

    d) Participar em todas as reuniões que tenham por objecto matéria alvo de parceria; 
     

e) Aceder a todos os documentos cuja elaboração resulte das parcerias previstas ou que sejam instrumentais e necessários à sua concretização; 
 

f) Receber atempadamente a informação, devidamente actualizada, que seja solicitada no âmbito das parcerias previstas; 
 

g) Fazer referência à colaboração das Partes, pelo menos, através da inserção dos respectivos logótipos, em todas as publicações e demais documentos escritos, bem como em todas as acções, iniciativas e projectos, que resultem das parcerias desenvolvidas no âmbito do presente protocolo.

(…) 
 

PROPOSTA DA XIII ALTERAÇÃO AO ORÇAMENTO E ÀS GRANDES OPÇÕES DO PLANO: 
 

O executivo camarário deliberou por maioria, com as abstenções dos Senhores Vereadores Ana Casquinha e José Rodrigues da Avó, aprovar as propostas relativas à XIII Alteração Orçamental e XIII Alteração às Grandes Opções do Plano. 
 

NECESSIDADE DE INTERVENÇÃO PARA ESCOAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM ALGUMAS ARTÉRIAS PRINCIPAIS DE SAMORA CORREIA / REPAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA DAS VAGONETAS: 
 

O vereador José d’Avó falou sobre a necessidade de intervenção para escoamento de águas pluviais em algumas arterias principais de Samora Correia. “Devido aos efeitos das fortes chuvas ocorridas nos últimos dias, vislumbram-se alguns entupimentos e dificuldades de circulação em algumas artérias de Samora Correia: Avenida “O Século” – cruzamento com a Estrada do Brejo junto ao Jardim da Urbanização Arneiro dos Corvos; Avenida Egas Moniz, Estrada dos Operários Agrícolas, Estrada da Carregueira e Estrada das Vagonetas;  
 

A propósito da Lagoa Dos Álamos / travessia de Samora Correia (Estrada Nacional 118), o Presidente referiu que o diâmetro de conduta de águas pluviais existente no local é de 1,25 metros, pelo que não há razões que justifiquem a falta de escoamento, equacionando a possibilidade de os sumidouros ficarem obstruídos com as folhas arrastadas pela água.

Considerando que a situação é já recorrente e constituiu perigo de despiste para quem circula na estrada, deve ser objecto da melhor atenção, pelo que se deve verificar se a falta de escoamento foi originada pelo entupimento de folhas e se devem ser abertos novos sumidouros ou novas caixas. 
 

Ainda sobre esta matéria o vereador Manuel dos Santos esclareceu que, efectivamente, o escoamento das águas pluviais é prejudicado pelo entupimento dos sumidouros com folhas e não com a capacidade dos próprios sumidouros.

Acrescentou que o encarregado do estaleiro de Samora Correia tem a preocupação habitual de levantar as tampas dos sumidouros nos períodos de chuvas, de forma a evitar que tal situação ocorra, considerando que a construção de mais sumidouros não será solução para o problema.

Comentou ter esperança que a remodelação do parque dos Álamos preveja alguma intervenção na subsituação das árvores de grande porte existentes naquela área por outras com outro tipo de folha. Caso contrário há que equacionar outra alternativa para recolha das folhas, ou dispor de um piquete permanente para retirar as folhas dos sumidouros sempre que chova. 
 

O Presidente retomou a palavra, para referir que a situação da Avenida Egas Moniz está detectada e está relacionada com um estrangulamento do colector, pelo que carece de intervenção a programar com a AR - Águas do Ribatejo.

Sobre a existência de lençóis de água e de depressões na Estrada das Vagonetas, entende que a situação deverá estar também relacionada com o facto de haver pouca pendente paras as valetas que certamente inundam. Entretanto está a ser preparada uma empreitada para repavimentação no troço da Estrada das Vagonetas, onde a colocação do novo colector (aquando da extensão da rede de esgotos) originou depressões na zona intervencionada. Na parte restante da mesma estrada, a intervenção necessária terá de ser equacionada com a AR- Águas do Ribatejo, dada a necessidade de intervir também na rede de esgotos, julgando que as medidas preconizadas permitirão resolver a situação daquela via.  
 

APOIOS ÀS COLECTIVIDADES E ASSOCIAÇÕES PARA O ANO DE 2010:  
 

O vereador Carlos Coutinho deu conta ao restante executivo que foi iniciado o trabalho com as colectividades/associações, para atribuição dos apoios da Câmara Municipal para 2010, numa reunião onde esteve presente com a Vereadora Gabriela Santos e que contou com a comparência de um número significativo de dirigentes das respectivas colectividades.

Comentou que houve oportunidade de se transmitir que, não estando ainda em vigor o regulamento de apoio ao associativismo, os apoios a atribuir no próximo ano se farão com base nas normas e regras definidas no mesmo, alertando-se para a necessidade de apresentação das candidaturas e preenchimento de formulários para aquele objectivo, solicitando-se a sua entrega até ao dia quinze de Janeiro.

Comentou que existem algumas colectividades que apresentam dificuldades, pelo que a Câmara Municipal irá ter prestar o apoio necessário no âmbito das candidaturas. Outras colectividades solicitaram a dilação do prazo da candidatura, por considerarem não ser fácil a compilação dos danos necessários, pela diversidade de actividades que proporcionam. Assim, haverá grandes probabilidades de se concluir o processo de atribuição de subsídios um pouco mais tarde que o habitual nos anos anteriores.

Informou que foi também aventada a possibilidade de a Câmara Municipal criar uma medida que permita que algumas colectividades mais necessitadas acedam, logo no início do ano, a 50% do montante do subsídio atribuído no ano de 2009, entendendo que haverá sensibilidade do órgão colegial para o efeito.

Tratando-se de um início de trabalho que, certamente, será exigente para todos, foi demonstrado pelas colectividades, através dos seus dirigentes, que estariam disponíveis e empenhados em colaborar neste processo. 
 

INSCUMPRIMENTO DO PLANO DE TRABALHOS PELA EMPRESA ADJUDICATÁRIA DA EMPREITADA DE REPAVIMENTAÇÃO DE ARRUAMENTOS EM SAMORA CORREIA: 
 

O Presidente deu conhecimento ao restante executivo que a empresa, á qual se adjudicou uma série de arruamentos em Samora Correia, não está a cumprir com o seu plano de trabalho, sendo que a desculpa apresentada é que a central do betuminoso encerrou no passado dia dezanove de Dezembro e reabre no princípio de Janeiro.

A situação causa embaraços no plano de trabalhos e orçamento municipais, dado que havia a expectativa das obras ficarem concluídas e pagas no ano em curso.

Referiu que a empresa foi informada que as obras, a serem executadas com esta morosidade, não poderão ser pagas antes da primeira revisão orçamental, ainda assim, não foi apresentada alternativa, desconhecendo se a empresa estará em dificuldades, pelo que o assunto irá merecer a melhor atenção, considerando pouco comum e inaceitável o procedimento daquela empresa. 
 

VOTOS DE BOM ANO DE 2010: 
 

O Presidente desejou aos vereadores um bom ano de 2010, com saúde e determinação para as suas vidas pessoais e também para as suas vidas institucionais, no trabalho a realizar em prol das populações.

Desejou, também, aos funcionários e à população o melhor ano possível, que se advinha não ser fácil.

Todos os membros do executivo desejaram um feliz ano novo à população do Município. 
 
 
 

                                                      O Presidente da Câmara Municipal 
 

              

                                                              (António José Ganhão)

O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem. O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.



publicado por Noticias do Ribatejo às 18:19
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

NERSANT apresenta tendênc...

74º Aniversário do Concel...

Azambuja é o município co...

Mercados de Natal em Deze...

Câmara Municipal de Salva...

É pró menino e prá menina...

CÂMARA MUNICIPAL COM VAGA...

Município de Azambuja ina...

Município do Entroncament...

Premiados Concursos Nacio...

Município do Entroncament...

Continuam os convívios de...

Ribatejo apresenta-se com...

Junta de Freguesia de Alc...

Comemoração do Dia Mundia...

Liga de Amigos da Secção ...

Câmara de Azambuja aprovo...

Município de Azambuja com...

Avisan’19 recebe Exposiçõ...

Município da Chamusca pro...

MUNICÍPIO DO CARTAXO CELE...

Câmara Municipal de Salva...

“Dia do Refeitório Aberto...

“É pró menino e prá menin...

CA Juniores dá asas à ima...

...

Rita Redshoes trouxe proj...

Porque nos perdemos dentr...

Obras avançam na Encosta ...

Uma viagem multissensoria...

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds